Page 1


QUALIDADE CROMOFORTE

Investindo em qualidade desde a matéria-prima até o acabamento final dos produtos a Cromoforte garante produtos resistentes e com maior durabilidade

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(44)3659-8500

CROMOFORTE ACESSÓRIOS PARA MOTOS LTDA Rodovia PR 490 KM 01 Altônia/PR Telefone: (44)3659-8500 www.cromoforte.com.br cromoforte@cromoforte.com.br


Conteúdo

48 CAPA JOSÉ FLÁVIO GONÇALVES

O SEGREDO DO SUCESSO

34 HISTÓRIA

EMPRESA EXPANDE E INVESTE EM MÃO-DE-OBRA

30

VIAGEM UM MOTOCICLISTA NA GARUPA

Seções

36

MOTOFEST NOVOS PATAMARES E PRESENÇAS INTERNACIONAIS

56

DISTRIBUIDORA AGILIDADE PARA EXPANSÃO E DESENVOLVIMENTO

09 16 22 38 60 66 Editorial

Correio

Notas

Lançamentos

Rápidas do Esporte

Artigo


Luanda

Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Edição 76 - Março 2014

Editor Osmar Silva osmar@luanda.com.br Diretor José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br Redação Hylario Guerrero (MTB 13468) hg.noticia@luanda.com.br Joelma Farias (Estagiária) redacao@luanda.com.br Design Editorial Bruno R. Mello dos Santos Diego Igor de Oliveira midia@luanda.com.br arte@luanda.com.br Publicidade: Luanda Brasil Serviços de Publicidade Ana Paula Lima José Rubens Bizarro Michele Silva Ronaldo Paiva vendas@luanda.com.br Assessoria gráfica Pavaprint Impressão Northgraph Administração Juici Monteiro Fernanda Oliveira Jhonnatan da Silva André luanda@luanda.com.br

Jurídico Dra. Adriana Carla Gomes P. Silva R. Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - CEP 02844-000 - São Paulo/SP Tel.: +55 (11) 3461-8400 / 3461-8401 Fax + 55 (11) 3923-5374 Representante em Taiwan PRO MEDIA COMPANY LIMITED 500 彰化市公園路 一段 258 巷 8 號 6 樓 樓 6F., No.8, Ln. 258, Sec. 1, Gongyuan Rd., Changhua City, Changhua County 500, Taiwan Tel:+886-4-726 4437 Fax:+886-4-728 4657 www.motopromedia.com e.: promedia7@xuite.net info@motopromedia.com

motomagazine aceita matérias técnicas como colaboração. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor. A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A revista não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista motomagazine é uma publicação bimestral da Luanda Editores Associados LTDA., e tem sua marca registrada no INPI sob o número 830.025.693

Editorial As motos definitivamente entraram no cenário do trânsito das cidades brasileiras. Pequenas, médias e grandes aglomerações populacionais recebem a sua participação como meio de transporte seja nas áreas urbanas ou rurais. Pois é, a moto está substituindo animais, bicicletas, ônibus e automóveis na preferência dos cidadãos. São serviços de motoboys, mototaxis e, até nos serviços realizados no campo. É normal encontrarmos peões ‘tangendo’ o gado a bordo de motocicletas. Mesmo assim, os números divulgados por entidades representativas do setor informam que o número de motos adquiridas no período do ano que passou e no início deste, tem sido menores na comparação a períodos anteriores semelhantes. São dados oficiais é de veículos novos. Acreditamos que o comércio de seminovos não tenha sido medido para a composição destas estatísticas. Trata-se de importante alternativa de consumo muito utilizada por aqueles que ainda não possuem recursos financeiros para adquirir modelos novos e que não sendo considerados na base de dados, acabam por não refletir a realidade do mercado. As medidas de restrições à concessão de crédito diminuíram em muito as possibilidades de grande parte dos pretendentes à compra de motos zero km. Nós vemos, no entanto, a proliferação de lojas e sites especializados na venda ou troca de motos seminovas. Comércio que se apresenta em constante ascensão.Talvez, sejam veículos de menor valor, mais próximos à condição atual do mercado. Falta crédito, porém existe o desejo e necessidade de possuir o veículo próprio. Isto não se extinguiu. Ponto para os fabricantes, distribuídores e lojistas de peças, acessórios e pneus destinados à reposição e embelezamento e, até mesmo os customizadores com as suas criações maravilhosas que tem a oportunidade de conquistar mais e novos consumidores. Eles estão ávidos para diferenciar as suas máquinas, valoriza-las e agregar diferenciais que lhes tragam notoriedade. Então, estes empresários devem aproveitar este nicho que se apresenta em disponibilidade para as ações de marketing. Promover seus produtos e serviços, realçar suas qualidades, criar a necessidade. Não ficar esperando que o consumidor eleja a sua marca e produto por obra do acaso. Se acercar deste filão pontificando a alternativa da utilização de sua oferta, fazendo que ele decida conscientemente, pois desta forma, serão clientes permanentes. Conhecedores da vantagem que representa a utilização da marca. Nesta meta, são muito importantes as ações de after market. Não pressionar o consumidor e sim mostrar-se preocupado com a sua satisfação. Propor sutilmente novas ideias, indicar as tendências. Valorizar claramente a sua decisão de escolha a favor. Renovar catálogos e assim manter a atenção para a sua linha de fabricação. Bem, são muitos os caminhos e ferramentas. Mãos a obra e sejam felizes em suas ações. Continuamos aqui para auxiliarmos como canal de informação neste mercado mutante e qualificado. Todos nós

Foto da capa: Osmar Silva


Interaja com a redação

CORREIO Agradecimentos Recebemos mensagens relativas ao período de festas de nossos parceiros clientes, fornecedores, profissionais e amigos. Os nossos agradecimentos a todos. 30FFER , Qualimatic / CR Comercial, Adelimar Repres., Adilson J. Ribas , Adriana Carla Gomes P. Silva , Advocacia Barros & Montalvão, Agencia UFF-I-Bounces, Alair Perilo, Alencar Xavier Ribeiro, Alessandra Fernandes, Allyne Antoni, Amarilho Ferreira Jr., Andresa Moreira, Antonieta M. C. Zabeu, Audro Leite, Augusto Repres., Avalty Vilela, BIKE RO, Bikeland, Blog do Galeno, Bosch, Boxnet , Bruno Sutero, Câmara Brasil – Alemanha, Camejo Comunicação , Carlos Zogahib, Caroline Paiva, CENACON, Center Bike , CETEC, Chrys Repres., Cilirio Brito, CJS Artes Gráficas, Claudio Estavam Próspero, Clube do Mil, Correios, Cristina Braga, Cummins Brasil, D. Franco Audio Visual, Daniel e Vera Marsiglia, Dejair Micheluti, Delvino Coser, Dep. Arnaldo Faria de Sá, Dep.Mendes Thame, Detona Ralph, Deusdedit Cleto Filho, Dimas Nogueira , Dion Nogueira, Disney , Dr. Nestor, Durvalino Repres., Editora Abril, Eduardo Imóveis, Emerson Rossi, Escola da Bicicleta, Fabio Contier, Fabio Giraldi, FENAPRO , Fernanda Villas, FIESP, FutPress Com., Germany Travel, Gil Baganha, Gilberto Benedito Godoy, Giovanni Esposito, Graac, Grupo Radar Com., Grupo X do Brasil, Hélene Verdier - Michelin Bike, Hidraulexus, Humberto Alves Mendes, E. C.Pinheiros, INTERFIL, JAC , Jeferson Friche, Jorge Luis Fleury, Jorge M. Silva, José Casto (Zé do Pedal), José Jacob Fernandes, K.I. Repres, Kawasaki, Leandro A.Gimenez, Pneus Technic, Levorin, Lilia Rebello, Link Comunicações, LK Comercial, Luciene Miranda, Luiz Carlos Alves, Luiz C. Oliveira, Luiz Kuhlmann, M. Maia Repres., Manesco Soc. de Advogados, Marco Taddeo, Maristela Secco, Max Press, Maz Produtora, Metro - Shacman, Metzeler, Mix Bicicletas, Mobly, Moto e Motos, Moto Traxx , Multiservice, Mundo

Email: redacao@luanda.com.br Site: www.luanda.com.br/motomagazine Endereço: R. Joaquim de Almeida Morais, 273 - CEP: 02844-040, São Paulo - SP

Press , Nação Design, Nasa Capacetes, Nissan Comunicações, Northgraph, Nywgraf, Orbea Marketing, Orestes Garcia , Original Repres, Sampa Bikers, Paulo Frota, Paulo Wang, Pax Mídia, Pegrucci Repres., Pepe Nascimento, Philips, Pista Livre Ass.e Com, Pluricom Informa, PR Newswire, Printec Com, Priscilla Bonifacio F.de Souza, Privalia e Claire&Bruce, Prósper Com, Ralcoh Com, Renato F. Aragão, Representações Paiva , Rinaldi, Roberto Di Cicco, Salão Bike Show, Scott Lukaitis, SD & Press, Shimano, Show Agência, SD Marketing, Sindeepres, Starvision, Sudamérica, Tarcísio Campestre - Agreg Midia, Tatiana Felix, Ediouro Publicações, Tim Repres, Toninho Cambará, Tony Almeida, Trevisan Escola de Negócios , Tribal, UERJ, UNESP, Valdir Mariano, Valeria Guimarães, Vedamotors, Vera Moreira, Vereador Claudinho, Vininha Carvalho, Vulcanbor, W. Hélio, WDL Repres, Wendel Santana - Diafrag, WGK, William Andó, X Motos, Zoomark – Itália.

