Issuu on Google+

Poções e seus príncipios


O que é uma poção? Poção é um líquido que possui cor, odor e objetivos diferentes. Cada poção possui um objetivo: curar pessoas, as machucar, produzir sentimentos, causar danos e por aí vai. Temos quatro subconjuntos de poção.

Venenos são substâncias tóxicas, que causam algum tipo de reação, na maioria dos casos maléfica ao organismo.

● Antídotos são, como os venenos, substâncias que provocam uma reação no organismo; porém ao contrário dos venenos, os antídotos existem para minimizar e extinguir de vez os efeitos tóxicos e nocivos que os venenos tenham causado no organismo. No caso dos antídotos existem também aqueles que têm a função de cortar o efeito de determinadas poções que não são necessariamente venenosas. ● Uma poção biológica acelera ou muda o funcionamento de um organismo. Não só para humanos, mas, para plantas e animais também. ● Conforme o nome diz, uma poção das trevas é utilizada para fins malévolos, por praticantes da arte das trevas. A maioria das Poções das Trevas são conhecidas como venenos, ou seja, soluções mágicas que causam algum mal terrível ao alvo que a bebeu/recebeu/cheirou, etc. Confira abaixo a definição trouxa para a palavra poção: “Uma poção (do latim potionis) é um remédio medicinal ao qual geralmente se atribui propriedades mágicas (feitiçaria, etc). A busca por poções era uma das práticas da antiga alquimia.”


Historiadores afirmam que alguns trouxas presenciaram cenas onde viram bruxos preparando poções. Esses poucos trouxas acabaram inventando histórias e usando bastante exagero para transmitir as cenas, que se tornaram lendas que permanecem vivas até hoje. Porém, existem visões erradas: em todas as lendas, os bruxos são retratados com aparência feia e se comunicam com outros animais. Mas isto você aprenderá em Estudo dos Trouxas. Se formos analisar a frase, veremos que o sentido trouxa não é muito diferente que o bruxo. Eles tentam praticar a arte com seus próprios itens trouxas, mas desta forma nenhuma poção adquire realmente um fim lucrativo. Para os bruxos, porém, as poções são capazes de fazer coisas inimagináveis... ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Instrumentos básicos Você provavelmente tem o conhecimento que, para produzir uma poção, são necessários vários instrumentos. Os confira abaixo. ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

Balança de latão: Usada para pesar ingredientes. Copo Graduado: Usado para medir quantidades de ingredientes líquidos. Faca: Usada para picar ingredientes. Pilão: Usada para reduzir ingredientes a pó. É uma espécie de copo com um pedaço de ferro para amassar o ingrediente lá dentro. Colher: Usada para mexer a poção. Concha e Frasco: Usada para recolher amostras de poções e se colocar no frasco. O frasco é nada mais do que uma pequena garrafa com boca grossa , que se fecha com uma rolha. Recipiente: É um pote , que é usado para misturar ingredientes antes de colocá-los no caldeirão. Conta-Gotas: Quando é necessário se por ingredientes líquidos com grande precisão. Coador: Coa algo. Obviamente que algum recipiente deve estar embaixo. Funil: Ajuda na hora de pôr a poção no frasco. Basta pôr o funil antes de colocar a poção.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ingredientes básicos

Para preparar uma poção, é necessário o conhecimento de seus ingredientes básicos. Segue abaixo a lista oficial, com pequenas descrições em cada ingrediente: ● Acônito (flor roxa que se parece com uma boca com a língua de fora) ●

Veneno de Acromântula (veneno de uma aranha monstruosa)

Ovos de Cinzal (ovos de uma cobra)

Asfódelo (flor extremamente banca com um risco amarelado nas pétalas)


Bezoar (pedra encontrada no estômago de uma cabra)

Bubótubera (planta cujo o pus causa bolhas bastante incômodas na pele,mas se for aplicada sobre as espinhas as remove)

Ovos de Fada (ovos pretos e perigosos)

Ovos de Dragão (ovos de dragão)

Partes do Dragão (parte de um dragão filhote)

Partes do Erumpente (parte de uma flor vermelha muito chamativa que possui um chifre que explode ao mínimo toque)

Mandrágora (planta com a raiz com um formato parecido com um humano)

Acônito Lapelo (folha do pé de abobora)

Pedra-da-Lua (pedra acinzentada que se mói fácil)

Vagem Soporífera (vagem que tenham feijões extremamente brancos)

Vermes (vermes de vegetal)

Partes do Unicórnio (chifre do unicórnio)

Valeriana (flor pequenina e roxa)

Acônito Licoctono (flor amarelada extremamente parecida com um girassol)

Losna (planta esverdeada parecida com alecrim)

Ainda existem diversos ingredientes, e levaria vários livros para os citar. Alguns dos citados não são usados para poções fáceis e alguns são extremamente raros. Não se encontra, por exemplo, um erumpente facilmente. Sendo assim, suas partes são raras e perigosas, nada aconselhadas a sala de aula. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Poção do esquecimento Faz uma pessoa esquecer por um dia tudo o que aconteceu nas últimas 24 horas. Ingredientes ●

500 ml de água

● 1 infusão de botão-de-prata ● 250g de baço de rato picado ●

200g de pó de espinha de peixe-leão


● 200g de semente de bardana em pó ● 350g de descurainia picada ● 100g de urtigas secas Preparo 1. Prepare a infusão botão de prata. 2. Encha o caldeirão com água e espere ferver. 3. Acrescente a infusão de baço de rato e tampe a panela, aguardando 5 minutos. 4. Acrescente a descurainia e a urtiga e aguarde 2 minutos. 5. Mexa 3 vezes no sentido antihorário. 6. Acrescente a espinha de peixe leão. 7. Mexa 2 vezes no sentido horário e uma vez no sentido antihorário. 8. Acrescente a semente de bardana em pó. 9. Deixe cozinhar até a poção ficar cinza claro. 10. Deixe maturar por 3 dias. Obedeça as instruções de preparo com muita atenção. Qualquer mínima alteração resultará em uma falha. Utilize, por precaução, instrumentos que facilitem a perfeição.


Poções e seus princípios