Issuu on Google+


Responsabilidade social

União

Maioridade

Conf Iança

Transparência

eDUCAÇÃO

Maioridade

sOLIDEZ

cOOPERAÇÃO

Conf Iança

Ideais

C Evoluçã

Ide

União

C

Uma semente foi plantada. A cada desafio, vitórias foram acumuladas. Maioridade sONHOS Maioridade É a Cooperação que nos fez CRESCER!eDUCAÇÃ eDUCAÇÃO

sOLIDEZ

Transparência

União

sOL

cOOPERAÇ

União

Maioridade Muito prazer somos o Sicoob Credijustra.

EZ

Responsabilidade social

Cooperados

sONHOS

nsparência

União

1991

eDUCAÇÃO

Ideais Evolução

Responsabilidade social CREDIJUSTRA

dos

NHOS

eDUCAÇÃO

Ideais lução

sONHOS

Evolução s

Idea

cOOPERAÇÃO

eDUC


sOLIDEZ

Z

Responsabilidade social

Maioridade

Cooperados

Cooperados ão sicoob CRedijustra

eais

2009

2007

sONHOS

eDUCAÇÃO

2008

Conf Iança

2005

sOLIDEZ

2006

Maioridade

ÃO

ÇÃO

o

2003

2004

Cooperados

Cooperados

2002

LIDEZ

sONHOS

2001

sONHOS

Maioridade

1999

2000

Transparência

sONHOS

Iança

1998

1997

Responsabilidade social

sONHOS

ais

1994

Transparência

União 1992

Maioridade

CAÇÃO

Maioridade

União Cooperados 1996

1995

Maioridade

Transparência

1993

sONHOS

Responsabilidade social Responsabilidade social

Cooperados

União Transparência

União

Responsabilidade so


SUMÁRIO

4.

Perspectivas e Desafios “As cooperativas de crédito foram criadas para oferecer soluções financeiras aos seus associados.”

Pág. 11

sicoob CRedijustra Marco Inicial

Postos - Florianópolis - SC

06 08

Entrevista com Gustavo Cerbasi “Senti-me gratificado e honrado de ter feito parte das celebrações dos 18 anos da Credijustra.”

Postos - Belém - PA

Momentos Históricos

Rumo ao Futuro

Nova Marca SICOOB

Personalidade

10 12 13 16 22

Pág. 17 Nova Marca SICOOB “O novo design da marca Sicoob reflete modernidade e demonstra visualmente que o Sicoob vive um novo momento.”

Pág. 18

Posto TRT 10ª Região - Brasília “Características

marcantes:

cordialidade e respeito, contudo sem perder o lado descontraído.”

Expediente Redação: Gabriel Andrade Gomes e Maria Telma da Silva Jornalista Responsável: Wellington Geraldo Pereira Filho Diagramação: Gustavo Saraiva de Oliveira;

Víctor Hugo Rezende;

Eduardo Gustavo Antero dos Santos Silva

Capa: Gustavo Saraiva de Oliveira Tiragem: 1.000 Exemplares.

Pág. 21 Personalidade Sr. Paulo Guy O Primeiro Presidente do Sicoob Credijustra.

Impressão: GH Comunicação Gráfica Ltda. Ediatada por: Imaginare Assessoria em Marketing

Pág. 22 SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


EDITORIAL

.5

lidada. Com o tema Cooperação Que Faz Crescer, a cooperativa promoveu um ciclo de palestras sobre educação financeira, em Brasília-DF, Belém-PA e Florianópolis-SC, além da distribuição de kits comemorativos com o tema da campanha. As palestras foram ministradas por Gustavo Cerbasi, renomado consultor financeiro e autor de diversos livros, entre eles os Best Sellers Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” e “Dinheiro - Os Segredos de quem tem”. A palestra com o título: “Como Conquistar e Manter a tão Sonhada Independência Financeira”, atraiu cerca de 650 cooperados e convidados.

I

dealizada para atender de forma solidária as necessidades

O palestrante apresentou um modelo de planejamento finan-

econômicas e sociais de seus cooperados, a Credijustra nas-

ceiro extremamente prático para que cada participante tivesse a

ceu no dia 22 de agosto de 1991. A união da determinação

certeza de que o seu enriquecimento depende apenas da vontade

dos diretores alinhada a dedicação e o profissionalismo dos seus

de programar seu próprio plano de reorganização financeira fa-

colaboradores solidificaram sua base, ao longo dos seus 18 anos

miliar.

de existência. Nossa semente foi plantada com o foco principal na saúde fiO cenário atual de crescente competitividade entre as institui-

nanceira dos nossos associados. E hoje são vocês leitores, associa-

ções financeiras, passou a exigir das cooperativas de crédito a ca-

dos e colaboradores que colhem os frutos desse grande próspero

pacidade de disponibilizar, em igual condição de atratividade, pro-

trabalho.

dutos e serviços cada vez mais complexos e com melhores preços, concomitantemente à capacidade de manter o diferencial compe-

Boa leitura!

titivo próprio das sociedades cooperativas.

Altevi Oliveira da Costa

Para enfrentar estes desafios, o Sicoob Credijustra com foco no

Presidente do Sicoob Credijustra

futuro, vem se reestruturando nos últimos anos de forma planejada e eficiente, permitindo a ampliação da sua capacidade operacional com base sólida e necessária para dar a perenidade à sua trajetória de expansão. Hoje, a Credijustra conta com um quadro social de aproximadamente 2,5 mil associados, espalhados em três regiões do país. Possui quatro postos de atendimento em Brasília, um em Belém e em xxx inaugurou o de Florianópolis. Administra um patrimônio de mais de 44 milhões, além de sobras anuais que devem superar os 2 milhões de reais neste ano. Esta revista é alusiva ao aniversário de 18 anos da cooperativa, onde o leitor poderá conferir uma síntese da sua trajetória consoSICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


6.

