Page 1

BOLETIM SUL 3 Edição nº 6 – 28 de abril de 2017 Diretoria de Ensino Região Sul 3 Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Sul 3 participa de ações relacionadas à PRESERVAÇÃO AMBIENTAL SUSTENTABILIDADE E EDUCAÇÃO AMBIENTAL Palácio dos Bandeirantes, 17 de fevereiro

PROGRAMA NOSSA GUARAPIRANGA PROGRAMA DE USO RACIONAL DA ÁGUA – Pura Às margens da represa, E. E. Pe. Francisco João, 22 de março 11 de abril

A dirigente de ensino e o governador do Estado

Com Nelma Andrade

Leia na página 3

Escola Estadual

ERNESTINO LOPES DA SILVA

Espaço das escolas

saiu da 174ª posição, em 2015, para ficar entre as cinco melhores, em 2016. Cristina Slemer, diretora, comenta para o Boletim Sul 3. Página 7

Escola Estadual DAVID ZEIGER une Matemática e leitura, em um só projeto Página 8

Uma sugestão para o Biênio da Matemática


Espaço das Escolas

EDITORIAL A Diretoria de Ensino Região Sul 3 é marcada pela presença indígena e por grande área de mananciais. Não é à toa que a preservação ambiental é tema recorrente por aqui. O assunto levou, aos 17 de fevereiro, Eonice Domingos, dirigente regional de ensino, Luís Augusto Rabelo, diretor da Escola Estadual Regina Miranda Brant de Carvalho, e outros ganhadores da Medalha Parelhas de Honra ao Mérito à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e ao Palácio dos Bandeirantes, residência oficial do governador. Aos 22 de março, Dia Mundial da Água, no lançamento da nova fase do Programa Nossa Guarapiranga, a dirigente se fez presente, com Selma Andrade, assessora de Fernando Capez, presidente da Assembleia Legislativa. Geraldo Alckmin anunciou, em 11 deste mês, a ampliação do Programa de Uso Racional da Água (Pura), na Escola Estadual Padre Francisco João de Azevedo, onde foi recebido por uma equipe da escola e da diretoria. O Boletim Sul 3 espera que o tema continue na pauta das maiores autoridades.

NESTA EDIÇÃO Sul 3 Marcada pela preservação ambiental, Sul 3 envolve-se em ações relacionadas ao tema: 

Medalha Parelhas de Honra ao Mérito......3

Programa Nossa Guarapiranga.....................4

Programa de Uso Racional da Água............5

Espaço das Escolas Como a E. E. Ernestino Lopes da Silva saiu da 174ª posição, em 2015, para estar entre as cinco melhores, em 2016........................................7 Matemática e leitura juntas, em um só projeto, na E. E. David Zeiger...........................................8 Tome Nota................................................................11

2

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

EXPEDIENTE Boletim Sul 3 Diretoria de Ensino Região Sul 3 Secretaria de Educação do Estado de São Paulo Eonice Domingos da Silva Dirigente Regional de Ensino Cristiane Valéria Andrade da Silva Bomfim Supervisora do Núcleo Pedagógico Léssio Lima Cardoso Redação, edição e diagramação Também compõem o Conselho Editorial Kamila Vieira Moreira Viviane da Silva Jaccoud Robson Teixeira Leite Eduardo Alves Ademar Gomes Vieira Silvia Cleto Contato Av. Alcindo Ferreira, 4 Parque Castelo – CEP 04803-170 São Paulo – SP – Tel.: (11)5660-1358 http://desul3.edunet.sp.gov.br/ Observações Para elogio, crítica ou sugestão, preencha o formulário online ou envie e-mail para lessio@prof.educacao.sp.gov.br A finalidade do Boletim Sul 3 é exclusivamente educacional. Exemplares impressos são distribuídos gratuitamente. As opiniões expressas não representam necessariamente a opinião da Diretoria de Ensino Região Sul 3 ou da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.


