Page 1

Editorial O início do ano letivo de 2014 foi marcado pela aula inaugural em 21 Fev. Duas palestras abrilhantaram o evento, o Gen Ex Mourão, então VCh do DECEx; e o Técnico de Voleibol “Bernardinho”, campeão olímpico e mundial da modalidade. As palestras muito motivaram os alunos e despertaram grande interesse de todos pelo entusiasmo e pela atualidade dos conhecimentos transmitidos. Além da atividade fim desta Escola, formar instrutores e monitores aptos a capacitar fisicamente os militares para as diversas missões na guerra e na paz, diversos eventos confirmaram a diversidade de atuação da EsEFEx. Em 12 Abr foi realizada em nosso complexo esportivo a competição de atletismo das Olimpíadas do Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ), que contou com o apoio de instrutores e monitores. A Escola recebeu o Prêmio Qualidade Rio, conferido pela aplicação de critérios na gestão da organização. Nesses primeiros meses de 2014, atletas olímpicos brasileiros treinaram em nossa pista de atletismo, marcando o início da preparação do Time Brasil para os Jogos Olimpicos de 2016. Em 2014 teremos novos desafios e todos os integrantes desta Escola estão conscientes que o nosso crescimento profissional e como pessoa só ocorre na medida que superamos os desafios. Os desafios só nos motivam mais! Até a próxima corrida! Ten Cel Romaguera Calção Preto! Brasil!! Comandante da EsEFEx

EsEFEx recebe Prêmio Qualidade Rio AEscola de Educação Física do Exército (EsEFEx), representada pelo Maj Toledo Leal, Chefe da Seção de Ensino à Distância da EsEFEx, recebeu, no dia 18 de dezembro de 2013, o Prêmio Qualidade Rio – PQRio2013. O PQRio é outorgado às organizações avaliadas com base em uma metodologia para diagnosticar o seu estágio atual de desenvolvimento gerencial, permitindo estabelecer planos de melhoria contínua do desempenho organizacional, de acordo com os conceitos e princípios da Gestão pela Qualidade Total. A cerimônia foi presidida pelo Exmo Sr Marcelo Vertis, Subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Governo do Rio de Janeiro, acompanhado do Gen Bda Marcio Roland Heise, Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército e demais autoridades civis e militares.


Corrida da Paz A Escola de Educação Física do Exército participou, no dia 23 de fevereiro de 2014, de mais uma edição da CISM DAY RUN 2014 – “ Corrida da Paz ”, realizada no trajeto da orla da zona sul do Rio de Janeiro, sendo à saída do Forte de Copacabana e a chegada no Forte do Leme. O evento teve por finalidade comemorar o aniversário do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM), promover a prática esportiva no âmbito das Forças Armadas e a integração com a sociedade por intermédio do esporte, tendo sido comemorado em outras cidades brasileiras e nos países filiados à entidade.

Aula Inaugural dos Cursos de Instrutor e Monitor de Ed. Física No dia 21 de fevereiro de 2014, aconteceu no auditório da EsEFEx a aula inaugural para os Cursos de Instrutor e Monitor de Educação Física. A solenidade de abertura contou com as presenças do Exmo Sr Gen Ex Antônio Hamilton Martins Mourão, então Vice-Chefe do DECEx; do Gen Ex Augusto Heleno Ribeiro Pereira; do Gen Div Ronald Silva Marques; pelo Gen Div Décio dos Santos Brasil, Cmt do CCFEx; pelo Gen Bda Glênio Pinheiro; pelo Gen Bda Acrísio Figueira e pelo Gen Bda Sérgio Tavares Carneiro, antigos Comandantes, além do Sr. Bernardo Rocha de Rezende -“Bernardinho”. Na oportunidade, o Gen Mourão realizou uma palestra abordando o Ensino no Exército e em seguida, o Sr. Bernardo Rocha de Rezende, “Bernardinho”, apresentou uma palestra sobre o Tema “Desporto e Liderança”, o que contribuiu positivamente para os militares que realizarão o CI/CM 2014. Assim, os Cursos de Instrutor e Monitor não poderiam iniciar o ano de forma mais motivante.


Equipe Brasileira de Atletismo Treina na EsEFEx No período de 6 a 11 de janeiro foi realizado o treinamento do Time Brasil de atletismo para as provas de salto triplo, salto distância e 100m c/barreiras nas instalações da EsEFEx. Destaque para a participação da campeã olímpica de 2008 na prova de salto em distância, a atleta Maurren Maggi e do campeão olímpico no salto em distância, o atleta panamenho Irwin Saladino, ambos treinados pelo professor Nélio Moura.

