Page 1

Ano XIi nº149

JANEIRO 2011

Publicação mensal dirigida exclusivamente à Rede de Concessionárias de Automóveis Honda - Circulação Interna

“Vamos priorizar a qualidade do negócio em 2011” Em entrevista ao Honda Press, Issao Mizoguchi, diretor vicepresidente da Honda no Brasil, planeja manter o elevado nível do trabalho de pós-venda e a eficiência da rede de concessionárias

Janeiro 2011 | HondaPress

1


MARKETING

O show começa lá fora Se você entrou no site do Credicard Hall, notou que a programação do primeiro semestre está repleta de grandes músicos nacionais e internacionais. Desde o grupo de pagode Exaltasamba e os roqueiros do Capital Inicial ao romântico Fábio Junior e a sensação da MPB, Maria Gadú, passando pelos suecos do Roxette e pela famosa boy band Backstreet Boys. Engana-se, porém, quem acha que as atrações ficam restritas ao palco de uma das principais casas de espetáculo do país. A Honda Automóveis firmou parceira com o espaço pelo segundo ano consecutivo e será uma das co-patrocinadoras dos espetáculos. Ou seja, além de acompanhar seu músico preferido, o espectador terá a possibilidade de conhecer as características dos modelos comercializados pela Honda. Em cada show, um veículo estará exposto no hall de entrada. “Cada espetáculo terá um modelo exposto. E sempre será diferente, dependendo do perfil de público do show. Trata-se de mais uma ação para estar junto ao nosso público-alvo”, define Loreta Caporrino, analista de marketing da Honda Automóveis.

Fachada do Credicard Hall e Honda CR-V exposto no local

Honda por Honda O sucesso é de todos Neste trecho, Soichiro Honda fala sobre o aprendizado e afirma ser a Honda sua maior escola “De certo modo, minha empresa tornou-se minha universidade. Lá, eu era melhor aluno do que havia sido na escola e todos os meus colaboradores eram meus professores. Quando lhes fazia pergunta eu aprendia, pois cada um conhecia bem melhor que eu, e em detalhes, a prática de sua especialidade. Com 25 mil colaboradores, eu podia dispor de uma soma apreciável de conhecimentos, a mais formidável biblioteca do mundo. À moda japonesa, fazíamos festas para nos conhecermos melhor e termos alguma desculpa para nos encontrarmos fora do trabalho e das restrições da hierarquia. Quando falam do meu sucesso, penso logo no sucesso de minha empresa. Honda não é uma sigla ou denominação publicitária, mas os 25 mil homens que dela vivem e nela acreditam... No fundo, pensando bem, sou apenas o funcionário mais antigo de minha companhia. E é por esse título que me respeitam”. Trecho extraído do livro “Honda por Honda”, publicado em 1979

Honda Press é uma publicação mensal do Departamento de Marketing para a Rede de Concessionárias Honda Automóveis Editor e Jornalista Responsável: Ricardo Ghigonetto (Mtb 14.150) Redação: Fernando Stella e Ana Carla Molina Design Gráfico: Alexandra Marchesini Tiragem: 1.500 exemplares Produção: Linkpress Assessoria e Comunicação - Tel.: (11) 5594-7577 - E-mail: linkpress@linkpress.com.br

2

HondaPress | Janeiro 2011


MARKETING

Rede acelera com a F-Indy No dia 1º de maio, o Sambódromo do Anhembi, na capital paulista, voltará a tremer. Pelo segundo ano consecutivo, o espaço dará um tempo na beleza dos desfiles das escolas de samba e será palco da etapa brasileira da Fórmula Indy. Patrocinadora oficial, a Honda também fará muito barulho antes do GP, promovendo ações que visam atingir os públicos interno e externo. Uma viagem com acompanhante e tudo pago para assistir a corrida em São Paulo é a premiação de um concurso cultural voltado ao consumidor. A ação, que terá início no dia 1 de fevereiro e vai até o dia 31 de março, está atrelada à realização de test drives. Quem for até uma concessionária Selo campanha incentivo vendedores e gerentes de vendas

da marca recebe um cupom para preencher os dados e responder a uma pergunta: “O que você faria para assistir a F-Indy em São Paulo, com tudo pago?”. As 100 frases mais criativas serão premiadas com a viagem. Para isso, a Honda desenvolveu uma ampla campanha de divulgação. Os concessionários receberão diversos materiais de ponto de venda (bexiga, painel, imã para capô, aerofólio, tag de volante, take one, cupom, urna), além do envio de e-mail marketing e mala-direta para um mailing qualificado e o desenvolvimento de um hotsite específico para essa

