Page 1

REV

ISTA

ANO 26 EDIÇÃO 102

Adibra junto com o Ministério do Turismo para o desenvolvimento do setor pág. 16

Parque em Foco Em uma nova fase, Nova Nicolândia atrai grande público com atrações diversificadas em Brasília pág 22 Entrevista Diretor do Parque da Mônica, Marcelo Beraldo compartilha sua trajetória profissional e sua visão do mercado de parques de diversões pág 20 Inclusão Social Grupo Sinergia 21, criado por mães de crianças com Síndrome de Down, organiza eventos em parques de diversões pág 26


Aceitamos: Parcelamos em até 10x 2 | ADIBRANEWS

Financiamos através do BNDES e Proger. Crediário em até 48x

MATIC Entretenimento Indústira e Comércio LTDA. Rua dos Coqueiros. 1578 - Bairro Campertre CEP 09080-010 - Santo André/SP

+55 (11) 4991-1600

ACESSE NOSSO SITE: www.maticplay.com.br


Caros associados, Os últimos dois meses foram muito especiais para nossa indústria. Um importante player voltou a operar. Sim, o Hopi Hari está de volta e com planos de novamente ser um relevante símbolo para o Estado de São Paulo e um dos mais importantes parques do Brasil. O Playcenter também anunciou seu retorno – num formato diferente, no Shopping Aricanduva. Será a primeira unidade do Playcenter Family. Também tivemos a visita do presidente da IAAPA em um encontro de grande importância em Brasília, com a presença do ministro do Turismo e muitos representantes da Adibra e IAAPA. O desenvolvimento de cada um desses empreendimentos fortalece o setor dos parques de diversões no turismo local e os tornam ótimas opções de entretenimento para os brasileiros. Nesta edição, contamos, na seção Entrevista, com o diretor do Parque da Mônica, Marcelo Beraldo, que faz uma avaliação do mercado de parques de diversões e as inovações necessárias para os operadores. A Adibra também não tem medido esforços em ajudar os seus associados a crescerem. Na seção Núcleo Adibra, você pode conferir todo o trabalho de nossas equipes de marketing e educação na criação de novas plataformas de comunicação entre fornecedores e operadores, e na utilização de novas ferramentas como a Webinar, que inclusive estará disponível aos associados para realizar suas atividades internas. Além disso, a Adibra tem trabalhado para intensificar o canal de diálogo com esferas do governo, órgãos públicos e empresas privadas. Estivemos presentes no importante evento organizado pelo Ministério do Turismo, em Brasília, no mês de agosto, sobre a relevância dos parques de diversões para o turismo do País. Representando o setor, junto com a IAAPA, pudemos discutir novas taxas de tributação dos equipamentos, para que assim diminua os custos para fornecedores e operadores. Nesta edição, também entrevistamos o ministro do Turismo, Marx Beltrão, que nos contou como avalia essas medidas e como o governo pode ajudar a desenvolver o setor. Nossa revista conta com muitas outras novidades, informações e eventos sobre o setor que aconteceram no semestre passado, além dos encontros que os nossos associados ainda poderão participar. Desejo muito sucesso e uma ótima leitura! Alvaro Mendes Pereira Presidente da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra)

Revista Adibra é um órgão de divulgação da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra). Presidente Alvaro Mendes Pereira | Vice-presidente Vanessa Santos da Costa | Diretor Financeiro e Administrativo Marcelo Beraldo Silva | Diretor de Educação Paulo Kenzo Uemura | Diretor Técnico Alexandre José Moraes | Diretor de Marketing e Comunicação Henry Hila | Diretor de Relacionamento com o Associado Emílio Rodrigues Neto | Diretor de Parques Itinerantes Rodger Augusto | Diretor de Buffets Paulo Esteban | Comitês | Feiras: Ricardo Vitolo | Educação: Lucas Ferraz Castagna | Segurança Francisco Donatiello Neto | Marketing Henry Hila | Representantes | Rio de Janeiro: Claudio Antoun | Brasília: Marcelo Marcio | Conselho de Ética | Marcelo Gutglas | Murilo Pascoal | Renato Fensterseifer | Conselho Fiscal | Presidente Francisco Donatiello Neto | Titular Rogério Centin | Titular Marcio Araújo | Suplente Felix Quatke | Suplente Valter Fratel | Edição Way Comunicações Ltda. – Rua dos Caetés, 696 – São Paulo – SP – CEP 05016-081 – Tel.: (11) 3862-1586 | Jornalista responsável Érica Mendes Carnevalli (Mtb 0084421/SP) | Redação Bete Faria Nicastro e Érica Mendes Carnevalli | Revisão Alessandra Nogueira | Direção de Arte e Editoração Haroldo Sena (PKTAG Mkt. & Com.) | Tiragem: 1.000 exemplares | Correspondências para o Adibra News Rua Pará, 76 – Sl. 121 – Higienópolis - São Paulo - SP - CEP 01243-020 | Telefone: (11) 2369-8083 | adibra@adibra.com.br | www.adibra.com.br

ADIBRANEWS |

3


Play4fun reuniu novidades do setor

EVENTO

Desde 2015, a Play4fun organiza um evento para seus clientes conhecerem os novos produtos do mercado. Este ano, o encontro, que aconteceu no dia 22 de agosto, no Espaço Armazém São Paulo, em São Paulo, contou com a parceria da Fábrica de Diversão e da Matic Play.

Play4fun fornece equipamentos importados para FEC's

Além de conferir as novidades dos equipamentos, a ocasião também serviu para que os 50 operadores e fornecedores de FEC´s presentes, nacionais e internacionais, pudessem se conhecer para gerar futuros negócios.

André Ferraz, Henry Hila, Carlos Laguardia, Paul Williams, Lucas Ferraz e Felix Quatke

Com mais de 25 anos de experiência, a Play4fun começou a atuar oficialmente no mercado em 2010. A empresa disponibiliza uma variedade de brinquedos para os Family Entertainment Centers (FEC´s), além de oferecer assistência e garantia aos seus clientes. A Play4fun conta com uma diversidade de máquinas temáticas e interativas, como Redemption, simuladores, jogos de tiro e de corrida, e muitos outros. A maioria do catálogo de brinquedos é importada da China, Japão, Taiwan, Inglaterra e Estados Unidos. Para ficar por dentro das novidades, o diretor da Play4fun, André Ferraz, participa das principais feiras internacionais do setor de máquinas de diversões para trazer inovações aos seus clientes.

“A Play4fun oferece tudo necessário para uma área de lazer de Shopping Center. Além de trazer produtos novos, a empresa também realiza compra e revenda de equipamentos usados”, conta André.

Fábrica de Diversão é especializada em máquinas Redemption para parques indoor A Fábrica de Diversão, desde 2003 no mercado, conta com mais de 10 modelos de brinquedos voltados para o lazer infantil, desenvolvendo suas próprias máquinas Redemption para Family Entertainment Centers (FEC's). Os equipamentos são fabricados com tecnologia própria e peças nacionais, facilitando a manutenção e segurança. Os brinquedos ainda podem ser personalizados de acordo com as necessidades de cada cliente. “Recentemente lançamos dois produtos novos, o Saltimball e o RockNBall, e estamos finalizando um lançamento mundial. A máquina foi desenvolvida por nós e fabricada na China”, conta o diretor da Fábrica de Diversão, Claudio Antoun.

Matic Play produz, há mais de 40 anos, máquinas de entretenimento Uma das pioneiras na fabricação de equipamentos para entretenimento no País, a Matic Play atua no mercado desde 1970. Com produtos nacionais e importados, sendo representante de importantes marcas no Brasil e América Latina, a empresa oferece aos seus clientes reposição de peças e rapidez na entrega.

“Nossas máquinas contam com acabamento esmerado, artes gráficas de ótimo apelo visual e iluminação de LED que valorizam o ambiente onde estão operando. Além do baixo consumo de energia, que reduz o custo operacional e acelera o retorno esperado do investido na máquina”,

A Matic Play conta com mais de 20 opções de máquinas de diversão, como Pinball, simuladores, pebolim e muitas outras. O seu mais novo lançamento é a Fun Stop Photos Gen3, um equipamento em que o usuário consegue interagir com suas “selfies” e imprimí-las em poucos instantes.

