Issuu on Google+

TURMA BICENTENÁRIO DA ACADEMIA MILITAR DAS AGULHAS NEGRAS


Com a vinda do Príncipe D. João e sua corte para o Brasil, foi inaugurada, em 23 de Abril de 1811, a Academia Real Militar, criada por “Carta de Lei” de 4 de dezembro de 1810. O primeiro comandante foi o Tenente-General Carlos Antônio Napion. Essa Academia foi instalada no mesmo local da anterior e foi chamada também de Casa do Trem da Artilharia, hoje Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro. A Casa do Trem destinava-se à guarda do “trem de artilharia”, conjunto de apetrechos bélicos usados na defesa da cidade, e, mais tarde, abrigou o Arsenal de Guerra. Em 1812, a Casa do Trem foi transferida para o largo de São Francisco, local que oferecia melhores condições para o exercício da arte da guerra. Com a Independência do Brasil, em 1822, passou a chamar-se Imperial Academia Militar e, durante o Período Regencial, denominou-se Academia Militar da Corte. Em 1858, foi transferida para a Praia Vermelha, ali permanecendo até 1904. Com a necessidade de se aprimorar a formação combatente dos oficiais do Exército, foi criada, em 1906, a Escola de Guerra, em Porto Alegre-RS, onde permaneceu até 1910. Com a necessidade de se aperfeiçoar a formação do oficial para um exército que crescia e se operacionalizava, foi criada, em Resende, Estado do Rio de Janeiro, em 1º de janeiro de 1944, a Escola Militar de Resende, que passou a chamar-se, em 1951, Academia Militar das Agulhas Negras.

O Marechal José Pessôa Cavalcanti de Albuquerque, que, no posto de coronel, havia comandado a Escola Militar do Realengo (1930-1934), foi o grande idealizador da AMAN. Ele escolheu o local da nova sede e participou do projeto que a tornaria uma realidade. Merecem citação, entre outras realizações do então Coronel José Pessôa, o resgate do título de “Cadete”, que fora abandonado quando da Proclamação da República, a adoção dos uniformes históricos e a criação do Espadim de Caxias, em uso até nossos dias. Hoje, a AMAN ocupa uma área total de 67 km2. Possui várias construções, das quais destacam-se o Conjunto Principal, o Teatro Acadêmico, a Seção de Educação Fisica, a Seção de Equitação, o Polígono de Tiro e os Parques de Instrução. O Conjunto Principal sofreu uma ampliação, entre 1986 e 1988, que duplicou as suas dimensões, principalmente em relação a refeitórios e alojamentos de cadetes. O Portão Monumental, em primeiro plano, constitui um cartão postal da Academia. Ao fundo do cenário, podemos vislumbrar parte da Serra da Mantiqueira, onde está localizado o Pico das Agulhas Negras, com uma altitude de 2.791,55 m. A AMAN conta, para apoiar suas atividades de instrução e segurança, com um Batalhão de Comando e Serviços. Em efetivo, é o maior Batalhão do Exército Brasileiro.


Índice Índice/ Editorial/ Expediente .........................................................01 Autoridades .................................................................................02 Alocução do Comandante ............................................................03 Histórico/ Distintivo de Bolso/ Missão do CMJF/ Estandarte do CMJF 04 Slogan do CMJF ............................................................................05 Alusivo aos 18 anos do CMJF ................................................. 06 a 07 Visita de Autoridades....................................................................08 Momentos 2011 ..................................................................... 09 a19 Subcomandante/ SEG/ SIOP ..........................................................20 Divisão Administrativa/ Fiscalização Administrativa ......................21 Setor Financeiro/Aprovisionamentos/ Seç de Informática ..............22 Seção de Saúde/Almoxarifado/Seção de Licitação e Compras.........23 Seção de manutenção e Transporte/ Pelotão de Obras/ Colaboradores .............................................................................24 Divisão de Pessoal/ Ajudância Geral/ Seç de Comunicação Social ...25 Seç de Pessoal Civil/ Setor de Pagamento de Pessoal/ Núcleo Jurídico ....................................................................................................26 Companhia de Comando e Serviços ..............................................27 Divisão de Ensino .........................................................................28 Secretaria da Divisão de Ensino/ Foto da DE .................................29 Seç Técnica de Ensino/ Seção Psicopedagógica ..............................30 Sapere/ Biblioteca ........................................................................31 Seç de Supervisão Escolar .............................................................32 Seção de Curso/Seç de Meios Auxiliares/ Informática Educacional ..33 Revista Eletrônica Educação em Destaque/ Revista Momentos CMJF/ APM ............................................................................................ 34 6º Ano do Ensino Fundamental/ 7º Ano do Ensino Fundamental ....35 8º Ano do Ensino Fundamental/ 9º Ano do Ensino Fundamental ....36 1º Ano do Ensino Médio/ 2º Ano do Ensino Médio...........................37 3º Ano do Ensino Médio ................................................................38 Seção de Ensino E/ Seção de Ensino F ............................................39 Pen Pal Club/Clube de Astronomia/ Clube de dança ......................40 Clube de Ciências .........................................................................41 Clube do Vestibulando/ Clube de letras .........................................42 English Club/ Posto Metereológico.................................................43 Laboratórios de Biologia, Química e Física ....................................44 Banda de Música.........................................................................45 Trabalhos Interdisciplinares .................................................. 46 a 47 Mensagem do Comandante do Corpo de Alunos ...........................48 Secretária do CA/ Subtenência do CA ............................................49 Grêmios ............................................................................... 50 a 53 Momentos da XII Olimpíadas Internas do CMJF – 2011.................. 54 Festa Junina .................................................................................55 Feira de Cultura, Artes e Ciências ..................................................56 Sociedade Recreativa e Literária/ Legião de Honra ........................57 Núcleos Religiosos.........................................................................58 1ª Cia de Alunos ................................................................... 59 a 64 2ª Cia de Alunos ................................................................... 65 a 69 3ª Cia de Alunos ................................................................... 70 a 74 Paraninfo do 9º Ano .....................................................................75 Oradores do 9º Ano ......................................................................76 Turma..........................................................................................77 Palavras da Cel Aluna ..................................................................78 Alunos do 3º Ano .................................................................. 79 a 88 Paraninfos do 3º Ano ................................................................... 89 Oradores do 3º Ano ......................................................................90 Colação de Grau do 3º Ano ...........................................................91 Melhores Momentos do 3º Ano .............................................. 92 a 93 Passagem de Comando do Batalhão Escolar .................................94 Baile de Formatura .............................................................. 95 a 96 Churrasco de Confraternização ....................................................97 Passagem de Comando .......................................................98 a 100 Ex- alunos do CMJF ..................................................................... 101 Homenagem aos alunos no 3º ano ............................................. 102

Editorial

01

Caro leitor, queremos que tenhas aqui um apêndice de tua memória e que este se torne cada dia mais valioso com o aumento da distância e da saudade. Enquanto as histórias são reais, melhor é vivê-las e depois de anos é melhor amá-las do que esquecê-las. A Revista está aqui para isso. A cada dia ficam registrados os momentos acontecimentos que aqui se passaram. Há aqueles que vão parar na internet, na Escola 24 horas; outros, esquecidos no livro do oficial-de-dia ou em atas de reuniões. Alguns são anotados, outros viram elogios e ainda há aqueles que ficam se repetindo a cada ano. Usamos uma semente preciosa, uma arma que atinge a todos, a palavra. Através dela expressamos o que foi sentido e, no caso de falhar, dispomos de imagens que marcaram este ano. A revista Momentos CMJF não é uma álbum de fotografias, mas uma coleção de sentimentos, de ações e emoções de pessoas que estão aqui para construir esta trajetória. O convite foi feito e, através de pedidos, recebemos os textos e fotos, com o desejo de fazer desta Revista e das subsequentes uma obra das mãos dos nossos profissionais e alunos do colégio. Alunos e membros da família Garança em geral, vocês terão sempre em suas memórias os momentos inesquecíveis passados no Colégio Militar. Quando folhearem estas páginas amareladas pelo lustro dos tempos revejam os amigos e camaradas, revivam a juventude, os momentos que os sonhos transformaram em realidade, e acima disso, orgulhem-se de terem vivido tempos tão felizes. Agradecemos àqueles que contribuíram de alguma forma para que este trabalho fosse realizado e a todos o nosso muito obrigado!

Expediente Diretoria 2º Ten Josiane Guedes Sales – Diretora 2º Ten Denise Christinne Rosa – Orientadora Colaboradores 2º Ten Magali Arruda Fraga de Albuquerque Asp. Edneia Maria de Carvalho Revisores 1º Ten Alesandra Vieira Mendonça César 2º Ten Josiane Guedes Sales Diagramação e Editoração MJR Editora Gráfica Ltda Cobertura Fotográfica: João Bertoldo


02

Gen Ex Rui Monarca da Silveira Chefe do Depto de Educação e Cultura do Exército

© www.genealogias.org

Gen Ex Enzo Martins Peri Comandante do Exército

Gen Bda Luis Antônio Silva dos Santos Diretor de Ensino Preparatório e Assistencial


