Page 1

25 - Wishlist 1 – Águas de março (Tom Jobim) 2 – Noturno (Valdir) 3 – Aos nossos filhos (Ivan Lins) 4 – Ain`t no sunshine 5 – I`m in heaven when you smile (Van Morrison) 6 – Azul da cor do mar (TIM Maia) 7 – A feicidade (Rato) 8 – O mundo é um moinho (Cartola) 9 – A flor da pele (Chico Buarque) 10 – There is a light that never goes out (The Smiths) 11 – Carinhoso (Pixinguinha) 12 – Wonderwall (Oasis) 13 – Travessia (Milton Nascimento) 14 – Fly me to the moon (Frank Sinatra) 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

– – – – – – – – – – –

Luz dos olhos (Cássia Eller -> Nando Reis) Stray Cat Strut (Stray Cats) Don`t be cruel (Elvis Presley) Nós (cássia Eller) Detalhes (Roberto Carlos) Agora falta só você (Rato) Luíza (Tom Jobim) Wishlist (Pearl Jam) That`s the way (Led Zeppelin) Irene (Caetano Veloso) Palavras ao Vento (Cássia Eller >> Marisa Monte)

17/10/10 20:35


Águas de março É É É É

pau, é pedra, é o fim do caminho um resto de toco, é um pouco sozinho um caco de vidro, é a vida é o sol a noite é a morte, é um laço é o anzol

É peroba do campo, é o nó da madeira Caingá, candeia, é o Matita Pereira É madeira de vento, tombo da ribanceira É o mistério profundo, é o queira ou não queira É o vento ventando, é o fim da ladeira É a viga é o vão, festa da cumeeira É a chuva chovendo, é conversa ribeira Das águas de março, é o fim da canseira É o pé, é o chão, é a marcha estradeira Passarinho na mão, pedra de atiradeira É uma ave no céu, é uma ave no chão É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão É o fundo do poço, é o fim do caminho No rosto o desgosto, é um pouco sozinho É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto É um pingo, pingando, é uma conta, é um conto É É É É

um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando a luz da manhã, é o tijolo chegando a lenha, é o dia, é o fim da picada a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É É É É

o projeto da casa, é o corpo na cama o carro enguiçado, é a lama, é a lama um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã um resto de mato, na luz da manhã

São as águas de março fechando o verão É a promessa de vida no meu coração

Tom Jobim


É uma cobra, é um pau, é João, é José É um espinho na mão, é um corte no pé São as águas de março fechando o verão É a promessa de vida no meu coração É É É É

pau, é pedra, é o fim do caminho um resto de toco, é um pouco sozinho um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã um belo horizonte, é uma febre terçã

São as águas de março fechando o verão É a promessa de vida no meu coração Pau, pedra, fim, ...inho Resto, toco, pouco, ...inho Caco, vidro, vida, ...ol ...oite, ...orte, ...aço, ...zol São as águas de março fechando o verão É a promessa de vida no meu coração


Noturno Velhinhos no flamengo tomam cor E eu tomei todas colori a noite anterior O coro das crianças jogando futebol Me diz que eu não devia ter deixado o meu lençol O sol a luz no mar lançou Meus óculos de camelô Da China no Saara O vento que adora a Guanabara Desembaraça o pensamento e tudo fica meio Odara Aquela água de coco do moleque da barraca E uma dose de gim, se o mar tá de ressaca Areia, os grãos, lembram vitrais Meus pés no chão me pedem mais Enquanto a onda passa Teria me tornado um atleta Se não tivessem me roubado a bicicleta E essa silhueta que aprofunda o meu umbigo É culpa exclusivamente dos velhos amigos Brigado Céu, brigado azul Façamos as pazes Estamos nus Cadê minha coberta?

