Page 1


The selection keira kass CAPÍTULO 01 Quando nós pegamos a carta no caixa de correio, minha mãe estava em êxtase. Ela já tinha decidido que todos os nossos problemas foram resolvidos, acabados. A grande solução no seu plano brilhante era eu. Eu não me considerava uma filha desobediente, mas aquele era o meu limite. Eu não queria ser parte da realeza. E eu não queria ser uma integrante daquilo. Eu não queria nem mesmo experimentar. Me escondi no meu quarto, o único lugar onde eu podia evitar a vibração da nossa casa cheia, enquanto minha mãe vinha com argumentos, tentando me influenciar. Eu sempre tive uma coleção de opiniões honestas... Mas eu não acho que houvesse uma única que ela iria ouvir. Eu não podia evitá-la por muito mais tempo. Estava quase dando à hora do jantar e como minha irmã mais velha não morava mais conosco, era meu dever cozinhar. Arrastando-me, sai da cama e fui em direção ao ninho de cobras. Minha mãe olhou para mim, em silêncio. Caminhamos silenciosamente pela cozinha e a sala de jantar, enquanto preparávamos o macarrão, um frango e fatias de maça, arrumando a mesa para cinco. Se eu olhasse para alguma coisa, eu me fitava ferozmente, como se eu devesse me envergonhar por querer algo que ela fez. Ele me olhava daquele jeito constantemente. Como se eu não quisesse pegar em nada em particular porque eu sabia que aquela família era rude. Ou se ela queria que eu fizesse uma faxina geral, já que não podíamos pagar um seis.


Algumas vezes, aquele olhar era compreensível. Outras vezes, não. E isso era algo que estava me deixando completamente perdida. Eu não suportava a maneira como eu era teimosa. Mas isso era algo que eu havia herdado dela, então ela não deveria ter ficado surpresa. Aquilo não era só sobre mim. Dava para perceber como minha mãe estava tensa ultimamente porque o verão estava acabando, e o inverno trazia o frio. E preocupação. Mamãe colocou a jarra de chá no centro da mesa com um baque, nervosa Me dava água na boca pensar em uma xícara de chá com limão. Mas eu tinha que esperar, até porque seria uma merda ter que comer com água depois. Esse livro foi traduzido pela equipe The Selection Br. www.theselectionbr.com 2 THE SELECTION KIERA CASS “Você vai morrer se preencher aquele formulário” ela perguntou, tentando se conter de raiva. “A seleção poderia ser uma oportunidade maravilhosa para você, para todos nós”. Respirei fundo, tendo em mente que preencher aquele formulário atualmente seria algo bem próximo a uma sentença de morte. Todo mundo sabia que os rebeldes – das colônias subterrâneas que odiavam Illéa, nosso largo o relativamente novo país – estavam atacando o palácio violentamente e frequentemente. Nós já tínhamos visto isso acontecer na Caroline. Uma das casas dos juízes foi queimada, e um monte de Dois tiveram seus carros totalmente destruídos. Houve uma fuga de presos uma vez, mas considerando que eles apenas haviam


liberado uma adolescente grávida e um sete que era pai de novo filhos, não pude deixar de pensar que eles estavam certos. Mas além do perigo, eu sinto como se estivesse machucando meu coração só de considera em participar da Seleção. Eu não conseguia parar de sorrir ao pensar em todas as razões pelas quais eu deveria ficar. “Esses últimos anos tem sido muito difíceis para seu pai” ele sibilou. “Se você tem compaixão, você deve pensar nele”. Papai. Eu realmente queria ajudar ele. E May e Gerad, e, eu acho, até mesmo minha mãe. E não fala disso, não há nada pelo o que se sorrir. As coisas tem sido tensas por aqui há muito tempo. Eu me perguntava se meu pai acharia um jeito de trazer as coisas de volta ao normal, se conseguiria dinheiro para que as coisas melhorassem. Não que nossa situação fosse tão precária, ao ponto de que vivêssemos com medo de sobreviver ou algo assim. Não éramos miseráveis. Mas eu acho que não estávamos muito longe disso também. Nossa casta era apenas três números acima da dos mais pobres de toda a sociedade. Nós éramos artistas. E artistas e músicos estavam apenas três passos a frente da sujeira. Literalmente. Nosso dinheiro era sempre apertado, e nossa renda dependia das estações. Eu lembrava de ter uma histórica certa vez, em que todos os feriados eram nos meses de inverno. Algo chamado Hallowen seguido por Ação de Graças, depois e Natal e ainda Ano Novo. E tudo se repetia todos os anos. O Natal ainda continuava na mesma data. Não é como se você pudesse mudar a data de nascimento de uma divindade. Mas quando Illéa fez o tratado de paz com a China, o Ano Novo passou a ser em janeiro ou fevereiro, dependendo da lua. E todas as celebrações individuais de gratidão e independência em relação ao resto do mundo eram


simplesmente a Festa de Agradecimento, que sempre acontece no verão e é quando celebramos a formação de Illéa e nos alegrar pelo fato de vivermos aqui. Eu não sabia o que era Hallowen. Ele nunca mais acontecer. Assim, pelo menos três vezes no ano, a família inteira estaria empregada. Papai e May mostrariam sua arte, e os fregueses os recompensariam com presentes. Mamãe e eu nos apresentaríamos em festas – eu cantando e ela no piano. Não podíamos recusar um bico onde tivéssemos que nos apresentar já que nós podíamos fazer isso. Quando eu era mais nova, me apresentar em frente a uma platéia me aterrorizava. Mas agora, eu apenas tentava seguir o ritmo da música. Isso é o que nós significávamos para as pessoas que nos pagavam: ouvidos, mas não vistos. Gerad ainda não havia encontrado seu talento. Mas ele tinha apenas sete anos. Ele ainda tinha um pouco mais de tempo. Logo as folhas mudariam, e o nosso pequeno mundo estaria instável novamente. Cinco meses, mas apenas quatro trabalhadores. Sem garantia de serviço até o Natal. Quando eu penso nisso, a Seleção parece mesmo como uma esperança, algo que eu tenho certeza que eu poderia fazer. Aquela carta estúpida poderia me tirar das trevas, e eu poderia levar minha família junto a mim. Olhei para minha mãe. Para uma Cinco, ela era um pouco gordinha, o que era bizarro. Ela não era uma comilona, o que não quer dizer que tínhamos algo para comer de qualquer jeito. Talvez aquele era somente o jeito de um corpo ficar depois de ter cinco filhos. O cabelo dela era vermelho, assim como o meu, mas cheio de mexas brilhantes. Aquilo


tinha aparecido do nada e em abundância cerca de dois anos atrás. Rugas já apareciam em torno de seus olhos, embora ela ainda fosse muito jovem, e eu podia ver como ela se movia em torno da cozinha, como se estivesse se curvando sob um peso invisível que repousava sobre os ombros. Eu sabia que ela tinha muito a fazer. E eu sabia que era por isso que ela tinha se tornado particularmente manipuladora comigo. Nós já brigáramos o suficiente, sem que precisasse de algo mais, mas com tudo isso que estava acontecendo agora, ela se tornara muito mais irritante. Eu sabia que ela pensava que eu estava me controlando um pouco agora, e que não querer preencher um formulário bobice. Mas havia coisas importantes neste mundo que eu amava.E aquele pedaço de papel parecia uma grande muralha mantendo-me longe do que eu queria. Talvez o que eu queria era estúpido.Talvez não fosse mesmo algo que eu poderia ter. Mas ainda assim, era o que eu queria. Eu não acho que eu deveria sacrificar meus sonhos, não importa o quanto minha família significava para mim. Além disso, eu já tinha-lhes dado muito. Eu era a filha mais velha agora que Kenna era casada e Kota tinha ido embora, e eu dava o meu melhor para contribuir com tudo. Eu acompanhava todas minhas aulas em casa, que me ensinavam a cantar, e que usavam a maior parte do dia. Eu tentava dominar vários instrumentos, bem como cantar cada vez melhor. Mas agora com esta maldita carta aqui, nenhum dos meus trabalhos ou esforços mais importava.Na mente da minha mãe, eu já era a rainha. Se eu fosse inteligente, teria escondido aquele aviso idiota antes de papai, May e Gerad chegarem em casa. Mas eu não sabia que minha mãe


tinha escondido ele em suas vestes, até que ela puxou-o para fora. "'Para a Casa dos Singer," ela cantou. Eu tentei pegar a carta, mas ela era muito rápida para mim. Eles iriam descobrir mais cedo ou mais tarde, de qualquer maneira, mas se ela avisasse assim, todos ficariam do lado dela. "Mãe, por favor!" Eu implorei. "Eu quero ouvir!" May gritou. Isso não era nenhuma surpresa. Minha irmãzinha era exatamente como eu, apenas três anos mais nova. Mas assim como nossos olhares eram praticamente idênticos, nossas personalidades não tinham nada a ver. Ao contrário de mim, ela gostava de sair e tinha esperança. E atualmente andava gostando de ter casos com meninos baderneiros, o que parece incrivelmente romântico para ela. Senti minhas bochechas corarem. Papai ouviu atentamente o que minha mãe disse, e May praticamente pulou de alegria. Gerad, meu doce irmãozinho, continuou comento.Mãe limpou a garganta e prosseguiu. "A pesquisa recente confirmou que uma única mulher entre as idades de 16 e 20 reside atualmente em sua casa. Nós gostaríamos de alertá-lo sobre uma oportunidade futura para honrar a grande nação de Illéa”. May gritou novamente e agarrou meu pulso. "É você!" "Eu sei, macaquinha. Pare antes que quebre meu braço". Mas ela segurou minha mão e saltou mais ainda. "Nosso amado príncipe, Maxon Schreave", Mamãe continuou, "fará aniversário neste mês. Nesta nova aventura de sua vida, ele espera prosperar com uma parceira, para se casar com uma verdadeira filha de Illéa. Se sua filha, irmã, ou abrigada, que tenha a idade elegível, está interessada em tornar-se, possivelmente, a noiva do príncipe Maxon e adorada princesa de Illéa, por favor preencha o formulário


anexo e devolva ele no Escritório de Serviços de seu Província.Uma mulher de cada província será sorteada aleatoriamente para conhecer o príncipe. "As participantes ficarão no luxuoso e encantador Palácio de Illéa em Angeles ao decorrer de sua estadia. As famílias de cada participante serão generosamente recompensadas ", ela prosseguiu aumentando o tom de voz " pelo o seu serviço à família real. " Revirei os olhos enquanto ela continuou. Esta é a maneira que eles tratam os filhos. Princesas nascidas na família real são vendidas em casamento fora de Illéa, em uma tentativa de solidificar nossas relações ainda jovens com outros países. Eu entendo porque isso era feito, nós precisamos de aliados. Mas eu não gosto. Eu não tinha a ver com isso, e eu esperava que eu nunca tivesse que passar pelo que estou vivendo agora. A família real não tinha uma princesa há três gerações. Princesas plebéias, somente. Mulheres do povo casadas para se mantenha o elevado moral da nossa nação. Eu acho que A seleção foi feita para nos unir e lembrar a todos que Illéa nasceu do, praticamente, nada. A idéia de estar inscrita em um concurso que todo o país assistirá, bem como ser escolhida como a pessoa mais linda e superficial entre as garotas, sendo o rosto mais lindo e silencioso, que posteriormente teria que ficar ao lado do príncipe na TV. . . era o bastante para me fazer gritar. Poderia haver algo mais humilhante do que isso? Além disso, eu já estivera nas casas de pessoas da sociedade dois e três suficientes para ter certeza que eu nunca quisera viver entre eles, muito menos ser uma. Exceto nos momentos em que estávamos com fome, eu era feliz por seu uma cinco. Mamãe era a alpinista de nossa


casta, não eu. "E é claro que ele adoraria América! Ela é tão bonita.” disse minha mãe. "Por favor, mãe. Sem exageros, eu sou razoável." "Você não é só isso!" May disse. "Porque até mesmo tendo apenas o seu olhar, sou bonita!" Seu sorriso era tão grande que não pude conter meu riso. E foi um bom ponto de vista o dela. Porque May era realmente bonita. Era mais do que o rosto dela, no entanto, mais até do que seu sorriso vitorioso e seus olhos brilhantes. May irradiava uma energia, um entusiasmo que faz você querer estar onde ela estava. May era magnética, e eu, honestamente, não era. "Gerad, o que você acha? Você acha que eu sou bonita?” Eu perguntei. Todos os olhos caíram sobre o mais novo da nossa família. "Não! As meninas são brutas!" "Gerad, por favor." Mamãe deu um suspiro exasperado, brava. Ainda bem que era difícil Gerard ficar chateado. "América, você deve saber que você é uma menina estonteamente linda." "Se eu sou tão linda, como é que ninguém nunca vem por me convidar para sair?" "Oh, eles vem, mas eu mando eles embora. Minhas meninas são bonitas demais para casar com um cinco. Kenna tem um quatro, e eu tenho certeza que você pode ter um ainda melhor." Mamãe tomou um gole de seu chá. "Seu nome é James. Pare de chamá-lo pelo seu maldito número. E desde quando os meninos vêm me chamar para sair?” minha voz estava


cada vez mais elevada. "Faz tempo", disse papai, fazendo o seu primeiro comentário sobre tudo aquilo. Sua voz tinha um toque de tristeza, e ele estava olhando decididamente para seu copo. Eu estava tentando descobrir o que o perturbava tanto. Os meninos? Mamãe e eu brigando novamente? A idéia de eu não entrar na Seleção? Quão longe eu ficaria se eu conseguisse? Esse livro foi traduzido pela equipe The Selection Br. www.theselectionbr.com

Seus olhos me fitaram pelo mais breve dos momentos, e de repente eu entendi. Ele não queria me pedir para fazer isso. Ele não quer que eu vá. Mas ele não podia negar os benefícios se eu conseguisse entrar, mesmo que eu durasse só por um dia. "America, seja razoável", disse minha mãe. "Somos os únicos pais que tentam convencer a nossa filha quanto a isso.Pense na oportunidade! Você poderia ser rainha um dia!" "Mãe. Mesmo se eu quisesse ser rainha, o que eu não quero, existem milhares de outras meninas na província que querem entrar nesta coisa. Milhares. E se eu de alguma forma fosse selecionada aqui, ainda haveria trinta e quatro outras meninas lá, sem dúvida, muito melhores na sedução do que eu poderia fingir ser.” Ao ouvir isso, Gerad se animou "O que é sedução?" "Nada", todos responderam ao mesmo tempo. "É ridículo pensar que, com tudo isso, eu de alguma maneira consiga vencer", eu terminei.


Minha mãe empurrou a cadeira quando ela se levantou e se inclinou sobre a mesa, fixa em mim. "Alguém vai vencer, América. Você tem chance como qualquer outra pessoa”. Ela jogou o seu guardanapo no chão e saiu. "Gerad, quando você terminar, é hora do seu banho." Ele gemeu. May comeu em silêncio. Gerad demorou apenas alguns segundos, e logo todos já haviam terminado de comer. Quando se levantou, eu comecei a limpar a mesa, enquanto meu pai sentou-se lá para beber o seu chá. Ele tinha tinta no cabelo de novo, um monte da cor amarela, o que me fez sorrir. Ele levando-se, tirando migalhas de sua camisa com as mãos. "Desculpe, pai", eu murmurei enquanto recolhia os pratos. "Não seja boba, minha gatinha. Eu não estou bravo." Ele sorriu com facilidade e me abraçou "Eu só. . ." "Você não tem que explicar isso para mim, querida. Eu sei." Ele me beijou na testa. "Vou voltar ao trabalho." E com isso eu fui para a cozinha para começar a limpeza.Enrolei meu prato praticamente intocado em um guardanapo e coloquei-o na geladeira. Ninguém mais havia deixado mais do que migalhas. Eu suspirei, indo para meu quarto, afim de voltar para a cama. A coisa toda fora irritante. Por que minha mãe tem que me pressionar tanto? Ela não estava feliz? Ela não amava meu pai? Por que isso não era suficiente para ela? Coloco minha cabeça no meu colchão encaroçado, tentando considerar todos os aspectos da Seleção em minha mente. Eu acho que tinha suas vantagens. Seria bom porque comeríamos bem por um tempo


pelo menos. Mas não havia razão nenhuma para me preocupar. Eu não

iria cair de amores pelo príncipe Maxon. Pelo que eu tinha visto no Jornal da Capital Illéa, eu nem gostaria desse cara. Pareceu uma eternidade até que meia-noite chegasse. Havia um espelho na minha porta, e antes de sair, eu parei para ter certeza que meu cabelo parecia tão bom quanto ele estava esta manhã e passei um pouquinho de gloss para que minha cara tivesse alguma cor.Mamãe era muito rigorosa sobre a economia de maquiagem para quando tivéssemos que nos apresentar ou sair em público, mas eu costumo usar um pouco a mais em algumas em noites como esta. Tão silenciosamente quanto pude, eu rastejei até a cozinha. Peguei meus restos de comida, um pouco de pão que estava embolorando, uma maçã e empacotei tudo. Foi doloroso andar de volta para o meu quarto tão lentamente, agora que já era tarde. Mas se eu tivesse feito isso antes, eu teria sido impaciente. Abri minha janela e olhei para o nosso pedacinho de quintal. Não havia muito aparecendo da lua, então eu tive que deixar meus olhos se ajustarem antes de conseguir enxergar melhor. Do outro lado do gramado, a casa da árvore ficava estranha na noite. Quando éramos mais jovens, Kota amarrava folhas e galhos na casa para que ela parecesse um navio. Ele era o capitão, e eu sempre fui seu co-capitão oficial. Meus deveres consistiam principalmente em varrer o chão e fazer comida, que era de terra e galhos enfiados em assadeira da minha mãe. Ele pegava uma colher cheia de sujeira e "comia", quando na verdade jogava aquilo sobre seu ombro. Isso significava que eu teria que varrer de novo, mas eu


não me importava. Eu estava feliz de estar no navio com Kota. Olhei em volta. Todas as casas vizinhas estavam escuras. Ninguém estava olhando para fora, nem nada. Me arrastei para fora da janela com cuidado. Eu costumava ficar cheia de hematomas em toda a minha barriga de ter que fazer aquela manobra, mas agora era fácil, um talento que eu tinha dominado ao longo dos anos. E eu não queria estragar qualquer alimento. Correu pelo gramado em meu pijama mais bonito. Eu poderia ter continuado a usar minhas roupas que usei de dia, mas com meu pijama me sentia melhor. Eu acho que ele não se importava com o que eu usava, mas me sentia muito mais confortável em meus pequenos calções castanhos e minha camisa branca. Não foi difícil escalar os degraus pregados na árvore com uma só mão. Eu tinha desenvolvido essa habilidade também. Cada passo era um alívio. Eu não estava muito longe de meu quart, mas naquele lugar era como se toda a minha casa e tudo o que acontecia lá estivesse a quilômetros de distância. Ali eu não tinha que ser princesa de ninguém. Enquanto eu entrava na pequena casa de madeira que era meu esconderijo, eu sabia que não estava sozinha. No canto mais distante, alguém estava escondido no meio da noite. Minha respiração acelerou, eu não conseguia controlá-la. Coloquei o pacote de comida no chão e apertei minha visão. A pessoa mudou, acendendo uma vela praticamente acabada. Não era muito claro, ninguém na casa iria vê-lo, mas era o suficiente para que eu conseguisse. Finalmente o intruso falou, com um sorriso malicioso se espalhando por todo o rosto. "Ei você aí, lindona."


THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 1 CAPÍTULO 02 Euadentrei rastejando nacasa da árvore.Não eramuito mais do queum cubode cincometrosquadrados, mesmoGeradnão podiaficar em péaqui.Maseuamava. Havia apenas a abertura pela qualeu entrava rastejando e uma janela na parede oposta.Eu tinha colocadoumaescadinhavelha no canto, sobre a qual eu colocava a vela,eum tapetepequeno queera tão velho que eraapenas um pouco melhordo que sentarsobreas farpas do chão. Não era muito,mas era o meurefúgio.O nossorefúgio. "Por favor,não me chame delindona. Primeirominha mãe,depois May, eagora você.Isso já estáme dando nos nervos."A propósito,Aspen estava olhando para mim, eupoderia dizer quenão estavaajudando com o caso Eu não sou bonita. Ele sorriu. "Eu não concordar.Você éa coisa mais lindaque eu já vi. Você não poder querer que eu não diga isso na única vez que me é permitida." Eleestendeu a mão esegurou carinhosamente meurosto, eeu olhei profundamenteem seus olhos. Issofoi o suficiente.Seus lábios estavamnos meus,e eu não conseguiapensar emmais nada.Não havia mais nenhuma Seleção,nenhuma famíliamiserável,nem Illéa.Havia apenasas mãosde Aspennas minhas costasme puxando paramais perto, enquanto euouvia


sua respiração em minhas bochechas.Meus dedosforam para o seu cabelo preto,ainda molhadodo seuchuveiro(ele sempre tomavabanhoà noite),emaranhado-se com ele emum nóperfeito.Elecheirava asabão caseirode sua mãe.Eu sonhava comesse cheiro.Nósseparamos, e eu não poderiadeixar de sorrir. Suas pernas estavam estendidas abertas,então eu me senteide lado entre elas,como uma criançaque precisava de aconchego ”Desculpe, eunão estoucom um bom humor.Éexatamente isso.. .recebemosum avisoestúpidono correiode hoje." "Ah, sim, a carta."Aspensuspirou."Nósrecebemos duas”. Claro.As gêmeas tinham acabado de completar 16 anos também. Aspenfitou o meu rostoenquanto falava.Ele fazia isso quando estávamos juntos,como se ele estivessefotografando meu rostoparaque nunca o esquecesse.Fazia mais de uma semana que não nos víamos, e nósdois ficamosansiosos quandoera mais do quealguns dias. E eu o fitei,também.De todas as castas, Aspenera, de longe,o cara maisatraenteda cidade.Ele tinha cabelos escurose olhos verdes,eesse sorrisoque te fazpensar que eletinha um segredo.Ele era alto, masnão muito Magro,mas nãomuito.Repareina luz fracaque haviasacosminúsculossob seus olhos, sem dúvida, eleestava trabalhandono final durante todo o final de semana.Sua camiseta THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 2 pretajá havia sido rasgadaem vários lugares, assim comoo parde


jeanssurradosque usavaquase todo dia. Se eu pudessesentar e costuraraquelesfuros para ele.... Essa era a minha grande ambição.Não queria serprincesadeIlléa.Mas sim a princesa de Aspen. Doía ficar longe dele.Alguns dias euficava louca imaginando o que eleestava fazendo.E quando eu nãopodia lidar com isso,eu praticavamúsica para distrair.Eu realmente tinha que agradecer a Aspen poreu sera cantora queeu era.Ele me levavaà loucura. E issoera ruim. Aspenera um Seis.Seiseram servoseapenas uma castaacima dos Sete, sendo que elesestavamapenasmais bemeducados e treinadospara o trabalhodoméstico. Aspenera o mais espertode todos edevastadoramentebonito,mas não era costume que uma mulher se casasse com um homem de casta abaixo.Um homem deuma casta inferior pode pedira sua mão, mas erararo terum sim.Equando alguém se casava comuma castadiferente, eles tinham quepreencher a papeladaeesperar porcercadenoventadias antes defazerqualqueruma das outras coisaslegais que você precisava.Eujá ouviramais de uma pessoadizer que erapara dar às pessoasuma chance de mudarde ideia. Entãonóssendo de castas diferentes dentro da cultura de Illéa... poderíamosficar emsérios apuros se resolvêssemos assumir nossa união.Sem mencionar oinfernoqueeu iriapassarcom a minha mãe. Mas euamavaAspen.EuamavaAspenpor quase dois anos.Eele me amava.E elesentado aliacariciandomeu cabelo,não me deixava nem imaginar entrarnaSeleção. "Como você se sentesobre isso?ASeleção,eu quero dizer?", perguntei.


"Ok,eu acho.Ele tem queencontrar uma garotade alguma forma, coitado." Eupodiasentirosarcasmo.Maseurealmente queria sabersua opinião. "Aspen". "Ok, ok.Bem,parte de mimacha que émeio triste.Será queo príncipenão namora?Quero dizer,ele nãopodese casar comalguémque queira?Seeles tentamcasaras princesascomoutros príncipes,por que nãofazer o mesmopor ele?Tem quehaver algumalá fora,boa o suficientepara ele.Eunão entendo.É isso que eu acho. "Mas então..." Elesuspirou."Parte de mimacha que éuma boa idéia. É emocionante.Ele vaise apaixonarna frente de todos.E eu gostoque alguémtenha um feliz para sempree tudo isso.Qualquer uma poderiaser a nossapróxima rainha.É uma espécie deesperança.Me faz pensar queeu poderia ter umfeliz para sempre,também.” Seus dedos estavamtraçandomeus lábios.Aqueles olhos verdes pesquisavam profundamente minhaalma, e eu sentiaaquela centelhade conexão queeusó tinhacom ele.Eu queriao nosso felizes para sempre,também. "Entãovocê está incentivandoas gêmeas aentrar?", perguntei. THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 3 "Sim.Quero dizer,todos nós vemoso príncipede vez em quando,e eleparece umcara legalo suficiente.Umameleca,sem dúvida, masamigável.E as meninasestão tão ansiosas, é engraçado de


ver.Elasestavam dançandona casaquando cheguei em casahoje.E ninguémpode negar queseria bompara a família.Minha mãe está esperançosa, porque temos duaschances de entrar, em vez de uma.” Essa foi aprimeira boa notíciasobre este concursohorrível.Eu não podia acreditarque eu tinhasido tãoegoístaque eunão tivessepensado nasirmãs doAspen.Se um delasfosseescolhida, se um delasganhasse.... "Aspen,você percebeo que issosignifica?E seKamberouCélia ganharem?”. Elese aproximou mais de mim, seus lábiosroçandominha testa.Umamão se moveupara cimae para baixoem minhas costas. "Étudo que eupenseihoje", disse ele.O somde sua vozcorajosa empurrava para foratodos osoutros pensamentos.Tudo o que eu queria eraque Aspen me tocasse, me beijasse.E é nisso exatamente onde teríamos terminado, mas seuestômago roncoue tirou-mede meus devaneios. "Oh, hey, eu trouxe-nosum lanche", eu disselevemente. "Oh, sim?" Eu poderiadizer que ele estavatentando não parecer animado, massua voz deixava isso claro. "Você vai adoraresta galinha;eu que cozinhei.” Peguei minha pequena bolsa que trouxera para Aspen, que, paraseu mérito,mordiscoutudoo que eu trouxe lentamente.Eupeguei uma mordida da maçãpara que elesentissecomo se fossepara nós, masentão eu abaixe logo depois e deixei que ele comesse o restante. Enquanto as refeiçõeseramuma preocupaçãona minha casa, conseguir elas era um desastre na de Aspen. Ele tinha um trabalhomuito mais constantedo quefazíamos, masera pago por muitomenos.Nunca houvecomida suficiente parasua família.Eleera o mais velhode sete,e


da mesma forma queeu ajudava sempre que podia em minha casa, Aspen também. Eleera o responsável pela pouca comida que alimentava seus irmãos e sua mãe, que estava sempre cansadade trabalhartambém. Seu paitinha morridohá três anos,e a famíliade Aspendependia delepara quase tudo. Eu olhava felizenquanto ele lambiaos temperosdo frango de seusdedos epartia o pão.Eu não podia nem imaginar qual fora a última vez que ele comera. "Você é umaótima cozinheira. Vocêvai acabar deixando alguém muito gordo e feliz um dia", disse ele, suaboca meiocheiacom um pedaço demaçã. "Euvou deixarvocêgordo e feliz.Você sabe disso." "Ah,ficar gordo!" Nós rimoseele me contousobre a vidadesde a última vezque eu o vi.Eletinha feitoalgumtrabalho de escritórioparauma das fábricas,e ia continuar nisso até semana que vem,também.Sua mãetinha finalmenteentrado emum serviço de faxinapara alguns dos Doisem THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 4 nossa área.As gêmeasestavam tristes porque sua mãehavia feitoelas saírem doclube de teatrodepois da escolapara que elas pudessemtrabalhar mais. "Euvouver se consigopegaralgum trabalhoaos domingos,ganhar um pouco mais dinheiro.Eu odeio vê-las saindo de algo que tanto amam."


Eledisse isso comesperança, como se ele realmentepoderia solucionar aquele problema. "AspenLeger,não ouse!Você já trabalha demais.” "Ah,Mer", elesussurrou em meu ouvido, o que me fez tersolavancos frios."Você sabe comosãoKambereCelia.Elas precisam estarem em torno de pessoas.Eles não podem ficar enfiadas nalimpeza e escrevendoo tempo todo.Não é natureza delas." "Masnão é justoque elasesperem que você façatudo, Aspen.Eu sei exatamentecomo você se sentesobre suasirmãs, mas você precisa estar atentopara si mesmo.Se você realmente as ama, vocêtem que cuidar melhor desi mesmo.” "Nãose preocupe com isso,Mer.Eu acho que existemalgumas coisas boasque ainda virão.Eu nãovou fazer isso para sempre.” Maseleiria fazer. Porque sua famíliasempreprecisaria de dinheiro. "Aspen,eu sei que vocêfaria isso.Mas vocênão éum super-herói.Você não pode esperar ser capaz defornecer tudo paratodos que você ama.Você só... vocênão pode fazer tudo." Ficamos em silêncio porum momento.Eu esperava que eleestivesse considerando minhas palavras com o coração, percebendo quese ele nãoabrandasse o trabalho,ele acabaria consigo mesmo.Não eranada de novo para umSeis, Sete,Oitomorrer de exaustão. Eu não poderia suportarisso.Me acolhiainda mais perto deseu peito, tentandogravara imagemdeleda minha cabeça. “América?" "Sim?"Eu sussurrei. "Você vaientrar naSeleção?" "Não!Claro que não!Eu nãoquero que ninguém penseque eusequer


imagino emme casar comum estranho.Eu te amo”, eu dissesinceramente. "Vocêquer ser uma Seis?Semprecom fome?Semprepreocupado?", perguntou ele.Eu podia ouvira dorem sua voz, mas também a verdadeira questão:se eu tivesse queescolher entredormir em um palácio compessoas a meu dispor ou uma casade três quartoscom a famíliade Aspen,qual eu escolheria afinal? "Aspen,nós vamos conseguir. Nós somosinteligentes. Nós vamos ficar bem."Euqueriaque fosseverdade. "Você sabe que nãoé assim quevaiser,Mer.Euainda tenho que sustentar minha família, eunãosou do tipo que abandonaria eles.”Eume contorciaum poucoem seus braços.."E setivéssemos filhos-" "Quando tivermosfilhos.E nós vamoscuidar deles. Quem disse quetemos que termais do quedois?” THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 5 "Vocêsabe que não éalgo que podemoscontrolar!" Eupodia ouvira raiva exalada em sua voz. Eu nãopodia culpá-lo.Se você fosserico o suficiente, você podia regular o crescimento de sua família.Entretanto, se você fosse umquatroou pior, eles deixavamvocêa própia sorte.Este tinha sido um assunto freqüente entre nós nos últimos seis meses, quando começamos a tentar encontrar uma maneia sólida de ficarmos juntos. Crianças era o coringa.Quanto maisvocê tinha, mais havia pelo que trabalhar,


maisbocas famintas... Nósficamos em silênciooutra vez, inseguros sobreo que dizer. Aspenerauma pessoa apaixonante, e sempre pensava um pouco antes de falar. Ele se controlava ao máximo antes de ficar irritado demais, e eu sabia queera isso o que ele estava fazendo agora. Eunão queria que elese preocupasseouficasse chateado, eu realmentepensava que nós poderíamoslidar com isso.Se nós apenastivéssemos em mente o que nós conseguiríamos dar conta, ou não. Talvez eu eramuitootimista, talvezeu estivesse profundamente apaixonada, mas eu realmente acreditavaque qualquer coisa que Aspen e eu quiséssemos, e tivéssemos força para fazer, poderíamos tornar real.. "Eu acho que vocêentrar", disse elede repente. "Entrar no quê?" "Entrar naSeleção.Eu acho que vocêdeve entrar.” Eu olhei paraele."Você estálouco?" "Mer, me escute."Sua bocaroçava meu ouvida. Ele não estava sendojusto; ele sabia que estava me deixando confusa.Quando sua voz veio, foisoprosae lenta, como se ele estivessedizendo algo romântico, apesar de que ele estivesse sugerindo algo completamente sem sentido. "Se você tivessea chance de ter algo melhor em sua vida,e você nãoaproveitasse elapor causa de mim, eununca me perdoaria.Eu nãosuportaria.” Deixei escapar o fôlego em um huff rápido."Isso tão ridículo. Pense nasmilhares de meninas que entram.Eu não vou nem ser escolhida." "Se você não se for escolhida, então por que isso importa?" Suas mãosacariciavam meus braços agora. Eu não conseguiadiscutir quando


ele faziaisso."Tudo que eu quero éque você entre.Eu só quero que você tente.E se você for, então você vai.E se você não fizerisso, então pelo menos não vou me condenar por ter te segurado." "Mas eu não o amo, Aspen.Eu nem mesmo gosto dele.Eu nem sequeroconheço.” "Ninguém sabe dele.Essa é a coisa, no entanto, talvezvocê gostasse dele." "Aspen, pare.Eu te amo.” "E eu te amo." Ele me beijou lentamente, tentando marcar um ponto positivo comigo."E se você me ama, você vai fazertentar, e por isso não vou ficar louco me perguntando o quepoderia ter acontecido se você tivesse feito o que te peço". THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 6 QuandoAspen tornou aquela conversa sobre ele, eu não tinha a menor chance.Porque eu não podia machucá-lo.Eu estava fazendo tudo o que podiapara tornar sua vida mais fácil.E eu estava certa. Não havia absolutamente nenhuma maneira de eu serescolhida.Então eu deveria fazer o que todos queriam, acalmar todos, e quando eu não fosse escolhida, todo mundo iria cair do cavalo. "Por favor?", Ele sussurrou em meu ouvido.Calafrios passaram por mim. "Tudo bem", eu sussurrei."Vou tentar. Maseusei agora que eu não quero ser uma princesa.Tudo o que eu quero é ser sua esposa."


Ele acariciou meu cabelo. "Você vai ser." Deve ter sido a luz.Ou a falta da mesma.Porque eu jurei que seus olhos se encheram de lágrimas quando ele disse isso.Aspen tinha passado por muita coisa, mas eu o tinha visto chorar uma única vez, quando seu irmão fora chicoteado na praça. Jemmy apenas havia roubado algumas frutas de um carrinho no mercado. Um adulto teria um julgamento breve e, em seguida, dependendo do valor do que fora roubado, ou seria jogado na cadeia ou sentenciado àmorte. Jemmy tinha apenas nove anos, então ele foi espancado.A mãe de Aspen não tinha dinheiro para levá-lo a um médico adequado, de modo que Jemmy ainda tinha todas as cicatrizes do cima de cima a baixo das costas. Naquela noite, eu esperei em minha janela para ver se Aspen subia para a casa da árvore.Quando ele apareceu, eu escapei e fui até ele. Ele chorou em meus braços por uma hora dizendo coisas como se ele tivesse trabalhado mais arduamente, se ele tivesse apenas feito melhor, Jemmy não teria roubado nada.Como era injusto que Jemmy tivesse se machucado porque Aspen tinha falhado. Foi angustiante, porque não era verdade.Mas eu não podia dizer-lhe isso, pois ele não iria me ouvir. Aspen tinha as necessidades de todos que ele amava em suas costas.De alguma forma milagrosa, eu me tornei uma dessas pessoas.Então eu fiz a minha carga tão leve quanto eu poderia. "Será que você canta para mim?Cantar para mim algo de bom para que eu durma?" Eu sorri.Eu adoravacantar para ele.Assim, eume aproximei mais delee canteiuma canção de ninar calma. Eleme deixoucantar por alguns minutos enquanto seus dedos


começaram a se mover distraidamente abaixo da minha orelha.Então, ele puxou a gola da minha camisaaberta e me beijouao longo do meu pescoço e orelhas. Puxou minha manga curta e beijou meu braçoaté onde ele poderia alcançar.Minha respiração se intensificava. Quase toda vez que eu cantava, ele faziaisso. Acho que ele gostavado som da minha respiração rouca mais do que o próprio canto. Em pouco tempoestávamos entrelaçados no tapete sujoe fino. Aspen me puxou para cimadele, e eu escovei o cabelodesgrenhado com meus dedos, hipnotizada pela sensação.Ele me beijou freneticamente e fortemente. Senti seus dedos apertarem minha cintura, minhas costas, THE SELECTION KIERA CASS Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com 7 meus quadris, as coxas.Eu sempre me surpreendia ;em como ele conseguia não me deixar cheia de hematomas em formas de dedo. Nós éramos cautelosos, sempre nos interronpendo, vergonhosamente, de fazer as coisas que realmente queríamos. Como se quebrar o toque de recolher não fosse feio o suficiente.Ainda assim, quaisquer que fossem nossas limitações, eu não poderia imaginar que alguém em Illéa tinha mais paixão do que nós. "Eu te amo, América Singer.Enquanto eu viver, eu vou te amar." Houve alguma emoção na voz dele, e ele me pegou desprevenida. "Eu te amo, Aspen.Você sempre será meu príncipe." E ele me beijou até que a vela seapagou. Só podia ter se passado horas, e meus olhos estavam pesados. Aspen


nunca se preocupou com seu sono, mas ele estava sempre preocupado com o meu.Então,já cansada, desci a escada,levando meu prato e minha moeda. Quando eu cantava, e Aspen comia, eu amava.De tempos em tempos, quando ele tinha alguma coisa, ele me davauma moedacomo forma de pagar pela minha música.Se ele conseguia uma moeda, eu queria que ele desse ela a sua família.Não havia dúvida de que eles precisavamdecada uma. Só que, juntar estas moedas—desde que eu conseguia mais gastá-las —, era como ter um lembrete de tudo o que Aspen estava disposto a fazer pormim, de tudo o que eu significava para ele. De volta ao meu quarto, eupegueio meu jarro pequeno de moedas de seu esconderijo e ouvi o som feliz da mais nova bater nas suas vizinhas.Esperei dez minutos, olhando pela janela, até que eu viasombra de Aspen descer e correr o caminho de volta. Fiquei acordadapor maisum pouco, pensando em Aspen eoquanto eu o amava, e comoera a sensação de ser amadapor ele.Eu me sentia especial, de valor inestimável, insubstituível.Nenhuma rainha em qualquer trono poderia se sentir mais importante do que eu. Adormeci com esse pensamentogravado, de forma segura, em meu coração.

THE SELECTION KIERA CASS 1 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com


CAPÍTULO 03 Aspen estava vestido de branco.Elepareciaum anjo.Estávamosna Carolina ainda, mas não havia ninguém por perto.Estávamos sozinhos, mas não sentíamos falta de ninguém. Aspen tecia galhos para fazeruma coroa para mim, e estávamos juntos. "América," Mamãe cantou, sacudindo-me dos meus sonhos. Ela acendeu as luzes, queimando meus olhos, e eu esfregueias minhas mãos neles, tentando me ajustar com a claridade. "Acorde, América, eu tenho uma proposta para você." Eu olheipara o relógio de alarme.Não fazia nem um minuto que havia se passado das sete da manhã.O que significava...cinco horas na cama. "Não posso dormir mais um pouquinho?", Eu murmurei. "Não, querida, sente-se.Eu tenho algo sério para discutir." Eu me levantei e continuei sentada na cama, as roupas amarrotadase o cabelo amassado em direções estranhas.Mamãe batia suas mãos, como se fosse acelerar o processo. "Vamos, América, eu preciso que você acorde." Eu bocejei.Duas vezes. "O que você quer?" Eu disse. "Que você inscreva seu nome na Seleção.Eu acho quevocê seria uma princesa excelente." Era muito cedo para isso. "Mãe, realmente, eu só..." Eu suspirei enquanto lembrava do queeu havia prometido ontem à noite para Aspen: que eu iria pelo menos tentar.Masagora, à luz do dia, eu não tinha certeza se eu conseguiria me obrigar a isso. "Eu sei que você não quer, mas eu pensei em fazer um acordocom


você para ver se você muda de ideia.” Meus ouvidos se animaram.O que ela poderia me oferecer? "Teu pai e eu conversamos ontem à noite, e decidimos quevocê é grande o suficiente para continuar seus trabalhos sozinha.Você toca opiano, assim como eu faço, e se você tentar um pouco mais, você estariaquase impecável no violino.E a sua voz,bem, não háninguém melhor na província, se você me perguntar. " Eu sorri meio grogue."Obrigado, mãe.De verdade." Eu particularmente nãome importaria de trabalhar sozinha.Entretanto, eu não via como aquilo iria mudar meu pensamento sobre a Seleção. "Bem, isso não é tudo.Você pode aceitar o seu próprio trabalho agorae ir sozinha e... e você pode ficar a metade de tudo o que vocêganhar."Ela fez uma caretaao dizer isso. Meus olhos se abriram. "Massó se você se inscrever para a Seleção." Ela estava começandoa THE SELECTION KIERA CASS 2 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com sorrir agora.Ela sabia que isso ia me convencer, emboraeu ainda achasse que ela estava esperando mais uma discussão.Mas como eu poderiadiscutir com aquilo?Eu jáiria me inscrever de qualquer forma, e agora eu poderia ganharalgum dinheirocom isso! "Você sabe que eu só posso concordar em me inscrever, certo? Eu não possofazer com que eles me escolham." "Sim, eu sei.Mas vale a pena uma tentativa."


"Uau, mamãe." Eu balancei a cabeça, ainda em choque."Ok, eu voupreencher o formulário hoje.Você está falando sério sobre o dinheiro?" "Claro.Mais cedo ou mais tarde você iriaganhar seu próprio dinheiro de qualquer forma.E, ser responsável por seu próprio dinheiro serábom para você.Apenas, não se esqueça da sua família, por favor.Nós aindaprecisamosde você". "Eu não vou esquecer você, mamãe.Comoeu conseguiria, com todo o incômodo?" Eu pisquei, ela riu, e com isso, oacordo estavafeito. Tomei um banho, ainda processandotudo o que tinha acontecidoem menos de vinte e quatro horas.Bastava preencherum formulário, e eu ganharia a aprovação da minha família, faria Aspen feliz, e ganharia o dinheiro que ajudaria Aspene eu nos casar! Eu não estava tão preocupada com o dinheiro, mas sabia queAspene euprecisávamos ter algumas economias donosso próprioganho antes de tudo. Custariaum pouco para fazer as coisas ficarem legais, e nós queríamos ter uma pequena festa com a família depois do nosso casamento.Eu achoque não levaria muito tempo para nos economizarmos o necessário até que estivéssemos prontos para casar, mas Aspen queria mais.Talvez,finalmente, ele confiasse que não estava me amarrando para sempre, se eu tivesseum trabalho sério. Depoisde tomar banho, eu arrumei o cabelo e passeium pouco de maquiagem para comemorar,eentãofui para o meu armário escolher o que usar.Não havia muitas opções.A maioriaera bege, marrom ou verde.Eu tinha alguns vestidos mais bonitospara quando nós trabalhávamos, mas eles estavam irremediavelmente fora de modo. Contudo, essa era a realidade. Seis e Setesusavamquase sempre


jeans ou alguma roupa resistente. Cincos geralmentevestiamroupas agradáveis, já que os artistas cobriam tudocom batas e os cantores e dançarinos apenas o realmente necessário para uma aparência especial nos espetáculos.As castas superiores usavamcáqui e jeans de vez em quando para mudarde visual, mas era sempre após uma modificação ou outra nos cortes e tecidos para algo novo. Como se não fosse o suficiente que eles pudessem ter tudo o que queria, eles transformavam asnossas necessidadesem luxos. Eu coloquei meus shorts cáqui e meu casaco verde - de longe,as roupasmais bonitas que eu tinha para usar de dia–e me examinei mais uma vez antes de sair do quarto.Eumesentia bonita hoje. Talvez fosse THE SELECTION KIERA CASS 3 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com apenas a emoção portrás de meus olhos. Mamãe estava sentada na mesa da cozinhaao do meu pai, cantando. Ambos olharam para mim um par de vezes, mas atéseus olhares não me incomodavam. Quando eu peguei a carta, fiquei um pouco surpresa. O papelerade alta qualidade.Eu nunca tinha sentido nada parecido. Comespessura ligeiramente texturizada. Porum momentoo papel pesou em minhas mães, me lembrando da magnitude do que eu estava fazendo. Duas palavras pularam na minha cabeça:E se? Mas eu afastei o pensamento e coloquei acaneta no papel.Era bastante simples.Preenchi meu nome, idade,casta, e informações de


contato.Eu tive que colocar minha altura e cabelo, peso, olhos e cor da pele, também.Tive o prazer de escreverque eu poderia falar três línguas.A maioria podia falar, pelo menos,dois, mas minha mãe insistiu que aprender francês e espanhol era essencial,uma vez que esses idiomas ainda eram usados em partes do país. Isso também ajudava com o canto.Havia tantas músicas lindas em francês.Nós tínhamos que escreverqual era nossa escolaridade, oque pode variar imensamente, já que apenasSeis e Setesiam para as escolas públicase o ensino médio era recente nestas. Eu já estava quase terminando a escola. Sobhabilidades especiais, escrevi sobre cantar e todos os instrumentos que eu tocava. "Você acha que a capacidadeemdormirconta como umahabilidade especial?" Eu perguntei a meu pai,tentando soar realmente confusa se escrevia aquilo ou não. "Sim, escreva. E não se esqueça de escrever que você pode comeruma refeição inteira em menos de cinco minutos", ele respondeu.Eu ri.Era verdade, eu costumava praticamente engolir minha comida. "Oh, vocês dois!Por que você não escreve apenasque você é uma bárbara absoluta!" Minha mãe veio trovejando.Eu não podia entender porque ela estava tão frustrado-afinal, ela estava tendo exatamente o que ela queria. Eu deiameu pai um olhar interrogativo. "Ela só quer o melhor para você, isso é tudo." Ele se inclinou para trásna cadeira, relaxandoum poucoantes de começar a trabalhar na obra encomendada para o final do mês. "Assim como você, mas você nunca ficatão zangado", eu disse. "Sim.Mas sua mãe e eu temos idéias diferentes do que émelhor para


você." Elesorriu para mim.Minha boca era igual a dele- assim como o olhar e a tendência de dizer coisas inocentesque me colocava em encrencas. O temperamento eu puxara de minha mãe, mas às vezesera melhor que ela segurasse a língua dela. Não eu a minha.Assim como agora.. . "Pai,se eu quisesse casar com um Seis ou um Sete, e elefosse alguém que eu realmente amava, você deixaria?" THE SELECTION KIERA CASS 4 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com Papai abaixou sua caneca, e seus olhos se voltaram para mim.Tenteinãodemonstrar nadacom a minha expressão.Seu suspiro erapesado, cheio de tristeza. "America, se você amasse um Oito, eu iria quererque você se casasse comele.Mas você deve saber que o amor pode se desgastar sobo stress de estar casado.Alguém que você acha que amaagora, você pode começar a odiar quando elenão puder dar nada para você. E se você não pudesse cuidar de seus filhos, seriaainda pior.O amor nem sempre sobrevive as todos ostiposde circunstâncias." Papai pousou a mão em cima da minha,me fitando fixamente. Eu tentei esconder minha preocupação. "Mas acima de tudo, eu quero que você para seja amada. Você mereceser amada.E eu espero que você case por amor e não por umnúmero." Ele não podia dizer o que eu queria saber -que euiriame casar por


amore nãopor um número-mas isso era o melhor que eu esperava ouvir. "Obrigado, papai." "Vá devagar com sua mãe.Ela estátentando uma coisa boa." Ele beijou minha cabeça e saiu para trabalhar. Eu suspirei e volteiapreencher o requerimento.Aquela coisatoda me faziasentir comose minha família não achasseque eu tinhaqualquer direito de querer algopara mim mesma. Isso me incomodava, mas eu sabia que não poderiaficar contra ele. Nósnão podíamos nosdar ao luxo deter desejos.Tínhamos necessidades a fazer. Peguei meu formulário já totalmente completoe fui meencontrar comminha mãenoquintal.Ela estava sentadalá costurando uma barra enquanto May fazia sua tarefa da escola na sombra da árvore de casa. Mas eu tinha dúvidasse algum deles era tão rigoroso como minha mãe. Era verão e May tinha que fazer a tarefa da escola, pelo amor de Deus. "Você realmente preencheu?" Mayperguntou, saltando sobre os joelhos. "Eu preenchi, de verdade." "O que fez você mudar de idéia?" "Mamãe pode ser muito persuasiva", eu disse incisivamente, emboraMamãe nãoestivesse, obviamente, envergonhadapor toda a sua corrupção."Nós podemos irpara o Escritório de Serviços assim que você estiver pronta, mãe." Ela sorriu um pouco."Essa é minha garota.Vá pegar suas coisas,ejá vamos.Querofazer a sua inscriçãoo mais depressa possível." Eu fui pegar meus sapatos e bolsa, como ela disse,mas parei rapidamente no quarto Gerad.Ele estava olhando para uma tela de pintura branca, parecendo frustrado. Nós ainda estávamos tentando


descobrir qual era o dom de dele. Havia uma bola maltratada e de segunda mão que ganháramos depagamento de Nataljogada no canto de seu quarto. Era óbvio ocoraçãode Geradnão estava nas artes. THE SELECTION KIERA CASS 5 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com "Não se sente inspirado hoje, hein?" Eu perguntei, entrandoemseu quarto. Ele olhou para mim e balançou a cabeça. "Talvez você poderia tentar esculpir, como Kota.Vocêem uma mão ótima. Aposto que vocêseria bom nisso" "Eu não quero esculpir coisas.Ou pintar ou cantar ou tocar opiano.Eu quero jogar bola."Ele chutou o tapete velho sob seus pés. "Eu sei.E você pode por diversão, mas você precisa encontrar um trabalhobom para ganhar a vida.Você pode fazer as duas coisas." "Mas por quê?",ele choramingou. "Você sabe por quê.É a lei." "Mas isso não é justo!" Geradjogou a tela no chão, levantando poeira visível a luz da janela"Não é nossa culpa ou do nosso bisavô ou qualquer serpobre.” "Eu sei." Realmentenão havia motivos para limitar todas asescolhas da vida de alguém com base na capacidade de seus ancestrais para somenteajudar ogoverno,mas foi assim que as coisas foram impostas. E eu suponho que deveria estar grata por ainda estarmos seguros. "Eu acho que foiaúnica maneirade fazer as coisas darem certo não época."


Eleficou em silêncio. Eu suspirei e peguei a tela,colocando-a de volta em seu lugar. Estaeraa sua vida, e elenão podia rejeitar a maneira de como ela era. "Você não tem que desistir de seus hobbies, amigo.Mas vocêquer poderajudar mamãe e papai e crescer ese casar, certo?” eu fiz cócegas nele. Ele colocou a língua para fora em sinal de desgosto, e nós dois rimos. "America!"Mamãe gritou do corredor."Por que você está demorando tanto?" "Estou indo", eu gritei de volta, e então me vireipara Gerad."Eusei que é difícil.Mas ésó do jeito queé,ok?" Maseu sabia que isso não estava okay. Não estava nada okay. Mamãe e eucaminhamos por todo o caminho até o escritório local. Às vezesandávamos de ônibus públicos se estivéssemos indo longe demais ouse estivéssemos trabalhando.Era ruim aparecer suando na casa de um Dois.Eles já olhavam como deboche para nósde qualquer maneira.Masestava um dia para sair, e a viagemapenas demorou um pouco. Nós, obviamente, nãoéramos as únicas a tentar conseguir nossa inscrição naquele dia. No momento em que chegamos lá,a rua em frente ao Escritório de Serviços da Província de Carolina já estava apinhada de mulheres. Enquanto estavana fila, eu podia veruma grande quantidade de meninas do meu bairro já na frente, esperando para entrar. As quatro filas faziam a volta na quadra. Todasasgarotasna província tinham vindo se inscrever. Eu nãosabia se ficava com medo oualiviada. THE SELECTION


KIERA CASS 6 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com "Magda!" Alguém chamou.Minha mãe e eunosviramos ao ouvir o som de seu nome. Celia e Kamber estavamvindoatrás denós coma mãe de Aspen. Ela deviater tirado o dia de folga paravir. Suas filhasestavam vestidas tão bem quanto eles podiam pagar, parecendobem arrumadas. Não era grande coisa, mas ficavam ótimas em qualquer coisa que usava, assim como Aspen.Kamber e Celiatinham o cabelo escuro mesmo e belos sorrisos. A mãe de Aspensorriu para mim, e eu sorri de volta. Euadorava ela. Eu sófalava com ela de vez em quando,mas ela sempre foi legal comigo.E eu sabia que não era porqueeuerauma casta acima da dela;eu já a tinha visto dar roupas que nãonão cabiam mais em seus filhosàs famílias que não tinham nada. Ela era apenas gentil.. "Olá, Lena.Kamber, Celia, como vocês estão?” Mamãe cumprimentou-as. "Ótima!" Cantaram em uníssono. "Vocês estãolindas", eu disse, colocandoum docachosde Celiapor trás de seu ombro. "Queríamosmuito ver nossa foto", Kamberanunciou. "Foto?", eu perguntei. "Sim". A mãe de Aspenfalou em voz baixa."Eu estava limpando a casa de um dos juízes ontem. Esta‘loteria’ não é muitouma loteria em tudo.É por isso que estãotirando fotosepegandotantasinformações.Por


que importaria quantas línguas você fala sea escolha fosse aleatória?" Aquilo tinha me parecido engraçado, mas eu pensava que apenasinformações para depois da Seleção. "Isso já é para tirar as chances de algumas. Olhe ao redor.A maioria das garotas são muito exageradas." Passei os olhos ao redor, olhando tudo. A mãe de Aspen estava certa, e havia uma linha de separação clara entre as meninas que sabiam daquilo e as que não.Atrás de nós, estavauma menina, obviamente, uma Sete, ainda em suas roupas de trabalho.Suas botas enlameadas não sairiam na foto,mas a poeira em seu macacão provavelmente sairia. Algunsmetros maisatrás outra Sete ostentava um cinto de ferramentas. O melhor que eupoderia dizer a respeito dela era que seu rosto estava limpo. Na outra extremidadeda rua, uma menina havia penteado seu cabelo como uma torção de tentáculos pequenos, emoldurando seurosto.A garota ao seu lado, claramente, uma Dois, com base em suas roupas, pareciaestar tentando afogar o mundo em seu decote. Várias tinham passado maquiagem exageradamente, parecendo simplesmente palhaças para mim.Mas pelo menos elas estavam tentando. Eu estava decente, mas talvez eu não estivesse totalmente adequada. Comoas Setes, eu não sabia que tinha que me preocupar.Senti uma súbitapreocupação brotar. THE SELECTION KIERA CASS 7 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com


Mas por quê?Eu pareie reorganizeios meus pensamentos. Eu não queriaaquilo. Se eu não era bonita o suficiente, com certeza isso era uma coisa boa.Eu era pelo menos bonita que as irmãs de Aspen. Elas eram bonitas de modo natural, e pareciamainda mais belascom as pequenasdicas de maquiagemda mãe delas. Se Kamber ou Celia ganhasse, a família inteira de Aspen se elevaria de casta. Certamente minha mãenão poderia desaprovaro meu casamento com um Um, só porque elenão erao próprio príncipe.Assim, minha falta de informação era umbênção. "Eu acho que você está certa", disse minha mãe. "Essa menina pareceestar se preparando para uma festa de Natal." Ela riu, mas eupoderia dizer que ela odiava que eu já estivesseem desvantagem. "Eu não sei por que algumas meninas exageram tanto. Vejaa America.Ela é tão bonita.Estou tão feliz que vocêé do tipo delas", disse a Sra. Leger. "Eu não sou nada especial.Quem me escolheria ao invés de Kamberou Celia?"Eu pisquei para elas, e sorri.Mamãe sorriutambém, forçadamente. Ela deveria estar em um conflito interno, entre continuar na fila ou me fazer ir para casa correndo para me trocar. "Não seja boba!Toda vez que Aspen chega em casa depois do trabalho com seu irmão, ele sempre diz que os Singersherdarammaisdo que talento e beleza",disse a mãe de Aspen. "Ele fala mesmo?Que ótimo garoto!" Minha mãe balbuciou. "Sim.Umamãe não poderia pedir por um filho melhor.Ele é solidário,e ele trabalha duramente." "Ele vai fazer uma garota muito feliz um dia," minhamãe disse.Ela só estavaprestando atenção em metade da conversa, certamente ainda


pensando no que fazer sobre minha apresentaçãopessoal daqui a pouco. Sra. Leger deu uma olhada rápida ao redor."Entre você eeu, eu acho que ele játem alguém em mente." Eu congelei.Eu não sabiase deveria comentar ou não, sem saberse qualquer resposta me entregaria. "Como ela é?", Minha mãe perguntou.Mesmo quando ela estavaplanejando meu casamento com um completo estranho, ela ainda tinhatempo para fofocas. "Eu não tenho certeza!Eu realmente nãoaconheciainda. E eu estou apenassupondo que ele está saindo com alguém, mas ele parece mais felizultimamente", ela respondeu, sorrindo. Ultimamente?Estávamos reunidos por quase dois anos.Por quesó ultimamente? "Ele cantarola," Celiadisse. "Sim, ele canta também", concordou Kamber. "Ele canta?",exclamei. "Oh, sim", elas disseram em coro. "Então ele está definitivamente namorando!" Minha mãeopinou THE SELECTION KIERA CASS 8 Esse livro foi traduzido pela equipeThe Selection Br. www.theselectionbr.com "Gostaria de saber quem ela é." "Você me pegou.Mas eu estou supondo que ela deve ser umamenina maravilhosa. Nestes últimos meses, ele vem trabalhando mais durodo que o habitual.E ele está economizando dinheiro.Eu acho que eledeve


estartentando economizar para se casar." Não pude conter opequeno suspiro que escapou.Sorte a minha que elas atribuíram meu suspiro como surpresa a todas aquelas notícias. "E eu não poderia estar mais satisfeita,”continuou ela.“Mesmose ele não está pronto para nos dizer quem ela é, eujá a amor.Eleestásorrindo, e ele parece satisfeito.Tem sido difícil, desde que perdemosHerrick, e Aspencobra muito de si mesmo.Qualquer garotaque faz com que ele esteja felizjá uma filha para mim." "Ela é uma garota de sorte!O Aspen é um menino maravilhoso",Mamãe respondeu. Eu não podia acreditar.Lá estava sua família, tentando pagar as contas, e ele estava guardando dinheiro para mim! Eu nãosabiasedevia repreendê-lo ou beijá-lo.Eu só...Eu não tinhapalavras.Ele realmenteia me pedir em casamento! Isso era tudo que eu conseguia pensar. Aspen, Aspen, Aspen. Continuei seguindo a fila, até que chegamos ao escritório, assinei um documento confirmando que tudo em meu formulário era verdade, e tirei a foto.Senteina cadeira,arrumei meu cabeloumaou duas vezes para dar-lhe alguma beleza, e me virei para o fotógrafo. Eu não achava que qualquer garota em Illéa poderia estar sorrindo mais do que eu. CAPITULO 4 era sexta-feira, Portanto, o relatório Capital Illéa seria em menos oito. Nós não estávamos exatamente obrigado a assistir, mas foi imprudente perdê-la. Mesmo Eights-os sem-teto, o vaguear-se-ia encontrar uma loja ou uma igreja onde pudessem ver o relatório. E com a Seleção chegando, o Relatório foi mais do que uma exigência semi-. Todos queriam saber o que estava acontecendo nesse departamento. "Você acha que eles vão anunciar os vencedores hoje à noite?" Maio perguntou, enchendo purê de batata em sua boca. "Não, querida. Todo mundo que é elegível ainda tem nove dias para apresentar os seus pedidos. Ele provavelmente vai estar mais duas semanas até que saibamos voz. Mãe "foi o


mais calmo que tinha sido em anos. Ela estava completamente à vontade, feliz por ter conseguido algo que ela realmente queria. "Ah! Eu não posso suportar a espera ", queixou-se de maio. Ela não podia suportar a espera? Foi o meu nome na panela! "Sua mãe me disse que tinha uma espera longa na linha." Fiquei surpreso pai queria nos sobre esta conversa. "Sim", eu disse. "Eu não estava esperando que muitas meninas. Eu não sei por que eles estão dando às pessoas mais nove dias, eu juro que todos na província já passou dentro " Papai riu. "Será que você se divirta aferição da concorrência?" "Não incomodar", eu disse honestamente. "Eu deixei que a minha mãe." Ela assentiu com a cabeça em concordância. "Eu fiz, eu fiz. Eu não poderia ajudá-la. Mas acho que a América parecia bom. Polido mas natural. Você é tão bonita, querida. Se eles realmente estão procurando por em vez de escolher aleatoriamente, você tem uma chance ainda melhor do que eu pensava. " "Eu não sei", coberto. "Não era aquela garota que tinha em muito batom vermelho, ela parecia que ela estava sangrando. Talvez o príncipe gosta deste tipo de coisa. " Todos riram, e mamãe e eu continuei a deliciar-los com comentários sobre as roupas que tínhamos notado. Maio bebeu tudo, e Gerad apenas sentou-se sorridente entre garfadas de jantar. Às vezes era fácil esquecer que, enquanto Gerad tinha sido capaz de realmente compreender o mundo em torno dele, as coisas tinham sido estressante em nossa casa. Às oito todos empilhados na sala de Papai-se na cadeira, em Maio próximo para a mamãe no sofá com Gerad no colo, e me no chão todo esticado e virou a TV no canal de acesso público. Foi o canal que você não tem que pagar para ter, por isso mesmo os Eights poderia obtê-lo se eles tinham uma TV. O hino tocado. Talvez seja bobagem, mas eu sempre amei o nosso hino nacional. Foi uma das minhas canções favoritas para cantar. A imagem da família real veio à tona. Estando em um pódio era o Rei Clarkson. Seus conselheiros, que tiveram atualizações na infra-estrutura e algumas preocupações ambientais, estavam sentados de um lado, ea câmera corta para mostrar-lhes. Parecia que haveria vários anúncios nesta noite. À esquerda da tela, a rainha eo príncipe Maxon sentou em seu cluster típico de assentos tronos e roupas elegantes, olhando real e importante. "Não é o seu namorado, Ames", de Maio de anunciado, e todos riram. Olhei de perto Maxon. Eu acho que ele era bonito à sua maneira. Nem um pouco como Aspen, no entanto. Seu cabelo era de uma cor de mel, e seus olhos eram castanhos. Ele meio que parecia verão, que eu acho que era atraente para algumas pessoas. Seu cabelo estava cortado curto e cuidadosamente feito, e seu terno cinza estava perfeitamente equipado para ele. Mas ele sentou-se demasiado rígida na cadeira. Ele parecia tão tenso. Seu cabelo limpo era demasiado perfeito, seu terno muito nítido. Ele mais parecia uma pintura de uma pessoa. Eu quase me senti mal para a menina que acabou com ele. Que provavelmente seria a vida mais chata que se possa imaginar. Concentrei-me em sua mãe. Ela parecia serena. Ela se sentou na cadeira, também, mas não de uma forma de gelo. Percebi que, ao contrário do rei e Maxon Prince, ela não tinha crescido no palácio. Ela era uma filha do célebre Illéa. Ela poderia ter sido alguém como eu. O rei já estava falando, mas eu tinha que saber. "Mãe?", Eu sussurrei, tentando não distrair o pai.