Representantes Atuo na área de autos e motos. Gostaria de saber como participar do evento de Campina Gde. Busco novas empresas para representar na Chapada Diamantina e partes das regiões norte e oeste da Bahia. Jailton da Silva Oliveira Bahia Resp.: Agradecemos seu contato e, esperamos recebê-lo no evento. Representante há 14 anos, atendo os estados de Bahia e Sergipe. Desejo receber suas publicações para ficar a par dos eventos realizados Jorge Cordeiro PÓDIO REPRESENTAÇÕES Bahia

Guia do Profissional Sou acompanhante de suas publicações, pois trabalho no segmento de motopartes. No passado recebi um Guia de fabricantes e distribuidores do segmento. Seria possível ter uma versão atualizada? Marcos Piza

Resp.: O Guia do Profissional Motomagazine/2014 já está impresso e sendo distribuído via Correio. Informe seus dados para que possamos encaminhar a edição.

Homenagem Gostaria de saber a possibilidade de colocar na edição que será distribuída em Campina Grande-PB, a foto desse amigo e cliente que o mercado perdeu ano passado. A sua família irá comparecer ao evento e ficará muito grata com a homenagem. Ubiratan Vieira Ceará

Resp. Lamentamos o falecimento do empresário.

Siga RevistaMotomagazine

16 motomagazine

Resp.: Seus dados já estão inclusos em nosso mailing list para que possa receber as edições de Motomagazine e Cyclomagazine. Esperamos encontra-lo em nossos eventos futuros.

Aplicativo Luanda Editores


HISTÓRIA

Equipe Tribal

Fabiano e Patrícia (irmãos) fundadores da Tribal

18 motomagazine


DE DISTRIBUIDORA A FABRICANTE EM UMA DÉCADA DE ATUAÇÃO ____

Texto: Hylario Guerrero Imagens: divulgação

Fabricante de motopeças, a Tribal Motos está situada na Grande São Paulo, e, completa dez anos de existência

S

obre a coordenação dos sócios Fabiano de Villio, 38, fundador da empresa, ocupando o cargo de diretor comercial, e Anderson Maurício do Prado, 45, diretor industrial e de projetos, a Tribal conta com 25 funcionários e, ocupa área alugada de 800m2, na cidade de Caieiras, Grande São Paulo. No início atuavam com revenda, atendendo somente o estado de São Paulo e, também como prestadores de serviços. A partir de 2007 começaram a produzir. O nome vem da conotação simples e imediata de tribo. “Lembramos que quando ocorre um acidente no trânsito com um motoqueiro, logo se junta uma multidão de outros motoqueiros para socorrer o acidentado, como se fosse uma tribo, tanto que, nosso primeiro logotipo era um índio sobre uma moto”, conta Fabiano. Atualmente, em sua linha a Tribal produz Coxim do Pisca; Coxim da Coroa; Guarnições; Retentores; Borrachas; Fixadores; Molas e Buchas, com destaque para os coxins do pisca, considerado o carro chefe da empresa.

motomagazine 19


HISTÓRIA

Sócios Anderson Maurício e esposa Patrícia e Fabiano e esposa Vanessa

LEMBRAMOS QUE QUANDO OCORRE UM ACIDENTE NO TRÂNSITO COM UM MOTOQUEIRO, LOGO SE JUNTA UMA MULTIDÃO DE OUTROS MOTOQUEIROS, UMA VERDADEIRA TRIBO. DAÍ O NOME TRIBAL" Fabiano de Villio

50 motomagazine

Fabricam em média 162 mil peças/mês que se adequam a inúmeros modelos de motos. E, são levadas para todo o território nacional, através de parceiros distribuidores. Fabiano classifica que entre as principais dificuldades que a empresa tem enfrentado é a obtenção de mão-de-obra qualificada. “Para tanto, investimos em treinamento contínuo dos nossos funcionários, em busca de mantermos a qualidade de nossos produtos”. As matérias-primas que utilizam na confecção dos produtos são o nylon; PVC; tubos trefilados e borrachas, “tudo nacional”, frisa. Fabiano não acredita estar havendo procura maior pelo produto importado, e que estes não atrapalham sua produção e vendas. E finaliza, “estes 10 anos de mercado para a Tribal significam um grande desafio, pois se manter no setor trabalhando com transparência e dedicação nos dias de hoje é complicado. Mas, acreditamos que o nosso principal objetivo nós conseguimos atingir: o reconhecimento que vem através de nossos clientes e fornecedores”.


Notas

Anúncio de nova fragrância A Coty, companhia de beleza e o Grupo Piaggio, fabricante europeia de veículos motorizados de duas rodas, anunciaram a formação de parceria exclusiva para criar, desenvolver e distribuir uma dupla de fragrâncias emblemáticas para homens e mulheres sob o nome Vespa, marca de lambretas das mais icônicas da Itália. O lançamento está previsto para o mês de maio. cessionária de Manaus (AM), a expectativa para 2014 é crescer 8,5%. O consórcio foi a modalidade que se destacou. Foram vendidas 34.994 cotas em 2013, volume 9% superior às 32.037 de 2012. A meta da empresa para este ano é alavancar a Vendas de motocicletas operação em 11%. crescem 7% no Grupo Cometa Na contramão do setor de mo- Autoridades em busca tocicletas, que registrou queda da regulamentação do de 7,4% em 2013, segundo a Motofrete e Mototáxi Fenabrave, as vendas nas re- Gilberto Carvalho, ministro da giões Norte e Centro-Oeste Secretaria Geral da Presidênmantiveram-se aquecidas. É cia, recebeu o SindimotoSP em o que revela o balanço anual Brasília para ouvir as reivindo Grupo Cometa. A empresa dicações de Gilberto Almeida registrou incremento de 7% dos Santos, o Gil, presidente no ano passado, com 29 mil do sindicato de motofrete do motos vendidas, contra as 27 estado de São Paulo. O assunto mil unidades de 2012. Com in- tratado foi a busca de incentivestimentos previstos em mais vos, via Governo Federal, para de R$ 10 milhões na nova con- a Regulamentação da atividade

22 motomagazine

de motofrete e mototaxi em São Paulo. O SindimotoSP objetiva ver a categoria regulamentada e qualificada para oferecer melhores serviços, bem como obter mais reconhecimento através de padronização do setor.

Título importante A Triple, primeira concessionária da Triumph do Brasil estabelecida em São Paulo, SP, foi reconhecida como a maior do mundo em vendas

de motocicletas da marca em 2013. Ainda em seu primeiro ano de operação, a Triple vendeu mais de 1000 motos o que supera o segundo colocado em outros mercados. O prêmio foi entregue aos sócios-diretores da Triple por Marcelo Silva, gerente geral da operação no Brasil, Paul Stroud, Diretor Mundial de vendas e Nick Bloor, CEO e Presidente Mundial da Triumph. Traxx cresce com as cinquentinhas Em 2013, a Moto Traxx da Amazônia cresceu 48% se comparado ao ano de 2012. De acordo com a Abraciclo. Dentre as 11 associadas da entidade, apenas a Harley-Davidson e a Traxx registraram resultado positivo no ano passado.


Notas

Montadora anuncia mudanças organizacionais Com o intuito de fortalecer as operações regionais ao delegar maior autoridade e responsabilidade à liderança de cada um dos seis blocos de negócios: América do Norte, América do Sul, Ásia/Oceania, China, Europa/África/Oriente Médio e Japão. A Honda anuncia mudanças vigentes em 1º de abril, e incluem a nomeação do brasileiro Issao Mizoguchi, atual Vice-presidente da Honda South America e Presidente da Moto Honda da Amazônia, ao posto de Chefe de Operações, no Japão, tornando-o o primeiro executivo estrangeiro a assumir a liderança das operações de um dos seis blocos de negócios da empresa. Recorde de entregas de motocicletas O Consórcio Honda (CNH) fechou o ano de 2013 com recorde de entregas de motocicletas, foram mais de 421 mil unidades em todo o Brasil, representando 33% das vendas da marca. Em 2012, foram aproximadamente 412 mil motocicletas (31% do total vendido no ano). No ano passado, o volume total de cotas comercializadas de motocicletas foi de mais de hum milhão de unidades. Nova fábrica da Keeway e Benelli Aconteceu em Manaus a inauguração da primeira fábrica das marcas Benelli e Keeway. A Bramont, pertencente ao Grupo Chileno Minvest, conta com área de 108 mil m² das quais