Banner para showroom

campanha, que oferece algumas sessões, como mecânica de participação

e premiação. A ação do e-mail marketing está atrelada a um brinde: o cliente que atender ao convite para ir até uma concessionária e realizar o test drive receberá uma assinatura gratuita da revista Quatro Rodas por um período de três meses. Selo campanha público final

Incentivo de vendas Os vendedores e gerentes de vendas da rede de concessionárias também são alvos dessa campanha voltada à Fórmula Indy. Entre os dias 1 de fevereiro e 31 de março os vendedores competirão com quatro indicadores de desempenho individual – test drives realizados por clientes, vendas de veículos 0km (emplacamentos), acertos nos quizzes do hotsite e participação de seus clientes no concurso cultural (cupons preenchidos). Já os gerentes, que dessa vez irão definir a sua própria equipe de vendedores, concorrem baseados na performance do seu time: test drives realizados por clientes, vendas de veículos 0km (emplacamentos) e participação de seus clientes no concurso cultural (cupons preenchidos). Serão contemplados 50 vendedores e 10 gerentes, que ficarão hospedados em um hotel cinco estrelas da capital paulista e assistirão ao GP de Fórmula Indy.

Imã para capô

Números de 2010 • Em 2010, 40 mil pessoas lotaram as arquibancadas do circuito que também passa pela movimentada Marginal Tietê. • O Grande Prêmio do Brasil foi transmitido para mais de 200 países. • 24 pilotos participaram, sendo 6 brasileiros: Helio Castroneves, Vitor Meira, Tony Kanaan, Mario Romancini, Raphael Matos e Ana Beatriz Figueiredo • A Reta dos Bandeirantes (Marginal do Tietê) tem exatamente 1.480m, a maior do circuito de Formula Indy.

Take one

Janeiro 2011 | HondaPress

3


Esporte investimento saudável e eficiente

R

ecentemente, a Honda Automóveis confirmou sua participação como patrocinadora oficial pelo quarto ano consecutivo do Circuito Vênus, evento direcionado ao público feminino que combina a corrida de rua com atividades ligadas ao bem estar — aulas de yoga, alongamento, massagens, aulas de dança e degustação de produtos. A escolha não é por acaso. A empresa sempre se mostrou disposta a associar sua imagem com ações que envolvam o incentivo à qualidade de vida, à saúde e à atividade física. E, nada melhor, do que apostar em modalidades esportivas. Apoio a inúmeras competições de golfe, que voltará a fazer parte do cronograma dos Jogos Olímpicos em 2016, no Rio de Janeiro, e patrocínio da etapa brasileira da Fórmula Indy (leia matéria na página 3) também são outros projetos da Honda para este ano. “Tudo isso fortalece ainda mais o nome da Honda”, assegura Diego Fernandes, gerente de marketing da Honda Automóveis.

Circuito Vênus: evento combina esporte com ações de bem estar às mulheres

4

HondaPress | Janeiro 2011


MARKETING

Com apenas três anos de existência, a Banzai, Belo Horizonte (MG), também vê as atividades esportivas como uma maneira de ficar mais conhecida em sua área de atuação. Desde a sua inauguração, patrocina uma série de atividades, como eventos de triathlon ou o “Pedalando no Topo”, o maior evento de ciclismo indoor da América Latina. “Investir no esporte traz excelentes resultados institucionais e também de varejo. A Banzai tem buscado investir em ações que correspondam às ideias da empresa, focadas em sustentabilidade e formação de atletas”, explica Camilo Lucian, Banzai é patrocinadora do “Pedalando no Topo”

diretor superintendente da concessionária.