ALOCUÇÃO DO COMANDANTE Alunos e alunas do Colégio Militar de Juiz de Fora, chegamos ao fim de mais um ano letivo. Um ano especial para todos aqueles que, juntos, compartilharam e protagonizaram diversos momentos que agora passam a representar mais um capítulo na jovem história desta consagrada Instituição. Temos muito a comemorar, não somente pela proximidade das férias e do merecido descanso, mas também por tudo de bom que foi construído nesses dias de convivência harmoniosa, estimulante e profícua. Neste curto e rápido espaço de tempo, vocês adquiriram preciosos conhecimentos; viveram experiências inéditas; foram abençoados com a sabedoria de seus mestres, cuja alegria e recompensa não é outra se não a de ver seus alunos alcançarem voos mais altos do que os seus próprios; expandiram ainda mais o prazer pela leitura, pelo ensino de idiomas, pela pesquisa científica, pelas artes; melhoraram a desenvoltura, afastando a inibição; adquiriram maior autoconfiança; aperfeiçoaram o senso crítico; participaram de atividades lúdicas e de descontraídas confraternizações; desenvolveram o espírito desportivo; aprofundaram e utilizaram os ensinamentos da ética, da moral e da solidariedade; cada dia desses serviu, ainda, para lhes mostrar o valor e o significado da verdadeira amizade e o poder de uma palavra de conforto e apoio. Experimentaram dificuldades, dispenderam muito tempo nos diversos cerimoniais militares, nas longas horas debruçadas sobre os livros e na realização de exercícios, trabalhos e avaliações. Saibam que tudo isso contribuiu para o progresso em seu autodomínio e para realçar a capacidade de enfrentamento e o senso de competência pessoal de cada um. Os insucessos que porventura tiveram, não devem ser vistos e encarados com pesar e dissabor, mas sim com otimismo, energia, com a determinação e a coragem de quem agora está mais maduro e, porque não, mais experiente para a próxima jornada que já se descortina. Uma palavra especial aos nossos alunos formandos do terceiro ano que, neste momento, estão na expectativa de deixar este ambiente escolar acolhedor e encarar o mundo adulto, da escolha e formação profissional e da inserção no mercado de trabalho. A incerteza é a marca do futuro, mas a busca pelo conhecimento e pela sua aplicação prática no mundo, de forma

03

a melhorá-lo, devem ser objetivos a serem perseguidos a todo instante, como uma forma de antever e até de inventar o futuro que se deseja. Neste mundo da informação e do relacionamento interpessoal, de cenários dinâmicos e mutáveis, é fundamental saber aprender, desaprender e reaprender, conforme preconiza o escritor Alvim Toffler. Face a esse cenário, neste momento de despedida e de passagem a uma nova condição, indagamo-nos sobre como nossos alunos darão prosseguimento a suas vidas e nos reconfortamos na confiança que depositamos na qualidade da experiência educacional ofertada e nas qualidades demonstradas ao longo da vida escolar por cada um de vocês. Concludentes da Turma Bicentenário da Academia Militar das Agulhas Negras, que a trajetória acadêmica, profissional e pessoal de vocês seja tão gloriosa quanto dessa tradicional Escola de Formação de Oficias, a qual vocês escolheram para homenagear. Essa Instituição conquistou uma inabalável reputação devido ao desenvolvimento de uma virtuosa atividade intelectual, que manteve o ensino militar na vanguarda do ambiente acadêmico brasileiro, sendo considerada, inclusive, o berço das universidades de engenharia no Brasil. A Academia Militar acompanhou e participou de diversos episódios que marcaram a história nacional e sob seu teto passaram inúmeras personalidades civis e militares e imortais heróis de nossa pátria, como o Duque de Caxias, o Marechal Deodoro e muitos outros líderes que devem ter como exemplos. Estimados formandos, cada turma que passa é especial, única e deixa muitas saudades. Dedico a vocês como mensagem final um trecho do texto “O Menestrel” de Shakespeare – “plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar”. Caros alunos, apesar de não frequentarem mais nossas salas de aula, serão sempre nossos alunos. Sigam em frente e sejam muito felizes. Zum Zaravalho!


04 O Colégio olégio Militar de Juiz de Fora foi criado por meio da Port Portaria Ministerial Nr 324, de 29 de junho de 1993, iniciando-se a o das instalações em módulos pré-fabricados. Sua Inau construção Inauguração ocorreu em 18 de dezembro de 1994 com a presença do Exmo Sr Dr ITAMAR AUGUSTO CAUTIERO FRANCO, Presidente da República e do Exmo Sr Gen Ex ZENILDO GONZAGA ZOROASTRO DE LUCENA, Ministro do Exército. Seu primeiro Comandante, Cel Art QEMA RUBENS AMORIM SOUTO, assumiu a função em 01 de janeiro de 1995. Hoje, seu sétimo Comandante é o Cel Eng QEMA FLAVIO MÓRA GUARNASCHELLI. As atividades inciaram-se em 6 de fevereiro de 1995 com uma aula inaugural proferida pelo Gen Bda CÉSAR AUGUSTO NICODEMOS DE SOUZA, Diretor de Ensino Preparatório e Assistencial, para um público de 294 alunos, distribuídos entre 6º e 7º ano do Ensino Fundamental e o 1º ano do Ensino Médio, oriundos do concurso de admissão ou amparados por regulamentos. A primeira solenidade ocorreuem 31 de março de 1995 com a entrega da boina aos alunos, cuja cerimônia foi presidida pelo Gen Ex CLÓVIS JACY BURMANN, Chefe do Departamento de Ensino e Pesquisa. Situado numa área total de 115.922m, dos quais 16.917 são áreas construídas. Atualmente, o Colégio conta com as seguintes instalações: 30 salas de aula, 4 laboratórios (Física, Química, Biologia e Informática), sala de multimídia, biblioteca, auditório, sala de dinâmica, salas de clubes, ginásio poliesportivo, piscina aquecida, campo de futebol e 4 quadras polivalentes. Dentro do Colégio funciona a Associação de Pais e Mestres (APM), sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, de duração indeterminada, visando à assistência aos alunos comprovadamente carentes. Nos seus 18 anos de funcinamento, o CMJF já conquistou, na comunidade juizforana e no Sistema Colégio Militar do Brasil, o respeito e a admiração pela excelência no ensino ministrado. O resultado desse trabalho são centenas de alunos formados pelo Colégio, os quais já se encontram perfeitamente integrados na sociedade brasileira como cidadãos e líderes do novo século, seja no meio civil ou militar.

Distintivo de Bolso

Missão do CMJF Educar integralmente o cidadão, preservando os valores e tradições do Exército Brasileiro.

Estandarte do CMJF O Estandarte Distintivo dos Colégios Militares da República foi criado pelo decreto número 23.262, de 21 de outubro de 1933. Apresentação: Forma retangular, tipo bandeira universal. Campo azulturquesa, contendo duas diagonais em forma de faixas com as cores nacionais, em cujo cruzamento assenta uma estrela de cinco pontas, de vermelho, exibindo em seu interior, um castelo, vazado, ambos de prata, símbolos representativos da escola. Envolvendo todo o conjunto a inscrição “Colégio Militar”, em arco de prata. Laço militar nas cores nacionais, sendo escrito, na primeira fila, “Colégio Militar” e, na Segunda, o nome da cidade onde está sediado o estabelecimento de ensino, tudo em ouro. Significado das cores: Azul - simboliza realeza, majestade e serenidade. Vermelho - simboliza valor, vitória, valentia, bravura, esforço, segurança, grandeza de alma. Verde - simboliza amor, esperança, posse, graça, poder, precisão, lealdade e fé. Ouro ou amarelo - simboliza fé, força, sabedoria, poder, fidelidade, riqueza, firmeza. Branco ou prata - simboliza humildade, felicidade, pureza, verdade e franqueza.

Escudo peninsular português, filetado de ouro, feixe cortado de duas faixas (sendo a superior de vermelho e a inferior de azul-celeste), cores representativas do Exército, sobre as quais está escrita em caracteres de branco, a designação da OM. Campo azulturquesa com duas diagonais em forma de faixa, nas cores amarelo, verde e amarelo, sendo a interna a coma das externas, em cujo centro assenta-se uma cruz vermelha, filetada de prata, que contém, em seu interior, um castelo de prata, símbolo do Colégio Militar.

Distintivo do CMJF O distintivo do colégio é a estilização de seu ginásio poliesportivo, único na região cujo formato é uma pirâmide de base quadrada. Sobreposto por uma estrela de cinco pontas, em vermelho, tendo em seu interior, um castelo de prata, símbolo do Colégio Militar.


05

No Nosso osso m mascote assco ote gr gráfico ráficco ffoi oi dezembro de 2 2010 ccriado i d em d b d 01 10 p pelo cartunista juizforano José B Bello da Silva Junior (1957-2011), m mais conhecido como “Bello”. É uma caneta esferográfica que faz u um traçado de “linha de trem” u ((lembrando a ferrovia que existe na frente do colégio).Ele possui n as seguintes características: está a prestando continência; usa farda p meia-gala com plaqueta e boina de aluno; no cinto, encontram-se as iniciais “CMJF”, que identificam melhor o nosso colégio; carrega, na mão esquerda, um livro verde cuja capa mostra as caixas d´água e o ginásio desportivo. Apresenta-se também na versão dentro de uma circunferência bicolor – vermelha e azul – onde o nome do “COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA” está escrito com letra em caixa alta e na cor branca.