S la 3ço das Escolas Eu sp

Marcada pela PRESERVAÇÃO AMBIENTAL, SUL 3 participa de ações relacionadas ao tema

M

arcada em seu território pela preservação ambiental, a Diretoria de Ensino Região Sul 3 está atenta ao tema e às ações governamentais que o envolvem. A seguir, o leitor encontra três ocasiões em que educadores desta diretoria participaram de iniciativas ecológicas. Medalha Parelhas de Honra ao Mérito Eonice Domingos da Silva, dirigente regional de ensino, e Luís Augusto Rabelo, diretor da Escola Estadual Regina Miranda Brant de Carvalho, receberam a Medalha Parelhas de Honra ao Mérito, em cerimônia no Clube de Campo do Castelo, próximo da sede da Sul 3, aos 11 de fevereiro, quando aconteceu também o Concurso Miss e Mister Ecotu-

rismo São Paulo 2017. Foram homenageadas as personalidades da região que foram destaque, em 2016, “nas áreas da saúde, educação, segurança, turismo, empreendedorismo, comunicação e liderança, pelo trabalho realizado em conjunto, com o intuito de propor mudanças e melhorias voltadas à comunidade”, informa a Folha de Parelheiros. Veja o agradecimento da dirigente na próxima página. O evento foi promovido por Nelma Andrade, assessora do deputado Fernando Capez, presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. “Além de homenagear as categorias vencedoras pelos resultados obtidos ao longo de muito esforço no ano de 2016, também ressaltamos a importância do ecoturismo em Parelheiros”, comenta Nelma.

Fotos do Facebook

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FOCO NA REGIÃO DE PARELHEIROS Um grupo de homenageados pela Medalha Parelhas de Honra ao Mérito foi à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo tratar de ecologia, em 17 de fevereiro

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

3


Ssupl a3ço das Escolas E

“Uma história de superação, dedicação, esforço, inovação, trabalho em equipe e bons resultados pedagógicos nos levou a ter o reconhecimento por parte da comunidade e sermos agraciados pelo prêmio destaque na educação no ano de 2016, recebendo a Medalha Parelhas de Honra ao Mérito. Um prêmio dessa importância não se ganha sozinho. Fazemos questão de compartilhar com toda a equipe da diretoria e das escolas de nossa região pela parceria e compromisso com a educação. Muito obrigada a cada um de vocês e a Caio Von Vogt e a Nelma Andrade pela indicação.” DESTAQUE EM EDUCAÇÃO Recebendo a Medalha Parelhas, em 11 de fevereiro

Aos 17 de fevereiro, o grupo foi recebido na Assembleia Legislativa por Fernando Capez e presidentes de Assembleias de outros estados para discutir a educação ambiental com foco na região de Parelheiros. Em seguida, o grupo se dirigiu ao Palácio dos Bandeirantes, para um café seguido de um bate-papo com Geraldo Alckmin. “Fechamos a tarde apresentando ao governador o projeto de sustentabilidade e educação ambiental. São nossos jovens em defesa de um mundo melhor, estabelecendo parcerias”, relatou Eonice Domingos, na ocasião.

Programa Nossa Guarapiranga No último Dia Mundial da Água, 22 do mês passado, a dirigente participou da renovação do programa Nossa Guarapiranga, da Sabesp, com a Prefeitura de São Paulo, que prevê ações conjuntas para a limpeza, retirada de resíduos e conservação do espelho d’água da represa Guarapiranga e suas margens. Estavam presentes Geraldo Alckmin; João Doria, prefeito de São Paulo; Benedito Braga, secretário de Recursos Hídricos; Jerson Kelman, presidente da Sabesp; e José Renato Nalini, secretário da educação do Estado de São Paulo.

Geraldo Alckmin, governador do Estado de São Paulo, também recebeu o grupo da Medalha Parelhas de Honra ao Mérito, no mesmo 17 de fevereiro

4

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017


Espaço das Escolas

CONSERVAÇÃO DA REPRESA – Com José Renato Nalini, secretário da educação do Estado de São Paulo e com Mauricio de Sousa, autor dos quadrinhos. À esquerda, Nelma Andrade, assessora do deputado Fernando Capez, presidente da Assembleia Legislativa

Léssio Cardoso

Durante o evento, foi lançada a revista em quadrinhos “O craque do time”, da Turma da Mônica, de autoria do cartunista Mauricio de Sousa, que estava presente. A tiragem inicial, de um milhão de exemplares, está sendo distribuída pela Secretaria da Educação para alunos do Ensino Fundamental de escolas públicas da rede estadual e também em igrejas católicas. O objetivo é explicar para as crianças a importância da rede de água e esgoto para a saúde e o bem-estar das famílias. Lançado em 2011, o programa Nossa Guarapiranga já retirou 121 mil metros cúbicos de resíduos da represa e suas margens. A Sabesp instalou 1.100 metros de estruturas flutuantes em diferentes pontos para reter o lixo flutuante. Para a retirada dos resíduos em profundidade, a empresa desenvolveu, em parceria com a Fundação de Pesquisas

