Page 1


PNEUS TECHNIC ATINGE A MARCA DE 8 MILHÕES DE PNEUS PRODUZIDOS

Empresa comemora mais um marco na sua trajetória de sucesso Pneus Technic em julho/2014 superou a marca histórica de 8 milhões de pneus produzidos no Brasil. Este número só foi possível de ser atingido devido à luta constante e dedicação de todos os colaboradores da Pneus Technic em cada vez mais superar a qualidade dos produtos, além do investimento na mais alta tecnologia, em busca da excelência, atendendo sempre às necessidades do mercado com novos lançamentos.

Trajetória de liderança A Pneus Technic ocupa uma área de 12.000m² em Santo André – São Paulo, onde cerca de 180 colaboradores atuam no processo de fabricação de pneus. Atualmente a Pneus Technic tem capacidade para produzir 1.800.000 mil pneus por ano, das mais diversas medidas. Produzimos o total de 35 medidas distribuídas em 7 modelos, desde pneus para motos de baixa cilindrada para uso na cidade, na estrada, off road, competições de cross até para motos acima de 600cc. Estamos em constante desenvolvimento trabalhando sempre para atender às exigências do mercado.

Sinônimo de tecnologia e respeito ao cliente Para comemorar os 8 milhões de pneus produzidos a Pneus Technic, acaba de lançar o primeiro pneu radial para motocicletas de grandes cilindradas que alcançam altas velocidades, sendo a primeira empresa 100% brasileira a produzir um pneu com estrutura têxtil que chamamos de lonas e uma cinta de aço ou Kevlar (7 vezes mais resistente que o aço) disposta paralelamente à linha central da banda de rodagem onde os fios de aço ou de Kevlar formam um ângulo zero com a linha central. Por ser uma carcaça única, não existe fricção entre lonas, apenas flexão, o que evita a elevação da temperatura desempenho.

do

pneu,

aumentando

sua

durabilidade

e

Atingir a produção de 8 milhões de pneus produzidos é o resultado do nosso compromisso em oferecer produtos da mais alta qualidade com excelência, certificação e homologação do Inmetro. Aproveitamos ainda, neste momento, para agradecer aos nossos funcionários, fornecedores, representantes, distribuidores, clientes e a todos aqueles que nos ajudaram a construir a Pneus Technic, pois atingir este recorde de produção foi resultado positivo do trabalho de 24 anos em busca constante pela satisfação total dos nossos clientes. Maiores informações: www.pneustechnic.com.br Telefone: 11 4977-8888


Conteúdo

44 CAPA

CUSTOMIZAÇÃO E COMPETIÇÃO NEGÓCIOS DE UMA EMPRESA

36

24

PRODUTO

EMPRESA 35 ANOS CONQUISTANDO O MERCADO

42

CRIATIVIDADE, A MARCA REGISTRADA DESTA FÁBRICA

48

EXPORTAÇÃO FABRICANTE INGRESSA NO MAIS IMPORTANTE MERCADO MUNDIAL

ATACADISTA QUANDO A QUALIDADE E A COMPETÊNCIA CAMINHAM JUNTAS

Seções

12 16 18 32 40 50 56

Editorial

Artigo Ricardo Theiss

Notas

Rápidas de Marketing

Rápidas Lançamentos Internacionais

Rápidas Nacionais


Luanda

Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Edição 80 - Outubro 2014

Editor Osmar Silva osmar@luanda.com.br Diretor José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br Redação Hylario Guerrero (MTB 13468) hg.noticia@luanda.com.br Joelma Farias (Estagiária) redacao@luanda.com.br Angela Davis V. Silva angela@luanda.com.br Design Editorial Bruno R. Mello dos Santos Diego Igor de Oliveira midia@luanda.com.br arte@luanda.com.br Publicidade: Luanda Brasil Serviços de Publicidade Ana Paula Lima José Rubens Bizarro Michele Silva Ronaldo Paiva vendas@luanda.com.br Assessoria gráfica Pavaprint Impressão Northgraph Administração Caio Matheus Ventura de Paiva Fernanda Oliveira Juici Monteiro luanda@luanda.com.br

Editorial Todas as previsões anunciadas por inúmeras associações e entidades representativas ao final de dezembro de 2013, infelizmente se confirmaram no primeiro semestre deste ano com números ainda piores no desempenho dos negócios nacionais. No momento, os institutos de pesquisas não estão gozando de bons índices de confiança junto ao público, em razão dos erros em larga margem apresentados em suas projeções para os resultados nas eleições em seu primeiro turno, e os anunciados equívocos cometidos em levantamento estatístico apresentado pelo IBGE, outrora incontestável em seus dados de pesquisa, mas no caso das colocações das expectativas dos acontecimentos gerais dos negócios, eles acertaram ao traçar o quadro futuro. O Brasil vive um processo de agravamento na desindustrialização causado pela desgastante valorização cambial. A isso, soma-se o nosso famigerado ‘custo Brasil’ que impede as empresas nacionais de competirem com reais possibilidades de êxito no mercado internacional e que fragilizam suas resistências no âmbito nacional. Não é simples competir com os nossos adversários asiáticos que oferecem qualidade a baixo custo. Resultado: já se observa o crescimento de desemprego e a diminuição no consumo de bens e produtos. A carga tributária também uma antiga vilã nesta história, não merece sinal de atenção por parte dos integrantes do governo e seus ministérios da área, para uma salutar revisão que diminuiria o seu peso no custo final de produtos e serviços. Assim caminhamos no aguardo do final do ano e novamente apostando em uma reviravolta no próximo. Esperando que o grito das urnas nos favoreça, chamando a atenção dos vencedores do pleito neste segundo turno para que mostrem disposição e competência para nos proporcionarem um novo alento. Faz-se necessário um novo grito de independência, desta feita das amarras dos processos de nossa economia. Desatar os nós que impedem novos investimentos que impulsionarão o nosso desenvolvimento e a geração de um ambiente saudável de negócios.

Jurídico Dra. Adriana Carla Gomes P. Silva

Todos nós

Endereço: R. Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - CEP 02844-000 - São Paulo/SP Tel.: +55 (11) 3461-8400 / 3461-8401 Fax + 55 (11) 3923-5374 Representante em Taiwan PRO MEDIA COMPANY LIMITED 500 彰化市公園路 一段 258 巷 8 號 6 樓 樓 6F., No.8, Ln. 258, Sec. 1, Gongyuan Rd., Changhua City, Changhua County 500, Taiwan Tel:+886-4-726 4437 Fax:+886-4-728 4657 www.motopromedia.com e.: promedia7@xuite.net info@motopromedia.com

motomagazine aceita matérias técnicas como colaboração. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor. A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A revista não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista motomagazine é uma publicação bimestral da Luanda Editores Associados LTDA., e tem sua marca registrada no INPI sob o número 830.025.693

Capa: André Thomaz Tomate JC RACING TEAM Foto: Hylario Guerrero


artigo

MOTO E MERCADO Por Ricardo Theiss

A

LAQUILA PEÇAS vem promovendo durante todo o ano de 2014 o evento: Workshop “Moto e Mercado”, evento que leva às regiões, informações relevantes sobre o universo das duas rodas e, vem apresentando dicas de administração, atendimento, vendas e todas as soluções que a Laquila pode oferecer a seus clientes. Os eventos receberam profissionais do segmento, entre eles lojistas, atacadistas, mecânicos de diversos estados brasileiros (PR, SC, MS, SP, PE, PB, SE, AP, PA, AM). As palestras têm sido sucesso e o feedback recebido após os eventos são muito positivos, inclusive melhorando a visão dos clientes perante os grandes desafios do mercado. O perfil do motociclista mudou muito nos últimos anos. Antes ele comprava somente capa de chuva e capacete. Hoje, ele já pensa mais na proteção e investe em acessórios. O enfoque do workshop também envolve a proteção do motociclista. Procuramos mostrar a importância da utilização de itens que protegem os pilotos na hora da queda e evitam implicações na pele, como queimaduras. Em relação ao mercado brasileiro, o

16 motomagazine

crescimento é muito grande. Apesar das oscilações do mercado, nos últimos quatro anos são mais de sete milhões de novos consumidores em todo o Brasil, especificamente sobre o mercado do Norte e Nordeste, esse crescimento não é diferente. Nos últimos 10 anos estas regiões cresceram sua frota circulante em mais 330%, hoje são mais de 1.921 milhões de motociclistas no Norte do País e mais de 5.817 milhões na região Nordeste. Em 2015 não será diferente, a Laquila já tem planejado para o primeiro trimestre, eventos programados no Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro. As palestras promovidas pela empresa são sempre abertas ao público e gratuitas. A Laquila Peças é uma empresa com 16 anos de mercado e mais de 30 anos de experiência. Aproveitando o crescimento do mercado e com sua visão à frente das necessidades dos clientes, vem ampliando ano a ano sua linha de produtos. A missão da empresa é proporcionar soluções com qualidade, tecnologia e segurança, através de produtos inovadores para o motociclista e sua moto. * Ricardo Theiss Coordenador comercial da Laquila Contato: 0800-940-6200


rabiscariaestudio.com.br

UM NOVO CONCEITO DE

QUALIDADE EM BLOCO ÓTICO

fotos meramente ilustrativas

FEITO PARA O MERCADO!!!

