Page 1

BOLETIM SUL 3

Léssio Cardoso

Edição nº 13 – 22 de dezembro de 2017 Diretoria de Ensino Região Sul 3 Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Ornamentação afixada no pátio da Sul 3, feita pelo Programa Escola da Família

O QUE DIZEM OS NÚMEROS PARA 2018 As razões numéricas para a Diretoria de Ensino Região Sul 3 avaliar que fez um bom trabalho em 2017 e acreditar que terá um Feliz Ano Novo! – Página 3

Boas Práticas da Sul 3 A ação que a Sul 3 apresentou à Secretaria de Estado da Educação, em 8 de dezembro (parte dos representantes na foto) – Página 4 O III Seminário de Boas Práticas de Gestão da Sul 3 – Página 5

Teresa Azevedo


ISnuslt3itucional

EDITORIAL Estamos na época do ano em que mais trocamos votos de prosperidade, sucesso, felicidades, união, paz, amor... Mesmo em situações difíceis, somos, nas festividades de Natal e Ano Novo, capazes de vislumbrar um futuro melhor. Quando esse desejo é realmente profundo, ele tem o poder de nos motivar às providências possíveis e necessárias para a concretização daquilo que almejamos. Nesse caso, o voto – como verbalização do que queremos – já é a primeira parte do processo de materialização de nossa esperança. Há, no entanto, desejos que se baseiam em esforços já investidos. É quando os bons resultados já alcançados nos permitem um horizonte ainda melhor. Aí, a esperança fica mais próxima da concretização. É o caso da Sul 3: os índices do Método de Melhoria de Resultados (MMR) de 2017 permitem-lhe um prognóstico bastante favorável para 2018. Por exemplo, na comparação entre 2016 e 2017, o fluxo é o índice que melhorou de bimestre a bimestre, nos Anos Iniciais, Anos Finais e Ensino Médio (veja os gráficos nas páginas 3 e 4). Com os pés sobre o chão firme do que fez até agora, a diretoria de ensino anima-se para os seus planos no ano vindouro. Se a previsão positiva não se realizar, ainda assim ela terá valido a pena, pois manteve viva a esperança da Sul 3 e a continuará motivando. Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

NESTA EDIÇÃO Sul 3

EXPEDIENTE Boletim Sul 3 Diretoria de Ensino Região Sul 3 Secretaria de Educação do Estado de São Paulo Av. Alcindo Ferreira, 4 – Parque Castelo CEP 04803-170 São Paulo – SP Telefones: (11)5660-1313 ou 1314 http://desul3.edunet.sp.gov.br/ https://www.facebook.com/desul3 desu3@educacao.sp.gov.br Eonice Domingos da Silva Dirigente Regional de Ensino Cristiane Valéria Andrade da Silva Bomfim Supervisora do Núcleo Pedagógico Léssio Lima Cardoso Redação, edição e diagramação Telefone: (11)5660-1358 lessio@professor.educacao.sp.gov.br Também compõem o Conselho Editorial: Kamila Vieira Moreira, Viviane da Silva Jaccoud, Robson Teixeira Leite, Eduardo Alves, Ademar Gomes Vieira e Silvia Cleto. Observações Para elogio, crítica ou sugestão, contate a redação ou preencha o formulário online A finalidade do Boletim Sul 3 é exclusivamente educacional.

Os índices do MMR avaliam bem a Sul 3 em 2017 e a deixam esperançosa para 2018........3

Exemplares impressos são distribuídos gratuitamente.

A Boa Prática que a Sul 3 selecionou e apresentou à Secretaria de Estado da Educação...4

As opiniões expressas não representam necessariamente a opinião da Sul 3 ou da Secretaria de Educação.

O III Seminário de Boas Práticas de Gestão....5 A presença da Sul 3 nos Órgãos Centrais.........6 A valorização dos servidores da Sul 3...............7 2

Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

Acesse o acervo online:

1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11 e 12.