Agrícolas e Florestais (Fepaf), da Unesp, um barco com braço hidráulico que pode coletar resíduos em até 6 metros de profundidade. Além disso, há um trabalho de recuperação de vegetação nas ilhas, com destaque para a Ilha da Formiga, onde foram plantadas 300 mudas de árvores e se tornou um ponto de visitação e lazer. Confira em saopaulo.sp.gov.br

Programa de Uso Racional da Água (Pura) Uma equipe da Sul 3 recebeu o governador, na Escola Estadual Padre Francisco João de Azevedo, dia 11 deste mês, quando ele anunciou a ampliação do Programa de Uso Racional da Água (Pura). Até o momento 600 escolas participavam, das quais 19 são da Sul 3. Agora, o programa chegará a mais 380 escolas. O encontro resultou em vídeo e áudio. Maria Aparecida Antônio Morais, diretora da escola, disse que o Pura tem ajudado a cuidar melhor da água, a economizar e principalmente a orientar as crianças sobre o uso consciente e racional dos recursos hídricos. As escolas Cid Silva, do NOM: “Se existe vazamento, é necessário arrumar, porque a água é um bem social” Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

5


Su E sp la 3ço das Escolas ECONOMIA DE ÁGUA No pátio da E. E. Padre Francisco João de Azevedo, com Maria Aparecida Antônio Morais, diretora, e Maria Dalva da Silva Vale, supervisora, aos 11 de abril

participantes do programa recebem reformas nos prédios e o uso de tecnologia para a economia de água, além do remanejamento de redes, campanhas educacionais, detecção e correção de vazamentos internos e acompanhamento do consumo em tempo real. Cid Rodrigues da Silva, diretor técnico I do Núcleo de Obras e Manutenção Escolar (NOM) da Sul 3, lembra que o Programa tem o Manual do Gestor, para o diretor de escola, o Manual do Multiplicador, para o professor, e o Manual do Controlador, para o responsável por anotar o consumo de água. “Se existe algum vazamento, é necessário arrumar para que não reflita na conta e porque se está perdendo água, um bem social”, destaca. Escolas estaduais da Sul 3 que participam do Pura: Alexandre Ansaldo Mozzili, Aurélio Campos, Callia, Cândido de Oliveira, Clarina Amaral Gurgel, Condomínio Vargem Grande II, David Zeiger, Duarte Leopoldo e Silva, Francisco João de Azevedo, Heitor Villa-

Lobos, Iturbides Bolivar de Almeida Serra, Jacob Thomaz Itapura de Miranda, Jerônymo Monteiro, Jesus Jose Attab, Leonor Fernandes Costa Zacharias, Levi Carneiro, Maria Amélia Braz, Neiva de Lourdes Andrade e Vicente de Paulo Dale Coutinho Gal Exe.

Fotos da Secretaria da Educação

AULA SOBRE O USO CONSCIENTE DA ÁGUA O grupo em uma das salas de aula da escola

6

É MUITO GRATIFICANTE!

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

Confira vídeo, texto e fotos emBsaopaulo.sp.gov.br


Espaço das Escolas

É MUITO GRATIFICANTE! A escola saiu da 174ª posição em 2015 para ficar entre as cinco melhores em 2016

A

escola estadual Ernestino Lopes da Silva tem construído diariamente sua trajetória com muita dedicação principalmente por parte da professora coordenadora e de todos os seus professores. O desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp) 2016 vem em consequência de um trabalho contínuo de muitos anos. Todo tratamento do pedagógico da aprendizagem é realizado com reflexão, organização e devolutivas. Esse processo tem um engajamento forte entre coordenação pedagógica e professores, com o apoio dos documentos do Ler e Escrever e da Educação Matemática nos Anos Iniciais (Emai). O movimento de avaliação é analisado antes, durante e depois de sua realização. Essa verificação de aprendizagem e consolidação ou não do conteúdo proposta e as expectativas de aprendizagem fornecem os elementos para o planejamento das aulas. Os erros são tratados e socializados entre professores e alunos. Essa ação leva a uma retomada e reorganização para serem sanados. É muito gratificante vivenciar o envolvimento de toda a equipe nessa rotina escolar: as funcionárias das terceirizadas – cozinha e limpeza –, coordenação, professores, secretaria, direção...

Fotos enviadas pela escola

Cristina de Cássia Fernandes Slemer Diretora da escola

Toda a equipe envolvida na rotina escolar: “Foi muito bom sentir esse reconhecimento por parte da Secretaria da Educação”

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

7


Espaço das Escolas Esse carinho aliado ao profissionalismo de todos é responsável pelo sucesso da aprendizagem de nossos alunos. Foi muito bom sentir esse reconhecimento por parte da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e deu alento e impulso para todos. Quando assistiram ao vídeo, ficaram muito emocionados. É sempre bom ressaltar que a aprendizagem requer constância e dedicação. Nem todos os resultados do Idesp foram satisfatórios para nossa unidade escolar, porém sempre nos remeteram a uma reflexão e retomadas de percurso. Fica aqui o agradecimento a todos os envolvidos. Mas a nossa alegria maior está no sucesso de aprendizagem de cada aluno.

Assista ao vídeo produzido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e publicado, aos 6 de abril, em https://www.youtube.com/watch?v=KZ0MMa4SVWs

E se unirmos MATEMÁTICA e LEITURA? Projeto da E. E. David Zeiger consegue atender essas duas necessidades Samea Pereira Professora da Sala de Leitura

A

o falar sobre leituras, observamos a crita com os contos de Malba Tahan”, tem a resistência de alguns alunos. Assim, duração de um semestre e recebe adequações em 2015, Izabel Souza, professora de todos os anos. Matemática na escola estadual David Zeiger, tomou a iniciativa de trabalhar Malba Tahan é o pseudônimo de Júlio César de as quatro operações matemáticas e a Mello e Souza, professor de Matemática nascido em prática da leitura com inovações para 6 de maio de 1895, na cidade de Queluz, SP. Foi críaguçar-lhes o interesse. O projeto, tico do ensino exclusivamente expositivo e criou com o nome “Prática da leitura e esuma didática própria até hoje viva e respeitada. Para lançar-se como escritor, Mello e Souza resolveu criar uma figura exótica e estrangeira e fazer-se passar como tradutor dos seus contos e livros. O nome Malba Tahan foi escolhido devido à sua paixão pela cultura árabe, cuja língua estudou e que tem tradição na Matemática. Em homenagem ao escritor matemático, o dia 6 de maio ficou instituído como o Dia Nacional da Matemática. Para saber mais, acesse http://www.malbatahan.com.br/ 8

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017


Espaço das Escolas

Acima, leitura no pátio, na sala de leitura e na sala de aula, enquanto outros pesquisam na sala do Acessa, foto abaixo.

Fotos enviadas pela autora

Em 2017, o projeto está acontecendo com o 7º ano do Ensino Fundamental e com a 2ª série do Ensino Médio, numa parceria comigo e com Mariza Ciercolez, professora coordenadora. Ajudo com a leitura e a escrita e Izabel Souza, com os cálculos. Ela finaliza na prática com o mercado. A leitura não se encerra em si mesma. Por sua própria natureza, o texto literário promove trânsitos para outros textos inclusive aqueles não verbais, convidando o leitor a avançar para além da escrita. O projeto se organiza da seguinte forma: 1. Explicação do trabalho: Izabel Souza apresenta o projeto aos alunos, na sala de aula. 2. Vida e obra de Malba Tahan: Os alunos são encaminhados para a sala de leitura, onde temos a coleção do autor. A leitura individual pode ser na sala de leitura, sala de aula e/ou pátio. 3. Pesquisa na sala do Acessa: Como

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

9


Espaço das Escolas BIÊNIO DA MATEMÁTICA Em 2015, o Governo Brasileiro sancionou a Lei 2496, que define os anos de 2017 e 2018 como o Biênio da Matemática, sendo parte da Agenda Positiva do ensino, pesquisa e inovação no País. A data foi criada em comemoração a dois grandes eventos matemáticos internacionais organizados pela primeira vez no Brasil: a Olimpíada Internacional de Matemática (IMO 2017), de 12 a 23 de julho de 2017, e o renomado Congresso Internacional de Matemáticos (ICM 2018) – sites em Inglês – de 1º a 9 de agosto de 2018. O Biênio é uma homenagem a Joaquim Gomes de Souza (1829-1864), também conhecido como "Souzinha", um matemático brasileiro considerado um dos pioneiros no estudo da Matemática no Brasil. Serão dois anos de eventos e ações que colocarão a Matemática, a Ciência e a Tecnologia no foco da comunicação, contribuindo para o crescimento do país e o desenvolvimento humano. Um movimento em prol da educação que se propõe a criar e trazer para o país múltiplas experiências que estimulem o aprendizado da Matemática de forma geral. Hospedar dois grandes eventos matemáticos no Brasil, em um período tão curto, é uma oportunidade histórica para promover e disseminar o conhecimento matemático e científico em toda a sociedade. Além disso, a ocasião é uma oportunidade única para desenvolver projetos existentes e criar novos programas e pesquisas em Matemática no Brasil. Confira, nos links, a Lei e os sites dos eventos.

