Issuu on Google+

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

1

Edição XVI Brasília, Ano II, Agosto de 2013.


Experiência Gourmet de SPA. Venha se surpreender!

Requinte

Sabor e

Beleza

Saúde

SPA Sorocaba auxiliando você a viver mais e melhor Acompanhamento médico integrado Acompanhamento de nutricionista e chef de cousine Dietas hipocalóricas: Casher, gestantes e pós-parto, diabéticos, hipertensos, vegetarianos e ovolactovegetarianos Aulas com degustação Academia com aparelhos de última geração

2

Fisioterapia Parque aquático e pista de caminhada Centro de relaxamento e estética Saídas diárias monitoradas Lazer. Muito lazer Ambiente paradisíaco E muito mais

Reservas

Terra Nosso pequeno planeta Preserve-o :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

0800 701 8878

www.spasorocaba.com.br Resp. Téc.: Dr. Manoel Carlos Beldi Castanho Cardiologista - CRM 35119


edi N to rial.

o regime democrático, a existência de vários partidos políticos manifesta a liberdade ideológica, mas precisamos analisar a questão da infidelidade partidária que redireciona votos, cria currais políticos e provoca distorções, elegendo oportunistas que se prestam a defender interesses, muitas vezes obscuros. A regra da fidelidade partidária, de 2008, deixou claro que os mandatos pertencem aos partidos e que o político que trocar de legenda – sem justa causa – perde o mandato. A regra da fidelidade, no entanto, previu exceções para aqueles que participam da criação de uma legenda. Uma consulta feita ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possibilidade de parlamentares migrarem para partidos em processo de fusão pode ser a última etapa para esvaziar por completo a regra da fidelidade partidária. Mas desde 2007, 38 deputados trocaram de legenda. Na composição atual da Câmara Federal, desde 2011, 70 deputados aderiram à dança das cadeiras. Dessas, apenas 10 não foram migrações para novas legendas. Então é bom lembrar que no exercício do voto, elegemos um candidato que ao sair por uma determinada legenda, expõe publicamente a defesa dos valores que justificam a existência do partido que ele integra. Por isso, é de se estranhar o “Malabares Político”, um jogo conveniente de “ganha-ganha”, onde também existe um mundo real em que o grande perdedor é o eleitor, que no Brasil vê alguns políticos se filiarem a partidos menores para se elegerem com uma quantidade menor de votos. Com intenção de barrar tal estratégia, o Supremo Tribunal Federal estuda projeto que tenta inibir a criação de novos partidos. Somente nos últimos dois anos, foram criados o PSD, o PPL e o PEN. Outras quatro legendas estão em processo de formação como o MD, fruto da fusão do PPS com o PMN; a Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva; e o Partido da Solidariedade, além dos obscuros PROS e PLB. Assim, oferecemos em nossas páginas uma síntese histórica da criação dos principais partidos políticos, de algumas figuras importantes desse cenário, além de uma pequena análise da situação atual de alguns deles, principalmente aqui no Distrito Federal, para que você leitor, possa se posicionar sobre esse estranho e inebriante Malabares.

3

Liana Alagemovits TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


QR Code: o que é e como usar É bem simples. Instale o leitor de QR Code no celular ou no computador. Aproxime a câmera do seu smartphone ou webcam da figura e você será redirecionado para a matéria publicada em nossa revista. Lembrese que tanto a versão impressa de toda a publicação, quanto o programa de TV Tendências e Negócios estão disponíveis em nosso site.

4

WWW.TENDENCIASENEGOCIOS.COM.BR

Liana TEN

@ProgramaTEN

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Tendências e Negócios

tendenciasenegocios@gmail.com


sumário Diretor Executivo Alex Dias alex@tendenciasenegocios.com.br Editora-Chefe Projeto Gráfico Liana Alagemovits liana@tendenciasenegocios.com.br Diagramação Amanda Viviele amanda@tendenciasenegocios.com.br Redação Allex Benchimol, André de Castro, André Falcão, Henrique Carmo e Gustavo Lúcio jornalismo@tendenciasenegocios.com.br Imagens Emerson Damasceno, Filiph Soares, Marcos Paulo, Júnior Ilustre e Raphael Farias Revisão Camilla Maia Araruna Gerente Comercial Rachel Formiga comercial@tendenciasenegocios.com.br Trabalhe Conosco tendenciasenegocios@gmail.com Gráfica e Editora Ideal (61) 3344 2112 Impressão 30.000 Tiragem Sugestões, comentários e críticas jornalismo@tendenciasenegocios.com.br WWW.TENDENCIASENEGOCIOS.COM.BR

REDAÇÃO - (61) 3964 0626 COMERCIAL - (61) 8144 9935 / 9905 1677

Distribuição Gratuita

08

|Balanço

BRB mantém crescimento |Lazer

Paraíso à beira lago

18

|Almoce Conosco

Adelmir Santana |Capa

Malabares dos Partidos

66

42

|Finanças

Café com Negócios |Entrevista

De Primeira com Rodrigo Natalino

78

10

72

|Receita do Chef

Lombo de cherne |Parcerias

Rodada de Negócios

82

ProgramaTen TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

5


G

ostaria de prestar uma homenagem a um grande homem que agora se afasta de suas funções empresariais como presidente e membro do Conselho de Administração do Grupo Votorantim, mas não a de um cidadão atento a seu país. Antônio Ermírio de Morais, dono de uma fortuna estimada em R$ 27,18 bilhões, não é "apenas" um dos homens mais ricos do país. Ele é um aliado de todos nós. Autor de frases como “quem não confia no Brasil deve ir para o exterior com passagem só de ida”, foi um incansável patriota que acreditava no Brasil e que também tinha a coragem de criticar publicamente as mazelas de nossos dirigentes. Por isso, colecionou inimigos (personalidades que deveriam estampar as páginas policiais de nossos jornais), amigos fiéis e o respeito de toda a sociedade brasileira.

V

endendo saúde, segundo seus médicos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está feliz por não estar entre os bilionários da lista dos mais ricos do mundo, elaborada pela revista Forbes. Isso pode até parecer um contrassenso, mas para uma figura política do porte de Lula, esse pódio poderia gerar muito mais prejuízo à sua figura do que ganhos. Basta uma análise rápida para concluir que isso é bem claro. Recentemente, informações de que o ex-presidente poderia ter acumulado uma fortuna de US$ 2 bilhões, o deixou com um abacaxi gigante para descascar no intervalo de uma de suas palestras que, segundo as más línguas, Lula teria recebido US$ 100 mil.

6

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

C

om muito charme, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pede mais uma vez o apoio dos empresários. Ela acredita que uma maior participação da iniciativa privada nos investimentos de infraestrutura é algo que deve ser feito com urgência para que o Brasil não entre em colapso. Novamente o governo pede, mas não seduz, porque não oferece nada em troca aos que geram a riqueza do país. É bem verdade que hoje o Brasil dispõe de oportunidades de investimentos da ordem de R$ 1,1 trilhão, mas a questão é: por que investir se não há retornos sólidos? A ministra da Casa Civil acha que a questão dos juros controlados já é uma grande cartada no namoro com a iniciativa privada. Ela argumenta que o Brasil atingiu o menor patamar de juros da história entre novembro de 2012 e março de 2013, atingindo os 7,25% ao ano. Essa intenção de atrair um noivo – o setor produtivo – com dotes financeiros é bem clara, mas os empresários sabem e estão receosos, mesmo após o lançamento do Programa de Investimento em Logística (PIL), que prevê a integração de vários modais de transporte – rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, em um investimento privado da ordem de R$ 213 bilhões. Neste quesito, a classe empresarial ainda está fazendo sala para a noiva – o governo, que deve lançar os primeiros leilões de rodovias em setembro. Vamos esperar o lance...


A

revista Forbes Brasil não trouxe em sua lista dos bilionários brasileiros um dos mais famosos empresários do país, Eike Batista. Isso porque a publicação considera pessoas ou famílias com patrimônio a partir de R$ 1 bilhão. Então, o pobre Eike não seria mais considerado um bilionário para eles. Mesmo em crise, Eike Batista ainda é o líder mais admirado pelos jovens brasileiros.

Como esse ranking é flutuante, a revista cita o empresário Jorge Paulo Lemann, 73 anos, conhecido como "Rei da Cerveja", como o brasileiro mais rico do mundo. Sua fortuna é de embriagar qualquer um. Ele acumula R$ 38,24 bilhões e também é dono da AB InBev (proprietária da Budweiser, Stella Artois, Brahma, Skol, Antarctica, Beck's, Leffe, entre outras cervejas populares), além de ter adquirido o Burger King e o Ketchup Heinz.

A

proveito para prestar mais uma homenagem, desta vez tendo Brasília como palco e o paulista Orlando Taurisano, como a grande estrela. Esse grande empresário, que tanto investiu na cidade, foi o fundador do Grupo Disbrave, um dos maiores revendedores de automóveis da capital e detentor da mais antiga concessionária Volkswagen do país. A Disbrave se consolidou como uma das maiores da região Centro-Oeste e, sob o seu comando, o grupo Taurisano administra também corretoras de veículos, postos de combustíveis, locadoras e consórcios. Taurisano nos emprestou sua garra na direção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) e na Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF). Infelizmente, ele deixa uma lacuna de empreendedorismo com o seu falecimento aos 92 anos. Sua história profissional se confunde com a de Brasília e por isso será sempre reverenciado pela classe empresarial.

Nosso diretor executivo, Alex Dias, é presença constante no Polo Lembre-se que o Grupo TEN de também está no Instagram. Fique Desenvolvimento JK, ao lado do por dentro de tudo que acontece na empresário Siqueira Campos. redação mais divertida de Brasília!

ProgramaTen ProgramaTen

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

7


Balanço

BRB mantém sua linha de

cresci mento

O

Banco de Brasília divulgou o balanço da Instituição, referente ao primeiro semestre de 2013, e apresentou um lucro de R$113 milhões no período. De acordo com o presidente do Banco, Paulo Evangelista, o resultado alcançou as expectativas: “O BRB tem condições, a médio e a longo prazo, de alcançar um patrimônio líquido de R$ 1 bilhão, e essa é a nossa meta”, afirmou. Hoje, este número está em R$ 972 milhões e representa um aumento equivalente a 11,85%, comparado a junho do ano passado. Entre os pontos positivos apresentados neste resultado, estão o crescimento da carteira de crédito e o da renda proveniente de tarifas bancárias. Para manter esta linha de crescimento e alcançar os objetivos traçados para o segundo semestre, o

Banco enumerou uma série de ações. De acordo com o vice-presidente de Finanças, Gestão de Pessoas e Administração do BRB, Francisco Duda, “essas mudanças são necessárias para fortalecer a governança corporativa, alinhar o BRB aos de-

8

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

mais bancos do mercado, além de prepará-lo para crescer ainda mais”.

|Algumas ações do Banco de Brasília: |Reestruturação O Banco acaba de implementar uma nova estrutura de governança na administração, composta, agora, por um presidente, quatro vices-presidentes e 10 diretores. A mudança no estatuto visa preparar o Banco para o crescimento, além de otimizar o trabalho de cada executivo.

|Investimentos em tecnologia Além do centro de TI, hoje localizado no SIA, o BRB comprou uma área no Parque Capital Digital, onde terá um datacenter. O Parque representa uma grande oportunidade de negócio, pois contará com a presença de várias empresas no polo, o que irá gerar cerca de 26 mil vagas de emprego.


Em julho deste ano, o BRB lançou novo produto em parceria com a empresa americana Global Payments: uma credenciadora de cartões de crédito e débito. Conceituada neste ramo, a Global é uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo; está presente em 26 países, nos cinco continentes; possui mais de 1 milhão de clientes; cerca de 100 bancos parceiros; além de um faturamento mensal de, aproximadamente, 300 bilhões de dólares.

|Investimento em novas agências Neste primeiro semestre, foram inauguradas cinco novas agências: Agência Santo Antônio do Descoberto, Águas Lindas, Jardim Botânico, 504 Norte e Vila Buritis; e a expectativa é que outras cinco sejam inauguradas ainda neste ano.

|BRB Conveniência Hoje, o Banco possui 251 Conveniências BRB. Desses, 28 foram inaugurados este ano e o projeto é que até o fim de 2013, a rede conte com mais 50 parceiros.

|Unidades Móveis Em março deste ano, o BRB inaugurou cinco unidades móveis de BRB Conveniência. O objetivo é suprir a necessidade de clientes que moram, por exemplo, em zonas rurais, além de contribuir com o processo de bancarização. Hoje, o Banco já conta com 10 unidades. Os locais, datas e horários onde as vans estão presentes podem ser consultados, com antecedência, no site www.brb.com.br.

|Correspondente Drive-Thru Em junho, o Banco de Brasília lançou uma nova modalidade de Correspondente Bancário: o Drive-Thru. Localizado na SHIS EPDB QL 06, Bloco A, Loja 01, no Lago Sul, próximo ao posto da BR, na QL 06, a unidade tem como objetivo proporcionar mais praticidade e mobilidade aos clientes. Com horário de atendimento das 8h30 às 17h, o Correspondente Drive-Thru disponibiliza os mesmos serviços de um correspondente convencional como saques, depósitos e pagamentos.

99

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: ::


Lazer

Paraíso à beira lago

O Iate Clube de Brasília fez parte da história da nova capital. Hoje, é sinônimo de luxo para a sociedade de Brasília

À

s margens do Lago Paranoá está um dos melhores clubes do país. Fundado em cinco de abril de 1960 pelo então presidente da república Juscelino Kubitschek, o Iate Clube de Brasília é responsável por parte da história da Capital e é referência de lazer para a sociedade brasiliense. Hoje, o clube tem cerca de 16 mil frequentadores entre associados e dependentes. Juscelino definiu o Iate Clube de Brasília como a sala de visitas da nova metrópole. Como homenagem, perto de um complexo de piscinas, está o busto do ilustre patrono.

10

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

O Iate dispõe de uma área de 150 mil metros quadrados, com campos de futebol, quadras esportivas, salões de festas, piscinas, academia e a área náutica. Durante a noite, existe uma iluminação especial para associados que queiram praticar esportes ou fazer uma simples caminhada. Para ser proprietário de um título do Iate e usufruir das comodidades, o candidato a associado deverá desembolsar cerca de R$ 70 mil. Os títulos não são emitidos pelo clube há 20 anos. Atualmente, são ven-


Foto: Bruno Fioravanti TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

11


Lazer didos apenas títulos já existentes. A beleza do Lago Paranoá impulsiona a paisagem paradisíaca criada pela ornamentação moderna e recente do Iate. Ponto de descanso consagrado aos finais de semana, as cadeiras e espreguiçadeiras ficam lotadas. A “cidade” Iate Clube de Brasília tem um orçamento anual em torno de 35 milhões.

|O Comodoro Há quatro anos à frente do Iate Clube de Brasília, o Comodoro Mario Sergio da Costa Ramos, advogado aposentado, fala sobre os trabalhos desenvolvidos em seu mandato em uma entrevista especial ao Grupo de Comunicação Tendências e Negócios.

Mario Sergio deixa o cargo no final do ano de 2013, e falou sobre as eleições para um novo comandante do clube, que acontecerá em novembro. Segundo o Comodoro, os dois concorrentes são excelentes candidatos que com certeza farão um bom trabalho na gestão do clube.

|Ilustres frequentadores O perfil de frequentadores do Iate Clube de Brasília é formado por advogados, empresários, funcionários públicos e profissionais liberais (médicos, engenheiros e dentistas), além de políticos, executivos e personalidades nacionais. O clube também se porta como área de lazer para estrangeiros que visitam a cidade. Como foi definido pelo patrono JK, o Iate Clube de Brasília continua levando o legado de ser a sala de visitas da capital do país. Foto: Bruno Fioravanti

Mario Sergio ressalta as reformas, citando alguns importantes pontos instalados durante sua gestão. Em um passeio pelo clube com a nossa equipe, o Comodoro mostrou a nova cobertura das quadras de tênis, a reforma do ginásio de esportes, a revitalização da pista de caminhada e a construção de mais pontos de lazer e relaxamento. O clube oferece ainda um projeto de apoio a atletas que frequentam o Iate: alguns atletas, que praticam tênis nas quadras do

clube, foram levados para fora do país com bolsas de estudos. Em uma área chamada “Iate Shopping”, o Comandante mostrou também a nova enfermaria e o fraldário, recentemente inaugurado.

