Page 1

25 de setembro a 8 de outubro


SIGA-NOS EM: twitter.com/lisboa_cultural facebook.com/lisboacultural itematicoslisboa.blogspot.com


I

Índice #260

25 de setembro a 8 de outubro´12

Destaque

Ficha técnica

Festa do Cinema Françês | Pág. 2

Edição: CML | Direcção Municipal de Cultura Departamento de Acção Cultural | Divisão de Promoção e Comunicação Cultural Editor: Frederico Bernardino Redacção:Frederico Bernardino; Raquel Antunes; Sara Simões. Designer: Rute Figueira Capa: projeto da Escola Secundária D. Dinis, de arqtº Ricardo Bak Gordon - Lisboa Open House Contactos: Rua do Machadinho, 20, 1249-150 Lisboa | Tel. 218 170 600 lisboa.cultural@cm-lisboa.pt

Arquitectura Lisboa Open House | Pág. 6 Festas Noites de São Bento | Pág. 8 Teatro Apenas Jardim | Pág. 10 Cenas da Vida Conjugal | Pág. 12 Exposições A arte do previsível | Pág. 13 Curtas | Pág. 16 Em Agenda | Pág. 18


D

Destaque/Festa do Cinema Françês

O cinema francês está de volta a Lisboa. Nesta 13.ª edição da Festa, confirma-se, uma vez mais, o vigor de uma cinematografia de facetas múltiplas mas de identidade forte e vincada. Algo a conferir através das antestreias nacionais das últimas obras de nomes consagrados – como Jacques Audiard, cineasta alvo de uma retrospetiva, ou Olivier Assayas, realizador homenageado desta edição – e dos valores emergentes que fazem pulsar de vida o cinema francês. A Festa começa a 4 de outubro, no Cinema São Jorge, com uma antestreia mundial: Paulette, de Jérôme Enrico, com Dominique Lavanat (presente na sessão), Bernardette Lafont e Carmen Maura. Este ano, a madrinha é a atriz e realizadora portuguesa Maria de Medeiros. >

2


4 a 14 de Outubro Cinema Sรฃo Jorge, Institut Franรงais du Portugal, Cinemateca Portuguesa, Espaรงo Nimas www.festadocinemafrances.com

3


Mais de meia centena de filmes agendados para olhar o melhor do cinema francês. De 4 a 14 de outubro, a Festa do Cinema Francês apresenta em Lisboa 20 filmes em antestreia, cinema de animação, uma homenagem, uma retrospetiva e mais de uma dezenas de convidados. Para o Prémio do Público, selecionaram-se dez longas-metragens em antestreia nacional, destacando-se a última obra do filipino Brillante Mendonza, Captive, com Isabelle Huppert, ou a adaptação ao cinema da emblemática banda-desenhada do criador de Spirou, André Franquin, Sur le piste du Marsupilami, por Alain Chabat, o realizador de Astérix e Obélix: Missão Cleópatra. Na esteira de Bresson ou Piallat, Jacques Audiard é considerado um cineasta à parte no cinema francês. Conhecido do público português por De Tanto Bater o Meu Coração Parou e Um Profeta, o realizador que se consideraria “autista se não falasse através do cinema”, vai ter no Espaço Nimas uma retrospetiva da carreira. Para além dos filmes citados, destaca-se a exibição de Regarde les hommes tomber, a primeira

4

longa do cineasta, ou De Rouilles et D´Os, interpretado por Marion Cotillard, filme que encerra a Festa em Lisboa, a 14 de outubro. Outros nomes a merecer um destaque especial são os de Olivier Assayas e Jean-François Laguionie. Ao primeiro, a Festa dedica este ano, em colaboração com a Cinemateca Portuguesa, uma homenagem que compreende a exibição 12 obras, desde Désordre, de 1986, ao último filme do cineasta, Après Mai, passando por Irma Vep ou Carlos, que aqui será exibido na sua versão integral. De Laguionie, nome fundamental do cinema de animação francês, a Festa reserva a exibição de três obras, onde se inclui a primeira longa que assinou, Gwen, le livre de sable, e o seu mais recente trabalho, Le Tableau. Numa “carta branca” ao realizador, será ainda exibido o clássico La Planète Sauvage, de René Laloux, um dos filmes que mais o influenciou. Frederico Bernardino


