Issuu on Google+


Editorial

“ Disponho do vento disponho do sol disponho da árvore arranjo pássaros arranjo crianças tenho mesmo à minha disposição o mar talvez com tudo isto possa formar uma tarde uma tarde azul e calma onde me possa refugiar ” Ruy Belo, A minha tarde

Chegámos a Julho. A intensidade dos dias longos com a luz singular do Verão convida a tardes e serões de leitura na praia ou na esplanada. E a nossa livraria tem o privilégio de permitir a leitura em finais de tarde na esplanada e esse nomadismo próprio do leitor. Este mês, na Sexta dia 8, aguardamo-lo para uma apresentação de Salazar vai ao cinema II, e com o apoio da Cinemateca assistir à projecção de algumas das actualidades filmadas para o Estado Novo. O debate seguir-se-á a propósito dessa proximidade especial entre o discurso totalitário daquele e o cinema. Pouco a pouco com mais editoras na composição da nossa livraria insistimos em convidá-lo. Não temos praia mas temos novidades e livros sem tempo que o aguardam sempre nesta livraria com esplanada. Em vez de leitura para as férias sugerimos que tente resgatar, se possível, umas horas ou dias de férias para a leitura.


Š Fernando Lemos

Novidades


Novidades

http://www.assirioealvim.blogspot.com/

JORGE DE SENA — Sinais de Fogo como romance de formação Autor: Jorge Vaz de Carvalho «De toda a criação literária de Sena, a menos favorecida comparativamente pela investigação é o romance único e inacabado Sinais de Fogo. Embora haja sobre ele estudos parciais, faltava, sem dúvida, um trabalho mais volumoso e profundo sobre este que consideramos um dos mais notáveis romances da literatura em língua portuguesa.» Da Introdução, de Jorge Vaz de Carvalho

Uma certa harmonia Autor: Pedro Strecht A aproximação de Pedro Strecht à multiplicidade de problemas e às consequências decorrentes da arquitectura e do urbanismo em que vivemos e a denúncia e apelo implícitos não se limitam, mas incluem, aspectos estéticos tantas vezes tratados com desdém ou isoladamente.Pedro Strecht fala da arquitectura apaixonadamente - e da Beleza - mas de uma Beleza cujas raízes, evidentes ou não, mergulham na sua condição de serviço e na sua funcionalidade. Álvaro Siza

Revista suroeste nº1 Autor: AAVV Uma publicação que se prepara como território de confluência das escritas ibéricas. “A dualidade Portugal e Espanha é afinal o segredo da vitalidade da península ibérica e da sua civilização. Portugal e Espanha são dois opstos e não dois rivais. Os opostos são complementos iguais de um todo.” José de Almada-Negreiros


http://www.ics.ul.pt/

Novidades


Novidades

http://relogiodaguaeditores.blogspot.com/

o progresso do amor Autor: Alice Munro Uma mulher divorciada regressa à casa da sua infância, onde é confrontada com as memórias do confuso mas profundo laço com os seus pais. O quase afogamento acidental de uma criança revela à mãe a fragilidade da confiança entre filhos e pais. Um rapaz, ao recordar um terrível acidente de infância, luta com a responsabilidade que sempre sentira pelo seu infeliz irmão mais novo. Um homem leva a sua a amada numa visita à sua ex-mulher, apenas para se sentir estranhamente próximo da companheira que perdera.

Experimentum humanum Autor: Hermínio Martins “[...] é a própria natureza humana que vem sendo transformada e não só o meio ambiente. Como chegámos aqui? Até onde podemos ir? Qual a responsabilidade dos cientistas em desencadear este processo e também em estabelecer os seus limites? ” Simon Schwartzman

a morte Autor: Maria Filomena Mónica Fundação Francisco Manuel dos Santos «Gostaria que o debate sobre as questões aqui abordadas, o testamento vital, o suicídio assistido e a eutanásia, decorresse num clima sereno. Mas teremos de aceitar a discussão com todos os opositores, mesmo com aqueles que, por serem fanáticos, mais repulsa nos causam. Que ninguém se iluda: a análise destes problemas é urgente.» M.F.M.


http://www.cultura.gov.br

Sugest천es


Sugestões

http://www.livroscotovia.pt/

claro enigma Autor: Carlos Drummond de Andrade “Nota essencial do pessimismo dr ummondiano: que a poesia se inscreva e até sobreviva, mas não se iluda com sonhos de perenidade.’’ Abel Bar ros Baptista

poesia grega Autor: AAVV A presente colectânea apresenta uma amostra representativa dos diferentes géneros poéticos cultivados na Grécia antiga. O reputado classicista Frederico Lourenço seleccionou as mais importantes composições poéticas de dez dos maiores poetas da Grécia Antiga. Cada um dos autores merece ainda uma introdução dedicada à sua vida e obra.