BLOCO ÓTICO TITAN ES/KS/FAN

BLOCO ÓTICO TITAN 150 MIX

www.provisionviseiras.com.br - 55-11-2341-

4605

atendimento@provisionviseiras.com.br


Notas

The Distinguished Gentleman's O evento promovido pela organização da versão brasileira do The Distinguished Gentleman's (Os Distintos Cavalheiros), para combate ao câncer de próstata, foi realizado em São Paulo e reuniu mais de 220 motos. O ponto de partida foi o Estádio do Pacaembu e o comboio seguiu em direção à Av. Juscelino Kubitscheck. Em 2013, foram mais de 11.000 participantes em 145 cidades ao redor do mundo que levantaram mais de US$ 277.000 para pesquisas do câncer. A meta este ano é arrecadar US$ 1 milhão que será dividido entre as Fundações: Câncer de Próstata no Reino Unido, EUA e Austrália.

Motociclista vive nova experiência Após 32 anos como motociclista, o presidente da Federação de Motoclubes do Estado do São Paulo, Paulo César Lodi, o Picka Pau, viu que sua paixão também pode ter três rodas ao pilotar o Can-Am Spyder nos últimos meses. Ele foi surpreendido de forma positiva pelas qualidades do roadster da marca canadense. Ele rodou mais de 3.200 quilômetros a bordo do Spyder RS, incluindo uma viagem entre São Paulo e o Espírito Santo, e agora planeja

18 motomagazine

nova aventura com outro mo- de design de motos TMC, lodelo do veículo, o Spyder RT-S. calizado em São Paulo (SP). A motocicleta vencedora foi campeã da categoria ShowBike, com o segundo lugar sendo ocupado por outra moto customizada por Tarso, durante o 42º Phil Peterson’s Key West Poker Run, evento anual de motociclismo.

Brasileiro vence evento de customização nos EUA Tarso Marques venceu evento de customização de moto realizado em Miami, na Florida (EUA). O ex-piloto de Fórmula 1 é proprietário do estúdio

Nova unidade O Grupo Eurobike inaugurou mais uma unidade em São Paulo na Clodomiro Amazonas, Zona Sul. A nova estrutura tem em seu showroom motocicletas seminovas de marcas premium. Além de contar com uma equipe treinada, na nova unidade o cliente também vai encontrar uma oficina autorizada BMW com profissionais especializados. Hoje, com três

revendas BMW Motorrad de motocicletas 0km nas cidades de São Paulo, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, o Grupo Eurobike e agora, no segmento seminovas. Argolas nos estacionamentos de moto A polícia Militar da cidade de Lins (SP) solicitou a implantação de sistemas de segurança, principalmente, para motociclistas. As autoridades municipais criaram medidas alternativas de proteção. Uma delas é a colocação de argolas presas ao chão nos pontos de estacionamento. Em 2013 foram registrados 106 furtos e cinco roubos e só no primeiro semestre deste ano, já foram 110 furtos e nove roubos.


A LAQUILA MUDOU

E DEIXOU SEU MUNDO SOBRE

DUAS RODAS AINDA MAIS DIGITAL.

WWW.LAQUILA.COM.BR ACESSE E ENCONTRE UMA NOVA LAQUILA.

www.laquila.com.br | 0800 940 6202 | SAC: 0800 940 6203


Notas

Recall Harley-Davidson A empresa convoca os proprietários das motocicletas Touring, modelos Street Glide e Ultra Limited, e CVO, modelos CVO Limited e CVO Breakout fabricadas em 2013 e 2014, modelos 2014, e chassis diversos para campanha voluntária de recall. A iniciativa atinge 895 motocicletas em todo o território nacional. O objetivo é o encaminhamento das moto para a substituição do conjunto do pistão do cilindro mestre por outro com presilha de segurança.

Ação educativa de orientação aos motociclistas A 10ª Campanha “Viva Motociclista”, promovida pela Autopista Régis Bittencourt em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT e apoio da 3M do Brasil, foi realizada na altura do km 271,8 da pista sentido São Paulo no município de Taboão da Serra (SP). Com o slogan “Motociclista: faça uma parada em nome da sua segurança”, a campanha objetivou a cons-

20 motomagazine

cientização dos motociclistas Curitiba (PR), oferece serviço sua motocicleta de até 150cc sobre a utilização correta dos 24h e atende todo o território isentos da tarifa. equipamentos de segurança e a nacional. importância de fazer a revisão Mais motos do que periódica das motocicletas. veículos no MA As motocicletas representam mais da metade da frota de veículos do Maranhão, segundo levantamento divulgado pelo Departamento Estadual de Isentos de ICMS Trânsito (Detran-MA). Dos Os mototaxistas habilitados 760 mil veículos em todo o Serviço oferece de Rondônia poderão adqui- estado, 520 mil são motociassistência para rir motocicletas 0km sem a cletas. Dados também reveresgate de motos cobrança de ICMS pelo go- lam que o número de motos A Help Bikers oferece o serviço verno do Estado. A Lei de junho emplacadas cresce mais que o de socorro e resgate de mo- de 2010 dependia de sanção de motoristas habilitados. São tocicletas a qualquer hora do do Executivo Estadual e de 2.500 novas habilitações por dia. Atende o serviço de apoio posterior regulamentação, mês. No primeiro semestre do a grupos de motociclistas ou o que ocorreu com a edição ano, foram realizadas 28.870 empresas prestadoras de ser- do Decreto nº 19.174, de 19 de exames, com 9.805 candidatos viços de aluguéis de motos ou setembro de 2014, publicado reprovados. Já o número de viagens, passeios e eventos so- no Diário Oficial. Agora, os emplacamentos registrados bre duas rodas. Localizada em profissionais poderão adquirir foi de 4.800.


Notas

Venda de motos em setembro registra queda de 5,4% De acordo com o balanço realizado pela Abraciclo para o mercado das duas rodas, a média diária de vendas de motos teve queda de 5,4% na primeira quinzena de setembro em relação ao mesmo período de 2013, passando de 5.732 para 5.420 unidades. Em comparação com a média diária dos 15 primeiros dias de agosto (5.300 unidades) houve alta de 2,3%. A primeira quinzena do presente mês contou com 11 dias úteis de comercialização e totalizou 59.616 motocicletas, volume 4% superior ao registrado no mesmo período de 2013 (57.319 unidades), que teve 10 dias de vendas. Em relação à primeira quinzena de agosto (58.301 unidades), houve crescimento de 2,3% nos negócios. Morais estava classificado em segundo lugar na principal categoria, a Fast PRO GP.

Lei Complementar regulamenta triciclos A Câmara Municipal de Atibaia (SP) aprovou o Projeto de Lei Complementar nº 017/2014, de autoria do vereador Wilson de Vasconcelos Veiga, que altera a redação do artigo 2º da Lei Complementar nº 505/2006 que regulamenta a atividade de mototáxi e motofrete na cidade. Na nova lei, é acrescentado ao meio de transporte motocicleta, o triciclo. O veículo passa a ter as mesmas regras das motocicletas. Todos os outros aspectos da lei se mantêm.

22 motomagazine

Cidades do Ceará recebem ações voltadas para motociclistas Cinco cidades cearenses receberão atividades educativas para motociclistas através do Shineray Fest, ação voltada para a educação de trânsito dos motociclistas. São elas: Caucaia, Quixeramobim, Quixadá, Tabuleiro do Norte e Aracati. Desde setembro, a ação já percorreu as cidades de Juazeiro do Norte, Itapipoca, Caucaia e Fortaleza.

Acidente fatal na motovelocidade O piloto cearense Léo Morais de 35 anos morreu em acidente no Warm Up, minutos antes do início do Campeonato Fast 1000 GP, no Autódromo Virgílio Távora, Região Metropolitana de Fortaleza. Durante uma freada na Curva do Viaduto, o garfo da roda soltou, a moto capotou e o piloto caiu. Socorrido ainda com vida, o piloto sofreu parada cardíaca e morreu a caminho do hospital. Após o ocorrido, os organizadores cancelaram a prova. Léo

Casal visita Moto Clube O casal Charlie e Cecília veio do outro lado do mundo (Cingapura) para uma viagem aos países da América Latina e conheceram o Moto Clube de Chapadão do Sul (MS) onde foram recepcionados pelo grupo de associados. Mestre de obras no país asiático, ele viaja em companhia da esposa. Visitarão outras cidades brasileiras antes de cruzarem o Uruguai, Chile em direção ao Alaska.