Sempre por dentro das novidades e das mudanças do mercado, a Matic Play produz produtos de alta tecnologia, e conta com profissionais capacitados por empresas e centros de ensino parceiros, como SENAC, LSI, USP e SEBRAE.

Além de ser responsável pela produção, a empresa também oferece serviços de assessoria técnica aos seus clientes, realizados por uma equipe de engenheiros, para prevenção, correção e testes dos produtos. 4 | ADIBRANEWS

explica o diretor da Matic Play, Pedro Luiz Esteban.

“Atualmente tem-se uma busca por equipamentos cada vez mais interativos e que aproximem o cliente de uma realidade virtual percebida em poucos minutos de uso, desta forma, o prazer do uso torna-se natural, alcançando públicos de todas as gerações”, conta Pedro Luiz.


ADIBRANEWS |

5


PARQUES ITINERANTES

NÚCLEO ADIBRA Diretoria de Parques Itinerantes investe em mudanças e novos associados Por Rodger Augusto* Este ano, a diretoria de Parques Itinerantes tem investido em aumentar a presença da Adibra nesse segmento. Temos focado no contato com fornecedores e operadores não associados, mostrando os frutos de fazer parte da Associação. Realizamos diversos convites a parques não associados para eventos e encontros, e conversamos com os operadores que ainda não fazem parte da Associação, para trabalharmos em conjunto, defendendo a categoria de uma melhor maneira. Para os associados, continuamos com o apoio e orientação em relação à manutenção e normas de segurança dos brinquedos. Além disso, a Adibra tem pleiteado, em conjunto com o Sindepat, redução nas taxas de importação para resultar em um menor custo dos equipamentos. Essa mudança é importante, já que vemos um crescimento no hábito do brasileiro de brincar mais. No entanto, atualmente, grande parte dos parques móveis segue a mesma linha de brinquedos, adquirindo o mesmo equipamento ou com temas muito semelhantes. Isso afeta o visitante que sempre está à procura de novidades. Para resolver essa questão, outra ação que queremos implantar são eventos para unir e fortalecer os parques itinerantes do País. O plano é organizar esses encontros, não necessariamente em São Paulo, mas em um local onde esses parques móveis estejam mais concentrados. Ações como essas são relevantes devido a grande tendência ao crescimento do segmento dos parques itinerantes. Cada vez mais empresas de diversos setores, como agropecuária, por exemplo, têm percebido a importância de se ter parques de diversões em seus eventos, já que é uma maneira de aumentar a visitação e a permanência do público. O Brasil tem condições muito favoráveis para as operações móveis, já que consegue trabalhar de janeiro a janeiro, sem sofrer com condições climáticas como outros países. *Rodger Augusto é diretor de Parques Itinerantes da Adibra 6 | ADIBRANEWS

Esse tipo de lazer tem um custo bastante acessível, o que torna uma grande oportunidade de negócio.


Equipe de Marketing traz novas ferramentas para os associados Por Henry Hilla* A campanha "VEM PRA ADIBRA", implantada em 2017, conta com grande dedicação e esforço de toda equipe diretiva da Adibra, se traduz em resultados positivos para a associação e também para o setor, principalmente pelo aumento da participação dos associados nas atividades realizadas. Dentro das tarefas da equipe de marketing, quero destacar a atuação para aproximar dos associados “operadores” os associados “fornecedores”, para estes promoverem seus produtos e serviços de qualidade à nossa indústria, pois conhecem as necessidades, aprimoram seus produtos, apresentam oportunidades, facilitando assim as tomadas de decisões dos “operadores" em relação a compra e contratação. Do outro lado, os operadores ganham um canal de consulta com diversos produtos e serviços, que além de se beneficiarem no âmbito comercial, desenvolvem conhecimento das novidades do setor, podendo avançar com projetos sob medida e ainda obter o histórico de cada empresa fornecedora com demais operadores. É uma ação importante, pois proporciona benefícios para os associados fazendo com que a própria associação cresça, o que gera mais oportunidades para o setor. ADIBRA ESTÁ CRESCENDO Com o crescimento do número de membros, a Adibra abre novos investimentos e recebe atenção especial do nosso setor de educação e treinamento, que está adquirindo ferramentas importantes para permitir a conexão on-line com seus associados. Uma delas é a contratação da ferramenta WEBINAR ADIBRA, na qual todos serão beneficiados através da oferta de treinamentos on-line, fazendo com que o deslocamento das equipes não seja mais necessário, pois todos poderão acompanhar a grade de palestras, cursos, reuniões e atividades diversas ao vivo via internet, seja no computador, tablet ou no smartphone.

Também está inaugurado o sistema de reservas on-line para os eventos da nossa associação que exigem inscrição. São cinco canais de vendas, entre eles: site, Facebook, pdv Adibra, call center e bilheteria. A ferramenta possibilita a ativação de promoções levando ainda mais benefícios aos participantes. MAIS UMA VANTAGEM PARA O ASSOCIADO Já está no radar e em desenvolvimento uma plataforma para classificados de rides no site da Adibra. Um ambiente como uma grande loja de rides e outros produtos usados para compra, venda e locação. Será possível inscrever equipamentos de pequeno, médio e grande porte, além de máquinas de alimentos e bebidas, quiosques, entre outros. Nosso objetivo é gerar negócios entre os nossos operadores e fornecedores em primeira mão, e após um período liberar para o mercado. Venho chamar a atenção para destacar a importância de nossa nova revista Adibra. Com assuntos relevantes, matérias de qualidade e um painel de novidades e movimentações do setor, conquistou grande interesse de seus leitores, atraindo mais anunciantes interessados. Importante lembrar que antes a Adibra contava apenas com um boletim, e hoje, após a implantação das novas estratégias da área de marketing, já alcançamos a terceira edição. DICA: Revista certa nas mãos certas! Atualize seu cadastro, indique empresas para fazer parte do mailing de distribuição da revista Adibra e participe com matérias do seu parque ou anunciando os seus produtos.

*Henry Hilla é diretor de Marketing da Adibra

marketing

NÚCLEO ADIBRA


EDUCAÇÃO NÚCLEO ADIBRA Webinar, nova ferramenta on-line para os associados, contará com importantes seminários sobre o setor Por Paulo Kenzo Uemura* Na busca constante em desenvolvermos nossa indústria e principalmente capacitar os colaboradores dos Parques e Atrações, a Adibra lançará nos próximos meses uma série de Webinars com temas diversos e importantes para o setor. Os Webinars são seminários on-line, nos quais especialistas podem compartilhar seus conhecimentos, exibindo suas apresentações ao vivo, vídeos e principalmente interagindo com espectadores. Para participar dos webinars, basta ter um computador ou tablet com acesso à internet. Uma das características mais interessantes dessa plataforma é a possibilidade de interação entre aqueles que o produzem e ministram e seus espectadores, tornando a experiência mais rica e construtiva para todos. Além de ser uma maneira rápida de se adquirir conhecimento, também viabiliza a participação estando em qualquer parte do mundo, sendo necessário apenas um celular, tablet ou computador. Talvez, a principal vantagem esteja no fato de que ao fazer parte desse seminário on-line, você perde menos tempo no deslocamento, possibilitando, muitas vezes, a presença de mais pessoas comparado com um seminário presencial, e assim gera menos custo para o colaborador e também para a empresa filiada a Adibra. Para os próximos meses, os temas apresentados pelos melhores especialistas do setor, serão: Como alavancar vendas do seu parque; Maximize seus resultados em alimentos e bebidas no parque; Aumente as receitas e a experiência do seu cliente com merchandising; Tematização e Paisagismo; Mídias Sociais; Segurança do trabalho; Reforma trabalhista; e Segurança de atrações em parques. * Paulo Kenzo Uemura é diretor de Educação da Adibra 8 | ADIBRANEWS

As datas serão divulgadas em breve e contamos com sua participação em nossos Webinars


SLI APP: A MELHOR SOLUÇÃO Use, ganhe e compartilhe

DA PUBLICIDADE MOBILE

VAI FICAR DE FORA DESSA? Com as nossas vantagens, você pode potencializar o seu alcance de público. Impacte seu público na lockscreen Campanhas muito mais eficientes Alto poder de segmentação Gamification Use gifs e vídeos para maior interação BAIXE EM: sliapp.com

MARCAS QUE JÁ IMPACTAM O PÚBLICO COM SLI APP:

contato@sliphis.com

/SliApp


NOVID

DO SETOR MAIS DIV

Espaço Diversão terá nova unidade em João Pessoa

Parque da Mônica promove Oficina Especial de Primavera

A inauguração será ainda neste semestre de 2017 no Via Sul Shopping

Programação especial aconteceu durante todo o mês de setembro

O parque de diversões indoor, Espaço Diversão ganhará mais uma unidade que estará em João Pessoa (PB), no Via Sul Shopping, ainda neste segundo semestre de 2017. O primeiro estabelecimento foi inaugurado em julho deste ano, próximo a praça de alimentação do Colinas Shopping, em São José dos Campos (SP).