Peças escolhidas 3 Autor: Carlo Goldoni “Pois é, não se pode viver sem Goldoni. E estes três volumes, na ausência de palcos que os respeitem, hão-de durar o tempo de uma vida, esperando as vozes dos actores, as luzes límpidas dos projectores, a seda, o algodão, os corpos. Mas farão as noites tranquilas dos homens de boa vontade. Se ainda for possível sê-lo.’ ’ Jor ge Sílva Melo


http://www.federalunion.org.uk

Gabinete de Filosofia


Gabinete de Filosofia o futuro da natureza humana Autor: Jürgen Habermas “O texto pr incipal deste livro, O Futuro da Natureza Humana, aborda a discussão desencadeada pela técnica genética: pode a filosofia se per mitir a mesma moderação em questões relativas à ética da espécie?’’

o mestre ignorante Autor: Jacques Rancière É possivel aprender sozinho, sem mestre explicador, e um pai de família pobre e ignorante é capaz de ser instrutor do seu filho. A instrução é como a liberdade: não se dá, agarra-se.

Se a europa acordar Autor: Peter Sloterdijk “Na verdade, a questão da essência da Europa não é misteriosa nem irrespondível [...] A questão não deve ser : quem, e segundo que critérios e tradições, pertence a uma ‘verdadeira Europa’?...mas: que cenas desempenham os Europeus nos seus momentos históricos decisivos? Quais as ideias que os animam, as ilusões que os mobilizam?’’ P.S.


Antonio Lopes Ribeiro - http://salazar vaiaocinema.wordpress.com

Apresentação / Projecção


Apresentação / Projecção 6ªfeira, 08 de Julho, às 22H salazar vai ao cinema II Autor: Maria do Carmo Piçarra Editor: Drella Design “Os temas que o Jornal Português – produzido de 1938 a 1951 com patrocínio do Estado Novo – abordou clarificam como o regime quis projectar a nação e pensou a relação do cinema com o público. “Salazar vai ao cinema - O Jornal Português de actualidades filmadas” não pôde desenvolver a análise desses temas nem tão pouco dar conta do caso de intercâmbio noticioso com o congénere espanhol, NO-DO. Salazar vai ao cinema - A “Política do Espírito” no Jornal Português propõe-se complementar, assim, a abordagem a essa colecção de actualidades cinematográficas. Proponho-me analisar como o Jornal Português fixou as realizações no âmbito da “Política do Espírito” proposta por António Ferro, como é que a “Nação” e Salazar foram projectados pelo cinema mas também como as actualidades filmadas projectaram “O modo português de estar no mundo” durante dois dos conflitos da primeira metade do século XX: a Guerra Civil espanhola e a II Guerra Mundial.” M.C.P.

Na sessão de apresentação do livro e com o apoio imprescindível quer da autora quer da Cinemateca Portuguesa, serão projectados dois conjuntos dessas actualidades do Jornal Português. De seguida preparam-se o comentário e o debate com a autora, Tiago Baptista, historiador de cinema e investigador na Cinemateca, e com Luís Salvado.


Aquivo Diário de Notícias

Apresentação / Projecção


Fábrica Junior Mãe, não pises a minha sombra! Autor: Ana Esteves Ilustração: Manuela Bacelar Editor: Livros Horizonte E se um dia descobrisses que a tua sombra esconde um segredo? Era uma vez um rapaz que descobriu que a sua sombra guardava um segredo. Para o descobrir, o leitor vai ter de seguir as pistas que a autora lhe vai dando em páginas brilhantemente ilustradas pela galardoada ilustradora Manuela Bacelar. A recompensa pelo decifrar do segredo: uma fantástica surpresa no final!

O pequeno inventor Autor: Hyun Duk Ilustração: Cho Mi-Ae Editor: Orfeu Mini A história do pequeno Noma que pretende, em determinado dia, construir o melhor comboio de sempre.

as aventuras de robinson crusoe Autor: Daniel Defoe Editor: Nelson de Matos Para muitos um dos primeiros romances ingleses, Aventuras de Robinson Crusoe é a história imortal das viagens e aventuras por mar de um mercador, do seu naufrágio e, mais tarde, da sua vida numa ilha deserta.