Empresa

35 ANOS CONQUISTANDO O MERCADO A história de uma pequena loja no Sul do país que se transformou em uma das maiores distribuidoras de motopeças e acessórios da América Latina

32 motomagazine 24


Texto: Patrícia Stedile e Cláudio Ribeiro Imagens: divulgação

C

om mais de três décadas de vida, líder de mercado no segmento, a Laquila registra história marcante de empreendedorismo, visão futura e parcerias internacionais no Mundo das Duas Rodas. Seu fundador, Saul Trosman, nasceu no Uruguai e aprendeu com os pais comerciantes as aptidões necessárias para atuar com a arte da compra e venda. Saul, conhecido no mercado como Eduardo, começou a trabalhar cedo, com apenas 11 anos de idade. “A decisão de abrir meu negócio próprio veio juntamente com o desejo de vir para o Brasil, pois meu país de origem passava pela ditadura militar. Já o Brasil apresentava inúmeras oportunidades, por isso, eu estava certo que concretizaria meu sonho. Inspirado no hábito antigo que tinha de andar em mobiletes (ciclomotores de 50cc), montei a loja SID Motopeças, em 1979, no Rio Grande do Sul, num espaço de apenas 100m2, tendo Lourdes, minha esposa, como sócia. Ao lado funcionava uma oficina, onde girava grande número de motociclistas. O trabalho era de segunda a sábado, e estive sempre à frente dos negócios e Lourdes nas finanças: o

casamento perfeito em todos os sentidos”, relembra Eduardo. “Logo vieram nossas filhas, Érica e Iael, que cresceram no meio da graxa e correndo pela loja. Essa paixão pelo mundo das duas rodas acabou sendo transferida para as duas herdeiras. Atualmente, elas trabalham e seguem os nossos passos dos pais. Elas são os nossos pequenos clones: Iael fica no Comercial, como eu, e a Érica cuida das Finanças, como a mãe. Sentimos muito orgulho delas”, afirma Eduardo. Não tardou para que os 100m2 dobrasse de tamanho e os clientes crescessem. Eduardo conta que a experiência no segmento de motos começou aí. Tudo o que era novidade ou de possível comercialização nós trabalhávamos, procurando ter mais experiência e conhecimento do mercado. “A princípio, vendíamos motos usadas e, pouco tempo depois, passamos a vender modelos novos. Abrimos também a boutique de acessórios para motociclistas. Sempre ouvíamos o feed back do mercado. Nosso foco eram peças para motores e logo nos tornamos referência neste quesito”, reitera. Em 1992, a loja veio para o Paraná e em 1998 o município de Colombo acolheu a primeira sede da empresa: a fundação

motomagazine 25


Empresa

Saul Trosman (Eduardo) com esposa e filhas oficial da Laquila, num espaço de 4.500 m2. Já no início das atividades, fechou parceria com a francesa Peugeot para a distribuição das scooters da marca no Brasil. “O nome Laquila, que significa ‘A Águia’ em italiano, veio como referência ao perfil da empresa. Vimos o desafio de virarmos as águias do mercado, como pássaro que olha por cima do negócio e está sempre atento ao seu redor. Mas, nunca deixamos de vender moto peças”, explica o empresário. Na China, Eduardo cultivou a associação com empresas que o ajudariam a ampliar o seu mix de produtos e investir na ideia de criar marcas próprias das peças comercializadas no Brasil. “Vou à China há 25 anos, conheço as fábricas e, desde o início, tínhamos a preocupação com a qualidade dos produtos, por isso decidimos distribuir mercadoria de marcas próprias. Somos os únicos do mercado a dar garantia independente do prazo, isso por que sabemos da procedência e do nível de tudo que distribuímos”. Pouco tempo depois, veio a decisão de priorizar a distribuição de motopeças e

26 motomagazine

NOSSOS PRODUTOS POSSUEM PARTICULARIDADES QUE DESPERTAM ATENÇÃO ESPECIAL. UM DOS PRINCIPAIS ESTÁ CLASSIFICADO COMO ITEM DE SEGURANÇA OBRIGATÓRIO: AS VISEIRAS”

liquidar a montagem das scotters no Brasil. “O próximo passo era ir para Manaus ou focar no abastecimento do mercado de motopeças; então, ficamos com a segunda opção”, completa Eduardo. A experiência de quando lojista fez com que Eduardo incorporasse no cotidiano da Laquila a oferta de palestras gratuitas aos seus clientes sobre mercado, tendências e peças. Elas eram realizadas por todo o país e sempre lotavam, com público de até 300 pessoas cada uma. “Procuramos levar soluções para as dificuldades dos comerciantes, apresentando estratégias e proporcionando informações sobre o mercado e suas tendências”, conta Eduardo. Foi desta maneira que a Laquila cresceu, representou e divulgou marcas internacionais pelo Brasil, principalmente de acessórios e de produtos de alta qualidade. Com a excelência e a seriedade da empresa, rapidamente a empresa se tornou a solução para muitos comércios. O espaço, já pequeno em Colombo, deu lugar à sede própria de 18 mil m2 no município de Campina Grande do Sul, a 13 km de Curitiba, em 2010.


Empresa

Sede da empresa em Colombo, Paraná Neste mesmo ano, a Laquila inaugurou o Centro de Distribuição no Ceará que garante agilidade nas entregas feitas no Norte e Nordeste. Antes demoravam até quatro semanas. Após a abertura do CD este prazo de entregas é realizado em apenas dois dias. “Fomos para o Nordeste para estar mais próximos e prestar serviços mais ágeis. Afinal, o cliente não pode esperar. Na Laquila Paraná, os pedidos feitos até às 14h saem no mesmo dia. Nossa ligação com companhias aéreas também possibilitam menor tempo de entrega. Mesmo assim, sentimos a necessidade de trazer soluções ainda mais rápidas para nossos clientes. Por isso, investiremos cada vez mais em logística”, continua. A visão de futuro é de crescimento Segundo o empresário, hoje se fabrica e há no mercado muitos modelos de motos. “Para cada tipo, por exemplo, são necessárias no mínimo cinco medidas diferentes

28 motomagazine

NA CHINA, EDUARDO CULTIVOU A ASSOCIAÇÃO COM EMPRESAS QUE O AJUDARIAM A AMPLIAR O SEU MIX DE PRODUTOS E INVESTIR NA IDEIA DE CRIAR MARCAS PRÓPRIAS

de pistão. São muitas peças e é preciso ter variedade com estoque baixo para atender o mercado”, explica. Hoje, Eduardo e Lourdes mantêm a cumplicidade e compartilham do mesmo sonho: que a empresa siga o desenvolvimento planejado e que possa alcançar patamares cada vez mais elevados. Que esta história de sucesso não se rompa com os sucessores da empresa. Por isso, a Laquila investe pesado na capacitação de seus empregados, para isso utilizando (se necessário) a renomada instituição de ensino Dom Cabral. “Damos importância muito grande para o ‘ouro da casa’, desenvolvendo os funcionários chaves de cada setor, para que possam estar preparados e capacitados para comandarem a empresa. A Laquila segue focada em atender com a qualidade que seus clientes já conhecem. Sempre trazendo ao mercado brasileiro o que há de melhor, de mais moderno e inovador”, finaliza Eduardo.


Rápidas de marketing

Novos modelos Suzuki A Suzuki apresentou cinco modelos no Intermot, Salão de Motos de Colônia, Alemanha. Com design agressivo, derivado da família GSR, a big naked GSX-S1000 tem motor tetracilíndrico de 999 cm. O modelo foi batizado de GSX-S1000F; V-Strom 650XT, com visual mais aventureiro. Completam o pacote de inovações: Scooter Addressem em nova versão da semi-carenada. A Bandit 1250 S, que passou por um facelift e recebeu freios ABS. A Suzuki já confirmou a chegada ao País dos modelos que acabam de ser mostrados na Alemanha. Entretanto, ainda não mencionou datas ou valores. Ducati revela a nova Scrambler Motocicleta contemporânea, a Scrambler foi elaborada com materiais cuidadosamente escolhidos e testados: iluminação dianteira e traseira de LED e instrumentos LCD. Guidão e longo assento garantem posição de pilotagem confortável e divertida. Peso reduzido, baixo centro de gravidade e pneus levemente salientes. A nova Scrambler não é uma moto retrô, a ideia é que ela seja um exemplo nítido de como essa moto lendária seria feita hoje em dia se a Ducati nunca a tivesse parado de fabricar. O motor Desmodrômico 11° de 803cc é refrigerado a ar e, com seus 75 cv de potência, tem aceleração suave na pilotagem. BMW no Salão de Colônia A BMW apresentou a nova S1000 RR, lançada em 2009, passou por uma reformulação e ganhou mais potência. A renovada R 1200R e a versão esporte-touring R 1200RS. As duas versões passaram por transformações e receberam o novo motor boxer de 1200 cc com arrefecimento

32 motomagazine

líquido, que rende 125 cv de potência. Os componentes eletrônicos vêm de série com ABS, suspensões eletrônicas ESA e controle de estabilidade ASC, além de dois mapas de ignição (Rain e Road).

