Page 437

arco-íris, e cada matiz é o mais bonito de todos enquanto dura. Ela já não é mais tão divertida como quando era uma criança, mas ela me faz gostar dela, e eu gosto das pessoas que me fazem gostar delas. Elas me poupam o trabalho de me obrigar a gostar delas.” Então, antes que alguém percebesse, a primavera chegou. Em Avonlea, onde as coroas de neve persistiam, as flores de maio começaram a desabrochar nas terras áridas, e o “nevoeiro verde” cobriu as florestas e os vales. Mas em Charlottetown os alunos exaustos do Queen’s Academy só pensavam e falavam nas provas. – Nem parece verdade que o trimestre está quase terminando – disse Anne. – Ora, tudo ainda parecia tão distante no último outono, um inverno inteiro de estudos e aulas. E aqui estamos nós, e só falta uma semana para as provas. Meninas, eu às vezes sinto como se essas provas fossem a coisa mais importante, mas não parecem nem um pouco importantes quando vejo aqueles brotos enormes inchando naquelas castanheiras e o ar enevoado azulado no final das ruas. Jane, Ruby e Josie, que haviam passado para vê-la, não eram da mesma opinião. Para elas, as provas vindouras eram muito importantes o tempo todo – muito mais importantes do que os brotos das castanheiras e os nevoeiros do mês de maio. Podia ser muito bom para Anne – que pelo menos tinha certeza de que passaria – ter seus momentos quando não lhes dava tanta importância, mas quando todo seu futuro dependia delas – como as meninas realmente acreditavam que seus futuros dependiam –, era impossível encará-los com filosofia. – Eu perdi três quilos nas últimas duas semanas – suspirou Jane. – E não adianta dizer para eu não me preocupar. Eu vou me preocupar. Ficar preocupada ajuda um pouco; quando você se preocupa, dá a impressão de que está fazendo alguma coisa. Será horrível se não conseguir passar e obter minha licença depois de passar o inverno todo no Queen’s Academy e gastar tanto dinheiro. 437

Profile for lucasportop2

Anne de Green Gables  

Anne de Green Gables  

Advertisement