a sala de leitura é pequena, dividimos em dois grupos: um fica fazendo a leitura da obra e o outro vai para a sala do Acessa pesquisar a vida e a obra do autor. Essa pesquisa é feita em duplas, porque temos poucos computadores. Alguns pesquisam em casa. 4. Produção de texto: A proposta é que produzam um texto argumentativo. 5. Compra no mercado: No final, realizamos um mercadinho, onde os alunos fazem compras com R$20 em cédulas de

brinquedo, devendo saber contar e ler o que for preciso. Pedimos parcerias com empresas para ganhar os produtos. Deixamos os alunos escolher o que gostam e fazemos o pedido. Os alunos ficam mais interessados em frequentar a sala de leitura, pois se sentem motivados a se envolver nas atividades teóricas e práticas de leitura e escrita. Com os ambientes diferentes, o trabalho fica mais dinâmico. Todos se envolvem e o desempenho melhora bastante.

Enviadas pela autora. Mercado de 2016

O projeto é encerrado com uma compra fictícia no mercado montado na escola: “Os alunos ficam mais interessados e motivados. Todos se envolvem e o desempenho melhora”

Tome Nota

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017 Silva

10

Escolas da Sul 3 participam de dois


Tsopm E ae çoNdoata s Escolas Gestão Democrática – Etapa local

Em relação ao projeto Gestão Democrática – já mencionado na edição passada do Boletim Sul 3 – as escolas estaduais da Diretoria de Ensino Região Sul 3 têm as duas primeiras semanas de maio para realizar os encontros preparatórios, que acontecem por segmentos: estudantes, professores, servidores e família-comunidade. Logo, em seguida, elas devem realizar o encontro local, com a participação daqueles que foram indicados nos encontros preparatórios. Avisar o supervisor e o PCNP desse cronograma e definir a data do encontro local. Em abril, os facilitadores do projeto, Carla Luciana Pereira Almeida, supervisora, e Alfonso Gómez Paiva, PCNP, capacitaram as escolas para esses encontros. O material de apoio às escolas foi disponibilizado, no site da Sul 3, comunicado 271A/2017, no “Acesso restrito”. O prazo para cadastrar todas as propostas elencadas no encontro local no sistema encerra-se em 31 de maio. Prêmio Itaú-Unicef Está lançada a 12ª edição do Prêmio Itaú-Unicef com o mote “Educação integral: parcerias em construção”. É uma oportunidade para as escolas divulgarem suas práticas desenvolvidas com parceiros que estão promovendo a Educação Integral. As escolas selecionadas e suas respectivas parcerias receberão prêmios que poderão totalizar R$ 260 mil, ao longo do processo, sendo R$ 130 mil para a organização e R$ 130 mil para a escola. As inscrições vão até 17 de maio. A ficha e o regulamento podem ser acessados pela plataforma Educação & Participação. Boletim CGEB 186

Campeonato de Foguetes da Sul 3 A Equipe de Ciências da Natureza da Sul 3 informa que se encontram abertas as inscrições para alunos e professores das escolas jurisdicionadas a esta Diretoria de Ensino para participar do IV Campeonato de Foguetes. Vilma Maria do Nascimento Santos, PCNP de Ciências, solicita a divulgação junto aos professores da escola do regulamento e da ficha de inscrição até 9 de junho. E lembra que, neste ano, haverá a categoria para professores. A ficha de inscrição online pode ser acessada, no site da Sul 3, comunicado de 6 de abril. Publicação de aposentadorias O Diário Oficial do Estado publicou, aos 19 de abril, a aposentadoria de Maria Ferreira de Lima, como informa Maria Rita Costa, diretor II do Centro de Recursos Humanos, no site da Sul 3, comunicado 276A/2017, no “Acesso restrito”. Receitas da Alimentação Escolar Para comemorar os 62 anos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), valorizar o papel das merendeiras e merendeiros e promover a formação de hábitos alimentares saudáveis, o Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação estão realizando a 2ª edição do “Concurso melhores receitas da alimentação escolar", que selecionará as receitas mais caprichadas de cada região, disseminando preparações saudáveis e saborosas em todo o país. Para concorrer, a(o) merendeira(o) precisa inscrever uma receita e uma atividade de Educação Alimentar e Nutricional vinculada à preparação. As inscrições vão até 25 de maio em http://melhoresreceitas.mec.gov.br/, onde também estão o regulamento e o e-mail para tirar dúvidas. As informações são de Iris, Magali e Viviane, no site da Sul 3, comunicado 272A/2017, no “Acesso restrito”.