12

:::: TENDÊNCIAS TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

13


saiba por quê.

O Grupo TEN de Comunicação acompanha o apoio do BRB ao vôlei de Brasília. O time da Capital Federal disputará a Superliga, principal torneio nacional da modalidade, que será comandado pelas ex-jogadoras Leila e Ricarda.

ProgramaTen

Foto: Divulgação

Dúvidas, dramas e soluções do nosso dia a dia

|saiba por que: BRB patrocina o novo time de voleibol feminino, o Brasília Vôlei

O

BRB patrocina o novo time de voleibol feminino, o Brasília Vôlei, porque acredita e valoriza o esporte da cidade. Investir no desenvolvimento do esporte faz parte da história do Banco de Brasília. Com iniciativas como esta, o BRB busca, além de colaborar com o crescimento da capital, proporcionar momentos de lazer à população.

14

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

|saiba por que: Hemocentro de Brasília obtém 100% de aprovação

A

Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) obteve 100% de acerto em três avaliações, o que ratifica a segurança e a qualidade dos procedimentos executados internamente. O Programa de Avaliação Externa de Qualidade em Serviços de Hemoterapia (AEQ/MS) tem como objetivo fornecer uma ferramenta eficiente e gratuita para a avaliação externa da qualidade, conforme determina a ANVISA.


Ú

nico hospital da rede pública de saúde do DF a fazer cirurgias de coluna, o Hospital Regional do Paranoá (HRPa) tornou-se referência no tratamento ortopédico no DF. A abertura de três novas salas de cirurgia ampliou o atendimento à população, que avaliou como positivo os investimentos feitos na unidade.

O

|saiba por que: Existe o SAMU

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) é um programa que tem como finalidade prestar socorro à população em casos de emergência. Com o SAMU/192, o Governo Federal está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia, com equipes de profissionais de saúde como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. O SAMU/192 é o principal componente da Política Nacional de Atenção às Urgências criada em 2003, que tem como finalidade proteger a vida das pessoas e garantir a qualidade no atendimento do SUS.

|saiba por que: Existe um atendimento especializado para gestantes viciadas em drogas

S

egundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um terço da população diagnosticada como dependente química são mulheres em idade reprodutiva. Dados do Ministério da Saúde apontam que 9% a 12% da população brasileira são dependentes de álcool e até 2% de crack. A equipe do Núcleo de Atendimento Terapêutico (NAT) do Hospital Materno-Infantil de Brasília (HMIB) é referência no atendimento às gestantes usuárias de álcool e outras drogas. O tratamento se estende aos recém-nascidos que geralmente apresentam diversas complicações como prematuridade, baixo peso, complicações respiratórias, má formação e abstinência. Em geral, os sinais de Síndrome de Abstinência Neonatal incluem irritabilidade, disfunção gastrointestinal, sucção exagerada e choro agudo nos bebês. A abstinência em recém-nascidos depende do tipo de droga, do tempo de uso, da quantidade e do metabolismo materno. A equipe do Hospital planeja fazer treinamentos nas unidades de outros hospitais, principalmente com os profissionais que trabalham nas emergências, com o objetivo de oferecer um tratamento integral e preventivo . Foto: Divulgação

|saiba por que: Hospital do Paranoá é referência em cirurgias de coluna

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

15


Primavera dos Povos, Paris, 1848

16

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


o E

m undo dá voltas

m 22 de fevereiro de 1848 começou a Primavera dos Povos, em Paris. O movimento foi iniciado pela burguesia política insatisfeita com o governo monárquico que, driblando a interdição de reuniões e associações imposta pela monarquia, se rebela numa grande manifestação que culminou na deposição do então rei Luis Filipe, o “rei-burguês”, representante da classe que o derrubou. Logo, toda a população se uniu em favor da democracia, apesar da carta escrita pela França revoltada contra o rei da restauração, dizendo que a proclamação da República não era um ato de agressão contra nenhuma outra forma de governo no mundo e assegurando que o Pacto de Viena não estava sendo quebrado. Foi uma questão de tempo para que muitos outros países europeus seguissem o exemplo. O movimento ergueu a Segunda República Francesa e, embora tenha sido criado para virar de ponta-cabeça o conservadorismo da elite, finda na volta dela mesma ao poder com a eleição de Napoleão III, que proclama o Segundo Império quatro anos depois. Provando que Hegel estava certo e o mundo não passa de uma repetição de histórias – com o oportuno adendo de Marx de que elas se apresentam primeiramente como tragédia e depois como farsa - a apelidada Primavera Árabe, em referência explícita à Primavera dos Povos, segue a mesma trajetória da primeira. Quando em 2010, na Tunísia, a violência estatal contra um vendedor de rua fez brotar um clamor nacional de mudança contra o governo autocrático, o qual eventualmente se alastrou pela região, a maioria alegre dos observa-

dores via ali um belo, e até mesmo indolor, caminho para uma democracia plena. A partir dali, atravessou como rastilho de pólvora o Oriente Médio e chegou ao Egito, centro maior de influência cultural e política naquela parte do mundo. Assim como Marx conta em “O 18 Brumário de Luis Bonaparte” que ouvia-se “os jactanciosos latidos de vitória com que os senhores democratas se congratulavam pelas consequências milagrosas que esperavam dos acontecimentos de 1852”, o mundo vibrou dia 23 de maio de 2012 com as eleições que aconteceram em dois turnos no Egito. O que os líderes rebeldes de classe média não esperavam era que, assim como na Primavera Francesa, o governo democrata retrataria, num primeiro momento, a grande maioria do povo, ou seja, os que foram os proletários em 1852 são, sem dúvida, os islamistas na Primavera Árabe. Na história que se repete até o momento, a mesma classe que se uniu ao povo para derrubar o autoritarismo, sente-se acuada e entrega o poder de volta aos conservadores. Ao ponto de os Estados Unidos, que traiu Moubarak para apoiar a instauração da democracia no Egito, ver seu secretário de Estado, John Kerry, afirmar que os militares aliados ao antigo ditador estão lutando para restaurar a democracia no país. As reações populares e as centenas de mortes nos fazem querer crer que o Egito não vá repetir cegamente a tragédia primeira do século XIX e, assim como a França, esperar duas décadas para que o autoritarismo tenha fim. Mas não é o que a história ensina.

17 17

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


Foto: Divulgação

Adelmir Santana

Ex-Senador - DEM - DF www.adelmirsantana.com.br

O diretor executivo do Grupo de Comunicação Tendências e Negócios, Alex Dias, e a editorachefe Liana Alagemovits, almoçaram com o empresário e presidente da Fecomércio, o ex-senador Adelmir Santana.

18

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


|TEN: Quem é este cidadão que escolheu Brasília para viver? ADELMIR SANTANA: Cheguei à Brasília em 1963 com 18 anos de idade. Vi os discursos de Juscelino Kubitschek em meados de 1958, em que ele dizia “brasileiros venham construir a Capital da Esperança no centro do país”. Meu desejo era ter vindo para Brasília naquela época. Esta cidade me deu tudo, eu sou cidadão brasiliense por escolha e pela Câmara Legislativa que me concedeu este título. Fui servidor público durante sete anos. Trabalhei na indústria farmacêutica durante 15 anos, mas me desligaram da indústria em 1986, para minha sorte! Pensei no que ia fazer e montei minha primeira drogaria. Entrei no ramo de comércio de medicamentos porque eu era da indústria farmacêutica. Comecei com uma drogaria e terminei com 29 unidades. Sendo dono de drogaria eu passei a frequentar o sindicato da categoria; sindicato este em que fui diretor e depois presidente por um longo período. Como presidente do sindicato, comecei a frequentar a Federação do Comércio, onde hoje sou presidente há 11 ou 12 anos. Com o decorrer do tempo, fui convidado para ser suplente do Paulo Octávio no Senado. Quando ele assumiu a vice-governadoria, eu assumi o Senado e fui senador durante quatro anos. Esta é minha vida. Isto é o que a cidade me proporcionou e estou muito feliz.

|TEN: Como é a organização da Fecomércio? ADELMIR SANTANA: O que é a Federação do Comércio? Como é que se dá esta representação sindical? As bases, as empresas defendendo seus interesses e as categorias econômicas criam sindicatos. Então, os sindicatos se unem e criam a Federação. O conjunto de Federações forma a Confederação. Então, é mais ou menos como os poderes da nossa República: Municipal, Estadual e Federal.

|TEN: E os braços (empresas) que a Fecomércio administra? ADELMIR SANTANA: O Sesc e o Senac tem uma gestão nacional. No caso a União, um conselho nacional. Em cada estado existe um conselho estadual. Além destes

dois braços - um social que é o Sesc, e um de formação profissional que é o Senac - nós criamos também um outro braço voltado para os empresários que é o Instituto Fecomércio. E o que faz o Instituto? Cuida de palestras, eventos e preparação dos empresários.

|TEN: Quais são os projetos sociais que a Fecomércio comanda? ADELMIR SANTANA: O Sesc tem uma série de projetos ligados à cultura, esporte, lazer e educação física.

|TEN: E a qualificação? ADELMIR SANTANA: Qualificação é outro braço, que é o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Já passaram pelo Senac mais de um milhão de alunos, em uma média de 300 cursos de formação continuada, 30 cursos de formação profissional de nível técnico e dois cursos (unidade Plano Piloto e Taguatinga) de formação superior em tecnólogos. Aliado a isto, temos um programa com o Governo Federal chamado Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) para formação profissional.

|TEN: Considerações finais. ADELMIR SANTANA: Como Brasília me proporcionou uma série de coisas maravilhosas, eu tento retribuir por meio de atividades no terceiro setor e que são de total voluntariedade. Eu não recebo absolutamente nada destas instituições, porque acho que esta cidade me deu tudo e eu posso retribuir com minha força para trabalhar na condução destas instituições.

Serviço: La Plancha – Comida Espanhola Rua: CLS 209 - Bloco C Lojas 03 e 05 Bairro Asa Sul Brasília – DF La Plancha En Su Casa Telefone: (61) 3542-8825 E-mail: ensucasa@laplancha.com.br

19 19

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: ::


“ENTRE

especial 100% Brasília

Siqueira Campos - Empresário “Eu sou 100% Brasília porque estou nesta cidade desde 1976. Toda minha história foi construída aqui. Eu vim de um estado que oferece poucas oportunidades, mas aqui encontrei essa relação de oportunidade. Infelizmente, meus pais já faleceram, mas já constituí família, tenho todos os amigos aqui e realmente tenho uma grande preocupação com esta cidade. Para mim, é o melhor lugar do país para viver. Nós temos que ter a preocupação de não deixar Brasília se transformar em uma cidade violenta como tantas outras por aí. É minha obrigação e minha retribuição para esta cidade que me acolheu.”

Sani Peixoto - Empresária “Eu sou 100% Brasília porque eu nasci em Brasília, vivo em Brasília, me formei em Brasília e trabalho em Brasília. Brasília é uma cidade especial, onde a gente tem uma boa qualidade de vida e as pessoas são bacanas. Nós, como bons brasilienses, damos as boas-vindas a todas as pessoas que aqui estão, de vários lugares do Brasil e do mundo.”

Cláudio Abrantes – Deputado Distrital “Eu sou 100% Brasília porque Brasília é onde se acolhe todos os brasileiros. Em Brasília nós encontramos todos os povos e todas as culturas desse imenso Brasil. Por isso, eu sou e sempre serei 100% Brasília.”

20

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


ASPAS” Luciana Botelho - Empresária “Eu sou 100% Brasília porque eu cresci aqui, estudei na UNB e adoro Brasília. Acho a cidade bonita. As pessoas daqui são civilizadas. A minha empresa também cresceu aqui e eu vejo muitas possibilidades na cidade. Temos uma qualidade de vida muito boa dentro do Plano Piloto e acredito que o nível de vida das pessoas vai melhorar cada vez mais.”

José Fagundes – Presidente da Associação Brasileira Sommeliers “Eu amo Brasília, onde cresci e onde criei meus filhos. Eu amo essa terra e quem bebe a água daqui, nunca mais a deixa.”

Tadeu Filipelli – Vice-Governador do Distrito Federal “Nós temos Brasília no coração como opção e não como obrigação. Por ter nascido aqui, nós escolhemos Brasília e Brasília foi muito generosa com todos nós ao longo de nossas vidas. Portanto, tenho um carinho especial e tenho uma paixão por Brasília. Sou 100% Brasília.”

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

21


parcerias

Parceira do

Sicoob

Executivo em expansão

A inauguração da nova instalação da Cooperativa de Língua Estrangeira Moderna contou com a presença de Luiz Lesse, presidente do Sicoob Executivo |Cooperativismo:

|A história:

O cooperativismo é uma atividade que cresce não só no Brasil, mas em todo o mundo. A França, certamente, é um dos países que mais se destaca no cooperativismo. Os bancos cooperativistas franceses, juntos, atraem cerca de 19 milhões de associados.

Como prevê a Lei do Cooperativismo no Brasil, a Cooperativa de Ensino de Língua Estrangeira Moderna (Cooplem Idiomas) é uma associação de pessoas voltadas para um objetivo comum, principalmente o ensino de Línguas Estrangeiras Modernas com qualidade e preços acessíveis, possibilitando ainda o desenvolvimento econômico, social e intelectual de seus associados. Criada na assembleia do dia 12/09/1999, a Cooplem foi registrada na Junta Comercial de Brasília no dia 17/11/1999, e na Organização das Cooperativas do Distrito Federal (OCDF) em dezembro do mesmo ano, sob o nº E002.

|Expansão: A inauguração da nova instalação da Cooperativa de Língua Estrangeira Moderna (Cooplem Idiomas) reuniu cooperados, alunos e convidados. O presidente do Sicoob Executivo, Luiz Lesse, esteve presente no evento.

|Cooplem Idiomas: A nova instalação da Cooplem Idiomas está situada no Setor Comercial Residencial Sul (SCRS) na Quadra 514 Sul Bloco B Loja 25 W3 Sul – Asa Sul – Brasília/DF. Telefone: (61) 3346-1715.

22

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Suas atividades começaram em fevereiro de 2000, com aproximadamente 350 alunos, distribuídos nas unidades de Taguatinga Norte e Ceilândia. Inicialmente, a Cooplem trabalhava com ensino de Inglês e Espanhol, agregando posteriormente, em 2001, o ensino de Francês e Esperanto (por quatro semestres).


Ao longo de sua história, a Cooplem tem primado por um ensino de qualidade e pela atenção aos princípios cooperativistas, salientando a importância da participação dos cooperados em todas as atividades e processos decisórios e divulgando os valores cooperativistas aos que trabalham na Cooplem e aos que usufruem do trabalho.

|Cooperados: Atualmente, a Cooplem conta com aproximadamente 130 cooperados: professores graduados e altamente experientes, oriundos das mais renomadas instituições de nível superior do DF, de outras unidades da Federação e até mesmo do exterior.

|Unidades: Águas Claras, Asa Norte, Asa Sul, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Taguatinga Norte, Taguatinga Sul e Sudoeste.

|Parceria Sicoob Executivo: No Brasil, as cooperativas têm crescido muito, e a prova disso é o Sicoob Executivo sob a direção de Luiz Lesse, que está sempre ao lado dos seus parceiros e associados.

|Luiz Lesse - Presidente do Sicoob Executivo:

Estes profissionais estão distribuídos em 10 unidades para atender os mais de 9.000 alunos.

O presidente, Luiz Lesse Moura Santos, foi reempossado para uma nova gestão, como manda a legislação, com

Foto: Divulgação

|Alunos:

O Sicoob Executivo foi fundado em 1982, e desde então enfrentou vários desafios para se tornar uma potência nos seus 30 anos fazendo a diferença.

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

23


a posse de novos conselheiros na solenidade. Luis Lesse lembrou que participou da chapa única, em função do entendimento da assembleia que culminou na recondução para mais um mandato. “Conforme determina o nosso estatuto social, nós tivemos que fazer a substituição de alguns membros do Conselho de Administração”, explicou Lesse. Assim, foi empossado o Conselho composto por 11 pessoas, sendo 9 titulares e dois suplentes, e a Diretoria Executiva que é formada por três diretores, o diretor-presidente, o diretor operacional e o diretor administrativo”.