Sul 3

AS EXPECTATIVAS PARA O ANO NOVO

Teresa Azevedo

Léssio Cardoso

Índices do Método de Melhoria de Resultados (MMR) traçam um perfil da Sul 3 no final de 2017 e lançam os prognósticos para 2018

Momento em que Léssio Cardoso apresenta a tabela aos diretores de escola e, à direita, Ademar Gomes apresenta os gráficos na Orientação Técnica

N

o final de 2017, a Sul 3 ganhou um outro tipo de “fotografia” – desta vez baseado em números –, quando seus índices do Método de Melhoria de Resultado (MMR) foram retomados de forma diferente daquela da plataforma. A disposição das informações em outros formatos, acrescidos de novos cálculos, possibilita surpreendentes leituras, conclusões e interpretações, muitas delas se complementando mutuamente. Ademar Gomes Vieira, PCNP Tecnologia, criou uma sequência de gráficos focando os resultados da Avaliação da Aprendizagem em Processo (AAP). Já Léssio Lima Cardoso, PCNP Língua Portuguesa, juntou, em uma só tabela, os dados dos Sinalizadores de Referência e as novas porcentagens que ele calculou. A pedido de Eonice Domingos, dirigente regional de ensino, ambos apresentaram seus cálculos, na reunião de trabalho que ela teve com os diretores de escola, em 29 de novembro,

na escola estadual Maria Juvenal Homem de Mello. Os dois documentos foram apresentados também pelos seus autores, um dia antes, na Orientação Técnica (OT) “Partilha dos Re-

Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

3


Sul 3

sultados de Língua Portuguesa”, na sala 9 da Sul 3. Os gráficos de Ademar foram disponibilizados no site da Sul 3, em 21 de novembro, na convocação para a OT, com o título Dados da AAP da Sul 3. A tabela de Léssio, disponibilizada agora, nesta matéria do Boletim Sul 3, é intitulada Sinalizadores de Referência 2017. Muitos termos são técnicos e alguns números dependem de atenção. Porém, não é nada que alguém da rede estadual de ensino, acostumado com essa nomenclatura e com uma boa dose de curiosidade, não supere. A informação mais evidente é o número de Sinalizadores de Referência atingidos: de um

total anual de 27, a Sul 3 atingiu 9 (somente a terça parte) que são 6 de Língua Portuguesa, 2 de Matemática e 1 de Fluxo. Vale lembrar que, nos Anos Finais e no Ensino Médio, os Sinalizadores atingidos por Língua Portuguesa estão no 2º e no 3º bimestres, o que certamente indica uma tendência. Já o Fluxo, curiosamente, é o índice que melhora de bimestre a bimestre, em todos os segmentos. Veja os gráficos que ilustram esta matéria. Existem sinais fortes de que a Sul 3 começará 2018 com índices melhores que aqueles do início de 2017. No 3º bimestre de 2017, ocorre o maior número de Sinalizadores atingidos: 5, que é o dobro dos atingidos nos dois primeiros bimestres. Na comparação 2016 e 2017, 5 índices melhoraram no 1º bimestre; 7 melhoraram no 2º; e 9 (todos!), no 3º. Espera-se que esses bons resultados do final de 2017 se mantenham em 2018, revelando-se como uma tendência e não uma oscilação. É aguardar para ver!

Sul 3 apresenta Boa Prática à Secretaria de Estado da Educação

4

Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

Os representantes da Sul 3 no I Seminário de Práticas MMR da Secretaria da Educação

Viviane Jaccoud

A

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo realizou, aos 8 de dezembro, no teatro Fernando Azevedo, em sua sede, na Praça da República, o 1º Seminário de Práticas Método de Melhoria de Resultados (MMR), quando cada uma das 13 diretorias de ensino da Capital apresentou uma ação exitosa a partir do Plano de Melhoria, tendo em vista os três parâmetros do Idesp: Fluxo, Desempenho em Matemática e Desempenho em Língua Portuguesa. Também estavam presentes as 15 diretorias de ensino da Grande São


Fotos de Teresa Azevedo

Sul 3

Léssio Cardoso, PCNP Língua Portuguesa, apresentando a ação da Sul 3 e, logo que saiu do palco, sendo acolhido por Eonice Domingos