06

CMJF: HÁ DEZOITO ANOS UM ARQUITETO DE FUTUROS Conforme Lao Tsé enunciava: “Uma jornada de mil léguas começa com um simples passo”. Em 29 de junho de 1993, esse passo foi dado e a caminhada se iniciava. Inaugurado, em 18 de dezembro de 1994, com a presença do Excelentíssimo Senhor Doutor Itamar Augusto Cautiero Franco (então Presidente da República) e do Senhor General Exército Zenildo de Lucena (Ministro do Exército), o Colégio Militar de Juiz de Fora teve como primeiro comandante o Coronel de Artilharia Rubens Amorim Souto, em 1995. Desde 2009, é comandado pelo Coronel de Engenharia Flavio Móra Guarnaschelli. É com extrema felicidade e orgulho que, nesta data, esta altiva casa comemora mais um ano de sua nobre trajetória, assinalada por galhardia, amor e muita vibração. Sua história, repleta de conquistas e êxitos, neste dia se funde numa só imagem: excelência. Seu valor, traduzido nos versos de seu hino, remete-nos à importância desta instituição na vida de cada um dos profissionais e alunos que integram a família garança. Ao labor de cada dia foi confiada a concretização do sonho pelo qual tanto se ansiava: preparar os jovens integralmente para o futuro. Evidenciando-se capaz de superar os próprios limites, o colégio instituiu aqui uma educação de sucesso, reconhecida em âmbito nacional, apta a, além de qualificar intelectualmente seus discentes, forjar cidadãos conscientes e detentores de princípios morais e éticos. Instruindo para servir à Pátria e zelando sem cessar para conduzir seus integrantes rumo ao bem e à felicidade, esta escola nos delega, a cada dia, a responsabilidade de dar continuidade às suas gloriosas tradições. Mais do que uma ponte que conduz às conquistas, ensina-nos a equilibrar razão e emoção, habilitando-nos a discernir prioridades. Celebrando seu 18º aniversário, nós, testemunhas de incomensurável glória, reconhecemos a honra ímpar que recobre o compartilhar de mais essa vitória. Colégio Militar de Juiz de Fora, o sonho feito realidade. Zum Zaravalho! Priscilla Magalhães – 2º Ano do Ensino Médio


07

18 anos do ColĂŠgio Militar de Juiz de Fora


08

Gen Schneider

Gen RĂŞgo Barros

Gen Santos


2ª Baixa de Soldados

09

2ª Baixa de Soldados Semana de Adaptação de Novos Alunos

Semana de Adaptação de Novos Alunos Semana de Adaptação de Novos Alunos

Formatura de entrada dos novos alunos

Entrada dos novos alunos

Formatura de entrada dos novos alunos

Semana de Adapção de Novos Alunos


Corrida da Paz

10

Chegada de Oficiais

Desfile do corpo permanente Militares que concluíram o curso de ESAO Café em Comemoração ao Dia da Mulher

Coordenadores pedagógicos

Formatura de Entrega de Boina Formatura de Entrega de Boina

Coronel aluna astiando a bandeira


11

Formatura de Entrega de Boina

Treinamento dos Soldados

Visita da Escola CecĂ­lia Meireles Treinamento de Soldados

Jantar

Visita do General Schneider

AniversĂĄrio do Cel Falci


12

Marcha de 12 quilômetros dos soldados

Instrução para os soldados Campo dos Soldados

Campo dos Soldados

Campo dos Soldados

Churrasco da CCSv

Lançamento do Livro Estilhaços Ten José Augusto

Apresentação do Pelotão Águia Batalhão de Guardas

Apresentação do Pelotão Águia Batalhão de Guardas


13

Formatura de Artilharia

Apresentação do Pelotão Águia Batalhão de Guardas Despedida do Maj Robson

Formatura do Dia de Artilharia Format Forma

Jogos do Colégio Naval Aniversário do Cel Móra

ESTAP

Jogos do Colégio Naval

Jogos do Colégio Naval


14

Jogos do Colégio Naval

Aspirantes da Escola Naval ( Ex alunos do CMJF) em palestra da Escola e Colégio naval

Entrega do Diploma do Curso realizado no Canadá à Cap Eliana Matos

Debutantes 2011

Simulado do PISM

Prova Hípica no campo de Instrução de JF

Velório do Exmo Sr Itamar Franco

Café das Debutantes


15

Viagem da logística ao planetário

Viagem da Logística

English Club

Jogos da União Rio de Janeiro

Viagem rumo aos Jogos da União Rio de Janeiro Jogos da União- Belo Horizonte

Jogos da União- Belo Horizonte

Jogos da União

Jogos da União


16

Visita à Fundação João de Freitas

Visita à Fundação João de Freitas

Jogos da União - CMJF

Jogos da União - CMJF

Jogos da União - CMJF Jogos da União - CMJF Jogos da União - CMJF

Jogos da União - CMJF

Jogos da União - CMJF


Formatura de Entrega de Alamar

17

Formatura no Pรกtio Cel Souto

7 de Setembro 7 de Setembro

7 de Setembro

7 de Setembro

7 de Setembro

7 de Setembro

7 de Setembro


7 de Setembro

18

Encontro de Bandas Militares 7 de Setembro

Almoço do Dia dos Professores

Formatura do Dia do Professor e premiação ao ganhador do Concurso de Redação

Almoço do Dia dos Professores

Formatura QCO

Almoço do Dia dos Professores Inauguração da foto da maj Dulce, professora-destaque 2011,na galeria do Professor- Destaque


19

Halloween das Professoras

Despedida do Sgt Celso Halloween

Halloween SRL e Inglês

Halloween

Inauguração do Monumento ao Aluno

Colação de Grau do 9º ano


20

Subcomandante

Cel Falci

O Coronel Sérgio Falci da Silveira assumiu a função de Subcomandante em 2008. Dentre muitas atribuições, sua principal é auxiliar o Comandante, além de ser o Chefe do Estado Maior da Unidade. Cabe a ele, ainda, expedir, coordenar e supervisionar todas as medidas relativas à segurança do aquartelamento.

Sistema de Excelência na Organização Militar (SE-OM)

Maj Pantoja e Sgt Augusto

O SE-OM contribui para o prosseguimento do Sistema de Excelência no Exército Brasileiro (SE-EB), atua na consolidação do Programa de Excelência Gerencial (PEG-EB) e na incrementação da capacitação, no Colégio Militar de Juiz de Fora, das Ferramentas Gerenciais. O SE-OM observa os seguintes princípios: simplicidade, adequação e o foco na busca da melhoria contínua.

Seção de Inteligência e Operações

STen Cravo, TC Renan e Sgt Robson

A SIOp trata das atividades relacionadas às instruções, operações e inteligência do CMJF, sendo responsável pela elaboração de relatórios e coleta de informes periódicos. Recebe, protocola e processa documentos de sigilo, ficando sob sua guarda pessoal, tais documentos. Além disso, assessora o Comandante e Diretor de Ensino nos assuntos de inteligência, sindicâncias e processos judiciais.


21

Divisão Administrativa Assessora o Comandante nos planejamentos, programações, execuções, controles, supervisão e orientação de serviços administrativos e financeiro com uma visão estratégica e empreendedora, objetivando sempre o contínuo crescimento deste Estabelecimento de Ensino. Em resposta às diversas solicitações do público docente e profissional, foram executadas diversas melhorias no decorrer de 2011, tais como: cobertura de mais uma quadra poliesportiva, projeto de acústica e sonorização do auditório, adequação da subestação do CMJF às normas técnicas em vigor, climatização da biblioteca e laboratório de informática, adequação às instalações da àrea de lazer, cantina, alojamento do Oficial de Dia, Adjunto, Cmt da Gda, melhoria nas instalações de Cb/Sd e professores, aquisição de mobiliário, equipamentos de ponta no segmento da informática e para laboratórios, reestruturação física da Divisão Administrativa e do Pelotão de Obras além de diversas ações preventivas que contribuem para a eficácia e constante melhoria da Unidade.

A Fiscalização Administrativa do CMJF tem a missão de examinar a administração orçamentária, financeira e contábil do Colégio e de controlar todo o material distribuído a diversas repartições. Além disso, a seção apoia todas as atividades de ensino.

Cel Lisboa

Ten Juliana

Fiscalização Administrativa


22

Setor Financeiro O Setor Financeiro do Colégio Militar de Juiz de Fora, mais conhecido como TESOURARIA, sua antiga denominação, é responsável pelo controle do recebimento das Quotas Mensais Escolares(QME) e Receitas e pelo pagamento aos fornecedores . O Setor Financeiro auxilia o Comando na destinação dos recursos para atender as diversas necessidades do Colégio. Atualmente o setor é composto pelo 1º Ten CRUZ – Chefe do Setor Financeiro, Cap R/1 EDIR e 2º Sgt SENA – Auxiliares do Setor Financeiro e do Sub Ten R/1 CARVALHO, Encarregado das QME.

Aprovisionamento O Setor de Aprovisionamento cumpre a nobre missão de suprir e apoiar o corpo permanente do Colégio, buscando sempre a qualidade no preparo diário das refeições. 3º plano: Sd Neves, Sd Lucas, Sd Fortes, Sd Marques, Sd Gudieres, Sd Fabiano, Sd Moraes, Sd Melo, Sd Salis e Sd Torrão. 2º plano: Sd Rodrigues, Sd Da Costa, Sd Do Vale, Sd Miranda, Sd Guilherme, Sd Pereira e Sd Bruno. 1º plano: Cap Ursula, Sd Jamil, Sc Marilda, Cb Philip, 3º Sgt Edson, 2º Sgt Livramento e 1º Ten Carvalho.

Seção de Informática A Seção de Informática tem como missão planejar, gerenciar, controlar e administrar a infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação) do CMJF. Isto envolve as redes de computadores, a manutenção dos equipamentos, o apoio e suporte aos usuários, o desenvolvimento e controle dos softwares e sistemas. Todo o trabalho tem como base as diretrizes regulamentadas pelos Órgãos de Divisão Setorial, isto é, o Departamento de Ciência e Tecnologia e o Departamento de Ensino e Cultura do Exército. Atualmente, a seção é composta por: 1º Ten Luciano, Func Civ Maria de Fátima, 1º Ten Rodrigo, S Ten Fortes, Sd Magnos e Sd Damasceno.


