Page 1

Primeiro Caderno - 1

Maio/2011

TV Novo Tempo é inaugurada em Aurora, interior do Ceará

Pág.11

IDEIA PARA ADOLESCENTE

Maio/2011 - Ano VI - Nº 69 - www.jornalorion.com - Edição Mensal - Distribuição Gratuita

CONCÍLIO MINISTERIAL 2011 O Concílio Ministerial 2011 será um encontro espiritual de inspiração e capacitação, para renovação do compromisso com Jesus, a igreja e sua missão. Cerca de quatro mil pastores participarão deste primeiro encontro, concentrando toda a equipe de ministros da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista (DSA) em um só evento. Páginas 6 e 7

AMIGO DA ESPERANÇA Reportagem destaca decisão do STF sobre horário de concursos públicos ■ O jornal Valor Econômico divulgou reportagem sobre a decisão que o Supremo Tribunal Federal (STF) tomará em breve se os dias e os horários de concursos públicos podem ser alterados para garantir a liberdade religiosa. De acordo com a reportagem, assinada pela jornalista Maira Magro, “em respeito aos dias que consideram sagrados, seguidores de algumas crenças - como judeus, adventistas e testemunhas de Jeová - começaram a entrar na Justiça para pedir a adequação das datas de concursos públicos, provas, vestibular, ou da jornada de trabalho. O debate ronda o Judiciário em centenas de ações, que ainda dividem os tribunais.

■ A União Boliviana, através da Mission del Oriente, prestou uma homenagem e o reconhecimento pelo trabalho voluntário ao empresário Dr. Milton Afonso. A homenagem ocorreu no dia 10 de maio no seu escritório no Rio de Janeiro e contou com a presença da administração do campo, os pastores; presidente Antonio Brito, secretário Alfonzo Rodriguez e tesoureiro Rudolfph Hurtado. Pela a ocasião foi dada uma placa, com os dizeres: “Milton Afonso Amigo da Esperanza”. O Pastor Antonio Brito, agradeceu ao Dr. Milton a boa vontade e o desprendimento em ajudar o povo de Deus em varias partes do mundo, em especial a Bolívia.

Dr. Milton Afonso recebe os administradores da União Boliviana

Página 2

Bancada Evangélica age e votação da PLC 122 é adiada sem previsão de retorno

Página 8

Página 5

Encontro de empreendedores estabelece novas estratégias de ação missionária Página 12

Livros seculares sobre viagens ao céu e encontros com Jesus tornam-se moda Página 5

VOCE QUER SER UM MÉDICO? Agora você pode realizar este sonho por apenas 600 reais por mês. A UNIVERSIDADE UNIVALLE, abre as suas portas para 10.000 alunos de varias nacionalidades a cada ano. Página 7

A quem interessa a morte de Bin Laden? ■ A morte de Bin Laden não significa o fim do terrorismo, não era o Osama que sustentava a Al Qaeda, mas a guerra contra aquilo que eles consideram o “grande satã”, os Estados Unidos da América, considerados culpados por todos os males causados ao mundo árabe. Página 4


Maio/2011

2 - Primeiro Caderno

Outro espírito G

osto de observar gente equilibrada. Pessoas que têm profundidade e se distinguem por sua fidelidade, produzindo espírito de união e harmonia por onde passam. Desse modo, refletem o caráter de Cristo. Afinal, o amor e a unidade são as maiores demonstrações do cristianismo verdadeiro e concretizam o sonho de Deus para Sua igreja (Mt 25 e Jo 17) Gosto de olhar para Calebe, que, em um momento de divisão, pessimismo, falta de fé e crítica, ficou ao lado de seu líder e da vontade expressa de Deus. Sobre ele, Deus diz: “Porém o Meu servo Calebe, visto que nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-Me, Eu o farei entrar na terra que espiou, e a sua descendência a possuirá” (Nm 14:24). Quando a maioria tinha espírito de agitação, ele demonstrou espírito de paz, equilíbrio e confiança na liderança de Deus sobre Seu povo. Ele teve “outro espírito”. O resultado desse espírito diferente deu às famílias de Calebe e Josué o privilégio de herdar a terra prometida. Observe que em Números 13 está a lista dos doze príncipes que foram espiar a terra. Destes, dez não são lembrados.

Foram esquecidos pela história. Não há lugar para os críticos, pessimistas, independentes e agitadores nos registros do povo de Deus. Por outro lado, Josué se tornou líder do povo e Calebe, um conquistador vitorioso e destemido. Deus está ao lado dos que têm “outro espírito”. Hoje, a igreja precisa de pessoas dotadas do espírito de Calebe. Pessoas equilibradas, que são fiéis à verdade, pessoas que unem, agregam e geram harmonia. Que expressam suas opiniões, sempre pensando no bem coletivo. Que atuam pensando no crescimento do corpo de Cristo e não em seus interesses ou visão pessoal. Precisamos de membros, líderes, pastores e missionários voluntários que defendam a verdade com amor. Que preguem a Palavra, que estejam mais preocupados em salvar do que polemizar ou discutir. Pessoas que tenham “outro espírito”, que não se misturem com agitação, crítica nem divisão, mas que avancem com equilíbrio, lealdade, fidelidade e consagração. Este é o momento da história em que mais precisamos de unidade e equilíbrio dentro de nossas fileiras, pois a chuva serôdia só será derramada sobre uma igreja assim: não dividida em movimentos aqui,

críticos ali, independentes acolá. Para a conclusão da obra, Deus não está chamando críticos nem independentes, mas colaboradores e membros de um mesmo corpo. Gente que tem “outro espírito”. Você já observou que um dos nomes mais comuns e fortes dados ao Espírito Santo é Consolador (Jo 14:16)? Ele é Aquele que une, acalma, demonstra amor, anda a segunda milha e conforta. Já Satanás é chamado, entre outros nomes, de acusador (Ap 12:10). Aliás, essa é uma das suas principais funções; por isso, esse nome o retrata muito bem. Nossas atitudes sempre demonstram qual desses poderes controla nossa vida. Algumas pessoas confundem as coisas, agem como acusadores e dizem ser usadas pelo Consolador. Gente que usa diferentes recursos, reais ou virtuais. Esses aparecem em nossas igrejas, muitas vezes acusando pessoas; outras querendo levar os membros a um reavivamento, dizendo resgatar uma mensagem histórica ou acusando a igreja de estar apostatada. Normalmente, a fórmula é a mesma: aparência de piedade, crítica à igreja, sua liderança e sua mensagem; discurso unilateral, falando de um ou dois

pontos doutrinários de forma insistente ou semeando dúvida na mente dos ouvintes. Essas situações não são novas. Já existiram na vida da igreja cristã primitiva e também na jornada da igreja remanescente. Qual foi o resultado? Crises, agitação, divisão, dor e apostasia. Isso vem do Consolador? Reflete o espírito de Calebe? O fato é que esses movimentos ficaram pelo caminho, seus lideres desapareceram e abandonaram seus seguidores. Muitos deles nunca mais conseguiram se refazer espiritualmente. A igreja de Deus, porém, segue avançando firme. “Frágil e defeituosa”, mas mantida pelo Senhor. Ele mesmo nos preparou para isso, quando disse: “Velhas controvérsias serão reavivadas, e novas teorias surgirão continuamente” (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 109). “Falsas teorias, revestidas de trajes de luz, serão apresentadas ao povo de Deus. Assim Satanás procurará enganar, se possível, até os escolhidos” (Ellen G. White, Testemunhos Seletos, v. 3, p. 271). A igreja necessita do envolvimento de todos, de forma consagrada e equilibrada, para vencer os grandes desafios que temos no

cumprimento da missão. O evangelho do reino precisa ser pregado para que Cristo volte (Mt 24:14) e precisamos de unidade para isso. Não de ações ou movimentos independentes, dissidentes e críticos. “Deus tem na Terra uma igreja que é Seu povo escolhido, que guarda os Seus mandamentos. Ele está guiando, não ramificações transviadas, não um aqui e outro ali, mas um povo” (Ellen G. White, Testemunhos para Ministros e Obreiros Evangélicos, p. 61). O que fazer diante de pessoas ou movimentos assim? Ter “outro espírito”, à semelhança de Calebe, e permanecer fiel, não importando a pressão nem a sedução. Não abrir espaço nem gastar tempo com essas questões. Elas consomem o tempo e esgotam as energias da igreja. Vamos nos aprofundar na verdade. Por outro lado, precisamos orar pelas pessoas que acabaram sendo envolvidas nesses movimentos. Sua atitude indica que elas precisam urgentemente da presença de Deus, por mais que pareçam piedosas. Na verdade, “a razão de todas as divisões, discórdias e diferenças encontra-se na separação de Cristo” (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 259).

adventismo, através do livro do Dr. Milton Afonso vida e obra, ele ficou encantado pela historia e como Deus tem conduzido o seu servo e abriu as portas para o evangelho nesta comunidade que já conta com 4 pessoas batizadas. Dr. Milton que ja doou 12 emis-

soras de radios para Bolivia, acaba de doar mais 2. Uma para Yacuiba, fronteira com a Argentina e uma para San Jose, proximo a comunidade Menonita onde vai operar em algumas horas em Alemão e Espanhol.

com muitas delas em nossos bolsos, prontinhas! E por ai vai... Assim como Pedro e os demais, nós também mantemos esta característica puramente carnal de não querer ouvir a Palavra de Deus, quando Ela vai de encontro (não “ao” encontro) de nossas convicções pessoais ou objetivos de vida. É fácil seguir a Jesus, quando Ele fala aquilo que eu quero ouvir. O difícil (segundo Nietzche e Gandhi, impossível) é baixarmos nossa cabeça e aceitarmos humildemente TUDO que o Senhor nos ensina e orienta em Sua Palavra. Para os que não dão ouvido a voz do Senhor, só resta uma alternativa: chorar amargamente depois de “quebrar a cara”. Graças a Deus... Aleluias ao Cordeiro... Glórias ao Santo Espírito.... porque a Divindade, estas três Pessoas Maravilhosas, não desistem de nós, mesmo quando rejeitamos ouvir Seu conselho. O mesmo orgulhoso, arrogante e intolerante Pedro, pouco depois, já estava de novo no topo, no pódio, recebendo de Jesus a grande comissão:

apascentar o rebanho do Senhor. Se você já rejeitou a Palavra de Deus, preferiu não dar ouvidos a Ela, e enveredar por caminhos confiado em seu próprio entendimento... chore amargamente... arrependa-se... e levante a cabeça, pois nosso Deus é o DEUS DA SEGUNDA CHANCE. “[Pedro], Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos” (Luc. 22:32). Oh, glória!

AMIGO DA ESPERANÇA

A

União Boliviana, através da Mission del Oriente, prestou uma homenagem e o reconhecimento pelo trabalho voluntário ao empresário Dr. Milton Afonso. A homenagem ocorreu no dia 10 de maio no seu escritório no Rio de Janeiro e contou com a presença da administração do campo, os pastores; presidente Antonio Brito, secretario Alfonzo Rodriguez e tesoureiro Rudolfph Hurtado. Pela a ocasião foi dada uma placa, com os dizeres: “Milton Afonso Amigo da Esperanza”. O Pastor Antonio Brito, agradeceu ao Dr. Milton a boa vontade e o desprendimento em ajudar o povo de Deus em varias partes do mundo, em especial a Bolívia. Pelos transmissores doados a Missão del Oriente e em toda União e a pronta revitalização de toda rede de radio, da Central Nuevo Tiempo, pelas ajudas as escolas, e a construção da nova Mission em Santa Cruz de la Sierra. Falou também da importância da radio Nuevo Tiempo no

país, em especial em Santa Cruz a cidade que mais cresce nas Américas. Hoje Santa Cruz está com 1.700 mil habitantes. A radio aproxima as pessoas através da boa musica, das palestras de educação e evangelização que interagem e formam opiniões. A Bolívia tem varias etnias, e muitos imigrantes, entre estes se destacam os Menonitas. Os Menonitas são um ramo dos Anabatistas, movimento religioso surgido na Europa na época da Reforma.O testemunho pessoal e a perseguição religiosa levaram os anabatistas e a nova doutrina a diferentes países da Europa, surgindo inúmeras igrejas inicialmente na Suíça, Prússia (atual Alemanha), Áustria e Países Baixos. Neste último, um dos grandes líderes anabatistas foi Menno Simons (1496-1561), cuja influência sobre o grupo foi tão profunda (moderada para alguns) que seus adversários passaram a chamar ao anabatistas de “menonitas”. O principal ponto de discórdia entre os menonitas e seus perseguidores

era o batismo infantil. Os menonitas acreditam que a igreja deve ser formada a partir de membros batizados voluntariamente. Isso não era tolerado pelo Estado, nem pela igreja católica nem pela igreja protestante oficial da época. Durante o século XVI os menonitas e outros anabatistas foram duramente perseguidos, torturados e martirizados. Por isso muitos deles emigraram para os Estados Unidos, onde ainda hoje vive a maior parte dos menonitas. Eles estão entre os primeiros alemães a imigrarem para os Estados Unidos. Assim, quando em 1930 um grupo de menonitas de origem alemã veio da Rússia ao Brasil, o trabalho de pregação do evangelho foi iniciado com auxílio dos irmãos da América do Norte. Há uma colônia menonita significativa também no Paraguai e Bolivia, eles vivem em comunidades de ate 2000 pessoas, vivem como no seculo passado e falam alemão. E tem sido um grande desafio da igreja. Recentemente um membro desta comunidade se converteu ao

