Issuu on Google+

O único jornal-laboratório diário do Brasil

lona.redeteia.com

Ano XV > Edição 884 > Curitiba, 07 de maio de 2014

Recadastramento biométrico gera longas filas no TRE EDITORIAL “Mayer é apenas um exemplo do sucesso que mulheres podem atingir no mundo da tecnologia.” p. 2

OPINIÃO

Campanha de vacinação contra a gripe acaba nesta sexta-feira

Com mais de 210 mil pessoas vacinadas, a campanha contra a gripe tem foco nos grupos de risco que englobam a terceira idade, e crianças p. 3

“Em um julgamento medieval e cênico, alimentado pela mídia brasileira, formulou-se o que se viu.” p. 2

#PARTIU Duas semanas de pura delícia e receitas especiais, CWBurguer Fest já está no seu terceiro dia p. 6

Foto: Huitzil

No dia de ontem, penúltimo para o cadastramento biométrico do título eleitoral, muitos curitibanos deixaram o compromisso para últip.3 ma hora, gerando filas de mais de três horas COLUNISTAS Luiza Romagnoli “A Razer foi pioneira no ramo de tablets gamers porque implantou uma placa gráfica NVIDIA GT640M, que é a mesma usada em ultrabooks gamers.” p. 5

Cleberton Mendes “O campeonato está no começo, mas já é possível fazer apostas, maio começa quente para a maioria dos times e será fundamental porque depois da nona rodada.” p. 5


LONA > Edição 884 > Curitiba, 07 de maio de 2014

2

EDITORIAL

Há espaço para elas

No dia 12 de julho de 2012, Merissa Mayer foi nomeada CEO, presidente e diretora do Yahoo! após deixar o seu cargo de vice presidente de serviços de locais, mapas e localização no Google, o qual ocupou por 13 anos. Merissa trabalhou em cargos como engenheira de software, programadora, designer, executiva de produtos e serviços e teve papel instrumental no desenvolvimento do Google Search, no qual atuou como gerente de produto por mais de 10 anos. Na época da nomeação, o Yahoo! estava se recuperando aos poucos de uma crise financeira, com suas cotações atingindo valores abaixo dos 15 dólares. A ascensão de Merissa Meyer trouxe consigo uma série de polêmicas e, principalmente, dúvidas sobre sua aptidão para o cargo, ainda mais após a mesma anunciar a compra do Tumblr pelo Yahoo! por 1 bilhão de dólares. O tempo passou e a compra elevou as esperanças dos investidores na companhia. Desde a mudança na presidência a empresa embarcou em um bom crescimento, com suas ações atingindo os 40 dólares no inicio do ano, e continua crescendo a um ritmo estável.

OPINIÃO

Liberdade a José Dirceu! Rodrigo Silva

Há que se temer o que anda acontecendo por aí. E os flagrantes absurdos atentados contra o Estado de Direito estão no topo da lista. A história é bem simples e conhecida, porém absurda: José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil, está preso desde o emblemático e teatral 15 de novembro do ano passado. Entramos em maio, e dentro de poucos dias se completará quase seis meses que Dirceu está mantido, ilegalmente, em regime fechado no complexo da Papuda em Brasília.

dito “mensalão”.

Em um julgamento medieval e cênico, alimentado pela Casa-Grande midiática brasileira, formulouse o que se viu. Bobagem seria discutir e relembrar o que foi este julgamento e suas arbitrariedades. A história, por meio de homens de bem e comprometidos com ideais democráticos, recontará toda a patifaria feita pelo Supremo no

O ex-ministro vive algo sem precedentes. Foi preso como chefe de uma quadrilha que comandava um enorme esquema de compra de votos e agora permanece preso depois de o Tribunal que o condenou voltar atrás e descobrir que não, não havia quadrilha. Um caso sui generis: acabou a quadrilha, desmantelou-se “a linha de pensa-

Mas mesmo com todo circo armado e as prisões efetuadas aos holofotes das televisões, Dirceu permanece lá ao bel prazer de juízes que se veem no direito de achar tudo e mais um pouco e nada provar. Começou com as visitas, depois o uso do telefone celular. Cogitou-se até a quebra do sigilo telefônico do Palácio do Planalto a fim de se desvendar qualquer coisa a todo custo. Nada se achou, mas mesmo assim, nada mudou.

mento de Barbosa” e Dirceu continua como chefe do esquema. Que esquema? Não há. E não é só: saiu do regime fechado para o semiaberto, mas não sai da Papuda. O julgamento político do “mensalão” é uma atrocidade. Mas o que se esperava, no mínimo, era que as condenações fossem aplicadas de acordo com o que foi imposto aos réus. O que há a volta disso é uma carnificina; grosso modo, estão querendo chutar defunto morto. A história se constrói com fatos do presente. Os homens de bem, sejam de qual partido ou opção política pertencerem, precisam clamar por justiça diante desta incoerência jurídica. Não há um rival político lá; há um cidadão que não pode ser cerceado de seus direitos. Simples: dai a Dirceu o que é de Dirceu!