"Sim?" "A rainha ... o que era ela? Sua casta, eu quero dizer. " A mãe sorriu com o meu interesse. "A Four". A Four. Ela passou seus anos de formação a trabalhar em uma fábrica ou uma loja, ou talvez em uma fazenda. Gostaria de saber sobre sua vida. Será que ela tem uma família grande? Ela provavelmente não tinha que se preocupar com comida crescendo. Eram os seus amigos com inveja dela quando ela foi escolhida? Se eu tivesse amigos realmente próximos, seriam ciúmes de mim? Isso foi estúpido. Eu não ia ser escolhido. Em vez disso eu me concentrei nas palavras do rei. "Ainda esta manhã, um outro ataque em Nova Ásia abalou as nossas bases. Ela deixou as nossas tropas ligeiramente em desvantagem, mas estamos confiantes de que com o novo projecto no próximo mês virá o moral levantado, para não mencionar um inchaço de novas forças. " Eu odiava a guerra. Infelizmente, nós éramos um país jovem que tinha para se proteger contra todos. Não era provável que esta terra sobreviveria outra invasão. Depois que o rei deu-nos uma atualização sobre uma recente incursão em um acampamento rebelde, a equipe financeira nos atualizou sobre o estado da dívida, eo presidente da Comissão de Infra-estrutura anunciou que em dois anos eles estavam planejando para começar a trabalhar na reconstrução de diversas rodovias , alguns dos quais não havia sido tocado desde a Quarta Guerra Mundial. Finalmente, a última pessoa, o Mestre de Eventos, chegou ao pódio. "Boa noite, senhoras e senhores do Illéa. Como todos sabem, percebe a participar na selecção foi recentemente distribuído pelo correio. Recebemos a primeira contagem de pedidos apresentados, e estou satisfeito em dizer que milhares de mulheres bonitas em Illéa já colocaram seus nomes no sorteio para a Seleção! " No canto de volta Maxon mudou um pouco em sua cadeira. Ele estava suando? "Em nome da família real, gostaria de lhe agradecer por seu entusiasmo e patriotismo. Com alguma sorte, pelo Ano Novo, estaremos comemorando o noivado da nossa Maxon príncipe amado para uma filha encantadora, talentoso e inteligente de Illéa! " Os assessores poucas sentados lá aplaudido. Maxon sorriu, mas parecia desconfortável. Quando os aplausos cessaram, o Mestre de Eventos começou de novo. "Claro, vamos ter muita programação dedicada a atender os jovens da Seleção, para não mencionar especiais em suas vidas no palácio. Nós não poderíamos pensar em ninguém mais qualificado para guiar-nos através deste momento emocionante do que o nosso próprio Sr. Gavril Fadaye! " Havia um outro punhado de aplausos, mas veio de minha mãe e maio deste tempo. Gavril Fadaye era uma lenda. Para algo como vinte anos, ele tinha feito o comentário em execução em desfiles e espectáculos Grateful Festa de Natal e tudo o que celebrada no palácio. Eu nunca tinha visto uma entrevista com os membros da família real ou de seus amigos mais próximos e familiares feitas por qualquer pessoa, mas ele. "Oh, América, você poderia encontrar Gavril!" Mamãe cantava. "Ele está vindo!" Disse May, sacudindo os braços pequenos. Com certeza, houve Gavril, passeando sobre o jogo em seu terno azul nítido. Ele foi, talvez, nos seus quarenta anos, e ele sempre olhou afiado. Enquanto caminhava pelo palco, a luz pegou o pino na lapela, um flash de ouro que foi semelhante aos sinais do Forte, em minha música de


piano. "A noite goooood, Illéa!", Ele cantou. "Eu tenho que dizer que estou muito honrado de fazer parte da Seleção. Sorte a minha, eu recebo para atender trinta e cinco belas mulheres! Que idiota não gostaria que meu trabalho? "Ele piscou para nós através da câmera. "Mas antes de eu chegar para atender a essas senhoras encantadoras, uma das quais será a nossa nova princesa, eu tenho o prazer de falar com o homem do momento, o nosso Maxon Prince." Com isso Maxon atravessou o palco acarpetado a um par de cadeiras criadas por ele e Gavril. Ele ajeitou a gravata e ajeitou o terno, como se ele precisava olhar mais polido. Ele apertou a mão de Gavril e sentou-se na frente dele, pegar um microfone. A cadeira foi elevada o suficiente para que os seus pés Maxon apoiado sobre uma barra no meio das pernas. Ele parecia muito mais casual assim. "É bom ver você de novo, Alteza". "Obrigado, Gavril. O prazer é todo meu. "Voz Maxon foi tão equilibrado como o resto dele. Ele irradiava ondas de formalidade. Eu franziu o nariz com a idéia de apenas estar no mesmo quarto com ele. "Em menos de um mês, trinta e cinco mulheres vão estar se movendo em sua casa. Como você se sente sobre isso? " Maxon riu. "Honestamente, é um pouco desesperador. Eu estou imaginando que haverá muito mais barulho com tantos convidados. Estou ansioso por isso tudo a mesma coisa. " "Você já se perguntou querido velho pai de algum conselho sobre como ele conseguiu apoderar de uma mulher tão bonita quando era a vez dele?" Ambos Maxon e Gavril olhou para o rei ea rainha, ea câmera mostrou mais para mostrar a eles olhando para o outro, sorrindo e de mãos dadas. Parecia verdadeiro, mas como nós sabemos melhor? "Eu realmente não tenho. Como você sabe, a situação em Nova Ásia vem crescendo, e eu tenho trabalhado mais com ele do lado militar das coisas. Não muito tempo para discutir as meninas lá dentro. " Mãe e maio riu. Acho que foi meio engraçado. "Nós não temos muito tempo, então eu gostaria de ter mais uma pergunta. O que você imaginar sua garota perfeita como seria? " Maxon olhou surpreso. Era difícil dizer, mas ele pode ter sido corar. "Honestamente, eu não sei. Eu acho que é a beleza da Seleção. Não há duas mulheres que entram será exatamente o mesmo não na aparência ou preferências ou disposição. E através do processo de encontrá-los e falar com eles, eu estou esperando para descobrir o que eu quero, para encontrá-lo ao longo do caminho. "Maxon sorriu. "Obrigado, Sua Alteza. Isso foi muito bem dito. E eu acho que falo por todos quando Illéa Desejo-lhe boa sorte. "Gavril estendeu a mão para um outro shake. "Obrigado, senhor", disse Maxon. A câmera não cortar rápido o suficiente, e você pode vê-lo olhando por cima de seus pais, querendo saber se ele tivesse dito a coisa certa. A próxima tacada zoom no rosto Gavril, então não havia nenhuma maneira de ver o que sua resposta foi. "Tenho medo de que há todo o tempo que temos para esta noite. Obrigado por assistir o Relatório Illéa Capital, e vamos ver semana que vem. " Com isso, a música tocada e créditos rolaram. "América e Maxon sentado em uma árvore", cantou de Maio. Eu peguei um travesseiro e arremessei-lo para ela, mas eu não podia deixar de rir com o pensamento. Maxon foi tão forte


e silencioso. Era difícil imaginar alguém ser feliz com esse covarde. Passei o resto da noite tentando ignorar as provocações de maio, e finalmente fui para meu quarto para ficar sozinho. Mesmo o pensamento de estar perto Maxon Schreave me deixou desconfortável. Jabs pouco de May ficou na minha cabeça toda a noite e tornou difícil para eu dormir. Era difícil identificar o som que me acordou, mas uma vez eu estava ciente disso, eu tentei fazer um levantamento do meu quarto em silêncio absoluto, apenas no caso de alguém estava lá. Toque, toque, toque. Virei-me lentamente para enfrentar minha janela, e lá estava Aspen, sorrindo para mim. Saí da cama e na ponta dos pés até a porta, fechando-a por todo o caminho e bloqueando-a. Voltei para a cama, desbloqueando e abrindo lentamente minha janela. A onda de calor que nada tinha a ver com o verão tomou conta de mim como Aspen subiu pela janela e na minha cama. "O que você está fazendo aqui?", Eu sussurrei, sorrindo no escuro. "Eu tive que ver você", ele soprou em meu rosto como ele passou os braços em volta de mim, me puxando para baixo até que estávamos deitados lado a lado na cama. "Eu tenho tanto para te dizer, Aspen." "Shhh, não diga uma palavra. Se alguém ouvir, não vai ser um inferno para pagar. Apenas deixe-me olhar para você. " E assim eu obedeci. Fiquei lá, tranquila e ainda, enquanto Aspen olhou nos meus olhos. Quando ele teve seu preenchimento disso, ele foi para nuzzling seu nariz no meu pescoço e cabelos. E, então, suas mãos foram subindo e descendo a curva da minha cintura até o quadril mais e mais e mais. Ouvi sua respiração ficar pesada, e algo que chamou-me entrar Seus lábios, escondida no meu pescoço, começou a me beijar. Eu desenhei em respirações afiadas. Eu não poderia ajudá-la. Lábios Aspen viajou até meu queixo e cobriu minha boca, efetivamente silenciando os meus suspiros. Enrolei-me em torno dele, o nosso correu agarrando ea umidade da noite cobrindo-nos tanto em suor. Foi um momento roubado. Lábios Aspen finalmente diminuiu, embora eu não estava nem perto pronto para parar. Mas tínhamos que ser inteligente. Se fôssemos mais longe, e já houve evidência de que, nós tanto ser jogado na cadeia. Outra razão todos se casou jovem: espera é uma tortura. "Eu deveria ir", ele sussurrou. "Mas eu quero que você fique." Meus lábios estavam por seus ouvidos. Eu podia sentir seu sabão novo. "A América Singer, um dia você vai dormir nos meus braços todas as noites. E você vai acordar para meus beijos todas as manhãs. E então alguns. "Mordi o lábio com o pensamento. "Mas agora eu tenho que ir. Estamos levando a nossa sorte. " Eu suspirei e solta a minha garra. Ele estava certo. "Eu te amo, América". "Eu te amo, Aspen." Estes momentos secretos seria o suficiente para me por tudo que vem: decepção da mamãe quando eu não estava escolhido, o trabalho que eu teria que fazer para ajudar a salvar Aspen,


a erupção que estava vindo quando ele perguntou o pai para a minha mão, e tudo lutas que passaria por uma vez em que nos casamos. Nada disso importava. Nem se eu tivesse Aspen.

CAPÍTULO 5 Uma semana depois, eu bati Aspen para a casa da árvore. Demorou um pouco de trabalho para obter as coisas que eu queria lá em silêncio, mas eu consegui. Eu reorganizadas as placas uma última vez que ouvi alguém a subir a árvore. "Boo". Aspen começou e riu. Acendi a vela nova eu comprado só para nós. Ele cruzou a casa da árvore para me beijar, e depois de um momento, eu comecei a falar sobre tudo o que tinha acontecido durante a semana. "Nunca cheguei a dizer-lhe sobre os altos sinal", disse, empolgado com a notícia. "Como foi? Mãe disse que estava lotado. " "Foi uma loucura, Aspen. Você deve ter visto que as pessoas estavam vestindo! E eu tenho certeza que você sabe que é menos de uma loteria do que eles estão alegando. Então, eu estava certo o tempo todo. Há pessoas muito mais interessantes para escolher na Carolina do que eu, então isto foi tudo um grande nada. " "Ao mesmo tempo, obrigado por fazê-lo. Significa muito para mim. "Seus olhos ainda estavam focados em mim. Ele ainda não tinha incomodado olhando ao redor da casa da árvore. Beber em mim, como sempre. "Bem, a melhor parte é que desde que minha mãe não tinha idéia que eu já prometi, ela subornou-me para se inscrever." Eu não pude conter meu sorriso. Esta semana as famílias já começaram a atirar as partes para suas filhas, com certeza que seria o escolhido para a Seleção. Eu cantava em nada menos do que sete festas, embalagem dois em uma noite por uma questão de começar meus próprios contracheques. E a mamãe foi fiel à sua palavra. Senti-me libertar de ter dinheiro que era meu. "Subornado você? Com o quê? "Seu rosto estava iluminado com entusiasmo. "O dinheiro, claro. Olha, eu fiz-lhe uma festa! "Eu me afastei dele e começou a pegar as placas. Eu tinha feito o jantar muito com o propósito de salvá-lo um pouco, e eu estava assando bolos para dias. De maio e eu tinha um vício terrível de doces de qualquer maneira, e ela estava eufórica que era assim que eu estava escolhendo a gastar o meu dinheiro. "Que história é essa?" "Alimentar. Eu mesma fiz. "Fiquei radiante de orgulho para os meus esforços. Finalmente, esta noite, Aspen pode estar cheio. Mas seu sorriso desapareceu quando ele tomou na placa após placa. "Aspen, há algo errado?" "Isso não está certo." Ele balançou a cabeça e olhou para longe das guloseimas. "O que você quer dizer?" "América, eu deveria estar fornecendo para você. É humilhante para mim vir aqui e ter que fazer tudo isso para mim. " "Mas eu lhe dar comida o tempo todo." "Seus restos pequenos. Você acha que eu não sei melhor? Eu não me sinto mal sobre a tomada de algo que você não quer. Mas para você eu estou-suposto " "Aspen, você me dá coisas o tempo todo. Você fornece para mim. Eu tenho toda a minha caneta "


"Pennies? Você acha que trazendo até agora é uma boa idéia? Você não sabe o quanto eu odeio isso? Que eu amo ouvir você cantar, mas realmente não podem pagá-lo quando todo mundo faz? " "Você não deve me pagar em tudo! É um dom. Qualquer coisa meu você quiser, pode ter! "Eu sabia que precisava tomar cuidado para manter as nossas vozes para baixo. Mas no momento eu não me importei. "Eu não sou um caso de caridade, na América. Eu sou um homem. Eu tenho que ser um provedor. " Aspen colocou as mãos em seu cabelo. Eu podia ver suas respirações vindo rápido. Assim como sempre, ele estava pensando o seu caminho através do argumento. Mas desta vez, havia algo diferente em seus olhos. Em vez de rosto crescente focado, ele caiu em confusão um milímetro de cada vez. Minha raiva desapareceu rapidamente quando o vi ali, olhando tão perdido. Senti-me culpado em seu lugar. Eu tinha a intenção de estragar-lo, não humilhá-lo. "Eu te amo", eu sussurrei. Ele balançou a cabeça. "Eu também te amo, América." Mas ele ainda não olharia para mim. Peguei um pouco do pão que eu tinha feito e colocá-lo na mão. Ele estava com muita fome para não levar uma mordida. "Eu não queria magoar você. Eu pensei que o faria feliz. " "Não, Mer, eu adoro isso. Eu não posso acreditar que você fez tudo isso por mim. É apenas ... você não sabe o quanto isso me incomoda que eu não posso fazer isso por você. Você merece o melhor. "Felizmente, ele continuou comendo enquanto falava. "Você tem que parar de pensar em mim desse jeito. Quando é só você e eu, eu não sou um Five e você não é um Six. Nós somos apenas Aspen e América. E eu não quero nada no mundo, mas você ". "Mas eu não consigo parar de pensar dessa maneira." Ele olhou para mim. "É assim que fui criada. Desde que eu era pequena, era "Seis nascem para servir 'e' Seis não foram feitos para ser visto." Toda a minha vida, eu fui ensinado a ser invisível. "Ele agarrou minha mão em um aperto viselike. "Se estamos juntos, Mer, você vai ser invisível, também. E eu não quero isso para você. " "Aspen, nós já conversamos sobre isso. Eu sei que as coisas serão diferentes, e eu estou preparado. Eu não sei como fazê-lo mais claro. "Eu coloquei minha mão em seu coração. "No momento você está pronto para pedir, eu estou pronto para dizer sim." Foi aterrorizante para me colocar lá fora, assim, para deixar absolutamente claro quão profunda minhas afeições correu. Ele sabia que eu estava dizendo. Mas se me tornar vulnerável significava que ele ficaria bravo, eu suportá-lo. Seus olhos procuraram os meus. Se ele estava olhando para a dúvida, ele foi perdendo seu tempo. Aspen foi a única coisa que eu tinha certeza. "Não." "O quê?" "Não." A palavra se sentia como um tapa na cara. "Aspen?" "Eu não sei como eu enganei-me em nunca pensar que isso iria funcionar." Ele passou os dedos pelo cabelo de novo, como se ele estivesse tentando obter todos os pensamentos que ele já tinha tido sobre mim fora de sua cabeça. "Mas você disse que me amava."


"Eu faço, Mer. Esse é o ponto. Eu não posso fazer você gostar de mim. Eu não posso suportar a idéia de você com fome ou com frio ou com medo. Eu não posso torná-lo um Six ". Senti as lágrimas que vem. Ele não quis dizer isso. Ele não podia. Mas antes que eu pudesse dizer a ele para levá-la de volta, Aspen já estava se movendo para rastejar para fora da casa da árvore. "Onde ... onde você está indo?" "Eu estou indo embora. Estou indo para casa. Me desculpe, eu fiz isso para você, a América. Agora acabou. " "O quê?" "Acabou. Eu não virá mais por aí. Não gosto disso. " Eu comecei a chorar. "Aspen, por favor. Vamos falar sobre isso. Você só está chateado. " "Estou mais chateado do que você sabe. Mas não para você. Eu apenas não posso fazer isso, Mer. Eu não posso. " "Aspen, por favor ..." Ele me puxou em apertado e beijou-me, realmente me deu um beijo e um tempo passado. Então ele desapareceu na noite. E porque este país é do jeito que está, porque de todas as regras que tinha guardado nos escondendo, eu não conseguia nem gritar atrás dele. Eu não poderia dizer que o amava mais uma vez. Como nos próximos dias se passaram, eu sabia que minha família poderia dizer que algo estava errado, mas eles devem ter pensado que eu estava nervoso sobre a Seleção. Eu queria chorar mil vezes, mas segurou-a de volta. Eu só empurrou para sexta-feira, na esperança de que tudo voltaria ao normal após o Relatório Capital divulgar os nomes. Sonhei que na minha cabeça. Como eles iriam anunciar Celia ou Kamber, e minha mãe ficaria desapontado, mas não tão desapontado como ela teria sido se fosse um estranho. Pai e maio seria animado para eles; nossas famílias estavam perto. Eu sabia que tinha de ser Aspen pensando em mim como se eu tivesse pensado a respeito dele. Aposto que ele ficaria por aqui antes que o programa acabou, implorando por perdão e pedir minha mão. Seria um pouco prematuro, pois não havia nada garantido para as meninas, mas ele poderia capitalizar sobre a emoção geral do dia. Provavelmente, seria bom um monte de coisas. Na minha cabeça, tudo funcionou perfeitamente. Na minha cabeça, todo mundo era feliz ... Faltavam dez minutos até que o relatório veio, e todos nós estávamos no lugar mais cedo. Eu não poderia imaginar que estávamos sozinhos em não querer perder um segundo deste anúncio. "Eu me lembro quando a rainha Amberly foi escolhido! Ah, eu sabia desde o começo ela faria isso. "Mamãe estava fazendo pipoca, como se isso fosse um filme. "Você vai na loteria, mamãe?" Gerad perguntou. "Não, querida, mamãe tinha dois anos de muito jovem para o corte. Mas sorte minha, eu tenho o seu pai em seu lugar. "Ela sorriu e piscou. Whoa. Ela deve ter sido de bom humor. Eu não conseguia lembrar a última vez que ela era carinhosa para com o pai. "Rainha Amberly é a melhor rainha de sempre. Ela é tão linda e inteligente. Toda vez que eu vê-la na TV, eu quero ser como ela ", disse May com um suspiro.


"Ela é uma boa rainha", acrescentei em silêncio. Finalmente rolou oito horas ao redor, eo emblema nacional subiu na tela junto com a versão instrumental do nosso hino. Eu estava realmente tremendo? Eu estava tão pronto para isso ter acabado. O rei apareceu e deu uma breve atualização sobre a guerra. Os outros anúncios eram também curta. Parecia que todos ali era de bom humor. Adivinhei isto deve ser excitante para eles, também. Finalmente, o Mestre de Eventos apareceu e introduziu Gavril, que andou em linha reta até a família real. "Boa noite, Vossa Majestade", disse ele ao rei. "Gavril, sempre bom ver você." O rei foi limítrofe vertiginoso. "Olhando para a frente com o anúncio?" "Ah, sim. Eu estava na sala de ontem, alguns foram tirados; todas as meninas muito lindas ". "Então você sabe que eles já estão?" Gavril exclamou. "Apenas alguns, apenas alguns." "Ele chegou a dividir essa informação com você, senhor?" Gavril virou-se para Maxon. "Nem um pouco. Eu vou vê-los quando todo mundo faz ", respondeu Maxon. Você podia ver que ele estava tentando esconder seus nervos. Percebi minhas mãos suavam. "Sua Majestade", Gavril foi até a rainha. "Qualquer conselho para o selecionado?" Ela sorriu seu sorriso sereno. Eu não sabia o que as outras mulheres parecia quando ela passou pela Seleção, mas eu não poderia imaginar alguém ser tão graciosa e linda como ela. "Aproveite a sua última noite como uma garota normal. Amanhã, não importa o que, sua vida será diferente para sempre. E é velho conselho, mas é bom: Seja você mesmo ". "Sábias palavras, minha Rainha, sábias palavras. E com isso, vamos revelar as senhoras de trinta e cinco jovens escolhidos para a Seleção. Senhoras e senhores, por favor, juntar-me felicitar os seguintes Filhas de Illéa! " A tela mudou para o emblema nacional. No canto superior direito, houve uma pequena caixa com o rosto Maxon, para ver suas reações como as imagens atravessou o monitor. Ele já estaria tomada de decisões sobre eles, a maneira como todos nós. Gavril tinha um conjunto de cartas em suas mãos, pronto para ler os nomes das meninas cujos mundos, de acordo com a rainha, estavam prestes a mudar para sempre. "Miss Elayna Estolas de Hansport, três." Uma foto de uma menina pequena com pele de porcelana surgiu. Ela parecia uma lady. Maxon vigas. "Miss terça-feira Keeper of Waverly, quatro." Uma menina com sardas apareceu. Ela parecia mais velho, mais maduro. Maxon sussurrou algo para o rei. "Miss Fiona Castley de Paloma, três." A morena de olhos ardendo neste momento. Talvez minha idade, mas ela parecia mais ... experiente. Eu me virei para minha mãe e maio no sofá. "Ela não parece muito" "Miss America Singer, da Carolina, de cinco." Eu batido a cabeça para trás ao redor, e lá estava ele. A imagem de mim logo depois que eu descobri Aspen estava salvando até casar comigo. Eu parecia radiante, esperançoso, bonito. Eu parecia que eu estava apaixonado. E algum idiota pensou que


o amor era para o príncipe Maxon. Mamãe gritou pelo meu ouvido, e saltou para cima de maio, o envio de pipoca em todos os lugares. Gerad ficou animado demais e começaram a dançar. Dad ... é difícil dizer, mas eu acho que ele estava sorrindo secretamente por trás de seu livro. Eu perdi o que era expressão Maxon. O telefone tocou. E não parou por vários dias. CAPÍTULO 6 A semana seguinte foi cheio de funcionários que pululam em nossa casa para me preparar para a Seleção. Havia uma mulher desagradável, que parecia pensar que eu tinha mentido sobre a metade o meu pedido, seguido por um guarda do palácio real que chegou a passar por cima de medidas de segurança com os soldados locais e dar a nossa casa um once-over. Aparentemente eu não ter que esperar até chegar ao palácio para se preocupar com ataques rebeldes em potencial. Maravilhoso. Temos dois telefonemas de uma mulher chamada Silvia, que parecia muito alegre e profissional na época, querendo mesmo saber se precisávamos de alguma coisa. Meu visitante favorito era um homem magro, de cavanhaque, que veio para medir me para o meu guarda-roupa novo. Eu não tinha certeza de como eu me sentia sobre vestidos que eram tão formal como a rainha é o tempo todo, mas eu estava ansioso para uma mudança. O último desses visitantes chegaram na tarde de quarta-feira, dois dias antes de eu sair. Ele estava encarregado de repassar todas as regras oficiais comigo. Ele era incrivelmente magro, com cabelo preto gorduroso que foi alisado para trás, e ele continuava suando. Ao entrar na casa, ele perguntou se havia algum lugar privado poderíamos conversar. Essa foi a minha primeira pista de que algo estava acontecendo. "Bem, nós podemos sentar na cozinha, se está tudo bem," Mamãe sugeriu. Ele esfregou a cabeça com um lenço e olhou para maio. "Na verdade, qualquer lugar é bom. Eu só acho que você pode querer perguntar ao seu filha mais nova para deixar a sala. " O que ele poderia dizer que maio não poderia ouvir? "Mama?", Perguntou ela, triste por estar perdendo. "Maio, querida, vá trabalhar em sua pintura. Você foi negligenciar seu trabalho um pouco na semana passada. " "Mas" "Deixe-me levá-lo para fora, de maio," eu ofereci, olhando para as lágrimas brotando nos olhos. Quando estávamos no corredor e ninguém podia ouvir, eu puxei-a para um abraço. "Não se preocupe", eu sussurrei. "Eu vou dizer-lhe tudo esta noite. Promessa. " Para seu crédito, ela não explodir nossa capa saltando para cima e para baixo como de costume. Ela apenas balançou a cabeça tristemente e foi para seu cantinho no estúdio do meu pai. Mamãe fez chá para magro, e nos sentamos na mesa da cozinha para conversar. Ele tinha uma pilha de papéis e uma caneta colocado para fora ao lado de outra pasta com meu nome nele. Ele organizou a sua informação ordenadamente e falou. "Lamento ser tão secreto, mas há certas coisas que eu preciso para resolver que são


impróprios para ouvidos jovens." Mamãe e eu trocamos um olhar rápido. "Miss Singer, este está indo soar duro, mas a partir de sexta-feira passada, que agora são considerados propriedade da Illéa. Você deve tomar cuidado de seu corpo de agora em diante. Eu tenho várias formas para você assinar como passamos por esta informação. Qualquer falha no cumprimento de sua parte resultará na sua imediata remoção da Seleção. Você entende? " "Sim", eu disse cautelosamente. "Muito bom. Vamos começar com as coisas fáceis. Estas são as vitaminas. Como você é um Five, eu vou assumir que você não pode sempre ter acesso a nutrição necessária. Você deve tomar um desses todos os dias. Você está por sua conta agora, mas no palácio, você terá alguém para ajudá-lo. "Ele passou uma grande garrafa sobre a mesa para mim, juntamente com um formulário que eu tinha que assinar para dizer que eu tinha recebido. Eu tive que parar de rir. Quem precisa de ajuda tomar uma pílula? "Tenho comigo a física do seu médico. Não muito de uma preocupação lá. Você parece estar em excelente saúde, embora ele disse que não tenho dormido bem? " "Umm, eu quero dizer ... apenas com a emoção, tem sido um pouco difícil de dormir." Era quase a verdade. Os dias eram turbilhões de preparação palácio, mas à noite, quando eu ainda era, pensei em Aspen. Foi o tempo que eu não podia evitá-lo vindo em minha mente, e parecia que ele não estava ansioso para sair. "Eu vejo. Bem, eu posso ter alguns aparelhos dormir aqui esta noite se você precisar deles. Nós queremos que você bem descansado. " "Não, eu nem-" "Sim," Mãe interrompido. "Desculpe, querida, mas você olhar exausto. Por favor, pegue-lhe as ajudas do sono. " "Sim, senhora." Skinny fez outra nota no meu arquivo. "Seguindo em frente. Agora, eu sei que isso é pessoal, mas eu tive que discutir com cada participante, então por favor não se acanhe. "Ele fez uma pausa. "Eu preciso de uma confirmação de que você é, de fato, uma virgem." Olhos da mamãe quase saltaram para fora. Então foi por isso que maio teve que sair. "Você está falando sério?" Eu não podia acreditar que ia mandar alguém para fazer isso. , Pelo menos, enviar uma mulher ... "Temo que sim. Se você não for, precisamos saber que, imediatamente. " Eca. E com a minha mãe na sala. "Eu conheço a lei, senhor. Eu não sou estúpido. Claro que eu sou. " "Considere, por favor. Se você for encontrado para ser mentira ... " "Pelo amor de Deus, a América nunca é sequer tinha um namorado!" Disse a mãe. "É isso mesmo." Peguei a corda, esperando que acabar com essa discussão. "Muito bom. Eu só preciso de você para assinar este formulário para confirmar a sua afirmação. " Revirei os olhos, mas obedeceu. Eu era feliz Illéa existia, considerando que esta terra muito tinha quase se transformou em escombros, mas estes regulamentos foram começando a me fazer sentir como se eu estivesse sufocando, como havia correntes invisíveis me mantendo para baixo. Leis sobre quem você poderia amar, faz sobre sua virgindade estar intacta, era irritante. "Eu preciso passar por cima das regras com você. Eles são muito simples, e você não


deve ter dificuldade em cumprir. Se você tiver alguma dúvida, basta falar. " Ele ergueu os olhos da pilha de formulários e fez contato visual comigo. "Eu vou", eu murmurei. "Você não pode deixar o palácio de seu próprio acordo. Você tem que ser demitido pelo próprio príncipe. Mesmo o rei ea rainha não pode forçá-lo para fora. Eles podem dizer o príncipe que não aprovem você, mas ele faz cada decisão sobre quem fica e quem sai. "Não há cronograma definido para a Seleção. Pode ser mais em questão de dias ou de estiramento em anos. " "Anos?" Eu perguntei no horror. O pensamento de ter ido tanto tempo me pôs na borda. "Não se preocupe. O príncipe é improvável que deixá-lo ir por muito tempo. Este é um momento para ele mostrar sua determinação, e permitindo que a Seleção se arrastar não parece bom. Mas se ele optar por tomá-lo dessa maneira, você será obrigado a permanecer durante o tempo que o príncipe precisa fazer sua escolha. " Meu medo deve ter mostrado no meu rosto porque a mãe se aproximou e deu um tapinha na mão. Skinny, no entanto, foi imperturbável. "Você não organizar as suas vezes com o príncipe. Ele vai procurá-lo para um-em-uma empresa, se ele quiser. Se você estiver em um maior contexto social e ele está presente, que é diferente. Mas você não ir vê-lo sem convite. "Embora ninguém espera que você se dá bem com os outros trinta e quatro participantes, você não está a lutar com eles ou sabotar-los. Se você for encontrado impor as mãos sobre outro concorrente, causando-lhe stress, roubando dela, ou fazer qualquer coisa que possa diminuir a sua relação pessoal com o príncipe, que está em suas mãos se deve ou não demitir-se no local. "Seu único relacionamento romântico será com o príncipe Maxon. Se você for encontrado escrever bilhetes de amor para alguém daqui ou estão presos em um relacionamento com outra pessoa no palácio, que é considerado traição e é punível com a morte. " Mãe revirou os olhos para que um, embora isso pudesse ser a única regra que me preocupou. "Se for encontrado qualquer quebra de leis escritas Illéa, você receberá a punição ligada à ofensa. Seu status como um dos selecionados não colocá-lo acima da lei. "Você não deve usar qualquer roupa ou comer qualquer alimento que não esteja expressamente prevista por você, o palácio. Esta é uma questão de segurança e será rigorosamente cumprido. "Às sextas-feiras você vai estar presente para todas as transmissões Relatório de Capitais. Na ocasião, mas sempre com aviso prévio, não haverá câmeras ou fotógrafos no palácio, e você vai ser cortês e permitir-lhes ver o seu estilo de vida com o príncipe. "Para cada semana você ficar no palácio, sua família será compensada. Vou dar-lhe o seu primeiro cheque antes de eu sair. Além disso, você não deve ficar no palácio, um assessor lhe ajudará a ajustar a sua vida após a Seleção. O assessor irá ajudá-lo com os preparativos finais antes de sair para o palácio, bem como ajudá-lo a buscar novas habitações e emprego depois. "Se você chegar ao top ten, você será considerado um Elite. Uma vez que você chegar a esse status, você vai ser obrigado a aprender sobre o funcionamento interno particulares da vida e as obrigações que você teria como uma princesa. Você não tem


permissão para procurar esses detalhes antes desse tempo. "A partir deste momento, o seu estado é uma de três." "A Três?" Mamãe e eu exclamei. "Sim. Após a seleção, é difícil para as meninas para voltar para suas antigas vidas. Dois e três fazem bem, mas Fours e abaixo tendem a lutar. Você é um de três agora, mas o resto de sua família permanecem Fives. Se você ganhar, você e toda sua família se tornem como membros da família real. " "Ones." A palavra foi fraco nos lábios da mamãe. "E você deve ir até o fim, você vai casar com o príncipe Maxon e se tornar a princesa coroada de Illéa e assumir todos os direitos e responsabilidades do mesmo título. Você entende? " "Sim." Essa parte, tão grande como parecia, era o mais fácil de suportar. "Muito bom. Se você pudesse assinar este formulário dizendo que você já ouviu todas as regras oficiais, e Sra. Singer, se você poderia apenas assinar este formulário dizendo que você recebeu seu cheque, por favor. " Eu não vi a soma, mas fez seus olhos também. Eu estava infeliz com a idéia de sair, mas eu tinha certeza se eu fui lá só para ser enviado de volta no dia seguinte, essa verificação por si só, fornecer-nos com dinheiro suficiente para um ano muito confortável. E quando voltei, todo mundo quer que eu cante. Eu teria muito trabalho. Mas eu iria ser permitida a cantar como um três? Se eu tivesse que escolher um dos planos de carreira de um Três, eu acho que eu ensinar. Talvez eu pudesse, pelo menos, ajudar os outros a aprender música. Skinny coletadas as suas formas e se levantou para sair, agradecendo-nos para o nosso tempo e para o chá. Eu teria que interagir com apenas um funcionário mais antes de eu sair, e que seria o meu assessor: a pessoa que iria me guiar através recebendo a partir de minha casa para a de despedida para o aeroporto. E então ... então eu ficaria por minha conta. Nosso convidado perguntou se eu poderia mostrar-lhe à porta, e minha mãe consentiu, como ela queria começar a jantar. Eu não gosto de ficar sozinha com ele, mas foi uma curta caminhada. "Só mais uma coisa," Skinny disse com a mão na porta. "Isso não é exatamente uma regra, mas seria imprudente de você ignorá-la. Quando você está convidado a fazer algo com o príncipe Maxon, você não se recusam. Não importa o que é. O jantar, passeios, beijos, beijos mais do que qualquer coisa. Não vire-o para baixo. " "Desculpe-me?" Era o mesmo homem que me fez assinar um formulário afirmando minha pureza sugerindo que eu deixe Maxon tê-lo se ele queria? "Eu sei que soa ... imprópria. Mas não caberia você rejeitar o príncipe sob quaisquer circunstâncias. Boa noite, Miss Singer. " Fiquei enojado, revoltado. A lei, Illéan lei, era que você fosse esperar até o casamento. Foi uma maneira eficaz de manter as doenças à distância, e ajudou a manter as castas intacta. Ilegítimos foram atirados para a rua para se tornar Eights, ea pena de serem descobertos, seja por uma pessoa ou por uma gravidez, era tempo de prisão. Se alguém estava mesmo desconfiado, você poderia passar algumas noites em uma célula. É verdade, ele restringiu-me de estar íntimo com a pessoa que eu amei e que me incomodou. Mas agora que Aspen e eu tinha mais, eu estava feliz que eu tinha sido forçado a salvar a mim mesmo. Eu estava furioso. Se eu não tivesse acabado de assinar um formulário dizendo que eu


seria punido se eu quebrei a lei Illéan? Eu não estava acima das regras, que era o que ele disse. Mas, aparentemente, o príncipe era. E eu me sentia suja, menor do que um Oito. "Os Estados Unidos, o mel, que é para você:" Mamãe cantava. Eu tinha ouvido a campainha mim, mas não tinha pressa para respondê-la. Se isso fosse outra pessoa a pedir um autógrafo, eu não acho que eu seria capaz de lidar com isso. Caminhei pelo corredor e virou a esquina. Lá, com um punhado de flores silvestres, foi Aspen. "Olá, América." Sua voz foi contido, quase profissional. "Olá, Aspen." O meu era fraco. "Estes são de Kamber e Celia. Eles queriam desejar-lhe boa sorte. "Ele fechou a distância entre nós e deu-me as flores. Flores de suas irmãs, não dele. "Isso é muito doce!" Mamãe exclamou. Eu tinha quase esquecido que ela estava na sala. "Aspen, eu estou feliz por você estar aqui." Eu tentei soar como removido como ele tinha. "Eu fiz uma bagunça tentando embalar. Você poderia me ajudar a limpar? " Com a minha mãe lá, ele teve que aceitar. Como regra geral, o Tipo Seis não desligar do trabalho. Nós éramos o mesmo dessa forma. Ele exalou pelo nariz e balançou a cabeça uma vez. Aspen me seguiu pelo corredor. Pensei em quantas vezes eu queria apenas esta: para Aspen para andarem na minha casa e vem ao meu quarto. Será que as circunstâncias teria sido pior? Eu abria a porta do meu quarto e Aspen riu alto. "Você deixou um cão fazer a sua embalagem?" "Cale-se! Eu tive um pouco encontrar o que eu estava procurando. "Apesar de mim, eu sorri. Ele foi trabalhar, arrumar as coisas para cima e camisas de dobradura. Eu ajudei, é claro. "Você não tomar qualquer dessas roupas?", Ele sussurrou. "Não. Eles me vestir a partir de amanhã em diante. " "Oh. Wow ". "Se suas irmãs decepcionado?" "Não, na verdade." Ele balançou a cabeça em descrença. "No momento em que vi seu rosto, toda a casa entrou em erupção. Eles são loucos por você. Minha mãe em particular. " "Eu amo a sua mãe. Ela é sempre muito bom para mim. " Alguns minutos passados em silêncio, como meu quarto foi lentamente voltando ao normal. "Sua imagem ...", começou ele, "foi absolutamente maravilhoso." Doeu em tê-lo me dizer que eu era bonita. Não era justo. Não depois de tudo o que ele tinha feito. "Foi por você", eu sussurrei. "O quê?" "É ... eu pensei que você ia propor em breve." Minha voz estava grossa. Aspen ficou quieto por um momento, escolhendo as palavras. "Eu estive pensando sobre isso, mas não importa mais." "Ele faz. Por que você não me contou? "


Ele esfregou o pescoço, decidir. "Eu estava esperando." "Para quê?" O que poderia valer a pena esperar? "Para o projecto". Isso foi um problema. Era difícil saber se querer ser redigidos ou não. Em Illéa, todo o homem 19-year-old era elegível para ele. Os soldados foram escolhidos aleatoriamente duas vezes por ano, para pegar todo mundo dentro de seis meses de seu aniversário. Você servido a partir do momento que você era 19 até eram 23. E foi em breve. Nós conversamos sobre isso, é claro, mas não de uma forma realista. Acho que nós dois esperava que, se ignorada a proposta, seria ignorar-nos, também. Foi uma bênção que ser um soldado significava que você era um Two automática. O governo treinados você e você paga para o resto de sua vida. A desvantagem foi que você nunca sabia onde iria. Mandaram-lo longe de sua província, com certeza. Eles assumiram que estavam mais propensos a ser indulgente com pessoas que conheceram. Você pode acabar no palácio ou em alguma força outra província da polícia local. Ou você pode acabar no exército, enviado para a guerra. Nem os homens muitas enviados para a batalha para casa. Se um homem não era casado antes do projecto, ele quase sempre esperar. Você ficaria separado de sua esposa por quatro anos, no melhor. Na pior das hipóteses, ela seria uma jovem viúva. "Eu só ... Eu não queria fazer isso com você", ele sussurrou. "Eu entendo." Ele endireitou-se, tentando mudar de assunto. "Então o que você está tomando para o palácio?" "Uma mudança de roupas para vestir, sempre que eles finalmente me chutar para fora. Algumas fotos e livros. Já me disseram que eu não preciso dos meus instrumentos. Qualquer coisa que eu quero vai estar lá já. Então saco que pouco ali, é isso. " O quarto estava arrumado agora, e que parecia enorme mochila, por algum motivo. As flores que ele trouxe foi tão brilhante na minha mesa em relação às coisas monótonas eu possuía. Ou talvez fosse apenas que tudo parecia mais pálida agora ... agora que tudo estava acabado. "Isso não é muito", observou. "Eu nunca precisei de muito para ser feliz. Eu pensei que você sabia disso. " Ele fechou os olhos. "Pare com isso, os Estados Unidos. Eu fiz a coisa certa. " "A coisa certa? Aspen, você me fez acreditar que poderia fazê-lo. Você me fez amar você. E então você me convenceu a este concurso maldito. Você sabe que eles estão praticamente enviar-me para ser um dos brinquedos Maxon? " Ele sacudiu a cabeça para me encarar. "O quê?" "Eu não estou autorizado a transformá-lo para baixo. Não é por nada. " Aspen parecia doente, irritado. Suas mãos crisparam-se em punhos. "Mesmo ... mesmo se ele não quer casar com você ... pôde ...?" "Sim". "Sinto muito. Eu não sabia. "Ele tomou algumas respirações profundas. "Mas se ele pegar você ... que vai ser bom. Você merece ser feliz. " Era isso. Dei um tapa nele. "Seu idiota!" Eu sussurro gritado com ele. "Eu odeio ele! Eu


te amei! Eu queria que você, tudo que eu sempre quis foi você "! Seus olhos se encheram de lágrimas, mas eu não poderia me importar. Ele me machucou bastante, e agora era sua vez. "Eu deveria ir", disse ele, e começou a ir para a porta. "Espere. Eu não pagá-lo. " "América, você não tem que me pagar." Ele foi embora de novo. "Aspen Leger, não se atreva a mexer!" Minha voz era feroz. E ele parou, finalmente prestando atenção em mim. "Isso vai ser uma boa prática para quando você é um Uno." Se não fosse por seus olhos, eu teria pensado que era uma piada, não um insulto. Eu só balancei a cabeça e fui para minha mesa, retirando todo o dinheiro que eu ganho por mim mesmo. Coloquei cada pedaço dele em suas mãos. "América, eu não estou tomando isso." "O inferno não são. Eu não preciso disso e você fazer. Se você nunca me amou em tudo, você vai levá-la. Não tem seu orgulho feito o suficiente para nós? "Eu podia sentir uma parte dele desligar. Ele parou de lutar. "Tudo bem". "E aqui". Eu cavei atrás de minha cama, tirou meu jarro pequeno de moedas de um centavo, e derramou-los em sua mão. Uma moeda de um centavo rebelde que deve ter sido pegajoso ficou colado ao fundo. "Eram sempre sua. Você deve usá-los. " Agora eu não tinha nada de seu. E uma vez ele passou os tostões em desespero, ele não teria nada de meu. Eu senti a dor chegando. Meus olhos ficaram molhados, e eu respirei difícil manter os soluços de volta. "Sinto muito, Mer. Boa sorte. "Ele enfiou o dinheiro e as moedas nos bolsos e saiu correndo. Isso não era como eu pensei que eu ia chorar. Eu estava esperando enormes, soluços bruscos, não lágrimas lentas e pequenas. Comecei a colocar o frasco em uma prateleira, mas eu notei que um centavo, mais uma vez. Eu coloquei meu dedo no frasco e conseguiu descolar. Ele sacudiu em torno do vidro por si só. Era um som oco, e eu podia sentir ecoar em meu peito. Eu sabia que, para melhor ou para pior, eu não era realmente livre de Aspen, ainda não. Talvez nunca. Abri a mochila, colocou no meu jar, e selou tudo fora. Maio sorrateiramente em meu quarto, e eu levei um daqueles comprimidos estúpidas. Adormeci segurando-a, finalmente, sentir-se entorpecida. CAPÍTULO 6 A semana seguinte foi cheio de funcionários que pululam em nossa casa para me preparar para a Seleção. Havia uma mulher desagradável, que parecia pensar que eu tinha mentido sobre a metade o meu pedido, seguido por um guarda do palácio real que chegou a passar por cima de medidas de segurança com os soldados locais e dar a nossa casa um once-over. Aparentemente eu não ter que esperar até chegar ao palácio para se preocupar com ataques rebeldes em potencial. Maravilhoso. Temos dois telefonemas de uma mulher chamada Silvia, que parecia muito alegre e profissional na época, querendo mesmo saber se precisávamos de alguma coisa. Meu visitante favorito era um homem magro, de cavanhaque, que veio para medir me para o meu guarda-roupa novo. Eu não tinha certeza de como eu me sentia sobre vestidos que eram tão formal como a rainha é o tempo todo, mas eu estava ansioso para uma


mudança. O último desses visitantes chegaram na tarde de quarta-feira, dois dias antes de eu sair. Ele estava encarregado de repassar todas as regras oficiais comigo. Ele era incrivelmente magro, com cabelo preto gorduroso que foi alisado para trás, e ele continuava suando. Ao entrar na casa, ele perguntou se havia algum lugar privado poderíamos conversar. Essa foi a minha primeira pista de que algo estava acontecendo. "Bem, nós podemos sentar na cozinha, se está tudo bem," Mamãe sugeriu. Ele esfregou a cabeça com um lenço e olhou para maio. "Na verdade, qualquer lugar é bom. Eu só acho que você pode querer perguntar ao seu filha mais nova para deixar a sala. " O que ele poderia dizer que maio não poderia ouvir? "Mama?", Perguntou ela, triste por estar perdendo. "Maio, querida, vá trabalhar em sua pintura. Você foi negligenciar seu trabalho um pouco na semana passada. " "Mas" "Deixe-me levá-lo para fora, de maio," eu ofereci, olhando para as lágrimas brotando nos olhos. Quando estávamos no corredor e ninguém podia ouvir, eu puxei-a para um abraço. "Não se preocupe", eu sussurrei. "Eu vou dizer-lhe tudo esta noite. Promessa. " Para seu crédito, ela não explodir nossa capa saltando para cima e para baixo como de costume. Ela apenas balançou a cabeça tristemente e foi para seu cantinho no estúdio do meu pai. Mamãe fez chá para magro, e nos sentamos na mesa da cozinha para conversar. Ele tinha uma pilha de papéis e uma caneta colocado para fora ao lado de outra pasta com meu nome nele. Ele organizou a sua informação ordenadamente e falou. "Lamento ser tão secreto, mas há certas coisas que eu preciso para resolver que são impróprios para ouvidos jovens." Mamãe e eu trocamos um olhar rápido. "Miss Singer, este está indo soar duro, mas a partir de sexta-feira passada, que agora são considerados propriedade da Illéa. Você deve tomar cuidado de seu corpo de agora em diante. Eu tenho várias formas para você assinar como passamos por esta informação. Qualquer falha no cumprimento de sua parte resultará na sua imediata remoção da Seleção. Você entende? " "Sim", eu disse cautelosamente. "Muito bom. Vamos começar com as coisas fáceis. Estas são as vitaminas. Como você é um Five, eu vou assumir que você não pode sempre ter acesso a nutrição necessária. Você deve tomar um desses todos os dias. Você está por sua conta agora, mas no palácio, você terá alguém para ajudá-lo. "Ele passou uma grande garrafa sobre a mesa para mim, juntamente com um formulário que eu tinha que assinar para dizer que eu tinha recebido. Eu tive que parar de rir. Quem precisa de ajuda tomar uma pílula? "Tenho comigo a física do seu médico. Não muito de uma preocupação lá. Você parece estar em excelente saúde, embora ele disse que não tenho dormido bem? " "Umm, eu quero dizer ... apenas com a emoção, tem sido um pouco difícil de dormir." Era quase a verdade. Os dias eram turbilhões de preparação palácio, mas à noite, quando eu ainda era, pensei em Aspen. Foi o tempo que eu não podia evitá-lo vindo


em minha mente, e parecia que ele não estava ansioso para sair. "Eu vejo. Bem, eu posso ter alguns aparelhos dormir aqui esta noite se você precisar deles. Nós queremos que você bem descansado. " "Não, eu nem-" "Sim," Mãe interrompido. "Desculpe, querida, mas você olhar exausto. Por favor, pegue-lhe as ajudas do sono. " "Sim, senhora." Skinny fez outra nota no meu arquivo. "Seguindo em frente. Agora, eu sei que isso é pessoal, mas eu tive que discutir com cada participante, então por favor não se acanhe. "Ele fez uma pausa. "Eu preciso de uma confirmação de que você é, de fato, uma virgem." Olhos da mamãe quase saltaram para fora. Então foi por isso que maio teve que sair. "Você está falando sério?" Eu não podia acreditar que ia mandar alguém para fazer isso. , Pelo menos, enviar uma mulher ... "Temo que sim. Se você não for, precisamos saber que, imediatamente. " Eca. E com a minha mãe na sala. "Eu conheço a lei, senhor. Eu não sou estúpido. Claro que eu sou. " "Considere, por favor. Se você for encontrado para ser mentira ... " "Pelo amor de Deus, a América nunca é sequer tinha um namorado!" Disse a mãe. "É isso mesmo." Peguei a corda, esperando que acabar com essa discussão. "Muito bom. Eu só preciso de você para assinar este formulário para confirmar a sua afirmação. " Revirei os olhos, mas obedeceu. Eu era feliz Illéa existia, considerando que esta terra muito tinha quase se transformou em escombros, mas estes regulamentos foram começando a me fazer sentir como se eu estivesse sufocando, como havia correntes invisíveis me mantendo para baixo. Leis sobre quem você poderia amar, faz sobre sua virgindade estar intacta, era irritante. "Eu preciso passar por cima das regras com você. Eles são muito simples, e você não deve ter dificuldade em cumprir. Se você tiver alguma dúvida, basta falar. " Ele ergueu os olhos da pilha de formulários e fez contato visual comigo. "Eu vou", eu murmurei. "Você não pode deixar o palácio de seu próprio acordo. Você tem que ser demitido pelo próprio príncipe. Mesmo o rei ea rainha não pode forçá-lo para fora. Eles podem dizer o príncipe que não aprovem você, mas ele faz cada decisão sobre quem fica e quem sai. "Não há cronograma definido para a Seleção. Pode ser mais em questão de dias ou de estiramento em anos. " "Anos?" Eu perguntei no horror. O pensamento de ter ido tanto tempo me pôs na borda. "Não se preocupe. O príncipe é improvável que deixá-lo ir por muito tempo. Este é um momento para ele mostrar sua determinação, e permitindo que a Seleção se arrastar não parece bom. Mas se ele optar por tomá-lo dessa maneira, você será obrigado a permanecer durante o tempo que o príncipe precisa fazer sua escolha. " Meu medo deve ter mostrado no meu rosto porque a mãe se aproximou e deu um tapinha na mão. Skinny, no entanto, foi imperturbável. "Você não organizar as suas vezes com o príncipe. Ele vai procurá-lo para um-em-uma empresa, se ele quiser. Se você estiver em um maior contexto social e ele está presente, que é diferente. Mas você não ir vê-lo sem convite.


"Embora ninguém espera que você se dá bem com os outros trinta e quatro participantes, você não está a lutar com eles ou sabotar-los. Se você for encontrado impor as mãos sobre outro concorrente, causando-lhe stress, roubando dela, ou fazer qualquer coisa que possa diminuir a sua relação pessoal com o príncipe, que está em suas mãos se deve ou não demitir-se no local. "Seu único relacionamento romântico será com o príncipe Maxon. Se você for encontrado escrever bilhetes de amor para alguém daqui ou estão presos em um relacionamento com outra pessoa no palácio, que é considerado traição e é punível com a morte. " Mãe revirou os olhos para que um, embora isso pudesse ser a única regra que me preocupou. "Se for encontrado qualquer quebra de leis escritas Illéa, você receberá a punição ligada à ofensa. Seu status como um dos selecionados não colocá-lo acima da lei. "Você não deve usar qualquer roupa ou comer qualquer alimento que não esteja expressamente prevista por você, o palácio. Esta é uma questão de segurança e será rigorosamente cumprido. "Às sextas-feiras você vai estar presente para todas as transmissões Relatório de Capitais. Na ocasião, mas sempre com aviso prévio, não haverá câmeras ou fotógrafos no palácio, e você vai ser cortês e permitir-lhes ver o seu estilo de vida com o príncipe. "Para cada semana você ficar no palácio, sua família será compensada. Vou dar-lhe o seu primeiro cheque antes de eu sair. Além disso, você não deve ficar no palácio, um assessor lhe ajudará a ajustar a sua vida após a Seleção. O assessor irá ajudá-lo com os preparativos finais antes de sair para o palácio, bem como ajudá-lo a buscar novas habitações e emprego depois. "Se você chegar ao top ten, você será considerado um Elite. Uma vez que você chegar a esse status, você vai ser obrigado a aprender sobre o funcionamento interno particulares da vida e as obrigações que você teria como uma princesa. Você não tem permissão para procurar esses detalhes antes desse tempo. "A partir deste momento, o seu estado é uma de três." "A Três?" Mamãe e eu exclamei. "Sim. Após a seleção, é difícil para as meninas para voltar para suas antigas vidas. Dois e três fazem bem, mas Fours e abaixo tendem a lutar. Você é um de três agora, mas o resto de sua família permanecem Fives. Se você ganhar, você e toda sua família se tornem como membros da família real. " "Ones." A palavra foi fraco nos lábios da mamãe. "E você deve ir até o fim, você vai casar com o príncipe Maxon e se tornar a princesa coroada de Illéa e assumir todos os direitos e responsabilidades do mesmo título. Você entende? " "Sim." Essa parte, tão grande como parecia, era o mais fácil de suportar. "Muito bom. Se você pudesse assinar este formulário dizendo que você já ouviu todas as regras oficiais, e Sra. Singer, se você poderia apenas assinar este formulário dizendo que você recebeu seu cheque, por favor. " Eu não vi a soma, mas fez seus olhos também. Eu estava infeliz com a idéia de sair, mas eu tinha certeza se eu fui lá só para ser enviado de volta no dia seguinte, essa verificação por si só, fornecer-nos com dinheiro suficiente para um ano muito confortável. E quando voltei, todo mundo quer que eu cante. Eu teria muito trabalho. Mas eu iria ser permitida a cantar como um três? Se eu tivesse que escolher um dos


planos de carreira de um Três, eu acho que eu ensinar. Talvez eu pudesse, pelo menos, ajudar os outros a aprender música. Skinny coletadas as suas formas e se levantou para sair, agradecendo-nos para o nosso tempo e para o chá. Eu teria que interagir com apenas um funcionário mais antes de eu sair, e que seria o meu assessor: a pessoa que iria me guiar através recebendo a partir de minha casa para a de despedida para o aeroporto. E então ... então eu ficaria por minha conta. Nosso convidado perguntou se eu poderia mostrar-lhe à porta, e minha mãe consentiu, como ela queria começar a jantar. Eu não gosto de ficar sozinha com ele, mas foi uma curta caminhada. "Só mais uma coisa," Skinny disse com a mão na porta. "Isso não é exatamente uma regra, mas seria imprudente de você ignorá-la. Quando você está convidado a fazer algo com o príncipe Maxon, você não se recusam. Não importa o que é. O jantar, passeios, beijos, beijos mais do que qualquer coisa. Não vire-o para baixo. " "Desculpe-me?" Era o mesmo homem que me fez assinar um formulário afirmando minha pureza sugerindo que eu deixe Maxon tê-lo se ele queria? "Eu sei que soa ... imprópria. Mas não caberia você rejeitar o príncipe sob quaisquer circunstâncias. Boa noite, Miss Singer. " Fiquei enojado, revoltado. A lei, Illéan lei, era que você fosse esperar até o casamento. Foi uma maneira eficaz de manter as doenças à distância, e ajudou a manter as castas intacta. Ilegítimos foram atirados para a rua para se tornar Eights, ea pena de serem descobertos, seja por uma pessoa ou por uma gravidez, era tempo de prisão. Se alguém estava mesmo desconfiado, você poderia passar algumas noites em uma célula. É verdade, ele restringiu-me de estar íntimo com a pessoa que eu amei e que me incomodou. Mas agora que Aspen e eu tinha mais, eu estava feliz que eu tinha sido forçado a salvar a mim mesmo. Eu estava furioso. Se eu não tivesse acabado de assinar um formulário dizendo que eu seria punido se eu quebrei a lei Illéan? Eu não estava acima das regras, que era o que ele disse. Mas, aparentemente, o príncipe era. E eu me sentia suja, menor do que um Oito. "Os Estados Unidos, o mel, que é para você:" Mamãe cantava. Eu tinha ouvido a campainha mim, mas não tinha pressa para respondê-la. Se isso fosse outra pessoa a pedir um autógrafo, eu não acho que eu seria capaz de lidar com isso. Caminhei pelo corredor e virou a esquina. Lá, com um punhado de flores silvestres, foi Aspen. "Olá, América." Sua voz foi contido, quase profissional. "Olá, Aspen." O meu era fraco. "Estes são de Kamber e Celia. Eles queriam desejar-lhe boa sorte. "Ele fechou a distância entre nós e deu-me as flores. Flores de suas irmãs, não dele. "Isso é muito doce!" Mamãe exclamou. Eu tinha quase esquecido que ela estava na sala. "Aspen, eu estou feliz por você estar aqui." Eu tentei soar como removido como ele tinha. "Eu fiz uma bagunça tentando embalar. Você poderia me ajudar a limpar? " Com a minha mãe lá, ele teve que aceitar. Como regra geral, o Tipo Seis não desligar do trabalho. Nós éramos o mesmo dessa forma. Ele exalou pelo nariz e balançou a cabeça uma vez. Aspen me seguiu pelo corredor. Pensei em quantas vezes eu queria apenas esta: para


Aspen para andarem na minha casa e vem ao meu quarto. Será que as circunstâncias teria sido pior? Eu abria a porta do meu quarto e Aspen riu alto. "Você deixou um cão fazer a sua embalagem?" "Cale-se! Eu tive um pouco encontrar o que eu estava procurando. "Apesar de mim, eu sorri. Ele foi trabalhar, arrumar as coisas para cima e camisas de dobradura. Eu ajudei, é claro. "Você não tomar qualquer dessas roupas?", Ele sussurrou. "Não. Eles me vestir a partir de amanhã em diante. " "Oh. Wow ". "Se suas irmãs decepcionado?" "Não, na verdade." Ele balançou a cabeça em descrença. "No momento em que vi seu rosto, toda a casa entrou em erupção. Eles são loucos por você. Minha mãe em particular. " "Eu amo a sua mãe. Ela é sempre muito bom para mim. " Alguns minutos passados em silêncio, como meu quarto foi lentamente voltando ao normal. "Sua imagem ...", começou ele, "foi absolutamente maravilhoso." Doeu em tê-lo me dizer que eu era bonita. Não era justo. Não depois de tudo o que ele tinha feito. "Foi por você", eu sussurrei. "O quê?" "É ... eu pensei que você ia propor em breve." Minha voz estava grossa. Aspen ficou quieto por um momento, escolhendo as palavras. "Eu estive pensando sobre isso, mas não importa mais." "Ele faz. Por que você não me contou? " Ele esfregou o pescoço, decidir. "Eu estava esperando." "Para quê?" O que poderia valer a pena esperar? "Para o projecto". Isso foi um problema. Era difícil saber se querer ser redigidos ou não. Em Illéa, todo o homem 19-year-old era elegível para ele. Os soldados foram escolhidos aleatoriamente duas vezes por ano, para pegar todo mundo dentro de seis meses de seu aniversário. Você servido a partir do momento que você era 19 até eram 23. E foi em breve. Nós conversamos sobre isso, é claro, mas não de uma forma realista. Acho que nós dois esperava que, se ignorada a proposta, seria ignorar-nos, também. Foi uma bênção que ser um soldado significava que você era um Two automática. O governo treinados você e você paga para o resto de sua vida. A desvantagem foi que você nunca sabia onde iria. Mandaram-lo longe de sua província, com certeza. Eles assumiram que estavam mais propensos a ser indulgente com pessoas que conheceram. Você pode acabar no palácio ou em alguma força outra província da polícia local. Ou você pode acabar no exército, enviado para a guerra. Nem os homens muitas enviados para a batalha para casa. Se um homem não era casado antes do projecto, ele quase sempre esperar. Você ficaria separado de sua esposa por quatro anos, no melhor. Na pior das hipóteses, ela


seria uma jovem viúva. "Eu só ... Eu não queria fazer isso com você", ele sussurrou. "Eu entendo." Ele endireitou-se, tentando mudar de assunto. "Então o que você está tomando para o palácio?" "Uma mudança de roupas para vestir, sempre que eles finalmente me chutar para fora. Algumas fotos e livros. Já me disseram que eu não preciso dos meus instrumentos. Qualquer coisa que eu quero vai estar lá já. Então saco que pouco ali, é isso. " O quarto estava arrumado agora, e que parecia enorme mochila, por algum motivo. As flores que ele trouxe foi tão brilhante na minha mesa em relação às coisas monótonas eu possuía. Ou talvez fosse apenas que tudo parecia mais pálida agora ... agora que tudo estava acabado. "Isso não é muito", observou. "Eu nunca precisei de muito para ser feliz. Eu pensei que você sabia disso. " Ele fechou os olhos. "Pare com isso, os Estados Unidos. Eu fiz a coisa certa. " "A coisa certa? Aspen, você me fez acreditar que poderia fazê-lo. Você me fez amar você. E então você me convenceu a este concurso maldito. Você sabe que eles estão praticamente enviar-me para ser um dos brinquedos Maxon? " Ele sacudiu a cabeça para me encarar. "O quê?" "Eu não estou autorizado a transformá-lo para baixo. Não é por nada. " Aspen parecia doente, irritado. Suas mãos crisparam-se em punhos. "Mesmo ... mesmo se ele não quer casar com você ... pôde ...?" "Sim". "Sinto muito. Eu não sabia. "Ele tomou algumas respirações profundas. "Mas se ele pegar você ... que vai ser bom. Você merece ser feliz. " Era isso. Dei um tapa nele. "Seu idiota!" Eu sussurro gritado com ele. "Eu odeio ele! Eu te amei! Eu queria que você, tudo que eu sempre quis foi você "! Seus olhos se encheram de lágrimas, mas eu não poderia me importar. Ele me machucou bastante, e agora era sua vez. "Eu deveria ir", disse ele, e começou a ir para a porta. "Espere. Eu não pagá-lo. " "América, você não tem que me pagar." Ele foi embora de novo. "Aspen Leger, não se atreva a mexer!" Minha voz era feroz. E ele parou, finalmente prestando atenção em mim. "Isso vai ser uma boa prática para quando você é um Uno." Se não fosse por seus olhos, eu teria pensado que era uma piada, não um insulto. Eu só balancei a cabeça e fui para minha mesa, retirando todo o dinheiro que eu ganho por mim mesmo. Coloquei cada pedaço dele em suas mãos. "América, eu não estou tomando isso." "O inferno não são. Eu não preciso disso e você fazer. Se você nunca me amou em tudo, você vai levá-la. Não tem seu orgulho feito o suficiente para nós? "Eu podia sentir uma parte dele desligar. Ele parou de lutar. "Tudo bem". "E aqui". Eu cavei atrás de minha cama, tirou meu jarro pequeno de moedas de um centavo, e derramou-los em sua mão. Uma moeda de um centavo rebelde que deve ter sido pegajoso ficou colado ao fundo. "Eram sempre sua. Você deve usá-los. "


Agora eu não tinha nada de seu. E uma vez ele passou os tostões em desespero, ele não teria nada de meu. Eu senti a dor chegando. Meus olhos ficaram molhados, e eu respirei difícil manter os soluços de volta. "Sinto muito, Mer. Boa sorte. "Ele enfiou o dinheiro e as moedas nos bolsos e saiu correndo. Isso não era como eu pensei que eu ia chorar. Eu estava esperando enormes, soluços bruscos, não lágrimas lentas e pequenas. Comecei a colocar o frasco em uma prateleira, mas eu notei que um centavo, mais uma vez. Eu coloquei meu dedo no frasco e conseguiu descolar. Ele sacudiu em torno do vidro por si só. Era um som oco, e eu podia sentir ecoar em meu peito. Eu sabia que, para melhor ou para pior, eu não era realmente livre de Aspen, ainda não. Talvez nunca. Abri a mochila, colocou no meu jar, e selou tudo fora. Maio sorrateiramente em meu quarto, e eu levei um daqueles comprimidos estúpidas. Adormeci segurando-a, finalmente, sentir-se entorpecida. CAPÍTULO 7 Na manhã seguinte, eu me vesti o uniforme dos selecionados: calças pretas, camisa branca, e minha província flor um lírio em meu cabelo. Meus sapatos eu tenho que escolher. Eu escolhi gasta apartamentos vermelhas. Achei que deveria deixar claro desde o início que eu não era material de princesa. Fomos criados para sair para a praça em breve. Cada um dos selecionados estava a fazer um bota-fora em sua província natal de hoje, e eu não estava olhando para a frente a minha. Todas aquelas pessoas que olham fixamente enquanto eu não fiz nada mais do que ficar lá. A coisa toda já me sentia ridículo, como eu tive que ser levado as duas milhas curtos por razões de segurança. O dia começou desconfortável. Kenna veio com James me mandar, que era gentil da parte dela, considerando que ela estava grávida e cansado. Kota veio, também, embora sua presença adicionou mais tensão do que facilidade. Enquanto caminhávamos de nossa casa para o carro que tinha sido previsto, Kota foi de longe o mais lento, deixando os poucos fotógrafos e simpatizantes que estavam lá dar uma boa olhada para ele. Papai apenas balançou a cabeça. Maio foi o meu único consolo. Ela segurou minha mão e tentou injetar um pouco de seu entusiasmo em mim. Nós ainda estávamos ligados quando entrei na praça lotada. Parecia que todos na província de Carolina saiu para me ver partir. Ou apenas ver o que foi o grande negócio. Permanente da etapa levantou, pude ver os limites entre as castas. Margareta Stines era um de três, e ela e seus pais estavam olhando para mim punhais. Digger Tenile era uma Seven, e ela estava mandando beijos. As castas superiores olhou para mim como se eu tivesse roubado algo que era deles. Os Fours em baixo estavam torcendo para mim, uma garota comum, que tinha sido elevado. Tomei consciência de que eu queria dizer a todos aqui, como se eu representava algo para todos eles. Tentei focar em aqueles rostos, segurando a minha cabeça erguida. Eu estava determinado a fazer isso bem. Eu seria o melhor de nós, o mais elevado dos pontos baixos. Ela me deu um senso de propósito. América Singer: o campeão das castas mais baixas. O prefeito falou com um floreio. "E Carolina será aplaudir a bela filha de Magda e Shalom Singer, a nova Lady América cantora!"