Zé Maria - Orion

Jesus Errou! I

nfelizmente é muito comum vivenciarmos situações onde o Senhor nos “diz” algo, seja através de Sua Palavra ou de Seus mensageiros, mas nós insistimos em dizer “não”. O Senhor mesmo fala conosco, diretamente, mas nós achamos que Ele está errado, e procuramos “corrigir” aquilo que o Rei do Universo pronunciou ou ainda pronuncia para nossa orientação. Vejamos um exemplo bem conhecido... “Então, Jesus lhes disse: Esta noite, todos vós vos escandalizareis Comigo; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho ficarão dispersas. (...) Disse-lhe Pedro: Ainda que venhas a ser um tropeço para todos, nunca o serás para mim. Replicou-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, tu Me negarás três vezes. Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja necessário morrer Contigo, de nenhum modo Te negarei. E todos os discípulos disseram o mesmo” (Mateus 26:31-35). Fico imaginando o diálogo dos discípulos após esta declaração de Jesus: - Puxa vida! O que será que a gente

ainda precisa fazer para Ele acreditar em nossa obediência e fidelidade?! A gente deixou tudo para segui-Lo, e há mais de três anos que somos escarnecidos, humilhados e perseguidos. - Pois é... e agora Ele vem com esta história de que vamos negá-Lo! - Não se preocupem! Ele deve estar estressado... não dêem atenção! Não foram necessárias mais do que algumas poucas horas para que a “profecia” de Jesus se cumprisse à risca. “Então, começou ele a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem! E imediatamente cantou o galo. Então, Pedro se lembrou da palavra que Jesus lhe dissera: Antes que o galo cante, tu me negarás três vezes. E, saindo dali, chorou amargamente” (Mat. 26:74-75). O “choro amargo” de Pedro retrata muito bem a experiência de muitos de nós que, depois de não darmos a atenção à Palavra de Deus, temos que nos defrontar com a dura realidade. Pedro achou que estava firme o suficiente para questionar o próprio Jesus... mas logo depois caiu em si, e viu sua pequenez diante da natureza pecaminosa que nos impregna. A Bíblia diz para guardarmos o

sábado, muitos preferem ignorar! A Bíblia diz para evitarmos certos alimentos, muitos preferem ignorar! A Bíblia diz para devolver o dízimo e as ofertas, muitos ignoram! A Bíblia diz para amarmo-nos uns aos outros... quão difícil é para alguns! A Bíblia diz para não nos envolvermos em jugo desigual, muitos ignoram! A Bíblia diz para aceitar a graça unicamente pela fé, sem mérito pessoal algum... muitos insistem no legalismo! A Bíblia diz que o ecumenismo é artimanha do inimigo... muitos preferem incentivá-lo. A Bíblia diz que os mortos estão dormindo, aguardando a ressurreição... muitos preferem acreditar em inferno, seio de Abraão, fantasmas e alma imortal! A Bíblia diz que a esposa deve ser submissa ao marido... mas e o feminismo, onde fica?! A Bíblia diz que o marido deve amar sua esposa como Cristo ama a Igreja... muitos ignoram! A Bíblia diz que não devemos atirar a primeira pedra... mas andamos

Gilson Medeiros


Primeiro Caderno - 3

Maio/2011

E Recebereis Poder O

Espírito de Deus é que faz a diferença em nossas vidas. A historia de Gideão é fascinante; começa com ele malhando o trigo da família e pondo a salvos dos inimigos os midianitas, povo nômade opressor e escravizador. O Anjo do Senhor veio com uma mensagem de libertação e salvação, ele acreditou nas palavras de Deus, e de imediato começou a fazer reformas derribou o altar de Baal e o poste-ídolo que estava no altar, pois acreditou nas palavras

de Deus. “Então o Senhor disse para ele: Vai nessa tua força, e livra a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te envie Eu?”. Este ser vo do Deus Eterno convocou o povo para lutar, para guerrear, para confrontar, e logo começaram aparecer os voluntários, 32 mil aceitaram a convocação; porém Deus que tu vê e tudo sabe, falou para o seu servo: “tem gente demais, e para eles não se gloriarem de sua força, fala ao povo, ‘quem for tímido e medroso volte, e retira-se da região da montanhosa de

Gileade’. Então voltaram do povo vinte e dois mil e dez mil ficaram. Juizes7:3”. O Senhor achava que a inda era muita gente, e promoveu uma prova para os dez mil restantes, deveriam passar pelo córrego Harode, “fez Gideão descer os homens as águas. Então o Senhor lhe disse: todo que lamber as águas com a língua, como faz o cão, esse porás a parte, como também a todo aquele que se baixar de joelhos a beber”. Apenas trezentos homens passaram no teste. Dos 10.000, 9.700 não foram aprovados, tiveram que voltar para casa. Interessante nesta historia pensar nas duvidas de Gideão: 1quando o Anjo veio falar com ele pediu prova, (Juizes 6:17) o anjo prova ao tocar com o seu cajado nos alimentos e os consumiu pelo fogo e desapareceu na sua frente (verso 21). depois deste fato ele ficou apavorado e temeu pela sua vida, o Senhor falou calma tu não vais morrer. 2- Gideão percebendo o número gigantesco dos inimigos, pois os midianitas, os amalequitas e todos os povos do Oriente cobriam o vale como gafanhotos em multidão, inumerável como

a areia que há na praia do mar, duvidou novamente e pediu outra prova, pegou uma porção de lã, e pediu a Deus se for verdade as tuas palavras quero que mostre o teu poder, colocou a porção de lã, no relento e queria que ao levantar pela manhã a lã estivesse com água do orvalho da noite e o chão seco, e aconteceu conforme ele pediu, e espremeu a lã e deu uma taça de água. Mesmo assim pediu prova, agora queria que a lã estivesse seca e aterra cheia de orvalho, e aconteceu como ele pediu, a lã seca e aterra cheia de orvalho. 3- O valente Gideão ficou temeroso pelo número de homens que estavam com ele. De 32 mil, agora apenas contava com 300 homens. O Deus Eterno percebeu que o seu valente guerreiro, estava com duvidas apesar dos milagres que presenciou, e disse: “ Se temes atacar, desce tu e teu moço Pura ao arraial; e ouviras o que dizem; depois fortalecidas as tuas mãos descerás contra o arraial.” Deus é um Deus de misericórdia pois apesar das nossas duvidas e fraquezas , mesmo assim ele continua nos dando créditos e apostando no

nosso sucesso. Então Gideão e seu moço foram ao arraial do inimigo e a noite, ninguém os percebeu, e ouviu dois homens conversando. “ Tive um sonho. Eis que um pão de cevada rodava contra o arraial dos midianitas, e deu de encontro a tenda do comandante, de maneira que esta caiu, e se virou de cima para baixo, e ficou assim estendida. Respondeu-lhe o companheiro, e disse: Não é isto outra cousa, senão a espada de Gideão, filho de Joás, homem israelita. Nas mãos dele entregou Deus os midianitas e todo este arraial.” Tendo Gideão ouvido contar o sonho e o seu significado, adorou. Ele foi para guerra e venceu. As vezes me pergunto por quê acreditamos mais nos homens mortais, do que nas palavras eternas? Foi por isso que o Deus se fez carne e habitou entre nós, para poder mostrar de fato que as suas palavras são eternas. Mas somente quando as duvidas e incertezas desaparecem é que Deus pode realmente se manifestar com clareza, e poder do Espírito Santo ativa o humano a desafiar e vencer as forças e as potestades do mal.

❘❙ Família

Tempo para se divertir Durante nossos 12 anos de casamento, Greg e eu descobrimos que sorrir é saudável, emocionalmente e fisicamente. Ter senso de humor ajuda a manter nossa relação renovada. Eu sou casada com um brincalhão. Greg consegue ver o lado cômico de todas as coisas, mesmo cansado à noite, ou quando algumas coisas ruins acontecem. Ele está sempre fazendo brincadeiras comigo. Por isso, eu já me alegrava pensando no dia de minha “vingança”. Meu plano era simples: esconderme em um local escuro e atacar Greg assim que ele entrasse em casa pela garagem. Era perfeito! Enquanto algumas pessoas não gostam de tomar susto, meu marido adora isso. Eu sabia que ele acharia isso engraçado – e eu estaria me vingando por todas as suas brincadeiras. A porta da garagem foi abrindo lentamente, enquanto o Honda Civic dele chegava depois de mais um dia de trabalho. “Ele nunca vai esperar por isso”, pensei, e sorri ao imaginar a expressão do seu rosto. Dei uma risadinha enquanto estava escondida num canto esperando Greg chegar. E permaneci quieta até que a porta abriu. Greg deu dois passos para dentro, notou uma sombra, uma figura sinistra em pé, perto do seu ombro esquerdo. Naquele exato momento, me debrucei sobre ele. Estatelado, Greg soltou um grito estridente e pulou para perto da porta. “Doce vingança!”, gritei enquanto Greg massageava seu coração. Nos cumprimentamos e nos abraçamos;

eu disse, “Bem vindo ao lar”, enquanto nós dois riamos. Depois, sossegamos naquela noite tranquila. Comecei a refletir sobre o fato de que uma das coisas que mais gosto no meu casamento são as diversões que temos juntos. Fico sorrindo sozinha quando lembro o susto que Greg tomou e da alegria que isso me deu. A melhor parte foi quando, mais tarde, ele me falou como a minha brincadeira o ajudou a se sentir conectado comigo. Quem podia imaginar que minha travessura resultaria em intimidade? Durante nossos 12 anos de casamento, Greg e eu descobrimos que sorrir é saudável, emocionalmente e fisicamente. Ter senso de humor ajuda a manter nossa relação renovada. Uma das coisas que mais me atraiu em Greg foi sua capacidade de me fazer rir. Sorrir me trouxe alegria durante o nosso namoro, e continua a me alegrar em todos esses anos. Muitas vezes, no meio do caos da vida, um simples sorriso ou uma brincadeira podem aliviar situações de tensão. Isso cria um tipo de intimidade natural. Greg confessa que depois de um longo dia de trabalho, chegar em casa, em um ambiente cheio de alegria, alivia seu nível de stress. O humor no casamento sempre me fascinou. Como pesquisei o que os especialistas dizem sobre diversão no casamento, estava dominada pela sua importância. O livro Fighting for Your Marriage, do conselheiro familiar, Dr. Howard Markman, relata que a quantidade de diversão que um casal vive junto emerge como o principal fator para

toda sua felicidade conjugal. Outras coisas acontecem nos relacionamentos – mas bons relacionamentos se tornam maravilhosos quando o casal preserva tanto a quantidade, como a qualidade do tempo em que passam se divertindo. Porém, a triste verdade é que a maioria dos casais quase nunca compartilha o tipo de diversão que tinham enquanto eram namorados ou recém casados. É como se o desgaste do dia-a-dia tivesse tirado a capacidade e/ou o desejo de se divertirem

juntos. Isso faz sentido: ocupados com trabalho, filhos, igreja, e amigos, torna-se difícil encontrar tempo para ficarem juntos. Jogue os conflitos no lixo e você terá um ambiente perfeito para extrair graça da vida. Greg e eu juramos que o nosso relacionamento nunca vai perder esse senso de humor, então fizemos disso uma prioridade – até agendamos isso no nosso calendário! Valorizamos esse momento. Não conversamos sobre assuntos incômodos e também não levantamos questões que podem

nos levar a algum conflito. Através dos anos posso recordar como sorrir e se divertir influenciou momentos estressantes e alegres em nossa casa. Desde a minha recuperação da cesariana até as bagunças com nossos filhos e as brincadeiras planejadas, dar risadas sempre traz Greg para perto de mim. E isso tem sido uma grande diversão. Erin Smalley é conselheira familiar no Smalley Marriage Institute (www.smalleymarriage. com), vive e se diverte em Missouri, EUA.

● Diretora Administrativa: Maria Elenice - elenicepm@ig.com.br ● Design e diagramação: Ligia Maria Moreira (ligiammoreira@yahoo.com.br / Tel.: 9664-1612)

Tiragem Mensal: 100.000 exemplares com distribuição em Território Nacional. Rua Sacramento Black - Campo Grande Rio de Janeiro Tel. (21) 3356-5553 E-mail: jornalorion@yahoo.com. www.jornalorion.com DIRETOR PRESIDENTE José M. M. Filho zemariamfilho@oi.com.br

● Coordenação Geral e Redação: Gisele S. Ferreira - giselesf@gmail.com ● Reportagem: Peterson Andrews; Elderson Macedo e Jeferson Parnaíba. ● Pesquisador: João Straub - straub84@yahoo.com ● Conselheiros: Hermes Démarche, Paulo Bergman, Graciliano Martins, Marcos Schultz, Jaél Enéas e Elias Jermanowicz ● Colaboradores: Pastores, Educadores e profissionais adventistas e interdenominacionais. ● Jornalista Responsável: JC Salvador/2300TM

As matérias Publicadas neste Jornal são de inteira responsabilidade de seus autores; não correspondem necessariamente a opinião deste Jornal.


Maio/2011

4 - Primeiro Caderno

Morte de Bin Laden: Famoso Pastor diz que Deus tem prazer na morte do ímpio, mas também a morte não traz prazer a Deus

S

erá que Deus está contente que Osama bin Laden está morto? O proeminente pastor evangélico John Piper diz que sim e não. As emoções de Deus, como seres humanos, são complexas e nem sempre a preto e branco como alguns as retrata ser, escreve Piper, fundador do ministério Desejando a Deus (Desiring God), no blog do grupo esta semana. é verdade que Ele tem prazer na morte do ímpio, mas ao mesmo tempo, a morte não traz prazer a Deus. Citando Ezequiel 18:23, 32, Piper, o pastor da Igreja Batista de Belém em Minneapolis, aponta que a Bíblia registra: “Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?” Mas, em outros versos, a Bíblia registra que Deus encontra prazer no julgamento e morte dos impenitentes malfeitores. Em Ezequiel 5:13, a Bíblia registra: “Assim se cumprirá a minha ira, e satisfarei neles o meu furor, e me consolarei; e saberão que sou eu, o Senhor, que tenho falado no meu zelo, quando eu cumprir neles o meu furor,” e em Provérbios 1:25-26: “Antes desprezastes todo o meu conselho, e não fizestes caso da minha repreensão; também eu me rirei no dia da vossa calamidade; zombarei, quando sobrevier o vosso terror.” “Minha sugestão é que a morte e a miséria do impenitente é dentro e dele mesmo e não um prazer para Deus,” escreve Piper. “Deus não é um sádico. Ele não é malicioso ou sanguinário. A morte e o sofrimento por si só não é o Seu deleite.”

Antes, quando um rebelde, perverso, pessoa descrente é julgado, o que Deus tem prazer é na exaltação da verdade e da justiça, e a vindicação de Sua própria honra e glória.” O presidente Barack Obama, anunciou domingo à noite que o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden havia sido morto em um ataque dos EUA na casa que abriga Bin Laden em Abbottabad, 30 quilômetros a nordeste da capital paquistanesa Islamabad. Uma equipe da SEAL da Marinha matou Bin Laden e outros três homens em uma operação de troca de tiros que durou cerca de 40 minutos. Os americanos se alegraram com a notícia de que o cabeça por trás dos atentados terroristas do 11 de setembro que mataram quase 3.000 pessoas e causou o colapso das Torres Gêmeas em Nova York, foi finalmente levado à justiça depois de 10 anos. “Eu SIM lamento a morte - A morte generalizada que a vida de Bin Laden causou. Hoje, devemos celebrar o sacrifício e vitória de nossas tropas,” tuitou o pastor Steven Furtick da Elevation Church em Charlotte, NC. “Eu, sem apologia, comemorarei multidões de pessoas que terão a oportunidade de viver por causa da morte deste homem. Isso é bom, ISSO é a vitória.” Mas o líder da Igreja emergente Brian McLaren questionou as comemorações da “morte de um assassino que com alegria celebrava a morte.” “Será que estamos aprendendo alguma coisa, ou simplesmente girando no ciclo de violência?” O pastor Greg Laurie da Harvest Christian Fellowship, em Riverside,

Califórnia, não se lamenta sobre o assassinato de Bin Laden, especificamente, mas ele falou sobre a cosmovisão bíblica em autodefesa e retaliação em seu programa de rádio Um Novo Começo, na quarta-feira. Lendo Mateus 5:38-42 (“Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; e ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; e, se qualquer te obrigar a caminhar mil passos, vai com ele dois mil. Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes.”), Laurie enfatizou que os ensinamentos do Sermão da Montanha se aplicam a crentes e não são a norma para reger uma sociedade. “Deve um Cristão ser um pacifista completo? Não devemos nunca nos defender?” perguntou Laurie durante o programa. “Não, não existe um lugar para a autodefesa. Há um lugar para manter-se firme.” O pastor da mega igreja da Califórnia do Sul e evangelista apontou para Mateus 5:38, sobre um “olho por olho,” e êxodo 21:24, “olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé, queimadura por queimadura, ferimento por ferimento, contusão por contusão,” como o sistema de justiça cívico hebraico que os governos deveriam governar. Ele observou que o sistema jurídico limitou o julgamento para combinar a punição ao crime. Laurie apontou para Romanos 13, onde os crentes são instruídos a obedecer as autoridades, ou o governo, porque “Deus os criou.”