Motos têm alta de 7,65% em setembro Segundo o relatório mensal da Fenabrave (federação das concessionárias), as vendas de motocicletas apresentaram aumento de 7,65% em setembro, com 119.842 unidades comercializadas em comparação com o mês de agosto, quando foram negociadas 111.326 unidades. Comparando com o resultado de vendas de motos em setembro de 2014, com o mesmo mês do ano passado, o resultado também foi positivo, houve alta de 1,76%, quando foram emplacadas 117.764 unidades. Se compararmos o acumulado do ano, o resultado teve uma retração. As vendas de motos tiveram queda de 5,26%. Foram 1.069.898 unidades comercializadas no período de janeiro a setembro de 2014, contra 1.129.330 no mesmo período de 2013.

Triumph trouxe novidades na Intermot A inglesa Triumph não apresentou novos modelos no Salão de Colônia, na Alemanha. No entanto, revelou cinco novidades com destaque para a Street Triple RX. A versão RX passou a contar com detalhes da irmã esportiva Daytona 675R como o sub-quadro, carenagem traseira, banco e Quickshifter de série e freios Brembo. O motor de três cilindros continua o mesmo rendendo 106 cv de potência e 6,9 kgmf de torque. Na linha clássica: a edição limitada de mil unidades da Bonneville. Apresentou ainda mais duas versões do clássico modelo, a Spirit e a Newchurch, com decorações exclusivas em ambas. Aluguel de motos Harley-Davidson Um grupo de empresários do Amazonas criou a Daytona HD Rental. Empresa especializada em aluguéis de motos Harley-Davidson, a primeira do gênero na região Norte do país. O projeto foi lançado com o website da empresa onde o cliente escolhe a moto, pode ver opções de trajetos de rallyes, e até previsão do tempo.


Concessionárias iniciam vendas da linha Triumph 2015 A Triumph Motorcycles inicia as vendas em todas as suas concessionárias da linha 2015 dos modelos Tiger Explorer, Street Triple 675 e Street Triple 675R, que ganharam novas opções de cores. Os três modelos são montados na fábrica de Manaus (AM).

Protótipo de triciclo para cadeirantes A Motocar criou o protótipo de triciclo para cadeirantes. O modelo faz parte do projeto social lançado pela empresa “Programa acesso Motocar". A ideia do veículo é dar a chance destas pessoas voltarem a se locomover facilmente. Com investimento de cerca de R$ 100 mil, a adaptação do triciclo foi trabalhada com base na versão que a empresa já comercializa: o MTX150. O escolhido para testar o protótipo é o atleta paralímpico, José Maria, mais conhecido como “Zé”. 3ª edição do Harley Days A Harley-Davidson divulgou que o evento de 2014 acontecerá em outu-

bro, em São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. Nas edições anteriores, em 2011 e 2012, o Rio de Janeiro sediou o evento. Todas as motos vendidas pela marca no país estarão expostas. Haverá shows de bandas, desfile dos motociclistas pela cidade, concursos de motos customizadas, marcha lenta e demonstração de manobras do Exército. O test drive de alguns modelos será disponibilizado aos participantes.

Shizuma Kubota assume cargo A Dunlop ,que faz parte do grupo japonês SUMITOMO RUBBER INDUSTRIES, anuncia seu novo presidente para a operação brasileira: Shizuma Kubota. No cargo desde agosto, o executivo até então exercia o cargo de gerente geral

de relações públicas no Japão (desde 2010), ingressou na companhia em 1977. O ex-presidente, Ippei Oda, havia sido designado para comandar a abertura da fábrica e retornou para o Japão para continuar seu trabalho na SRI. Crescimento de motos no RN O Rio Grande do Norte é o quarto estado brasileiro com o maior aumento no número de motos nos últimos 16 anos. O crescimento registrado no período de 1998 a 2014 foi de 2.101,93%, deixando o estado atrás somente do Amapá, Roraima e Pará. Na região Nordeste, RN fica em primeiro neste ranking, seguido pela Bahia com acréscimo de 2.029,63% no mesmo período. Somente no último ano, 7.555 novas motos tomaram conta das ruas do estado, segundo a ABRACICLO. Estes números fazem parte do trabalho que a Laquila Peças e Acessórios apresentou na região durante o Workshop “Moto e Mercado”. O evento levou às cidades de Mossoró e Natal informações e tendências deste mercado.

motomagazine 33


Rápidas de marketing

Ducati antecipa produção da 1199 Panigale A marca dá continuidade ao plano de expansão de sua linha de produção no País e antecipa a nacionalização da 1199 PANIGALE, que a partir de agora, se une à DIAVEL, MONSTER 796 e a MULTISTRADA 1200 e também passa a ser montada na fábrica de Manaus (exceção da versão R, que continua sendo importada). A versão montada no Brasil é equipada com o motor Superquadro de 195cv, integrado ao chassi monochoque.

Grupo RAINHA DAS SETE no segmento duas rodas Após completar 25 anos no mercado automotivo, o Grupo RAINHA DAS SETE lança sua linha de produtos para o segmento duas rodas. Sua entrada neste mercado foi marcada pela presença no VIII Salão ANFAMOTO lançando mais de 200 itens.

Motocar busca interessados em abrir concessionária no Maranhão Após implantar 16 concessionárias em diferentes estados brasileiros, a Motocar prospecta abrir uma unidade da marca em São Luís (MA). A empresa busca interessados em investir em seu negócio próprio, por meio da venda de triciclos. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), São Luís possui o 12º maior parque industrial entre as 27 capitais brasileiras.

Moto Honda inicia operações com gás natural A Honda implementou o uso de gás natural no processo produtivo de motocicletas da fábrica de Manaus (AM). A iniciativa, que contou com investimentos na ordem de R$ 2,5 milhões, permitirá que a empresa deixe de emitir mais de 1500 toneladas de CO2 por ano. Para viabilizar o recurso, a Honda instalou uma estação de medição e redução de pressão com capacidade para fornecer, por hora, 4.000m³ de gás natural proveniente do gasoduto local de Urucú.

34 motomagazine


produto

CRIATIVIDADE,

MARCA REGISTRADA A Polivisor Indústria e Comércio de Viseiras Ltda. está sediada em Indaiatuba, interior paulistano, onde foi concebida pelo seu fundador, administrador Pedro Luiz Pena dos Santos. Atualmente a empresa conta com 40 funcionários ocupando uma área de 1.500 m², com prédio próprio Texto: Hylario Guerrero Imagens: divulgação

36 motomagazine

E

stão no mercado há 20 anos e Pedro Luiz conta que a ideia de montar a empresa surgiu depois da experiência que teve em ter sido gerente de uma ‘motopeças’. “Daí enxerguei a necessidade do mercado quanto a falta de viseiras no setor de reposição. O motivo do nome Polivisor veio da junção da matéria-prima que utilizamos (policarbonaro) mais a palavra visor (viseira em inglês)”, explica. “Fabricamos viseiras e também acessórios para capacetes. Porém diria que nosso carro chefe são as ‘Viseiras Injetadas de 2.2 mm’. Produzimos mais de 200 mil peças/mês”, conta Lucas Pena Mantovani, Gerente de Vendas. O nicho de mercado em que os produtos da Polivisor mais se enquadram são as Boutiques de Motopeças, sendo os motociclistas, no geral, o público alvo. Para a Polivisor o mercado está bom, “uma vez que temos uma marca sólida e excelência em qualidade. Porém quando

comentamos sobre as principais dificuldades que temos enfrentado em nossa atuação, sem dúvida destacamos a alta carga tributária. Superamos essas dificuldades lançando novos itens no mercado, além de constante investimento e aprimoramento de nossos produtos e material humano”, diz Lucas. As matérias-primas utilizadas na confecção dos produtos pela empresa são as ‘resinas plásticas’, importadas. “No nosso segmento, especificamente, não acreditamos que está havendo uma procura maior pelo produto importado, eles não têm atrapalhado em nada, tanto na produção quanto nas vendas das viseiras”, comenta o diretor da empresa. “O mercado apresentou certa estagnação no primeiro semestre, não só devido o evento da Copa do Mundo da FIFA, mas também por ser um ano atípico devido as eleições, mas temos certeza, que essa retração que se deu não só no nosso segmento como em tantos outros, haverá


Pedro Luiz Pena dos Santos - Diretor

motomagazine 37


produto

uma recuperação, todo mundo vai correr atrás do prejuízo”, expõe Pedro Luíz que analisa: “Eleições sempre traduzem alguma incerteza, porque não sabemos se continuará o mesmo programa politico e econômico, caso haja alteração de partido e/ou politica de governo”. “Lembrando que a carga tributária imposta aos fabricantes é muito alta, uma vez que vemos má administração por parte dos órgãos competentes. A Substituição Tributária é uma medida