Essa feliz escolha retrata uma postura do mundo corporativo. O marke-

PLANEJAMENTO É ESSENCIAL

ting esportivo vem ganhando cada vez mais espaço no planejamento das

Mas o investimento em esporte não se restringe à simples escolha de um

empresas. Segundo especialistas na área, a explicação é simples. Trata-se

atleta/esporte. Pelo contrário. É indispensável fazer um bom planejamento

de uma comunicação saudável e envolve sentimentos que só o esporte

antes e depois de tal decisão e expor sua marca de maneira bem visível. Para

proporciona como alegria, vibração e emoção. E os resultados são os mais

o especialista Lucas Bueno, a maioria das marcas interessadas em investir

expressivos. “Trata-se de um excelente custo benefício e objetivam muito

ou que já investem pretende fazer com que seu consumidor a enxergue

mais do que apenas ganho de visibilidade ou relacionamento. Muitas

no esporte da mesma forma como é vista na gôndola do supermercado,

empresas apostam em plataformas esportivas para alavancar suas vendas,

em uma concessionária, um site de e-Commerce e em todos os pontos

se inserir em novas praças, fomentar novos negócios e, em alguns casos,

de contato que os consumidores tenham com ela. “É essencial que as

ampliar o escopo de trabalho na sua cadeia de valores”, explica Lucas

empresas desenvolvam estratégias e adquiram ativos/propriedades no

Bueno, sócio-diretor da Touch Sports, consultoria especializada em gestão

esporte que de fato permitam que seja feita a transferência perfeita do

de marcas no esporte.

seu posicionamento de mercado para o ambiente esportivo”.

A rede de concessionárias Honda também explora essas ações. Veja o caso

A Winner, concessionária Honda que comercializa motocicletas, com cinco

da HVille, Barueri (SP), que mantém há três anos uma estreita relação de

unidades espalhadas pelo interior de São Paulo, pode ser considerada

parceria com o mais tradicional clube da região de Alphaville, o Alphaville

como um case de sucesso quando se fala em marketing esportivo. Ela é

Tênis Clube. É patrocinadora de torneios de tênis e das olimpíadas internas

patrocinadora máster da equipe masculina de basquete de Limeira há dez

e mantém exposição permanente de um veículo Honda nas dependências

temporadas. Além do torneio estadual, o time participa da Liga Nacional

do clube. Espalha banners e faixas em todas as quadras poliesportivas.

da categoria. Ou seja, o nome da concessionária ganhou espaço em sua

Tudo isso significa à Hville exposição da marca entre as mais de cinco mil

área de atuação e está presente nas diversas regiões do país. “Somos

famílias associadas e seus visitantes. “Esse trabalho trouxe mais visibilidade

uma empresa com mais de duas décadas de atividades, mas, sem dúvida,

e, consequentemente, novas oportunidades de negócios”, explica Sérgio

ficamos mais conhecidas após esse investimento no basquete da cidade”,

Grassi, diretor administrativo da HVille.

ressalta Paulo Sérgio Salviatti, gerente geral da Winner.

Torneios de golfe vem sendo um dos alvos de ações da Honda

Hville apoia torneios de tênis em Alphaville, Barueri (SP)

Janeiro 2011 | HondaPress

5


CAPA

Linha de produção em Sumaré: capacidade suficiente para atender a demanda do mercado

6

HondaPress | Janeiro 2011


“Qualidade no negócio é o foco da Honda para 2011”

A

indústria automotiva nacional seguirá aquecida em 2011. Essa é a projeção feita pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). De acordo com o presidente da entidade, Cledorvino Belini, o mercado interno de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus

deverá crescer 5,2% neste ano. E a Honda Automóveis está preparada para se manter entre as principais fabricantes. De acordo com Issao Mizoghuchi, vice-presidente comercial da Honda no Brasil, a marca irá priorizar a qualidade nesses próximos 12 meses para atingir tal objetivo. O executivo quer manter o elevado nível do trabalho de pós-venda, a eficiência da rede de concessionária e, acima de tudo, ‘a consistência do negócio como um todo’. “A HAB [Honda Automóveis do Brasil] deverá ter investimento mais voltado à melhoria da consistência do negócio. O que seria isso? Seria aumentar a nacionalização dos produtos, na melhoria da produtividade e melhoria da qualidade dos processos. Nossa capacidade produtiva é suficiente para atender a demanda do mercado”, comenta Mizoguchi, em entrevista ao Honda Press.

