Page 193

mais um presente? — Depois que você tão alegremente destruiu o Cofres, estou à procura de um novo investimento. Os donos do Fossas, apesar de publicamente desejarem um investidor, estão hesitando em aceitar minha proposta. Participar esta noite vai ajudar muito a convencê-los de meus consideráveis bens e... do que posso oferecer. — E vai ser uma ameaça aos donos, exibindo seu arsenal mortal de assassinos e mostrando como eles podem ajudar a conseguir lucros ainda maiores com lutas armadas contra matadores treinados. Aelin sabia exatamente o que Arobynn diria a seguir. — Infelizmente, meu lutador desistiu — continuou ele. — Precisava de um substituto. — E com quem vou lutar, exatamente? — Eu disse aos donos que você foi treinada pelos Assassinos Silenciosos do deserto Vermelho. Lembra-se deles, não? Dê ao mestre da arena o nome que quiser. Desgraçado. Aelin jamais se esqueceria dos meses no deserto Vermelho. Ou de quem a mandara para lá. Ela indicou Lysandra com o queixo. — Não está um pouco extravagante para este tipo de lugar? — E eu aqui pensando que você e Lysandra tinham se tornado amigas depois de seu resgate dramático. — Arobynn, vamos assistir de outro lugar — murmurou a cortesã. — A luta está acabando. Ela imaginou como devia ser aturar o homem que matara seu amante. Mas o rosto de Lysandra era uma máscara de distração preocupada e cautelosa; outra pele que usava enquanto distraidamente se abanava com um lindo leque de renda e marfim. Tão deslocada naquela imundície. — Lindo, não é? Arobynn me deu — falou ela, ao reparar na atenção de Aelin. — Um pequeno adorno para uma dama tão talentosa — comentou Arobynn, inclinando-se para beijar o pescoço exposto da cortesã. Aelin conteve o nojo com tanta força que engasgou com ele. O assassino saiu andando pela multidão, como uma cobra entre a grama, encarando o esguio mestre da arena. Quando ele estava bem longe entre o público, Aelin se aproximou de Lysandra. A cortesã afastou o olhar, e a jovem soube que não era atuação. Bem baixo, para que ninguém conseguisse ouvir, Aelin falou: — Obrigada... pelo outro dia.

Profile for Letícia Lopes dos Santos Pereira da Silva

Trono de Vidro: Rainha das Sombras - Parte1  

Parte um do volume 4 da série Trono de Vidro de Sarah J. Maas

Trono de Vidro: Rainha das Sombras - Parte1  

Parte um do volume 4 da série Trono de Vidro de Sarah J. Maas

Advertisement