24 motomagazine

somam 39 mil m² de área produtiva. A fábrica de motos detém uma área de 12.500 m² com capacidade para produzir até 100 mil motos ao ano. Entre os modelos estão as Benelli BN600, TNT 899 & 1130, TREK 899 & 1130 e TREK 1130 Amazonas. Da Keeway, serão montadas RKS 125 & 50, RKV 150 & 200i, Target 125, TXM & TX 150, Index 350 e Logick 150. Responsabilidade ambiental A Rinaldi acaba de conquistar o Certificado de Destruição Térmica. A fábrica de pneus e câmaras de ar, localizada em Bento Gonçalves, RS, é exemplo de responsabilidade na eliminação dos resíduos sólidos que produz, já que 100% deles são destinados a uma cimen-

teira, onde geram energia com novidades do setor apresentaa queima ao invés de serem das por renomados fabricantes simplesmente despejados em de motocicletas. aterros. O Certificado é emitido pela própria cimenteira, que tem programa específico para rastrear os resíduos recebidos, evitando a geração de passivos ambientais. O processo todo é coordenado pela Fundação Proamb, parceira da Rinaldi em soluções ambientais. Nordeste Motor Show tem venda Feira de motos antecipada de 6º Motodays ingressos Aconteceu no Centro de Ex- O evento acontecerá em abril posições Fiera di Roma, Itália, no Centro de Convenções de o 6º Motodays, evento anual Pernambuco, em Olinda, PE, de exposição dedicado aos e reunirá lançamentos de moamantes das duas e três ro- tos e acessórios. Com espaço das. Durante os quatro dias, o para negócios, lazer, diversão salão acolheu cerca de 120 mil e interatividade. Informações: visitantes conferir as últimas www.nordestemotorshow.com.br


Notas

Triumph chama proprietário para Recall A Triumph está convocando os proprietários de 444 motocicletas da marca comercializadas no Brasil. Modelos Tiger Explorer (fabricação entre 2011 e 2013, chassis de SMTF02XK4CJ535510 a SMTF02XK5EJ613022) e Tiger Explorer XC, (ano de fabricação:2013

Benelli inaugura concessionária no Brasil A primeira concessionária da italiana Benelli, foi inaugurada no bairro do Morumbi, em São Paulo. As motos que serão comercializadas inicialmente são compostas pelas nakeds TNT 899, TRE 899 K, TRE 1130 K e pela aventureira TRE 1130 Amazonas, todas equipadas com motorização de três cilindros. Além da loja de São Paulo, há planos de expansão em Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia.

e chassis de 97NF03XK3EM618161 a 97NF03XK4EM625295) para participar de uma campanha de recall. Motivo: Substituição do Módulo de Controle Eletrônico (ECM) do motor. Contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor pelo tel 0800-7272025, para agendar gratuitamente os reparos.

Produção de motos recua 3,9% em fevereiro Levantamento divulgado pela Abraciclo, a produção de motocicletas atingiu 139.673 unidades em fevereiro, com queda de 3,9% em relação as 145.302 motos fabricadas em janeiro a alta de 13,2% sobre igual período de 2013, quando foram produzidos 123.371 veículos. Segundo a Associação, as variações se deram devido ao menor número de dias em fevereiro sobre janeiro e ainda pelo fato de o mês passado ter dois dias úteis a mais do que em fevereiro de 2013. As indústrias venderam às concessionárias 138.228 unidades em fevereiro, aumento de 13,8% em relação ao mesmo mês de 2013, quando foram vendidas 121.432 motos. Na comparação com janeiro, quando foram comercializadas 103.683 unidades no atacado, houve aumento de 33,3%.


ESTÁ SURGINDO UM NOVO CONCEITO DE QUALIDADE EM BLOCO ÓTICO.

fotos meramente ilustrativas

SURPREENDA-SE!!!

BLOCO ÓTICO TITAN ES/KS/FAN

BLOCO ÓTICO TITAN 150 MIX

www.provisionviseiras.com.br - 55-11-2341-

4605

atendimento@provisionviseiras.com.br


Notas

Recall por falha em lâmpada A Yamaha comunicou aos proprietários dos modelos de moto YZF-R1, entre os anos de 2010 a 2012 e 2013 a 2014, e XT 1200Z, entre 2012 a 2014, para reparação na lâmpada do farol (engate do terminal), que segundo a fabricante não suporta a temperatura gerada pela luz. O superaquecimento pode ocasionar o derretimento do material causando falhas no funcionamento do farol. 2014 promete reunir centenas de clientes nas estradas rumo a Gramado. Ingressos pelo site: nationalhogrally2014com.br

Resultado positivo O desempenho de vendas da X Motos do Brasil neste início de 2014 registrou crescimento em comparação ao mesmo período do ano passado. O faturamento de janeiro superou em 30% o índice do primeiro mês de 2013. Se comparado com o dezembro do ano passado, o faturamento duplicou. De acordo com os dados do setor Financeiro da X Motos do Brasil, o desempenho em cinco estados, somados, representaram 57% do faturamento da empresa no primeiro mês de 2014.

28 motomagazine

2ª edição do National H.O.G. Rally A Harley-Davidson está programando para os dias 01, 02 e 03 de maio, em Gramado, RS, na Serra Gaúcha, o National H.O.G. Rally 2014. O evento é exclusivo para membros do H.O.G. (Harley Owners Group), clube de proprietários de motos da marca que conta com 15 mil sócios no Brasil e mais de um milhão no mundo. Essa é a segunda edição evento, o primeiro encontro foi realizado em 2012, em Florianópolis, SC. O National H.O.G. Rally

Nacionalização do modelo FZ-09 A Yamaha pretende investir em novidades para o segmento de alta cilindrada no Brasil. Um dos lançamentos por aqui será o FZ-09, que foi apresentado no Salão Duas Rodas, em São Paulo, no ano passado.

O modelo é uma das principais novidades mundiais da empresa nos últimos anos. A moto pode chegar em 2014 ou no próximo ano. Fabricante permite visita virtual a museu O Google Maps, através da ferramenta Street View, está disponibilizando a visita a museus e adicionou à lista o Museo Ducati em Borgo Panigale, Itália. Em seus 850 m2 quadrados, o local exibe mais de 40 motocicletas, teatro em forma de capacete central e conta toda a história da Ducati desde o seu início por meio de modernas motos de corrida da MotoGP. As outras salas do museu mostram pontos específicos na história da marca.


viagem

UM MOTOCICLISTA NA GARUPA Após mais de 50 anos como piloto, Otavio Araújo, o Gugu, nos conta sua experiência de viajar na garupa de uma moto. Tendo operado o ombro e estando impossibilitado de pilotar por meses seguidos, em sua recuperação, não via a hora de sentir o vento, a vibração do motor, a sensação de liberdade, que segundo ele não existe nada igual à proporcionada por uma motocicleta

30 motomagazine

____ Por: Otavio Araújo - Gugu (71 anos, motociclista a mais de 50) Imagens: divulgação

A

pós fazer dois meses de intensas seções de fisioterapia lembramos com saudade como é prazerosa a liberdade nas estradas, o prazer das curvas, até da chuva batendo sobre o capacete. Um dia desses um ‘anjo’ me ligou do Rio dizendo que passaria em casa para uma rápida visita. Fiquei muito alegre. Meu amigo estava saindo de viagem e seria bom além de calorosamente abraçá-lo poder conversar sobre nossa paixão, o motociclismo. Experiente viajante, Eduardo Werme-

linger sempre pilotou com maestria sua poderosa BMW. Em poucas horas ele estava chegando a Taubaté, interior paulista, e para quem certamente conhece a “eletricidade” criada no encontro de dois motociclistas bem viajados, amigos e sempre com sede de estradas..., ele me fez o convite: Gugu, vamos comigo fazer um passeio pelo interior? Respondi, de garupa... nem sonhando !!! Conversa vai, conversa vem, ele foi me instigando... conversamos até tarde e resolvi que faria uma nova aventura no motociclismo, tal foi a firmeza de suas


CONFORTO E PROTEÇÃO VOCÊ SÓ ENCONTRA NA TEXX.

SPIRIT OF PROTECTION

X. TES C O L EL U N A T E X E D A L IN H E S D E C OD O . R N O VA O T E ERCA P R O TO S N O M Ú N IC

CO

PRO LETE

TETO

TEXX

A BLUS

TEXX

COLE

NA

T- 1 VEST

RO GA P

TETO

R

S H IE L ORCE

LON

F

COLU R DE

RO TE P

TETO

VENT TEXX

R

T- FA S

D

T

www.laquila.com.br

W W W. T E X X . C O M . B R 0800 940 6202 /TEXXBRAS IL

@TEX XBR A S I L


viagem

palavras e a vontade de proporcionar ao amigo enclausurado algumas horas de prazer sobre uma motocicleta. Depois de tantos anos e quilômetros rodados pilotando solo por diversas estradas, cidades e países, seria uma experiência diferente uma viagem como garupa do Eduardo. Partimos no dia seguinte de Taubaté em direção a Rio Claro, SP, pelas vias Dutra, Carvalho Pinto, D. Pedro I, Anhanguera e Washington Luís. “Minha nossa, que diferença!” Pilotar é uma coisa, garupa é outro mundo... uma sensação de dependência, uma posição estática, inoperante, em constante suspense... Nos primeiros quilômetros, ainda dentro da cidade, quase pedi para voltar para casa e seguir para minha seção de fisioterapia, mas ao entrar na Dutra, a confiança que o piloto e a moto me transmitiram já era enorme, comecei a relaxar e a curtir, depois de três meses sem sentir o prazer de rodar de moto, é uma sensação indescritível. Na rodovia Carvalho Pinto já me sentia um co-piloto, termo que o Eduardo sempre fez questão de repetir. Nunca pensei que fosse curtir tanto; a BMW é uma moto que não curto, mas transmite muita segurança, e o Eduardo é extremamente cuidadoso e competente em sua pilotagem, visto que depois de milhares de quilômetros nunca teve um acidente sequer, assim como eu. Você já carregou na garupa de sua moto um amigo de 100 kg por 600 km? Você já imaginou a vontade que eu estava de sentir a sensação de liberdade, a aceleração, as ultrapassagens, o vento? Imagine a responsabilidade e o cuidado ao carregar um amigo ainda em recuperação