Foto: Divulgação

parcerias

Na ocasião, Lesse salientou as principais conquistas de sua gestão anterior. “As conquistas foram muitas nesses 30 anos, nós podemos dizer que fomos vitoriosos em muitas coisas, como no atendimento à necessidade de créditos dos servidores públicos, à questão da cidadania, e tudo isso veio contribuir para fortalecer ainda mais o Sistema de Crédito Cooperativo do Distrito Federal”, citou. Luiz Lesse avisa que há procedimentos necessários para que a pessoa possa se associar ao Sicoob Executivo. “Basta nos procurar em qualquer uma de nossas sete unidades de atendimento. O endereço pode ser encontrado no site www.sicoobexecutivo.com.br ou na Central de Atendimento, através do telefone (61) 2101-1200”. Em relação à inauguração da expansão da Cooplem Idiomas, Luiz Lesse enfatizou: “Nós ficamos muito honrados, porque existe dentro da Cooplem um espírito cooperativo e uma intercooperação. Foi exatamente com esse princípio cooperativista, que tanto a Cooplem quanto o Sicoob Executivo, firmaram parcerias que rendem bons frutos tanto para os funcionários da Cooplem quanto para os cooperados”, comemorou. Participando desse evento de inauguração das novas instalações, ele explicou: “Nós ficamos muito orgulhosos e muito felizes em ver o resultado de um trabalho que começou com um grupo pequeno de pessoas preocupadas em levar o conhecimento, a cultura e abrir fronteiras, não só locais mas, principalmente, internacionais”, disse. Para ele, esse momento é para se comemorar muito e mostrar para toda a população do Distrito Federal o que o cooperativismo faz pelo fortalecimento e pelo desenvolvi-

24

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

mento da comunidade. “Uma empresa que começou com um sonho de um grupo de professores que queriam fazer uma instituição diferente, hoje é um sucesso”, finalizou.

|Roberto Marazzi - Presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no DF - Sescoop-DF: O presidente do Sescoop - DF também comentou sobre a expansão da Cooplem Idiomas. “Esse cooperativismo a nível Brasil gera 300 mil empregos diretos, participa com 5% a 6% do Produto Interno Brasileiro (PIB) e exporta 45% a 50% daquilo que o Brasil vende ao exterior no agronegócio”, informou.

|Marcia Yoni Behnke - Presidente Cooperadora Fundadora da Cooplem Idiomas: A presidente fundadora lembrou que a Cooplem Idiomas tem 13 anos de existência. “Quando eu comecei, existiam todas aquelas dificuldades, sem saber se nós conseguiríamos crescer e se iria dar certo ou não. Eu acreditei no sonho de muitos cooperados. Hoje, a Cooplem é uma realidade e é a primeira cooperativa de idiomas do Brasil”, conclui.


negócios

O mercado

imobiliário

m dos setores mais rentáveis do país é sinônimo de prosperidade no mundo empresarial. Por isso, a Gaeta Imóveis realizou o lançamento da ampliação de seus serviços e instalações. A imobiliária que atua há cerca de três anos em Brasília, convidou amigos e personalidades da Capital para comemorar essa nova fase do empreendimento. Hélio Caetano, presidente da imobiliária, ressaltou a importância dessa ampliação para o seu negócio e para o mercado imobiliário em Brasília. “Hoje fazemos parte da Rede Brasília. Dispomos no mercado de aproximadamente 900 imóveis à venda. A ampliação vai ser para fugir também da área de locação. A gente vai colocar a área de venda no mercado com oito corretores e uma estrutura muito enxuta, com a premissa de ter um atendimento de primeira classe. Essa é a ideia de nossa ampliação”, explica. Com o intuito de ajudar o marido empreendedor, a esposa de Hélio, Christiane Caetano, conta como foi o período de construção do projeto de ampliação da Gaeta Imóveis. “Tenho orgulho do meu esposo e de onde a gente conseguiu chegar. Ele acreditou desde o início. Eu sempre fui mais cética, mas chegamos onde estamos com todo o sonho e a vontade que ele tem de fazer”, orgulha-se.

O empreendimento contou com o apoio do Sicoob Executivo para realizar a ampliação. O presidente do Sicoob Executivo, Luiz Lesse, comentou a parceria: “A Gaeta Imóveis foi a primeira imobiliária a reconhecer o Sicoob Executivo como uma instituição financeira diferenciada, que oferece tudo aquilo que eles precisam, em uma condição bem diferenciada do mercado. Ao perceber isso, os nossos negócios começaram a aumentar, com um relacionamento cada vez mais estreito. A Gaeta deu um importante passo abrindo a sua área de Gaeta Vendas e instituindo não só um novo espaço, mas também a questão tecnológica, com um novo sistema de acompanhamento da administração de imóveis e das vendas”, informou Lesse. A Gaeta Imóveis pretende atender o seu público com mais agilidade, conforto e viabilidade. Brasília conta agora com mais uma empresa que já é referência no mercado imobiliário.

Gaeta Imóveis Setor SRTVS Torre III Salas 314/310 Ed. Palácio do Radio 1 Brasília - DF Fone: 61- 3201-2111 www.gaetaimoveis.com.br

Foto: Divulgação

U

em desenvolvimento

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

25


sustentabilidade

IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente Com o tema “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis” o evento contará com 700 adolescentes entre 11 a 14 anos

A

tarefa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental, representado pela Diretoria de Educação Ambiental (DEA) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Coordenação Geral de Educação Ambiental (CGEA) do Ministério da Educação (MEC), é envolver estudantes, professores, juventude e comunidade no enfrentamento do desafio de construirmos, juntos, uma sociedade brasileira educada para a sustentabilidade.

do a comunidade com o tema “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis”.

O processo da IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente envolve as seguintes etapas:

A escola elaborará um projeto de ação, de acordo com os conhecimentos adquiridos no cotidiano escolar e nos materiais encaminhados para o processo da IV CNIJMA, a ser colocado em prática após o evento; criará um material de “educomunicação” para divulgar o projeto; elegerá um delegado ou delegada (e suplente); e compartilhará o resultado do trabalho coletivo com outras escolas e com a comunidade. O cadastramento dos resultados da Conferência na Escola no site da Conferência deve ser realizado até dia 07 de setembro de 2013.

|1. Conferência na Escola

|2. Conferência Municipal/Regional

A Conferência na Escola é o momento em que estudantes, professores e demais interessados, reúnem-se para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço educador sustentável, constituindo-se assim, em um lócus privilegiado para aprofundar o debate sobre o tema da Conferência a nível local.

Esta é uma etapa optativa onde as escolas se reunirão para apresentar e debater os projetos de ação escolhidos nas Conferências nas Escolas e transformados em produtos de “educomunicação”.

Cada escola construirá ou fortalecerá a Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola - COMVIDA, que deverá organizar a conferência envolven-

26

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Para o estado que não realizar a Conferência Municipal/Regional, o Coletivo Jovem de Meio Ambiente (CJ) junto com a Comissão Organizadora Estadual (COE), selecionará os projetos de ação que serão direcionados para a Conferência Estadual.


Foto: Divulgação

Acompanhe o Grupo de Comunicação Tendências e Negócios no Instagram e saiba como é o dia a dia de quem faz a notícia chegar até você.

ProgramaTen

|3. Conferência Estadual

Encontro dos delegados e delegadas eleitos na Conferência Municipal/Regional ou das escolas escolhidas pela Comissão Organizadora Estadual e Coletivos Jovens. Os projetos de ação serão apresentados e debatidos na Conferência Estadual. Os delegados e delegadas presentes escolherão quatro projetos, um para cada subtema – Terra, Água, Fogo e Ar, que considerarem mais relevantes, transformadores e que possam ser realizados. Os delegados e delegadas, representantes das escolas cujo projeto foi eleito, devem acompanhá-los para a etapa nacional. Os demais delegados e delegadas são eleitos em plenário pelos próprios alunos participantes.

|4. Conferência Nacional Objetivo: fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as

questões socioambientais locais e globais, com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensino-aprendizagem, em uma visão de educação para a diversidade, inclusiva e integral. Encontro de aproximadamente 700 delegados e delegadas, entre 11 a 14 anos. Já debateram o tema em suas escolas, nas Conferências Municipais e/ou Regionais e nas Conferências Estaduais. Na Conferência Nacional, esses jovens irão aprofundar a temática, socializar os projetos e participar de oficinas temáticas. É um instrumento voltado para o fortalecimento da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir de uma educação crítica, participativa, democrática e transformadora. Um processo dinâmico de encontros e diálogos para debater temas propostos, deliberar coletivamente e escolher os representantes que levarão as ideias consensuadas para as etapas sucessivas.

27 27

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


sustentabilidade

4ª Conferência Distrital do Meio

Ambi ente

A

Seis regiões administrativas se reúnem para debater sobre resíduos sólidos do DF

Os encontros reúnem eixos importantes para as propostas de políticas públicas do DF e do Entorno. “Os problemas das regiões são os mesmos: destinação adequada para o lixo, inclusão de catadores no processo e coleta seletiva”, afirmou o secretário da Semarh, Eduardo Brandão.

ção de 12 centrais de triagem de materiais recicláveis para abrigar o trabalho das cooperativas de catadores. A instalação de seis áreas para a reciclagem de resíduos da construção civil, duas áreas de aterro de inertes e um centro de comercialização de materiais recicláveis também estão previstas. Um trabalho de inclusão social com todos os catadores por meio de formação profissional, assistência técnica e inserção de cooperativas e associações é uma das principais metas do projeto. O secretário acredita que todas estas ações possam ser concretizadas em breve. Foto: Divulgação

quarta reunião preparatória para a Conferência Distrital do Meio Ambiente, que este ano debate o tema Resíduos Sólidos, aconteceu no Centro Cultural do Taguaparque, em Taguatinga. O encontro reuniu representantes do poder público e da iniciativa privada de Taguatinga, Águas Claras, Brazlândia, Ceilândia, Samambaia e Vicente Pires. As reuniões servirão de base para a Conferência Nacional, a ser realizada em outubro.

As conferências têm como foco a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos âmbitos local e regional, com destaque para quatro tópicos: produção e consumo sustentáveis; redução de impactos ambientais; geração de empregos e renda; e educação ambiental. Entre as principais ações do plano para o DF estão o fim das atividades do lixão da Estrutural, a abertura do Aterro Sanitário Oeste, localizado entre Ceilândia e Samambaia, a implantação da coleta seletiva e a instala-

28

TENDÊNCIASEENEGÓCIOS NEGÓCIOS ::::TENDÊNCIAS

Eduardo Brandão


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

29


Compras e Vendas

balcão de

negócios Uma grande oportunidade para você empresário, investidor ou empreendedor. O nosso Balcão de Negócios, com Alex Dias

E

lizeu Oliveira (Consultor da F. Elizeu Consultoria) é um corretor que está acostumado a comprar e vender empresas dentro e fora do DF. De acordo com ele, “mesmo estando em Brasília temos uma oportunidade em adquirir um negócio que se encontra fora, como em Ilhéus, na região de Comandatuba no Estado da Bahia, onde está instalada uma fazenda à venda”. Alex Dias destaca: “Quando a gente vai aos supermercados de Brasília comprar uma caixinha com água de coco, nós estamos comprando o coco produzido por essa fazenda”.

mercado em torno de 5 milhões de reais. O proprietário é estrangeiro e colocou à venda sob a responsabilidade da F. Elizeu Consultoria. O consultor Elizeu Oliveira garante: “Estamos com toda a documentação, o balanço patrimonial, as certidões de ônus, as escrituras definitivas com respectivos registros das comarcas que existem na região em que se encontra a fazenda, o contrato social da empresa, além de todos os certificados técnicos, para poder ter o direito de exportar”, enumera. Alex Dias acrescenta que “as empresas do Brasil e do exterior só compram os cocos se a empresa instalada na fazenda possuir os certificados técnicos”, por isso ele garante ser um negócio rentável e confiável.

Foto: Divulgação

Com um trabalho voltado também para a exportação, a fazenda está localizada próxima à linha verde, a cerca de 400 km de Salvador, 90 km de Ilhéus e 90 km de Porto Seguro, com 701 hectares. Com uma plantação de 35 mil pés de coco, cada planta produz uma média

de 200 cocos por ano, com um faturamento anual no

30

www.elizeuconsultoria.com.br lizeu@elizeuconsultoria.com.br (61) 8136-6664 ou (61) 3033-6466 :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


lançamentos

um minuto

seu direito em

D

Rivaldo Lopes estreia novo quadro no programa Tendências e Negócios

e acordo com dados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) , hoje são 23 mil advogados trabalhando formalmente no país. A Teixeira & Lopes Advogados, composta por um grupo de cinco advogados, atua há 17 anos em Brasília. Entre os diferenciais oferecidos pelo grupo, figura o Direito Desportivo com ênfase na captação de recursos para atletas.

Além disso, a Teixeira & Lopes Advogados também anuncia que logo estará ampliando suas instalações para melhor atender seus clientes.

Rivaldo Lopes é membro titular da Teixeira & Lopes Advogados e seu mais novo projeto é o “Seu direito em um minuto”, quadro que será veiculado no Programa Tendências e Negócios da TV Brasília. Lopes afirma que o grande desafio da nova empreitada “é abordar temas importantes para a sociedade no prazo de um minuto, tentando sanar as dúvidas das pessoas perante a área do Direito”.

trato e os prejuízos que podem causar as cláusulas

“É importante fazer os empresários entenderem que é melhor uma boa consultoria do que um

contencioso jurídico. A advocacia preventiva é o

caminho. A análise do que está errado em um conleoninas são importantes para o sucesso de uma

empresa. Por isso, é preciso ter um profissional que entenda o que está sendo acordado. Uma ação ju-

dicial não dura menos do que cinco anos hoje. A verdade é esta”, afirma Rivaldo Lopes, ao lembrar

Foto: Divulgação

da importância de advogados nos negócios.

31

Rivaldo Lopes TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


empreendedorismo

Do

Simples

para o

|Super Simples

| Objetivos

* Super Simples foi uma iniciativa do Congresso. * Criado em 1996 com esforço do Congresso. * Em 2006, há um marco, que é a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, a Lei Complementar nº 123. * Uma das revisões do Super Simples em 2011 foi a Lei nº 591. * Na última versão, foi criado o microempreendedor individual.

* Revisar o Super Simples. * Criar uma correção automática no Teto do Super Simples. * Correção pelo IPCA. * Acabar com a Substituição Tributária. * A Reforma do ICMS. * Permitir que tudo isso seja feito pela internet. * Boleto Único de Pagamento de Tributos.

|Nova Lei Complementar de Revisão

|Parceiros

* Projeto de Lei de autoria do Deputado Federal Claudio Puty. Altera a Lei Complementar nº 123. * No Projeto de Lei nº 237, o objetivo é simplificar. PLP nº 237 vai alterar o dispositivo da Constituição. * Claudio Puty é o Relator para apreciar este Projeto de Lei.

* Foi criado o Conselho Político da Micro e Pequena Empresa. * O Sebrae tem sido um parceiro fantástico, ou seja, o Sistema S.

|Deputado Claudio Puty * É economista. * Professor universitário de economia da UFPA. * Mestre na Universidade de Sucuba no Japão. * Doutor em Nova York, nos EUA. * Vice-líder do governo no Congresso Nacional.

|Revisão do Super Simples * Existe a Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa. * Foi criada uma Comissão de Deputados para avaliar o Projeto.

32

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Nossa editora-chefe, Liana Alagemovits, almoça com a jornalista Katia Cubel, da Engenho Criatividade e Comunicação.

ProgramaTen Tendências e Negócios


Foto: Divulgação

super Simples O

|Super Simples

Super Simples ou Simples Nacional é uma Lei Complementar que institui, a partir de 01/07/2007, o Estatuto Nacional das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte. Isso possibilita às empresas referidas, a opção pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições. Consideram-se microempresas (ME) ou empresas de pequeno porte (EPP) a sociedade empresária, a sociedade simples e o empresário a que se refere o art. 966 da Lei nº 10.406, de janeiro de 2002. No caso das ME, a receita bruta anual não poderá ser superior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais). No caso das EPP, a receita bruta anual terá de ser superior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais) e inferior a R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais). São unificados os seguintes impostos e contribuições: IRPJ, IPI, CSLL, COFINS, PIS/PASEP, INSS, ICMS e ISS.