Mayer é apenas um exemplo do sucesso que mulheres podem atingir no mundo da tecnologia, um setor que é dominado pelo sexo masculino e conhecido pelo elevado grau de machismo. Casos de sucesso como esse não são raros - Cher Wang, co-fundadora e diretora da HTC Corportation e Ursula Burns, diretora da Xerox, figuram no panteão das mulheres mais poderosas do mundo da tecnologia. Esses casos demonstram que há lugar sim para a mulher nesse gigantesco setor. E como todas as grandes áreas da sociedade, como a política, possui machismo. Mas assim como no exemplo citado, esse obstáculo deve ser enfrentado por quem sofre com isso. Assim como nas palavras de Elissa Shevinsky, uma dos fundadores da start-up Glimpse Labs, citada no artigo “Machismo afasta mulheres do mundo da tecnologia” de Claire Cain Miller no New York Times e traduzido pela Folha de São Paulo: “É perigosíssimo para nós , enquanto comunidade, dizer que só trabalharemos com pessoas que partilham nossas crenças.”

Charge: Thayná de Almeida Jorge

Expediente Reitor José Pio Martins Vice-Reitor e Pró-Reitor de Administração Arno Gnoatto

Pró-Reitora Acadêmica Marcia Sebastiani Coordenadora do Curso de Jornalismo Maria Zaclis Veiga Ferreira Professora-orientadora Ana Paula Mira

Coordenação de Projeto Gráfico Gabrielle Hartmann Grimm Editores Ana Carolina Justi, Kawane Martynowicz e Luiza Romagnoli Editorial Guilherme Dea


Curitiba, 07 de maio de 2014 > Edição 884 > LONA

3

NOTÍCIAS DO DIA

TRE lota no penúltimo dia para a regularização do título eleitoral Kawane Martynowicz

nem vai dar tempo de chegar na faculdade às 19h”, lamenta.

Eleitores que deixaram o recadastramento biométrico para a última hora tiveram que enfrentar mais de 3 horas de longas filas na central do Tribunal Regional Eleitoral de Curitiba No penúltimo dia para o recadastramento biométrico do título de eleitor, que termina hoje, no Tribunal Regional Eleitoral de Curitiba (TRE), o movimento de pessoas que deixaram para regularizar seu documento na última hora foi intenso. De acordo com o assessor do TRE, Marden Machado, a média do tempo de espera foi de 3 horas, e as pessoas tiveram que enfrentar fila antes e após pegarem sua senha. Segundo o assessor, a média do número de pessoas que passaram por ali até às 16h foi de 2 mil, e até o fim do dia seriam quase 3 mil eleitores, mesma expectativa para hoje, último dia, sendo que nos dias normais a média de atendimentos não passa de 300 pessoas. “Parece muito, mas nós já atendemos bem mais. Para você ter uma ideia, no último dia da revisão biométrica nós

A aposentada Eliete Gomes contou que além de não ter tido atendimento preferencial, ficou mais de 2 horas na fila para o recadastramento, e quando finalmente foi chamada lhe disseram que ele já estava regulamentado. “Eu não entendo muito bem disso, achei que precisava atualizar meu título, e quando cheguei me falaram que já estava tudo certo. Perdi um tempão aqui nessa fila, mas fazer o que, né, na próxima eu procuro saber mais disso”, conta.

atendemos 14 mil eleitores em um único dia. Tudo bem que era uma estrutura bem maior, com 240 guichês, e agora temos só 50, mas mesmo assim é um número bem mais expressivo”, comenta. Ele também afirma que em todos os anos eleitorais acontece isso, e já está acostumado com o volume de pessoas. “Eu estou há 30 anos nesse cargo e isso sempre ocorre. As pessoas têm quase dois anos para fazer isso e

Campanha de vacinação acaba nesta sexta

O grupo foi definido pelo Ministério da Saúde e inclui pessoas que correm maior risco da doença evoluir: crianças entre seis meses e quatro anos, gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, mulheres até 45 dias após o parto, indígenas, profissionais da saúde, pessoas privadas de liberdade e portadores de doenças crônicas.

vias respiratórias, por meio da fala, tosse ou espirro ou pelas mãos e objetos infectados, quando entram em contato com olhos, nariz e boca. Os principais sintomas da gripe são calafrios e febre,

acompanhadas por dores no corpo, tosse, espirros, dor de garganta e cabeça. Para receber a vacina é necessário dirigir-se a qualquer Unidade de Saúde de Curitiba.

