Page 1

PRESIDENTE

Francisco de Sousa Aroso Presidente 2º Ano - Gestão

É com muito orgulho e confiança que me candidato a presidente da nossa Associação de Estudantes da Faculdade de Economia e Gestão. Aceito este desafio por saber que tenho uma excelente equipa comigo, que dará tudo pela nossa faculdade e que fará desta associação um elemento imprescindível na vida de todos os estudantes.

Uma associação não é nem deve ser um órgão fechado e privado. A AEFEG existe com o propósito de tomar posições por todos os alunos e, como tal, todos os alunos devem se sentir parte da associação e ser incentivados a participar activamente nas decisões que esta toma e princípios que defende. Acredito que, só uma associação que aposta na transparência em todas as suas acções e que pretende envolver toda a comunidade estudantil no seu projecto, poderá fazer chamar-se orgulhosamente Associação de Estudantes. Considero, por isso, essencial que a comunidade FEG tenha altos níveis de exigência em relação à sua associação de estudantes e que manifeste regularmente a sua opinião. Esta lista candidata-se à direcção da AEFEG com um projecto muito ambicioso, só concretizável dada a capacidade de trabalho e rigor dos seus elementos. São propostas inovadoras, que demonstram a nossa vontade e criatividade. Considero que todos os membros desta equipa são pessoas com capacidade de acrescentar muito valor em tudo o que se comprometem a fazer e, principalmente, privilegiam o trabalho em vez das palavras. Somos, de facto, um grupo forte, unido e funcional, composto por elementos experientes, construído à medida das necessidades da FEG. A confiança que tenho no trabalho da nossa equipa e nas suas capacidades é inesgotável. A Lista M vê, entre os mais de 750 alunos da Faculdade de Economia e Gestão, muito potencial, capacidades e iniciativas que podem ser aproveitadas. Queremos ser a associação que proporciona essa oportunidade aos estudantes. Por isso, no caso de sermos eleitos, privilegiaremos acima de tudo as sugestões e ideias da nossa comunidade estudantil. Só assim poderemos demonstrar o valor acrescentado pelos nossos estudantes e orgulhosamente relevarmos a nossa imagem para o exterior. Ao nível do funcionamento da nossa associação, o nosso projecto incorpora algumas alterações estruturais, tais como a redução e alteração dos 1


departamentos. Estas visam, essencialmente, garantir que temos uma equipa de trabalho coesa, capaz e eficiente. São alterações que pretendem dar à nossa associação as ferramentas certas para construir um futuro sustentável. Um dos principais frutos destas mudanças será a criação do departamento de Tesouraria e a remodelação do departamento de Comunicação. Estes dois departamentos, essenciais ao bom funcionamento de uma associação, têm, no nosso projecto, um papel muito mais preponderante nas acções da AEFEG. Propomo-nos, igualmente, a apostar fortemente no desporto. Acredito, como praticante, que a prática desportiva desenvolve muito mais do que competências físicas, especialmente quando praticado ao nível universitário. Numa faculdade, a associação de estudantes deve ser o órgão que incentiva estas actividades e que promove eventos associados a estas. Temos elevadas expectativas em relação ao que pretendemos desenvolver no que diz respeito ao departamento recreativo: um evento de carácter regular e temático, dedicado a alunos da FEG, para promover o encontro e união da nossa comunidade estudantil. Em geral, posso afirmar que a Lista M oferece uma equipa de rigor, trabalho e visão, que tem vontade de marcar a diferença. Iremos, se eleitos, cumprir com o nosso dever de zelar pelos direitos de todos os matriculados na FEG, bem como exceder as suas expectativas criando e dinamizando eventos que complementem a sua vida estudantil. Assumimos o nosso principal desafio: não queremos ser a continuidade, mas sim o progresso. Aconselho-te, por último, a não perderes a oportunidade de, no dia 25 de Novembro, legitimares a tua próxima associação de estudantes. Participa, vota! Francisco de Sousa Aroso “O degrau da escada não foi inventado para repousar, mas apenas para sustentar o pé o tempo necessário para que o homem coloque o outro pé um pouco mais alto” Aldous Haxley

2


VICE-PRESIDENTE Várias razões nos podem levar a querer fazer parte de um projecto. As ideias por detrás dele. As pessoas que o vão concretizar. A possibilidade de fazer a diferença, de mudar qualquer coisa. Candidato-me a Vice-Presidente, pela lista M, por acreditar no projecto desta lista, nas pessoas que a integram e na capacidade que estas têm de fazer a diferença na FEG, pela FEG. Tenho plena confiança nos elementos que constituem a lista M e que se propõe fazer mais e melhor associação e estou convicta de que esta equipa representará exemplarmente todos os alunos da FEG. Rita Castro Oliveira Vice – Presidente 2º Ano Economia

