Page 1


Revista, atual e inovadora, que antecipa tudo o que é novo nas áreas de saúde, bem estar, fitness, moda, beleza, decoração, gastronomia e muito mais. Com novo padrão gráfico, A nova Revista.AG está mais clean, mais moderna e mais fácil de ler. Setinhas coloridas facilitam a leitura e deixam a publicação mais divertida. A nova logomarca passeia pela capa procurando o melhor lugar para ficar, dependendo da foto que será usada. Temos novidades também nas seções de Gastronomia e Look da semana:  O comer sem Culpa agora conta com apenas três chefs - Juarez Campos, Cleide Morais e Gustavo Corrêa - que darão receitas práticas, baratas e que impressionam. Uma das propostas é utilizar produtos prontos e criar pratos bacanas com apenas um toque do chef. Já o Look da Semana, que copiava o visual de uma celebridade, agora cria um look completo e um bem parecido, mais barato. Além disso, o editorial passa a ter mais preocupação com o homem. A coluna Para Eles tem veiculação quinzenal e pelo menos uma  matéria na semana focada no universo masculino. Uma publicação diferenciada do jornal A Gazeta, que agrada toda a família e você encontra uma excelente oportunidade de divulgar seu produto. Anuncie.


o ã ç la

u c r i C

jorn o d s l a re p m exe tado. s o s n d a do o E a t r a to enc o em é d a.AG istribuí t s i d ev A R ZETA A AG

ment

Docu

. 11 1a

ngo

Domi

2011

_07_

a_31

azet

o:AG

ment

11 de 20

1:13

09:4

mp a:Co

DOMI 1a.

DOMI

HO JUL 165 24 DE – Nº NGO,ANO III DOMI 11 – 20 DE

cos che país 12 os t um o 20 sul, s de lo erã e te a rta aov nor as ponte e b par e D em itos de e r n c b e n a pre s co sur seu ova ren how da S o ria M Vitó

A GIR A OD M A

. 11 1a

7_20

24_0

eta_

AGaz

nto:

me Docu

349. 0x

a:1;

ágin

PS;P

G_1.

ta.A

evis

RG_R

NEW_ NGO

1:08

16:3

60.0

o:(2

at Form

11 de 20

a:

Chap

); 96 mm

315. 0x

ágin

PS;P

G_1.

ta.A

evis

RG_R

Fo a:1;

os Comp

Aug 12 de

ata:

to;D

Chap

); 74 mm

NGO_

Docu

g de Au

60.0

o:(2

rmat

NEW_

a O ISM bliczas TUR ú p Re bele de

at to;D

os

(260

7_20

17_0

eta_

az o:AG

a:12

9. x 34 .00

o:

rmat

1;Fo

ina:

;Pág

1.PS

.AG_

ista

ev RG_R

2:59

12:2

11 de 20

to;D

mpos

a:Co

Chap

); 96 mm

g de Au

12 ata:

al

HO JUL 164 17 DE – Nº NGO, O III DOMI11 – AN 20 DE

HO JUL 166 31 DE – Nº NGO, O III DOMI11 – AN 20 DE

E T N E NTA G A MO S S SE N O B NTO VE

oda am ra n sop s as ão jáça todaa quarta r e ow sn do v he isa . Con ada a Sh A br ixaba s lanç ia Mod cap dência Vitór ten ão do ediç

as as um lher s a alg sco ório Par soas, es acess pes as e o e se air ç d s e a a p hor par que na umar ais do arr uito m ução é m a prod um


r i t e, b l O e MAT pap set. FOR ta em el offp is Rev em pa a cap E DAD I C IDIO PER anal. Sem 74 15.

x 3 .99

1a.

DOM

ÇÃO ORA

m a fala rreir rio iá s Fe arcu o mobil M e lves nxergar de ão e ra no lo A rrei i. E Raz sibilida a ca Pau as de e u su Bo Bard ões icio uç sen dos to, in de Linao constr de turm a quite emia suas fo é ar da granm mesmfluênci r cê p o Vo itóri rece l a in aior. Os obre foi m tudo escr peças pa s. Qua ca s a cia já suas itetôni s? fluên ria, er ain-