Claudio Puty TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

33


Artigo

vendas vendas

ou relacionamento com

“Nunca venda a um estranho” “Vendas são resultados de um relacionamento” por Alexandre Linhares

N

ão me lembro da primeira vez que ouvi estas duas frases, mas o que importa é que há muito tempo as utilizo como base para construir acordos ganha-ganha, tanto para mim quanto para meus clientes. Há todo momento aparecem novas teorias, técnicas e modelos para aumentar as vendas, porém, muitas das vezes, as empresas esquecem o óbvio. Lembro-me perfeitamente de quando era criança e morava numa cidade do interior do Rio de Janeiro. Meus pais tinham uma “conta” na quitanda, e esse crédito era conquistado através do relacionamento construído ao longo do tempo entre meus pais e o proprietário do comércio. Esse relacionamento não era construído de maneira forçada para adquirir um desconto, o crédito em si ou coisa parecida. Era um relacionamento sustentado pela confiança de que as partes iriam cumprir com suas responsabilidades no acordo. Simples assim. O que vemos nos dias atuais, é que as organizações querem gerar, a fórceps, uma relação com o cliente que não tem como alicerce de

34

TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS :::: TENDÊNCIAS

sustentação a confiança mútua, que só é construída naturalmente, ao longo do tempo e com empatia. Já dizia um ditado popular que “só se conhece uma pessoa quando se come um quilo de sal com ela”, e é verdade. Para se conhecer uma pessoa é preciso muito tempo. De igual forma, as relações interpessoais e as relações organizacionais não fogem a estas premissas. As organizações nada mais são do que pessoas: jurídicas, mas pessoas. E como pessoas devem cultivar esta relação de forma natural, as empresas também devem trilhar este percurso conjuntamente com seu par (cliente), e consequentemente construirão uma relação saudável e duradoura com sua MARCA. Creio que o primeiro passo para esta construção é conhecer a si mesmo. Da mesma forma que as pessoas têm crise de identidade, muitas empresas se encontram assim também: não sabem de onde vieram e para onde vão. Não existe nada pior do que não conhecer a si mesmo. A empresa, não conhecendo a si mesma, não oferta uma solução adequada a seu mercado. O que vemos bastante são


|Para ilustrar o “fazejamento” contarei uma breve estória.

|O que esta simples estória nos adverte? “Mais importante do que a velocidade que corremos é a direção que tomamos”. Você pode estar com muito amor, energia e velocidade, mas será que está na direção correta? Solicite ajuda de profissionais externos para intermediar o processo. Além de vários benefícios, uma visão externa, sem as restrições visuais de quem está dentro da empresa, é muito bom. Como todo processo tem o objetivo de produzir algo, o produto final do processo de planejamento será um plano que servirá para muitas coisas, principalmente para se conhecer melhor e entender como poderá ofertar suas soluções com maior propriedade. Não adianta tentarmos atender todos os públicos. É impossível agradar a todos, por isso se faz necessário focar nas características essenciais da sua empresa. Sun Tzu - general, estrategista e filósofo chinês, já falava da importância de conhecermos a nós mesmos e aos outros antes de enfrentarmos quaisquer batalhas. Quando olhar para si mesmo e se conhecer melhor, poderá desenvolver os relacionamentos tão necessários para o êxito empresarial. Foto: Divulgação

empresas querendo fazer muitas coisas ao mesmo tempo e não focando no seu negócio principal. Mas como focar se não sabem de forma clara e específica qual o objetivo da sua existência? Para que vieram ao mundo? Isto é chamado de missão. Pensar! Isto mesmo! Ato que no ocidente não é muito valorizado. Não estar “suando a camisa”, não estar trabalhando, é o que chamamos de “fazejamento”. Não é permitido parar nem um minuto para investir energia no ato de pensar as questões importantes. Não estou falando de simplesmente ficar na rede e divagar sobre o futuro. Não tem nenhum problema em ficar na rede com as pernas pro ar: além de ser muito bom, ajuda na criatividade, mas este é outro assunto. Há técnicas eficazes para ajudar os empreendedores a realizar um bom planejamento: não aquele que escreverá um monte de textos bonitos e será colocado na gaveta para, depois de dez anos, ser encontrado por alguém que estiver organizando o escritório, e sim, um que será utilizado como ferramenta guia.

“Um senhor chegou a sua vila e falou com um jovem que estava ferrando seu cavalo: – Meu filho, você sabe que nosso país esta em guerra? O jovem respondeu que não e mais do que depressa falou que ia se juntar a seus amigos para defender seu país tão amado. Terminou de ferrar o cavalo, celou-o rapidamente, pegou sua espada e escudo, e começou a galopar muito rápido. Depois de dois dias de viagem exaustiva, parou num lugarejo para recompor as energias e encontrou outro senhor que lhe perguntou: Para onde está indo meu jovem? Ele respondeu: - Estou indo me juntar ao exército do meu país. Então, o senhor falou: - Que bom ver um jovem com tanto amor por sua nação, a ponto de colocar sua vida em risco. O senhor então perguntou: - Meu jovem, você esta indo para qual direção? O jovem então respondeu: - Vou para lá! Apontando para o sul. Meu filho, você esta correndo há dois dias para a direção errada, a guerra esta acontecendo no lado norte.

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

35


iniciativa

O sonho Estrutural Futebol Clube Alguns garotos ainda não possuem chuteiras, mas o novo time da Estrutural já enviou jogadores para São Paulo e Goiânia

O

campo é de grama sintética e alguns moradores jogam descalços. Criar um time de futebol era o sonho dos moradores da Cidade Estrutural. O time Estrutural Futebol Clube é um projeto que surgiu da iniciativa dos moradores da Estrutural e do líder comunitário Paulão, como é conhecido por todos, e é uma das pessoas a frente do projeto. Na função de 1º vice-presidente, Paulão afirma que a ideia surgiu de uma conversa entre amigos. “Nosso objetivo é fazer com que os moradores da Estrutural tenham seu valor reconhecido por meio do esporte”, revela Paulão.

Foto: Divulgação

O projeto tem dado frutos: o técnico Zezinho da Estrutural levou dois garotos para fazerem testes em São Paulo e Goiânia. Um dos garotos era Vanderli Inácio,

36

TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS :::: TENDÊNCIAS

zagueiro do time, que nos contou a novidade com um sorriso no rosto: “Chegamos lá e o professor gostou, estamos indo para São Paulo”, avisa. Os garotos conquistaram a vaga. Com gorro na cabeça devido ao frio e entusiasmo na fala, Zezinho revela já ter enviado jogadores da Estrutural para muitos cantos do Brasil. Além disso, o Estrutural Futebol Clube pretende montar categorias de base, com times masculino e feminino. O 2º vice-presidente, Aldenir Aparecido, afirma que os times juvenil, amador e profissional já estão montados e os outros ainda estão por vir. O empresário Duarte assumiu as despesas do time e se tornou o presidente. Duarte revela que muitos dos garotos da região estavam caindo na criminalidade. “O projeto tem o viés de tentar mudar essa realidade”, finaliza.


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

37


Banco

BRB integra lista dos 100 maiores bancos da América Latina

P

esquisa publicada na edição especial da Revista Exame, aponta o BRB na 36ª colocação no ranking das 50 maiores instituições financeiras do Brasil, no critério maior patrimônio líquido. Desde 2011, o Banco avançou quatro posições. Dentre os estatais – múltiplos e comerciais - o BRB ocupa, ainda, a 6ª posição. No quesito volume de depósitos em poupança, o Banco de Brasília classifica-se em 11°lugar.

38

Foto: Divulgação

Estas colocações são resultado de um trabalho contínuo da instituição, pautado no crescimento, na qualidade do atendimento e na satisfação dos clientes.

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

39


políticas públicas

tú nel

Taguatinga e Ceilândia ganharão túnel. Chegar ao Plano Piloto será mais rápido

40

:::: TENDÊNCIAS TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS


|Obra:

|Investimento: O valor total do investimento será de aproximadamente R$ 725 milhões.

|Fontes: R$ 517 milhões do Ministério das Cidades; R$ 59,7 milhões do GDF; e, R$ 148 milhões do Orçamento Geral da União.

|Mudanças:

O Corredor Eixo-Oeste faz parte das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade das Grandes Cidades.

O projeto prevê o alargamento de pistas e a construção de faixas exclusivas nas principais vias de acesso a Taguatinga, como a Hélio Prates, Comercial Norte, Samdú e a Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG).

|Composição:

|Fluxo:

1. Túnel na via que liga Taguatinga ao Plano Piloto.

Com a chegada do Eixo-Oeste à região, as Avenidas Comerciais e Samdú terão mão única, uma delas terá o fluxo voltado ao centro da cidade e a outra operará em sentido contrário.

2. Extensão - 43km de corredores exclusivos para os Veículos Leves sobre Pneus (VLP), que saem do Setor Sol Nascente, em Ceilândia, cruzam Taguatinga e se encerram na Estrada Parque Setor de Indústrias Gráficas (EPIG).

|Estrutura: O novo corredor contará com um túnel de aproximadamente um quilômetro embaixo da Avenida Central de Taguatinga, pista que liga a EPTG à Avenida Elmo Serejo.

|Início das Obras: As obras do corredor Eixo-Oeste, que ligará Taguatinga e Ceilândia ao Plano Piloto, começam neste segundo semestre de 2013.

|Conclusão das Obras: Previsão de término no segundo semestre de 2017.

Foto: Divulgação

O

trânsito deve ser motivo de mobilidade agradável, seja no que diz respeito ao transporte público ou carro particular. Mas o que acontece nas grandes cidades hoje, é algo noticiado diariamente: congestionamento nos horários de pico e muita irritação para os usuários de transporte público ou para quem possui carro próprio. Se isso ocorre em todo o país, na Capital Federal não é diferente: a quantidade de veículos aumenta a cada ano e, por isso, é de grande importância a inovação. Desta forma, é importante a implantação de projetos que amenizem essa situação, como é o caso do corredor especial de tráfego em Taguatinga e Ceilândia.

|Percurso: Será reduzido de duas horas para 40 minutos, em média.

|Objetivo: Atender uma antiga reivindicação dos moradores de Taguatinga.

|Quem Ganha com a Obra: Todos ganham em termos de tempo, praticidade e, claro, com mais qualidade de vida, principalmente para os usuários de transporte público e motoristas de carros particulares que fazem o percurso Ceilândia, saindo do Sol Nascente e que precisam passar pela Avenida Hélio

Prates, entrando em Taguatinga Norte, seguindo para o Plano Piloto, até o fim da avenida W3 Sul.

41 41

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


CAPA

42

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


U

m dos temas mais polêmicos do sistema político brasileiro é a fidelidade partidária. Na época da ditadura militar, a dita fidelidade era execrada pela oposição, sob a alegação de que representava uma camisa de força na livre manifestação de ideias e posições de parlamentares ou detentores de mandato. A questão era definida pelo partido e todos os seus integrantes tinham de seguir a orientação.

Fidelidade partidária, no Direito

Eleitoral, trata da obrigação que um político deve ter para com seu partido, tendo por base a tese de que se no Brasil todos os candidatos a cargos eletivos precisam de partidos políticos para se eleger, eles não podem se desvincular do partido para o qual foram eleitos, sob pena de perderem o mandato.

Constituição de 1967

tratava A do tema, e a lei dos partidos de 1971 punia com a perda de mandato o descumprimento de diretrizes ou deliberações das direções ou convenções partidárias.

redemocratização do Brasil nos anos 80, a troca de partidos após a Desde a

eleição foi prática corriqueira, gerando protestos em diversos setores da sociedade civil. Isso gerou, durante a década de 1990, a elaboração de diversos esboços de

reforma política que instituiriam a fidelidade partidária, mas que nunca saíram do papel.

to feito em janeiro de 2008, concluiu que até o final de 2007, já haviam chegado à Justiça Eleitoral 6.296 pedidos de perda de mandato por infidelidade partidária.

“troca-troca”

Com o passar do tempo, o realizado por alguns políticos foi prova cabal de sua completa falta de fidelidade partidária. A imagem começou a ser questionada na medida em que as opiniões se modificam com uma velocidade não muito coerente. No Brasil, é comum vermos que alguns políticos se filiam a partidos menores para se elegerem, porque precisam de uma quantidade menor de votos. Logo que assumem o cargo, se transferem para uma legenda que possa lhe oferecer maiores vantagens. O

jogo de interesses provoca revira-

volta de quem entra e de quem sai dos partidos. O presi-

dente do PDT-DF, Georges Michel Sobrinho, acredita que a dança dos partidos é algo nefasto na política brasileira.

Para ele, o candidato que se elege por um determinado

partido deve manter-se no partido que o elegeu, afinal o mandato deste candidato não pertence a ele, e sim ao partido, pois é necessário ter uma soma de votos para

eleger determinado candidato. Segundo ele, o candidato eleito, quando sai do partido, tem interesses pessoais que não condizem aos interesses do partido. “Isso é uma situação grave e não pode continuar. Não é certo abrir

mão dos interesses da sociedade para suprir interesses pessoais”, afirma Georges Michel.

requererem a cassação do mandato dos infiéis e sua pos-

|Saiba mais sobre os partidos e a opinião de seus representantes no DF

de 2007, o STF estabeleceu o entendimento de que a fi-

|Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Porém, em 27 de março de 2007, mesmo sem uma lei for-

mal, o TSE, respondendo a uma consulta do DEM, decidiu

que o mandato pertencia ao partido, o que levou os par-

tidos que se sentiram prejudicados com o “troca-troca” a terior substituição por seus suplentes. Em 04 de outubro delidade partidária passava a ser

norma, porém só

valendo a cassação dos mandatos de parlamentares que trocaram de partido após a decisão do TSE.

Por isso, quase um ano depois, diversos políticos tiveram seus mandatos cassados por infidelidade. Levantamen-

O PDT é um dos mais tradicionais partidos criados após a abertura política no final do regime militar. É um partido político brasileiro de centro-esquerda e de ideologia trabalhista, fundado por políticos e intelectuais brasileiros no final da década de 1970, logo após o início do processo de abertura política da ditadura militar.

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

43


CAPA

único partido

Foto: Divulgação

O PDT é o brasileiro a integrar a Internacional Socialista. É também o partido de origem da atual presidente Dilma Rousseff, que o trocou - por conveniência - pelo Partido dos Trabalhadores no ano 2000, a convite do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que era amigo do fundador do partido, Leonel de Moura Brizola. Hoje, é um partido com efeito e uma das legendas de situação do atual governo, estando à frente do Ministério do Trabalho e Emprego.

trabalhismo

O partido se baseia no , que é um conceito que começa a ser estabelecido a partir da Revolução Industrial, quando começa a se organizar um movimento com vistas à melhoria da condição de vida dos trabalhadores.

|Fundação Com a anistia política e o fim do bipartidarismo no final dos anos 1970, Leonel Brizola, ainda no exílio, resolve reunir políticos e intelectuais progressistas para a refundação do trabalhismo na vida partidária nacional. É nesse sentido que ele organiza um congresso na cidade de Lisboa, culminando com a redação de um documento que ficou conhecido como Carta de Lisboa, que é considerada a fundação do

PDT.

Nesse momento, o trabalhismo que viria a ser adotado pelo PDT sofre certa mutação. Tendo maior contato com os ideais socialistas e social-democratas do Estado do

“bem-estar social”

dos países europeus durante a segunda metade do século XX, políticos que viriam a formar a liderança do PDT resolvem patrocinar uma evolução no conceito trabalhista.