Valdir


Aos nossos filhos Perdoem a cara amarrada Perdoem a falta de abraço Perdoem a falta de espaço Os dias eram assim Perdoem por tantos perigos Perdoem a falta de abrigo Perdoem a falta de amigos Os dias eram assim Perdoem a falta de folhas Perdoem a falta de ar Perdoem a falta de escolha Os dias eram assim E quando passarem a limpo E quando cortarem os laços E quando soltarem os cintos Façam a festa por mim Quando lavarem a mágoa Quando lavarem a alma Quando lavarem a água Lavem os olhos por mim Quando brotarem as flores Quando crescerem as matas Quando colherem os frutos Digam o gosto pra mim Digam o gosto pra mim

Ivan Lins17/10/10 20:35


Ain't No Sunshine

Bill Withers

Ain't no sunshine when she's gone. It's not warm when she's away. Ain't no sunshine when she's gone and she's always gone too long anytime she goes away. Wonder this time where she's gone, wonder if she's gone to stay Ain't no sunshine when she's gone and this house just ain't no home anytime she goes away. And I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know, I know Hey, I ought to leave the young thing alone, but ain't no sunshine when she's gone, ain't no sunshine when she's gone, only darkness everyday. Ain't no sunshine when she's gone, and this house just ain't no home anytime she goes away. Anytime she goes away. Anytime she goes away. Anytime she goes away. Anytime she goes away.


Jackie Wilson Said

Van Morrison

Da, da, da, da, da, Jackie Wilson said It was "Reet-Petite" Kinda love you got Knock me off my feet Let it all hang out Oh, let it all hang out. And you know I'm so wired-up Don't need no coffee in my cup Let it all hang out Let it all hang out. Watch this: Ding-a-ling-a-ling Ding-a-ling-a-ling-ding Ding-a-ling-a-ling Ding-a-ling-a-ling-ding Do-da-do-da I'm in heaven, I'm in heaven I'm in heaven, when you smile When you smile, when you smile When you smile. And when you walk Across the road You make my heart go Boom-boom-boom Let it all hang out Baby, let it all hang out And ev'ry time You look that way Honey chile, you make my day L et it all hang out L ike the man said: let it all hang out. Watch this: Ding-a-ling-a-ling ... etc.


Azul da cor do mar Ah, se o mundo inteiro me pudesse ouvir Tenho muito pra contar Dizer que aprendi Que na vida a gente tem que entender Que um nasce pra sofrer Enquanto o outro ri Mas quem sofre sempre tem que procurar Pelo menos vir achar Raz達o para viver Ver na vida algum motivo pra sonhar Ter um sonho todo azul Azul da cor do mar

TIM Maia


A Felicidade

Luís Gustavo Ramos Silva

A Felicidade é um sonho de realidade É um mar de ilusões e verdades É um risco cravado no chão Quem quiser achá-la vai ter que esquecer toda mágoa Vai ter que enfrentar as batalhas Que a vida e o tempo nos dão Terá que amar, terá que sofrer Terá que entender que a vida é viver E a felicidade talvez algum dia vá lhe aparecer Terá que chorar, terá que sorrir Terá que fazer e parar de fingir A felicidade é somente ser e poder estar aqui


O mundo é um moinho Ainda é cedo amor Mal começastes a conhecer a vida Já anuncias a hora da partida Sem saber mesmo o rumo que irás tomar Preste atenção querida Embora eu saiba que estás resolvida A cada instante cai um pouco a tua vida E em pouco tempo não serás mais o que és Ouça-me bem amor Preste atenção o mundo é um moinho Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos Vai reduzir as ilusões a pó Preste atenção querida De cada amor tu herdarás só o cinismo Quando notares estás a beira de um abismo Abismo que cavastes com teus pés