38 motomagazine

SUPERAMOS DIFICULDADES LANÇANDO NOVOS ITENS. CONSTANTE INVESTIMENTO E, APRIMORAMENTO DE PRODUTOS E MATERIAL HUMANO ” Lucas Pena Mantovani

predatória, muito ruim, uma vez que os concorrentes não tem conduta adequada para a utilização das ‘Nomeclaturas (NCM)’ dos produtos que estão sujeitos a tal tributação”, reitera Pedro Luiz. Analisando o mercado comercial no Brasil, Pedro Luiz enfatiza que apesar do mercado não se encontrar em uma de suas melhores fases, a Polivisor consegue manter uma média regular. “Isso se dá tanto em produção quanto de vendas, devido à sólida construção da marca nesses 20 anos de existência e aos investimentos em novos produtos que vem lançando no mercado, fatores esses que a diferencia dos demais concorrentes e aventureiros que surgem e desaparecem a todo momento no nosso setor”, afirma Pedro. “Entre as medidas que o Governo poderia tomar em favor dos fabricantes de motopeças, estão a isenção de impostos para produtos de segurança, no qual se enquadram capacetes, viseiras e acessórios para capacetes, jaquetas, luva de proteção, entre outros, uma vez que o número de pessoas acidentadas aumenta na mesma proporção que aumentam os números de motociclistas nas ruas, também a diminuição da carga tributária, e a facilitação de importação de matéria-prima”, conclui Lucas Pena Mantovani, Gerente de Vendas com formação em Gestão de Empresas e Marketing.


Rápidas Internacionais

Expectativa de título

FIM divulga calendário da temporada 2015 de Motovelocidade

Marc Márquez, bicampeão do Mundo de MotoGP e líder do campeonato 2014, terá no Grande Prêmio do Japão a primeira oportunidade para confirmar o título. O piloto espanhol de 21 anos depende apenas de seu desempenho e pode nem precisar ganhar a corrida. Márquez necessita de ficar à frente de Pedrosa e de não perder mais de três pontos para Valentino Rossi. Caso vença, essa será a sua 12.ª vitória em 15 corridas.

A Federação Internacional de Motociclismo (FIM) divulgou o calendário provisório da temporada 2015 do Mundial de Motovelocidade. O campeonato prevê as mesmas 18 etapas deste ano que acontecerão entre os meses de março e novembro. A novidade fica por conta do local da prova na Inglaterra, a 12ª prova – este ano foi em Silverstone e em 2015 será em Donington Park. O Brasil ficou de fora. O Mundial começa no dia 29 de março, no Catar (Emirados do Oriente Médio) e o encerramento será no dia 8 de novembro, em Valência, Espanha.

Rui Gonçalves assina com a Husqvarna Ricci Racing

Depois da Husqvarna ter revelado que a equipe Ricci Racing seria uma das apostas como estrutura de fábrica na classe MXGP do Mundial de Motocross em 2015, foi anunciado oficialmente que o português Rui Gonçalves foi o escolhido para pilotar uma das FC450 na próxima temporada. O comunicado já era aguardado pelo experiente piloto que deixa a escuderia da Yamaha.

Loris Baz é o novo nome da NGM Forward Racing para 2015

A equipe NGM Forward Racing anunciou a contratação de Loris Baz para a temporada 2015. O piloto francês de 21 anos completa o time da Forward juntamente com Stefan Bradl, Campeão do Mundial pela categoria Moto2 em 2011. Baz, que atualmente está pilotando para a equipe de fábrica da Kawasaki no Campeonato Mundial de Superbike, fará sua estreia no Mundial de MotoGP a bordo de uma máquina com motor Yamaha oficial de fábrica.

40 motomagazine

Jorge Viegas anuncia candidatura

O ex-presidente da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP), Jorge Viegas apresentou sua candidatura a presidência da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), cujas eleições estão agendadas para 22 de novembro, em Jerez de la Fronteira, Espanha.


Michael vd Mark competirá na categoria Superbike

Piloto contraria recomendações médicas e diz “bem de saúde”

Valentino Rossi sofreu grave acidente no GP de Aragão, Espanha, mas a forte queda parece ter sido só susto. Depois da queda o piloto foi levado ao hospital onde passou por exames que descartaram lesões. Apesar de os médicos o deixarem em observação, o italiano foi embora por conta própria. Após o acidente, ele postou uma foto nas redes sociais garantindo estar bem e se queixou apenas das dores de cabeça.

O piloto holandês Michael Van der Mark atual campeão categoria SuperSport, acaba de assinar contrato de dois anos com sua equipe Pata Honda, para correr o Mundial de Superbike, nas temporadas 2015 e 2016. O piloto de 21 anos compete atualmente com uma Honda CBR 600RR, e na próxima temporada passará a correr com uma CBR 1000 RR Fireblade SP. A equipe Pata Honda, já pronunciou que continuará competindo com motos da marca japonesa por mais dois anos também.

Morre co-fundadora do Motor Maids

Ryan Villopoto

O piloto disputará o Mundial de Motocross na temporada de 2015 pela equipe Monster Energy Kawasaki Racing Team, deixando o Supercross norte-americano. A Kawasaki finalmente divulgou a mudança do piloto norte-americano para a Europa depois da indefinição que se arrastou ao longo do ano. O anúncio foi feito por meio de nota.

Margaret Wilson faleceu em casa aos 98 anos em Iowa, EUA. Margaret recebeu diversos prêmios e seu nome está no Motorcycle Hall Of Fame Museum. Foi uma das primeiras mulheres a quebrarem o tabu a respeito de que o motociclismo é só para homens no período que sucedeu a Segunda Guerra Mundial. O Motor Maids é uma organização de motociclismo somente de mulheres, com membros nos Estados Unidos e Canadá.

motomagazine 41


Exportação

FABRICANTE INGRESSA NO MAIS IMPORTANTE MERCADO MUNDIAL

Alexandre Cavinato (consultor e representante da SP300 Ind. Com. Ltda), presente junto a Câmara de Comércio da Flórida nos meses de setembro e outubro 2014, traz para o Brasil o caminho das pedras para ingressar no mercado norte-americano

____ Texto e imagens: divulgação

E

m fase de expansão, a SP300, fabricante de prateleiras modulares para armazenagem de pneus e peças, inicia em 2015 a exportação para maior mercado mundial. Alexandre Cavinato (foto) resume como se deu a oportunidade e o novo desafio. “ Recentemente patenteamos um novo conceito de armazenagem de pneus e peças para diversos segmentos: prateleiras modulares que dispensam o uso de para-

42 motomagazine

fusos, mão de obra especializada, quebra de paredes ou pisos e o mais importante com custos até 50% mais baratos que um serralheiro”. O produto foi enviado para alguns distribuidores conhecidos dos EUA e, como resultado, duas semanas após Alexandre foi convidado a participar de um seminário promovido pela Câmara de Comércio da Flórida. “Neste network surgiu ideia de levar não somente a SP300 para o mercado norte-americano, mas também outras empresas brasileiras. Nesse período tive a oportunidade de visitar diversos distribuidores e vários segmentos, onde foi possível observar o grande interesse das empresas nos produtos brasileiros de qualidade”, conta Alexandre. A oportunidade o levou a aprofundar os seus conhecimentos sobre o mercado e a estudar questões como: reconhecer as diretrizes básicas e práticas para vencer as barreiras protecionistas e culturais no mercado americano; a adaptação dos

produtos às exigências governamentais e corporativas; escolha do representante comercial; trâmites legais para a abertura de filial nos EUA; e outros assuntos pertinentes à exportação e abertura de empresa no país. “Nosso objetivo é levar a SP300 e outras empresas de pequeno e médio porte a aumentar seu faturamento, agregar novos mercados na carteira total de clientes e, como consequência, aumentar demanda, para eliminar capacidade ociosa da fábrica; possibilidade de assinar contratos globais com clientes e fornecedores”, explica. Esta pode ser a possibilidade concreta de colocar produtos ou serviços com maior rentabilidade no mercado externo, além de globalizar a marca ou o produto, permitindo a expansão da fábrica, negócios, tecnologia ou da linha de produtos. Enfim, existe um mercado consumidor enorme nos esperando. A concorrência é tão grande quanto no Brasil, mas a economia é estável e está numa crescente”, analisa Alexandre Cavinato.


capa

Na oficina, uma moto sendo customizada, para entrar em ação JC Racing Team, um lugar de amigos e parceiros

CUSTOMIZAÇÃO E COMPETIÇÃO, NEGÓCIOS DE UMA EMPRESA 32 motomagazine 44

André Thomaz Tomate, o 'Tomate'


Última foto antes da entrar nas pistas Saindo do Box, momento de tensão e adrenalina...

A

JC Racing Team competindo nas pistas Um trabalho minucioso encima de detalhes...

