Page 1

“Quando o país vai legalizar a Maconha?” Não é de hoje que a questão da legalização vem sendo abordada por indivíduos de diferentes classes em diferentes cenários – seja nas mesas de boteco ou no plenário. Para o debate deste tema na 35ª Semana de Jornalismo – PUCSP foram convidados Maurício Fiore, pesquisador do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos; e Bruno Torturra, integrante da Rede Pense Livre, que luta por uma política funcional das drogas na sociedade. Como mediador, a mesa contou com o professor da PUC e jornalista José Arbex Jr., e o aluno Victor Santos como debatedor. Pelos dois convidados defenderem uma legalização consciente das drogas, o debate teve como foco os benefícios que a aprovação do uso traria à sociedade brasileira. Para comprovar suas teses e argumentos, os debatedores utilizaram como base países que tiveram a iniciativa de legalizar o uso da maconha – seja ele medicinal ou recreativo – e que vêm obtendo sucesso na medida, como Holanda e alguns estados dos EUA. Durante a discussão não houve manifestações contra a legalização e as perguntas foram fundadas a partir de pautas como: economia, impacto e violência causados pela criminalização do uso, marcha da maconha e qual seria a melhor forma de legalizar a droga no país. Para Bruno, surgirá um movimento mundial que acabará “engolindo” o Brasil na questão da legalização, forçando o país a aceitar a medida. Já Maurício, vê a legalização como algo a ser economicamente planejado para que haja um modelo cooperativo e estatal da venda e distribuição da planta. Além da unanimidade do “sim” à legalização, houve também uma concordância no que diz respeito à guerra contra as drogas em todo mundo, confirmando uma tendência que afirma a legalidade do uso e comércio de entorpecentes como um passo positivo a ser dado pelo homem. O professor Arbex, por exemplo, citou como o tráfico de armas está diretamente associado ao tráfico de drogas, afirmando que com a extinção do narcotráfico, teríamos uma brusca diminuição no tráfico de armas. Ao fim do debate, ficou claro que legalizar a maconha é uma medida que deve ser tomada gradualmente em todo mundo, dizimando o ideal moralista que sempre classificou o usuário da erva como vagabundo, pobre, negro ou bandido. Se dar um tapinha dá cadeia, os últimos sete presidentes americanos deveriam ter cumprido seus mandatos em Alcatraz.


Quando o país vai legalizar a maconha?  

Matéria escrita em 28 de maio de 2013 para o jornal laboratório da PUC-SP, Contraponto, publicada na edição de agosto, referente à 35ª Seman...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you