MARCO INICIAL

Ata de Constituição da Cooperativa

1991

sendo com denominada CECREDIF e depois veio a ser chaEm 22 de agosto de 1991 acontecia a Assem-

mada de SICOOB Central DF. A CREDIJUSTRA se candidatou

bléia Geral de Constituição da Cooperativa de Crédito dos

para ser uma das fundadoras, vindo a ter total apoio para o

Servidores da Justiça do Trabalho, sendo aprovado o nome:

seu desenvolvimento pelas Cooperativas que estavam en-

CREDIJUSTRA - Cooperativa de Crédito Mútuo dos Servido-

volvidas nesse processo, destacando-se ai a Coominagri e

res da Justiça do Trabalho no Distrito Federal Ltda, que ob-

a Cooperforte. Com isso, ela ganhou novo impulso, o que

teve autorização do Banco Central para atender as deman-

influenciou sensivelmente no processo de crescimento da

das do crédito de Ministros, Juízes e Servidores do Tribunal

Credijustra.

Regional do Trabalho da 10ª Região e do Tribunal Superior

1996

do Trabalho, no Distrito Federal. As primeiras operações de crédito eram realizadas dentro da Associação dos Servidores

Marca o início da consolidação da CREDI-

JUSTRA que apresentou um resultado operacional de R$

da Justiça do Trabalho da 10ª Região - ASDR.

72.000,00 em sobras. Nesta mesma época estava sendo

1994

criado o BANCOOB - Banco Cooperativo do Brasil S.A., como Em meados de 1994, estava sendo discutida a

órgão de vanguarda, o qual traria nova alternativa de cres-

fundação da Central das Cooperativas de Crédito do Distri-

cimento com a criação e a oferta de produtos e serviços aos

to Federal, fundada oficialmente em 06 de março de 1995

cooperados.

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


MARCO INICIAL

1998

A CREDIJUSTRA implanta seu Sistema de De-

2006

.7

A Credijustra comemora 15 anos e promove

pósito à Vista. Foi um salto na qualidade dos serviços ofere-

uma campanha de filiação refletindo no desempenho da Co-

cidos.

operativa que ultrapassou a marca de mil e oitocentos coo-

1999

perados e superou trinta milhões de ativos.

seus projetos: Abertura do Depósito à Vista (Conta-Cor-

2008

rente), com cheque especial; recebimento de contas; co-

posto de atendimento de Santa Catarina, oferecendo aos co-

branças; recebimento dos vencimentos dos servidores do

operados do TRT 12ª Região e do MPT todos os produtos

TRT-10ª Região e TST via cooperativa com vantagens compe-

e serviços disponíveis pela Cooperativa. Em Dezembro de

titivas; nova sede, com um avançado sistema tecnológico de

2008 realiza-se a terceira eleição de Delegados. Dessa vez

segurança; equipamentos de informática de última geração,

com a participação efetiva de 2 Delegados de Florianópolis,

dentre outros.

9 de Belém e 13 de Brasília.

(2000) No início de 2000 é inaugurado o primeiro PAC (Posto

2009

de Atendimento Cooperativo) no TST.

Belém-PA a primeira assembléia de delegados fora de Bra-

2001

sília. O Pará abriga o maior número de cooperados fora da

A CREDIJUSTRA continuou desenvolvendo

Em setembro de 2008, foi inaugurado o novo

Em março de 2009, a Credijustra realiza em

O Banco Central autoriza a Credijustra a aten-

sede. Destacando-se como uma das Cooperativas mais bem

der os TRTs e MPTs de todo o País. Com o crescimento da Co-

sucedidas do Sicoob e, após passar por várias modificações

operativa, a Credijustra passa a ter delegados eleitos pelos

em seu nome, sendo atualmente chamada de: Cooperativa

cooperados. Em dezembro foram eleitos 24 delegados efeti-

de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores e Membros da

vos todos de Brasília como projeto inicial para um mandato

Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho Ltda

de 4 anos. Ainda em 2001, a Credijustra se evidenciou no

– Sicoob Credijustra, em agosto ela atingiu sua maioridade

Sistema como a Cooperativa escolhida pelo Bancoob, para

comemorando os 18 anos com mais de dois mil e trezentos

implantação do projeto piloto do Sistema on line (SISBR).

cooperados, quatro postos em Brasília, um em Belém e ou-

2002

tro em Florianópolis com um quadro de empregados enxuto A Credijustra inicia sua expansão nacional no

composto por vinte e cinco funcionários e três estagiários.

TRT 8ª Região em Belém-PA e, no mesmo ano, atinge a marca de 103 cooperados naquele Estado.

Na ocasião das comemorações foram realizados o ciclo de

2004

palestra sobre Educação Financeira com Gustavo Cerbasi, a A Cooperativa ultrapassa a marca de 1,6

produção de matérias promocionais para serem distribuídos

mil cooperados. Em meados de 2004 é lançado o Internet

aos colaboradores e aos cooperados, uma confraternização

Banking. Um dos destaques desse ano foi a incorporação da

para os colaboradores e sorteio de notebook, além da Revis-

Marca Sicoob nome do Sistema Cooperativista Brasileiro (Si-

ta Sicoob Credijustra 18 anos.

coob) à marca da Credijustra, passando a se chamar Sicoob Credijustra.

2005

Em dezembro de 2005, realiza-se a segunda

eleição de Delegados, desta vez com a participação de 8 Delegados efetivos do Pará e 16 de Brasília para um mandato de 3 anos.

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


8.

POSTOS

Posto de Atendimento TRT 12ª Região Florianópolis-SC

O

Posto de atendimento cooperativo de Florianópolis/SC, iniciou o seu funcionamento em abril de 2007. O seu primeiro colaborador foi Rafael da Fonseca, hoje o atual encarregado deste posto. Mais tarde, para dar suporte nos serviços operacionais, foi contratada Tatiane de Fátima, inicialmente como estagiária e hoje funcionária efetivada. Em março de 2008, em função do seu crescimento, houve a necessidade de iniciar um processo de mudança nas instalações e hoje funciona como agência bancária, sendo inaugurada oficialmente em 09 de setembro de 2008. Oferece além de empréstimos consignados, produto depósito a vista a partir do funcionamento de um caixa. No posto são realizados cerca de 20 atendimentos por dia. “Com certeza primamos pela satisfação e fidelização dos nossos cooperados. Buscamos sempre as melhores alternativas para as diversas situações enfrentadas. Um atendimento personalizado, que foca na comodidade, ou seja, tudo para que o nosso cooperado sinta-se feliz.” Completa Rafael Fonseca. Trabalhar nos Postos de Atendimento do Sicoob Credijustra é gratificante. Ouvir em muitos casos os cooperados desabafarem, dizendo - "neste momento difícil, a cooperativa salvou a minha vida”. Vários foram os casos que marcaram os dois colaboradores do PAC/SC, Rafael Fonseca e Tatiane de Fátima relatam um caso que os marcou profundamente.

“Um episódio que nos marcou muito, foi de uma cooperada que estava em uma situação muito delicada financeiramente e, inclusive, sua filha fazia na época, faculdade de Direito em uma instituição de ensino particular. Ela nos procurou e, através de uma orientação financeira bastante eficaz, conseguimos colocar em dia todas suas despesas. Além disso, a filha formouse e fez um agradecimento especial ao Sicoob Credijustra em seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) pelo auxílio que foi fundamental para a conclusão do curso. Isto nos honrou muito, e é por isso que o cooperativismo cresce a cada dia.”

Com o foco no associado, o Sicoob Credijustra comemora em grande estilo seu 18º aniversário. A brilhante iniciativa de promover aos seus associados e colaoradores o ciclo de palestras com o guru das finanças pessoais, Gustavo Cerbasi, reforça a preocupação com a saúde financeira do seu quadro social e o trabalho sério dos seus dirigentes, que exercem e promovem o 5º Princípio Cooperativista. Parabéns ao Sicoob Credijustra por atingir sua maioridade de forma ascendente, beneficiando cerca de 2,5 mil associados espalhados em três regiões do país”. Rui Schneider da Silva Presidente da Confebras e Presidente do Sicoob Central Santa Catarina SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


10.

POSTOS

Posto de Atendimento TRT 8ª Região Belém-PA

C

om as atividades iniciadas em julho de 2002 o PAC TRT 8ª Região após 1 ano de funcionamento contratou a sua primeira funcionária, Elizângela Silva. Atualmente o quadro social conta com 5 funcionários diretos e 1 segurança terceirizado. Por dia são atendidos em média 35 cooperados, oferecendo sempre um atendimento ágil e diferenciado em relação aos bancos convencionais. Lá todos formam uma verdadeira família, a confiança é nítida, havendo cooperados que vão até o PAC apenas para tomar aquele cafezinho, conversar e ver como os colaboradores estão passando. Em comparação as instituições financeiras convencionais, além das vantagens nos preços dos serviços, o atendimento é o melhor possível, realmente aliado às baixas tarifas. O diferencial do Sicoob Credijustra é o atendimento. A transparência na solução das necessidades de cada associado é prioridade para os colaboradores Sicoob Credijustra. A orientação financeira de forma sincera para com os associados é uma das marcas da credibilidade da nossa Cooperativa. O conhecimento técnico acompanhado da experiência de mercado financeiro muitas vezes faz do “sim”, não ser a resposta correta para a solução do problema do associado. Essa transparência com o associado era o que faltava em Belém. “Antes da existência do Sicoob Credijustra na cidade, as ofertas de serviços bancários eram muito semelhantes. O que mudava era a cor do talão de cheque e do cartão de crédito.” Diz João Vasconcelos, responsável pelo PAC-TRT 8ª Região de Belém. Com a chegada da Cooperativa foi percebido algumas diferenças, nas taxas, nos prazos, nas tarifas e principalmente na transparência das cláusulas contratuais. Vasconcelos disse haver várias histórias com a ssociados, mas entre elas uma que ele nunca esquece é SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!

a seguinte: “Um certo dia fomos procurados por um servidor que desejava se tornar associado, mas gostaria de saber se a cooperativa fazia financiamento da casa própria. Dissemos que não, ele insistiu, pois nos contou que morava de aluguel há 15 anos e que tinha o sonho de ter seu próprio lar. Dissemos a ele que talvez a CEF pudesse atender a necessidade dele, porém novamente ele reagiu dizendo que não gostaria de passar muitos anos para pagar a sua casa. Então fizemos algumas perguntas: quanto custava o aluguel? Ele disse R$ 700,00. Possui empréstimo consignado? Não, não gostava muito dessa prática. Quanto custa o imóvel? R$ 80 mil e completou dizendo – “esse é o mesmo imóvel onde moro de aluguel, o proprietário decidiu vender e me deu a preferência”. Então percebemos que ele tinha condições de um empréstimo com quitação em 60 meses. Dessa maneira, o até então novo associado conseguiu como tantos outros associados a conquista do sonho da casa própria.”