23

Seção de Saúde A Seção de Saúde desenvolve atividades de apoio em saúde às divisões de ensino e administrativa , ao corpo de alunos e à CCSv, em diversos eventos, tais como, aulas, provas, formaturas, educação física, olimpíadas, viagens, festas, acampamentos, marchas, testes de aptidão física e de tiro, adaptação de conscritos, inspeções médicas periciais, bem como atendimento de consultas médica/odontológicas de alunos, civis, militares e seus dependentes Ten Daniela Mota, FC Fabrício, Maj Cláudio, Cb Wantuil, Sgt Kayte

Amoxarifado É o responsável pelo planejamento das aquisições, controle e distribuição dos diversos materiais de consumo bem como o recebimento e controle dos materiais permanentes adquiridos pelo CM. Tem ainda, a missão de guardar todo o material permanente para redistribuição, manutenção e aproveitamento da matéria-prima. Recebe ainda, do Órgão Provedor, todo o fardamento da incorporação anual e o redistribui para a CCSv. Sd Furtado, Sgt Carneiro , Ten Nivaldo, Sgt Cassimiro, Sd Richard

Seção de Aquisição, Licitação e Compras A Seção de Aquisições, Licitações e Compras (SALC), também conhecida como Seção de Compras, é responsável pela execução das atividades de aquisição de materiais e contratação de obras e serviços de interesse das diversas seções/subunidades, bem como pela condução de todos os processos licitatórios, cujo objetivo é propiciar ao corpo docente, discente e demais integrantes do colégio as condições necessárias para melhor desenvolver suas atividades, com presteza e qualidade.


24

Seção de Manutenção e Transportes A Seção de Manutenção e Transporte desenvolve diversas atividades dentro do Colégio Militar de Juiz de Fora, principalmente a Manutenção Preventiva e Corretiva das viaturas, visando o prolongamento da vida útil e prevenir eventuais problemas de funcionamento, minimizando ao máximo possível acidentes durante seu uso.

Pelotão de Obras Este pelotão tem como missão desenvolver várias atividades neste Estabelecimento de Ensino. De pequenas reformas a obras mais complexas, com muita dedicação e competência, cumpre suas missões de forma hábil e eficiente. Cabe destacar, também, a presteza de seus integrantes no cumprimento de todas as missões. 1º Plano: Sd Ev Cesar / Sd EP Cristiano / Sgt Rôni / Cb Oliveira Sd Ev Dilly / Sd Ev Paiva 2º Plano: Sd Ev José / Sd Ev Eduardo / Sd Ev Woshington Sd Ev Roberto / Sd Ev Marciano

Colaboradores O CMJF conta com vários colaboradores que trabalham em nossas instalações com o objetivo de oferecer apoio ao corpo discente e docente. O Colégio conta com a presença da Cantina Garança, a Barbearia, a Castro e Cerqueira Confecções, a TAC Manutenção e Serviços e o Estúdio de Fotografia João Bertoldo.


Divisão de Pessoal A Divisão de Pessoal (DP) é chefiada pelo Ten Cel ALDO, que tem a responsabilidade de gerenciamento das atividades administrativas de Recursos Humanos do Colégio Militar de Juiz de Fora. Executa as atividades de planejamento, assessoramento, controle e execução das diversas tarefas administrativas relacionadas ao pessoal, tais como: o pagamento do pessoal militar e civil, controle de efetivos, cadastramento no FUSEx e no PASS, férias do pessoal militar e civil, promoções, movimentação, assuntos de justiça, mobilização, arquivo, secretaria, dentre outras. É composta pelas seguintes seções: Ajudância Geral, Seção de Pessoal Civil, Seção de Pagamento Pessoal e o Núcleo de Apoio Jurídico do CMJF.

25

TC Aldo

Ajudância Geral A Ajudância Geral é uma seção integrante da Divisão de Pessoal com a responsabilidade administrativa dos recursos humanos do CMJF, referente ao pessoal militar. Presta o devido assessoramento ao Comandante e Diretor de Ensino no que concerne a legislação e controle do pessoal militar. Executa as atividades geradoras de direitos, confecção do histórico de pessoal militar, controle de promoções, condecorações e das necessidades de pessoal para a complementação dos claros existentes. É ainda a seção que controla o arquivo e confecciona o histórico da OM, que constitui a memória do Colégio Milita de Juiz de Fora.

Sgt Afranio, ST Paulo, Sd Cremonezi, Maj Dácio, Ten Dorneles, Sd Leonardo e Sgt Benjamim

Seção de Comunicação Social À Seção de Comunicação Social do Colégio Militar de Juiz de Fora compete planejar, coordenar e executar as atividades de relações públicas, informações públicas e divulgação institucional. Essas atividades têm por fim estar atuando tanto junto ao público interno quanto ao público externo no que tange à imagem da instituição e do Exército Brasileiro e assessorar o Comando nos assuntos relacionados à área de Comunicação Social. A imagem e a identidade do Colégio se configuram como a principal matéria-prima dos trabalhos a serem planejados e efetuados pela Seção de Comunicação Social, que tem como objetivo basilar e norteador a manutenção da interação e coesão entre a instituição e seus diferentes públicos e divulgar o CMJF no âmbito da Força, bem como junto à comunidade juizforana.

Ten Mário, Sd Francisco, TC Alves Barreto, Sd Faria, Sgt Jaqueline


26

Seção de Pessoal Civil A Seção de Pessoal Civil é uma subseção da Divisão de Pessoal do CMJF. A SPC tem a finalidade de acompanhar e controlar as atividades referentes a pessoal, tanto docentes quanto servidores administrativos. Dentre suas atividades destacam-se: Controle do Ponto (entrada e saída do quartel); Controle das dispensas médicas (publicação de dispensas médicas, após a homologação, encaminhamento de servidores à junta de inspeção de saúde (médico perito ou junta oficial da guarnição (MPGu/HGeJF); Controle da pasta funcional dos servidores civis; acompanhamento de alterações publicadas em Boletim Interno e digitação semestral das alterações de cada servidor (semelhantes às alterações dos militares), etc. Confecção de processos de: aposentadoria, abono de permanência, licença para o trato de assuntos particulares, licença incentivada, licença capacitação, viagem para o exterior, mudança da jornada de trabalho, concessão de função gratificada, exercício provisório, remoção e redistribuição; confecção das Atas da COPEMA (Comissão Permanente do Magistério) com finalidade de distribuir as Funções Gratificadas, entre outras atividades.

Seção de Pagamento Pessoal A SPP tem como missão processar e controlar as atividades de pagamento de pessoal civil e militar, além de cuidar da documentação inerente à geração de direitos dos servidores e manter atualizada as Pastas de Habilitação a Pensão Militar de todos os militares lotados neste estabelecimento de ensino. A Seção de Pagamento de Pessoal é subordinada diretamente à Divisão de Pessoal do CMJF e tem como integrantes o 2º Ten R/1 Santana, o ST/R1 Norberto e o 1º Sgt Inf Edson Silva .

Núcleo Jurídico O Núcleo Jurídico do CMJF subordinado à Divisão de Pessoal é responsável pelo assessoramento nas questões relacionadas à justiça, promovendo estudos e atendendo as necessidades da Instituição, principalmente nas questões relativas à defesa da União. Promove palestras, análise de sindicâncias e diligências, contratos e convênios. É integrada pelo seguintes militares: S Ten Cravo e 1º Sgt Tarcísio (Em missão no Haiti).


Companhia de Comando e Serviços

Sd Sozzi

Melhor Aptidão Física

Sd Alves

Melhor atirador combatente

Sd Satini

Praça mais Distinta

27


28

Chefe da Divisão de Ensino

O chefe da Divisão de Ensino, Major Maciel, é responsável pela disciplina e orientação das atividades didáticas do colégio, promovendo uma constante análise do processo ensino-aprendizagem, propondo sugestões e adequações com a finalidade de manter a excelência do ensino do Colégio Militar de Juiz de Fora. A Divisão de Ensino conta com o apoio dos chefes de Seção, que coordenam as atividades pedagógicas referentes ao Ensino, orientando os trabalhos dos professores de suas respectivas seções.

Major Queiroz Chefe da Seção A

Cap Fogaça Chefe da Seção B

Maj Magalhães Maj Joel Lopes Chefe da Chefe da Seção C Seção D

Maj Gitirana Chefe da Seção E

Maj Eliana Mattos

Chefe da Seção F


Divisão de Ensino

29

Secretaria da Divisão de Ensino

A Seção de Expediente tem como atribuição executar os trabalhos administrativos relativos a pessoal e material, manter organizada e atualizada a legislação pertinente à Divisão de Ensino, bem como realizar o fluxo de expediente. 2º Ten Edmilson, SC Marta, S Ten R/1 Mello Filho e Sd Arantes


30

Seção Técnica de Ensino Sgt Cristiano – Sd Machado – Sd Lobo – Maj Claudia – Sgt Freire – Maj Godinho – Cap Silvia Abrahão – Sgt Cavallare – Maj Pantoja – Sgt Augusto

A Seção Técnica de Ensino (STE) tem como principais atribuições a organização do Plano Geral de Ensino (PGE), o planejamento e acompanhamento do calendário de atividades anuais, a coordenação de todas as atividades técnicas relacionadas à avaliação, além do gerenciamento do processo de emissão de graus, o que se dá através do Sistema Gerencial de Ensino (SGE). Para executar suas tarefas, a STE encontra-se estruturada em Chefia, Subseção de Planejamento e Pesquisa (SSPP) e Subseção de Avaliação da Aprendizagem (SSAA).

Seção Psicopedagógica A Seção Psicopedagógica tem como atividades principais acompanhar e orientar os alunos e seus familiares/ responsáveis com vistas a favorecer o desempenho escolar e a adaptação ao processo ensino-aprendizagem e assessorar a Divisão de Ensino na formulação e execução das práticas educacionais. Equipe composta de pedagogas, assistentes sociais e psicólogo.

Ten Andréia - FC Simone - Capitão - Tenente Nayra FC Alexandra - Cap Bevilaqua.