Cartola


A flor da pele O que será que me dá Que me bole por dentro, será que me dá Que brota à flor da pele , sera que me dá E que me sobe às faces e me faz corar E que me salta aos olhos a me atraiçoar E que me aperta o peito e me faz confessar O que não tem mais jeito de dissimilar E que nem é direito ninguém recusar E que me faz mendigo me faz suplicar O que não tem medida nem nunca terá O que não tem remédio nem nunca terá O que não tem receita O que será que será Que dá dentro da gente que não devia Que desacata a gente que é revelia Que é feito uma aguardente que não sacia Que é feito estar doente de uma folia Que nem dez mandamentos vão conciliar Nem todos os ungüentos vão aliviar Nem todos os quebrantos toda alquimia Que nem todos os santos será que será O que não tem descanso nem nunca terá O que não tem cansaço nem nunca terá O que não tem limite O que sera que me dá Que me queima por dentro será que será Que me perturba o sono será que me dá Que todos os tremors me vêm agitar Que todos os ardores me vêm atiçar Que todos os suores me vêm encharcar Que todos os meus nervos estão a rogar Que todos os meus órgãos estão a clamar E uma aflição medonha me faz implorar

Chico Buarque


O que não tem vergonha nem nunca terá O que não tem governo nem nunca terá O que não tem juízo


There is a light that never goes out Take me out tonight Where there's music and there's people And they're young and alive Driving in your car I never, never want to go home Because I haven't got one Anymore Take me out tonight Because I want to see people and I Want to see life Driving in your car Oh, please don't drop me home Because it's not my home, it's their Home, and I'm welcome no more And if a double-decker bus Crashes into us To die by your side Is such a heavenly way to die And if a ten-ton truck Kills the both of us To die by your side Well, the pleasure - the privilege is mine Take me out tonight Take me anywhere, I don't care I don't care, I don't care And in the darkened underpass I thought oh God, my chance has come at last (but then a strange fear gripped me and I Just couldn't ask) Take me out tonight Oh, take me anywhere, I don't care I don't care, I don't care Driving in your car I never never want to go home

The Smiths


Because I haven't got one, da... Oh, I haven't got one And if a double-decker bus Crashes into us To die by your side Is such a heavenly way to die And if a ten-ton truck Kills the both of us To die by your side Well, the pleasure - the privilege is mine Oh, there is a light and it never goes out There is a light and it never goes out There is a light and it never goes out ‌


Carinhoso Meu coração Não sei porque Bate feliz Quando te vê E os meus olhos Ficam sorrindo E pelas ruas Vão te seguindo Mas mesmo assim Foges de mim Ah! se tu soubesses Como eu sou tão carinhoso E muito e muito Que eu te quero E como é sincero O meu amor, Eu sei que tu Nao fugirias mais de mim Vem, vem, vem, vem Vem sentir o calor Dos lábios meus À procura dos teus Vem matar esta paixão Que me devora o coração E só assim, então Serei feliz, bem feliz

Pixinguinha e João de Barro


Wonderwall

Oasis

Today is gonna be the day that they gonna throw it back to you, by now you should have somehow realized what you gotta do. I don't belive that anybody feels the way I do about you now. Backbeat, the word is on the street that the fire in your heart is out, I'm sure you've heard it all before, but you never really had a doubt. I don't belive that anybody feels the way I do about you now And all the roads we have to walk along are winding And all the lights that lead us there are blinding There are many things that I would like to say to you but I don't know how Because maybe..... And after all.......

You're gonna be the one that saves me You're my wonderwall

Today was gonna be the day but they'll never throw it back to you, by now you should have somehow realized what you're not to do. I don't belive that anybody feels the way I do about you now. And all the roads that lead to you were winding And all the lights that light the way are blinding There are many things that I would like to say to you but I don't know how I said maybe You're gonna be the one who saves me? (2x) And after all You're my wonderwall


Said maybe You're gonna be the one that saves me You're gonna be the one that saves me You're gonna be the one that saves me


Travessia

Milton Nascimento

Quando você foi embora fez-se noite em meu viver Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar Estou só e não resisto, muito tenho prá falar Solto a voz nas estradas, já não quero parar Meu caminho é de pedra, como posso sonhar Sonho feito de brisa, vento vem terminar Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar Introdução........ Vou seguindo pela vida me esquecendo de você Eu não quero mais a morte tenho muito que viver Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver


Fly me to the moon Fly me to the moon, let me play among the stars, Let me see what spring is like on Jupiter and mars, In other words, hold my hand! In other words, darling kiss me! Fill my heart with song, and let me sing forever more you are all I long for all I worship & adore In other words, please be true! In other words I love you In other words I love You!