O Parque da Mônica preparou uma atividade que encantou toda a família. Até o fim de setembro, os visitantes puderam participar das Oficinas Especiais de Primavera e celebrar a estação mais colorida do ano.

Ao todo, o local na cidade paulista tem cerca de 40 atrações para todas as idades, que estão dispostas em mais de 400m². Entre as principais atrações desta unidade do Espaço Diversão estão, simuladores 2D e 3D, pinballs, gruas premiadas e piscina de bolinhas. Também conta com mega “brinquedão” e um circuito de obstáculos.

Os visitantes podem se divertir como um piloto superveloz, um grande jogador de futebol ou mesmo desbravar grandes aventuras como um pirata em alto mar. Além disso, parte das atrações, ao final de cada experiência, entregam brindes aos participantes. O espaço também conta com um ambiente exclusivo dentro do parque para comemoração de eventos, como aniversários. Os pacotes incluem salão de festas, período de diversão em todas as atrações e convites exclusivos. Os preços variam de acordo com a quantidade de convidados. 10 | ADIBRANEWS

A oficina aconteceu no Atelier da Marina e os pequenos tiveram a oportunidade de plantar seus próprios girassóis em copinhos recicláveis, que serviram como vasinhos. Durante todo o mês de setembro, as crianças receberam, na entrada do Atelier da Marina, uma semente de girassol em um copo de 360 ml de isopor e algodão. Os copinhos de isopor são recicláveis, não poluem o meio ambiente e não contaminam o solo. Os vasinhos já tinham o tamanho ideal para que o girassol cresça. Os pequenos puderam customizar e personalizar os seus vasinhos. No dia 24 de setembro, para celebrar a chegada da Primavera, a jornalista Carol Costa, colunista do quadro Jardinaria, da BandNews FM e fundadora do site Minhas Plantas, esteve no Parque compartilhando todo seu conhecimento para ajudar e incentivar os pequenos a cultivarem as plantas. A programação do Parque ainda incluiu o novo musical “Mônica Azul”, que tem como principal missão a conscientização em torno da diversidade, além de proporcionar muita diversão para os visitantes. No Parque da Mônica, a diversão é garantida para toda a família!


DADES

VERTIDO DO MUNDO

Magic City sediou etapa do Campeonato Paulista de Rally a Pé

Alpen Park inaugura novo espaço gastronômico

Para participar não precisava ser atleta, bastava gostar de caminhada e estar em meio à natureza

Augusta Café é inspirado no conceito de "streetfood" e na cena multicultural da capital paulista

O complexo de lazer Magic City, em Suzano (SP) sediou no dia 20 de agosto, o Campeonato Paulista de Rally a Pé. O evento foi uma maneira do participante praticar uma atividade física em meio à natureza local e ainda aproveitar as atrações do parque aquático depois.

O Alpen Park, de Canela (RS), inaugurou um novo espaço gastronômico para os visitantes de um dos maiores parques da Serra Gaúcha. Inspirado na gastronomia urbana de São Paulo, o Augusta Café segue o conceito de "streetfood", que é servir lanches e comidas de qualidade com receitas descoladas e contemporâneas. Com um ambiente bem familiar, o espaço gastronômico atende adultos e crianças.

Destinado a crianças (a partir de 7 anos), adolescentes e adultos, para participar do Rally a Pé, não era necessário ser atleta, bastava gostar de caminhada. A ideia do evento era acessibilidade e diversão.

“Essa é uma atividade muito aplicada nas empresas como treinamento, como forma de lazer acessível, nas escolas em razão de sua ênfase didática e em parques, com diferentes tipos de perfis de pessoas. E além de participar do Rally a Pé, o público pode aproveitar as atrações do parque aquático após o evento”, explica o organizador do Campeonato Paulista de Rally a Pé, Bêni Becker.

No cardápio, além de sanduíches e hambúrgueres, há ainda uma série de cafés da cafeteria clássica italiana, churros, sucos, cervejas artesanais, vinhos e espumantes e o chope artesanal Grambier. “Investimos nesse projeto gastronômico para qualificar o setor de alimentos e bebidas e atender melhor nossos visitantes. Estamos muito entusiasmados com essa parceria, pela qualidade e pela experiência do Augusta Café, e pela melhora nos nossos serviços e estrutura”, comenta o diretor do Alpen Park, Renato Fensterseifer. O Augusta Café nasceu da vontade de seus proprietários, Patricia e Gustavo Wiesel, em criar um espaço de convívio para os moradores de Gramado e Canela, através da comida de rua e suas vivências da multicultural Rua Augusta em São Paulo. O espaço foi concluído com a chegada de um novo sócio e parceiro de Gustavo em outros restaurantes, o Chef Vinicius Zorzanello. Uma das curiosidades é o lambe-lambe que virou tema de decoração nas paredes do Augusta Café, em formato de cartazes e banners de papel, uma expressão das novas linguagens da arte urbana contemporânea com suas frases curiosas e divertidas. ADIBRANEWS | 11


6º Beto Carrero Meeting recebe ministro do Turismo

Roda gigante do Mirabilandia no Rock in Rio

Dentre as discussões, as autoridades falaram sobre as dificuldades do crescimento do setor no País

Brinquedo conta com quase 100 mil lâmpadas LED e tem capacidade de transportar 140 pessoas

Na 6ª edição do Beto Carrero Meeting ocorreu o lançamento da campanha do Ministério do Turismo “O Sul é Meu Destino”, que foi apresentada pelo ministro Marx Beltrão. O projeto tem como objetivo divulgar os atrativos da região sul do Brasil, fomentando o turismo nacional e internacional.

O Mirabilandia finalizou a montagem da roda gigante de 36 metros que ficou duas semanas na Cidade do Rock, espaço onde aconteceu o Rock in Rio, no Rio de Janeiro (RJ). O estabelecimento tem um parque fixo em Pernambuco e vem instalando brinquedos em grandes eventos no País nos últimos dois anos.

Além do ministro, o evento contou com mais cinco painelistas: Vinicius Lummertz, presidente da Embratur; Leonel Pavan, secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina; Valter Patriani, vice-presidente da CVC; Alain Baldacci, presidente do Sindepat e Rogério Siqueira, CEO do Beto Carrero World.

Com uma equipe de 14 pessoas, entre motoristas das carretas que transportam o brinquedo, montadores e supervisor, a roda gigante levou nove dias para ficar pronta. Ela tem um moderno sistema de iluminação, que conta com quase 100 mil lâmpadas de LED, que podem combinar até 64 mil cores. No Rock in Rio, teve as cores do Banco Itaú, um dos patrocinadores da festa.

Marx Beltrão apresentou a nova campanha do Ministério, destacando a importância do projeto. “Todos deveriam conhecer a região e o Beto Carrero World, que representam o que temos de melhor no turismo de entretenimento”, declarou Beltrão. O presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz trouxe à discussão alguns dos dificultadores do crescimento do setor do turismo no Brasil, como o conservadorismo, que impede o desenvolvimento de novos projetos e oportunidade de negócios.

“Temos que deixar de ser o melhor País em potencial turístico do mundo e ao mesmo tempo sermos o terceiro pior em ambiente de negócios”,

Com três rodas gigantes disponíveis, sendo que uma fica sempre à disposição do público do parque em Pernambuco, em 24 meses o Mirabilandia já é o principal fornecedor de brinquedos para grandes eventos no Brasil, com mais de 30 instalações de Norte a Sul. Nos últimos dois anos já esteve no Festival de Verão de Salvador, Lollapalooza, São João da Capitá, no Recife, São João de Fortaleza, Oktoberfest de São Paulo e vários outros. Também participou de temporadas maiores em campanhas públicas em grandes capitais, como será, novamente, o Giro pela Vida, para a Avon, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e a Convenção da Vivo, na Praia do Forte, na Bahia.