“Ele (policial ou soldado) é um servo de Deus, fazendo o bem,” disse Laurie. “Ele não carrega a espada. Ele é um servo de Deus e do agente da ira para trazer a punição para o que faz errado.” “Deus delegada vingança ou a aplicação da justiça ao governo, caso contrário, as pessoas más vão dominar e, portanto, segundo as Escrituras, governo, policiais e militares todos têm o seu lugar, um lugar que Deus ordenou,” disse ele. Laurie apontou que a Bíblia ainda chama os Cristãos a serem soldados (2 Timóteo 2:3) e disse que Deus nunca iria usar uma “profissão desonrosa” como um exemplo para os Cristãos seguirem. “Eu trouxe este assunto porque algumas pessoas dizem que a Bíblia ensina pacifismo. Jesus foi o último pacifista. Jesus foi o primeiro hippie, né? ‘Paz e amor, o homem. “Não, na verdade isso não é verdade,” disse Laurie.

❘❙ Ministerial

Christian Post

❘❙ Ministério da Mulher Moda Outono Inverno

O valor das doutrinas Quando nós paramos de levar a sério as verdades históricas da igreja, nós enfraquecemos nosso testemunho, geralmente com grandes consequências. “Nós caímos em um abismo no qual a reafirmação do óbvio é o primeiro dever do homem inteligente”. Escritas em 1939, as palavras de George Orwell parecem ser endereçadas aos líderes da igreja biblicamente iletrada de hoje. A coisa mais óbvia a ser dita sobre o Cristianismo é que ele se apoia em fatos históricos: a Criação, a Encarnação, e a Ressurreição. Desde que nossas doutrinas sejam uma reivindicação da verdade, elas não podem ser meros simbolismos. É importante lembrar a forma como celebramos a Ressurreição, que geralmente é ofuscada pelo esplendor da Páscoa. Para mim, é evidente que a doutrina é importante. Há alguns anos, eu visitei o Sri Lanka, logo depois de o bispo anglicano David Jenkins ter rejeitado a doutrina da Ressurreição como uma “brincadeira mágica com os ossos” (mais tarde foi revelado que ele havia citado um texto erroneamente). O líder do nosso ministério, que me acompanha palas prisões do país, disse que a notícia custou muitas conversões, porque budistas e hindus usaram isso para convencer as pessoas de que o Cristianismo é baseado em uma simples travessura. Claramente, quando nós paramos de lavar a sério as verdades históricas da igreja, nós enfraquecemos nosso testemunho, geralmente com grandes consequências. Por exemplo, grupos de estudantes islâmicos fazem proselitismo afirmando que os cristãos adoram três Deuses: Pai, Mãe, e Filho. De onde eles tiraram essa ideia? Dos cristãos egípcios do século VII, que abandonaram a Bíblia e abraçaram essa heresia. Um estudo do Pew Forum on Religion and Public Life, feito a alguns anos, revelou uma excessiva ignorância doutrinária entre os cristãos americanos. 57% das pessoas acreditam que pessoas que seguem outras religiões poderão usufruir a vida eterna. O resultado foi tão ines-

Jesus, quando ele administrou a justiça, derrubou as mesas dos cambistas no templo e os expulsou. Ele disse aos discípulos que os dias perigosos estão chegando quando pode precisar de espadas, disse Laurie. “Agora por que eles carregam espadas? … Para autodefesa,” disse ele. “Então isso é importante, Deus estabeleceu o governo humano para administrar a justiça. é aceitável para um Cristão se defender e exercer o seu direito.” “A Bíblia não diz que o Cristão deve ser uma espécie de capacho.” Mas enquanto o governo é responsável pela realização da justiça, os Cristãos são ensinados por Jesus no Sermão da Montanha para suportar injustiças pessoais em prol de ganhar alguém para Cristo. Os crentes devem tentar transformar seus inimigos em amigos e deixar o governo lidar com a parte da justiça.

perado que o fórum repetiu o estudo, perguntando questões mais específicas. As respostas permaneceram inalteradas. Surpreendentemente, cerca da metade disse que qualquer um, inclusive ateus, irão para o céu. Céu para o ateu? Essa é a antiga heresia do universalismo. A indiferença às verdades do evangelho é percebida em outras esferas também, como entre as pessoas que é defendem os “fatos, e não a crença”, e na infinita discussão sobre as novas formas de “entender” ou “fazer” teologia. Alguns aderem à antigas heresias, que dizem que as doutrinas devem ser extraídas de experiências íntimas, de sentimentos pessoais. Isso é uma versão do Gnosticismo. Há aqueles que querem adaptar o Cristianismo a era pós-moderna, ou desenvolver sua teologia publicamente com não-cristãos, ajudando a formular o resultado. Sim, nós precisamos contextualizar a mensagem para que as pessoas do nosso tempo e cultura entendam a verdade que nós proclamamos. Mas isso é radicalmente diferente de mudar a verdade cristã que os pais da igreja definiram em seus concílios. Como um repórter noticiou, mesmo quando os cristãos conhecem as doutrinas verdadeiras, eles temem dizer a verdade com receio de ofender os outros. Por quê eu deveria impor minha verdade aos outros? é um pensamento que define muitos de nossos crentes. É por isso que J. I. Packer, no seu octogésimo aniversário, disse que o grande desafio dos evangélicos é recatequizar nossas igrejas. Mais do que nunca, os cristãos precisam ter a capacidade de falar corajosamente sobre a esperança que eles escondem dentro de si. É claro que a fé pessoal é importante, mas não é suficiente. E sim, a doutrina tem sido ensinada de forma seca e insatisfatória. Mas como Dorothy Sayers notou, uma vez que nós en-

tendemos o que as doutrinas cristãs ensinam, “O dogma é o drama”. A determinação de restaurar a fé ortodoxa - a fé que “de uma vez por todas foi entregue” (Jd 1.3) – nos leva a Reforma, de quem nós somos herdeiros. Uma nova ênfase na doutrina ortodoxa poderia, também, transformar a igreja e a cultura atual. Há alguns anos eu visitei Atenas e escalei uma rocha chamada Monte de Marte. Eu fiquei no lugar onde eu imaginava que Paulo tinha se confrontado no Areópago, o sábio homem no centro cultural do mundo. Paulo desafiou os atenienses referindo-se à sua própria cultura e seus falsos altares, e depois pregou o evangelho, proclamando que Deus havia ressuscitado Jesus dentre os mortos. É a mesma mensagem que eu prego nas prisões hoje em dia. Eu penso que é bem mais divertido

permanecer em uma crença que dura dois mil anos do que pular de uma para outra. Poucas pessoas aceitaram o convite que Paulo fez naquele dia para seguirem Cristo. Mas bilhões seguiram Paulo desde aquela época porque Cristo tem um poder inevitável. Ele tem o poder de impedir que Satanás controle nossas almas e de transformar alegremente nossas vidas. Orwell estava certo: em uma crise, nós geralmente temos o dever de reafirmar o óbvio. E a Páscoa é um bom momento para os cristãos reverem sua confusão doutrinária, irmã das verdades óbvias do Cristianismo. O maior desafio dos cristãos atuais é não reinventar o Cristianismo, mas descobrir seus ensinamentos mais importantes. Charles Colson e Anne Mors

Oportunidade para encontrar roupas modestas

T

odo ano a indústria da moda nos apresenta pelo menos 2 tipos de roupas – as da moda Primavera-Verão e as da moda Outono-Inverno. É comum que tenhamos muita dificuldade em encontrar roupas decentes, que atendam aos requisitos de modéstia cristã. Então gostaríamos de deixar uma dica especial para as mulheres que sentem essa dificuldade. A moda Outono-Inverno geralmente apresenta modelos mais decentes, e possíveis de serem usados ao longo de todo o ano, e não só nessas estações. Roupas com manga e bom comprimento são facilmente encontradas nesse período. Uma dica importante é fugir dos modismos (xadrez, babados, entre outros) que tendem a sofrer grandes alterações de um ano para o outro. “Não devem os cristãos dar-se ao trabalho de se tornar objeto de estranheza por se vestirem diferentemente do mundo. Mas se, em harmonia com sua fé e dever em relação ao seu traje modesto e saudável, eles se virem fora de moda, não devem mudar sua maneira de vestir a fim de serem semelhantes ao mundo. Devem, porém, manifestar uma nobre independência e coragem moral para serem corretos, mesmo que todo o mundo deles difira. Se o mundo introduzir uma moda de vestuário modesta, conveniente e saudável, que esteja de acordo com a Bíblia, não mudará nossa relação com Deus ou com o mundo, o adotarmos essa moda de vestuário. Devem os cristãos seguir a Cristo, conformando seu traje com a Palavra de Deus. Devem fugir dos extremos. Devem humildemente seguir um procedimento retilíneo, independente de aplauso ou de censura, e devem apegar-se ao que é direito, pelos simples méritos do direito.” Mensagens Escolhidas, vol. 2, p. 476, e 477 Karyne M. Lira Correia


Primeiro Caderno - 5

Maio/2011

❘❙ Mundo Gospel

Livros seculares sobre viagens ao céu e encontros com Jesus tornam-se moda

E

le tem cabelo castanho e tem cabelo no rosto. E os olhos dele… Ah, papai, os olhos dele são tão bonitos!”Foi assim, de um jeito tipicamente infantil, que o garoto americano Colton Burpo descreveu Jesus Cristo após encontrá-lo durante uma suposta viagem espiritual. Colton tinha apenas 4 anos de idade e viveu essa experiência ao fazer uma cirurgia para a retirada de um apêndice rompido. Ele afirma ter visitado o Céu, conhecido o filho de Deus e também sua irmãzinha. Tudo isso em apenas três minutos. Aí é que está o detalhe que levou muita gente a acreditar no garoto, hoje com 12 anos: essa irmã não chegou a nascer porque sua mãe sofreu um aborto espontâneo e Colton era muito pequeno para ter consciência

do fato. Impressionado com as descrições do menino, o seu pai, Todd Burpo, que é um pastor protestante, decidiu contar tudo o que ouviu dele no livro “O Céu é de Verdade – O Impressionante Relato do Menino que Foi ao Céu e Voltou para Contar” (Thomas Nelson Brasil), feito em coautoria com a escritora Lynn Vincent, hoje no topo da prestigiada lista de best-sellers de não ficção do jornal “The New York Times”. Nos EUA foram vendidos mais de três milhões de exemplares. No Brasil, a primeira tiragem foi de 20 mil livros e uma segunda já está sendo preparada. Inocência Supõe-se que um dos trunfos do livro seja a maneira ingênua como Colton descreve Jesus e suas experiências no Paraíso, típica de

uma criança à qual falta o pleno domínio do vocabulário. “Ei, papai, você sabia que Jesus tem marcadores?”, pergunta o menino, sem saber explicar de outra maneira as marcas da crucificação nas mãos e nos pés de Cristo. E continua: “Ele tem um cavalo. Sim, um cavalo da cor do arco-íris. Eu fiz carinho nele. Tem muitas cores lá.” No passeio de alguns minutos no Céu, o menino também teria conhecido um bisavô já falecido. Por informações como essa, os pais acreditaram em cada palavra. E, pelo visto, muitos leitores também. A surpresa com o sucesso desse relato só não é maior porque o filão de livros sobre a possibilidade de vida em outra dimensão já demonstra vigor há algum tempo. Outra criança que teria passado por

Fiéis da Igreja Renascer querem ir a justiça retirar Ap. Estevam Hernandes da liderança e fazer auditoria nas contas da denominação U

m grupo de membros da Igreja Renascer em Cristo entrou em contato com a Folha Renascer, site de membros da denominação, para pedir ajuda ao site. O pedido foi simples: afastar o apóstolo Estevam Hernandes, Bispa Sonia Hernandes, Bispo Geraldo Tenuta, Bispo Lalá e outros bispos e pastores da administração. O motivo do pedido foi devido as dívidas que a igreja tem com os donos dos templos, segundo levantamento só em São Paulo existem quarenta ações na justiça de despejo por falta de pagamento dos alugueis. A súplica foi reforçada no ultimo domingo por um presbítero da igreja que pediu para ajudar o grupo afastando a atual liderança das funções financeiras da igre-

ja. Segundo o presbítero, seria feito uma ação coletiva pedindo auditoria nas contas da Renascer: “O que não pode é ver as dívidas crescendo e a igreja pedindo desafios para compra de mesa de som digital. Que inversão de valores! As famílias dos donos dos imóveis estão com dificuldades financeiras e precisam do dinheiro.” disse. P rocurado Igor da Mota, administrador da Folha Renascer descartou qualquer iniciativa do site em ajudar o grupo: “Não existe essa possibilidade muito menos de participar de uma ação judicial, isso seria humilhante para ambas as partes. Nossa posição já foi passada

ao grupo, não compactuamos com essa ideia.” afirmou. A assessoria de imprensa da Igreja Renascer não comentou a notícia. Folha Renascer

Bancada Evangélica age e votação da PLC 122 é adiada sem previsão de retorno O

projeto de Lei 122/2006 seria votado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado, mas a pressão da bancada evangélica fez com que a votação fosse adiada sem previsão de ser retomada. Alguns representantes da Frente Parlamentar Evangélica presentes à sessão alegaram que é necessário realizar audiências públicas, porque o projeto não teria sido suficientemente discutido no Congresso. “Precisamos debater à exaustão, sem privilegiar ninguém. Há pelo menos 150 milhões de brasileiros que não foram ouvidos”, disse o senador Magno Malta (PR-ES). O texto do PL 122 é de autoria da ex-deputada Iara Bernardi (PT-SP) e tramita há dez anos no Congresso, mas

somente em 2006 foi aprovado no plenário da Câmara. A intenção da senadora Marta Suplicy (PT-SP) que o desarquivou e virou sua relatora, era aprovar a PL até a próxima semana, quando começa as comemorações do Dia Nacional de Combate à Homofobia, data comemorada no dia