A madrinha: Maria de Medeiros

Os Caminhos da Incerteza

Depois de Sandrine Bonnaire e Carole Bouquet, a portuguesa Maria de Medeiros é a madrinha da 13.ª Festa do Cinema Francês. Senhora de uma assinalável carreira internacional, que a levou a trabalhar com autores tão influentes como Quentin Tarantino, Phillip Kaufman ou Manoel de Oliveira, Maria de Medeiros selecionou para esta edição cinco obras que marcaram o seu percurso enquanto atriz e realizadora: Três Irmãos, de Teresa Villaverde; À l´abri de la tempête, de Camille Brottes Beaulieu; Viagem a Portugal, de Serge Tréfaut; Capitães de Abril e Je t´aime, moi non plus – artistes et critiques, da própria. Maria de Medeiros vai apresentar cada um dos filmes desta breve mostra.

A crise profunda que assola a Europa e o mundo ocidental, particularmente Portugal, vai ser objeto de uma mesa redonda nesta edição da Festa. No Institut Français du Portugal, dia 13 de outubro, a partir das 15 horas, dois filmes, Indignados, de Tony Gatlif e Portugal, os caminhos da incerteza, de François Manceaux, vão dar mote a uma reflexão conjunta entre várias personalidades, incluindo os realizadores, e o público sobre o passado recente e o futuro do nosso modelo de sociedade. Destaque para o documentário de Manceaux que propõe um olhar “exterior” à situação portuguesa desde 2010, apontada como “um laboratório de austeridade imposto pelo jogo da finança mundial”.

5


A

Arquitetura Lisboa Open House

Está entre as 100 cidades mais bonitas do mundo, segundo um guia turístico chinês, e é a oitava cidade mundial que mais recebe turistas em negócios. Falamos, obviamente, de Lisboa que, juntando o útil ao agradável e, pela primeira vez, acolhe o evento internacional Open House. Criado em Londres em 1992, tem como objetivo apresentar arquitetura de excelência ao público em geral, suscitando e estimulando o interesse pelo património edificado. Organizado pela Trienal de Arquitetura de Lisboa, o Lisboa Open House, que se realiza nos dias 6 e 7 de outubro, abre as portas a mais de 50 espaços de diversas tipologias, épocas e estilos, que podem ser visitados gratuitamente. O Teatro Nacional D. Maria II, o Supremo Tribunal de Justiça, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência – Universidade de Lisboa, a Casa da Moeda ou a Casa Gustavo de Matos Sequeira, são apenas alguns dos exemplos. Se ainda não ficou convencido, deixamos-lhe, em jeito de convite, as palavras de Herbert Wright, consultor curatorial do Lisboa Open

6

House: “Tenho a sorte de viajar bastante, de ver arte e de escrever sobre arquitetura e design mas, no entanto, as várias camadas de história arquitetónica de Lisboa continuam a entusiasmar-me. Do singularmente português barroco Manuelino do século XVII, passando pela reconstrução dirigida pelo Marquês de Pombal após o terramoto de 1755, uma história fascinante tem vindo a desenrolar-se. As vagas de estilos arquitetónicos do século XX – incluindo a Art Deco, o Modernismo ou o Brutalismo, o típico monumentalismo-construtivista da ditadura do Estado Novo e o Pós-modernismo – estarão todas representadas na nossa primeira lista de cerca de 50 edifícios. Vamos oferecer-lhe palácios e casas, tesouros nacionais e pérolas escondidas, espetáculo e intimismo, revelação e inspiração... e ainda, um grande fim de semana fora de casa.” Na Agenda Cultural de outubro, no âmbito do Lisboa Open House, pode ainda encontrar uma reportagem exclusiva com seis arquitetos portugueses que deixaram a sua marca na cidade. Sara Simões


