Page 1

8

QUINTA-FEIRA 10 DE NOVEMBRO DE 2011

➤ COMPRAS

Será o último dia com horário estendido antes do início do ciclo de vendas natalinas. Lojas devem funcionar das 9 às 18 horas

Comércio local vai funcionar em horário ampliado neste sábado LUCIANA MÜLLER

lmuller@jj.com.br

o próximo sábado o comércio de Jundiaí estará com as portas abertas em horário ampliado: das 9 às 18 horas. Os minutos a mais, para os comerciantes, servem para ampliar as vendas, que começam a se aquecer, ainda de maneira discreta, para o ciclo de Natal. A expectativa é de que ao menos 18 mil pessoas passem pelos centros comerciais de rua. O dia tradicionalmente é bom, mas ainda não serve de termômetro para medir a disposição do consumidor em gastar no final do ano. De acordo com o presidente da Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE), Ricardo Diniz, a expectativa de venda para o último mês do ano é de aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. Neste sábado, entretanto, a expectativa é de que o movimento seja igual ou melhor que os registrados nos outros sába-

N

FABIANO MAIA

dos - pós quinto dia útil do mês - do restante do ano. “O sábado é o melhor dia para o comerciante. A movimentação nas lojas praticamente dobra. E com a abertura estendida, a possibilidade de boas vendas é ainda maior”, comenta. Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Edson Maltoni, as horas a mais para as vendas de sábado poderão dar o início da largada para as vendas natalinas. “Apesar de as pessoas ainda não terem recebido o 13º salário, elas irão começar as pesquisas de preços. Mas o movimento não pode ser usado como parâmetro para o mês de dezembro”, adianta. Mais vendas Na opinião da gerente de marketing da rede Passarela, Yasmini Ferrara, o sábado será de recuperação de vendas. "Sábado passado (dia 5) o movimento foi intenso, mas pelo comércio não estar com horário ampliado naquele dia, muitas vendas foram perdidas. Os

MOVIMENTO Expectativa é que circulem 18 mil pessoas nos centros comerciais de Jundiaí

consumidores queriam comprar, mas as lojas não estavam funcionando", analisa. Para ela, outros fatores influenciam no aumento das vendas, que não são apenas o período de festas e o impulso consumista. Os dissídios de categorias como os metalúrgicos que conseguiram 10% de aumento - ajudam a ampliar o movimento nos cai-

xas das lojas. “Esses dissídios que foram encerrados entre o mês passado e este mês devem refletir positivamente nas vendas, por isso é muito importante a abertura em horário ampliado.” Temporários Parte das lojas de Jundiaí ainda não conseguiu encerrar as contratações de temporários para o fi-

nal deste ano. A expectativa é de que até o final deste mês as vagas estejam completas. Caso não seja possível, as lojas irão funcionar com déficit de funcionários. Na rede Passarela existem 200 vagas em aberto para os cargos de vendedor, caixa e estoquista. A dificuldade para conseguir a mão de obra é a marca deste ano. Segundo Yasmini, em anos anteriores, em novembro, todas as vagas já estavam completas. A captação de currículos feita pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí, para tentar auxiliar os empresários, já foi encerrada. De acordo com o presidente da entidade, Edson Maltoni, a procura pelos cadastrados também diminuiu. “A CDL conseguiu captar mil currículos que foram direcionados para as empresas. A expectativa era de abertura de três mil vagas temporárias. Esse déficit deve estar sendo buscado por outras formas de contratação, como as agências de empregos”, comenta Maltoni.

CBA abre vagas para o fim do ano A empresa CBA, que atua no ramo alimentício, está contratando funcionários para a operação de Natal, em parceria com o PAT Várzea Paulista. Os cargos disponíveis são: Embaladores, Ajudante Geral, Auxiliar de Limpeza e Conferente. Os interessados deverão comparecer no Espaço Cidadania, localizado na Avenida Ipiranga, 151, Centro, hoje, às 14 horas. Os requisitos para o preenchimento das vagas é que o candidato tenha disponibilidade para trabalhar em turnos das 13h40 às 22 horas, de segundo a sábado. Para as vagas de Embaladores e Ajudantes Gerais é exigido ensino fundamental completo. Os benefícios para os contratados serão ônibus fretado, refeição no local, cesta de alimentos e cesta de Natal. Para mais informações, a população pode entrar em contato com a empresa pelo telefone 2136-13021. (Da reportagem local)

JJR101111C0108  

consumidores queriam comprar,masaslojasnão estavam funcionando", analisa. Paraela,outrosfatores influenciam no aumento das vendas, que não s...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you