Page 312

Josie Pye, não ousou negá-lo. – Oh, não foi uma noite brilhante? – suspirou Anne, depois que tudo terminou; ela e Diana caminhavam juntas para casa debaixo de um céu escuro e estrelado. – Tudo correu muito bem – respondeu Diana, muito prática. – Eu acho que conseguimos coletar quase dez dólares. E o sr. Allan vai mandar um artigo sobre o evento para os jornais. – Oh, Diana, nós vamos mesmo ver nossos nomes nos jornais? Fico toda arrepiada só de imaginar isso. Seu solo foi perfeitamente elegante, Diana. Eu fiquei mais orgulhosa do que você quando pediram um bis. Eu disse para mim mesma: “É minha amiga do peito que está sendo tão honrada.” – Ora, Anne, a casa veio abaixo quando você recitou. Aquele trecho melancólico foi simplesmente esplêndido. – Oh, eu estava tão nervosa, Diana. Eu realmente não sei como consegui subir naquele tablado quando o sr. Allan chamou meu nome. Eu me sentia como se milhares de olhos estivessem olhando para mim, através de mim, e, por um momento horrível, eu tive certeza de que nunca iria conseguir começar. Então pensei nas minhas lindas mangas bufantes e criei coragem. Eu sabia que teria de mostrar que merecia aquelas mangas, Diana. Então, comecei, e minha voz parecia que vinha de muito, muito longe. Eu me senti como um papagaio. Eu nunca teria conseguido terminar se não tivesse ensaiado os textos muitas vezes lá no frontão. Eu gemi bem? – Sim, certamente, você gemeu graciosamente – tranquilizou-a Diana. – Quando sentei, a velha sra. Sloane estava enxugando as lágrimas. Foi esplêndido saber que havia tocado o coração de alguém. Participar de um recital é tão romântico, não é mesmo? Oh, realmente foi uma ocasião memorável. – O diálogo dos meninos não foi ótimo? – perguntou Diana. – Gilbert Blythe foi simplesmente esplêndido. Anne, eu realmente 312

Profile for lucasportop2

Anne de Green Gables  

Anne de Green Gables