A BREGta.com.br ze A NÓ

erno m va ção le ga CI a cria Alves a es, LETÍ ga@rede re mes ulo por um lnob er Pa Lá, por staa de ex ntes , o design casa. ca eaté te água de cado dentro modifi ogo até tala, “J ito . para anusei peça . Háb ziam elem ência da mporta” que fa les tiresist ela se co ciscanoszões. “E e os mo s fran ntes ra ira qu mino se ver co fere cade para inspirado por di uma gares dol, ideal r vez cido, mas nstrui dos os lu nfortáve a. co pare que a em to ve e co ela ficav odos, m nham panhav de ser le E assim seus arcus M . acom . Tinha deles” nte, e emsigner m posge co de rio ná cada um em ista e ar-se iros so do para pensan m paul eis. Sent brasile os no am veÉ ós mbé móv o ta z seus nada. “Nesparram or, vi e fa qu s os am er pe Que eira , no Ferr ereta? raídos , fazem r qualquo de fast tura descon igamos para fazes que sã o que sã mos . Nele br, não dá de sofá sa é a vi io brasofá . Por isso s, dono jogar. Es mobiliár podem cu mos diz Mar para se sign de xabas iados ça”, convite novo deé os capi is prempa. Em do to um panhao ora, at desses ja Stam sobre acom o. E, ag peças stas na lo falaram ira, Lisileir ciá-lo. As o expo tal, eles brasile tã e apre ers es la Capi entidad gn desi agem pe ade, id . pass tabilide futuro en sust Bardi na Bo

A

G 14 VISTAA

36 RE

DE OSTO

DE AG

2011

a. ibai ho, a At deir rcadin ha Ce a, ca Acim xo, bufê os da lin ças pe Abai s-mud das as ves do cria mbê. To Paulo Al Guai signer do de

O

GAÇÃ DIVUL

DEC

arqu so nela e, essa inmarcenaenos,masa fordo is a verdad ecei na ébem m s, de um com N com o, hoje ças reta incando um é ndo Qua calculad zendo peagora br uaimbê e via muitontinuo fa a, mas linha G ripas qu a arA da co cionalisttureza. bras de r acesso o enso te ma raas da na iu das , pude ser vist que s rg form plo. Su bre a Lina deixaria truque te a s vo exem lpão. So a jamai je le cipalmen no ga que el E até ho la. Prin os de quiv to viva. abalho har. quan ndi do tr se trabal a no ica? fantástic sos apre dade em át er na pr dade r. univ liber se dá a liber juntar populaar um eo ia us o isso Com Lina tinha. Aprend eruditorendi a uma A ap moo dela ta e alho intos, cotruques, Uma re emento ab el st aos tr tos. to di eiro mui relação elemen m terc U Em e dois emplo. pr sem a, por ex lha. gn? a frase desi curv e atrapa ça de. Ouvi um mpram pr a pe co sem a bo emoção ssoas apaixo a se oc e é um traz “As pe O qu a que te queci: lo qual sign prov rar es É ça du a m de s pe nunc móvei Um bo faz a pe processo ”. que nam E o amor , meu , os fun- , so isso. Por is intuitivo opinam mais. é mais galpão vo para le je ho ios do ças, as expostas . o ár ua cion me às pe, as deix ndo ág ga no sa dão ro de ca agero jo ê-las. dent mpo, ex adurec ao te para am Tudo

37

02:

1: 1 2

201

S ADO R U S AP ESIGN E R A D OLH ARA O P 1 201

08_

14_

ta_

aze

:AG

nto

ume

Doc

.A

sta

evi

G_R

O_R

ING

de

519

o:(

mat

For

:1;

ina

Pág

PS;

6. G_3

Aug

ta

;Da

sto

mpo

:Co

apa

;Ch

mm)