“Estamos entregando um projeto que surgiu da inspiração, da força e da coragem de Beto Carrero”,

“A roda gigante é vista de longe, as cores são chamativas, logo é associada a uma marca e os frequentadores adoram tirar fotos e postar nas redes sociais com o equipamento ao fundo. É uma atração além dos artistas”,

declarou o CEO do Beto Carrero World, Rogério Siqueira. Ele ainda ressaltou a importância desse projeto para o crescimento do turismo do Mercosul no Brasil, facilitando a entrada do turista e divulgando todos os atrativos da região Sul e do país.

explica o diretor do parque, Bruno Peixoto. A roda gigante transporta 140 pessoas por vez em 24 gôndolas fechadas, como são chamadas as cabines, com capacidade para seis pessoas em cada uma, inclusive com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

declarou Lummertz.

12 | ADIBRANEWS


Diretor do Puppy Play, Emilio Rodrigues Neto com o prêmio

Puppy Play é vencedor no 19º Prêmio Lojista Alshop 2017

Rede Parks & Games inaugura seu primeiro parque em Fortaleza, no Shopping del Paseo

Playland e Parks & Games também se destacaram na categoria Lazer, Diversão e Entretenimento

Local conta com cerca de 90 atrações e mais de 200 opções de brindes

No dia 3 de agosto, os principais varejistas de shopping brasileiro se reuniram para o 19º Prêmio Lojista Alshop 2017, no WTC Events Center - Golden Hall, em São Paulo. Com o total de 45 categorias, os três finalistas de Lazer, Diversão e Entretenimento eram parques associados da Adibra: Playland, Parks & Games e o Puppy Play – vencedor na categoria.

A rede de parques indoor Parks & Games, inaugurou no dia 3 de junho, no Shopping Del Paseo, seu primeiro parque em Fortaleza. O espaço está entre os três maiores parques da rede e equipado com atrações de última geração para toda família, oferece cerca de 90 atrações aos seus visitantes com diversas experiências, entre elas games, simuladores, jogos coletivos e o “brinquedão” com circuito de obstáculos e tobogãs, além de circuito de atrações kids com piscina de bolinhas que promete agradar a turminha.

Os consumidores foram os responsáveis por escolher as 135 marcas finalistas dentre, aproximadamente 600 lojistas. O voto foi computado on-line, por meio do site do Prêmio. O evento aconteceu juntamente com o 17º Brasilshop Congresso Internacional de Varejo. Os finalistas de todas as categorias puderam aproveitar um almoço e depois foi realizada a entrega dos prêmios diante de mais de 1.500 profissionais do varejo em shopping.

O prêmio do Puppy Play, vencedor na categoria de Lazer, Diversão e Entretenimento - Parques, foi recebido por seu diretor, Emílio Rodrigues Neto.

No Parks & Games do Shopping Del Paseo podem ser encontradas mais de 200 opções de brindes, entre eles quebra-cabeça, bonecas, pelúcias, produtos licenciados que podem ser trocados pelos tickets adquiridos nas atrações ou adquirir o “Vip Card”, cartão exclusivo Parks & Games que oferece benefícios especiais e descontos de até 10% nos games para visitantes.

O parque conta também com quatro espaços exclusivos, climatizados e equipados com a possibilidade de até oito festas de aniversário por dia, sendo que dois deles poderão se transformar em um único salão com 111 m², ampliando a possibilidade de eventos maiores com capacidade de 50 a 300 pessoas por dia.

Edelson Silva, Alexandre Moraes, Marcelo Marchesani, Herbert Klassa, Atilio Grimaldi e Emilio Rodrigues Neto

Representando a Parks & Games estava Haroldo Sena e Herbert Klassa e pelo Playland, o seu diretor, Alexandre Moraes junto com Edelson Silva, Marcelo Marchesani e Atilio Grimaldi. Depois da cerimônia, houve um coquetel de encerramento para os presentes.

Para o segundo semestre deste ano, a rede Parks & Games anuncia mais duas inaugurações em shoppings do País: Londrina North Shopping e Catuaí Shopping Maringá, além do início das operações no Shopping Iguatemi Fortaleza. 13 | ADIBRANEWS


Repro Engenharia completa 30 anos Empresa integra serviços de engenharia, manutenção e consultoria para qualquer tipo de parque de diversão Com larga experiência e trazendo segurança, a Repro Engenharia completou em setembro deste ano, 30 anos no mercado, trabalhando em todas as áreas de manutenção e de engenharia elétrica, mecânica e eletrônica e de segurança, dos maiores parques de diversões do Brasil e da América Latina. A empresa atua com flexibilidade operacional, adaptando os recursos e o suporte técnico a cada cliente, além de oferecer assessoria e consultoria de projetos. Com instalações próprias, a Repro Engenharia já trabalhou em todas as áreas técnicas dos mais importantes parques de diversões como o Playcenter, Beto Carrero, Hopi Hari, Parks & Games, Parque da Xuxa, Parque da Mônica, Magic City, Mirabilandia, Nicolândia, Show Play, Magic Games, Planet Games, Moreno’s Park, Diverbras, Alpen Park, Snow Land, SESC, SENAC, entre outros. A empresa conta com uma equipe de profissionais nas áreas de Engenharia, Tecnologia, Projetos e ainda de Eletricistas, Eletrônicos, Eletroeletrônicos e Mecânicos, com experiência em Manutenção Industrial e de Diversão. “Estamos em uma evolução constante, abrindo o escopo para todas as áreas de lazer. Atualmente atendemos clientes de parques de trampolim e de um parque de neve. Já atendíamos a parques de diversão convencionais, FEC’s, aquáticos, e agora chegamos a esses novos modelos de entretenimento”, conta o diretor da Repro Engenharia, Francisco Donatiello Neto. A Repro é dirigida pelo engenheiro Francisco Donatiello Neto, que é especialista em segurança e conta com uma experiência de 27 anos em parques de diversões. Durante seis anos foi presidente da Adibra e participou ativamente da elaboração de normas de segurança, como coordenador do Comitê da ABNT NBR 15926, e membro do Comitê mundial de segurança em parques de diversões da IAAPA, e pela mesma entidade, como membro do Comitê assessor e como presidente do subcomitê de segurança. “Nós participamos e interagimos constantemente por diversos meios com os principais órgãos de geração, inspeção e controle do segmento, tais como CREA, ABNT, Adibra, ASTM e IAAPA. Além do contato direto com diversos fabricantes mundiais de equipamentos para parques de diversões”, ressalta Francisco. Além disso, os associados da Adibra podem aproveitar descontos nos serviços da Repro Engenharia. “O fato de ser um associado já qualifica o parque por sempre buscar soluções de qualidade e segurança, além de estar ligado constantemente a evolução do setor. Isso, sem dúvida, facilita nosso trabalho e reduz o custo envolvido”, explica Francisco. 14 | ADIBRANEWS

Ticket Time inaugura seu primeiro parque em Ribeirão Preto Com atrações para todas as idades, a Ticket Time fica localizada no Shopping Santa Úrsula A Ticket Time lançou seu primeiro parque de diversões indoor em Ribeirão Preto (SP). O estabelecimento, localizado no 2º piso do Shopping Santa Úrsula, conta com 50 atrações que vão exigir habilidade e rapidez daqueles que curtem uma boa dose de diversão. Todas as atrações na Ticket Time são habilitadas por seu cartão de jogo pré-pago. A performance do participante rende tickets, que podem ser trocados por prêmios a qualquer momento. Assim, quanto mais o visitante brincar, mais tickets ele acumula e mais prêmios poderá ganhar. O parque também conta com um VIPCARD Ticket Time, que oferece descontos e benefícios exclusivos durante a visita.

NOVOS ASSOCIADOS

Neste ano, duas empresas do setor de entretenimento integraram o portfólio de associados da Adibra.

