Issuu on Google+


Canidelo

-2-


Canidelo

ApresentAção Área Habitantes Santo padroeiro

8,05 Km² 23 737 Santo André

Junto à foz do rio Douro, nas margens do oceano Atlântico, encontra-se a Vila de Canidelo, um dia terra de descanso para ilustres colonos ingleses, que deixaram o seu registo na persistente nomenclatura das ruas desta freguesia gaiense. O nome Canidelo resulta do diminutivo de 'cana' -'Cannitellu' -, canas que eram bem frequentes na região, paredesmeias com os ribeiros.

-3-


Canidelo

HistóriA Conta-nos o passado que Canidelo foi doze anos concelho, entre 1363 e 1375, quando D. Pedro cede à petição apresentada por moradores. Diversos historiadores explicam que a necessidade de uma terra que defendesse os interesses reais na margem Sul do rio, para responder ao poder dos bispos portucalenses, esteve na base da criação deste concelho. Transitório o concelho mas não a terra, que persiste, mais forte que o tempo, com história e património. Património que não é rico em quantidade, porém, acolhedor na beleza, como a Igreja Paroquial de Santo André, que guarda um altar valiosíssimo, numa das paredes de uma arquitectura notável. As terras que compõem o Concelho de Gaia, a que SANTO ANDRÉ DE CANIDELO pertence, já existiam no período neolítico e têm forte implantação da romanização, como o provam instrumentos de pedra polida e picos asturienses, encontrados entre Canidelo (Lavadores) e Valadares.

-4-


Canidelo

Dezenas de mamoas falam do período megalítico; cerâmicas marcam o do bronze e numerosos castros são indícios da Idade do Ferro. Contudo a história documentada pela escrita é contemporânea do início da nossa nacionalidade, a importância das gentes e terras do padroado da Igreja de Santo André, muito cobiçadas por vários poderosos locais e, por isso, passadas de mão em mão, ao longo dos séculos. Em Maio de 1132, Elvira Nunes, mulher de Suarius Fromarigues, importante fidalgo da Terra de Santa Maria, e os filhos doam ao Mosteiro de Grijó os direitos que têm sobre a Igreja de Santo André de Canidelo, facto confirmado por Remígio Moniz, prefeito da província Portucale, Bernardo, bispo de Coimbra e Hugo, bispo do Porto. Em 1147, afirma um cruzado inglês, de passagem por Portucale, que as areias do Cabedelo são medicinais e com elas se cobrem

-5-


Canidelo

pAtrim贸nio CulturAl Capela de Santo Ant贸nio Capela de S. Paio Capela de Nossa Sra. do Amparo A Capela da Seca A Senhora da Guia Santu谩rio da Rua do Meiral A Senhora dos Caminhos Vitrais da Capela de Sampaio o futuro.

-6-


Canidelo

FestAs romAriAs Marchas S. João Canidelo Triunfante

A marcha de Canidelo, representada pela Associação Recreativa de Canidelo.

HISTORIAL DO: RANCHO FOLCLORICO DE CANIDELO O Rancho Folclórico de Canidelo,

representa a Cultura

Etnográfica da freguesia de Canidelo, situa-se junto ao mar e há foz do rio Douro. A realização de cortejos de oferendas no passado, deu origem a formação de um Rancho na Freguesia.

-7-


Canidelo

Fundado a 1 de Junho de 1979, com o nome de Associação Rancho Folclórico as Camélias de Lavadores, a 10 de Junho do mesmo ano viu o seu nome alterado para Rancho Folclórico de Canidelo. Feita a recolha de adereços, dos trajes usados no tempo, dos utensílios do campo e outros adereços, bem como das danças e cantares, iniciou a sua actividade por todo o Pais, assim como pela vizinha Espanha, e ainda por terras de França. Filiado no INATEL em 1996, foi em 2004 reconhecido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia com o grau de mérito, e atribuída a medalha de prata, tornando-se sócio aderente da Federação de Folclore Português em 2006.

Estandarte do: Rancho Folclórico de Canidelo

-8-


Canidelo

lendAs

Lavadores, segundo uma antiga lenda, tĂŞm origem num naufrĂĄgio ocorrido na sua costa. O povo ajudou os nĂĄufragos e era seu comandante um tal Dores. Logo que refeito dos seus males pediu: Leva Dores para o barco, leva Dores para o barco. Dai o nome de Lavadores.

-9-


Canidelo

loCAis de lAzer

Cercada por casas de todo o lado, esta quinta cultiva ervas aromáticas e medicinais, contando também com várias árvores e com uma horta. Toda a produção é biológica - aqui está o segredo para a poção mágica! Utilizando uma tela que cobre a terra e um sistema de rega gota-a-gota, esta quinta consegue eliminar pragas sem recorrer a químicos, além de ter um gasto mínimo de água.

- 10 -


Canidelo

GAleriA de imAGens

- 11 -


Canidelo