A multidão aplaudiu e aplaudiu. Alguns jogaram flores. Peguei no som por um momento, sorrindo e acenando, e depois voltou para o levantamento da multidão, mas desta vez para uma finalidade diferente. Eu queria ver seu rosto mais uma vez se eu pudesse. Eu não sabia se ele viria. Ele me disse que eu estava linda ontem, mas foi ainda mais distante e vigiado do que tinha sido na casa da árvore. Ele tinha acabado, e eu sabia disso. Mas você não ama alguém por quase dois anos e depois desligá-lo durante a noite. Levou algumas passagens da multidão antes que eu o encontrei. Eu imediatamente desejei que eu não tinha. Aspen estava lá com Brenna Butler na frente dele, casualmente, segurando-a pela cintura e sorrindo. Talvez algumas pessoas poderia desligá-lo durante a noite. Brenna foi um Six e sobre a minha idade. Bonita o suficiente, eu supunha, embora ela não olhar um pouco como eu. Eu supus que ia ficar o casamento ea vida que ele tem guardado para comigo. E, aparentemente, o projecto não o incomodava tanto. Ela sorriu para ele e foi embora para sua família. Tivesse ele gostava dela o tempo todo? Ela era a garota que ele viu todos os dias e eu era a menina que lhe dava e encheu-o com beijos uma vez por semana? Ocorreu-me que talvez o tempo todo ele omitiu em nossas conversas roubadas não foi simplesmente longas e chatas horas de inventário. Eu estava com raiva demais para chorar. Além disso, eu tinha admiradores aqui que queriam a minha atenção. Assim, sem Aspen, mesmo sabendo que eu tinha visto ele, eu voltei para aquelas caras apaixonados. Eu coloquei o meu sorriso de volta, maior do que nunca, e começou a acenar. Aspen não teria a satisfação de quebrar meu coração. Ele me colocou aqui, e eu só tenho que aproveitá-la. "Senhoras e senhores, por favor, se juntar a mim no envio de fora da América Singer, nossa filha favorita de Illéa!" O prefeito chamado. Atrás de mim, uma pequena banda tocou o hino nacional. Mais aplausos, flores etc. De repente, o prefeito estava no meu ouvido. "Gostaria de dizer alguma coisa, querida?" Eu não sabia como dizer não sem ser rude. "Obrigado, mas eu estou tão sobrecarregado, eu não acho que eu poderia." Ele colocou as mãos nas suas. "Claro, querida menina. Não se preocupe, eu vou cuidar de tudo. Eles vão treiná-lo para esse tipo de coisa no palácio. Você vai precisar. " O prefeito, então, disse à multidão dos meus atributos, maliciosamente mencionar que eu era muito inteligente e atraente para um Five. Ele não parecia muito ruim um cara, mas às vezes até mesmo os membros mais agradáveis das castas superiores foram condescendente. Eu peguei cara de Aspen, uma vez mais como os meus olhos varriam a multidão. Ele parecia triste. Era o oposto polar do rosto que ele tinha usado com Brenna alguns minutos atrás. Outro jogo? Eu quebrei meu olhar. O prefeito acabou de falar, e eu sorri e todo mundo aplaudiu, como se tivesse acabado de dar o discurso mais inspirador conhecido pelo homem. E de repente chegou a hora de dizer adeus. Mitsy, meu ajudante, disse-me para dizer que minhas despedidas em silêncio e de forma breve, e então ela me escoltar de volta ao carro que me levaria para o aeroporto. Kota me abraçou, me dizendo que ele estava orgulhoso de mim. Então, não tão sutilmente, ele


me disse para falar de sua arte com o príncipe Maxon. Eu mexia fora desse abraço tão graciosamente quanto eu poderia. Kenna estava chorando. "Eu mal vê-lo como ele é. O que vou fazer quando você vai embora? ", Gritou ela. "Não se preocupe. Eu estarei em casa em breve. " "Sim, certo! Você é a menina mais bonita Illéa. Ele vai te amo! " Por que todo mundo acha que tudo se resumia a beleza? Talvez ele fez. Talvez Príncipe Maxon não precisa de uma esposa para falar, apenas alguém para ficar bonita. Na verdade, eu tremia, considerando que o meu futuro. Mas havia muitas meninas muito mais atraente do que me vai. Kenna foi difícil abraçar sobre sua barriga de grávida, mas conseguimos. James, que eu realmente não sabia muito bem, me abraçou também. Em seguida, ele foi Gerad. "Seja um bom menino, ok? Experimente o piano. Eu aposto que você é incrível. Espero ouvir tudo quando chego em casa. " Gerad apenas balançou a cabeça, triste de repente. Ele levantou os braços minúsculos em torno de mim. "Eu te amo, América". "Eu também te amo. Não fique triste. Eu estarei em casa em breve. " Ele balançou a cabeça novamente, mas cruzou os braços a faneca. Eu não tinha idéia que ia tomar meu deixando desta forma. Era exatamente o oposto de maio. Ela estava pulando na ponta dos pés, absolutamente vertiginosa. "Oh, América, você vai ser a princesa! Eu sei! " "Oh, silêncio! Eu prefiro ser um Oito e ficar com você todo o dia. Basta ser bom para mim, e trabalho duro. " Ela assentiu e saltou um pouco mais, e então era hora de o pai, que estava à beira das lágrimas. "Papai! Não chore. "Eu caí em seus braços. "Ouça-me, gatinho. Ganhando ou perdendo, você sempre vai ser uma princesa para mim. " "Oh, papai.", Eu finalmente comecei a chorar. Isso foi o suficiente para desencadear o medo, a tristeza, a preocupação, a nervos, a única frase que significava nada disso importava. Se eu voltasse usado e indesejado, ele ainda estaria orgulhoso de mim. Era demais para suportar, de ser amado muito. Eu estaria cercado por dezenas de guardas no palácio, mas eu não poderia imaginar um lugar mais seguro do que os braços de meu pai. Eu me afastei e virou-se para abraçar a mãe. "Fazei tudo o que eles dizem. Tente parar de mau humor e ser feliz. Comporte-se. Sorria. Mantenha-nos informados. Oh! Eu só sabia que você ia passar a ser especial. " Era pra ser doce, mas não era o que eu precisava ouvir. Eu queria que ela poderia ter dito que eu já era algo especial para ela, como se eu fosse para o meu pai. Mas eu imaginei que nunca iria deixar de querer mais para mim, mais de mim. Talvez seja por isso que as mães faziam. "Lady America, você está pronto?" Mitsy perguntou. Meu rosto estava longe da multidão, e eu rapidamente enxugou minhas lágrimas. "Sim. Tudo pronto. " Minha bolsa estava esperando no carro branco brilhante. Este foi. Comecei a caminhar para a beira do palco para as escadas. "Mer!"


Eu me virei. Eu sei que voz em qualquer lugar. "América!" Eu procurei e encontrei braços flailing Aspen. Ele estava empurrando a multidão de lado, pessoas que protestam contra a sua não tão suave empurra. Nossos olhos se encontraram. Ele parou e olhou. Eu não poderia ler seu rosto. Preocupação? Arrependimento? Fosse o que fosse, era tarde demais. Eu balancei minha cabeça. Eu estava feito com jogos de Aspen. "Desta forma, Lady America", Mitsy instruídos desde o fundo das escadas. Eu me dei um segundo rápido para absorver o meu novo nome. "Adeus, querida", minha mãe ligou. E eu fui levado.

CAPÍTULO 8 Eu era o primeiro para o aeroporto, e eu estava apavorada além. O entusiasmo vertiginoso da multidão havia desaparecido, e agora fui confrontado com a experiência terrível de voar. Gostaria de estar viajando com três outras meninas selecionados, e eu tentei obter o controle dos meus nervos. Eu realmente não queria ter um ataque de pânico na frente deles. Eu já tinha decorado os nomes, rostos, e castas de todos os selecionados. Ele começou como um exercício terapêutico, algo para me acalmar. Eu fiz a mesma coisa com escalas de memorização e pedaços de trivia. Originalmente, eu estava procurando rostos amigáveis, as meninas que eu poderia querer passar mais tempo com enquanto eu estava lá. Eu nunca realmente tive um amigo. Eu passei a maior parte da minha infância brincando com Kenna e Kota. Mamãe fez tudo escolaridade meu, e ela era a única pessoa com quem trabalhei. Quando os irmãos mais velhos se mudado, me dediquei a maio e Gerad. E Aspen ... Mas Aspen e eu nunca eram apenas amigos. A partir do momento em que se tornou verdadeiramente consciente de si, eu estava apaixonada por ele. Agora ele estava segurando a mão de uma garota do outro. Graças a Deus eu estava sozinho. Eu não poderia ter lidado com as lágrimas na frente das outras meninas. Isso doía. Eu doía. E não havia nada que eu pudesse fazer. Como no inferno eu cheguei aqui? Um mês atrás, eu tinha certeza de tudo na minha vida, e agora qualquer pedacinho de familiaridade tinha ido embora. Nova casa, nova casta, vida nova. Tudo por causa de um pedaço estúpido de papel e uma imagem. Eu queria sentar e chorar, a chorar por tudo que eu tinha perdido. Gostaria de saber se alguma das meninas eram outros triste hoje. Imaginei que todos, exceto para mim estava comemorando. E eu, pelo menos, precisava olhar como se eu fosse muito, porque todo mundo estaria assistindo. Eu me preparei para tudo o que estava por vir, e eu fiz-me ser corajoso. Quanto a tudo o que eu estava deixando para trás, eu decidi que ia fazer exatamente isso: deixá-lo para trás. O palácio seria o meu santuário. Eu nunca poderia pensar ou dizer o nome dele novamente. Ele não tinha permissão para vir comigo ali, a minha própria regra para esta pequena aventura. Não mais. Adeus, Aspen. Cerca de meia hora mais tarde, duas meninas de camisa branca e calças pretas iguais


às minhas atravessou as portas com seus próprios assessores transportando as suas malas. Ambos estavam sorrindo, confirmando minha idéia de que eu era o único do selecionado que pode ser deprimido hoje. Era hora de seguir com a minha promessa. Eu coloquei um sorriso e levantou-se para agitar as mãos. "Oi", eu disse brilhantemente. "Eu sou América". "Eu sei!", Disse a garota à direita. Ela era uma loira de olhos castanhos. Eu a reconheci imediatamente como Tames Marlee de Kent. A Four. Ela não se incomodou com a minha mão estendida, ela se mudou para um abraço imediato. "Oh!" Eu exalado. Eu não esperava isso. Embora Marlee era uma das garotas com o rosto parecia genuína e simpática, a mãe havia me dito para a última semana de olhar para essas meninas como inimigos, e seu pensamento ofensivo havia vazado para a minha própria. Então aqui eu estava esperando com o melhor muito bem-vinda uma cordial das meninas que estavam preparados para lutar comigo até a morte para alguém que eu não queria. Em vez disso eu fui abraçado. "Eu sou Marlee e este é Ashley." Sim, Ashley Brouillette de Allen, Três. Ela tinha cabelo loiro, muito, mas muito mais leve do que de Marlee. E seus olhos eram muito azuis, que parecia delicado em seu rosto pacífico. Ela parecia frágil ao lado de Marlee. Ambos eram do Norte, eu imaginei que era por isso que eles vieram juntos. Ashley deu uma onda pequena pura e sorriu, mas foi isso. Eu não tinha certeza se ela era tímido ou se ela já estava tentando descobrir-nos. Talvez fosse que ela era uma de três por nascimento e soube se comportar melhor. "Eu adoro seu cabelo!" Marlee jorrou. "Eu desejo que eu tivesse nascido com o cabelo vermelho. Ele faz você parecer tão vivo. Ouvi dizer que pessoas com cabelos vermelhos têm temperamentos maus. Isso é verdade? " Apesar de o meu dia podre, forma Marlee era tão vivaz que o meu sorriso cresceu mais amplo. "Eu não penso assim. Quero dizer, eu posso ter um temperamento ruim, às vezes, mas minha irmã é uma ruiva, e ela é tão doce quanto pode ser. " Com isso resolvido em uma conversa fácil sobre o que nos levou louco e que sempre fixa os nossos humores. Marlee gostei dos filmes, e eu também, embora eu raramente tenho que vê-los. Nós conversamos sobre os atores que estavam insuportavelmente atraente, o que parecia estranho, já que nós estávamos fora para ser Maxon pacote de namoradas. Ashley deu uma risadinha de vez em quando, mas nunca mais do que isso. Se ela foi feita uma pergunta direta, ela daria uma resposta breve e voltar para seu sorriso guardado. Marlee e eu nos dávamos facilmente, e isso me deu esperança de que talvez eu sair dessa com um amigo para mostrar para ele. Embora nós conversamos por meia hora, provavelmente, o tempo voou. Nós não teria parado de falar, exceto para o som distinto de saltos altos clicando no chão. Nossas cabeças tudo virou em uníssono, e ouvi da boca Marlee de abrir com uma pop. Ali, caminhando em direção a nós, era uma morena de óculos de sol. Ela tinha uma margarida no cabelo dela, mas tinha sido tingido de vermelho para combinar com seu batom. Seus quadris balançavam enquanto ela caminhava, e cada queda de seus três polegadas saltos acentuados seu passo confiante. Ao contrário de Marlee e Ashley, ela não sorria. Mas não era porque ela era infeliz. Não, ela estava concentrada. Sua entrada foi concebido para inspirar intimidação. E ele trabalhou em ladylike Ashley, que eu ouvi


respirar um "Oh, não" como a nova garota se aproximou. Esta pessoa, que eu reconheci como Celeste Newsome de Clermont, dois, não me incomoda. Ela assumiu que estavam lutando pela mesma coisa. Mas você não pode ser empurrado, se é algo que você não quer. Celeste, finalmente, chegou até nós, e Marlee guinchou um Olá, tentando ser simpática, mesmo no meio de intimidação. Celeste apenas olhou-a e suspirou. "Quando partimos?", Perguntou ela. "Não sei", respondi sem um pingo de medo. "Você foi segurando o show." Ela não gostou nada disso, e eu tenho um once-over dela. Ela não ficou impressionado. "Sinto muito, muito poucas pessoas queriam me ver fora. Eu não poderia ajudá-la. "Ela sorriu largo, como se fosse óbvio que ela era para ser adorado. E eu estava prestes a cercar-me com as meninas como este. Grande. Como se na sugestão, um homem apareceu pela porta à nossa esquerda. "Eu ouço todos os nossos quatro meninas selecionadas estão aqui?" "Temos certeza que são," Celeste respondeu docemente. O tipo de homem derretido um pouco, você poderia ver isso em seus olhos. Ah. Portanto, este era o seu jogo. O capitão fez uma pausa e, em seguida, agarrou a. "Bem. Senhoras, se você simplesmente siga-me, vamos começá-lo no plano e fora a sua nova casa. " O vôo, que foi realmente apenas terrível durante o pouso e decolagem, durou poucas horas. Ofereceram-nos filmes e comida, mas tudo que eu queria fazer era olhar pela janela. Eu assisti o país de cima, espantado com o quão grande ele era tudo. Celeste optou por dormir durante o vôo, que era uma pequena misericórdia. Ashley tinha uma mesa desdobrável configurar e já estava escrevendo cartas sobre sua aventura. Isso foi inteligente da parte dela embalar papel. Aposto maio gostaria de ouvir sobre esta parte da viagem, mesmo que não incluem o príncipe. "Ela é tão elegante", Marlee sussurrou para mim, inclinando a cabeça para Ashley. Estávamos sentados em frente ao outro em assentos de pelúcia na frente muito do pequeno avião. "A partir do momento que nos conhecemos, ela tem sido nada bom. Ela vai ser dura concorrência ", disse ela com um suspiro. "Você não pode pensar dessa maneira", respondi. "Sim, você está tentando fazê-lo até o fim, mas não por bater alguém. Você apenas tem que ser você. Quem sabe? Talvez Maxon prefere alguém mais relaxado. " Marlee pensou que acabou. "Eu acho que é um bom ponto. É difícil não gostar dela. Ela é muito gentil. E tão bonito. "Eu balancei a cabeça em concordância. Marlee voz caiu para um sussurro. "Celeste, por outro lado ..." Eu ampliei meus olhos e balancei a cabeça. "Eu sei. Só faz uma hora, e já estou ansioso para ir para casa dela. " Marlee cobriu a boca para esconder uma risada. "Eu não quero falar mal de ninguém, mas ela é tão agressivo. E Maxon não é mesmo em torno ainda. Estou um pouco nervoso sobre ela. " "Não", eu assegurei-lhe. "As meninas gostam de que? Eles vão tomar-se fora da competição. " Marlee suspirou. "Eu espero que sim. Às vezes eu desejo ... " "O quê?" "Bem, às vezes eu desejo que os Twos teve uma idéia sobre o que ela sentia ao ser tratado da maneira como eles nos tratam." Eu balancei a cabeça. Eu nunca tinha pensado de mim estar no mesmo nível que um


quatro, mas eu acho que nós estávamos em um lugar semelhante. Se você não fosse dois ou três, foi apenas vários tons de ruim. "Obrigado por falar comigo", disse ela. "Eu estava preocupado que toda a gente seria apenas por si mesmas, mas você e Ashley têm sido muito bom. Talvez isso vai ser divertido. "Sua voz levantada com esperança. Eu não tinha tanta certeza, mas eu sorri de volta. Eu não tinha motivos para fugir Marlee ou ser rude com Ashley. As outras garotas podem não ser tão descontraída. Quando pousamos, o ar ficou em silêncio enquanto caminhávamos a distância entre o avião para o terminal com os guardas ao nosso lado. Mas uma vez que as portas se abriram, fomos recebidos com orelha de abalar gritos. O terminal estava cheio de pessoas pulando e aplaudindo. Um caminho havia sido liberado para nós com um tapete dourado forrado com coordenação barreiras corda. Em intervalos regulares ao longo deste canal eram guardas, olhando em volta ansiosamente e pronta para atacar ao primeiro sinal de perigo. Certamente há coisas mais importantes que deveriam estar fazendo? Felizmente, Celeste estava na frente, e ela começou a acenar. Eu soube imediatamente que aquela era a resposta certa, não o encolhido eu estava considerando. E uma vez que as câmeras estavam lá para pegar todos os nossos movimentos, eu estava duplamente feliz por não ter sido líder da matilha. A multidão estava louca de alegria. Estas seriam as pessoas que viveram o mais próximo, e eles estavam todos ansiosos para pegar os primeiros vislumbres das meninas que vêm para a cidade. Um de nós seria sua rainha um dia. Eu virei minha cabeça uma dúzia de vezes em questão de segundos, as pessoas chamavam meu nome de todo o terminal lotado. Havia cartazes com o meu nome sobre eles também. Fiquei espantado. Já havia pessoas aqui de pessoas que não estão em minha casta ou da minha província, que esperava que fosse me. Senti um pequeno rolo de culpa na minha barriga que eu iria deixá-los todos para baixo. Abaixei minha cabeça por um momento e viu uma menina pressionada contra o corrimão. Ela não poderia ter sido mais de doze anos de idade. Em suas mãos estava um cartaz que dizia RED-CABEÇAS REGRA! com uma pequena coroa pintado no canto e pequenas estrelas em todos os lugares. Eu sabia que estava a ruiva só na competição, e notei que o cabelo dela e os meus eram quase o mesmo tom. A menina queria um autógrafo. Ao seu lado, alguém queria uma fotografia, e ao lado dele alguém queria apertar minha mão. Então eu fui para baixo praticamente toda a linha, virando uma ou duas vezes para falar com as pessoas do outro lado do tapete, também. Eu fui o último a sair, fazendo com que as outras garotas esperar pelo menos vinte minutos para mim. Sinceramente, eu provavelmente não teria saído assim que eu fazia, exceto o próximo plano de meninas selecionadas estava chegando, e parecia rude sobrepor seu tempo. Entrando no carro, vi Celeste revirar os olhos, mas eu não ligava. Eu ainda estava no tipo de temor de como eu tinha ajustado tão rapidamente para algo que me assustou apenas momentos antes. Eu tinha feito isso através dos meus adeuses, atendendo as primeiras meninas, meu vôo, e interagindo com a nossa multidão de fãs. Tudo sem fazer nada constrangedor. Eu pensei sobre as câmeras me seguindo no terminal e na foto da minha família assistindo a minha entrada na TV. Eu esperava que ficaria orgulhoso.


CAPÍTULO 9 Mesmo após a parte substancial CARTÃO no aeroporto, as estradas que conduzem ao palácio foram alinhadas com as massas de pessoas gritando seu bem-desejos. O triste foi que não foram autorizados a rolar para baixo as janelas para reconhecê-los. O guarda na frente disse para pensar em nós mesmos como extensões da família real. Muitos adoravam-nos, mas havia pessoas lá fora que não seria acima de ferir-nos a prejudicar o príncipe. Ou a própria monarquia. Eu estava preso ao lado de Celeste no um carro, um especial que tinha duas filas de bancos virados um para o outro nas costas e vidros escuros, com Ashley e Marlee sentados em frente de nós. Marlee sorriu enquanto olhava para fora das janelas, e era óbvio o porquê. Seu nome estava em vários dos sinais. Seria impossível contar quantos admiradores que ela tinha. Nome de Ashley era aspergido lá, também, quase tanto como Celeste, e muito mais que a minha. Ashley, já a senhora, não se deu por ser um favorito fugitivo no tranco. Celeste, eu podia ver, estava irritado. "O que você acha que ela fez?" Celeste sussurrou em meu ouvido, como Marlee e Ashley falou para o outro da casa. "O que você quer dizer?" Eu sussurrei de volta. "Para ser tão popular. Você acha que ela subornou alguém? "Seus olhos frios focada em em Marlee como se ela estava pesando o seu valor em sua cabeça. "Ela é uma Quatro", eu disse duvidosamente. "Ela não teria os meios para subornar alguém." Celeste deu um suspiro. "Por favor. A menina tem mais de uma maneira que ela possa pagar o que ela quer ", disse ela, e se afastou para olhar pela janela. Levei um momento para entender o que ela estava sugerindo, e não se sente bem comigo. Não porque era óbvio que alguém tão inocente como Marlee nunca pensaria em dormir com alguém para chegar à frente, ou mesmo considerar a quebrar uma lei, mas porque era evidente que a vida no palácio poderia ser mais cruel do que eu imaginava. Eu não tinha uma visão muito boa chegando ao palácio, mas notei que as paredes. Eles eram um estuque amarelo pálido e muito, muito alto. Guardas foram colocados no topo de cada lado da porta de largura que se abriu quando nos aproximamos. No interior, foram recebidos com uma longa viagem de cascalho que circulou uma fonte e levou às portas da frente, onde as autoridades aguardavam para nos receber. Com pouco mais de um Olá, duas mulheres levou-me pelos braços e conduziu-me para dentro. "Sinto muito que correr, perder, mas o grupo está atrasado", disse um deles. "Oh, eu estou com medo de que a culpa é minha. Eu tenho um pouco falador no aeroporto. " "Conversando com a multidão?" O outro perguntou surpreso. Eles trocaram um olhar que eu não entendia antes que eles começaram a chamar a locais como a gente passou. A sala de jantar era para a direita, eles me disseram, e na Sala Grande, foi para a esquerda. Tive um vislumbre de jardins esparramando-se as portas de vidro e desejei que eu poderia parar. Antes que eu pudesse processar onde estávamos indo, eles me puxou para uma sala enorme cheia de pessoas agitadas. Um enxame se separaram, e eu vi filas de espelhos com as pessoas que trabalham no cabelo das meninas e pintar as unhas. Roupas penduradas nas prateleiras, e as pessoas estavam gritando coisas como "eu encontrei o corante!" E "Isso faz com que seu olhar rechonchudo."


"Aqui estão eles!" Eu vi uma mulher chegando para nós, claramente a pessoa responsável. "Eu sou Silvia. Falamos ao telefone ", disse ela como meio de introdução, logo em seguida começou a trabalhar. As primeiras coisas primeiro. Precisamos de 'antes' fotos. Venha até aqui ", ela ordenou, apontando para uma cadeira no canto na frente de um pano de fundo. "Não importa as câmeras, senhoras. Nós vamos estar fazendo um especial sobre suas reformas, uma vez que cada menina em Illéa vai querer se parecer com você no momento em que estamos a fazer hoje. " Com certeza, as equipes de pessoas com câmeras estavam vagueando em torno do quarto, ampliando sapatos das meninas, e entrevistá-los. Uma vez que as imagens foram feitas, Silvia começou a gritar ordens. "Tome Senhora Celeste para a estação quatro, Lady Ashley a cinco ... e parece que eles só terminou às dez. Tome Lady Marlee lá, e Lady América para seis. " "Então, aqui está a coisa," um homem baixo, de cabelos escuros disse, puxando-me para um lugar com um seis na volta. "Precisamos falar sobre sua imagem." Ele era todos os negócios. "A minha imagem?" Não fui eu apenas me? Não era isso que me trouxe aqui? "Como é que nós queremos fazer você olhar? Com aquele cabelo vermelho, que pode torná-lo bastante sedutora, mas se você quiser jogar esse tipo de coisa para baixo, podemos resolver isso também ", disse ele importa com naturalidade. "Eu não estou mudando tudo de mim para atender a um cara que eu nem sei.", Ou como, eu adicionei na minha cabeça. "Oh, meu. Não temos uma pessoa aqui? ", Ele cantou, como se eu fosse uma criança. "Não estamos todos?" O homem sorriu para mim. "Tudo bem, então. Não vai mudar a sua imagem, nós vamos melhorá-lo. Eu preciso de você para polir um pouco, mas a sua aversão a tudo falso coisas só poderia ser o seu maior trunfo aqui. Segure-se que, querida. "Ele me deu um tapinha nas costas e afastou-se, enviando um grupo de mulheres swarming meu caminho. Eu não percebi que quando ele disse "polonês", ele quis dizer isso literalmente. Eu tinha mulheres esfregar meu corpo porque eu aparentemente não se podia confiar para fazer um bom trabalho no meu próprio. Em seguida, cada pedacinho de pele exposta foi coberto com loções e óleos que me deixou com cheiro de baunilha, que de acordo com a garota que aplicou foi um dos cheiros favoritos Maxon. Depois que eles foram feitos fazendo-me suave e macia, a atenção estava voltada para as unhas. Eles foram aparados e lustrados e as peças duras pequenas de pele ao redor deles foram milagrosamente suavizadas. Eu disse a eles eu prefiro não ter minhas unhas pintadas, mas pareciam tão decepcionado que eu disse a eles que poderiam fazer os meus dedos. A menina de um escolheu um tom neutro agradável, por isso não foi tão ruim. A equipe de pessoas que trabalharam em minhas unhas me deixou por outra menina, e eu me sentei calmamente na minha cadeira, esperando a próxima rodada de embelezamento. A equipe de filmagem chegou passado, ampliando em minhas mãos. "Não se mova", uma mulher ordenada. Ela apertou a minha mão. "Você ainda tem alguma coisa em suas unhas?" "Não." Ela suspirou, teve sua chance, e seguiu em frente. Dei um suspiro pesado mesmo. Com o canto do meu olho, eu vi um movimento abrupto à minha direita. Olhei e vi uma menina olhando para o nada, enquanto sua perna subia e descia com uma grande capa que tinha estendido sobre ela.


"Você está bem?", Perguntei. Minha voz chocou-la para fora de seu transe. Ela suspirou. "Eles querem pintar meu cabelo de loiro. Eles disseram que ficaria melhor com meu tom de pele. Eu sou apenas nervoso, eu acho. " Ela me deu um sorriso tenso, e eu devolvi. "Você é Sosie, certo?" "Sim". Ela sorriu a sério então. "E você é a América?" Eu balancei a cabeça. "Ouvi dizer que você veio com essa menina Celeste. Ela é terrível! " Revirei os olhos. Desde que havia chegado, a cada poucos minutos o quarto inteiro podia ouvir Celeste gritando com algum pobre empregada para trazê-la de alguma coisa ou para sair de seu caminho. "Você não tem idéia", eu murmurei, e ambos riram. "Olha, eu acho que seu cabelo é muito bonito." Foi, também. Não é muito escuro, não muito clara e muito completa. "Obrigado." "Se você não quer mudá-lo, você não deveria." Sosie sorriu, mas eu poderia dizer que ela não estava completamente certo se eu estava tentando ser amigável ou segurá-la de volta. Antes que ela pudesse dizer qualquer coisa, as equipes de pessoas vieram para trabalhar em nós, dirigindo um ao outro tão alto não havia maneira de terminar de falar. Meu cabelo foi lavado, condicionado, hidratada, suavizada e. Foi longo e todo o comprimento um, quando cheguei em minha mãe geralmente cortá-la, e que era o melhor que podia fazer, mas pelo tempo que eles foram feitos, era vários centímetros mais curto e teve camadas. Eu gostava daqueles; eles fizeram o meu cabelo pegar a luz de maneiras interessantes. Algumas meninas tem coisas chamado destaques, e outros, como Sosie, tinha a cor mudou completamente. Mas os meus assistentes e eu, todos concordaram que o meu deve ir intocada nesse departamento. Uma garota muito bonita de aparência fiz a minha maquiagem. Ensinei-lhe a ir a luz, e foi bom. Muitas das outras meninas pareciam um pouco mais velho ou mais jovem ou simplesmente mais agradável depois da maquiagem. Eu ainda parecia comigo quando eu estava feito. Claro, assim como Celeste, uma vez que insistia em empilhando-lo. Eu tinha ido na maior parte deste processo em um manto, e uma vez que foram feitas fixandome, fui levado até as prateleiras de roupa. Meu nome estava pendurado acima de um bar segurando uma semana de vestidos. Imaginei princesas em formação não usar calças. O que eu acabei na era de uma cor creme. Ele caiu dos meus ombros, caber confortavelmente na minha cintura, e atingiu apenas os meus joelhos. A menina me ajudando em que chamoulhe um vestido dia. Ela me disse que meus vestidos de noite já estava no meu quarto, eo resto deles iria até lá também. Em seguida, ela colocou um alfinete de prata no topo do meu vestido. Meu nome brilhava em toda ela. Finalmente, ela me colocou em sapatos que ela chamados saltos gatinho e me mandou de volta para o canto para que eu pudesse ter minha chance "depois". De lá me mandaram para um dos quatro pequenas estações alinhados contra a parede. Cada um tinha uma cadeira com um pano de fundo e uma câmera sentado na frente dele. Sentei-me com as instruções e esperou. Uma mulher veio com uma prancheta de informações em sua mão e pediu-me para ser paciente enquanto ela encontra os meus papéis. "O que é isso?" Eu perguntei. "A reforma especial. Estaremos transmitindo uma sobre suas chegadas hoje à noite, as


reformas são na quarta-feira, e depois sexta-feira você vai fazer o seu primeiro relatório. As pessoas têm visto suas fotos e conhecer um pouco sobre o que estava em suas aplicações ", disse ela, enquanto ela encontra seus papéis e os colocaram no topo de sua prancheta. Então ela atado os dedos juntos e continuou. "Mas nós queremos torná-los realmente puxar para você. E isso não acontecerá a menos que possam conhecê-lo. Então vamos fazer uma pequena entrevista aqui, e você fazer o seu melhor, sobre os relatórios e, em seguida, não se acanhe quando você nos vê ao redor do palácio. Não estamos aqui todos os dias, mas nós vamos estar por perto. " "Está bem", disse humildemente. Eu realmente não quero falar com equipes de filmagem. Tudo parecia tão intrusiva. "Então, Singer América, sim?" Ela perguntou apenas alguns segundos depois uma luz vermelha acendeu no topo da câmera. "Sim." Eu tentei empurrar os nervos da minha voz. "Eu tenho que ser honesto, você não olha como você mudou muito para mim. Você pode nos contar o que aconteceu em sua reforma hoje? " Pensei. "Eles colocaram camadas no meu cabelo. Eu gosto disso. "Eu passei os dedos entre os fios vermelhos, sentindo como meu cabelo era macio após cuidados profissionais. "E eles me cobriu em loção de baunilha. Eu gosto de cheiro de sobremesa ", disse eu, cheirando meu braço. Ela riu. "Ele é adorável. E esse vestido realmente combina com você. " "Obrigado", eu disse, olhando para as minhas roupas novas. "Eu não costuma usar um monte de vestidos, por isso é que isto vai demorar um pouco para se acostumar." "Isso mesmo", meu entrevistador disse. "Você é um dos três únicos Fives na seleção. Como foi essa experiência até agora? " Eu procurei minha cabeça para algo que poderia descrever como tudo havia sentido hoje. Da minha decepção na praça para a sensação de voar para o conforto do Marlee. "Surpreendente", eu disse. "Eu imagino que haverá dias mais surpreendentes para vir", comentou. "Espero que eles estejam, pelo menos, um pouco mais calmo do que hoje", eu disse com um suspiro. "Como você se sente sobre a sua concorrência até agora?" Engoli em seco. "As meninas são todas muito bom." Com uma exceção gritante. "Mm-hmm", disse ela, vendo através da minha resposta. "Então, como você se sente sobre a maneira como sua reforma acabou? Preocupado com a de qualquer outra pessoa olhar? " Eu considerei isso. Para dizer não soou arrogante, dizer sim soou necessitados. "Acho que o pessoal fez um ótimo trabalho trazendo a beleza individual de cada menina." Ela sorriu e disse: "Tudo bem, eu acho que vai ser o suficiente." "Isso é tudo?" "Temos que encaixar 35 de vocês em uma hora e meia, de modo que vai ser o suficiente." "Okay." Isso não foi tão ruim. "Obrigado pelo seu tempo. Você pode cabeça para aquele sofá lá, e você vai ser atendido. " Levantei-me e fui sentar no sofá grande circular no canto. Duas meninas eu ainda tinha que atender estavam ali sentados, conversando em voz baixa. Olhei ao redor da sala e viu alguém anunciar que o último lote estava dirigindo dentro Um turbilhão novo começou em torno das estações. Eu estava focado nele e quase não percebeu Marlee sentar ao meu lado.


"Marlee! Olhe para o seu cabelo! " "Eu sei. Eles colocam extensões nele. Você acha que Maxon vai gostar? "Ela parecia genuinamente preocupado. "Claro! O cara não gosta de uma loira linda? "Eu disse com um sorriso brincalhão. "América, você é tão bom. Todas essas pessoas no aeroporto te amei. " "Oh, eu estava apenas sendo simpático. Você conheceu as pessoas também ", retruquei. "Sim, mas não um meia como muitos como você." Baixei a cabeça, um pouco embaraçado para ser elogiado por algo que parecia tão óbvio. Quando olhei para cima, virei-me para as outras duas meninas sentadas conosco. Emmica Latão e Samantha Lowell e eu não tinha sido introduzido, mas eu sabia quem eles eram. Eu fiz uma dupla tomar. Eles estavam olhando para mim engraçado. Antes eu tinha tempo para adivinhar porque, Silvia, a mulher de antes, se aproximou de nós. "Tudo bem, meninas, estamos todos prontos?" Ela checou o relógio e olhou para nós com expectativa. "Eu vou lhe dar um passeio rápido e levá-lo para seus quartos atribuídos." Marlee bateu palmas, e os quatro de nós se levantou para sair. Silvia contou-nos o espaço que estávamos usando atualmente para se mimar foi quarto das mulheres. Normalmente, a rainha, suas empregadas domésticas, e um punhado de outros membros da família do sexo feminino se entretinham lá. "Acostume-se que o quarto-você passar muito tempo lá. Agora, em seu caminho em que você passou a Grande Sala, que é geralmente utilizado para festas e banquetes. Se houvesse mais muitos de voces, aqui, que é onde você estaria tomando as suas refeições. Mas a sala de jantar regular é grande o suficiente para atender às suas necessidades. Vamos dar um passo rápido para lá. " Foi-nos mostrado onde a família real comeu, em uma mesa sozinho. Ficaríamos sentados em longas mesas para ambos os lados, de modo a configuração parecia um U. muito duro Nossos lugares foram atribuídos atualmente, definir com marcadores de lugar elegante. Eu estaria sentado ao lado de Ashley Lee e Miúdo, que eu tinha visto passar por quarto das mulheres antes, e em frente Ambers Kriss. Saímos da sala de jantar e continuaram até um conjunto de escadas e viu o quarto usado para transmitir o Relatório Illéa Capital. Voltar lá em cima o nosso guia apontou para uma sala onde o rei e Maxon passou a maior parte de seu tempo de trabalho. Essa área foi fora dos limites para nós. "Outra coisa que é fora dos limites: o terceiro andar. A família real tem suas salas privadas lá em cima, e qualquer tipo de intrusão não será tolerado. Seus quartos estão localizados no segundo andar. Você vai viver uma grande parte dos quartos. Não se preocupe, porém, ainda temos espaço para todos os visitantes chegando ao fim. "Essas portas aqui sair para o quintal. Olá, Heitor, Markson. "Os dois guardas nas portas lhe deu um aceno rápido. Levei um momento para reconhecer que o grande arco ao nosso direito estava a porta lateral para a sala grande, o que significa banheiro das mulheres estava ao virar da esquina. Eu estava orgulhosa de mim mesma para descobrir isso. O palácio era como uma espécie de labirinto opulento. "Você não é ir para fora sob quaisquer circunstâncias", Silvia continuou. "Durante o dia, haverá momentos em que você pode ir para o jardim, mas não sem permissão. Isto é apenas uma restrição de segurança. Tente como podemos, rebeldes ficaram dentro do recinto antes. " Um arrepio passou pelo meu corpo.


Nós viramos uma esquina e subiu as escadas em massa para o segundo andar. Os tapetes senti tão exuberante debaixo dos meus sapatos, como se eu estivesse afundando uma polegada cada vez que eu dava um passo. As janelas altas, deixar entrar a luz, e cheirava a flores e do sol. Grandes pinturas penduradas nas paredes, representando os reis do passado e alguns retribuições de antigos líderes americanos e canadenses. Pelo menos, é o que eu imaginei que eles eram. Eles não usavam qualquer coroas. "As coisas já estão em seus quartos. Se a decoração é inadequado, apenas diga a seus serviçais. Que cada um tem três, e eles já estão em seus quartos também. Eles vão ajudar com qualquer descompactar você pode ter e vai ajudá-lo a se vestir para o jantar. "Antes de jantar hoje à noite, você vai encontrar no banheiro das mulheres para uma sessão especial do Relatório Illéa Capital. Na próxima semana, você vai estar todos no show-vos! Esta noite você vai começar a ver algumas das imagens que eles tomaram de você deixar suas casas e chegar aqui. Ele promete ser muito especial. Você deve saber que o príncipe Maxon não viu nada ainda hoje. Ele vai ver o que todos Illéa vai ver hoje à noite, e então você vai encontrá-lo oficialmente amanhã. "Vocês serão todos jantar como um grupo, assim você será capaz de satisfazer um ao outro, e depois, amanhã, os jogos comecem!" Engoli em seco. Muitas regras, estrutura muito, muitas pessoas. Eu só queria ficar sozinho com um violino. Mudamos todo o segundo andar, caindo fora meninas selecionadas em seus quartos. Minas foi dobrado em torno de um canto em um pequeno corredor com Bariel, Tiny, e Jenna. Eu estava contente por não ser muito no meio das coisas, como o quarto Marlee era. Talvez eu tenha um pouco de privacidade como este. Uma vez que Silvia foi embora, eu abri a porta para os suspiros excitados de três mulheres. Uma delas foi de costura em um canto, e os outros estavam limpando um quarto já é perfeito. Eles correram mais e se apresentaram como Lucy, Anne e Mary, mas eu esqueci qual era qual quase imediatamente. Demorou um pouco para convencer a levá-los a sair. Eu não quero ser rude, uma vez que estavam tão ansiosos para servir, mas eu precisava de um tempo sozinho. "Eu só preciso de um pequeno cochilo. Tenho certeza que você já teve um longo dia, também, se preparando e tudo mais. A melhor coisa que você poderia fazer é deixar-me descansar, obter alguns vós descanso, e por favor, venha me acordar quando é hora de descer. " Houve uma enxurrada de agradecimentos e arcos, que eu tentei desencorajar, e então eu estava sozinho. Não ajudou em nada. Tentei esticar na minha cama, mas cada parte do meu corpo bem apertada, recusando-se a deixar-me sentir confortável num lugar que era tão obviamente não significava para mim. Havia um violino no canto, bem como uma guitarra e um piano lindo, mas eu não conseguia me incomodar com eles. Minha mochila estava bem presa, esperando no pé da minha cama, mas que parecia muito trabalho também. Eu sabia que eles tinham as coisas especiais para mim no meu armário e gavetas e casa de banho, mas eu não tinha vontade de explorar. Eu só estava lá, ainda. Parecia que apenas alguns momentos antes de minhas servas calmamente bateu na minha porta. Eu deixo-os e, por mais estranho que fosse, deixá-los vestir-me. Eles foram tão animado para ser útil, eu não poderia pedir-lhes para sair de novo. Puxaram partes do meu cabelo para trás com pinos delicados e refrescou minha maquiagem. O vestido, que, juntamente com o resto do meu guarda-roupa, havia sido criado por suas mãos, era verde-escuro e até o chão. Sem esses pequenos saltos de novo eu tropeçar tudo


sobre ele. Silvia bateu na minha porta pontualmente às seis para levar eu e meus três vizinhos no corredor. Esperamos no foyer pela escada para que todos possam vir e, em seguida, marchou para a Sala da Mulher. Marlee me viu, e nós andamos juntos. O som de trinta e cinco pares de saltos nos degraus de mármore foi a música de algum tumulto elegante. Havia alguns poucos sopros, mas a maioria das garotas ficaram em silêncio. Notei como passamos a sala de jantar que as portas estavam fechadas. Era da família real de lá agora? Talvez levando-se em uma última refeição como os três? Parecia estranho que nós éramos seus convidados, mas não tinha encontrado um único deles ainda. Sala da Mulher tinha mudado desde que saímos. Os espelhos e prateleiras foram todos embora, e mesas e cadeiras se espalhavam pelo chão, juntamente com alguns sofás muito confortáveis de aparência. Marlee olhou para mim e inclinou a cabeça para um dos sofás, e ficamos lá juntos. Uma vez que foram todos resolvidos a TV estava ligada, e vimos o relatório. Havia os anúncios mesmas sempre atualizações de orçamento para projetos, o progresso da guerra, e um outro ataque rebelde no comentário Oriente e, em seguida, a última meia hora foi Gavril fazendo mais gravações do nosso dia. "Aqui a senhorita Newsome Celeste diz adeus a seus muitos admiradores em Clermont. Ele tomou essa bela moça mais de uma hora de romper com seus fãs. " Eu vi sorriso Celeste presunçosamente enquanto observava-se na tela. Ela estava sentada ao lado Bariel Pratt, que tinha o cabelo liso como um osso e assim loiro pálido que parecia branco como ela caiu até a cintura. Não havia nenhuma maneira leve para colocá-lo: Seus seios eram enormes. Eles se arrastou para fora do vestido sem alças, qualquer um tentador tentar ignorálos. Bariel era bonita, mas de uma maneira típica. Era semelhante ao estilo de Celeste. Eu não tinha certeza exatamente como, mas a imagem deles lado a lado solicitado o pensamento, Mantenha seus inimigos mais perto ainda. Eu acho que eles escolheram um ao outro imediatamente como o outro mais forte concorrência. "Os outros do Oriente Médio foram tão popular. Comportamento Ashley Brouillette, a calma refinado a distingue de imediato como uma dama. Como ela se apresenta no meio da multidão, ela usa uma expressão humilde, bonito, não muito diferente da face da própria rainha. " "E Tames Marlee de Kent era todas as bolhas quando partiu hoje, cantando o hino nacional com sua banda de despedida." Fotos de Marlee sorrindo e abraçando as pessoas de sua província natal piscou através da tela. "Ela é uma favorita imediata de várias pessoas que entrevistamos hoje." Marlee estendeu a mão e apertou minha mão. Que resolveu a questão, eu estava torcendo por Marlee. "Além disso, viajar com a Miss América foi Tames Singer, um dos três únicos Fives que fizeram isso para a Seleção." Eles fizeram-me olhar melhor do que eu sentia no momento. Tudo o que eu lembrava era pesquisar as multidões, triste. Mas as imagens que eles escolheram de me procurar me fez parecer madura e carinhosa. A imagem de me abraçar meu pai foi tocar, bonito. Ainda assim, não era nada comparado com as imagens de mim no aeroporto. "Mas sabemos que as castas não significam nada na seleção, e parece que Lady América não é para ser


esquecido. Após o desembarque em Angeles, Lady Singer era o queridinho multidão no aeroporto, parando para tirar fotos, dar autógrafos, e simplesmente falar com ninguém lá. Miss America Singer não tem medo de colocar suas mãos sujas, uma qualidade que muitos acreditam que as nossas necessidades princesa próximos. " Quase todos se viraram para olhar para mim. Eu podia ver em seus olhos, o mesmo olhar que eu tinha obtido a partir de Emmica e Samantha. De repente, os olhares fazia sentido. Minhas intenções não importa. Eles não sabiam que eu não queria isso. Em seus olhos, eu era uma ameaça. E pude ver que eles queriam me embora.

CAPÍTULO 10 Eu mantive minha cabeça baixa durante o jantar. No quarto das mulheres que eu poderia estar bravo porque Marlee estava ao meu lado, e ela pensou que eu era bom. Mas aqui, espremido entre pessoas cuja ódio Eu podia sentir que irradia fora em ondas, eu era um covarde. Olhei para cima do meu prato uma vez para ver Ambers Kriss girando o garfo ameaçadoramente. E Ashley, que era tão elegante, tinha os lábios fez beicinho e não falar comigo. Eu só queria fugir para o meu quarto. Eu não entendia por que tudo era tão importante. Então, as pessoas pareciam gostar de mim, e daí? Eles foram outranked aqui, seus pequenos sinais e aplausos não importa. Depois que tudo foi dito e feito, eu não sabia se sentir honrado ou irritado. Eu me concentrei minhas energias na comida. A última vez que eu tinha bife era para o Natal há alguns anos atrás. Eu sabia que minha mãe fez o seu melhor, mas não era nada assim. Então suculento concurso, tão, tão saboroso. Eu queria pedir a alguém se este não era o melhor bife que já tinha tido. Se Marlee tinha sido por perto, eu teria. Dei uma olhada preliminar em torno do quarto. Marlee foi conversando calmamente com as pessoas ao seu redor. Como ela consegue fazer isso? Não tinha esse clipe mesmo declarou seu um dos favoritos imediatos? Como ela levar as pessoas a falar com ela? A sobremesa foi uma variedade de frutas em sorvete de baunilha. Era como se eu nunca tivesse comido antes. Se este era o alimento, o que eu tinha vindo a colocar na minha boca até este ponto? Pensei em maio e seu amor igual para todas as coisas doces. Ela teria adorado isso. Aposto que ela teria sucesso aqui. Nós não foram autorizados a sair do jantar até que todos tivessem terminado, e depois que estávamos sob ordens estritas para ir direto para a cama. "Você vai se encontrar Príncipe Maxon na parte da manhã, e você vai querer olhar o seu melhor", Silvia instruído. "Ele é alguém em futuro marido nesta sala, afinal." Umas poucas garotas suspiravam com o pensamento. A Click e Clack de sapatos até as escadas era mais quieto desta vez. Eu não podia esperar para sair da mina. Fora do vestido também. Eu tinha um conjunto de roupas de casa na mochila e foi colocá-los no debate apenas para se sentir como eu por um momento. Nós dispersos no topo das escadas, cada menina de ir para seu próprio quarto. Marlee me puxou de lado. "Você está bem?", Perguntou ela. "Sim. É que algumas das meninas estavam olhando para mim engraçado durante o jantar. "Eu tentei não vir transversalmente como chorão.


"Eles são um pouco nervoso, porque todo mundo gostava tanto de você", disse ela, acenando fora de seu comportamento. "Mas o povo gostava de você, também. Eu vi os sinais. Por que não foram as meninas que significa para você? " "Você não gastei um monte de tempo com grupos de meninas, não é?" Ela estava sorrindo maliciosamente, como eu deveria saber o que estava acontecendo. "Não. Apenas as minhas irmãs na sua maioria ", confessei. "Educadas em casa?" "Sim". "Bem, eu recebo tutelado com um monte de outras Fours de volta para casa, todas as meninas, e que cada um tem suas maneiras de obter sob a pele de outras pessoas. Veja, é saber tudo sobre a pessoa, descobrir o que vai bug-los mais. Muitas meninas me dar elogios, ou observações pequenas, coisas assim. Eu sei que eu vir transversalmente como espumante, mas eu sou tímido debaixo isso, e eles pensam que podem desgastar-me com palavras. " Eu scrunched minha testa. Eles fizeram isso de propósito? "Para você alguém amável, de calma e misteriosa" "Eu não sou misteriosa," eu interrompi. "Está um pouco. E às vezes as pessoas não sabem se a interpretar o silêncio como a confiança ou medo. Eles estão olhando para você como se fosse um bug então talvez você vai se sentir como você é um. " "Huh." Esse tipo de sentimento feitas. Eu me perguntava o que eu estava fazendo, se eu fosse esmiuçar inseguranças dos outros de alguma forma. "O que você faz? Quando você quiser obter o melhor deles, eu quero dizer? " Ela sorriu. "Eu ignorá-lo. Eu sei que uma menina em casa, que fica tão irritado quando ela não pode incomodá-lo, ela acaba por mau humor. Então não se preocupe ", disse ela. "Tudo que você tem a fazer é não deixá-los saber que eles estão recebendo para você." "Eles não são." "Eu quase acredito em você ... mas não muito." Ela riu um pouco, um som quente que evaporou no corredor silencioso. "Você pode acreditar que encontrá-lo na parte da manhã?" Ela perguntou, passando a coisas mais importantes em seus olhos. "Não, na verdade, eu não posso." Maxon parecia um fantasma assombrando o palácioimplícita, mas nunca realmente lá. "Bem, boa sorte amanhã." E eu poderia dizer que ela quis dizer isso. "Melhor sorte para você, Marlee. Tenho certeza de que o príncipe Maxon será mais do que o prazer de conhecê-lo. "Eu apertei sua mão uma vez. Ela sorriu de uma maneira que era ao mesmo tempo animado e tímida e saiu para o quarto dela. Quando cheguei ao meu, porta Bariel ainda estava aberto, e eu ouvi algo murmurando para uma empregada doméstica. Ela me viu e bateu a porta na minha cara. Obrigado por isso. Meus empregadas estavam lá, claro, esperando para me ajudar a lavar e se despir. Minha camisola, uma coisinha frágil verde, tinha sido colocado por mim na cama. Por favor, nenhum deles tocou meu saco. Eles foram eficientes, mas proposital. Eles, obviamente, tinha essa rotina de fim de diadown, mas eles não correm por ele. Suponho que o efeito foi concebido para ser


calmante, mas eu estava pronto para tê-los embora. Eu não poderia acelerá-los como eles lavaram as mãos e desamarrou meu vestido e colocou o meu crachá de prata a minha camisola de seda. E, como eles fizeram todas estas coisas que me fizeram incrivelmente auto-consciente, fizeram perguntas. Tentei respondê-las sem ser rude. Sim, eu finalmente vi todas as outras meninas. Não, eles não eram muito falador. Sim, o jantar foi fantástico. Não, eu não iria cumprir o príncipe até amanhã. Sim, eu estava muito cansado. "E isso realmente me ajudar a relaxar, se eu pudesse ter algum tempo sozinho", eu acrescentei ao final do que a resposta final, esperando que eles levariam a dica. Eles pareciam desapontados. Tentei recuperar. "Você é tudo muito útil. Estou apenas usado para passar o tempo sozinho. E eu estive cercado de gente hoje. " "Mas a cantora Lady, que é suposto para ajudá-lo. É o nosso trabalho ", disse a menina de cabeça. Eu descobri que ela era Anne. Anne parecia estar no topo das coisas, Mary era pacato, e Lucy eu imaginei era apenas tímido. "Eu realmente aprecio todos vocês, e eu definitivamente quero sua ajuda para começar amanhã. Mas hoje, eu só precisa relaxar. Se você quer ser útil, algum tempo para mim seria bom para mim. E se você está todo descansado, eu tenho certeza que vai tornar as coisas melhores pela manhã, certo? " Eles se entreolharam. "Bem, suponho que sim", Anne concordou. "Um de nós é suposto ficar aqui enquanto você dorme. No caso de você precisar de alguma coisa. "Lucy parecia nervoso, como ela estava com medo de qualquer decisão que eu faria. Ela parecia ter pequenos tremores de vez em quando, que eu imaginei foi a timidez que vem à superfície. "Se eu precisar de alguma coisa, eu vou tocar a campainha. Vai ficar tudo bem. Além disso, não será capaz de descansar, sabendo que alguém está me observando. " Eles se entreolharam de novo, ainda um pouco céptico. Eu sabia que uma maneira de parar isso, mas eu odiava usá-lo. "Você tem que obedecer meu comando todos, certo?" Elas acenou com a cabeça cheia de esperança. "Então eu vos mando tudo para ir para a cama. E vem me ajudar na parte da manhã. Por favor. " Anne sorriu. Eu poderia dizer que ela estava começando a me pegar. "Sim, a cantora Lady. Vemo-nos na parte da manhã. "Eles fez uma reverência e em silêncio saiu da sala. Anne me deu uma última olhada. Eu acho que eu não era bem o que ela estava esperando. Ela não parecia muito chateado com isso, porém. Uma vez que eles foram embora, saí dos meus chinelos extravagantes e esticou os dedos dos pés no chão. Era bom, natural, para estar descalço. Fui para desfazer minhas coisas, que era rápido. Eu mantive a minha mudança de roupas dobradas na mala e guardou no meu armário enorme. Eu examinei os vestidos como eu fiz isso. Havia apenas alguns. O suficiente para me passar uma semana ou assim. Achei que este era o mesmo para todos. Por que fazer uma dúzia de vestidos para uma garota que pode sair no dia seguinte? Eu levei as poucas fotos que tive da minha família e colocou-as na borda do meu espelho. Estendia-se tão alto e largo, eu poderia olhar para as imagens sem ter nada de interromper a minha visão de mim mesmo. Eu tive uma pequena caixa de bugigangas pessoais de brincos e fitas e tiaras que eu amava. Eles provavelmente


parecem incrivelmente simples aqui, mas eles eram todos tão pessoal que eu tinha de tê-los comigo. Os poucos livros que eu trouxe encontraram seu caminho para a prateleira útil perto das portas que se abriam à minha varanda. Eu olhei para fora da entrada para a varanda e viu o jardim. Houve um labirinto de caminhos com fontes e bancos. Flores floresceu em todos os lugares, e cada um de cobertura, era perfeitamente aparada. Passado este pedaço de terra bem cuidada, obviamente, era um campo curto, aberto e, em seguida, uma floresta enorme. Estendia-se tão longe que eu não poderia dizer se ele foi totalmente fechado pelos muros do palácio. Perguntei-me por um momento porque ela existia e, em seguida, debateu o último artigo de casa que eu segurava na minha mão. Minha pequena jarra com a sua moeda de um centavo de chocalho. Eu rolei-lo em minhas mãos algumas vezes, ao ouvir o patim centavo em torno das bordas do vidro. Por que eu mesmo trouxe isso? Para me lembrar de algo que eu não poderia ter? Esse pequeno pensamento que esse amor que eu tinha vindo a construir em um lugar tranquilo e em segredo durante anos foi muito além do meu alcance, agora fez meus olhos se. Em cima de toda a tensão e emoção do dia, foi simplesmente demais. Eu não sabia onde lugar permanente no frasco, aqui seria, mas no momento eu configurá-lo sobre a mesa da minha cama. Eu diminuiu as luzes, arrastou-se em cima das mantas de luxo, e olhei para o meu jar. Eu deixei-me ficar triste. Eu deixei-me pensar nele. Como eu tinha perdido muito em um período tão curto de tempo? Pareceria como deixar sua família, vivendo em algum lugar estranho, e sendo separado da pessoa que você ama deve ser eventos que levam anos para ser colocado no lugar, e não apenas um dia. Gostaria de saber o que exatamente ele queria me dizer antes de eu sair. A única coisa que pude deduzir é que ele não se sentia confortável em dizer isso em voz alta. Foi sobre ela? Olhei para o frasco. Talvez ele estava tentando dizer que estava arrependido? Eu havia lhe dado uma bronca de som na noite passada. Então, talvez foi isso. Que ele se mudou? Bem, eu podia ver muito claramente que a mim mesmo, muito obrigado. Que ele não tinha se mudado? Que ele ainda me amava? Eu fechei o pensamento para baixo. Eu não podia deixar que a esperança construir em mim. Eu precisava de odiá-lo agora. Essa raiva seria manter-me ir. Ficar o mais longe dele que pude para o maior tempo possível era a metade minha razão para estar aqui. Mas a esperança doía. E com a esperança veio saudade, desejando maio foi sneaking em minha cama, como às vezes ela fez. E, então, temem que as outras meninas queriam me passou, para que pudessem continuar a tentar fazer-me sentir pequeno. E então o nervosismo ao ser apresentado à nação pela televisão, enquanto eu estava aqui. E o terror que as pessoas possam tentar me matar para fazer apenas uma declaração política. Tudo veio muito rápido para mim pela minha cabeça tonta para calcular depois de um dia longo. Minha visão ficou embaçada. Eu nem mesmo registrar que eu comecei a chorar. Eu não conseguia respirar. Eu estava tremendo. Eu pulei e corri para a varanda. Eu estava tão apavorada, ele me levou um momento para abrir o trinco, mas eu fiz. Eu pensei que o ar fresco seria suficiente, mas não era. Minhas inspirações foram ainda frio e


vazio. Não houve liberdade na presente. As barras da minha varanda enjaulado me entrar E eu ainda podia ver as paredes em torno do palácio, alta com guardas em cima dos pontos. Eu precisava estar fora do palácio, e ninguém ia deixar isso acontecer. O desespero me fez sentir ainda mais fraca. Olhei para a floresta. Eu aposto que eu não conseguia ver nada mas o verde de lá. Virei-me e saiu correndo. Eu estava um pouco instável com as lágrimas nos meus olhos, mas eu consegui sair pela porta. Corri pelo corredor que eu sabia, não vendo a arte ou a roupagem ou guarnição de ouro. Eu mal notei os guardas. Eu não sabia que o meu caminho ao redor do palácio, mas eu sabia que se eu desci as escadas e tomou o caminho certo, eu ia ver as portas de vidro enormes que levaram para o jardim. Eu só precisava das portas. Desci a escadaria grandiosa, meus pés descalços fazer sons batendo no mármore. Houve mais alguns guardas ao longo do caminho, mas ninguém me parou. Isto é, até que eu realmente achei o lugar que eu estava procurando. Assim como antes, dois homens estavam estacionados em ambos os lados das portas, e quando eu tentei correr para eles, um deles entrou no meu caminho, a equipe spearlike em sua mão impedindo-me de a saída. "Desculpe-me, senhorita, você precisa voltar para seu quarto", disse ele com autoridade. Mesmo que ele não estava falando alto, sua voz parecia trovão no ainda do corredor elegante. "Não ... não. Eu preciso ... de fora "As palavras foram emaranhados,. Eu não conseguia respirar direito. "Senhorita, você precisa voltar para o seu quarto agora." O segundo guarda estava dando passos em direção a mim. "Por favor." Eu comecei a ofegar. Eu pensei que fosse desmaiar. "Sinto muito ... Lady América, não é?" Ele encontrou o meu pino. "Você precisa voltar para seu quarto." "Eu ... eu não consigo respirar", gaguejei, caindo nos braços do guarda quando ele se aproximou o suficiente para me afastar. Sua equipe caiu no chão. Eu debilmente garras para ele, sentindo-se tonto com o esforço. "Deixe-a ir!" Esta foi uma voz nova, jovem, mas cheia de autoridade. Minha cabeça virou meia, meia caiu em sua direção. Houve Príncipe Maxon. Ele parecia um pouco estranho, graças ao ângulo de minha cabeça estava pendurada em, mas eu reconheci o cabelo ea forma como ele estava duro. "Ela entrou em colapso, Sua Majestade. Ela queria ir lá fora. "O primeiro guarda parecia nervoso, como ele explicou. Ele estaria em perigo terrível se ele me prejudicou. Eu era a propriedade de Illéa agora. "Abra as portas." "Mas, Vossa Majestade" "Abra as portas e deixá-la ir. Agora! " "De imediato, Vossa Alteza." O primeiro guarda passou a trabalhar, tirando uma chave. Minha cabeça ficou na posição estranha que eu ouvi o som de chaves tilintando um contra o outro e, em seguida, um deslizamento na fechadura. O príncipe olhou para mim com cautela, como eu tentei ficar de pé. E então o cheiro doce de ar fresco pulsava através de mim, me dando toda a motivação que eu precisava. Eu puxei-me para fora dos braços do guarda e correu como um bêbado para o jardim.