31

Seção de Apoio Pedagógico e Recuperação Uma das propostas pedagógicas do Colégio Militar é capacitar o aluno a assimilar pré-requisitos essenciais ao prosseguimento de seus estudos, além dos conteúdos programáticos qualitativos. Deste modo, criou-se uma Seção de Apoio Pedagógico e Recuperação - SAPERE, cuja filosofia, no que concerne o Apoio Pedagógico, é oferecer, aos alunos repetentes e aos alunos que não tiveram bom desempenho na Avaliação Diagnóstica, aulas no contra turno, com capacitação de pré-requisitos, sobretudo nas disciplinas de Português e Matemática. Não se deve confundir o Apoio Pedagógico com a Recuperação, cujo objetivo principal é recuperar conteúdos programáticos do anoemcurso. Maj Maria Cristina, Profª Jussara e Ten Roberta

Biblioteca A Biblioteca Murilo Mendes, aliada aos docentes, conta com um acervo de 8.000 livros didáticos e literários, jornais, revistas, DVDs e 10 computadores com acesso a internet. Outro recurso fornecido é a TV Escola, que oferece programas educativos para uso complementar das atividades escolares. Em um ambiente agradável e propício ao estudo e pesquisa, a biblioteca contribui para o desenvolvimento intelectual e social dos alunos e dos funcionários que aqui frequentam. Asp Edneia e Sd Franco


32

Supervisão Escolar “A escola é um edifício com quatro paredes e o amanhã dentro dele” Bernard Shaw

Ten Thaisa e Ten Cíntia

A Seção de Supervisão Escolar do CMJF vem cumprindo o seu papel de assessorar, coordenar e acompanhar, por meio de ação dinâmica e de valorização do profissional, todas as atividades que tenham influência no processo ensinoaprendizagem, buscando dessa forma eficiência no currículoemdesenvolvimento. No ano de 2011 foram desenvolvidas algumas atividades que ficaram a cargo da Supervisão, dentre elas destacam-se: Estágio de Atualização Pedagógica – EstAp – Ocorre mensalmente e objetiva a capacitação em serviço do corpo docente do colégio. No corrente ano, contamos com a presença de renomados palestrantes que discorreram sobre temas atuais, tais como: os benefícios da Educação Física, Sexualidade e Educação, Educação Linguística e Educação em Valores, Ética na Educação, dentre outros. VII Jornada de Coordenação Pedagógica do SCMB – Participaram desse encontro as equipes pedagógicas dos Colégios Militares de Juiz de Fora, do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte. O evento teve como objetivos propiciar intercâmbio entre os colégios, promover discussão sobre questões concernentes ao trabalho, além de apresentar sugestões para melhor funcionamento dessas equipes pedagógicas do SCMB.


33

Seção de Curso A Seção de Cursos tem por finalidade planejar, coordenar e executar as ações destinadas a proporcionar aos integrantes do Ensino Médio as melhores condições de preparação para os concursos e vestibulares, com prioridade para a carreira das Armas, a partir da Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo; e destaque para o ingresso na Universidade Federal de Juiz de Fora, através da adesão no Programa de Ingresso Seletivo Misto (PISM). Complementando suas ações, são realizados simulados periódicos, pesquisas de opinião, acompanhamento das inscrições nos variados concursos, inclusive no ENEM, reuniões com responsáveis, alunos e professores, aulas de aprofundamento e plantões.

Seção de Meios Auxiliares A Seção de Meios Auxiliares presta apoio técnico necessário para a excelência do ensino no CMJF. Com a coordenação e a supervisão da Divisão de Ensino, é responsável pelo controle da central de impressões, produção de cópias, encadernação, recursos audiovisuais, atividades no auditório e miniauditório, bem como instala e opera o sistema de som nas formaturas do batalhão escolar e em eventos cívicomilitares.

Informática Educacional “A Informática é utilização de novas tecnologias em sala de aula como alternativa no processo de ensino e consequente apoio pedagógico”. Tendo na interatividade a sua principal característica, a Informática Educacional, vem permitindo, em nosso estabelecimento de ensino , inovações, seja na forma de ensinar ou na forma de aprender de cada indivíduo. Respeitada esta individualidade, permite a ação conjunta no sentido de reduzir ou sanar dificuldades de aprendizagem, principalmente quando o professor, devidamente orientado, atua como mediador, buscando a melhor maneira de inserir essa ferramenta na sua prática pedagógica, usando novas tecnologias que favorecem o desenvolvimento cognitivo da criança. Há de se ressaltar que a orientação ao professor e ao aluno são pilares do projeto de Informática Educacional do CMJF. Professor Adolfo Gonçalves Filho – Especialista em Informática Educacional, Designer Instrucional para EaD Virtual / Gerente do Projeto, Chefe da Subseção de Informática Educacional do CMJF.

Prof Aristeu, Sgt Dias e Maj Jorge Ribeiro


34

Revista Eletrônica Educação em Destaque A Revista Eletrônica Educação em Destaque é um periódico cientifico, eletrônico e multidisciplinar. Publicado pelo Colégio Militar de Juiz de Fora, tem por finalidade divulgar pesquisas, tanto de caráter teórico como aplicado, voltadas para o estudo na área de educação. Priorizando abordagens inovadoras e originais, busca favorecer a democratização do conhecimento. Ten Gláucia, Ten Alessandra, Ten Aline, Ten Josiane e Ten Pellini

Revista Momentos CMJF A revista Momentos CMJF tem por finalidade divulgar o trabalho realizado durante o ano no Colégio Militar de Juiz de Fora. Seu intuito é oferecer à comunidade garança e as demais instituições militares e civis a oportunidade de conhecer a excelência do trabalho desenvolvido por tão nobre Instituição de Ensino. Ten Alessandra, Asp Ednéia, Ten Josiane, Ten Denise e Ten Magali

Associação dos Pais e Mestres A Associação de Pais e Mestres visa atender o educando e atua no suporte ao bom convívio entre o corpo docente, corpo discente, corpo administrativo e o Comando do Colégio Militar. O trabalho desenvolvido é voluntário, portanto exige responsabilidade e compromisso. Cristiane, Cap Ferreira Júnior, Crochet, Ten Renata, Ten Josiane, Carlos Alessandro, Elisângela, Elton e Cap Nayra


Coordenações do Ensino Fundamental 6º ano

35

Aos professores do 6º Ano, coube apresentar para os novos alunos a nossa Instituição, ressaltando, com muita propriedade, seus valores e crenças. Neste ano, nossa série promoveu uma Viagem a São João Del Rey; despertando, assim, a valorização do homem como um ser histórico e social. Podemos elencar, ainda, o Trabalho Interdisciplinar, cujo tema foi “Vida Saudável” e que contou com a participação do Sr. Carlos Henrique: escritor e especialista em Nutrição (Editora Vida Plena). É Importante salientar também que, como cerne de nosso trabalho, elegemos as discussões, as reflexões e as atividades com a escrita e com a leitura – dos textos e do mundo.

7º ano A equipe do 7º ano do Ensino Fundamental, ao desenvolver suas atividades no ano 2011, trouxe para o dia-a-dia do relacionamento educando/educador uma vivência na qual a troca de saberes foi uma constante, possibilitando assim um rico desenvolvimento da prática escolar. Acreditando sempre que a educação é base para a formação do indivíduo, os envolvidos nesse processo buscam cada vez mais, com muito empenho, um resultado de excelência. Várias foram as atividades desenvolvidas como: recuperação continuada, apoio pedagógico, trabalho interdisciplinar, mural de poesia, painel de notícias e viagem de observação e estudo.


36

8º ano

No 8º ano do Ensino Fundamental foram desenvolvidas várias atividades que demonstraram uma interação e um envolvimento muito profícuo entre os alunos e os professores do ano. Essas se manifestaram de forma incisiva no processo ensinoaprendizagem e contribuíram para o sucesso dos alunos. As atividades propostas foram diversificadas e solicitadas com bastante antecedência. Os alunos foram orientados e estimulados a preparar bem as apresentações, ultrapassando os limites da sala de aula: aulas de laboratório (CFB); Trabalho Interdisciplinar – “África e Brasil. Novos olhares, novas práticas: uma reflexão”, englobando todas as disciplinas; cafés temáticos (Geografia); filmes(“Auto da Compadecida”, “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, “O Bem Amado” e vários outros filmes) que estabeleceram relações entre o gênero / assunto trabalhado nos bimestres e a produção cultural contemporânea; o contato com esses diferentes tipos de linguagem permite cruzamentos de abordagens, de enfoques, de contextos e intenções (Português, História e Geografia); Degustação Pedagógica(Texto Instrucional); trabalho interdisciplinar (História e Geografia) sobre o Oriente Médio e a questão Palestina; jogos de pensamentos estratégicos (Matemática); dentre outras atividades. Por meio dessas atividades propostas no ano, o aluno não apenas amplia e solidifica seus conhecimentos, mas também, transfere-os para outras áreas da produção cultural e da vida, alargando seu universo de sensibilidade, aguçando sua capacidade de análise crítica da realidade.

9º ano No 9º ano do Ensino Fundamental, a equipe é formada por professores que se preocupam em educar os seus alunos ao ampliar e solidificar os conhecimentos por meio do estímulo ao desenvolvimento do senso crítico, aliado aos valores morais que são imprescindíveis à formação de um bom indivíduo (cidadão). Diversos trabalhos foram realizados pela equipe com ótimos resultados: Trabalho Interdisciplinar – “Tribos urbanas, viagem ao Parque Aldeia das Águas. Professores da seção: Cel Luiz Américo, Tc Cel Roberto, Profª Aparecida Drumond, Profª Irla, Cap Charles, Cap Maestri, Cap Fátima, Ten Aline.


1º ano

Ensino Médio

O ano letivo de 2011 foi muito fecundo para a coordenação e alunos da 1ª série do Ensino Médio, pois foram desenvolvidas várias atividades, como as aulas de preparação e os simulados para o PISM I da Universidade Federal de Juiz de Fora, o Plantão de Dúvidas, o Apoio Pedagógico, além das aulas curriculares, que auxiliaram a passagem dos alunos do Ensino Fundamental para o Ensino Médio. Nas aulas curriculares, a equipe realizou um trabalho de capacitação dos alunos para o referido nível de ensino, através do aprofundamento dos conteúdos, dos métodos de pesquisa e estudo, do aperfeiçoamento da leitura e escrita, do aparato conceitual, da inserção de novas disciplinas no currículo e da real integração das mesmas, relacionando os saberes científicos e sócio-culturais.

