Page 28

LIDERANÇA NO FEMININO | Julho de 2019

MAIS DO QUE UMA REUNIÃO, UM EVENTO SOCIAL Jornalista durante duas décadas, com passagem pela rádio e pela televisão e alguns prémios no currículo – Mulher Reportagem Maria Lamas, da Comissão de Igualdade dos Direitos da Mulher; prémio de imprensa escrita Direitos Humanos e Integração, do Gabinete para os Meios de Comunicação Social e a Comissão Nacional da UNESCO, o Prémio Internacional Jornalismo do Mediterrâneo, na categoria de Protecção à Infância –, Sandra Nobre escreveu, entre outros temas, sobre viagens, moda, gastronomia, em inúmeros títulos – Diário de Notícias, Sol, Fugas, do Público, Evasões, Volta ao Mundo, Vogue, Elle, Lux Gourmet, guia Boa Cama Boa Mesa. A experiência acumulada quis trazê-la para as mesas do pequenoalmoço proporcionando às participantes momentos prazerosos e até marcantes. “Não quero que estes encontros fossem mais uma reunião de trabalho na agenda, quero que sejam memoráveis ou até desafiadores ao tirar as participantes da sua zona de conforto”, explica a mentora do Breakfast Girls Just Wanna Have Fun. Nesse sentido, já promoveu pequeno-almoços em palácios, caves de vinho do Porto, num barbeiro de homens, numa academia de boxe, numa perfumaria, em hotéis ou em cafés de bairro que são o mais recente spot. O Breakfast começou por se realizar apenas em Lisboa e, desde Janeiro de 2019, também mensalmente no Porto e já conta com uma linha de cadernos com ilustrações de Ana Gil. Por regra, realiza-se é uma vez por mês, mas a frequência varia consoante a procura e a agenda de Sandra Nobre,

que se reparte por outros projectos, como as Short Stories, de livros personalizados, o storytelling, adaptando as histórias a diferentes formatos, de acordo com os desafios que lhe vão surgindo, ou a comunicação de espaços, marcas e eventos. Quando se ouve a sua história à mesa do pequeno-almoço e as sucessivas mudanças que desencadeia, pelo seu espírito inquieto e empreendedor, percebe-se porque dorme tão pouco...

REVOLUÇÕES PESSOAIS Cada encontro ganha diferentes contornos consoante as participantes que se juntam e a convidada, mas é a partilha das experiências que se torna marcante. No último encontro no Porto, em que a Liderança no Feminino esteve presente, falou-se de burnout, de recomeços, da morte e da perda, de discriminação, de doenças que apressam as mudanças, do desafios que é viver no estrangeiro e das diferenças culturais. Houve lágrimas e sorrisos, sempre com as emoções à flor da pele. “Se há um segredo para o sucesso do Breakfast é que, durante uma manhã, ouvimos. Deixamos as redes sociais para segundo plano e estamos frente a frente com outras mulheres, trocamos ideias, questionamos, partilhamos. É um momento real, presencial, e este espírito de tertúlia já estava praticamente extinto dos nossos hábitos”, diz Sandra Nobre. “Ter alguém a contar-nos episódios marcantes, como seja ter passado fome, ter sofrido bulling no local de trabalho, ter perdido um familiar de forma brutal, não deixa ninguém indiferente. Não é a notícia que lemos no jornal, tem uma cara e uma voz e está sentada na mesma mesa e essa proximidade desencadeia reacções”. Revêm-se

Palacete Chafariz d’El Rei1_Foto©SilviaMartinez 26

Profile for Sandra Arouca

Liderança no Feminino - Julho 2019  

Liderança no Feminino - Julho 2019  

Advertisement