de :09

cura

ss go ulista ber, os pa de rece des, que vam m muito fás gran do. un so os Tem a tavatão, fiz todo m el tem o. ss óv am um en di e, rotiom cabi que rdade, r à sua amos identidad ilidade ta as a pass Na vese adap ntrário. A br mo uma tsim ticação. ctos co Nin, pa que não o co l... lona a prásofis em aspe sentar. ui. A iona na e usa as. N stenr func cara da está a de se a 90º aq , desa e se líVocê ork, cord ser su form senta traído esm qu que ter m equi a. Te se on r chw dá para ? guéme é desc a gente iga, é te Tem ade. U e form a tica, l em tudolidade ão que id nt o, sa, br isal nç os ge fá su fu bi si so ca entre or en táve stenta ade em o eu móação pret ama no ltural.P senSu sabilid Tant brio a sens ver um e pas. parr mor.É cu com um paço alha on Sabe e tem de eira vez e daresp as origenulo trab rtifies za sofás s m fa rt nt im ce pa ge , co ço ber to o Pa eira la pr faz pa uito mo so fa ofundo com ca esvel per que ele te há m com e quan com madrceria co ma tar prnforto mpletam ser ce bien isso s mos , em pa há a espu que co e co podem um re ele am ocuro rmaçõe e o, qu da as Pr info s qu e pl fícil ca po? a, m exem solta nsação ixando (ritem tura de tigas. Ibam fá, por eo. É di Há an sa se s, de Omo ól a mis ernas e da do so do petr ológico.comlava ho de ca? mod rin vem 0% ecsão que isso. mar minha chei 10 desua é . a ser outra vi parte, boa ser s) em é to a so sa or que ci uma a, em óvel é de anos ndên ário? er- Es O conf fá tem final. E ili m te te pens ndo o m e dura ifica que ca. So nto Exis de mob é uma lado mar oso e po signer Você a Qua idade, el Isso sign o e sign ndênci m seu todo gost muito de sico. ntir qual a casa. umism e. Te bá e se m as te anto quem o m te e na suor cons bilidad ar da, . Enqu igual, ncia. quec sent men sustenta m z re as es m que vá fa fe bo s di ênci te o. o em mai undo s estã iste ume m de se o tend to. Há tesã peça Já ex ad po panh amen traSuas países. identida esAcom mport elas mos , co rios gn com u aind do de ns anos O desi ileira? clichê? algu bras amos no lórico e já lc qu rr ba rido, fo , acho colo lizmente Fe

Form

v as in

em

ses

va enti

fres

fá a, so Acim o. Ao o Ninh model , , xo lado e, abai Ripa Cine da . sofá meron Deca s de Peça s cu Mar ra ei Ferr G 37 VISTAA

14 DE

TO DE AGOS

RE 2011


Defesa 92 85%

mil leitores em cada domingo

Mulheres

dos leitores da Revista.AG são exclusivos.

75% Idade média:

Gasto médio mensal dos leitores da Revista.AG

R$

Homens

30

25%

anos

78%

Classe social

125

Compras em Shoppings Centers

R$

705

Compras com cartão de crédito

R$

20%

642

Compras em supermercados

2% AB

C

DE


56 mil

leitores têm interesse em decoração.

53 mil

leitores têm interesse em arquitetura/construção.

67 mil

leitores têm interesse em arte/cultura artística. Renda média familiar

R$

3.772 ,38

Fonte: IPSOS Marplan. Grande Vitória: 2º trimestre de 2010. Universo: Leitores da Revista.AG.


Formatos e valores

1 pรกgina R$ 4.849,00

1/2 pรกgina R$ 2.546,00

Largura: xxxx cm Altura: xxxx cm 0,5 cm de sangria de cada lado

Largura: xxxx cm Altura: xxxx cm 0,5 cm de sangria de cada lado


1/3 pรกgina horizontal R$ 1.769,00

1/3 pรกgina vertical R$ 1.592,00

Largura: xxxx cm Altura: xxxx cm 0,5 cm de sangria de cada lado

Largura: xxxx cm Altura: xxxx cm 0,5 cm de sangria de cada lado


Giro AG aproveitamento Assinatura semanal na abertura do Giro.AG

+

1 rodapé semanal dentro do Giro.AG

+

duas 1/2 páginas no mês

Patrocínio: R$

8.750,00


Inserts

Valor unitรกrio: R$

1.650,00


Patrocínios A Revista.AG possui colunistas e seções que abordam assuntos de grande interesse do público leitor. Associar sua marca ou produto a estes conteúdos significa agregar valor a sua imagem, gerar visibilidade e despertar maior interesse pelos serviços oferecidos por sua empresa. Com o melhor custo-benefício do mercado, os patrocínios de colunas e seções proporcionam um retorno certo e imediato do seu investimento. Anuncie agora e aproveite pacotes especiais:

Saúde e Beleza

Abrindo o Baú

Casa Gourmet

Comer sem culpa

Clique Nessa

Decoração

É o bicho

pacote 1: colunas e seções

Paulo Coelho: Diário do Mago

André Andreas: Beber, comer e viver (vinhos)

Maria Sanz Martins:

Carlos Boechat Filho:

Crônica

Sexo

Periocidade: semanal - 4 inserções por mês Formato: 1/3 de página (horizontal ou vertical) Investimento: R$

3.000,00

Luciana Almeida: Etiqueta


7 6.1 2 s ) 92 r O a t AT ia con | (27 om.b NT a de 609 ta.c O C ila Mtivo 21.8 aze テ》 ecu 7) 33 deg E x l : ( 2 @ re Te aia am

20


Portifólio Revista.AG  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you