Filas marcaram o penúltimo dia de registro biométrico no fórum eleitoral > Foto: Kawane Martynowicz

Laura Torres

Acaba nesta sexta feira (09) a campanha de vacinação contra a gripe H1n1. De acordo com a Prefeitura Municipal de Curitiba, são 109 Unidades de Saúde de Curitiba oferecendo a vacina contra três tipos de vírus ao grupo de risco.

A estudante de jornalismo Alessandra Becker confessou que deixou para a última hora por descuido. “Minha mãe vivia me falando pra vir antes, mas como eu sou brasileira eu deixei pra vir hoje. Eu já estou há 3 horas aqui na fila esperando ser chamada, e acho que vai demorar ainda mais uma hora ou mais,

Informações e serviços Jovens entre 18 e 16 anos que vão fazer o título pela primeira vez precisam levar o RG e comprovante de endereço. Os maiores de 18 precisam também do alistamento militar. Para quem vai fazer a transferência da região, precisa levar RG e comprovante de até um ano, e mais o título antigo. Quem não fizer o recadastramento não poderá votar mais esse ano, e o novo prazo para regularizar começará só a partir de novembro. A Central de Atendimento do TRE estará atendendo só até hoje, das 9 às 19 horas.

O objetivo da vacinação é evitar complicações da doença em pessoas do grupo de risco. O médico Paulo Ishida afirma que é importante que todos as se vacinem, porém, há uma preocupação maior com o grupo de risco, “caso contraiam h1n1, correm maior risco de se complicar. Pode ocorrer pneumonia, internamento e até óbito”. Desde o início da campanha já foram vacinadas mais de 210 mil pessoas. Sendo 180.455 do grupo de risco, um total de 58,21% da meta. A transmissão da gripe acontece por meio do contato com secreções de

Pessoas com 60 anos, ou mais, estão no grupo de risco estabelecido pelo Ministério da Saúde > Foto: Arquivo Prefeitura Municipal de Curitiba

não fazem. Portanto, eu só digo: sorria, você deixou para o último dia”.


LONA > Edição 884 > Curitiba, 07 de maio de 2014

4

GERAL

De pai para filho, de avô para neto e vice-versa Troca de figurinhas em praça de Curitiba leva centena de pessoas, de gêneros variados, ao local nas tardes dos fins de semana Jorge de Sousa

Quem passa pela Praça da Ucrânia em uma tarde de sábado ou domingo se espanta ao ver mais de cem pessoas juntas no local, que normalmente têm rotina bem menos agitada. Mal sabem elas que a praça abriga o maior ponto de troca de figurinhas na capital paranaense. De pais com filhos até jovens casais, todos tentam conseguir os 639 cromos para completar o álbum da Copa, que, para muitos, é muito especial devido ao fato de a competição ser no Brasil.

“Troco figurinhas desde o álbum da Copa de 74. Meu filho desde a de 98. Agora, posso levar meu neto para colecionar o primeiro”, conta o aposentado José Marques de Souza (67), que estava na praça junto de seu neto Alexandre (6). Esta cena se repete durante todo o dia, o ambiente é dominado por dezenas de famílias. É o playground dos fãs de futebol. Diversão em todos os momentos, desde o abrir dos pacotes, passando pela troca de figurinhas e depois na colagem dos cromos.

O “turno” de trocas na praça começa logo no começo da tarde e se arrasta até o começo da noite. O sistema de negociação pelos cromos é variado. Alguns são bondosos, trocam repetidas por outras repetidas, outros já cobram um preço em dinheiro ou por outras figurinhas, mas no fim todos se entendem nesse universo paralelo em que o escambo é sempre com bastante bom humor.