Tal como é inconcebível a existência de uma universidade sem alunos, é inconcebível a existência de uma AEFEG dinâmica e capaz sem a colaboração de toda a comunidade académica. Por isso, estamos conscientes de que precisamos da cooperação de todos para sermos mais e melhor associação. Comprometemo-nos a ser a voz e a imagem da FEG, o que não é possível numa associação fechada sobre si mesma, que se apresenta como um organismo isolado da Faculdade. Para evitar isso, estamos receptivos: a novas ideias, a novas pessoas, a novas formas de fazer as coisas. Não só nos propomos a ser mais empreendedores, mais inovadores, mais proactivos, como esperamos desenterrar e fomentar estes valores em todos os alunos da FEG. Um ambiente que estimule a circulação de novas ideias e ousados projectos é fulcral, pois uma verdadeira associação não é feita apenas pela equipa que a constitui, mas por todos aqueles que representa. A aposta na proximidade com os alunos tem de ser sempre uma prioridade absoluta. Para nós é. O nosso projecto não assenta na continuidade. Nós queremos uma ruptura, uma mudança, capaz de acrescentar valor a toda a comunidade académica. E porque a mudança começa em cada um de nós: MUDA! Mas muda para melhor! Vota M! Vota Mais Associação! Rita Castro Oliveira 3


VICE-PRESIDENTE

João Figueirinhas Costa

Vice – Presidente 2º Ano Economia

Desde que o Francisco me convidou para embarcar neste projecto que não hesitei em aceitar o desafio. É o projecto de uma equipa que já mostrou resultados, que já deu provas da sua capacidade de trabalho e estamos agora a apresentar este projecto para acrescentar valor à Faculdade de Economia e Gestão, mas mais importante do que isso, apresentamos este projecto para criar mais e melhores oportunidades para nós, alunos da FEG de forma a termos uma representação sólida e coerente.

Propomo-nos a trabalhar com uma abordagem mais ousada, sempre com o intuito de marcar a diferença e acrescentar valor. Como já várias vezes disse, nós não queremos inventar a roda. Não vamos mudar tudo. Queremos manter o que está bem, mudar o que está mal e melhorar o que pode ser melhorado. Mas acima de tudo, queremos criar! O nosso compromisso organiza-se em 3 passos: ‘arrumar a casa’, reestruturar a organização interna de forma a tornar todos os procedimentos mais eficazes e, criar novos projectos, novas oportunidades e novas parcerias. É a este último passo que damos mais enfoque. Queremos mais destaque, mais margem de manobra, mais iniciativas, mais proactividade. Queremos alunos mais satisfeitos! O nosso projecto é sem dúvida ambicioso. Mas só com uma ambição responsável é que será possível combater a apatia associativa a que neste momento se assiste na nossa faculdade. Neste momento existem alguns projectos, alguns deles bons, mas o potencial é tão maior, as oportunidades são tantas mais e nós, não as estamos a aproveitar. A solução é uma AEFEG mais presente e mais próxima dos alunos. Queremos promover o trabalho associativo e envolver os alunos no quotidiano da faculdade. Acredito na liderança do Francisco, não só pela sua capacidade intelectual e técnica, mas principalmente pelo seu carácter forte, determinado e criativo. Também queres mudança e melhoria! Conto com o teu voto! Vota M! João Figueirinhas Costa

4


VICE-PRESIDENTE Como aluno na UCP, vejo este cargo da vice-presidência da AEFEG com grande entusiasmo, sentimento de compromisso e confiança de que o trabalho que esta brilhante equipa poderá realizar, se a deixarem, será de grande valor. A associação tem como base representar os interesses de todos os alunos da FEG. Posso garantir que para além de todas as ideias e projectos que esta lista já tem, esta base estará sempre como alicerce de todo o nosso trabalho, representarvos e lutar pelos vossos interesses. Este é um rumo que nós não esqueceremos! José Miguel Amorim Vice – Presidente 2º Ano - Gestão