Eu estava cambaleando um pouco, mas eu não me importava se parecia menos gracioso. Eu só precisava estar fora. Eu me deixei sentir o ar quente na minha pele, a grama debaixo dos meus pés. De alguma forma, mesmo as coisas na natureza parecia ser criados em algo extravagante aqui. Eu quis ir toda a maneira para as árvores, mas minhas pernas só me carregou até o momento. Eu desmaiei na frente de um banco de pedra pequena e sentou-se ali, a minha camisola verde bem no chão, e minha cabeça descansando em meus braços no assento. Meu corpo não tem energia para chorar, para que as lágrimas que vieram ficaram quietos. Ainda assim, eles levaram todo o meu foco. Como eu vim parar aqui? Como é que eu deixei isso acontecer? O que seria de mim aqui? Que eu iria voltar de qualquer pedaço da vida que eu tinha antes disso? Eu só não sabia. E não havia absolutamente nada que eu pudesse fazer nada. Eu estava tão consumido com meus pensamentos que eu não sabia que eu não estava sozinho até o príncipe falou Maxon. "Está tudo bem, minha querida?", Ele me perguntou. "Eu não sou seu querido." Eu olhei para encarar ele. Não haveria confundindo o desgosto no meu tom ou olhos. "O que eu fiz para ofendê-lo? Eu não apenas dar-lhe a mesma coisa que você pediu? "Ele estava genuinamente confundida pela minha resposta. Suponho que ele esperava que adorá-lo e agradecer nossas estrelas da sorte para sua existência. Olhei-o sem medo, embora o efeito provavelmente foi enfraquecido por minhas bochechas tearstained. "Desculpe-me, querida, você vai manter a chorar?", Ele perguntou, parecendo muito colocar pelo pensamento. "Não me chame assim! Eu não estou mais caro para você do que os estrangeiros trinta e quatro outras que você tem aqui na sua gaiola. " Ele se aproximou, não parecendo nada ofendido por meu discurso solto. Ele apenas olhou ... pensativo. Era uma expressão interessante em seu rosto. Seu andar era gracioso para um menino, e ele parecia incrivelmente confortável enquanto andava em torno de mim. Minha coragem derreteu um pouco no rosto de como isso era estranho. Ele estava completamente vestido em seu terno forte, e eu estava encolhida e seminu. Como se sua posição não me ameaçar o suficiente, seu comportamento fez. Ele deve ter tido muita experiência em lidar com pessoas infelizes, ele foi excepcionalmente calma como ele respondeu. "Isso é uma afirmação injusta. Está tudo caro para mim. É simplesmente uma questão de descobrir que será o mais caro. " "Você realmente é só usar a palavra 'deverá'?" Ele riu. "Estou com medo que eu fiz. Perdoe-me, é um produto da minha educação. " "Educação", eu murmurei, revirando os olhos. "Ridículo". "Sinto muito", questionou. "É ridículo!" Eu gritei, recuperando um pouco da minha coragem. "O que é?" "Este concurso! A coisa toda! Você nunca amou ninguém, afinal? É assim que você quer pegar uma mulher? Você é realmente tão superficial? "Eu troquei no chão um pouco. Para facilitar as coisas para mim, ele sentou no banco para que eu não teria que torcer. Eu estava muito chateado de ser grato. "Eu posso ver como eu iria aparecer dessa forma, como essa coisa toda pode parecer


que é nada mais do que entretenimento barato. Mas no meu mundo, estou muito bem guardado. Eu não encontro muitas mulheres. O que eu faço são filhas de diplomatas, e que geralmente têm muito pouco a discutir. E isso é quando conseguimos falar a mesma língua. " Maxon parecia pensar que era uma piada, e ele riu levemente. Eu não estava se divertindo. Ele limpou a garganta. "As circunstâncias são o que são, eu não tive a oportunidade de se apaixonar. E você? " "Sim", eu disse assunto com naturalidade. Assim como a palavra saiu, eu queria poder roubá-la de volta. Isso foi uma coisa privada, nenhum de seus negócios. "Então você tem muita sorte." Ele parecia ciumento. Imagine isso. A única coisa que eu poderia segurar na cabeça do príncipe de Illéa, a mesma coisa que eu estava aqui para esquecer. "Minha mãe e meu pai se casaram este caminho e estão muito felizes. Espero encontrar a felicidade, também. Para encontrar uma mulher que todos Illéa pode amar, alguém para ser meu companheiro e para ajudar a entreter os líderes de outras nações. Alguém que vai fazer amizade com meus amigos e ser meu confidente. Eu estou pronto para encontrar minha esposa. " Algo em sua voz que me impressionou. Não havia um traço de sarcasmo. Essa coisa que parecia pouco mais do que um game show para mim foi a sua única chance de felicidade. Ele não pode tentar com uma segunda rodada de meninas. Bem, talvez ele poderia, mas como embaraçoso. Ele estava tão desesperado, tão esperançosa. Senti o meu desagrado para ele diminuir. Marginalmente. "Você realmente sente que esta é uma gaiola?" Seus olhos estavam cheios de compaixão. "Sim, eu faço." Minha voz saiu calma. Eu rapidamente acrescentou: "Vossa Majestade". "Eu me senti dessa forma mais de uma vez a mim mesmo. Mas você deve admitir, é uma gaiola muito bonita. " "Para você. Preencha sua gaiola bonita, com trinta e quatro outros homens todos lutando pela mesma coisa. Veja como é bom então. " Ele ergueu as sobrancelhas. "Já não há realmente sido argumentos mais de mim? Você não percebe que eu estou todos a fazer a escolha? " "Na verdade, isso era injusto. Eles estão brigando por duas coisas. Alguns lutam para você, outros lutam para a coroa. E todos eles pensam que já descobri o que dizer e fazer sua escolha será óbvia. " "Ah, sim. O homem ou a coroa. Eu tenho medo algum não pode dizer a diferença. "Ele balançou a cabeça. "Boa sorte lá", disse secamente. Ele ficou quieto por um momento, na sequência do meu sarcasmo. Eu olhei para ele com o canto do meu olho, esperando que ele a falar. Ele olhou para um ponto de não fixada na grama, a preocupação marcando seu rosto. Parecia este pensamento foi que assola ele. Ele respirou fundo e voltou-se para mim. "O que você luta?" "Na verdade, eu estou aqui por engano." "Erro?" "Sim. Mais ou menos. Bem, é uma longa história. E agora ... Eu estou aqui. E eu não estou lutando. Meu plano é aproveitar a comida até que você me chutar para fora. "


Ele riu alto em que, na verdade, dobrando e batendo o joelho. Foi uma mistura bizarra de rigidez e calma. "Quem é você?", Perguntou ele. "Desculpe?" "Um Dois? Três? " Ele não estava prestando atenção em tudo? "Cinco". "Ah, sim, então o alimento seria provavelmente uma boa motivação para ficar." Ele riu de novo. "Me desculpe, eu não posso ler o seu PIN no escuro." "Eu sou América". "Bem, isso é perfeito." Maxon olhou para dentro da noite e sorriu para nada em particular. Algo em tudo isso foi divertido para ele. "América, minha querida, eu espero que você encontre algo nessa gaiola vale a pena lutar. Depois de tudo isso, só posso imaginar o que seria gostaria de ver que você realmente tentar. " Ele desceu da bancada para se agachar ao meu lado. Ele estava muito próximo. Eu não conseguia pensar direito. Talvez eu estivesse um pouco tiete ou ainda tremores de meu episódio de chorar. De qualquer forma eu estava chocado demais para protestar quando ele pegou minha mão. "Se isso te faria feliz, eu poderia deixar o pessoal sabe que preferem o jardim. Então você pode vir aqui à noite sem ser maltratado pelo guarda. Eu preferiria se você tivesse uma vizinha, no entanto. " Eu queria isso. A liberdade de qualquer tipo soou celeste, mas ele precisava ter certeza absoluta dos meus sentimentos. "Eu não ... Eu acho que não quero nada de você." Tirei meus dedos de seu aperto solto. Ele era um pouco surpreendido, magoado. "Como você quiser." Eu me senti mais remorso. Só porque eu não gosto do cara não significa que eu queria machucá-lo. "Você vai ser a posição dentro em breve?" "Sim", eu respirei, olhando para o chão. "Então eu vou deixar você com seus pensamentos. Haverá um guarda perto da porta esperando por você. " "Obrigado, um, Vossa Majestade." Eu balancei a cabeça. Quantas vezes eu dirigi a ele erroneamente nesta conversa? "Querida América, você vai me fazer um favor?" Ele pegou minha mão novamente. Ele foi persistente. Eu olhava para ele, não tenho certeza do que dizer. "Talvez." Seu sorriso voltou. "Não mencione isso para os outros. Tecnicamente, eu não tenho que conhecê-lo até amanhã, e eu não quero que ninguém ficar chateado. Embora eu não chamaria você gritar comigo algo próximo a um encontro romântico, não é? " Foi a minha vez de sorrir. "Nem um pouco!" Eu tomei uma respiração profunda. "Eu não vou dizer." "Obrigado." Ele levou a mão que ele estava segurando e baixou os lábios para ele. Quando ele se afastou, ele gentilmente colocou minha mão no meu colo. "Boa noite". Olhei para o local quente na minha mão, atordoado por um momento. Então eu me virei para ver Maxon enquanto ele ia embora, dando-me a privacidade que eu queria o dia todo. CAPÍTULO 11


De manhã eu não acordou com o barulho das empregadas domésticas que chegam, embora eles tinham ou meu banho sendo desenhado, embora que era. Acordei com a luz que vem através da minha janela como Anne suavemente puxado para trás os ricos, cortinas pesadas. Ela cantarolou uma música tranquila para si mesma, absolutamente feliz com a sua tarefa. Eu não estava pronto para ir. Ele tinha me levado muito tempo para descer de ficar tão excitado, e ainda mais tempo para relaxar depois de eu ter percebido exactamente o que essa conversa no jardim significaria para mim. Se eu tenho uma chance, gostaria de pedir desculpas a Maxon. Seria um milagre se ele me deixar chegar tão longe. "Miss? Você está acordado? " "Nããão," Eu gemia no travesseiro. Eu não tinha sono o suficiente, ea cama era muito confortável. Mas Ana, Maria, e Lucy riu da minha gemer, o que foi suficiente para me fazer sorrir e decidir começar a se mover. Essas meninas provavelmente seria mais fácil para mim se dar bem com no palácio. Eu me perguntei se eles poderiam se tornar confidentes de algum tipo, ou se o treinamento e protocolo seria torná-los completamente incapaz de até mesmo compartilhar uma xícara de chá comigo. Embora eu era um de cinco nascer, eu estava coberto de Três-ness agora. E se fossem empregadas domésticas, que fez todos os seis. Mas isso foi bom para mim. Eu gostava da companhia de seis. Eu movia-se lentamente até o banheiro monstruosa, ecoando cada passo contra a vastidão do azulejo e vidro. Nos espelhos longos vi Lucy olhando as manchas de sujeira na minha camisola. Então os olhos cuidadosos de Anne pescou. Então Maria. Felizmente, nenhum deles fez qualquer pergunta. Ontem eu pensei que eles haviam sido erguer com todas as suas perguntas, mas eu estava errado. Eles eram, obviamente, muito preocupado com o meu conforto. Perguntas sobre o que eu estava fazendo fora do meu quarto para não falar do palácio só seria estranho. Tudo o que fiz foi remover o vestido com cuidado e conduzir-me para o banho. Eu não estava acostumado a ser despido em torno de outras pessoas, nem mesmo a mamã ou o de Maio, mas não parecia haver nenhuma maneira de contornar isso. Esses três seriam vestir-me enquanto eu estava aqui, então eu teria que suportá-lo até que eu saí. Fiquei imaginando o que iria acontecer com eles quando eu tinha ido embora. Será que eles são atribuídos a outras meninas que precisariam de mais atenção como a competição baseou-se em? Será que eles já têm outros trabalhos no palácio foram temporariamente dispensados? Parecia rude perguntar o que eles costumavam fazer ou insinuar que eu estava saindo em breve, assim que eu não fiz. Depois do meu banho, Anne seco meu cabelo, puxando meia com fitas que eu tinha trazido de casa. Eles eram azuis e apenas aconteceu assim para acentuar as flores em um dos vestidos de dia minhas servas havia criado para mim, então era isso que eu usava. Mary fez minha maquiagem, que era tão leve como no dia anterior, e Lucy esfregou loção para os meus braços e pernas. Havia uma variedade de jóias para escolher, mas eu pedi para a minha caixa de vez. Houve um colar com um pequeno pássaro canoro em que meu pai havia me dado, e foi prata, para que combinava o meu pin nome. Eu fiz tomar um par de brincos da loja real, mas eles foram provavelmente os mais pequenos na coleção. Anne, Mary e Lucy me olhou e sorriu para os resultados. Encarei isso como um sinal de que eu era digno o suficiente para sair para o café da manhã. Com arcos e sorrisos, que me desejou


boa sorte quando fui para sair. Lucy mãos estavam tremendo de novo. Entrei no foyer no andar de cima onde tínhamos todos se reuniram ontem. Eu era o primeiro a chegar, por isso, tomei a um pequeno sofá para esperar o resto. Aos poucos, outros começaram a pingar dentro eu rapidamente percebi um tema. Cada uma das meninas olhou fenomenal. Eles tinham seus cabelos puxados para cima em tranças intrincadas ou ondulações, longe de suas faces. A maquiagem foi meticulosamente feito, vestidos pressionado para a perfeição. Eu provavelmente tinha escolhido o meu vestido mais simples para o primeiro dia, e todo mundo já teve algo brilhante nele. Eu vi duas meninas entram no foyer e perceber que eles estavam usando vestido quase exatamente o mesmo. Ambos voltaram ao redor para mudar. Todo mundo queria se destacar, e todos eles fizeram em suas próprias maneiras. Mesmo me. Todo mundo aqui parecia um Uno. Eu parecia uma Cinco em um belo vestido. Eu pensei que tinha me levado muito tempo para ficar pronto, mas levou as outras meninas muito, muito mais. Mesmo quando Silvia veio para nos escoltar as escadas, ainda tive que esperar para Celeste e Miúdo, que, fiel ao seu nome, tinha que ter seu vestido tomadas dentro Uma vez, estávamos todos reunidos, todos começaram a se mover em direção às escadas. Havia um espelho dourado na parede, e todos nós virou-se para tomar uma espiada última enquanto descíamos. Tive um vislumbre de mim mesmo ao lado de Marlee e Tiny. Olhei positivamente simples. Mas pelo menos eu me parecia, e que era um consolo menor. Descemos à espera de ser levado para a sala de jantar, onde havia sido dito que estaria comendo. Mas em vez disso, foram levados para a Sala Grande, onde mesas e cadeiras individuais tinha sido criado em filas, todos com pratos, copos e talheres. Não havia qualquer alimento, porém. Nem mesmo um cheiro de esperança. No canto da frente, escondido em um pequeno recanto, notei um pequeno conjunto de sofás. Um cameramen poucos, estacionados ao redor da sala, filmado a nossa chegada. Nós arquivado em, sentando-se onde quer que nós queríamos como não havia cartões de lugar aqui. Marlee estava na fila na minha frente, e Ashley se sentou à minha direita. Eu não me preocupei em tomar qualquer outra pessoa. Parecia que várias pessoas haviam feito pelo menos um aliado, como eu tive em Marlee. Ashley tinha escolhido seu assento ao meu lado, assim que eu supor que ela queria minha companhia. Ainda assim, ela não falou. Talvez ela estivesse chateado com as notícias ontem à noite. Então, novamente, ela ficou em silêncio quando nos conhecemos. Talvez fosse apenas sua natureza. Imaginei o pior, ela poderia não foi responder de volta, então eu decidi pelo menos reconhecê-la. "Ashley, você está linda." "Oh, obrigado," ela disse calmamente. Nós dois verificados para garantir que as equipes de cinegrafistas estavam longe. Não que isso era privado, mas que queria que eles em torno de tudo? "Não é divertido de usar todas as jóias isso? Onde está a sua? " "Umm, ele era muito pesado para mim. Eu decidi ir a luz em vez. " "É pesado! Eu sinto como se tivesse vinte quilos na minha cabeça. Ainda assim, eu não poderia passá-lo para cima. Quem sabe quanto tempo qualquer um de nós vai ficar? " Isso foi engraçado. Ashley parecia bastante confiante desde o início. Com o jeito que ela olhou e levou-se, ela foi primeiro material de princesa. Parecia estranho que ela iria duvidar de si mesma. "Mas você não acha que vai ganhar?" Eu perguntei.


"Claro", ela sussurrou. "Mas é rude com que o diga!" Ela piscou para mim, que me fez rir. No entanto, outro erro da minha parte. Esse riso chamou a atenção de Silvia, que estava andando na porta. "Tsk-tsk. Uma senhora nunca levanta a voz acima de um sussurro suave. " Cada murmúrio abafado. Gostaria de saber se as câmeras pegaram meu erro, e meu rosto cheio de calor. "Olá mais uma vez, senhoras. Espero que todos tenham tido uma noite tranquila em primeiro lugar no palácio, porque agora começa o nosso trabalho. Hoje vou começar a instruí-lo sobre a conduta eo protocolo, um processo que vai continuar para a duração da sua estadia. Por favor, saibam que estarei relatando quaisquer erros de sua parte para a família real. "Sei que soa duro, mas este jogo não é para ser tomada de ânimo leve. Alguém nesta sala vai ser a princesa ao lado de Illéa. Não é tarefa pequena. Você deve se esforçar para elevar a si mesmos, não importa a sua estação anterior. Você vai se tornar senhoras do chão para cima. E esta manhã, você receberá sua primeira lição. "Boas maneiras à mesa são muito importantes, e antes que você pode comer na frente da família real, você deve estar ciente de etiqueta certa. Quanto mais rápido chegarmos através desta pequena lição, quanto mais cedo você começa a ter seu pequeno-almoço, assim virado para a frente, por favor. " Ela começou a explicar como seria servido a partir da direita, que era de vidro para que, de bebidas e de nunca alcançar uma massa com as mãos. Sempre use a pinça. Mãos estavam a descansar no nosso colo quando não em uso, guardanapo enrolado embaixo. Nós não estávamos a falar a não ser falado. Claro, poderíamos falar calmamente aos nossos vizinhos, mas sempre em um nível condizente com o palácio. Ela me olhou sério, como ela deu aquela última nota. Silvia foi sobre e sobre em seu tom elegante, provocando meu estômago. Mesmo que eles eram pequenos, eu estava habituado a fazer meus três refeições em casa. Eu precisava de comida. Eu estava ficando um pouco irritado quando ouviu uma batida na porta. Dois guardas se afastou e entrou Príncipe Maxon. "Bom dia, senhoras", ele chamou. O elevador na sala era palpável. Faz endireitou, mechas de cabelo foram jogados sobre os ombros, e bainhas foram reorganizados. Eu não olhei para Maxon, mas Ashley, cujo peito estava se movendo rapidamente. Ela olhou de tal forma que me senti envergonhado por perceber. "Sua Majestade", disse Silvia com uma reverência baixo. "Olá, Silvia. Se você não se importa, eu gostaria de me apresentar a esses jovens. " "Claro." Ela se curvou novamente. Príncipe Maxon examinou o quarto e me encontrou. Nossos olhos se encontraram por um momento, e ele sorriu. Eu não estava esperando isso. Eu estava pensando que ele provavelmente mudou sua opinião de como agir em relação a mim na noite, e eu ser chamado para fora na frente de todos para o meu comportamento. Mas talvez ele não era louco de todo. Talvez ele me achou divertido. Ele teve que ficar incrivelmente entediado por aqui. Seja qual for a razão, que breve sorriso me levou a acreditar que talvez este não ia ser uma experiência tão terrível, afinal. Eu estabeleci-me para a decisão que eu não podia fazer ontem à noite e esperava o príncipe Maxon ouviria o meu pedido de desculpas. "Senhoras, se você não se importa, um de cada vez que vou estar chamando você mais se


encontrar comigo. Tenho certeza de que estamos todos ansiosos para comer, como sou eu Então eu não vou tomar muito do seu tempo. Perdoe-me se eu sou lento, com nomes, há muito poucos de vocês ". Houve um ruído surdo de risos. Rapidamente, ele foi até a menina na primeira fileira do lado direito, e acompanhou-a até os sofás. Eles conversaram por alguns minutos, em seguida, ambos subiram. Ele inclinou-se para ela, ela fez uma reverência para trás. Ela voltou para sua mesa, falou com a moça ao seu lado, e aconteceu tudo de novo. Essas conversas durou apenas alguns minutos e foram ditas em voz baixa. Ele estava tentando começar uma sensação para cada menina em menos de cinco minutos. "Eu me pergunto o que ele quer saber", Marlee virou e perguntou. "Talvez ele queira saber quais atores você acha que são o mais bonito. Mantenha sua lista mental pronto, "eu sussurrei de volta. Marlee e Ashley riu tanto que. Nós não fomos os únicos a falar. Por volta das vozes sala levantou como cantarola suaves, como tentamos nos distrair até que foi a nossa vez. Sem mencionar o cameramen foram saltitando, fazendo as meninas sobre o seu primeiro dia no palácio, como eles gostaram suas empregadas domésticas, e coisas assim. Quando eles pararam por Ashley e eu, eu deixo ela fazer todo o falar. Eu continuei olhando por cima dos sofás como cada um dos selecionados foi entrevistado. Alguns eram calma e elegante, outros mexia em emoção. Marlee corou violentamente quando ela se aproximou do príncipe Maxon, e sorriu quando ela voltou. Ashley ajeitou seu vestido várias vezes, como um tique nervoso pouco de suas mãos. Eu estava perto suar quando ela voltou, o que significa que foi a minha vez de ir. Eu respirei fundo e me acalmou. Eu estava prestes a pedir um favor monumental. Ele se levantou e continuou a ler o meu pino quando me aproximei. "América, não é?", Disse ele, um sorriso brincando em seus lábios. "Sim, é. E eu sei que eu ouvi o seu nome antes, mas você poderia me lembrar? "Gostaria de saber se a abertura com uma piada era uma má idéia, mas Maxon riu e fez sinal para me sentar. Ele se inclinou e sussurrou: "Você dormiu bem, minha querida?" Eu não sei o que meu rosto parecia em resposta a esse nome, mas os olhos brilhavam com Maxon de diversões. "Eu ainda não estou querido seu," eu respondi, mas com um sorriso. "Mas, sim. Uma vez que me acalmei, dormi muito bem. Meus empregadas domésticas tiveram de me tirar da cama, eu estava tão acolhedor. " "Estou feliz que você estava confortável, meu ... América", ele se corrigiu. "Obrigado", eu disse. Eu mexia com um pedaço do meu vestido por um momento, tentando pensar em como dizer isso direito. "Eu estou muito triste eu estava significam para você. Eu percebi como eu estava a tentar adormecer que, apesar de esta é uma situação estranha para mim, eu não deveria culpá-lo. Você não é a razão pela qual eu fui varrido por tudo isso, ea coisa toda Seleção não é mesmo sua idéia. E então, quando eu estava me sentindo miserável, você não eram nada, mas agradável para mim, e eu era, assim, horrível. Você poderia ter me jogado na noite passada, e você não fez. Obrigado. " Maxon olhos eram concurso. Aposto que cada menina antes de mim já havia derretido porque ele tinha dado a eles um olhar como este. Eu teria sido incomodado que ele me olhou daquele jeito, mas era, obviamente, apenas parte de sua natureza. Ele abaixou a cabeça por um


momento. Quando ele olhou para mim novamente, ele se inclinou para frente, apoiando os cotovelos sobre os joelhos como se quisesse me a compreender a importância do que estava por vir. "América, você tem sido muito na frente comigo até agora. Essa é uma qualidade que eu admiro profundamente, e eu vou pedir para você fazer a gentileza de responder a uma pergunta para mim. " Eu balancei a cabeça, um pouco de medo do que ele queria saber. Ele se inclinou ainda mais perto de sussurrar. "Você diz que você está aqui por engano, por isso eu estou supondo que você não quer estar aqui. Existe alguma possibilidade de você ter qualquer tipo de ... de sentimentos amorosos em relação a mim? " Eu não poderia deixar de incomodar um pouco. Eu realmente não queria ferir seus sentimentos, mas eu não podia rodeios sobre isso. "Você é muito gentil, Sua Majestade, e atraente, e pensativo." Ele sorriu para isso. Em voz baixa, acrescentei, "Mas, por razões muito válidas, eu não acho que eu poderia." "Poderia explicar?" Seu rosto escondeu bem, mas eu podia ouvir a decepção causada pela minha rejeição imediata. Imaginei que ele não estava acostumado com isso. Não era algo que eu queria compartilhar, mas eu não acho nada mais poderia fazê-lo entender. Em um sussurro ainda mais baixo do que eu tinha usado antes, eu lhe disse a verdade. "Eu ... eu tenho medo do meu coração está em outro lugar." Eu podia sentir os olhos se molhar. "Oh, por favor, não chore!" Sussurro Maxon foi marcada com uma preocupação genuína. "Eu nunca sei o que fazer quando as mulheres choram!" Isso me fez rir, e qualquer ameaça de lágrimas recuaram para o momento. O alívio em seu rosto era inconfundível. "Você gostaria que eu deixar você ir para casa para o seu amor hoje?", Perguntou ele. Era óbvio que a minha preferência para alguém o incomodava, mas em vez de escolher de estar com raiva, ele mostrou compaixão. O gesto me fez confiar nele. "Essa é a coisa .... Eu não quero ir para casa. " "Sério?" Ele passou os dedos pelos cabelos, e eu tive que rir com a forma como ele parecia perdido. "Eu poderia ser perfeitamente honesto com vocês?" Ele balançou a cabeça. "Eu preciso de estar aqui. Minha família precisa de mim para estar aqui. Mesmo se você pudesse me deixar ficar por uma semana, que seria uma bênção para eles. " "Quer dizer que você precisa do dinheiro?" "Sim." Eu me senti mal admiti-lo. Deve ter parecido que eu estava usando ele. Na verdade, eu acho que eu estava. Mas havia mais do que isso. "E há ... as pessoas certas", eu olhei para ele, "em casa que eu não posso suportar a ver agora." Maxon acenou com a cabeça em compreensão, mas não falou. Hesitei. Imaginei o pior que poderia acontecer agora estava sendo enviado para casa de qualquer maneira, então eu continuei. "Se você estaria disposto a me deixar ficar, mesmo por pouco tempo, eu estaria disposto a fazer um comercial," eu ofereci. Suas sobrancelhas disparou. "Um comércio?" Mordi o lábio. "Se você me deixar ficar ..." Isso ia soar tão estúpido. "Tudo bem, bem, olhe


para você. Você é o príncipe. Você está ocupado todo o dia, o que com a ajuda de dirigir um país e tudo, e você deveria encontrar tempo para estreitar 35, assim, trinta e quatro meninas, abaixo de um? Isso é pedir muito, você não acha? " Ele balançou a cabeça. Eu podia ver sua exaustão genuína com o pensamento. "Não seria muito melhor para você, se você tinha alguém no interior? Alguém para ajudar? Tipo, você sabe, um amigo? " "Um amigo", questionou. "Sim. Deixe-me ficar, e eu vou ajudá-lo. Eu vou ser seu amigo. "Ele sorriu para as palavras. "Você não precisa se preocupar em perseguir-me. Você já sabe que eu não tenho sentimentos por você. Mas você pode falar comigo a qualquer hora que você gosta, e eu vou tentar ajudar. Você disse ontem à noite que você estava à procura de um confidente. Bem, até encontrar um para o bem, eu poderia ser essa pessoa. Se você quiser ". Sua expressão era afetuosa, mas guardado. "Eu conheci quase todas as mulheres nesta sala, e eu não posso pensar de alguém que faria um melhor amigo. Eu ficaria feliz em tê-lo ficar. " Meu alívio foi indescritível. "Você acha que," Maxon perguntou: "que eu ainda poderia chamá-lo de" meu querido "? "Sem chance", eu sussurrei. "Eu vou continuar tentando. Eu não tenho em mim a desistir. "E eu acreditei nele. Era irritante de pensar que ele pressione a questão. "Você chamou todos eles isso?" Eu balancei a cabeça para o resto da sala. "Sim, e todos pareciam gostar dele." "Essa é a razão exata pela qual eu não faço." E eu estava. Maxon estava rindo como ele se levantou comigo. Eu teria uma careta, mas na verdade foi meio engraçado. Ele se curvou, fez uma reverência eu, e eu voltei para o meu lugar. Eu estava com tanta fome que parecia uma eternidade até que ele tinha ido através das últimas fileiras. Mas, finalmente, a última garota estava de volta em seu assento, e eu estava esperando ansiosamente o meu primeiro almoço no palácio. Maxon orientado para o centro da sala. "Se eu lhe pedisse para ficar para trás, por favor, fique em seus lugares. Se não, continue com Silvia aqui na sala de jantar. Vou acompanhá-lo em breve. " Pediu para ficar? Era uma coisa boa? Eu estava, como fez a maioria das meninas, e começou a andar. Ele deve apenas quero um tempo especial com aquelas meninas. Vi que Ashley era um deles. Sem dúvida, ela era especial, uma princesa nasceu pelos olhares dela. O resto eram meninas que eu não tinha conseguido encontrar. Não que eles queriam me conhecer. As câmeras permaneceram para trás para capturar qualquer momento especial estava para acontecer, eo resto de nós mudou. Entramos na sala de banquetes e ali, olhando mais majestosa do que eu poderia imaginar, foram Clarkson Rei e Rainha Amberly. Também no quarto, as equipes de câmera mais cercado para pegar nosso primeiro encontro. Eu hesitei, imaginando se todos nós devemos voltar para a porta e ser convidado a entrar Mas a maioria todos os demais-se um pouco indeciso, continuei andando. Eu andei rapidamente a minha cadeira, esperando que eu não tinha chamado a atenção para mim. Silvia não andou em dois segundos depois e levou na cena. "Senhoras", ela disse: "Receio que não chegar até aqui. Sempre que você entrar em uma sala onde o rei ou a rainha está presente, ou se eles devem entrar em uma sala em que está, a


coisa apropriada a fazer é reverência. Então, quando você está dirigida, você pode subir e tomar o seu assento. Todos juntos, vamos? "E todos nós fez uma reverência na direção da mesa principal. "Bem-vindo, as meninas", disse a rainha. "Por favor, tomem seus lugares, e bem vindo ao palácio. Estamos felizes em ter você. "Havia algo agradável sobre sua voz. Foi calma da mesma maneira a sua expressão foi, mas não inerte por qualquer meio. Como Silvia tinha dito, os servidores chegaram a nosso direito de derramar suco de laranja em nossos copos. Nossos pratos veio coberta em grandes bandejas, e os mordomos levantou o cobre com o pé direito na frente de nós. Fui atingido no rosto com uma explosão de vapor perfumado de minhas panquecas. Felizmente, os murmúrios de admiração em toda a sala coberta meu estômago roncando. Rei Clarkson abençoou a nossa comida, e todos nós começamos a comer. Poucos minutos depois, Maxon entrei para tomar seu assento, mas antes que pudéssemos mover, ele gritou. "Por favor não se levantem, senhoras. Desfrute de seu pequeno-almoço. "Ele caminhou até a mesa principal, beijou a mãe no rosto, deu a seu pai uma empresa de tapinha nas costas, e se estabeleceram em sua própria cadeira só para a esquerda do rei. Ele fez alguns comentários para o próximo mordomo, que riu baixinho, e depois cavado seu próprio prato. Ashley não veio. Ou qualquer das outras meninas. Olhei em volta, confuso, contando para ver quantos estão desaparecidos. Oito. Oito meninas não estavam aqui. Foi Kriss, sentado à minha frente, que respondeu à pergunta em meus olhos. "Eles se foram", disse ela. Longe? Oh. Longe ... Eu não poderia imaginar o que tinham feito em menos de cinco minutos para desagradar Maxon, mas de repente eu estava grato eu tinha escolhido para ser honesto. Só assim, nós estávamos a 27. CAPÍTULO 12 AS CAMERAS DID A LAP ao redor da sala e deixou para nos deixar desfrutar do nosso pequenoalmoço em paz, obtendo um último tiro do príncipe antes que eles partiram. Eu estava um pouco jogado fora pela eliminação súbita, mas Maxon não parecia muito angustiado. Ele comeu a sua comida sem um cuidado, e enquanto eu observava eu percebi que eu deveria comer o meu próprio café da manhã antes que esfriasse. Mais uma vez, era quase demasiado deliciosa. O suco de laranja era tão puro que eu tinha que tomar pequenos goles pequenos apenas para absorvê-lo. Os ovos e bacon fosse o céu, e as panquecas foram perfeitamente feito, não muito fina como os que eu fiz em casa. Ouvi muitos suspiros pequenos em volta de mim e sabia que não era o único a desfrutar do alimento. Lembrando de usar a pinça, eu peguei um morango azedo da cesta no centro da mesa. Como eu fiz isso, olhei ao redor da sala para ver como os outros Fives estavam desfrutando de suas refeições. Foi quando eu percebi que eu era a esquerda apenas cinco. Eu não sabia se Maxon estava ciente dessa informação, ele mal parecia saber nossos nomes, mas era estranho que ambos foram embora. Se eu fosse um estranho para Maxon quando entrei naquela sala, eu teria sido expulso, também? Eu refletia sobre isso enquanto eu mordia a torta de morango. Era tão doce ea massa era tão esquisito, cada milímetro da minha boca foi contratado, tendo sobre o resto dos meus sentidos inteiramente. Eu não queria fazer o


pequeno gemido, mas era de longe a melhor coisa que eu nunca tinha experimentado. Eu levei uma mordida antes mesmo de eu engolir o primeiro. "Lady America?" Uma voz chamou. Os outros chefes na sala virou-se para a voz, que pertenceu ao Príncipe Maxon. Fiquei chocado que ele me abordar, ou qualquer um de nós, tão casualmente e na frente dos outros. O que era pior do que ser chamado para fora tão inesperadamente foi que minha boca estava cheia de comida. Cobri minha boca com a mão e mastigou o mais rápido que consegui. Não poderia ter sido mais do que alguns segundos, mas com tantos olhos em mim, parecia uma eternidade. Observei o rosto presunçoso Celeste, enquanto ela me observava. Devo ter parecido uma matança fácil em seus olhos. "Sim, Vossa Majestade?" Eu respondi logo que eu tinha mais do que engoliu. "Como você está gostando da comida?" Maxon parecia à beira do riso, tanto de minha expressão confusa ou porque ele tinha trazido um detalhe de nossa primeira conversa e altamente não-autorizado. Eu tentei manter a calma mesmo. "É excelente, Sua Majestade. Esta torta de morango ... bem, eu tenho uma irmã que ama doces mais do que eu. Eu acho que ela choraria se ela provou isso. É perfeito. " Maxon engoliu um pedaço de seu próprio pequeno-almoço e se recostou na cadeira. "Você realmente acha que ela iria chorar?" Ele parecia muito divertido com a idéia. Ele fez ter sensações estranhas em relação às mulheres e chorando. Eu pensei sobre isso. "Sim, na verdade, eu faço. Ela não tem muito de um filtro quando se trata de suas emoções. " "Quer apostar dinheiro com isso?", Perguntou ele rapidamente. Eu observei os chefes de cada menina que giram frente e para trás entre nós como se estivessem assistindo a um jogo de tênis. "Se eu tivesse qualquer que apostar, eu certamente faria." Eu sorri com a idéia de apostar em alguma outra pessoa lágrimas de alegria. "O que você estaria disposto a trocar em vez disso? Você parece ser muito bom em negócios impressionantes. "Ele estava aproveitando este pequeno jogo. Fine. Eu tocaria. "Bem, o que você quer?" Eu colocados. Então eu me perguntava o que no mundo eu poderia oferecer a alguém que tinha tudo. "O que você quer?" Ele respondeu. Agora que foi uma pergunta fascinante. Quase tão interessante quanto pensar que eu poderia oferecer Maxon foi o que ele poderia me oferecer. Ele tinha o mundo à sua disposição. Então o que eu quero? Eu não era um, mas eu estava vivendo como eu estava. Eu tinha mais comida do que eu poderia terminar ea cama mais confortável que eu poderia imaginar. As pessoas estavam à espera de me de pés e mãos, se eu gostei ou não. E se eu precisasse de alguma coisa, tudo que eu tinha que fazer era pedir. A única coisa que eu realmente queria era algo que o fez sentir como este lugar menos de um palácio. Se minha família estávamos correndo em algum lugar, ou se eu não estava tão arrumado. Eu não poderia pedir para a minha família para visitar. Eu só estive aqui um dia. "Se ela chorar, eu quero usar calças por uma semana," eu ofereci. Todo mundo riu, mas de uma forma tranquila e educada. Mesmo o rei ea rainha parecia encontrar o meu pedido divertido. Gostei da maneira como a rainha olhou para mim, como se


eu fosse menos de um estrangeiro para ela agora. "Feito", disse Maxon. "E se ela não faz, você me deve um passeio pela tarde de amanhã razões." Um passeio sobre os motivos? Era isso? Ele não parecia nada de especial para mim. Eu lembrei o que Maxon tinha dito na noite passada, que estava guardado. Talvez ele não sabia como pedir apenas uma menina por um tempo sozinho. Talvez esta foi a sua forma de navegar algo muito estranho para ele. Alguém perto de mim fez um som de desaprovação. Oh. Percebi que se eu perder, eu seria a primeira pessoa a receber oficialmente uma vez-em-um com o príncipe. Parte de mim queria renegociar, mas se eu ia ser útil, como eu prometi a ele, eu não podia escovar fora suas primeiras tentativas de tentar data. "Você dirige um negócio duro, senhor, mas eu aceito." "Justin?" O mordomo tinha falado anteriormente um passo à frente. "Vá fazer uma encomenda de tortas de morango e enviá-lo à família da senhora. Peça a alguém aguarde enquanto sua irmã tem um gosto, e deixe-nos saber se ela, de fato, chorar. Eu estou mais curioso sobre isso. " Justin assentiu com a cabeça e estava desligado. "Você deve escrever uma nota para enviar com ele, e diga à sua família que você está seguro. Na verdade, todos vocês deveriam. Depois do almoço, escrever uma carta às vossas famílias, e nós vamos ter certeza de que recebê-los hoje. " Todo mundo sorriu e suspirou, feliz por, finalmente, ser incluído na acontecimentos. Nós terminamos o resto do nosso pequeno-almoço e fui escrever as nossas cartas. Anne encontrou-me alguns artigos de papelaria, e eu escrevi uma carta rápido para a minha família. Mesmo que as coisas tinham saído para um começo muito difícil, a última coisa que eu queria era para eles que se preocupar. Tentei parecer alegre. Querida mamãe, papai, maio e Gerad, sinto falta de todos vocês tanto já! O príncipe queria que escrever para casa e deixar as nossas famílias sabem que estávamos seguros e bem. Eu sou tanto. A viagem de avião foi um pouco assustador, mas era divertido de uma maneira, também. O mundo parece tão pequeno de tão alto! Eles me deram muitas roupas maravilhosas e coisas, e eu tenho três empregadas domésticas doces que me ajudam se vestir e limpar para mim e me diga para onde ir. Assim, mesmo se eu ficar totalmente confuso, eles sempre sabem exatamente onde eu deveria ser e me ajudar a chegar lá em time.The outras meninas são na sua maioria tímido, mas eu acho que poderia ter um amigo. Você se lembra Marlee de Kent? Eu a conheci no caminho até Angeles. Ela é muito inteligente e amigável. Se eu tiver que voltar para casa tão cedo, eu estou esperando que ela faz para o end.I ter encontrado o príncipe. O rei ea rainha, também. Eles são ainda mais real em pessoa. Eu não falei com eles ainda, mas eu falei com o príncipe Maxon. Ele é uma pessoa surpreendentemente generoso ... Eu think.I tem que ir, mas eu te amo e sinto sua falta, e eu vou escrever de novo assim que eu can.Love, América Eu não achava que houvesse nada de chocante lá, mas eu poderia ter sido errado. Eu estava imaginando de Maio de lê-lo uma e outra vez, encontrar detalhes escondidos sobre a minha vida nas palavras. Eu me perguntei se ela tinha lido isso antes ela comeu os bolos.


P.S. Maio, não essas tortas de morango apenas faz você querer chorar? Há. Esse foi o melhor que pude fazer. Aparentemente, não era bom o suficiente. Um mordomo bateu na minha porta naquela noite com um envelope da minha família e uma atualização. "Ela não chorou, perder. Ela disse que eles eram tão bons que ela poderia ter, como você sugeriu, mas ela não chegou a chorar. Sua Majestade vai buscá-lo no seu quarto por volta das cinco amanhã. Por favor, esteja pronto. " Eu não estava tão chateado em perder, mas eu realmente teria gostado das calças. Pelo menos, se eu não podia ter isso, eu tive cartas. Percebi que esta era a primeira vez que eu estava separado de minha família por mais de algumas horas. Nós não éramos ricos o suficiente para viajar, e desde que eu realmente não tenho amigos crescendo, eu nunca tinha passado a noite fora. Se ao menos houvesse uma maneira que eu poderia receber cartas todos os dias. Eu acho que ele poderia ser feito, mas teria que ser tão caro. Eu li de papai primeiro. Ele foi sobre e sobre o quão bela Eu olhei na TV e quão orgulhoso se sentia de mim. Ele disse que eu não deveria ter enviado três caixas de tortas, porque Maio ia ficar estragado. Três caixas! Pelo amor de Deus. Ele passou a dizer que tinha sido Aspen na casa ajudando com a papelada, então ele tinha tomado uma caixa de casa para sua família. Eu não sei como se sente sobre isso. Por um lado, fiquei feliz que eles teriam algo tão decadente para comer. Por outro lado, eu só imaginava compartilhar alguns com sua nova namorada. Alguém que ele poderia estragar. Eu perguntei se ele estava com ciúmes de dom Maxon, ou se ele estava feliz por se livrar da minha atenção. Demorei-me naquelas linhas muito mais do que eu queria. Papai terminou dizendo que estava satisfeito que eu tinha feito um amigo. Disse que eu sempre era lento nesse departamento. Dobrei a carta e correu o dedo sobre sua assinatura no exterior. Eu nunca tinha reparado o quão engraçado ele assinou o seu nome antes. Carta Gerad foi curto e direto ao ponto. Ele perdeu de mim, ele me amou, e por favor envie mais alimentos. Eu ri alto com isso. Mamãe era mandona. Mesmo na cópia que eu podia ouvir o seu tom, presunçosamente me parabenizando em já ganhar afeições, ela o príncipe havia sido informado de que eu era o único a receber presentes para mandar para casa e me dizendo com firmeza para manter-se o que eu estava fazendo. Sim, mamãe, vou continuar dizendo o príncipe que ele não tem absolutamente nenhum tiro comigo e ofendê-lo tantas vezes quantas eu puder. Grande plano. Eu estava feliz que eu salvo de maio para último. Sua carta foi absolutamente vertiginosa. Ela admitiu como ciumenta ela era que eu estava comendo desse jeito o tempo todo. Ela também reclamou que a mãe estava mandando ela volta mais. Eu sabia que sentia. O resto foi uma enxurrada de perguntas. Maxon foi tão bonito em pessoa como ele era na TV? O que eu estava vestindo agora? Ela poderia entrar e visitar o palácio? Será que Maxon tem um irmão secreto que estaria disposta a casar com ela um dia? Eu riu e abraçou a minha coleção de cartas. Eu teria que fazer um esforço para escrever de volta em breve. Tinha que haver um telefone por aqui em algum lugar, mas até agora ninguém nos fez conscientes disso. Mesmo se eu tivesse uma no meu quarto, que provavelmente seria um exagero para chamar de casa diariamente. Além disso, essas cartas seria divertido para segurar. A prova que eu realmente estive aqui quando este lugar inteiro seria uma memória.


Fui para a cama com o conhecimento reconfortante de que minha família estava indo bem, e esse calor me acalmou em um sono profundo que só foi engatado por uma pontada de nervos em estar a sós com Maxon novamente. Eu não conseguia fechar a razão, mas eu esperava que fosse tudo por nada. "Para salvar as aparências, será que você poderia levar o meu braço?" Maxon perguntou como ele acompanhou-me do meu quarto no dia seguinte. Eu estava um pouco hesitante, mas eu fiz. Meus empregadas domésticas já havia me colocar no meu vestido de noite: uma pequena coisa azul com uma cintura império e mangas. Meus braços estavam nus, e eu podia sentir o tecido engomado de terno Maxon contra a minha pele. Alguma coisa sobre isso tudo me deixou desconfortável. Ele deve ter notado, porque ele tentou me distrair. "Lamento que ela não chorar", disse ele. "Não, você não é." Meu tom de brincadeira deixou claro que eu não estava muito chateado com a perda. "Eu nunca jogou antes. Foi bom para ganhar. "Seu tom era um pouco apologética. "Sorte de principiante". Ele sorriu. "Talvez. Da próxima vez vamos tentar fazê-la rir. " Eu imediatamente comecei a correr cenários através da minha mente. O que do palácio faria pode apenas morrer de rir? Maxon poderia dizer que eu estava pensando sobre ela. "Qual é a sua família?" "O que você quer dizer?" "Só isso. Sua família deve ser muito diferente da minha. " "Eu diria que sim." Eu ri. "Por um lado, ninguém usa suas tiaras de pequeno-almoço." Maxon sorriu. "Mais de uma coisa jantar na casa Singer?" "Claro." Ele riu baixinho. Eu estava começando a pensar que talvez Maxon não era quase esnobe o que eu suspeitava que ele era. "Bem, eu sou o filho do meio de cinco anos." "Cinco!" "Sim, cinco. A maioria das famílias lá fora, tem muitas crianças. Eu tenho lotes se eu pudesse. " "Oh, realmente?" Sobrancelhas Maxon foram levantadas. "Sim", respondi. Minha voz era baixa. Eu não conseguia dizer o porquê, mas que parecia um detalhe muito íntimo sobre a minha vida. Apenas uma outra pessoa tinha realmente sabe sobre ele. Senti um espasmo de tristeza, mas empurrou-o fora. "Enfim, a minha irmã mais velha, Kenna, é casada com um Four. Ela trabalha em uma fábrica de agora. Minha mãe quer que eu me case com pelo menos uma de quatro, mas eu não quero ter que parar de cantar. Eu amo ele demais. Mas eu acho que eu sou um de três agora. Isso é realmente estranho. Acho que vou tentar ficar na música se eu puder. "Kota é o próximo. Ele é um artista. Nós não vemos muito dele esses dias. Ele veio para me ver partir, mas é sobre isso. "Então não sou eu." Maxon sorriu sem esforço. "Singer América", anunciou ele, "meu melhor amigo". "É isso mesmo." Revirei os olhos. Não havia nenhuma maneira que eu poderia realmente ser seu amigo mais próximo. Pelo menos ainda não. Mas eu tinha que admitir, ele era a única pessoa que eu nunca realmente confiou em que não era da família ou alguém que eu estava


apaixonado. Bem, Marlee, também. Poderia ser da mesma maneira para ele? Lentamente, fomos para o corredor e em direção às escadas. Ele não pareceu estar em qualquer tipo de pressa. "Depois de mim há de Maio. Ela é a pessoa que me vendeu e não chorar. Honestamente, eu fui roubado, eu não posso acreditar que ela não chorar! Mas sim, ela é uma artista. Eu ... eu adoro ela. " Maxon examinou meu rosto. Falando sobre maio suavizou-me um pouco. Eu gostei Maxon bem o suficiente, mas eu não sabia o quão longe eu queria deixá-lo entrar "E então Gerad. Ele é o bebê, ele é sete. Ele não consegue realmente entender se ele está na música ou de arte ainda. Principalmente ele gosta de jogar bola e estudo bugs, o que é bom, exceto que ele não pode ganhar a vida dessa forma. Estamos tentando levá-lo para experimentar mais. Enfim, essa é toda a gente. " "E seus pais?", Ele pressionou. "E seus pais?", Respondi. "Você sabe que meus pais." "Não, eu não. Eu sei que a imagem pública deles. O que eles realmente gostam? "Eu puxei o braço dele, que era uma façanha. Braços Maxon eram enormes. Mesmo sob as camadas de seu terno, eu podia sentir os músculos fortes, estáveis lá. Maxon suspirou, mas eu poderia dizer que eu realmente não exasperar-lo em tudo. Ele parecia gostar de ter alguém importunálo. Deve ser triste para crescer neste lugar sem quaisquer irmãos. Ele começou a pensar sobre o que ele ia dizer, como saímos para o jardim. Os guardas usavam todos os sorrisos manhosos como passamos. Basta passar por eles uma equipe de filmagem esperando. É claro que eles gostariam de estar presentes para primeira data do príncipe. Maxon balançou a cabeça para eles, e eles se retiraram dentro de casa imediatamente. Eu ouvi alguém maldição. Eu não estava particularmente ansioso para ser seguido por cerca de câmeras, mas pareceu estranho para demiti-los. "Você está bem? Você parece tensa ", Maxon observou. "Você fica confuso pelo choro das mulheres, fico confuso com passeios com os príncipes," eu disse com um encolher de ombros. Maxon riu baixinho a isso, mas não disse mais nada. Como nós nos movemos para o oeste, o sol foi bloqueado pela floresta enorme sobre os motivos, porém, foi ainda no início da noite. A sombra rastejou sobre nós, criando uma tenda de escuridão. Quando eu buscou o isolamento na outra noite, foi aqui que eu queria ser. Nós realmente parecia sozinho agora. Caminhamos em, longe do palácio e fora do alcance da voz dos guardas. "E quanto a mim é tão confuso?" Eu hesitei, mas disse o que sentia. "Seu caráter. Suas intenções. Eu não tenho certeza o que esperar sair deste pequeno passeio. " "Ah." Ele parou de andar e me encarou. Ficamos muito próximos uns dos outros, e apesar de o ar quente de verão, um arrepio percorreu minha espinha. "Eu acho que você pode dizer agora que eu não sou o tipo de homem a bater em torno do arbusto. Eu vou te dizer exatamente o que eu quero de você. " Maxon deu um passo mais perto. Minha respiração ficou presa na minha garganta. Eu só entrei na situação muito que eu temia. Nenhum guarda, sem câmeras, sem ninguém para impedi-lo de fazer o que quisesse. Instintiva reação. Literalmente. Eu Sua Majestade joelhada na coxa. Hard.


Maxon soltou um grito e estendeu a mão, segurando-se como eu se afastou dele. "O que foi isso?" "Se você coloca um dedo em mim, eu vou fazer pior!" Eu prometi. "O quê?" "Eu disse, se você" "Não, não, você garota louca, eu ouvi pela primeira vez." Maxon fez uma careta. "Mas o que no mundo que você quer dizer com isso?" Senti a longo calor pelo meu corpo. Eu pulei para a conclusão pior possível e ajustei-me para lutar contra algo que obviamente não estava vindo. Os guardas correram, alertado por nossa contenda pouco. Maxon acenou-los longe de um estranho, posição semi-curvada. Ficamos em silêncio por um tempo, e uma vez Maxon era mais o pior de sua dor, ele me encarou. "O que você acha que eu queria?", Perguntou ele. Eu abaixei minha cabeça e corou. "Os Estados Unidos, o que você acha que eu queria?" Ele parecia transtornado. Mais do que chateado. Ofendido. Obviamente ele tinha adivinhado o que eu assumir, e ele não gostava que um bit. "Em público? Você pensou que ... pelo amor de Deus. Eu sou um cavalheiro! " Ele começou a ir embora, mas voltou. "Por que você ainda se oferecem para ajudar, se você acha tão pouco de mim?" Eu não podia sequer olhar nos olhos dele. Eu não sabia como explicar que eu tinha sido preparado para esperar um cão, que a escuridão e privacidade fez-me sentir estranho, que eu só vez já esteve sozinho com um outro rapaz e foi assim que nos comportamos. "Você vai tomar o jantar no seu quarto hoje à noite. Eu vou lidar com isso no período da manhã. " Esperei no jardim até que eu conhecia todos os outros estariam na sala de jantar, e então eu andava para cima e para baixo o corredor antes de entrar no meu quarto. Anne, Mary e Lucy ficaram fora de si quando eu vim dentro eu não tinha coragem de dizer a eles que eu não tinha passado o tempo todo com o príncipe. Minha refeição havia sido entregue e estava esperando na mesa pela varanda. Eu estava com fome agora que eu não estava distraído pela minha própria humilhação. Mas a minha longa ausência não foi a razão minhas servas estavam em um estado de confusão. Havia uma caixa muito grande em cima da cama, implorando para ser aberto. "Podemos ver?" Lucy perguntou. "Lucy, que é rude!" Anne repreendeu. "Eles lançaram-lo fora do momento que você deixou! Fomos perguntando desde então! "Mary exclamou. "Maria! Manners! "Anne repreendeu. "Não, não se preocupe, as meninas. Eu não tenho nenhum segredo. "Quando eles chegaram a me chutar para fora, amanhã eu digo aos meus empregadas por quê. Eu dei-lhes um sorriso fraco como eu puxava o arco vermelho grande na caixa. Dentro havia três pares de calças. Um conjunto de roupa, outro que era mais comercial, mas suave ao toque, e um par glorioso feito de denim. Houve um cartão de repouso no topo com o emblema Illéa sobre ele.


Você pede coisas tão simples, eu não posso negar a você. Mas por amor de mim, só aos sábados, por favor. Obrigado por seu amigo company.Your, Maxon CAPÍTULO 13 Eu realmente não tenho muito tempo para sentir vergonha ou preocupado, considerando todas as coisas. Quando minhas servas me vestir na manhã seguinte sem um pingo de preocupação, eu assumi a minha presença lá embaixo seria bem-vinda. Mesmo permitindo-me a descer para o café mostrou uma pitada de bondade em Maxon eu não esperava: eu tenho uma última refeição, um último momento como um dos belo selecionado. Estávamos no meio pequeno-almoço antes de Kriss trabalhou até a coragem de me perguntar sobre a nossa data. "Como foi isso?", Ela perguntou em voz baixa, a maneira que nós fomos feitos para falar na hora das refeições. Mas essas três pequenas palavras fez orelhas acima e abaixo da tabela até perk, e todos dentro da distância audiência estava prestando atenção. Eu respirei. "Indescritível". As meninas se entreolharam, claramente esperando por mais. "Como ele age?" Tiny perguntou. "Umm." Eu tentei escolher cuidadosamente as minhas palavras. "Nada como eu esperava que ele faria." Desta vez, sopros pequenos desceu da mesa. "Você está sendo como que de propósito?" Zoe interveio. "Se você for, é extremamente dizer." Eu balancei minha cabeça. Como eu poderia explicar isso? "Não, é apenas isso" Mas fui poupado tentando formar uma resposta pelos ruídos confusos descendo o corredor. Os gritos eram estranhas. No meu tempo muito curto, o palácio, não tinha um único som registrado como nada perto do alto. Além disso, havia um tipo de música para o clique de sapatos dos guardas no chão, as portas maciças de abertura e fechamento, os garfos tocar as placas. Este foi o caos completo e absoluto. A família real parecia entendê-lo antes que o resto de nós. "Para o fundo da sala, senhoras!" King Clarkson gritou, e correu para uma janela. Meninas, confuso, mas não querer desobedecer, se moveu lentamente em direção à mesa principal. O rei estava puxando para baixo uma sombra, mas não era o tipo de luz filtragem típico. Era de metal e cantaram no lugar. Ao lado dele Maxon veio, e chegou até o outro. E ao lado Maxon a rainha linda e delicada foi correndo para puxar para baixo o seguinte. Foi quando a onda de guardas conseguiu entrar no refeitório. Eu vi alguns deles alinhando fora da sala pouco antes de as portas monstruosas estavam fechadas, trancada, e fixado com barras. "Eles estão dentro das paredes, majestade, mas estamos segurando-los de volta. As senhoras devem sair, mas estamos tão perto da porta " "Entendido, Markson", respondeu o rei, cortando a frase. Não demorou mais do que isso para me compreender. Havia rebeldes dentro dos fundamentos. Eu imaginei que viria. Isto muitos convidados no palácio, para muitos preparativos em curso. Certamente alguém perderia algo em algum lugar e deixar a nossa deslizamento de segurança.


E mesmo se não houvesse maneira fácil em, este seria um excelente momento para montar um protesto. Na sua barest dos ossos, a Seleção era uma espécie de perturbar. Eu tinha certeza de que os rebeldes odiava-lo juntamente com tudo mais sobre Illéa. Mas seja qual for sua opinião, eu não estava indo para baixo em silêncio. Eu empurrei minha cadeira para trás tão rapidamente que caiu, e eu corri para o mais próximo da janela para puxar para baixo a sombra de metal. Algumas outras garotas que entendiam como estávamos ameaçados fizeram o mesmo. Levei apenas um momento para obter a coisa para baixo, mas fechando a posição foi um pouco mais difícil. Eu tinha acabado de obter a trava direita quando algo se chocou contra a placa de metal do lado de fora do palácio, enviando-me gritando para trás até que eu tropecei em minha cadeira caída e caiu no chão. Maxon apareceu imediatamente. "Você está machucado?" Eu fiz uma avaliação rápida. Eu provavelmente teria uma contusão no quadril, e eu estava com medo, mas isso era o pior. "Não, eu estou bem." "Para a parte de trás da sala. Agora! ", Ele ordenou que ele me ajudou a sair do chão. Ele correu pelo corredor, pegando as meninas que tinham começado a congelar-se no medo e introduzindo-os ao canto de trás. Obedeci, correndo para o fundo da sala, em direção aos grupos de meninas amontoadas. Alguns deles estavam chorando, outras estavam olhando para o espaço em estado de choque. Pequeno tinha desmaiado. A visão mais tranqüilizador foi o rei Clarkson falando atentamente a um guarda ao longo da parede traseira, apenas longe o suficiente para que as meninas não quiseram ouvir. Ele tinha um braço envolto em torno de protetor da rainha, que ficou quietinho e com orgulho ao lado dele. Quantas vezes ela sobreviveu ataques agora? Temos relatos de que estes aconteceram várias vezes por ano. Isso tinha que ser enervante. As chances foram ficando mais fino e elegante para ela ... e seu marido ... e seu único filho. Certamente, eventualmente, os rebeldes iriam descobrir o alinhamento direito de circunstâncias para conseguir o que queria. No entanto, ela estava lá, seu conjunto queixo, ela ainda enfrentam usando um calmo e tranquilo. Eu examinei as garotas. Será que algum deles tem a força que seria necessário para ser a rainha? Pequena ainda estava inconsciente nos braços de alguém. Celeste e Bariel estavam fazendo conversa. Eu sabia o que Celeste parecia à vontade, e isso não era tudo. Ainda assim, comparado com os outros, ela escondeu as suas emoções também. Outros estavam perto de histeria, choramingando sobre os joelhos. Alguns tinham mentalmente desligado, bloqueando o calvário inteiro. Seus rostos estavam em branco, e que distraidamente torciam as mãos, esperando que ele termine. Marlee estava chorando um pouco, mas não tanto que ela parecia um naufrágio. Eu agarrei o braço dela e puxou-a na posição vertical. "Enxugue seus olhos e ficar em pé", eu latia em seu ouvido. "O quê?", Ela rangia. "Confie em mim, fazê-lo." Marlee enxugou o rosto do lado do vestido e levantou-se um pouco mais alto. Ela tocou o rosto dela em vários lugares, a verificação de maquiagem borrada, eu imaginei. Então ela se virou e olhou para mim, para aprovação.


"Bom trabalho. Desculpa ser tão mandão, mas confiar em mim, ok? "Eu me senti mal ordenação em torno dela no meio de algo tão angustiante, mas ela tinha que olhar tão calmo como Rainha Amberly. Certamente Maxon gostaria que, em sua rainha, e Marlee tinha que ganhar. Marlee acenou com a cabeça. "Não, você está certo. Quero dizer, por enquanto, todos estão seguros. Eu não deveria estar tão preocupado. " Eu balancei a cabeça de volta para ela, mas ela era mais seguramente errado. Todo mundo não era seguro. Guardas esperou na borda pelas portas maciças como as coisas pesadas foram jogados contra a parede e as janelas novamente e novamente. Não havia um relógio aqui. Eu não tinha idéia de quanto tempo este ataque foi duradoura, e que só me deixou mais ansioso. Como sabemos se eles tem dentro? Seria apenas uma vez eles começaram a bater nas portas? Eram já dentro e nós simplesmente não sabia? Eu não conseguia tirar a preocupação. Olhei para um vaso de flores ornamentado nenhum de que eu sabia os nomes dos e-bit afastado em uma das minhas unhas tão bem cuidadas. Fingi que aquelas flores eram tudo o que importava no mundo. Eventualmente Maxon veio a verificar em mim, como ele tinha com os outros. Ele ficou ao meu lado e olhou para as flores, também. Nenhum de nós sabia realmente o que dizer. "Você está fazendo tudo certo?", Ele finalmente perguntou. "Sim", eu sussurrei. Ele fez uma pausa. "Você parece bem." "O que vai acontecer com minhas servas?" Eu perguntei, expressando a minha maior preocupação. Eu sabia que estava segura. Onde eles estavam? E se um deles estava andando pelo corredor quando os rebeldes fizeram o seu caminho em? "As empregadas domésticas?", Ele perguntou em um tom que implicava que eu era um idiota. "Sim, minhas servas." Eu olhei nos olhos dele, envergonhando-o reconhecendo que apenas uma minoria escolha das multidões que viveram no palácio estavam realmente sendo protegidas. Eu estava à beira das lágrimas. Eu não queria que eles vêm, e eu estava respirando rapidamente tentando manter minhas emoções sob controle. Ele olhou nos meus olhos e pareceu compreender que eu era apenas um passo até de ser uma empregada me. Isso não foi o motivo da minha preocupação, mas pareceu estranho que uma loteria foi a principal diferença entre alguém como Anne e eu. "Eles devem estar se escondendo até agora. A ajuda têm seus lugares próprios para esperar. Os guardas são muito bons sobre como se locomover com rapidez e alertar todos. Eles deveriam estar bem. Nós normalmente temos um sistema de alarme, mas a última vez que apareceu, os rebeldes completamente desmontado ele. Eles foram trabalhando para corrigir isso, mas ... "Maxon suspirou. Olhei para o chão, tentando acalmar todas as preocupações na minha cabeça. "América", ele implorou. Virei-me para Maxon. "Eles estão bem. Os rebeldes eram lentos, e todo mundo aqui sabe o que fazer em caso de emergência. " Eu balancei a cabeça. Ficamos ali em silêncio por um minuto, e eu poderia dizer que ele estava prestes a seguir em frente. "Maxon", eu sussurrei.


Ele se virou para trás, um pouco surpreso ao ser abordado de forma tão casual. "Sobre ontem à noite. Deixe-me explicar. Quando eles vieram para preparar-nos, para nos levar pronto para vir aqui, havia um homem que me disse que eu nunca fui para transformá-lo para baixo. Não importa o que você pediu. Nunca mais. " Ele ficou pasmo. "O quê?" "Ele fez parecer que você pode pedir certas coisas. E você mesmo disse que não tinha sido em torno de muitas mulheres. Após dezoito anos ... e depois que você enviou as câmeras de distância. Eu só tenho medo quando você tem que perto de mim. " Maxon balançou a cabeça, tentando processar tudo isso. Humilhação, raiva, descrença e tudo jogado em seu rosto normalmente de temperamento uniforme. "Foi todo mundo disse isso?", Ele perguntou, parecendo apavorados com a idéia. "Eu não sei. Não consigo imaginar muitas meninas teriam tal advertência. Eles estão provavelmente esperando para atacar você ", eu disse, balançando a cabeça em direção ao resto da sala. Ele deu uma risada escuro. "Mas você não é, então você tinha absolutamente nenhum escrúpulo em me joelhadas na virilha, certo?" "Eu bati a coxa!" "Oh, por favor. Um homem não precisa de muito tempo para se recuperar de uma joelhada na coxa ", ele respondeu, sua voz cheia de ceticismo. Uma risada escapou-me. Felizmente, Maxon juntou dentro Só depois outra massa bateu as janelas, e paramos em uníssono. Por um momento eu tinha esquecido de onde eu estava. "Então, como você está lidando com uma sala cheia de mulheres chorando?" Eu perguntei. Houve uma confusão cômica em sua expressão. "Nada no mundo é mais confuso!", Ele sussurrou urgentemente. "Eu não tenho a menor idéia de como pará-lo." Este foi o homem que estava indo para liderar o nosso país: o cara inutilizada por lágrimas. Era muito engraçado. "Tente dar tapinhas em suas costas ou no ombro e dizendo-lhes que tudo vai ficar bem. Muitas vezes quando as meninas chorar, não quero que você corrigir o problema, eles só querem ser consolado ", aconselhei. "Sério?" "Muito bonito". "Ele não pode ser tão simples." Intriga e dúvida jogado em sua voz. "Eu disse que a maioria do tempo, não o tempo todo. Mas provavelmente funcionaria para um monte de meninas aqui. " Ele bufou. "Eu não tenho tanta certeza. Dois deles já me perguntou se eu vou deixá-los sair, se isso vai terminar nunca. " "Pensei que não foram autorizados a fazer isso." Eu não deveria ter sido surpreendido, no entanto. Se ele tinha concordado em me deixar ficar como um amigo, ele não poderia estar muito preocupado com aspectos técnicos. "O que você vai fazer?" "O que mais posso fazer? Eu não vou manter alguém aqui contra sua vontade. " "Talvez eles irão mudar as suas mentes," Eu espero que ofereceu. "Talvez." Ele fez uma pausa. "E você? Você foi assustou ainda? ", Perguntou ele quase de brincadeira. "Honestamente? Eu estava convencido de que estava enviando-me para casa depois do almoço de qualquer jeito ", eu admiti.