Issao Mizoguchi: concessionárias têm que trocar mais experiências entre si

No ano passado, a Honda Automóveis fechou o ano com 126.439 unidades emplacadas, o que significou o melhor ano de sua história de atuação no Brasil. O crescimento das vendas em 2011 também passa pelas prioridades da Honda. Mas o vice-presidente comercial da Honda no Brasil acredita que isso não pode ser alcançado ‘de qualquer maneira’. “Não podemos buscar volume de qualquer forma. Precisamos pensar na qualidade do negócio como um todo, não só da Honda, mas principalmente da concessionária e dos fornecedores. E nunca podemos nos esquecer do respeito ao cliente, sempre oferecendo produtos com qualidade. Obviamente, volume de vendas é fundamental para uma empresa, mas não pode ser prioritário”, acrescenta.

ideias entre si”. “Desejamos ver uma troca maior de experiências entre as

Aliás, Issao Mizoguchi espera ver o cliente cada vez mais satisfeito. Por

concessionárias. É importante que sejam montados grupos de trabalho para

isso, comemora os resultados do TSI (Total Satisfaction Index), pesquisa cujo

apresentar cases positivos de uma região com outra. Além disso, vamos man-

objetivo é avaliar o grau de satisfação dos consumidores em relação aos

ter a estratégia de trabalhar em conjunto e sempre adotando ações regionais

serviços prestados pela rede de concessionárias. A Segunda Onda de 2010

com a necessidade de cada um. Tudo isso vai ajudar bastante no fortaleci-

registrou média de 91,7, que significou sua melhor pontuação nos últimos

mento da marca e no crescimento de cada concessionária.”, define.

dois anos de aplicação do programa. Além disso, a Honda Automóveis foi eleita como o melhor serviço pós-venda, de acordo com a pesquisa “Os Eleitos”, promovida pela revista Quatro Rodas.

Governo Dilma: otimismo Issao Mizoghuci se mostrou otimista com o governo Dilma Roussef. Após

“Eu atribuo esse resultado 100% à nossa rede. Por isso, o TSI vem

oito anos de Lula à frente do país, o executivo vê com bons olhos a entrada

evoluindo. O mérito é total das concessionárias, que tiveram bastante

da nova presidente da República e acredita que ela dará continuidade às

consciência na necessidade de manutenção e da boa qualidade do serviço

políticas de crescimento da economia nacional. “Em médio e em longo

de pós-venda para continuidade do nosso negócio. No caso da pesquisa

prazo as perspectivas são boas [do governo Dilma Roussef]. Acredito que

‘Os Eleitos’, o público notou os impactos de um excelente trabalho das

haverá uma política de continuidade. Até por que, hoje, na economia

equipes de pós-vendas e de peças”, salientou.

globalizada o país não pode ficar mudando de política só por que mudou o

Por falar em rede, Issao Mizoghuchi pede a continuidade dessa sintonia cada vez maior entre Honda e rede e espera ver as concessionárias “trocando

presidente. Existe uma diretriz, uma estratégia que vem continuando. Não vejo nenhuma preocupação nesse sentido”, finalizou Mizoghuchi. Janeiro 2011 | HondaPress

7


MARKETING

Onde o público estiver Se você circular por um dos sete principais aeroportos do Brasil até o final

