Page 1

4ª edição | 2014

De 6 de junho a 6 de julho

O melhor da gastronomia litorânea Conheça a diversidade da culinária paranaense. São 34 restaurantes que oferecem 20% de desconto em um prato selecionado


A riqueza da culinária paranaense

P

da Copa. É a oportunidade perfeita para reservar a forma de cozinhar, mostrar a diversidade da gastronomia, resgatar pratos caiçaras e destacar a beleza e a história do litoral. os ingredientes locais é uma preocupação cada vez mais presente O Festival é promovido pela Concessionária nos restaurantes. A valorização da cozinha Ecovia em parceria com a Adetur – Agência regional é um tema que entrou na pauta de Desenvolvimento Sustentável do Litoral dos proprietários que querem mostrar ao do Paraná. Em 2014, são 34 restaurantes – visitante a riqueza da culinária litorânea novo recorde de inscritos – que oferecem paranaense. Os nossos frutos do mar, a 20% de desconto em um prato selecionado banana-da-terra, o maracujá e o palmito para o período do evento. Os pupunha, por exemplo, nunca foram estabelecimentos ficam nas tão utilizados nas preparações. Com principais e mais belas cidades isso, quem ganha é também o do litoral: Antonina, Guaratuba, turista, que pode apreciar produtos Ilha do Mel, Matinhos, Morretes, frescos e com sabores únicos. Paranaguá e Pontal do Paraná. facebook.com/ saboresdolitoral A gastronomia litorânea do Nesta revista você poderá Paraná já conquistou seu lugar ter um gostinho da riqueza da de destaque no cenário nacional. culinária litorânea paranaense O barreado é motivo de orgulho e do talento de nossos chefs e para a região. Diversos estabelecimentos cozinheiros. Surpreenda-se, a cada página, oferecem a iguaria para quem quiser provar com os sabores. Depois, é só escolher um dos pratos preferidos do paranaense, o prato de acordo com seu paladar e se e que há mais de 200 anos faz parte da programar. Os restaurantes já estão com tradição culinária do estado. E o que falar as panelas no fogão esperando sua visita! das preparações com frutos do mar? Peixe, siri, camarão, ostra, lula e marisco Diego Pisante são os ingredientes-base para uma série de criações de nossos cozinheiros.

saiba mais

Tudo isso faz parte do cardápio do 4º Festival Sabores do Litoral, que acontece de 6 de junho a 6 de julho. Para este ano, a responsabilidade e a expectativa são ainda maiores, pois o Paraná irá receber milhares de turistas, tanto do nosso país quanto do exterior, para assistir aos jogos

A Revista Sabores do Litoral é uma publicação da concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A, produzida pela Assessoria de Comunicação – Coordenação da Relações Públicas Vera Cristina Sucoski Endereço: BR-277, Km 60,5 – Borda do Campo, São José dos Pinhais. Cep: 83075-000 Telefone: (41) 3381-6500

Davi Guedes Terna Diretor Superintendente – Ecovia Caminho do Mar

Produção de conteúdo, edição e revisão de texto: Literato Comunicação e Conteúdo e Ellen Miecoanski

Fotografia: Marcelo Krelling

Tradução: RC Tradutores

Tiragem: 35 mil exemplares

Jornalista responsável: Roberta Braga - DRT 5481PR

Impressão: Reproset Indústria Gráfica

*A apresentação dos pratos pode variar. As imagens são meramente ilustrativas.

Projeto gráfico e programação Visual: Versão Design

Distribuição gratuita


Índice

4

Antonina Baía de Antonina

8

9

Antonina Camboa Hotel

Guaratuba Restaurante do Hotel Santa Paula

13

14

Ilha do Mel Grajagan

Ilha do Mel Kiosque Treze Luas

18

19

Matinhos Canoa Quebrada I

23

Morretes Casarão

28

Morretes Ponte Velha Restaurante Panorâmico

Matinhos Farol das Conchas – Senac Caiobá

24

Morretes Restaurante Madalozo

29

Morretes Restaurante e Pizzaria Terra Nossa

33

Paranaguá Camboa Hotel

Estacionamento para carros

34

Paranaguá Le Bateau – Hotel San Rafael

Acessibilidade

5

6

Antonina Cantinho de Antonina

10

Guaratuba Mata Atlântica Restaurante Cabaraquara

15

Ilha do Mel Restaurante Mar & Sol

20

Matinhos Flórida Sushi Lounge Bar

25

Antonina Casa Verde

11

Guaratuba Sítio Sambaqui – Bistrô

16

Ilha do Mel Pousada e Restaurante Orquídeas

21

Matinhos Restaurante Gaivotas

26

Morretes My House

Morretes Nhundiaquara Hotel e Restaurante

30

31

Morretes Restaurante Villa Morretes

35

Pontal do Paraná Burghezia Bar e Restaurante

Aceita pets

Paranaguá A’Bonbonne Sabor Absoluto

36

Pontal do Paraná Restaurante Caiçara

Espaço para crianças

Internet wifi

7

Antonina Le Bistrô

12

Ilha do Mel Pousada e Restaurante Fim da Trilha

17

Ilha do Mel Pôr-do-Sol Bar & Restaurante

22

Matinhos La Bodeguita Restaurante

27

Morretes O Celeiro Eco Gastronomia

32

Paranaguá Casa do Barreado

37

Pontal do Paraná Marissol Restaurante e Choperia Ambiente climatizado


Antonina

Baía de Antonina

Culinária típica de Antonina

prato do festival Peixe à Moda Nativa Peixe ensopado. Acompanhamentos: pirão do mesmo peixe, arroz, farofa, salada mista e maionese.

Fish stew. Side dishes: mush of the same fish, rice, farofa, mixed salad and potato salad. Valor: R$ 75 Durante o Festival: R$ 60 Serve 2 pessoas.

Baía de Antonina

O Peixe à Moda Nativa é o prato criado pelo Restaurante e Petiscaria Baía de Antonina para o Festival Sabores do Litoral. O peixe ensopado é servido acompanhado de pirão preparado do mesmo peixe, arroz, farofa, salada mista e maionese. O proprietário, Wilson Clio Filho, conta que esse é um dos pratos que o morador da cidade é acostumado a comer em casa. “A ideia é mostrar a culinária tipicamente antoninense.” Wilson conta que o cardápio do restaurante traz, além de barreado e frutos do mar, opções da cozinha 4

4.º Sabores do Litoral

caiçara. Ele, que nasceu e mora na cidade, explica que o objetivo é resgatar o orgulho da culinária típica. Para dar sabor aos alimentos, usam na cozinha os temperos que os moradores da região costumam ter em casa, como cheiro verde, alfavaca e manjericão. Reaberto em 2008, possui localização privilegiada: dentro do mercado municipal e bem em frente ao trapiche e à bela Baía de Antonina, que empresta seu nome ao restaurante. “É um dos pontos da cidade mais visitados pelos turistas.” n

Rua Conselheiro Antônio Prado, 69. Box nº 12 – Antonina (41) 3432-4016 Facebook: Baía de Antonina Restaurante Funcionamento: Terça, quarta, quinta e domingo, inclusive feriados, das 11h30 às 15h Sextas e sábados: das 11h30 às 15h e das 19h às 23h Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, Hipercard, Visa Vale, Sodexo e dinheiro

Número de mesas: 20


Antonina

prato do festival Siri de Antonina Entrada: casquinha de siri. Prato principal: risoto de siri com arroz integral e filé de pescada grelhado na manteiga. Acompanhamentos: creme de moranga com leite de coco e camarão. Sobremesa: calda de banana.

Cantinho de Antonina

Siri: um orgulho para a região

Starter: crab meat in its shell. Main dish: crab risotto with whole grain rice and hake fillet grilled in butter. Side dish: pumpkin cream with shrimp and coconut milk. Dessert: Banana paste in syrup. Valor: R$ 85 Durante o Festival: R$ 68 Serve 2 pessoas.

Cantinho de Antonina Rua Conselheiro Antônio Prado. Mercado Municipal, Box nº 3. Centro – Antonina (41) 3432-0232/ (41) 8429-7399 Funcionamento: Quarta, quinta, sábado, domingo, segunda e feriados, das 8h às 18h Sexta, das 8h às 2h Pagamento: Visa, Master e dinheiro

Número de mesas: 25

Famoso em todo o estado, o siri de Antonina é motivo de orgulho para a região. Para Joaquim Ferreira dos Santos, proprietário do restaurante Cantinho de Antonina, o crustáceo tem ainda mais significado. Foi graças às preparações com siri que ficou conhecido e recebeu o apelido de “Joaquim do Siri”. Quem quiser provar a iguaria, pode escolher entre o caldo, o pastel, a empadinha, a panqueca, o bolinho e, como não poderia deixar de ser, a casquinha de siri. Para Joaquim, o segredo está na forma como os pescadores da região entregam a

carne do siri, em pedaços maiores. “Na preparação, tomo cuidado para não desmanchar muito esses pedaços, que fazem com que o sabor do siri fique mais marcante.” Para o Festival, Joaquim criou o prato Siri de Antonina, que traz como entrada sua famosa casquinha de siri e, como prato principal, uma combinação de risoto de siri preparado com arroz integral e filé de pescada grelhado na manteiga. Acompanha, ainda, um saboroso creme de moranga com leite de coco e camarão, além da calda de banana, servida como sobremesa. n 4.º Sabores do Litoral