32 motomagazine

PILOTAR É UMA COISA, GARUPA É OUTRO MUNDO... UMA SENSAÇÃO DE DEPENDÊNCIA, UMA POSIÇÃO ESTÁTICA, INOPERANTE, EM CONSTANTE SUSPENSE.” Otavio Araújo - Gugu

de uma cirurgia de ligamentos do ombro? Bem, foi um prazer, uma realização, a melhor coisa que me aconteceu nos últimos meses, o cuidado que ele teve comigo, sempre indagando com o polegar esquerdo virado para cima se eu estava bem, confortável. Sua preocupação e gentilezas não tive como descrever... Na ida ele foi tocando leve numa batidinha de 120/140 e nos pedágios entregava um saco plástico transparente com notas e moedas nas cabines e sorrindo e dizia: - “Sirva-se, por favor”, todos os atendentes sorriam, retiravam a quantia necessária e recolocavam o troco e o recibo no saco – uma forma muito prática e simpática de pagar pedágios. Meu cérebro liberou grandes descargas de emoção: adrenalina, endorfina e dopamina, deixando-me preparado para a luta ou para a fuga, capaz de amortecer a dor e pronto para o prazer. Na volta eu senti o que é realmente o motor dessas BMW... impressiona! Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e a gente tem que aprender a perder e a ganhar. Nessa pequena viagem que ganhei de presente, tive uma marcante experiência, uma lição como se deve tratar o garupa, sempre cercado de cuidados e gentilezas, foi uma aula de cortesias, nem sei se eu merecia tanto. Definitivamente a garupa da BMW GS 1200 ADV não foi projetada para minha estatura e peso, o calcanhar encosta nas malas laterais e o pedal não apoia os pés devidamente, cansando as pernas e enroscando na calça do piloto. Foi uma experiência fantástica. Diferente, mesmo estando ainda fragilizado, mas devido à generosidade do Eduardo, curti muito essa minha nova experiência no motociclismo. Obrigado amigo, um dia a gente cria juízo.


Linha de Capacetes Motosky Proteção extrema com a maior leveza da categoria. O capacete Magnum Plus foi projetado para absorver impactos com máxima eficiência ao mesmo tempo que proporcionam conforto e total visibilidade ao piloto. Diferenciais: Viseira 2mm anti-risco feita em policarbonato hidratado praticamente inquebrável; Troca de viseira mais rápida do mercado: 5 segundos; 3 entradas de ar funcionais; Modelo popular feito com alta tecnologia; Casco em abs; Guarnição da viseira em EPDM muito mais vedação com trava; Disponível em 11 cores; Gama de cores atualizadas explorando as cores em neon, neutras e metalizadas; O melhor custo benefício do mercado.

LOJISTA

PAGMUCEOM

TAMBÉ

0800 940 6202

www.laquila.com.br

Viva. Use.


motofest

NOVOS PATAMARES E PRESENÇAS INTERNACIONAIS ____

Texto: Hylario Guerrero Imagens: divulgação

E

m sua 8º edição, realizada em 2013, a grande festa contou com a presença de cerca de 40 motociclistas vindos dos EUA e Canadá, reunindo motoclubes de todo o país, o Motofest novamente se deu no Parque do Povo, no centro e Campina Grande, juntando o som do forró com o ronco dos motores das motos e, muito rock, movimentou a economia da cidade e a rede hoteleira que ficou praticamente lotada. Com a infraestrutura de segurança, praça de alimentação, palco com telão, banheiros químicos, amplo estacionamento para motos e área de camping. O presidente do MC Rota 230 e da AMCG, o empresário e motociclista Álvaro Lucena, idealizador e organizador do evento, nos lembrou que em 2012, participaram do Motofest, motociclistas de vinte e três estados brasileiros. “No exercício de 2013 repetimos e superamos o feito. Foram três dias de confraternização, com mais de seis mil motociclistas e quarenta mil visitantes que contribuíram para que o evento atingisse nível internacional”.

36 motomagazine

FORAM TRÊS DIAS DE CONFRATERNIZAÇÃO, COM MAIS DE SEIS MIL MOTOCICLISTAS E QUARENTA MIL VISITANTES” Álvaro Lucena - idealizador

Inserido no calendário turístico da PBtur e no calendário turístico do município, considerado de utilidade pública, com cunho social, o evento tem o apoio da coordenação do ‘Fome Zero’ e, arrecada alimentos não perecíveis desde 2010. Em 2011 foram arrecadados três toneladas, em 2012 aproximadamente cinco toneladas de alimentos, e na edição de 2013 alcançaram 8.500 toneladas que foram entregues para 20 instituições filantrópicas na presença da coordenadora Giovanna Fernandes e do vereador Joia Germano. “Contamos com a presença de várias marcas de concessionárias da cidade, e de outros estados. Showroom da Harley-Davidson. Houve a apresentação de shows musicais, e na Pirâmide Jackson do Pandeiro, que fica no centro do Parque, aconteceu ao vivo o legítimo ‘forró pé de serra’ obedecendo a tradição da cidade. Exposição do artesanato regional produzido na ‘Vila do Artesão”, comentou o empresário, que exprimiu orgulhoso: “Terminamos o evento com a certeza do dever cumprido. Ótimas lembranças, nos restando os agradecimentos, como aos integrantes do MC Rota 230, à Cláudia Gomes BR’s, vice presidente, às facções do Rio de Janeiro, e de João Pessoa, que se fizeram presentes fortalecendo mais nossa irmandade, e aos 435 Motoclubes que cruzaram distantes estradas para nos prestigiarem. A todos os estrangeiros que participaram pela 1ª vez do evento, assessorados pelo MC Ouriços do Asfalto.


lançamentos

MOTO RALLY 450CC 2014 A KTM 450 Rally Replica 2014, conta com novo quadro, formato que permite uma posição de condução mais ergonômica. O sistema de bombas de combustível nos tanques dianteiro e traseiro permite ao piloto escolher qual utilizar, em função da distribuição de peso para determinado tipo de terreno. www.ktm.com

DIAVEL VERSÃO 2014 MOTO RALLY 450CC 2014 A KTM 450 Rally Replica 2014, conta com novo quadro, formato que permite uma posição de condução mais ergonômica. O sistema de bombas de combustível nos tanques dianteiro e traseiro permite ao piloto escolher qual utilizar, em função da distribuição de peso para determinado tipo de terreno. www.ktm.com

DIAVEL VERSÃO 2014 A Ducati apresenta a Diavel 2014. O motor de dois cilindros foi revisto e a potência se manteve nos 162 cv. O giro de entrega máxima baixou de 9.500 para 9.250 rpm. O torque foi ampliado para 13,3 kgfm, aumentando o poder de aceleração e retomada da custom italiana. Com freios ABS, controle de tração e diferentes modos de condução. www.ducatibrasil.com.br

SPORTSTER 883 ROADSTER 2014 Clássica, estilo retrô, tanque estilo peanut, grafismo exclusivo racing Harley-Davidson. Motor Evolution de 883 cm³ com pintura eletrostática preta. Modelo equipado com sistemas de freios com ABS de série, e novos controles de mão ergonômicos. Novo sistema eletrônico, o painel passa a trazer o indicador de marcha e rotação. www.harleydavidson.com.br

38 motomagazine

A Ducati apresenta a Diavel 2014. O motor de dois cilindros foi revisto e a potência se manteve nos 162 cv. O giro de entrega máxima baixou de 9.500 para 9.250 rpm. O torque foi ampliado para 13,3 kgfm, aumentando o poder de aceleração e retomada da custom italiana. Com freios ABS, controle de tração e diferentes modos de condução. www.ducatibrasil.com.br

SPORTSTER 883 ROADSTER 2014 Clássica, estilo retrô, tanque estilo peanut, grafismo exclusivo racing Harley-Davidson. Motor Evolution de 883 cm³ com pintura eletrostática preta. Modelo equipado com sistemas de freios com ABS de série, e novos controles de mão ergonômicos. Novo sistema eletrônico, o painel passa a trazer o indicador de marcha e rotação. www.harleydavidson.com.br

VISUAL INSPIRADO NOS MODELOS DE COMPETIÇÃO A nova Honda CBR 500R tem motor bicilíndrico de quatro tempos e 471 cm3 - DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvulas no cabeçote, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento a líquido, que desenvolve potência máxima de 50,4 cv a 8.500rpm e torque máximo de 4,55 kgf.m a 7.000 rpm. www.honda.com.br


lançamentos

SÉRIE MULTISTRADA 2014 A Ducati apresenta três novas versões de Multistrada: 1200, 1200 S Touring e Pikes Peak. Os modelos apresentam tecnologia avançada para a motocicleta multitarefa e pronta para todos os caminhos www.ducatibrasil.com.br

FABRICANTE LANÇA 1ª SCOOTER NO BRASIL A BMW lançou o C 600 Sport que marca a estreia da empresa neste nicho. Com motor de dois cilindros e 647cc, o modelo esportivo é capaz de gerar 60cv a 7.500 rpm e 6,73 mkgf a 6.000 rpm. O modelo entra no segmento dos maxiscooters, ou seja, dos scooters de alta cilindrada. A velocidade máxima do modelo é de 175 km/h. www.bmw-motorrad.com.br