Fornecedor de equipamentos e serviços mecânicos e de eletrônica

Parque de diversões itinerante há 30 anos no mercado


MUNDO ADIBRA

01

02

03 Fórum Adibra

04

05

06

08

09

11

17

15

16

18

20

23

10

13

12

14

07

19

21

22

24

25

1) Marcelo Beraldo, Evandro Valentini e Nicola Voci 2) Celio Borges e Francisco Donatiello Neto 3) Nicola Voci, Marcelo Beraldo, Evandro Valentini e Herbert Klassa 4) Pedro Moura 5) Lucas Ferraz, Leonardo Ferreira, Fernando Oliveira e Felix Quatke 6) Vanessa Costa, Henry Hila, Malu e Roque Silva 7) Oliver Krause 8) Fernando Oliveira, Lucas Ferraz, Tomas Papp e Marlene Araujo 9) Marcio Firmino, Amanda Houck, Atilio Grimaldi, Dario Zanatta 10) Vania Botelho e Felix Quatke 11) Michel Gorski e Marcelo Golfieri 12) Bruno Rommel, Lucimara Bayer, Jocemara Luciana, Michele Sousa e Haroldo Sena 13) Lucas Mariano, Andre Almeida, Marcelo Beraldo e Tomas Papp 14) Oliver Krause, Herbert Klassa, Conceição Zapellini, Felix Quatke e Lucas Ferraz 15) Leonardo Ferreira, Saviana Marques, Fernando Oliveira e Felix Quatke 16) Fagner Marques, Alisson Jubran e Fabio Silva 17) Michel Gorski 18) Nicole Wesley e Erica Macedo Augusto 19) Carla Paiva, Herbert Klassa, Amanda Houck, Marcio Firmino, Sidnei Fidelis, Deise Silva e Carmen Entenza 20) Lucas Ferraz 21) Emílio Rodrigues, Rodrigo Silva e Katalin Sistig 22) João Ferreira, Simone Gonçalves e Paula Lessa 23) Paulo Maltauro 24) Francisco Donatiello Neto, Vanessa Costa e Lucia Cristina Buone 25) Herbert Klassa


Marx Beltrão, Ministro do Turismo - Créd. Ministério do Turismo

CAPA

Adibra se reúne com o ministro do Turismo e entidades do governo para discutir o desenvolvimento do setor Membros da diretoria junto com o ministro Marx Beltrão participaram de seminário, em Brasília, sobre a importância dos parques de diversões para o turismo nacional No dia 15 de agosto, a Adibra se reuniu com membros do governo e de parques de diversões em Brasília para discutir a relevância do setor de entretenimento para o turismo no Brasil. O seminário, organizado pelo Ministério do Turismo, contou com a participação de diversas autoridades, entre elas, os diretores da Adibra e o ministro do Turismo, Marx

Beltrão que ressaltou a importância de um maior diálogo entre o governo e os parques para gerar mais investimentos. Para ele, este evento foi uma oportunidade de reunir o governo com os atores e líderes do setor, como a Adibra, na discussão de quais são as demandas atuais do segmento, além de conhecer as boas práticas internacionais e criar um consenso sobre os ajustes necessários para incentivar investimentos. “Compartilhamos os nossos esforços junto ao CONFAZ e ao Ministério do Planejamento para fortalecer o segmento de Parques Temáticos no Brasil. Também ampliamos o diálogo com o Conselho de Praticagem a respeito dos custos da atividade no País”, conta Marx Beltrão. Na ocasião, parques de diversões, a Adibra e outras entidades apresentaram ao Governo um plano de investimento em troca de uma diminuição nas taxas de importação de equipamentos. Para o ministro, ações como essa são necessárias para continuar com o atual crescimento do setor de parques de diversões como importantes atrações turísticas, e ressalta que o Governo tem trabalhado para destravar as barreiras que impedem o setor de investir, gerar emprego e renda no País.

“Em um momento em que o Brasil precisa gerar emprego e movimentar a economia, temos de estender um tapete vermelho para aqueles que querem investir no nosso país. O nosso papel, enquanto governo, é preparar o terreno para que os investimentos aconteçam”, explica. Para o presidente da Adibra, Alvaro Mendes Pereira, as propostas levantadas durante o evento foram fundamentais 16 | ADIBRANEWS


para intensificar o diálogo com o governo e avançar na discussão de investimentos no setor. “Hoje, este mercado é altamente competitivo e depende necessariamente de mudanças, renovação das atrações, atualizações e investimentos em infraestrutura para não só fidelizar e atrair mais clientes, mas também para desenvolver o segmento como um todo”, conta.

O ministro Marx Beltrão completa que, a criação de novos projetos e parcerias entre governo e empresas do setor de diversões trazem benefícios aos dois lados. “O turista não volta para um parque se ele não tiver novidades, é nisso que governo e iniciativa privada trabalham: melhorar o ambiente de negócios para desenvolver todo o nosso potencial. Um estudo do próprio segmento sustenta que o atendimento às demandas dos parques pode gerar um investimento de quase R$ 2 bilhões e quase 60 mil novos postos de trabalho. Isto é: trabalhamos juntos pelo turismo e pelo Brasil”, finaliza.

VP da Disney e presidente da IAAPA em Brasília

Créd. Ministério do Turismo

Murilo Pascoal - Cred. Ministério do Turismo

Jantar Depois do seminário, operadores, membros internacionais e autoridades do setor se reuniram em um jantar no Rubaiyat, em Brasília. Estavam presentes todo o corpo diretivo da Adibra, diversos membros associados, o comitê do Ministério de Turismo, a IAAPA, e outras entidades. Para Greg Hale, o jantar foi o destaque de sua viagem ao País.

Greg Hale - Cred. Ministério do Turismo

Convidado pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, o VP da Disney e presidente internacional da IAAPA, Greg Hale, foi uma das autoridades do setor de diversões que também participou do evento em Brasília.

"Todos, Adibra, IAAPA e Sindepat, estavam trabalhando juntos para o objetivo em comum de remover as barreiras para o crescimento e expansão da indústria de parques temáticos”, explica.

Durante o seminário, o profissional apresentou um panorama do desenvolvimento dos parques temáticos ao redor do mundo e falou sobre a situação do País. “Foi uma honra poder apresentar, juntamente com o Sindepat, como as outras regiões do mundo estão usando a indústria de diversões para impulsionar o crescimento econômico e o impacto atual nesse setor no Brasil, devido às barreiras impostas pelo Governo e as leis brasileiras”, explica Greg Hale. Ele acredita que o evento serviu para mostrar a importância ao governo brasileiro do setor de parques temáticos. “Depois da finalização das apresentações, o compromisso que escutamos das autoridades governamentais foram encorajadoras, que continuarão a trabalhar para remover os obstáculos ao crescimento e investimento”, conta. ADIBRANEWS | 17


E !2017 Z I M E

O S O N REÇO

D

C COM P E E 2018 ew E S - ÇÃO DEorg/Ren E I CSOCIA APA. O S S IA A SE SUA A

GU PA

seja IA APA INTERNACIONAL DE PARQUES DE DIVERSÃO E ATRAÇÕES

Como membro da Associação Internacional de Parques de Diversão e Atrações (IAAPA), você fará um investimento inteligente no futuro do seu negócio. A IAAPA é uma fonte poderosa que oferece aos profissionais e fornecedores do setor o acesso a informações relevantes, às melhores práticas e a colegas do mundo todo — tudo o que é necessário para proporcionar aos clientes experiências seguras, inesquecíveis e apaixonantes. Se você é associado ADIBRA aproveite 25% para se associar IAAPA. Válido só para novos associados.

Conecte-se, prepare-se, capacite-se e mantenha-se informado. Seja IAAPA. ASSOCIE-SE AGORA MESMO.

IA APA.org/beIA APA

18 | ADIBRANEWS


FAÇA PARTE DE UMA NAÇÃO

2017

CRIATIVA CONFERÊNCIA: DE 13 A 17 DE NOVEMBRO EXPOSIÇÃO: DE 14 A 17 DE NOVEMBRO ORLANDO, FL, EUA

Reúna-se com seus colegas e inspire-se. A IAAPA Attractions Expo é o mercado global do setor de atrações, onde líderes do mundo todo se conectam para criar experiências inovadoras, ousadas e únicas para os visitantes. Programe-se para participar da IAAPA Attractions Expo 2017, onde você poderá conhecer novas ideias, estabelecer contatos importantes e testar tecnologias emocionantes que, depois, poderá levar para suas atrações.

14 de novembro: evento de inauguração, conferência e almoço da América Latina: os desafios, tendências e futuro do setor latino-americano 15 de novembro: recepção para a América Latina 20 conferências educativas traduzidas para o espanhol, com temas como redes sociais, parques aquáticos, centros de lazer para toda a família, marketing e operações, tecnologia, lojas de varejo, design, segurança e muito mais!