A ação se estenderá em outros locais com grande movimentação. É o

desse ano, terá a possibilidade de conhecer um pouco sobre os modelos

caso, por exemplo, dos shoppings centers. O Morumbi Shopping, loca-

da Honda Automóveis. Uma ampla campanha de divulgação está sendo

lizado em São Paulo, foi o centro de compras escolhido e receberá dois

realizada nos aeroportos de maior fluxo do país: São Paulo (Congonhas

painéis nas saídas dos estacionamentos. “É uma área com forte presença

e Cumbica), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Belo Horizonte

de escritórios de grandes empresas e hotéis, além de estar em uma das

(Confins), Brasília (Juscelino Kubitschek) e Curitiba (Afonso Pena). Painéis

regiões de excelente poder aquisitivo. Ou seja, estaremos próximos de

estarão espalhados em pontos estratégicos nesses locais.

nosso público-alvo”, destaca Diego Fernandes, gerente de marketing da

Anualmente, passam por esses locais perto de 73 milhões de passageiros,

Honda Automóveis.

turistas, executivos, profissionais liberais e formadores de opinião. E deverá

A USP (Universidade de São Paulo) também é outro local escolhido pela

aumentar com a proximidade de eventos importantes, como a Copa do

Honda para essa campanha. Em suas dependências serão espalhados seis

Mundo de futebol de 2014. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura

painéis-relógio e outros três painéis em portões da universidade localizada

Aeroportuária (Infraero), existe uma projeção de crescimento de 66% no

na capital paulista. “Vamos estar onde o público está. Queremos marcar

fluxo de passageiros nos aeroportos até o próximo Mundial.

presença o ano inteiro nesses locais”, finaliza Diego Fernandes.

Painel instalado na entrada da USP

Painel em Cumbica: fluxo anual de 20,5 milhões de pessoas no aeroporto de Guarulhos

CORPORATIVO

Solidariedade às vitimas das enchentes A Honda demonstrou mais uma vez que seu envolvimento com a comunidade vai muito além de desenvolver produtos com alta qualidade e comprometidos com a natureza. Seu objetivo sempre será contribuir para a construção de uma sociedade cada vez melhor. Diante disso vem colaborando com as vítimas das enchentes que devastaram a região serrana do Rio de Janeiro (Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis e Sumidouro). Inicialmente, a Honda doou R$ 200 mil para a Cruz Vermelha Brasileira - filial Rio de Janeiro. Além disso, destinou duas motocicletas NXR 150 Bros Flex, modelo on/off road, e geradores de sua linha de Produtos de Força, equipamento que assegura iluminação nas áreas sem energia elétrica, ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. Paralelamente, um trabalho voluntário de funcionários vem sendo realizado para a arrecadação de água mineral e leite em pó. Tudo será enviado para a Cruz Vermelha de São Paulo, que fará a entrega à Cruz Vermelha do Rio de Janeiro.

8

HondaPress | Janeiro 2011


CORPORATIVO

Se é bom para o planeta, é bom para a Honda A Honda lançou no final do ano passado uma campanha institucional que reforça a preocupação do grupo com o meio ambiente. Sob o mote “Se um projeto não é bom para o planeta, não está nos nossos projetos”, as peças publicitárias apresentam produtos da Honda desenhados somente com flores. Os modelos protagonistas desta ação são o New Fit e a CG 150 Titan Mix. O principal objetivo da campanha é mostrar que a Honda não é uma empresa que faz apenas motos, carros e produtos de força, mas busca em cada novo projeto, alinhar o máximo de benefícios à sociedade. “É uma empresa que acredita no poder dos sonhos, no poder de fazer um mundo melhor e que também se preocupa com as questões ambientais. Os anúncios demonstram claramente este posicionamento e mostram um pouco mais da Honda para o público”, analisa Ricardo Zanella, atendimento da agência DM9DDB, responsável pela campanha.

Você sabia que a produção das peças levou seis dias? Para se chegar ao resultado final, a florista Maria Haller utilizou mais de 65 tipos de flores, sendo 640 maços e 90 vasos, somando cerca de 220 Kg.