FUTURÍSTICO A Lotus Motorcycles lança o seu primeiro modelo. O C-01 tem visual futurista, motor V-twin, refrigerado a água proveniente da KTM RC8R. Corpo distinto trabalhado inteiramente em fibra de carbono, titânio e aço de qualidade aeroespacial. Pode atingir 200cv de potência. www.lotus-motocycles.com

GIXXER 155 A Suzuki Motorcycle India apresentou a nova moto de 155cc, na Índia, a Street Gixxer 155. O modelo é destinado ao público que busca moto econômica e com estilo. A marca confirma trazer o modelo para o Brasil em breve. www.suzukimotos.com.br

40 motomagazine


lançamentos

PRODUZIDA NO BRASIL A MV Augusta F4 RR ABS produzida no Brasil, chega às concessionárias. O modelo pode ultrapassar a barreira dos 200cv e apresenta as mais avançadas soluções de engenharia para oferecer controle total da moto e melhor desempenho. www.daframotos.com.br

ZONGSHEN RX3 É TRAIL DE BAIXA CILINDRADA Apesar da aparência de moto grande, o motor segura bem o torque e velocidade, assim como retomada na aceleração em ultrapassagens. Para o mercado sul-americano, incluindo o Brasil, ela pode chegar no fim do ano ou começo de 2015, isso porque, a fabricante chinesa Zongshen enfrenta um momento difícil juntamente com sua parceira local, a Kasinski.

NOVO ESTILO DE COLETA NAS CIDADES A Fusco-Motosegura desenvolveu triciclo capaz de chegar em ruas estreitas, de forma ágil e econômica levando a coleta do lixo urbano para regiões que nunca viram caminhão. A caçamba pode ser acoplada a uma moto Honda (CG 125 ou 150cc) ou Yamaha (YBR 125cc). O utilitário tem autonomia de 25 km/l de gasolina e baixo custo de manutenção.

www.fuscomotosegura.com.br

MOTOR FLEX E OPÇÕES DE CILINDRADAS A nova Honda Bros 2015 é flex, tem capacidade para 12 litros e oferece duas opções de cilindradas: 125cc e 150cc. Painel com leitura do nível de combustível e partida no pedal. Será comercializada no Brasil no segundo semestre de 2014. www.honda.com.br


lançamentos

JAQUETA SHIELD A Riffel apresenta a sua nova Jaqueta Shield, modelo masculino com design moderno e acabamentos especiais. Com alta resistência à abrasão e reforço de poliéster 1000De em áreas de maior atrito e proteções que garantem segurança máxima aos motociclistas. www.riffel.com.br

PROTEÇÃO E CONFORTO A luva para motociclistas Agilis, da ARX Motosport, é ideal para uso no dia a dia ou em altas temperaturas. Fabricada em couro natural, possui protetores nas articulações, ventilação frontal, material resistente na palma da mão (clarino) e ajuste no punho. Disponível em tamanho único. www.motosport.com.br

COMPONENTES DE QUALIDADE A Valplas lança piscas compatíveis aos modelos Titan 2014, Fazer 2013 e Suzuki Intruder. As carcaças podem ser encontradas em diversas cores. www.valplas.com.br

PNEUS DE SUPERMOTO A linha de pneus para supermoto Racetec SM, da Metzeler, vem com a tecnologia Metzeler Advanced Winding, que aperfeiçoa o espaçamento entre os fios da cinta de aço a 0°. Apropriados para Supermoto, proporcionam uma pilotagem eficiente com tração e deslizamento (drifting) gradual. www.metzeler.com

44 motomagazine


lançamentos

ROCK SH-821 A Nasa lança o capacete Rock SH821. Com design aerodinâmico o modelo é produzido em resina termoplástica e ABS de alta pressão. Forro antialérgico, confortável, removível e lavável. Viseira com proteção UVA e UVB com mecanismo quick release (troca rápida). www.nasacapacetes.com.br

PAINEL DIGITAL A Vini Hot Parts está disponibilizando para o mercado os novos painéis digitais compatíveis com as motos: CG 125 FAN ES / KS 2006 em diante e CG 150 TITAN ES/KS/ESD/ESD MIX 2008 em diante. www.controlflex.com.br

PROTEÇÃO

contato@scammotoparts.com.br

Luva FOX Dirtpaw Race proporciona conforto e proteção. Com ajuste simples, o modelo tem a palma acolchoada e articulação flexível. Com grafismos ousados, a linha 180/HC garante performance máxima ao usuário.

CARCAÇA SUPERIOR DE PAINEL A Melc lançou recentemente a Carcaça Superior de Painel – NXR 125 BROS 2013. As matériasprimas aplicadas na confecção do produto são compatíveis com as utilizadas pelas montadoras. www.melc.com.br


capa

Um encontro inesperado com a simplicidade, competência e profundo sentimento de humanidade em um empresário de sucesso. Fomos conhecer e entrevistar o diretor da DIAFRAG, em Monte Alto, no interior paulista para divulgar a história de 30 anos de atividades da empresa. Foi um bate-papo extremamente agradável Texto e fotos: Osmar Silva Fotos: divulgação

O SEGRED DO SUCESS 48 motomagazine


DO SO motomagazine 59


capa

P

ara administrar uma empresa existem profissionais especializados para serem contratados, manuais para ser seguidos e uma infinidade de exemplos de sucesso. Porém, para criar e dirigir de forma que a empresa siga uma rota de ascensão, tendo seu início em um ‘fundo de quintal’, literalmente, é necessário muito talento, persistência e a capacidade inquebrantável de acreditar nos resultados que virão. Principalmente, quando o seu idealizador é oriundo de um segmento totalmente diverso e poucos recursos financeiros. Este é o caso de José Flávio Gonçalves que fundou a Dia-Frag há 30 anos, no quintal da casa de seu pai, Ivo Gonçalves. Na ocasião, simples contínuo de uma instituição bancária em sua cidade natal, Monte Alto, na região de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. Flávio percebeu a oportunidade de criar o seu próprio negócio ao necessitar de uma peça que avariou em sua motocicleta, uma CB 400. “Foi enorme a dificuldade para encontrar

50 motomagazine

A NOSSA PRIMEIRA MÁQUINA CUSTOU TODAS AS NOSSAS ECONOMIAS. PAGAMOS À VISTA” J. Flávio Gonçalves

a peça, o diafragma do modelo que na época era top de linha da Honda, talvez por isso muito caro”, comenta o empresário que está festejando as três décadas de existência vitoriosa. O senhor Ivo tinha bom know how na produção de artigos de borracha, pois era gerente de ferramentaria de uma indústria na cidade e professor técnico, o que foi fundamental no início da fabricação das primeiras peças. “Foi ele quem fez o molde para a produção. Quando conseguimos juntar boa quantidade produzida, umas 100 unidades, faltei no trabalho e saí visitando as lojas da região, de Ribeirão a Jundiaí, oferecendo para que os comerciantes experimentassem sem compromisso. Se aprovassem, na próxima visita faria os pedidos e lhes entregaria as quantidades desejadas”, conta Flávio. Os resultados foram ótimos para o jovem empreendedor. Os lojistas aprovaram e passaram a fazer pedidos. As peças eram produzidas quase que artesanalmente, uma a uma, utilizando martelo, morsa e remanchador, à noite,


Capa

após o seu expediente no banco. Como não possuía telefone (em 1982 o valor de uma linha telefônica ainda tinha um custo muito alto), indicava o número do banco onde trabalhava para que os clientes entrassem em contato durante o dia. Pronto o pedido, o despachava via Correios, pois o produto não era volumoso. No entanto, este funcionamento não poderia prosseguir por muito tempo. O jovem Flávio já se preocupava com a ética em seu comportamento profissional. “Eu era pago para dedicar o meu tempo no trabalho de atendimento às necessidades do banco. Então, não era justo faltar ou utilizar os equipamentos da instituição para atender os meus negócios paralelos. Solicitei a minha demissão e passei a dedicar 100% do meu tempo a minha empresa que estava evoluindo”, recorda. Aos 52 anos Flávio é uma pessoa muito interessante, simpático e com incrível poder de cativar e persuadir. Guarda lembranças carinhosas de amigos, pessoas com as quais conviveu e lembra-se da infância e juventude com saudade daqueles momentos. “A escola, por exemplo, era diferente. Tínhamos mais esperanças e cultivávamos o civismo. Assistíamos aulas de 'Moral e Cívica' como parte obrigatória do currículo escolar. Vivi aquele período dos bailinhos ‘flash dance’ e o filme inesquecível ‘King Kong’. Não esta nova versão que fizeram recentemente”, discorre. “Tinha uma base de conhecimento razoável, mesmo sendo um autodidata. Sempre me adaptei com facilidade às situações que se apresentaram e fui muito atuante nas atividades sociais da cidade. Uma das minhas atividades foi uma boate itinerante pelos bairros. Era

52 motomagazine

a ‘Studio 22’ que depois a vendi para o Clube Municipal”, pontua. Palmeirense, se afastou da torcida em função do fanatismo que está sendo disseminado no futebol. Quanto a realização da Copa do Mundo 2014, no início, quando foi anunciado que iríamos sediar o evento, acreditou nos benefícios que poderia trazer para o país, para a nossa imagem que, teoricamente, seria valorizada. “Agora, creio que o momento não é dos melhores. Não temos muito a festejar, pois a herança da realização do evento será de um alto custo para a sociedade, sem nenhuma vantagem adicional pós-competição”, afirma com serenidade.