Frank Sinatra


Luz dos olhos

Cássia Eller/Nando Reis

Ponho o meus olhos em você, se você está Dona dos meus olhos é você, avião no ar Dia pr'esses olhos sem te ver, é como chão do mar Liga o radio a pilha a TV,só pra você escutar A nova musica que eu fiz agora Lá fora, a rua vazia chora Os meus olhos vibram ao te ver são dois fãs, um par Pus nos olhos vidros pra poder, melhor te enxergar Luz dos olhos para anoitecer, é só você se afastar Pinta os lábios para escrever, a tua boca em mim Que a nossa musica eu fiz agora, lá fora a lua irradia a gloria E eu te chamo, eu te peço vem Diga que você me quer, por que eu te quero também Faço as pazes lembrando Passo as tardes tentando lhe telefonar Cartazes te procurando Aeronaves seguem pousando sem você desembarcar Pra eu te dar a mão nessa hora Levar as malas pro fusca lá for a E eu vou guiando, eu te espero, vem Siga onde vão meus pés, porque eu te sigo também Eu te amo, eu te peço, vem Diga que você me quer, porque eu te quero também


Stray Cat Strut Black and orange stray cats sitting on a fence Ain't got enough dough to pay the rent I'm flat broke but I don't care I strut right by with my tail in the air Stray cat strut I'm a lady's cat A feline casanova Hey man! That's that Get a shoe thrown at me from a mean old man Get my dinner from a garbage can Yeah, don't cross my path! I don't bother chasing mice around I slink down the alley, looking for a fight Howlin' to the moonlight on a hot summer night Singin' the blues while the lady cats cry "Wild stray cat you're a real gone guy" I wish I could be as carefree and wild But I got cat class and I got cat style

Stray Cats


Don`t be cruel You know I can be found, Sittin' all alone, If you can't come around, At least please telephone, Don't be cruel to a heart that's true. Baby if I made you mad With something I might have said, Please let's forget the past, The future looks bright ahead, Don't be cruel to a heart that's true. I don't want no other love, Baby it's just you I'm thinking of. Don't stop thinking of me, Don't make me feel this way, Come on over here and love me, You know what I want you to say, Don't be cruel to a heart that's true. Why should we be a part, I really love you, Baby, cross my heart. Let's walk up to the preacher And let us say, "I do," Then you'll know you have me, And I know that I'll have you, Don't be cruel to a heart that's true. I don't want no other love, Baby it's just you I'm thinking of. Don't be cruel to a heart that's true. Don't be cruel to a heart that's true.

Elvis Presley


I don't want no other love, Baby it's just you I'm thinking of.


Nós Eu... sei que você disse por aí Que não tava muito bem, seu novo amor Você tava mais querendo era me ver passar por aí Pois é, esse samba é pra você, ó, meu amor Esse samba é pra você Que me fez sorrir, que me fez chorar Que me fez sonhar, que me fez feliz Que me fez amar Pois é, esse samba é pra você, oh, meu amor Esse samba é pra você Que me fez sorrir, que me fez chorar Que me fez cantar, que me fez feliz Que me fez amar

Cássia Eller


Detalhes Não adianta nem tentar me esquecer Durante muito, muito tempo em sua vida, eu vou viver. Detalhes tão pequenos de nós dois são coisas muito grandes prá esquecer e a toda hora vão estar presentes, você vai ver. Se um outro cabeludo aparecer na sua rua e isto lhe trouxer saudades minhas, a culpa é sua. O ronco barulhento do seu carro A velha calça, desbotada ou coisa assim Imediatamente você vai lembrar de mim. Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido Palavras de amor como eu falei, mas eu duvido. Duvido que ele tenha tanto amor e até o erros do meu português ruim E nessa hora você vai, lembrar de mim. À noite, envolvida no silêncio do seu quarto Antes de dormir você procura o meu retrato mas da moldura não sou eu quem lhe sorri Mas você vê o meu sorriso mesmo assim e tudo isto vai fazer você lembrar de mim. Se alguém tocar seu corpo como eu não diga nada.