Assim André Thomaz Tomate define a JC Racing, uma oficina de customização, que através da dedicação e da destreza dos seus sócios, possui uma das maiores equipes de competição do país e realiza um trabalho ímpar nas motos que tratam Reportagem e texto: Hylario Guerrero imagens: Hylario Guerrero e divulgação

história começou com o piloto Jaime Cristobal, iniciais do nome JC. E quando André Thomaz regressou da Itália, em 2011, onde trabalhou por três anos no Mundial de Super Bikes integrando uma equipe técnica de motovelocidade, foi chamado por Jaime, para integrar como técnico a sua equipe de pilotos em um campeonato no Brasil e sucessivamente fundar a sociedade, montando a JC Racing. Seis meses depois Daniel Fabre veio integrar a sociedade. O Daniel tem 27 anos, é o mais jovem. Jaime e André têm quase a mesma idade, por volta de 35 anos. A JC Racing foi fundada na rua Cristianópolis, zona leste de São Paulo, era um pequeno galpão, mas que com o crescimento da equipe, do número de motos, e com a compra do caminhão, viram a necessidade de se mudarem para um galpão maior, hoje no bairro da Moóca, na zona leste paulistana, num espaço de 360m2. “Neste espaço guardamos o caminhão, e é onde funciona a oficina de customização”, conta. “Basta ter uma moto, seja de qual for a marca, o ano, ou o modelo, e ter o sonho de querer vê-la transformada do seu jeito. Muitos que nos procuram trazem a foto tirada de uma revista, e nós a transformamos do jeito que o cliente pede, mediante o orçamento. Discutimos sobre números, porque às vezes é preciso trocar peças, fazer pintura e outras modificações. Daí fazemos um pacote”, explica André.

Quanto a customização O valor da customização varia de acordo com o que o cliente pode pagar e quer fazer. “Vamos pensar assim. O cliente comprou uma moto qualquer e quer começar a competir com a moto, ou simplesmente andar na rua, (particularmente, sou contra uma pessoa pegar uma moto incrementá-la, customizá-la e ficar correndo como louco na rua). Bem o cliente traz a moto e diz que quer prepara-la para competir. Se gasta, nesse caso, num pacote completo com suspensão (dianteira/traseira), geralmente da marca ‘Öhlins’, CDI, toda a preparação de motor, cerca de R$ 35mil. Mas aí o cliente sai com uma moto que poderá lhe servir tanto nas pistas quanto nas ruas. No caso de uma eletrônica da Kawasaki, o cliente tem mais de 300 níveis de controle de tração”, informa André. A empresa dá três meses de garantia pelo serviço. “Claro, que se o cliente abusar da máquina, ele vai quebrar a moto. Ele vai levar a máquina ao limite, mas se ele passar do limite, ela vai quebrar, e quando trouxer de volta e desmontarmos a moto, logo saberemos o que houve”. Sobre a JC Racing Atualmente a JC Racing Team compete com cinco motos e tem mais três motos de reservas. Ao todo são oito motos prontas para competir. “Participamos somente de um campeonato, que é o brasileiro: o Moto 1000GP, onde corremos em duas categorias: o

motomagazine 45


capa

Interior da oficina de customização e reparos nos motores GP1000 e na categoria intermediária que é o GP Light. A JC Racing Team já foi campeã nas 600cc, com o Jaime Cristobal. Fomos vice no ano passado, no GP1000, com duas corridas a menos, por uma questão de patrocínio. Com apenas cinco corridas, no circuito de sete, ficamos como segundo colocados. Quase ganhamos o campeonato. Creio que se tivéssemos participado de todas as corridas, teríamos ganho em primeiro lugar. Esse ano está sendo um ano de pouca sorte, porque o nosso piloto caiu em duas etapas, acabamos não pontuando. Atualmente, estamos em terceiro no campeonato. Mas, em todas as pistas até hoje que colocamos nossas motos para competir, quebramos os recordes de pista. Assim foi na etapa de Goiânia, Brasília, Santa Cruz do Sul, Cascavel. Em todos esses autódromos, o recorde foi da J C Racing Team”, conta orgulhoso. A equipe está estudando o projeto de participar do campeonato ‘Super Stock’ no próximo ano, fora do Brasil. “Trata-se de um campeonato mundial. E para participar dele é preciso ter uma boa visibilidade no país de origem”, credita André Luiz, que lembra que no próximo ano a JC

46 motomagazine

Racing deve entrar com uma equipe satélite da Kawasaki, isso quer dizer - equipe oficial Kawasaki de competição. “Por ora somos uma equipe autônoma, mas deveremos adotar o nome ‘JC Kawasaki Racing’, sem jamais perder a identidade JC Racing Team”. Atualmente contam com cinco pilotos. Sendo três na Categoria Light, e, dois na Categoria Principal que é a GP1000. André não pilota mais, perto dos 35 anos de idade, se dedica ao trabalho da customização, da parte técnica e de montar e desmontar motores, juntamente com os três mecânicos. André fala com entusiasmo que na pista também desenvolve trabalho junto aos mecânicos. “Formamos um quarteto, além de contarmos com os sócios Jaime e Daniel. Eles também ajudam na parte de orientar nossos pilotos, trazer informações, ver qual é o pneu que será utilizado (porque têm alguns compostos de pneus diferentes) e assim nos completa. E contamos ainda com o nosso psicólogo esportista Pablo Carrera”.

A necessidade de um Psicólogo esportista “A ideia de adotar um psicólogo esportista surgiu com o que vimos com o Airton Senna. Ele tinha um psicólogo de equipe e, vimos que se com o ‘cara’ que acelerava muito funcionava, queríamos trazer essa ideia para nossa equipe. Temos o Pablo que trabalha nessa parte. Conversa com cada piloto separadamente, ou mesmo com a equipe em geral. Todos nós temos uma coisa que nos trava na hora de fazer algo, no caso pilotar. Seja medo, ou nos ‘adrenalinamos’ muito, em excesso, ou muito calmos. Então, o Pablo, em sua função consegue ver isso e busca equalizar as emoções dando melhor rendimento para o piloto, e até para o indivíduo em caráter normal, agindo na vida pessoal”, detalha André. Pablo Carrera é formado em Psicologia Esportiva. “Dentro da área de psicologia existe essa especialização. O Pablo está atuando conosco esse ano, e já percebemos diversas mudanças no desempenho dos nossos pilotos. Como o próprio Pablo explica, o resultado não se dá apenas com três ou quatro consultas para que se


consiga visualizar tal resultado, é preciso todo um acompanhamento. E trabalhar com o piloto ele diz que não é um problema, as vezes é um simples bloqueio. Temos sentido uma melhora na equipe, que pilotam mais concentrados, mais confiantes na pista. Porque se o piloto não tiver concentração na pista, ele cai. Uma desconcentração pode levar o piloto ao erro, resultando em um acidente, um machucado menor, um risco maior ou apenas arranhões com a moto quebrada”, expõe o técnico. “Foi constatado na última corrida, em Goiânia, que os pilotos até no ‘warm-up’ estão evoluindo. O ‘warm-up’ é o último treino para se soltarem na pista. Montam na moto, dão as últimas voltas de reconhecimento do trajeto antes da corrida. E nesse treino, tem piloto nosso que baixou o tempo dele. Ou seja, já se mostra tão solto, por causa desse tratamento psicológico que está fazendo, que se sente mais à vontade e consegue melhorar o desempenho na pista”, afirma. Um caminhão que os tranporta para todo lado Transportam a equipe em caminhão próprio, todo preto, adesivado, devido o crescimento da equipe cresceu. “São duas motos a mais. Não cabia mais na van com a carretinha. Tudo é uma questão de calculadora e economia: você gasta por ano com duas pessoas R$35 mil de hotel e refeição. Nossa equipe tem sete pessoas. Então, compramos o caminhão e construímos uma casa dentro dele. Na parte de dentro tem sete dormitórios e um chuveiro, que é uma ducha considerável. Na parte de fora, se abre uma tenda que tem 8m x 3m, ou seja, 24m de avanço, fechada pelas laterais, onde colocamos fogão, pia, geladeira, e ali vira a nossa cozinha e a nossa sala: com vídeo game, tevê. Ali nos divertimos, gastamos menos, e até ganhamos tempo

PARTICIPAMOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO MOTO 1000GP, ONDE CORREMOS EM DUAS CATEGORIAS: MOTO 1000GP E O INTERMEDIÁRIO GP LIGHT ” André Thomaz

porque tem pista que o hotel fica longe do autódromo e se perde até 40 min para se chegar ao circuito, sendo que com o caminhão ficamos instalados dentro do autódromo, podemos até dormir mais e acordamos no horário em que vamos começar a trabalhar”, exemplifica André que com carinho olha pro caminhão. “Esse nosso amigo roda o Brasil inteiro, de cidade em cidade. É um Volvo Venne 280”. Mercado “Houve crise no nosso trabalho, no NOnosso setor de customização, vários setores ligados à moto e a reposição de peças foram afetados. Aliás, 2014 está sendo um ano muito ruim, além da Copa do Mundo, o dólar está muito alto. As eleições também atrapalham. Há a incerteza. Porque depende de quem ganhar, o dólar vai subir, ou no mínimo continuar no mesmo patamar, mas abaixar, duvido”. Importam pneus da marca Michelin, é o que utilizam nas competições.