Casado com dona Luciana é pai de Pedro, 29, casado e, que o auxilia nos negócios, e de Eloísa, 24, estudante de arquitetura. Sempre viveu em Monte Alto e conhece bem todos os seus 360 funcionários que atuam na Dia-Frag. “Isso as vezes me é problemático. Me envolvo, mesmo não devendo, com as particularidades de cada um, né? A cidade é relativamente pequena e cria-se um vínculo de amizade e convivência. Então, quando as vezes necessito tomar uma atitude mais drástica relativa a administração, sinto certo sofrimento... eles são todos meus amigos, em grau maior ou menor de aproximação”, diz, evidenciando o seu lado humanista de administrar. Ele ainda mantém o saudável hábito de realizar visitas a clientes e fornecedores. Frequenta almoços só para conversar e não se incomoda com as etiquetas de comportamento ‘coladas’ para dar status - acha que soam falsas. “É melhor fugir destes protocolos, acolher e receber bem a todos”, afirma categórico. Mesmo com a constatação do terrível


CAPA

‘custo Brasil’, Flávio não teme a concorrência dos produtos de origem asiática, tão pouco os chineses. Crê que dá para concorrer devido a forma que implantou de produzir. “Nós procuramos como meta incansável aperfeiçoar os nossos processos produtivos. Investimos em equipamentos e máquinas para otimizar os nossos custos”, relata. No início eram apenas produtos de borracha para motos. Depois, acrescentaram os coletores e a linha em alumínio. “A nossa primeira máquina custou todas as nossas economias. Pagamos à vista”, confessa com evidente orgulho. “Produzíamos com foco apenas no mercado de reposição, na sequência mesclamos o atendimento, incluindo montadoras”, explica. A ‘vida’ da Dia-Frag transcorreu durante os períodos dos vários planos econômicos que foram implementados no País, em particular Flávio lembra do Plano Collor.“Estava em cruzeiro quando foi anunciado o plano. Com a precariedade das comunicações da época, não sabíamos muita coisa sobre as medidas. Notei uma correria no navio. Entra e sai das cabines telefônicas, muita gente assustada, angustiada. Até que chegou um telex para a minha cabine informando que estávamos com apenas Cr$50,00 (cinquenta cruzeiros) de saldo na conta corrente. A mensagem nos custou Cr$30,00...” Ao final do nosso encontro, Flávio Gonçalves deixou o seguinte conselho para quem almeja chegar ao topo: Seja você mesmo. Se você se desviar, não vai dar certo.

54 motomagazine

O Milionário (Depoimento de um funcionário* da Dia-Frag)

N

asci pobre, numa família humilde, porém recebi boa formação e, aos 14 anos ingressei no mercado de trabalho saindo da roça para uma mesa de escritório, após completar o curso de datilografia. Aos 18 anos, completei o segundo grau e com apoio dos meus pais arrisquei meu primeiro voo, com asas de poucas penas e aterrissei na capital paulista cheio de sonhos. Vindo de uma pequena cidade do interior, carreguei na bagagem muita esperança e a vontade de ficar rico. Com 22 anos, recém-casado e o primeiro filho a caminho, trabalhava no escritório de uma instituição financeira, quando decidi mudar meu futuro profissional. Minhas aptidões não estavam numa mesa de escritório. Era um mundo muito pequeno para mim. Entediado, fugi para a área técnica, concluindo um curso noturno de mecânico para motocicletas. Aos 23, o primeiro filho recém-nascido, pedi demissão do banco e mergulhei no universo da mecânica de duas rodas pra espanto dos amigos e familiares. Aflorou em mim ânimo extra, renovação, sangue novo e mais o prazer e a satisfação da realização profissional. Busquei recursos nos lugares mais improváveis e nesse momento já visualizava a possibilidade de ficar rico. Após um ano, retornei para o interior. O voo da volta foi feito com asas formosas, sem turbulências e, na bagagem alguma experiência e uma família linda. Eu já não era tão pobre. Em Monte Alto, cidade escolhida há 29 anos, cavalguei o cavalo mecânico sem quedas, trabalhei em vários lugares e, a experiência profissional adquirida e minha conduta abriram as portas das oficinas especializadas nas principais marcas de motocicletas mundiais e até a ‘moto velocidade’, onde viajei, aprendi, conheci e fiquei quase rico. Em 2012 surgiu um novo desafio, a oportunidade de trabalhar dentro de uma fábrica de motopeças. Aceitei o desafio e me surpreendi. Tive a grata sorte de ter um professor incomparável, o proprietário fundador da empresa a quem respondia diretamente, foi quando vi nas novidades o quanto me faltava, precisava me atualizar. As tarefas ligadas ao processo de fabricação, alta tecnologia, da matéria-prima ao produto final, tudo me fascina. Perguntei, ouvi, aprendi, viajei, conheci e fiquei rico. Rico de conhecimentos e informação e, meu cérebro está milionário. Graças a Deus!

*Edson Cordeiro Mecânico de motocicletas


LINHA KRATER DUAS RODAS

ORGULHOSAMENTE BRASILEIRA

Faça revisões em seu veículo regularmente.

JUNTAMOS EXPERIÊNCIA COM VISÃO DE FUTURO.

NÃO CONTÉM AMIANTO

Há vinte e dois anos, a KRATER atua nos mercados nacional e internacional, produzindo as mais modernas juntas automotivas. A boa notícia é que, agora, a KRATER coloca toda sua experiência, qualidade de produtos, diversidade de itens e preocupação com o meio ambiente também na produção de juntas para MOTOS.

KRATER: sinônimo de inovação constante.

PAIXÃO PELO QUE FAZ. comercial@krater.com.br • Tel. (19) 3841.2680 • Skype: kraterbrasil • www.krater.com.br


capa

AGILIDADE PARA EXPANSÃO E DESENVOLVIMENTO Laquila. Importadora e distribuidora de motopeças, aposta no mercado nordestino, prova disso é que entregas feitas na região que demoravam até 4 semanas passaram a ser feitas em até 48h ____ Texto e imagens: divulgação

56 motomagazine


A

empresa abriu novo Centro de Distribuição em Fortaleza (CE), justamente no estado onde há maior frota de motos

do país. Dados conjunturais da Fenabrave, mostram que só no mês de dezembro de 2013, as vendas de motos no Nordeste bateram recorde: 40,64% de participação no total de vendas no Brasil, cuja evolução tem sido consistente desde 2003, quando apenas 25,90% das vendas desses veículos no Brasil eram realizadas na região. O motivo deste crescimento, por incrível que pareça, foi a substituição do jumento pela moto, nas cidades do interior. "Quando o assunto envolve a reposição de peças, acompanhar o crescimento do mercado de motos no Nordeste não é tarefa fácil. As lojas de motopeças da região necessitam de grandes estoques, ou a reposição por uma peça pode levar muito tempo. Para os usuários de motocicleta, uma simples manutenção pode gerar muita dor de cabeça", explica Charlles dos Reis, gerente comercial da Laquila.

motomagazine 57


capa

"Os principais fornecedores de peças estão localizados no Sul e Sudeste, devido a isso a demora na entrega pode chegar até 4 semanas. Considerando que nossos clientes necessitam de uma variedade muito grande de itens, o que torna difícil conseguir espaço de armazenagem em suas lojas”, comenta Charlles. O novo Centro de Distribuição da Laquila dá novo fôlego ao mercado nordestino, proporcionando agilidade na logística de reposição. As operações começaram em janeiro e já contam com produtos como Kits Transmissão, Discos de embreagem, Bielas, Câmaras de ar, entre outros. “O novo Centro de Distribuição deve garantir soluções imediatas para a falta de produtos para motociclistas no Nordeste. Todos os produtos antes enviados do Sul para a região estarão disponíveis localmente em grandes quantidades. Com nova filial, a Laquila espera atingir crescimento de 30% em 2014. O mercado brasileiro é o terceiro maior do mundo com produção anual de cerca de 1,5 milhões de motos, segundo dados da Abraciclo, e ainda tem muito a crescer”, complementa Charlles. Seguindo seu plano de expansão, a empresa é a nova distribuidora dos pneus Pirelli no Paraná

“Fechamos parceria com a marca Pirelli. Agora distribuímos os produtos da empresa de pneus no Paraná. A boa aceitação e posicionamento da Pirelli no mercado nacional foram algumas das razões que nos levaram a tomar a decisão. O estoque e a pronta entrega contam com a maioria dos modelos de pneus para motos de baixa e alta cilindradas”, explica Charlles que reitera, “a Pirelli possui bom posicionamento no segmento de motos e isso

58 motomagazine

TODOS OS PRODUTOS, ANTES ENVIADOS DO SUL, PARA A REGIÃO NORDESTE ESTARÃO DISPONÍVEIS LOCALMENTE EM GRANDES QUANTIDADES” Charlles dos Reis

contou muito para que incorporássemos seus produtos no nosso mix”. Para Alexandre Wunderlich, gerente de marketing da Laquila, “a Pirelli é uma das empresas mais conceituadas no setor, o que se encaixa perfeitamente no portfólio de grandes marcas de produtos que a Laquila distribui no país, junto aos mais de 9 mil itens à disposição do mercado”, finaliza.