6 e 7 de outubro Vรกrios locais entrada livre www.lisboaopenhouse.com

7


F

Festas/ Noites de São Bento

Do Largo do Rato à Rua do Poço dos Negros, passando pela Assembleia da República, desce transversal na direção do rio, a Rua de São Bento. De há anos a esta parte, a morada confunde-se com o comércio das antiguidades e das velharias. Mas, a Rua de São Bento está inevitavelmente ligada a Amália e à casa que habitou desde 1955 (n.º 193), havendo até quem advogue dar à rua o nome da diva. Porém, Amália não foi a única personalidade que por ali passou: Alexandre Herculano e Laura Alves nasceram nos números 458 e 638, respetivamente, e Fernando Pessoa habitou o 19. E, são precisamente esses e outros ilustres que dão mote à edição deste ano das Noites de São Bento, que se realizam de 27 a 29 de setembro. Um evento começado há mais de uma década por iniciativa dos antiquários Teresa e Pedro Magalhães, e que hoje, sob organização da joalheira Daniela Birg, coloca de portas abertas noite dentro o comércio local e leva música, teatro, poesia e muita animação àquela que foi, no passado, uma das mais longas artérias de Lisboa. Nesta 12.ª edição destaca-se ainda uma exposição de viaturas da Mercedes Benz, em frente à Assembleia da República, e a participação da Casa Fernando Pessoa nesta festa, com a apresentação do projeto Pessoas pelo ator Nuno Rodrigues, no dia 27, às 19h30 e 21h30. Frederico Bernardino

8


27 a 29 de setembro lojas abertas atĂŠ Ă s 24h Entrada livre

9


T

Teatro Apenas Jardim

Passaram mais de quatro anos sobre a primeira vez que o jardim de Hugo Mestre Amaro e Alexandra Sargento subiu ao palco. Na altura, este Apenas Jardim plantou-se no Teatro da Trindade, e fez-nos imergir num lugar incerto, situado entre “o sono e a vigília”, como nos explica Mestre Amaro, recordando os treze dias em que escreveu o texto ao som incessante de um tema de Rufus Wainwright. Agora, o jardim planta-se no Teatro do Bairro com a certeza de que “o mundo está diferente” e, qual “natureza morta que o homem desvirtuou”, para nos fazer pensar o que somos e como vivemos a alienação coletiva que nos trouxe até aqui. Tal como nesse tempo afinal já tão distante, Mestre Amaro rodeou-se de amigos para fazer Apenas Jardim. Recuperou parte do anterior elenco e deu à cena uma personificação do próprio Jardim, cicerone deste espaço onde vivem a Apenas Maria, o Contrabaixo, a Menina Bonsai, o Perchista do Pensamento e a Mulher do Chapéu. E por falar nesta última personagem, quem lhe dá corpo e alma é Soraia Chaves. A estreia nos palcos de uma atriz vinda do cinema e da televisão que, agora, se propõe neste jardim “a descobrir a linguagem do teatro”. “Com a certeza das limitações, mas sempre disposta a evoluir”, acrescenta a atriz. Em cena, até 30 de setembro. Frederico Bernardino

10


Teatro do Bairro atĂŠ 30 de setembro Quinta a domingo | 21h www.facebook.com/ApenasJardim

foto @Francisco Levita

11


T

Teatro Cenas da Vida Conjugal

Até 21 de outubro Galeria Torreão Nascente Cordoaria Nacional foto @Humberto Mouco

Em 1973, Ingmar Bergman escreveu e dirigiu para a televisão Cenas da Vida Conjugal, uma minissérie em 6 episódios, posteriormente remontada para cinema, que causaria um tremendo impacto na sociedade sueca. Após ter passado um mês como bolseira na casa do autor a preparar a adaptação ao teatro desse fabuloso texto, Solveig Nordlund recupera as personagens de Johan (quase um alter-ego do próprio Bergman) e Marianne – João (Adriano Luz) e Mariana (Margarida Marinho)

12

na versão portuguesa –, um casal aparentemente feliz que, com o correr do tempo, vai sentindo a sua relação enredar-se numa teia de esgotamento e incerteza perante o esmorecimento sexual e afetivo e o desgaste emocional de uma vida a dois.

Frederico Bernardino


E

Exposições A arte do previsível

Pela primeira vez, Portugal acolhe uma exposição coletiva de arte contemporânea do Chipre, e logo com três dos seus mais notáveis pintores: Andreas Karayan, Constantinos Stefanou e Zenon Jepras. Oportunidade única para os amantes de arte apreciarem uma coleção de importantes trabalhos que retratam vistas fascinantes dos diferentes horizontes de cada artista. Através das viagens exploratórias ao dia a dia de pessoas comuns, os três artistas retratam com magia uma mesma mensagem: os tempos difíceis que os europeus enfrentam hoje serão em breve superados. A arte do previsível faz parte do programa cultural da Embaixada de Chipre, que este ano celebra o seu 13.º aniversário em Lisboa, no âmbito da Presidência da União Europeia (Julho – Dezembro de 2012) e é apresentada em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa na Galeria do Torreão Nascente, da Cordoaria Nacional, onde pode ser vista até 21 de outubro. Sara Ferreira