"Honestamente? Eu tinha pensado que eu mesmo. " Havia um sorriso silencioso entre nós. Nossa amizade se eu poderia até chamá-la assim-era, obviamente, estranha e falho, mas pelo menos ele foi honesto. "Você não me respondeu. Você quer sair? " Outra coisa bateu na parede, ea idéia parecia atraente. O pior ataque que eu tinha chegado em casa foi Gerad tentando roubar a minha comida. As meninas aqui não importa para mim, as roupas foram sufocante, as pessoas estavam tentando me machucar, ea coisa toda se sentiu desconfortável. Mas foi bom para a minha família e é bom estar cheio. Maxon parecia um pouco perdido, e eu ia começar a ficar longe dele por um pouco mais. E quem sabe, talvez eu pudesse ajudar a escolher a princesa seguinte. Olhei Maxon no olho. "Se você não está me chutando para fora, eu não vou embora." Ele sorriu. "Ótimo. Você precisa me dizer mais truques, como essa coisa ombro batendo. " Eu sorri de volta. Sim, foi tudo errado, mas algo de bom poderia sair dessa. "América, você poderia me fazer um favor?" Eu balancei a cabeça. "Tanto quanto se sabe, passamos muito tempo juntos ontem à noite. Se alguém perguntar, você poderia dizer-lhes que eu não sou ... que eu não faria ... " "Claro. E eu realmente sinto muito por tudo. " "Eu deveria ter sabido que se alguma garota ia desobedecer uma ordem, seria você." Uma coleção de objetos pesados bateu no muro de uma só vez, fazendo um punhado de gritar meninas. "Quem são eles? O que eles querem? "Eu perguntei. "Quem? Os rebeldes? " Eu balancei a cabeça. "Depende de quem você perguntar. E qual grupo você está falando ", respondeu ele. "Quer dizer que há mais de um?" Isso fez com que toda a experiência muito pior. Se este era um grupo, o que poderia fazer dois ou mais juntos? Até onde eu sabia, um rebelde era um rebelde era um rebelde, mas Maxon fez soar como alguns poderiam ser piores que outros. "Quantos são?" "Dois em geral, os nortistas e os sulistas. O nortistas atacar com muito mais freqüência. Eles estão mais perto. Eles vivem no patch chuvosa de provável próximo Bellingham, ao norte daqui. Ninguém quer viver lá, é praticamente todo ruínas, para que eles fizeram-lhe uma espécie de casa, embora eu acho que eles viajam. A viagem é uma teoria de uma mina de ninguém escuta. Mas eles são muito menos propensos a quebrar, e quando o fazem, os resultados são quase ... domar. Eu acho que este é um trabalho do Norte agora ", disse ele sobre o barulho. "Por quê? O que os torna tão diferente do sulistas? " Maxon pareceu hesitar, sem saber se essa informação era algo que eu deveria saber. Ele olhou em volta para ver se alguém pode nos ouvir. Olhei em volta, também, e vi que várias pessoas estavam nos assistindo. Em particular, Celeste parecia que ela estava tentando atear fogo a mim com os olhos. Eu não manter contato visual por muito tempo. Ainda assim, mesmo com todos os espectadores, ninguém estava perto o suficiente para ouvir. Quando Maxon chegou à mesma conclusão, ele se inclinou para sussurrar. "Seus ataques são muito mais ... letal." Estremeci. "Lethal?"


Ele balançou a cabeça. "Eles só vêm uma vez ou duas vezes por ano, o melhor que eu posso dizer a partir do rescaldo. Acho que todos aqui estão tentando me proteger das estatísticas, mas eu não sou estúpido. As pessoas morrem quando eles vêm. O problema é que ambos os grupos são parecidos conosco-sujo, a maioria homens, magra, mas forte, nenhuma espécie de emblema, tanto quanto podemos dizer, de modo que não sabemos o que estamos recebendo até que está tudo acabado. " Olhei em volta da sala. Um monte de pessoas estavam em perigo se Maxon estava errado e que passou a ser sulistas. Pensei em minhas servas pobres novamente. "Mas eu ainda não entendo. O que eles querem? " Maxon encolheu os ombros. "Os sulistas parecem querer nos demolida. Eu não sei porque, mas eu estou supondo alguma insatisfação ou de outra, cansado de viver à margem da sociedade. Quero dizer, eles não são mesmo Eights tecnicamente, já que eles não têm parte na rede social. Mas os nortistas são um pouco de mistério. Pai diz que eles só querem nos incomodar, perturbar nosso governo, mas eu não penso assim. "Ele parecia bastante orgulhosa por um momento. "Tenho outra teoria sobre isso também." "Tenho de saber isso?" Maxon hesitou novamente. Achei que desta vez não foi tanto por medo de me assustar, mas talvez não ser levado a sério. Ele se aproximou novamente e sussurrou: "Eu acho que eles estão procurando por algo." "O quê?" Eu me perguntava. "Isso eu não sei. Mas é sempre o mesmo por aqui após o nortistas vir. Guardas são nocauteados, ferido, ou amarrado, mas nunca matou. É como se eles simplesmente não querem ser seguido ao redor. Embora algumas pessoas são tidos com eles, e isso é um pouco perturbador. E então os quartos-Bem, todos os que podem começar em-estão uma bagunça. Cada gaveta saiu, procurou prateleiras, carpete arrebitado. Muitas coisas se quebram. Você não acreditaria o número de câmeras que eu substituído ao longo dos anos. " "As câmeras?" "Oh", disse ele timidamente. "Eu gosto de fotografia. Mas apesar de tudo isso, eles não acabam tendo muito mais. Pai acha que a minha idéia é lixo, é claro. O que poderia um bando de bárbaros analfabetos estar procurando? Ainda assim, eu acho que deve haver alguma coisa. " Foi intrigante. Se eu estava sem dinheiro e sabia como entrar no palácio, eu acho que eu ia tirar cada peça de jóia que eu poderia encontrar, qualquer coisa que eu poderia vender. Estes rebeldes devem ter algo em mente para além de uma mera declaração política ou a sua sobrevivência no dia-a-dia em mente quando vim para cá. "Você acha que isso é bobagem?" Maxon perguntou, trazendo-me dos meus wonderings. "Não, não é bobo. Confuso, mas não bobo. " Nós compartilhamos um pequeno sorriso. Percebi que se tivesse simplesmente sido Maxon Maxon Schreave e não Maxon, futuro rei de Illéa, ele seria o tipo de pessoa eu queria ser o meu vizinho do lado, alguém para conversar. Ele limpou a garganta. "Eu suponho que eu deveria terminar minhas voltas." "Sim, eu imagino que há bastante algumas garotas querendo saber o que está levando tanto tempo." "Então, amigo, quaisquer sugestões quanto a quem eu deveria falar com o próximo?" Eu sorri e olhei para trás para se certificar de meu candidato para a princesa ainda estava


segurando. Ela foi. "Ver a loira lá na cor rosa? É Marlee. Querida, muito gentil, adora filmes. Vá ". Maxon riu e caminhou em sua direção. O tempo na sala de jantar pareceu uma eternidade, mas o ataque só durou um pouco mais de uma hora. Descobrimos mais tarde que ninguém tinha realmente começado no interior do palácio, apenas dentro dos estádios. Os guardas não disparar contra os rebeldes até que eles tentaram para as portas principais, que representaram os tijolos de tijolos que tinham sido arrancados para fora do palácio paredes e alimentos estragados estão sendo jogados nas janelas por tanto tempo. No final, dois homens ficaram muito perto das portas, tiros foram disparados, e todos eles fugiram. Se as etiquetas Maxon fosse correta, eu diria que estes eram nortistas. Eles nos mantiveram escondido por um pouco mais, buscando o perímetro do palácio. Quando tudo estava como deveria ser, que foram liberados para os quartos. Eu andei de braço dado com Marlee. Apesar de ocupar juntos as escadas, a estirpe do ataque tinha esgotado mim, e eu estava feliz por ter alguém para me distrair com isso. "Ele deixou você tem as calças de qualquer maneira?", Perguntou ela. Eu tinha começado a falar sobre Maxon, logo que pude, ansioso para saber como a conversa tinha ido. "Yeah. Ele era muito generoso com tudo isso. " "Eu acho que é encantador que ele é um bom vencedor." "Ele é um bom vencedor. Ele é mesmo gracioso quando ele chegou no fim-prima das coisas. "Como um joelho para as jóias reais, por exemplo. "O que você quer dizer?" "Nada." Eu não quero explicar que um. "O que vocês dois falar hoje?" "Bem, ele me perguntou se eu gostaria de vê-lo esta semana." Ela corou. "Marlee! Isso é ótimo! " "Hush!", Disse ela, olhando em volta, embora o resto das meninas já havia subido as escadas. "Eu estou tentando não colocar minhas esperanças." Ficamos em silêncio por um minuto antes de ela estourar. "Quem eu estou enganando? Estou tão empolgada que mal posso suportar isso! Espero que ele não vai demorar muito para me chamar. " "Se ele já pediu, eu tenho certeza que ele vai acompanhar, através breve. Quero dizer, depois que ele termina a execução do país para o dia, o que é. " Ela riu. "Eu não posso acreditar nisso! Quer dizer, eu sabia que ele era bonito, mas eu não tinha certeza de como ele se comportar. Eu estava preocupado que ele seria ... eu não sei, entupido ou algo assim. " "Eu também. Mas ele é na verdade ... "O que foi realmente Maxon? Ele era uma espécie de abafado, mas não de uma forma que era tão repugnante como eu tinha imaginado. Inegavelmente, um príncipe, mas ainda assim tão ... tão ... "normal". Marlee não estava olhando para mim. Perdera-se em um devaneio enquanto caminhávamos. Eu esperava que esta imagem da Maxon que ela estava construindo era que ele poderia entregar. E que ela seria o tipo de garota que ele queria. Deixei-a em sua porta com uma pequena onda e passou para o meu quarto. Meus pensamentos de Marlee e Maxon voou para fora da minha cabeça assim que abriu a porta. Anne e Mary estavam agachados em torno de uma Lucy muito angustiado. Seu rosto estava vermelho com lágrimas caindo pelo rosto, seus habituais treme minúsculos eram full-


on-shakes, quebrando seu corpo inteiro. "Acalme-se agora, Lucy, está tudo bem", Anne estava sussurrando como ela acariciou o cabelo bagunçado de Lucy. "Tudo está acabado agora. Ninguém ficou ferido. Você está seguro, querida, "Maria balbuciou, segurando uma mão a mexer. Eu estava chocado demais para falar. Este momento foi a luta particular de Lucy, não quis dizer para os meus olhos. Fui para sair do meu quarto, mas Lucy me pegou antes que eu pudesse recuar. "Ss, desculpe, Lady, Lady, Lady ...", balbuciou. Os outros olharam-se com expressões ansiosas. "Não se incomode. Você está bem? "Eu perguntei, fechando a porta para que ninguém mais iria ver. Lucy tentou recomeçar, mas não conseguia formar as palavras. Suas lágrimas eo tremor foram inundando seu pequeno corpo. "Ela vai ficar bem, senhorita", Anne intercedeu. "É preciso algumas horas, mas ela se acalma quando está tudo quieto. Se ficar ruim, podemos levá-la para a ala hospitalar. "Anne largou a voz. "Só Lucy não quer isso. Se eles acham que você é impróprio, eles escondem-lo para baixo nos quartos de lavanderia ou na cozinha. Lucy gosta de ser uma empregada. " Eu não sabia que Anne pensou que ela estava escondendo a sua voz a partir de. Estávamos todos em torno de Lucy, e ela podia ouvir essas palavras de forma clara, mesmo em seu estado. "P-p-por favor, senhorita. Eu não me-I Don 't-I ... ", ela tentou. "Hush. Ninguém está transformando-o em "Eu disse a ela. Eu olhei para Anne e Mary. "Ajudeme a levá-la na cama." Com os três de nós deve ter sido fácil, mas Lucy estava se contorcendo de modo que seus braços e pernas poderia escapar de nossas mãos. Demorou um pouco de esforço para levá-la resolvida. Uma vez que enfiou o debaixo das cobertas, o conforto da cama parecia fazer mais do que nossas palavras poderia. Estremece de Lucy tornou-se mais lento, e ela olhou vagamente para o dossel sobre a cama. Mary se sentou na beirada da cama e começou a cantarolar uma melodia, lembrando-me tudo muito da maneira que eu faria o bebê de maio, quando ela estava doente. Puxei Anne em um canto, longe de ouvidos Lucy. "O que aconteceu? Será que alguém passar? "Eu perguntei. Eu poderia esperar para ser informado se esse fosse o caso. "Não, não", Anne assegurou-me. "Lucy sempre fica assim quando os rebeldes vêm. Basta falar sobre eles vai mandá-la em um ajuste de chorar. Ela ... " Anne olhou para seus polidos sapatos pretos, tentando decidir se ela deve me dizer algo. Eu não queria se intrometer na vida de Lucy, mas eu queria entender. Ela respirou fundo e começou. "Alguns de nós nasceram aqui. Maria nasceu no castelo, e seus pais ainda estão aqui. Eu era um órfão, tomada em porque o palácio necessário pessoal. "Ela ajeitou o vestido, como se ela pudesse passar para este pedaço de sua história, que parecia incomodá-la. "Lucy foi vendido para o palácio." "Vendido? Como pode ser isso? Não há escravos aqui. " "Não tecnicamente, não, mas isso não significa que isso não aconteça. Família de Lucy precisava de dinheiro para uma operação para sua mãe. Eles deram os seus serviços ao longo


de uma família de Threes em troca do dinheiro. Sua mãe nunca ficou melhor, nunca fizeram sua maneira fora do débito, assim que Lucy e seu pai estava morando com a família há séculos. Pelo que eu entendo, não era muito melhor do que viver em um celeiro com a maneira como eles foram mantidos. "O filho tinha tomado um gosto de Lucy, e eu sei que às vezes não importa o que você está em castas, mas seis para três é um grande salto. Quando sua mãe descobriu suas intenções para a Lucy, ela vendeu a ela e ao pai para o palácio. Eu me lembro quando ela veio. Chorei por dias. Eles devem ter sido terrivelmente apaixonado. " Olhei para Lucy. Pelo menos no meu caso, um de nós tem que tomar a decisão. Ela não tinha escolha, quando veio a perder o homem que amava. "O pai de Lucy trabalha nos estábulos. Ele não é muito rápido ou muito forte, mas ele é incrivelmente dedicado. E Lucy é uma empregada doméstica. Eu sei que pode parecer bobagem para você, mas é uma honra para ser empregada no palácio. Nós somos a linha de frente. Nós somos os únicos considerados aptos o suficiente e inteligente o suficiente e atraente o suficiente para ser visto por qualquer pessoa que vem a ser chamado. Nós levamos a sério nossas posições, e com razão. Se você estragar tudo, você é colocado na cozinha, onde seus dedos estão trabalhando o dia todo, e as roupas são folgadas. Ou você cortar lenha ou ancinho os motivos. É pouca coisa para ser empregada. " Eu me senti estúpida. Na minha mente, todos eles eram seis. Mas havia rankings mesmo dentro que, status que eu não entendia. "Dois anos atrás, houve um ataque ao palácio no meio da noite. Eles tiveram uniformes dos guardas, e todos estavam confusos. Foi tal desordem, ninguém sabia quem atacar ou defender, e as pessoas deslizou através de buracos nas linhas ... foi aterrador. " Estremeci só de pensar nisso. A escuridão, a confusão, a vasta extensão do palácio. Em comparação com esta manhã, parecia que o trabalho dos sulistas. "Um dos rebeldes pegaram Lucy." Anne abaixou os olhos por um minuto. Ela falou suas próximas linhas tranquilamente. "Eu não tenho certeza que eles têm muitas mulheres com eles, se você pegar o meu significado." "Oh". "Eu não vi isso mesmo, mas Lúcia disse-me que este homem estava coberto de fuligem. Ela disse que ele continuava a lamber seu rosto. " Anne se encolheu longe do pensamento. Meu estômago soltou, ameaçando levar o meu pequeno-almoço. Foi revoltante positivamente, e eu podia ver como alguém que já tinha sido marcado como como Lucy iria quebrar sob esse tipo de ataque. "Ele foi arrastando-la em algum lugar, e ela estava gritando tão alto que podia. Na confusão, era difícil ouvir seus gritos. Mas um outro guarda chegou ao virar da esquina, um real. Ele mirou e disparou uma bala na cabeça direito do homem. O rebelde caiu no chão, prendendo Lucy. Ela estava coberta de sangue. " Cobri minha boca. Eu não poderia imaginar Lucy delicado pouco passando por tudo isso. Não admira que ela reagiu dessa maneira. "Ela foi tratada por alguns cortes, mas ninguém realmente viu a sua mente. Ela é um pouco nervosa, mas agora tenta escondê-lo da melhor maneira que puder. E não é só por causa dela, mas de seu pai. Ele é tão orgulhoso que sua filha é bom o suficiente para ser empregada. Ela não quer deixá-lo para baixo. Tentamos manter a calma, mas cada vez que os rebeldes vêm, ela acha que vai ser pior. Alguém vai levá-la desta vez, machucá-la, matá-la.


"Ela está tentando, senhorita, mas não tenho certeza quanto mais isso ela pode estar." Eu balancei a cabeça, olhando para Lucy na cama. Ela fechou os olhos e adormeceu, mesmo que ainda era muito cedo. Passei o resto do dia lendo. Anne e Mary limpo coisas que não eram sujos. Nós todos ficamos em silêncio enquanto Lucy recuperado. Prometi a mim mesmo que, se eu poderia ajudá-lo, Lucy não teria que passar por isso novamente. CAPÍTULO 14 Como eu previa, as meninas que pediram para ir para casa mudaram de idéia uma vez que tudo se acalmou. Nenhum de nós sabia exatamente o que queria sair, mas houve alguns Celeste-em particular-que estavam determinados a descobrir. Por enquanto ficamos com vinte e sete meninas. O ataque foi tão inconseqüente, de acordo com o rei, que mal justifica aviso prévio. No entanto, uma vez que equipes de filmagem foram fazendo o seu caminho naquela manhã, alguns dos que foi transmitido ao vivo. Aparentemente, o rei não estava contente com isso. Isso me fez pensar quantas ataca o palácio sofreu com que nunca ouvimos falar. Era muito menos seguro aqui do que eu pensava? Silvia explicou que, se o ataque havia sido muito pior, teríamos todos sido capaz de chamar nossas famílias e dizer-lhes que estávamos seguros. Como era, fomos instruídos a escrever cartas para casa em vez. Eu escrevi que eu estava bem e que o ataque provavelmente pareceu pior do que era e que o rei tinha todos nós manteve enfiadas. Pedi-lhes para não se preocupar comigo e disse-lhes que eu perdi-los e entregou a carta para fora uma empregada útil. O dia após o ataque passou sem incidentes. Eu tinha planejado ir até o quarto das Mulheres para falar-se Maxon para os outros, mas depois de ver Lucy tão abalada, optei por manter o meu quarto. Eu não sabia que minhas servas três ocupavam-se com enquanto eu estava fora, mas quando eu estava na sala, eles jogaram jogos de cartas comigo e deixar que pedaços de deslizamento de fofocas na conversa. Eu aprendi que para cada dez pessoas que eu vi no palácio, havia uma centena ou mais por trás deles. Os cozinheiros e lavadeiras que eu conhecia, mas havia também pessoas cujo único trabalho era manter os vidros limpos. Demorou uma semana inteira para a equipe para obtêlos tudo feito, até ao final dos quais a poeira iria encontrar o seu caminho passado os muros do palácio e se agarram ao vidro limpo, e eles têm que ser lavadas novamente. Havia também joalheiros escondido, confecção de peças para a família e presentes para os visitantes, e as equipes de costureiras e compradores mantendo a família real, e agora nós, impecavelmente vestido. Eu aprendi outras coisas, também. Os guardas que pensavam o mais bonito eo design horrível de um vestido novo a empregada estava fazendo a cabeça desgaste pessoal para as festas natalícias. Como alguns no palácio estavam tomando apostas sobre qual garota selecionado pode ganhar e que eu estava no top dez picaretas. Um bebê de um dos cozinheiros estava doente além da esperança, o que fez Anne rasgar um pouco. Esta menina passou a ser um grande amigo dela, e que o casal estava esperando tanto tempo para uma criança.


Ouvindo-os e unindo-se quando eu tinha alguma coisa vale a pena dizer, eu não poderia imaginar nada acontecendo lá embaixo mais divertido e estava feliz por ter tal companhia. O clima no meu quarto foi um dia muito tranquilo e feliz. O dia tinha sido tão bom, eu fiquei lá em cima no dia seguinte também. Desta vez, mantivemos as portas abertas para ambos corredor e na varanda, eo ar quente filtrado em e envolveu-se em torno de nós. Parecia fazer coisas maravilhosas particularmente para Lucy, e me perguntei quantas vezes ela realmente tem que sair. Anne fez um comentário sobre como tudo isso era inadequado-me sentar com eles, brincando com as portas abertas, mas deixá-lo cair quase que imediatamente. Ela foi rapidamente superando a tentar fazer-me a senhora parecia que eu deveria ser. Estávamos no meio de um jogo de cartas, quando notei uma figura com o canto do meu olho. Foi Maxon, situando-se a porta aberta, olhando divertido. À medida que nossos olhos se encontraram, eu podia ver que a sua expressão foi claramente perguntando o que no mundo que eu estava fazendo. Eu estava, sorrindo, e caminhou até ele. "Oh, doce Senhor," Anne murmurou como ela percebeu que o príncipe estava na porta. Ela imediatamente varreu as cartas em uma cesta de costura e ficou, Mary e Lucy seguir o mesmo caminho. "Senhoras", Maxon, disse. "Sua Majestade", disse ela com uma reverência. "Tal honra, senhor." "Para mim também", ele respondeu com um sorriso. As empregadas olhou para trás e para frente para o outro, lisonjeado. Estávamos todos em silêncio por um momento, não é completamente certo o que fazer. Maria de repente saltou. "Nós estávamos indo embora." "Sim! É isso mesmo, "Lucy acrescentou. "Estávamos-uh-só ..." Ela olhou para Anne ajuda. "Indo para terminar o vestido Senhora da América para sexta-feira", concluiu Anne. "Isso é certo", disse Maria. "Apenas dois dias para a esquerda." Eles lentamente circulava nos a sair da sala, sorrisos enormes estampadas nos seus rostos. "Não gostaria de mantê-lo de seu trabalho", Maxon, disse, seguindo-os com os olhos, completamente fascinado com o seu comportamento. Uma vez na sala, deram reverências desajeitadamente inoportunas e afastou-se a um ritmo febril. Imediatamente depois que dobrou a esquina, risadinhas Lucy ecoou pelo corredor, seguido por intensa hushing Anne. "Um grupo bastante você tem", Maxon, disse, entrando no meu quarto, examinando o espaço. "Eles me manter na ponta dos pés", eu respondi com um sorriso. "É claro que tem carinho por você. Isso é difícil de encontrar. "Ele parou de olhar para o meu quarto e me encarou. "Este não é o que eu imaginava seu quarto ficaria assim." Eu levantei um braço e deixá-lo cair. "Não é realmente meu quarto, não é? Ela pertence a vocês, e eu só acontecerá a ser emprestada. " Ele fez uma careta. "Certamente eles lhe disseram que as mudanças poderiam ser feitas? Uma cama nova, pintura diferente. " Dei de ombros. "A camada de tinta não faria essa mina. Meninas como eu não vivem em casas com pisos de mármore, "eu brinquei. Maxon sorriu. "O que o seu quarto em casa se parece?" "Hum, o que você veio para exatamente?" Eu coberto. "Oh! Eu tive uma idéia. "


"Sobre?" "Bem," ele começou, continuando a andar pela sala, "Eu pensei que desde que você e eu não tenho a relação típica que eu tenho com as outras meninas, talvez deveríamos ter ... meios alternativos de comunicação." Ele parou na frente do meu espelho e olhou para as fotos de minha família. "Sua irmã se parece com você", disse ele, divertindo-se com essa observação. Eu andei mais profundo em meu quarto. "Recebemos muito isso. O que foi aquilo comunicação alternativa? " Maxon acabado com as fotos e se mudou para o piano nas costas. "Desde que você é suposto estar a ajudar-me, ser meu amigo e tudo", continuou ele com um olhar aguçado para mim ", talvez não devêssemos estar contando com as notas tradicionais enviadas através empregadas domésticas e os convites formais para datas. Eu estava pensando em algo um pouco menos cerimonial. " Ele pegou a partitura em cima do piano. "Você trouxe estes?" "Não, aqueles eram aqui. Qualquer coisa que eu realmente quero jogar, eu posso fazer a partir da memória. " Suas sobrancelhas se levantou. "Impressionante." Ele voltou na minha direção sem terminar sua explicação. "Você poderia por favor pare de picar ao redor e concluir um pensamento inteiro?" Maxon suspirou. "Ótimo. O que eu estava pensando era que você e eu poderia ter um sinal ou algo assim, alguma forma de comunicação que temos de falar uns aos outros que ninguém mais iria pegar em. Talvez esfregando nossos narizes? "Maxon correu um dedo e voltando um pouco acima dos lábios. "Isso se parece com seu nariz está entupido. Não atraente. " Ele me deu um olhar um pouco perplexo e balançou a cabeça. "Muito bem. Talvez pudéssemos simplesmente executar os dedos através do nosso cabelo? " Eu balancei minha cabeça quase que imediatamente. "Meu cabelo é quase sempre puxado para cima com alfinetes. É quase impossível conseguir os meus dedos por ele. Além disso, o que se acontecer de você estar usando sua coroa? Você poderia batê-lo fora de sua cabeça. " Ele balançou um dedo para mim pensativo. "Excelente ponto. Hmmm. "Ele passou por mim, continuando a pensar, e parou perto da mesa da minha cama. "E puxando a sua orelha?" Eu considerei. "Eu gosto. Simples o suficiente para se esconder, mas não tão comum que poderia confundi-la com outra coisa. Orelha puxando ela é. " Atenção Maxon foi fixado em algo, mas ele virou-se para sorrir para mim. "Estou contente que você aprova. A próxima vez que você quiser me ver, basta puxar sua orelha, e eu vou assim que eu sou capaz. Provavelmente depois do jantar ", ele concluiu com um encolher de ombros. Antes que eu pudesse perguntar sobre mim que vinha para ele, Maxon atravessou a sala com o meu jar na mão. "O que no mundo é isso?" Eu suspirei. "Isso, eu estou com medo, está além da explicação." Sexta-feira chegou, e com isso veio a nossa estréia no Relatório Illéa Capital. Foi algo que foi exigido de nós, mas pelo menos esta semana tudo o que tínhamos a fazer era sentar-se lá. Com a diferença de tempo, íamos em menos de cinco anos, sentar-se com a hora, e depois sair para jantar. Anne, Maria e Lúcia teve o cuidado extra em vestir-me. O vestido era de um azul profundo, pairando perto de roxo. Ele foi montado através de meus quadris e espalharam-se em cetim ondas suaves atrás de mim. Eu não podia acreditar que estava tocando algo tão bonito. Botão


após botão foi preso nas minhas costas, e minhas servas colocar pinos enfeitados com pérolas no meu cabelo. Eles acrescentaram brincos pequenos e um colar feito de fio tão fino e pérolas tão distantes que pareciam que flutuavam na minha pele, e eu estava feito. Eu olhei no espelho. Eu ainda parecia comigo. Foi a mais bonita versão de mim mesmo que eu vi até agora, mas eu sabia que o rosto. Desde que meu nome tinha sido elaborado, eu temi que eu pudesse tornar-se algo irreconhecível, coberto por camadas de maquiagem e assim pendia com a jóia que eu teria que escavar para fora dela durante semanas para me encontrar novamente. Até agora, eu ainda estava na América. E, exatamente como eu, eu achei que eu estava coberto por um brilho de suor enquanto eu caminhava até a sala onde eles gravaram mensagens no palácio. Eles nos disseram para estar lá dez minutos mais cedo. Dez minutos significou 15 para mim. Significava mais como três para alguém como Celeste. Assim, a chegada das meninas foi reorganizada. Hordas de pessoas foram pululando por aí, colocando os últimos retoques nas linhas set-que agora realizado de assentos diferenciados para o selecionado. Os membros do conselho que eu reconheci de anos observando o Relatório estavam lá, lendo sobre seus roteiros e ajustar seus laços. A multidão selecionados foram verificar-se em espelhos e puxando seus vestidos extravagantes. Foi uma enxurrada de atividades. Virei-me e peguei o mais breve dos momentos na vida da Maxon. Sua mãe, a bela Rainha Amberly, empurrou alguns cabelos dispersos de volta no lugar. Ele ajeitou o paletó e disse algo para ela. Ela deu um aceno reconfortante, e Maxon sorriu. Gostaria de ter visto um pouco mais, mas Silvia, em toda sua glória, veio para me escoltar no lugar. "Só de cabeça para os tirantes, Lady America", disse ela. "Você pode sentar em qualquer lugar que você gosta. Então você sabe, a maioria das meninas já reivindicaram a linha da frente. "Ela olhou triste para mim, como se ela estivesse más notícias. "Oh, obrigado," eu disse, e fui feliz de ter um assento na parte traseira. Eu não gostava de subir os degraus pequenos com um vestido confortável e esses sapatos de tiras. (Eram os sapatos realmente necessárias? Ninguém foi mesmo ir ver os meus pés.) Mas eu consegui. Quando eu vi Marlee entrar, ela sorriu e acenou e veio se sentar ao meu lado. Significou muito para mim que ela escolheu um lugar ao meu lado, em oposição a um lugar na segunda fila. Ela foi fiel. Ela faria uma grande rainha. Seu vestido era de um amarelo brilhante. Com seu cabelo loiro e beijou-sol da pele, ela parecia que estava irradiando luz no quarto. "Marlee, eu amo esse vestido. Você parece fantástico! " "Oh, obrigado." Ela corou. "Eu pensei que poderia ser um pouco demais." "Nem um pouco! Confie em mim, ele é perfeito em você. " "Eu queria falar com você, mas você faltou. Você acha que podíamos falar amanhã? ", Ela perguntou em um sussurro. "Claro. No banheiro das mulheres, certo? É sábado, "eu disse em um tom compatível. "Tudo bem", ela respondeu com entusiasmo. Mesmo em frente de nós, Amy se virou. "Eu sinto que meus pinos estão caindo fora. Vocês podem vê-los? " Sem uma palavra, Marlee colocar seus dedos magros nos cachos de cabelo de Amy e verificado para os pinos soltos. "Isso se sentir melhor?" Amy suspirou. "Sim, obrigado." "Os Estados Unidos, há batom em meus dentes?" Zoe perguntou. Eu virei para a minha


esquerda e encontrou o seu sorriso maníaco, expondo todos os seus dentes brancos e brilhantes. "Não, você é bom", eu respondi, vendo pelo canto do meu olho que Marlee estava balançando a cabeça em confirmação. "Obrigado. Como ele está tão calmo? "Zoe perguntou, apontando em cima da Maxon, que estava conversando com um membro da tripulação. Ela então se abaixou e colocou a cabeça entre as pernas e começou a fazer respiração controlada. Marlee e eu nos entreolhamos, olhos arregalados de diversões, e tentando não rir. Era difícil se olhássemos para Zoe, então estudamos a sala e conversamos sobre o que os outros estavam vestindo. Havia várias meninas em tons de vermelho sedutores e verdes vivos, mas ninguém em azul. Olivia tinha ido tão longe a ponto de usar laranja. Eu admito que eu não sabia muito sobre moda, mas Marlee e eu concordamos que alguém deveria ter intervindo em seu nome. A cor fez seu tipo de pele de aspecto verde. Dois minutos diante das câmeras ligado, percebemos que não era o vestido fazendo seu olhar verde. Olivia vomitou na próxima lata de lixo muito alto e caiu no chão. Silvia mergulhou, e um barulho foi feito para limpar o suor dela e colocá-la em uma cadeira. Ela foi colocada na fila de trás com um pequeno receptáculo a seus pés, apenas no caso. Bariel estava no banco na frente dela. Eu não conseguia ouvir o que ela murmurou para a pobre moça de onde eu estava, mas parecia que Bariel estava preparado para ferir Olivia que ela deveria ter outro episódio de perto dela. Imaginei que Maxon tinha visto ou ouvido alguma da confusão, e eu olhei para ver se ele estava tendo algum tipo de reação a tudo isso. Mas ele não estava olhando para o distúrbio, ele estava olhando para mim. Rapidamente, tão rapidamente que seria parecido com nada além de coçar-se a qualquer outra pessoa-Maxon estendeu a mão e puxou sua orelha. Eu repeti o de volta a ação, e que ambos se afastaram. Fiquei animado em saber que hoje à noite, depois do jantar, Maxon seria acessar meu quarto. De repente, a música estava tocando o hino, e eu podia ver o emblema nacional em telas pequenas ao redor da sala. Eu troquei a sentar-se reto. Tudo que eu conseguia pensar era que minha família ia me ver esta noite, e eu queria que eles se orgulhar. Rei Clarkson estava no pódio falando sobre o ataque breve e malsucedida no palácio. Eu não teria chamado de sucesso. Conseguiu assustar os daylights fora de a maioria de nós. Anúncio após anúncio foi feito, e eu tentei estar ciente de tudo o que disse, mas era difícil. Eu estava acostumado a assistir a este em um sofá confortável com tigelas de pipoca e comentários da família. Muitos dos anúncios vinculados em que os rebeldes, colocar a culpa de certas coisas sobre os seus ombros. As estradas que estão sendo construídos em Sumner estavam atrasados por causa dos rebeldes, e o número de agentes locais em Atlin era baixo porque eles tinham sido enviados para ajudar com uma perturbação causada pelos rebeldes em St. George. Eu não tinha idéia nenhuma dessas coisas tivesse acontecido. Entre tudo o que eu ouvi e vi crescer e que eu tinha aprendido desde que chegou ao palácio, comecei a me perguntar o quanto sabíamos sobre os rebeldes. Talvez eu só não entendi, mas eu não acho que eles poderiam ser responsabilizado por tudo o que havia de errado com Illéa. E então, como se tivesse surgido do nada, Gavril estava andando no set após ser introduzido pelo Mestre de Eventos. "Boa noite a todos. Hoje à noite eu tenho um anúncio especial. A Seleção vem acontecendo há


uma semana e oito mulheres já foram para casa, deixando vinte e sete mulheres bonitas para Prince Maxon para escolher. Na próxima semana, por bem ou por mal, a maioria do Relatório Capital Illéa será dedicado a conhecer essas mulheres incríveis jovens. " Eu senti as bolinhas de suor no meu agrupamento templo. Sente-se aqui e boa aparência ... Eu poderia fazer isso. Mas responder às perguntas? Eu sabia que não ia ganhar este jogo pouco, o que não era o problema. Eu realmente, realmente não quero parecer um idiota na frente de todo o país. "Antes de chegarmos às senhoras, esta noite vamos ter um momento com o homem da hora. Como você está hoje à noite, o príncipe Maxon? "Gavril disse, andando pelo palco. Maxon haviam sido emboscados. Ele não tinha um microfone ou respostas preparadas. Pouco antes de microfone Gavril atingiu o rosto Maxon, eu lhe chamou a atenção e deu-lhe uma piscadela. Essa ação pequena foi suficiente para fazê-lo sorrir. "Estou muito bem, Gavril, obrigado." "Você está gostando de sua empresa até agora?" "Sim! Tem sido um prazer conhecer estas senhoras. " "São todos os doces, gentis senhoras que parecem ser?" Gavril perguntou. Antes Maxon respondeu, a resposta trouxe um sorriso ao meu rosto. Porque eu sabia que era sim ... mais ou menos. "Umm ..." Maxon olhou Gavril passado para mim. "Quase". "Quase?" Gavril perguntou, surpreso. Ele se virou para nós. "É alguém ali sendo impertinente?" Felizmente, todas as meninas soltou risadinhas de luz, por isso misturado polegadas O pequeno traidor! "O que exatamente essas meninas fazem isso não é tão doce?" Gavril perguntou Maxon. "Oh, bem, deixe-me dizer-lhe." Maxon cruzou as pernas e ficou muito confortável em sua cadeira. Foi provavelmente o mais relaxado que eu já tinha visto ele, sentado ali zombando de mim. Eu gostei desse lado dele. Eu queria que saísse mais vezes. "Um deles teve a coragem de gritar comigo e não com força a primeira vez que nos encontramos. Foi-me dado uma bronca muito grave. " Acima da cabeça Maxon, o rei ea rainha trocaram um olhar. Parecia que estavam ouvindo esta história pela primeira vez, também. Ao meu lado as meninas estavam olhando para o outro, confuso. Eu não entendi até Marlee disse algo. "Eu não me lembro de ninguém gritando com ele na Grande Sala. Você? " Maxon parecia ter esquecido que nosso primeiro encontro foi concebido para ser um segredo. "Acho que ele está falando isso para torná-lo mais engraçado. Eu disse algumas coisas sérias para ele. Eu acho que ele pode significar mim. " "A bronca, você diz? Para quê? "Gavril continuou. "Honestamente, eu não estava realmente certo. Acho que foi um ataque de saudade. É por isso que eu perdoei ela, é claro. "Maxon foi solto e fácil agora, conversando com Gavril como se ele fosse a única pessoa na sala. Eu teria que dizer-lhe mais tarde o quão maravilhoso ele fez. "Então, ela ainda está com a gente, então?" Gavril olhou para a coleção das meninas, sorrindo amplamente, e depois voltou para enfrentar o seu príncipe. "Oh, sim. Ela ainda está aqui ", disse Maxon, não deixando que os olhos vaguear do rosto de Gavril. "E eu pretendo mantê-la aqui por um bom tempo."


CAPÍTULO 15 JANTAR foi decepcionante. Semana que vem eu teria que dizer aos meus empregadas para deixar algum espaço no vestido para eu comer. No meu quarto, Anne, Maria e Lúcia esperou para me ajudar a sair do meu vestido, mas eu expliquei que eu tinha necessidade de permanecer nele um pouco mais. Anne percebi isso primeiro que Maxon estava vindo me ver, porque eu estava sempre ansioso para sair das roupas de ligação. "Você gostaria que ficássemos mais tarde esta noite? Não há problema ", disse Mary apenas um pouco esperançoso. Após a calamidade da Maxon visitar no início desta semana, resolvi enviá-los o mais cedo possível era o melhor caminho a percorrer. Além disso, eu não podia suportar a tê-los me olhando até que ele apareceu. "Não, não. Eu estou bem. Se eu tiver um problema com o vestido mais tarde, eu vou tocar. " Eles relutantemente apoiou a porta e deixou-me a esperar por Maxon. Eu não sabia quanto tempo ele estaria, e eu não queria começar um livro e tem que parar, ou sentar-se no piano só para pular a volta por cima. Acabei apenas descansando na cama, esperando. Eu deixei minha mente vagar. Pensei em Marlee e sua bondade. Percebi que, além de alguns pequenos detalhes, eu sabia muito pouco sobre ela. Ainda assim, eu confiei que suas ações em relação a mim não estavam em falso caminho. E então eu pensei das garotas que estavam todos muito falso. Gostaria de saber se Maxon poderia dizer a diferença. Parecia experiência Maxon com as mulheres era tão grande e tão pequeno ao mesmo tempo. Ele foi cortês o suficiente, mas quando ele chegou muito perto, ele veio desfeita. Era como se ele sabia como tratar uma mulher, ele simplesmente não sabia como tratar uma data. Era um contraste com Aspen. Aspen. Seu nome, seu rosto, sua memória me atingiu tão rapidamente que era difícil de processar. Aspen. O que ele estava fazendo agora? Foi chegando perto do toque de recolher em Carolina. Ele ainda estaria no trabalho, se ele tinha um emprego hoje. Ou talvez com Brenna, ou quem quer que ele decidiu começar a gastar seu tempo com uma vez que nós terminamos. Parte de mim doía saber ... parte de mim queria a desmoronar-se só de pensar nisso. Olhei para o meu jar. Peguei-o e sentiu o slide centavo ao redor, tão solitário. "Eu também", eu sussurrei. "Eu também". Seria estúpido da minha parte para manter isso? Eu tinha dado de volta tudo o mais, então por que guardar um centavo pouco? Será que isso é tudo que eu tinha deixado? Uma moeda de um centavo em uma jarra para mostrar a minha filha um dia, para lhe contar sobre o meu namorado, o primeiro um ninguém conhecia? Eu não tive tempo de me debruçar sobre as minhas preocupações. Maxon batida firme veio poucos minutos depois. Eu encontrei-me a correr para a porta. Desenhei-o aberto em uma varredura grande, e Maxon pareceu surpreso ao me ver. "Onde no mundo são suas empregadas domésticas", questionou, observando meu quarto. "Gone. Eu emiti-los fora quando eu voltar do jantar. " "Todo dia?" "Sim, claro. Eu posso tirar minhas roupas por mim, obrigado. " Maxon ergueu as sobrancelhas e sorriu. Corei. Eu não quis dizer que ele saia assim. "Pegue um envoltório. É a frio. "


Caminhamos pelo corredor. Eu ainda estava um pouco distraído com meus pensamentos, e eu sabia até agora que Maxon não foi grande, com conversas iniciais. Eu tinha furado a minha mão em torno de seu braço quase que imediatamente, no entanto. Fiquei contente que havia uma espécie de familiaridade lá. "Se você insistir em não manter suas empregadas ao redor, eu vou ter que colocar um guarda à sua porta", disse ele. "Não! Eu não gosto de ser babá ". Ele riu. "Ele ficaria fora. Você nem sequer sabe que ele estava lá. " "Eu gostaria muito", eu reclamei. "Eu sentir sua presença." Maxon fez uma brincadeira suspiro exausto. Eu estava tão ocupado discutindo, eu não ouvir os sussurros, até que foram praticamente em frente de nós. Celeste, Emmica, e Tiny estavam indo atrás de nós em direção a seus quartos. "Senhoras", Maxon, disse, e deu um aceno de cabeça pequena. Eu supunha que era tolice pensar que ninguém nos ver juntos. Senti meu rosto esquentar, mas eu não tinha certeza do porquê. As garotas fez uma reverência e continuou seu caminho. Olhei por cima do ombro para eles como nós fomos em direção às escadas. Emmica e Tiny olhou curioso. Dentro de minutos, eles estariam contando aos outros sobre isso. Gostaria de ser encurralado amanhã com certeza. Celeste estava olhando para mim punhais. Eu tinha certeza que ela pensou que eu havia pessoalmente ofendido ela. Eu virei e disse a primeira coisa que me veio à mente. "Eu disse que as meninas que ficaram nervosos com o ataque poderia acabar ficando." Eu não sabia exatamente o que pediu para sair, mas rumores apontam para minúsculos como sendo um. Ela tinha desmaiado. Alguém havia dito Bariel, mas eu sabia que era uma mentira. Você teria que retirar a coroa para fora de suas frias mãos mortas em primeiro lugar. "Você não pode imaginar o que é um alívio que foi." Ele parecia sincero. Levei um momento para pensar em como responder, como que não era bem o que eu estava esperando, e eu estava muito focado em não cair. Eu não sabia como tomar medidas para baixo muito bem, mantendo a outra pessoa. Os saltos não ajudaram. Pelo menos se eu escorreguei, ele iria me agarrar. "Eu teria pensado que seria útil em uma maneira", disse eu, como nós o fizemos para o primeiro andar e eu encontrei o meu pé de novo. "Quero dizer, ele tem que ser complicado escolher uma pessoa para fora de todas essas meninas. Se as circunstâncias eliminados alguns para você, não deve que tornam mais fácil? " Maxon encolheu os ombros. "Suponho que deveria. Mas não sinto desse jeito em tudo, eu lhe garanto. "Ele parecia ferido. "Boa noite, senhores", ele cumprimentou os guardas, que abriram as portas para o jardim, sem a menor hesitação. Talvez eu teria que tomar Maxon acima em que a oferta para que eles saibam que eu gostava de ir lá fora. A idéia de ser capaz de escapar com tanta facilidade era atraente. "Eu não entendo," eu disse enquanto ele me levou para um banco de deixar o nosso banco e me sentar de frente para as luzes do palácio. Ele sentou-se com o seu corpo de frente para a direção oposta, de modo que nós estávamos tipo de transformou em um para o outro. Foi uma maneira fácil de falar. Ele parecia hesitante sobre o compartilhamento, mas ele respirou fundo e falou. "Talvez eu estivesse apenas lisonjeiro me, pensando que eu ia valer a pena algum tipo de risco. Não que


eu desejo isso para ninguém! ", Esclareceu ele. "Eu não quero dizer isso. É só ... Eu não sei. Não que todos ver tudo o que eu estou arriscando? " "Umm, não. Você está aqui com sua família para lhe dar conselhos, e todos nós vivemos em torno de sua programação. Tudo sobre a sua vida continua a mesma, eo nosso mudou durante a noite. O que no mundo você poderia estar arriscando? " Maxon parecia chocado. "Os Estados Unidos, eu poderia ter minha família, mas imaginar como é embaraçoso ter seus pais assistir enquanto você tenta agora, pela primeira vez. E não apenas o seu pais, todo o país! Pior que isso, não é mesmo um estilo normal de namoro. "E vivendo ao redor da minha agenda? Quando não estou com vocês todos, eu estou organizando tropas, fazer leis, aperfeiçoando os orçamentos ... e tudo sobre os meus próprios estes dias, enquanto meu pai me olha tropeçar na minha própria estupidez, porque eu não tenho nenhum da sua experiência. E então, quando eu, inevitavelmente, fazer as coisas de uma maneira que ele não quis, ele vai e corrige meus erros. E enquanto eu estou tentando fazer todo esse trabalho, você, as meninas, quero dizer-se tudo o que posso pensar. Estou animado e aterrorizado pelo monte de você! " Ele estava usando as mãos mais do que eu já tinha visto, chicoteando-os no ar e executá-los através de seu cabelo. "E você acha que minha vida não está mudando? O que você acha de minhas possibilidades pode ser de encontrar uma alma gêmea no grupo de vocês? Eu vou ser feliz se eu só posso encontrar alguém que vai ser capaz de ficar comigo para o resto de nossas vidas. E se eu já a mandaram para casa porque eu estava contando com algum tipo de faísca Eu não sinto? E se ela está esperando para me deixar ao primeiro sinal de adversidade? E se eu não encontrar ninguém em tudo? O que eu faço, então, a América? " Seu discurso tinha começado irritado e apaixonado, mas no final as perguntas não eram mais retórico. Ele realmente queria saber: O que ele vai fazer se ninguém aqui estava nem perto de ser alguém que ele poderia amar? Apesar de que nem sequer parece ser sua principal preocupação, ele estava mais preocupado que ninguém iria amá-lo. "Na verdade, Maxon, eu acho que você vai encontrar sua alma gêmea aqui. Honestamente. " "Sério?" Sua voz carregada de esperança em minha previsão. "Absolutamente." Eu coloquei a mão em seu ombro. Ele parecia ser confortado por aquele toque sozinho. Gostaria de saber quantas vezes as pessoas simplesmente tocou. "Se sua vida está de cabeça para baixo como você diz que é, então ela tem que estar aqui em algum lugar. Na minha experiência, o amor verdadeiro é geralmente o tipo mais inconveniente. "Eu sorri fracamente. Ele parecia feliz ao ouvir aquelas palavras, e eles me consolou bem. Porque eu acreditava neles. E se eu não pudesse ter o amor de minha autoria, o melhor que eu podia fazer era ajudar Maxon encontrá-lo ele mesmo. "Espero que você e Marlee bater fora. Ela é incrivelmente doce. " Maxon fez uma cara estranha. "Ela parece que sim." "O quê? Há algo errado com doce? " "Não, não. Doce é bom. " Ele não entrou em detalhes. "O que você continuar procurando?", Ele perguntou de repente. "O quê?"


"Você não consegue manter seus olhos em um só lugar. Eu posso dizer que você está prestando atenção, mas você parece estar procurando alguma coisa. " Eu percebi que ele estava certo. Tudo através do seu pequeno discurso, eu examinou o jardim e as janelas e até mesmo as torres ao longo das paredes. Eu estava ficando paranóico. "As pessoas ... câmeras ..." Eu balancei minha cabeça enquanto eu olhava para a noite. "Estamos sozinhos. Há apenas o guarda perto da porta. "Maxon apontou para a figura solitária à luz do lampião palácio. Ele estava certo, ninguém tinha seguido nos para fora, e as janelas estavam todas iluminadas, mas vago. Eu tinha visto que já na minha varredura, mas ajudou a ter a confirmação. Senti a minha postura relaxar um pouco. "Você não gosta de pessoas assistindo você, não é?", Perguntou ele. "Não é verdade. Eu prefiro ser abaixo do radar. É isso que eu estou acostumado, sabe? "Eu segui os padrões esculpidos no bloco perfeito de pedra embaixo de mim, não encontrando seus olhos. "Você vai ter que ajustar a isso. Quando você sair daqui, os olhos estarão em você para o resto de sua vida. Minha mãe ainda fala com algumas das mulheres que estava com ela quando ela passou pela Seleção. Eles estão todos vistos como mulheres importantes. Ainda. " "Ótimo," eu gemi. "Só mais uma coisa que eu não posso esperar para ir para casa." Maxon rosto era apologético, mas eu tive que desviar o olhar. Eu estava recém lembrou do quanto essa competição idiota custava-me, como a minha idéia do normal nunca estava voltando. Não parece justo .... Mas eu verifiquei-me novamente. Eu não deveria tirá-lo em Maxon. Ele era muito mais uma vítima neste como o resto de nós, embora de uma forma muito diferente. Eu suspirei e olhei para trás para ele. Eu vi seu rosto, como conjunto ele decidiu alguma coisa. "América, eu poderia te perguntar uma coisa pessoal?" "Talvez", eu coberto. Ele me deu um sorriso sem graça. "É só ... bem, eu posso dizer que você realmente não gostar daqui. Você odeia as regras e os da concorrência e da atenção e as roupas e ... bem, não, você gosta da comida. "Ele sorriu. Eu também. "Você sente falta de sua casa e sua família ... e eu suspeito que outras pessoas muito, muito mesmo. Seus sentimentos são incrivelmente perto da superfície. " "Sim". Revirei os olhos. "Eu sei". "Mas você está disposto a sentir saudades e miserável aqui em vez de ir para casa. Por quê? " Senti o aumento nó na garganta, e eu empurrei-o de volta. "Eu não sou miserável ... e você sabe por quê." "Bem, às vezes você parece bem. Eu vejo você sorrir quando você falar com algumas das outras meninas, e você parece muito contente durante as refeições, eu vou te dar isso. Mas outras vezes você está tão triste. Você poderia me dizer por quê? A história toda? " "É apenas mais uma história de amor fracassado. Não é nada grande ou emocionante. Confie em mim. "Por favor, não me empurre. Eu não quero chorar. "Para melhor ou para pior, eu gostaria de saber uma verdadeira história de amor além de meus pais ', que estava fora destes muros e as regras ea estrutura .... Por favor? " A verdade era que eu tinha levado o segredo por tanto tempo, eu não poderia imaginar colocá-lo em palavras. E doeu muito para pensar em Aspen. Eu poderia até dizer seu nome em voz alta? Eu tomei uma respiração profunda. Maxon foi o meu amigo agora. Ele tentou tão difícil ser bom para mim. E ele tinha sido tão honesto comigo ....


"No mundo lá fora", eu apontei o vasto passado paredes "as castas cuidar um do outro. Às vezes. Tal como o meu pai tem três famílias que compram pelo menos uma pintura a cada ano, e eu tenho família que sempre me escolhem para cantar em suas festas de Natal. Eles são nossos fregueses, viu? "Bem, nós éramos tipo de clientes para sua família. Eles são seis. Quando podíamos dar ao luxo de ter alguém ajudar a limpar ou se precisava de ajuda com o inventário, a gente sempre chamou sua mãe. Eu o conheci quando éramos crianças, mas ele era mais velho que eu, mais perto da idade do meu irmão. Eles sempre jogou duro, então eu evitava. "Meu irmão mais velho, Kota, ele é um artista como meu pai. Há alguns anos atrás este pedaço escultura de metal que tinha vindo a trabalhar há anos vendidas para uma enorme quantidade de dinheiro. Você pode ter ouvido falar dele. " Maxon boca as palavras Cantor Kota. Os segundos se passaram, e eu vi a conexão clique em seu cérebro. Eu escovava meus cabelos dos meus ombros e me preparei. "Ficamos realmente animado para Kota, ele tinha trabalhado muito duro naquele pedaço. E nós precisávamos desse dinheiro tão mal no momento, toda a família estava exultante. Mas Kota mantido quase todo o dinheiro para si próprio. Aquela escultura catapultou-o, as pessoas começaram a chamar pelo seu trabalho todos os dias. Agora ele tem uma lista de espera de um quilômetro de comprimento e cargas através do telhado porque ele pode. Eu acho que ele poderia ser um pouco viciada na fama. Fives raramente recebem esse tipo de aviso. " Nossos olhos se encontraram em um momento muito significativo, e eu pensei de novo como eu já tinha passado nunca passar despercebido mais uma vez, se eu queria ser ou não. "De qualquer forma, após as chamadas começaram a vir, Kota decidiu desligar-se da família. Minha irmã mais velha tinha acabado de casar, por isso, perdeu a renda. Então Kota começa a ganhar dinheiro real, e ele para cima e deixa-nos. "Eu coloquei minhas mãos no peito Maxon para enfatizar o meu ponto. "Você não faz isso. Você não pode simplesmente deixar a sua família. Grudadas ... é a única maneira de sobreviver. " Eu vi a compreensão nos olhos da Maxon. "Ele guardou tudo para si mesmo. Tentando comprar o seu caminho para cima? " Eu balancei a cabeça. "Ele tem seu coração conjunto sobre ser um Two. Se ele estava feliz de ser de três ou quatro, ele poderia ter comprado esse título e nos ajudou, mas ele está obcecado. É estúpido, realmente. Ele vive mais do que confortável, mas é que o rótulo maldito que ele quer. Ele não vai parar até que ele recebe-lo. " Maxon balançou a cabeça. "Isso poderia levar uma vida inteira." "Enquanto ele morre com um dois em sua lápide, acho que ele não se importa." "Acho que você não está perto mais?" Eu suspirei. "Agora não. Mas no começo eu pensei que tinha acabado mal entendido alguma coisa. Eu pensei que Kota estava saindo para ser independente e não se separar de nós. No começo, eu estava do seu lado. Quando Kota tem o seu apartamento e estúdio de criação, fui ajudá-lo. E ele chamou de uma mesma família de Seis sempre fizemos e seu filho mais velho estava disponível e ansioso e trabalhou com Kota alguns dias ajudando a definir as coisas para cima. " Fiz uma pausa, lembrando-se. "Então lá estava eu, apenas puxando as coisas de caixas ... e lá estava ele. Nossos olhos se encontraram, e ele não parece tão velho ou mais áspero. Fazia algum tempo desde que tinha


visto o outro, sabe? Nós não éramos mais crianças. "O dia inteiro eu estava lá, nós acidentalmente tocar uns aos outros como nós mudamos as coisas. Ele olhava para mim ou sorrir, e eu senti como se estivesse realmente vivo pela primeira vez. Eu só ... Eu era louca por ele. " Minha voz finalmente quebrou, e algumas das lágrimas que eu estava sentindo falta de lançar saiu. "Nós vivemos muito perto um do outro, então eu fazer caminhadas durante o dia apenas no caso eu posso ficar para vê-lo. Sempre que sua mãe veio para ajudar, às vezes ele aparecer também. E tínhamos acabado de assistir o outro, isso é tudo o que podíamos fazer. "Deixei escapar um soluço minúsculo. "Ele é um Cinco Seis e eu sou um, e existem leis ... e minha mãe! Oh, ela teria ficado furiosa. Ninguém podia saber. " Eu estava movendo as mãos um pouco spastically, o stress de todos a vinda secreta de manutenção para a superfície. "Logo, havia pequenas notas anônimas deixadas gravadas na minha janela me dizendo que eu era bonita ou que eu cantava como um anjo. E eu sabia que eram dele. "A noite do meu aniversário de quinze anos, minha mãe deu uma festa e sua família foi convidada. Ele me encurralou e deu-me o meu cartão de aniversário e disse-me para lê-lo quando eu estava sozinho. Quando eu finalmente cheguei ao local, não ter seu nome ou mesmo um 'Feliz Aniversário' no interior. Ele apenas disse, 'casa da árvore. Meia-noite. " Maxon olhos se arregalaram. "Meia-noite? Mas " "Você deve saber que eu quebro toque de recolher Illéa regularmente." "Você poderia ter pousado mesmo na prisão, a América." Ele balançou a cabeça. Dei de ombros. "Naquela época, parecia inconsequente. Essa primeira vez, eu senti como se estivesse voando. Lá estava ele, descobrir uma maneira para sermos sós. Eu simplesmente não podia acreditar que ele queria ficar sozinho comigo. "Essa noite eu esperava no meu quarto e vi a casa da árvore no meu quintal. Perto da meianoite, vi alguém subir. Eu lembro que eu realmente fui escovar os dentes novamente, apenas no caso. Arrastei-me pela minha janela e até a árvore. E ele estava lá. Eu só ... Eu não podia acreditar. "Eu não me lembro como começou, mas logo estávamos confessando como nos sentimos um sobre o outro, e nós não conseguíamos parar de rir, porque nós estávamos tão felizes o outro sentia o mesmo. E eu simplesmente não podia ser incomodado se preocupar em quebrar toque de recolher ou mentir para meus pais. E eu não me importava que eu era um de cinco e era um Six. Eu não se preocupe com o futuro. Porque nada poderia importa tanto quanto ele me amar ... "E ele fez, Maxon, ele fez ...." Mais lágrimas. Apertei meu peito, sentir a ausência de Aspen, como eu nunca tive. Dizer isso em voz alta apenas tornou mais real. Não havia nada a fazer, mas terminar a história. "Namoramos em segredo por dois anos. Ficamos felizes, mas ele estava sempre preocupado com nós esgueirando e como ele não podia me dar o que ele achou que eu merecia. Quando chegamos o aviso sobre a Seleção, ele insistiu que eu me inscrever. " Maxon boca caiu aberta. "Eu sei. Era tão estúpido. Mas teria pairava sobre ele para sempre se eu não tentar. E eu, honestamente, honestamente pensei que nunca iria ter escolhido. Como eu poderia? " Levantei minhas mãos no ar e deixá-los cair. Eu ainda estava perplexo com tudo isso.


"Eu descobri a partir de sua mãe que ele estava guardando para se casar com uma garota mistério. Eu estava tão animado. Fiz-lhe um jantar surpresa, pensando que eu poderia convencer a proposta dele. Eu estava tão pronto. "Mas quando ele viu todo o dinheiro que eu gasto com ele, perturbá-lo. Ele é muito orgulhoso. Ele queria estragar-me, e não o contrário, e eu acho que ele viu, então, que ele nunca seria capaz de fazer. Assim, ele terminou comigo em vez .... "Uma semana mais tarde, meu nome foi chamado." Ouvi Maxon algo ininteligível sussurro. "A última vez que o vi foi no meu send-off", eu me engasguei. "Ele estava com outra garota." "O QUÊ?" Maxon gritou. Eu enterrei minha cabeça em minhas mãos. "A coisa é, ele me deixa louca porque eu sei que outras meninas estão atrás dele, que sempre foram, e agora ele não tem motivos para transformá-los para baixo. Talvez ele seja mesmo com a menina da minha despedida. Eu não sei. E eu não posso fazer nada sobre isso. Mas o pensamento de ir para casa e vê-lo ... Eu só não posso, Maxon .... " Eu chorei e chorei, e Maxon não me apresse. Quando as lágrimas finalmente começou a diminuir, falei. "Maxon, eu espero que você encontre alguém que você não pode viver sem. Eu realmente fazer. E eu espero que você nunca tem que saber como é ter que tentar viver sem eles. " Maxon cara era um eco raso da minha própria dor. Ele parecia absolutamente de coração partido por mim. Mais do que isso, ele olhou com raiva. "Sinto muito, América. Eu não ... "Seu rosto mudou um pouco. "É este um bom momento para acariciar seu ombro?" Sua incerteza me fez sorrir. "Sim. Agora seria um grande momento. " Ele parecia tão cético quanto ele tinha sido outro dia, mas em vez de apenas batendo no meu ombro, ele se inclinou e timidamente passou os braços em volta de mim. "Eu só realmente nunca abraçar minha mãe. Isto está correto? ", Perguntou ele. Eu ri. "É difícil conseguir um abraço errado." Depois de um minuto, falei novamente. "Eu sei que você quer dizer, no entanto. Eu realmente não abraçar ninguém além da minha família. " Eu me senti tão drenado após o longo dia de vestir e do Relatório e jantar e conversar. Foi bom ter Maxon apenas me abraçar, às vezes até batendo no meu cabelo. Ele não estava tão perdido quanto parecia. Ele esperou pacientemente pela minha respiração a abrandar, e quando o fez, ele se afastou para olhar para mim. "América, eu prometo que vou mantê-lo aqui até o último momento possível. Eu entendo que eles querem que eu estreitar a Elite para três e depois escolher. Mas eu te juro, eu vou fazer isso a dois e mantê-lo aqui até então. Eu não vou fazer você deixar um momento antes tenho que fazer. Ou o momento você está pronto. O que ocorrer primeiro. " Eu balancei a cabeça. "Eu sei que nós nos conhecemos, mas acho que você é maravilhoso. E isso me incomoda vê-lo ferido. Se ele estivesse aqui, eu ... eu ... "Maxon balançou com a frustração, então suspirou. "Eu sinto muito, a América." Ele me puxou de volta, e eu descansei minha cabeça em seu ombro largo. Eu sabia Maxon manteria suas promessas. Assim eu estabeleci-me em lugar talvez a última vez que pensei que encontraria conforto genuíno.