Alguns dos itens disponíveis no novo CD no NE Câmaras de Ar KB 50: Disponível para motos de baixa cilindrada com aros: 10” - 12” - 14” - 16” - 17” - 18” - 19” e 21”. Pistão KMP: Modelos de Pistão de medida que vão de STD até 4mm. Capacetes Moto Sky: Designs modernos em diversas cores. Forro removível e lavável. Cinto e fecho de engate rápido. Viseira antirrisco e ventilação inferior e superior. Bielas TXK: Nos padrões originais, para motos On Road. Para linha Off Road há a biela TXK TOP forjada. Para a linha Racing (competições) o produto é diferenciado: diâmetro superior maior: 15 e 16mm para preparadores de motor e aumento de cilindrada. Kits Transmissão K: Em aço, possuem dentes temperados e correntes reforçadas, para todos os modelos de motocicletas. Linha Condor: Mais de 300 itens a pronta entrega: 76 modelos de painéis de instrumentos (disponiveis para motos de 50cc até 600cc); bobina de ignição, CDI, chave de ignição, conj. inter. lado direito e esquerdo, estator, interruptor automático de partida, motor de partida, relê de pisca, retificador regulador de voltagem, velocímetro, etc. Linha WW3: Árvore de comando; Braço oscilante, Bronzinas, Corrente comando; Eixo de partida: principal, secundário e câmbio; Engrenagem de comando partida, principal, secundária e velocímetro excentrico; Guia de válvula e comando; Pinhão de comando; Placa de partida, Ressalto de comando; Tensor de comando; Vareta de válvula; Virabrequim completo. Disco de Embreagem JI: Padrões originais de fabricação com mais alto nível de qualidade. Disponível nos principais modelos de motos do Brasil.


Rápidas do esporte

Léo Tavares

sporte

Rigor Rico garante segundo melhor tempo da E2

A Gas Gas Racing Team garantiu lugar no pódio da abertura do Campeonato Mineiro de Enduro FIM, realizada em Arcos, MG. Rigor Rico foi o segundo mais rápido da E2, enquanto Ripi Galileu confirmou o terceiro melhor tempo da E1. A próxima etapa do Mineiro está marcada para o mês de abril em Araxá, MG.

Pilotos confirmados no GP Brasil de Motocross

O Brasil terá 15 representantes durante o GP Brasil de Motocross, terceira etapa do Campeonato Mundial 2014, que será realizada no parque Beto Carrero, na Penha, SC. Entre os selecionados, três (Carlos Campano, Paulo Alberto e Jetro Salazar) são estrangeiros que disputam competições brasileiras, portanto filiados a CBM e inscritos na prova internacional ico garante segundo melhor tempo da E2 através da entidade. arantiu lugar no pódio da abertura do Campeonato Mineiro de Enduro FIM, realizada em Arcos, ndo mais rápido da E2, enquanto Ripi Galileu confirmou o terceiro melhor tempo da E1. A próRally explora xima etapa do Mineiro está marcada para o mês de abril em Araxá, MG.

caminhos inéditos

A 4ª Edição do Rally Transbahia acontecerá em Pilotos confirmados no abril com largada em Juazeiro, extremo norte da Bahia, com chegada emGP LauroBrasil de Freitas, re-de Motocross O Brasil terá 15Salvador. representantes durante o GP Brasil de Motocross, terceira gião metropolitana da capital O roteiro do Campeonato inclui ainda asetapa cidades de Senhor do Mundial Bonfim e 2014, que será realizada no parque Beto Carrero, na Penha,promete SC. Entre Serrinha. O evento de regularidade dis-os selecionados, três (Carlos Campano, Pauloentre Alberto e Jetro Salazar) são putas eletrizantes motos, quadriciclos e estrangeiros que disputam competições portanto filiados a CBM e inscritos na prova internacional UTVs. A provabrasileiras, também será válida como sétima através da entidade.Brasileiro de e oitava etapas do Campeonato Abertura do Enduro de Regularidade.

plora néditos Guilherme Cascaes bahia acontecerá emna premiação do eiro, extremo norte Rally Cerapió

Lauro de Freitas, reGuilherme Cascaes, do Team Rinaldi, conquistou al Salvador. O roteiro o terceiro título consecutivo do Rally Cerapió, Senhor do Bonfim e a 27ª edição do evento, que nos anos ímdurante aridade promete dispares é chamado Piocerá. A largada aconteceu em motos, quadriciclos e CE, e terminou em Barreirinhas, MA. Fortaleza, á válida como sétima onato Brasileiro de

Cascaes 60 motomagazine ção do

Abertura do Estadual ms

A temporada 2014 de motociclismo em Mato Grosso do Sul, será iniciada após a realização da primeira etapa

Estadual ms

A temporada 2014 de motociclismo em Mato Grosso do Sul, será iniciada após a realização da primeira etapa do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Motocross, no município de Figueirão, MS. O evento marca o início das atividades promovidas pela Federação de Motociclismo do Estado.

Rally RN 1500

A 17ª edição do Rally RN 1500 acontecerá entre os dias 9 e 13 de abril, e os competidores irão percorrer os mais difíceis caminhos do estado

Rally RN 1500

A 17ª edição do Rally RN 1500 acontecerá entre os dias 9 e 13 de abril, e os competidores irão percorrer os mais difíceis caminhos do estado do Rio Grande do Norte. A disputa é válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para motos, quadriciclos e UTV's. O evento reunirá algumas das principais feras da modalidade em todo o país.


Internacionais

Brasileiro no pódio do Farm Jam

Jules Cluzel garante 1º lugar no Supersport

esporte Trinta e oito anos depois da última conquista liderada pelo legendário Giacomo Agostini, pilotando uma MV 4 cilindros de 350 cm3 em Nürburgring (Alemanha), a MV Agusta está de volta ao topo. Com a F3 675, o francês Jules Cluzel, a equipe conquistou a 1ª vitória do time no mundial de Supersport em prova disputada no circuito de Phillip Island (Austrália). O segundo lugar ficou com Kev Coghlan e Raffaele De Rosa, na terceira posição.

O piloto Fred Kyrillos, da Team Rinaldi, garantiu a terceira posição no Farm Jam 2014, evento que aconteceu em Winton, no extremo Sul da Nova Zelândia. Kyrillos enfrentou nomes consagrados no Motocross estilo livre. O bom desempenho na competição internacional coloca em evidência o principal nome da modalidade no país.

AMA Supercross 2014 – 9ª Etapa – Indianápolis

No Lucas Oil Stadium, em Indianápolis no estado americano de Indiana, EUA, Ryan Dungey da Red Bull / KTM, conquistou sua primeira vitória da temporada 2014 na categoria 450 e se tornou o quinto vencedor diferente do campeonato deste ano. Na terceira etapa da categoria 250 Costa Brasileiro no pódio do Farm Jam Leste, Adam Cianciarulo conquistou a segunda vitória de sua carreira e ampliou O piloto Fred Kyrillos, da Team Rinaldi, sua liderança do campeonato. Na categogarantiu a terceira posição no Farm Jam ria 450, Mike Alessi fez mais Holeshot e 2014, evento que aconteceu em Winlevou para casa o prêmio Main Event da ton, no extremo Sul da Nova Zelândia. categoria principal e foi seguido de perto Kyrillos enfrentou nomes consagrados por Ryan Dungey e Eli Tomac. no Motocross estilo livre. O bom desem-

es Cluzel garante gar no Supersport

penho na competição internacional coloca em evidência o principal nome da Bel-Ray modalidade no país.

Racers Continua no Top 10

A segunda rodada do Campeonato do AMA Supercross Mundo de FIM MXGP 2014 aconteceu da última conquista liderada pelo legendário Giacomo 2014 – Indianápolisem Si Racha, Tailândia. O Bel-Ray, que MV 4 cilindros de 350 cm3 em Nürburgring (Alemanha), Campeonato Mundial de Motocross apoia equipes veio para competir no caa ao topo. Com a F3 675, o francês Jules Cluzel, a equipe lor e umidade extrema e também foram O Pirelli Scorpion MX segue firme no caminho para conquistar o título do time no mundial de Supersport em prova disputada no No Lucas Oil Stadium, em Indianápolis no obrigados a superar problemas com o campeonato após a vitória na Tailândia e subir ao topo da classificação da d (Austrália). O segundo lugar ficou com Kev Coghlan estado americano de Indiana, EUA, Ryan combustível fornecido localmente. ApeMXGP e MX2. Na categoria principal, Antonio Cairoli iniciou sua campanha faele De Rosa, na terceira posição. Dungey da Red Bull / KTM, conquistou sar dos contratempos, os 10 melhores para conquistar a oitava coroa depois de duas vitórias em Si Racha e recuperar sua primeira vitória da temporada 2014 na resultados continuam sendo dos pilotos a placa vermelha de líder do campeonato. Correndo com pneus Pirelli Scorcategoria 450 e se tornou o quinto venceBel-Ray. Na competição da classe MX2, pion MX MidSoft 32 dianteiros e traseiros - como os outros pilotos da Pirelli dor diferente do campeonato deste ano. os 5 pilotos da equipe ficaram entre os na pista, Cairoli da KTM mostrou que está curado de uma recente lesão no Na terceira etapa da categoria 250 Costa posicionados. tornozelo e está firme na competição. Leste, Adam Cianciarulo conquistoumelhores a

62 motomagazine

segunda vitória de sua carreira e ampliou sua liderança do campeonato. Na categoria 450, Mike Alessi fez mais Holeshot e levou para casa o prêmio Main Event da categoria principal e foi seguido de perto por Ryan Dungey e Eli Tomac.