Galeria Torreão Nascente Cordoaria Nacional Até 21 de outubro 13


JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO O FUTURO DA MEMÓRIA

28, 29 e 30 de

SETEMBRO

28 SET. PERCURSOS TEMÁTICOS 10H LISBOA DO FADO

Percurso pedestre por Alfama. Divisão de Promoção e Comunicação Cultural (MP)

10H, 14H30 AS ÁGUAS TERMAIS DE ALFAMA

Circuito pedestre na zona das nascentes termais de Alfama. Museu da Cidade (MP)

10H30 REGISTOS DE SANTOS EM ALFAMA

Passeio pelo bairro destacando painéis de azulejaria associados à religiosidade popular. Museu da Cidade (MP)

INFORMAÇÕES E CONTACTOS Arquivo Municipal de Lisboa 218 844 060 Departamento de Património Cultural 21 817 09 00 / 21 817 19 47 Divisão de Promoção e Comunicação Cultural 218 170 600 Gabinete de Estudos Olisiponenses 217 701 105/06 Museu Bordalo Pinheiro 218 170 662 Museu da Cidade 217 513 210 Museu do Fado 218 823 470 Museu da Marioneta 213 942 810 Museu do Teatro Romano 217 513 210 Padrão dos Descobrimentos 213 031 950

18 SET. PERCURSOS TEMÁTICOS 10H30 ROTAS DOS AZULEJOS

“Bairro Alto - azulejos nas fachadas, prostituição nas ruas” Circuito pedestre no Bairro Alto. Departamento de Património Cultural (MP)

26 SET. PERCURSOS TEMÁTICOS 10H30 ROTAS DOS AZULEJOS

“ Madragoa – do lugar, das suas gentes e das varinas” Circuito pedestre pelo bairro da Madragoa. Departamento de Património Cultural (MP)

10H30 ROTAS DOS AZULEJOS

“Colina do Castelo – entre santos, virgens e burgueses” Circuito pedestre pela Colina do Castelo. Departamento de Património Cultural (MP)

18H30 VISITA CANTADA

Na Mouraria com Gisela João. Museu do Fado

VISITAS 10H-17H VISITAS

ORIENTADAS ÀS GALERIAS ROMANAS DA RUA DA PRATA

Entrada pela Rua da Conceição, junto ao nº 77. Museu da Cidade

10H-13H/14H-18H MEMÓRIAS DA DESCOBERTA DO TEATRO ROMANO DE LISBOA Visita à exposição . Museu do Teatro Romano

10H30 VISITA GUIADA AO MUSEU DO TEATRO ROMANO Inclui visita à escavação arqueológica.

Museu do Teatro Romano (MP)

10H30, 14H A HISTÓRIA TAMBÉM SE VÊ

Visita orientada às instalações e serviços do Arquivo Municipal de Lisboa (Fotográfico e Bairro da Liberdade). Arquivo Municipal de Lisboa (MP)

11H VISITA GUIADA AO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS 15H MEMÓRIAS DA ÍNDIA 1956/ 1962 Visita guiada à exposição

Padrão dos Descobrimentos (MP)

15H DE CONVENTO A MUSEU Visita orientada ao Convento das Bernardas. Museu da Marioneta (MP)

29 SET. ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS 10H30-12H30, 14H-17H

30 SET. ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS 10H30-12H30, 14H-17H

Peddy paper para famílias.

Peddy paper para famílias.

A MADRAGOA DE OUTROS TEMPOS Museu da Marioneta

PERCURSOS TEMÁTICOS 10H, 14H30 CERCA VELHA DE LISBOA

Circuito pedestre do Castelo à zona ribeirinha. Museu da Cidade (MP)

11H NA CIDADE COM RAFAEL BORDALO PINHEIRO

Passeio pelo Chiado relacionado com a vida do artista. Museu Bordalo Pinheiro (MP)

16H30 VISITA CANTADA

A MADRAGOA DE OUTROS TEMPOS Museu da Marioneta

10H30-12H30 MANHÃCRIATIVA Especial Jornadas do Património. Museu da Marioneta (MP)

PERCURSOS TEMÁTICOS 10H, 14H30 CERCA VELHA DE LISBOA

Circuito pedestre do Castelo à zona ribeirinha. Museu da Cidade (MP)

11H NA CIDADE COM RAFAEL BORDALO PINHEIRO

Museu do Fado (MP)

Passeio pelo Chiado relacionado com a vida do artista.