RUMO AO

FUTURO

.11

Perspectivas e Desafios

O

Sistema de Crédito Cooperativo Brasileiro deu passos largos e relevantes em 2009. A crise econômica global foi superada pelas cooperativas de crédito, apresentando uma significativa evolução. Dentro desse contexto o Sicoob Credijustra registra um quadro de ascensão considerável, ao longo dos últimos anos de sua trajetória. Com acentuada evolução em seus principais indicadores, traçamos metas ousadas para o próximo triênio. Continuaremos nossa trajetória de promover a harmonia social por meio de um futuro econômico mais seguro. A aproximação e o diálogo direto com os cooperados é fundamental para estreitar o relacionamento com os associados efetivos e potenciais. Além disso, conhecer sua opinião sobre a Cooperativa, acolhendo sugestões e críticas, muito contribui para o aperfeiçoamento dos produtos e serviços oferecidos. Portanto, estaremos lançando em 2010 uma campanha com objetivo de estreitar esse canal e ampliar o nosso quadro social. Wellington Filho Diretor Administrativo

n o t g

in l l e W to o F

Recorro às Escrituras Sagradas para iniciar esta mensagem que a OCDF e o SESCOOP-DF, entes que me orgulho de estar conduzindo, para saudar os Dirigentes, Conselheiros e cooperados do SICOOB CREDJUSTRA, a Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores da Justiça do Trabalho Ltda.: “As palavras comovem, mas são os exemplos que arrastam.Desde sua constituição, em 22 de agosto de 1991, o SICOOB CREDJUSTRA é dirigido com responsabilidade, competência e fidelidade aos valores e aos princípios cooperativistas. O resultado é uma cooperativa saudável, sob a ótica dos negócios a que seus integrantes se propuseram a desenvolver, e a geração de benefícios sociais dignos de registro. Parabéns, SICOOB CREDJUSTRA. Continue assim, e conte sempre com os préstimos do Sistema Cooperativista do DF”. Roberto Marazi Presidente da OCDF-SESCOOP-DF SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


12.

HISTÓRIA Momentos históricos que marcaram nossa trajetória

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


HISTÓRIA

.13

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


INDICADORES

14.

Nossa Evolução

O

Cooperativismo é um instrumento de organização econômica da sociedade, criado na Europa no século XIX, caracterizando-se como uma forma de ajuda mútua

através da cooperação e da parceria. A sociedade cooperativa é uma associação autônoma de pessoas unidas voluntariamente para satisfazer suas necessidades econômicas, sociais e culturais em comum, por meio de uma empresa de propriedade conjunta e de gestão democrática. As cooperativas de crédito foram criadas para oferecer soluções financeiras aos seus associados, constituindo-se num instrumento destes para acesso a produtos e serviços adaptados às suas neces-

Ativos em 2006 R$ 30.059.297,00

sidades e condições financeiras.

Ativos em 2005 R$ 21.137.374,00

Ativos em 2004 R$ 17.590.739,00 Operações de Crédito 2005 R$ 16.304.821,00

Operações de Crédito 2004 R$ 12.212.432,00

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!

Operações de Crédito 2006 R$ 15.990.298,00


INDICADORES

.15

Ativos em 2008 R$ 42.738.347,00

Ativos em 2007 R$ 36.520.597,00

Operações de Crédito 2008 R$ 33.796.815,00

Operações de Crédito 2007 R$ 26.810.172,00

Na América Latina, o cooperativismo de crédito começou em 1902, na localidade de Linha Imperial, Município de Nova Petrópolis Rio Grande do Sul, pelas mãos do padre suíço Theodor Amstad. Atualmente o cooperativismo de crédito brasileiro possui cerca de 1,4 mil cooperativas, 4,2 milhões de associados, que movimentam 44,5 bilhões de ativos. Este são os gráficos com os dados estatísticos da cooperaiva, com base nos úlimos cinco anos.

Seguindo a linha de ascensão do cooperativismo de crédito brasileiro, a Sicoob Credijustra completa 18 anos, uma história de esforços, dedicação e competência. É a celebração de um trabalho conduzido por suas lideranças, com o apoio de seu quadro social, direcionado à saúde financeira de seus associados. Esta busca pelo crescimento constante, baseado num processo de governança e profissionalismo, é refletida nos resultados apresentados pela cooperativa. Hoje, com um quadro social de 2.246 cooperados, ela registra cerca de R$ 43 milhões de depósitos ativos e R$ 34 milhões em operações de crédito. São indicadores que ratificam um processo de ajuda mútua, direcionado pela doutrina e pelos valores do cooperativismo”. Márcio Lopes de Freitas - presidente do Sistema OCB Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


POSTOS

16.