Rápidas do esporte

Peru desiste do Rally Dakar em 2015

Marc Márquez quase pronto para competir

O atual campeão mundial de MotoGP, Marc Márquez fraturou a perna direita durante uma sessão de treinos em uma pista de terra em Lleida, Espanha. Apesar do acidente, os médicos descartaram a necessidade de cirurgia. Márquez está passando por período de recuperação e por isso não participou dos testes na Malásia e Austrália. Mas, o piloto acredita que estará cem por cento em breve, a tempo de defender o seu título Mundial na categoria.

Pelo segundo ano consecutivo, o Peru não estará na rota do off-road Rally Dakar de 2015. O Executivo, chefiado pelo presidente René Cornejo, não pretende desembolsar o equivalente a 7,56 milhões de euros (R$ 24,79 milhões) para a organização do evento esportivo. O país não chegou a um acordo com a empresa responsável pelo evento, a francesa Amaury Sport Organization. O Peru é a segunda nação a descartar o ingresso como sede da edição de 2015 do evento, já que o Equador também negou a proposta apresentada pela ASO.

Baixa no motociclismo

O piloto português Pedro Carvalho, decidiu abandonar a equipe oficial da Husqvarna em Portugal, com a qual havia competido na temporada passada. Apesar de ter sido o escolhido para representar a nova Husqvarna nas competições de Motocross e Supercross em 2014, a operação recente no ombro e a falta de motivação para seguir com o projeto da equipe, que tem apoio direto do importador da marca, estão entre as razões da desistência. Pedro Carvalho será substituído pelo piloto Gonçalo Gil.

Francês integra a equipe de Alex Barros

Simoncelli na lista de lendas do Mundial de Motovelocidade

O piloto italiano morto em acidente no GP da Malásia de 2011, Marco Simoncelli, já tem lugar garantido no Hall da Fama do esporte ao ser nomeado uma Lenda da MotoGP. O ex-piloto da Gresini passa a integrar uma lista que já conta com outros 20 nomes do esporte. Campeão das 250cc em 2008, Simoncelli logo caiu nas graças da torcida, por conta do seu jeito alegre e de sua maneira de pilotar.

64 motomagazine

Matthieu Lussiana vai voltar a disputar o Moto 1000 GP na temporada de 2014. O francês de 25 anos foi confirmado nas oito etapas da categoria GP 1000, a principal do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, patrocinada também pela BMW Motorrad. Lussiana já está se preparando na Europa para disputar o Mundial de Superstock 1000 e pretende conciliar os dois campeonatos. A equipe é chefiada pelo brasileiro Alexandre Barros.


O MAIOR SALÃO DE VEÍCULOS DO NORDESTE. EMOÇÃO E VELOCIDADE EM UM SÓ LUGAR.

DES AS NOVIDA TES NO N A M A G E DE 10 A 13 DE ABRIL CH SHOW. R O T O M DE 2014 E NORDEST E VOCÊ S E P I C E T CENTRO DE AN EITE AS V O R P A E CONVENÇÕES DE TAMBÉM O LOTE 1 PERNAMBUCO O D S A VEND OLINDA-PE COM ATÉ ONTO. C S E D E D 50% UNIDADES ! www.ticketsforfun.com.br LIMITADAS Vendas

4003-5588

S U J E I TO À TA X A D E C O N V E N I Ê N C I A

POSTO DE VENDA OFICIAL: CHEVROLET HALL

APROVEITE AS VENDAS ANTECIPADAS E ACESSE:

WWW.NORDESTEMOTORSHOW.COM.BR OU

FACEBOOK.COM/NORDESTEMOTORSHOW

Atrações já confirmadas: Jorge Negretti / curso de pilotagem / test-ride de motos Apoios

Apoio de Mídia

Organização e Promoção


artigo

O RESSARCIMENTO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS Por Luis Fernando da Silva Além dos produtos já sujeitos ao regime de ST no Estado de São Paulo há mais tempo (veículos, combustíveis, bebidas, sorvetes, cimento, tintas e vernizes, etc.), a partir do ano de 2008, mais de 600 produtos começaram a ter seu recolhimento de ICMS também por esse regime antecipado, dentre os quais, os produtos de perfumaria, higiene e limpeza, bebidas quentes e todos os medicamentos, CDs, DVDs, fitas magnéticas e peças automotivas, materiais elétricos, materiais para construção, produtos alimentícios, instrumentos musicais, brinquedos, utensílios domésticos, bicicletas, colchões e travesseiros, ferramentas, eletroeletrônicos, máquinas e equipamentos. Para que se mantenha um equilíbrio na margem de lucro destes produtos, eventualmente, seu preço de venda precisou ser elevado, caso em que o ICMS de suas vendas se não for recuperado, favorecerá a concorrência que eventualmente esteja efetuando tal recuperação e, por isto, podendo praticar preços melhores. Veja a seguir as ocorrências que podem gerar esse ressarcimento do ICMS por parte do comércio em geral: - Saídas para outras unidades da federação: os contribuintes distribuidores e atacadistas ao venderem para outra U.F. estas mercadorias, que já foram oneradas pela substituição tributária do ICMS no momento da aquisição, voltam a fazer o recolhimento do ICMS da operação interestadual e em alguns casos fazem também o destaque em sua nota fiscal da substituição tributária do ICMS definido através de Convênio ou Protocolo assinado no âmbito do CONFAZ. É que a presunção de que toda a operação mercantil seria realizada dentro do Estado do contribuinte distribuidor e atacadista, no caso São Paulo, não se realizou e, por tanto, aquele ICMS que foi recolhido no momento da aquisição

66 motomagazine

do produto não é devido aos cofres do Estado de São Paulo. Esse valor não devido é que os contribuintes distribuidores e atacadistas têm direito de recuperar, além do imposto da operação própria anterior (nessa caso, o varejista também), considerando que a operação interestadual realizada foi normalmente tributada. - Saída posterior isenta ou não tributada: Às vezes ocorre de o comércio adquirir uma mercadoria com ST, mas acaba realizando uma operação posterior com essa mesma mercadoria sem a incidência do ICMS. Nesse caso também, existe um imposto pago indevidamente pelo comércio, por conta de uma operação posterior que acabou não sendo tributada. - Fato gerador presumido não concretizado: o ICMS da ST é exigido por conta de uma presunção de que haverá uma operação posterior com a mesma mercadoria. Mas, nem sempre isso acaba ocorrendo, como por exemplo, mercadorias com prazo de validade vencido, deterioração, quebras, furtos, etc. Nesse caso também, o comércio tem direito de recuperar o ICMS pago indevidamente. - Venda por preço menor do que aquele que serviu de base de cálculo da ST: até o final de 2008 (antes do advento da Lei 13.291/08), a legislação também permitia a recuperação do ICMS da ST quando a mercadoria era vendida por preço menor do que aquele que serviu de base de cálculo do ICMS pago a título de ST. Considerando o prazo prescricional de 5 anos, também nesse caso, pode o comércio ter pago a mais o ICMS sobre as suas vendas efetivamente realizadas. Esse valor recolhido indevidamente ou a maior é que os contribuintes substituídos têm direito de recuperar, mas na maioria das vezes não fazem principalmente por dois motivos: a) desconhecimento da legislação; b) excesso de burocracia e dificuldade imposta pela própria legislação.

OBJETIVO: Trazer esclarecimentos legais e práticos acerca da possibilidade de ressarcimento do ICMS pago pelo regime de ST pelo comércio em geral. PÚBLICO: Contadores, profissionais do setor fiscal, advogados, empresários e pessoas interessadas no ressarcimento do ICMS retido e na recuperação de crédito do ICMS incidente sobre a operação. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Como funciona o regime de ST na operação interna e interestadual - O que a legislação paulista permite que seja recuperado a título de ICMS de acordo com os arts. e regulamento - Formas de ressarcimento (pedido de restituição, compensação escritural na apuração ou nota fiscal de transferência do crédito) - Hipóteses em que é exigido o complemento do ICMS - Método Permanente ou Anual - Levantamento do estoque e o direito ao crédito - Recolhimento antecipado nas compras interestaduais e o direito ao crédito - Devoluções - Majoração ou redução da carga tributária - Saídas para outras U.F. - Saídas posteriores não tributadas - Fato gerador presumido não concretizado - Controle do estoque exigido pela Portaria CAT 17/99 - Escrituração do crédito a ser complementado ou ressarcido - Utilização do crédito para liquidação de débitos fiscais - Formalidades exigidas para o pedido de ressarcimento *Luis Fernando da Silva, especialista em direito tributário e empresarial. Membro do Conselho Científico da APET. Atuante em consultoria de grandes empresas e órgãos públicos e professor de cursos profissionalizantes e de Pós Graduação/MBA .


Motomagazine 76  
Motomagazine 76  
Advertisement