Georges Michel, desde

Leonel Brizola

44

TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS :::: TENDÊNCIAS

o começo, manteve-se presente na construção do PDT. Ao lado de Leonel Brizola, exilado na Europa, participou do encontro em Lisboa com outros brasileiros. Inicialmente exilado na Alemanha Oriental, mudou-se para Portugal que estava em revolução. Ele afirma que o fato de o país falar o idioma português e ter fortes ligações com o Brasil foram motivos decisivos para resolver deixar a Ale-


manha e ir para Portugal. Em 1977, expulso do Uruguai,

Leonel Brizola foi para os Estados Uni-

dos, onde em contato com Mário Soares, então primeiro-

ministro de Portugal, recebeu o convite para morar em Lisboa. Já em Portugal, Brizola congregou todos os

brasileiros, trabalhistas e exilados em Lisboa, para refletir sobre a redemocratização do Brasil, uma vez que o país estava sob o domínio da ditadura militar. A partir daí, a

refundação do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) aconteceu com força. Segundo Georges Michel, foi a van-

guarda do movimento democrático no Brasil. “Durante um período de mais de um ano, nos reunimos todos os dias com o nosso líder Leonel Brizola para discutirmos sobre a realidade brasileira”, lembra. Deste encontro, produziu-se a

Carta de Lisboa,

documento que continha as bases programáticas do partido político que Brizola pretendia reorganizar no contexto da redemocratização, que se anunciava no fim da década de 1970, o Partido Trabalhista Brasileiro – PTB. Com a assinatura da

Lei da Anistia em 1979,

Leonel Brizola, que após a morte de João Goulart se

tornou o líder natural do trabalhismo democrático brasileiro, retorna ao Brasil com os brasileiros exilados na

Europa e imediatamente trabalham na organização do

(PTB). Mas em 1980, o TSE negou a sigla à Brizola e a entregou a outro grupo que, segundo Georges Michel, nada tinha a ver com o ideal da reconstrução democrática no Brasil. “Quando nos retiraram a sigla, disseram que outro grupo havia dado entrada no TSE com documentos antes dos nossos. Mesmo a gente comprovando o contrário, os ministros não aceitaram, alegando que faltavam documentos”. Mas nem por isso, os trabalhistas deram-se por vencidos. “Com isso, nosso líder Leonel Brizola, com toda liderança que ele tinha no Brasil e dentro do movimento trabalhista brasileiro, fundou o Partido Democrático Trabalhista (PDT), onde essa corrente

Getúlio Vargas

trabalhista fundada por , tenta implantar no Brasil uma sociedade mais democrática, socialista e, assim, garantir os direitos trabalhistas”.

Foto: Divulgação

Partido Trabalhista Brasileiro

Getúlio Vargas

45 45

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


CAPA

|GETÚLIO VARGAS e o PTB Getúlio Dornelles Vargas foi o presidente que governou o Brasil por mais tempo, durante dois mandatos - um

imposição

deles por , ou seja, a ditadura Vargas entre 1937 e 1945 ou o Estado Novo. O gaúcho Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930,

Revolução de 1930

após comandar a , que derrubou o governo de Washington Luís. Seu governo foi focado no nacionalismo e populismo, que culminou com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que temos hoje, com a Justiça do Trabalho em 1939 e

maior opositor

com o salário mínimo. Seu foi o líder comunista Luis Carlos Prestes. Como nacionalista ferrenho, protegeu a indústria nacional e investiu na área de infraestrutura criando a Companhia Siderúrgica Nacional em 1940, a Vale do Rio Doce em 1942 e a Hidrelétrica do Vale do São Francisco em 1945, além do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Foi deposto em 1945, após um

golpemilitar.

Seu segundo mandato, em 1950, foi marcado por eleições

criação da Petrobras

democráticas e pela . Em 1954, Vargas suicidou-se no Palácio do Catete com um tiro no peito e deixou uma carta-testamento com uma frase que entrou para a história: “Deixo a vida para entrar na História”. Ele deu raízes ao PTB fundado no Rio de Janeiro - então Distrito Federal. Sua base eleitoral era o operariado ur-

sindicatos

bano com forte ligação com os .O PTB era extremamente forte eleitoralmente quando coligado ao PSD, também criado por simpatizantes de Getúlio. Esta coligação tinha como principal adversário a UDN, partido de direita conservador. Nas eleições de 1955, essa coligação volta à presidência com Juscelino Kubitschek e o trabalhista João Goulart. Mas o PTB desenvolveu uma ala mais conservadora e centrista, com Ivete Vargas. Com a renúncia de Jânio Quadros em 1961, os militares descontentes tentam impedir a posse de Jango, tendo início a Campanha da Legalidade, coman-

46

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

dada por Leonel Brizola, governador do Rio Grande do Sul pelo PTB. Jango acaba empossado num sistema parlamentarista, que é repudiado pela população dois anos depois, dando vazão ao golpe militar de 1964. Assim, em

AI-2

1965 com o , o PTB foi extinto, assim como todos os partidos políticos até então existentes. Hoje o PTB colabora com políticas neoliberais, chegando até a apoiar o governo Figueiredo no Congresso, a partir de 1983, obtendo em troca cargos de direção, além de outros políticos como José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e o governo Dilma. Roberto Jefferson, deputado cassado em 2005 pela Câmara dos Deputados após denunciar o Mensalão, já foi presidente do partido. Atualmente, o PDT está na lista dos partidos grandes com mais de um milhão de filiados, ficando como o quinto maior partido do país. José Antônio Machado Reguffe é uma das estrelas do partido.

|Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) Regime Militar

Instalado o de 1964, as forças políticas foram compelidas à reorganização porque o Ato Institucional Número Dois, de 1965, extinguiu os 13 partidos existentes no Brasil. Os adeptos do novo governo se reúnem na Aliança Renovadora Nacional (ARENA), enquanto que seus opositores fundam o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), em 1966. Pelos registros da história recente, surpreende que o PMDB tenha resistido a tantas pressões de governos ditatoriais, divisões internas, esvaziamento, crescimento, novas divisões e se mantenha como a legenda de maior base no território nacional. Sofrida, com maus e bons momentos, a história do PMDB é a história do Brasil que continuou pulsando a partir de 1964. Manteve-se em movimento, com contradições, abrigou vários tipos de ideologias e tendências políticas, instigou, gestou outros partidos, mas se manteve no centro das discussões durante, na queda e após o regime militar. Hoje, para contar um pouco da história do PMDB é preciso não


só falar da história do Brasil, mas de praticamente todos os partidos, à sua esquerda ou à sua direita.

história daquela capital (92%), inviabilizando alianças; o que a fez abandonar a candidatura à reeleição em 2012.

Oficialmente, o PMDB que nasceu do MDB, teve sua fundação em 24 de março de 1966, com o registro na Justiça Eleitoral. Era um dos resultados da extinção dos partidos imposta pelo AI-2 e a instalação do bipartidarismo, logo em seguida, em uma tentativa

Em 2009, o PV passou a ter como filiada uma importante figura ligada à defesa do meio ambiente, Marina Silva.

bipolaridade

de imitar a norte-americana, Democratas versus Republicanos. A diferença que se evidenciou antes mesmo do registro do MDB, é que o papel destinado pelos militares à oposição se resumia

opositor

Em

Convenção Nacional

no dia 10 de junho de 2010, Marina Silva foi lançada por consenso como candidata à presidência, tendo como candidato à vice-presidente o empresário Guilherme Leal. Em Brasília, o grande líder é o engenheiro e Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Eduardo Brandão.

inofensivoao |Propostas do Partido Verde

a isto: o de , mas poder. Mas esse não era o PMDB.

|Princípio Na verdade, o Movimento Democrático Brasileiro constitui-se informalmente em 04 de dezembro de 1965, como oposição a Arena. Com o AI-2, o país

bipartidarismo

chegou ao . As eleições se tornaram indiretas. O PMDB seguiu sua trajetória que culminou na abertura de Figueiredo e na Constituinte de 1988.

|Partido Verde (PV) O Partido Verde brasileiro surgiu em janeiro de 1986.

ambientalistas

Foi fundado por e outros ativistas de movimentos sociais, tendo como suas mais expressivas lideranças Carlos Minc - que depois voltou ao PT, Melo Viana, Fernando Gabeira, Alfredo Sirkis, Domingos Fernandes e José Luiz de França Penna. Posteriormente, aderiram o deputado Sarney Filho, e mais recentemente, em 2009, a senadora Marina Silva. Nas eleições municipais de 2008, o PV elegeu pela primeira vez um prefeito em uma capital brasileira. A prefeita Micarla de Sousa, eleita no primeiro turno com 51% dos votos, comandou Natal, capital do Rio Grande do Norte. Quatro anos após seu mandado, Micarla de Souza se mostrou com um dos piores índices de rejeição da

Os principais aspectos programáticos do PV são o desenvolvimento sustentável e a diminuição da desigualdade social. Defende o pacifismo, o federalismo, o parlamentarismo, a democracia direta e o poder local. Esses temas, porém, devem ser discutidos nas bases do partido. Seus fundadores incluem em seu programa a legalização

casamento homossexual

do , legalização e descriminalização do aborto e das drogas. Mas a partir do ingresso de Marina Silva, essa posição está sendo revista por não representar consenso na sociedade brasileira. Marina propôs que estes temas polêmicos sejam submetidos a um plebiscito, o que não ocorreu até o momento. O partido diz estar em uma posição no espectro político que ultrapassaria a questão “esquerda-direita”, com um discurso de que a visão antecipatória proposta pelo PV não está à direita nem à esquerda, mas à frente.

|Representatividade do PV na política brasileira O partido está ganhando força política no país, como alguns dos seus similares europeus (o Partido Verde da Alemanha). Por um bom tempo, seu único representante no Congresso Nacional era o Deputado Federal Fernando Gabeira, pelo estado do RJ (1995-1998; 1999-2002). Após ter estado um breve período no PT, Gabeira retornou ao PV em 2005. Durante 28 meses a partir de 2003,

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

47


CAPA o partido constituiu a base de apoio do Governo Lula, rompendo na segunda quinzena de maio de 2005, alegando descontentamento geral com as políticas ambientais do governo. O Presidente Nacional do PV é José

dade. Propõe-se a desenvolver uma estratégia conjunta e uma ação coordenada em favor do desarmamento, do ecodesenvolvimento, da solução negociada dos conflitos e do respeito às liberdades democráticas, justiça social e direitos humanos, em todos os países do mundo.

Foto: Divulgação

fortalecimento

O PV luta pelo do movimento ecologista e pela realização das suas propostas. Funciona como um canal de ação política, no campo institucional, para servir ao meio ambiente, sem pretensões hegemônicas. O PV participa, por meio dos seus militantes, dos movimentos sociais, culturais e das organizações não governamentais. O partido deve se organizar junto

comunidades locais

e obter o poder às através dos diversos níveis do Legislativo e Executivo, para a execução do programa verde no plano local, regional e nacional. De acordo com o presidente do PV-DF, Eduardo Brandão, esse momento que antecede o

ano de

eleiçãoé um momento muito importante para to-

Eduardo Brandão, presidente do PV-DF Luiz de França Penna, que sucedeu o ex-vereador carioca Alfredo Sirkis, ex-Secretário Municipal de Meio Ambiente e Secretário Municipal de Urbanismo do Rio de Janeiro, em diferentes gestões. De acordo com os princípios do partido, o PV é um instrumento da ecologia política. Sua existência não é um fim em si mesmo e só faz sentido na medida em que serve para fazer avançar suas ideias e programas na sociedade, transformando concretamente a realidade. O PV faz parte de uma família política internacional, “os verdes”, que cresce em todo o mundo desde o final dos anos 70. Relaciona-se com os partidos e movimentos verdes de outros países com base na autonomia, fraternidade e solidarie-

48

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

dos os partidos. Eduardo acredita que metade da eleição vai se definir agora com a lista de pré-candidatos, a nominata. Ele lembra que, de acordo com o TSE, o candidato deve filiar-se ao partido um ano antes das eleições, portanto, dia cinco de outubro deste ano. Esta é a data final para filiação ou mudança de partido. Para o PV, algumas considerações são levadas muito a sério. Brandão acredita que todo cidadão é apto a se filiar ao PV, e isso é uma questão de escolha. O Partido Verde tem como ideologia não fazer questão de filiação em massa, mas preferir uma filiação consciente. “Não trabalhamos com ‘voto dentadura’. Não fazemos esse tipo de projeto”. Brandão afirma que o PV tem uma causa acima das pessoas que compõe o partido, pessoas conscientes que sabem o que querem. “A gente trabalha muito a nossa nominata, principalmente pelo fato de o partido ter uma bandeira ideológica clara. A pessoa deve, de fato, identificar-se com a ideologia partidária. Esse é o perfil do nosso filiado”, avisa. Por outro lado, Eduardo Brandão afirma que o PV não pretende ficar preso ao que chama de “caixinha dos verdes”. “Entendemos que todo processo ideológico do partido seja transversal, porque permeia a questão da


|Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) O PSDB foi fundado em 25 de junho de 1988. De acordo com seu estatuto, o PSDB tem como base a democracia interna e a disciplina. Seus objetivos programáticos são a consolidação dos direitos individuais e coletivos, o exercício democrático participativo e representativo, a sobe-

construção

rania nacional, a de uma ordem social justa e garantida pela igualdade de oportunidades, respeito ao pluralismo de ideias, culturas e etnias, e a realização do desenvolvimento de forma harmoniosa. Com

trabalho

sobre o capital, busca a a prevalência do distribuição equilibrada da riqueza nacional entre todas

classes sociais

para substituir Dilma Rousseff. Virgílio afirma que o momento no PSDB-DF, assim como nos demais Estados, é de trabalho, organização das bases, ouvindo os anseios

população

e conversando com potenciais da candidatos para montar uma nominata vitoriosa para as próximas eleições. De acordo com ele, o Senador Aécio Neves tem todas as credenciais para disputar a Presidência da República em 2014. “O partido no Distrito Federal tem total simpatia pela história do Aécio e irá às ruas, com orgulho, fazer campanha caso o nome dele seja escolhido como candidato do PSDB, na Convenção Eleitoral do próximo ano”.

Foto: Divulgação

saúde, transporte e educação. Afinal, a questão ambiental se preocupa com tudo isso”, conclui.

as regiões e . Já em sua fundação em 1988, seguia uma visão de futuro em relação ao meio ambiente. Escolheu o tucano como símbolo por ser uma ave tipicamente brasileira. Assim, demonstra que o partido está preocupado com as questões ecológicas debatidas atualmente. O peito amarelo é para lembrar a cor da campanha do “Diretas Já”, ou seja, uma cor que tem como símbolo a luta pela democracia no Brasil, que participou ativamente. Em número de filiados, o PSDB tem mais de 1.353.000 em todo o Brasil, sendo mais de 14 mil só no DF. Com isso, o PSDB se afirma como o maior partido de oposição do Brasil, hoje governando quase metade da população brasileira com oito governadores (SP, MG, PR, GO, PA, AL, TO e RR), 53 deputados federais, 10 senadores e mais de 700 prefeitos em todo o Brasil. No Distrito Federal, o PSDB não tem nenhum deputado distrital, embora tenha elegido um candidato que mudou de partido. Atualmente, tem como representatividade política o deputado federal

IzalciLucas.

Virgílio Neto

De acordo com , representante do PSDB regional, o partido já tem nomes para précandidaturas e consagra a candidatura de Aécio Neves

Virgílio Neto, presidente do PSDB-DF

|Partido dosTrabalhadores(PT) O Partido dos Trabalhadores foi fundado no dia 10 de fevereiro de 1980, no Colégio Sion, em São Paulo. O partido surgiu da organização sindical espontânea de operários paulistas, liderados por Luiz Inácio Lula da Silva e outras lideranças de trabalhadores, no final da década de 1970,

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

49


dentro do vácuo político criado pela repressão do regime militar aos partidos comunistas tradicionais e aos grupos de esquerda, então existentes. Assim, o PT foi fundado

socialistademocrático

com um viés .O Partido dos Trabalhadores foi oficialmente reconhecido como partido político pelo Tribunal Superior de Justiça Eleitoral no dia 11 de fevereiro de 1982. De acordo com o presidente do Partido dos Trabalhadores no Distrito Federal, Roberto Policarpo, a representatividade do PT para o Distrito Federal é uma coisa diferente do que é para vários partidos, ou seja, representa muitas ideias, reivindicações e opiniões, algumas delas até divergentes. Isso porque o PT surgiu da necessidade de dar voz aos milhões de trabalhadores excluídos do processo político. Ter dentro de si essa profusão de bandeiras, faz com que 60 mil militantes estejam à frente da maioria dos movimentos do DF, que cada tema político esteja na agenda de debate do partido e que tenha uma das maiores bancadas na Câmara Distrital. “Somos, por esse motivo, o partido que mais representa o pensamento político no DF”, diz. Para Policarpo, tanto o governador Agnelo Queiroz quanto à presidenta Dilma, estão fazendo mandatos muito importantes para combater as desigualdades so-

crescimento com justiça social para o DF e para o Brasil. “Pro-

ciais e possibilitar um

blemas temos muitos, afinal, 500 anos de uma história de muita concentração de renda não se superam em apenas 10 anos”, afirma. Ele lembra que o PT tem uma longa caminhada pela frente e que o povo quer mais e tem direito a isso. “Nossa presidenta não tem medido esforços para atender aos anseios do nosso povo por mais saúde, educação e melhores empregos”. Por acreditar nisso, Roberto Policarpo acalenta grandes expectativas para as próximas eleições, para que as reeleições de Dilma e Agnelo sejam ancoradas num programa de governo com novo enfoque. “Já que atingimos a meta de tirar milhões da linha da miséria, agora é a hora de governarmos com a classe média, que quer serviços públicos de qualidade, justiça fiscal e maior participação nas decisões. O PT é o único partido capaz de atender a esses anseios”, finaliza Policarpo.