Paulo e outras 24 do interior e litoral que serão contempladas com o MMR a partir de 2018. A Sul 3 foi a última a se apresentar pelo critério da ordem alfabética. O PowerPoint com a Boa Prática da Sul 3 foi elaborado por membros do Comitê Regional do MMR e enviado, aos 5 de dezembro, aos organizadores do evento. O título foi “Ação Integrada de Língua Portuguesa”, porque esse – como visto na matéria anterior – é o índice que atingiu o maior número de Sinalizadores de Referência em 2017: dos 9 Sinalizadores atingidos pela Sul 3 no ano, 6 são dessa disciplina, 2 em cada segmento. O Comitê Regional do MMR compareceu no evento acompanhado por Márcia Regina Santana de Alencar, supervisora, Vilma Maria do Nascimento Santos, PCNP Ciências e Educação Especial, Teresa Regina Azevedo, PCNP Geografia e Educação Escolar Indígena, e Léssio Lima Cardoso, PCNP Língua Portu-

guesa, o responsável pela apresentação. Este ensaiou anteriormente sua fala com a presença e intervenção de diversos colaboradores, dentre os quais Eonice Domingos e Alfonso Gómez Paiva, facilitador do MMR. O leitor pode saber o que foi dito na apresentação lendo o conteúdo da fala inserido em cada slide. “Trabalho intenso e em equipe gera frutos”, afirmou Eonice. O formato exigido para a apresentação chama-se “Pecha Kucha”, em que o conteúdo é mostrado em 20 slides, com 20 segundos cada, totalizando 6 minutos e 40 segundos. Para mais informações sobre esse método de apresentação surgido no Japão assista ao vídeo com um exemplo de Pecha Kucha explicando como fazer uma Pecha Kucha e leia Pecha Kucha – Desvendando o Método 20 x 20.

O III Seminário Boas Práticas de Gestão

E

m 14 de dezembro, a Diretoria de Ensino Região Sul 3 realizou o III Seminário de Boas Práticas de Gestão, no Campus I da Universidade Santo Amaro (Unisa). Foram apresentadas pelos gestores prá-

Colegiado Pedagógico

ticas desenvolvidas na escola com ênfase no Método de Melhoria de Resultados (MMR). O objetivo do Seminário foi destacar o papel da gestão na articulação destas ações, pois sabemos o quanto ela é importante e necessária. Nesse sentido, verifica-se o emBoletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

5


Fotos do Facebook

Sul 3

Eonice, última à direita, agradeceu ao núcleo pedagógico e aos supervisores pela organização do Seminário: “Encerrando o ano com chave de ouro! Um dia de trocas de experiências. A gestão mostrando seus resultados com muita paixão na fala. Parabéns a todas as escolas!”

penho dos gestores em mobilizar a equipe, delegar responsáveis e acompanhar a ação na busca de melhorias de resultados. Cabe esclarecer que são notáveis as ações relacionadas à melhoria do fluxo, den-

tre as quais foi destaque o direito à compensação de ausência. Parabenizamos todos os gestores pela dedicação ao trabalho e pela contribuição que tem sido dada aos resultados escolares.

Sul 3 marca presença nos ÓRGÃOS CENTRAIS

A

Diretoria de Ensino Região Sul 3 mantém-se atenta aos eventos promovidos pelos órgãos centrais e procura marcar presença. A seguir, veja alguns momentos do segundo semestre de 2017. 25 de outubro – Na Secretaria de Estado da Educação, na Praça da República, às 14h, aconteceu a apresentação e pré-lança6

Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

mento do livro “A Educação Básica Pública tem solução?”, editora Unesp, da autoria de Herman Jacobus Cornelis Voorwald, que foi secretário da Educação do Estado de São Paulo entre 2011 e 2015. O evento contou com a participação de Cleide Bauab Eid Bochixio, secretária adjunta da Educação. No final, houve a sessão de autógrafos.


Fotos do Facebook

Sul 3

No lançamento do livro “A Educação Básica Pública tem solução?”, de Herman J. C. Voorwald, em outubro, e na palestra, na EFAP, em novembro

A obra debate os aperfeiçoamentos que são imprescindíveis, aquilo que não pode ser descartado, as experiências que já enfrentaram com sucesso aqueles que trabalham diariamente pela Educação no Estado, dentro e fora da sala de aula. 27 de outubro – Posse do professor Hubert Alqueres como membro da Academia Paulista de Educação, ocupando a cadeira de número 29. Informa Eonice Domingos: “Trabalhou muitos anos com educação pública, foi secretário adjunto na Secretaria de Estado da Educação, presidiu o Conselho Estadual de Educação. É de sua autoria o livro ‘Escola’, no qual mostra o cotidiano das escolas da rede pública. Desejamos sucesso nessa nova empreitada!”. 1º de novembro – Lançamento da Bricsmarth.com, uma competição online para alunos dos Anos Iniciais. Mais uma vez, quem informa é Eonice Domingos: “Secretaria de Estado da Educação saindo na frente trazendo essa plataforma que auxiliará o desempenho de nossos alunos no campo matemático!