Roberto Carlos


Não vá dizer meu nome, sem querer a pessoa errada. Pensando ter amor nesse momento desesperada você tenta até o fim e até nesse momento, você vai lembrar de mim. Eu sei que esses detalhes vão sumir na longa estrada do tempo que transforma todo amor em quase nada. Mas quase também é mais um detalhe um grande amor não vai morrer assim por isso é que de vez em quando você vai lembrar de mim. Não... não adianta nem tentar me esquecer... Durante muito tempo em sua vida Eu vou viver


Agora falta só você Ontem eu era Um aprendiz Hoje eu tenho Tudo que quis Agora falta só você Do meu ladinho até morrer Já tenho casa, tenho grana, tenho tudo Agora falta só você Eu largo tudo Só pra ate ver Falo pro chefe Vai se foder Então eu vou pegar você E te levar pra passear Já tenho casa, tenho grana, tenho tudo Agora eu quero é vadiar Mas sem você não dá Não dá pra viver Já tenho casa, tenho grana, tenho tudo Agora falta só você

Luís Gustavo Ramos Silva


Luíza LUA, ESPADA NUA BOIA NO CÉU IMENSA E AMARELA TÃO REDONDA LUA COMO FLUTUA VEM NAVEGANDO O AZUL DO FIRMAMENTO E NO SILÊNCIO LENTO UM TROVADOR CHEIO DE ESTRELAS ESCUTA AGORA A CANÇÃO QUE EU FIZ PRA TE ESQUECER LUIZA, EU SOU APENAS UM POBRE AMADOR APAIXONADO, UM APRENDIZ DO TEU AMOR ACORDA AMOR, QUE EU SEI QUE EMBAIXO DESTA NEVE MORA UM CORAÇÃO VEM CÁ LUIZA, ME DÁ TUA MÃO O TEU DESEJO É SEMPRE O MEU DESEJO VEM ME EXORCISA DÁ-ME TUA BOCA E A ROSA LOUCA VEM ME DAR UM BEIJO E UM RAIO DE SOL NOS TEUS CABELOS COMO UM BRILHANTE QUE PARTINDO A LUZ EXPLODE EM SETE CORES REVELANDO ENTÃO OS SETE MIL AMORES QUE EU GUARDEI SOMENTE PRA TE DAR LUIZA,

Tom Jobim


LUIZA


Wishlist I wish I was a neutron bomb, for once I could go of I wish I was a sacrifice but somehow still lived on I wish I was a sentimental ornament you hung on The Christmas tree, I wish I was, the star that went on top I wish I was the evidence, I wish I was the sound For fifty million hands upraised opened towards the sky I I I I

wish I wish I wish I wish I • I wish I

was a silhouette, someone who waited for me was as fortunate, as fortunate as me was a messenger and all the news is good was the full moon shinning off your Camaros`s hood Solo was an alien at home behind the sun

I wish I was a souvenir you kept your house key on I wish I was the pedal break that you depended on I wish I was the verb to trust and never let you down • Solo I wish I was a radio song, the one you coul turn up I wish, I wish, I wish, I wish I guess it never stops

Pearl Jam


That`s the way

Led Zeppelin

I don't know how I'm going to tell you I can't play with you no more I don't know how I'm going to do what mama told me My friend the boy next door I can't believe what people saying You only let your hair down I'm satisfied to sit here working all day long You're in the darkest side of town And when I'm out I see you walking Why don't your eyes see me Could it be you've found another game to play What did mama say to me That's the way Oh that's the way it ought to be Mama said that's the way it ought to stay And And And Had

yesterday I saw you standing by the river weren't those tears that filled your eyes all the fish that lay in dirty water dying they got you hypnotized

