Page 1

PRIMAVERA - VERÃO | 2017


MINHA, SUA, NOSSA PRÓPRIA BOSSA Perante o cenário sócio político brasileiro dos anos de 2015 - 2016, nascia dentro de uma sala de aula, a marca Minha Própria Bossa. Fruto de um exercício acadêmico, a marca foi conceituada para exaltar o orgulho de ser brasileiro, trazer de volta o patriotismo, que foi muito ameaçado durante os episódios políticos que ocorreram nesse período. Para esse processo de repatriotismo, buscou-se aliar a música, feita em território nacional, com o design de superfícies. As canções feitas no Brasil retratam a sociedade na qual está inserida e estampar todo e qualquer objeto com a cara dessa brasilidade é um dos principais objetivos da Minha Própria Bossa. A visão da MPB, a sigla da marca e de como se define a “Música Popular Brasileira”, é vestir o povo brasileiro com as cores, os ritos, a música, o jeito de ser do nosso povo.

Papelaria da marca Minha Própria Bossa

Os produtos desta coleção foram idealizados para aproximar você, ainda mais per to, da trilha sonora de sua vida.

VOCÊ VESTINDO A NOSSA MÚSICA


Candeeiro Encantado A composição de “Candeeiro Encantado” data de 1997, feita pela parceria de Lenine, cantautor pernambucano, e Paulo César Pinheiro. Na letra e nos arranjos são reverênciados o estilo de vida do nordestino: sua história de lutas, fé, crimininalização, até a xenofobia sofrida por essa par teda população brasileira. A canção faz referência à história de Virgulino Ferreira da Silva, o cangaceiro mais procurado do Nordeste Brasileiro, o Lampião.

Falta a nação acender seu candeeiro, faltam chegar mais Gonzagas lá de Exú, falta o Brasil de Jackson do Pandeiro, maculêlê, carimbó maracatu...

1

2

Lampião, Maria Bonita e seu bando (Google imagens)

1 - Caderneta de anotações 2 - Vaso de cerâmica 3 - Fronha

3

Trecho da música Candeeiro Encantado

Falta o cristão aprender com São Francisco, falta tratar o nordeste como o sul, falta outra vez Lampião, Trovão, Corisco, falta feijão ao invés de mandacaru


balão multicor

Luiz Gonzaga, compositor e cantor pernambucano, conhecido como o Rei do Baião, e José Fernandes compuseram a música “Olha pro Céu” em 1951. Na obra fonográfica, a noite de São João, comemorada em todo o território nordestino do Brasil, é retratada. Estão presentes os balões multicor, o Xote, o Baião e aquela sensação de sentir aquele amor em uma festa junina. A principal festa do Nordeste foi perpetuada pela dupla de compositores e cantanda, originalmente, pelo velho Lua.

Decoração junina (Google imagens)

Foi numa noite igual a esta Que tu me deste o coração O céu estava assim em festa Pois era noite de São João

Trecho da música Olha pro céu

Aquele

Olha pro céu, meu amor Vê como ele está lindo Olha praquele balão multicor Como no céu vai sumindo

1

1 - Jogo de cama com edredo dupla face 2 - Caneca de cerâmica 3 - Capa iPhone

2

3


O cantor, compositor, roteirista e ator recifense ganhou o Prêmio da Música Brasileira como Melhor Cantor de Canção Popular em 2015, pelo lançamento de seu primeiro disco solo. A música que dá título ao disco, “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, Maldito!”, foi a escolhida para ser estampada. Por trazer referências sobre a cultura afrodescente brasileira, num ritmo que mistura samba de gafieira, o brega (recifense) e o tropicalismo pop, traços marcantes nas composições de Hooker Representação dos Orixás (Google imagens)

E na doce cadencia do samba Me perder numa roda de bamba, e não, e nunca mais voltar e se quiser dançar, Se quiser dançar Posso te ensinar Na cadência do samba-iá-iá, cadência do samba-iá-iá Eu vou chamar Iansã e Ogum e Oxalá Vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito Eu vou fazer, eu vou fazer 1

2

1 - Camisa 2 - Tênis 3 - Quadro

3

Trecho da música Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, Maldito!

Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, Maldito!


Vamos amigo,

lute! Baiano e um dos pioneiros do país a fazer sucesso fazendo reggae, gênero difundido na Jamaica por seu criador Bob Marley, Edson Gomes aborda na maioria de suas composições, o cenário político social do Brasil. Por tratar desses assuntos, uma de suas músicas, “Lili”, lançada em 1990, tornou-se trilha sonora de protestos país afora. A composição retrata a desigualdade social do Brasil e a perserveransa do brasileiro. “Lili” foi escolhida por trazer essa par ticularidade do brasileiro, a garra.

1

2

1 - Shape de skate 2 - Bolsa saco 3 - Meias Ilustração movimento social (Google imagens)

3

Trecho da música Lili

Vamos levante lute Vamos lavente ajude Vamos levante grite Vamos levante agora Que a vida não parou A vida não para aqui A luta não acabou E nem acabará Só quando a liberdade raiar Só quando a liberdade raiar


ESTAMPADA DE MÚSICA

MPB | Primavera - Verão | 2017  

Catálogo de produtos desenvolvidos com estampas inspiradas em canções brasileiras.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you