50

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Foto: Divulgação

CAPA

Roberto Policarpo, presidente do PT-DF

|Partido Social Liberal (PSL) O Partido Social Liberal (PSL) foi fundado em 30 de outubro de 1994, em São Paulo, com a presença de 105 pessoas de todo o Brasil. Tem como proposta discutir

liberdade:

e defender, em primeiro lugar, a a liberdade social, política e, principalmente, econômica, mas com responsabilidade. As proposições discutidas nos encontros se cristalizam na orientação traçada pela

força

maioria dos líderes do PSL. Quanto à partidária, tem avançado em estruturação, tornando maior e mais influente a presença militante, consolidando a unificação do grupo. Impulsiona a atuação partidária e produz importantes decisões destinadas a acelerar o impulso do partido na disputa de seu espaço político próprio.

Newton Lins

Segundo , presidente do PSLDF, o partido propõe igualdade de oportunidades para que as pessoas tenham a mesma oportunidade de lutar


educação

Foto: Divulgação

pela sua felicidade. Mas para isso, Newton acredita que seja necessário que o estado se fortaleça em questões básicas fundamentais. “São três os pilares fundamentais da sociedade: , saúde e segurança. Precisamos de uma educação que possa proporcionar

pessoas

igualdade de oportunidades entre as . As famílias também devem ter segurança diária. O outro pilar é a saúde para todos”, diz Newton Lins ao afirmar que é necessário que o estado se dedique com vigor a esses três aspectos. Ainda de acordo com o vice-presidente nacional do partido, Newton Lins, o PSL foi o primeiro partido a exigir ficha limpa. Para as próximas eleições, o PSL está com a nominata recheada de nomes para senadores, deputados federais e deputados distritais. Contudo, por respeitar a disciplina, prefere não adiantar nomes e só divulgar na data prevista. Mas ele afirma que nestas próximas eleições contará com a presença maciça das mulheres, com garantia de 30% das vagas.

fidelidade partidária

, Quanto à Newton Lins diz que isso é questionável, mas prefere ter filiadas pessoas que acreditam e respeitam a ideologia do partido. Caso contrário, prefere que estas façam outras escolhas conforme suas convicções. “Dentro desse enfoque, fidelidade partidária deve ser analisada sob esse ponto de vista também. Não favorecemos candidatos que estão em determinadas siglas e não respeitam as

ideologiaspartidárias”, conclui. |Eleições 2014

Pelo calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um ano antes das eleições de 2014, portanto dia cinco de outubro deste ano, é a data final para que todos os partidos políticos que pretendem participar do pleito do ano que vem obtenham registro de seus estatutos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ainda de acordo com o TSE, cinco de outubro também é a data limite para quem pretende candidatar-se a cargo eletivo nas eleições de 2014. Para isso, devem ter domicí-

Newton Lins, presidente do PSL-DF lio eleitoral na circunscrição da qual desejam concorrer e devem estar com a filiação deferida no âmbito partidário. A Câmara dos Deputados do Brasil, assim como o Senado Federal, fazem parte do Poder Legislativo da União. São 513 deputados que, pelo voto proporcional, são eleitos e exercem seus cargos por quatro anos. O número de cadeiras por estado é distribuído conforme o número de habitantes por estado, de acordo com a medição oficial feita pelo IBGE, através do Censo. Entretanto, essa proporcionalidade é limitada ao mínimo de oito deputados, e ao máximo de

70deputadospor estado.

|PSD-DF

Rogério Rosso

O presidente do PSD-DF, , divulgou uma nota que reitera sua posição de independência com relação ao Governo do Distrito Federal. O ex-governador do DF, que exerceu mandato após o afastamento de José Roberto Arruda, diz que as ações do partido têm “sito pautadas pela coerência e a cons-

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

51


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

CAPA certamente sairão vitoriosas no pleito de 2014, dentro de um projeto que preza pelo respeito à nossa população, com legalidade e transparência em todas as nossas ações político-partidárias. Vamos participar ativamente do processo eleitoral de 2014, com candidatos nas eleições proporcionais e majoritárias. Qualquer decisão sobre o posicionamento do PSDDF quanto às alianças para as eleições de 2014 será, no tempo certo, amplamente discutida e debatida com seus filiados,

militantes e apoiadores,

com seus parlamentares e com as direções Nacional e Regional. O resto não passa de pura especulação”.

|PartidoTrabalhistaNacional-PTN Fundado em 1945, acolheu Hugo Borghi e outros dissidentes do PTB em 1947. Teve grande expressão em São Paulo, Rio de Janeiro e Guanabara. Em 1960, lançou o candidato

Rogério Rosso, presidente do PSD-DF

projetos prioritários

trução de , para melhorar cada dia mais a qualidade de vida da nossa cidade, capital de todos os brasileiros”.

|Leia a nota na íntegra “O Partido Social Democrático (PSD-DF) reitera a sua posição de independência com relação ao Governo do Distrito Federal, sem pirotecnia ou desrespeito às autoridades constituídas democraticamente. O nosso foco é

programa de ações

a construção de um sintonizado e exclusivamente comprometido com as demandas da população do Distrito Federal.

Nossas ações têm sido pautadas pela coerência e a construção de projetos prioritários para melhorar cada dia mais a qualidade de vida da nossa cidade, capital de todos os brasileiros. Nosso partido tem recebido

importantes

filiações e adesões de lideranças do DF que

52

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Jânio Quadros

vitorioso à presidência, , que mudou o destino do nosso país. O partido foi extinto pelo regime militar por intermédio do Ato Institucional Número

AI-2

Dois – , de 27 de outubro de 1965. O PTN foi refundado em maio de 1995. O partido chegou a ter entre seus filiados o sambista Paulo da Portela e o então prefeito de São Paulo Celso Pitta. O Presidente nacional do PTN e fundador do Centro de Tradições Nordestinas em São Paulo, José de Abreu, elegeu-se deputado federal em 1994 e se reelegeu em 1998. No Distrito Federal, o presidente do PTN é Paulo Fernandes de Vasconcelos. O partido tem como meta a preocupação de modernizar suas diretrizes partidárias para melhor atender às necessidades do povo brasileiro.

|Partidos Políticos do Brasil Veja aqui os principais partidos políticos brasileiros, sua fundação, ideais e conheça um pouco sobre a história política brasileira. Atualmente, a legislação eleitoral brasileira e a Constituição, promulgada em 1988, permitem a existência de várias agremiações


políticas no Brasil. Com o fim da ditadura militar (19641985), vários partidos políticos foram criados e outros, que estavam na clandestinidade, voltaram a funcionar. Atualmente, existem 30 partidos políticos registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Abaixo consta a relação dos principais partidos políticos em funcionamento na atualidade e suas principais ideias e características.

|PDT - Partido Democrático Trabalhista Criado em 1981, o PDT resgatou as principais bandeiras defendidas pelo ex-presidente Getúlio Vargas e pelo ex-governador Leonel Brizola, falecido em 2004. O PDT é contrário às privatizações e defende como ideia principal o crescimento do país através do investimento na indústria nacional.

|PC do B - Partido Comunista do Brasil Fundado em 25 de março de 1922, o Partido Comunista do Brasil foi colocado na ilegalidade na época do regime militar (1964 a 1985), voltando a funcionar legalmente em 1985, durante o governo de José Sarney.

|PR - Partido da República Foi criado em 24 de outubro de 2006 com a fusão do PL (Partido Liberal) e PRONA (Partido da Reedificação da Ordem Nacional), reunindo vários políticos da antiga ARENA. Uma importante bandeira dos integrantes do PR é a diminuição das taxas e impostos cobrados pelo governo.

|DEM - Democratas - Antigo PFL (Partido da Frente Liberal) O PFL foi registrado em 1984 e contou com a filiação de vários políticos dissidentes do PDS. O partido forneceu sustentação política durante os governos de José Sarney,

Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso. Suas bases partidárias estão na região nordeste do Brasil, embora administre atualmente a cidade de São Paulo, com o prefeito Gilberto Kassab. Em 28 de março de 2007, passou a chamar Democratas (DEM). Os partidários defendem uma economia livre de barreiras e a redução de taxas e impostos.

|PMDB-PartidodoMovimento Democrático Brasileiro Fundado em 1980, reuniu uma grande quantidade de políticos que integravam o MDB na época do governo militar, identificado pelos eleitores como o principal representante da redemocratização do país, no início da década de 1980. Chegou ao poder nacional com José Sarney, que se tornou presidente da república após a morte de Tancredo Neves. Com o sucesso do Plano Cruzado, em 1986, o PMDB conseguiu eleger a grande maioria dos governadores naquelas eleições. Após o fracasso do Plano Cruzado e a morte de seu maior representante, Ulysses Guimarães, o PMDB entrou em declínio. Muitos políticos deixaram a legenda para integrar outras ou fundar novos partidos. A principal legenda fundada pelos dissidentes do PMDB foi o PSDB.

|PPS - Partido Popular Socialista Com a queda do muro de Berlim e o fim do socialismo, muitos partidos deixaram a denominação comunista ou socialista de lado. Foi o que aconteceu com o PCB que se transformou em PPS, em 1992. Suas principais figuras políticas da atualidade são o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, e o senador Roberto Freire.

|PP - Partido Progressista (ex-PPB) Criado em 1995 através da fusão do PPR (Partido Progressista Reformador) com o PP e PRP. Tem como base políticos do antigo PDS, que surgiu a partir da antiga ARENA. Seus principais representantes são o ex-governador e ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, e o senador Esperidião Amin, de Santa Catarina.

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

53


CAPA

|PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira

|PCB - Partido Comunista Brasileiro

O PSDB foi fundado no ano de 1988 por políticos que saíram do PMDB. Políticos como Mario Covas, Fernando Henrique Cardoso, José Serra e Ciro Gomes defendiam o parlamentarismo e o mandato de apenas quatro anos para Sarney. O PSDB cresceu muito durante e após os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso na presidência.

Fundado em 25 de março de 1922. Defende o comunismo, baseado nas ideias de Marx e Engels. É também conhecido como “Partidão”.

|PSB - Partido Socialista Brasileiro Foi criado no ano de 1947 e possui como principal figura política Miguel Arraes.

|PT - Partido dos Trabalhadores Surgiu junto com as greves e o movimento sindical no início da década de 1980, na região do ABC Paulista. Atualmente, governa o país através da presidenta Dilma Rousseff.

|PSTU- Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado Fundado em 1994 por dissidentes do PT, os integrantes do PSTU defendem o fim do capitalismo e a implantação do socialismo no Brasil.

|PV - Partido Verde De base ideológica ecológica, foi fundado em 1986. Os integrantes do PV lutam por sustentabilidade, muito além da bandeira meramente ecológica.

|PTB - Partido Trabalhista Brasileiro Fundado no ano de 1979, contou com a participação de Ivete Vargas, filha do ex-presidente Getúlio Vargas.

54

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

|PSOL - Partido Socialismo e Liberdade Fundado em 06 de junho de 2004, defende o socialismo como forma de governo. Foi criado por dissidentes do PT (Partido dos Trabalhadores).

|PRTB - Partido Renovador Trabalhista Brasileiro Obteve registro definitivo em 18 de fevereiro de 1997.

|PSD - Partido Social Democrático Fundado por políticos dissidentes do Partido Progressista e Democratas, em 21 de março de 2011.

|PT do B - Partido Trabalhista do Brasil Obteve o registro definitivo em 11 de outubro de 1994.

|PTN - Partido Trabalhista Nacional Refundado em 1995.

|PTC - Partido Trabalhista Cristão Obteve registro definitivo em 22 de fevereiro de 1990.


|PSL - Partido Social Liberal

|PPL - Partido Pátria Livre

Obteve registro definitivo em 02 de junho de 1998.

Teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 4 de outubro de 2011.

|PSC - Partido Social Cristão Obteve o registro definitivo em 29 de março de 1990.

|PSDC - Partido Social Democrata Cristão Obteve registro definitivo no TSE em 5 de agosto de 1997.

|PMN - Partido da Mobilização Nacional Fundado em 1984.

|PCO - Partido da Causa Operária Teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 30 de setembro de 1997.

|PRP - Partido Republicano Progressista Obtenção do registro definitivo em 22 de novembro de 1991.

|PHS - Partido Humanista da Solidariedade

|PEN - Partido Ecológico Nacional Teve sua criação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 19 de junho de 2012.

|Prováveis candidatos ao governo de Brasília em 2014 O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) trabalha com seriedade a ideia de entrar na disputa pelo governo do Distrito Federal, em 2014. Cristovam já governou a Capital Federal entre 1995 e 1999. Seu algoz no DF, o ex-governador Joaquim Roriz, encontra-se inviabilizado para entrar na disputa devido a Lei da Ficha Limpa, mas deve abraçar seu candidato que pode ser o vice-governador atual, Tadeu Filipelli. Outros dois nomes ventilam nos corredores do Congresso como prováveis postulantes à disputa: o senador Rodrigo Rollemberg (PSD-DF) e o deputado Antônio Reguffe (PDTDF). Ambos evitam comentar sobre uma possível entrada na disputa com o atual governador, Agnelo Queiroz (PT). A divisão da ação penal que analisa o suposto esquema de corrupção apontado pela operação Caixa de Pandora tem efeito direto nas eleições de 2014. O principal foi colocar o ex-governador José Roberto Arruda (sem partido) na disputa. Devido à protelação de julgamento, que atualmente está nas mãos do Tribunal de Justiça do DF, e se depender da ação da Pandora, Arruda pode ser candidato em 2014.

Fundado em 20 de março de 1997.

|PRB - Partido Republicano Brasileiro Fundado em 25 de agosto de 2005.

Siga-nos! ProgramaTen Tendências e Negócios TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

55


Foto: JDivulgação

56

:::: TENDÊNCIAS TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS


Cinema

RUSH

No Limite da Emoção

N

ão há atalho para a vitória, nem margem para erros. Se você cometer um erro, você morre. Situado na espetacular, sexy e glamorosa era dourada da Fórmula 1, “Rush – No Limite da Emoção” narra a história de dois dos maiores rivais que o mundo já viu: o bonitão playboy inglês James Hunt (Hemsworth), e seu metódico e brilhante oponente austríaco, Niki Lauda (Brühl). Os embates nas pistas sintetizaram o contraste entre duas personalidades extraordinárias.

Programação CineCult – Setembro No Brasília Shopping, sempre às 19h30. 05 de setembro – Villa Lobos, uma vida de paixão 12 de setembro - Minhas tardes com Marguerite 19 de setembro – Elsa e Fred, um amor de paixão 26 de setembro – Encantadora de Baleias Informações: iriamartins@globo.com

Rush – No Limite da Emoção é o novo filme de Ron Howard, duas vezes ganhador do Oscar (Uma Mente Brilhante e O Código DaVinci). “Lauda e Hunt eram astros do rock nas pistas: dois profissionais no topo de suas carreiras, numa época em que sexo era seguro, dirigir era perigoso e tudo era liberado”, anuncia o diretor Ron Howard. “Eles eram complicados, homens fascinantes e rivais naturais. O filme será tanto sobre essa rivalidade pessoal quanto a emoção das corridas”, avisa. A espetacular recriação da cruel rivalidade entre os pilotos James Hunt e Niki Lauda, durante a Fórmula 1 dos anos 1970, tem previsão de estreia mundial em 13 setembro de 2013. A obra será distribuída pela Califórnia Filmes. O elenco é formado por Chris Hemsworth, Daniel Brühl, Olivia Wilde e Alexandra Maria Lara.