2º ano A coordenação do 2º Ano do Ensino Médio do Colégio Militar de Juiz de Fora se propõe ministrar o ensino de excelência a seus discentes, visando prepará-los não somente para os concursos vestibulares oferecidos pela Universidade Federal de Juiz de Fora e outras Instituições de Ensino Superior da região, como também para os concursos militares e civis mais buscados. Visados entre eles, destacase o Curso Preparatório para a Escola Preparatória de Cadetes do Exército, porta de entrada para as futuras lideranças da Força Terrestre. Também são enfatizados os assuntos que serão alvo de cobrança no vestibular seriado da UFJF (PISM II). A série destaca-se pelo ambiente salutar de convivência dos profissionais entre si e destes com os alunos, permeado pelo respeito recíproco e bom humor.

37


38

Ensino Médio

3º ano O ano de 2011 foi marcado por muito trabalho e muita vibração. A equipe do 3º ano desenvolveu diversas atividades visando à educação integral. Dentre essas, destacam-se as avaliações interdisciplinares (VIs e AEs), os simulados para Pism e Enem – trabalho conjunto com a Seção de Cursos – e as atividades recreativas. Professores e alunos trabalharam juntos, buscando êxito nos concursos. É importante destacar ainda a união, a coesão dessa equipe de professores, fato que propiciou sucesso em todas as atividades desenvolvidas.


Educação Física No Exército a Educação Física é tradicionalmente valorizada e, no Colégio Militar, isto se traduz numa Seção de Ensino E bastante ativa. A base do processo educacional da Seção consiste em estimular os alunos (e também os profissionais do CM) a desenvolver o gosto e as habilidades para participar de atividades da cultura corporal, nos variados campos dos esportes, lutas, dança, ginástica e também jogos e brincadeiras, que podem ser extremamente enriquecedoras, na educação e cultura. Há um trabalho básico com todos os alunos, neste sentido, e também com os voluntários para participar de equipes e competições esportivas. Além de dar meios para a realização plena dos alunos, participando destas atividades, as aulas contribuem para o desenvolvimento de atributos na área psicomotora, na afetiva e na cognitiva.

Línguas Estrangeiras e Modernas A Seção de Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas oferece os idiomas Inglês e Espanhol através do Sistema de Ensino Aprendizagem por Níveis (SEAN). O principal objetivo é preparar os alunos para um desenvolvimento contínuo das habilidades cognitivas. Com o uso de novas tecnologias tem sido possível oferecer um curso de alta qualidade, utilizando formas lúdicas para criar um maior comprometimento e interesse dos alunos. Outro fator que torna a relação professoraluno ainda mais agradável é a participação dos discentes em atividades extraclasse como o English Club, o Pen Pal Club, preparação para os exames de proficiência da Cambridge e programa Jovens Embaixadores. Além disso, as visitas de alunos intercambistas estrangeiros através do Rotary Club permite aos alunos colocarem em prática os ensinamentos de sala de aula. Os profissionais da seção estão em constante busca por aperfeiçoamento, participando de cursos e workshops no Brasil e no exterior.

39


40

Pen Pal Club São escritas cartas para os países de interesse dos alunos. A importância desse trabalho é revelada no fato do aluno, ao escrever, demonstrar mais atenção com as regras da língua. Quando redige uma carta, o aluno pratica as regras gramaticais, recorda o vocabulário e desenvolve a capacidade de comunicação, além de desenvolver habilidades inerentes à escrita como, segundo estudos científicos, memória, raciocínio e linguagem. O próprio fato do aluno do CMJF não falar o idioma do seu correspondente e este não falar o português, evidencia o aprendizado do idioma como ferramenta de comunicação. Como acréscimo, o clube orienta o aluno a fazer uma troca cultural ao enviar dados sobre o Brasil e receber material como poster, cartão-postal, mapa, revista, etc. Os alunos que se correspondem o fazem com satisfação. O mesmo trabalho desenvolvido com a Língua Inglesa é aplicado na correspondência em espanhol e em Língua Portuguesa.

Clube de Astronomia O Clube de Astronomia anualmente vem procurando difundir esta ciência no âmbito escolar . Além dos instrumentos para observação noturna, já pode contar com acervo multimídea e bibliográfico, possibilitando auxiliar algumas aulas de Geografia do 6º ano do Ensino Fundamental e a participação dos alunos na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica.

Clube de Dança O Clube de Dança é arte em ação. É espaço de movimentação de ideias e criação. E como diz Michel de Certeau “lugar é justamente o que poderia ser ... transcender, inventar, povoar o que nunca houve, mas que pode ser.” O Clube participou de diversos eventos e priorizou a criação de trabalhos Interdisciplinares.


41

Clube de Ciências Relacionar o conteúdo de ciências ao cotidiano dos alunos é o objetivo do ensino em nosso laboratório e Clube de Ciências. Nossas aulas práticas acontecem pela manhã e são sempre grandes oportunidades para ver ao vivo e a cores o conteúdo teórico da sala de aula. No contra turno funcionam as atividades do clube de ciências com alunos voluntários que se dedicam em pesquisas conforme o interesse de cada grupo. Nosso trabalho visa a formação do aluno enquanto cidadão, a inserção cultural e científica e a oportunidade do contato com um“ensino de ciências ativo”.

Alunos do clube de ciências em visita no setor de zoonose da prefeitura de Juiz de Fora.

Alunos trabalhando no laboratório de biologia

Projeto Ambiental A Seção de Ensino “C”, em parceria com outras Seções, tem colaborado com a Educação Ambiental do Colégio e, durante o ano de 2011, já realizou as seguintes atividades: Pintura de painéis relacionados ao tema; entrega de mudas de Ipê Amarelo produzidos no horto do Colégio por alunos; pintura de coletores de papel para as salas de aula, realizada por alunos por 7º ano; leitura de texto alusivo ao Dia do Meio Ambiente, e outras atividades. A Seção também tem colaborado através do Clube de Ciências com trabalhos de conscientização, redução de consumo e coleta seletiva de óleo, pilhas e lâmpadas. Além disso, dois projetos de melhoria da qualidade do ambiente do Colégio Militar estão sendo desenvolvidos: o primeiro relaciona-se com o paisagismo, que tem procurado harmonizar o ambiente escolar e criar espaços mais humanizados. O segundo relaciona-se ao Projeto “Nossa Horta”, que, além de trabalhar para um ambiente melhor do ponto de vista ecológico, tem contribuído para melhoria da qualidade de vida do Corpo Permanente, oferecendo alimentos saudáveis cultivados organicamente, ou seja, sem o uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos. Através de suas contribuições, a Seção tem procurado estar inserida na proposta da Educação Ambiental, que deve ser entendida como uma responsabilidade de todas as áreas do conhecimento.


42

Clube do Vestibulando O Clube do Vestibulando, coordenado pela Profª Ana Caixeiro e apoiado pelo Cap Oliveira, realizou em 2011, viagens ao IME, EFOMM E UFV, visando proporcionar aos alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio a oportunidade de conhecer diversas carreiras e Instituições de Nível Superior.

Clube de Letras No início do mês de maio, o Clube de Letras promoveu um café filosófico sobre “O Poder da Mídia”, com o intuito de fomentar a reflexão sobre temas transversais da atualidade, de estimular a leitura crítica, bem como a relação entre diversos conteúdos disciplinares. A atividade foi muito bem-sucedida, alcançando os objetivos propostos, em um clima agradável, proporcionado por uma degustação de um café, à medida que os participantes trocavam ideias. Houve a inauguração de mais um quadro ilustrativo da galeria de eventos do último sarau realizado, sobre Cultura Mineira, pela coordenadora anterior do referido clube, Ten. Alessandra. A seguir, ocorreu a posse da nova diretoria e a admissão de novos membros. As atuais coordenadoras, Profas. Valéria Guerra e Maria do Carmo Dias Xavier, bem como os integrantes do clube, contaram com o apoio e a participação de muitos integrantes do colégio, como o Comandante e Diretor de Ensino Cel Flavio Móra Guarnaschelli, o Chefe da Divisão de Ensino Major Maciel, a chefe da Seção de Apoio Pedagógico e Recuperação Major Maria Cristina, o Chefe da Seção “A” Major Queirós, os Professores de Filosofia e Sociologia Prof. Crochet e Ten José Augusto, além de outros alunos do colégio.


English Club

43

Em 2011, o English Club prosseguiu com suas tardes animadas às terças-feiras, contando com empolgante participação de 52 alunos, divididos entre “Teens” and “Kids”. Foram realizadas tardes culturais com palestras ministradas em inglês pela aluna Larissa Fernandes do 2º ano do E.M. e pela teacher Helaine, além de jogos, brincadeiras, música, e muitas outras atividades. Realizamos mais uma bem sucedida edição do “A Day Out at CMJF” sobre o tema Harry Potter e ainda tivemos fôlego para participar novamente da Feira de Cultura do CMJF com as oficinas “Rock Yourself” e “Harry Potter”.O English Club também inovou com a criação do English Club Choir, o nosso coral de inglês com ensaios às quintas-feiras à tarde, sob a regência da professora Júlia Oliveira, oriunda do Conservatório Aidé France de Juiz de Fora. Mas um dos grandes momentos do English Club em 2011 foi mesmo a visita do general Santos, diretor da DEPA, durante sua visita de inspeção ao CMJF. Durante a nossa tarde cultural os alunos Marco Antônio (8º ano), Larissa Freaza, Júlia Oliveira , Layla Alípio (7º ano) e Olavo (6º ano) apresentaram uma honorável versão do texto “A Christmas Carol” do britãnico vitoriano,Charles Dickens, a qual o Sr. General aplaudiu de pé!! No English Club é assim: alegria, diversão e muitooo English.