17 de maio e que vai movimentar a Esplanada em Brasília. BATE BOCA Na saída da sessão a senadora do PT concedeu uma entrevista aos jornalistas e o deputado Jair Bolsonaro exibiu uma cartilha do Ministério da Educação (MEC), expondo o Plano Nacional de Promoção à Cidadania GLBT, o que ele considera algo “moralmente ofensivo à sociedade”. Exaltada, a senadora Marinor Brito deu um tapa no livreto e acusou Bolsonaro de ser “criminoso”. Bolsonaro retrucou chamando-a de “heterofóbica” e os dois trocaram ofensas e xingamentos. Gospelprime

Igreja Batista da Lagoinha apresenta projeto da construção de mega templo para 35 mil pessoas

O

Pr. Márcio Valadão apresentou no culto da manhã de ontem (1º) o projeto do novo templo da Igreja Batista da Lagoinha que será construído na Avenida Antônio Carlos, em Belo Horizonte. As obras se iniciarão em breve, e tem inauguração prevista para o final de 2014, ano que acontecerá no Brasil a Copa do Mundo. O Novo templo terá capacidade para 35 mil fiéis e contará com uma a praça de alimentação de 7 mil m² e uma torre de oração de 23 metros de altura. A igreja Batista da Lagoinha tem uma visão de alcançar até dezembro de 2020, dez por cento da população belo-horizontina, algo em torno de 250.000 pessoas. hoje a igreja conta com 45 mil membros, aproximadamente, e mais de 150 ministérios, incluindo projetos assistenciais que servem a população em várias áreas. Amigos DT

EM MEIO A ENCHENTES, IGREJA UNIVERSAL É ARROMBADA PARA VIRAR ABRIGO PARA AS VÍTIMAS Em estado de calamidade pública, Água Preta, a 130 km do Recife, na Zona da Mata Sul, está com cerca de 25% da população de 33 mil habitantes desabrigada ou isolada por causa das enchentes ocorridas nesta semana. Na quinta, o prefeito Eduardo Coutinho mandou a polícia arrombar uma Igreja Universal para abrigar quem perdeu suas casas para as chuvas. “Não tínhamos mais espaço e me vali do decreto de calamidade pública, que me deu respaldo judicial”, conta. “Arrombamos.” Já Brasilino Aurino da Silva, de 79 anos, aposentado rural e assentado do Engenho Camurim Grande, na zona rural, teve de sair de helicóptero. Foi a única forma de ser levado para fazer hemodiálise no hospital da cidade. Está na casa de uma filha, em Água Preta, mas, apesar do cuidado, preferia não ter saído do sítio. “Bom é estar na casa da gente.” “Saí de casa com a água no peito”, conta Lindalva Maria da Silva, de 51 anos, que morava no bairro do Forrozão, na parte baixa da área urbana. Quando chove muito, Lindalva já entra em pânico. Paciente, não parece se importar com a falta de conforto e de privacidade no assentamento. “Só saio daqui depois do inverno.” Estadão

uma experiência de quase morte e recordado de tudo o que viveu em outro plano foi o americano Alex Malarkey, de 6 anos. Ele se tornou tema de documentário feito para a tevê nos EUA, baseado no livro “The Boy Who Came Back From Heaven” (O Menino que Voltou do Céu, ainda sem tradução no Brasil), sobre o que aconteceu com ele. Em Hollywood, o interesse por essas narrativas gerou recentemente o ótimo drama “Além da Vida”, de Clint Eastwood, filão que já provou a sua força no Brasil com a recente safra de filmes centrados no líder espiritual Chico Xavier. Apenas o longa “Nosso Lar”, inspirado na obra homônima do médium, superou os três milhões de espectadores. Livros e Pessoas

Anna Carolina Jatobá vira evangélica e prega para as detentas no presídio nna Carolina Jatobá, de 29 anos, está presa há três anos A em regime fechado, condenada juntamente com o marido Alexandre Nardoni, 33, por asfixiar e jogar pela janela Isabella Nardoni, de 5 anos, na noite de 29 de março de 2008. Após ser presa, Anna teria se convertido evangélica, ela prega algumas vezes para algumas detentas de um grupo. Na próxima terça-feira três desembargadores vão se reunir na 4ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo para julgar o requerimento que pode resultar na anulação da pena de 31 anos imposta para ele e de 26 para ela. Os desembargadores podem ainda decidir por uma redução da pena ou mesmo deixar tudo do jeito que está. Alexandre e Anna Carolina estão presos em penitenciárias no município de Tremembé, a 140 quilômetros de São Paulo. Ambos estão adaptados à rotina no presídio e trabalham para reduzir a pena. Enquanto ele atua na lavanderia, a madrasta de Isabella conseguiu colocação na cozinha. Segundo informações do jornal O Estado de

Minas, Anna Carolina virou evangélica e faz pregações nos momentos em que está em grupo. Ela tem recebido visitas esporádicas do pai, Alexandre Jatobá. Já o pai de Isabella recebe visitas de parentes e advogados com mais frequência. Os dois filhos de Anna Carolina e Alexandre Nardoni também visitam os pais uma vez por mês. Corrigido de Gospelprime


Maio/2011

6 - Primeiro Caderno

Concílio Ministerial 2011 O

Concílio Ministerial 2011 será um encontro espiritual de inspiração e capacitação, para renovação do compromisso com Jesus, a igreja e sua missão. Cerca de quatro mil pastores participarão deste primeiro encontro, concentrando toda a equipe de ministros da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista (DSA) em um só evento. Quem participará Pastores distritais, associados, capelães de instituições educativas e médicas, preceptores, professores de teologia, líderes de instituições, departamentais, e administradores. Todo pastor ou dirigente que exerce uma função pastoral. Objetivos O objetivo é que os pastores estejam lá conforme a visão administrativa da DSA. Pela urgência da necessidade de reavivamento e reforma na igreja. Reavivamento este, que

deve começar com os ministros e se estender a todos os membros. Pelos muitos que sofrem sem esperança. Nós a temos e, portanto, somos responsáveis por compartilhá-la. Para unificar estratégias. Para cumprir o apelo de Jesus para que sejamos um, a fim de que o mundo creia. Para renovar nosso ministério. Para terminar a missão. Para ver a Jesus voltar. E mais: ■ Inspirar e renovar o ministério pastoral ■ Multiplicar a inspiração devocional da família do pastor, assim como em toda a igreja ■ Aprofundar a experiência de comunhão com Deus e dedicação no cumprimento da missão ■ Prestar atenção no pastor, sua vida pessoal, familiar e profissional ■ Dar ênfase no programa de ação do pastor e da igreja ■ Trabalhar pela formação teológica e integral do pastor

Temática Será desenvolvida uma temática variada, relevante e prática. Com a presença de líderes mundiais da igreja, grandes pregadores e teólogos. Teremos devocionais, plenárias, seminários fixos, rotativos e específicos. Notícias das uniões, homenagens e destaques no trabalho do pastor em seu distrito. Tempo especial de oração, comunhão, louvor, integração e impacto missionário na cidade de Foz, com intuito de distribuir, em duas horas, 60 mil livros Ainda Existe Esperança. Os responsáveis A responsabilidade pela administração do evento está a cargo da DSA, sob liderança do pastor Erton Köhler, presidente da Divisão Sul-Americana, com a ajuda da Associação Ministerial e todos os departamentos, áreas de serviço e instituições da DSA, com a participação de todas as uniões.

Inscrições para Concílio Ministerial abrem no próximo dia 25 de abril As inscrições para o Concílio Ministerial 2011, em Foz do Iguaçu (Paraná – sul do Brasil) abrem oficialmente no próximo dia 25 de abril, às 15 horas (horário de Brasília) online. Segundo o pastor Marcos Bomfim, secretário ministerial associado da Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países sul-americanos, a temática de reavivamento e reforma será percebida logo no início da programação. Cada um dos quase quatro mil participantes receberá um exemplar de uma obra de Ellen White sobre o tema. Este material será utilizado para estudo em grupos de oração. Além disso, segundo o pastor, em cada hotel onde estarão hospedados os pastores haverá uma sala disponível para momentos de comunhão entre 5h30min e 6h30min. Os principais eventos do Concílio 2011 Unidos na Espe-

rança terá transmissão pelo Canal Executivo da Novo Tempo. De 24 a 28 de maio, todos os pastores adventistas de oito países sul-americanos terão a oportunidade de participação de capacitações e orientações voltados, também, à vida familiar com palestras preparadas neste sentido. Além dos devocionais diários, estão previstos seminários fixos e seminários rotativos, levando em conta os diferentes grupos de pastores presentes. “Estamos preocupados com o bem-estar integral de nossos pastores que enfrentam dificuldades em seu cotidiano e estarão todos juntos, nesta oportunidade, para compartilhar experiências e ouvir boas orientações”, afirma o pastor Bruno Raso, secretário ministerial e organizador geral do Concílio. Felipe Lemos

PALESTRANTES Conheça alguns dos palestrantes que estarão no Concílio 2011 Heather-Dawn Small, diretora dos Ministérios da Mulher da Associação Geral

■ Heather-Dawn Small atualmente ocupa o cargo de diretora do Ministério da Mulher da Associação Geral da IASD. É esposa do Pastor Joseph Small e mãe de dois filhos adultos, a filha Dalonne e

o filho Jerard. Antes de vir para a Associação Geral, em 2001, ela dirigia o departamento da Criança e Adolescente, além do Ministério da Mulher para a União do Caribe, localizada na República das ilhas gêmeas de Trinidad e Tobago, durante cinco anos. Heather-Dawn ama as viagens aéreas, leitura, bordado, scrapbooking, e colecionar selos e ela gosta de ministério para as mulheres. Como ela viaja pelo mundo, ela tem três paixões – ver mais mulheres envolvidas em evangelismo, encorajar as mulheres a se envolver no ministério aos necessitados – especialmente as mulheres jovens. Ela gosta de compartilhar a alegria que Deus lhe deu, apesar de muitos desafios da vida. Sua palavra favorita é “alegria” e sua frase favorita é “Não deixe que ninguém roube sua alegria.”

Pr. Kleber O. Gonçalves, fundador da IASD Nova Semente ■ Nascido em Curitiba, PR, Kleber O. Gonçalves concluiu o Bacharelado em Teologia pelo SALT-IAE em 1991. Após sua ordenação, mudou-se para os Estados Unidos com o objetivo de prosseguir os estudos em nível de pósgraduação. Em 1998, obteve a equivalência ao Mestrado em Divindade (MDiv) na Andrews University. Em 2000, formou-se no Mestrado em Administração Eclesiástica (MSA) pela Escola de Administração da mesma universidade. Cincos anos mais tarde, concluiu o Ph.D. em Missiologia através do Seminário Teológico Adventista, também pela Andrews University. Sua dissertação doutoral tem como foco principal o impacto do contexto Pós-Moderno na Missão Urbana da igreja. Em 2005, após a conclusão desse período de aperfeiçoamento acadêmico, aceitou o chamado da Associação Paulistana para plantar uma nova igreja em seu território. Nasceu assim a IASD – Nova Semente: um projeto evangelístico focado em pessoas seculares/pós-modernas na região metropolitana de São Paulo. Atualmente, além de pastor-fundador da Nova Semente, ele também tem servido como professor visitante de Missiologia para os seminários da Andrews University, EUA; Universidade de Montemorelos, México; UNASP – Engenheiro Coelho, SP e IAENE – Cachoeira, BA. Adicionalmente, é um dos editores regionais do Journal of Adventist Mission Studies, publicado pelo Departamento de Missões da Andrews University. É casado com Nereida, e juntos têm três filhos: Isabella, (9), Nichollas (7) e Gabriella (4).

Richard Davidson, membro da Society of Biblical Literature ■ Richard M. Davidson é professor de Interpretação do Antigo Testamento no Seminário Teológico Adventista da Andrews University, em Berrien Springs, Michigan, EUA e pertence ao corpo docente da Andrews desde 1979. Nascido na Califórnia, Davidson frequentou a Loma Linda University, graduandose com o Bacharelado em Teologia. Dois anos mais tarde, obteve o seu Mestrado em Divindade, summa cum laude (com distinção), pelo Seminário Teológico Adventista da Andrews University.

Recebeu também o seu doutorado em Estudos Bíblicos pela Andrews, em 1981. Sua tese doutoral teve como título: Typological Structures in the Old and New Testaments, e foi publicada recentemente [em inglês] com o título: Typology in Scripture. Antes de ir para a Andrews, Davidson serviu como pastor associado da Igreja Adventista em Phoenix, no Arizona, e como pastor da Igreja Adventista de Flagstaff por mais de cinco anos. Foi ordenado ao ministério em Prescott, Arizona, em 1974. Davidson é , da Evangelical The-

ological Society e da Adventist Theological Society. Apresentou mais de setenta trabalhos científicos em reuniões profissionais dessas sociedades e em outros locais. Davidson escreveu inúmeros artigos para publicações de referência e para publicações denominacionais, como também vários capítulos em livros científicos. Esses textos podem ser acessados em seu site (www.andrews.edu/~davidson). Há outras publicações de sua autoria também, como: A Love Song for the Sabbath (Review and Herald Publishing Association, 1988), In

the Footsteps of Joshua (Review and Herald Publishing Association, 1995), Biblical Hermeneutics (in Romanian; Editura CARD, 2003), e Flame of Yahweh: Sexuality in the Old Testament (Hendrickson Publishers, 2007). É casado com Jo Ann Mazat Davidson, também professora do Seminário Teológico. O casal tem uma filha, Rahel, e um filho, Jonathan. Davidson tem como divertimentos preferidos pegar uma mochila e escalar montanhas a pé ou de bicicleta, esquiar e jogar tênis.

Williams Costa Jr, Diretor de Comunicação da Associação Geral ■ Nascido na cidade de Recife-PE, Nordeste do Brasil. Com 18 anos foi para São Paulo aonde concluiu 3 Faculdades de Música: Graduação de Piano, Composição e Mestrado em Educação Musical. Em 1972, com 20 anos começou a trabalhar para a Igreja Adventista como Professor de Música. Aos 25 anos concluíu o Curso de Mestrado em História da Música e Composição na Universidade de Andrews, Berrien Springs,

MI. Em 1987 iniciou um Centro de Produções Artísticas no Brasil e 4 anos depois foi convidado para trabalhar na Voz da Esperança no Brasil. Por 9 anos foi o Diretor Associado do programa Está Escrito em Português. Instituiu o Canal da Esperança em Português três anos antes do início da Hope Channel, nos Estados Unidos. Após 8 anos e meio em que atuou como Diretor da Rede Adventista de Televisão na Divisão

Sul-Americana, foi chamado para ser o Diretor de Comunicações da Divisão Sul-Americana. Em 2007 foi chamado como o diretor adjunto do Departamento de Comunicações da CG, e em julho, a Igreja o nomeou Diretor do Departamento de Comunicação da Conferência Geral. Realizou mais de 200 semanas de oração e evangelismo. Tem mais de mil criações musicais e arranjos para coro solo, compositor e orquestra. Publicou dezenas de arti-

gos em revistas denominacionais, especializada na área da música e da comunicação. É casado há 36 anos com Sonete. Eles têm três filhos: Carolina, 33, escritora e professora da Universidade de Adventista de São Paulo, Wilton, 31 anos, Chefe do Estúdio de Vídeo da Escola de Comunicação da Universidade Adventista de São Paulo e Laura Morena, 23 , Professora e cantora. Carolina é a mãe dos netos Lucas, 4 anos, e Davi, 1 ano.