And yesterday I saw you kissing tiny flowers But all that lives is born to die And so I say to you that nothing really matters And all you do is stand and cry I don't know what to say about it When all your ears are turned away But now's the time to look and look again at what you see Is that the way it ought to stay That's the way That's the way it ought to be Whoa don't you know now Mama said mama said that's the way it's going to stay Ahh Ahh


Irene Eu quero ir, minha gente, eu n達o sou daqui Eu n達o tenho nada, quero ver Irene rir Quero ver Irene dar sua risada Quero ver Irene dar sua risada Irene ri, Irene ri, Irene Irene ri, Irene ri, Irene Quero ver Irene dar sua risada

Caetano Veloso


Palavras ao vento

Cássia Eller / Marisa Monte

Ando por aí querendo te encontrar Em cada esquina paro em cada olhar Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar Que o nosso amor pra sempre viva minha dádiva Quero poder jurar que essa paixão jamais será Palavras apenas,Palavras pequenas, Palavras momentos Palavras, palavras, Palavras, palavras Palavras ao vento


Índios

Legião Urbana

Quem me dera ao menos uma vez Ter de volta todo o ouro que entreguei a quem Conseguiu me convencer que era prova de amizade Se alguém levasse embora até o que eu não tinha Quem me dera ao menos uma vez Esquecer que acreditei que era por brincadeira Que se cortava sempre um pano de chão De linho nobre e pura seda Quem me dera ao menos uma vez Explicar o que ninguém consegue entender Que o que aconteceu ainda está por vir E o futuro não é mais como era antigamente Quem me dera ao menos uma vez Provar que quem tem mais do que precisa ter Quase sempre se convence que não tem o bastante Fala demais por não ter nada a dizer Quem me dera ao menos uma vez Que o mais simples fosse visto como o mais importante Mais nos deram espelhos E vimos um mundo doente Quem me dera ao menos uma vez Entender como um só Deus ao mesmo tempo é três Esse mesmo Deus foi morto por vocês Só maldade então deixar um Deus tão triste Eu quis o perigo e até sangrei sozinho entenda Assim pude trazer você de volta pra mim Quando descobri que é sempre só você Que me entende do início ao fim E é só você que tem a cura pro meu vicio de insistir Nessa saudade que eu sinto De tudo que eu ainda não vi •

solo


Quem me dera ao menos uma vez Acreditar por um instante em tudo que existe Acreditar que o mundo é perfeito E que todas as pessoas são felizes Quem me dera ao menos uma vez Fazer com que o mundo saiba que seu nome Está em tudo e mesmo assim Ninguém lhe diz ao menos obrigado Quem me dera ao menos uma vez Como a mais bela tribo Dos mais belos índios Não ser atacado por ser inocente Eu quis o perigo e até sangrei sozinho entenda Assim pude trazer você de volta pra mim Quando descobri que é sempre só você Que me entende do início ao fim E é só você que tem a cura pro meu vicio de insistir Nessa saudade que eu sinto De tudo que eu ainda não vi Nos deram espelhos e vimos um mundo doente Tentei chorar e não consegui


Baratas cariocas Eu sei dançar Sem que você guie meus pés Eu sei brincar Sem que você me dite a vez Mas tive que desaprender Pra entender suas razões O que não era meu deixei Deixei pra responder depois Do mundo eu nem quis saber Da vida eu só ouvi falar Pros outros eu mandei dizer Que agora eu sei dançar Abra as portas Deixe entrar meu grito Baratas cariocas Tramam no esconderijo Contra o giz japonês E temem pelo seu destino Já sei voar Longe do chão que você fez Sei me safar Antes que você chegue até dez Mas tive que desaprender Pra entender suas razões O que não era meu deixei Deixei pra responder depois Do mundo eu nem quis saber Da vida eu só ouvi falar Pros outros eu mandei dizer Que agora eu sei dançar

Rato/Valdir

25  

25 - Wishlist 
   É peroba do campo, é o nó da madeira Caingá, candeia, é o Matita Pereira É madeira de vento, tombo da ribanceira É o m...