São cinco países envolvidos nesse projeto: Rússia, China, Índia, África do Sul e Brasil. Cada país estava representado pelo seu Cônsul! Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo juntamente com três alunos da escola escola estadual Alfredo Paulino apertaram o botão para o início da competição. Estavam presentes também no evento Valeska Toledo Honora, subsecretária; Rosangela, coordenadora da CGEB; Cíntia, da CIMA; Sonia Jorge, EFAI; Oneida, dirigente da Centro Oeste; e Eduardo Mosna. Obrigada, Teresa Azevedo, por representar nosso núcleo pedagógico!”. 6 de novembro – Na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores (EFAP), aconteceu uma palestra que tratou, dentre outros pontos, da importância da família para a educação e da tentativa da comunidade mundial em focar na qualidade da educação e no seu papel para um mundo mais humano e com um desenvolvimento sustentável.

A valorização dos SERVIDORES da Sul 3

R

econhecendo a importância e a eficiência do trabalho dos servidores estaduais, a Diretoria de Ensino Região Sul 3 promove, principalmente no final de ano, algumas comemorações.

Há homenagens que são postagens como o:  Dia das Mães, no site da Sul 3, em 12 de maio;  Dia do Professor, no Facebook de Eonice Domingos, dirigente regional (“Àqueles Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

7


Facebokk

Sul 3

Facebook

Teresa Azevedo

que cuidam das mentes do amanhã, obrigado por fazerem do aprendizado não um trabalho apenas, mas um contentamento”), em 15 de outubro;  Dia do Supervisor (14 de novembro), no Facebook de Eonice (“Nosso reconhecimento pelo trabalho que realizam superando obstáculos, contribuindo com a Educação Pública para uma educação de qualidade”), em 15 de novembro; e  Natal e o Ano Novo, no site da Sul 3 (veja a faixa na parte superior da capa desta edição), em 19 de dezembro. Em outras ocasiões, os profissionais se reúnem para festejar e conviver, como é o caso do:  Dia do Diretor, 19 de outubro, /às 19h, em South’s Place Churrascaria: “Homenageio vocês neste nosso Dia do Diretor com As homenagens aos servidores da Sul 3, no Dia do imenso prazer e orgulho de tê-los Funcionário Público, e a confraternização de final de ano nessa nossa grande família da Sul  Dia do Funcionário Público, 27 de 3. Foi muito gratificante estar com vooutubro, no refeitório da Sul 3: “Foi cês nessa noite e poder oferecer um uma pequena demonstração do caripouco de descontração e entreteninho e orgulho que temos em conviver mento”, disse Eonice, informando que diariamente com os colegas servidoo momento é também de despedida res desta diretoria de ensino. Cumdaqueles que estão se aposentando e primento a todos os servidores públidos que estão deixando a função com cos pelo nosso dia, agradecendo-os a chegada dos diretores ingressantes; pela dedicação, comprometimento e A homenagem aos diretores de escola, responsabilidade com que vêm exercendo suas atividades”;  Final de Ano, com confraternização dos servidores da Diretoria de Ensino, aos 9 de dezembro, no clube Rincão: “O ano é feito de pessoas como vocês que se dedicam a tornar o dia a dia de nossa diretoria um lugar melhor, mais organizado, mais harmônico e mais eficiente. Que os desafios do próximo ano se transformem em oportunidades de crescimento e realizações!”. A homenagem aos diretores de escola, em outubro, com “descontração e entretenimento”

8

Boletim Sul 3 – Nº 13 – 22/12/2017

Boletim sul 3, nº 13, dez 2017  
Boletim sul 3, nº 13, dez 2017  

É no Natal e Ano Novo que mais trocamos votos vislumbrando um futuro melhor. Há desejos que se baseiam em esforços já investidos. É quando o...

Advertisement