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

11


ETsopm açeoNdoatsa Escolas O Patrono da Escola A Sul 3 convida todas as suas escolas para participar de "O patrono da escola", projeto que objetiva pesquisar a vida e a obra de homens e mulheres que dão nome às escolas. Quem foram? Qual sua relação com a região? Em que campo de atividade se destacaram? Suas ideias deixaram marcas? A interação com essas histórias pode favorecer experiências ricas e transformadoras aos estudantes, colaborando ainda para a preservação do patrimônio cultural. Obtenha mais informações pelo site do Centro de Referência em Educação CRE Mário Covas e preencha, até 1º de junho, o formulário de adesão, disponível também no site da Sul 3, comunicado 257A/2017, somente no “Acesso Restrito”. “Em breve faremos novos comunicados para nortear as ações”, informa Cristiane Bomfim, supervisora. Programa Jovem Senador O anual programa Jovem Senador proporciona aos estudantes do Ensino Médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, de até 19 anos, conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo no Brasil. As instituições de ensino deverão promover um concurso de redação interno com o tema “Brasil plural: para falar de intolerância” e, posteriormente, enviar a ficha de inscrição, com cópia do RG e CPF do aluno e do professor orientador, e a folha de redação original selecionada para a Sul 3, aos cuidados de Alexandre Rigobelo, PCNP, de 1º de junho a 18 de agosto. Todas as escolas com Ensino Médio preencham, até 18 de agosto, o formulário online, disponível também no site da Sul 3, comunicado 270A/2017, no “Acesso restrito”. Programa Social Jovem Cidadão O Programa Social Jovem Cidadão tem como objetivo proporcionar aos estudantes com idade entre 16 e 21 anos, regularmente matriculados e com frequência efetiva no Ensino Médio do sistema público de ensino

12

Boletim Sul 3 – Nº 6 – 28/4/2017

estadual, sua primeira oportunidade no mercado de trabalho por meio de estágio remunerado. Os alunos interessados devem se inscrever pelo site do programa disponível também no site da Sul 3, comunicado 246A/2017, de Rafael Augusto Paes, analista sociocultural . Para alunos da 2ª série do Ensino Médio o prazo para inscrições é 31 de dezembro e para alunos da 3ª série do Ensino Médio é até 31 de maio. Prevenção ao bullying Os professores da rede estadual de ensino podem contar com uma nova ferramenta no combate ao bullying e cyberbullying em sala de aula. O Guia de Prevenção ao Bullying apresenta as informações sobre o programa de prevenção, sugerindo ações específicas em sala de aula para combater a prática tão comum na sociedade. A cartilha sugere a articulação de vivências, discussões e atividades que ensinem aos alunos a se colocarem no lugar do outro, de modo que cada um perceba os males causados pelo bullying. O guia também apresenta informações sobre a legislação vigente e aborda a responsabilidade da escola. Intranet/Espaço do Servidor, 7-4-2017

Alunos de alto potencial cognitivo O Ismart é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, cujo principal objetivo é a oferta de bolsas de estudos em escolas da rede privada para os alunos de alto potencial cognitivo, oriundos de camadas socioeconômicas menos favorecidas. O Projeto Alicerce tem como público-alvo alunos do 7º ano do Ensino Fundamental que recebem bolsa integral para cursar o preparatório para o Ensino Médio (no contraturno do ensino regular), em colégios privados. No Projeto Bolsa Talento (9º ano), os alunos passam a cursar o Ensino Médio integralmente em colégios particulares. As inscrições serão realizadas pelo site: http://www.ismart.org.br/ até 3 de julho. Se houver dúvidas, contate o e-mail processoseleti-vo@ismart.org.br. Boletim CGEB 187

Boletim sul 3, nº 6  

MARCADA em seu território pela preservação ambiental, a Diretoria de Ensino Região Sul 3 está atenta às ações que tratam do tema. - ESCOLAS...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you