Posto Meteorológico O Posto Meteorológico do Colégio Militar de Juiz de Fora é constituído de um abrigo meteorológico, de uma biruta e de um conjunto de termômetros de máxima e mínima, psicômetro, anemômetro digital, barômetro altímetro digital e um pluviômetro. Na constituição geográfica do Posto Meteorológico, o cercado localiza-se no sentido norte da cidade de Juiz de Fora de acordo com os preceitos da Estação Meteorológica da Universidade Federal de Juiz de Fora. Os resultados das atividades escolares desenvolvidas como monitoramento de parâmetros atmosféricos, valores médios horários ou totais horários, direção e velocidade predominantes do vento, pressão atmosférica, temperatura e umidade do ar, temperatura e precipitação podem ser visualizadas na página da internet do CMJF. A construção do Posto Meteorológico foi de fundamental importância para a ampliação de conhecimentos geográficos, propiciando aos alunos que participam das leituras diárias dos instrumentos, a oportunidade de serem multiplicadores das informações junto a seus colegas e familiares.


44

Laboratório de Biologia, Física e Química


45

Ao iniciar suas atividades, em 1995, o Colégio Militar de Juiz de Fora, em suas formaturas, contava com o apoio da Banda de Música da 4ª Região Militar. Ao final do ano de 1996, foram adquiridos os primeiros instrumentos musicais e, em 1997, os alunos iniciaram suas atividades de aprendizado musical. Sua primeira apresentação oficial foi no dia 29 de junho de 1997, durante as comemorações do aniversário do Colégio Militar. A Banda é composta por 43 alunos e cerca de 23 estão, atualmente, matriculados no extra-classe de música. Presente nas diversas atividades formais e sociais do Colégio, fornece o compasso vibrante que estimula o diaa-dia do aluno, entusiasmando e emocionando todos que têm a feliz oportunidade de assisti-la. A Banda de Música do Colégio é regida pelo 1º Sgt Músico Celso e tem como seu auxiliar o Soldado Barra.


46

Trabalho Interdisciplinar

6º Ano Alimentação Saudável

7º Ano - Redescobrindo o caminho novo através da solidariedade


Trabalho Interdisciplinar 8º Ano - África e Brasil Uma Reflexão

9º Ano Tribos Urbanas

47


48

Mensagem do Comandante do Corpo de Alunos

Na jornada das mil milhas, o começo é um passo. Vocês deram este passo neste ano e cremos que estão mais aptos a dar muitos outros em busca de seus ideais. No momento em que se encerra mais uma fase de suas vidas, concluindo o curso deste colégio, seria interessante que, juntos, fizéssemos algumas reflexões, visando obter o máximo de aproveitamento de tão importante etapa. Qual a verdadeira razão de estarmos no Colégio? Certamente, o aprendizado dos conteúdos das diversas disciplinas tenha sido o objetivo mais imediato e palpável, mas outros aspectos fundamentais não podem ser relegados. A interação social, a troca de vivências com o consequente amadurecimento, os exemplos positivos e até mesmo os negativos, que serviram para que pudéssemos melhor estruturar nossos valores e prioridades, o contato com a vida militar, pautada na ética e disciplina, o sabor das vitórias e das derrotas nas diversas atividades, a noção de estarmos dentro de um órgão público, o qual devemos manter para futuras gerações, enfim, uma gama enorme de experiências. O problema é que, envolvidos por nossas obrigações, na maioria das vezes, não captamos, de forma consciente, tudo aquilo pelo que passamos. Apesar disso, somos causa e consequência de todo o processo, levando conosco, para o resto de nossas vidas, seus resultados. Seus espírito de iniciativa, coragem, fé, amor, autenticidade, capacidade intelectual, elevado espírito de observação e crítica, enfim, todos aqueles dons, de que lhes dotou o criador, permitiriam avançar praticamente sozinhos. Mas, assim como a mais bela e vistosa flor não pode prescindir da feia e humilde raiz, que se esconde nas entranhas da terra, queremos crer que, apesar de tudo, tenhamos feito algo por vocês. Que papel nos caberá desempenhar como cidadãos? Esta indagação requer amadurecimento e senso de coletividade. Temos, na maioria das vezes, arraigado o egoísmo que nos faz tomar atitudes erradas e ir de encontro ao bem comum. Só conseguiremos uma sociedade melhor, mais justa e harmoniosa a partir de uma tomada de posição em favor do coletivo contra o individual. Não será fácil. Há anos o ser humano provoca uma série de acontecimentos e questões que bem revelam a nossa natureza ainda primitiva. Salvo raras exceções, todos, no íntimo, somos assim. Como proceder, então? A partir desta conscientização, um passo muito importante, sem deixarmos de atender nossas necessidades, dedicamos um pouco de nós para causas que venham gerar ações ou atitudes benéficas à sociedade, sempre buscando seguir os impulsos de nossa intuição, guardiã justa dos nossos mais elevados e corretos sentimentos. Como é bom agir intuído, sem os questionamentos que ocasionalmente nos perturbam. Finalmente, ainda ligado ao questionamento anterior, cabe o reconhecimento a todos aqueles que nos ajudaram até este ponto, partindo da família, passando por professores, comandantes, monitores e todos os envolvidos direta ou indiretamente. Como vocês hoje, as pessoas citadas também foram auxiliadas por outras em suas trajetórias passadas. O ciclo da vida é sábio e o aluno de hoje se torna o mestre do amanhã. Na realidade, o tempo todo, somos aprendizes e professores, pois a vida é interativa e o aprendizado é feito de trocas de energias e sabedoria que todos possuímos, independentemente da idade, da posição social ou da condição financeira. Alunos, existe todoumenredo a ser escrito por cada umde vocês. Que a vida os proteja e permita-lhes alcançar toda a sorte de felicidades e realizações. TC Braga


Secretaria do CA

49

A Secretaria do Corpo de Alunos é responsável pela execução das inscrições do processo seletivo e mantém atualizada toda a documentação do aluno. Também realiza atendimento diário ao público externo e presta informações pertinentes à legislação para ingresso no colégio.

FC Sônia, Sgt Eloisio, Sd Marcatti e FC Érica

Subtenência do C A A Subtenência tem por missão proporcionar o apoio em material, realizar a manutenção das instalações destinadas ao ensino e realizar o controle administrativo do material carga distribuído ao Corpo de Alunos.

Sd Bretas, Sd João Paulo, Sd Arruda e ST Eneas


50

Grêmio de Infantaria O Grêmio da Infantaria tem por objetivo despertar nos alunos do ensino médio o interesse pela Rainha das Armas, bem como desenvolver os atributos de camaradagem, amizade e espírito de cumprimento de missão. A primeira atividade do Grêmio foi a brilhante participação nas olimpíadas internas do Colégio Militar, onde nossos atletas demonstraram muita raça e espírito esportivo. A atividade foi coroada de pleno êxito e os objetivos de confraternização e união foram atingidos. Em comemoração ao Dia da Infantaria foi realizada uma visita à Escola Preparatória de Cadetes do Exército, onde participamos da formatura geral daquele estabelecimento de ensino, momento de grande alegria para todos nós, e também ao Parque de diversões Hopihariemcampinas. No dia 25 de maio o Colégio recebeu a visita do Pelotão Águia do 1º Batalhão de Guardas, que realizou uma apresentação de pilotagem de motocicletas para todos os integrantes do CMJF. No dia 27 de maio participamos da Formatura Geral do CMJF, e com grande vibração e entusiasmo destacamos o nosso patrono, formando a Guarda do Busto do Brigadeiro Sampaio com alunos uniformizados, caracterizando os diversos tipos de Infantaria: Motorizada, Blindada, Paraquedista, Selva, Caatinga, Montanha, Polícia do Exército, Força de Paz e Guardas. No mês de agosto, realizamos uma viagem cultural à cidade histórica de Petrópolis-RJ e ao 32º Batalhão de Infantaria, onde tivemos a oportunidade de conhecermos uma tradicional Organização Militar de Infantaria do nosso Exército. No mês de setembro, participamos de um churrasco de confraternização com todos os integrantes do grêmio. Aguardamos ansiosamente novos desafios em 2012. Aos alunos do grêmio e irmãos de arma, agradeço a iniciativa e o apoio prestado em todas as atividades e desejo sucesso e felicidades nas novas missões. Missão cumprida! Infa! Brasil! Maj Pereira Lopes


Grêmio da Cavalaria

51

CAVALARIA! Um estado d’alma... Viagens..., desfiles a cavalo..., churrascos. Assim foram as atividades do Grêmio de Cavalaria no ano de 2011. Nessas atividades, procuramos sempre a integração, a camaradagem e a união entre os integrantes do Grêmio, pois são qualidades inerentes ao bom cavalariano. Para quem faz parte desse grupo, além da dedicação, é preciso amar com exaltação o cavalo, companheiro em muitos momentos neste ano, e prestigiar os blindados, pois neles também pulsa um coração cavalariano. Para nós, não basta simplesmente gostar de pertencer à Cavalaria, somos apaixonados por ela e demonstramos isso durante esse ano. Por esses motivos, agradeço aos alunos, que fazem parte desse seleto grupo, pelo compromisso que tiveram com as atividades realizadas em 2011 e espero que nossos estribos se choquem com a mesma intensidadeem2012. E nunca esqueçam: “SER DE CAVALARIA – é, antes de mais nada e apesar de tudo, nascer, viver e morrer SEMPRE DE CAVALARIA!” (Carta a um Cadete” – de Luis Felipe Azambuja, Cel Cav.) MÁRCIO FELIPE DORNELES RIBEIRO 1º Ten