5


Antonina Casa Verde

Uma homenagem a Antonina O restaurante Casa Verde, que tem 10 anos de funcionamento, criou para o Festival um prato que demonstra o carinho dos proprietários, André e Gleisi Furlanetto, que são de Curitiba, pela região. O Banquete Caiçara traz um pouco da cozinha regional com o toque exclusivo do casal. A moqueca de peixe é preparada com leite de coco, cebola, tomate e coentro. Para acompanhar, arroz branco, palmito pupunha da região com óleo de amêndoas, bananada-terra assada e farofa de dendê. O local mudou, há quatro anos, seu conceito de culinária, passando a seguir os princípios do movimento slow food, onde a pressa é inimiga da refeição. A ideia é saborear os alimentos com calma, para poder apreciar a gastronomia. “O nosso objetivo é mostrar diferentes sabores ao cliente”, conta André. O carro-chefe da casa é a Sequência Ítalo-Caiçara, uma refeição servida em etapas, com algumas opções de entrada, três pratos principais e sobremesa. Outros pilares adotados pelo estabelecimento são o uso de produtos da estação e de ingredientes sempre frescos, além de priorizar os produtores locais. n

prato do festival Banquete Caiçara Moqueca de peixe com leite de coco, cebola, tomate e coentro. Acompanhamentos: arroz branco, palmito pupunha da região com óleo de amêndoas, banana-da-terra assada e farofa de dendê.

Valor: R$ 90 Durante o Festival: R$ 72 Serve 2 pessoas.

Fish stew with coconut milk, onions, tomatoes and coriander. Side dishes: white rice, palm heart of the region with almond oil, roasted banana and palm oil farofa.

Travessa Marinho de Souza Pinto, 34 – Centro – Antonina (41) 3432-3612 www.cantinacasaverde.com.br

Casa Verde

Facebook: Cantina Casa Verde Funcionamento: Quinta e sexta, a partir das 19h02 Sábado, domingo e feriados, a partir das 11h47 Pagamento: Visa, Master, American Express e dinheiro

Número de mesas: 10

6

4.º Sabores do Litoral


Antonina

prato do festival Rodízio de Frutos do Mar com Barreado Entradas: salada mista tropical com manga e queijo branco, molho tártaro, pão, croquete de peixe e camarão, e isca de peixe. Pratos principais: barreado e seus acompanhamentos – banana, laranja, farinha de mandioca e arroz branco –, filé de peixe e camarão branco à milanesa, camarão ao molho com pupunha e carne de siri refogada.

Le Bistrô

O mais pedido da casa

Starters: tropical mixed salad with mango and white cheese, tartar sauce, bread, fish and shrimp croquette and breaded fish pieces. Main dishes: barreado meat with side dishes – banana, orange, cassava flour and white rice – breaded fish fillet, breaded white shrimp, breaded white shrimp, shrimp with palm heart sauce and braised crab meat. Valor: R$ 54,90 Durante o Festival: R$ 43,90 Serve 1 pessoa.

Le Bistrô Travessa Vitório Carraro, 25. Centro – Antonina (41) 3432-4947 www.bistroantonina.com.br Funcionamento: De quarta a sábado, das 11h30 às 15h e das 18h30 às 23h. Domingo, segunda e feriados, das 11h30 às 15h Pagamento: Visa, Master, American Express, Hipercard, Diners, Visa Vale, Sodexo e dinheiro

Número de mesas: 28

O Rodízio de Frutos do Mar com Barreado está no cardápio do Le Bistrô desde que o local abriu, no ano 2000, sob o comando de Ana Eliza Correa de Souza. Pedido por mais de 80% dos clientes, é a sugestão para o Festival Sabores do Litoral. O prato é servido à vontade e começa a surpreender já com as entradas: salada mista tropical com manga e queijo branco, molho tártaro, pão, croquete de peixe e camarão e isca de peixe. Quando chegam os pratos principais, mais uma sequência de delícias regionais: o barreado e seus

acompanhamentos – banana, laranja, farinha de mandioca e arroz branco, seguido de filé de peixe e camarão branco à milanesa, camarão ao molho com palmito pupunha da região e carne de siri refogada. Uma refeição que irá encantar a todos com os sabores da culinária litorânea. A vista extraordinária é outro destaque do Le Bistrô: localizado em uma área mais alta, é possível ter uma visão ampla de quase toda a Baía de Antonina, fazendo com que o local seja o cenário perfeito para aquele almoço especial com a família e os amigos. n 4.º Sabores do Litoral

7


Antonina

Camboa Hotel Antonina

prato do festival

Temporada da tainha

Tainha Camboa Tainha desossada recheada com farofa de camarão. Acompanhamentos: salada verde, banana à milanesa, arroz branco e molho de pinhão.

Mullet stuffed with shrimp farofa. Side dishes: green salad, breaded banana, rice and pine nuts sauce. Valor: R$ 104 Durante o Festival: R$ 82 Serve 3 a 4 pessoas.

Camboa Hotel Antonina No inverno é quando a tainha pode ser pescada e é encontrada em abundância no litoral paranaense. Por isso, o restaurante do Hotel Camboa de Antonina escolheu o peixe como sugestão para o Festival Sabores do Litoral, além de aproveitar outro ingrediente sazonal: o pinhão. O resultado é a Tainha Camboa, que traz o peixe já desossado e recheado com farofa de camarão. Os acompanhamentos são: salada verde, banana à milanesa, arroz branco e um 8

4.º Sabores do Litoral

delicioso molho de pinhão. O prato foi criado pelo chef de cozinha do restaurante, Luiz Fernando de Paula, e promete encantar os apaixonados pelo sabor marcante e único da tainha. O restaurante fica instalado em um local que conserva ruínas de pedra da metade do século XVIII, deixando o ambiente ainda mais charmoso. Outro ponto alto é que fica de frente para a Baía de Antonina. O restaurante abre ao público em datas especiais. Para degustar o prato do Festival, é necessário fazer a reserva antecipada. n

Rua Valle Porto, 208. Centro – Antonina (41) 3432-3267 www.hotelcamboa.com.br Facebook: Hotel Camboa Antonina Funcionamento: De quarta a domingo, das 12h às 15h e das 19h às 22h Feriados aberto * Para o prato do festival é necessário reserva. Pagamento: Visa, Master, American Express, cheque e dinheiro

Número de mesas: 28


Guaratuba

prato do festival Peixe e Camarão com Nhoque Caseiro Nhoque de batata caseiro, peixe capixaba e camarões grelhados servidos no palito. Acompanhamento: salada mista.

Restaurante do Hotel Santa Paula

Massa ou frutos do mar?

Homemade potato gnocchi, capixaba fish and grilled shrimp served on skewers. Side dish: mixed salad. Valor: R$ 35 Durante o Festival: R$ 28 Serve 1 pessoa.

Restaurante do Hotel Santa Paula Av. Visconde do Rio Branco, 650 – Guaratuba (41) 3443-1299 www.santapaulahotel.com.br Facebook: Hotel Santa Paula Funcionamento: Sexta e sábado, das 12h às 15h e das 19h às 22h Domingo e feriados, das 12h às 15h Pagamento: Visa, Master, Hipercard, American Express, Diners e dinheiro

Número de mesas: 40

Na dúvida, fique com os dois. Esta é proposta do prato oferecido pelo restaurante do Hotel Santa Paula. O Peixe e Camarão com Nhoque Caseiro irá agradar os amantes de frutos do mar e da culinária italiana. E o melhor, a massa é caseira, preparada no próprio restaurante pela cozinheira-chefe, Regina Célia Paes, que tem mais de 30 anos de experiência em gastronomia. Essa deliciosa combinação foi criada especialmente para o Festival Sabores do Litoral. Servido em porção individual, traz, além do nhoque de batata caseiro,

peixe capixaba – preparado no molho de tomate com manjericão e ervas finas – e três camarões grelhados servidos no palito. Para acompanhar, uma deliciosa salada mista. O restaurante, que é bastante procurado na região, traz duas opções aos clientes: buffet e à la carte. Entre os pratos preferidos, além dos frutos do mar, estão as porções, as pizzas e as sopas. O café da manhã também é aberto ao público. O restaurante fica dentro do Hotel Santa Paula, que funciona desde 1971. Tradição e qualidade definem o local. n 4.º Sabores do Litoral

9


Guaratuba Mata Atlântica Restaurante Cabaraquara

Refeição em meio à natureza O Mata Atlântica Restaurante Cabaraquara é um lugar para almoçar e aproveitar as belezas naturais do litoral. É cercado pelo Morro do Cabaraquara, pela Baía de Guaratuba e pela Mata Atlântica. Antes ou depois da refeição, é possível fazer um passeio pelo jardim sensorial, ir até o deck – passando pelo mangue e chegando à Baía –, sentar nos balanços e bancos ou simplesmente relaxar nas redes da área de descanso. Aberto há três anos, o local é comandado por Odair Pinto Xavier, sua esposa, Luiza, e pela filha Ana Carolina. “Compramos o sítio há 14 anos com o sonho de vir morar aqui. Aos poucos fomos construindo, sempre tentando preservar ao máximo a natureza”, conta Odair. Participando pela primeira vez do Festival Sabores do Litoral, o restaurante trouxe um prato que mostra sua filosofia de resgatar pratos regionais, o Baião Caiçara. Uma deliciosa combinação de arroz com açafrão e frutos do mar: camarão, peixe e marisco grelhados. O toque final do prato fica por conta da banana-caturra, que é do próprio terreno. O cardápio inclui também frutos do mar e 19 tipos de ostras, cultivadas na região. n

prato do festival Baião Caiçara Arroz com açafrão, frutos do mar – camarão, peixe e marisco – e banana-caturra.

