Page 231

— Quer mais um par de olhos em vocês? Aedion abriu a boca para dizer não, mas Aelin pareceu contemplativa. Ela olhou por cima do ombro para o primo, e ele viu que a jovem avaliava a condição dele para decidir se poderia, de fato, querer mais uma espada com eles. Se Aelin fosse da Devastação, Aedion a teria derrubado bem ali. Ele disse em tom cantarolado para a jovem rebelde: — O que eu quero é um rosto bonito que não pertença a minha prima. Parece que você cumpre o requisito. — Você é impossível — comentou Aelin. — E detesto dizer, primo, mas o capitão não ficaria muito feliz se tentasse algo com Faliq. — Não é bem assim — respondeu Nesryn, tensa. Aelin ergueu um ombro. — Não faria diferença para mim se fosse. — A mais pura verdade. A rebelde balançou a cabeça. — Eu não estava pensando em você, mas... não é assim. Acho que ele fica feliz por se deprimir. — Nesryn gesticulou com a mão, como uma dispensa. — Podemos morrer a qualquer dia, a qualquer hora. Não vejo objetivo em alimentar tristeza. — Bem, está com sorte, Nesryn Faliq — disse Aelin. — Porque estou tão cheia do meu primo quanto ele de mim. Precisamos de nova companhia. Aedion fez uma leve reverência para a mulher, o movimento levando as costelas a doerem muito, então indicou a rua adiante. — Depois de você. Nesryn o encarou, como se pudesse ver exatamente onde o ferimento latejava, e seguiu depois da rainha. Aelin os levou a uma taverna de nível realmente baixo, a poucos quarteirões. Com arrogância e ameaça impressionantes, ela expulsou dois ladrões que estavam sentados a uma mesa nos fundos. Os homens olharam uma vez para as armas da jovem, para aquele traje tão cruel, e decidiram que preferiam manter os órgãos dentro do corpo. Os três ficaram no bar até a última rodada, tão encapuzados que mal conseguiam se reconhecer, jogando cartas e recusando as muitas ofertas de se juntar a outros jogadores. Não tinham dinheiro para desperdiçar em jogos de verdade, então, como moeda, usaram os feijões secos que Aedion convenceu a exausta garçonete a trazer para eles. Nesryn mal falou conforme venceu rodada após rodada, o que o general imaginou

Profile for Letícia Lopes dos Santos Pereira da Silva

Trono de Vidro: Rainha das Sombras - Parte1  

Parte um do volume 4 da série Trono de Vidro de Sarah J. Maas

Trono de Vidro: Rainha das Sombras - Parte1  

Parte um do volume 4 da série Trono de Vidro de Sarah J. Maas

Advertisement