Page 1

"A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal." Machado de Assis

Retrato Cultural

Edição-38- junho/julho 2013- Distribuição gratuita

Clicks Lucia Alves

I Festival “Despertar” Movimenta Poá

Colunistas

Ademiro alves

Fotos- Sueltom Lima e Rangel Martinês

Anaiuri Ponchini

Jhony Uriel -Ator e Musico

Dr.Alexandre Cavalcante

www.jornalimpactocultural.blogspot.com


impacto! Cultural por escritor Sacolinha

2

EDITORIAL Geração da utopia e o sistema de Transporte público

Os acontecimentos dos últimos dias têm me dado muita esperança. Eu já imaginava como nossos filhos nos teriam daqui há alguns anos. Talvez seríamos conhecidos como a geração que cultuou a bunda. Felizmente, parece que a nomenclatura será menos vergonhosa. Creio que não chegaremos a ser utópicos como a geração que viveu a Ditadura Militar nas décadas de 1960 e 1970, até porque nossos sonhos, as lutas e as conquistas estão mais próximos da realidade do que naquela época. Isso tudo porque tivemos os jovens das duas décadas citadas que lutaram por sonhos que estamos vivendo hoje. O estopim dessas manifestações me chama a atenção. Atualmente as únicas pessoas que ganham com o transporte público da cidade de São Paulo são os empresários. Antes o leque era maior, já que envolvia perueiros, traficantes, policiais e alguns líderes do sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus. Os perueiros não pagavam impostos e nem prestavam contas dos seus ganhos. Abriam linhas de transportes sem nenhuma fiscalização. Traficantes eram pagos para proteger essas linhas, do olho grande de policiais militares, que viam nos lotações um meio de complementar a renda, cobrando pedágio dos perueiros, tomando de assalto as linhas clandestinas e até rodando por elas com suas peruas compradas com o dinheiro da corrupção. Com a queda na arrecadação, os donos das empresas de ônibus cobravam soluções da prefeitura. Como a solução por parte do poder público era somente paliativa, os empresários resolveram agir. Oficialmente fizeram campanhas contras os lotações, exibindo, atrás dos ônibus, mensagens agressivas contra os perueiros. Por baixo dos panos pagavam alguns líderes do sindicato dos motoristas e cobradores para que promovessem greve e queima de ônibus. Com isso tinham argumentos para pedir o aumento da passagem e dos subsídios do governo municipal, além, é claro, de receberem ônibus novinhos das empresas seguradoras. Hoje, muitos desses perueiros, policiais e sindicalistas, são donos ou tem parte nas empresas de ônibus. Em 2010 lancei pela editora Nankin o livro “Estação Terminal” um romance ficção que tem como pano de fundo a história do transporte na cidade de São Paulo, com enfoque no descaso das várias gestões da prefeitura, que fez com que crescesse o transporte clandestino e alternativo da cidade de São Paulo. Selecionei dois trechos deste romance que demonstram um pouco do que falei até aqui. Meu embasamento para a escrita do livro em questão foram os 12 anos que trabalhei como cobrador de lotação na Zona Leste de São Paulo. E é bom ressaltar que o livro foi usado pelo Ministério Público da cidade e por alguns investigadores para dar solução a muitos casos arquivados, que envolvia acidentes, assassinatos e corrupção. Mesmo a obra sendo ficção.

Expediente Jornal !mpacto Cultural cnpj 04907601/0001-33 Diretor executivo Marcos S. Santana Jornalistas Joacir Gonçalves- MTB 21918 Tatiana Pereira- Jornalista Lucia A. Nascimento CEl. 74063155

Administração e publicidade Antonio S Santos Produção GraficaRobson foiadelli Colaboração -Rogério Thiago Anauri PonchiniClaiton Belchior Distribuição- Poá, SuzanoItaquá, Ferraz

Contato- jornalimpactocultural@gmail.com


3

impacto! Cultural Mais de 200 atletas poaenses participarão da 57ª edição dos Jogos Regionais