Banco Honda: ascensão no setor de automóveis A participação do Banco Honda nas vendas dos automóveis Honda está sendo cada vez mais expressiva. Para se ter idéia, 32% de todos os carros novos comercializados pela rede no país em 2010 foram financiados pelo braço financeiro da Honda. “Vejo que o Banco Honda ganhou mais maturidade. No caso de automóveis, foi determinante para que a empresa alcançasse os números registrados no ano passado”, disse Marcos Fermanian, diretor de negócios financeiros da HSF (Honda Serviços Financeiros). O ano passado foi o mais expressivo da Honda Automóveis em toda a sua história – foram emplacadas 126.439 unidades. “O Banco Honda vai continuar sendo um importante instrumento de sustentação de vendas. Nossa principal missão é ajudar na comercialização dos produtos”, acrescenta o executivo.

Janeiro 2011 | HondaPress

9


PÓS-VENDA

Funcionários da Daitan Pompéia, Sulbra Pelotas e Taiyo recebem homenagem pelo desempenho na segunda Onda do TSI em 2010

Mérito reconhecido Não foi por acaso que o serviço pós-venda da Honda Automóveis contabilizou alguns dos mais importantes prêmios da mídia especializada em 2010. Na revista Quatro Rodas, foi eleito o “Melhor atendimento pós-venda” na pesquisa ‘Os Eleitos’. Já na revista Consumidor Moderno assegurou a primeira colocação nas categorias “Serviços de Qualidade” e “Preocupação com o Atendimento ao Consumidor”. Tudo isso retrata uma evolução da rede de concessionárias, que obteve a melhor média dos últimos anos durante a 2ª Onda da pesquisa TSI (Total Satisfaction Index). E nada melhor do que homenagear os protagonistas desse excelente desempenho no ano passado. No total, 15 concessionárias do grupo geral e cinco do grupo especial foram homenageadas com placas entregues em mãos, simbolizando o sucesso alcançado na segunda etapa do TSI. Receberam também uma carta assinada por Issao Mizoguchi, diretor vice-presidente da Honda no Brasil, e que foi lida na presença de todos os envolvidos, agradecendo os esforços das equipes, especialmente da diretoria e dos setores de serviços e de peças. “Todos se dedicaram bastante no atendimento aos nossos clientes, de forma incessante e da melhor maneira possível”, diz Alexandre Cury, gerente geral de Serviços Pós-venda da Honda Automóveis.

VENDAs

Maramar Praia Grande recebe certificado Honda Conduz A Maramar Praia Grande (SP) recebeu o Certificado Honda Conduz 2010 por ter atingido, desde a sua inauguração, em outubro do ano passado, todos os requisitos necessários para a certificação: rampa de acesso, vaga demarcada e banheiros adaptados à necessidade do público PPD. Para 2011, além dos itens já mencionados, as concessionárias deverão acrescentar em seus sites informações específicas referentes ao atendimento Honda Conduz. “É importante que esse público tenha melhor acesso a todas as facilidades oferecidas, como a compra de veículos com isenção de impostos e quais são os modelos disponíveis e seus respectivos preços. Disponibilizar essas informações no site agrega mais credibilidade à concessionária”, destaca Alberto Pescumo Filho, gerente geral comercial da Honda Automóveis do Brasil. O Certificado Honda Conduz faz parte do programa de mesmo nome, cuja evolução faz da Honda uma das marcas mais reconhecidas neste segmento. O trabalho pode ser comprovado Profissionais da Honda entregam certificado Honda Conduz aos representantes da Maramar

por meio das seguidas eleições para “Carro do Ano para Pessoas com Deficiência”, da Revista Reação. Em 13 edições, os modelos da Honda foram eleitos em 11 oportunidades, incluindo a última edição em 2010. Some a isso os milhares de veículos comercializados desde o início do Programa Honda Conduz, em 1997. “Ao longo do tempo nós percebemos a necessidade de uma evolução nesse setor. E, receber reconhecimento por parte do público, nos gratifica e faz com que haja uma busca contínua em aperfeiçoar nosso programa”, explica Pescumo.