18H30 VISITA CANTADA

16H30 VISITA CANTADA

Com Ana Maurício.

Desgarrada com Conceição Ribeiro e Pedro Galveias na Mouraria. Museu do Fado

VISITAS 10H-17H VISITAS

ORIENTADAS ÀS GALERIAS ROMANAS DA RUA DA PRATA

Entrada pela Rua da Conceição, junto ao nº 77. Museu da Cidade

10H-13H/14H-18H MEMÓRIAS DA DESCOBERTA DO TEATRO ROMANO DE LISBOA Visita à exposição. Museu do Teatro Romano

10h30 VISITA GUIADA AO MUSEU DO TEATRO ROMANO Inclui visita à escavação arqueológica.

Museu do Teatro Romano (MP)

11H VISITA GUIADA AO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS 15H MEMÓRIAS DA ÍNDIA 1956/ 1962 Visita guiada à exposição. Padrão dos Descobrimentos (MP)

15H BEAU SÉJOUR UM LUGAR ROMÂNTICO DE LISBOA

Gabinete de Estudos Olisiponenses (MP)

15H MEMÓRIAS DE UM TEATRO - PASSADO E FUTURO DO TEATRO ROMANO

Museu Bordalo Pinheiro (MP)

Com Ana Maurício Museu do Fado (MP)

18H30 VISITA CANTADA

Na Mouraria com Artur Batalha. Museu do Fado

VISITAS 10H-17H VISITAS

ORIENTADAS ÀS GALERIAS ROMANAS DA RUA DA PRATA

Entrada pela Rua da Conceição, junto ao nº 77 .

Museu da Cidade

10H-13H/14H-18H MEMÓRIAS DA DESCOBERTA DO TEATRO ROMANO DE LISBOA Visita à exposição. Museu do Teatro Romano

10H30 VISITA GUIADA AO MUSEU DO TEATRO ROMANO Inclui visita à escavação arqueológica.

Museu do Teatro Romano (MP)

11H VISITA GUIADA AO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS 15H MEMÓRIAS DA ÍNDIA 1956/ 1962 Visita guiada à exposição. Padrão dos Descobrimentos (MP)

15H MEMÓRIAS DE UM TEATRO - PASSADO E FUTURO DO TEATRO ROMANO Museu do Teatro Romano (MP)

Museu do Teatro Romano (MP)

(MP) MARCAÇÃO PRÉVIA


C

Curtas

Como conduzir bicicletas na cidade É rara a manhã em que não se vê alguém a ir trabalhar com a sua bicicleta. E foi a pensar nisso que a Câmara Municipal de Lisboa, em colaboração com a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), resolveu criar os cursos de condução de bicicleta em meio urbano. O último curso realiza-se no dia 29 de setembro, no Parque Desportivo Municipal de S. João de Brito, na Avenida do Brasil e tem um custo de 19,05 euros. As inscrições são obrigatórias e podem ser feitas através do telefone 213 253 347 ou por e-mail: dsesa.gat@cm-lisboa.pt.

Continuo Theatre promove workshop no Bairro Alto De 3 a 6 de outubro, no Teatro do Bairro, realiza-se You, a phisical, music and art workshop pela companhia independente da República Checa, Continuo Theatre. A companhia de Pavel Storac promove durante quatro dias de trabalho intenso nas várias vertentes performativas (interpretação, música, dança e artes circenses) um workshop que permitirá a alguns dos participantes integrarem o elenco da sua última produção, Now…!. Fundada em 1992, a companhia checae tem sido distinguida em diversos festivais internacionais. Mais informações em www.teatrodobairro.org/.

16


Orçamento Participativo 2012 já está a votos Está em fase de votação, até 31 de Outubro, o Orçamento Participativo para o ano de 2012, através da página www. lisboaparticipa.pt. A votação decorre apenas online e cada cidadão tem direito a dois votos em cada um dos grupos de projetos (um com orçamento de valor igual ou inferior a 150 mil euros e outro com orçamento de valor superior a 150 mil euros). Dentro de cada uma das categorias encontrará diversos projetos para melhorar a nossa cidade. Uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa que conta com a participação de todos os lisboetas.