Como um dos primeiros alunos a ingressar nesta lista, posso e devo dizer-vos que esta é uma equipa escolhida por preencher os parâmetros que nós achamos essenciais numa associação. São estes o profissionalismo, a dedicação, o dinamismo, a competência, o empreendedorismo, a responsabilidade, a determinação e o EMPENHO. Acima de tudo empenho em dar o nosso melhor por vocês, por NÓS! Só com uma equipa com estas características é que este desafio poderá ser ultrapassado. Este é para mim, um cargo que implica uma grande responsabilidade e disponibilidade, não posso prometer que serei perfeito na concretização das minhas funções, mas posso sim, prometer que estou neste projecto a 100%, que assumo a total responsabilidade da minha função e que estou empenhado ao máximo para fazer o que for preciso por esta associação e por esta faculdade. Temos a equipa, a vontade e as ideias para mudar o que está errado e melhorar o que está certo. Depende da vossa responsabilidade no exercício do direito ao voto a concretização de todo o nosso trabalho no próximo ano. José Miguel Amorim

5


SECRETÁRIA-GERAL

Inês Pinto Correia Secretária-Geral 2º Ano Economia

Desde o convite para fazer parte da lista M, que me senti contente e privilegiada por poder fazer parte de um grupo de pessoas lutadoras e com objectivos, bem organizadas e orientadas pelo Francisco Aroso. Apesar das expectativas de todos serem altas, comprometo-me a fazer tudo que estiver ao meu alcance para lhes corresponder. Assumirei todas as tarefas que me caberão, com empenho e dedicação, não perdendo de vista a boa conduta e objectivos que definem a nossa lista.

Como candidata a Secretária-geral, proponho-me a acompanhar tudo o que for feito, ajudando a organizar tarefas e a resolver imprevistos, para que a equipa funcione como um todo perfeito. Estarei disponível para me dedicar a tudo o que me compete, da melhor forma. Pela minha parte e confiando em toda a gente que me rodeia nesta “viagem”, sei que vamos conseguir levar os nossos objectivos e os de todos os alunos a bom porto. Inês Pinto Correia

6


DEPARTAMENTO DESPORTIVO

Gonçalo Monteiro de Aguiar Chefe Departamento 2º Ano - Gestão

Isabel Brito e Faro

Francisco Azevedo

2º Ano Gestão

3º Ano Gestão

Alexandre Correia dos Santos 1º Ano Gestão

Bernardo Leal 2º Ano Economia

A importância do desporto nas instituições stituições de ensino superior em Portugal é claramente subestimada. A AEFEG nunca conseguiu contrariar a tendência. Queremos explorar as vantagens do desporto universitário para os nossos estudantes.. A questão não se resume à condição física. O desporto em equipa desenvolve a capacidade de trabalhar em grupo,, de conhecer as capacidades das pessoas que trabalham connosco, de reforçar laços de amizade e o imprescindível sentimento ento de paixão, sacrifício e sucesso em prol da Faculdade de Economia e Gestão. Gonçalo Monteiro de Aguiar Principais Actividades:  Dinamização do recinto polidesportivo olidesportivo da Universidade; Universidade  Selecções mistas AEFEG; o Futsal, Futebol, Vólei, Basket, Rugby  Participação em torneios universitários;  Fins-de-semana desportivos; o Karting, Paintball  Estatuto desportista-estudante;  Torneios de Pro Evolution Soccer;  Viagens à Neve.

7


DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

Ana Margarida Gomes Chefe Departamento 2º Ano - Economia

Luís Dinis

Catarina Morais

Francisco Branco

David Santos Nuno Velhote

3º Ano Gestão

2º Ano Gestão

3º Ano Economia

1º Ano Economia

Mestrado em Finanças

O Departamento Pedagógico é responsável por todos os assuntos directamente relacionados com o teu desempenho académico. Para além de te representar junto da direcção da FEG em questões centrais como, por exemplo, na elaboração do calendário de exames, deve assumir o compromisso de fazer muito mais. A sua acção não deve, nem pode, ficar por aqui. Acredito que o Departamento Pedagógico deve ser um meio através do qual a tua voz se faz ouvir, um espaço que luta por defender os teus interesses e que se rege pela ambição de te ajudar a melhorar os teus resultados. É por acreditar nesta visão e por acreditar que é possível desenvolver acções que a tornem real, que o nosso departamento se candidata à AEFEG. No entanto, o mais importante serão sempre as tuas ideias e sugestões. O que gostarias de ver melhorado? Ana Margarida Gomes Principais actividades:      

Dinamizar a troca de resumos entre os estudantes; Disponibilizar enunciados de exames e testes de anos anteriores; Realizar o Mercado de Trocas online; Criar grupos de estudo; Coordenar equipas de Mentores/Tutores para os alunos; Organizar palestras e seminários.