ATUAL

Esportes

Promoção Social de Itaquaquecetuba promove caminhada da “Melhor Idade” A Secretaria de Promoção Social de Itaquaquecetuba, por meio do Centro de Convivência da Melhor Idade realizou na manhã de quinta-feira (dia 27), uma caminhada com o grupo da Melhor Idade, ou seja, para o público com idade a acima de 60 anos. A atividade realizada foi para encerrar as atividades físicas que foram desenvolvidas no 1º semestre para o grupo da terceira idade. A concentração da caminhada aconteceu no Centro Esportivo Municipal de Itaquaquecetuba (CEMI) na Vila Maria Augusta. Cerca de 300 pessoas do Grupo Melhor Idade participaram do evento percorrendo as principais avenidas do centro finalizando a caminhada em frente à prefeitura onde foi realizado alongamento e ginásticas com professores da educação física, com apoio dos profissionais da enfermagem e do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). “Encerramos as atividades direcionada ao grupo “Melhor Idade” com resultados satisfatórios, pois notamos que os participantes estão mais ativos, mostrando mais disposição para as atividades oferecidas” comentou a coordenadora do Centro de Convivência, Adélia Santana. “O exercício físico, com certeza, é um grande aliado para prevenir doenças e retardar o processo de envelhecimento. Por isso, o nosso propósito é desenvolver atividades e ações com um carinho um carinho especial também para esse público, proporcionando mais qualidade de vida” completou a secretária de Promoção Social, Adanzil Limonta. Serviço O interessado em participar das atividades do Centro de Convivência da “Melhor Idade” pode se inscrever na sede que fica localizada na rua Manoel Garcia, 160, Centro. Levar duas fotos 3x4, documento de identidade (RG) e comprovante de residência. O horário de funcionamento é das 8h às 17h. Mais informações para a imprensa Tatiana Pereira Foto- Osvaldo Birke

Ao todo 239 atletas poaenses participarão da 57ª edição dos Jogos Regionais, a partir desta quarta-feira, dia 03, na cidade de Caraguatatuba. Poá entra na competição pela 2ª divisão, sendo os atletas divididos em 17 modalidades. Segundo informou a Secretaria de Esportes, as modalidades são as seguintes: atletismo, basquetebol, biribol, bocha, capoeira, futebol, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê e taekwondo. Algumas categorias incluem a participação tanto de atletas femininos, quanto masculinos. (Confira abaixo a tabela) Para a secretária de Esportes, Terezinha do Nascimento, a expectativa em relação ao desempenho da equipe poaense é grande, pois ela afirmou que os atletas da cidade possuem um alto nível e, além disso, provaram em outros torneios e até mesmo nas edições passadas dos Jogos Regionais, que conseguem se destacar. Jogos Regionais A 57ª edição dos Jogos Regionais terá atletas do Vale do Paraíba, Litoral Norte, Serra da Mantiqueira e parte da Grande São Paulo. Esse evento esportivo começa nesta quarta e seguirá até o dia 14 de julho. Poá – modalidades: Atletismo masculino e feminino;Basquetebol masculino e feminino;Biribol masculino;Bocha masculino;Capoeira masculino e feminino;Futebol masculino;Futsal masculino;Ginástica Rítmica feminina;Handebol masculino;Judô masculino e feminino;Karatê masculino e feminino;Taekwondo masculino e feminino;Tênis masculino;Tênis de mesa masculino e feminino;Voleibol masculino;Volei de Praia masculino;Xadrez masculino e feminino Fonte: secretaria de Comunicação de Poá

Bateria Fantástica do Ultima hora agitam os jogos do Sucata e Açoreana no E.C Concórdia

VAI CORINTHIAAA!

Famila Alves Unidos na vida e na torcida do timão . Um flash do amigo Eduardo - Lea e os pequenos no estádio, para assistir mais uma etapa do time do coração.