52

Grêmio da Artilharia O Grêmio de Artilharia do Colégio Militar de Juiz de Fora reúne alunos do Ensino Médio que tenham interesse em participar de atividades relacionadas com os valores e tradições da Arma dos fogos largos, densos e profundos. No ano de 2011, compartilhamos diversos saberes pela realização de atividades de cunho sócio-histórico e cultural, como por exemplo a visita às instalações da Fortaleza de Santa Cruz da Barra em Niterói-RJ e à Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe). Nas atividades desportivas, desenvolvemos o espírito de equipe, lutando com garra e determinação em todos os momentos, o que foi materializado pela 2ª colocação nas Olimpíadas do CMJF e pelo 1º Lugar na competição de orientação em comemoração ao aniversário do CMJF. Merecido destaque deve ser atribuído à equipe de dança, que com sensibilidade e dedicação, enlaçou a plateia em emocionante apresentação. No dia 10 de Junho, ao formar em homenagem ao nosso Patrono, relembramos a figura do Marechal Mallet como exemplo de virtude e dedicação ao serviço da Pátria. Nas salvas de gala, demonstramos a rapidez e a precisão, características marcantes do Artilheiro. Por fim, ao nos despedirmos dos Artilheiros que partem rumo a uma nova etapa da vida, deixamos os votos de sucesso nos seus objetivos, seja na vida pessoal ou profissional. Aos que permanecem, pedimos que continuem com seus espíritos guerreiros mantendo sempre a união e a coragem, que fazem parte de vocês, a fim de transpor obstáculos que surgirão, mantendo a chama de nosso candeeiro acesa. Maj Josetti


Grêmio da Logística

53

Neste ano, o Grêmio de Logística, desenvolveu diversas atividades com sucesso, graças ao empenho, garra e união de todos os membros. Entre as atividades realizadas, como formatura, confraternização, viagem... o grêmio orgulha-se pelo desempenho conquistado na olimpíada, sobressaindo-se brilhantemente na maioria das atividades, conquistando assim o primeiro lugar. Aguardamos 2012 repletos de anseios e vontade para continuarmos nossa jornada. Aos alunos irmãos e irmãs de arma, que se despedem do CMJF, desejamos que sejam felizes e perseverantes em sua nova missão, tenham em mente que os sonhos se realizam na medida exata de nossos esforços. “SUPRIR, MANUTENIR, CURAR: LOGÍSTICA!” TC Mathiasi


54

t e n rn a s I Olim pĂ­adas do CMJF


55

Festa Junina do CMJF


56

Feira de

Cultura, Artes e CiĂŞncias


Sociedade Recreativa e Literária

57

Neste ano de 2011, diversas foram as atividades realizadas pela SRL, cujos objetivos são, entre outros, realizar a integração entre os membros do CMJF, realizar campanhas beneficentes e visitar Asilos e Institutos, que trabalham com crianças carentes.

Legião de Honra A Legião de Honra do Colégio Militar de Juiz de Fora reúne desde alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental a alunos do terceiro ano do Ensino Médio, a fim despertar em seus integrantes a responsabilidade, a honestidade e a disciplina consciente, valores os quais constituem seu próprio lema. Com nome derivado das Legiões Francesas de Napoleão, constituídas pelos militares que mais se destacavam entre seus pares, a Legião de Honra promove campanhas beneficentes em ajuda a instituições de caridade por meio de doações e atividades lúdicas em toda a Juiz de Fora, disseminando pela cidade os valores cultivados no Colégio Militar. Além disso, nos ambientes do CMJF, promove campanhas de conscientização dos alunos, como o Projeto Valores, e apóia e desenvolve projetos de cunho acadêmico, como o Projeto de Monitoria. Dessa forma, os alunos da Legião de Honra, destaques do Sistema Colégio Militar do Brasil, constituem-se de exemplos de conduta e responsabilidade a serem seguidos pelos demais alunos, uma vez que características básicas de um legionário são seu comportamento excepcional e sua indicação para compor tal grupo, feita por seus professores e superiores.


58

Núcleos Religiosos Católico Levar a Palavra de Deus, a Oração, os Sacramentos e o conforto espiritual é nossa missão. Com a orientação do Capelão, Tenente/OTT Frei Renato, e do Tenente Coronel R1, Padre Nelson, promovemos: catequese semanal (1ª Eucaristia e Crisma); encontros semanais com os sacerdotes para atendimentos pessoais, reuniões específicas e preparação de missas; orações matinais nas Cias de Alunos e na CCSv.; encontro anual de adolescentes e jovens; celebração periódica da Santa Missa.

Evangélicos “E na congregação que recebemos a palavra revelada do coração de Deus, para o nosso coração.” (Salmos 133:1) - OH! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivamemunião! - O Núcleo Evangélico reuni-se mensalmente, na Sexta-feira, no Auditório ou Ginásio do CMJF, para cultos de Adoração, Doutrina e Estudo da Palavra de Deus. Ocasião onde todo o público interno do Colégio bem como familiares são convidados a estarem presentes. (Hebreus 10:23) - Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.

Espírita Desde 2003, após ter sido autorizado pelo Cmt e Diretor de Ensino do CMJF, foi designado pela Cruzada dos Militares Espíritas (CME), com sede na cidade do Rio de Janeiro, um “DELEGADO” para representá-la no CMJF e compor o Grupo de Estudo Doutrinário (GED), que, é o 1º SgtR1Gomes, da 3ª Cia de alunos. As reuniões ocorrem conforme data prefixada em nota de Sv deste EE previstas pelo Comando para as sextas-feiras no miniauditório. As palestras visam maiores esclarecimentos da Doutrina Espírita através de estudo de suas obras básicas, para o aperfeiçoamento e evolução espiritual de seus integrantes e familiares, para que reine sempre a paz e a harmonia em todo o ambiente. Normalmente são convidados expositores de Casas Espíritas de JF ou membros do grupo de estudo do CMJF para proferir as palestras.


1ª Companhia de Alunos

Caros integrantes da 1ª Cia Alu, O livro Educação: um Tesouro a Descobrir, sob a coordenação de Jacques Delors, relata que a prática pedagógica deve preocupar-se em desenvolver quatro aprendizagens fundamentais, que serão para cada indivíduo os pilares do conhecimento: aprender a conhecer indica o interesse, a abertura para o conhecimento, que verdadeiramente liberta da ignorância; aprender a fazer mostra a coragem de executar, de correr riscos, de errar mesmo na busca de acertar; aprender a conviver traz o desafio da convivência que apresenta o respeito a todos e o exercício de fraternidade como caminho do entendimento; e, finalmente, aprender a ser, que, talvez, seja o mais importante por explicitar o papel do cidadão e o objetivo de viver Nesse sentido, procuramos no decorrer deste ano, desenvolver um trabalho que proporcionasse aos nossos alunos uma formação pautada na educação para cidadania de forma que a prática educativa não seja vista apenas como uma aquisição de títulos ou oportunidade de inserção no mercado de trabalho, mas sim como instrumento único capaz de promover a transformação social.

59

É nessa expectativa que me dirijo aos nossos formandos do 3º ano, tendo em vista que um ciclo se fecha com sua formação. Uma nova fase os espera, cheia de anseios e novidades. Aproveitem cada momento desta nova trajetória com a mesma alegria que desfrutaram o tempo que passaram conosco. Procurem basear sua vida em uma sólida conduta ética e seja qual for o seu destino procure sempre fazer a diferença. Estaremos torcendo para que consigam atingir os seus objetivos profissionais e familiares. Vocês são vitoriosos! Que Deus os abençoe! Maj Josetti – Cmt 1ª Cia Alu


60

101 Sentados: Letícia, Clara Gonçalves, Gabriela Gomes, Mariana Coelli, Luiza, Camila Machado, Thaila Marson, Danielle Cinelli, Thainá, Letícia Sirimarco, Ellen e Izabela Nardy. Em pé: Carolina Sales, Jheinisson, Maria Laura, Habkouk, Bruno Salgado, Gustavo Carvalho, Xavier, Matheus Xisto, Leonardo Matos, Matheus, Bruno Queiroz, Philipe, Lizandra e Máspolis.

102 Sentados: Maria Theresa, Karoline Oliveira, Gabriela Herrera, Amanda Timotheo, Dayara, Daniela, Maria Eduarda, Isabella Andrade, Larissa Rocha, Izabela D´Martino, Mariana Alípio e Thaís Jabour. Em pé: Victor, Andrade, Jardel, Gabriel Reis, Shesnon, Ingrid Coutinho, Sena, Perantoni, Oliver, Rodolfo, Salomão e Otávius.


61

Sentados: Kethleen, Karen, Isabele, Carolina, Barbara Colares, Andressa Schultz, Marina, Marcela Magalhães, Victória Tenorio, Josiane Matias, Rachel. Em pé: Carolina Miranda, Guimarães, Braida, Daiberth, Yuri Macário, Gabriel Vasconcelos, Magela, Silveira Júnior, Guilherme Neumann, Riani, Giovane Cipriano, Karine Cruz.

103

Sentados: Eduarda, Gabriela Detoni,Quesia, Thaynara, Geovana, Yohana, Mariana Barbosa, Marina Saraiva, Thabata Mayumi, Carolina Souza, Zinia, Jessica Oliveira Em pé: Livia, Cypriano, Rogério, Fortunato, William Cruz, Adriano, Bruno, Hugo, Araújo, Magnyon, Gabriel Passos, Augusto, Miralva, Larissa Leopoldo.

104

Sentados: Olivia, Lorena, Karina, Anna Luisa, Isabelle Sales, Luciana Francione, Lais Leal, Victoria Lourenço, Jaqueline, Clara, Larissa Yasmim, Gabriele. Em pé: Maria Elisa, Rosolen, Gustavo Vargas, Pannain, Douglas Nascimento,Oliveira, Rafael Nascimento, Tulio Barbosa, Bruno Carvalho, Fajardo, Igor Sperandio, Moreira, Gabriel Moreira, Helum.

105


62

201 Sentados: Vitoria Castro, Leda Mendonça, Tamires, