Page 1

Jornal de Tecnologia, Esportes e Variedades | Ano 1 | Nº 9 | Setembro/2010 | www.netexata.com/ligado

Atletas e seus nomes ‘e xóticos’ ‘exóticos’ Podem até ser normais em seus países de origem, mas os nomes de alguns atletas estrangeiros têm soado bem estranho no Brasil. A seleção espanhola de futebol feminino sub-19 é campeã em atletas com alcunhas exóticas. O principal destaque da equipe é a jovem de 17 anos Ana Buceta. Hoje com 23 anos, outra jogadora da Espanha que também chamou a atenção não só pelo bom futebol apresentado é a meio-campista Verónica Boquete. Ainda nos gramados, o goleiro polonês Lukasz Merda não imagina que seu sobrenome seja tão malvisto em terras tupiniquins. Mas não é só no ‘soccer’ que alguns nomes se destacam. Na liga americana

Ana Buceta, Shereka Wright e Lucasz Merda: no Brasil seus nomes têm sentido pejorativo

de basquete feminino quem chama atenção dos brasileiros – não pelo talento – é a jogadora do time da Universidade Pordue, Shereka Wright. O nome,

se lido em ‘português’, remete a um dos apelidos pelo qual é conhecido um dos órgãos do aparelho reprodutor feminino.

Eleições 2010

Todos temos direito de cobrar Em período pré-eleitoral ouço muita gente, principalmente na mídia, questionando o cidadão: “você se lembra em quem votou para deputado nas últimas eleições?”. Alegam que o eleitor tem “memória curta” e que isso compromete a democracia, pois o eleitor não sabe a quem cobrar, já que sequer se lembra em quem votou. O sistema eleitoral brasileiro é democrático, onde vence quem tiver a maioria dos votos (seja o candidato ou a legenda). Portanto, se seguirmos a lógica de algumas pessoas, muito cidadão ficaria sem ter quem cobrar, já que o candidato em quem votou não foi eleito. Essa é uma interpretação errada do processo eleitoral, e do sistema democrático em geral. A partir do momento em que uma pessoa é eleita para representar um grupo de pessoas, ela passa a defender os interesses de toda esta coletividade. O presidente da república não é ape-

Aqui, colar é permitido!

O site oficial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para as Eleições de 2010 lançou uma novidade. Os eleitores que tiverem dificuldade para decorar os números de seus candidatos para o pleito de 3 de outubro – nada improvável de acontecer, uma vez que são seis votos a realizar – poderão gerar uma “cola” online. A anotação com os números dos candidatos já é permitida desde que o voto eletrônico foi implementado. Agora, o eleitor pode gerar e imprimir o lembrete diretamente pela internet, na ordem em que os votos serão solicitados na urna – deputado estadual (ou distrital), denas “presidente dos seus eleitores”, mas sim de todo o país. A mesma regra vale para os cargos legislativos. O cidadão pode, a qualquer momento, cobrar resultados de qualquer deputado, senador ou vereador, pois as atitudes deste irão influenciar a vida de todos, e não

putado federal, dois senadores, governador e presidente. Para utilizar o serviço é necessário acessar o site www.eleicoes2010.jus.br e clicar em “Gerador de cola”. só de seus eleitores. O direito se estende, inclusive, aos que anulam ou votam em branco. Seja você a favor ou não de tal prática, o processo permite esta opção, e nem por isso o eleitor deixa de ser um cidadão brasileiro. (Rodrigo Cezarin)


Nº 9 - SETEMBRO/2010

PÁGINA 2

Mulher é assediada por P ato Pato Donald e processa Disney Uma mulher entrou com um processo contra a Walt Disney acusando um funcionário vestido de Pato Donald de tê-la assediado durante uma visita ao parque temático Epcot Center. April Magolon, 27 anos, afirmou no processo que, em 2008, o funcionário tocou seu seio e o segurou por um bom tempo enquanto ela tentava conseguir um autógrafo dele para seu filho. Ela entrou com um pedido de indenização de 50 mil dólares por danos morais. REINCIDÊNCIA - Em 2004 houve um caso parecido, no qual um funcionário que se vestia como o personagem Tigrão foi acusado de molestar uma garota de 13 anos e sua mãe. À época, ele foi inocentado quando seu advogado demonstrou o quanto era difícil enxergar de dentro da fantasia e o quão pouco era possível sentir com as mãos.