57 57

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


Negócios

escritório virtual Foto: Jailson Lajes

Pequenos empreendedores encontram praticidade sem gastar muito

58

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

PRACTICAL OFFICE - Escritórios Virtuais www.practicaloffice.com.br Contato: 3223-0339 E-mail: faleconosco@practicaloffice.com.br Endereço: SRTVS Quadra 701 Conj. L Bloco 01 n°30 sala 729 Centro Empresarial Assis Chateaubriand Asa Sul - Brasília/DF - CEP 70340-906


S

ede de grandes eventos esportivos, a Capital do país tem atraído olhares de todo o mundo e estimulado a competitividade dos empreendedores da cidade. Em crescimento latente, os empresários donos de pequenos negócios recorrem a um novo tipo de aluguel corporativo: o escritório virtual. O modelo, oferecido em Brasília pela Practical Office, traz o aluguel de endereço fiscal, comercial, atendimento telefônico, internet, salas físicas executivas e para reuniões, serviços de secretariado e gerenciamento de correspondências, de acordo com a necessidade de cada cliente. O espaço é uma das opções mais procuradas pelos empresários liberais da Capital Federal. “O escritório virtual é uma ótima opção para quem deseja diminuir os gastos e economizar tempo com a burocracia. Para quem está começando um negócio, o ideal é ter aporte para empreender, mas ter um espaço pronto para usar é uma mão na roda”, explica Camila Andrade Paiva, gerente da Practical Office – Escritórios Virtuais.

O dono da empresa Mixed Marketing & Eventos, Vitor Borges, destaca a facilidade da abertura do CNPJ como o diferencial na hora de investir no escritório virtual. “O modelo é mais prático e menos burocrático. Além disso, posso alugar salas de reuniões que contam com internet, água, café expresso e serviços de secretária”, reforça o empresário. Camila Andrade de Paiva acredita que a previsão do mercado de escritórios virtuais é de crescimento. “Atualmente

oferecemos toda a infraestrutura e praticidade de um escritório, mas com um diferencial: o baixo custo. Pequenas empresas, empresários liberais e star-ups, apostam na inovação desse modelo. Assim, o empreendedor ganha mais liberdade, maior flexibilidade e otimização do tempo com redução real dos custos operacionais”. Foto: JDivulgação

Alexandre Martins da Silva é dono da empresa AL&M Consultoria Empresarial e utiliza o escritório virtual

há um ano, quando resolveu desativar uma sala comercial. “No escritório virtual também posso receber clientes e agendar reuniões, contando com os serviços administrativos normais de um escritório comum. A grande diferença é a utilização combinada dos serviços e o ambiente físico, pagando somente pelo tempo utilizado.”

A sócia-diretora, Camila Paiva, afirma que o escritório virtual já virou tendência no mercado em Brasilia. "A praticidade do novo modelo empresarial está conquistando os empreendedores que buscam crescimento aliado à economia".

59 59

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: ::


Leite agronEgócio

de Boa Qualidade

Apesar da pequena extensão territorial, o DF produz um dos melhores leites do país

A

atividade leiteira desempenha um papel relevante no suprimento de alimentos e na geração de emprego e renda para a população. De acordo com a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, estima-se que, no Brasil, para cada real de aumento na produção no sistema agroindustrial do leite, há um crescimento de, aproximadamente, cinco reais no aumento do Produto Interno Bruto – PIB, o que coloca o agronegócio do leite à frente de setores importantes no país. A produção leiteira no Distrito Federal ainda é pequena, mas se destaca pela qualidade. Dos 162 milhões de litros de leite consumidos anualmente pelos 2,6 milhões de habitantes do DF, 36 milhões são produzidos na região, ou seja, o equivalente a 22% do consumo. O técnico da Emater/DF, Ricardo Magalhães, explica: "Como nossa extensão territorial é pequena, não podemos competir em quantidade com Goiás e Minas Gerais, mas temos condições de colocar no mercado um dos melhores leites do país". Atualmente, a produção de leite no DF está em torno de 30 milhões de litros por ano, atingindo apenas 20% da de-

60 60

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

manda anual da população local. Conforme explica Flávia Lage - coordenadora do Programa Leite Sustentável (Emater-DF), a região possui características naturais e climáticas que permitem desenvolver a atividade leiteira de forma adequada. A produção é de estimada importância para a agricultura, especialmente a de base familiar, pois garante uma renda mensal ao produtor. A cadeia produtiva do leite é responsável por inúmeros postos de trabalho no setor rural e urbano e é uma das mais importantes no setor agropecuário. Em função disto, a Emater-DF tem a atividade leiteira como uma das ações prioritárias da empresa. Flávia informa ainda que a cadeia do Leite no DF necessita que os atores do processo atuem com profissionalismo. A falta de eficiência na gestão das propriedades acarreta muitos problemas, como baixa produtividade, baixos índices zootécnicos, alimentação inadequada dos rebanhos, baixa qualidade do leite produzido e desconhecimento dos custos de produção do leite. Segundo as recomendações do Ministério da Saúde, o consumo de leite, na forma fluida ou de derivados lácteos, varia de acordo com a idade das pessoas. A recomendação para


crianças de até 10 anos é de 400 mL/dia, isto é, 146 litros/ano de leite fluido ou equivalente na forma de derivados. Para os jovens de 11 a 19 anos, o consumo é maior: 700 mL/dia ou 256 litros/ano; e para os adultos acima de 20 anos, a recomendação é de 600 mL/dia ou 219 litros/ano, inclusive para os idosos. A estimativa de consumo com base em 2.600.000 habitantes seria em torno de 400 milhões de litros/ano, considerando o consumo mínimo per capita preconizado pelo Ministério da Saúde, de 146

litros por habitante/ano. Além de sua importância nutritiva, o leite desempenha um relevante papel social, principalmente na geração de empregos (diretos e indiretos), renda no setor rural e permanência da população na área rural. No DF, temos em torno de 350 propriedades de exploração de base familiar que trabalham na atividade leiteira.

|Programa Brasília Leite Sustentável

Os esforços serão concentrados em propriedades leiteiras do DF que funcionarão como Unidades de Referência. Com metodologia participativa, essas unidades terão como oferecer motivação, conhecimento, capacitação e treinamento para adesão consciente dos demais produtores de leite no programa Brasília Leite Sustentável. A adesão ao programa é voluntária, mas é necessário que a propriedade do produtor seja no DF e com área agricultável suficiente e disponível para implantação do programa, assim como produzir leite com fins comerciais. O produtor deve procurar a Unidade Local da Emater-DF de sua região e preencher o pedido de adesão. Um grupo técnico fará uma visita a propriedade para avaliar a possibilidade de ingresso ao programa.

61 61

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Foto: Divulgação

Segundo a coordenadora Flávia Lage, o programa Brasília Leite Sustentável propõe uma assistência técnica regular e apoio gerencial à propriedade. Por meio da informação e incentivos, busca aumentar e melhorar a renda do produtor rural e facilitar a comercialização da produção, com linhas de leite mais estruturadas e fortalecidas. Essas ações visam melhorar a competitividade do setor com vistas à sustentabilidade em todas as dimensões: social-cultural, econômica, tecnológica, ecológica-ambiental, política e legal, assim como aumentar o volume e a qualidade do leite produzido, melhorar a distribuição de renda e a sustentabilidade da atividade láctea no DF.


Foto: s Site Santa Rita Hoje

políticas públicas

Plano de Gestão de

Resíduos Sólidos

A

será implantado no DF e entorno

Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) promoveu debates sobre resíduos sólidos com o objetivo de discutir sobre os projetos do setor para a Quarta Conferência Distrital do Meio Ambiente (CDMA), que acontecerá em setembro de 2013, com o tema “Gestão dos Resíduos Sólidos”. Após a Conferência Distrital do Meio Ambiente, será realizada a Conferência Nacional também em Brasília, nos dias 24 a 27 de outubro deste ano. A ideia é concretizar o Consórcio de Manejo de Resíduos Sólidos e Águas Pluviais criado recentemente pelo governador Agnelo Queiroz, com o objetivo de dividir as cidades em quatro polos de solução de tratamento do

62

:::: TENDÊNCIAS TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS

lixo. De acordo com o Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Eduardo Brandão, o consórcio dará um tratamento adequado para o lixo ao invés de uma solução para cada cidade. O Consórcio conta com a participação de 20 municípios goianos, entre eles: Formosa, Cabeceiras, Vila Boa, Água Fria de Goiás, Planaltina de Goiás, com as cidades do DF e Região Integrada de Desenvolvimento Econômico (RIDE). Entre as principais ações do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos no DF, está o fim das atividades do lixão da Estrutural, a abertura do Aterro Sanitário Oeste, a implantação da coleta seletiva em todo o DF e a instalação de 12 centrais de triagem de materiais recicláveis.


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

63


Per Perfil com Messias de souza

A

dministrador de Brasília desde o primeiro dia do Governo Agnelo Queiroz, José Messias de Souza, advogado alagoano, já acumulava um histórico de funções na administração pública, desde a atuação no gabinete do presidente Lula, no Ministério da Fazenda, até a Secretaria de Assuntos Sociais da administração de Cristovam Buarque.

Ao assumir a Administração de Brasília, em 2011, Messias, morador do Plano Piloto, planejou lutar pela preservação da Capital como patrimônio da humanidade pela Unesco e assegurar a qualidade de vida dos cerca de 220 mil moradores. Ele encontrou seu primeiro desafio em uma questão real: a cidade dorme com 220 mil habitantes, mas recebe, durante grande parte do dia, mais de 1,8 milhão de pessoas que aqui trabalham, oriundas de diversos pontos do DF e Entorno.

Para Messias de Souza, o legado de JK, criador da Capital, e de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, deve ser respeitado e admirado. Considera o maior desafio de sua vida dar à Brasília a dignidade que a Capital merece.

64

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

|Balanço da Gestão Administrativa 2011 / 2013 |Sustentabilidade

Instalação de novas lixeiras nas quadras, executada pela Secretaria de Estado de Obras e pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). Total: 322 Lixeiras.

|Escola de Gestão Comunitária

Cursos oferecidos desde 2012 pela Administração Regional de Brasília: Curso para porteiros - 2 turmas com 400 formados Curso para zeladores - 2 turmas com 300 formados Curso de síndicos - 4 turmas com 700 formados Total: 1.400 formados


rfil |Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek 2011 / 2013

Reparo elétrico, hidráulico e manutenção em todas as 16 estações; Reforma em 41 brinquedos do Parque Ana Lídia e de todos os parquinhos e playgrounds;

Reforma, pintura e manutenção das duas pontes do lago;

Reforma, pintura e manutenção dos dois Circuitos Inteligentes, do kit de malhação dos idosos e em diversas barras de exercícios espalhadas pelo parque; Plantação de centenas de mudas de árvores do cerrado (Novacap); Colocação e pintura de mesas e bancos de concreto no Espaço Renato Russo, pedalinhos e na área próxima à Diretoria; Colocação de 110 Lixeiras novas e outras 40 recuperadas em diversos pontos; Reforma, colocação e manutenção de duchas e registros em quase todo o Parque;

Capina, poda de árvores e roçagem em todo o parque;

Instalação de 04 Pontos de Encontro Comunitário (PEC’s); Reforma e instalação do Posto de Emergência do CBMDF;

Foto: JDivulgação

Reforma e instalação do Posto de Emergência do SAMU;

Recuperação e instalação de novas placas informativas nas principais entradas do parque.

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

65


finanças

Cafe

com negocios

Educação Financeira com o economista Francisco Duda

66

SCL. Sul Quadra - 209 Bloco B Loja 35 Brasília DF (61)3244-6805 (61)4063.9889 www.espressomogianacafe.com.br facebook/espressomogiana :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


Foto: Divulgação

C

om assuntos relacionados a educação financeira, englobando foco e metas, o economista Francisco Duda revela algumas dicas. As metas têm que ser atingíveis, além disso, a pessoa precisa saber aonde quer chegar.

|TEN: A pessoa não pode ter uma meta exagerada, ou seja, fora da realidade como comprar uma frota de avião, concorda? Duda - Sim. Muitas vezes esse é o grande erro que nós cometemos: definimos metas que estão fora da nossa realidade, seja financeira, seja da fase de nossa vida, porque isso também muda. Não adianta pensar numa meta que, para alcançar, vá demorar de 40 a 50 anos. As metas têm que ser atingíveis também neste contexto.

|TEN: Após definir as metas, qual seria a segunda dica? Foto: Divulgação

Duda - Estabeleça um prazo. A meta tem que ser atingível, esta é a primeira observação. A segunda observação é estabelecer prazos para esta meta. Se você tem uma meta de um ano, é diferente de como você vai se preparar, como você vai preparar a sua vida financeira. É diferente de você ter uma meta de 10 anos. A vida fica mais fácil quando a gente planeja, quando a gente define as metas atingíveis. As metas devem ser definidas com prazos estabelecidos para cada uma delas.

|TEN: E a terceira dica? Duda - É quando a pessoa coloca tudo isso no papel, ou seja, organiza um plano de ação para atingir metas. Essa é a terceira dica.

|TEN: Isso funciona tanto para uma pessoa, quanto para uma pequena empresa? Duda - Com certeza. Podemos explorar isso um pouco mais na questão pessoal, familiar e até mesmo empresarial, na próxima edição da Revista Tendências e Negócios.

Francisco Duda

67 67

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


Pe

Perfil Alexandre Camanho

|Em busca de justiça

Presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, lutou pela queda da polêmica PEC 37.

Ele nasceu no Rio de janeiro, mas foi em Brasília que sua carreira se solidificou. Hoje, Alexandre Camanho está em seu segundo mandato como Presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Quando criança, gostava de tudo que se relacionava a florestas, animais, mares e estrelas. Apesar de toda essa vocação ambiental, Alexandre escolheu o Direito. Segundo ele, a opção veio pela profissão do pai e pela vontade de trabalhar com a justiça. Libriano, formou-se pela Universidade de Brasília e, ainda na faculdade, foi convidado para ser assessor do então Procurador-Geral da República. Aos 28 anos, com uma carreira meteórica, ele já era Procurador da República. No decorrer de sua carreira, ele voltou aos sonhos de infância e trabalhou pela área ambiental do país. Criou unidades de conservações, moveu ações cíveis e penais contra desmata-

68 68

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

mentos, poluições e contaminações hídricas, deteve empreendimentos que danificavam a natureza e combateu o tráfico de animais. Camanho é, sim, um defensor da natureza na área em que trabalha.

Casado e com três filhos, o procurador tem em sua família um irmão desembargador e um ator. Alexandre é irmão do consagrado ator de teatro Adriano Siri, que compõe a trupe da companhia de comédia Melhores do Mundo, e é dono de um dos personagens mais famosos do grupo, o inesquecível policial Saraiva. Como presidente da ANPR, Alexandre comemorou a queda da polêmica Proposta de Emenda à Constituição 37, a famosa PEC 37, pauta das recentes manifestações que marcaram o país e que restringia os poderes de investigação do Ministério Público contra parlamentares. Para o procurador, é no mínimo estranho que políticos não queiram ser investigados pelo MP. Segundo Camanho, a pergunta que não quer calar é: por que políticos investigados pelo MP querem


erfil Aos 28 anos, com uma carreira

meteórica , ele já era Procurador da República.

Criou unidades de conservações.

Camanho é, sim, um

defensor da natureza. tanto dar exclusividade às polícias? Alexandre Camanho é personagem de um movimento que luta pela erradicação da corrupção do país. À frente da ANPR, ele conta que movimentou a causa da PEC 37 para, justamente, ser reivindicada sua queda nas manifestações de 2013. Segundo o procurador, quem sai vencendo com a queda da PEC é a própria sociedade, que deseja ver parlamentares corruptos pagarem por seus crimes.

Lembre-se que o Grupo TEN também está no Facebook. Fique por dentro de tudo que acontece na redação de Brasília!

/TendenciasENegocios

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

69


consciência

empre sarial com o empresário José Reis

O

Foto: Divulgação

empresário José Reis se dispõe a pensar no Brasil enquanto dirige sua empresa. Fiel aos seus princípios de empreendedorismo e justiça social, ele nos empresta suas considerações para o nosso quadro no programa Tendências e Negócios, que vai ao ar todo domingo às 13h30. Reis fala sobre a importância do Sistema S. "O Sistema S é uma instituição reconhecida à nível Bra-

sil", explica Reis. De acordo com ele, a expectativa de todos os empresários é que houvesse uma atenção maior do Sistema S, em especial do Senac, que deixa muito a desejar, principalmente, no Paranoá, onde atua.