EDUTours traduzidos para o espanhol e para o português nos seguintes destinos de Orlando: • EDUTour: Fun Spot America • EDUTour: SeaWorld Christmas Celebration • EDUTour: Volcano Bay Water Park Outros eventos especiais incluem: café da manhã para gerentes gerais e proprietários com Nick Varney, diretor executivo do Merlin Entertainments Group; IAAPA celebra Pandora: o mundo do Avatar no Disney’s Animal Kingdom; e Mudança radical: incorpore uma cultura de inovação na sua empresa

Planeje e economize! INSCRIÇÃO COM DESCONTO: Economize até 40%* ao inscrever-se antes de 19 de setembro. DESCONTO POR INSCRIÇÃO ANTECIPADA: Economize até 25%* ao inscrever-se antes de 31 de outubro.

Os membros da IAAPA recebem o benefício especial de um desconto de mais de US$ 100 dólares sobre o preço da inscrição para não membros e acesso gratuito a mais de 80 conferências educativas (não membros pagam US$ 329). * Desconto sobre o custo total de inscrição in situ.

Entre em contato com o escritório regional para obter mais informações sobre a exposição e para obter ajuda para inscrever-se. Telefone: +52 55 33005915 E-mail: latinoamerica@IAAPA.org

Caso queira obter mais informações sobre a associação, acesse www.IAAPA.org/LatinAmerica. Para obter mais informações sobre a Exposição de Atrações da IAAPA 2017, acesse www.IAAPA.org/IAAPAAttractionsExpo/LAC.

ADIBRANEWS | 19


nosso trabalho está no caminho certo ou não, basta descer no Parque, conversar com alguns visitantes, observar a reação das crianças, dos pais. Enfim, diferente de quem fabrica sapatos por exemplo, você não está lá na hora da compra, na hora do primeiro uso, se o consumidor fez cara feia ou não ao usar o sapato no primeiro dia. No nosso caso, é em tempo real, você vê no rosto do visitante se o seu produto está agradando ou não. Outra coisa que sou muito grato a esse segmento, é o fato de ter me dado oportunidade de conhecer muitos Países e culturas diferentes, até por conta do meu envolvimento com a IAAPA e do meu interesse por aprender formas diferentes de se operar um Parque, sempre há oportunidades de visita técnica, intercâmbio de experiências ou cursos. Aliás, minha primeira viagem, paga com economias que fiz no meu primeiro ano de Parque, foi para os Estados Unidos. Passei um bom tempo por lá, observando a operação, fazendo as visitas guiadas disponíveis e procurando absorver o máximo de conhecimento sobre como um parque deve funcionar. Depois dessa, já acumulo aproximadamente 20 visitas a IAAPA Attractions Expo, centenas de palestras e cursos que ocorrem durante a feira e muitos, muitos amigos.

ENTREVISTA

Análise sobre o setor de parques de diversões Diretor do Parque da Mônica, Marcelo Beraldo, compartilha sua trajetória profissional e sua visão sobre o mercado de diversões Nosso entrevistado, Marcelo Beraldo da Silva, atua no segmento desde 1997. Já passou por diversas funções em diferentes parques e hoje é diretor Executivo do Parque da Mônica, empreendimento inaugurado em 2015, fruto de uma parceria entre o Grupo Empresarial São Joaquim e a Mauricio de Sousa Produções. Marcelo também representa no Brasil, a International Association of Amusement Parks and Attractions (IAAPA), na qual ocupa uma cadeira no comitê Latino Americano de Educação. Na Adibra, desde 2002, participa como voluntário no board, onde já exerceu cargos como diretor de Educação e diretor Administrativo e Financeiro. Adibra - Por que o segmento de Parques? Como aconteceu? Marcelo Beraldo da Silva - Comecei em 1997 no Parque do Gugu, com um emprego de férias na área de operações, até então não era um frequentador assíduo de parques, tinha ido uma vez ao Playcenter, que era item quase que obrigatório na vida de qualquer adolescente nos anos 80/90. Ingressei no Parque do Gugu para ficar apenas uma temporada de férias de julho, por insistência da minha mãe, porém, quando tive o primeiro contato com essa indústria, me apaixonei. Dali em diante ocupei diversas funções como líder, supervisor, coordenador, gerente e agora diretor. Trabalhei também por dois anos como gerente Regional da Parks & Games e depois retornei para operar parques no mesmo grupo que iniciei minha carreira, na inauguração do Parque O Mundo da Xuxa, em 2003. Aliás, o Grupo São Joaquim, que hoje opera o Parque da Mônica, talvez tenha sido o grande responsável pelo meu amor a parques, sempre tive as melhores condições para me desenvolver profissionalmente, trata-se de uma empresa séria e que me ofereceu grandes oportunidades, sou muito grato por tudo o que recebi desde meu primeiro ingresso no grupo até hoje. O que você acha mais interessante neste negócio? Talvez o fato de termos contato diário com o resultado do nosso trabalho, isso me fascina muito. Podemos ver diariamente se o 20 | ADIBRANEWS

Agora falando um pouco do nosso segmento. No Brasil existem mais parques indoor ou outdoor? Há uma tendência para que um tipo específico de operação se desenvolva mais que outro? Hoje, no nosso país, temos mais parques indoor e isso ocorre por diversas razões. A primeira, na minha opinião, foi o “boom” de shopping centers e o fato de o público ter adotado estes centros de compras também como espaços de lazer. Nos grandes centros, é comum o shopping ser uma opção de passeio no final de semana, pois reúne opções de alimentação, compras e entretenimento. Além disso, tem o fator custo de implantação, pois montar um parque outdoor requer investimentos mais elevados porque é necessário construir toda uma infraestrutura no entorno, infra que os shoppings já possuem, como estacionamento, vias de acesso, dentre outras. Outro benefício do parque instalado dentro de um shopping, é que acaba aproveitando o fluxo de visitantes gerado pelo próprio centro de compras, em contrapartida gera também um fluxo de volta para o empreendimento. É uma sinergia interessante. Considerando essa “vocação” que o Brasil tem para parques menores e dentro de shopping centers, quais oportunidades você enxerga para os próximos anos? Em Países desenvolvidos já há uma forte tendência de shoppings virarem centros de retail, dinning and entertainment, o chamado RD&E, que nada mais é do que o mix do varejo tradicional combinado com entretenimento e gastronomia. Muitos shoppings, principalmente nos EUA, vêm perdendo grandes âncoras e, por consequência, abrindo espaços cada vez maiores para entretenimento e restaurantes temáticos. Aqui, este fenômeno ainda é incipiente, principalmente devido à resseção econômica registrada nos últimos dois anos, mas já começamos a ouvir falar de movimentações de grandes players do mercado de varejo em busca de lazer e entretenimento. Como aqui as coisas acontecem com um certo delay em relação ao mercado americano, acredito que para os próximos anos isso vai chegar com força ao nosso setor. Essa realidade no Brasil é muito diferente em relação ao restante do mundo? Acredito que estamos muito atrasados em comparação a alguns Países, e as razões são diversas. Na minha opinião, as maiores complicações são as elevadas taxas de importação, fazendo com que o investimento necessário para se montar um parque no Brasil, principalmente na aquisição de equipamentos, seja aproximadamente o dobro se compararmos com outros Países. As constantes crises econômicas e o ambiente extremamente complexo e desfavorável para os negócios também interfere na abertura de novos parques. O Brasil ocupa o 123º lugar no ranking entre os melhores Países para se fazer negócios, segundo dados de um estudo divulgado anualmente pelo Banco Mundial. Esse fator, para uma indústria jovem como a nossa, acaba afastando muitos empresários, pois num ambiente extremamente complexo e burocrático, eles acabam preferindo investir em modelos