CAPÍTULO 16 Quando eu acordei na manhã seguinte, senti minhas pálpebras pesadas. Como eu esfregava a dor minúscula fora deles, eu me senti feliz que eu tinha dito tudo Maxon. Parecia tão engraçado que o palácio da bela gaiola era o único lugar que eu poderia realmente me deixei ser aberta sobre tudo o que eu estava sentindo. Promessa Maxon estabeleceu-se em durante a noite, e eu tinha certeza de que eu estaria seguro aqui. Todo este processo de Maxon reduzir gradualmente trinta e cinco mulheres para um ia levar semanas, talvez meses. O tempo eo espaço eram justamente o que eu precisava. Eu não podia ter certeza que eu jamais superar Aspen. Eu tinha ouvido minha mãe conversar sobre o seu primeiro amor é o que fica com você. Mas talvez eu fosse capaz de apenas se sentir normal, mais cedo ou mais tarde com esse tempo entre nós. Minhas servas não perguntar sobre meus olhos inchados, eles apenas fizeram menos inchado. Eles não questionaram minha bagunça de cabelo, eles apenas suavizadas-lo. E eu gostei disso. Não era como casa, onde todo mundo viu que eu estava triste e não fazer nada sobre isso. Aqui eu podia sentir que todos estavam preocupados comigo e tudo o que foi que eu estava passando. Na resposta que me tratava com extremo cuidado. Por meio da manhã eu estava pronto para começar meu dia. Era sábado, por isso não havia rotina ou horário, mas foi a um dia por semana, todos nós fomos obrigados a ficar no banheiro das mulheres. O palácio viu convidados aos sábados, e nós tínhamos sido avisados de que as pessoas possam ter ao nosso encontro. Eu não estava muito animado sobre isso, mas pelo menos eu comecei a usar meu jeans novo, pela primeira vez. Claro, eles eram o melhor par-instalação de calças que eu já possuía. Eu esperava que desde Maxon e eu estávamos em condições tão boas, que ele deixe-me mantê-los depois que eu saí. Desci as escadas lentamente, um pouco cansado de uma noite. Antes que eu ainda tenho a Sala da Mulher, eu ouvi o zumbido de meninas conversando, e quando entrei, Marlee me agarrou e me puxou em direção a duas cadeiras no fundo da sala. "Aí está você! Eu estive esperando por você ", disse ela. "Desculpe, Marlee. Eu tinha uma longa noite e dormiu dentro " Ela se virou para olhar para mim, provavelmente observando a tristeza sobra em minha voz, mas docemente decidiu se concentrar em meus jeans. "Aqueles olhar fantástico." "Eu sei. Eu nunca senti nada parecido com eles. "Minha voz levantou um pouco. Decidi voltar para a minha velha regra: Aspen não foi permitido aqui. Eu empurrei ele para longe e focado na minha pessoa de segunda favorita no palácio. "Desculpe deixar você esperando. O que você quer falar? " Marlee hesitou. Ela mordeu o lábio quando nos sentamos. Não havia ninguém por perto. Ela deve ter um segredo. "Na verdade, agora que penso nisso, talvez eu não deveria dizer-lhe. Às vezes eu esqueço que estamos competindo uns contra os outros. " Oh. Ela tinha segredos da variedade Maxon. Isso eu tinha que ouvir. "Eu sei como você se sente, Marlee. Acho que poderíamos nos tornar amigos realmente próximos. Eu não posso pôr-me a pensar em você como um inimigo, você sabe? "


"Yeah. Eu acho que você é tão doce. E as pessoas te amam. Quero dizer, você provavelmente vai ganhar .... "Ela parecia um pouco derrotado na idéia. Eu tive que irá me a não estremecer ou rir essas palavras. "Marlee, posso lhe contar um segredo?" Minha voz estava cheia de verdade gentil. Eu esperava que ela iria acreditar em minhas palavras. "Claro, a América. Qualquer coisa. " "Eu não sei quem vai ganhar essa coisa toda. Realmente, poderia ser qualquer um nesta sala. Eu acho que todo mundo acha que vai ser deles, mas já sei que se não pode ser eu, eu quero que seja você. Você parece generoso e justo. Eu acho que você seria um grande princesa. Honestamente. "Foi quase toda a verdade. "Eu acho que você é inteligente e bem apessoado", ela sussurrou. "Você seria ótimo também." Baixei a cabeça. Era doce de seu pensar tão bem de mim. Eu me senti um pouco desconfortável quando as pessoas falavam de mim dessa maneira, apesar de ... Maio, Kenna, minhas servas ... foi difícil de acreditar quantas pessoas pensaram que eu ia ser uma princesa boa. Eu era o único que viu como eu estava errada? Eu era não refinado. Eu não tenho em mim para ser mandão ou excessivamente organizada. Eu era egoísta e tinha um temperamento horrível, e eu não gosto de estar na frente das pessoas. E eu não estava bravo. Você tinha que ser corajoso para assumir este trabalho. E isso é o que era aquilo. Não apenas um casamento, mas uma posição. "Eu me sinto assim sobre um monte de meninas", confessou. "Como todo mundo tem alguma qualidade que eu não teria que fazê-los melhor do que eu." "Essa é a coisa, Marlee. Você provavelmente poderia encontrar algo especial sobre todos nesta sala. Mas quem sabe exatamente o que Maxon está procurando? " Ela balançou a cabeça. "Então, não vamos nos preocupar com isso. Você pode me dizer o que quiser. Vou manter os seus segredos, se você manter o meu. Vou puxar por ti, e se você quiser, você pode puxar para mim. É bom ter amigos aqui. " Ela sorriu e olhou ao redor da sala, verificando a certeza de que ninguém poderia ouvinos. "Maxon e eu tinha a nossa data", ela sussurrou. "Sim", eu perguntei. Eu sabia que parecia muito ansioso, mas eu não poderia ajudá-la. Eu queria saber se ele conseguiu ser menos rígida em torno dela. E eu queria saber se ele gostava dela. "Ele enviou uma carta aos meus empregadas e perguntou se ele podia me ver na quinta-feira." Eu sorri como Marlee falou e pensou em como no dia anterior ele tinha feito isso, Maxon e eu tinha decidido eliminar essas formalidades. "Eu mandei um de volta dizendo que sim, claro, como eu já transformá-lo para baixo! Ele veio para me pegar, e nós andamos em torno do palácio. Temos que falar de filmes, e verifica-se que nós gostamos um monte das mesmas. Então, descemos para o porão. Você já viu o cinema lá embaixo? " "Não." Eu nunca tinha sido realmente em um cinema, e eu não poderia esperar por ela para descrever isso. "Oh, ele é perfeito! Os assentos são largas e reclinam eles e você ainda pode aparecer um pouco de pipoca, eles têm um popper. Maxon estava lá e fez um lote só para nós! Era tão bonito, América. Ele mediu o óleo errado e que o primeiro lote queimado. Ele teve que chamar alguém para vir e limpá-lo e tente novamente. "


Revirei os olhos. Suave, Maxon, suave real. Pelo menos Marlee parecia pensar que era cativante. "Então, assisti o filme, e quando chegamos à parte romântica no final, ele segurou minha mão! Eu pensei que eu desmaiar. Quer dizer, eu tinha tomado seu braço quando caminhávamos, mas isso é apenas o que você está suposto fazer. Aqui ele estava tomando minha mão .... "Ela suspirou e caiu para trás em sua cadeira. Eu ri em voz alta. Ela parecia completamente desbaratados. Sim, sim, sim! "Eu não posso esperar por ele para me visitar novamente. Ele é tão bonito, não acha? ", Perguntou ela. Fiz uma pausa. "Sim, ele é bonito." "Vamos, América! Você tem que ter notado aqueles olhos e sua voz .... " "Exceto quando ele ri!" Basta lembrar rir Maxon tinha me sorrindo. Foi bonito, mas estranho. Ele empurrou suas respirações e, então, fez um barulho irregular quando inalado, quase como um outro riso em si mesmo. "Sim, ok, ele tem uma risada engraçada, mas é bonito." "Claro, se você gosta do som adorável de um ataque de asma em seu ouvido toda vez que você contar uma piada." Marlee perdido e dobrou no riso. "Tudo bem, tudo bem", disse ela, aproximando-se para o ar. "Você tem que pensar que há algo atraente sobre ele." Eu abri minha boca e fechá-la duas ou três vezes. Fiquei tentado a tomar um outro espetar Maxon, mas eu não queria Marlee para vê-lo em uma luz negativa. Então eu pensei sobre isso. O que era atraente sobre Maxon? "Bem, quando ele deixa seu protetor para baixo, ele está bem. Como quando ele só fala sem verificar as suas palavras ou você pegá-lo apenas olhando para algo como ... como se ele estivesse realmente procurando por toda a sua beleza. " Marlee sorriu, e eu sabia que ela tinha visto que nele também. "E eu gosto que ele parece genuinamente envolvido quando ele está lá, sabe? Como mesmo que ele tem um país para executar e mil coisas para fazer, é como se ele se esquece de tudo quando ele está com você. Ele apenas se dedica ao que é certo na frente dele. Eu gosto disso. "E ... bem, não diga isto a ninguém, mas seus braços. Eu gosto de seus braços. " Corei no final. Estúpido ... porque se eu não tivesse furado apenas para as coisas boas gerais sobre sua personalidade? Felizmente, Marlee ficou feliz em pegar a conversa. "Sim! Você pode realmente sentir-los sob os ternos de espessura, não pode? Ele deve ser extremamente forte ", Marlee jorrou. "Eu me pergunto por quê. Quero dizer, qual é o ponto de ele ser tão forte? Ele faz deskwork. É estranho. " "Talvez ele gosta de flectir na frente do espelho", Marlee, disse, fazendo uma cara e flexionar seus próprios braços pequenos. "Ha, ha! Eu aposto que é isso. Eu desafio você a perguntar-lhe! " "De jeito nenhum!" Parecia Marlee teve um grande momento. Eu me perguntava por Maxon parecia tão relutante em mencionar que a noite passada. Baseado em sua reação, parecia que eles não tinham sido juntos em tudo. Talvez ele fosse tímido? Olhei ao redor da sala e viu que mais da metade das meninas parecia tensa ou infeliz.


Janelle, Emmica, e Zoe foram ouvindo atentamente a algo Kriss estava dizendo. Kriss estava sorridente e animado, mas o rosto Janelle foi apertado com preocupação, e Zoe estava mordendo as unhas. Emmica foi distraído amassar um ponto logo abaixo da orelha, como se ela estava com dor. Ao lado deles o par incompatíveis de Celeste e Anna sentou-se ter uma outra discussão intensa. Fiel à sua forma usual, Celeste parecia incrivelmente presunçoso enquanto ela falava. Marlee notou meu olhar e esclareceu que estava acontecendo. "Os mal-humorados são as garotas que ele não tenha sido com ainda. Ele me disse que eu era o seu segundo encontro na quinta-feira sozinho. Ele está tentando passar o tempo com todos. " "Sério? Você acha que é isso? " "Yeah. Quero dizer, olhe para você e para mim. Nós estamos bem, e é porque ele viu nós dois one-on-one. Sabemos que ele gostava de nós o suficiente para ver-nos e não nos expulsem logo em seguida. Está ficando em torno de quem ele passou o tempo e com quem ele não tem. Eles estão preocupados que ele está esperando sobre eles, porque ele não está interessado, e que uma vez que ele não vê-los, ele só vai deixá-los ir. " Por que ele não me disse nada disso? Se não somos amigos? Um amigo iria falar sobre isso. Ele tinha visto pelo menos uma dúzia de meninas com base em seus sorrisos. Havíamos passado a melhor parte da noite juntos na noite passada, e tudo que ele fez foi me fazer chorar. Que tipo de amigo realizada esses tipos de segredos enquanto me fazendo derramar toda minha? Terça-feira, que tinha estado a ouvir Camille com uma expressão de ansiedade no rosto, se levantou de seu assento e olhou ao redor da sala. Ela encontrou Marlee e me no canto e rapidamente aproximou-se. "O que vocês fazem no seu dia?", Ela perguntou abruptamente. "Oi, terça-feira," Marlee disse alegremente. "Oh, silêncio!", Gritou ela, e se voltou para mim. "Vamos, Estados Unidos, derrame." "Eu disse a você". "Não. A noite passada! "Uma empregada veio até a esquina e ofereceu-nos chá, que eu estava preparado para assumir, mas terça-feira enxotou-la. "Como ...?" "Tiny vi vocês juntos e disse," Marlee disse, tentando explicar o humor de terça-feira. "Você é o único que ele foi sozinho com o dobro. Um monte de meninas que não o viram ainda estavam reclamando. Eles não acho certo. Mas não é sua culpa se ele gosta de você. " "É completamente injusto," Terça-feira choramingou. "Eu não o vi fora das refeições, nem sequer de passagem. O que no mundo que vocês dois fazem? " "Nós ... uh ... voltamos para os jardins. Ele sabe que eu gosto de fora. E nós apenas conversamos. "Eu me senti nervoso, como eu estava em apuros. Rosto de terça-feira foi tão intenso, eu desviei o olhar. Quando eu fiz, vi que algumas meninas nas mesas próximas ouviam dentro "Você falou?" Ela perguntou ceticamente. Dei de ombros. "É isso aí." Terça-feira bufou e foi para a mesa de Kriss, exortando-a a contar a sua história mais uma vez, muito enérgica. Eu, porém, estava atordoado. "Você está bem, os Estados Unidos?" Marlee perguntou, tirando-me de volta à


realidade. "Sim. Por quê? " "Você só olhar virado." Brow Marlee franziu em preocupação. "Nope. Não chateado. Tudo é ótimo. " De repente, em um movimento tão rápido que eu teria perdido se eles não estavam tão perto, Anna fazendeiro-a. Quatro, que trabalhou para uma terra Celeste vivaestendeu a mão e deu um tapa no rosto Várias pessoas se surpreendeu, inclusive eu. Aqueles que perderam se virou e perguntou o que tinha acontecido, principalmente Tiny, cuja alta voz perfurou a esquerda tranquila no quarto. "Oh, Anna, não", Emmica disse com um suspiro. O momento após o ocorrido, Anna lentamente compreendeu o que ela acabara de fazer. Ela provavelmente seria enviada para casa, nós não deveriam agredir fisicamente outro selecionado. Emmica começou rasgando, enquanto Anna se sentou em silêncio atordoado. Ambos eram meninas de exploração agrícola e havia ligado cedo. Eu não poderia imaginar como me sentiria se fosse Marlee de repente sair. Anna, que eu só conheci de passagem, sempre me pareceu uma criatura efervescente. Eu sabia que não havia nada nela que naturalmente procuram prejudicar outra pessoa. Durante grande parte do ataque rebelde, que tinha sido de joelhos em oração. Sem dúvida, ela tinha sido provocado, mas ninguém estava sentado ao alcance da voz para provar isso. Seria palavra Anna contra Celeste, tanto quanto qualquer troca de palavras foi, mas Celeste teria uma sala cheia de pessoas que poderiam fazer o backup que tinha sido atingido. Maxon, presumivelmente, ser instados a mandar para casa Anna como um exemplo para os outros. Lágrimas encheram os olhos de Anna como Celeste sussurrou algo para ela e rapidamente saiu da sala. Anna tinha ido embora antes do jantar. CAPÍTULO 17 "Quem era o PRESIDENTE DA Estados Unidos durante a Terceira Guerra Mundial?" Silvia questionado nós. Esta foi uma que eu não sabia, e eu desviei os olhos, esperando Silvia não me chame. Felizmente, Amy levantou a mão e respondeu. "O presidente Wallis." Estávamos no quarto grande de novo, começando a semana com uma aula de história. Bem, mais como uma prova de história. Esta foi uma das áreas em que sempre pareceu que o que as pessoas soubessem foi variado, tanto, tanto quanto o que era verdade e apenas como informado que eram. Minha mãe sempre nos ensinou oralmente quando se tratava de história. Tivemos páginas e planilhas de dominar para Inglês e matemática, mas quando ele veio para as histórias que compõem o nosso passado, havia muito pouco que eu sabia que a verdade tinha certeza. "Correto. Presidente Wallis foi o presidente antes do ataque chinês e continuou levando os Estados Unidos durante a guerra ", Silvia confirmou. Eu pensei que o nome para mim. Wallis, Wallis, Wallis. Eu realmente queria lembrar isso para dizer de Maio e Gerad quando voltei para casa, mas estávamos aprendendo muito, era difícil manter tudo em linha reta. "Qual foi sua motivação para invadir? Celeste? " Ela sorriu. "Money. Os norte-americanos lhes devia muito dinheiro e não podia pagálos de volta. "


"Celeste, excelente." Silvia deu um sorriso amoroso. Como Celeste pessoas envoltório em torno de seu dedo como esse? Era tão irritante. "Quando os Estados Unidos não poderia pagar sua enorme dívida, os chineses invadiram. Infelizmente para eles, isso não se-lhes algum dinheiro, como os Estados Unidos foi além falência. No entanto, se ganhar os trabalhadores americanos. E quando o chinês assumiu, o que eles renomear os Estados Unidos? " Eu levantei minha mão, juntamente com alguns outros. "Jenna?" Silvia chamado. "O Estado americano da China." "Sim. O Estado americano da China tinha a aparência de seu país de origem, mas era apenas uma fachada. Os chineses foram puxando as cordas nos bastidores, influenciando todos os grandes acontecimentos políticos, e de acompanhar a legislação a seu favor. "Silvia caminhava pelas mesas lentamente. Eu me senti como um rato na mira de um gavião que estava circulando cada vez mais estreita. Olhei em volta da sala. Algumas pessoas pareciam confusas. Eu pensei que essa parte era de conhecimento comum. "Alguém tem alguma coisa que gostaria de acrescentar?" Silvia perguntou. Bariel saltou. "A invasão chinesa levou vários países, particularmente aqueles na Europa, a alinhar-se com o outro e fazer alianças." "Sim", respondeu Silvia. "No entanto, o Estado americano da China não tinha amigos assim na época. Levou cinco anos para se reagrupar, e que mal podiam lidar com isso, muito menos tentando forjar alianças. "Ela tentou expressar o sofrimento através de um olhar exausto. "A ASC planejado para lutar contra a China, mas foi então confrontado com uma outra invasão. O país tentou ocupar o ASC, então? " Muitas mãos se levantaram neste momento. "Rússia", disse alguém sem esperar ser chamado. Silvia olhou em volta para o agressor, mas não conseguiu identificar a fonte. "Correto", disse ela, um pouco infeliz. "A Rússia tentou expandir em ambas as direções e falhou miseravelmente, mas esta falha de sua parte, desde que o ASC com a oportunidade de lutar de volta. Como? " Kriss levantou a mão e respondeu. "A totalidade do que foi a América do Norte se uniram para lutar contra a Rússia, uma vez que parecia claro que eles tinham os olhos mais do que apenas o ASC. E combate a Rússia era mais fácil porque a China foi atacálos, bem como para tentar roubar seu território. " Silvia sorriu orgulhosamente. "Sim. E quem liderou o ataque contra a Rússia? " A sala inteira gritou a resposta: "Gregory Illéa!" Algumas meninas até bateram palmas. Silvia acenou com a cabeça. "E isso levou à fundação do país. As alianças da ASC adquiridos formaram uma frente unida, e os Estados Unidos a reputação ficou tão danificado, ninguém queria readoptar esse nome. Assim, uma nova nação foi formada sob o nome de Gregory Illéa e liderança. Ele salvou este país. " Emmica levantou a mão, e Silvia reconheceu ela. "Em algumas maneiras, nós somos como ele. Quero dizer, nós começamos a servir o nosso país. Ele era apenas um cidadão privado que doou seu dinheiro e conhecimento. E ele mudou tudo ", disse ela com admiração. "Esse é um ponto bonito", disse Silvia. "E exatamente como ele, um de vocês vai ser elevado à realeza. Para Gregory Illéa, tornou-se rei como sua família se casou em uma família real, e para você, ele vai se casar em um presente. "Silvia havia se mudado se a admiração, por isso, quando terça-feira levantou a mão, ela levou um momento para reconhecê-lo.


"Umm, porque é que não temos nada disso em um livro? Então, poderíamos estudar? "Houve uma sugestão de irritação em sua voz. Silvia balançou a cabeça. "Queridos jovens, a história não é algo que você estudar. É algo que você deve apenas saber. " Marlee se virou para mim e cochichou: "Mas é evidente que nós não fazemos." Ela sorriu para ela própria piada, e então concentrou-se novamente em Silvia. Pensei que, como todos nós sabíamos coisas diferentes ou tivesse que adivinhar a verdade. Por que não fomos dada livros de história? Lembrei-me de alguns anos atrás, quando fui para a mãe eo quarto do meu pai, pois minha mãe disse que eu poderia escolher o que eu queria ler para Inglês. Como eu passei as minhas opções, vi um livro grosso, ratty no canto de trás e puxou-o para fora. Era um livro de história dos EUA. Papai chegou em poucos minutos mais tarde, viu o que eu estava lendo, e disse que estava tudo bem, contanto que nunca contei a ninguém sobre isso. Quando meu pai me pediu para guardar um segredo, eu fiz isso, sem dúvida, e eu adorava olhar através de todas essas páginas. Bem, os que ainda estavam legíveis. Muitas tinham sido arrancadas, ea borda do livro parecia que poderia ter sido queimado, mas é aí que eu vi uma foto da antiga Casa Branca e aprenderam sobre as férias costumavam ser. Eu nunca pensei que a questionar a falta de verdade até que ela tinha sido colocada na frente de mim. Por que o rei deixe-nos adivinhar? Os flashes disparou novamente, capturando Maxon e Natalie sorrindo brilhantemente. "Natalie, trazer o seu queixo para baixo apenas um toque, por favor. É isso. "O fotógrafo tirou outra foto, enchendo a sala com a luz. "Eu acho que vai fazer. Quem é o próximo? "Ele chamou. Celeste veio do lado, um grupo geral de empregadas domésticas ainda pululam à sua volta antes de o fotógrafo começou a subir novamente. Natalie, ainda ao lado Maxon, disse alguma coisa e chutou o pé provocante atrás dela. Ele respondeu calmamente, e ela riu, enquanto se afastava. Nós tínhamos sido informados após lição de ontem a história que esta sessão de fotos foi apenas para a diversão do público, mas não pude deixar de pensar que havia algum peso real a ele. Alguém tinha escrito um editorial em uma revista sobre a aparência de uma princesa. Eu não consegui ler o artigo me, mas Emmica e alguns dos outros o fizeram. Segundo ela, tratava-se Maxon a necessidade de encontrar alguém que realmente parecia real e fotografou bem com ele, alguém que ficaria legal em um selo. E agora estávamos todos alinhados em idênticas de cor creme, tampa-de manga comprida, de cintura descida, vestidos com um cinto vermelho pesado em nossos ombros, tirando fotos com Maxon. As fotos seriam impressas na mesma revista, ea equipe da revista ia fazer escolhas. Eu era um pouco desconfortável com tudo. Essa foi a coisa que eu estava incomodado sobre desde o início, que Maxon estava procurando nada mais do que uma cara bonita. Agora que eu conheci, eu tinha certeza de que não era verdade, mas tenho para mim que as pessoas pensavam que Maxon era assim. Eu suspirei. Algumas das meninas estavam andando, comendo alimentos nãogotejamento e conversando, mas a maioria, inclusive eu, estavam de pé ao redor do perímetro do conjunto erguido na Grande Sala. Uma tapeçaria enorme de ouro, que me lembrou do pai panos queda usado em casa foi pendurada em uma parede, derramado pelo chão. Um pequeno sofá foi deslocado para um lado e um pilar foi, por


outro. No meio do emblema Illéan se levantou, dando a coisa toda um ar bobo de ser patriota. Vimos como cada um seleccionados desfilou todo o espaço a ser fotografado, e muitos dos que assistiram foram sussurrando coisas que eles gostavam e não ou o que eles estavam planejando para si. Celeste se aproximou Maxon com um brilho nos olhos, e sorriu quando ela se aproximou. O momento em que ela chegou até ele, colocou os lábios em sua orelha e sussurrou algo. Fosse o que fosse, Maxon inclinou a cabeça para trás com o riso e balançou a cabeça, concordando com o seu pequeno segredo. Era estranho vê-los assim. Como poderia alguém que se dava tão bem com me fazer o mesmo com alguém como ela? "Tudo bem, miss, apenas enfrentar a câmera e sorrir, por favor", o fotógrafo chamado, e Celeste imediatamente cumprido. Ela virou-se para Maxon e colocou a mão em seu peito, inclinou a cabeça para baixo, e deu um sorriso especialista. Ela parecia entender como usar a iluminação e definir a sua melhor vantagem e continuou se movendo Maxon mais alguns centímetros ou insistindo em mudar sua postura. Onde algumas das meninas levaram o seu tempo e fez sua volta com Maxon última particularmente aqueles que ainda não havia conseguido um data-Celeste parecia querer mostrar a sua eficiência em seu lugar. Em um raio de velocidade, ela foi feita, eo fotógrafo chamado para a próxima garota. Eu estava tão ocupado assistindo Celeste correr os dedos pelo braço Maxon como ela saiu de uma empregada que teve que gentilmente me lembrar que era a minha vez. Eu dei a minha cabeça um shake pequeno e quis me concentrar. Juntei o meu vestido em minhas mãos e caminhou em direção Maxon. Seus olhos mudou de Celeste para mim, e talvez eu imaginava, mas seu rosto parecia clarear um pouco. "Olá, minha querida", ele cantou. "Não mesmo de começar", eu avisei, mas ele apenas riu e colocou suas mãos para fora. "Espere um momento. Sua faixa é torto. " "Não surpreendeu." O danado era tão pesado, eu podia sentir isso mudando toda vez que eu pisei. "Acho que vou fazer", disse ele brincando. Eu disparei para trás, "Enquanto isso, eles devem pendurá-lo com os lustres." Eu coloquei no brilhante medalhas em seu peito. Seu uniforme, o que parecia quase como algo que os guardas iriam usar, só que muito mais elegante, também tinha coisas douradas nos ombros e uma espada pendurada fora de seu quadril. Era um pouco demais. "Olhe para a câmera, por favor", o fotógrafo chamado. Olhei para cima e viu não apenas seus olhos, mas os rostos de todas as outras meninas assistindo, e meus nervos disparou. Limpei minhas mãos úmidas meu vestido e exalado. "Não fique nervoso", Maxon sussurrou. "Eu não gosto de todo mundo olhando para mim." Ele me puxou muito perto e colocou a mão na minha cintura. Fui dar um passo atrás, mas o braço Maxon me segurou firmemente a ele. "Basta olhar para mim como você não pode ficar comigo." Ele apertou os olhos em um pout simulada, o que me fez rir. A câmera brilhou em apenas um segundo que, capturando-nos tanto rir. "Veja", Maxon, disse. "Não é tão ruim."


"Eu acho". Eu ainda estava tenso por alguns minutos como o fotógrafo gritou instruções e Maxon passou de um abraço apertado para um frouxo, ou virou-me por isso a minha volta era contra seu peito. "Excelente", disse o fotógrafo. "Podemos chegar um pouco sobre o salão?" Eu estava me sentindo melhor agora que era mais da metade, e eu me sentei ao lado Maxon com a melhor postura que pude reunir. De vez em quando, ele picar ou fazer cócegas em mim, fazendo meu sorriso crescer mais até que ela explodiu em gargalhadas. Eu esperava que o fotógrafo estava pegando os momentos pouco antes do meu rosto amassado juntos, caso contrário, essa coisa toda ia ser um desastre. Pelo canto do meu olho, eu notei uma mão acenando, e um momento depois Maxon virou também. Um homem de terno estava lá, e ele claramente precisava falar com o príncipe. Maxon balançou a cabeça, mas o homem hesitou, olhando para ele e depois para mim, evidentemente questionando a minha presença. "Ela está bem", disse Maxon, eo homem se aproximou e se ajoelhou diante dele. "Ataque rebelde em Midston, Sua Majestade", disse ele. Maxon suspirou e baixou a cabeça cansada. "Eles queimaram hectares de plantações e matou cerca de uma dúzia de pessoas." "Onde Midston?" "O Ocidente, senhor, perto da fronteira." Maxon balançou a cabeça lentamente e olhou como se estivesse adicionando este pedaço de informação para os outros em sua cabeça. "O que o meu pai dizer?" "Na verdade, Majestade, ele queria que seus pensamentos." Maxon parecia surpreso por uma fração de segundo, e então falou. "Localize tropas no sudeste da Sota e ao longo de toda Tammins. Não vá até o sul de Midston, seria um desperdício. Ver se conseguimos interceptá-los. " O homem se levantou e se curvou. "Excelente, senhor." Tão rapidamente quanto ele vinha, ele desapareceu. Eu sabia que tínhamos de voltar para as fotos, mas Maxon não parecia quase tão interessado em tudo agora. "Você está bem?", Perguntei. Ele balançou a cabeça melancolicamente. "Apenas a todas essas pessoas." "Talvez devêssemos parar", sugeri. Ele balançou a cabeça, endireitou-se e sorriu, colocando minha mão na sua. "Uma coisa que você deve dominar nesta profissão é a capacidade de parecer calma quando você se sente nada, mas. Por favor, sorriso, América ". Eu levantei-me e deu um sorriso tímido para a câmera como o fotógrafo clicou distância. No meio desses quadros últimos, Maxon apertou minha mão com força, e eu fiz o mesmo ao seu. Naquele momento, parecia que tinha uma ligação, algo profundo e verdadeiro. "Muito obrigado. Próximo, por favor ", o fotógrafo cantou. Como Maxon e eu fiquei, ele agarrou a minha mão. "Por favor não diga nada. É imperativo que você é discreta. " "Claro." O clique de um par de saltos vindo para nós lembrou-me que não estávamos sozinhos, mas eu meio que queria ficar. Ele deu a minha mão um aperto passado e me soltou, e enquanto me afastava, pensei em várias coisas. Que bom que sentiu que Maxon confiava em mim o suficiente para me deixar saber este segredo, e como ele tinha


meio que senti como se estivéssemos sós por um momento. Então eu pensei sobre os rebeldes, e como o rei era geralmente rápido em apontar a sua sedição, mas eu tinha que manter essa notícia para mim. Não fazer muito sentido. "Janelle, minha querida", Maxon, disse que a próxima garota se aproximou. Sorri para mim mesmo no carinho cansado. Ele baixou a voz, mas eu ainda ouvi. "Antes que eu esqueça, você está livre esta tarde?" Algo tipo de nó no meu estômago. Adivinhei era um lote final de nervos. "Ela deve ter feito algo terrível", Amy insistiu. "Isso não é o que ela fez parecer que," Kriss anulada. Terça-feira puxou o braço de Kriss. "O que ela disse de novo?" Janelle tinha sido enviado para casa. Essa eliminação particular, foi crucial para nós entendermos, porque era o primeiro que foi isolado e não causada por quebrar regras. Ela tinha feito algo errado, e que todos nós queríamos saber o que era. Kriss, cuja sala estava do outro lado da Janelle, a vira entrar e foi a única pessoa que ela tinha falado antes de ela sair. Kriss suspirou e recontou a história pela terceira vez. "Ela e Maxon tinha ido caçar, mas você sabia que," ela disse, acenando com a mão em torno de como ela estava tentando limpar seus pensamentos. Data de Janelle realmente havia sido de conhecimento comum. Após a sessão de fotos ontem, ela emocionou-se sobre seus planos para quem quisesse ouvir. "Essa era a sua segunda data com Maxon. Ela é o único que tem dois ", disse Bariel. "Não, ela não é", eu murmurei. Algumas cabeças virou, reconhecendo a minha declaração. Era verdade, no entanto. Janelle era a única menina a ter duas datas com Maxon além de mim. Não é que eu estava contando. Kriss continuou. "Quando ela voltou, ela estava chorando. Perguntei o que estava errado, e ela disse que estava saindo, que Maxon lhe dissera para ir. Eu dei-lhe um abraço porque ela estava tão chateada e perguntei o que aconteceu. Ela disse que não poderia me dizer sobre isso. Eu não entendo isso. Talvez nós não estamos autorizados a falar sobre o porquê estamos eliminada? " "Isso não estava nas regras, não é?" Terça-feira perguntou. "Ninguém me disse nada sobre isso", Amy respondeu, e vários outros balançaram a cabeça em confirmação. "Mas o que ela disse, então?" Celeste pediu. Kriss suspirou novamente. "Ela disse que é melhor eu ter cuidado com o que eu digo. Então ela se afastou e bateu a porta. " A sala ficou em silêncio por um momento, considerar. "Ela deve ter insultado", disse Elayna. "Bem, se é por isso que ela saiu, então não é justo, já que Maxon disse que alguém nesta sala insultou a primeira vez que se encontraram," Celeste reclamou. As pessoas começaram a olhar ao redor da sala, tentando descobrir o culpado, talvez, em um esforço para obtê-los-me-expulso também. Eu dei um olhar nervoso para Marlee, e ela entrou em ação. "Talvez ela disse algo sobre o país? Como as políticas ou algo assim? " Bariel chupou os dentes. "Por favor. Como chato deve ter sido essa data para que comece a falar de política? Alguém aqui realmente conversou com Maxon sobre qualquer coisa relacionada a dirigir o país? " Ninguém respondeu.


"Claro que você não tem", disse Bariel. "Maxon não está procurando um colega de trabalho, ele está procurando uma esposa." "Você não acha que você está subestimando ele?" Kriss objetou. "Você não acha que Maxon quer alguém com idéias e opiniões?" Celeste jogou a cabeça para trás e riu. "Maxon pode dirigir o país muito bem. Ele é treinado para isso. Além disso, ele conta com equipes de pessoas para ajudá-lo a tomar decisões, então por que ele quer alguém tentando lhe dizer o que fazer? Se eu fosse você, eu começar a aprender a ficar quieto. Pelo menos até ele se casar com você. " Bariel esgueirou-se ao lado de Celeste. "Que ele não vai." "Exatamente", disse Celeste com um sorriso. "Por que se preocupar com alguns Maxon brainiac Três, quando ele poderia ter um dois?" "Hey!" Terça-feira chorou. "Maxon não se preocupa com números." "Claro que ele faz", Celeste respondeu em um tom de alguém usaria com uma criança. "Porque você acha que todos abaixo de um Quatro se foi?" "Ainda estou aqui", eu disse, levantando a mão. "Então, se você acha que tenho dele descobriu, você está errado." "Oh, é a menina que não sabe quando calar a boca", disse Celeste em diversões simulada. Eu balled meu punho, tentando decidir se valeria a pena bater nela. Era que parte de seu plano? Mas antes que eu pudesse mover-se a todos, Silvia irrompeu pela porta. "Mail, senhoras!", Ela gritou, ea tensão na sala voou para longe. Nós todos pararam, ansioso para chegar em nossas mãos o que Silvia estava carregando. Nós estivemos no palácio quase duas semanas agora, e com excepção de ouvir de nossas famílias, no segundo dia, este foi o nosso primeiro contato real a partir de casa. "Vamos ver", disse Silvia, olhando através das pilhas de cartas, ignorando totalmente o quase-argumento que tinha acontecido não segundos atrás. "Lady minúsculo?" Ela chamou quando ela olhou ao redor da sala. Minúsculo levantou a mão e caminhou para a frente. "Lady Elizabeth? Lady América? " Eu praticamente corri para a frente e pegou a carta da mão dela. Eu estava com tanta fome de palavras de minha família. Assim como foi em minhas garras, afastei-me para um canto por alguns momentos para mim. Querida América, eu não posso esperar por sexta-feira para vir. Eu não posso acreditar que você vai conseguir falar com Gavril Fadaye! Você tem toda a sorte. Eu certamente não se sente com sorte. Amanhã à noite, estávamos todos recebendo grelhado por Gavril, e eu não tinha idéia do que ele iria nos perguntar. Eu tinha certeza de que eu ia fazer um idiota fora de mim. Vai ser bom ouvir sua voz novamente. Eu sinto falta de você cantando ao redor da casa. Mamãe não fazê-lo, e ele está calmo desde que você deixou. Você vai acenar para mim no show? Como é a concorrência está indo? Você tem muitos amigos lá? Você já falou com nenhuma das meninas que deixaram? Mamãe está dizendo o tempo todo que não é um grande negócio se você perder mais. Metade aquelas meninas que voltaram para casa já estão empenhados para os filhos de prefeitos ou de


celebridades. Ela diz que alguém irá levá-lo se Maxon não. Gerad está esperando que você se casar com um jogador de basquete em vez de um príncipe velho chato. Mas eu não me importo o que ninguém diz. Maxon é tão lindo! Você já beijou ainda? Beijou-o? Nós tínhamos acabado de conhecer. E não haveria razão para Maxon me beijar de qualquer jeito. Aposto que ele é o melhor beijador no universo. Eu acho que se você é um príncipe, você tem que ser! Eu tenho muito mais a dizer, mas minha mãe quer que eu vá pintura. Escreve-me uma carta em breve. A um tempo! Com muitos e muitos detalhes! Eu te amo! Nós todos do.May Então, as meninas foram eliminadas já ficar arrebatado por homens ricos. Eu não sabia ser o castoff de um futuro rei fez-lhe uma commodity. Eu andei em torno do perímetro do quarto, pensando sobre as palavras maio. Eu queria saber o que estava acontecendo. Gostaria de saber o que realmente tinha acontecido com Janelle e estava curioso se Maxon teve outro encontro hoje à noite. Eu realmente queria vê-lo. Minha mente estava correndo, procurando uma maneira de simplesmente falar com ele. Como eu pensei, eu olhava para o papel em minhas mãos. A segunda página da carta de maio foi quase completamente em branco. Rasguei um pedaço dele como eu errei. Algumas meninas ainda estavam enterrados em páginas de cartas de suas famílias, e outros foram compartilhar notícias. Depois de uma volta eu parei por livro das Mulheres Quarto e pegou a caneta. Rabisquei rapidamente no meu pedaço de papel. Sua Majestade, Apertando o bico do meu ouvido. Sempre. Eu andei fora da sala como se estivesse simplesmente ir ao banheiro e olhou para cima e para baixo do corredor. Ela estava vazia. Fiquei lá, esperando, até que uma empregada dobrava a esquina com uma bandeja de chá nas mãos. "Desculpe-me?" Chamei-a calmamente. Vozes realizadas nestes grandes salões. A menina fez uma reverência diante de mim. "Sim, senhorita?" "Será que acontecer de você estar indo para o príncipe com isso?" Ela sorriu. "Sim, sinto falta." "Você poderia tomar isso com ele para mim?" Eu segurei o meu bilhete dobrado-se pouco. "Claro que perder!" Ela pegou ansiosamente e se afastou com uma energia recém-descoberta. Sem dúvida, ela seria desdobrá-lo, logo que ela estava fora de vista, mas eu me sentia seguro em seu fraseado ímpar. Esses corredores foram cativante, cada um mais ornamentado do que a minha casa inteira. O papel de parede, os espelhos dourados, os vasos gigantes de flores frescas todos tão bonitos. Os tapetes foram luxuoso e impecável, as janelas brilhavam, e as pinturas nas paredes foram encantadora. Houve algumas pinturas de artistas que eu conhecia de van Gogh, Picasso e alguns que eu não fiz. Havia fotografias de prédios que eu tinha visto antes. Houve um da Casa Branca lendário. Em comparação com as imagens eo que eu tinha lido no meu livro de história antiga, o palácio diminuído em tamanho e luxo, mas eu ainda preferiria que


fosse em volta para ver. Eu andei mais longe no corredor e veio em cima de um retrato da família real. Ele parecia mais velho; Maxon foi menor do que a sua mãe nesta foto. Ele elevou-se sobre ela agora. No tempo que estive no palácio, eu só tinha visto juntos em jantares e Illéa aeração Relatório Capital. Eram muito particular? Será que eles não gostam todas essas garotas estranhas jovens na sua casa? Eram todos aqui só por causa do sangue e dever? Eu não sabia o que fazer com esta família invisível. "A América?" Eu me virei com o som do meu nome. Maxon estava correndo pelo corredor em direção a mim. Eu senti como se estivesse vendo pela primeira vez. Ele tinha o seu casaco fora, e as mangas estavam enroladas em sua camisa branca. Sua gravata azul foi solta no pescoço, e seu cabelo, que foi sempre penteado para trás foi a saltitar um pouco enquanto ele se movia. Em contraste com a pessoa em uniforme de ontem, ele parecia mais infantil, mais real. Eu congelei. Maxon veio até mim e agarrou meus pulsos. "Você está bem? O que há de errado? ", Ele pressionou. Errado? "Nada. Eu estou bem ", respondi. Maxon soltou um suspiro que eu não sabia que ele estava segurando. "Graças a Deus. Quando cheguei a sua nota, eu pensei que você estava doente ou algo aconteceu com sua família. " "Oh! Oh, não. Maxon, eu sinto muito. Eu sabia que era uma idéia estúpida. Eu só não sabia se você ia estar no jantar, e eu queria ver você. " "Bem, para quê?", Perguntou ele. Ele ainda estava olhando-me com uma testa franzida, como se ele estivesse fazendo certeza de que nada foi quebrado. "Só para ver você." Maxon parou de se mover. Ele olhou nos meus olhos com uma espécie de admiração. "Você só queria me ver?" Ele parecia feliz surpresa. "Não seja tão chocado. Amigos costumam passar tempo juntos. "Meu tom de voz, acrescentou o curso de. "Ah, você está zangado comigo porque eu estive envolvido durante toda a semana, não é? Eu não quis dizer a negligenciar a nossa amizade, a América. "Agora ele estava de volta ao Maxon profissional. "Não, eu não sou louco. Eu estava explicando a mim mesmo. Você olha ocupado. Voltar a trabalhar, e eu vou te ver quando você está livre. "Eu notei que ele ainda estava segurando meus pulsos. "Na verdade, você se importa se eu ficar alguns minutos? Eles estão tendo uma reunião no andar de cima do orçamento, e eu detesto essas coisas. "Sem esperar por uma resposta, Maxon me puxou para um sofá, curto pelúcia no meio do corredor que descansava debaixo de uma janela, e eu ri um pouco quando nos sentamos . "O que há de tão engraçado?" "Só você", eu disse, sorrindo. "É bonito ver que seu trabalho incomoda você. O que há de tão ruim sobre as reuniões, afinal? " "Oh, América!", Disse ele, de frente para mim novamente. "Eles dão voltas e voltas em círculos. Pai faz um bom trabalho em acalmar os conselheiros, mas é tão difícil


empurrar as comissões em qualquer direção dada. Mãe é sempre no Pai dar mais para a escola de sistemas, ela acha que o mais educado você for, menor a probabilidade de você ser um criminoso, e eu concordo, mas o padre nunca é forte o suficiente para levá-los a tirar de outras áreas que poderia gerir perfeitamente com recursos inferiores. É irritante! E não é como se eu estivesse no comando, então minha opinião é facilmente esquecido. "Maxon apoiou os cotovelos nos joelhos e apoiou a cabeça nas mãos. Ele parecia cansado. Então agora eu podia ver um pouco do mundo Maxon, mas era tão inimaginável como sempre. Como você pode negar a voz do seu futuro soberano? "Sinto muito. No lado positivo, você terá mais de uma palavra a dizer no futuro. "Eu esfregou as costas, tentando encorajá-lo. "Eu sei. Eu digo isso. Mas é tão frustrante quando podemos mudar as coisas agora se eles só escutam. "Sua voz estava um pouco difícil de ouvir, quando foi dirigido para o tapete. "Bem, não ser muito desanimado. Sua mãe está no caminho certo, mas a educação sozinha não vai resolver nada. " Maxon levantou a cabeça. "O que você quer dizer?" Ele quase soava como uma acusação. E com razão. Aqui foi uma idéia que ele tinha sido defender, e eu só esmagado ele. Tentei recuar. "Bem, em comparação com o alguém tutores fantasia-calças como você tem, o sistema de educação para Sixes e Sevens é terrível. Acho que ficando melhores professores ou melhores instalações faria-lhes um mundo de bom. Mas então o que dizer dos Oito? Isso não é casta responsável pela maior parte dos crimes? Eles não recebem qualquer educação. Eu acho que se eles achavam que tinha algo, qualquer coisa, pode incentiválos. "Além ..." Parei. Eu não sabia se isso era algo um menino que havia crescido com tudo entregue a ele poderia compreender. "Você já esteve com fome, Maxon? Não apenas para o jantar, mas de fome? Se não havia absolutamente nenhuma comida aqui, nada para sua mãe ou pai, e você sabia que, se você acabou de tirar algo de pessoas que tiveram mais um dia do que você teria em toda a sua vida, você poderia comer ... o que você faria ? Se eles estavam contando com você, o que você não faria para alguém que você amava? " Ele ficou quieto por um momento. Uma vez antes, quando tínhamos falado sobre minhas servas durante o tipo de ataque we'd reconheceu a grande diferença entre nós. Este foi um tópico muito mais controverso do debate, e eu podia vê-lo querer evitá-lo. "América, eu não estou dizendo que algumas pessoas não tem dificuldade, mas o roubo é" "Feche os olhos, Maxon." "O quê?" "Feche os olhos." Ele franziu a testa para mim, mas obedeceu. Esperei até que seus olhos estavam fechados e seu rosto parecia relaxado antes de começar. "Em algum lugar neste palácio, há uma mulher que será sua esposa." Vi sua contração da boca, o início de um sorriso esperançoso. "Talvez você não saiba qual o rosto é ainda, mas acho que as meninas na sala. Imagine a pessoa que te ama mais. Imagine que o seu 'querido'. "


Sua mão estava descansando ao lado do meu no banco, e seus dedos roçou o meu por um segundo. Eu evitava o toque. "Desculpe", ele murmurou, olhando em minha direção. "Mantenha-os fechados!" Ele riu e voltou para sua posição original. "Esta menina? Imagine que ela depende de você. Ela precisa de você para estimá-la e fazê-la se sentir como a Selecção nem sequer acontecer. Como se você estivesse caído em seu próprio fora no meio do país para passear de porta em porta, ela ainda é o que você teria encontrado. Ela era sempre o que você teria escolhido. " O sorriso esperançoso começou a resolver. Mais do que resolver, ele começou a ceder. "Ela precisa de você para sustentá-la e protegê-la. E se chegou a um ponto onde não havia absolutamente nada para comer, e você não conseguia nem dormir à noite porque o som do seu estômago roncando manteve acordado " "Pare com isso!" Maxon ficou rapidamente. Ele atravessou a sala e ficou lá por um tempo, de costas para mim. Eu me senti um pouco estranho. Eu não tinha percebido isso deixá-lo tão chateado. "Desculpa", eu sussurrei. Ele acenou com a cabeça, mas continuou a olhar para a parede. Depois de um momento ele se virou. Seus olhos estavam procurando o meu, triste e questionamento. "É realmente assim?", Perguntou ele. "O quê?" "Lá fora ... é que isso acontece? As pessoas estão com fome como que um lote? " "Maxon, I-" "Diga-me a verdade." Sua boca se para uma linha firme. "Sim. Isso acontece. Sei de famílias onde as pessoas dão-se a sua quota para os seus filhos ou irmãos. Eu sei de um menino que foi chicoteado na praça da cidade para roubar comida. Às vezes você faz coisas malucas quando você está desesperado. " "Um menino? Quantos anos? " "Nine", eu respirei com um arrepio. Eu poderia ainda lembrar as cicatrizes nas costas pequena Jemmy, e Maxon estendeu suas próprias costas, como se ele sentiu tudo isso a si mesmo. "Você", ele limpou a garganta "você já foi assim? Morrendo de fome? " Abaixei minha cabeça, que era uma dádiva. Eu realmente não queria contar-lhe sobre isso. "Quão ruim?" "Maxon, ele só irá incomodá-lo mais." "Provavelmente", disse ele com um aceno de cabeça grave. "Mas eu estou apenas começando a perceber o quanto eu não sei sobre meu próprio país. Por favor. " Eu suspirei. "Temos sido muito ruim. Na maioria das vezes se chega a onde temos que escolher, nós mantemos a comida e perdem energia elétrica. O pior foi quando aconteceu perto do Natal de um ano. Estava muito frio, então fomos todos vestindo toneladas de roupas e observando a nossa respiração dentro da casa. Maio não entendia por que não poderíamos trocar presentes. Como regra geral, nunca há sobras na minha casa. Alguém sempre quer mais. " Eu vi seu rosto empalidecer e percebi que não queria vê-lo chateado. Eu precisava para


virar esse jogo, torná-la positiva. "Eu sei que os cheques que temos obtido ao longo das últimas semanas têm realmente ajudou, e minha família é muito inteligente sobre o dinheiro. Tenho certeza que eles já enfiou-a longe por isso vai estender por um longo tempo. Você já fez tanto por nós, Maxon. "Tentei sorrir para ele novamente, mas sua expressão permaneceu inalterada. "Bom Deus. Quando você disse que era só aqui para o alimento, você não estava brincando, não é? ", Ele perguntou, balançando a cabeça. "Realmente, Maxon, temos feito muito bem ultimamente. I-"Mas eu não poderia terminar minha frase. Maxon aproximou-se e beijou minha testa. "Vejo você no jantar." Como ele saiu, ele ajeitou a gravata. CAPÍTULO 18 MAXON tinha dito que iria me ver no jantar, mas ele não estava lá. A rainha entrou sozinho. Fizemos nossos arcos delicados como ela tomou seu lugar, e depois se estabeleceu em nós mesmos. Olhei em volta da sala para encontrar a cadeira vazia, assumindo que ele estava em uma data, mas todo mundo estava aqui. Eu tinha passado a tarde repetindo o que eu disse a Maxon. Não é à toa que eu nunca tive nenhum amigo. Eu estava incrivelmente ruim para ele. Só então Maxon eo rei entrou, Maxon teve seu casaco de volta, mas seu cabelo ainda estava uma bagunça bonito. Ele eo rei tiveram suas cabeças juntas enquanto caminhavam. Corremos para ficar. A conversa foi animada. Maxon foi usar as mãos para expressar as coisas eo rei estava balançando a cabeça, reconhecendo palavras de seu filho, mas olhando um pouco apagada. Quando chegaram à mesa principal, o rei Clarkson deu um tapinha Maxon pesado na parte de trás, sua popa expressão. Como o rei virou o rosto para todos nós, o rosto subitamente inundadas com entusiasmo. "Oh, Deus, cara senhora, por favor, sente-se." Ele beijou a rainha em sua cabeça e sentou-se. Mas Maxon permaneceu de pé. "Senhoras, eu tenho um anúncio." Todos os olhos focados dentro O que ele poderia ter para nós? "Eu sei que você estava toda a remuneração prometida pela sua participação na seleção." Sua voz estava cheia de uma autoridade de toque que eu só tinha realmente ouvido uma vez, a noite ele me deixou no jardim. Ele era muito mais atraente quando ele estava usando o seu estatuto com um propósito. "No entanto, tem havido algumas novas atribuições monetárias. Se você é um Two natural ou três, você não estará mais recebendo financiamento. Fours e Fives continuará a receber uma compensação, mas será um pouco menos do que aquilo que tem sido até agora. "


Eu podia ver algumas das meninas tinham suas bocas abertas em choque. O dinheiro era parte do acordo. Celeste, por exemplo, foi fumegante. Imaginei se você tivesse um monte de dinheiro, você se acostumou com a idéia da sua recolha. E a pensar que alguém como eu estaria recebendo qualquer coisa que ela não foi, provavelmente, tem sob sua pele. "Eu peço desculpas por qualquer inconveniente, mas vou explicar tudo isso amanhã à noite sobre o Relatório Capital. E esta é uma situação inegociável. Se alguém tiver um problema com este novo arranjo e não quer mais participar, você pode sair depois do jantar. " Ele se sentou e começou a falar novamente com o rei, que parecia mais interessado em seu jantar de palavras Maxon. Eu estava um pouco desmotivada que minha família estaria recebendo menos dinheiro, mas pelo menos nós ainda estávamos recebendo alguns. Eu tentei me concentrar no meu jantar, mas a maioria eu estava me perguntando o que isso significava, e eu não estava sozinho. Murmúrios subiu ao redor da sala. "O que você acha que é isso?" Tiny perguntou em voz baixa. "Talvez seja um teste," Kriss oferecido. "Eu aposto que há algumas pessoas aqui que são apenas nele para o dinheiro." Enquanto eu ouvia com ela, vi Fiona cutucar Olivia e acenar com a cabeça na minha direção. Eu me virei para que ela não sabe que eu vi. As meninas ofereceram teorias, e eu continuei assistindo Maxon. Eu tentei pegar a sua atenção para que eu pudesse puxar minha orelha, mas ele não olha na minha direção. Mary e eu estávamos sozinhos no meu quarto. Hoje à noite eu ia enfrentar Gavril e do resto da nação, sobre o Relatório da Capital Illéa. Sem mencionar as outras meninas estariam bem ali o tempo todo, vendo um ao outro e mentalmente criticar. Dizendo que eu estava nervoso era uma subestimação grosseira. Eu mexia enquanto Maria listou algumas perguntas possíveis, coisas que ela pensava que o público gostaria de saber. Como eu estava desfrutando do palácio? Qual foi a coisa mais romântica Maxon tinha feito para mim? Eu perdi a minha família? Se eu tivesse beijado Maxon ainda? Eu olhei para Maria quando ela me perguntou isso. Eu estava jogando fora respostas para as perguntas, tentando não pensar muito. Mas eu poderia dizer que ela pediu que um de curiosidade genuína. O sorriso no rosto provou isso. "Não! Pelo amor de Deus. "Tentei parecer louco, mas era muito engraçado estar chateado. Acabei sorrindo. E que fez rir Maria. "Oh, apenas ... por que você não limpar alguma coisa!"


Ela deu uma gargalhada, e antes que eu pudesse dizer-lhe para parar, Anne e Lucy rompeu as portas com uma mala de roupas. Lucy estava procurando mais animado do que eu a tinha visto desde o momento em que eu andava no primeiro dia, e Anne parecia silenciosamente tortuoso. "Que história é essa?" Eu perguntei como Lucy parou em frente de mim para dar uma reverência flutuante. "Nós terminamos o seu vestido para o Relatório, senhorita", respondeu ela. Minha testa enrugada juntos. "A uma nova? Por que não o azul no armário? Mas você acabou de concluir que um? Eu amo isso. " Os três trocaram olhares. "O que você fez?" Eu perguntei, apontando para o saco Anne estava pendurada no gancho perto do espelho. "Nós conversamos com todas as empregadas outros, perder. Nós ouvimos um monte de coisas ", Anne começou. "Nós sabemos que você e Lady Janelle são os dois únicos que tem mais de um encontro com Sua Majestade, e pelo que entendemos, pode haver uma ligação entre vocês dois." "Como assim?", Perguntei. "Pelo que ouvimos", continuou Anne, "a razão pela qual ela foi convidada para sair é porque ela disse algumas coisas bastante desagradáveis sobre você. O príncipe não concordou e rejeitou-a imediatamente. " "O quê?" Eu coloquei a mão à boca, tentando esconder o meu choque. "Temos certeza de que você é o seu favorito, miss. A maioria das pessoas diz que sim. "Lucy suspirou feliz. "Eu acho que você foi mal informado", eu lhes disse. Anne deu de ombros com um sorriso no rosto, não se preocupa em nada com minha opinião. Então me lembrei de onde este tinha começado. "O que isso tem a ver com o meu vestido?" Maria se aproximou de Anne e começou a descompactar o saco longo, revelando um deslumbrante vestido vermelho que brilhava à luz desvanecendo caindo pela janela. "Oh, Anne," eu disse, absolutamente impressionado. "Você se superou."


Ela reconheceu o meu louvor com um aceno de cabeça. "Obrigado, senhorita. Todos trabalharam com ele, apesar de tudo. " "É lindo. Mas eu ainda não entendo o que isso tem a ver com qualquer coisa que você disse. " Mary puxou o vestido para fora do saco, arejando-o para fora, enquanto Anne continuou. "Como eu disse, muitas pessoas ao redor do palácio acho que você é o favorito do príncipe. Ele diz coisas boas sobre você e sua empresa prefere acima dos outros ". E parece que as outras meninas tenham notado. " "O que você quer dizer?" "Descemos a uma oficina para fazer a maioria da costura em seus vestidos. Há lojas de material e um lugar para fazer sapatos, e as empregadas outras estão lá, também. Todo mundo pediu um vestido azul para esta noite. Todas as empregadas acho que é porque você veste essa cor quase diariamente, e os outros estão tentando copiar você. " "É verdade," Lucy chimed dentro "Lady Lady terça-feira e Natalie não colocar em qualquer de suas jóias hoje. Assim como você. " "E a maioria das mulheres está solicitando vestidos mais simples, como as que preferem", declarou Mary. "Isso ainda não explica por que você me fez um vestido vermelho." "Para torná-lo perceptível, é claro", respondeu Maria. "Oh, Lady América, se ele realmente gosta de você, você tem que manter de pé para fora. Você tem sido tão generoso com a gente, especialmente Lucy. "Todos nós olhou para Lucy, que concordou com a cabeça e disse:" Você, você é bom o suficiente para ser a princesa. Você seria incrível. " Procurei uma maneira de sair dessa. Eu odiava ser o centro das atenções. "Mas o que se todo mundo está certo? E se a razão Maxon gosta de mim é porque eu não sou tão por cima, como todos os outros, e então você vai e me colocar em algo assim e estraga tudo? " "Cada menina precisa para brilhar de vez em quando. E a gente se conhece mais Maxon de sua vida. Ele iria adorar isso. "Anne falou com tanta segurança que eu senti que não havia nada que eu pudesse fazer. Eu não sabia como explicar-lhes que as notas que ele me enviou, o tempo que ele passou comigo, não significava nada além de amizade entre nós. Eu não poderia dizerlhes. Seria esvaziar a sua felicidade, e, além disso, eu precisava manter as aparências, se eu queria ficar. E eu fiz. Eu precisava ficar.


"Ok, vamos experimentá-lo," Eu admitiu com um suspiro. Lucy levantou-se e para baixo com emoção até Anne lembrou-lhe que não era adequada. Enfiei o vestido de seda sobre a minha cabeça, e costurado um punhado de lugares que não tinha terminado. Mãos habilidosas de Maria realizou o meu cabelo de várias maneiras para ver qual melhor parecia com o vestido, e dentro de meia hora, eu estava pronto. O conjunto foi organizado um pouco diferente hoje à noite para o nosso show especial. Os tronos para a família real foram para um lado como sempre, e os nossos lugares estavam do lado oposto novamente. Mas o pódio foi para fora do centro, deixando o espaço focado em duas cadeiras altas. Um microfone estava descansando em um de nós a tomar quando falamos com Gavril. Eu tenho enjoado só de pensar nisso. Com certeza, a sala estava cheia de vestidos em todos os tons de azul. Alguns deles caíram perto de verdes, outros mais perto de roxo, mas era claro que havia um tema. Senti imediatamente desconfortável. Eu peguei olho de Celeste imediatamente e decidiu ficar longe dela até que eu absolutamente teve que ir para os lugares. Kriss e Natalie passou, tendo apenas verificado sua composição uma última vez. Ambos olharam um pouco infeliz, embora às vezes era difícil dizer com Natalie. Kriss, pelo menos, parecia um pouco diferente da multidão assim. Seu vestido azul estava derretendo em branco, como fios delicados de gelo foram tecendo seu caminho para o chão. "Você parece deslumbrante, América", disse ela em uma maneira que fosse um pouco mais uma acusação de louvor. "Obrigado. Esse vestido é lindo. " Ela passou as mãos para baixo seu torso, endireitando as rugas imaginárias. "Sim, eu gostei também." Natalie passou a mão em uma das mangas do meu vestido. "O que é que material? Ele realmente está acontecendo para brilhar sob as luzes. " "Eu não tenho idéia, na verdade. Nós não temos um monte de coisas legais como Fives ", eu disse com um encolher de ombros. Olhei para o tecido. Eu tinha pelo menos um outro vestido feito a partir do mesmo tipo de pano, mas eu não tinha incomodado aprender o nome. "América!" Eu olhei para cima para ver Celeste direito ao meu lado. Sorrindo. "Celeste".


"Você pode vir comigo para apenas um momento? Eu preciso de alguma ajuda. " Sem esperar por uma resposta, ela me puxou para longe de Kriss e Natalie e ao redor da pesada cortina azul que foi o cenário do estúdio Relatório. "Tire seu vestido", ela ordenou que ela começou a descompactar o seu próprio. "O quê?" "Eu quero o seu vestido. Tirá-lo. Ugh! Gancho maldita ", disse ela, ainda tentando sair de suas roupas. "Eu não estou tirando meu vestido", eu disse, e foi embora. Eu não ir muito longe, embora, como Celeste enterrado as unhas em meu braço e puxou-me para trás. "Ai!" Eu chorei, agarrando o meu braço. Parecia que não haveria marcas, mas espero que não de sangue. "Cale-se. Tire o vestido. Agora. " Eu fiquei lá, meu set cara, recusando-se a ceder. Celeste estava indo ter que começar por não ser o centro das Illéa. "Eu poderia tirá-lo para você," ela ofereceu friamente. "Eu não tenho medo de você, Celeste", eu disse como eu cruzei os braços. "Este vestido foi feito por mim, e eu vou usá-lo. Da próxima vez que você escolher suas roupas, talvez você deve tentar ser você mesmo em vez de mim. Oh, espere, mas talvez, em seguida, Maxon iria ver o que um moleque você é e mandar pra casa, hein? " Sem um segundo de hesitação, ela estendeu a mão e arrancou um dos meus mangas fora e foi embora. Eu engasguei na indignação, mas estava muito atordoado para fazer mais nada. Olhei para baixo e viu um pedaço rasgado de tecido pendurado pateticamente na minha frente. Ouvi Silvia pedindo que todos cheguem aos seus lugares, então eu andava ao lado da cortina como corajosamente que consegui. Marlee me salvou um assento ao lado dela, e eu vi o olhar chocado em seu rosto quando eu estava à vista. "O que aconteceu com seu vestido?" Ela sussurrou. "Celeste", eu expliquei em desgosto. Emmica e Samantha, que estavam sentados em frente de nós, virou-se.


