Page 14

INTRODUÇÃO À CIBERSEGURANÇA

Assim, neste capítulo enquadraremos a história e o funcionamento da Internet, os seus principais serviços e as entidades que a governam. O modelo de funcionamento, denominado TCP/IP, é sucintamente abordado e são destacados os conceitos fundamentais de três tópicos emergentes: computação na cloud, Internet das Coisas e big data. O capítulo termina com a identificação dos principais tópicos relacionados com a segurança da infraestrutura da Internet e com os seus serviços.

1.1 ENQUADRAMENTO HISTÓRICO DA INTERNET O termo “Internet” resulta da junção de duas palavras inglesas, interconnected e networks, e designa a infraestrutura de interligação de redes de computadores implantada à escala global. A construção da Internet, designada inicialmente por ARPANET 3, iniciou-se nos Estados Unidos da América (EUA) no final da década de 60 do século XX, mais concretamente em 1969, com uma forte ligação ao seu Departamento de Defesa (DoD) e às redes utilizadas pelos militares para troca de informação. Na ARPANET começaram por se interligar as universidades da Califórnia (University of California, Los Angeles – UCLA), Utah (University of Utah – UU) e Santa Bárbara (University of California, Santa Barbara – UCSB), bem como o Stanford Research Institute (SRI). A integração de outras instituições nos EUA, a ligação ao Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a primeira ligação por satélite à Europa ocorreu nos anos seguintes, ainda na década de 70. Desde então foram-se interligando várias novas redes, maioritariamente nos EUA e na Europa, essencialmente através de ligações dedicadas, assentes na infraestrutura de rede telefónica e recorrendo a ligações por satélite. A ARPANET foi crescendo de forma rápida e descentralizada, não tendo um ponto central de governação, não pertencendo a uma instituição ou país, nem obedecendo a normas globais de comunicação entre os equipamentos. No entanto, o número de redes já interligadas levou à necessidade, por parte dos operadores e das instituições, de se adotarem normas que todas as instituições pudessem seguir. Essas normas regulariam aspetos relacionados com a identificação das redes e dos seus computadores, tecnologias de acesso utilizadas e, ainda, a forma como os vários operadores estariam interligados, entre outros aspetos. É no primeiro dia do ano de 1983 que se adota o TCP/IP como modelo de comunicação standard e a ARPANET passa a designar-se formalmente por Internet.

  Advanced Research Projects Agency NETwork.

3

4

Profile for Grupo Lidel

Introdução à Cibersegurança: A Internet, os Aspetos Legais e a Análise Digital Forense  

Os temas da cibersegurança num texto acessível a todos! Com informação essencial sobre o funcionamento da Internet, aspetos legais e estraté...

Introdução à Cibersegurança: A Internet, os Aspetos Legais e a Análise Digital Forense  

Os temas da cibersegurança num texto acessível a todos! Com informação essencial sobre o funcionamento da Internet, aspetos legais e estraté...

Profile for lidel