Dia 28 de julho

Feijoada No clube de campo do XI paulista Convite- R$ 30,00 com acompanhante

Copa Ferraz -A varzea entra em campo A “Copa Ferraz de Futebol 2013” teve início em abril. Com duração de quatro meses, o torneio reuniu, num primeiro momento, 36 times, que foram divididos em nove grupos de quatro equipes. Todos os jogos contam com um árbitro e dois bandeirinhas (auxiliares), além de um representante da Secretaria de Esporte, que faz o papel de delegado. Os árbitros, inclusive, são vinculados à Associação de Árbitros da Federação Paulista de Futebol. Os prêmios serão entregues ao final do torneio, que deve ocorrer no início de agosto. De acordo com o prefeito de Ferraz, Acir Filló, o objetivo da competição é conceder uma “nova cara para o futebol da cidade”: “Até então, o campeonato de futebol da várzea de Ferraz estava desorganizado. Nossa ideia é reestruturar o desporto da cidade. Por meio da coordenadoria técnica de futebol, organizamos esta copa com muito carinho. Ao mesmo tempo, queremos trabalhar para que as equipes sejam legitimadas”, planeja.


impacto! Cultural

MEU NIVER OBRIGADA A TODOS OS AMIGOS

ANIVERSARIO

DA AMIGA REGINA- SÓ ALEGRIAA

VENDO CASA NO CENTRO R$170 mil Casa 2 dorms. sala, cozinha,banheiro e Sobrado- Sala, cozinha, banheiro, 1 dorm.(próximo ao (Edificio Bonini)

Fone 7403-1056-( finais de semana)

4


5

Clicks e closes

impacto!

Contos do Crack

FLASH BACK- CONCÓRDIA

STREETBURGER-POÁ

Abstinência

Musica ao vivo de quinta á domingo

Sertanejo- Enzo e Gabriel

Pop rock- Marcelo

Av. Nove de julho 1136 -Poá (antigo Estrela)

Tel. 4634 2956

Lanches, Marmitex, Pizzas, refeições e Disk Marmitex

Dr. Alexandre Albuquerque Cavalcante Dra. Suellen P.N. Vicentine Cavalcante Criminal - Trabalhista - Militar - Administrativo Cível - Família - Divórcio - Alimentos - Guarda - Consumidor - Seguro Indenizações - Contratos - Despejo - Cobrança - Mandado de Segurança Retificação de Área - Usucapião Escr.1 - Poá: 4639-4273 /2826-3926 Escr. 2- Mogi das Cruzes: 2778-3846 / 4724-9146 Email- cavalcante-adv@hotmail.com

Cultural

Ela chega com a noite, forte, imperiosa. Quer se impor. É à vontade. A inquietação começa, as pernas não param. Mexem-se como que por si só, cada vez mais rápido. Ele se levanta. Começa a andar pelo quintal. Quando percebe já deu dezenas de voltas em torno da casa, mas não foi para a rua. Sente enjôo. Corre para o banheiro, vai vomitar, o vomito não vem. A diarréia tem inicio. Nada acontece. Volta para o quintal. Seu corpo reclama. Ele manda parar. Não adianta. Passa as mãos pela testa, de novo, e de novo. Não adianta. O corpo deseja, ele deseja! Não!!! Grita para seu interior. Vai para o quarto, se deita e rola, rola de um lado para o outro, seu corpo geme em agonia, as lagrimas saem de seus olhos. Ele sofre! A família a tudo assiste. Sabem que não podem fazer nada além de estar lá. Ele continua sofrendo, levanta e senta-se. A dor não se vai, ele se encolhe, e estica, se encolhe e estica, e ela ainda está lá. Seca o rosto. As lágrimas voltam. Está tremendo. A agitação aumenta. Ele não se controla. Levanta. Anda de um lado para o outro, do outro para o um. Quanto mais a lua ganha altura, pior fica. A tremedeira aumenta. A ânsia já não dá descanso. Suas pernas e mãos agitam-se como nunca. Tenta fixar seus pensamentos em qualquer coisa. Não consegue. Sente o cheiro. Sente o gosto. Não sente o efeito. A noite começa a ir-se. Ele esfrega os cabelos quase os arrancando, seu corpo está exausto. Não consegue dormir. Sua mente está nela. Ela não está em sua mente. Começa a bater nos móveis. Sente fúria. Ódio. A família não reclama, esta feliz, ele ainda não ganhou a rua. Não anda. Corre! Em direção ao que deseja, tosse, vomita, treme apenas com a expectativa de sentir aquele sabor. Cada vez mais rápido, e mais rápido e ainda mais rápido. Todo o resto não importa. Chega. Servem-lhe o que vai buscar. Vê uma lata na rua, a apanha. Prepara o cachimbo, carinhosamente, com cuidado, mas com pressa. A cinza é colocada. Sobre ela um farto pedaço, se esforça para controlar a tremedeira. Coloca a lata na boca, acende o isqueiro e traga com toda a força de seu imenso desejo... Então acorda! Estava em casa. Era dia. Ainda exausto, mas bem. Aquela batalha fora ganha. Porém, a lua logo chegaria novamente e a guerra continuaria, batalha por batalha, noite após noite.