"Ela rasgou seu vestido?" Emmica perguntou. "Sim". "Ir para Maxon e transformá-la", ela implorou. "Essa menina é um pesadelo." "Eu sei", disse com um suspiro. "Eu vou dizer-lhe próxima vez que eu vê-lo." Samantha parecia triste. "Quem sabe quando isso vai acontecer? Pensei que ia começar a passar mais tempo com ele. " "América, levante o braço", Marlee instruído. Ela habilmente escondido na manga esfarrapada para o lado do meu vestido como Emmica arrancou alguns fios soltos. Você não poderia mesmo dizer alguma coisa tivesse acontecido a ele. Quanto as marcas das unhas, bem, pelo menos eles estavam no meu braço esquerdo e longe da câmera. Era quase hora de começar. Gavril estava folheando notas como a família real ficou em último. Maxon tinha um terno azul escuro com um pino do emblema nacional na lapela. Ele parecia bem definido e calma. "Boa noite, senhoras", ele cantou com um sorriso. Um coro de "Majesty" e "Alteza" caiu sobre ele. "Só para você saber, eu vou estar dando um breve anúncio e depois introduzir Gavril. Vai ser uma mudança agradável;! Ele sempre me apresentando "Ele riu, e todos nós seguimos. "Eu sei que alguns de vocês provavelmente estão um pouco nervoso, mas você não tem necessidade de ser. Por favor, seja apenas você mesmo. As pessoas querem saber de você. "Nossos olhos se encontraram algumas vezes enquanto ele estava falando, mas nada o suficiente para eu ler ele. Ele não parece notar o vestido. Minhas servas seria decepcionado. Ele caminhou até o pódio, gritando "Boa sorte" por cima do ombro. Eu poderia dizer algo estava acontecendo. Achei que este anúncio da sua estaria relacionada ao que ele disse-nos ontem, mas eu ainda não podia adivinhar o que aquilo significava. Pouco de mistério Maxon distrair-me, e eu não era tão mais nervoso. Eu me senti bem como o hino tocado e resolvido a câmera diretamente no rosto da Maxon. Eu estava assistindo o relatório desde que eu era uma criança. Maxon nunca tinha dirigido o país antes, não como este. Eu desejei que eu poderia ter dito a ele boa sorte, também. "Boa noite, senhoras e senhores do Illéa. Eu sei que esta noite é uma noite emocionante para todos nós como o país começa a finalmente ouvir das mulheres de vinte e cinco restantes na seleção. Eu não posso começar a expressar como estou animado para você conhecê-los. Tenho certeza que todos concordam que qualquer


uma dessas senhoras incríveis jovens seria um líder maravilhoso e princesa futuro. "Mas antes de chegarmos a isso, eu gostaria de anunciar um novo projeto que estou trabalhando que é de grande importância para mim. Preenchidos estes senhoras, eu fui exposto ao vasto mundo fora do nosso palácio, um mundo que eu raramente consegue ver. Já me disseram de sua bondade notável e cientes de sua escuridão inimaginável. Através de falar com estas mulheres, eu abraçado a importância das massas fora destes muros. Fui acordado com o sofrimento de algumas das nossas castas mais baixas, e eu pretendo fazer algo sobre isso. " O quê? "Vai ser pelo menos três meses antes que possamos configurá-lo corretamente, mas por volta do ano novo, haverá assistência pública para o alimento em cada Escritório de Serviços Província. Qualquer Cinco, Seis, Sete, Oito ou pode ir lá toda a noite para uma refeição, sem valor nutritivo. Por favor, saibam que essas mulheres antes de você ter tudo sacrificaram parte ou a totalidade de sua remuneração para ajudar a financiar este importante programa. E enquanto essa ajuda pode não ser capaz de durar para sempre, vamos mantê-lo funcionando enquanto pudermos. " Eu ficava tentando engolir a gratidão, a admiração, mas algumas lágrimas escaparem. Eu ainda estava suficientemente consciente do que estava por vir se preocupar com a minha maquiagem, mas tão agradecido que ele já não era a prioridade. "Eu sinto que nenhum bom líder pode deixar as massas ir em jejum. A maioria dos Illéa está compreendido dentro destes castas mais baixas, e nós temos negligenciado essas pessoas por muito tempo. É por isso que eu estou movendo para a frente e por isso que estou pedindo aos outros para se juntar a mim. Dois, três, quatro ... as estradas que levam em não abrir-se. Suas casas não são limpos por magia. Aqui está a sua oportunidade de reconhecer que a verdade através da doação em seu local Escritório de Serviços Província. " Ele fez uma pausa. "Ao nascer você tem sido abençoado, e é hora de reconhecer que a bênção. Vou ter mais atualizações como o projeto progride, e agradeço a todos pela vossa atenção. Mas agora, vamos para a verdadeira razão que todos sintonizados na noite. Senhoras e senhores, Sr. Gavril Fadaye! " Havia um punhado de aplausos de todos na sala, embora não era evidente todos estavam entusiasmados com o anúncio da Maxon. O rei, por exemplo, batia palmas, mas sem emoção, embora a rainha estava radiante de orgulho. Os conselheiros também parecia dividido sobre se deve ou não era uma boa idéia. "Muito obrigado por essa introdução, Majestade!" Gavril anunciado como ele correu para o conjunto. "Muito bem feito! Se essa coisa toda príncipe não der certo, você deve considerar um trabalho em entretenimento. " Maxon riu alto enquanto caminhava para o seu lugar. As câmeras estavam focados em


Gavril agora, mas eu assisti Maxon e seus pais. Eu não entendia por que as reações foram mistas. "As pessoas de Illéa, temos uma surpresa para você! Esta noite nós vamos estar recebendo a colher dentro de cada uma dessas mulheres jovens. Sabemos que você está morrendo de vontade de conhecê-los e saber como as coisas estão vindo junto com nossa Maxon Prince, assim esta noite ... nós apenas estamos indo para perguntar! Vamos começar com "-Gavril olhou para sua nota cartões-" Miss Celeste Newsome de Clermont! " Celeste passou sinuosamente de seu assento na fila de cima e descer as escadas. Ela realmente beijou Gavril em ambas as bochechas antes que ela se sentou. Sua entrevista era previsível, e assim foi do Bariel. Eles tentaram ser sexy, inclinando-se muito para obter fotos nítidas para baixo seus vestidos. Parecia falso. Eu vi seus rostos nos monitores como eles continuaram olhando para Maxon e piscando. De vez em quando, como quando Bariel tentou lamber suavemente os lábios, Marlee e eu fizemos contato visual breve e, em seguida, teve que desviar o olhar para que não riam. Outros foram mais composto. Tiny voz combinava com seu nome, e ela parecia dobrar sobre si mesma como a entrevista progrediu. Mas eu sabia que ela era doce e esperava que Maxon não contaria-la só porque ela não era um orador público grande. Emmica estava pronta, como foi Marlee, a principal diferença é que a voz Marlee era tão cheio de emoção e entusiasmo que voava mais alto e maior enquanto ela falava. Gavril pediu uma série de questões, mas houve dois que pareciam pop-up com todos: "O que você acha do príncipe Maxon?" E eu não estava ansioso para contar a "Você é a menina que gritou com ele?" país que tinha repreendido o futuro rei. Graças a Deus que, tanto quanto qualquer um sabia, eu agisse daquela maneira apenas uma vez. Todo mundo tinha orgulho de dizer que não era a garota que tinha gritado com ele. Em seguida, cada menina único pensamento que Maxon foi bom. Isso foi quase sempre a palavra: nice. Celeste disse que ele era bonito. Bariel disse que estava silenciosamente poderoso, que eu achava que soava assustador. Umas poucas garotas foram perguntados se Maxon tinha beijado ainda. Todos corou e disse que não. Após a nenhum terceiro ou quarto, Gavril ligado Maxon. "Você não beijou nenhum deles ainda?", Ele perguntou, chocado. "Eles só estive aqui duas semanas! Que tipo de homem você acha que eu sou? "Maxon respondeu. Ele disse que despreocupadamente, mas parecia se contorcer na cadeira um pouco. Eu me perguntei se ele já tinha beijado ninguém. Samantha tinha acabado de terminar dizendo que ela estava tendo um momento maravilhoso, e depois Gavril me chamou. As outras garotas aplaudido como eu estava, como as que tivemos para todos. Eu dei Marlee um sorriso nervoso. Eu me concentrei nos meus pés enquanto eu me dirigia, mas quando cheguei na cadeira, eu achei que


era fácil olhar para a direita após a ombro Gavril da Maxon. Ele me deu uma piscada pouco como eu peguei o microfone. Senti instantaneamente mais calmo. Eu não tinha ninguém para ganhar mais. Apertei a mão Gavril e sentou-se na frente dele. De perto, pude finalmente ver o pin na lapela. É, obviamente, perdeu seus detalhes através da câmera, mas agora eu vi que não era apenas as linhas e as curvas de um sinal forte, mas um pequeno X foi gravado no meio, fazendo a coisa toda parecer quase como uma estrela. Foi lindo. "Singer América. É um nome interessante que você tem lá. Existe uma história por trás disso? "Gavril perguntou. Eu suspirei de alívio. Este foi um caminho fácil. "Sim, na verdade. Enquanto minha mãe estava grávida de mim, eu chutei um monte. Ela disse que tinha um lutador em suas mãos, então ela me o nome do país que lutou tanto para manter esta terra juntos. É estranho, mas a seu crédito, ela estava certawe've lutado desde então. " Gavril riu. "Ela soa como uma mulher mal-humorada si mesma." "Ela é. Eu recebo um monte de minha teimosia dela. " "Então você é teimoso, então? Tenha um pouco de paciência? " Eu vi Maxon cobrindo a boca com as mãos, rindo. "Às vezes". "Se você tem um temperamento, se acontecer de você ser a pessoa que gritou com o nosso príncipe?" Eu suspirei. "Sim, era eu. E agora, minha mãe está tendo um ataque cardíaco. " Maxon chamou Gavril, "Levem-na para contar toda a história!" Gavril batido a cabeça para trás e para frente rapidamente. "Oh! Qual é a história toda? " Tentei encarar Maxon, mas toda a situação era tão bobo, não funciona muito bem. "Eu tenho um pouco ... a noite claustrofóbico primeiro, e eu estava desesperado para sair. Os guardas não iria deixar-me através das portas. Eu estava realmente prestes a desmaiar nos braços este guarda de alguém, mas o príncipe Maxon estava andando e fez abrir as portas para mim. " "Aw", Gavril disse, inclinando a cabeça para um lado.


"Sim, e depois seguiu para me certificar de que estava tudo bem .... Mas eu estava estressado, então quando ele me falou, eu basicamente acabou acusando-o de ser metida e superficial. " Gavril riu profundamente nisso. Olhei passado ele Maxon, que estava tremendo de tanto rir. Mas a coisa mais constrangedora foi que o rei ea rainha estavam rindo junto com ele. Eu não me virei para olhar para as meninas, mas eu ouvi alguns deles rindo também. Bem, bem. Talvez agora eles finalmente parar de me ver como qualquer tipo de ameaça. Eu era apenas alguém Maxon encontrado divertido. "E ele vos perdoou?" Gavril perguntou em um tom um pouco mais sóbrio. "Por incrível que pareça." Eu dei de ombros. "Bem, já que vocês dois estão em boas condições novamente, que tipo de atividades que você vem fazendo juntos?" Gavril estava de volta aos negócios. "Nós normalmente só ir para passeios ao redor do jardim. Ele sabe que eu gosto de fora. E falamos. "Soou patético depois do que algumas das outras meninas tinha dito. , Idas ao teatro vai a caça a cavalo, montando-os foram impressionantes ao lado de minha história. Mas de repente eu entendi porque ele tinha sido namoro de velocidade ao longo da semana passada. As meninas precisava de algo para dizer Gavril, então ele teve que fornecer. Ele ainda parecia estranho que ele não tinha mencionado nada disso para mim, mas pelo menos eu sabia por que ele tinha sido afastado. "Isso soa muito relaxante. Você diria que o jardim é a sua coisa favorita sobre o palácio? " Eu sorri. "Talvez. Mas a comida é excelente, então ... " Gavril riu de novo. "Você é o Cinco passado deixou na competição, sim? Você acha que fere suas chances de se tornar a princesa? " A palavra surgiu a partir de meus lábios, sem pensamento. "Não!" "Oh, meu! Você tem um espírito lá! "Gavril parecia satisfeito por ter conseguido uma resposta tão entusiástica. "Então você acha que vai bater para fora todos os outros, então? Torná-lo até o fim? " Pensei melhor de mim mesmo. "Não, não. Não é assim. Eu não acho que sou melhor do que qualquer das outras meninas, eles são tudo incrível. É só ... Eu não acho que Maxon faria isso, só alguém de desconto por causa de sua casta. "


Ouvi um suspiro coletivo. Corri a frase na minha cabeça. Levei um minuto para pegar o meu erro: eu chamava Maxon. Dizer que a outra garota atrás de portas fechadas era uma coisa, mas para dizer seu nome sem a palavra "Príncipe" na frente dele era incrivelmente informal em público. E eu disse que ao vivo na televisão. Eu olhei para ver se Maxon estava com raiva. Ele tinha um sorriso calmo em seu rosto. Assim, ele não era louco ... mas fiquei com vergonha. Corei violentamente. "Ah, então parece que você realmente ter chegado a conhecer o nosso príncipe. Digame, o que você acha da Maxon? " Eu tinha pensado em várias respostas, enquanto eu estava esperando a minha vez. Eu ia tirar sarro de sua risada ou falar sobre o nome do animal que ele queria que sua esposa chamá-lo. Parecia que a única maneira de salvar a situação era voltar a comédia. Mas, como eu levantei meus olhos para fazer um dos meus comentários, eu vi o rosto da Maxon. Ele realmente queria saber. E eu não podia gozar com ele, não quando eu tive a chance de dizer o que eu realmente comecei a pensar agora que ele era meu amigo. Eu não podia brincar com a pessoa que tinha me salvou de frente para desgosto absoluto em casa, que alimentou minhas caixas de familiares de doces, que correu para me preocupado que eu estava ferido se eu pedisse para ele. Um mês atrás, eu tinha olhado para a TV e vi um cadáver, distante, aborrecido pessoa alguém, eu não poderia imaginar alguém amando. E enquanto ele não era nada perto da pessoa que eu amava, ele era digno de ter alguém para amar em sua vida. "Maxon Schreave é o epítome de todas as coisas boas. Ele vai ser um rei fenomenal. Ele permite que as meninas que deveriam estar usando vestidos de jeans e não fique bravo quando alguém que não conheço claramente todos válidos ele. "Eu dei uma olhada Gavril afiado, e ele sorriu. E atrás dele, Maxon olhou intrigado. "Quem quer casar com ele será uma garota de sorte. E aconteça o que acontecer, estarei honrado em ser seu tema. " Eu vi andorinha Maxon, e eu baixei os olhos. "A América Singer, muito obrigado." Gavril foi para apertar minha mão. "O próximo é Miss Tallulah Bell." Eu não ouvi o que qualquer uma das meninas disse que depois de mim, embora eu olhava para os dois bancos. Essa entrevista tornou-se forma mais pessoal do que eu pretendia que fosse. Eu não podia trazer-me a olhar para Maxon. Em vez disso eu sentei lá repetindo minhas palavras uma e outra vez na minha cabeça.


A batida na porta do meu veio em torno de dez. Abri-la aberta, e Maxon revirou os olhos. "Você realmente deveria ter uma empregada aqui à noite." "Maxon! Oh, eu sinto muito. Eu não quis chamá-lo de que na frente de todos. Era tão estúpido. " "Você acha que eu sou louca por você?", Ele perguntou como ele entrou e fechou a porta. "América, você me chama pelo meu nome tantas vezes, foi obrigado a escapar. Eu gostaria que tivesse sido em um cenário um pouco mais privado ", disse ele com um sorriso," mas eu não isso contra você em tudo. " "Sério?" "É claro que, na verdade." "Ugh! Eu me senti como um idiota hoje à noite. Eu não posso acreditar que você me fez contar essa história! "Eu lhe deu um tapa no lado suavemente. "Essa foi a melhor parte de toda a noite! Mamãe era muito divertido. Em seu dia, as meninas eram mais reservados do que mesmo Tiny, e aqui você está me chamando de superficial ... ela não poderia superar isso. " Grande. Agora, a rainha pensou que eu era um desajustado, também. Andamos meu quarto e acabou na varanda. Havia uma brisa pequeno e quente soprando o cheiro dos milhares de flores no jardim para nós. A lua cheia brilhava sobre nós, somando-se as luzes ao redor do palácio, e que deu cara Maxon um brilho misterioso. "Bem, eu estou feliz que você é tão divertido", disse eu, correndo os dedos do outro lado da grade. Maxon pulou para sentar-se no parapeito, olhando muito relaxado. "Você é sempre divertido. Acostume-se a ele. " Hmm. Ele estava quase a ser engraçado. "Então ... sobre o que você disse ...", começou timidamente. "Qual parte? A parte sobre mim chamando-lhe nomes ou brigar com minha mãe ou dizendo a comida era a minha motivação? "Revirei os olhos. Ele riu uma vez. "A parte de mim ser bom ..." "Oh. O que tem isso? "Essas frases de repente parecia mais embaraçoso do que qualquer outra coisa que eu disse. Eu abaixei minha cabeça e torceu um pedaço do meu vestido.


"Eu aprecio você fazer as coisas parecerem autênticos, mas você não precisa ir tão longe." Minha cabeça se levantou. Como ele poderia pensar isso? "Maxon, que não foi por causa do show. Se você tivesse me perguntado um mês atrás que a minha opinião sincera de vocês foi, teria sido muito diferente. Mas agora eu sei que você, e eu sei a verdade, e você é tudo que eu disse que você era. E mais. " Ele ficou quieto, mas havia um pequeno sorriso em seu rosto. "Obrigado", ele disse finalmente. "Sempre". Maxon limpou a garganta. "Ele vai ter sorte, também." Ele desceu do seu assento improvisado e caminhou para o meu lado da varanda. "Huh?" "O seu namorado. Quando ele chega aos seus sentidos e lhe implora para levá-lo de volta ", disse Maxon assunto com naturalidade. Eu tive que rir. Não há tal coisa iria acontecer no meu mundo. "Ele não é meu namorado mais. E ele deixou bem claro que ele foi feito comigo. "Mesmo que eu pudesse ouvir o pouco de esperança na minha voz. "Não é possível. Ele vai te vi na TV, e agora caiu para você tudo de novo. Embora, na minha opinião, você ainda é muito bom para o cão. "Maxon falou quase como se ele estava entediado, como se tivesse visto isso acontecer um milhão de vezes. "Falando nisso", ele disse um pouco mais alto. "Se você não quer que eu seja apaixonada por você, você vai ter que parar de olhar tão lindo. Amanhã primeira coisa que eu estou tendo suas empregadas costurar alguns sacos de batata juntos para você. " Eu bati o braço. "Cale a boca, Maxon." "Eu não estou brincando. Você é bonita demais para seu próprio bem. Uma vez que você sair, nós vamos ter que enviar alguns dos guardas com você. Você nunca vai sobreviver com a sua coisa, própria pobres. "Ele disse tudo isso com pena de simulação. "Eu não posso ajudá-lo." Eu suspirei. "Nunca se pode deixar de ser nascido em perfeição." Eu abanou meu rosto como se estivesse sendo tão bonita foi cansativo.


"Não, eu não acho que você pode ajudá-lo." Eu ri. Eu não percebi por um momento que Maxon não parecem pensar que ele era engraçado. Eu olhei para o jardim e vi com o canto do meu olho que Maxon estava olhando para mim. Seu rosto estava incrivelmente perto do meu. Quando me virei para perguntar o que ele estava olhando, fiquei surpreso ao ver que ele estava perto o suficiente para me beijar. Fiquei ainda mais surpreso quando ele fez. Eu me afastei rapidamente, dando um passo. Maxon recuou também. "Desculpe", ele murmurou, corando. "O que você está fazendo?" Eu perguntei num sussurro chocado. "Desculpe." Ele estava um pouco afastado, obviamente envergonhado. "Por que você fez isso?" Eu coloquei minha mão na minha boca. "É só ... com o que você disse anteriormente, e, em seguida, procurar-me ontem ... do jeito que você agiu ... eu pensei que talvez os seus sentimentos mudaram. E eu gosto de você, eu pensei que você poderia dizer. "Ele se virou para me encarar. "E ... Oh, era terrível? Você não parece feliz. " Eu tentei apagar o que eu tinha expressão do meu rosto. Maxon parecia mortificado. "Eu sinto muito. Eu nunca beijei ninguém antes. Eu não sei o que estou fazendo. Eu sou apenas ... eu sinto muito, a América. "Ele deu um suspiro pesado e passou a mão pelos cabelos algumas vezes, encostado na grade. Eu não esperava isso, mas um calor me encheu. Ele queria que seu primeiro beijo para estar comigo. Eu pensei sobre o Maxon eu sabia agora o homem cheio de elogios, o homem preparado para me dar os ganhos de uma aposta que eu perdi, o homem que me perdoou quando eu machucá-lo tanto física como emocionalmente, e descobri que eu não fiz mente que em tudo. Sim, eu ainda tinha sentimentos por Aspen. Eu não poderia desfazer isso. Mas se eu não pudesse estar com ele, então o que estava me impedindo de estar com Maxon? Nada mais do que as minhas ideias preconcebidas sobre ele, que não eram nada perto de quem ele era.


Fui até ele e esfregou minha mão em sua testa. "O que você está fazendo?" "Estou apagando a memória. Acho que podemos fazer melhor. "Eu puxei minha mão para baixo e apoiou-me ao lado dele, de frente para o meu quarto. Maxon não se mexeu ... mas ele sorriu. "América, eu não acho que você pode mudar a história." Tudo o mesmo, a sua expressão parecia esperançoso. "Claro que pode. Além disso, quem já tinha sei sobre isso, mas você e eu? " Maxon me olhou por um momento, claramente perguntando se isso era realmente bem. Lentamente, eu vi uma confiança cautelosa fluência em seu rosto quando ele olhou nos meus olhos. Nós ficamos assim por um momento antes que eu pudesse lembrar exatamente o que eu tinha dito. "Nunca se pode deixar de ser nascido em perfeição", eu sussurrei. Ele chegou perto, envolvendo o braço em volta da minha cintura para que se enfrentaram. Seu nariz cócegas meu. Ele passou os dedos pela minha bochecha tão gentilmente parecia que ele tinha medo que eu iria quebrar. "Não, eu não acho que você pode", ele respirou. Com a mão segurando meu rosto em direção ao seu, Maxon baixou os lábios nos meus e me deu a menor sussurro de um beijo. Algo sobre a provisoriedade da que me fez se sentir bonita. Sem uma palavra, eu podia entender como ele estava animado para ter este momento, mas, em seguida, com medo ao mesmo tempo. E mais profundo do que qualquer um que, senti que ele me adorava. Então isso era o que sentia ao ser uma dama. Depois de um momento, ele se afastou e perguntou: "Foi melhor assim?" Eu poderia apenas acenar com a cabeça. Maxon parecia que ele estava à beira de fazer um backflip. Havia um sentimento semelhante no meu peito. Foi tão inesperado. Isso tudo foi muito rápido, muito estranho. A confusão deve ter mostrado no meu rosto, porque Maxon ficou sério. "Posso dizer algo?" Eu balancei a cabeça novamente.


"Eu não sou tão estúpido a ponto de acreditar que você tenha esquecido completamente sobre o seu ex-namorado. Eu sei o que você passou e que você não está exatamente aqui, sob as circunstâncias normais. Eu sei que você acha que existem outros aqui mais adequado para mim e esta vida, e eu não quero que você se apresse em tentar ser feliz com nada disso. Eu só ... Eu só quero saber se é possível ... " Era uma pergunta difícil de responder. Será que eu estaria disposto a viver uma vida que eu nunca queria? Será que eu estaria disposto a ver como ele gentilmente tentou datar os outros para ter certeza que ele não estava cometendo um erro? Será que eu estaria disposto a assumir a responsabilidade que ele teve como um príncipe? Será que eu estaria disposta a amá-lo? "Sim, Maxon," eu sussurrei. "É possível." CAPÍTULO 19

Não contei a ninguém que tinha acontecido entre mim e Maxon, nem mesmo Marlee ou minhas servas. Parecia que um segredo maravilhoso que eu poderia revisitar no meio de uma das aulas chatas de Silvia ou outro longo dia na Sala da Mulher. E para ser honesto, eu pensei sobre o nosso beija-o tanto desajeitado e doce com mais freqüência do que eu esperava eu. Eu sabia que não estava indo para se apaixonar por Maxon durante a noite. Eu sabia que meu coração não me deixou. Mas de repente eu me vi em um lugar onde isso era algo que eu poderia querer. Então eu pensei sobre a possibilidade silenciosamente em minha cabeça, embora eu estivesse tentado a deixar escapar o meu segredo mais de uma vez. Particularmente três dias depois, quando Olivia anunciou a Sala da Mulher semi-inteiro de que Maxon a beijara. Eu não podia acreditar como eu me senti despedaçado. Eu me peguei olhando para Olivia e perguntando o que havia de tão especial sobre ela. "Conte-nos tudo!" Marlee insistiu. A maioria das outras meninas estavam curiosos também, mas Marlee era o mais entusiasmado. No curto espaço de tempo desde que ela e Maxon tiveram sua última data, o seu interesse em todos os outros progresso parecia estar crescendo. Eu não poderia dizer o que estava por trás da mudança, e eu não estava muito corajoso o suficiente para perguntar. Olivia não precisam de incentivo. Sentou-se em um dos sofás e espalharam-se vestido. Parecia que ela estava treinando para ser a princesa. Eu senti como se dizendo que um beijo não quer dizer que ela estava ganhando.


"Eu não quero entrar em todos os detalhes, mas foi muito romântico", ela emocionouse, enfiando-lhe o queixo no peito. "Ele me levou para o telhado. Existe esse lugar que é como uma espécie de varanda, mas parece que ele é usado para os guardas. Eu não poderia dizer. Poderíamos olhar para fora por cima do muro, e toda a cidade estava brilhando tanto quanto pudemos ver. Ele realmente não disse nada. Ele simplesmente me puxou para dentro e me beijou. "Seu corpo inteiro contraído com alegria. Marlee suspirou. Celeste parecia que ela estava pronta para quebrar alguma coisa. Sentei-me ali. Eu mantive-me dizer que eu não deveria importar tanto, que tudo fazia parte da Seleção. E quem vai dizer que eu realmente quero acabar com Maxon de qualquer maneira? Honestamente, eu deveria me considerar sortudo. Foi maldade Celeste claro tinha um novo alvo, e depois daquele episódio inteiro com o meu vestido, que eu percebi que tinha esquecido de mencionar a Maxon-Eu estava feliz por vê-la em movimento. "Você acha que ela é a única que ele beijou?" Terça-feira sussurrou em meu ouvido. Kriss, que estava ao meu lado, ouviu as suas preocupações e encanada dentro "Ele não apenas nos beijar ninguém. Ela deve estar fazendo algo certo ", lamentou Kriss. "E se ele beijou a metade do quarto e as pessoas estão mantendo silêncio sobre o assunto? Talvez seja parte de sua estratégia, "Terça-feira perguntou. "Eu não acho que quem manteve o silêncio seria, necessariamente, considerar que uma estratégia", retruquei. "Talvez eles estejam apenas privado." Kriss respirou. "E se Olivia nos dizendo tudo isso é apenas um jogo um pouco? Agora estamos todos preocupados, e não é como se qualquer um de nós seria realmente pedir Maxon se ele beijou-a. Não há maneira de saber se ela está mentindo ou não. " "Você acha que ela faria isso?" Eu perguntei. "Se ela fez, eu gostaria de ter pensado nisso antes", disse terça-feira com saudade. Kriss suspirou. "Isso é muito mais complicado do que eu pensei que seria." "Diga-me sobre isso", eu murmurei. "Eu gosto de quase todos nesta sala, mas quando ouço falar Maxon fazer algo com alguém, eu só quero descobrir como eu posso fazer um melhor do que ela", confessou. "Eu não gosto de me sentir competitivo para todos vocês." "É tipo como o que eu estava dizendo minúsculo no outro dia", terça-feira. "Eu sei que


ela é um pouco sobre o lado tímido, mas ela é muito elegante e acho que ela faria um grande princesa. Eu não posso ficar bravo com ela se ela tem mais datas do que eu, mesmo se eu quiser a coroa a mim mesmo. " Kriss e encontrei os olhos por um segundo, e eu poderia dizer que estávamos ambos pensando a mesma coisa. Ela disse coroa, não ele. Mas eu deixá-lo cair, porque a outra parte de seu discurso pouco atingido em algo familiar. "Marlee e eu falo sobre isso o tempo todo. Como podemos ver grandes qualidades em outro. " Nós todos trocaram olhares, e algo estava diferente. De repente, eu não senti tanta inveja de Olivia ou mesmo assim em desacordo com Celeste. Estávamos todos a passar por isso de uma maneira diferente, e talvez até mesmo por razões diferentes, mas pelo menos a passar por isso juntos. "Talvez Rainha Amberly estava certo", eu disse. "A única coisa a fazer é ser você mesmo. Eu prefiro ter Maxon me mandar para casa para ser eu mesmo do que manter-me por ser como outra pessoa. " "É verdade", disse Kriss. "E no final, trinta e quatro pessoas tem que ir. Se eu fosse a última uma posição, eu quero saber que eu tinha todos os outros de suporte, de modo que devemos tentar ser solidário, também. " Eu balancei a cabeça, sabendo que ela estava certa. Eu estava confiante de que eu poderia fazer isso. Só então Elise entrou na sala, seguido por Zoe e Emmica. Ela era geralmente muito lenta e calma, e nunca levantou a voz. Hoje, no entanto, ela virou a cabeça e gritou para nós. "Olhe para esses pentes!", Gritou ela, apontando para dois enfeites de cabelo bonitos que foram abordados no que parecia ser milhares de dólares em pedras preciosas. "Maxon lhes deu para mim. Não são lindas? " Este definir o quarto em uma onda de emoção e decepção, e minha confiança recémnascido desapareceu. Tentei não ficar desapontado. Afinal, não havia recebi presentes? Se eu não tivesse sido beijada? Mas, como a sala cheia de meninas e as histórias foram recontadas, eu encontrei-me querer ir apenas esconder. Talvez hoje seria um bom dia para gastar com minhas servas. Como eu estava pensando em sair da sala, Silvia entrou, procurando um pouco atrasado e animado ao mesmo tempo. "Senhoras", ela gritou, tentando acalmar-nos. "Senhoras, você está aqui?" Cantamos nossos sins volta para ela.


"Graças a Deus por isso", disse ela, estabelecendo-se. "Eu sei que isto é prazo muito tarde, mas que acabou de aprender o rei ea rainha de Swendway estão vindo para visitar em três dias, e como todos sabem, temos relações em sua família real. Além disso, parentes da rainha será entrando para conhecê-lo, ao mesmo tempo, então nós vamos ter uma casa muito cheia. Temos muito pouco tempo para ficar pronto, de modo claro as suas tardes. Lições da Grande Sala imediatamente depois do almoço ", disse ela, e virou para ir embora. Você teria pensado que o pessoal do palácio tiveram meses para planejar. Gigantes pavilhões de tendas foram instaladas em jardins, com comida e vinho estações espalhadas pelo gramado. O número de guardas para fora foi maior do que o habitual, e se juntaram a eles vários soldados Swendish o rei ea rainha tinham trazido com eles. Eu acho que mesmo eles sabiam como em risco o palácio foi. Havia uma tenda com tronos criados para o rei, rainha, e Maxon, assim como o rei ea rainha de Swendway. A rainha, cujo nome Swendish eu não podia pronunciar para salvar a minha vida era quase tão bonito como rainha Amberly e parecia ser um grande amigo para ela. Eles foram todos resolvidos confortavelmente sob a tenda, exceto para Maxon, que estava ocupado fazendo rondas com todas as meninas e os membros estendidos de sua família. Maxon olhou emocionado ao ver seus primos, mesmo os pequenos que mantiveram puxando paletó e fugir. Ele teve uma de suas muitas câmeras para fora e foi correr atrás dos filhos com ele, tirando fora. Quase todas as meninas selecionadas foram vêlo em adoração. "América," alguém chamado. Virei-me para o meu direito de ver Elayna e Leah conversando com uma mulher que parecia quase idêntica à rainha. "Venha conhecer a irmã da rainha." Havia algo no tom Elayna de que eu não conseguia nomear, mas me deixou nervoso sobre se juntando a eles. Fui até lá e fez uma reverência com a senhora, que gargalhou e disse: "Pare com isso, querida. Eu não sou a rainha aqui. Estou Adele, a irmã mais velha de Amberly. "Ela estendeu a mão, que eu tomei, e ela soluçou como se abalou. A mulher tinha um leve sotaque, e algo sobre ela era reconfortante da maneira que se sente chegando em casa. Ela era curvilínea e segurou um copo quase vazio de vinho que, com base no aspecto pesado em seus olhos, não era o seu primeiro. "De onde você é? Eu amo seu sotaque ", eu disse. Algumas das outras garotas do sul parecia semelhante, e suas vozes pareciam incrivelmente romântico para mim. "Honduragua. Mesmo junto à costa. Nós crescemos em uma minúscula casa ", disse ela, fazendo um espaço do tamanho de um centímetro entre o indicador eo polegar. "E olhe para ela agora. Olhe para mim ", disse ela, apontando para baixo do vestido. "Essa mudança."


"Eu moro em Carolina, e meus pais me levaram para a costa uma vez. Eu adorei ", eu respondi. "Oh, não, não, não, filho", disse ela, acenando com a mão sobre. Elayna e Leah pareciam que estavam segurando o riso. É claro que não acho que a irmã da rainha deve ser tão familiar. "As praias em meio Illéa são lixo comparados com os do baixo sul. Você tem que ir ver um dia. " Sorri e balançou a cabeça, pensando que eu adoraria ver mais do país, mas era duvidoso que jamais faria. Pouco depois, um dos muitos filhos Adele veio até ela e puxou, e Elayna e Leah deu uma gargalhada. "Ela não é hilário?" Leah disse. "Eu não sei. Ela parece amigável ", eu respondi com um encolher de ombros. "Ela é vulgar", Elayna respondeu. "Você deveria ter ouvido todas as coisas que ela disse antes de vir para cima." "O que era tão ruim sobre ela?" "Você pensaria que ela teria pego algumas lições em decoro ao longo dos anos. Como Silvia não costuma ficar com ela? "Leah disse com um sorriso de escárnio. "Preciso lembrá-lo, ela foi criada como um Four. Igual a você ", eu tiro de volta. Sua expressão presunçosa vacilou, e ela pareceu lembrar-se que ela e Adele não eram tão diferentes. Elayna, no entanto, era um Três natural e continuou falando. "Você pode apostar, se eu ganhar, a minha família irá ser treinado ou deportados. Eu não deixaria qualquer um deles me envergonhar desse jeito. " "O que era tão embaraçoso?" Eu perguntei. Elayna chupou os dentes. "Ela está bêbado. A rainha e rei da Swendway aqui. Ela devia ser enjaulado. " Eu decidi que era o suficiente e se afastou para obter um pouco de vinho da minha própria. Uma vez eu tive um copo, olhei em volta e sinceramente não consegui encontrar um único lugar que eu queria resolver. A recepção foi toda bonita e interessante e completamente agravante. Pensei no que Elayna tinha dito. Se eu acabei vivendo no palácio, eu esperaria a minha família para mudar? Eu olhei para as crianças correndo ao redor, as pessoas amontoadas recuperar o atraso. Será que não quero Kenna ser exatamente quem ela era, quer os seus filhos desfrutando de toda esta matéria não como eles se comportavam?


Qual seria viver no palácio me mudar? Será que Maxon quero me mudar? Foi por isso que ele estava fora de beijar outras meninas? Porque havia algo não muito certo sobre mim? Foi o resto da Seleção vai sentir essa irritante? "Sorria". Eu me virei, e Maxon tirou uma foto de mim. Eu recuperou em surpresa. Esse quadro inesperado desgastou o último da minha paciência, e me afastei. "Algo errado?" Maxon perguntou, abaixando a câmera. Dei de ombros. "O que está acontecendo?" "Eu não sinto como sendo uma parte da Seleção hoje", eu respondi secamente. Imperturbável, Maxon se aproximou e baixou a voz. "Precisa de alguém para conversar? Eu poderia puxar minha orelha direita agora ", ele ofereceu. Eu suspirei e tentei colocar um sorriso educado no meu rosto. "Não, eu só preciso pensar." Eu fui para sair. "América", disse ele calmamente. Parei e me virei. "Será que fiz alguma coisa?" Hesitei. Devo perguntar sobre ele beijando Olivia? Devo dizer-lhe quão tenso estava me sentindo em torno das meninas, agora que as coisas tinham mudado entre nós? Devo dizer-lhe como eu não queria mudar a mim mesmo ou a minha família para ser uma parte disso? Eu estava prestes a deixar tudo derramar quando uma voz estridente chamado atrás de nós. "Maxon Prince?" Nós viramos e Celeste estava ali de pé, conversando com a rainha de Swendway. Estava claro que ela queria ter essa conversa com Maxon em seu braço. Ela acenou, convidando-o. "Por que você não correr?" Eu disse, meu aborrecimento vazando para a minha voz de novo. Maxon olhou para mim. A expressão em seu rosto me lembrou que isso era parte do negócio. Eu era esperado para compartilhar.


"Cuidado com aquele." Eu dei Maxon uma reverência rápida e se afastou. Eu fiz o meu caminho em direção ao palácio, e ao longo do caminho percebi Marlee sentado sozinho. Eu nem queria estar com ela agora, mas notei que ela estava estacionado em um banco perto da parede dos fundos do palácio sob o sol quente brutalmente, seu companheiro mais próximo de um guarda, jovem silêncio estacionado a poucos metros de distância. "Marlee, o que você está fazendo? Obter sob uma tenda antes de queimar sua pele. " Ela me deu um sorriso educado. "Estou feliz aqui." "Não, realmente," eu disse, colocando a mão em torno de seu braço. "Você vai olhar como o meu cabelo. Você deve " Marlee empurrou a mão de meu aperto, mas falou suavemente. "Eu quero ficar aqui, na América. Eu prefiro isso. " Havia uma tensão no rosto dela que ela estava tentando mascarar. Eu tinha certeza que ela não estava chateado comigo, mas algo estava acontecendo. "Ótimo. Tentar obter alguma sombra em breve, no entanto. As queimaduras solares machucar ", disse eu, tentando cobrir a minha frustração, e caminhou em direção ao palácio. Uma vez lá dentro, eu decidi ir para a Sala da Mulher. Eu não poderia ficar fora por muito tempo, e pelo menos que o quarto ficaria vazio. Mas quando eu entrei, encontrei Adele sentado perto da janela e vendo a cena se desenrolar lá fora. Ela virou-se quando eu entrei e me deu um pequeno sorriso. Fui até lá e sentou ao lado dela. "Escondendo?" Ela sorriu. "Kind of. Eu queria conhecer todos vocês e ver minha irmã de novo, mas eu odeio quando essas coisas se transformam em funções do Estado. Fazem-me tenso. " "Eu não sou um grande fã mesmo. Eu não conseguia me imaginar fazendo coisas como esta o tempo todo. " "Eu aposto", disse ela preguiçosamente. "Você é o Five, certo?" O jeito que ela disse isso, não era um insulto. Mais como ela estava perguntando se eu estava no clube. "Sim, sou eu." "Lembrei-me de seu rosto. Você era doce no aeroporto. É o tipo de coisa que ela teria feito ", disse ela, balançando a cabeça para fora da janela para a rainha. Ela suspirou. "Eu não sei como ela faz. Ela é mais forte do que a maioria das pessoas sabe. "Eu a vi pegar um copo de vinho e saborear distância.


"Ela parece forte, mas elegante, também." Adele sorriu. "Sim, mas é mais do que isso. Olhe para ela agora. " Eu assisti a rainha. Notei seus olhos foram treinados por todo o gramado. Eu segui o olhar dela, e ela estava assistindo Maxon. Ele estava falando para a rainha da Swendway ao lado de Celeste enquanto um de seus primos se agarrou a sua perna. "Ele teria sido um grande irmão", disse ela. "Amberly teve três abortos espontâneos. Dois antes dele, um após. Ela ainda pensa nisso, ela me diz isso. E então eu tenho seis filhos. Eu me sinto culpado cada vez que eu aparecer. " "Tenho certeza que ela não pensa dessa forma. Aposto que ela está entusiasmada toda vez que você visita, "eu assegurei-lhe. Ela se virou. "Você sabe o que a faz feliz? Você faz. Sabe o que ela vê lá fora? Uma filha. Ela sabe que quando tudo isto acabar, ela vai ter dois filhos. " Virei-me de Adele olhar para a rainha novamente. "Você acha? Ela parece um pouco distante. Eu nem sequer falado com ela ainda. " Adele concordou. "Só você esperar. Ela morre de medo de tornar-se anexado a todos vocês só para ver você partir. Uma vez que é um grupo menor, você vai ver. " Olhei para a rainha novamente. E então, Maxon. Voltar ao rei. E então a Adele. Tanta coisa passou pela minha cabeça. Como as famílias são as famílias, independentemente das suas castas. Como as mães têm suas próprias preocupações de suportar. Como eu realmente não odeio nenhuma das meninas aqui, não importa o quão errado eles podem ser. Como toda a gente deve estar colocando sobre uma cara brava por algum motivo ou outro. E, finalmente, como Maxon me fez uma promessa. "Desculpe-me. Eu tenho alguém que eu preciso falar. " Ela tomou um gole de vinho e, felizmente, acenou-me para longe. Eu corri para fora da sala, e volta para o sol ofuscante dos jardins. Eu procurei em torno de um momento e descobriu que o primo jovem Maxon tinha começado a persegui-lo em torno de um arbusto. Eu sorri e se aproximou lentamente. Finalmente Maxon parado, acenando com as mãos no ar, admitindo sua derrota. Como ele riu, ele se virou e me viu, seu sorriso largo ainda em seu rosto. Quando nossos olhos se encontraram, seu sorriso desapareceu. Ele procurou meu rosto, procurando um sinal do meu humor. Mordi o lábio e olhou para baixo. Ficou claro que se preocupar com o que aconteceu para mim como um membro da Seleção significaria o processamento de um monte de


outros sentimentos que eu não tinha sido preparada. No entanto eu os levei, eu tinha que tentar não forçar-los em outras pessoas, especialmente Maxon. Eu pensei sobre os líderes rainha de hospedagem de visita, os membros da família, um bando de meninas de uma só vez. Ela conseguiu eventos e causas apoiadas. Ela ajudou o marido, seu filho, e do país. E por baixo de tudo, ela era um quatro que realizou suas próprias mágoas e nunca deixar seu posto anterior ou dores atuais mantê-la de fazer tudo. Olhei embaixo dos meus cílios em Maxon e sorriu. Ele lentamente sorriu de volta, e sussurrou algo para o menino, que imediatamente se virou e saiu correndo. Ele estendeu a mão e puxou sua orelha. E eu fiz o mesmo. CAPÍTULO 20

FAMÍLIA da Rainha ficou alguns dias, e os visitantes de Swendway uma semana inteira. Eles fizeram um segmento sobre o Relatório de discutir as relações internacionais e movimentos em direção a mais paz para ambos os países. Era agora um mês em minha estada no palácio, e eu estava completamente em casa. Meu corpo estava confortável no novo clima. O calor do palácio foi celeste, como um feriado. Setembro foi quase no fim, e ele ficou muito legal à noite, mas era muito mais quente do que em casa. As atracções deste espaço gigante já não eram um mistério. Os sons de sapatos de salto em copos de mármore, cristal tilintando, os guardas de marcha, eles estavam começando a tornar-se tão normal quanto o zumbido geladeira ou Gerad chutar uma bola de futebol contra a casa. Refeições com a família real e os tempos na Sala da Mulher foram os grampos na minha rotina, mas os momentos médios dos meus dias eram sempre novo. Passei muito tempo trabalhando com música, os instrumentos no palácio eram muito superiores aos que eu tinha em casa. Eu tinha que admitir, que eles estavam fazendo me estragado. A qualidade do som era inimaginavelmente melhor. E Sala da Mulher tinha ficado um pouco mais emocionante, como a rainha tinha aparecido pelo menos duas vezes agora. Ela realmente não tinha falado com ninguém ainda, mas ela se sentou em uma cadeira confortável com as suas servas a seu lado, observando como lemos ou conversamos. Em geral, a animosidade se estabeleceram também. Nós estávamos acostumando um ao outro. Nós finalmente descobri top picks da revista para as nossas fotografias. Fiquei chocado ao ver que eu era um dos principais candidatos. Marlee estava na liderança, com Kriss, Tallulah, e Bariel logo atrás. Celeste não falar com Bariel para os dias ao ouvir isso, mas eventualmente todos deixá-lo passar. O que ainda parecia trazer mais tensão foram os bits de informação lançados ao redor. Quem quer que tivesse sido com Maxon recentemente não poderia ajudar, mas jorrar sobre seu pequeno interlúdio. A forma como todos falavam, parecia como se Maxon ia ser a escolha seis


ou sete esposas. Mas nem todo mundo estava brilhando nesta experiência. Por exemplo, Marlee teve mais do que algumas datas com Maxon, que colocou todo mundo no limite. Ainda assim, ela nunca deparei com tão animado quanto ela tinha uma após a sua primeira. "Os Estados Unidos, se eu te disser isso, você tem que jurar não contar a ninguém", disse ela enquanto caminhávamos no jardim. Eu sabia que era algo sério. Ela esperou até que chegamos longe dos ouvidos de escuta na sala da Mulher e muito além dos olhos dos guardas. "Claro, Marlee. Você está bem? " "Sim, eu estou bem. Eu só ... Eu preciso de sua opinião sobre algo. "O rosto dela estava pesado com preocupação. "O que há de errado?" Ela mordeu o lábio. "É Maxon. Eu não tenho certeza se vai funcionar. "Ela olhou para baixo. "O que faz você pensar isso?" Eu perguntei, preocupado. "Bem, para começar, eu não ... eu não sinto nada, sabe? Nenhuma faísca, nenhuma conexão. " "Maxon pode ser um pouco tímido é tudo. Você tem que dar tempo a ele. "Isto era verdade. Fiquei surpreso que não sabia que a respeito dele. "Não, quero dizer, eu não acho que eu gosto dele." "Oh". Isso era algo muito diferente. "Você já tentou?" Que pergunta estúpida. "Sim! Tão difícil! Eu continuo esperando por um momento para vir quando ele vai dizer ou fazer algo que me faça sentir que têm algo em comum, mas nunca acontece. Acho que ele é bonito, mas isso não é suficiente para construir uma relação toda em. Eu nem sei se ele está atraído por mim. Você tem alguma idéia de que tipo de coisas que ele gosta, sabe? " Eu pensei sobre isso. "Não, na verdade. Nós nunca conversamos sobre o que ele está procurando no departamento de física. " "E essa é outra coisa! Nós nunca conversamos. Ele fala sobre e para você, mas nunca parece ter nada a dizer. Nós gastamos muito de nosso tempo em silêncio assistindo a algo ou cartas de baralho. " Ela parecia mais preocupado a cada minuto. "Às vezes estamos juntos tranquila também. Às vezes nós apenas sentar e dizer nada. Além


disso, sentimentos como esse não acontecem sempre durante a noite. Talvez você esteja ambos apenas tomá-lo lento. "Eu tentei soar reconfortante-Marlee parecia que ela estava à beira das lágrimas. "Honestamente, América, eu acho que a única razão que eu ainda estou aqui é porque as pessoas gostam tanto de mim. Eu acho que suas opiniões importam para ele. " Esse pensamento não tinha me ocorrido, mas parecia plausível. Há muito tempo atrás, eu tinha demitido a sua opinião, mas Maxon amava o seu povo. Eles têm mais de uma mão na escolha da princesa ao lado do que eles saberiam. "E, além disso," ela sussurrou, "tudo entre nós é tão ... vazio." Então, as lágrimas vieram. Eu suspirei e abracei. Na verdade, eu queria que ela ficasse, para estar aqui comigo, mas se ela não amava Maxon ... "Marlee, se você não quer ficar com Maxon, eu acho que você precisa dizer a ele." "Oh, não, eu não acho que eu posso." "Você tem que. Ele não quer casar com alguém que não o ama. Se você não tem nenhum sentimento por ele, ele precisa saber. " Ela balançou a cabeça. "Eu não posso simplesmente pedir para sair! Eu preciso para ficar. Eu não poderia ir para casa ... não agora. " "Por que, Marlee? O que está impedindo você aqui? " Por um momento, eu me perguntava se Marlee e eu compartilhamos o mesmo segredo sombrio. Talvez houvesse alguém que ela precisava de distância, também. A única diferença em nossas situações foi que Maxon sabia sobre o meu. Eu queria que ela dissesse isso! Eu queria saber que eu não era o único que tinha acabaram aqui de algumas circunstâncias ridículas. Mas as lágrimas Marlee parou quase tão rapidamente como começou. Ela fungou algumas vezes e se endireitou. Ela alisou o vestido dia, endireitou os ombros, e se virou para mim. Ela puxou um sorriso, forte e quente em seu rosto e falou. "Você sabe o que? Eu aposto que você está certo. "Ela começou a se afastar. "Tenho certeza que se eu apenas dar-lhe algum tempo, tudo vai dar certo. Eu tenho que ir. Minúsculo está me esperando. " Marlee meia correu de volta ao palácio. O que no mundo havia acontecido com ela?


No dia seguinte, Marlee me evitou. No dia seguinte, também. Eu fiz questão de sentar-se na Sala das Mulheres a uma distância segura e certificando-se de reconhecê-la sempre que se cruzaram. Eu queria que ela soubesse que podia confiar em mim, eu não iria fazê-la falar. Demorou quatro dias para ela dar-me um sorriso, triste saber. Eu apenas assenti. Parecia que seria tudo o que havia a dizer sobre o que estava acontecendo no coração da Marlee. Nesse mesmo dia, enquanto eu estava sentado na sala da Mulher, Maxon chamado para mim. Seria uma mentira dizer que eu não estava absolutamente atordoado quando eu corri para fora da porta e em seus braços. "Maxon!", Eu respirei, caindo nele. Quando eu voltei, ele meio que atrapalhou um pouco, e eu sabia o porquê. O dia em que tinha deixado a recepção Swendway e entrou para falar, eu confesso que um momento difícil que eu estava tendo lidar com a maneira que eu senti. E eu perguntei-lhe para não me beijar até que eu estava mais certo. Eu poderia dizer que ele estava ferido, mas ele balançou a cabeça e não tinha quebrado a sua promessa ainda. Foi muito difícil de decifrar esses sentimentos quando ele agiu como se ele fosse meu namorado, mas claramente não era. Havia ainda vinte e duas meninas aqui depois de Camille, Mikaela, e Laila tinha sido enviado para casa. Camille e Laila eram simplesmente incompatíveis e deixou com muito pouco estrago. Mikaela tem tanta saudade que ela explodiu em soluços arfando durante café da manhã dois dias depois. Maxon escoltou da sala, batendo o ombro todo o caminho. Ele parecia bem com deixá-los ir, e estava feliz por se concentrar em suas outras perspectivas, inclusive eu. Mas ele e eu sabíamos que seria tolo da parte dele investir o seu coração completamente em mim quando eu mesmo não tinha certeza de onde a minha foi. "Como você está hoje?", Perguntou ele, recuando. "Perfeito, é claro. O que você está fazendo aqui? Você não deveria estar trabalhando? " "O presidente da Comissão de Infra-estrutura está doente, por isso a reunião foi adiada. Eu sou livre como um pássaro durante toda a tarde. "Seus olhos estavam brilhando. "O que você quer fazer?", Ele perguntou, segurando o braço dele para mim. "Qualquer coisa! Há muito do palácio Eu ainda não vi. Há cavalos aqui, certo? E o cinema. Você ainda não me levaram lá. " "Vamos fazer isso. Eu poderia usar algo relaxante. Que tipo de filmes você mais gosta? ", Ele perguntou como começamos a caminhar na direção de onde eu imaginei a escada para o porão era. "Honestamente, eu não sei. Eu não consigo assistir a um monte de filmes. Mas eu gosto de livros românticos. E comédias também! "


"Romance, você diz?" Ele ergueu as sobrancelhas como se ele fosse até bom. Eu tive que rir. Viramos um canto e continuou a falar. Quando nos aproximamos, uma massa da guarda do palácio puxado para o lado do corredor e saudou. Tinha de haver mais de uma dúzia de homens de pé no corredor. Eu estava acostumado a eles por agora. Mesmo a visão de uma coleção tão grande não podia distrair-me do tempo de diversão que eu estava prestes a ter com Maxon. O que me fez parar foi quando eu ouvi o suspiro que escapou da boca de alguém como nós passamos. Maxon e eu virou. E havia Aspen. Engoli em seco, também. Algumas semanas atrás, eu ouvi alguns administrador no palácio palestra sobre o projecto de passagem. Tinha-me perguntado sobre Aspen, mas vendo como eu estava atrasado para um dos muitos ensinamentos de Silvia, eu realmente não tenho a chance de especular muito. Então, ele tinha sido tomada pelo projecto depois de tudo. De todos os lugares que ele poderia ter ido ... Maxon pegou. "América, você sabe que isso rapaz?" Fazia mais de um mês desde que eu tinha visto Aspen, mas esta foi a pessoa que eu passei anos comprometendo-se a memória, a pessoa que ainda visitou meus sonhos. Gostaria de conhecê-lo em qualquer lugar. Ele parecia um pouco maior, como se ele tivesse sido alimentado, realmente alimentados, e estava trabalhando muito. Seu cabelo scraggly tenha sido reduzido, praticamente tudo se foi. E eu estava acostumado a vê-lo em roupas de segunda mão que foram mal que está sendo realizada em conjunto por tópicos, e aqui ele estava em um dos brilhantes, uniformes equipados da guarda do palácio. Ele era estranho e familiar ao mesmo tempo. Assim, muitas das coisas ao seu redor parecia errado. Mas aqueles olhos ... aqueles eram olhos Aspen. Meus olhos caíram para a marca de nome em seu uniforme: OFICIAL LEGER. Eu duvidava um segundo tinha passado. Eu me mantinha composto suficiente para que ninguém viu a tempestade furiosa dentro-um milagre em si. Eu queria tocá-lo, beijá-lo, gritar com ele, exigem que ele deixe o meu santuário. Eu queria derreter e desaparecer, mas eu me senti tão bem aqui. Nada daquilo fazia sentido.


Limpei a garganta. "Sim. Gestor Leger vem da Carolina. Ele é na verdade da minha cidade natal. "Sorri Maxon. Sem dúvida Aspen teria ouvido nos rir como nós dobrou a esquina, teria notado que o meu braço ainda estava envolto no príncipe. Que ele faça de que o que ele faria. Maxon parecia animado para mim. "Bem, e quanto a isso! Bem-vindo, Diretor de Leger. Você deve ser feliz para ver a sua menina campeão novamente. "Maxon estendeu a mão e apertoua Aspen. Aspen rosto era como uma pedra. "Sim, Vossa Majestade. Sim, muito. " O que isso significa? "Tenho certeza que você está puxando para ela também", Maxon incentivado como ele piscou para mim. "Claro, majestade". Aspen inclinou a cabeça um pouco. E o que isso significa? "Excelente. Desde que a América é de sua província natal, eu não consigo pensar em um homem melhor no palácio para deixá-la com. Vou me certificar de que está colocado em sua rotação de guarda. Esta menina de sua recusa a manter uma empregada doméstica em seu quarto à noite. Eu tentei dizer a ela .... "Maxon balançou a cabeça para mim. Aspen finalmente pareceu relaxar um pouco. "Não estou surpreso com isso, Vossa Majestade." Maxon sorriu. "Bem, eu tenho certeza que todos vocês tenham um dia cheio pela frente. Nós vamos estar fora. Bom dia, os agentes ". Maxon deu um aceno rápido e me puxou. Levou toda a força no meu corpo não olhar para trás. Na escuridão do teatro, tentei descobrir o que fazer. Maxon havia deixado claro a partir da noite eu disse a ele sobre Aspen que ele odiava quem iria me tratar com cuidado tão pouco. Se eu dissesse a Maxon que o homem que tinha acabado indicada para cuidar de mim era essa pessoa muito, ele iria puni-lo de alguma forma? Eu não iria colocá-lo passar por ele. Ele inventou um sistema de suporte para o país baseado em minhas histórias de estar com fome. Então eu não podia dizer-lhe. Eu não lhe diria. Porque tão louco como eu era, eu amei Aspen. E eu não podia suportá-lo se machucar. Então eu deveria deixar? A ambivalência puxou meu coração. Eu poderia escapar Aspen, ficar longe de seu rosto cara que iria me torturar todos os dias quando eu vi ele e sabia que não era


mais meu. Mas se eu saísse, eu teria que deixar Maxon, também. E Maxon foi o meu melhor amigo, talvez até mais. Eu não podia simplesmente ir. Além disso, como eu ia explicar isso sem dizer-lhe Aspen estava aqui? E a minha família. Talvez os cheques que recebia eram menores, mas pelo menos eles foram recebê-los. Maio tinha escrito dizendo que o pai estava prometendo a nossa melhor Natal já este ano, mas eu tinha certeza de que veio com a estipulação de que um outro Natal nunca poderia ser tão bom. Se eu saísse, quem poderia dizer quanto dinheiro a minha fama passado traria para a minha família? Tivemos que economizar o máximo que podíamos agora. "Você não gostava que um, não é?" Maxon perguntou quase duas horas mais tarde. "Huh?" "O filme. Você não riu nem nada. " "Ah." Eu tentei me lembrar de um pequeno pedaço de informação, uma única cena que eu poderia dizer que eu tinha gostado. Nada registrado. "Eu acho que sou apenas um pouco fora de hoje. Desculpe, mas você perdeu a sua tarde. " "Bobagem". Maxon acenou a minha atitude medíocre. "Eu só desfrutar da sua companhia. Embora talvez você deve tirar um cochilo antes do jantar. Você está procurando um pouco pálido. " Eu balancei a cabeça. Eu estava pensando em ir para meu quarto e nunca mais voltar para fora.

CAPÍTULO 21

No final, eu decidi contra escondendo no meu quarto. Ao invés disso eu escolhi Sala da Mulher. Normalmente eu corria dentro e para fora o dia inteiro, visitando bibliotecas, fazer caminhadas com Marlee, ou mesmo de voltar lá em cima para visitar minhas servas. Mas agora eu estava usando o banheiro das mulheres como uma caverna. Nenhum homem, nem mesmo os guardas, foram permitidos dentro sem a permissão da rainha expressa. Foi perfeito. Bem, era perfeito para três dias. Com isso muitas meninas, foi só uma questão de tempo até que alguém teve um aniversário. Kriss foi na quinta-feira. Imaginei que ela tinha mencionado a Maxon-que parecia nunca deixar passar uma oportunidade de dar a alguém algo eo resultado foi uma festa obrigatória para todos os selecionados. Como resultado, quinta-feira foi uma corrida louca de meninas dentro e fora de uns dos outros quartos, perguntando o que eles estavam usando ou adivinhar o quão grande seria.


Não parece que os presentes eram obrigados, mas eu percebi que eu faça algo de bom para ela tudo a mesma coisa. No dia da festa, eu vestia um dos meus vestidos favoritos dia e agarrou meu violino. Arrastei-me até a Grande Sala, olhando em torno dos cantos antes de me comprometi a andar. Uma vez eu fiz isso para a sala, eu fiz outra varredura, observando os guardas que cobriam as paredes. Felizmente, Aspen era longe de ser visto, e eu tive que rir com a presença de tantos homens de uniforme. Eles estavam esperando um motim ou algo assim? O quarto foi decorado Grande lindamente. Vasos especiais pendurado na parede, exibindo enormes arranjos de flores amarelas e brancas, e bouquets semelhantes sentou-se em taças ao redor da sala. Windows, se estende da parede, e praticamente qualquer coisa que não se mexeu foi envolto em guirlandas. Algumas mesas pequenas tinha sido estabelecido, e eles estavam cobertos com lençóis brilhantes. Pequenos pedaços de confete brilhante brilharam na mesa-tops. Arcos ornamentados adornavam as costas das cadeiras. Em um canto, um bolo enorme que combinava com as cores da sala de espera a ser cortado. Próximo a ele, uma pequena mesa realizou alguns presentes para o aniversariante. Um quarteto de cordas foi criada contra a parede, tornando efetivamente a minha tentativa de um presente sem sentido, e um fotógrafo vagou o quarto, capturando momentos para o olho público. O clima na sala era brincalhão. Tiny-que até agora só conseguiu chegar perto de Marlee-estava conversando com Emmica e Jenna e olhando mais animado do que eu jamais vi. Marlee pairou perto de uma janela, olhando como um dos muitos guardas espalhados pela parede. Ela não fez nenhum esforço para deixar seu local escolhido, mas parou quem passava para conversar. Um grupo de-Threes Kayleigh, Elizabeth, e Emily, tudo se virou e acenou e sorriu. Eu retribuiu o gesto. Todo mundo parecia tão amigável e feliz hoje. Exceto para Celeste e Bariel. Normalmente, eles eram inseparáveis, mas hoje eles estavam em lados opostos da sala, com Bariel falar com Samantha, e Celeste sentado sozinho em uma mesa, segurando um copo de cristal de líquido vermelho escuro. Eu, obviamente, perdi alguma coisa entre o jantar de ontem e esta tarde. Agarrei a minha caixa do violino novamente e caminhou em direção ao fundo da sala para ver Marlee. "Oi, Marlee. Isso é uma coisa, não é? "Eu perguntei, colocando o violino. "Com certeza é." Ela me abraçou. "Eu ouço Maxon da vinda de mais tarde para desejar um feliz aniversário Kriss em pessoa. Isso não é doce? Aposto que ele tem um presente também. "


Marlee prosseguiu em seu caminho típico entusiasta. Eu ainda me perguntava o que era o seu segredo, mas eu confiava nela o suficiente para trazer à tona o assunto se ela realmente precisava falar sobre isso. Falamos de pequenos nadas por alguns minutos até que ouvimos um clamor geral na extremidade frontal da sala. Marlee e eu virei, e enquanto ela permaneceu calmo, eu estava completamente esvaziado. Kriss escolha do vestido tinha sido incrivelmente estratégico. Aqui todos nós estávamos no dia-vestidos curtos, de menina coisas e ela estava em um longo vestido. Mas o comprimento significava pouco. Era que seu vestido era uma cor, quase branco cremoso. Seu cabelo foi feito com uma linha de jóias amarelas pregadas em uma linha na frente em uma semelhança muito sutil a uma coroa. Ela parecia maduro, noivas, régio. Mesmo que eu não estava inteiramente certo onde meu coração foi, eu senti uma pontada de ciúme. Nenhum de nós jamais chegaria um momento similar. Não importa como muitas festas ou jantares iam e vinham, seria patético para tentar copiar olhar de Kriss. Eu vi Celeste da mão-o que não estava segurando sua bebida bola em um punho. "Ela parece realmente bonita", comentou Marlee melancolicamente. "Melhor do que bem", respondi. A festa continuou, e Marlee e eu principalmente multidão assistiu. Surpreendentemente e suspeita-Celeste agarrou-se a Kriss, falando-se uma tempestade como Kriss circulou pela sala, agradecendo a todos por terem vindo, mesmo que realmente não tinha escolha. Eventualmente, ela chegou ao canto de trás, onde Marlee e eu estávamos de pé, a apanhar banhos de sol quente das janelas. Marlee, fiel à forma, jogou os braços em torno de Kriss. "Feliz aniversário!" Ela gritou. "Obrigado!" Kriss respondeu, voltando afeto Marlee e entusiasmo. "Então você é 19 hoje, certo?" Marlee perguntou. "Sim. Eu não conseguia pensar em uma maneira melhor para comemorar. Estou tão feliz que eles estão tirando fotos. Minha mãe vai adorar este! Mesmo que nós fazemos muito bem, nunca tivemos dinheiro para ter algo como isto. É tão lindo! "Ela emocionou-se. Kriss era um Três. Não havia limites quase tantos como a sua vida como a minha, mas


eu imagino algo próximo a esta escala seria difícil de justificar. "É impressionante", comentou Celeste. "Para o meu aniversário no ano passado, eu tive uma festa preto e branco. Qualquer traço de cor, e você nem era permitido na porta. " "Uau", Marlee sussurrou, inveja óbvia na palavra pequena. "Foi fantástico. Comida gourmet, iluminação dramática, ea música! Bem, nós voamos em Tessa Tamble. Você já ouviu falar dela? " Era impossível não saber Tessa Tamble. Ela tinha pelo menos uma dúzia de canções de sucesso. Às vezes, vimos vídeos de dela na TV, no entanto, que foi visto com bons olhos pela mãe. Ela pensou que éramos infinitamente mais talentosa do que ninguém como Tessa, e irritou-la para nenhum fim que ela tinha a fama eo dinheiro quando não o fizemos para fazer essencialmente a mesma coisa. "Ela é o meu favorito!" Kriss exclamou. "Bem, Tessa é um amigo querido da família, então ela entrou e fez um show para minha festa. Quero dizer, nós não poderíamos ter um bando de tristes Fives sugando toda a vida fora da sala. " Marlee me deu uma rápida olhada para os lados. Eu poderia dizer que ela estava se sentindo envergonhado por mim. "Oops", acrescentou Celeste, olhando para mim. "Eu esqueci. Eu não quis ofender. " A doçura pegajosas de sua voz era irritante. Mais uma vez eu estava tentado a bater nela .... Melhor não empurrá-lo. "Não levei", eu respondi, como composto como eu podia. "Exatamente o que você faz como um Dois, Celeste? Quer dizer, eu nunca ouvi a sua música no rádio. " "Eu modelo", ela respondeu em um tom que implicava que eu deveria saber isso. "Você não viu os meus anúncios?" "Não posso dizer que eu tenho." "Oh, bem, você é um Five. Eu acho que você não pode pagar as revistas de qualquer maneira. " Doeu porque era verdade. Que amava a esgueirar-se espreita em revistas Quando conseguimos passar por uma loja, mas não havia absolutamente nenhuma razão para comprá-los. Kriss, assumindo o papel de anfitrião mais uma vez, trocou as direções.