O pequeno inventor

Fรกbrica Junior


Max Planck - http://www.cnes.fr

Destaques


Destaques revista portuguesa de psicanálise 2011 31 [1] Bianual Autor: AAVV Editor: SPP/Fenda “Desde sempre, a psicanálise desencadeou na sociedade, uma atracção/rejeição a que não é alheio o seu objecto - o Inconsciente, aquela parte de nós que, no nosso quotidiano mais superficial, não podemos ou até não desejamos conhecer. A atracção venceu, e mais de um século depois, a psicanálise faz parte do nosso universo de saberes e, sob diversas formas e derivados, duma generalidade de práticas terapêuticas, educativas, artísticas.” Manuela F. Costa e Rui Coelho

Intervir em situações de indisciplina, violência e conflito Autor: AAVV Editor: Fim de Século Numa linguagem simples, discutem-se possibilidades de intervenção em situações de ruptura e complementa-se a discussão com meios ou instrumentos que podem constituir uma verdadeira ajuda para aqueles que acreditam que a sua acção pode fazer diferença.

história das ciências I / II Autor: Philippe de la Cotardière Editor: Texto & Grafia Esta História das ciências detina-se aos não-especialistas desejosos de reatar um diálogo porventura interrompido, dotando-se de uma visão global e completa da caminhada da ciência, e do pensamento, ao longo dos tempos.


http://www.100anos-romulogedeao.info

Destaques


Destaques memórias Autor: Rómulo de Carvalho Editor: Fundação Calouste Gulbenkian “Agora, durante algumas semanas, terei que ser cauteloso, não fazer esforços físicos, evitar os transportes públicos, o que me aconselha a não me entregar às habituais investigações que prossigo em bibliotecas e arquivos, e que me deixam assim um pouco desamparado, obrigando-me a ficar em casa mais tempo do que o habitual. E então como ocupá-lo! Resolvi ocupá-lo de um modo que há muito projectava, a escrever as minhas memórias com o pensamento em vocês.” R.C.

colóquio letras nº177 poesia 61 Autor: AAVV Editor: Fundação Calouste Gulbenkian “No mesmo ano em que vem a lume Poesia 61, publicam os seus primeiros livros, A Colher na Boca e Aquele Grande Rio Eufrates, respectivamente, dois poetas, Herberto Helder [...] e Ruy Belo, que se tornarão as figuras mais marcantes de toda a década e que virão a condicionar, de modo decisivo, a evolução da nossa lírica posterior.” Fernando J. B. Martinho

tolstói ou dostoiévski Autor: George Steiner Editor: Perspectiva “A polaridade entre a cidade e o campo é um dos principais aspectos de comparação entre Tolstoi e Dostoievski. O tema da partida rumo à salvação era comum às vidas e imagens de ambos e Ressurreição é, em vários aspectos, um epílogo de Crime e Castigo.” G.S.


Colecções Colecção: beltenebros Editor: Assírio & Alvim

Em cada um dos títulos desta colecção, a escrita conjuga e confunde, de modo singular, o belo e o horrível. O assassínio nas suas variações: exercício da morte decidida sempre pela reflexão ou pelo ímpeto não dominado, mas a escolher o Indivíduo; levado a tema (como o amor, a guerra ou a traição). Uma colecção de narrativas de assombro para desasossegar as noites de Verão. Do clássico Estranho Caso do Dr.Jekyll e do Sr. Hyde de Stevenson, passando por Poe até à escrita do terrível de Fialho de Almeida, em cada título enredos sanguinários, em que se vislumbra e experiencia o crime e a imoralidade.


Singularidades

Livros em saldo

Um conjunto descontínuo de autores, da literatura ao ensaio, para leitores exigentes, da Cotovia, Antígona e Cavalo de Ferro a preços reduzidos. Estes são apenas o exemplo do que pode encontrar.


Sugestões - Exposições Fbp ghent / Lisbon / porto / drawings Autor: Bart Lodewijks Editor: Roma Publications - Culturgest - S.M.A.K. “No início, lugares feios geram resistência. Parecem perigosos. Uma permanência nesses lugares permite descobrir que a fealdade apela à capacidade de compreender. “ B.L.

paula rego Obra gráfica completa Autor: T.G. Rosenthal Editor: Cavalo de Ferro Este livro, sumptuosamente produzido, com reproduções em tritone e a cor, é a primeira monografia a tratar exclusivamente o trabalho gráfico de Paula Rego. Discute e analisa todas as suas gravuras, incluíndo trabalhos inéditos – mais de 200 gravuras e litografias que se espraiam ao longo de meio século, entre 1954 e 2003.

o negativo Autor: Ansel Adams Editor: Senac - São Paulo “É preciso aprender a ver intuitivamente como a objectiva/câmara vê e a entender como o negativo e os papéis fotográficos respondem. Trata-se de um processo estimulante e com grande potencial criativo”. A.A.


O Negativo - Ansel Adams

Sugestões - Exposições Fbp

http://exposicoesfbp.blogspot.com


4ªFEIRA: 5ªFEIRA: 6ªFEIRA: SÁBADO:

de

Verão

20H-02H 20H-02H 20H-04H 20H-04H

Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal livrariabracodeprata@gmail.com | 216 090 816 | www.bracodeprata.com

Coordenação: César Morais Edição e direcção gráfica: Fabrice Ziegler http://exposicoesfbp.blogspot.com

Horários


Newsletter de Julho da Livraria Braco de Prata