10

HondaPress | Janeiro 2011


Honda in

Verão dos eleitos Aproveitando a estação mais aguardada do ano, a Shori, com três unidades no Espírito Santo (Vila Velha, Vitória e Linhares), desenvolveu uma ação promocional, literalmente, quente. Na temporada em que as praias capixabas são mais movimentadas, a concessionária decidiu explorar duas frentes. A ação, que levou o nome de “Verão dos eleitos”, desenvolveu peças publicitárias direcionadas para diversas mídias, como jornais, emissoras de TV e rádios locais — e apostou também em atividades realizadas nas praias, onde foram distribuídos materiais em formato de leque contendo, de um lado, uma promoção do serviço pós-venda e, do outro, Honda CR-V adesivado pela Hville percorreu belas paisagens da Argentina

Aventura em grande estilo O desafio e as novidades da Expedição Ushuaia — aventura realizada por Sérgio Sapienza, cliente da concessionária HVille, em Barueri (SP) — foram além da busca por adrenalina e do desejo de desfrutar das belas paisagens argentinas. A bordo de seu bem equipado Honda CR-V 4X2, o administrador de empresas percorreu centenas de quilômetros até a cidade de Ushuaia, com o conforto e a imponência do crossover. Em uma iniciativa inédita, a HVille resolveu apostar em uma ação de patrocínio diferente das que está acostumada a fazer e mandou adesivar todo o veículo com a logomarca da concessionária. “Estamos sempre investindo em ações de relacionamento e marketing. Isso nos coloca em evidência e divulga a marca Honda. E, pelo que o Sérgio contou, o carro fez sucesso durante a

divulgação de vendas. “Além da chegada do verão, decidimos comemorar a grande vitória da Honda na pesquisa ‘Os Eleitos’, feita pela Revista Quatro Rodas. O objetivo principal é aumentar o fluxo de clientes nas concessionárias”, explica Fernanda Izoton, analista de marketing da Shori. Material utilizado pela Shori na campanha

viagem”, explica Sérgio Grassi, diretor administrativo da HVille.

Loucura que vale a pena A Daitan, São Paulo (SP), resolveu aproveitar o embalo da tradicional época de promoções no início do ano para realizar um mega-evento na concessionária. A ação, conhecida como “12 horas de loucura Daitan”, tem como objetivo vender o maior de número de veículos nas doze horas em que a concessionária fica aberta. “Criamos um momento focado para as vendas e isso sempre dá certo. Triplicamos os negócios nesse dia”, conta Henrique Stefânio Cordeiro, gerente geral da Daitan Jabaquara. Diferentemente da maioria das ações, o Logo da ação feita pela Daitan

evento promovido pela concessionária ocorre sempre no meio da semana. “Nós percebemos a necessidade de realizar mais ações e ficou provado que vale a pena, também, fazer eventos em dias mais tranquilos, com uma quarta-feira”, ressalta o executivo.

Envie ao Honda Press as ações de propaganda, promoção e treinamento de sua concessionária pelo e-mail hondapress@linkpress.com.br ou ao seu representante regional. Participe!

Dezembro Janeiro 2011 2010 | HondaPress

11


VIA SATÉLITE

Versão híbrida do Fit é a mais vendida em janeiro no Japão O início das vendas foi em outubro do ano passado. Mas não precisou de muito tempo para se transformar em sucesso. O Honda Fit híbrido (foto) colocou ponto final na hegemonia do Toyota Prius e se transformou no modelo híbrido mais vendido em janeiro no mercado japonês. Foram comercializadas aproximadamente 15 mil unidades no primeiro mês de 2011, sendo mil unidades a mais que o concorrente. Apresentado oficialmente em outubro do ano passado no Salão de Paris (França), o modelo é equipado com o mesmo motor do Honda Insight, um propulsor a gasolina de 1.4l e outro elétrico de 13 cv. Essa não é a primeira vez que um veículo híbrido da Honda lidera o ranking de um dos mercados mais concorridos do mundo. Em abril de 2009, o Honda Insight, apresentado ao público brasileiro durante o Salão Internacional do Automóvel do ano passado, se transformou no primeiro modelo híbrido a liderar entre os automóveis com motor superior a 660 cc. À época, foram vendidas 10.481 unidades, de acordo com dados liberados pela Associação dos Revendedores de Automóveis do Japão.

12

HondaPress | Janeiro 2011

Linkpress - Honda Press 149  

Publicação interna da Honda Brasil produzida mensalmente pela Linkpress

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you