Sem taxa de Matricula Horário livre

Avaliação fisica feita por um médico fisologista profissionais qualificados e com Cref Pçanos com Desontos Especiais Abertod e segunda a sexta das 06h00as 23h30 e sabados das 10h00 as 14h00 Avenida Brasil 126 -centro-Poá


6 ACONTECE GALERIA DE BELDADES Por Dentro da Lei Parabéns as princesas Maria

impacto! Cultural 1 Aninho do Miguel !!!

Por Dr Alexandre Cavalcante

Supremo Tribunal Federal decide que precisa mais a familia de um idoso ou deficiente ganhar 1/4 do salário Mínimo para ter benefício LOAS

Eduarda e Manuela

E QUEM ACABOU DE

Ana Beatriz

CHEGAR!!!

Miguel Henrique

NA TELINHA

Quando anunciou que Marina Ruy Barbosa não iria mais precisar raspar os cabelos em "Amor à vida", Walcyr Carrasco disse também que vai adiantar a história dela. De acordo com a sinopse da novela, graças às armações de Leila (Fernanda Machado), Thales efetivamente se casa com Nicole. E Leila se torna sua amante. Mas acontece o imprevisto: Thales se apaixona por Nicole. Só que o plano de Leila dá mais errado do que ela podia supor. Além de perder o seu amante para Nicole, a jovem não morre nos seis meses previsto. Tudo porque o médico Rogério (Daniel Rocha) também se apaixona pela milionária e a convence a fazer um tratamento experimental. Aparentemente curada, a órfã descobre o golpe do escritor e da amiga e rompe com o marido. Quando foi convidada para fazer a novela, Marina foi informada que sua personagem não morreria no fim. Resta saber se com os novos acontecimentos, o autor vai mudar de ideia, assim como ela mudou e desistiu de raspar os cabelos. Nos bastidores da novela, a aposta é que Walcyr mate Nicole.

A maioria dos ministros entendeu que é inconstitucional a definição de que, para a obtenção do benefício, a renda familiar por pessoa deve ser de 1/4 de salário mínimo, como prevê a a Lei Orgânica da Assistência Social (Loas). No julgamento, o STF também considerou irregular o parágrafo do Estatuto do Idoso que não considera o benefício da Loas para cálculo da renda. O Supremo estabeleceu que as atuais regras não serão declaradas nulas até que o Congresso vote o tema. Na prática, isso fará com que os juízes de instâncias inferiores continuem dando decisões divergentes e até determinando o pagamento do benefício quando a renda for superior a 1/4 do salário mínimo. Segundo alguns ministros, isso gera distorção porque, no caso de uma família formada apenas por um casal de idosos, caso um deles tenha aposentadoria ou pensão do INSS no valor de um salário mínimo, o outro não tem direito ao benefício previsto na Loas porque a renda familiar por pessoa seria de 1/2 salário mínimo. Porém, no caso de um casal de idosos que não tenha nenhum rendimento oficial, ambos podem pleitear o benefício da Loas, uma vez que ele não conta para o cálculo da renda familiar. Essa notícia é ótima, pois os Juízes Federais já estavam aplicando tal regra. Temos que verificar que para ter direito a esse benefício na justiça, a pessoa deficiente ou idosa, deve primeiramente requerer junto ao INSS, se for negado devido a renda familiar for maior que ¼ do salário mínimo por pessoa, deve-se procurar um advogado para ele propor ação na Justiça Federal. Alexandre Albuquerque Cavalcante, 36, é advogado, pós- graduado em direito penal; pós-graduado em processo penal e processo civil; especialista em direito militar e administrativo; bacharelando em história; vice-presidente do Conselho da Comunidade de Poá, Membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Poá, atua nas áreas Cível, Criminal e Militar. E-mail: cavalcante-adv@hotmail.com