Serão mais de 20 palestrantes. Entre eles Pastor Ted Wilson, presidente da Associação Geral e Pastor Mark Finley, evangelista e Assistente da Presidência, trabalhando meio período no projeto do Reavivamento e Reforma.


Primeiro Caderno - 7

Maio/2011

Concílio Ministerial 2011 Música inédita para Concílio

PROGRAMAÇÃO COMPLETA Terça-feira, 24 de maio Abertura:19h00-22h00 (AUDITÓRIO) ! Presidentes e ministeriais DSA e Uniões ! Sermão – Ted Wilson ! Grupos de Oração Quarta-feira, 25 de maio Tema central: A Vida do Pastor ! 8h20-9h30 – Devocional – Mensagem: Jerry Page - Local: AUDITÓRIO ! 9h30-10h30 – Plenária I – Desafios do Ministério no Século 21: - Local: AUDITÓRIO !11h00-13h00 – Seminários fixos e rotativos em Português e Espanhol !13h00-14h30 – Almoço !14h30-15h30 – Plenária – Una Vision profética del ministério adventista: George Knight (AUDITÓRIO) !16h00-18h00 – Seminários fixos e rotativos em Português e Espanhol !18h30-19h30 – Relatórios – Local: AUDITÓRIO !19h30-20h15 – Desafio final: Mark Finley - Local: AUDITÓRIO ! 20h15-21h30 – Jantar Quinta-feira, 26 de maio Tema Central: O programa do pastor e da igreja ! 8h30-9h30 – Devocional – Men-

sagem: Derek Morris - Local: AUDITÓRIO ! 9h30-10h30 – Plenária – O Pastor como homem de Deus – os desafios da vocação e da comunhão: Jerry Page - Local: AUDITÓRIO !11h00-13h00 – Seminários fixos e rotativos em Português e Espanhol !13h00-14h30 – Almoço !14h30-15h30 – Plenária – Os Pequenos Grupos como estilo de vida: Russell Burrill - Local: AUDITÓRIO !16h00-18h00 – Seminários fixos e rotativos em Português e Espanhol !18h30-19h30 – Relatórios – Local: AUDITÓRIO !19h30-20h15 – Desafio final: Mark Finley - Local: AUDITÓRIO !20h15-21h30 – Jantar Sexta-feira, 27 de maio Tema Central: Formação do pastor ! 8h30-9h30 – Devocional – Mensagem: Ella Simons - Local: AUDITÓRIO !9h30-10h30 – Plenária V – Desafios Teológicos Contemporâneos: Angel M. Rodríguez - Local: AUDITÓRIO !11h00-13h00 – Seminários fixos e rotativos em Português e Espanhol !13h00-14h30 – Almoço

!14h30-15h20

– Plenária Plantio de Igrejas: Russell Burrill - Local: AUDITÓRIO !15h20-16h10 – Plenária – Reavivados para cumprir a missão: D. Nelson - Local: AUDITÓRIO !19h00- Jantar !20h15-21h15 – Relatório – Local: AUDITÓRIO !21h15-22h00 – Desafio final: Mark Finley - Local: AUDITÓRIO Sábado, 28 de maio Celebrando com o Pastor dos pastores !09h00-10h15 – Escola Sabatina – Local: AUDITÓRIO ! 10h15-12h00 – Culto divino – Mensagem: Ted Wilson - Local: AUDITÓRIO !12h00-14h00 – Almoço !14h30-17h00 – Impacto Foz do Iguaçu !17h30-19h30 – Evangelismo Integrado: Erton Köhler - Local: AUDITÓRIO !20h00-21h00 – Jantar Programação sujeita alterações. Em breve mais informações sobre os seminários fixos, específicos e rotativos.

Bíblia do Pastor Adventista será entregue para participantes do Concílio

D

urante o primeiro Concílio Ministerial sul-americano, nos dias 24 a 28 de maio, será entregue aos pastores inscritos uma edição da Bíblia do Pastor. Segundo o pastor Bruno Raso, secretário ministerial e organizador geral do evento, além de ser uma lembrança do primeiro Concílio Ministerial Sul-americano, Pastor Bruno Raso, secretário ministerial e coordenador geral do Concilio.

esta Bíblia será uma ferramenta de trabalho para os pastores. “É uma Bíblia inédita, não por sua versão, mas pelos anexos que existem nela. Pensamos em todas as situações em que um pastor precisa usá-la e criamos auxiliares inéditos para facilitar o seu trabalho”, comenta. A versão da Bíblia do Pastor Adventista é a Revista e Atualizada,

e os anexos auxiliares são: série de estudos bíblicos do Pastor Mark Finley; versos bíblicos específicos para situações especiais; sugestão para leitura coordenada da Bíblia e Espírito de Profecia; sugestões de programas de cerimônias especiais (batismos, casamentos, funerais, etc); diagramas proféticos e tabelas explicativas sobre profecias; resposta baseadas na Bíblia às objeções e o Hinário Adventista. “Em uma das páginas dos anexos contem um Código de Ética do Pastor Adventista que será assinado pelo novo dono da Bíblia”, completa o pastor Bruno Raso. O Concílio Ministerial 2011 Unidos na Esperança acontecerá na cidade paranaense de Foz do Iguaçu (sul do Brasil) e terá a participação de diversos diretores de departamentos da Associação Geral da Igreja Adventista, incluindo o pastor Ted Wilson, presidente mundial. Cerca de 4 mil pastores adventistas de oito países sul-americanos estarão reunidos para momentos de treinamento e reflexão sobre sua vida pessoal, profissional e seu papel como missionários nos tempos atuais.

Uma música inédita será cantada nos momentos de louvor durante o Concílio Ministerial da DSA. O Pastor Williams Costa Jr, que é o compositor da música e líder de Comunicação da Associação Geral, será o responsável pelos momentos de louvor do concílio. Williams disse que é uma “música de louvor e adoração sobre ‘Jesus’” ele já está “trabalhando a tradução

para o espanhol”. Para ele, “será um privilégio unirmos nossas vozes reconhecendo a soberania de nosso Criador, Mantenedor, Salvador e Redentor.” Costa Jr. ainda recomenda que todos baixem o arquivo da música e o deixem no carro, iPhone, iPod e outros lugares para ouvir e memorizar. Em um dos próximos informativos será enviada também a partitura musical.

Simpósio Teológico terá transmissão pela Internet O Simpósio Bíblico-Teológico Sul-Americano, que acontece de 20 a 23 de maio, em Foz do Iguaçu (Paraná), terá transmissão pela web no site do Concílio Ministerial Unidos na Esperança. A nona edição do Simpósio é promovida pelo Seminário Latino-Americano de Teologia (SALT). Segundo o reitor do SALT, pastor Alberto Timm, o Simpósio é aberto a professores de teologia, redatores de editores adventistas, profissionais de instituições adventistas, administradores adventistas e a todos que possuem interesse teológico. O tema geral, em

2011, será Pneumatologia: Pessoa e Obra do Espírito Santo. Todas as palestras apresentadas por convidados de vários países serão publicadas em forma de livro pelas editoras Casa Publicadora Brasileira (Brasil) e Asociación Casa Editora Sudamericana (Argentina) para posterior pesquisa. “É um programa com profundas apresentações de conteúdo teológico que ajudam a embasar o trabalho dos participantes, sobretudo pastores”, comenta o pastor Timm. Felipe Lemos

Pastores vão entregar 40 mil livros em Foz do Iguaçu Durante o Concílio Ministerial 2011, que acontece de 24 a 28 de maio no sul do Brasil, os mais de 3.700 pastores adventistas deixarão, por alguns momentos, as palestras e seminários para se envolver com uma ação prática. Segundo o pastor Almir Marroni, diretor da área de Publicações da Igreja Adventista para oito países sul-americanos, no último dia de atividades serão distribuídos 40 mil exemplares do livro missionário Ainda Existe Esperança, de autoria do

pastor Enrique Chaij, na comunidade local. “Nossa ideia é levar este livro, que fala da esperança em Cristo Jesus, a todos os lares da cidade de Foz do Iguaçu, um município estratégico do sul do Brasil”, comenta Marroni. Ações semelhantes a esta têm ocorrido em outros países, mas o diferencial desta ação será a participação intensa de todos os pastores adventistas do território abrangido pela Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Transmissão Canal Executivo

O

s principais programas e seminários do Concílio Ministerial terão transmissão Via Satélite, pelo Canal Executivo da TV Novo Tempo e pela internet. Aqui no site também será possível ter acesso a esta facilidade, que além

de tornar o programa acessível aos familiares de pastores participantes, aos demais pastores de língua portuguesa e hispana por todo o mundo, além de líderes de igrejas e estudantes de teologia dos seminários adventistas.

Agora você pode realizar este sonho por apenas 600 reais por mês, sem precisar fazer vestibular você poderá ingressar no mês de fevereiro ou no mês de agosto de cada ano, deste jeito fica impossível não realizá-lo. A UNIVERSIDADE UNIVALLE, abre as suas portas para 10.000 alunos de varias nacionalidades a cada ano. Neste ano comemora 23 anos com milhares de profissionais espalhados pelo mundo. A Universidade UNIVALLE, tem como filosofia a missão de ensinar com responsabilidade, compromisso, dedicação para formar excelentes profissionais. Sendo a maior universidade da Bolívia, é única com hospital próprio, reconhecida pelo MERCOSUL, com sede na cidade de Cochabamba e possuem filiais em varias outras cidades. Para vocês terem uma idéia, nesta cidade vivem mais de 10 mil estudantes de medicina, fazendo com que os brasileiros se sintam em casa, sem barreira para língua. Agora você conta com uma representante brasileira da Univalle para facilitar o seu ingresso no curso de medicina, onde todas suas duvidas serão esclarecidas pela representante Elenice.

Contato: e-mail: univallerio@gmail.com univallerio@univalle.edu

Brasil: (021) 8288-1890 Bolívia: (00xx591) 7974-8220


Maio/2011

8 - Primeiro Caderno

❘❙ Agente da Esperança

As profissões que os jovens devem seguir

A

pesar de ainda faltar emprego para muitas pessoas no Brasil, em determinadas áreas sobram vagas e faltam profissionais qualificados. São nessas profissões que os jovens devem investir e se especializar visando um futuro promissor, de emprego garantido e boa remuneração salarial. Com a realização da Copa do Mundo do Brasil em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, o setor de Construção Civil promete ficar aquecido. Para sediar os eventos, a infraestrutura da cidade será melhorada, hotéis serão construídos, aeroportos serão modernizados e novos meios de transporte e locomoção serão implantados. O país carece de profissionais de Engenharia para a realização dessas obras. Além disso, o PAC e o fortalecimento do mercado imobiliário aumentam ainda mais a demanda por engenheiros civis no mercado. Todo e qualquer tipo de obra exige um engenheiro, e o profissional deve estar preparado para trabalhar nas mais diversas áreas, como construção residencial,

ferrovias, usinas hidrelétricas ou no sistema de saneamento. O Brasil é um país de belezas naturais e que atrai muitos turistas. Com a visibilidade internacional que o país ganhou devido a futura realização dos eventos esportivos mundiais, o setor de Turismo e Hotelaria está em grande crescimento, pois mais turistas estrangeiros querem conhecer o país. É fundamental que profissionais capacitados, que conheçam sua cidade e falem línguas estrangeiras estejam aptos para receber estes turistas. Os profissionais devem ser dinâmicos, criativos e organizados, que gostem de lidar com pessoas, estejam atualizadas com os acontecimentos mundiais e conheçam diferentes culturas. Além das profissões que vão crescer com a realização dos grandes eventos esportivos no país, o Brasil está investindo em diversos setores que ainda não são muito procurados nas faculdades. A área de Tecnologia da Informação, por exemplo, é um dos setores mais promissores do mercado de trabalho. O chamado T.I. alia informática e comunicação a tecnologia, e precisa de profissionais extremamente especializados.

Para atuar nesse ramo, é possível se graduar em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Tecnologia de Desenvolvimento de Sistemas, entre outros. O profissional de T.I. deve estar em constante atualização e ter um bom raciocínio lógico. Já o ramo de petróleo também está sendo muito explorado. O Brasil tem uma grande reserva de petróleo, principalmente no Rio de Janeiro, após a descoberta da camada pré-sal, e comercializa o seu petróleo com o mundo inteiro. Profissionais de Engenharia do Petróleo são absorvidos pelo mercado facilmente. Profissionais com formação em Engenharia Naval, Engenharia Ambiental e Oceanografia também podem trabalhar no ramo. Setores de linha de base, que não exigem formação superior, também estão com demanda em diversas áreas. Padeiros, pedreiros, operadores de telemarketing, eletricistas e torneiros mecânicos com experiência e boa qualificação muitas vezes não são encontrados por empresas que necessitam desses profissionais. Algumas chegam a buscar alunos dentro de faculdades ou de cursos de formação técnica, apenas para

garantir que, quando formados, eles venham a trabalhar para a empresa. Visando atrair profissionais, a Vale lista em seu site as dez principais profissões que tem demanda e dificuldade de encontrar pessoas qualificadas, são elas: geólogo, engenheiro de minas, engenheiro metalúrgico, analista de meio ambiente, engenheiro ferroviário, operador de ferrovia, maquinista, técnico em trilhos, técnico de mineração e técnico de via portuária. Outras empresas preferem formar seus próprios profissionais ou trazê-los de concorrentes, ao invés de procurar no mercado pessoas que atendam a qualificação necessária, devido à dificuldade de encontrá-los. Não falta emprego no Brasil. O que ocorre é uma má distribuição de profissionais. Muitas pessoas querem trabalhar em áreas que já estão sobrecarregadas, enquanto vários cargos estão disponíveis sem que haja profissionais para preenchê-los. Na hora de escolher uma carreira a seguir, o jovem deve fazer uma pesquisa de mercado para saber se há vagas na área em que escolheu. Porém, de nada adianta escolher uma faculdade que não goste apenas porque há facilidade

de encontrar emprego. Para ter um futuro promissor, o ideal é unir os dois: escolher uma profissão com a qual se identifique e que tenha um mercado de trabalho em expansão. Luis Mauro é diretor-executivo da Printscom Rádio e Televisão LTDA e ex-presidente da Associação Brasileira de Televisão em UHF (ABTVU).

Reportagem na mídia nacional destaca decisão do STF sobre horário de concursos públicos O

jornal Valor Econômico, um dos principais de negócios e mercado no Brasil, divulgou reportagem nesta quarta-feira, dia 4, sobre a decisão que o Supremo Tribunal Federal (STF) tomará em breve se os dias e os horários de concursos públicos podem ser alterados para garantir a liberdade religiosa. De acordo com a reportagem, assinada pela jornalista Maira Magro, “em respeito aos dias que consideram sagrados, seguidores de algumas crenças - como judeus, adventistas e testemunhas de Jeová - começaram a entrar na Justiça para pedir a adequação das datas de concursos públicos, provas, vestibular,

ou da jornada de trabalho. O debate ronda o Judiciário em centenas de ações, que ainda dividem os tribunais. Mas poderá ser pacificado em breve pelo STF, no julgamento de um processo de um integrante da Igreja Adventista envolvendo um concurso público do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região”. A reportagem fala do caso de Geismario Silva dos Santos que se inscreveu em 2007 no concurso para técnico judiciário em segurança e transporte. Na primeira etapa, foi aprovado em primeiro lugar. Mas para a avaliação física, sua prova foi marcada para o sábado. Como o sábado é considerado

sagrado para os adventistas, Geismario pediu transferência para o domingo - quando um outro grupo faria a mesma avaliação. Os organizadores do concurso negaram o pedido. Ele entrou na Justiça e conseguiu uma decisão favorável no próprio TRF. Com isso, conseguiu fazer as provas de aptidão física no domingo - e foi novamente classificado em primeiro lugar. Mas a União recorreu ao STF, e Geismario ficou impedido de assumir o cargo. O posicionamento da Corte suprema gera expectativa para outros religiosos, pelo fato de os ministros terem aplicado ao caso a repercussão geral e o resultado do

julgamento servir de orientação para os juízes e tribunais das instâncias inferiores. “A realização das provas em data e horário diferentes do estabelecido no edital fere o princípio da igualdade entre os candidatos”, argumenta Grace Mendonça, secretária-geral de contencioso da Advocacia Geral da União (AGU), ouvida pela reportagem do jornal Valor Econômico. O diretor jurídico da Igreja Adventista para a América do Sul, advogado Luigi Braga, explicou, na mesma reportagem, que o pedido não é por mudança de data dos concursos, mas para que se crie uma prestação alternativa.

Felipe Lemos, com informações do jornal Valor Econômico


Primeiro Caderno - 9

Maio/2011

❘❙ Sermão

O texto que analisaremos está no livro de Josué. “Eis que, vindo nós à terra, atarás este cordão de fio de escarlata à janela por onde nos fizeste descer; e recolherás em casa contigo a teu pai, e a tua mãe, e a teus irmãos e a toda a família de teu pai. Será pois que, qualquer que sair fora da porta da tua casa, o seu sangue será sobre a sua cabeça, e nós seremos sem culpa; mas qualquer que estiver contigo em casa o seu sangue seja sobre a nossa cabeça, se nele se puser mão”. (Josué 2:18 e 19) Este texto relata que o povo de Israel estava a ponto de conquistar a terra prometida. Este povo tinha chegado no limiar da terra sonhada. A promessa divina de que Deus entregaria a terra de Canaã para Israel estava a ponto de ser cumprida. Antes de entrar, porém, Josué, o valente sucessor de Moisés, enviou dois homens para espionar a terra e trazer informações. Estes dois homens se hospedaram na casa de uma prostituta chamada Raabe. E aquela mulher, em meio à miséria que vivia, enxergou a luz do evangelho e agarrouse desesperadamente ao único fio de esperança. Raabe fez um trato com estes homens. Ela os hospedou, os alimentou e os escondeu do rei de Jericó, que estava perseguindo-lhes. E quando chegou

com o sangue de Cristo, com a graça que vem da cruz; com a salvação; salvação que só vem de Jesus. Vamos analisar em detalhes esta história. Muita gente se preocupa porque Deus destruiu aqueles habitantes de Canaã. É um tema simples de entender, mas não é o assunto que trataremos aqui. Direi simplesmente que aqueles habitantes de Canaã tinham chegado, em sua experiência, a um ponto sem retorno. No capítulo 18 do livro de Levíticos nós encontramos retratada a situação moral daquele povo. Durante quatro séculos se afundou na miséria: quatro séculos de imoralidade. Deus não existia na vida deles. Cada um vivia do jeito que queria e assim ia se depravando e se deteriorando. As crianças nasciam e cresciam com essa mentalidade imoral. Era um povo que por não ter Deus em sua vida, não vivia, apenas sobrevivia; porque Jesus é a vida. O ser humano só vive quando está em comunhão com a pessoa-vida que é Jesus. Quando o homem se separa de Jesus, pode continuar respirando, mas já não tem vida. Tudo o que o homem viver longe de Jesus é um remendo de vida, é uma caricatura de vida, é um poço sem fundo. A vida sem Cristo não tem sentido. Você pode ter poder, dinheiro, fama e saborear todos os prazeres deste mundo, mas se você não tiver Jesus, não tem nada. É Ele quem dá sentido a tudo. Esta era a situação dos habitantes de Canaã. Mas a hora do juízo estava chegando. Morrer a fio da espada não seria problema. Há muito tempo eles

a hora de partirem, ela disse: - Eu reconheço que o povo de Israel é o povo de Deus. Eu vivo nesta miséria que vocês vêem, mas sei que o Deus de vocês é um Deus grande e quero esse Deus para mim. Eu sei que ninguém pode resistir ao exército de Deus. Eu sei que quando o exército de Deus invadir a terra, destruirá tudo, mas eu quero acreditar nesse Deus. Então, por favor, me ajudem, me tirem desta situação. Quando o povo de Deus entrar aqui, por favor, não façam mal a mim, nem a minha família. Tenho medo de morrer. Não podemos enfrentar a força do exército de Deus. Amigo, aqui está o exemplo de alguém que estava perdido, condenado à morte, mas suplicava graça. E os espiões de Israel entregaram à Raabe um cordão vermelho e lhe disseram: - Pendure este cordão vermelho na janela da sua casa. Quando o exército de Israel entrar, destruirá tudo conforme a ordem divina, mas a casa onde estiver o cordão vermelho não será tocada. Junta aí teu pai, tua mãe, teus irmãos, tua família. Não saiam da casa para nada. O exército destruirá tudo que encontrar a seu passo, mas a casa onde o cordão vermelho estiver, não será tocada. Alguns dias depois, o exército de Israel entrou na terra prometida. Os muros de Jericó caíram miraculosamente. Os homens de Israel entraram matando tudo a fio de espada. O sangue corria pelas ruas. A morte e a destruição tinham chegado para os habitantes daquela terra. Mas a casa com o cordão vermelho não foi tocada, ninguém mexeu. Lá na casa com o cordão vermelho havia um grupo de pessoas que se salvou por acreditar na mensagem que estava por trás do cordão vermelho. Amigo, esta mensagem tem a ver

não tinham vida; eles simplesmente respiravam. Parar de respirar num acidente, por um enfarte, com um câncer ou a fio de espada era o de menos. Esse era um simples detalhe. Mas chegou a hora do juízo para este povo. E Deus abriu as comportas e deixou que entrasse o exército destruidor. Se Deus, em Seu infinito amor, soubesse que havia uma esperança mínima para este povo, não o teria destruído. Mas era um povo que tinha chegado a um ponto que não tinha mais retorno. Ah, amigo, havia milhares e milhares de habitantes na cidade de Jericó, mas somente uma mulher acreditou na mensagem do evangelho. E essa mulher não era uma cidadã considerada honesta ou culta. Essa mulher não era uma mulher considerada pela sociedade como de bem. Era uma pobre prostituta. Vendia seu corpo na rua e era rejeitada pela sociedade. Era uma mulher sem esperança, sem futuro, acabada na miséria desta vida. Milhares de habitantes da cidade de Jericó se perderam. A única que se salvou foi uma pobre mulher que não tinha para onde ir, que se sentia acabada e no fundo do poço. O que o Senhor Jesus está dizendo hoje é que se você alguma vez pensou que não tem mais esperança, se você já lutou para sair da situação em que se encontra e não tem forças para fazê-lo, esta mensagem é para você. Sei que dentre as pessoas que estão fazendo esta leitura, há pessoas destacadas, empresários de uma conduta moral impecável, admirados pela sociedade, gente de bem, jovens universitários que nunca fizeram mal a ninguém. Isto é gratificante, sabe por quê? Porque geralmente só pessoas desesperadas procuram Jesus, mas a verdade é que todos precisam dEle.

“A Bíblia registra a história da destruição de Jericó. Naquela ocasião as únicas pessoas que se salvaram foram as que estavam na casa de Raabe, a prostituta.” QUAL É A LIÇÃO QUE PODEMOS TIRAR DESSA HISTÓRIA?

É difícil alguém que se considera uma pessoa moralmente correta pensar que precisa ser salva. Porque quando pensamos em salvação geralmente pensamos em nossos atos. Nós olhamos no espelho da vida e pensamos: eu não estou fazendo nada mal, não roubo, não mato, não sou assassino nem assaltante, nem homossexual, nem drogado, nem uma prostituta. Eu até que sou correto. Mas mesmo sendo aparentemente correto, é preciso que você entenda que precisa de Jesus. Esse é nosso problema. Medimos a vida espiritual pelas coisas boas ou más que fazemos. Talvez por isso o Senhor Jesus disse que Ele veio para procurar os doentes. Os sãos não precisam de médico. Por favor, deixe de se olhar no espelho de suas boas obras. Acredite que você precisa de Jesus tanto quanto Raabe. Esta mensagem não é somente para os desesperados. É também para os bons cidadãos que aparentemente estão bem com Deus porque não há nada errado em sua conduta. Voltemos agora ao caso de Raabe. Esta pobre mulher se agarrou à promessa do cordão vermelho. Esse cordão vermelho simbolizava o sangue de Jesus que um dia seria derramado na cruz do Calvário para remissão de pecados. É o sangue de Jesus que nos purifica de toda a maldade. Sem derramamento de sangue, disse Paulo na epístola aos Hebreus, não há remissão de pecados. Amigo, vou trazer a história para nossos dias. Raabe correu à casa de seu pai e bateu à porta. O pai olhou pelo olho mágico e viu que era Raabe, a filha ingrata, a vergonha da família,

e os homens lhe digam que vai voltar a cair. Fale de Jesus com amor. Raabe falou com tanta convicção que o pai tremeu, a mãe acreditou, os irmãos saíram de casa e correram para a casa da ex-prostituta e se esconderam lá. Amigo, olhe ao seu redor. Há pessoas que vivem angustiadas, caindo aos pedaços. Há famílias se desintegrando, homens e mulheres que não sabem para onde ir e que precisam de uma palavra; têm ouvido falar de Jesus como uma doutrina, mas não O conhecem como uma pessoa. E você conhece o caminho; você sabe que o fim está chegando. O cordão vermelho da graça de Jesus está nas suas mãos. A Palavra de Deus está com você. É você quem Deus usará para trazer essas pessoas. É você com seu passado perdoado, com sua vida transformada quem Deus usará para levar a mensagem de amor a essas pessoas. Aqueles homens acreditaram e correram para a casa de Raabe. Mas a salvação não estava na casa, não estava no cordão vermelho. O cordão vermelho era apenas o símbolo do sangue de Jesus. Quando o povo de Israel estava no Egito, Deus prometeu libertá-lo. Uma noite o anjo destruidor visitaria a cidade e mataria todos os primogênitos. Então Deus deu uma ordem. Um cordeiro perfeito devia ser sacrificado e com seu sangue devia ser manchado o umbral da porta. À meia-noite, quando o anjo destruidor aparecesse, as casas que tivessem a mancha de sangue não seriam tocadas. A salvação do povo dependeria de sua fé no sangue. Hoje, a nossa única esperança está no sangue do Cordeiro. Sou eu quem

que um dia saíra de casa e arruinara o seu nome; a garota que vendia seu corpo no meio da rua. Era ela que estava batendo à casa do pai. Talvez ele tenha aberto a porta: - O que você quer? - Pai, você tem que correr, a destruição está chegando. Temos sido maus. Não temos tido Deus em nossa vida. O juízo está chegando. Pai, tem que vir comigo para casa. É lá que a salvação está. É lá que o cordão vermelho está pendurado. Eu imagino o pai olhando para aquela mulher e dizendo: - É você que vai me falar de salvação? Você que trouxe vergonha para sua família que vai me falar de salvação? Vai me dizer que é nessa casa onde você vende seu corpo que está a salvação? Que autoridade moral você tem para me falar de Cristo? Ah! amigo, os seres humanos olham sempre para nosso passado e não nos perdoam. Você pode ter tido um encontro com Cristo; Ele pode ter operado um milagre em sua vida, mas os homens não acreditam. Olham para o seu passado, lhe cobram e lhe jogam na cara, mas não importa; continue falando do amor de Deus. Não importa que os outros digam que tudo é apenas uma emoção do momento. Não importa que você tenha falhado muitas vezes

mereço morrer. A minha salvação não depende de algo bom que eu faça; nasci em pecado. Davi disse: Em pecado me concebeu minha mãe. Cresci em pecado; carrego dentro de mim uma natureza pecaminosa que me empurra para o pecado. Não há nada bom em mim. Minha única esperança está no cordão vermelho. Minha única segurança está no Cordeiro de Deus que um dia derramou Sua vida na cruz do Calvário. Tenho que manchar a porta do meu coração com esse sangue. Tenho que manchar minha mente com esse sangue para que ele purifique meus pensamentos. Tenho que tomar desse sangue e manchar meu coração para que ele santifique meus sentimentos. A minha esperança de salvação não está no meu domínio próprio. A minha força de vontade vale muito pouco. Minha única segurança está em Cristo e no sangue que um dia foi derramado na cruz do Calvário. A salvação para os habitantes de Jericó estava na casa do cordão vermelho. Quando o exército entrou na cidade, essas pessoas estavam seguras dentro de casa. Se alguém se atrevesse a sair, seria morto pelo exército. Sua única segurança estava na casa do cordão vermelho. Amigo, Jesus está voltando. A Bíblia diz que ninguém sabe o dia nem a hora que Jesus voltará, mas os sinais bíblicos nos indicam que a volta de Jesus está mais próxima do que muita gente imagina. E quando Jesus voltar, a nossa segurança não estará apenas numa religião. A nossa segurança estará somente em Cristo. Aquele dia em Jericó, muitos bons membros de igreja morreram porque igreja nenhuma tem capacidade de salvar. Havia muitas religiões como existem hoje. Esses membros fiéis daquelas religiões morreram porque

não entenderam a mensagem da salvação. Era a casa do cordão vermelho. Era o sangue de Jesus. Era para lá que tinham que correr e não correram. Depositaram a sua confiança de salvação em sua conduta. Essa foi a tragédia daquele povo. Li, há algum tempo, uma lenda judia. Aquela noite de destruição no Egito, uma criança, o primogênito de uma família tinha ouvido dizer que à meia-noite o anjo destruidor chegaria trazendo a morte a todas as casas que não tivessem a mancha vermelha do sangue do Cordeiro. Lá pelas onze da noite, a criança se virava na cama de um lado para o outro sem poder dormir. Então o pai lhe disse: - Filho, durma tranquilo, não tem perigo. - Não consigo, pai. Você tem certeza que manchou a porta com o sangue do Cordeiro? - Sim, filho. Eu pedi ao meu melhor amigo que manchasse a porta e ele me prometeu que o faria. O filho se levantou e disse: - Pai, você acreditou em seu melhor amigo? Não foi você pessoalmente que manchou a porta? - Não, filho. Mas eu confio nele, ele nunca falhou. - Pai, por favor, vamos lá fora, eu quero conferir. Foram lá e quando chegaram, a porta não tinha mancha de sangue. Eram cinco para meia-noite. O pai correu desesperado para dentro da casa, tomou uma bacia, pegou o sangue e manchou a porta. Enquanto o sangue ainda escorria pela porta, os relógios da cidade deram as doze badaladas e o anjo destruidor apareceu. Suas asas começaram a bater na escuridão da noite e dentro da casa, abraçado a seu pai, o filho dizia com lágrimas: - Mais cinco minutos pai, e eu estaria morto. Ah, querido amigo, a mensagem de salvação está hoje à sua disposição. Não importa se você é bom ou mau. O sangue do Cordeiro está à sua disposição. Pode se agarrar ao braço poderoso de Jesus. Pode molhar sua mão com o sangue das mãos furadas de Jesus. Pode manchar sua mente para ser purificada de pensamentos imundos. Pode manchar seu coração para ser santificado de sentimentos imundos. Pode manchar suas mãos para não fazer coisas erradas. Pode manchar seus pés para não andar longe de Jesus. Esta é a sua grande oportunidade. Abra seu coração a Jesus. Corra aos Seus braços enquanto a graça está ao seu dispor. Tenha a certeza de estar preparado para se encontrar com Jesus quando Ele voltar pela segunda vez.

ORAÇÃO Querido Pai, Te agradecemos infinitamente pela graça de Jesus e a provisão feita para a remissão do pecado humano. Ajuda-nos a correr hoje aos Teus braços enquanto a graça está ao nosso dispor e o Espírito Santo trabalha em nosso coração. Em nome de Jesus. Amém.

Pr. Alejandro Bullón

Você foi convidado para o casamento? Assim como eu, imagino que você também não tenha sido convidado para o casamento do príncipe William Arthur Philip Louis e Catherine Middleton, na Abadia de Westminster, em Londres, hoje pela manhã. Aliás, quem convidar é um dos grandes dramas de quem vai casar. Nem sempre dá para convidar todo mundo. Rosemara e eu vamos para as bodas de prata em dezembro (meus cabelos já estão quase todos prateados…). Porém, lembro bem da lista de convidados e como foi difícil montá-la. Foram mais de 300. Cidade pequena, muitos parentes e, infelizmente, sempre alguém acaba sendo esquecido.

A Bíblia tem muitos relatos de casamento. De noiva “empacotada” - que é recebida com alegria na noite de núpcias e, na luz do dia, não era exatamente aquela prometida e acertada com o sogro - até convidados despreparados que acabam ficando de fora da festa. Uma das parábolas de Jesus que me chama muito a atenção é a de um casamento real. Só o “jornalista” Mateus registrou, no capítulo 22. O casamento era do príncipe herdeiro. Curiosamente, os convidados não quiseram ir. O rei tenta trazê-los com um segundo convite. Também não deu certo. “Eles, porém, não se impor-

taram [com o convite] e se foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio; e os outros, agarrando os servos, os maltrataram e os mataram” (versos 5 e 6). A indignação do rei foi grande! Os assassinos foram mortos e a cidade deles destruída. Está evidenciada aí a recusa dos judeus, da época, ao evangelho de Jesus. O rei, porém, insiste no casamento e na festa do príncipe. O convite é franqueado a todos, de qualquer lugar ou situação social, econômica, racial ou espiritual. Agora, sim, dá resultado!”A casa do banquete fica repleta de convidados” (verso 10). Como era tradição da época, os

ricos ofereciam, além do convite, as vestes para as bodas. “Com que roupa eu vou?” não era a preocupação das mulheres. Nem dos homens. Havia um padrão oficial. Todos os exageros eram, dessa forma, contornados. Porém, no meio da festa o rei encontra uma “nota destoante”. Um convidado não está com a veste nupcial. A ofensa é grande e, por causa disso, é expulso da confraternização. Só esse detalhe e seu significado exigiriam uma postagem específica sobre a justiça de Cristo – a única “veste” que pode garantir nossa presença e convivência diante do Rei. Quero, porém, sublinhar aqui o

detalhe factual mais importante: o convite é extensivo a todos. Livre acesso. Sangue azul ou não. Ninguém precisa ficar fora do casamento do Príncipe Emanuel. Você e eu fomos convidados. Inclusive com direito à magnífica vestimenta que nenhum estilista humano pode criar ou imitar. É aceitar e vestir. O casamento do príncipe está marcado. O convite também. “O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem!” (Apocalipse 22:17). Vamos lá, então?


Maio/2011

10 - Primeiro Caderno

❘❙ Notícias Internacionais

O maior campori de Desbravadores da América Central se encerra com desafio de “conquistar gigantes” A República Dominicana sediará o próximo evento dos jovens de toda a Divisão em 2017

O

3o. campori de Desbravadores da Divisão InterAmericana (IAD) da Igreja Adventista do Sétimo Dia assinalou o maior evento de jovens de todo o seu território. Mais de 20.000 desbravadores, dirigentes e acompanhantes das 21 regiões participaram de projetos de contatos comunitários, atividades, aulas, concursos, apresentações musicais e peças de teatro durante o evento de cinco dias. Durante o programa de encerramento, Benjamin Carballo, diretor de ministérios jovens para a Igreja na América Central, instou os Desbravadores a permanecerem fiéis a Deus. Sua mensagem refletiu o tema do campori, “Vencendo Gigantes”, baseado na história do Velho Testamento sobre a vitória de Davi contra Golias. O presidente da Divisão, Israel

Leito, desafiou os jovens, dizendo: “Este campori foi a plataforma para lançar uma nova vida com mais dedicação, mais oração [e] mais convicção de que não há nada impossível para Jesus vencer na medida em que vençam os gigantes de sua vida”. No futuro, um campori de todo o território deverá ser realizado a cada cinco anos, Leito disse. Santo Domingo, na República Dominicana, está programada para sediar o evento de jovens em 2017. O evento de cinco dias recebeu cobertura da mídia local, e os programas do campori foram transmitidos ao vivo pela Internet. Milhares de jovens acompanharam o evento no Facebook e Twitter. “Esta foi a melhor semana da minha vida”, disse Yisseth Jimenez Peralta, 17, de Oaxaca, no México. “Conhecer outros desbravadores de

O Campori de Desbravadores da Divisão Interamericana termina na Cidade do México, México, em 23 de abril. Mais de 20.000 pessoas provenientes do México, América Central e parte do norte da América do Sul participaram do evento de cinco dias. [foto de cortesia da IAD]

SEGUNDA IGREJA ADVENTISTA É “PLANTADA” NA CIDADE DE ORURO, BOLÍVIA

P

lantada a segunda nova igreja no território da Missão Boliviana Central, desta vez na cidade de Oruro, no distrito “A” na região de “Pumas Andino”, informou o pastor Efraín Choque, presidente da Missão. O pequeno grupo Nova Esperança é composto por 37 pessoas, que conseguiram um terreno para a construção da nova igreja Adventista do distrito “A” na cidade de

Pagador na região de Pumas Andino. E assim, em 7 de maio com a presença do presidente, do tesoureiro e departamentais da Missão Boliviana Central, juntamente com o pastor do distrito, Máximo Maná, os irmãos do grupo deram início a mais nova congregação dentro do projeto de plantio de igrejas que leva avante a União Boliviana. Emilio Espinoza

diferentes países que nunca vou chegar a visitar foi tão fantástico. E lembrar que precisamos ter mais fé em nossas vidas tocou o meu coração”. Peralta estava entre milhares de desbravadores que participaram de marchas, homenagens e atividades esportivas durante a semana. Seu clube ficou em segundo lugar nas competições de marcha, bem como em segundo numa competição de natação. Ela disse que não se importava com a noite fria e chuvosa ou a viagem de ônibus de 13 horas. O campori foi a primeira oportunidade de Jaxiry Villalobos viajar para fora do seu país, a Costa Rica. “O tema da conquista de gigantes foi o que mais apreciei”, disse ele. “Para Deus nada é impossível e ser desbravador significa ajudar as pessoas e aproximar-se mais de Deus e aceitar o Seu chamado”. O campori foi também uma experiência de aprendizagem para Rose Celecburt, uma desbravadora do Haiti. “Eu realmente gostei da minha visita ao México e as mensagens espirituais foram as minhas favoritas”, disse Celecburt. “Sei que para ser uma Desbravadora preciso aprender e ensinar o que aprendi”. A usuária de Facebook Sheena Godoy postou que o campori foi “uma magnífica experiência. O México é realmente um lindo país,

Desbravadores participado em concursos de marcha durante o terceiro campori IAD.

embora estivesse frio. O campori foi uma experiência enriquecedora!” Os organizadores e líderes da Igreja esperam que esse espírito perdure ao voltarem os desbravadores a seus países de origem para retomar suas atividades diárias. “Esperamos que todos os Desbravadores sejam inspirados a entregar suas vidas a Jesus, armados com todos os recursos para vencer todos os gigantes que enfrentam em suas vidas”, disse Carballo, diretor de jovens da Divisão. “Queremos valorizar as lembranças maravilhosas de comunhão cristã neste ambiente multicultural, multilinguístico que experimentaram”. Carballo acrescentou que os desbravadores irão compartilhar o que aprenderam com os mais de 1 milhão de jovens em todo o território da Divisão Inter-Americana.

“Nossa principal preocupação é que nossos jovens tenham a certeza do poder de Deus ao enfrentarem os gigantes”, explica Carballo. “Eles têm gigantes tais como a baixa autoestima, o divórcio, drogas, sexo, pornografia, música e outras coisas que representam grandes desafios. Queremos que os nossos jovens promovam a verdadeira fé em Jesus, conservando uma canção no coração e sejam ungidos pelo Espírito Santo para que possam dizer como Davi: “Em nome de Deus, eu vou conquistar gigantes”. O programa concluiu com mais de 1.000 investiduras, um desfile das nações, sessões de avivamento de oração, um show folclórico, fogos de artifício e mais de 260 batismos. Reportagem adicional de Fabíola Quinto Libna Stevens

Semana de Evangelismo em Montevidéu é transmitida ao vivo pela primeira vez

D

urante os dias 24 a 30 de abril o pastor Luís Gonçalves, evangelista para os oito países da América do Sul, liderou uma campanha evangelística na em Montevidéu que envolveu todos os pastores do Uruguai e membros das igrejas. “Realizamos a escola de evangelistas tanto para as pessoas que gostam desta área nas igrejas como para os pastores. Durante o dia estudamos a teoria e a noite, vivenciamos a prática do evangelismo”, comenta. Sete pessoas foram batizadas durante a semana e outras 80 pessoas decidiram seguir os passos de Jesus. Segundo o pastor Luís Gonçalves, os cultos foram transmitidos ao vivo pela rádio Nuevo Tiempo. “Este foi um projeto pioneiro, pela primeira vez no Uruguai o evangelismo foi transmitido ao vivo pelo rádio e foi um sucesso de audiência” comemora. “Este evangelismo causou um impacto muito positivo na Igreja Adven-

tista de Montevidéu e nos pastores do Uruguai, creio que estas programações deram inicio a uma nova fase do evangelismo naquele país”, afirma o pastor Luís Gonçalves. A Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Montevidéu, recebeu um público de 400 pessoas nos cultos realizados nos dias de semana e

600 pessoas no final de semana. Para o pastor da Igreja Adventista Central de Montevidéu, José M. Velásquez, os adventistas daquela região estão muito motivados com toda mobilização e assistência que receberam durante a semana. Mani Maria

Na Flórida, mulher é acusada de fraude financeira envolvendo membros da Igreja e comunidade Jean prometia altos rendimentos sobre investimentos falsos, diz pastor que perdeu montantes de poupança Uma mulher no sul da Flórida foi detida e presa no mês passado sob acusação de defraudar seus irmãos da Igreja Adventista e membros da comunidade em milhões de dólares. Autoridades policiais do condado de Miami-Dade disseram que Marguerite Martial Jean, de 38 anos, convenceu 300 americanos originários do Haiti, na comunidade

conhecida como Pequeno Haiti, de Miami, a investirem um total de pelo menos 3,4 milhões de dólares num negócio espúrio de importação de 2007 a 2010, noticiou uma emissora de TV de Miami, afiliada à rede CBS. Jean dizia a investidores em potencial que possuía um lucrativo negócio atacadista de arroz, contou Michael Lamartine Porcena, pastor da Igreja Adventista do Éden, na Pequena Haiti.

Porcena, que investiu “tudo quanto tinha” em seu esquema, declarou que Jean se valia do seu nome para conseguir credibilidade para o seu negócio. “Ela dizia, ‘Bem, o Pastor Porcena tem investido em meu negócio’. Os membros da Igreja julgavam que devia ser um bom negócio, se eu investia”, declarou Porcena. “Jamais pensaria que alguém como ela, que lecionava na Escola Sabatina e participava da

comissão da Igreja, faria algo desse tipo”, ele admitiu. Jean prometia a seus investidores até 22 por cento de juros sobre seus investimentos, contou Porcena. Alegando que obtinha 600 dólares de juros em cada 1.800 dólares de contêiner de arroz da Índia, Jean dizia que conservaria 200 dólares e aplicaria os 400 dólares restantes para o investidor. Em vez disso,

Jean vivia às custas do dinheiro dos investidores, ele disse. Conquanto raro, o incidente não é o primeiro caso de fraude de afinidade a afetar a Igreja Adventista. Em 2008 um tribunal de Londres considerou três adventistas culpados de conduzir um negócio de investimento fraudulento semelhante. ANN


Primeiro Caderno - 11

Maio/2011

❘❙ Notícias Nacionais

Festa das Primícias ressalta ato de reconhecer a providência divina

D

esde o ano de 2004 a Festa das Primícias está ganhando público. Ela leva caravanas de todo o Paraná até a pequena região de Mamborê Sítio, há cerca de 150 quilômetros de Maringá. Neste ano, a festa ocorreu no dia 07 de maio, reunindo mais de 3 mil pessoas. Ilson Gomes é líder de mordomia cristã no local e organizador do evento, ele explica que o principal foco da festa é a gratidão. “O principal atrativo da festa é a programação em si. Uma criança sendo apresentada a Deus, um batismo, as oferendas depositadas no altar por famílias da igreja. A gente entende que os atrativos são estes”, expressa Gomes. Na Bíblia a palavra “primícias” foi utilizada para descrever os primeiros frutos do campo ou dos rebanhos, que eram oferecidos em gratidão a Deus. Nos tempos bíblicos as primícias representavam o início da colheita. No livro de Provérbios, capítulo 3 e versículo 9, está descrito o motivo deste agradecimento acontecer. “Honra o Senhor com teus haveres, e com as primícias de todas as tuas colheitas”, diz a Bíblia. Este programa é realizado anualmente e tem por base o reconhecimento da soberania de Deus na Terra, a gratidão pela providência divina nos campos e a fidelidade.