de negócios mais tradicionais ou muitas vezes, simplesmente, investem no mercado financeiro. Quais tendências ou inovações que estão acontecendo no setor de parques de diversões e de entretenimento de maneira geral? Cada vez mais a tecnologia e os dispositivos móveis estão presentes nos parques. Desde apps, que integram a experiência real com a on-line, até os equipamentos de realidade virtual, que hoje já estão integrados em diversos rides pelo mundo. É um caminho sem volta e acredito muito que aqueles que conseguirem encontrar a direção para convergir o mundo off-line e o on-line terão muito sucesso. Um ponto que pesa a nosso favor é o fato desta nova geração, chamada de millennials, valorizarem muito mais viver uma experiência do que a compra de um produto. O “ter”, que impulsionou o mundo pós-revolução industrial deu lugar ao “viver e compartilhar”, ou seja, esta geração valoriza muito mais uma experiência do que o ato de adquirir bens. Estamos observando este mesmo comportamento na chamada Geração Z, que compreende os nascidos pós 1995, a geração marcada pela elevada exigência com a qualidade. Nasceram on-line e simplesmente desconhecem o mundo fora das telas touch e são fortemente marcados pelo imediatismo, muitos têm dificuldades para compreender como as gerações anteriores tinham que esperar uma semana para assistir seu programa predileto na TV. Este novo público vai impactar sobremaneira os modelos de área de lazer do futuro. Por um lado, essas novas gerações valorizam muito a experiência real e o compartilhamento dessas experiências nas redes, pontos favoráveis às áreas de lazer e entretenimento. Por outro lado, as expectativas deste público são altíssimas, não aceita nada que não seja simplesmente fantástico, perfeito e que tenha sintonia com seu estilo de vida, crenças e valores. Além disso, devemos lembrar que esta geração, além de ser o nosso público consumidor também é o nosso colaborador, portanto, não basta saber como vender para as gerações Y e Z, temos que também saber como atrair e reter os funcionários destas gerações. O desafio está posto. Pelo seu ponto de vista, o que um parque de diversões deve fazer para se desenvolver e alcançar o sucesso? Difícil falar sobre uma fórmula que funcione para todos, pois fórmulas de sucesso simplesmente não existem. Aqui no Parque procuramos seguir alguns princípios. Apesar de eu ser relativamente jovem, sou um tanto conservador quando o tema é gestão. Acredito muito na simplicidade quando o assunto é administrar um parque ou empresas de maneira geral. Evito mudanças bruscas na direção, penso durante muito tempo antes de propor qualquer alteração no gerenciamento da

companhia e desconfio quando as coisas são apresentadas como oportunidades imperdíveis, pois não creio muito em resultados sem trabalho duro, sem tempo de maturação e ajustes. Nesse aspecto, prefiro a velha e boa fórmula para guiar os negócios, calcada na responsabilidade, no respeito às regras do jogo e sempre foco no cliente. Costumo dizer que você precisa pensar em quatro pilares distintos antes de tomar uma decisão, são eles: Clientes (visitante), colaboradores, investidores e comunidade. Se o que você estiver prestes a fazer não for contra nenhum deles, faça. Antes de qualquer decisão importante procuramos pensar nesses quatros grupos e isso costuma dar certo. Sobre a segurança em Parques, o que poderia destacar? No nosso parque entendemos que a segurança é o nosso coração, ou Core, explicando melhor o significado desta palavra, seria o centro de tudo, a parte mais essencial de algo, a semente, aquilo que nos move. Parece exagero? Pois não é. A segurança deve guiar todas as nossas ações e permear tudo e todos dentro da companhia. E essa filosofia se reflete na prática. Anualmente, trazemos consultores de segurança do Brasil e do exterior para avaliar os nossos processos operacionais e de manutenção, fazemos treinamentos constantes, simulados e cursos. Tudo para estarmos alinhados as mais modernas práticas do mundo. Importante destacar que é um trabalho que não acaba nunca, sempre há o que melhorar, sempre existe um processo que pode ser revisto. Adaptando a frase atribuída a Thomas Jefferson, que diz que “O preço da liberdade é a eterna vigilância”, podemos dizer que o preço da segurança é a eterna vigilância. Tem alguma personalidade importante que destacaria no segmento de atrações? Citar Walt Disney já é quase um clichê, mas necessário, pois foi ele que de certa forma vislumbrou como a nossa indústria se desenvolveria, como seriam os centros de lazer nas décadas seguintes, sem contar que fez isso no século passado e este modelo dura até os dias de hoje. Mas tem uma pessoa que admiro ainda mais, talvez por ter criado coisas geniais em um ambiente de negócios mais hostil do que o próprio Walt, além de ser um ídolo de infância e que tive o prazer de conhecer pessoalmente e de encontrá-lo em eventos e situações diversas. Trata-se do Mauricio de Sousa. Um gênio, responsável por um negócio de sucesso que criou personagens que ficarão para a eternidade e que já fazem parte da cultura brasileira. O Beto Carrero sem dúvida também foi uma figura importantíssima no nosso segmento, mas o meu destaque pessoal, fica para o gênio das artes e da comunicação, Mauricio de Sousa.

*Promoção válida apenas para novos associados. Associados Adibra ganham 25% de desconto para se associar à IAAPA assim como associados IAAPA ganham 25% para se associar à Adibra.

ADIBRANEWS | 21


PARQUE EM FOCO

Nova Nicolândia: Centro de Diversões na capital do País

Durante gerações o parque trouxe entretenimento com segurança e novidades para a região Na capital do Brasil há 50 anos, a Nova Nicolândia Center Park traz tradição e diversão à cidade de Brasília. O parque outdoor, localizado no Parque da Cidade, tem capacidade para atender até 6.500 pessoas em uma área total de 20 mil m², dividido em espaços infantis, central de atendimento, praça de alimentação, fraldários, enfermarias e muitos brinquedos para todas as idades. A Nova Nicolândia oferece 35 atrações bem diversificadas, como o Zip Zap da Zamperla voltado para crianças de até dois anos, e o SuperFresbee, ideal para jovens que buscam aventura e emoção. Os visitantes também podem se divertir com o novo lançamento do parque, o Spook, um grande castelo de terror com tema de monstros que conta com a última tecnologia que simula movimentos reais.

A segurança e o cuidado oferecidos aos seus clientes são o foco da Nova Nicolândia. O parque tem investido em práticas diárias de manutenção, feitas por profissionais com experiências nas áreas de mecânica e eletrônica. O estabelecimento segue as orientações dos fabricantes das atrações, mantendo os controles atualizados e realizando vistorias antes e durante o uso, com comprovantes de liberação dos supervisores e dos monitores de atendimento. Além disso, a Nova Nicolândia também se dedica a criar colaborações para um crescente atendimento de mais qualidade aos seus visitantes. O parque tem uma parceria com o Grupo Brasal, representante da Coca-Cola no centro-oeste do Brasil, e o SBT, que realiza diversas ações no empreendimento. “Para o próximo ano, iremos investir em nossa infraestrutura, aumentando os espaços para festas e eventos com intuito de criar novas experiências aos nossos visitantes”, conta o diretor da Nova Nicolândia, Marcello Márcio. Esse sucesso chamou atenção de autoridades internacionais do setor de diversões, como o VP da Disney e presidente da IAAPA, Greg Hale, que visitou a Nova Nicolândia durante evento realizado na cidade pelo Ministério do Turismo. “Ele ficou encantado com nossa estrutura e até andou em uma de nossas atrações. Nos empoderou para acreditarmos na indústria e validou a Nova Nicolândia como um importante equipamento turístico para Brasília”, destaca Marcelo.

AGENDA ADIBRA

Depois de passar por uma mudança de fase, a Nova Nicolândia movimenta uma cadeia produtiva na capital federal. Ano passado teve aproximadamente 248 mil visitantes, uma média de 20 mil por mês. Para atendê-los, conta com 120 colaboradores diretos envolvidos em diversos setores, como administrativo, na manutenção, operação e alimentação. Além de mais de 500 funcionários indiretos em serviços de limpeza, segurança e áreas de consultoria jurídica e contábil.

22 | ADIBRANEWS

Greg Hale estava acompanhado pelos diretores do parque, Marcello Marcio e Marco Antônio, pelo presidente da Adibra, Álvaro Mendes Pereira; e gestores de diversos parques brasileiros. “Fiquei muito feliz em ver um parque de diversões no centro de Brasília oferecendo diversão e entretenimento a todos. É ótimo ver uma empresa familiar, como a Nova Nicolândia, continuar crescendo a cada geração”, diz Greg. O empreendimento funciona de terça a domingo, das 11h às 20h, na alta temporada, e em baixa temporada, de quinta a domingo, no mesmo horário. O preço médio do ingresso é R$ 40,00.