Para os casais que pensam que esse programa não tem nada de romântico, os jovens Danilo Hoister e Manuela Peres não concordam: “Nós adoramos passar a tarde aqui. É muito divertido trocar essas figurinhas em casal, até nos unimos mais”, explicou Hoister. Já Manuela preferiu salientar que certas figurinhas têm mais “valor” que outras, “Cristiano Ronaldo me fez quase cair da cadeira! Gosto tanto dele que nem troco as repetidas dele”, falou a garota. Esse “vício” em querer trocar figurinhas é comum, segundo o psicólogo Amin de Pena Sacre. “O ser humano tende a registrar momentos que sejam valorosos a ele. Você faz um álbum de fotos de uma viagem, por exemplo. Quem gosta de futebol vê no álbum de figurinhas de um evento a chance de imortalizá-lo, quase que como se ele estivesse sempre no dia em que viu aqueles jogos”, contextualizou Sacre.

Álbum oficial de figurinhas, comercializado pela Panini > Foto: Ponto do Cartão

Para quem se interessou por colecionar o álbum oficial da Copa, basta ir à banca mais próxima e desembolsar R$5,90 pelo álbum.. Cada pacote com cinco figurinhas sai por R$1.

Figurinha da discórdia, figurinhas nas propagandas de patrocinadores enfureceram colecionadores > Foto: Jorge de Sousa

Figurinhas causam discórdia entre fãs e Panini Empresa que cuida da comercialização do álbum insere cromos de patrocinadores entre as figurinhas “normais” e desagrada o público Nem tudo são rosas na relação entre os consumidores e a Panini (empresa que comercializa o álbum da Copa do Mundo). Pela primeira vez na história, figurinhas com patrocínio estão no álbum. A medida irritou os fãs, que se justificam citando o fato de que esses cromos “extras” são colocados juntos dos demais, o que faz com que tenham menos figurinhas de jogadores, pôsteres, escudos e estádios. “Nós compramos o álbum para ter o Messi, o Neymar e o Cristiano Ronaldo. Não para pegar o Cafu e o Fuleco da Johnson”, reclamou o estudante Carlos Miguel Nunes (21). Sobre o caso, a Panini já se prontificou em atender pedidos individuais de trocas desses cromos de patrocinadores, como foi feito com um consumidor em São Paulo, que recebeu 5 pacotes de figurinha como “indenização” pelo caso. Para isso, o fã enviou uma carta para a empresa, anexada com uma ação judicial contra a marca. Depois dessa ação

vários outros consumidores tiveram a mesma decisão e a empresa disse que atenderia cada um desses casos “isoladamente”. Enquanto esse problema não se resolve, a rotina de trocas na Praça da Ucrânia continua a mesma. Só vale trocar o cromo de patrocinador por outro, salvo em raras exceções. É o que comenta Nunes: “O jeito é colecionar mesmo. Pior é ficar com o álbum cheio de buracos. Aí trocamos essas porcarias. O pior que as repetidas ficam encalhadas depois que você completa essa figurinhas”, comentou o estudante. Uma experiência foi realizada pela equipe de produção. Em cem pacotes de figurinhas, vieram 15 cromos promocionais em 500 figurinhas totais. O que dá uma média de R$3 gastos nessas figurinhas no montante de R$100. Pouco ou não, a medida deve ser mudada no álbum da próxima Copa, devido ao número de ações movidas contra a empresa.


Curitiba, 07 de maio de 2014 > Edição 884 > LONA

5

COLUNISTAS

8Bits

Luiza Romagnoli

3 em 1 Que atire a primeira pedra o ser humano que nunca disse “queria videogame/PC/tablet/celular/whatever, numa única plataforma”. E eis que eu digo que a aflição acabou! Ou pelo menos parte dela. Em 2013 a Razer (pra quem não sabe, é a marca líder mundial em hardware de jogos de alto desempenho), lançou o Razer Edge. Ele é um tablet (isso mesmo) voltado para gamers, principalmente aqueles que preferem os jogos de PC. Ele pode ser conectado na TV com controles ou você pode jogar no próprio tablet. É importante

espaço para que se pudesse investir em uma placa mãe melhor. O que faz a leitura de dados dele ser melhor do que a do PS4, por exemplo. Porém o PS4 ainda vence no quesito qualidade gráfica. Mas como o Edge só tem até 8 GB de memória RAM e memória de 128 GB ou 256 GB, jogos exigentes como Crysis 3, talvez não possam ser configurados no máximo. Mas ainda sim, ele consegue rodar os principais jogos do mercado. E não deixa a desejar.

dizer que o Edge funciona como PC, videogame e tablet. E é possível jogar tanto jogos online, como League of Legends, quanto jogos de FPS (Battle Field 4) sem travar. O tablet tem o Windows 8 como sistema operacional e estará disponível em versões com processador Intel Core i5 e Intel Core i7.