7

Peça de Teatro Infantil com alunos de Poá fazem mais uma apresentação

A peça de teatro infantil “Chapeuzinho Vermelho e os Defensores da Natureza” foi encenada mais uma vez,no domingo, dia 7, na Praça de Eventos. O espetáculo é considerado didático e lúdico, sendo dessa forma de fácil compreensão e aprendizado por parte das crianças. Sucesso de público, nas últimas encenações, atraiu um número expressivo de pessoas, e os atores do curso de teatro da Secretaria de Cultura, subiu mais uma vez ao palco, às 15 horas, do domingo, com entrada franca. Foto- Eduardo Guimarães

CULTURA

FESTIVAL DESPERTAR Multiartístico

Junho marca a região pelo 1º Festival DESPERTAR MULTIARTISTICO DE POÁ Companhias, bandas, grupos, artistas e diversos agentes culturais participarão de estopim cultural durante o dia 15 de junho na Praça da Bíblia, em Poá A cultura será protagonista em Poá neste mês. O I Festival “Despertar” Multiartístico de Poá nasce para por em cheque o tradicional costume de classificar Poá como mera ‘cidade dormitório’, que não apresenta atrativos culturais à população. Grupos de dança e teatro, músicos, poetas, brincantes, artistas plásticos e diversos outros de dentro e de fora de Poá transformarão a mais tradicional praça do município, a Praça da Bíblia, em um ambiente rico em diversidade cultural entre às 14h e 22h do dia 15 de junho. Será um dia inteiro de intervenções para acordar a pequenina Poá, acolhedora de leque cultural muito diverso, mas que não tem espaço para ser apresentado e divulgado. Não estamos apontando o dedo para ninguém. Este é apenas um relato do que é vivido por artistas, grupos, músicos ou quaisquer agentes culturais de todo o Alto Tietê. Eis, outro ponto de nossa atenção. O I Festival “Despertar” Multiartístico de Poá surge para somar. Somar pessoas em prol da cultura, de um levantar que evidencie a arte como essência para uma mudança social. Somar a diversidade multiartística destes agentes culturais, escancarando a qualidade e conteúdo únicos de cada participante, tão próximos de nós no dia a dia. Somar esforços nesse movimento. Somar amor pela arte. Serão ao menos 30 intervenções, muitas delas simultâneas, ao longo do dia. Alguns dos artistas confirmados são o grupo mogiano de música e dança popular Jabuticaqui, o artista circense Erich Sant’anna da Família Ver’Arte, que fará intervenções de circo-teatro, o grupo de teatro Clara Trupi de Ovos y Assovios, os músicos poaenses Leonardo Fonseca, Helder Vinhola, Clayton Belchior, além da bateria jovem da G.C.E.S. Última Hora e, representando a cultura Hip Hop, Rahsaan e Arena MC. Durante o decorrer do festival artistas plásticos como Jonh Naja estarão pintando ao vivo. A união destes artistas almeja quebrar barreiras culturais e despertar Poá por meio da arte. Em Tupi, Poá significa “bifurcação de caminhos”, o que deixa claro o caráter transitório dos que passavam por aqui. Diversos públicos e criadores de diferentes gêneros, classes, idades, raças e crenças estarão juntos na Praça da Bíblia para modificar esta concepção e tentar transformar a cidade dormitório em uma cidade em que se chega, se fica, se desperta e, principalmente, se sonha. Confira em anexo a programação completa do I Festival “Despertar” Multiartístico de Poá.

