Issuu on Google+

Escola Municipal Paulo VI Cursista: Lucilês Martins Tutora: Elina Freitas Tema: A corte chega ao Brasil Brasilândia-TO


Em 1807, quando o imperador francês, ameaça invadir Portugal, D. João temendo perder seu reinado partiu com a família real e todo seu governo para o Brasil, na época era colônia de Portugal. Ele se adaptou tanto ao clima, comida e ao povo do Brasil, que se transformou em um típico brasileiro, um João Carioca.


A importância de D. João país vai bem além da fama de boa vida . Ele fundou jornais e criou instituições como o Banco do Brasil e o Jardim Botânico.


D. João Carioca também fundou a primeira escola do período colonial.


O sistema de educação, durante três séculos após a chegada dos portugueses, era bastante precário. O conteúdo de ensino era estabelecido de normas burocráticas em que as escolas eram obrigadas a seguir.


D. João VI era casado com a espanhola Carlota Joaquina, onde seu casamento era um inferno. As relações entre eles eram péssima. Tiveram nove filhos. Carlota Joaquina participou pelo menos de duas vezes para afastar o marido do trono.


O período colonial foi marcado pela escravidão, onde os portugueses traziam da África pessoas negras para trabalharem sem remunerações salariais.

Os negros trazidos da África tinha uma vida dura, cheia de muitos sofrimentos, trabalhavam sem direito a descansar e além do mais dormia em senzalas e eram sujeitos a castigos físicos e psicológicos.


Luciles martins