As famílias que frequentam a igreja local entregam a Deus as primícias daquilo que produzem. Num momento único, cada integrante das famílias caminha até o altar para depositar simbolicamente 10% de sua colheita. O pastor Isaac Almeida, um dos líderes da Associação Norte Paranaense (ANP), explica a importância do evento. “Para a igreja local é o reconhecimento pelas bênçãos de Deus na terra. Por se tratar de uma região plenamente agrícola eles observam que Deus deu a terra e devolvem os primeiros alimentos e animais a Deus”, explica o pastor Almeida. Num ato de gratidão todas as famílias levam até uma carroça diferentes tipos de alimentos. Esta mesma carroça levou os pioneiros adventistas até Mamborê Sítio em 1946. Eles mostram publicamente sua fidelidade perante Deus e as pessoas. O agricultor Paulo Ferreira foi um participante da cerimônia. Ele conta que é uma prática de muitos anos. “Nossa família planta de tudo um pouco: mandioca, soja, milho e trigo. Faz 44 anos que sou adventista e nestes oito anos participo da festa. É muito bom demonstrar publicamente o que Deus faz na nossa vida”, confirma Paulo. Esteve presente no local a cantora Iveline e também músicos da região norte paranaense. Iveline louvou a

Deus através de várias mensagens musicais no decorrer do programa. O orador oficial deste ano foi o pastor Erton Köhler, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia para os oito países da América do Sul. Ele falou sobre a importância de uma festa especial de agradecimento a Deus. “É preciso ser grato a Deus em qualquer circunstância, mas parece que existem dias que agradecemos com mais alegria, hoje é um desses dias. Não é a terra que nos dá os frutos, o leite e os animais: é Deus”, afirmou o pastor Köhler. Várias autoridades marcaram presença na programação, entre eles o Deputado Estadual Leonaldo Paranhos e o vice-prefeito de Mamborê Willian Jefferson Baccon. A liderança da Igreja Adventista para o sul do Brasil estava representada pelos pastores Marlinton Lopes,presidente da USB, e Davi Contri, diretor-financeiro. Na localidade ocorreu também o projeto Vida por Vidas. O objetivo era arrecadar bolsas de sangue para o Banco de Campo Mourão. As pessoas que estavam assistindo foram desafiadas a doar naquele dia. Duas pessoas demonstraram a entrega de suas vidas a Deus através do batismo e 3 crianças foram apresentadas ao Senhor. Patrícia Ferreira

Projeto Amigos da Esperança é realizado em Igrejas Adventistas brasileiras no Japão

A

igreja Adventista brasileira no Japão não está de fora do projeto Amigos da Esperança. No dia 23 de abril a igreja brasileira de Toyota, situada na província de Aichi-ken, recebeu vários convidados que além de receberem o livro Ainda existe Esperança, participaram de programação especial e experimentaram um delicioso almoço. No sábado, 30 de abril, cerca de 20 casais participaram de um sábado de reavivamento matrimonial dirigido pelo pastor Rickson Nobre que veio da França para uma série de encontros especiais. No domingo, 1º. de Maio, um grupo de Amigos da Esperança participaram de um evento da comunidade brasileira na cidade de Hamamatsu e distribuíram 74 livros que falam de esperança e 300 revistas. Na terça a quinta-feira, 3 a 5 de maio, ocorreu na Igreja Adventista Brasileira de Kakegawa uma série especial com o pastor Rickson Nobre. Cada noite, pessoas acompanharam na igreja e também

do Ministério da Mulher da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em São Paulo. A representante do Ministério da Mulher da Igreja Adventista central de Campinas, Silvana Arouca Barbosa, fez a visita e presenteou a executiva com livros e flores, no dia 06 de maio, pela passagem do Dia das Mães. Fundada em 1886, em Nova Iorque, a Avon é uma multinacional do setor de cosméticos e pioneira no sistema de vendas diretas. A empresa chegou ao Brasil em 1959 e tem mais de 1,1 milhão de reven-

ao redor do mundo pela transmissão via internet. O ápice destes encontros dos Amigos da Esperança foi o congresso das igrejas brasileiras que ocorre todos os anos no mês de Maio. Estavam reunidas as igrejas brasileiras de Toyota, Kakegawa, Hamamatsu e irmãos que frequentam as igrejas Japonesas de Kariya e Toyohashi. Cerca de 150 pessoas estavam reunidas e cerca de 10 pessoas aceitaram o chamado para estudarem a Bíblia.

N

o seu sinal de forma experimental na cidade. A instalação da TV em Aurora aconteceu graças a uma parceria entre a gestão municipal, por intermédio da Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto e o Departamento de Comunicação da Associação Costa Norte (ACN), sede da Igreja Adventista para os estados do Ceará e Piauí. O projeto para instalação da TV,

mercado da Avon no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. A visita foi acompanhada pelo diretor de comunicação da igreja central de Campinas, José Natal Barbosa, esposo de Silvana. Ele trabalhou com a executiva na Avon e na Sara Lee Cosméticos. O casal entregou uma Bíblia personalizada para a mulher, com guia de estudos, o livro “Mentes Positivas” e também orquídeas. Heron Santana

O pastor Rickson Nobre veio acompanhado de sua esposa Claúdia Nobre que enriqueceu os programas com belas mensagens musicais. “Creio que para a comunidade adventista brasileira no Japão eventos como este são de suma importância, pois além de reunir os amigos, fortalece a fé e desafia para o cumprimento da missão”, conclui o pastor Flávio Inahara. Equipe ASN

TV Novo Tempo é inaugurada em Aurora, interior do Ceará o último domingo, 8 de Maio, a cidade de Aurora, localizada na região do Cariri, interior do Ceará, passou a receber oficialmente o sinal de mais um canal de Televisão. Trata-se da TV Novo Tempo, que irá operar na cidade no canal 16. A TV Novo Tempo faz parte da Rede Adventista de Comunicação, sediada em Jacareí, interior de São Paulo e transmite o seu sinal de TV em canal aberto, em mais outras duas cidades no Ceará. Na solenidade de inauguração, estiveram presentes várias autoridades. Entre elas, o prefeito Adailton Macedo e sua equipe de governo e o líder da Igreja Adventista para o estado do Ceará, pastor Eliezer Júnior, que na ocasião, agradeceu o apoio da prefeitura municipal e falou da importância do canal da esperança, para os Adventistas da região. Há quarenta dias a TV Novo Tempo, já transmitia

Mulheres Adventistas homenageiam executiva da Avon executiva Dagmar Brum, vice- dedoras no país. Em 2010, a receita presidente de vendas da Avon da empresa superou 10 bilhões de A Cosméticos, recebeu homenagem dólares. O Brasil é o segundo maior

foi inciado em setembro de 2010 e contou com a colaboração de membros e líderes da igreja, como informou Herbert Cleber, líder de comunicação da ACN. José Cicero, secretário municipal de Cultura de Aurora, afirmou que a TV Novo Tempo, tem um conteúdo moderno e diversificado. Segundo ele, “no contexto atual, é imprescindível que a sociedade tenha a sua disposição, alternativas com valores éticos e religiosos, sobretudo no campo da comunicação social”. Macedo, considerou a chegada da Novo Tempo em Aurora, uma oportunidade para população ter um melhor conteúdo de entretenimento, com valores morais e educativos. Ressaltou também a visão da igreja adventista em relação a qualidade de vida e o seu forte programa na área educacional. Equipe ASN

Diretores da Andrews University visitam a Faculdade Adventista da Amazônia Com o objetivo de estreitar as relações educacionais e institucionais os diretores para os assuntos educacionais da universidade norte-americana Andrews University, visitaram pela primeira vez o norte do Brasil, apresentando os cursos e as oportunidades de realização de sonho. Para o Dr. Skip Bell, alguns lugares são únicos e as escolas Adventistas fazem parte deste lugar. “Nós que andamos pelo mundo, visitando cada região descobrimos como Deus tem atuado em forma de preservar a natureza e a fé dos nossos irmãos. Encontrei aqui no campus da Faculdade Adventista da Amazônia (FAAMA), um ambiente saudável e em crescimento, fiquei impressionado,” declara. Além das duas capelas com os estudantes do curso de teologia e alunos do Ensino Médio, o diretor do Seminário Adventista Latino-americano de Teologia, pastor Davi Tavares acompanhou os diretores em reuniões nas escolas

de Belém e na Igreja Segundo o diretor da FAAMA, professor Valdimiro Sousa, alguns sonhos podem se tornar realidade desde que agarre as oportunidades que nos é oferecida. “Temos tido aqui no norte do Brasil, um lugar que tem servido de realização de sonhos para muitos. Nosso papel com educador é sempre conceder oportunidades para que jovens e famílias possam ser transformadas pela educação adventista seja no Brasil ou em escolas/universidades espalhadas pelo mundo”, afirma. Márcio Araújo


Maio/2011

12 - Primeiro Caderno

Encontro de empreendedores estabelece novas estratégias de ação missionária

E

m um mundo corporativo, o termo “empreendedor” é utilizado para designar um indivíduo que detém uma forma especial e inovadora de se dedicar às atividades de organização, administração e execução em uma empresa. Por serem dotadas de atitude, criatividade e agilidade, consequentemente essas pessoas se destacam entre as demais e atingem o sucesso almejado. Mas, você já ouviu falar em empreendedorismo espiritual? Embora seja muito conhecido no mundo dos negócios, o termo também pode ser aplicado a pessoas que fazem a diferença onde estão. No último dia 7, um grupo composto por aproximadamente 60 pessoas que usam seus talentos, recursos e influência para ajudarem na pregação do Evangelho no Tocantins, participaram do I Encontro de Empreendedores da Igreja Adventista no Estado. Em reconhecimento ao empenho do grupo, os organizadores do evento premiaram algumas pessoas que ao longo dos últimos anos, realizaram ações de alto destaque na Igreja e na Sociedade. Uma das homenageadas foi a assessora da Superintendência da Secretaria de Educação do Tocantins, Maria de Fátima Teixeira, que no ano passado foi homenageada com uma Menção Honrosa pelo governo do Tocantins devido a um sólido trabalho realizado com o Clube de Desbravadores em parceria com o projeto Amigos da Escola. Bastante emocionada, ela se mostrou surpresa com a congratulação. “Fiquei muito surpresa ao receber o prêmio, porque sempre fiz tudo de forma voluntária, sem esperar nenhum reconhecimento ou premiação. Ofereço essa homenagem a Deus porque é ele que nos capacita e nos aponta os caminhos por onde devemos seguir e de que forma agir”, ressalta. Conforme ressalta o presidente da Igreja Adventista no Tocantins, pastor Marcos Militão, a ideia de se criar o evento surgiu das necessidades do campo em continuar com a

expansão da mensagem adventista na região. “Existem muitos projetos para serem executados e percebemos que sozinhos, como missão, não teremos a possibilidade de executar tudo que precisa ser feito. Então sentimos a necessidade de somarmos as forças”, explica. Associação de empreendedores - A fim de auxiliarem no processo de disseminação da mensagem adventista no Tocantins, foi instituída uma comissão para futuramente ser criada a Associação dos Empreendedores Adventistas. Para compor a liderança do grupo, inicialmente foram eleitos 11 representantes. A pré-associação irá trabalhar em parceria com a Missão do Tocantins nas ações missionárias da Igreja. A entidade também organizará negócios e parcerias entre os adventistas da região.

Empreendedorismo sem fronteiras - Embasado na ordenança bíblica de se pregar o evangelho a todo o mundo sem distinção de raça, nacionalidade e língua, o diretor do Ministério Nativo, pastor Matson Santana, desafiou o grupo a andar uma segunda milha em relação a ação missionária entre os povos nativos da região. Santana explicou a forma como são desenvolvidos os projetos voluntários da Igreja Adventista na Ilha do Bananal e nos outros estados da região Centro-Oeste do Brasil. “Esse é um grupo influente que pode mover o evangelho em todas as direções, inclusive entre os grupos étnicos onde a média de interesse e disposição da igreja em se trabalhar com eles é menor”, explica Santana. Luzia Paula

ADRA PREMIADA POR PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DE MULHERES EM BANGLADESH Agência assistencial adventista também reconhecida entre principais entidades humanitárias A Agência Adventista Internacional de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) recebeu o prêmio de Melhores Práticas e Inovações na semana passada pela sua iniciativa de qualificação de mulheres em Bangladesh. A entidade InterAction é a maior aliança de organizações internacionais não-governamentais dos EUA e honrou a ADRA com a premiação por seu programa de Melhorias em Qualidade de Vida através de qualificação de mulheres, que pelos três anos passados alfabetizou cerca de 5.400 mulheres no distrito de Mymensingh, em Bangladesh e lhes ensinou meios de geração de renda. Oficiais da ADRA estimaram que mais de 100.000 mulheres se beneficiaram do projeto desde que começou nos anos 90. Numa cerimônia de premiação em 4 de maio, em sua sede em Washington, D.C., a entidade InterAction também reconheceu a ADRA como uma das cinco principais agências humanitárias pelo seu trabalho em agricultura e melhoria de vida rural. “Esta é uma obra tremenda que

a ADRA tem realizado em Bangladesh, iniciada muitos anos atrás, e tem se desenvolvido e avançado em muitos estágios”, declarou o diretor nacional da ADRA em Bangladesh Elidon Bardhi. “Esta não é uma mera questão feminina, mas afeta a comunidade inteira”, ele completou. O último ciclo de treinamento foi patrocinado pela ADRA da Suécia. Em resultado, 80 por cento das participantes agora têm capacidade de ler, escrever e participar ativamente na tomada de decisão dentro de suas famílias. Cerca de 70 por cento das participantes aumentaram sua renda doméstica em torno de 20 por cento mediante atividades de geração de renda. A premiação da semana passada foi o terceiro reconhecimento de Melhores Práticas pela InterAction. A ADRA em maio passado foi premiada por um projeto de segurança alimentar na Bolívia, e em dezembro por projeto semelhante em Gana. Para mais informações, visite adra.org. ANN staff

O diretor da ADRA de Bangladesh, Elidon Bardhi, aceita a Premiação de Melhores Práticas e Inovações pela iniciativa dessa agência assistencial em qualificação de mulheres em Bangladesh. O programa tem alfabetizado cerca de 5.400 mulheres no distrito de Mymensingh e lhes ensinado habilidades de geração de renda. [foto de cortesia da ADRA Internacional]

Jornal Orion  

Jornal Orion

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you