Posto de Atendimento TST Brasília-DF

C

riado em 01/10/1999, o PAC TST faz há mais de dez anos parte do Sicoob Credijustra. Uma história que se ini-

ciou com 1 colaborador e hoje, composta por um quadro efetivo de 4 funcionários o Sicoob Credijustra realiza diariamente nesse posto, cerca 170 atendimentos só no caixa. Regada por relações de confiança mútua entre cooperados e colaboradores, o PAC TST (como os outros PACs Sicoob Credijustra) presta atendimento de qualidade diferenciada das instituições convencionais, ajudando muitos cooperados que migraram de outros bancos. “Os novos cooperados muitas vezes vem até nós endividados devido às altas taxas cobradas pelos bancos convencio-

cooperado.

nais, quando orientados pelo Sicoob Credijustra superam com rapidez a dificuldade momentânea.” Afirma Rosa Sampaio, res-

Pelo volume de atendimentos diários, relembrar as histórias que acontecem todo dia muitas vezes é impossível, mas a es-

ponsável pelo PAC TST.

sência dos resultados dos serviços financeiros do Sicoob CrediAssim, o Sicoob Credijustra mostra-se mais que um banco cooperativo, executa o seu serviço como poucos bancos

justra é no geral toda a conquista que visa sanar as dívidas dos cooperados com outros bancos.

ou como nenhum o faz, educando financeiramente cada É a partir da premissa de equilíbrio financeiro que o Sicoob Credijustra faz prosperar a vida de cada associado, visando sempre à conquista pela preferência por essa instituição que é justa e que passa credibilidade para todos os cooperados.

Testemunhamos o crescimento do Sicoob Credijustra ao longo desses 18 anos. Temos o desafio de continuar estreitando essa parceria, produzindo produtos e serviços sob medida para que a cooperativa amplie o número de cooperados, fomente novos negócios, incremente seu portfólio e promova no Distrito Federal inclusão social com sustentabilidade. Assim sendo, parabenizo todos dirigentes e cooperados por terem ajudado a construir essa história de sucesso”. Marco Aurélio Almada Diretor-presidente do Bancoob SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


ENTREVISTA

.17

Uma rápida entrevista com:

Gustavo Cerbasi Considerado o maior fenômeno brasileiro em finanças pessoais, o Guru e o Homem de 1 milhão de livros o autor de “Casais Inteligentes enrriquecem juntos” com a marca de 1 Milhão de exemplares vendidos

O

palestrante Gustavo Cerbasi fala um pouco sobre sua vivência no ciclo de palestras em comemoração a maioridade do Sicoob Credijustra.

Nos dias 13 e 14 de Setembro foi realizado o ciclo de palestras com a presença marcante do palestrante Gustavo Cerbasi. As palestras tiveram grande repercussão, das quais enriqueceram o conhecimento financeiro dos colaboradores e enriqueceu a visão do próprio Cerbasi em relação à nossa instituição financeira, Credijustra. Em uma rápida entrevista, Gustavo Cerbasi conta como foi sua atuação como palestrante dos eventos comemorativos aos 18 anos do Sicoob Credijustra. Confira.

nanças pela FEA/USP, formado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com especialização em Finanças pela Stern School of Business - New York University e pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com diversos cursos ministrados in company, Cerbasi leciona em cursos de pós-graduação e MBAs pela Fundação Instituto de Administração. . Sua experiência é prática e acadêmica em finanças dos negócios, planejamento familiar e economia doméstica, Gustavo desenvolve treinamentos, palestras e consultorias para diversos públicos por todo o Brasil.

Sicoob Credijustra - Gustavo Cerbasi, como foi a sua experiência no ciclo de palestras feitas em comemoração aos 18 anos do Sicoob Credijustra? Cerbasi - Senti-me gratificado e honrado de ter feito parte das celebrações dos 18 anos da Credijustra. A boa presença de um público interessado em aprender e a excepcional estrutura encontrada nos tribunais foram muito motivantes, permitindo uma troca de conhecimentos muito rica. Sicoob Credijustra - Qual imagem o senhor pôde captar do Sicoob Credijustra? Cerbasi - impressionei-me bastante com a solidez da Credijustra, evidenciada no histórico de todos os indicadores de desempenho da instituição, como pode ser atestado por qualquer cooperado no relatório de gestão disponibilizado publicamente. Creio que todo cooperado sabe que seu relacionamento com a cooperativa visa dar maior produtividade a seu dinheiro; porém, com a competente gestão da Credijustra, esse objetivo é conquistado com sobra – ou melhor, com sobras revertidas em ganho real para a conta dos cooperados. Sicoob Credijustra - Deixe uma breve mensagem para os colaboradores, diretores e cooperados do Sicoob Credijustra. Cerbasi - Fico feliz em ver que, com o nobre espírito cooperativista, a Credijustra assume o papel de referência em um mercado com forte potencial de crescimento diante da expansão da educação financeira dos brasileiros. Vida longa ao cooperativismo! E parabéns a todos! Autor de 6 livros, Gustavo Cerbasi é Mestre em Administração/Fi-

Gustavo Cerbasi O “Guru das finanças Pessoais”

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


18.

NOVA MARCA

A frente do seu tempo, a marca

Com novo design a marca do Sistema Sicoob será

sicoob CRedij O Sicoob Brasil

como toda instituição sólida que esteja há vários anos no mercado oferecendo serviços reconhecidos pela qualidade, e tantos outros atributos, precisa algum dia mudar, evoluir e acompanhar o mundo que atualmente vive rápidos processos de inovação tecnológica e comportamental. É nesse contexto que o Sicoob entra e vive os novos tempos que es tão sempre em transformação, lado a lado com a inovação. Com um histórico de três mudanças em sua marca, o Sicoob Brasil está sempre se transformando, se reinventando.

O objetivo

é acompanhar as mudanças do globo, fazer a instituição estar sempre atualizada em relação às percepções contemporâneas da sociedade e por que não, até a frente do seu tempo. A nova Marca do Sicoob Brasil carrega em seus genes características de inovação, atualidade, grupo, força, credibilidade, solidez. Tudo o que a modernidade do agora e do futuro exigem para a instituição viver mais uma nova fase de crescimento e de consolidação dos valores que marcaram o seu estilo de vida no mercado. Produzida pela GAD, um estúdio de design bastante reconhecido pelo Brasil afora, a nova marca teve seus primeiros traços nascidos do conceito criativo: A partir da essência do cooperativismo. SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!

A aprovação da marca em Maio de 2009 deu continuidade ao Planejamento de Comunicação, seguido do Plano Estratégico que teve orientação nas questões mercadológicas e foco na divulgação da nova marca Sicoob. A troca das fachadas de todas as unidades do Sicoob Brasil está dentro desse Plano, são aproximadamente 1000 pontos de atendimento espalhados pelo país, no qual terão seu ambiente interno e externo modificado e adaptado ao novo design da marca. A segunda empresa envolvida no projeto da nova marca Sicoob é a Forma Online que ficou encarregada de confeccionar o Manual de Identidade Visual e de Publicidade da marca. A Forma Online é uma empresa que já presta atendimento ao Sicoob Credicitrus e que por essa razão teve créditos para realizar esse árduo trabalho.

O Manual

deverá ser aprovado primeiramente pelo Comitê de Marketing e em seguida pela Diretoria Colegiada do Sicoob. Dada a aprovação dos dois setores, vem a próxima etapa, o lançamento oficial e nacional que está previsto para Janeiro de 2010. Porém, antes do lançamento oficial em âmbito nacional, a marca precisou das considerações dos conselheiros administrativos e de todos os colaboradores do Sicoob. Em razão disso houve o proveito dos dias 9, 10 e 11/09 os quais foi realizado o evento objetivado a avaliar os resultados do Planejamento Estratégico do Sistema Sicoob. Essa foi a ocasião perfeita para apresentar brevemente a Marca Sicoob com seu novo design


NOVA MARCA

.19

do Sicoob Brasil está de cara nova. lançada em âmbito nacional no início de 2010.

justra aos Conselhos de Administração de todas a Cooperativas Centrais do Sicoob, e a todos os presentes no momento. As reações foram ótimas, estando todos satisfeitíssimos com o resultado final. Por enquanto apesar de pronta, o uso da marca é autorizado apenas para eventos internos e para aplicações em brindes. A previsão para o ano que vem, é do uso da marca em âmbito geral incluindo peças de comunicação, sinalização das cooperativas, e lançamentos em grandes eventos externos e na mídia.

“Marca é mais do que um sinal distintivo, é símbolo do desenvolvimento de uma instituição. Desde o nascimento do Sistema, há 13 anos, vivenciamos o crescimento exponencial do Sicoob considerando seus ativos e, principalmente, o número de cooperados que aproxima de dois milhões. O novo design da marca Sicoob reflete modernidade e demonstra visualmente que o Sicoob vive um novo momento. Estamos cada vez mais amparados por políticas e regulamentações favoráveis ao cooperativismo de crédito, atravessamos a crise mundial sem perdas, ao contrário, crescemos exponencialmente. O novo design da Marca representa este novo tempo, e o compromisso em evoluir sempre.” Débora Márcia Bruno – Sicoob Brasil

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


POSTOS

.21

Posto de Atendimento TRT 10ª Região Brasília-DF

H

á 18 anos nasce o PAC TRT que em seu começo contou com a colaboração de duas funcionárias. Tudo teve inicio em

uma sala pequena no TRT, situado na 513 Norte. A medida que a Cooperativa foi crescendo e em razão da mudança de localidade dos Tribunais Superiores, o PAC TRT se desmembrou para acompanhar os seus associados, indo se instalar na Praça dos Tribunais Superiores. Hoje conta com outros dois postos, o posto da 516 Norte e o posto do MPT. Essas foram realizações do Sicoob Credijustra, todas feitas no ano de 2007, o qual foi importantíssimo para a Cooperativa. R e s ponsável pelo Posto – “os colaboradores

São atendidos por dia cerca de 46 pessoas nesse Posto de Atendimento Cooperativo TRT, sendo todos atendimentos

orientam da melhor maneira a utilização do empréstimo, buscan-

carregados por características marcantes: cordialidade e respeito,

do soluções para a melhor forma de aplicar os seus recursos na

contudo sem perder o lado descontraído que é absorvido pelos

cooperativa”.

associados. Tudo para que os cooperados fiquem menos tempo Por conta do grande fluxo de associados que circulam pelo PAC

em filas e assim aproveitem mais o dia.

TRT, de histórias o Posto está cheio. Em uma visão geral, são cooComo forma de auxílio e orientação financeira o Sicoob Credi-

perados que antes eram tomadores de recursos na Cooperativa,

justra tem a política de ajuda financeira aos seus cooperados cha-

mas que hoje são Poupadores de sucesso, que fizeram poupança

mada, Crédito Consciente. Segundo Geraldo Lopes –

para conquistar os sonhos do carro, da casa e da melhor educação para os filhos.

É sempre um prazer falar bem de uma cooperativa de crédito, é assim que me sinto falando do Sicoob Credijustra. O seu aniversário de 18 anos também é comemorado por todo o Sistema. A cooperativa faz parte, em especial, da história do Cooperativismo de Crédito do Distrito Federal. Ela foi uma das quatro fundadoras do Sicoob Central DF (antiga Cecredif). Hoje, alcançada pela maioridade, a cooperativa comemora excelentes resultados financeiros e um quadro de quase 2.500 cooperados espalhados no Distrito Federal, Pará, Amapá e Santa Catarina. Parabéns ao Sicoob Credijustra por colaborar na consolidação do cooperativismo de crédito no Brasil”

José Alves de Sena Diretor-Presidente do Sicoob Central DF SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


22.

PERSONALIDADE

Personalidade

Primeiro Presidente

Q

uando assumi a presidência da ASDR - Associação dos Servidores do TRT da Décima Região, no início de 1988, em meu primeiro dia de trabalho, encontrei em uma das gavetas de minha mesa, boletim de uma cooperativa de crédito, cujo nome não me recordo, o qual li sem muito interesse, mas à medida que lia, meu entusiasmo foi aumentando. Percebi que ali estava a chave para a disponibilização de crédito para nós, servidores da JT, com taxas mais justas e menores encargos, além de não sermos apenas clientes, mas donos de uma empresa de propriedade coletiva. Decidi que iria lutar para a consecução desse sonho. Fiquei pesaroso de não conseguir realizar esse intento em meu primeiro mandato frente à ASDR. Na campanha à reeleição, inclui dentre os objetivos que pretendíamos alcançar, a fundação de uma cooperativa de crédito. Reeleito, convocamos assembléia-geral, com o fito de propor aos colegas associados, a criação de cooperativa habitacional e uma cooperativa crédito. Na assembléia ficou decidido que seriam formadas duas comissões, a primeira para a fundação da cooperativa habitacional, que infelizmente não conseguimos, e outra para a cooperativa de crédito. Fiz parte da comissão referente à segunda. Inicialmente, meus colegas de comissão e eu, verificamos a dificuldade de, naquela época, conseguirmos informações sobre os procedimentos que deveríamos tomar para viabilizar nosso objetivo. Mas o destino falou mais alto. Certo dia, ao tomar um elevador, vi em sua parede um cartaz da Coominagri, cooperativa dos servidores do Ministério da Agricultura. Anotei o telefone e, na primeira oportunidade, liguei para aquela cooperativa e falei com seu presidente, Sr. Marconi, que me convidou a visitá-lo. Imediatamente me dirigi à Coominagri onde o Marconi, gentilmente, apresentou-me por telefone ao Sr. Leonardo de Paula, presidente da Cooperativa dos Funcionários do BNCC (Banco Nacional de Crédito Cooperativo, que havia sido extinto, mas a cooperativa dos funcionários continuava ativa). O saudoso Leonardo, um entusiasta do cooperativismo, marcou comigo uma entrevista. Coincidentemente sua cooperativa estava localizada em quadra próxima ao TRT. Inúmeras vezes ocupei o tempo do Leonardo que, sempre tomado de muito bom humor e entusiasmo, foi-me passando todas as informações que necessitávamos para o início de nosso empreendimento. SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!

Transmiti aos meus colegas de comissão todos os dados que havia levantado e partimos para sua efetivação. Sempre com apoio financeiro da ASDR, publicamos no Diário Oficial da União o Edital de Convocação da Assembléia-Geral de fundação daquela que denominamos CREDIJUSTRA - Cooperativa de Crédito Mútuo dos Servidores da Justiça do Trabalho no Distrito Federal Limitada, cuja assembléia se realizou no dia 22 de agosto de 1991, na antiga sala de Treinamento e Aperfeiçoamento do TRT/10ªR, no 4° andar do edifício sede. Às dezessete horas, horário designado para o início da assembléia, necessitávamos, por imposição da lei, de, no mínimo, 20 cooperados para que a cooperativa pudesse ser registrada e não havia na sala número suficiente. Alguns dos presentes, dos quais me lembro do Paulo Pantoja e o Waltermir Lopes, saíram de sala em sala convocando os colegas a participarem da fundação da cooperativa. Com número superior ao exigido, 31 pessoas físicas, mais a ASDR como pessoa jurídica, iniciamos os trabalhos com uma explanação do Leonardo de Paula; que, juntamente com o Marconi, abrilhantaram a reunião; expondo de maneira clara e concisa para nós, neófitos, as vantagens do cooperativismo. A seguir fui aclamado presidente da Assembléia, convidando a colega Erna Altmann para secretariá-la. Depois de lido, discutido e aprovado o Estatuto Social, os presentes integralizaram cinco mil quotas cada (isto é Cr$5.000,00 (cinco mil cruzeiros, perfazendo um total de Cr$160.000,00, este o capital inicial da CREDIJUSTRA), passou-se à eleição do Conselho de Administração, para o qual foi eleito o colega Alcides Ribeiro Alves para a Vice-Presidência Executiva e eu para Presidente. Para Conselheiros foram eleitos os Srs. Juízes Classistas: Edgard de Paula Viana e Salvador Rodrigues da Rocha e os colegas Maria Auxiliadora Vaz de Melo, Maria Délia de Jesus e Ricardo Bittencourt Ibrahim e demais suplentes, bem como os membros do Conselho Fiscal e respectivos suplentes. Finalizando, foi consignado, por unanimidade, um voto de agradecimento aos Srs. Leonardo de Paula e Marconi Albuquerque, pela decisiva contribuição que ambos deram à criação de nossa Cooperativa. Lavrada a Ata, com a primorosa letra da secretária, foi por todos assinada. Devo destacar que a AJUCLA - Associação dos Juízes Classistas, através de seu presidente Juiz Franklin Roosevelt de Oliveira e associados, prestou importante apoio à nossa empreitada, tanto como cooperados, como membros do Conselho de Administração.


PERSONALIDADE

.23

de Paulo Guy

do Sicoob Credijustra Os primeiros tempos foram de dificuldades, não tínhamos sede; não conseguimos rubrica para descontar em folha os empréstimos (como garantia dos empréstimos recebíamos cheques); o capital era pequeno para atender aos cooperados; não existia o Sicoob. Havia apenas a nossa boa vontade. Aproveitando que um banco havia mudado o seu posto de serviços do subsolo para o térreo, consegui a cessão de seu antigo balcão, com guichês de atendimento. Por empréstimo obtivemos uma velha máquina datilográfica e um ramal telefônico. Afixamos alguns cartazes relativos ao cooperativismo na parede e pedimos autorização ao Dr. Laicer Barbosa, Diretor Geral do TRT/10ª à época, que com sua indefectível simpatia, nos permitiu funcionar naquele local e, mormente, contamos com a tolerância e benevolência dos Srs. Juízes do Eg.TRT/10ª. Assim, a CREDIJUSTRA ganhou sua primeira sede, não muito bonita, mas a que podíamos ter. Iniciamos também contatos com o Dr. José Geraldo, Diretor Geral do TST-Tribunal Superior do Trabalho, para conseguirmos um espaço para nossas atividades naquele Colendo Tribunal. Com o tempo, nossas vidas seguindo seus caminhos, o Alcides aposentou, renunciou à Vice-Presidência Executiva e viajou para

assumir um cargo no recém criado TRT/24ª. Logo a seguir, fui transferido para o Foro de Taguatinga-DF. Nessa época já havíamos contratado a primeira funcionária da CREDIJUSTRA, a Sra. Juscélia Luísa de Oliveira, que havia sido meu braço direito no período que presidi a ASDR e que continuou sendo de grande valia no primórdio de nossa Cooperativa. A transferência para Taguatinga dificultou-me presidir a CREDIJUSTRA, uma vez que não havia condições de ir à sede do TRT, devido à coincidência de horários entre meu expediente e o da Cooperativa. Em 1994, decidi entregar a direção de nossa Cooperativa a um colega que pudesse, com zelo, competência e honestidade conduzi-la a bom termo. Convocamos uma Assembléia-Geral Extraordinária e indiquei o colega Altevi Oliveira da Costa para me suceder na condução da Cooperativa, indicação que foi acatada pelos cooperados. O trabalho empreendido por Altevi prova que nossa escolha foi acertada. Sem o trabalho sério de nosso colega, sem a participação de todos os que acreditaram num sonho, hoje não teríamos essa grande e sólida CREDIJUSTRA, que muito nos orgulha.

“...além de não sermos apenas clientes, mas donos de uma empresa de propriedade coletiva. Decidi que iria lutar para a consecução desse sonho.” Paulo Guy Moreira

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!


24.

CURIOSIDADES COOPERATIVISTAS

O Cooperativismo de Crédito no Brasil e no Mundo

Mais de 177 milhões de pessoas ao redor do mundo pertencem a uma cooperativa de crédito No Brasil, o cooperativismo de crédito surgiu no início do século XIX, no Rio Grande do Sul, trazido da Europa pelo padre jesuíta Theodor Amstad. Crescendo com a união de todos, hoje conta com mais de 3,6 milhões de pessoas associadas a mais de 1,4 mil cooperativas de crédito por todo país. Na Polônia as cooperativas de crédito surgiram durante o processo de democratização, após a queda do regime socialista. Hoje, as cooperativas de crédito polonesas representam a maior rede financeira do país, com 1,6 milhão de associados. Na Irlanda, a participação do cooperativismo de crédito no sistema financeiro é tão grande que sua penetração na população economicamente ativa é de mais de 100%. Isto só é possível porque cada irlandês se associa a mais de uma cooperativa de crédito. Com importante participação nos mais variados setores, as cooperativas de crédito da Austrália já contam com mais de 3,5 milhões de associados. A Coréia do Sul é um dos países asiáticos onde o cooperativismo de crédito obteve grande sucesso. Atualmente mais de 1.000 cooperativas de crédito sul-coreanas tem um lugar de destaque na vida econômica do país, contando com 13,5% da participação da população economicamente ativa e mais de 5 milhões de associados. Na terra do sol nascente, é grande a força do cooperativismo de crédito. Uma das maiores potências econômicas mundiais, o Japão conta hoje com mais de 9 milhões de associados a cooperativas. A força do cooperativismo já ajudou os espanhóis a atravessarem algumas das piores crises do país. Atualmente as cooperativas de crédito exercem um papel fundamental na Espanha pois permitem a livre associação de pessoas físicas e jurídicas e a participação de não-associados.

O Canadá foi o pioneiro em cooperativismo de crédito na América do Norte, com a fundação da Caisse Populaire no início do século XX. Atualmente um terço da população canadense é associada a alguma cooperativa de crédito.

As cooperativas de crédito neozelandesas se preocupam também em ajudar a formar os associados do futuro. Um programa de ensino patrocinado por elas proporciona aulas de educação financeira aos alunos de escolas primárias de todo o país.

Os norte-americanos foram os primeiros a criar um Dia do Cooperativismo, reconhecendo sua importância para o país. Hoje, 8 mil cooperativas de crédito americanas geram mais de 240 mil empregos.

Conselho de Administração Membros Efetivos: Altevi Oliveira da Costa (Diretor Presidente) Wellington Geraldo Pereira Filho (Diretor Administrativo) Edinaldo Dias da Silva (Diretor Financeiro) Denys Valério de Vasconcelos (Conselheiro de Administração) Edilson Franklin de Medeiros (Conselheiro de Administração) Geirton José Alves Silva (Conselho de Adminstração) Cláudia Nassif Jaber (Conselho de Administração)

Conselho Fiscal: Membros Efetivos: Newton José Cunha Brum Hérlei de Carvalho Francisco de Assis Teixeira Leal Membros Suplentes: Ricardo Alexandre da Silva Souza Alan Kardek

SICOOB Credijustra 18 ANOS - Cooperação que faz crescer!



Revista Eletronica 18 Anos Sicoob Credijustra