A formação de André Thomaz Tomate “Sempre fui um aficionado por moto, desde adolescente. E, para me desligar um pouco das motos fiz os cursos de ‘Técnico em enfermagem e Técnico em Instrumentação Cirúrgica’. trabalhava a noite em hospital, mas durante o dia o meu amor por motocicletas continuava. Trabalho e piloto moto desde que eu me conheço por gente. Para mim trabalhar em hospital era quase como um hobby. Profissão – motociclista, ou como piloto, ou como mecânico”, brinca André. Perspectivas para o futuro André explica que atualmente as Categorias mais disputadas são: 250cc, 600cc, e1000cc (que são as categorias Light e GP1000. “Todas as nossas motos de competição são Kawasaki, não usamos outra marca, primeiramente porque a Kawasaki é uma moto muito boa e competitiva. O preço dela não é tão alto. A BMW, por exemplo tem máquinas mais possantes, porém o preço é muito alto, e outras fábricas não nos dão o apoio que a Kawasaki nos dá. Se precisamos de uma peça, não esperamos 45 dias para chegar da Alemanha, como no caso da BMW. A Kawasaki está no Brasil, e a reposição da peça é imediata, há muita praticidade, e repito, é uma moto muito boa de ótimo desempenho, ela se completa por si só”, afirma André. “Para o futuro, queremos ter mais pilotos. Melhorar nossas motos, porque ainda tem muita coisa para se trabalhar. Temos que usar todos o nosso conhecimento para fazer com que as máquinas andem mais. Colocarmos um ou dois pilotos para andar nas 600cc. outra Categoria que queremos abranger são as provas de 250cc. Pretendemos fazer uma escolinha de pilotos, para que, com o tempo se torne um mega piloto”, almeja.

motomagazine 47


atacadista

QUANDO A QUALIDADE E A COMPETÊNCIA CAMINHAM JUNTAS Essa é a história da Sandro Motos, no interior paulista, região de São José do Rio Preto, que buscou aliar qualidade e competência nos 16 anos de existência Texto Hylario Guerrero Imagem: divulgação

48 motomagazine

E

ra início de 1999 quando Sandro Renato Barboza de Oliveira, resolveu fundar a empresa, vendo que o mercado era bastante competitivo, mas que havia um alto índice de crescimento. Sandro apostou suas fichas e fez sucesso. Atualmente está localizado em alguns endereços como a rua Coronel Spinola de Castro, 2631 no centro de São José do Rio Preto.Com uma loja na Avenida Mirassolandia, 1545, também na mesma cidade e outra loja na rua Vitório Gasparo, 160 (mini distrito de São José do Rio Preto, onde também funciona a distribuidora. “A nova sede da empresa ocupa espaço de 2 mil m2”, conta Sandro, que vê com orgulho o crescimento do seu patrimônio através de muito trabalho. “Atuamos no atacado e varejo, e para atender aos

nosso clientes disponibilizamos desde atendimento no balcão, como também serviço de telemarketing e equipe de vendedores externos”, explica. Ainda não possuem serviço de pós-vendas, porém todas as dúvidas que o cliente tiver, Sandro faz questão de dirimi-las. Estão em busca da implementação do serviço de vendas por e-commerce, uma forma de auxiliar o aparelho de marketing da empresa. “Atuamos com força na região de São José do Rio Preto, onde estamos sediados, boa parte dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso. Contamos atualmente com 38 funcionários entre os internos e externos. E toda a parte administrativa da empresa é comandada por Viviane Gonçalves de Oliveira”, finaliza Sandro.


lançamentos TEXX LANÇA DOIS PRODUTOS SEGUNDA PELE

- TCOOL que refresca e protege o corpo dos raios infravermelhos. Com tecido especial possui proteção UV e é 30% mais eficaz que o poliéster comum. - THOT que possui sistema térmico de reciclagem de calor. O tecido coleta a energia de todas as fontes infravermelhas e gera aquecimento, além de permitir uma melhor circulação do sangue do corpo humano. www.texx.com.br

BATERIA SUB-GEL BRANDY A tecnologia SUB-GEL, já vem ativada de fábrica, blindada e com uma parte de sua solução em gel. Oferece total segurança contra vazamento, além de possuir taxa de perda de carga menor do que as baterias seladas ativadas de fábrica. www.brandy.com.br

SMART BOX PRO TORK São duas novas cores de lentes refletoras para o bauleto. Além do tradicional vermelho, agora elas também podem ser encontradas em clear e fumê, tanto para 28lts de capacidade de carga, quanto para o de impactos, assim como a caixa, feita em polipropileno 45lts. Injetada em poliestireno, a lente refletora é resistente aos mais fortes choques.

TAURUS LANÇA ÓCULOS GOOGLE Possui lentes HB em Lexan, o que garante qualidade ótica, nas cores: amarela, fumê e azul. A espuma é de qualidade com dupla densidade.Tem vedação segura e pode-se aplicar o sistema de limpeza “roll-off”. As lentes vêm com tratamento ante risco e ante embaçante, o que proporciona maior durabilidade e torna a pilotagem mais segura.

50 motomagazine


UNIBEAR CORRENTES Produzidas em aço de alta qualidade, possuem avançada tecnologia automatizada no processo de tratamento térmico das ligas de aço. Passam por rigorosos testes: resistentes à tração e ao desgaste. Com garantia de 35 mil km. www.unibearcorrentes.com.br

CAPACETE RPHA 10 PLUS GRAFFITI É composto por 3 fibras (carbono, aramida e vidro), formando um capacete leve e resistente. Libera calor e umidade de dentro para fora através de entradas variáveis. Possui sistema de substituição de viseira com catraca simples e inovador sistema antiembaçante. Com design exclusivo, tecido antibacteriano, forro e componentes internos removíveis e laváveis. www.hjcdobrasil.com.br

CADEADOS PADO Utilizados nos discos de freio para imobilização, os cadeados da linha Moto têm corpo de alumínio e são revestidos com capa de aço inox, garantindo alta durabilidade, resistência a intempéries e segurança das motocicletas. Possuem sistema de chave multiponto antiviolação, assegurando ainda mais proteção.Apresentam design moderno em dois modelos: STONE E ROCK. www.pado.com.br

LUVA TECHSTAR Desenvolvida para proporcionar conforto ao piloto durante seus treinos ou provas. Dedos pré-curvados com apliques em TPR, área entre os dedos livres de costura. Palma da mão em camurça com reforço na região inferior e preenchimento espumado. Apliques de silicone nos dedos indicador e médio, ajuste do punho através de tira de velcro com acabamento em TPR. www.alpinestars.com

42 motomagazine

motomagazine 51


lançamentos

JAQUETA CONCEPT A RIFFEL lança o modelo CONCEPT que une segurança ao conceito do uso casual com design voltado para o motociclista urbano. Confeccionada em Poliéster 300De, traz proteções internas removíveis nos ombros, cotovelos e costas. www.riffel.com.br

BOTAS RIDGE DA ALPINESTARS Fechamento com duas tiras de velcro, zíper interno, suporte interno injetado em PU para proteger do calcanhar até a região do tornozelo. Proteção rígida na região dos dedos e sola feita em poliamida com design anatômico. Reforço que ajuda a absorver e distribuir impactos e vibrações da moto. Forração 100% impermeável. Palmilha removível em EVA e refletivo traseiro para visibilidade noturna. www.alpinestars.kanui.com.br

SCANNER EXCLUSIVO O grupo Magneti Marelli lança o scanner para diagnóstico de sistemas eletrônicos exclusivos para motocicletas, desenvolvido a partir do Tester Logic Full Bike que oferece diversas funções, permitindo a leitura de ampla gama de sistemas, como injeção eletrônica, ABS, painel de instrumentos, rede CAN, imobilizador, entre outros. A tecnologia facilita e proporciona melhor interpretação de cada diagnose. www.mmcofap.com.br

64 motomagazine


lançamentos

SKY 125: VERSÃO 2015 A moto SKY 125, modelo da categoria CUB fabricado pela TRAXX, tem design moderno e aparência robusta. Motor arrefecido a ar, de 4T, com propulsor OHC (Over Head Camshaft). Desenvolve potência máxima de 8,8 cv a 7.500 rpm e torque de 0,96 kgf.m a 5.500 rpm, sem necessidade de trocas frequentes de marchas. Com câmbio rotativo e semiautomático, que não utiliza embreagem. www.traxx.com.br

MODELO CG 125 FAN 2015 A CG 125 Fan 2015 está disponível nas cores: preta, vermelha e cinza. Nas versões KS (partida a pedal), ES (partida elétrica) e ESD (partida elétrica e freio à disco dianteiro). Motor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft) de 124,7 cm, 4T, arrefecido a ar, alimentado por carburador. Tem potência máxima de 11,6 cv a 8.250 rpm. www.honda.com.br