Lisboa Story Centre no Terreiro do Paço. Lisboa já tem um inovador centro de interpretação da história da cidade, o Lisbon Story Centre – Memórias da Cidade. Um espaço interativo que possibilita uma viagem no tempo, com a duração de quase uma hora, acompanhada por áudio-guias que explicam toda a evolução da cidade desde a sua fundação até a atualidade. A atração principal é a reconstituição do terramoto de 1755, com a projeção de um filme a quatro dimensões onde a terra realmente “treme” e com espaço para uma representação animada sobre o tema. Aberto todos os dias, das 10h às 20 horas.

17


A

em Agenda

Exposições - A Sardinha é nossa! | Até 30 de setembro| Galeria Millenium - Tesouros da Feira da Ladra | Até 30 de setembro | MUDE – Museu do Design e da Moda | www.mude.pt - Izmir Bologna | Mostra fotográfica | Até 30 de setembro | Jardim do Museu da Cidade www.museudacidade.pt - Lisboa Amarga e Doce | Fotografia de Eduardo Gageiro | Até 9 de outubro | Paços do Concelho de Lisboa| www.cm-lisboa.pt - Megaparsecs | Instalação de Samuel Rama | Até 20 de outubro | Teatro da Politécnica www.artistasunidos.pt - A Viagem, caricaturas de António para a estação do Aeroporto do metropolitano Até 31 de outubro | Museu Bordalo Pinheiro | www.museubordalopinheiro.pt - Princípio da Inércia | instalação |Mafalda Santos, Susana Gaudêncio, convidados até 4 de novembro | Pavilhão Branco | www.museudacidade.pt - Teatros de Java | Até 16 de dezembro | Museu da Marioneta www.museudamarioneta.pt - Lowbrow | Até outubro | Calçada da Glória | galeriaurbana.com.pt - Raphael Blum – Suites Brasileiras | fotografia | 19 de setembro a 30 de novembro Casa da América Latina | www.casamericalatina.pt

Música - Meo Out Jazz | Até 30 de setembro Vários locais | http://outjazz.ncs.pt - Visitas Cantadas | Sábados e Domingos, às 16h30 | Museu do Fado www.museudofado.pt

Teatro - Mironescópio: - A Máquina do Amor | por A Tarumba | 4 a 6 de outubro | S. Luiz Teatro Municipal | www.teatrosaoluiz.pt - CICLO TRY BETTER, FAIL BETTER’ 12 | Sempre Noiva | 4 a 7 de outubro | Teatro Taborda www.teatrodagaragem.com - Feliz Aniversário | de Harold Pinter | até 27 de outubro | Teatro da Politécnica www.artistasunidos.pt - Londres | de Cláudia Clemente | até 28 de outubro | Teatro Aberto www.teatroaberto.com 18


Dança A Ballet Story Com direção artística de Victor Hugo Pontes, A Ballet Story surgiu de uma encomenda de Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura e foi um dos pontos altos do festival GUIdance deste ano. Uma coreografia que mistura elementos do bailado, da dança contemporânea e do street dance. Em cena, nos dias 28 e 29 de setembro, às 21h30, no Maria Matos Teatro Municipal.

Exposição Lisboa Amarga e Doce Eduardo Gageiro é um dos mais ilustres fotógrafos de Lisboa. E é, precisamente, uma seleção de registos lisboetas da sua obra, compreendida entre 1975 e 2012, que está exposta nos Paços do Concelho até 9 de outubro. Lisboa Amarga e Doce reúne 300 fotografias, acompanhadas com poemas de Camões, Pessoa e Ary dos Santos.

Teatro Lilith “A primeira mulher de Adão, Lilith, enfastiada com o paraíso e depois de discutir com Adão a respeito de quem é que devia ficar por cima, dirigiu-se aos altos portões e saiu dali para fora. Começou a dormir com os demónios que andavam por ali à volta, a espreitar por cima dos muros”. Uma peça de Francisco Luís Parreira, em cena de 3 a 7 de outubro, na sala principal do São Luiz.

19

Lisboa Cultural | 25 de setembro a 8 de outubro´12  

FESTA DO CINEMA FRANCÊS | LISBOA OPEN HOUSE (arquitetura) | NOITES DE SÃO BENTO | APENAS JARDIM e CENAS DA VIDA CONJUGAL (teatro) | A ARTE D...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you