O Edge também pode ser conectado a um dock, (“docks stations” são bases portáteis para recarregar, aumentar funções ou melhorar o aparelho.) No caso do Edge, um teclado e controles pode ser conectados (além da conexão com a TV por meio do cabo HDMI) virando um portal de infinitas possibilidades.

A Razer foi pioneira no ramo de tablets gamers porque implantou uma placa gráfica NVIDIA GT640M, que é a mesma usada em ultrabooks gamers em um tablet estilo barra, ou seja, abrindo

Por ter Windows 8 incorporado, o Edge suporta qualquer tipo de controles que o sistema operacional da Microsoft consegue detectar, e não só os controles e docks da própria empresa.

A conexão pode se dar por Bluetooth ou pela entrada USB 3.0. Por ter um poderoso chip gráfico da Nvidia, o Razer Edge tem uma dissipação de calor sem paralelo com outros tablets do mercado. Sua parte superior cria uma verdadeira cortina de calor, ou seja, ele esquenta muito. Outro ponto que pode incomodar pode ser o seu peso e espessura avantajada. Mas se você olhar pelo ângulo de que ele é 3 em 1, vale a pena. Ano passado ele foi lançado apenas nos Estados Unidos e a venda no Brasil ainda não foi confirmada. Os preços variam: US$ 999 (o equivalente a R$ 2,1 mil, sem impostos) para versão com Intel Core i5, e US$ 1.299 (que são R$ 2,7 mil, sem impostos) para a versão com Intel Core i7. Mas há links na Amazon. com e no Mercado Livre que importam o Edge aqui para o Brasil. Só que existe uma coisa chamada imposto, que pode pôr o tablet gamer na faixa dos R$7,000. Ajam limites de cartões de crédito...

Nada a comemorar A rodada do último final de semana deixou mais clara a crise que afeta os eliminados da Libertadores; a fragilidade dos times paulistas; a segurança precária; a dificuldade de jogar para ganhar; a falta e o lateral serem mais valorizados que um ataque pela linha de fundo, e o predominante jogo de faltas e posse de bola na defesa. O campeonato está no começo, mas já é possível fazer apostas, maio começa quente para a maioria dos times e será fundamental porque depois da nona rodada, no dia 31 de maio, o campeonato só volta em julho. As férias vão ser boas só para quem conseguir termina bem o mês. A Libertadores abalou a promessa do bom futebol, pelo menos por agora. Grêmio e Atlético MG que tinham tudo para serem os melhores do ano, esqueceram tudo para competir o campeonato mais desejado da América, e mesmo assim não deram conta.

Recém eliminados não vivem um bom momento, e problemas fora de campo podem deixar a situação pior. O Cruzeiro continua forte na competição continental e no nacional, ganhou do Atlético Paranaense na última rodada e joga contra San Lorenzo pelas quartas de finais da Libertadores. Mesmo com a forte presença do último time brasileiro na Libertadores, é um ano para ser esquecido, o Cruzeiro pode até levar o título, mas a participação brasileira não foi boa. O balanço positivo da rodada fica por conta do clássico que aconteceu no Maracanã, pela garra do Cruzeiro e pela volta do Corinthians à liderança, a última vez que o time paulista foi líder foi em 2011, ano de seu último título, a visita inédita a Chapecó teve bons resultados. No Maracanã, parecia que ia ser outro dia triste para o Mengão, mas com a força da torcida, uma tarde boa de Alecsandro, e a instabilidade vivida pelo Palmeiras (que acabou de perder

Minuto Final

Cleberton Mendes

o melhor membro do seu elenco para o São Paulo), o time carioca faz um segundo tempo perfeito e consegue virar o jogo, ganhando por 4 x 2. Uma bela tarde no Rio, pelo menos para um dos três, porque Botafogo e Fluminense não se saíram bem. Porém a próxima rodada tem tudo para deixar o campeonato mais empolgante, recheada de clássicos: um possível reencontro de Jadson e Pato com seus antigos clubes no jogo da rodada São Paulo x Corinthians; no Maracanã outra promessa de jogão no FlaFlu, Bahia e Vitória, Cruzeiro x Atlético Mineiro, entre outros bons jogos.