Valor: R$ 175 Durante o Festival: R$ 140 Serve de 2 a 3 pessoas.

Saffron rice, seafood - shrimp, fish and shellfish - and “caturra” banana.

Mata Atlântica Restaurante Cabaraquara Estrada do Cabaraquara, s/n – Guaratuba (41) 9115-6113 Facebook: Cabaraquara Mata Atlântica Funcionamento: Sexta, sábado, domingo e feriados, das 12h às 19h Pagamento: Visa, Master, Hipercard, Diners, American Express, Elo e dinheiro

Número de mesas: 10

10

4.º Sabores do Litoral


Guaratuba

prato do festival Risoto Sambaqui Arroz arbóreo com uma dúzia de ostras in natura.

SÍtio Sambaqui – Bistrô

Para comer ostra do “quintal”

Arboreal rice with a dozen raw oysters. Valor: R$ 38 Durante o Festival: R$ 30,40 Serve 1 pessoa.

Sítio Sambaqui – Bistrô Estrada do Cabaraquara, s/n – Guaratuba (41) 8471-2043 ou (41) 9222-5942 Facebook: Sítio Sambaqui – Bistrô Funcionamento: Sábado e feriados, das 11h30 às 21h e domingo, das 11h30 às 19h Pagamento: Cartão de débito, cheque e dinheiro

Número de mesas: 15

Se você quer comer ostras fresquinhas o Sítio Sambaqui – Bistrô é o lugar ideal. Com uma área de preservação e cultivo próprio, as ostras são retiradas no mesmo dia que serão servidas ao cliente. Depois de limpas, vão para a cozinha, onde passam pelas mãos dos sócios, chefs e professores do curso de Cozinheiro do Senac Caiobá, Kaio Trevizan e Mário Meirelles. Depois, são servidas de 18 formas diferentes e também como protagonistas de algumas preparações. É o caso do prato escolhido para o Festival Sabores do Litoral, o Risoto

Sambaqui. Feito com arroz arbóreo e uma dúzia de ostras in natura, é finalizado com um tempero da casa que inclui açafrão, um leve toque de alfavaca e queijo parmesão. O risoto é servido em prato individual e promete encantar os amantes de ostra. O bistrô, que funciona há 10 anos, possui vista única para a Mata Atlântica. Em um agradável passeio pelo deck, passando pelo mangue e chegando à Baía de Guaratuba, é possível avistar as lanternas, locais onde as ostras são cultivadas. Mensalmente, as ostras passam por uma análise do Projeto Cultimar da UFPR, que atesta que estão frescas e saudáveis. n 4.º Sabores do Litoral

11


Ilha do Mel Pousada e Restaurante Fim da Trilha

Cozinha responsável e gastronomia de qualidade No final da trilha da praia de Encantadas fica uma surpresa pra lá de agradável, a Pousada e Restaurante Fim da Trilha, um espaço aconchegante, tranquilo e que possibilita ao visitante uma experiência de contato com a natureza e com a boa gastronomia. O chef de cozinha Guilherme Furtado conta que o prato escolhido para o Festival – o local participa desde a primeira edição – é um dos sucessos do cardápio, o Peixe Fim da Trilha. Leve e delicioso, traz filé de peixe (congrio rosa ou peixe local) grelhado e gratinado com molho bechamel e queijo parmesão. Para acompanhar, arroz branco e guarnição do dia, que pode variar entre opções como purê de batatas, batata assada, legumes no vapor e salada. O restaurante possui decoração rústica e vista para o jardim, deixando a refeição ainda mais agradável. Guilherme, que já é da segunda geração da família no comando da pousada, explica alguns dos pilares que orientam a gastronomia responsável do restaurante. “Trabalhamos com fornecedores mais próximos, para movimentar o comércio local e também evitamos o desperdício de alimentos.” n

prato do festival Peixe Fim da Trilha Filé de peixe grelhado gratinado com molho bechamel e queijo parmesão. Acompanhamentos: arroz branco e guarnição do dia.

Fillet of grilled fish au gratin with bechamel sauce and parmesan cheese. Side dishes: white rice and side dish of the day.

Valor: R$ 39,90 Durante o Festival: R$ 31,90 Serve 1 pessoa.

Pousada e Restaurante Fim da Trilha Trilha da Gruta, Praia de Encantadas – Ilha do Mel (41) 3426-9017 www.fimdatrilha.com.br Facebook: Fim da Trilha Pousada & Gastronomia Funcionamento: Todos os dias, das 11h30 às 16h e das 18h30 às 22h Feriados aberto Pagamento: Visa, Master e dinheiro

Número de mesas: 30

12

4.º Sabores do Litoral


Ilha do Mel

prato do festival Especial Grajagan Posta de pescada amarela, camarão e lula grelhados. Acompanhamentos: legumes grelhados, arroz, feijão, salada e batata frita.

Grajagan

Natureza, decoração original e boa gastronomia

Yellow hake paste, grilled shrimp and squid. Side dishes: grilled vegetables, rice, beans, salad and fries. Valor: R$ 148 Durante o Festival: R$ 118 Serve de 2 a 3 pessoas.

Grajagan Praia Grande, s/n – Ilha do Mel (41) 3426-8043 www.grajagan.com.br Funcionamento: Todos os dias, sob reserva, para almoço e jantar * Para o prato do festival é necessário reserva. Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, cheque e dinheiro

Número de mesas: 30

É impossível não encantar-se com o restaurante Grajagan. Estátuas que o proprietário, Rogério Hauer Reichert, trouxe da Indonésia, artesanato local, partes de navios, conchas e mosaicos são apenas alguns dos itens que compõem a decoração. Cada espaço é único, uma mesa é diferente da outra, e as crianças irão divertirse ao escolher comer em mesas adaptadas dentro de canoas. O restaurante funciona dentro do Grajagan Surf Resort e Pousada, um refúgio ecológico de 6 mil metros quadrados. O nome do local foi escolhido por Rogério, que é

surfista, em homenagem a uma praia da Ilha de Java, na Indonésia. A localização é privilegiada: bem em frente à Praia Grande, considerada uma das melhores da Ilha para a prática de atividades físicas. Uma rápida caminhada pela trilha e você já está na praia. O prato escolhido para o Festival Sabores do Litoral, do qual o restaurante participa pela primeira vez, foi o Especial Grajagan, que é o prato da casa. Servido em uma chapa, traz posta de pescada amarela, camarão, lula e legumes grelhados. Acompanha, ainda, arroz, feijão, salada e batata frita. n 4.º Sabores do Litoral

13


Ilha do Mel Kiosque Treze Luas

Sabor e saúde de mãos dadas O Kiosque Treze Luas funciona anexo à Pousada Treze Luas, que fica a 20 metros da praia, em Nova Brasília, na Ilha do Mel. O restaurante passou por uma reforma recentemente e está mais amplo e aconchegante. A decoração usa o bambu como elemento predominante, deixando o local ainda mais charmoso. Quem comanda o restaurante é o sócio e chef de cozinha, Gilvan Francisco de Souza. A preocupação com a saúde e a qualidade da alimentação é uma das prioridades de Gilvan. Por isso, buscou incluir no cardápio pratos mais leves, além de opções vegetarianas. “Meu slogan aqui é ‘sabor e saúde’. Oferecemos pratos saborosos e que são preparados de forma mais saudável, com pouca gordura”, conta. Participando pela primeira vez do Festival Sabores do Litoral, o Kiosque Treze Luas escolheu o Risoto de Camarão e Palmito. “Já é um prato bastante elogiado pelos clientes”. A refeição encanta também pela apresentação: é servido empratado e decorado com apetitosos camarões. n

prato do festival Risoto de Palmito e Camarão Risoto de palmito e camarão.

Palm heart risotto and shrimp.

Valor: R$ 34 Durante o Festival: R$ 27 Serve 1 pessoa.

Kiosque Treze Luas Farol das Conchas – Nova Brasília – Ilha do Mel (41) 3426-8177 Facebook: Kiosque Treze Luas Funcionamento: Todos os dias, inclusive feriados, das 12h às 17h e das 18h às 22h Pagamento: Visa, Master, Hipercard e dinheiro

Número de mesas: 12

14

4.º Sabores do Litoral


Ilha do Mel

prato do festival Peixe Inteiro Robalo ou pescada servido inteiro. Acompanhamentos: batata sauté, arroz branco, vinagrete, farofa e salada mista.

Restaurante Mar & Sol

Tempero caseiro e peixes da região

Sea bass or hake served whole. Side dishes: sautéed potatoes, white rice, vinaigrette, farofa and mixed salad. Valor: R$ 70 Durante o Festival: R$ 56 Serve 2 pessoas.

Restaurante Mar & Sol Praça Felipe Valentim – Farol das Conchas – Nova Brasília – Ilha do Mel (41) 3426-8021 www.restaurantemaresol. com.br Funcionamento: Todos os dias, inclusive feriados, das 11h às 22h Pagamento: Visa, Master, American Express, Visa Vale, Elo, cheque e dinheiro

Número de mesas: 46

O Restaurante Mar & Sol, que funciona desde 1989, está localizado próximo ao Farol das Conchas, na Ilha do Mel. Os proprietários, Roseli Valentim Santos Lima e Valdir Soares Mendes, nativos da Ilha, é que vão para a cozinha e fazem questão de manter a preparação dos pratos de forma bem caseira. “Os peixes são comprados diretamente dos pescadores da Ilha e a limpeza é feita no próprio restaurante”, conta Roseli. O prato escolhido para o Festival Sabores do Litoral foi o Peixe Inteiro. O peixe – robalo ou pescada – é

servido inteiro acompanhado de batata sauté, arroz branco, vinagrete, farofa e salada mista. Outro astro do cardápio do restaurante é a moqueca de peixe, muito elogiada pelos clientes. O local é amplo, com decoração rústica e móveis de madeira, deixando o ambiente com aquela sensação agradável de casa de praia. O atendimento também é outro diferencial do local, com garçons bem treinados e sempre muito simpáticos. O restaurante chega a atender mais de 500 pessoas nos dias mais movimentados. n 4.º Sabores do Litoral

15


Ilha do Mel

Pousada e Restaurante Orquídeas

Frutos do mar com toque oriental

prato do festival Yaki Orquídeas Yakisoba com frutos do mar e legumes.

Yakisoba with seafood and vegetables. Valor: R$ 60 Durante o Festival: R$ 48 Serve 2 pessoas.

Pousada e Restaurante Orquídeas Praia de Encantadas – Ilha do Mel (41) 3426-9014 www.pousadaorquideas.com

Na Praia de Encantadas, na Ilha do Mel, funciona há 10 anos a Pousada e Restaurante Orquídeas. Participando pela 4ª vez do Festival Sabores do Litoral, o local resolveu inovar e trouxe um prato diferente, recentemente adicionado ao cardápio: o Yaki Orquídea, que é uma adaptação do tradicional prato japonês de macarrão com carnes. A diferença é que as carnes são substituídas por frutos do mar. O novo prato, contam a chef de cozinha Maria Elenice Araújo Miranda e a subgerente 16

4.º Sabores do Litoral

Morgana Borges, já está sendo bastante pedido pelos clientes. A receita traz camarão rosa, lula, macarrão yakisoba, brócolis, couve-flor, cenoura baby, shitake, gengibre, pimentão verde, vermelho e amarelo, cebola e shoyo. Uma combinação deliciosa e leve. O cardápio do local é bastante variado e inclui frutos do mar, carnes, massas, além de opções vegetarianas. Entre os carros-chefes estão o Camarão na Moranga e o Espaguete Orquídeas com Frutos do Mar. Outro diferencial do restaurante é que ele também abre para café da manhã, das 8h30 às 10h. n

Facebook: Pousada e Restaurante Orquídeas Funcionamento: De segunda a sábado, das 12h30 às 16h e das 19h às 22h Domingos: 12h30 às 22h Feriados aberto Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, Hipercard e dinheiro

Número de mesas: 20


Ilha do Mel

prato do festival Prato Pôr-do-Sol Filé de peixe (pescada) grelhado, camarão crocante, lula à dorê, bolinho de siri e camarão ao molho. Acompanhamentos: arroz, salada mista e batata palha.

Pôr-do-Sol Bar & Restaurante

Para comer “dentro d’água”

Grilled fish fillet (hake), crispy shrimp, fried calamari squid, crab balls and shrimp with sauce. Side dishes: rice, mixed salad and fried grated potato. Valor: R$ 87,50 Durante o Festival: R$ 70 Serve 2 pessoas.

Pôr-do-Sol Bar & Restaurante Praia do Limoeiro – Nova Brasília – Ilha do Mel (41) 3426-8009 www.pousadapordosol.com.br Funcionamento: Todos os dias, inclusive feriados, das 11h às 16h e das 19h às 22h Pagamento: Visa, Master, Hipercard e dinheiro

Número de mesas: 26

O Pôr-do-Sol Bar & Restaurante fica na tranquila Praia do Limoeiro, na Ilha do Mel. Aqui, é possível desfrutar a refeição praticamente “dentro d’água”, conforme brinca o gerente do local, Érico Prado. Isso porque o restaurante possui um amplo deck junto à praia. Quando a maré sobe, a sensação chega a ser essa mesma: estar praticamente na água. O restaurante funciona dentro da Pousada Pôr-do-Sol e é aberto ao público. Além dos hóspedes,

é frequentado por quem quer fazer uma refeição sem barulho, em um local mais tranquilo, curtindo a brisa do mar e uma vista privilegiada. Para o Festival Sabores do Litoral, o estabelecimento criou um prato especial, que traz uma combinação certeira de frutos do mar. O Prato Pôr-do-Sol é composto por filé de peixe (pescada) grelhado, camarão crocante, lula à dorê, bolinho de siri e camarão ao molho. Para acompanhar: arroz, salada mista e batata palha. n 4.º Sabores do Litoral

17


Matinhos

prato do festival Canoa Quebrada I

Refeição com a brisa do mar

Especial Praia Brava Dois filés de linguado grelhados, 200 gramas de lulas flambadas ao vinho com alcaparras e champignon e 200 gramas de camarão empanado à romana. Acompanhamentos: molho de camarão, arroz branco e purê de batatas.

Two filetts of grilled sole, 200 grams of squid flambéed with wine, with capers and mushrooms and 200 grams of roman style prawn. Side dishes: shrimp sauce, white rice and mashed potatoes. Valor: R$ 120 Durante o Festival: R$ 96 Serve 2 pessoas.

Canoa Quebrada I Especial Praia Brava é o nome do novo prato criado pelo restaurante Canoa Quebrada I especialmente para o Festival Sabores do Litoral. “Este ano resolvemos criar algo diferente, que servisse duas pessoas, fosse mais leve, mas muito saboroso”, conta Andreia Alves, sócia e chefe da cozinha. O restaurante fica bem em frente à Praia Brava, em Caiobá, por isso o nome escolhido. Uma combinação de frutos do mar compõe o prato: são dois filés de linguado grelhados, 200 gramas de lulas flambadas ao vinho com alcaparras e champignon e 200 18

4.º Sabores do Litoral

gramas de camarão empanado à romana. Para completar a refeição: molho de camarão, arroz branco e purê de batatas. O proprietário, Lázaro de Oliveira, e sua esposa, Andreia, começaram os negócios com um quiosque na praia e aos poucos foram crescendo. Hoje, é um dos restaurantes mais movimentados da região. Para apreciar os pratos e os petiscos, os clientes podem escolher entre o salão climatizado ou o agradável deck com vista para o mar. Uma área com sofás e poltronas está disponível para quem quiser descansar após a refeição. n

Av. Atlântica esquina com Av. Londrina – Caiobá – Matinhos (41) 3473-4162 www.restaurantecanoaquebrada. com.br Facebook: Restaurante Canoa Quebrada I Funcionamento: Quarta a segunda, inclusive feriados, das 11h30 até às 24h ou a saída do último freguês Pagamento: Visa, Master, Hipercard, American Express e dinheiro

Número de mesas: 37


Matinhos

prato do festival Linguado Farol das Conchas Filé de linguado grelhado com creme de camarão e requeijão, servido com abacaxi dourado, panaché de legumes e arroz. De sobremesa, parfait de banana (mousse de banana-da-terra em casca de chocolate amargo).

Farol das Conchas – Senac Caiobá

Ensinando boa gastronomia

Filet of sole grilled with cream of shrimp and cream cheese, served with golden pineapple, panache of vegetables and rice. Dessert: banana parfait (banana mousse in a dark chocolate shell) Valor: R$ 63,50 Durante o Festival: R$ 50,80 Serve 2 pessoas.

Farol das Conchas – Senac Caiobá Hotel SESC Caiobá – Rua José Pinto Rebelo Jr., 1º andar – Caiobá – Matinhos (41) 3473-1186 ou 0800-6436346 www.pr.senac.br Funcionamento: De terça a sábado, das 19h às 24h . Domingo das 11h30 às 15h Feriados, aberto em horário normal Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, Elo, Sodexo e dinheiro

Número de mesas: 24

Em dezembro de 2011 o litoral paranaense ganhou o seu primeiro restaurante-escola: o Farol das Conchas, que traz a experiência do Senac de 60 anos em gastronomia. O local veio para suprir a demanda de crescimento da região, com foco em qualificar e profissionalizar a mão de obra e as empresas. O restaurante funciona dentro do Senac Caiobá, no 1º andar. O Farol das Conchas é aberto ao público e oferece o melhor da cozinha internacional. “Tudo é preparado por nossos professores e alunos dentro das boas práticas de cozinha”, conta

a gerente-executiva da unidade, Paula Regina Monteiro Sindeaux. Os clientes podem escolher entre fazer a refeição no amplo salão com decoração contemporânea ou no deck, ambos com vista para o mar. Para o Festival Sabores do Litoral, o restaurante oferece o carro-chefe da casa, o Linguado Farol das Conchas, que traz um delicioso filé de linguado grelhado com creme de camarão e requeijão. Para acompanhar, abacaxi dourado, panaché de legumes e arroz branco. A sobremesa oferecida é o parfait de banana, uma mousse de banana-da-terra em casca de chocolate amargo. n 4.º Sabores do Litoral

19


Matinhos

prato do festival

Flórida Sushi Lounge Bar

Salmão, o protagonista

Combinado Pipeline Salmão Combinado de salmão com 48 peças de sushis e sashimis.

Salmon combo with 48 pieces of sushi and sashimi. Valor: R$ 98 Durante o Festival: R$ 78 Serve de 2 a 4 pessoas

Flórida Sushi Lounge Bar Av. Paranaguá, 4.334. Balneário Flórida – Matinhos (41) 3452-7180 Facebook: Florida Sushi Lounge Bar

O prato escolhido para o 4º Festival Sabores do Litoral é um dos carros-chefes do Flórida Sushi Lounge Bar, estabelecimento comandado pelo casal Samaroni e Daniela dos Santos. O Combinado Pipeline Salmão traz 48 peças de sushis e sashimis. Entre os sushis, alguns dos mais apreciados pelos amantes da culinária japonesa: philadelfia, skin, shake e joe. O sashimi vem em duas versões: tradicional e contemporâneo, que é servido selado e com crosta de gergelim, acompanhado de molho agridoce tarê. O Flórida Sushi Lounge Bar é o 1º da 20

4.º Sabores do Litoral

região especializado exclusivamente na culinária japonesa. Com apenas dois anos de funcionamento, já se tornou parada obrigatória para os moradores locais e também para os turistas que vêm ao litoral. O local funciona ao lado do Restaurante Flórida, comandado pela família de Samaroni. Apenas produtos frescos, de 1ª linha, são utilizados na cozinha, e todos os pratos são feitos na hora, artesanalmente. “Queremos manter a arte de preparação da culinária japonesa, e não nos tornar uma espécie de fast food do gênero”, diz Samaroni. n

Funcionamento: De terça a sábado, das 19h às 23h (Rodízio de terça a quinta e à la carte todos os dias) Pagamento: Rede Elo, Master, Hipercard, Visa, American Express, Diners e dinheiro

Número de mesas: 20


Matinhos

prato do festival Salmão ao molho de catupiry Filé de salmão grelhado com molho à base de queijo catupiry. Acompanhamentos: três espetinhos de camarão branco grelhado, batata sauté, legumes na manteiga, salada mista, arroz branco, arroz com alho e feijão.

Restaurante Gaivotas

Para agradar toda a família

Grilled salmon fillet with cream cheese sauce. Side dishes: three skewers of grilled white shrimp, saute potatoes, vegetables in butter, mixed salad, white rice, rice with garlic and beans. Valor: R$ 92,40 Durante o Festival: R$ 73,90 Serve 2 pessoas.

Restaurante Gaivotas Av. Paranaguá, 221 – Balneário Gaivotas – Matinhos (41) 3456-1418 Facebook: Gaivotas Restaurante Funcionamento: Segunda a sexta, das 11h30 às 15h30 e das 18h às 21h30 Sábado e feriados, das 11h30 às 22h30 Domingo, das 11h30 às 16h Pagamento: Visa, Master, Hipercard, American Express, Elo, Visa Vale e dinheiro

Número de mesas: 40

O Restaurante Gaivotas, que fica no balneário de mesmo nome, é um dos mais tradicionais da região: há 15 anos oferece opções deliciosas de frutos do mar, carnes e massas. O sucesso é fruto da experiência de Sonia, que há 33 anos atua no ramo da gastronomia. Hoje, ela divide a administração do local com os filhos, Fábio e Vitor Frederico. A família criou para o Festival uma receita especial. O Salmão ao Molho de Catupiry traz um filé de salmão grelhado coberto com um delicioso molho à base de queijo catupiry. “Quisemos oferecer algo

bem diferente do que temos em nosso cardápio”, conta Fábio. Para acompanhar, o prato traz três espetinhos de camarão branco grelhado, batata sauté, legumes na manteiga, salada mista, arroz branco, arroz com alho e feijão. O Restaurante Gaivotas preza pela qualidade da comida e pelo bom atendimento. “Essa é a fórmula do sucesso”, diz Fábio. O local reserva ainda uma surpresa para as crianças, uma ampla área de recreação, que conta com parquinho e piscina de bolinhas. É garantia de sucesso com toda a família. n 4.º Sabores do Litoral

21


Matinhos La Bodeguita

Sucessos da casa em versão especial O restaurante La Bodeguita, que fica no balneário Betaras, em Matinhos, é um dos mais conhecidos da região: são 17 anos de tradição. Participante do Festival Sabores do Litoral desde a 1ª edição, para este ano o proprietário Sidney Agassi resolveu apostar em um mix de alguns dos pratos mais vendidos da casa e criou o Trio do Sucesso. A combinação traz um duo de sabores de camarão: oito camarões recheados com catupiry empanados na farinha panko (à moda milanesa) e camarões flambados na manteiga Café Paris cobertos com creme de palmito e servidos no abacaxi. Para fechar o trio, 450 gramas de salmão assado coberto com alcaparras, azeitonas, palmito e champignon. E para acompanhar: salada mista, arroz branco, arroz com alho e pirão de peixe. O La Bodeguita oferece um cardápio bem variado: além de frutos do mar, traz carnes, assados e sushi e sashimi (de quarta a sábado, a partir das 19h). O local está sempre com novidades no cardápio. Quem for ao restaurante à noite, de quinta a sábado, ainda poderá desfrutar de uma agradável música ao vivo. n

prato do festival Trio do Sucesso Oito camarões recheados com catupiry empanados na farinha panko (à moda milanesa) e camarões flambados na manteiga Café Paris cobertos com creme de palmito e servidos no abacaxi, 450 gramas de salmão assado coberto com alcaparras, azeitonas, palmito e champignon. Acompanhamentos: salada mista, arroz branco, arroz com alho e pirão de peixe.

Shrimp stuffed with cream cheese, breaded with Panko flour and fried (Milanese style), shrimp flambéed with Café Paris butter and covered with palm heart cream, served on pineapple and 450g of roasted salmon with capers, olives, palm heart and mushrooms. Side dishes: mixed salad, white rice, rice with garlic and fish mush.

Valor: R$ 159 Durante o Festival: R$ 127 Serve 3 pessoas.

La Bodeguita Av. Paranaguá, 6.000 – Balneário Betaras – Matinhos (41) 3452-6606 Facebook: Restaurante La Bodeguita Funcionamento: Terças, das 11h30 às 21h30 De quarta a sábado, das 11h30 às 23h Domingos, das 11h30 às 16h Feriados aberto em horário normal Pagamento: Visa, Master, Hipercard, American Express, Diners, Visa Vale, Sodexo e dinheiro

Número de mesas: 75

22

4.º Sabores do Litoral


Morretes

prato do festival Prato Casarão Filé de peixe à milanesa, espetos de camarão com queijo e casquinha de siri. Entradas: maionese, pão, croquete de peixe, patê de berinjela com alho e molho tártaro. Acompanhamentos: molho de camarão, arroz e fritas.

Restaurante Casarão

Banquete à beira do Nhundiaquara

Breaded fish fillet, shrimp and cheese skewer and crab meat in its shell. Starters: potato salad, bread, fish croquette, eggplant paste with garlic and tartar sauce. Side dishes: shrimp sauce, rice and fries. Valor: R$ 107 Durante o Festival: R$ 85,60 Serve 2 pessoas.

Restaurante Casarão Largo Dr. José Pereira, 25 – Centro Histórico – Morretes (41) 3462-1314 www.barreado.com.br Facebook: Restaurante Casarão Morretes Funcionamento: De quarta a segunda, inclusive feriados, das 11h às 15h30 Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners e dinheiro

Número de mesas: 52

O restaurante Casarão está aberto há 22 anos. Instalado à beira do Nhundiaquara, em uma construção do final do século XIX, o local preserva o estilo colonial. Participa desde a 1ª edição do Festival e para este ano traz o Prato Casarão, um verdadeiro banquete para os amantes de frutos do mar. Como entrada, traz salada de maionese, pão, croquete de peixe, patê de berinjela com alho e molho tártaro. O prato principal inclui filé de peixe à milanesa, espetos de camarão com queijo, casquinha de siri, molho de camarão, arroz e batatas fritas. “É uma ótima opção para quem não quer

comer o barreado”, aponta o casal Silvana e Maurício Scucato, proprietários do restaurante. O barreado, carro-chefe da casa, é apresentado ao visitante com uma brincadeira. “Fazemos o pirão e, para mostrar que está na consistência certa e que não irá cair, viramos o prato em cima da cabeça do cliente”, conta Maurício. A ideia é ensinar a forma tradicional de degustar a iguaria. “Em um prato fundo, coloca-se a farinha de mandioca, depois o barreado bem quente para que ele escalde a farinha e, assim, temos o pirão.” n 4.º Sabores do Litoral

23


Morretes

Restaurante Madalozo

prato do festival

Tradição à beira do rio

Salmão ao Molho de Camarão Salmão ao molho de camarão. Acompanhamentos: salada mista, arroz com açafrão, croquete de camarão e banana à milanesa recheada com barreado.

Salmon with shrimp sauce. Side dishes: mixed salad, saffron rice, shrimp croquette and breaded banana stuffed with barreado meat. Valor: R$ 45 Durante o Festival: R$ 36 Serve 1 pessoa.

Restaurante Madalozo Em 1976 o ex-alfaiate Honilson Madalozo abriu o restaurante que levava seu sobrenome, na Rua XV de Novembro, na época, a principal da cidade. Com o aumento do movimento, resolveu mudar para outro local, às margens do Rio Nhundiaquara, onde o restaurante funciona desde 1978. A localização, antes tida como fora de mão, é hoje um dos pontos mais movimentados da cidade. “A vista para o rio é um dos atrativos do restaurante”, conta Tania Madalozo, da 2ª geração da família que hoje comanda o local. Para agradar 24

4.º Sabores do Litoral

a todos, o restaurante oferece duas áreas infantis, uma externa e outra interna, e também, nos finais de semana, oferece canil com seis lugares, para que os donos possam levar seus pets. Para o Festival, o Madalozo criou um prato especial que atende os que buscam uma opção alternativa ao barreado. O Salmão ao Molho de Camarão é servido em prato individual e traz filé de salmão grelhado, molho de camarão e arroz com açafrão. Os acompanhamentos são a salada mista, o croquete de camarão e a tradicional banana à milanesa recheada com barreado. n

Rua Almirante Frederico de Oliveira, 16. Centro – Morretes (41) 3462-1410 www.madalozo.com.br Facebook: Restaurante Madalozo Funcionamento: De terça a domingo, inclusive feriados, das 11h às 15h30 Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, Hipercard, Ticket Refeição, Sodexo, Cabal, cheque e dinheiro

Número de mesas: 150


Morretes

prato do festival Bobó de Camarão Bobó de camarão. Acompanhamentos: arroz branco, camarão à paulista, batatas fritas, maionese e salada mista com bacon.

My House

O bobó que é um sucesso

Bobó shrimp. Side dishes: white rice, paulista style shrimp, fries, potato salad and mixed salad with bacon. Valor: R$ 70 Durante o Festival: R$ 56 Serve 2 pessoas.

My House Alameda João de Almeida, 9. Centro Histórico – Morretes (41) 3462-1371 (41) 3462-4424 www.myhouserestaurante. com.br Facebook: My House Restaurante Funcionamento: De quinta a terça, inclusive feriados, das 11h às 15h Pagamento: Visa, Master, Elo, American Express, Hipercard e dinheiro

Número de mesas: 35

Uma das receitas mais apreciadas pelos clientes que frequentam o local é o prato escolhido para o 4º Festival Sabores do Litoral: o Bobó de Camarão, tradicional iguaria baiana que ganha uma versão com o tempero especial do restaurante My House. O prato acompanha arroz branco, camarão à paulista, batatas fritas, maionese e salada mista com bacon. O local é administrado por Fátima Malucelli e seu filho, Lourenço R. Malucelli Neto. Os clientes podem apreciar a refeição enquanto desfrutam de um visual privilegiado, graças às amplas janelas em vidro de

frente para o Rio Nhundiaquara. “De dentro do restaurante é possível admirar a vista clássica da cidade”, enfatiza Lourenço. O serviço rápido também é outro atrativo do local, que hoje disponibiliza no cardápio duas opções do melhor da culinária regional: o Barreado Típico e o Completo. O primeiro traz como protagonista o pirão de barreado, servido já escaldado. E o segundo inclui, ainda, opções de massas, frutos do mar e carnes. “O destaque fica por conta do contrafilé ao molho balsâmico”, aponta Lourenço. n 4.º Sabores do Litoral

25


Morretes Nhundiaquara Hotel e Restaurante

Do fogão à lenha para a mesa do cliente O Nhundiaquara Hotel e Restaurante é o mais antigo de Morretes. Os pais de Maria da Glória Alpendre Silveira, de 87 anos, foram os fundadores do local. Ela, que até hoje trabalha na cozinha, faz questão de que o barreado seja preparado da maneira tradicional: cozinhando por 24 horas em fogão à lenha. A nova geração da família também se preocupa em manter os costumes. Fernanda Alpendre e Fábio Luiz Smaniotto, que são os responsáveis pela administração, contam que o sistema de réchaud na mesa, uma tradição do restaurante, está voltando. “Dessa forma, o barreado permanece sempre bem quente, no ponto ideal para escaldar a farinha e formar o pirão”, conta Fernanda. Para o Festival, o restaurante traz uma sugestão com o melhor do que é servido na cidade, que é o barreado com frutos do mar. O prato Marumbi traz o pirão de barreado com farinha de mandioca pronto da cozinha no ponto certo para degustar. O peixe é servido à milanesa junto com camarão ao molho aromatizado com salsinha e palmito da região. Os acompanhamentos são: maionese, salada mista, arroz e banana à milanesa. O prato é servido na mesa, à vontade. n

prato do festival Marumbi

Pirão de barreado, peixe à milanesa e camarão ao molho com palmito. Acompanhamentos: maionese, salada mista, arroz e banana à milanesa.

Barreado mush, breaded fish and shrimp sauce with palm heart. Side dishes: potato salad, mixed salad, rice and breaded banana.

Valor: R$ 39,90 Durante o Festival: R$ 31,90 Serve 1 pessoa.

Nhundiaquara Hotel e Restaurante General Carneiro, 13 (Rua das Flores) – Morretes (41) 3462-1228 www.nundiaquara.com.br Facebook: Hotel e Restaurante Nhundiaquara Funcionamento: Segunda à sexta, das 11h às 16h Sábado, domingo e feriados, das 11h às 18h Pagamento: Visa, Master, American Express e dinheiro

Número de mesas: 37

26

4.º Sabores do Litoral


Morretes

prato do festival Escondidinho de Barreado Escondidinho de barreado com banana. Entrada: buffet de saladas. Acompanhamento: arroz de salsinha. Sobremesa do dia inclusa.

O Celeiro Eco Gastronomia

Para experimentar a ecogastronomia

Oven baked dish with barreado meat and banana under gratinated pureed potato. Starter: salad buffet. Side dish: rice with parsley. Dessert of the day included. Valor: R$ 44 Durante o Festival: R$ 35 Serve 1 pessoa.

O Celeiro Eco Gastronomia Estrada do Anhaia, s/n. Bairro Fortaleza – Morretes (41) 3462-4308 www.oceleiro.eco.br Facebook: O Celeiro EcoGastronomia Funcionamento: Sábado, domingo e feriados, das 12h30 às 15h30 Pagamento: Visa, Master, American Express e dinheiro

Número de mesas: 25

Funcionando há pouco mais de um ano em uma localização privilegiada, a cerca de dois quilômetros do centro de Morretes, O Celeiro EcoGastronomia destacase por suas características diferenciadas: uso de alimentos orgânicos, locais e frescos, e princípios do slow food. Para o Festival, a sugestão da casa é o Escondidinho de Barreado, uma receita desenvolvida pela equipe do restaurante. O prato leva mandioca orgânica da horta, carne de barreado e banana-maçã tostada. É servido na panela de barro e gratinado com

queijo. Acompanha, ainda, buffet de saladas orgânicas e arroz de salsinha. A experiência termina apenas quando o cliente escolhe uma das opções de sobremesa do dia. O cardápio do restaurante não é fixo, são oferecidas quatro sugestões por dia. “Apenas o barreado e o escondidinho temos todos os dias”, diz Emilio Talamonte, idealizador do projeto Hebron Valley, do qual o restaurante faz parte. O projeto tem o objetivo de construir no local uma escola integral voltada à agroecologia. n 4.º Sabores do Litoral

27


Morretes

Ponte Velha Restaurante Panorâmico

Para apreciar a vista privilegiada

prato do festival Peixe ao Molho de Camarão Peixe ao molho de camarão. Entradas: croquete de peixe, maionese, vinagrete, molho tártaro e pão. Acompanhamentos: arroz e batata frita.

Fish with shrimp sauce. Starters: fish croquette, potato salad, vinaigrette, tartar sauce and bread. Side dishes: rice and fried potatoes. Valor: R$ 63 Durante o Festival: R$ 50,40 Serve 2 pessoas.

Em qualquer uma das mesas que o cliente escolher no Ponte Velha Restaurante Panorâmico, que fica às margens do Rio Nhundiaquara, ele terá uma vista privilegiada para a Serra do Mar e para o Pico do Marumbi. Por ser todo de vidro, o restaurante garante o seu diferencial: a vista panorâmica. A culinária não fica em segundo plano, trazendo como estrelas o barreado e os frutos do mar. O prato escolhido para o Festival é o Peixe ao Molho de Camarão, uma preparação já tradicional da casa. Traz filé de peixe coberto com molho de camarão, além de arroz 28

4.º Sabores do Litoral

e fritas para acompanhar. Antes do prato ser servido, é possível apreciar o ambiente e degustar as entradas: croquete de peixe, maionese, vinagrete, molho tártaro e pão. O Ponte Velha foi aberto em 1991. “Um sonho que se transformou em realidade”, conta o proprietário, Joaquim Souza, que divide a administração com a esposa e os filhos. O nome do restaurante foi uma homenagem à ponte centenária da cidade, que fica a poucos metros do local. Outro ponto alto do estabelecimento é a acessibilidade, pois conta com elevador para cadeirantes. n

Ponte Velha Restaurante Panorâmico Almirante Frederico de Oliveira, 13. Centro. – Morretes (41) 3462-1674/ (41) 3462-1480 www.morretespontevelha. com.br Facebook: Restaurante Ponte Velha Funcionamento: De quinta a terça, das 11h15 às 16h Feriados aberto Pagamento: Visa, American Express e dinheiro

Número de mesas: 57


Morretes

prato do festival Salmão Grelhado 500 gramas de salmão grelhado. Entrada: patê de berinjela, pão ou torrada, maionese de aipim e croquete de peixe. Acompanhamentos: batata sauté, camarão ao molho com palmito pupunha da região e arroz branco.

Restaurante e Pizzaria Terra Nossa

Refeição em família

500 grams of grilled salmon. Starter: eggplant paste, bread or toast, cassava mayonnaise salad and fish croquette. Side dishes: sautéed potatoes, shrimp with sauce, palm heart of the region and white rice. Valor: R$ 106 Durante o Festival: R$ 84,80 Serve 2 pessoas.

Restaurante e Pizzaria Terra Nossa Rua XV de Novembro, 109. Centro – Morretes (41) 3462-2174 www.morretes.com.br/ terranossa Funcionamento: De quarta à segunda, das 11h30 às 23h Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners, Visa Vale e dinheiro

Número de mesas: 40

O sucesso do prato Salmão Grelhado nas últimas duas edições do Festival Sabores do Litoral fez com que, mais uma vez, o Restaurante e Pizzaria Terra Nossa o oferecesse como sugestão. Ao chegar, o cliente já recebe as entradas: patê de berinjela, pão ou torrada, maionese de aipim e croquete de peixe. A estrela do prato são os 500 gramas de salmão grelhado, servido em tiras. A refeição fica completa com os acompanhamentos: batata sauté, camarão ao molho com palmito pupunha da região e arroz branco.

O restaurante, que completa 13 anos de funcionamento em 2014, é comandado pela família morretense Robassa: o casal Luiz Dilson e Maristela, e os filhos Camila, Carolina e Délcio, que dividem-se entre salão, caixa e cozinha. Maristela conta que quando inaugurou o local, a ideia era abrir apenas para o jantar, mas com o bom movimento e pedido dos clientes, logo passou a funcionar o dia todo. À noite, massas e pizzas incorporamse ao cardápio – que é composto por frutos do mar, barreado e carnes – trazendo uma opção diferenciada aos turistas que dormem na cidade e também para a população da região. n 4.º Sabores do Litoral

29


Morretes

Restaurante Villa Morretes

Sabores que surpreendem

prato do festival Salmão ao Molho de Maracujá Salmão grelhado ao molho de maracujá com raspas de gengibre. Acompanhamentos: arroz com champignon e legumes na manteiga.

Grilled Salmon in a passion fruit sauce with grated ginger. Side dishes: rice with mushrooms and vegetables in butter. Valor: R$ 115 Durante o Festival: R$ 92 Serve 2 pessoas.

Restaurante Villa Morretes O Salmão ao Molho de Maracujá, que vem com raspas de gengibre, é o prato criado pelo restaurante Villa Morretes especialmente para o Festival Sabores do Litoral. Para fechar essa combinação leve e com sabores surpreendentes, traz como acompanhamentos arroz com champignon e legumes na manteiga. O Villa Morretes é um restaurante ecológico localizado em uma casa centenária em frente ao Rio Nhundiaquara e com uma vista extraordinária da região. Tranquilidade e contato com a natureza são os atrativos do 30

4.º Sabores do Litoral

estabelecimento. O local mais procurado pelos visitantes é o pergolado bem em frente ao rio. A decoração é rústica, com peças coloridas e objetos antigos, como o fogão à lenha que fica em um dos salões. Ali, é servido aos sábados o bolinho de banana na chapa, cortesia para os clientes. Outro diferencial do Villa Morretes é que os cachorros são bem-vindos nas mesas do jardim, mais uma comodidade para os visitantes. Após o almoço, é possível desfrutar do cafezinho passado na hora, também cortesia do local, e descansar em uma das redes do jardim. n

Rua Almirante Frederico de Oliveira, 155 – Morretes (41) 3462-2140 www.barreado.com.br Facebook: Restaurante Villa Morretes Funcionamento: De quarta à segunda, das 11h30 às 15h, sábado, domingo e feriados, das 11h30 às 16h Pagamento: Visa, Master, Diners, American Express e dinheiro

Número de mesas: 30


Paranaguá

prato do festival Sabor Absoluto Entradas: casquinha de siri, torradas com pasta de berinjela e salada mista. Prato principal: linguado à milanesa ou grelhado, molho de marisco, camarão crespo e lula à milanesa. Acompanhamentos: arroz branco e batatas fritas.

A’Bonbonne Sabor Absoluto

Frutos do mar o ano inteiro

Starters: Crab meat in its shell, toast with aubergine purée and mixed salad. Main dish: breaded or grilled sole, clam sauce, battered shrimp and breaded squid. Side dishes: white rice and fries. Valor: R$ 110 Durante o Festival: R$ 88 Serve 2 pessoas.

A’Bonbonne Sabor Absoluto Rua Pecego Junior, 21. Centro Histórico – Paranaguá (41) 3422-2897 www.abonbonne.com.br Facebook: Restaurante A’Bonbonne Funcionamento: Todos os dias, inclusive feriados, das 11h às 15h Pagamento: Visa, Master, Diners, American Express, Cabal, Sodexo, Visa Vale e dinheiro

Número de mesas: 30

Linguado à milanesa ou grelhado, molho de marisco, camarão branco crespo (empanado com sucrilhos natural) e lula à milanesa são as estrelas do prato Sabor Absoluto, criado para o Festival Sabores do Litoral. E isso é apenas o principal. A entrada inclui: casquinha de siri, torradas com pasta de berinjela e salada mista. Por último, os acompanhamentos que deixam a refeição ainda mais completa: arroz branco e batatas fritas. O restaurante, que funciona há mais de 20 anos na cidade de Paranaguá, hoje é comando por Tabajara Jr. O local atende em sistema de buffet e

à la carte e está sempre passando por melhorias. No último ano, por exemplo, incluiu o cooktop – tecnologia que mantém os pratos aquecidos sem ressecar a comida. O buffet da casa funciona o ano todo e traz opções diferentes a cada dia, com grelhados, massas, saladas e frutos do mar. O restaurante também se destaca pelo incentivo à cultura – com patrocínio a peças de teatro que acontecem em Paranaguá – e ao esporte – apoiando oito atletas de MMA. “O atleta do UFC John Lineker, que é da cidade, vem todos os dias almoçar aqui”, conta Tabajara. n 4.º Sabores do Litoral

31


Paranaguá Casa do Barreado

Tradição, sabor e tranquilidade A casa de Norma Santos de Freitas deu lugar ao restaurante Casa do Barreado. Os clientes são atendidos na varanda ou na sala e podem desfrutar de um lugar aconchegante e tranquilo. Ela conta que começou a cozinhar para pequenos grupos e, logo, abriu o restaurante, que é especializado em barreado. “Na minha família sempre preparávamos o barreado durante o carnaval, era o costume. Foi assim que aprendi a receita tradicional.” Por perceber que o barreado estava perdendo suas características e sabor originais, Norma decidiu, então, mostrar a verdadeira preparação e, assim, resgatar a cultura do litoral. O prato é servido em um buffet aos finais de semana. É preparado em panela de barro e deve ficar cozinhando por mais de 24 horas. O local oferece também frutos do mar, sob reserva. Para o Festival, Norma repaginou um prato da casa e criou o Linguado Grelhado ao Creme de Palmito e Alcaparras. O linguado é servido grelhado com um molho branco especial de palmito e alcaparras e, para finalizar, decorado com camarões. Acompanha arroz branco e legumes. É necessário fazer reserva antecipada do prato. n

prato do festival Linguado Grelhado ao Creme de Palmito e Alcaparras Linguado grelhado com molho branco com palmito e alcaparras. Acompanhamentos: arroz branco e legumes.

Grilled sole with white sauce of palm heart and capers. Side dishes: white rice and vegetables.

Valor: R$ 65 Durante o Festival: R$ 53 Serve 1 pessoa.

Casa do Barreado Travessa José Antônio Cruz, 78. Ponta do Caju – Paranaguá (41) 3423-1830 www.casadobarreado.com.br Facebook: Casa do Barreado Funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 12h às 15h *Para o prato do Festival e frutos do mar é necessário fazer reserva antecipada Pagamento: Visa e Master (somente débito) e dinheiro

Número de mesas: 30

32

4.º Sabores do Litoral


Paranaguá

prato do festival Linguado à Belle Munière Filé de linguado grelhado ao molho de camarão, alcaparras e champignon. Acompanhamentos: arroz branco e legumes na manteiga.

Camboa Hotel Paranaguá

Culinária internacional para todos

Grilled sole fillet with shrimp sauce, capers and mushrooms. Side dishes: white rice and vegetables in butter. Valor: R$ 59,60 Durante o Festival: R$ 48 Serve 1 pessoa.

Camboa Hotel Paranaguá Rua João Estevão, s/n. Ponta do Caju – Paranaguá (41) 3420-5200 www.hotelcamboa.com.br Funcionamento: Todos os dias, inclusive feriados, das 12h às 15h e das 19h às 23h Pagamento: Visa, Master, American Express e dinheiro

Número de mesas: 30

O restaurante do Hotel Camboa, em Paranaguá, traz para o Festival sua versão do clássico molho para peixes da culinária francesa, o belle munière. O Linguado à Belle Munière, que é servido em porção individual, traz filé de linguado grelhado ao molho de camarão, alcaparras e champignon. Os acompanhamentos são arroz branco e legumes na manteiga. “É uma receita já tradicional aqui no restaurante”, conta a gerente de alimentos e bebidas, Luciana Schuller. O cardápio do

local traz diversas opções de frutos do mar e pratos clássicos da cozinha internacional, além de opções kids, para agradar aos pequenos. O restaurante funciona dentro do maior hotel da cidade e oferece um amplo e agradável salão. O café da manhã, que é servido das 6h às 10h, também é aberto ao público. “Muita gente pensa que o restaurante é só para os hóspedes. Nossa ideia é justamente oferecer um local agradável e com gastronomia de alta qualidade para que mais pessoas venham conhecê-lo.” n 4.º Sabores do Litoral

33


Paranaguá

Le Bateau – Hotel San Rafael

A estrela: o camarão-pistola

prato do festival Camarão Grelhado à Moda San Rafael Camarão-pistola ao molho de champanhe com linguine. Acompanhamento: tomate-cereja.

Pistol shrimp with champagne sauce and linguine pasta. Side dish: cherry tomatoes. Valor: R$ 86 Durante o Festival: R$ 68,80 Serve 1 pessoa.

Le Bateau – Hotel San Rafael

O restaurante Le Bateau, que fica dentro do Hotel San Rafael, está localizado no centro histórico de Paranaguá. Aberto ao público, traz cardápio sofisticado e variado, com o melhor da cozinha contemporânea internacional, sem deixar de lado a culinária local. Para o Festival, a aposta do restaurante é o Camarão Grelhado à Moda San Rafael, um dos pratos mais elogiados da casa. O camarãopistola é servido grelhado com um delicioso e leve molho de champanhe. A massa escolhida para acompanhar os camarões é o linguine, um formato ideal para realçar o sabor dos 34

4.º Sabores do Litoral

condimentos. O prato, que é servido em porção individual, traz ainda tomates-cereja. “A combinação do camarão com molho à base de champanhe agrada a todos”, conta o gestor do hotel e do restaurante, Célio Reis de Souza. O cardápio traz ainda peixes, massas e carnes. Os pratos regionais também são servidos, com reserva antecipada. Diariamente, a cozinha prepara uma sugestão diferente para o prato executivo. O local é bastante frequentado pelos hóspedes do hotel, turistas, executivos e estrangeiros. n

Rua Júlia da Costa, 185. Centro – Paranaguá (41) 3423-2123/ (41) 3721-9000 www.sanrafaelhotel.com.br Funcionamento: De segunda a sábado e feriados, das 12h às 15h e das 19h às 22h30 Pagamento: Visa, Master, American Express, Diners e dinheiro

Número de mesas: 14


Pontal do Paraná

prato do festival Vô Leopoldo Filé de linguado, congrio ou salmão grelhado com amêndoas filetadas tostadas com limão siciliano. Acompanhamentos: legumes salteados na manteiga, arroz branco e salada mista.

Burghezia Bar e Restaurante

Combinação que encanta

Sole fillet, congrio or grilled salmon with sliced almonds baked with sicilian lemon. Side dishes: sautéed vegetables in butter, white rice and mixed salad. Valor: R$ 80 Durante o Festival: R$ 64 Serve 2 pessoas.

Burghezia Bar e Restaurante Al. Chuva de Ouro, 350 – Pontal do Sul – Pontal do Paraná (41) 3455-1583 www.burghezia.com.br Funcionamento: De quarta à sexta, das 12h às 15h Sábado, domingo e feriados, das 11h30 às 16h Pagamento: Visa, Master, cheque e dinheiro

Número de mesas: 17

O sucesso do prato Vô Leopoldo no último Festival Sabores do Litoral fez com que os proprietários Plínio e Fátima Aguiar resolvessem repetir a aposta para este ano. E não é para menos: a combinação traz filé de peixe – linguado, congrio ou salmão – grelhado com amêndoas filetadas tostadas com limão siciliano. Para complementar a refeição, legumes salteados na manteiga, arroz branco e salada mista. A história do restaurante começou há 17 anos, quando Plínio e Fátima, que costumavam passar férias no

balneário Pontal do Sul, decidiram morar na praia e abrir o local para atender amigos e parentes. De lá para cá, o negócio cresceu e conquistou uma clientela que inclui artistas globais, políticos e intelectuais. O cardápio traz frutos do mar, carnes nobres, além de pratos especiais, como a paella e o casoulet de frutos do mar. “O casoulet ganhou um concurso culinário regional como melhor e mais criativa receita típica brasileira e hoje é o carro-chefe da casa”, conta Plínio. O prato é uma adaptação da receita francesa e leva frutos do mar, legumes e feijão branco. n 4.º Sabores do Litoral

35


Pontal do Paraná Restaurante Caiçara

Resgate da cozinha caiçara Inaugurado em dezembro de 2013, no Balneário Ipanema, o restaurante Caiçara já começa com a experiência de 20 anos da proprietária Adriana Rebuli de Abreu na área de gastronomia. Ela, que mora há três décadas no litoral, frisa que o estabelecimento oferece uma culinária simples e caseira. “Além disso, temos o objetivo de resgatar a cozinha caiçara. O turista quando vem ao litoral quer provar os pratos típicos da região”, observa. O cardápio traz, por exemplo, uma das iguarias características de Pontal do Paraná, a Cambira – uma combinação de peixe defumado com banana. Adriana conta também que o restaurante só trabalha com peixe e camarão da região, e que evita o uso de produtos congelados. Tudo para manter o sabor fresco e caseiro dos alimentos e privilegiar os fornecedores locais. Para estrear a participação no Festival Sabores do Litoral, o restaurante oferece o Prato Caiçara II. Muito bem servido, traz filé de pescada à milanesa, camarão ao molho, camarão à milanesa e camarão crocante. Para completar a refeição: pirão de peixe, arroz branco, banana à milanesa, batatas fritas e salada mista. n

prato do festival Prato Caiçara II Filé de pescada à milanesa, camarão ao molho, camarão à milanesa e camarão crocante. Acompanhamentos: pirão de peixe, arroz branco, banana à milanesa, batatas fritas e salada mista.

Valor: R$ 72,80 Durante o Festival: R$ 58,20 Serve de 2 a 3 pessoas.

Breaded hake fillet, shrimp with sauce, breaded shrimp and crispy shrimp. Side dishes: fish mush, white rice, breaded banana, fries and mixed salad.

Raul de Castro e Silva, 1.123 – Balneário Ipanema – Pontal do Paraná (41) 3457-9757

Restaurante Caiçara

Funcionamento: De segunda a sexta, das 11h30 às 15h Sábado, domingo e feriados, das 11h30 às 16h e das 19h às 24h Pagamento: Visa, Master e dinheiro

Número de mesas: 45

36

4.º Sabores do Litoral


Pontal do Paraná

prato do festival Salmão em Crosta de Pinhão Salmão em crosta de pinhão, camarão branco grelhado e legumes. Acompanhamentos: salada mista, arroz branco, arroz de alho e camarão ao molho.

Marissol Restaurante e Choperia

Frio combina com pinhão

Salmon with pine nuts crust, grilled white shrimp and vegetables. Side dishes: mixed salad, white rice, rice with garlic and shrimp with sauce. Valor: R$ 115 Durante o Festival: R$ 92 Serve 2 pessoas.

Marissol Restaurante e Choperia Av. Sete de Setembro, 312 – Balneário Marissol – Pontal do Paraná (41) 3457-1056 Facebook: Marissol Restaurante Choperia Funcionamento: De segunda a sábado, das 11h às 22h30, domingo, das 11h às 16h30. Nos feriados, abre em horário normal Pagamento: Visa, Master, American Express, Hipercard, Diners, Sodexo, Visa Vale e dinheiro

Número de mesas: 50

Este ano, o sócio do Marissol Restaurante e Choperia, Márcio André Dodorico, decidiu oferecer ao público do Festival Sabores do Litoral um prato diferente e original. Assim surgiu o Salmão em Crosta de Pinhão. “Queríamos uma combinação que usasse produtos da estação e do Paraná, aí surgiu a ideia de criar algo com o pinhão, típico do inverno e muito apreciado pelos paranaenses”, conta. O prato traz 400 gramas de salmão marinado no vinho branco servido com uma generosa crosta de pinhão, além de 200 gramas

de camarão branco grelhado e legumes como cenoura, brócolis, pimentão vermelho e amarelo. Para acompanhar: salada mista, arroz branco, arroz de alho e camarão ao molho. O restaurante funciona há 10 anos no Balneário Marissol e é frequentado tanto por turistas quanto pelo pessoal da região. “Começamos como um bar e fomos crescendo aos poucos”, conta Márcio. Além de frutos do mar, hoje o local oferece carnes e massas. Para os que gostam de comer bem, é o lugar ideal. “A tradição da casa é oferecer pratos bem servidos.” n 4.º Sabores do Litoral

37


A Favretto estรก nas Rodovias e em todos os cantos da cidade.

www.favretto.com.br


Revista 4º Festival Sabores do Litoral  

Revista 4º Festival Sabores do Litoral, promovido pela Ecovia, que acontece de 6 de junho a 6 de julho

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you