EsEFEx Recebe a Visita da Michael Johnson Performance No período de 10 a 15 de fevereiro de 2014, a Escola de Educação Física do Exército recebeu a visita da MICHAEL JOHNSON PERFORMANCE. A Confederação Brasileira de Atletismo e o Comitê Olímpico Brasileiro, em parceria com a MJPerformance iniciou, no ano passado, um projeto de assessoramento internacional, buscando ajudar atletas e técnicos a terem mais resultados com o mínimo de lesões. Durante esses dias, os atletas brasileiros de atletismo foram submetidos a testes e avaliações pelo staff da MICHAEL JOHNSON PERFORMANCE e por pesquisadores da UNIRIO. Destaque para a presença do medalhista olímpico dos 200 e 400m rasos, Michael Johnson, ex-recordista mundial. Essa parceria visa melhorar o desempenho de nossos atletas para as futuras competições, já que disputarão em 2015 o Pan-Americano em Toronto e, em 2016, os jogos olímpicos do Rio de Janeiro.


Curso de Técnico de Esgrima Nível I Foi realizado nas dependências da EsEFEx o primeiro Curso de Técnico de Esgrima - Nível I, através de uma parceria entre a Confederação Brasileira de Esgrima (CBE) e o Exército Brasileiro, este representado pela DEPA, pelo CCFEx e pela EsEFEx. O objetivo deste curso foi capacitar professores civis e militares, que compõem as Seções de Educação Física dos Colégios Militares para implantarem em seus respectivos colégios o desporto esgrima, por meio de um processo de iniciação ao esporte.

A atividade ocorreu no período de 22 a 31 de março de 2014 e contou com a participação de professores indicados pela CBE e de integrantes dos seguintes Colégios Militares: Belo Horizonte, Campo Grande, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Santa Maria. Ao final, 19 alunos-professores concluiram com aproveitamento o Curso de Técnico de Esgrima Nível I, capacitando-os a difindirem a esgrima pelo Brasil.

Programa Nacional de Gestão Pública O Comandante da EsEFEx, Ten Cel Romaguera, recebeu um certificado de reconhecimento de Gestão no NÍVEL 4 do Programa Nacional de Gestão Pública, o que consolida a EsEFEx como referência na gestão dos seus processos. A cerimônia de premiação aconteceu no dia 8 de maio, no auditório da Caixa Econômica Federal, no Centro do Rio.


Curso de Arbitragem de Triathon - Nível I Rio de Janeiro – RJ. Nos dias 25 e 27 de abril de 2014, os alunos do Curso de Monitor da EsEFEx realizaram a clínica de arbitragem de triathlon organizada pela Confederação Brasileira de Triathlon, com a finalidade de prepará-los para a participação na arbitragem de competições de aquathlon e triathlon.

Olimpíadas do Colégio Militar do Rio de Janeiro Foi realizada no dia 12 de abril na EsEFEx, a competição de atletismo das Olimpíadas do CMRJ. A competição contou com a participação dos alunos do ensino fundamental e médio e serviu como seletiva para participação nos Jogos da Amizade / 2014.

Será realizado nos dias 6 e 7 de junho de 2014, o I Fórum Científico da EsEFEx, com o tema “Ciência Aplicada ao Treinamento Físico e ao Esporte”. As inscrições poderão ser realizadas no site: www.esefex.ensino.eb.br


Torneio de Pentatlo Militar Alunos, instrutores e monitores da EsEFEx participaram da organização e arbitragem do Torneiro Aberto de Pentatlo Militar das Forças Armadas, que ocorreu no período de 08 a 12 de abril de 2014. A atividade contribuiu para o aperfeiçoamento dos alunos dos cursos da EsEFEx, que puderam colocar em prática os ensinamentos recebidos nos bancos escolares.

EsEFEx apresenta Trabalho Científico em Mônaco A Profa. Dra. Lilian Cristina, professora da disciplina de Epidemiologia da Atividade Física na EsEFEx, participou da Conferência Mundial do Comitê Olímpico Internacional sobre Prevenção de Lesões e Doenças no Esporte, que ocorreu no período de 10 a 14 de abril em Mônaco. Na ocasião, a Profa. Lilian realizou a apresentação do seu trabalho científico intitulado “Prevalence of pain and Quality of Life among high-performance athletes” [tradução: Prevalência de dor e qualidade de vida entre atletas de alto rendimento].