Pior que o futebol apresentando no Campeonato Brasileiro é a violência recorrente entre torcedores: o policiamento dentro e fora dos estádios não está dando conta. Na Série B só problemas, se não bastasse a confusão com os times que perderam no tribunal, e brigas fora do estádio, agora acontece a morte de um torcedor no Estádio Arruda no jogo entre Santa Cruz e Paraná. Evidenciando o despreparo nos estádios, um vaso sanitário é arremessado, e nenhum segurança ou funcionário viu e relatou ou tentou impedir. Um vaso é arrancado de um banheiro e usado como arma de um crime, isso é inaceitável.


LONA > Edição 884 > Curitiba, 07 de maio de 2014

6

ACONTECEU NESTE DIA

Cometa Halley passa pela Terra Em 7 de maio de 1910 ocorreu a penúltima aparição do Cometa Halley, uma das mais brilhantes e extraordinárias. Por passar tão próximo do Sol, o fenômeno foi mais intenso: a cauda era mais visível, sua iluminação mais forte, permaneceu no céu por mais tempo e foram tiradas as primeiras fotografias do cometa. Na época foi dito que ele traria consigo grande quantidade de um gás mortal da família dos cianetos, cau-

sando pânico na população, embora os cientistas desmentissem essa versão. Foi o primeiro a ser reconhecido como periódico, descoberta feita por Edmond Halley, em 1696. O cometa foi registrado pela primeira vez em 240 a.C., e pela última em 1986, mostrando-se visível a olho nu em todas as suas 30 aparições. Sua próxima aparição será em 28 de julho de 2061, em praticamente todo o mundo.

Imagem publicada no The New York Times > Foto: The Yerkes Observatory > Arquivo Domínio Público

#PARTIU 2º CWBurguer Fest Estabelecimentos participantes: 1) Atelier Bistrô e Bar 2) Banoffi Bistrô e Confeitaria 3) Babilônia Gastronomia > Batel > Cabral > Mueller > Palladium 4) Bar Canabenta, 5) Cervejaria da Vila, 6) Cidadão do Mundo Burgers & Arts, 7) Charles Burguer, 8) Estofaria Bar, 9) Fábrica Gourmet Hamburgueria, 10) Fabiano Marcolini Alimentari, 11) Forneria Copacabana - Itupava, 12) Guiolla Hamburgueria Gourmet, 13) Hamburgueria Rústica, 14) JPL Burgers, 15) Limoeiro Casa de Comidas, 16) Madero > Batel > Cabral > Champagnat > Comendador > Jardim Social > Shopping Estação > Shopping Palladium > Shopping Pátio Batel > Relógio das Flores > São José dos Pinhas 17) Memphis Hamburgueria, 18) New York Café, 19) O Barba Hamburgueria, 20) O GiraMundo Café, 21) Picanha Brava, 22) The Fifties Traditional Burger > Shopping Curitiba > Pátio Batel 23) Victor Fish’n’Chips

2º CWBurguer Fest está no seu terceiro dia Há opções para todos os gostos e exigências, do tradicional hambúrguer de carne ao gourmet feito de angus, e até vegetariano O CWBurguer Fest, o primeiro festival de hambúrguer da capital paranaense ganhará sua segunda edição no mês de maio, entre os dias 05 e 18. Durante o evento, 36 hamburguerias, lanchonetes e bistrôs irão oferecer, em seu próprio estabelecimento, uma opção especial do preparo, que será vendido pelo valor único de R$ 24,90. Além de apreciar diferentes modos de preparo da saborosa iguaria, o público será convidado a doar a quantia de R$ 1, valor que será destinado integralmente a uma instituição de caridade da cidade. Desde o dia 05 de maio Curitiba é a capital do hambúrguer! Serão duas semanas, nas quais um dos pratos mais tradicionais e populares da culinária recebe todas as atenções. Durante a CWBurguer Fest, o sanduíche mais famoso do mundo recebe releituras clássicas e outras um tanto inusitadas. Há opções para todos os gostos e exigências, do tradicional hambúrguer de carne ao gourmet feito de angus, passando por carne de carneiro. Vale dizer que cada estabelecimento par-

Foto: Divulgação

ticipa com um hambúrguer do seu cardápio. A Cervejaria da Vila, restaurante participante, por exemplo, usou a criatividade para criar o seu hambúrguer para o evento curitibano. Inspirado na Oktoberfest de Munique, o preparo do empreendimento leva lombo de porco, cebola roxa, rabanete e maionese temperada. Para quem não abre mão de um doce, o Barba Hamburgueria criou uma opção bem curiosa, preparada com hambúrguer de banana, pão com doce de leite e ganache de chocolate.


Lona 884