70

Dentro do valor total que é pago através da Guia Previdenciária Social, 21% é destinado ao Sistema S, de acordo com o empresário Reis. Ele argumenta que o Sistema S arrecada muito, especialmente no Paranoá, mas deixa muito a desejar, porque basicamente quase nada é feito em benefício dos empresários, da população e da sociedade como um todo. Reis faz uma reivindicação: "A gente gostaria que o presidente do Sebrae, do Senac e do Senai, tivessem uma preocupação em atender um pouco melhor a nossa expectativa. Com certeza a nossa cidade iria avançar muito mais com um maior apoio do Sistema S", cobra com consciência empresarial.

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

71


entrevista

de primeira com Rodrigo Natalino

A

ntônio Rodrigo Natalino é faixa preta de JiuJitsu. Foi mesário, coordenador, árbitro, diretor de arbitragem e, hoje, é o fundador e presidente da Federação de Jiu-Jitsu de Brasília (FJJB).

A Federação nasceu da união de alguns faixas pretas que organizavam eventos na Capital, porém de forma amadora. Desta união, surgiu a ideia de criar uma entidade que promovesse o esporte e o colocasse a nível profissional. O presidente é confiante ao afirmar que pretende atender todas as equipes e, principalmente, os projetos sociais. De acordo com ele, “o esporte precisava disso e os atletas precisam aparecer no cenário nacional e internacional”.

A FJJB é formada por Rodrigo Natalino (presidente), Sandro Almeida (vice-presidente), Marisa Barros (diretora administrativa), Lauro Luiz (diretor de eventos) e Luiz Danúbio (diretor de marketing). A revista Tendências e Negócios entrevistou Rodrigo Natalino para conhecer e entender como funciona a Federação e de que forma ela pode contribuir para o esporte.

|TEN: Por que é importante ter uma Federação de Jiu-Jitsu em Brasília? NATALINO - É importante para o desenvolvimento e organização do esporte, uma vez que o crescimento vem acontecendo de maneira astronômica, porém

72

TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS :::: TENDÊNCIAS

desordenada e sem perspectivas para os envolvidos (professores, atletas, amantes da arte e etc.). Hoje, temos muitos campeões dentro e fora do Distrito Federal, inclusive em âmbito internacional, atletas ranqueados e quadro de árbitros do DF formados aqui mesmo, através da FJJB por meio de cursos, seminários, clínicas, além da interação entre as várias equipes aqui existentes.

|TEN: Quais são as vantagens ao se filiar à Federação? NATALINO - Tornando-se federado, o atleta pode adquirir histórico de faixas reconhecido e estará ranqueado em uma instituição oficial local. Terá sua situação oficializada, com carteirinha para todas as faixas e diploma a partir da faixa preta, além de acesso a Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), a Interna-

tional Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), acesso aos cursos oferecidos pela FJJB, entre outras vantagens.

|TEN: Qual o principal objetivo e o principal desafio da Federação de Jiu-Jitsu de Brasília? NATALINO - É o que já estamos fazendo. Manter o JiuJitsu do DF e Entorno no mais alto grau, no patamar que ele merece, com a visibilidade a ele inerente. Que seja a vitrine para as demais unidades da Federação.


Foto: Divulgação

(...) “Tornando-se federado, o atleta pode adquirir histórico de faixas reconhecido e estará ranqueado em uma instituição oficial local. Terá sua situação oficializada, com carteirinha para todas as faixas e diploma a partir da faixa preta”... |TEN: Quais são as principais atividades desenvolvidas pela Federação? NATALINO - Coordenar e organizar todos os aspectos relativos à prática e à gestão da modalidade de Jiu-Jitsu no território Brasiliense e Entorno, bem como representar a respectiva modalidade para todos os fins, perante toda pessoa física e/ou jurídica, de direito público ou privado.

|TEN: Somente atletas podem se filiar à Federação de Jiu-Jitsu de Brasília? NATALINO - Não só os atletas, mas todos os praticantes do esporte, sejam eles professores, árbitros ou organizadores. Há pessoas que estão envolvidas no esporte, porém não praticam. Estes não podem se filiar, pois precisariam de um professor filiado e uma academia agremiada para assinar por eles.

|TEN: Quais foram as principais ações realizadas pela Federação até o momento? NATALINO - Apoio a vários projetos sociais, realização de campeonatos oficiais que incentivam os atletas, preparando-os de diversas formas para campeonatos de nível internacional, descoberta de talentos, apoio a atletas e equipes, exposição do Jiu-Jitsu local na mídia mundial, além da busca de novas tecnologias para a melhoria das competições e estrutura a nível internacional.

73 73

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::


74

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

75


twittada n e t Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube. Visite também nosso site: www.tendenciasenegocios.com.br e não se esqueça de assistir nosso programa, todo domingo na TV Brasília às 13h30. DF, Entorno e Goiás.

twitter das pessoas

comentários TEN

por Liana Alagemovits @ lianaalagemovits

Sou senador, apaixonado por Brasília, por sua gente, sua alvorada, seu entardecer multicolorido e suas noites estreladas.

Pai que sua a camisa é aquele que está sempre correndo pela felicidade dos filhos. #paiquesuaacamisa http://goo.gl/i8Hjfk #diadospaistaai

É preciso falar sempre de liberdade de imprensa e de expressão. Há quem queira ferir essa conquista. Por isso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou um Fórum Nacional do Poder Judiciário e Liberdade de Imprensa.

1 Rubens Barrichello @rubarrichello

Ser pai é correr atrás de um futuro melhor para toda geração!

3 76

Rodrigo Rollemberg@RollembergPSB

Temos de mudar os nossos comportamentos. Entender que a conservação da biodiversidade não é um tema distante.

Marcas de cosméticos preocupadas em fazer produtos cada vez + naturais e sem testes em animais: http://abr.io/J3wX

Planeta Sustentável @psustentavel

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

6

2

Amiguinhos, qdo uma pessoa não concorda com a opinião de outra, basta discordar, não ... http://tmi.me/169SWE

5 Rubinho Gurgel @rubinhogurgel

SUZANA PIRES @SUZIPIRES

Dos 6,9 milhões km² da Amazônia espalhados por 9 países. 4,2 milhões km² estão no BR. Precisamos aprender a preservá-la.

Temos muita gente no poder atenta à isso. Vejo algumas ações bem interessantes no Distrito Federal . Eduardo Brandão, participa de ato do movimento Limpa Brasil, no Parque da Cidade.

4 Greenpeace Brasil @GreenpeaceBR


Like Dislike Petro b região ras anuncia do Co mper o plantio d j e7m ilhões de árv A Petr obras ores n assino a milhõe u c s de árv ompro misso ores na plexo P pa ti etroqu ímico d vas da Mata ra antecipar Olimp Atlânti o plan íadas d o Rio d ca n tio e oR Ja nabara , sede d io, em 2016. neiro (Comp o entorno do de 7 O acord erj), em o gove Comter iníc rno do io n It o estado foi firmado aboraí, até a mês de o segundo s no .O se setem bro de mestre de 2 plantio estav Palácio Gua014, m ste ano a p revisto as foi a . para ntecip ado pa ra o

John Kerry faz defesa das ações de espionagem dos EUA no Brasil O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, defendeu as ações de inteligência dos Estados Unidos e disse que essas ações evitaram atentados terroristas pelo mundo. Ele argumentou ainda que a coleta de informações em outros países não é feita somente pelos EUA. Após encontro com Kerry no Itamaraty, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse que os Estados Unidos precisam dar respostas sobre as denúncias de espionagem no Brasil para evitar que se forme uma “sombra na relação bilateral”.

e junho 0,5% entre maio jista têm alta de re va cio ér m co Vendas do vena de 0,5% nas asileiro teve alt br , hata jis aio re m va e O comércio o. Entre abril junho deste an ndo a e gu se aio , m as tre nd en ve das ade nas rada estabilid pelo Instituto via sido regist cio, divulgada ér m Co de l sa en M mbém houve Ta sa ). ui GE sq Pe e Estatística (IB fia ra og Ge ro dos oito de Brasileiro nominal. Quat 0,9% na receita de volume de to no en to cim en cres tiveram aum is cia er m co no setor de s o segmento to foi observad cipal crescimen lubrificanin e pr is O . íve as st nd ve ticos. Os combu és m do ro et el móveis e eram alta. tes também tiv

as 27,3%

u apen rno libero

e eses, gov Em seis m tura ru st e a fr para in

to

do previs

3, para 201 orçados acioN imentos st ro e u v so in es em ixa do Te 1,2 bilhõ iniciados am do ca Dos R$ 9 imentos hões saír il b ,9 re 4 p 2 m end $ e R mentos e ia d te c r n n a e a g som stos a pa nta os fin o re sc o e d d in ha Vida, r nal, inclu Casa, Min Esse valo a s. h re in o M ri vaa te an ursos pri program em anos , com rec r meio do te Eso n e p ). S s m T o a G v id conced erviço (F e exclusi mpo de S quase qu o para e s, T lt a o o n d d a la c a P n ti ba Garan alácio do ). undo de os pelo P nto (PAC dos do F são usad s o Crescime ls o o d b o m ã ç se ra e d le e s te de Ac rograma inflar o P

Em setembro, 358 médicos estrangeiros começam a trabalhar no Brasil A partir da segunda quinzena de setembro, 358 médicos estrangeiros começam a trabalhar nas cidades do interior e periferias dos grandes centros, por meio do Programa Mais Médicos. O programa selecionou 1.618 profissionais. Quando chegarem ao Brasil, os médicos estrangeiros ficarão concentrados em oito capitais: Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza.

nora oluição so nking de p ra m ra e tinga lid to e Tagua , em Plano Pilo lano Piloto nores do P te d n ri ra e o p m su e as é d undo o das queix nga. Seg o César ti a ld a ri u A io , g a a m T m ra A rece s o do Ib lugar apa inistrativa Fiscalizaçã segundo giões adm mento e a , re a ci s n a m e u le d ic b L s rança da de do pro dente de la gravida ntades, a lide e a n p v a s Le a rn e n s. F e p re a Vieir stifica a morado lo g não se ju nscientização dos e ano pe no rankin co estre dest la m e se p moo l m ir e é e ív b m n m ri m p ta mas stão co urante o as do DF e alizado d mento re erentes áre if d e u q a indic o. instituto, rio de ruíd insatisfató derado ou

TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

77


Lombo de

Receita do Chef

ao vinho branco com o Chef Junior do La Plancha

N

o comando da cozinha do restaurante La Plancha, em Brasília, está o Chef Junior - especialista em comida espanhola. O La Plancha tem uma tradição de mais de 17 anos, inicialmente no Rio de Janeiro. O Chef Junior preparou um prato especial para o programa Tendências e Negócios e em homenagem a deputada Eliana Pedrosa. Nesta receita, o Chef vai preparar um Lombo de Cherne ao vinho branco. O Cherne é um peixe tradicionalmente servido em cozinhas portuguesas. O prato pode ser acompanhado de arroz ou de uma salada.

|Ingredientes Lombo de Cherne 4 batatas grandes 2 cebolas médias 400g de tomate cereja 4 dentes de alho picado Azeite (a gosto) Sal (a gosto) Ervas finas 1 taça de Vinho Branco Seco

3- Preencha as laterais da assadeira com a batata picada em cubos e o tomate cereja cortado ao meio. 4- Tempere a batata e o tomate com sal a gosto. Adicione o alho picado sobre a batata e o tomate.

5- Regue o lombo de cherne com azeite a gosto e coloque as ervas finas para aromatizar. 6- Adicione o vinho branco em cima das batatas e do tomate até que o azeite e o vinho, juntos, cubram a cebola no fundo da assadeira. 7- Aqueça o forno a 180 graus. Coloque um papel alumínio cobrindo a assadeira e leve ao forno por 45 minutos à 1 hora. É o tempo do cozimento da batata. 8- Retire o papel alumínio e leve novamente ao forno para dourar. 9- Agora é só servir. Bom apetite.

|Modo de Preparo 1 – Forre uma assadeira de alumínio com a cebola cortada em fatias de, aproximadamente, meio centímetro. 2- Tempere o lombo de Cherne com sal a gosto e coloque no meio da assadeira, sobre as cebolas.

78

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS

Restaurante La Plancha Endereço: CLS 209, Bloco C, Lojas 3 e 5, Asa Sul Contato: 61-3542-8825


TENDÊNCIAS TENDÊNCIAS E E NEGÓCIOS NEGÓCIOS ::::

Foto: Divulgação

Cherne

79


Vitrine Pais Kit Pais Atletas Jaqueta masculina (Blue Beach, R$ 119*) Tênis K5 para treino (Fila, R$ 249*) J-Sport Xtreme Colônia Desodorante 100ml (Jafra, R$ 114*) * Preços sujeitos a alterações.

R$ 482,00

Lembre-se que o Grupo TEN também está no Instagram. Fique por dentro de tudo que acontece na redação mais divertida de Brasília!

ProgramaTen

Relógio Harley Davidson Cronograph WB31461T

R$ 799,00 NIKE FLYKNIT LUNAR1+ O Nike Flyknit Lunar1+ foi construído inteiramente com fios de poliéster firmemente entrelaçados, que variam sua densidade: são mais abertos nas áreas que precisam de mais flexibilidade ou ventilação e mais justos nas áreas que exigem maior suporte. Este tênis ultraleve se ajusta aos pés como se fosse uma “segunda pele” e o amortecimento Lunarlon, macio e de resposta suave, proporciona uma corrida perfeita.

80

R$ 699,90 :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


Os pais merecem

vitrine.

Camisa Masculina da Seleção Brasileira

Ideal para a prática esportiva e para os fanáticos por futebol, a camisa do Brasil é confortável e permite total mobilidade aos atletas. Foto: Divulgação

R$ 299,90

Câmera Digital SLR D3100 NIKON Para os amantes de fotografia, esse presente é perfeito. Fácil de usar, a câmera apresenta o Modo Guia da Nikon, com controles intuitivos e ajuda integrada, e seis modos de cena com exposição automática.

R$ 2.000,00 TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

81


parcerias

rodada de

negócios

N Produções realizou encontro de empresários e executivos com intuito de fortalecer o Network

A

Rodada de Negócios é um encontro entre empresários e executivos promovido pela N Produções, empresa que organiza eventos voltados ao ramo dos negócios em Brasília. Neste evento organizado pelo Clube N, é possível encontrar outros executivos e apresentar produtos ou serviços oferecidos por sua empresa.

É um espaço onde as pessoas têm a oportunidade de se relacionar profissionalmente com o intuito de melhorar seu negócio, conhecendo as novidades e mostrando as novidades que a sua empresa oferece.

|Logística O encontro é iniciado com um bate-papo entre os participantes. Em seguida, um palestrante faz a mediação da rodada e estabelece as regras de funcionamento. Os participantes são alojados em mesas com oito assentos e cada participante tem um tempo para mostrar o seu trabalho. Os interessados trocam cartões, conversam e por meio dos contatos, passam a se relacionar profissionalmente. A rodada é feita de forma que todos tenham a oportunidade de conhecer o trabalho um do outro.

|Fazendo Negócios Salatiel Paranhos é consultor contábil na AC&L e um dos executivos que participaram do evento. O executivo ressalta que em sua primeira participação teve a oportunidade de apresentar seus serviços, estabelecer contatos e fazer negócios, além de identificar produtos e serviços que poderiam beneficiar a empresa em que trabalha. Paranhos enxerga a proposta como algo positivo. “É muito bom para as nossas empresas. Só no primeiro encontro eu fiz 63 novos contatos”, destaca o executivo.

82

AC&L Controladoria e Contabilidade SCS Quadra 03, 2ºandar Contato: 61-3964-0626 www.aclcontroladoria.com.br :: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


a Câmara aproVoU. E agora, o mEtrô tEm Um Vagão EXCLUSIVo para mULhErES E pESSoaS Com dEfICIênCIa. Vagão EXCLUSIVo

1º vagão – de segunda a sexta-feira: 6h às 8h45 16h45 às 20h15 (horários de pico). a câmara Legislativa aprovou uma lei que vai trazer mais qualidade de vida às moradoras do df. o vagão exclusivo é um vagão reservado no metrô especialmente para as mulheres e pessoas com deficiência, para que elas possam fazer seus trajetos com muito mais tranquilidade e segurança. a casa do povo orgulha-se de fazer parte desta conquista. Se é importante para você e para a cidade, foi aprovado pela Câmara. TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS ::

83

acesse www.cl.df.gov.br e conheça o trabalho da câmara.


84

:: TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS


Ed malabares em baixa