MODELO BIZ 100 DE 2015 Essa Biz 100cc é a versão ES (partida elétrica), disponível em preto, vermelho e branco. Já a versão KS (partida a pedal), passa a ser comercializada apenas na cor vermelha. Motor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft) de 97,1cm oferece desempenho aliado a baixo consumo de combustível. www.honda.com.br

KTM: RC 390 O modelo esportivo RC 390 compacto da fabricante austríaca KTM, na cor laranja, vem equipada com motor monocilíndrico DOHC, de 375 cm, injeção eletrônica, arrefecimento líquido, potência de 44 cv e torque de 3,5 kgf.m. O câmbio é de seis velocidades. Conta com freios ABS de série, tem peso de 147 kg e tanque para até 11 lts. Os números de entre-eixos e da suspensão foram encurtados para dar alta performance. www.ktm.com

54 motomagazine


HONDA GL 1800 GOLD WING

Este modelo agora passa a ser oferecido na cor preta. Ideal para longas viagens: tem três compartimentos de bagagens para até 150 lts. Agora com amplo conjunto óptico dos faróis e airbags. Pesando 387 kg, tem motor OHC, com 6 cilindros contrapostos e 12 válvulas. Proporciona potência e desempenho de 118 cv e 5.500 rpm. Os freios estão equipados com sistema ABS e DCBS, que evitam o travamento das rodas e distribuem a carga de frenagem. www.honda.com.br

PCX 150 COM MOTOR AVANÇADO O compacto motor da PCX HONDA é do tipo OHC com refrigeração líquida e injeção eletrônica de combustível PGM-FI. Desempenho com economia de combustível. De baixo ruído no funcionamento, possui 152,9 cc, potência de 13,6 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,41 kgf.m a 5.250 rpm, resultando num excelente propulsor para o scooter, com moderno câmbio CVT: basta ligar pra acelerar. Sistema de freio CBS (sistema de freio combinado), possibilita usar os freios dianteiro e traseiro de forma simultânea, ao acionar o manete esquerdo. Nas cores: preta e branca. www.honda.com.br

MV AGUSTA RIVALE 800 É mais uma das integrantes da Família 800. Traz características de uma naked com detalhes inspirados nas motocicletas de competição supermotard. Motor 798 cm³ três cilindros em linha com virabrequim contra rotativo, 125 cv a 12.000 rpm, 84 Nm (8.6 kgm) a 8.600 rpm, 1.42 kg/cv velocidade máxima de 245 km/h. Tecnologia CIVM (Motor & Vehicle Integrated Control System). www.daframotos.com.br

YAMAHA XJR 1300CC 2015

Possui tanque alongado, quadro encurtado com assento monoposto (o modelo de dois lugares estará disponível como opção), escape 4 em 1 com acabamento em preto fosco, placas laterais de alumínio polido, guidão de diâmetro variável, novo farol e painel revisado. O motor é 4T em linha arrefecido a ar de 1.250 cc capaz de render a potência máxima de 98 CV e o torque máximo de 108 kgf.m. A suspensão dianteira é regulável e a traseira tem dois amortecedores a gás ajustáveis da Öhlins. Freio com 2 discos e pinças de 2 pistões na dianteira e 1disco e pinça de pistão único na traseira. www.yamahamotor.com

42 motomagazine

motomagazine 55


Rápidas do esporte

GP Curitiba vai definir lista de candidatos aos títulos de 2014

Sexta das oito etapas previstas no calendário de 2014 do Moto 1000 GP, o GP Curitiba vai proporcionar uma estimativa precisa dos pilotos que vão protagonizar a disputa final pelos títulos das quatro categorias do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Consideradas as tabelas da GP 1000, da GP 600, da GP Light e da GPR 250, os 57participantes têm chances de conquista dos títulos que disputam.

Campeonato Goiano de Motocross tem sucesso de público

A 3ª etapa contou com a inauguração de uma nova pista para realização das provas além do sucesso de público. Mais de cinco mil pessoas optaram pelo esporte como entretenimento e lazer. A competição foi realizada em Morrinhos.Wellington Garcia Matos foi o grande destaque na competição. O piloto conquistou o primeiro lugar na categoria MX 1 e venceu na MX2.

Passeio aproveita a natureza em Joanópolis (SP)

A Comunidade Spyder reúne proprietários do roadstar da Can-Am para passeio na cidade de Joanópolis, no interior paulista. Partindo da capital paulista, o Y-Ride sugere programação que desfrute da culinária diferenciada da cidade, considerada Estância Turística do Estado de São Paulo. A viagem terá 130km, com aproximadamente 1h45 de duração.

56 motomagazine

Mundial de MX: Goiás ganha prêmio por Melhor Infraestrutura

A empresa brasileira Romagnolli Promoções e Eventos conquistou pelo terceiro ano consecutivo prêmio pela alta qualidade na organização da etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motocross MX1/MX2. O MXGP Estado de Goiás, realizado em Trindade (GO), teve a melhor infraestrutura de 2014. O anúncio foi feito em Kegums, na Letônia, local da edição deste ano do Motocross das Nações.


Copa EFX de Enduro

Os principais pilotos do país irão se reunir em Córrego do Bom Jesus (MG) para a sexta e última etapa, válida também pela 11ª fase do Campeonato Mineiro de Enduro. O percurso terá aproximadamente 40 km por volta e vários testes para os pilotos. Serão dois Controles de Horários, dois Enduros Testes, um Cross Teste e um Extreme Teste. A prova contará com três voltas, sendo uma de reconhecimento. Os campeões de seis categorias serão definidos no evento.

Arena Cross

A temporada do Arena Cross 2014 chegou ao fim, com corridas e disputas realizadas na cidade de Itapema (SC). Quem conseguiu se destacar foram os seguintes competidores: O espanhol Carlos Campano, na Pró; Enzo Lopes, na Júnior; Carlos Eduardo Dadalzinho, na 65cc; e Diogo Nascimento, na 50cc. O português Paulo Alberto, que já havia garantido a taça da MX2 de forma antecipada.

• Brasileiro de Enduro FIM

Em Nova Brescia, Rio Grande do Sul, as provas serão válidas como 11ª e 12ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM para motocicletas e serão realizadas no Ginásio Municipal. Da equipe Gas Gas Racing Team, Rigor Rico defende o título da E2, e Ripi Galileu, da E1. As corridas finais serão em novembro, em Patrocínio (MG).

Rally da Serra Azul

O evento faz parte de uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja 2014 e acontece em outubro. Toda a concentração das equipes oriundas de diversos estados brasileiros será no Shopping Serra Azul, na cidade de Itupeva a 70 km da capital paulista. A competição terá roteiro de 352,72 km para motos, quadriciclos e UTVs. www.rallyserraazul.com.br

motomagazine 57


Rápidas nacionais

Córrego do Bom Jesus (MG) será palco da final da Copa EFX

Brasileiro de Motocross terá transmissão internacional

As lentes do mundo inteiro estarão focadas em Santa Maria (SC). A cidade será palco de dois eventos voltados ao motociclismo: a etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross e a 18ª edição do Encontro dos Motociclistas do Mercosul (Mercocycle). As provas do campeonato ocorrem em nove categorias. Durante os dois dias, 250 competidores, de vários Estados do país, e também do Exterior, estarão presentes na cidade.

58 motomagazine

A temporada 2014 da Copa EFX Honda de Enduro está chegando a final. Os principais pilotos do país irão se reunir em Córrego do Bom Jesus (MG) para a sexta e última etapa, que será válida

Ibero Americano de Enduro será realizado no Brasil A cidade de Patrocínio, no Triângulo Mineiro (MG), realizará nos dias 22 e 23 de novembro a prova de cunho internacional que também contará pontos para o Campeonato Brasileiro o Mineiro e para a Copa Cerrado de Enduro. O Ibero Americano de Enduro será realizado pela primeira vez em território brasileiro e servirá de teste e modelo para a cidade, que pretende realizar em 2015 uma etapa do Mundial de Enduro, que já está no calendário da Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

também pela 11ª fase do Campeonato Mineiro de Enduro. O percurso terá aproximadamente 40 km por volta e vários testes para os pilotos nas belas trilhas da região.

• Encontro de trilheiros traz atração radical a Toropi (RS) O 8° Trilhão, Trilha e Cia traz pela primeira vez a cidade de Toropi (RS) o Cachorrão Pro Tork Moto Show, uma atração radical com manobras de motos. Wesley Rodrigues de Oliveira é o piloto responsável pelo espetáculo de cerca de 40 minutos, que conta com diversos efeitos especiais e com a participação do público em algumas acrobacias. A entrada é franca. www.protork.com/roadshow


Profile for Luanda Editores

Motomagazine 80  

Revista Motomagazine 80

Motomagazine 80  

Revista Motomagazine 80

Advertisement