Copa do Mundo de Esgrima acontece na EsEFEx Foi realizado nos dias 16,17 e 18 de maio, no Ginásio Leite Castro e na Sala D´Armas General Horácio dos Santos, da Escola de Educação Física do Exército, a Copa do Mundo de Esgrima de Espada Feminina, organizada pela Confederação Brasileira de Esgrima, com a cooperação de instrutores e monitores desta Escola. O evento contou com a participação 33 países, sendo a França consagrada campeã por equipe.

EsEFEx se Prepara para Receber a Seleção da Inglaterra Além disso, o centro de mídia inglês será organizado nas instalações do novo ginásio. Assim, a EsEFEx estará contribuindo para o sucesso da Copa 2014, acolhendo da melhor forma a delegação inglesa. A Escola de Educação Física do Exército será o Centro de Treinamento da Seleção Inglesa durante a Copa do Mundo - Brasil 2014. A partir de 9 de junho, os ingleses utilizarão o campo de futebol e a sala de musculação da EsEFEx.


Momento da Saúde ATIVAÇÃO DO CORE

Diversos estudos têm sido publicados a respeito da importância do treinamento do Core, região integrada composta por 29 pares musculares que suportam o complexo lombopélvico. O termo Core está ligado ao centro, essência, de onde parte algo. No corpo humano, suas funções básicas são: produção de força, redução de tensão, geração de estabilidade, manutenção do alinhamento postural e aceleração/desaceleração dos movimentos (Behm e Anderson, 2006), funcionando desta maneira como um “cinto natural”. A falta de coordenação da musculatura deste sistema pode levar à perda da eficiência dos movimentos e a busca por padrões compensatórios que poderão pré-dispor o indivíduo ao surgimento de lesões. Um programa de treinamento que vise o aprimoramento deste complexo deve ser realizado respeitando uma progressão gradual. Inicialmente deve-se buscar a recuperação da amplitude de movimento e a correção de possíveis déficits de torque para, posteriormente, desenvolver a força (D’Elia, 2013). Desta forma, o treinamento objetiva gerar a estabilidade necessária para evitar o aparecimento de lesões e proporcionar desenvolvimento de atividades relacionadas à performance. A estabilidade desta região é extremamente aconselhada para diminuição da incidência de lesões e redução do surgimento da dor lombar, contribuindo ainda para maximizar a eficiência atlética por meio da ativação da cadeia cinética, gerando melhoras no posicionamento corporal e na velocidade de movimento. O aumento da estabilidade está diretamente relacionado com a eficiência motora dos músculos locais e globais. Os locais são os responsáveis por gerar a estabilização inicial antes do movimento, sendo recrutados milésimos de segundos antes dos globais e preparando o corpo para absorção das tensões iniciais (Anderson e Behm, 2005).

Já os globais, por sua vez, são recrutados posteriormente aos locais e geram o torque necessário para realização das atividades diárias (Kiefer et al 1997). A dor lombar em alguns indivíduos pode estar relacionada com um “atraso” neste padrão de recrutamento das unidades motoras, pois, quando os locais são acionados simultaneamente aos globais, o movimento é realizado sem a prévia estabilização (Anderson e Behm, 2005). Behm et al (2002) afirmam que o treinamento com bola suíça oferece uma superfície instável que proporciona aos músculos do Core um desenvolvimento melhor da estabilidade, equilíbrio e propriocepção. Os autores sugerem que a utilização desse material não é indicada para o aumento da força, pois esta valência deverá ser enfatizada em uma segunda fase por meio de exercícios com cargas mais elevadas e baixo número de repetições. Uma revisão sistemática publicada por Martuscello (2013) sugere que exercícios com pesos livres, como Agachamento Completo e Levantamento Terra, também poderão ser inseridos posteriormente em um programa de treinamento que busque um desenvolvimento eficiente desta região. Por fim, conclui-se que exercícios para o Core podem ser úteis tanto para prevenção de lesões musculoesqueléticas, quanto para o aumento do desempenho esportivo, principalmente se forem incluídos exercícios com pesos livres utilizando-se cargas altas. Autor: 1º Ten Rolemberg - Instrutor da EsEFEx. EXPEDIENTE Informativo da Escola de Educação Física do Exército Coordenação e Revisão: TC Romaguera Redação: TC Romaguera,1º Ten Guariento Fotos: 2º Ten Marques, Sd Corrêa (CCFEx) Diagramação e arte final: Ten Cel Magalhães, 2º Ten Marques Versão digital disponível no site: www.esefex.ensino.eb.br

Informativo no. 5 EsEFEx - 2014 (1)  

Informativo oficial da Escola de Educação Física do Exército - Publicado em 02 de junho de 2014.

Advertisement