INSTITUTO ARRAIS DE HAPKIDO

HAP KI DO = o caminho da união da força e do espírito, arte marcial Coreana.

RAIO DE SOL

por Anaiuri Ponchine Quando olho para trás e vejo meu passado, que não faz muito tempo que deixou de existir, percebo que existiam nuvens negras pairando sobre a minha cabeça. Nuvens pesadas, carregadas de raios e extremamente escuras. Que anulavam qualquer possibilidade de um dia com raios de sol. Essas nuvens descarregavam suas águas de uma maneira intensa, transformando toda a minha tristeza e dor em tempestade. Mas toda tempestade um dia tem seu fim... Hoje percebo que aquela água que caía de todas as nuvens densas, foi necessária para levar embora todas as impurezas e sentimentos ruins que atrapalhavam meus sentidos, como enxergar o brilho do sol, o azul do céu, ouvir o doce canto dos pássaros e sentir a brisa do fim da tarde tocar suavemente minha pele. Hoje tenho meus sentidos mais vivos do que nunca! E as nuvens negras hoje se encontram mais longe de mim do que nunca, em seu lugar surgiu um lindo sol. Sol este que me aquece quando vejo teu sorriso, que fez com que meus dias voltassem a ter brilho. Estar ao teu lado faz com que eu sinta a liberdade, como os pássaros que voam pelo imenso azul do céu. Faz com que eu sinta o vento, quando ele sopra e toca delicado em todo meu corpo, e neste instante percebo que são teus braços me envolvendo em um forte abraço, e o calor dos meus dias sem dúvida acontecem quando meu silêncio se instaura na ternura dos teus beijos. Todas essas sensações fazem com que eu veja o mundo mais doce, terno, intenso, único. Porque depois da tempestade Deus me presenteou, colocando em minha vida um intenso raio de sol que é você.

impacto! Cultural

Benefícios do Hapkido - Os movimentos circulares do Hapkido estimulam as articulações e imobilizam pontos de pressão.’ É, portanto, efetivamente benéfico para a saúde e proporciona o equilíbrio entre a mente e o corpo. O Hapkido é umas das poucas artes marciais que ainda mantém as tradições e seus objetivos de origem, sendo pura na sua essência, visando apenas a autodefesa e sobrevivência. E não visa o caráter desportivo como o combate com regras e limitações de golpes, como outros desportos marciais. Esta é uma modalidade indicada para todas as idades, sejam eles homens, mulheres, crianças e/ou idosos, sendo eficiente em qualquer um dos níveis. Benefícios para as Mulheres Não é necessário força física para a aplicação das técnicas do Hapkido, o que torna a arte marcial ideal para o sexo feminino. Um estudo profundo aliado ao treino constante desta singular arte marcial, pelas mulheres, confere uma grande variedade de técnicas lógicas, muito úteis, que podem ser utilizadas em diversas situações. Além da eficaz defesa pessoal, os exercícios do HAPKIDO, proporcionam uma boa condição física, fortalecendo os seus sentidos, suas articulações e o equilíbrio das funções cardiovasculares, ajudam a evitar o sobrepeso e a obesidade, sem deixar o corpo masculinizado, assegurando a sua beleza e feminilidade. Faça uma aula gratuita e conheça perto essa filosofia de vida! Chong Sabomnim Daniel Arrais Presidente - Diretor Técnico Intituto Arrais Suzano- www.arraishapkido.com.br Av. Armando Salles de Oliveira 699 – Centro – Suzano – SP – Contato: (11) 97344-6550

