Page 439

– Eu não me importo – revidou Josie Pye. – Se eu não passar este ano, recomeçarei no ano que vem. Meu pai tem dinheiro suficiente para me mandar para cá outra vez. Anne, Frank Stockley me contou que o professor Tremaine disse que Gilbert Blythe certamente vai ganhar a medalha, e que Emily Clay talvez ganhe a bolsa de estudos Avery. – Pode ser que isso me faça sentir mal amanhã, Josie – respondeu Anne, rindo –, mas neste instante eu sinceramente sinto que, enquanto todas as violetas roxas estiverem brotando lá no vale abaixo de Green Gables e as pequenas samambaias estiverem despontando suas cabecinhas lá na Vereda dos Namorados, ganhar ou não a bolsa de estudos não faz muita diferença. Fiz o melhor que pude, e estou começando a entender o que “o prazer da labuta” significa. Junto com tentar e ganhar, o melhor é tentar e falhar. Meninas, não vamos mais falar de provas! Vejam aquele arco de céu verde claro sobre as casas e imaginem como deve estar sobre os bosques-das-faias-roxo-escuro atrás de Avonlea. – Jane, o que vai usar na formatura? – perguntou Ruby, sempre muito prática. Jane e Josie responderam ao mesmo tempo, e a conversa mudou para o lado do turbilhão da moda. Mas Anne, com os cotovelos apoiados no parapeito da janela, a face suave envolta nas palmas das mãos e os olhos cheios de visões, olhava imperturbável por cima dos tetos e dos pináculos da cidade para aquela cúpula gloriosa do céu, que entardecia, enquanto urdia seus sonhos de um futuro possível no tecido dourado do otimismo próprio da juventude. Todo o Além, com suas possibilidades espreitando em cor-de-rosa nos anos vindouros, lhe pertencia – e cada ano era uma rosa de promessas a ser trançada numa guirlanda imortal.

439

Profile for lucasportop2

Anne de Green Gables  

Anne de Green Gables  

Advertisement