Neste segundo semestre de 2017, a Adibra participará de importantes eventos que visam integrar, aprimorar e atualizar as empresas associadas, além de incentivar o networking entre os profissionais do setor. Como alavancar receitas em alimentos e bebidas em seu parque

Outubro

Webinar

Consiga mais clientes e visibilidade através da Rádio FM e Eventos

Outubro

Webinar

IAAPA Attractions Expo 2017

Novembro

Orlando, Fl. EUA

Adibra Internacional Networking (Jantar)

Novembro

Orlando, Fl. EUA

8º Dia Nacional da Pessoa Deficiente em Parques e Atrações Turísticas

Novembro

Diversos parques participantes


UNIDADE ITATIBA - SP

A ASOMETRA tem como segmento a Consultoria Especializada nas áreas de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho para as Indústrias, Comércio e demais Empresas. Atua no mercado há 21 anos, sendo o seu maior objetivo dar Consultoria aos seus Clientes no cumprimento da Legislação Trabalhista, em especial, as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e com ênfase na Saúde do Trabalhador, Absenteísmo, Processos Trabalhistas, Acidentes do Trabalho e Doenças Ocupacionais.

ATENDIMENTO NACIONAL MATRIZ – ITATIBA / SP Endereço: Rua Augusto Bezana, 50 - Centro Telefones: (11) 4524.8346 / 4538.0227 Comercial: (11) 99550.9696 / WhatsApp 99849.1070 E-mail: comercial@asometra.com.br

UNIDADE JUNDIAÍ - SP

GESTÃO ONLINE Software Online já formatado para o eSocial, com acesso Full Time a todos os Serviços Prestados :  NR.9 / P.P.R.A - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais  NR.7 / P.C.M.S.O - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional  Exames Médicos Ocupacionais / ASO  Treinamentos : Trabalho em Altura, Espaços Confinados, Brigada de Incêndio, Eletricidade, CIPA, Primeiros Socorros e outros.  PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário  Perícias Trabalhistas : Médicas / Técnicas  eSocial  Outros...

FILIAL – JUNDIAÍ / SP Endereço: Av. Henriques Andrés, 226 - Centro Telefones: (11) 4805.6664 / 4805.4663 E-mail : comercial@asometra.com.br ADIBRANEWS | 23


MUNDO ADIBRA

01

05

02

06

07

11

10

12

15

16

20

19

23

25

24 | ADIBRANEWS

29

26


03

04

1) Seminário sobre Parques em Brasília Prêmio ALSHOP 2) Haroldo Sena, diretor do grupo Savoy Márcio Beviláqua, e Herbert Klassa

08

09

Impacta ODS A organização humanitária internacional Aldeias Infantis SOS Brasil lançou, no dia 17 de agosto, no Parque da Mônica, em São Paulo, o Impacta ODS, programa de educação e disseminação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. 3) Mauricio de Sousa 4) Amauri Sousa, Mauricio de Sousa e Leonardo Lima 5) Participantes da ação com as crianças das Aldeias Infantis SOS Brasil

13

17

14

18

22

21

24

Evento Play4Fun, Fábrica de Diversãoe Matic Play 6) Edilson Paiva, Francisco Donatiello Neto e Emilio Rodrigues Neto 7) Roger Ely e José Reynoso 8) Alexandre Moraes e Alvaro Mendes Pereira 9) Antonio Zaghette Junior 10) Alvaro Mendes Pereira e Antonio Zaghette Junior 11) Wagner Mayo e Claudio Antoun 12) Felix Quatke, Rodger Augusto, Lucas Ferraz e Henry Hila 13) Paulo Esteban, Guilherme Ferreira Abitan da Silva, Luana Campelo Ribeiro Abitan da Silva 14) Antonio Zaghette Junior, Edilson Paiva, Neto Paiva e Henry Hila 15) André Ferraz e Tom Kane 16) Roger Ely, Rhone Alves Amaral e Henry Hila 17) Jorge Carvalho, Henry Hila e Grace Santos 18) Henry Hila e Alvaro Mendes Pereira 19) Francisco Donatiello Neto, Henry Hila, Alvaro Mendes Pereira e Vanderlei Salumoni 20) Henry Hila, Paulo Esteban, Alvaro Mendes Pereira e Vanderlei Salumoni 21) Antonio Zaghette Junior, André Ferraz, Alvaro Mendes Pereira e Celia Figueiredo 22) Lincon Magalhães Vieira, Vanderlei Salumoni e Mauricio Bucaier de Meneses 23) Henry Hila, Alvaro Mendes Pereira, André Ferraz, Lucas Ferraz e Felix Quatke 24) Sergio, Eduardo, Neto Paiva, Edilson Paiva 25) Roger Ely, Henry Hila, Alvaro Mendes Pereira, Willians Fonseca e Francisco Donatiello Neto Visita ao Nicolândia 26) Comitiva presente na visita ao Nicolândia 27) Marcelo Marcio, Marcelo Beraldo e Greg Hale 28) Rodger Augusto, Erica Macedo Augusto e Marcelo Beraldo 30) Lucas Ferraz, Greg Hale, Francisco Donatiello Neto e Marcelo Marcio

27

Jantar Adibra 29) Emilio Rodrigues, Paulina Reys, Alvaro Mendes Pereira, Marcelo Beraldo, Paulo Kenzo Uemura e Henry Hila

30

28

ADIBRANEWS | 25


INCLUSÃO SOCIAL

Grupo organiza eventos em parques de diversões para crianças com síndrome de Down

Cintia de Paula Faria com seu filho, Hanry

Para Cintia de Paula Faria, uma das administradoras do grupo Sinergia 21, além da acessibilidade, os estabelecimentos precisam capacitar os funcionários

qualquer tipo de deficiência. Para Cintia, além de brinquedos e atrações acessíveis, é necessário capacitar os funcionários para atender esse público.

No Brasil estima-se que cerca de 45 milhões de pessoas são portadoras de deficiência física ou mental, e dentre elas, 300 mil pessoas tenham Síndrome de Down, ocorrendo em um para cada 600 nascimentos, aproximadamente. Os dados são do censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A discussão sobre a inclusão social tem se estendido a todos os espaços públicos, como escolas, centros comerciais e os parques temáticos. Mas ainda são poucos os locais acessíveis ou preparados para receber esse público.

“Os funcionários ficam com medo de machucar as crianças e que isso traga algum problema para o parque. Assim eles acabam, muitas vezes, bloqueando o acesso, dizendo, por exemplo, que não tem altura suficiente”, conta.

Cintia de Paula Faria, mãe de Hanry, que tem Síndrome de Down, organiza eventos e atividades, por meio de parcerias, para promover a causa de seu filho e de tantas outras crianças. Com o grupo Sinergia 21, criado via WhatsApp, ela, junto com as outras administradoras Danielle Moraes e Ingrid Barros, trocam informações, experiências e orientações com outras mães e reúnem as crianças em diversos locais, como os parques de diversões. Foi assim que ela chegou ao evento organizado pela Parks & Games, focado em inclusão social. Para ela, encontros nesses tipos de estabelecimentos são importantes para gerar mais inclusão e contato entre as crianças com a síndrome e o público que frequenta o parque.

“Um evento com esse propósito gera troca de experiências entre todos nós. As crianças podem se envolver melhor umas com as outras, além de também mostrar para as pessoas de fora que é possível essa convivência”, explica. No entanto, não são todos os parques que estão abertos a parcerias ou até mesmo preparados para receber crianças portadoras de 26 | ADIBRANEWS

Grupos como Sinergia 21 sempre estão procurando espaços de entretenimento, como parques temáticos para organizar encontros. Cintia diz que os empreendimentos também podem ir atrás das parcerias com entidades ou ONGs.

“Os parques podem procurar a Associação de Síndrome de Down (ASIN), focada somente na síndrome desde bebê até adulto, em São José dos Campos; APAE, que é tanto para Down quanto autista, por exemplo; e o Grupo de Assistência à Criança com Câncer (GACC). Nós sempre estamos buscando parcerias e encontros desse tipo para aproximar as crianças para que não fiquem presas”, ressalta.


artplan

ANĂšNCIO

(85) 4012 3030 www.beachpark.com.br

REVISTA ADIBRA | EDIÇÃO 102  

Adibra junto com Ministário do Turismo para o desenvolvimento do setor

Advertisement