Comunicar-se é um direito, Portanto Fale!! por John Uriel

A intrepidez e o costume com a exposição não é um dos sentimentos ou sensações mais confortáveis aos tímidos. Há os que sentem dificuldades em falar em público ou mesmo defender uma opinião em público, difíceis de serem superados? Talvez sim, mas não há quem conteste as barreiras psicológicas que cada um tem - devido aos traumas e/ou situações que levem a alguém ter vergonha de alguma coisa - são sinais claros da timidez demasiada. Por muitos momentos, ao sentir vergonha é possível relacionar aspectos sociais também? É uma pergunta que obviamente apenas um profissional da Psicologia poderia entrar mais a fundo nos contextos da mente, para explicar, porém uma coisa é certa, é difícil interagir com outras pessoas quando não as conhecemos, mas quando isso se torna um medo que impede a pessoa de se comunicar ativamente com as outras, torna-se um problema maior, principalmente quando isso fica mais frequente, o sentimento de desespero ao aproximar-se de situações de exposição é necessário pedir a ajuda de um profissional, é um problema sério e que se não observado, pode evoluir para uma crise de ansiedade, ou até mesmo para um caso grave de síndrome do pânico (nos casos mais graves). É preciso vencer a barreira que impede o homem de expressar-se, falar é excepcional para o bom funcionamento do coração e para uma

Anaiu

ri Pon

chini

Entrevista- Carlito Aquino- Musico e ator

Seu envolvimento com a música começou por conta dos seus irmãos irmãos mais velhos, que gostavam muito de ouvir rock and roll, se reuniam e ouviam na vitrola os discos e com o passar do tempo, cada um foi definindo seu gosto musical e suas bandas favoritas e aos sete anos de idade, Carlito já havia encontrado a sua, que era o Deep Purple. Nesta mesma época ele comprou um disco da banda e sua música favorita era Highway Star e até hoje, depois de 39 anos, ele ainda acha esta a melhor música do rock and roll. Depois de 22 anos que ele comprou o seu disco, ele consguiu ir á um show do Deep Purple e considera teve naquele momento a maior sensação vivida em relação ao rock. Seus eventos com música começaram por conta do seu filho, depois de ver um cover do pearl Jam. Depois desta apresentaçãp o filho dele teve a ideia de ter um evento com uma banda assim em Poá, então Carlito resolveu correr atrás e realizou o evento em 2002 e com a mesma banda cover do Pearl Jam que eles haviam visto. Após vieram outros eventos, como o evento tão esperado pelos roqueiros da cidade de Poá e região o Rock na Praça. Este começou para eu não deixar passar em branco o dia do rock, quem realizava era o pessoal do skate, “Levávamos tudo para a pista de skate e lá acontecia”- Disse Carlito. Mas o primeiro com bandas oficiais, aconteceu na praça da bíblia, com patrício foi conseguido palco e equipamento de som, as bandas vieram de graça, participaram deste evento as bandas: Anorexia, Sagaz, ShowerSingers e quem fechou foi o Crazy World no ano de 2003. A partir daí o evento foi crescendo, e no ano de 2008 foi oficializado pela Câmara Municipal como dia Mundial do Rock,

para ser comemorado na cidade. E o evento ficou mais conhecido e tomou mais força, vindo bandas covers reconhecidas, como Children of the Beast (Iron Maiden), No Quarter (Led Zeppelin), Xandra (Janis Joplin), Rising Power (Ac/Dc), dentre outros... Ao perguntar o que significa o dia mundial do rock, ele diz: “É uma das maiores realizações musicais, rock para mim, não é só um estilo musical, é um estilo de vida. E o dia mundial do rock em Poá é uma realização.” Ele ainda almeja fazer este evento aqui em Poá, de maneira que se torne o mês do rock, acha possível que Poá possa tornar-se a cidade também conhecida por este evento de rock, acontecendo o evento em vários dias e lugares ao mesmo tempo. Este ano é uma edição comemorativa de dez anos, que acontecerá nos dias 20 e 21 de julho, na Praça dos Eventos á partir das 17 horas no dia 20 e no dia 21 a partir do meio dia. Este ano virão no dia 20 as bandas da cidade e no dia 21 as bandas cover: Guns and Roses, System of a Down, Ozzy, Metallica, Ac Dc e Creedence da qual Carlito é vocalista.

FESTA JUNINA NA ESCOLA ANTONIO BORTOLOZZO Buscando preservar a cultural no bairro, a escola antonio Bortolozo promoveu mais uma Festa Junina. Trata-se de um evento aberto a toda a comunidade, no qual as danças, comidas e roupas típicas dessa festa são resgatadas em um momento de muita alegria e beleza. Toda a produção artística do evento fica por conta da Equipe de Coordenadoresm Milene e Simone, Diretor Marcelo, Vice-diretora Lúcia e Coordenadora Carla (foto) e colaboração pais e alunos, que recriaram os espaços, onde essa festança se originou. Festejos com apresentação de quadrilha, danças juninas, pescaria, vendas de doces, pipoca, pastel, cachorro quente e refrigerante, fizeram o cenário da festa, que fecho com alto indíce de publico.


BALADA FORTE

impacto! Cultural Festival de Paranapiacaba

Paranapiacaba, que estará realizando seu XI Festival de Inverno, com apresentação de Shows Musicais diversos, além de excelentes opções de lazer, gastronomia e belezas naturais. Tudo isso cercado da arquitetura inglesa, e de um clima de montanha que fazem de Paranapiacaba o maior cartão postal do ABC! Não fui mas tem uma galera de Poá, curtindo tudo isso bem de pertinho.Sortudos!

Personas

BY Lucia alves

8

Homenagem saudade

A união de duas pessoas sempre mostra que algo de sublime perfeito, sensível e eterno ainda existe;

Bodas

Carol, Edu, Raquel, Kiko, Wilson, entre outros, com certeza a cidade não será mais a mesma!

Givanildo e Cassia- em clima de amor nas montanhas

Andreia alvarenga

Marcelo Carvalho Adriana Lazar

Dona Ilka

Adealdo e Maga

Amigo Daniel

Luciana

Honório e Pierina

Denise Perez

ANIVERSARIANTES

Um abraço especial a este casal 10000 Valdir e Katia. Eles comemoraram 25 anos de casamento, de alegrias e conquistas. Resultado casaram de novo. Felicidades!

In Memorian -Luis Carlos Favarelli

Fabio Teixeira - Fabião

Arraiá

Uma das novidades da Associação da Melhor idade é a turma do coral, que fazem a diferença nos eventos socias da entidade.A foto registrou a aprestçaõ durante o Arraiá.

Aguardem- E.C.Concórdia

Partida de um amigo Quando alguém parte,fica muita coisa. Esperava, ingenuinamente, que nada ficasse, porém,às vezes, fica muito mais do que poderia pensar. É como que digitais invisíveis, mas sensíveis a olhos atentos. Olhos que deverão se acostumar com o que foi, olhos que deverão se acostumar com o que ficou e ficou tanto, embora tanto e nada se abracem de uma forma que se apresentam aparentemente inseparáveis. Fica a falta mais presente e evidente, ficam lugares, que não mais serão ocupados como eram, ficam vozes perdidas em corredores escuros, fica a lembrança do sorriso, ficam quartos desocupados e histórias separadas, fica tudo, fica nada, fica tudo e nada e mais alguma coisa, fica a dor do adeus,a lágrima depois da despedida,a temerária constatação de que nada será como antes,ficam objetos encantados pela essência ausente de alguém que habitou aquela casa com você e fica, em suma, um gostinho de morte nas papilas gustativas e no coração Portanto, pensando no que dissemos, fizemos e sentimos, percebemos que os momentos de história que realizamos juntos foram mais grandiosos do que pequenos. Convivemos juntos, também rimos muito, e podemos dizer que se Deus nos concedesse mais um pouco de vida ao seu lado, morreríamos de tanto rir. De todos aqueles que tiveram o privilégio de te conhecer. que Deus esteja com você.

Pdf7 pdf blog 1 8  

JORNAL IMPACTO CULTURAL EDIÇÃO 38- JUNHO/JULHO 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you