Fim da ‘paradinha’ faz aumentar o número de pênaltis perdidos Depois de muita polêmica e reclamações, principalmente por parte dos goleiros, a Fifa determinou o fim da “paradinha” nas cobranças de pênalti no futebol. E a decisão causou uma mudança considerável no aproveitamento nas cobranças de pênaltis na Série A do Campeonato Brasileiro. Depois da proibição, que entrou em vigor no último dia 1º de junho, um total de 17 de 35 cobranças foram desperdiçadas, informa o Globoesporte.com. Só na rodada do último fim de semana, Neymar (do Santos), Ricardo Xavier (Guarani) e Washington (Fluminense) perderam suas Sem o recurso da paradinha, Neymar tem tido chances e aumentaram essa estatístiaproveitamento baixo nas cobranças de pênalti e ca. Antes disso, foram 20 penalidades e perdeu o posto de batedor oficial do Santos apenas quatro erros.

Shopping Apesar da crise no futebol, o Rio Branco Esporte Clube finalmente proporcionou aos americanenses uma boa notícia: a construção de um shopping center (com direito a cinco salas de cinema) no local da sede social do clube.

Obras “Não se faz um omelete sem quebrar os ovos”. É com esse pensamento que analiso a situação do trânsito de Americana, cada vez mais complicado em razão das obras executadas pela Prefeitura.

Eleições Candidaturas de figuras como Tiririca, Ronaldo Esper, Netinho, irmãos KLB, entre outros, têm causado estranhesa para muita gente. O que causa estranhesa para mim é Fernando Collor no Senado e gente jovem posando em foto ao lado de Paulo Maluf.

Cadeirinhas Depois de um adiamento por falta do produto no mercado, entrou em vigor a lei que obriga crianças de até 7 anos e meio a serem transportadas em cadeiras especiais nos veículos. Resultado: o produto está em falta no mercado de novo. Até o fechamento desta edição a lei não tinha sofrido novo adiamento.

Sem ter nada

O Corinthians completou seu centenário tendo como única conquista o direito de sediar a abertura da Copa do Mundo. Em um estádio que não existe.

‘O Liberal’ escancara oposição a Diego de Nadai O que antes ficava nas entrelinhas, agora está explícito diariamente nas páginas de opinião do jornal O Liberal, de Americana. O veículo mais tradicional da cidade abriu fogo contra o PSDB e vem atacando diretamente o prefeito Diego de Nadai. Antes, a ‘campanha contra’ era

observada apenas nas reportagens jornalísticas, quase sempre parciais e que abusavam ironias e denúncias “anônimas”. Agora, a administração parece ter comprado a briga e começou a contraatacar, o que cutucou ainda mais a ‘onça’.

O que entristece é que, um veículo que surgiu com o objetivo de se desvenciliar das influências políticas (taí o nome ‘Liberal’ que não me deixa mentir), deixe de lado os verdadeiros conceitos do jornalismo democrático e comece a ter características de ‘imprensa marrom’.

EXPEDIENTE: "Ligado" é uma publicação da R. J. Cezarin Informática ME. - Rua Camilo Damiani, 333 - Americana - SP Site: www.netexata.com.br - E-mail: sac@netexata.com - Fone: (19) 3604-5274 Direção, edição e diagramação: Rodrigo Cezarin (MTb 53.361) - Periodicidade: mensal - Distribuição gratuita

Ligado - Edicao 9 - Setembro/2010  

Informativo Ligado da Net Exata

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you