8


DEPARTAMENTO RECREATIVO

Katarina Molin Mota Chefe Departamento

Joana Leite de Castro

Francisco Antunes

Rita Lobo Xavier

Tiago Areias Inês Allegro

2º Ano - Gestão

3º Ano Gestão

3º Ano Economia

1º Ano Gestão

2º Ano Gestão

2º Ano Gestão

O Departamento Recreativo da lista M é constituído por um grupo de estudantes empenhados e criativos que estão dispostos a tudo para garantir grandes momentos de diversão aos alunos da Faculdade de Economia e Gestão durante o ano! Para tal, pretendemos, claramente, dar continuidade à organização das festas de maior dimensão, isto é, as festas semestrais da FEG e a presença na Queima das Fitas, com a tradicional barraca. No entanto, a nossa grande proposta tem por base a união da comunidade FEG e consiste no aproveitamento dos espaços exteriores para o convívio dos alunos à hora de almoço ou nos tempos de estudo e, também, a criação de um evento regular com o conceito de bar lounge onde todos nos possamos encontrar à noite para descontrair e relaxar de todo o trabalho exigido ao longo do ano. “Porque é que eu me candidato a este cargo? Este departamento conta com uma equipa motivada, dinâmica e disposta a incutir novas ideias! Acredito na lista, e acredito que sou uma mais valia para ela! Gosto de desafios, e sou uma pessoa criativa e proactiva, que adora organizar eventos e tenho muita iniciativa. O meu objectivo principal é, através da mudança e melhoria, unir a Católica e fornecer momentos memoráveis de uma das melhores fases da vida – a vida universitária!” Katarina Molin Mota Principais actividades:    

Católica Lounge; Aproveitamento dos espaços exteriores da Católica.Porto; Festas FEG em Março e Setembro; Presença com a barraca AEFEG na Queima das Fitas do Porto.

9


DEPARTAMENTO COMUNICAÇÃO

Gonçalo Melo Chefe Departamento 2º Ano - Gestão

Mariana Marques

Miguel Macedo

Catarina Azevedo

Francisco Trindade

Mariana Alegre

3º Ano Gestão

2º Ano Gestão

2º Ano Gestão

2º Ano Gestão

2º Ano Economia

Inês Faria

Catarina Feijão

Inês Vaz

2º Ano Economia

1º Ano Gestão

3º Ano Gestão

O departamento aqui proposto pela Lista M é, possivelmente, o departamento que mais revoluções e renovações sofreu, no âmbito do que tem vindo a ser o habitual da AEFEG. De forma a tornar os nossos processos mais eficientes e a não desperdiçar recursos, decidimos criar um Departamento de Comunicação com um elevado número de colaboradores, que juntos irão assumir o trabalho que estava anteriormente disperso por três outros departamentos. Com esta mudança, cremos tornar a associação mais eficaz na sua comunicação com os alunos e na realização dos seus eventos. Este grupo de alunos que constituem o Departamento de Comunicação da Lista M espera contribuir para uma associação em proximidade com todos os alunos da Faculdade de Economia e Gestão. Queremos ser essa ligação. Para isso, pretendemos criar um sistema de recolha de ideias e sugestões dinâmico e publicar semestralmente pelo menos uma edição de uma revista com alto interesse para os alunos. Queremos criar uma AEFEG com uma imagem que transmita o que ela é: uma equipa com elementos dinâmicos, interessados e empenhados em mudar e melhorar sempre. É esta a nossa ambição. 10


“Desde que nos reunimos pela primeira vez percebi que o grupo era constituído por elementos entusiastas, dinâmicos e auto-motivados que anseiam pôr as suas ideias em prática. É por essa razão que eu desejo trabalhar com eles.” Gonçalo Melo Principais actividades:  Newsletter;  Manutenção e dinamização do site AEFEG.com;  Realização e publicação de posters e flyers relativos aos eventos AEFEG;  Merchandising;  Criação de sistema de recolha de sugestões/ideias;  Publicação da revista; o Artigos de interesse o Cobertura de eventos AEFEG  FEG SMS;  Camisolas para a Queima das Fitas;  Aluguer de cacifos.

11


DEPARTAMENTO TRADIÇÕES ACADÉMICAS

Ricardo Pinto Amaral Chefe Departamento 2º Ano - Gestão

Este departamento consiste na ligação das tradições académicas com a associação de estudantes. Esta ligação é muito importante pois pretendemos incentivar todos aqueles que se ligam às actividades praxistas, principalmente aqueles que são do primeiro ano, de forma a que estes se envolvam nos eventos promovidos pela AEFEG. A associação de estudantes deve apoiar todo o qualquer estudante da nossa faculdade. Sendo que a praxe é uma imagem da nossa FEG, julgo que esta deve ter incentivos e apoios por parte da associação. É para fazer esta ligação entre as actividades da praxe e da associação que existe, de facto, o Departamento de Tradições Académicas. Aceitei o convite que me foi feito para liderar este departamento, no âmbito da Lista M, pois este cargo irá fazer-me melhorar as minhas capacidades interpessoais. Por outro lado, queria traçar e agarrar um objectivo que não só é fazer ganhar a lista M, mas também como representante do departamento das tradições académicas, crescer mais como pessoa e apoiar todos os que fazem parte da praxe e da associação. Ricardo Pinto Amaral Principais actividades:  Inserção dos novos alunos na comunidade FEG  Organização do calendário de actividades praxe-AEFEG

12


DEPARTAMENTO RELAÇÕES EXTERNAS

Teresa Cabral Chefe Departamento 2º Ano - Gestão

Maria do Carmo Pimentel 2º Ano Gestão

Francisco Joana da Mota Neves Sousa Otto 1º Ano Economia

1º Ano Gestão

João Monteiro 2º Ano Gestão

O Departamento de Relações Externas da Lista M está bastante optimista em relação a este ano. Estamos confiantes e com espírito de iniciativa para que possamos inovar e promover melhores oportunidades para os alunos da FEG. A nossa principal actividade será arranjar parcerias que possibilitem aos alunos da FEG obter descontos e condições especiais, em serviços e produtos das mais diversas áreas de actividade. A grande novidade deste ano queremos que seja a criação de um cartão de sócio da AEFEG. Com este cartão, o aluno da FEG é automaticamente identificado e beneficia de todo e qualquer desconto que nós consigamos proporcionar. De entre as várias parcerias destacamos aquelas com as quais já fizemos alguns contactos: alguns dos health clubs da cidade do Porto, por considerarmos essencial a promoção do exercício físico na vida universitária; lojas de serviços de impressão e fotocópias, que sabemos que levam uma boa parte do orçamento dos estudantes;. uma lavandaria, para aqueles alunos que não são do Porto e pretendem fazer as tarefas diárias de forma mais prática e pouco dispendiosa; teatros e museus, pois vemos a arte e a cultura como complementos fundamentais da experiência académica e alguns restaurantes perto da Católica.Porto por forma a criar alternativas baratas para o almoço do dia-a-dia. Teresa Cabral Principais actividades:  Obtenção de descontos para os alunos FEG  Aproximação dos alunos FEG ao tecido empresarial português  Criação do cartão sócio AEFEG 13


DEPARTAMENTO TESOURARIA

Nuno Almeida Tesoureiro

Duarte Cameira

Luís Henriques

Francisco Quintal

3º Ano -Economia

3º Ano Economia

3º Ano Gestão

3º Ano Economia

O objectivo da existência de uma associação de estudantes é servir e representar da melhor forma todos os alunos membros de uma faculdade. A responsabilidade inerente a representar um grande número de pessoas é algo que pode assumir proporções bastante elevadas. Assim, torna-se evidente o carácter vital que o departamento financeiro assume numa associação desse tipo. A gestão, alocação e controlo dos fundos á sua disposição são tarefas extremamente importantes e a nossa candidatura dálhes muito valor. Por isto, decidiu-se propor a recriação do departamento de tesouraria. A grande diferença em relação ao passado prende-se com a existência de uma equipa de três elementos que tem o propósito de apoiar o Tesoureiro no desempenho das tarefas acima referidas. Estamos conscientes da responsabilidade que advém de constituir um departamento como este, mas também confiamos e acreditamos no nosso trabalho sério e integro em prol de um futuro melhor. A experiência do passado mostrou-nos, em particular neste delicado departamento, que a seriedade e qualidade de execução são essenciais. Estando a representar todos os alunos da faculdade sabemos que as nossas acções têm necessariamente que se caracterizar pela responsabilidade e honestidade. Assim o pretendemos fazer. Nuno Almeida Principais actividades:  Relatório e Contas  Relatório de Gestão

14


Manifesto da Lista M  

Investe na M, que a M investe em ti!

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you