"Você sabe, América, eu tenho sentido de perguntar o que era o seu foco como um de cinco." "Music". "Você deve jogar para nós algum dia!" Eu suspirei. "Na verdade, eu trouxe o meu violino para tocar para vocês hoje. Eu pensei que faria um belo presente, mas você já tem um quarteto, então eu percebi " "Oh, jogar por nós!" Marlee implorou. "Por favor, América, é meu aniversário!" Kriss ecoou. "Mas eles já lhe deu um" Não importa como eu protestei. Kriss e Marlee já silenciou o quarteto e fez todo mundo vir para o fundo da sala. Algumas meninas espalharam seus vestidos fora e sentou no chão, enquanto outros puxado algumas cadeiras em direção ao canto. Kriss ficou no meio da multidão, apertando as mãos com entusiasmo, como Celeste ali estavam, segurando o copo de cristal que ela ainda tinha que tomar um gole. Como as meninas acomodaram-se, eu preparei o violino. O quarteto de jovens que estavam tocando aproximou para me apoiar, e os garçons poucos que tinha sido movimentado sobre a sala tornou-se ainda. Eu respirei fundo e trouxe o violino para o meu queixo. "Por você", eu disse, olhando para Kriss. Eu deixei o arco pairar acima das cordas por um momento, fechei os olhos e deixe a música vir. Por um tempo, não havia Celeste perverso, não Aspen escondido no palácio, não houve rebeldes que tentam invadir. Não havia nada, mas uma nota perfeita amarrando-se ao próximo de tal forma que parecia ter medo eles podem se perder no tempo sem o outro. Mas eles detinham em conjunto, e como eles flutuaram, esse dom que era para ser algo para Kriss tornou-se algo para mim. Eu posso ser um Five, mas eu não valia nada. Eu tocava a música-tão familiar como a voz do meu pai ou o cheiro do meu quarto por alguns breves momentos lindos, e então deixá-lo vir ao seu fim inevitável. Eu dei o arco uma última varredura através das cordas e levantou-o no ar. Virei-me para encontrar Kriss, esperando que ela gostou do seu presente, mas eu nem sequer ver seu rosto. Atrás da multidão de garotas, Maxon tinha andado dentro Ele estava em um terno cinza com uma caixa debaixo do braço para Kriss. As meninas


foram gentilmente aplaudindo, mas eu não podia registrar o som. Tudo o que eu vi foi que Maxon usava um bonito, expressão maravilhada, que lentamente se transformou em um sorriso, um sorriso para ninguém além de mim. "Sua Majestade", eu disse com uma mesura. As outras garotas subiram todos a seus pés para cumprimentar Maxon. Em meio a isso, ouvi um grito chocado. "Oh, não! Kriss, eu sinto muito. " Umas poucas garotas se engasgou na mesma direção, e como Kriss virou meu caminho eu vi o porquê. Seu lindo vestido estava manchado na frente de soco Celeste. Parecia Kriss havia sido esfaqueado. "Me desculpe, eu só virou muito rápido. Eu não queria, Kriss. Deixe-me ajudá-lo. "Para a pessoa média, o tom de Celeste provavelmente soou sincero, mas eu podia ver através dele. Kriss cobriu a boca quando ela começou a chorar, então saiu correndo do quarto, que terminou a festa. Para seu crédito, Maxon foi atrás dela, embora eu realmente desejava que ele tivesse ficado. Celeste estava implorando seu caso para quem quisesse ouvir, dizendo que era um acidente completo. Terça-feira foi balançando a cabeça, dizendo que ela viu a coisa toda, mas havia tantos ombros rolando os olhos e flacidez do resto que seu apoio era inútil. Eu tranquilamente colocar o meu violino longe e foi embora. Marlee agarrou meu braço. "Alguém deve fazer algo sobre ela." Se Celeste podia mover alguém tão linda como Anna à violência, ou acho que era aceitável para tentar tirar o vestido do meu pé, ou fazer alguém tão bom como Marlee chegar perto de raiva, então ela realmente era demais para a Seleção. Eu tive que pegar aquela garota fora do palácio. CAPÍTULO 22

"Eu estou lhe dizendo, MAXON, TI não foi um acidente." Estávamos no jardim novamente, passar o tempo até que o Relatório. Levou-me um dia inteiro para ter a chance de falar com ele. "Mas ela parecia mortificado, e ela era tão apologético," ele respondeu. "Como não poderia ter sido um acidente?" Eu suspirei. "Eu estou lhe dizendo. Eu vejo Celeste todos os dias, e que era sua maneira


sorrateira de arruinar momento Kriss no centro das atenções. Ela é tão competitiva. " "Bem, se ela estava tentando tirar a minha atenção de Kriss, ela falhou. Passei quase uma hora com a menina. Tempo bastante agradável que eu tive, também. " Eu não queria ouvir sobre isso. Eu sabia que havia algo pequeno e tênue entre nós, e eu não queria lidar com qualquer coisa que possa alterá-lo. Não até que eu sabia como eu me sentia sobre ele próprio. "Então o que acontece com Anna?" Eu perguntei. "Quem?" "Farmer Anna? Ela bateu Celeste, e você chutou para fora, lembra? Eu sei que Anna tinha que ter sido provocado. " "Você ouviu Celeste dizer alguma coisa?" Ele parecia cético. "Bem ... não. Mas eu sabia que Anna, e eu sei Celeste. Eu estou lhe dizendo, Anna não era o tipo de pessoa para ir direto para a violência. Celeste deve ter dito algo cruel com ela para ela ter reagido dessa maneira. " "América, eu estou ciente de que você gasta mais tempo com as meninas que eu faço, mas o quão bem você pode realmente conhecê-los? Você gosta de se esconder em seu quarto ou nas bibliotecas. Eu ouso dizer que você está mais familiarizado com personalidades suas empregadas domésticas 'do que qualquer um dos selecionados. " Ele provavelmente estava certo, mas eu não iria recuar. "Isso não é justo. Eu estava certo sobre Marlee, não era? Você não acha que ela é legal? " Ele fez uma careta. "Sim ... ela é legal, eu suponho." "Então por que você não acredita em mim quando digo que o que Celeste fez foi um movimento calculado?" "América, não é que eu acho que você está mentindo. Tenho certeza de que, para você, parecia que maneira. Mas Celeste estava arrependido. E ela tem sido nada, mas gracioso comigo. " "Aposto que ela tem", eu murmurei sob a minha respiração. "Isso é o suficiente", Maxon, disse com um suspiro. "Eu não quero falar sobre os outros agora." "Ela tentou tirar meu vestido, Maxon", eu reclamei.


"Eu disse que não quero falar sobre ela", disse ele ferozmente. Isso era tudo que eu ia tomar. Eu bufou e levantou os braços no ar apenas para deixá-los com um baque contra minhas pernas. Eu estava tão frustrado Eu queria gritar. "Se você vai a agir dessa maneira, eu vou encontrar alguém que não quer minha companhia." Ele se afastou. "Hey!" Eu chamei. "Não!" Ele virou as costas para mim e falou com mais força do que eu jamais imaginei que pudesse. "Você esquece de si mesmo, Lady América. Ele faria bem para lembrar que eu sou o príncipe herdeiro de Illéa. Para todos os efeitos, eu sou dono e senhor do país, e eu vou ser amaldiçoado se você acha que pode me tratar assim na minha própria casa. Você não tem que concordar com as minhas decisões, mas você vai cumpri-los. " Ele se virou e saiu, ou não se vendo ou se importar que eu tinha lágrimas nos meus olhos. Eu não olhei o seu caminho através jantar, mas era difícil fazer durante o relatório. Eu peguei ele olhando para mim duas vezes, e ambas as vezes ele puxou sua orelha. Eu não voltar a ação. Eu não queria falar com ele agora. Eu só podia supor que eu ia ser repreendido mais de qualquer maneira, e eu não preciso disso. Fui até meu quarto depois tão chateado com Maxon eu não conseguia pensar com clareza. Por que ele não me escuta? Será que ele pensa que eu era um mentiroso? Pior ainda, ele acha que Celeste foi acima mentindo? Talvez Maxon era apenas um cara normal, e Celeste era uma menina bonita, e no final que seria o que ganhou. Por todo o seu discurso sobre querer um companheiro de alma, talvez tudo o que ele queria era um bedmate. E se esse era o tipo de pessoa ele era, porque eu estava mesmo se preocupar com isso? Burro, burro, estúpido! Beijei-o! Eu disse a ele que eu seja paciente! E para quê? I justEu virei a esquina para o meu quarto, e lá estava Aspen, esperando pela minha porta. Toda a raiva minha derreteu em uma estranha incerteza. Guarda, como regra, manteve seus olhos para a frente e ficou em atenção, mas ele estava olhando para mim com uma expressão ilegível. "Lady America", ele sussurrou. "Diretor de Leger." Embora não fosse seu trabalho, ele se inclinou para abrir a minha porta para mim. Passei devagar, quase com medo de virar as costas para ele, quase com medo que ele não era real.


Por mais que eu tinha tentado mantê-lo fora da minha cabeça e meu coração, eu só queria que ele fosse comigo naquele momento. Quando passei, ouvi-o inalar apenas ao lado de meu cabelo. Ela me deu um calafrio. Ele me encarou com outro olhar e lentamente fechou a porta. O sono era inútil. Joguei por horas, como pensamentos de estupidez Maxon e proximidade de Aspen lutou na minha cabeça. Eu não sabia o que fazer sobre qualquer coisa. Minhas reflexões foram tão desgastante, eu nem percebi que eu estava ponderando-los até dois últimos bem na parte da manhã. Eu suspirei. Meus empregadas iam ter que trabalhar duro para me fazer parecer amanhã boa. De repente eu vi uma luz do corredor. Então, calmamente parecia que eu estava sonhando, Aspen abriu a porta, entrou e fechou-a atrás dele. "Aspen, o que você está fazendo?", Eu sussurrei quando ele atravessou a sala. "Você vai estar em tantos problemas, se você for pego por aqui!" Ele continuou a caminhar em silêncio. "Aspen?" Ele parou na frente da minha cama e calmamente pôs o bordão que ele estava segurando no chão. "Você o ama?" Eu olhei nos olhos profundos Aspen, mal visível no escuro. Por uma fração de segundo, eu não sei o que dizer. "Não." Ele arrancou de volta meus cobertores em um movimento tanto gracioso e violento. Eu deveria ter protestado, mas não o fiz. Sua mão estava por trás de minha cabeça, empurrando meu rosto ao dele. Ele me beijou freneticamente, e cada coisa boa no mundo caiu no lugar. Ele não cheira como seu sabão caseiro mais, e ele era mais forte do que ele costumava ser, mas cada movimento, cada toque era familiar. "Eles vão matá-lo para fazer isso", eu respirei em um breve momento, quando seus lábios viajou para o meu pescoço. "Se eu não fizer, eu vou morrer de qualquer jeito." Eu tentei trabalhar-se a vontade para lhe dizer para parar, mas eu sabia que qualquer tentativa seria indiferente. Mil coisas sobre esse momento parecia errado, que estávamos quebrando tantas regras, que tanto quanto eu sabia Aspen tinha outra namorada, que Maxon e eu tive


algum tipo de sentimentos um pelo outro, mas eu não poderia me importar. Eu estava tão irritado com Maxon, e Aspen senti tão reconfortante, eu deixei as mãos subir e descer as minhas pernas. Fiquei maravilhado com o quão diferente ele sentiu. Nós nunca tivemos tanto espaço antes. Mesmo com a distração, eu podia sentir tudo fervilhando na minha cabeça. Eu estava irritado com Maxon, irritado com Celeste, mesmo com raiva de Aspen. Inferno, eu estava com raiva Illéa. Como nós nos beijamos assim por diante, comecei a chorar. Aspen beijou-me por ele, e logo algumas das lágrimas eram dele, também. "Eu te odeio, você sabe?" Eu disse. "Eu sei, Mer. Eu sei. " Mer. Quando ele me tocou assim, chamou-me esse nome, eu me senti como se eu fosse um mundo de distância. Chateado como eu estava, Aspen me senti em casa. Nós fomos por quase 15 minutos antes de lembrar a si mesmo. "Eu tenho que voltar, o guarda fazendo rondas serão me esperando." "O quê?" "Há guardas que fazem rondas a esmo. Eu poderia ter vinte minutos, eu poderia ter uma hora. Se é uma partida curta, tenho menos de cinco minutos. " "Depressa!" Insisti, pulando com ele para ajudá-lo a arrumar seu cabelo. Ele pegou seu cajado, e correu pelo chão juntos. Antes que ele abriu a porta, ele me puxou para me beijar novamente. Parecia que a luz solar pura estava viajando pelas minhas veias. "Eu não posso acreditar que você está aqui", eu disse. "Como você foi parar em cima da guarda do palácio?" Ele encolheu os ombros. "Acontece que eu sou um natural. Eles voam todos para este local de treinamento em brancos. América, que estava coberto de neve! Nada como os nevões que voltar para casa. Todos os novos guardas são alimentados e treinados e testados. Há tiros, também. Não sei o que está neles, mas eu cresci muito rápido. Eu sou um lutador sólido, e eu sou inteligente. Eu testei mais alta da nossa classe. " Eu sorri com orgulho. "Não surpreendeu por isso em tudo." Beijei-o novamente. Aspen sempre tinha sido muito bom para levar a vida de um Six.


Ele abriu a porta e verificou o corredor. Parecia vazio. "Eu tenho tanto para te dizer. Precisamos conversar ", eu sussurrei. "Eu sei. E nós o faremos. Vai levar algum tempo, mas eu vou estar de volta. Hoje não. Eu não sei quando, mas em breve. "Ele me beijou de novo, com tanta força que quase doía. "Eu perdi você", ele sussurrou em minha boca, e voltou para seu posto. Voltei para a minha cama em um daze. Eu não podia acreditar no que acabara de fazer. Parte de mim-a muito chateado parte sentida como Maxon merecia isso. Se ele queria poupar Celeste e me humilhar, então eu certamente não seria uma parte da Seleção por muito tempo. Se ela pudesse encontrar uma maneira de contornar as regras, não havia nada para me parar mais. Problema resolvido. De repente, desgastado, adormeci em instantes. CAPÍTULO 23

NA MANHÃ SEGUINTE, acordei sentindo um pouco culpado. Assustado mesmo. Só porque eu não voltar puxão de orelha de Maxon não significa que ele não poderia vir ao meu quarto a qualquer hora que ele queria. Nós tão facilmente poderia ter sido capturado. Se alguém tinha alguma idéia do que eu tinha feito ... Foi traição. E só havia uma maneira do palácio tratado de traição. Mas outra parte de mim não me importava. Nos momentos nebulosos de acordar, eu revivia cada olhar nos olhos de Aspen, cada toque, cada beijo. Eu perdi que tão mal. Eu queria que tivéssemos mais tempo para conversar. Eu realmente precisava saber o que estava pensando Aspen, embora ontem à noite me deu algumas pistas. Foi tão inacreditável, depois de tentar tão duro para não querer que ele, que ele poderia ainda me quer. Era sábado, e eu deveria ir à Sala da Mulher, mas eu simplesmente não podia aguentar. Eu precisava pensar, e eu sabia que não iria acontecer no térreo conversa interminável flutuante. Quando meus Cozinheiros veio, eu disse que tinha uma dor de cabeça e iria ficar na cama. Eles eram tão útil, trazendo-me comida e limpar o quarto o mais silenciosamente possível, que eu quase me senti mal por ter mentido para eles. Eu tive que, no entanto. Eu não poderia enfrentar a rainha e as meninas e, possivelmente, Maxon, enquanto minha mente estava tão solidamente fixados em Aspen. Fechei os olhos, mas não dormi. Tentei esclarecer exatamente como eu me sentia. Antes que


eu fosse muito longe, porém, houve uma batida na porta. Rolei, pegando o rosto de Ana como ela silenciosamente perguntou se ela deve responder. Sentei-me rapidamente, ajeitou meu cabelo, e deu-lhe um aceno de cabeça. Rezei para que ele não seria Maxon-Eu estava com medo que ele seria capaz de ler os meus crimes na minha cara, mas eu não estava preparado para ver o rosto de Aspen andando pela minha porta. Senti-me sentar-se mais alto e esperar minhas servas não percebeu. "Perdoe-me, sinto falta", disse a Anne. "Eu sou Diretor de Leger. Estou aqui para falar com a Senhora América sobre algumas medidas de segurança. " "Claro", disse ela, sorrindo mais brilhante do que o habitual e gesticulando para Aspen para entrar. No canto vi Maria cutucar Lucy, que soltou uma risadinha minúsculo. Quando ele ouviu o som, Aspen se virou para eles e tirou o chapéu. "Senhoras". Lucy abaixou a cabeça e rosto de Maria parecia mais vermelho do que o meu cabelo, mas não respondeu. Anne, mas ela também parecia tomado por boa aparência Aspen, foi reunir o suficiente para falar, pelo menos. "Vamos sair, perder?" Eu considerei isso. Eu não queria parecer demasiado óbvia, mas um pouco de privacidade seria bom. "Só por um momento. Tenho certeza Diretor Leger não vai precisar de mim por muito tempo, "eu decidi, e levado para a direita fora da sala. Uma vez que eles tinham desaparecido atrás da porta, Aspen falou. "Você está errado, eu estou com medo. Vou precisar de você por um tempo muito longo. "Ele piscou para mim. Eu balancei minha cabeça. "Eu ainda não posso acreditar que você está aqui." Sem perder tempo, Aspen tirou o chapéu e se sentou na beira da minha cama, definindo suas mãos para que os nossos dedos apenas mal tocada. "Eu nunca pensei que eu iria contar o projecto como uma bênção, mas se ele me dá a chance de pedir desculpas a você, eu serei eternamente grato." Fiquei espantado em silêncio. Aspen olhou profundamente em meus olhos. "Por favor me perdoe, Mer. Eu era tão, tão estúpido, e eu me arrependi naquela noite na casa da árvore desde a segunda descia a escada. Eu era teimoso demais para dizer qualquer coisa e, em seguida, seu nome foi chamado ... Eu não sabia o que fazer. "Ele parou por um segundo. Parecia que ele tinha lágrimas em seus olhos. Seria possível que Aspen havia chorado por mim do jeito que eu estava chorando por


ele? "Eu ainda sou tão apaixonado por você." Mordi o lábio, segurando as lágrimas. Eu precisava ter certeza de uma coisa antes que eu pudesse pensar sobre isso. "E quanto Brenna?" Seu rosto caiu. "O quê?" Eu dei uma respiração instável. "Eu vi vocês dois juntos na praça, quando eu estava saindo. É que mais? " Aspen apertou o rosto em concentração, em seguida, caíram na gargalhada. Ele cobriu a boca com as mãos e caiu de costas na cama, antes de avançar para cima e perguntando: "É isso o que você acha? Oh, Mer, ela caiu. Ela tropeçou e eu peguei ela. " "Desarmado?" "Sim, a praça estava tão cheio, as pessoas estavam de pé em cima da outra. Ela caiu dentro de mim e fez uma piada sobre ser um desajeitado, o que você sabe que é verdade para Brenna mesmo em um dia bom. "Eu pensei sobre o tempo, ela parecia apenas cair na calçada, sem motivo aparente. Por que não se isso tivesse ocorrido comigo antes? "Assim como eu poderia ficar livre, eu estava correndo para o palco." Lembrei-me daqueles momentos, tentativa desesperada de Aspen para chegar perto de mim. Ele não tinha sido fingimento de todo. Eu sorri. "E o que você estava pensando em fazer uma vez que você tem aí?" Ele encolheu os ombros. "Eu realmente não acho que fora tão longe. Eu estava pensando em pedir-lhe para ficar. Eu estava preparado para fazer um idiota para fora de mim mesmo se isso significasse que você não iria ficar no carro. Mas então você parecia tão louco ... e eu entendo por que você fosse. "Ele soltou um suspiro. "Eu simplesmente não poderia fazê-lo. Além disso, talvez você ficaria feliz aqui. "Ele olhou ao redor da sala para todas as coisas bonitas que foram temporariamente consideradas mina. Eu podia ver como ele pensaria isso. "Então", continuou ele, "eu pensei que pudesse conquistá-lo uma vez que você chegou em casa." Sua voz parecia de repente tingida com preocupação. "Eu tinha certeza que você quer sair e voltar para casa assim que pudesse. Mas ... você não fez. " Ele fez uma pausa para olhar para mim, mas felizmente, não pediu o quão perto Maxon e eu estávamos. Ele tinha visto algumas delas já, mas ele não sabia que nós nos beijamos ou teve sinais secretos, e eu não quero ter que explicar isso. "Então havia o projecto, e eu imaginei que seria injusto pensar sobre a escrita. Eu poderia morrer aqui. Eu não quero tentar fazer você me amar de novo e então ... "


"Amo você de novo?" Eu perguntei incrédulo. "Aspen, nunca parei." Em uma jogada rápida mas suave, Aspen se inclinou e me beijou. Ele colocou a mão em meu rosto, segurando-me a ele, ea cada minuto dos últimos dois anos inundou meu corpo. Eu estava tão agradecido que eles não foram perdidos. "Sinto muito", ele murmurou entre beijos. "Eu sinto muito, Mer". Ele se afastou para olhar para mim, um pequeno sorriso em seu rosto perfeito, os olhos pedindo exatamente o que eu estava pensando: O que fazemos agora? Só então, a porta se abriu, e eu estava horror struck-as minhas servas levou em proximidade de Aspen. "Graças a Deus você está de volta!", Disse a eles como ele empurrou a mão mais firme contra a minha bochecha antes de movê-lo para minha testa. "Eu não acho que você tem uma temperatura, senhorita." "O que há de errado?" Anne perguntou, se preocupe caindo sobre seu rosto enquanto ela corria para minha cama. Aspen estava. "Ela começou dizendo que se sentia engraçado, algo sobre sua cabeça." "É a sua pior dor de cabeça, menina?" Maria perguntou. "Você está tão pálida!" Eu aposto que eu fiz. Sem dúvida, cada gota de sangue havia corrido para longe do meu rosto no momento em que nos viram juntos. Mas Aspen, tão calmo sob pressão, tinha fixado em uma fração de segundo. "Vou pegar o remédio," Lucy canalizada em, correndo para o banheiro. "Perdoe-me, senhorita," Aspen disse que minhas servas foi trabalhar. "Eu não quero perturbálo mais. Eu voltarei quando você está se sentindo melhor. " Nos seus olhos eu podia ver a mesma cara que eu beijei mil vezes na casa da árvore. O mundo à nossa volta era completamente nova, mas a nossa ligação era o mesmo de sempre. "Obrigado, oficial", eu disse fracamente. Ele passou a sair, dando-me um pequeno arco. Logo minhas servas foram todos agitação em torno de mim, tentando curar uma doença que não estava lá.


Minha cabeça não doer, mas o meu coração fez. O desejo de braços Aspen era tão familiar, era como se nunca tivesse deixado. Acordei com um tremor duro sobre os meus ombros de Anne no meio da noite. "O quê?" "Por favor, senhorita, você tem que se levantar!" Sua voz era frenética, desgastado com o terror. "O que há de errado? Você se machucou? " "Nós estamos sob ataque. Temos que levá-lo para o porão. " Minha mente estava grogue, eu não podia ter certeza que eu estava ouvindo o seu direito. Mas eu notei atrás dela que Lucy já estava chorando. "Eles estão dentro?" Eu perguntei, incrédulo. Lamento medo de Lucy era tudo que eu precisava de confirmação. "O que fazemos?" Eu perguntei. Um súbito aumento da adrenalina me acordou, e eu pulei da cama. Assim que eu estava de pé, Maria estava empurrando os meus pés em sapatos e Anne estava colocando um manto sobre mim. Tudo que eu conseguia pensar era do Norte ou do Sul? Norte ou Sul? "Há uma passagem aqui no canto. Vai levá-lo direto para o cofre de quarto na cave. Os guardas estão lá esperando. A família real já deve estar lá ea maioria das meninas, também. Depressa, senhorita. "Anne puxou-me para o corredor e empurrou em uma seção de parede. Descobriuse, como uma passagem escondida de algum romance de mistério. Com certeza, por trás da parede, uma escada que me esperava. Enquanto eu estava lá, Tiny fugiu de seu quarto e correu para o corredor. "Ok, vamos lá", eu disse. Anne e Mary se abriu para mim. Lucy estava tremendo ao ponto que ela mal podia suportar. "Vamos", eu repeti. "Não, sinto falta. Nós vamos para outro lugar. Você tem que se apressar antes que eles cheguem aqui. Por favor! " Eu sabia que na melhor das hipóteses eles estariam feridos se eles foram encontrados, na pior das hipóteses eles morrem. Eu não poderia suportar ser ferido. Talvez eu estivesse um pouco arrogante, mas se Maxon tinha saído de sua maneira de fazer tudo o que ele tinha feito até agora, talvez eles importam para ele se importava para mim. Mesmo se estivéssemos lutando. Talvez fosse a generosidade demais para banco, mas eu não estava deixando-os aqui. O medo me fez andar mais rápido. Eu agarrei o braço de Anne e empurrou para dentro Ela tropeçou e


não conseguia parar de me como eu agarrei Mary e Lucy. "Move!" Eu disse a eles. Eles começaram a andar, mas Anne estava protestando todo o caminho. "Eles não vão nos deixar entrar, perder! Este lugar é só para a família .... Eles vão apenas fazer-nos sair! "Mas eu não ligo para o que ela disse. Seja qual for seu esconderijo foi, não havia nenhuma maneira seria tão seguro como onde quer que a família real estava hospedado. A escada foi acesa a cada poucos metros, mas mesmo assim eu quase caí algumas vezes na minha pressa para mover. Minha mente estava cego de preocupação. Até onde tinha penetrado os rebeldes antes? Será que eles sabem dessas vias para a segurança existiu? Lucy estava meio paralisado, e puxei-a para baixo para nos manter juntos. Eu não poderia dizer quanto tempo levou para que possamos alcançar o fundo, mas, finalmente, o caminho pequena abertura para uma caverna feita pelo homem. Eu podia ver outras escadas e outras meninas, todo mundo correndo atrás do que parecia ser uma porta de dois metros de espessura. Corremos até o nosso lugar seguro. "Obrigado por entregar esta menina. Você pode deixar ", um guarda disse para minhas servas. "Não! Eles estão comigo. Eles vão ficar ", eu disse com autoridade. "Miss, eles têm seus próprios lugares para se estar," ele respondeu. "Ótimo. Eles não vão, eu não ir dentro eu tenho certeza que o príncipe Maxon apreciarão saber que a minha ausência é o seu fazer. Vamos, senhoras. "Eu puxei em Maria e mãos de Lucy. Anne ficou chocado em silêncio. "Espere! Espere! Tudo bem, ir para dentro. Mas se alguém tem um problema com ele, é em suas mãos. " "Não é um problema", eu disse. Virei as meninas e entrou no cofre de quarto com a minha cabeça erguida. Houve um clamor dentro da atividade. Algumas meninas estavam amontoados chorando, outras estavam em oração. Eu vi o rei ea rainha sentada sozinha, cercada por mais guardas. Ao lado deles, Maxon estava segurando a mão do Elayna. Ela parecia um pouco abalada, mas, obviamente, sentiu mais calma com ele tocá-la. Eu olhei para a posição da família real ... tão perto da porta. Eu me perguntei se era como um capitão de ir para baixo com seu navio. Eles fariam de tudo para manter este lugar à tona, mas se ele caiu, eles seriam os primeiros a se afogar. Seu pequeno grupo viu a minha entrada e lembrou que a empresa estava mantendo. Peguei nas expressões confusas em seus rostos, acenou com a cabeça uma vez, e continuou a andar


com a minha cabeça alta. Eu percebi desde que eu olhei certeza de mim, ninguém me questiona. Eu estava errado. Eu levei mais três etapas e Silvia se aproximou. Ela parecia incrivelmente calma. Isso tudo foi notícia, obviamente velho para ela. "Ótimo. Alguns ajudar. Meninas, vocês vão começar imediatamente para as lojas de água na parte de trás e começar a servir bebidas para a família real e as senhoras. Obter indo, agora, "ela ordenou. "Não." Eu me virei para Anne e deu-lhe a minha primeira ordem real. "Anne, por favor, tome algumas bebidas ao rei, rainha, príncipe e, em seguida, e se unirem a mim." Enfrentei Silvia. "O resto pode se virar sozinhos. Eles optaram por deixar suas empregadas isoladamente, podem começar a sua própria água maldita. Minas vai estar sentado comigo. Venham, senhoras. " Eu sabia que estávamos perto o suficiente para a realeza que eles teriam me ouvido. Na minha busca para ter um nível de autoridade, eu tinha falado um pouco alto demais. Mas eu não me importava se eles achavam que eu era rude. Lucy estava mais assustado do que a maioria das pessoas nesta sala. Ela tremia dos pés à cabeça, e não havia nenhuma maneira que eu teria o seu povo servindo metade do seu igual na bondade em seu estado. Talvez fosse todos os meus anos como uma irmã mais velha, mas eu só tinha que manter essas meninas segura. Encontrámos um pequeno espaço na parte de trás da sala. Quem geralmente mantido esse lugar pronto não deve ter sido preparada para a chegada da Seleção faria, porque não havia cadeiras suficientes em quase aqui. Mas eu vi nas lojas de comida e água e pôde dizer que iria ficar nos através de meses para cá, quando surgiu a necessidade. Foi um conjunto engraçado de pessoas. Obviamente, vários funcionários foram até a trabalhar durante a noite, e eles estavam em ternos. Maxon se ainda estava vestida. Mas quase todas as meninas estavam em suas camisolas finas que o ajudaram a dormir no calor do andar de cima quartos. Nem todos eles tinha sido capaz de obter um roupão em sua pressa de sair. Eu estava mesmo um pouco frio sob o meu. Muitas das meninas tinha empilhado-se para a frente da sala. Obviamente, eles seriam os primeiros a morrer se alguém entrou pela porta. Mas, se não fez, pense em todo o tempo gasto em frente Maxon! Alguns eram mais perto de onde estávamos, ea maioria deles estavam em um estado semelhante como Lucy, tremendo, chorando, e petrificado com preocupação. Puxei Lucy debaixo do braço e Maria aconchegou-la do outro lado. Não havia nada a dizer sobre a situação que era agradável, por isso, ficou calado, ouvindo o clamor da sala. O barulho de vozes me lembrou do primeiro dia aqui, quando eles estavam nos dando makeovers. Fechei


os olhos e imaginei que a ação com o som em uma tentativa de tornar-me tão calma como eu apareci. "Você está bem?" Olhei para cima e lá estava Aspen, gloriosa em seu uniforme. Seu tom era muito oficial, e ele não parece abalado com a situação em tudo. Eu suspirei. "Sim, obrigado." Ficamos em silêncio por um momento, observando as pessoas se instalaram na sala. Maria tinha sido obviamente esgotado, ela já estava dormindo e apoiando-se fortemente no lado de Lucy. Lucy foi bastante calma, considerando todas as coisas. Ela parou de chorar e sentou-se olhando para Aspen com uma espécie de admiração em seus olhos. "Foi bom você trazer seus serviçais. Nem todo mundo seria tão gentil com as pessoas consideradas abaixo deles ", disse ele. "Nunca Castas significava muito para mim", eu disse baixinho. Ele me deu o menor sorriso. Lucy respirou como se ela ia perguntar uma questão Aspen, mas um alto gritando corria através da câmara. Um guarda na extremidade distante do quarto estava latindo instruções para nós todo o silêncio de nós mesmos. Aspen foi embora, o que era bom. Eu temia que alguém seria capaz de ver alguma coisa. "Esse foi o guarda mesmo de antes, não foi?" Lucy perguntou. "Sim, foi." "Eu o vi guardando a porta recentemente. Ele é muito simpático ", comentou. Eu tinha certeza de Aspen falaria com minhas servas tão bondosamente quanto ele falou para mim quando eles cruzaram seu caminho. Eram seis, depois de tudo. "Ele é muito bonito", acrescentou. Eu sorri e contemplado dizendo algo, mas que guarda mesmo nos instruiu a ficar quieto. Depois de algumas arestas irregulares de conversa dulled de distância, um silêncio estranho caiu sobre a sala. O silêncio era pior do que qualquer som. Sem um sentido único para guiar-me, minha imaginação assumiu, produzindo cenas horríveis na minha cabeça: quartos demolido, uma série de corpos, um exército implacável apenas metros da porta. Eu encontrei-me agarrando as garotas mais perto de mim, como se pode proteger um ao outro aquilo que pudesse vir.


A agitação foi apenas Maxon andando para verificar em cada uma das meninas. Quando chegou ao nosso canto, apenas Lucy estava acordado comigo, e de vez em quando, nós teríamos uma conversa rápida em palavras respiraram, lendo uns dos outros lábios. Como Maxon se aproximou, sorriu para a pilha de pessoas encostadas em mim. Naquele momento, eu não podia ver a raiva deixou de nosso argumento, embora eu realmente queria resolvê-lo. Em vez disso, eu vi o seu sorriso grato, simplesmente feliz que eu estava bem. Uma onda de culpa passou por mim .... O que eu tinha me metido? "Você está bem?", Perguntou ele. Eu balancei a cabeça. Ele olhou para Lucy e se inclinou sobre mim para falar com ela. Eu inalei. Maxon não cheira a qualquer coisa que pudesse ser engarrafada. Não como canela ou baunilha ou ainda, lembrei-me rapidamente, como o sabão caseiro. Ele tinha o seu próprio cheiro, uma mistura de produtos químicos que queimaram fora dele. "E você?", Ele perguntou a Lúcia. Ela assentiu com a cabeça também. "Você ficou surpreso ao encontrar-se aqui em baixo?" Ele sorriu para Lucy, tornando-luz do que era uma situação inimaginável. "Não, Majestade. Não com ela. "Lucy assentiu com a cabeça em minha direção. Maxon virou para olhar para mim, e seu rosto estava incrivelmente perto. Eu me senti desconfortável. Muitas pessoas podem nos ver; Aspen incluído. Mas o momento passou rapidamente, e ele virou-se para Lucy. "Eu sei que você quer dizer." Maxon sorriu novamente. Parecia que ele poderia dizer mais, mas depois mudou de idéia e se mudou para ficar. Eu rapidamente agarrou seu braço e sussurrou: "Norte ou Sul?" "Você se lembra da sessão de fotos?", Ele respirou. Chocada, eu assenti. Estes rebeldes estavam fazendo seu caminho noroeste, queimando plantações e matando pessoas pelo caminho. Interceptá-los, ele disse. Estes rebeldes, esses assassinos, foi lentamente voltando para nós todo esse tempo, e nós não poderíamos detê-los. Eles eram assassinos. Eram sulistas. "Não diga a ninguém." Ele deixou, passando a Fiona, que estava segurando ela e chorando baixinho. Eu pratiquei respirando devagar, tentando imaginar maneiras que eu poderia escapar se eles


tem para nós, mas eu estava enganando a mim mesmo. Se os rebeldes conseguiram chegar até aqui, estava tudo acabado. Não havia nada a fazer senão esperar. As horas rastejou diante. Eu não tinha idéia de que horas eram, mas as pessoas que cochilavam tinha acordado, e aqueles de nós que tinha alimentado através do tempo estavam começando a murchar. Finalmente, a porta se abriu como alguns guardas deixaram investigar. Mais tempo se passou como o palácio foi varrido, e, eventualmente, eles voltaram. "Senhoras e senhores," um dos guardas chamados, "os rebeldes foram subjugados. Nós estamos pedindo que todos devolva aos seus quartos através das escadas de volta. Há uma grande bagunça e dezenas de guardas feridos. É melhor se você ignorar todas as principais salas e salões até que possam ser apuradas. Se você é um membro da Seleção, por favor, vá para seu quarto e fique lá até novo aviso. Eu tenho falado com os cozinheiros, e alimentos será trazido a você dentro de uma hora. Eu vou precisar de todo o pessoal médico para relatar comigo para a ala hospitalar. " Com isso, as pessoas se levantou e começou a se mover como se nada tivesse acontecido. Algumas pessoas ainda parecia entediado. Exceto para os rostos das pessoas, como Lucy, parecia que todos tomaram o ataque com calma, como se fosse de se esperar. Meu quarto tinha sido saqueado. Colchão no chão, vestidos puxado para fora do armário, as fotos de minha família rasgada no chão. Eu olhei em volta para o meu jar, e ele ainda estava intacto, com seu interior centavo, apenas escondido debaixo da cama. Tentei não chorar, mas meus olhos continuavam a jorrar. Não era que eu estava com medo, embora eu estivesse. Eu só não gostei que o inimigo havia colocado suas mãos em todo minhas coisas, tinha-a arruinado. Levou bastante tempo para acertar as coisas, já que estávamos todos tão cansados. Conseguimos, no entanto. Anne ainda encontrada uma fita para que eu pudesse colocar minhas fotos de volta. Eu enviei minhas servas para a cama no momento eu tenho a minha fita. Anne protestou, mas eu não teria nada disso. Agora que eu tinha encontrado a minha capacidade de comando, eu não tinha medo de usá-lo. Uma vez eu estava sozinho, deixei-me chorar. O medo, apesar de ter passado em sua maioria, ainda tinha um poder sobre mim. Eu tirei os jeans que Maxon tinha dado a mim ea meus uma camisa de casa e colocá-los em. Eu me senti um pouco mais normal dessa forma. Meu cabelo estava desarrumado dos acontecimentos da noite e maior parte da manhã, então eu puxei ele para cima em um coque informal pouco em cima da minha cabeça, pedaços caindo ao redor do meu rosto. Eu defini os fragmentos de imagens na cama, tentando descobrir quais foram juntos. Era como se tivesse pena de quatro quebra-cabeças de peças todos na mesma caixa. Eu tinha


conseguido colocar apenas um conjunto, quando houve uma batida na porta. Maxon, pensei. Por favor, seja Maxon. Eu joguei a porta aberta, esperançoso. "Olá, minha querida." Foi Silvia. Ela tinha um pout pouco em seu rosto que eu supostamente era para ser um consolo. Ela afundou direito por mim em meu quarto, em seguida, virou-se e tomou em que eu estava vestindo. "Oh, não me diga que você está deixando, também," ela gemia. "Honestamente, não era nada." Ela limpou todo o incidente de distância com a mão. Eu não chamaria isso de nada. Ela não podia dizer que eu estava chorando? "Eu não vou sair", disse eu, enfiando um fio de cabelo atrás da minha orelha. "São outros indo para casa?" Ela suspirou. "Sim, três até agora. E Maxon, meu caro, disse-me para deixar qualquer pessoa que queira deixar ir para casa. Providências estão sendo tomadas como nós falamos. É tão engraçado. Era como se ele sabia que meninas estariam se saindo. Se eu estivesse em seu lugar, eu pensaria duas vezes antes de sair por toda essa bobagem. " Silvia começou a andar ao redor do meu quarto, tendo na decoração. Bobagem? O que havia de errado com esta mulher? "Será que eles tomam alguma coisa?", Ela perguntou casualmente. "Não, senhora. Eles fizeram uma bagunça, mas nada está faltando, tanto quanto eu posso dizer. " "Muito bom." Ela se aproximou de mim e me entregou um minúsculo telefone portátil. "Esta é a mais segura linha no palácio. Você precisa chamar a sua família e dizer-lhes que está bem. Não leva muito tempo, agora. Eu ainda tenho algumas meninas para ver. " Fiquei maravilhado com o pequeno objeto. Eu nunca tinha realmente realizou um telefone portátil. Eu os tinha visto antes nas mãos de dois e três, mas eu nunca pensei que eu ia começar a usar um. Minhas mãos tremiam de excitação. Eu estava indo para ouvir as suas vozes! Eu disquei o número ansiosamente. Depois de tudo o que tinha acontecido, ele realmente trouxe um sorriso ao meu rosto. Mamãe pegou após dois toques. "Olá?" "Mãe?"


"América! É você? Você está bem? Alguns guarda ligou para dizer-nos que não poderia ser capaz de obter ahold de você por alguns dias, e nós sabíamos que os rebeldes malditos tinha ficado completamente. Nós estivemos tão assustado. "Ela começou a chorar. "Oh, não chore, mamãe. Eu estou segura. "Olhei para Silvia. Ela parecia entediada. "Espere um pouco." Houve um pouco de movimento. "A América?" A voz de maio foi grossa com lágrimas. Ela deve ter tido o pior dia. "Que! Oh, Que, eu sinto tanto sua falta! "Eu senti as lágrimas a subir novamente. "Eu pensei que você estivesse morto! América, eu te amo. Prometa-me que você não vai morrer ", ela lamentou. "Eu prometo." Eu tive que sorrir para um voto. "Você vai voltar para casa? Não pode? Eu não quero você mais lá. "De maio foi praticamente implorando. "Venha para casa?" Eu perguntei. Senti tantas coisas. Eu perdi minha família, e eu estava cansado de se esconder de rebeldes. Eu estava ficando mais e mais confuso sobre meus sentimentos para Aspen e Maxon, e eu não sabia como lidar com eles. A melhor coisa a fazer seria deixar. Mas, ainda assim. "Não, pode, eu não posso voltar para casa. Eu tenho que ficar aqui. " "Por quê?" Maio gemeu. "Porque", eu disse simplesmente. "Porque por quê?" "Só porque ...". De maio ficou em silêncio por um momento, pensando. "Você é apaixonado por Maxon?" Por um minuto eu ouvi a maio-boy louco que eu estava acostumado. Ela estaria bem. "Umm, eu não sei nada sobre isso, mas" "América! Você é apaixonado por Maxon! Oh meu Deus! "Eu ouvi meu pai gritando:" O quê? "Em segundo plano e, em seguida, mamãe" Sim, sim, sim! " "Que, eu nunca disse"


"Eu sabia!" Que simplesmente riu e riu. Só assim, todos os seus receios de me perder desapareceu. "Que, eu tenho que ir. Os outros precisam do telefone. Mas eu só queria que todos vocês saibam que eu estou bem. Vou escrever em breve, eu prometo. " "Ok, ok. Conte-me sobre Maxon! E enviar guloseimas mais! Eu te amo! ", Ela gritou. "Eu também te amo. Bye ". Eu desliguei o telefone antes que ela pudesse pedir qualquer outra coisa. No momento em que a voz dela tinha ido embora, porém, que sentia falta dela mais do que eu tinha antes. Silvia foi rápida. Ela tinha o telefone da minha mão em questão de segundos e foi andando até a porta. "Há uma boa menina", ela disse, e desapareceu no corredor. Eu certamente não se sentir bem. Mas eu sabia que uma vez eu descobri como para acertar as coisas com Aspen e Maxon, eu o faria.

CAPÍTULO 24

AMY, Fiona, e Tallulah foram embora em poucas horas. Eu não tinha certeza se a velocidade era devido à eficiência de Silvia ou os nervos das meninas. Nós caiu para 19, e de repente senti como se tudo isso foi se movendo rapidamente. Ainda assim, eu não poderia prever o quanto mais rápido ele se tornaria. Na segunda-feira após os ataques, voltamos à nossa rotina. Pequeno-almoço foi tão delicioso como sempre, e me perguntei se haveria um tempo em que eu não gostaria de receber estas refeições surpreendentes. "Kriss, isso não é divino?" Eu perguntei como eu mordi um pedaço de fruta em forma de estrela. Eu nunca tinha visto isso antes de eu vir para o palácio. Kriss boca estava cheia, mas ela balançou a cabeça em concordância. Senti um ingênuo senso de irmandade, esta manhã. Agora que havia sobrevivido a um ataque rebelde major juntos, parecia que esses pequenos vínculos havia selado em algo indecifrável. Ao lado de Kriss, Emily foi me passando mel. Perto de mim, Tiny foi perguntando onde meu colar songbird veio com admiração em seus olhos. A atmosfera era a de jantares da minha família há alguns anos atrás, antes de Kota virou um idiota e perdemos Kenna a um marido: cheia, brilhante, falador. De repente eu sabia, assim como Maxon tinha dito a sua mãe tinha feito, que eu


entraria em contato com essas meninas no caminho. Eu gostaria de saber quem todos casados e enviá-las cartões de Natal. E nos anos 20, alguns e poucos, se Maxon teve um filho, que eu chamaria de perguntar-lhes sobre as suas garotas favoritas na nova seleção. E nós lembrar de tudo que havíamos passado por e rir sobre isso como se tivesse sido uma aventura, não uma competição. Curiosamente, a única pessoa na sala que parecia ser afligido foi Maxon. Ele não tocou na comida, mas em vez disso olhou para cima e para baixo as linhas de meninas com um olhar claro de concentração em seu rosto. De vez em quando, ele parou e parecia midthought para debater com ele sobre algo, e então seguiu em frente. Quando chegou a minha linha, ele me pegou olhando para ele e me deu um sorriso fraco. Exceto para o interlúdio rápido na noite passada, não tinha falado desde a nossa discussão, e havia coisas que precisavam ser ditas. Desta vez, eu precisava ser o iniciador. Com uma expressão que disse que era um pedido, não uma demanda, eu puxava minha orelha. Sua expressão ficou tensa, mas ele puxou a orelha também. Suspirei de alívio e encontrei os meus olhos se movendo em direção as portas da sala enorme. Como eu suspeitava, um outro par de olhos estava olhando na minha direção. Eu tinha notado Aspen quando entrei, mas eu tentei não reconhecê-lo. Eu supunha que era impossível ignorar alguém que você amava tanto. Maxon se levantou. O movimento brusco fez o seu grito cadeira de uma maneira que chamou a nossa atenção coletiva. Como todos se voltavam para ele, parecia que ele desejava que ele poderia sentar-se despercebido. Percebendo que não era uma opção, ele falou em seu lugar. "Senhoras", disse ele com um arco de cabeça. Ele parecia genuinamente triste. "Tenho medo de que depois do ataque de ontem, eu fui forçado a reconsiderar seriamente o funcionamento da seleção. Como você sabe, três senhoras convidados a deixar ontem, e eu obrigado. Eu não quero ninguém aqui contra sua vontade. Além disso, eu não me sinto confortável em manter alguém no palácio, em frente a esta ameaça constante de perigo, quando me sinto confiante de que não temos qualquer tipo de futuro juntos. " Ao redor da sala, a confusão mudado para uma compreensão clara e infeliz. "Ele não é ...," Tiny sussurrou. "Sim, ele é", eu respondi. "Ainda que me entristece fazer isso, tenho discutido o assunto com minha família e alguns poucos assessores próximos e decidiram ir em frente e estreitar a seleção para o Elite. No entanto, em vez de 10, eu decidi enviar todos, mas seis de vocês em casa ", Maxon declarou em um tom profissional. "Six?" Kriss engasgou.


"Isso não é justo," Tiny respirava, já começando a chorar. Olhei ao redor da sala como o zumbido de queixas subiu e desceu. Celeste preparouse, como se ela pudesse lutar por uma vaga. Bariel tinha fechado os olhos e cruzou os dedos, talvez esperando que a imagem iria conquistar sua simpatia. Marlee, que admitiu que ela não se importou com Maxon, parecia incrivelmente tensa. Por que ela quer ficar tão mal? "Eu não quero chamar isso desnecessariamente, portanto, apenas as senhoras que se seguem serão hospedados. Lady Lady Marlee e Kriss. " Marlee respirou um suspiro de alívio e colocou uma mão em seu peito. Kriss fez uma dança, feliz inquieto na cadeira e olhou para as meninas ao seu redor, esperando que sejamos felizes. E eu estava até que percebi que dois dos seis pontos já tinham ido embora. Com um desacordo entre Maxon pendurado e eu, que ele iria me mandar para casa? Ele não viu qualquer futuro comigo? Eu quero que ele? O que eu faria se eu tivesse que ir? Esse tempo todo, o poder estava em minhas mãos, como quando eu ia embora. Eu estava abruptamente conscientes de quão importante era para eu ficar. "Lady Natalie e Lady Celeste", continuou ele, olhando para os dois, por sua vez. Eu me encolhi no nome de Celeste. Ele não podia mantê-la e não a mim. Eu mal podia acreditar que ele estava mantendo ela em tudo. Mas foi um sinal que eu estava indo? Nós tínhamos lutado muito sobre a sua presença aqui. "Lady Elise", disse ele, eo quarto inalado uma respiração, aguardando o nome final. Percebi Tiny e eu estivesse espremendo-se as mãos. "E Lady America". Maxon olhou para mim, e eu sentia cada músculo do meu corpo relaxar. Minúsculo começou chorar imediatamente, e ela não estava sozinha. Maxon soltou um longo suspiro. "Para todo mundo, eu sou incrivelmente desculpe, mas eu espero que todos confiem em mim quando digo que eu quis dizer que isso seja uma coisa boa para você. Eu não quero criar esperanças de alguém sem nenhuma razão e arriscar sua vida no processo. Se alguém que está deixando quer falar comigo, eu vou estar na biblioteca do corredor, e você pode me visitar assim que você terminar de comer. " Maxon saiu da sala o mais rápido que podia sem correr. Observei-o até que ele atravessou na frente de Aspen, em seguida, minha atenção foi desviada. Aspen rosto era confuso, e eu sabia o porquê. Eu disse a ele que não amava Maxon, então ele teria assumido que eu quis dizer quase nada para Maxon também. Então, por que eu seria tão tenso de permanecer ou ir? E por que Maxon quero me manter por perto? Antes de um segundo tinha passado, Emmica e terça-feira foram a correr atrás Maxon, sem dúvida procurando uma explicação. Algumas meninas estavam em lágrimas,


obviamente, com o coração partido, e caiu sobre aqueles de nós que falta para confortá-los. Ele era insuportavelmente difícil. Minúsculo acabou golpeando fora minhas mãos e sair correndo da sala. Eu esperava que ela não iria realizar qualquer sentimento de amargura contra mim. As pessoas deixaram em poucos minutos, já não com fome. Não se demorou a mim mesmo, incapaz de lidar com o derramamento de emoção. Quando passei Aspen, ele sussurrou "esta noite." Eu dei um aceno de cabeça pequena e segui o meu caminho. O resto da manhã foi estranho. Eu nunca tinha realmente tinha amigos que eu perderia. Todos os quartos ocupados no segundo andar estavam abertas, e as meninas correram para dentro e para fora, passando notas e recolhendo endereços. Choramos juntos e rimos juntos, e pela tarde, o palácio se transformou em um lugar muito mais grave do que era quando chegamos. Ninguém foi deixado em minha asa pouco da sala, então não havia nenhum som das empregadas correndo para lá e para cá, ou de fechar portas. Eu sentei na minha mesa, lendo um livro como minhas servas espanado. Gostaria de saber se o palácio sempre se sentiu tão solitário. O vazio me fez perder minha família. De repente, bateram na porta. Anne correu para buscá-la, olhando para mim para me certificar de que estava preparado para um visitante. Dei-lhe um pequeno aceno de cabeça. Quando Maxon entrou na sala, eu saltei para os meus pés. "Senhoras", disse ele, olhando para minhas servas. "Nós nos encontramos de novo." Eles fez uma reverência e deu uma risadinha. Ele reconheceu-os e voltou seus olhos para mim. Eu não tinha percebido como eu estava ansioso para vê-lo. Eu estava perto da mesa em um daze. "Perdoe-me, mas eu preciso falar com Lady América. Quer dar-nos um momento? " Não foi mais curtsying e rindo, e Anne perguntou com um tom que implicava próximo culto do príncipe-se que ela poderia trazer-lhe qualquer coisa. Maxon diminuiu, e eles nos deixaram. Ele tinha as mãos nos bolsos. Ficamos em silêncio por um tempo. "Eu pensei que você não pode manter-me:" Eu finalmente admitiu. "Por quê?", Ele perguntou, parecendo sinceramente confuso. "Porque nós lutamos. Porque tudo entre nós é estranho. Porque ... "Porque mesmo que você está namorando outras cinco mulheres, eu acho que estou te traindo, eu pensei.


Maxon fechou a distância entre nós lentamente, escolhendo as palavras como ele andou. Quando ele finalmente chegou a mim, ele pegou as minhas mãos em seu e explicou tudo. "Primeiro, deixe-me dizer que estou arrependido. Eu não devia ter gritado com você. "Sua voz era completamente sincero. "É justo que algumas das comissões e meu pai já está me pressionando no presente, e eu realmente quero ser capaz de tomar a decisão por mim mesmo. Foi frustrante para correr em outra situação em que minha opinião não estava sendo levado a sério. " "Outra situação?" Eu perguntei. "Bem, você já viu minhas escolhas. Marlee é um favorito com as pessoas, e isso não pode ser negligenciado. Celeste é uma mulher muito poderosa jovem, e ela vem de uma família excelente para alinhar-nos com. Natalie e Kriss são meninas encantadoras, ambos muito agradáveis e de alguns favoritos na minha família. Elise acontece de ter relações em Nova Ásia. Desde que nós estamos tentando acabar com essa guerra maldita, que é algo a ter em consideração. Eu tenho sido muito debatida e acuado por todos os lados sobre esta decisão. " Não houve explicação para mim, e eu quase não perguntar para ele. Eu sabia que nós éramos amigos em primeiro lugar e que eu não tinha usos políticos em tudo. Mas eu precisava ouvir as palavras que eu pudesse tomar a decisão por mim mesmo. Eu não podia olhar nos olhos dele. "E por que eu ainda estou aqui?" Minha voz era quase um sussurro. Eu tinha certeza que isso ia doer. Na boca do meu estômago Eu tinha certeza que era apenas ainda está aqui porque ele era bom demais para quebrar a sua promessa. "América, eu pensei que eu me fiz clara", Maxon disse calmamente. Ele soltou um suspiro paciente e usou a mão para empurrar o meu queixo. Quando finalmente fui olhando em seus olhos, confessou. "Se esta fosse uma simples questão, eu ter eliminado todos os outros até agora. Eu sei como me sinto sobre você. Talvez seja impulsivo de me pensar que eu poderia ter tanta certeza, mas estou certo de que eu seria feliz com você. " Corei. Eu podia sentir as lágrimas em ascensão, mas eu pisquei-los. A expressão em seu rosto estava tão adorando, eu não queria perdê-la. "Há momentos em que eu me sinto como você e eu ter quebrado todas as paredes passado, e depois os outros, quando eu acho que você só quer ficar por conveniência. Se eu soubesse com certeza que eu, e eu sozinho, foi a sua motivação ... " Fez uma pausa e abanou a cabeça, como se o fim de sua sentença era algo que ele não poderia deixar-se querer.


"Será que eu estaria errado em dizer que você ainda está inseguro de mim?" Eu não queria machucá-lo, mas eu tinha que ser honesto. "Não." "Então eu tenho que proteger as minhas apostas. Você pode decidir sair, e eu vos deixarei ir, se você fizer. Nesse meio tempo, eu tenho que encontrar uma esposa. Eu estou tentando fazer a melhor decisão que eu possa, dentro dos limites que me foi dada, mas por favor, não duvido por um momento que eu me importo com você. Profundamente. " Eu não conseguia segurar as lágrimas. Eu pensei sobre Aspen e que eu tinha feito, e eu me senti tão envergonhado. "Maxon?" Cheirei. "Pode você ... você pode perdoar?" Eu não consegui terminar a minha confissão. Ele chegou ainda mais perto e começou a varrer as lágrimas do meu rosto com os dedos fortes. "Perdoe o quê? Nossa luta estúpida? Já está esquecido. Seus sentimentos de ser um pouco mais lento do que o meu? Eu estou preparado para esperar ", disse ele com um encolher de ombros. "Eu não acho que há qualquer coisa que você pode fazer que eu não podia perdoar. Preciso lembrá-lo do joelho até minha virilha? " Eu não podia deixar de rir. Maxon riu uma vez, em seguida, tornou-se subitamente sério. "O que há de errado?" Eu perguntei. Ele balançou a cabeça. "Eles eram tão rápido desta vez." Voz Maxon estava cheio de uma maravilha agravada nos talentos dos rebeldes. De repente eu quis saber como perto do desastre que tinha chegado ao tentar salvar minhas servas. "Estou ficando cada vez mais preocupado, na América. Norte ou Sul, eles estão ficando excepcionalmente determinado. Parece que eles não vão parar até que eles conseguem o que querem, e nós não temos a menor idéia o que é. "Maxon parecia confuso e triste. "Eu sinto que é apenas uma questão de tempo até que eles destruir alguém importante para mim." Ele olhou nos meus olhos. "Você sabe, você ainda tem uma escolha neste. Se você tem medo de ficar, você deve dizer isso. "Ele fez uma pausa, pensando. "Ou se você não acha que pode me amar mais, seria mais gentil para me dizer agora. Eu vou deixar você ir em seu caminho, e nós podemos parte como amigos. " Eu passei meus braços em torno dele, descansando minha cabeça contra seu peito. Maxon parecia tanto consolou e surpreso com o gesto. Levou apenas um segundo para


ele para embrulhar seus braços firmemente em torno de mim. "Maxon, eu não sou completamente certo o que somos, mas estamos definitivamente mais do que amigos." Ele soltou um suspiro. Com a minha cabeça lá contra o peito, eu podia vagamente distinguir o som de sua batida do coração através de seu paletó. Parecia estar correndo. Sua mão, gentil como sempre, chegou a taça minha bochecha. Quando olhei em seus olhos, senti aquela sensação inominável que foi crescendo entre nós. Com seus olhos, Maxon pediu algo que nós dois concordamos que esperar por diante. Fiquei feliz que ele não queria esperar mais. Eu dei-lhe um aceno de cabeça pequena, e ele preencheu a lacuna pequeno entre nós, beijando-me com ternura inimaginável. Senti um sorriso por baixo seus lábios, e ele permaneceu por um longo tempo depois. CAPÍTULO 25

Senti um NUDGE no meu braço. Estava escuro e nem muito tarde ou muito cedo. Por uma fração de segundo, pensei que não tinha sido mais um ataque. Então eu sabia que eu estava errado por causa da palavra usada para me acordar. "Mer?" Minha volta foi para Aspen, e eu levei um momento para me equilibrar antes de eu o enfrentei. Na minha cabeça, eu sabia que havia coisas que precisavam ser situado entre nós. Eu esperava que meu coração deixe-me dizer-los. Eu capotou e pegou brilhantes Aspen olhos verdes e sabia que isso ia ser difícil. Então notei que ele tinha deixado a porta do meu quarto aberta. "Aspen, você está louco?" Eu sussurrei. "Feche a porta." "Não, eu pensei isso. Com a porta aberta, posso dizer, para quem vem pelo que eu ouvi um barulho e foi verificar em você, que é o meu trabalho. Ninguém iria imaginar uma coisa. " Foi brilhante e simples. Eu balancei a cabeça em compreensão. "Ok". Liguei a pequena lâmpada sobre a minha mesa de cabeceira para torná-lo claro para qualquer transeuntes que não estávamos escondendo nada. Notei que o relógio dizia que era passado das três da manhã. Aspen estava obviamente satisfeito consigo mesmo. Seu sorriso, a mesma que usou para me cumprimentar na casa da árvore, era grande.


"Você manteve", disse ele. "Huh?" Aspen apontou para a minha mesa de cabeceira, onde o frasco estava sentado com sua moeda de um centavo solitário. "Sim", eu disse. "Eu simplesmente não consegui me livrar dele." Sua expressão foi ficando mais e mais esperançoso. Ele se virou para olhar para a porta, como se verificar rapidamente que ninguém estava lá. Então ele se abaixou para me beijar. "Não", eu disse baixinho, afastando-se. "Você não pode fazer isso." O olhar em seus olhos guerreavam entre confusão e tristeza, e eu temia que tudo o que eu estava prestes a dizer só ia piorar as coisas. "Eu fiz alguma coisa errada?" "Não", eu disse com firmeza. "Você tem sido maravilhosa. Eu estive tão feliz em te ver novamente e saber que você ainda me ama. Mudou tudo. " Ele sorriu. "Ótimo. Porque eu te amo, e estou pensando em ter certeza que você nunca tem uma razão para duvidar disso. " Eu contorcia. "Aspen, tudo o que eram, ou são, agora, não podemos ter isso aqui." "O que você quer dizer?", Perguntou ele, deslocando seu peso. "Eu sou parte da Seleção agora. Estou aqui para Maxon, e eu não posso namorar você ou qualquer outra coisa é, enquanto ele ainda está acontecendo. "Eu comecei brincando com um pouco do meu edredom. Ele pensou por um momento. "Então, você estava mentindo para mim? Quando você disse que você nunca deixou de me amar? " "Não", eu assegurei-lhe. "Você esteve em meu coração o tempo todo. Você é a razão as coisas estão acontecendo tão lento como eles são. Maxon gosta de mim, mas eu não posso me deixar realmente se preocupam com ele por causa de você. " "Bem, ótimo," ele disse sarcasticamente. "Fico feliz em saber que você estaria bem saindo com ele se eu não estava por perto." Sob a raiva, eu podia ver que ele estava de coração partido, mas não foi culpa minha se viu desta maneira.


"Aspen", eu perguntei em voz baixa, ficando-lhe para olhar para mim. "Quando você me deixou na casa da árvore, você me esmagado." "Mer, eu disse que eu" "Deixe-me terminar." Ele bufou, e depois ficou em silêncio. "Você tirou meus sonhos, ea única razão que eu estou aqui é porque você insistiu para me inscrever." Ele balançou a cabeça, irritado com a verdade. "Eu tenho tentado me colocar de volta, e Maxon realmente se preocupa comigo. Você significa muito para mim, você sabe fazer. Mas eu sou parte disso agora, e eu seria estúpido para não me deixar ver o que acontece. " "Então você está escolhendo-o em cima de mim?", Ele perguntou miseravelmente. "Não, eu não estou escolhendo ele ou você. Eu estou escolhendo me. " Essa era a verdade no centro de tudo. Eu não sabia o que eu queria ainda, e eu não podia me permitir ser influenciados pelo que era fácil ou que alguém achava que era certo. Eu tinha que me dar tempo para decidir o que era melhor para mim. Aspen refletia sobre isso por um momento, ainda não está feliz com o que eu estava dizendo. Finalmente, ele sorriu. "Você sabe que eu não vou desistir, certo?" Seu tom era um desafio óbvio, e eu sorri, apesar de mim mesmo. Era verdade que Aspen não era o tipo de admitir a derrota. "Este lugar realmente não é boa para tentar lutar por mim. Sua determinação é uma característica perigosa aqui. " "Eu não tenho medo de que se adequam", ele zombou. Revirei os olhos, divertindo-se estar presente na final do relacionamento. Eu sempre fui preocupado com alguém que rouba Aspen. Eu me senti culpado sobre como refrescante que era vê-lo preocupado com alguém roubar-me para uma mudança. "Okay. Você disse que não o amava ... mas você deve gostar dele um pouco para estar disposto a ficar, certo? " Eu abaixei minha cabeça. "Eu faço," eu disse com um aceno de cabeça pequena. "Ele é mais do que eu jamais imaginei que ele era." Ele considerou que por um momento, absorvendo-lo dentro "Eu acho que isso significa que eu vou ter que lutar mais do que eu pensava", disse ele, indo para o salão. Então ele se virou e me deu outra piscadela. "Boa noite, Lady


America". "Goodnight, Diretor de Leger." A porta se fechou, ea sensação de paz foi esmagadora. Uma vez que a Seleção tinha começado, eu estava preocupado que isso era algo que ia arruinar minha vida. Mas neste momento, eu não conseguia pensar em um momento em que sentiu mais à direita. Muito cedo, minhas servas movimentava dentro Anne puxou as cortinas, e como a luz caiu sobre mim, parecia que este era realmente o meu primeiro dia no palácio. A Selecção já não era algo que foi simplesmente acontecendo comigo, mas algo que foi parte ativa. Eu era um Elite. Puxei as cobertas e saltou para dentro da manhã. FIM DO LIVRO UM

A seleção  

Kiera Cass

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you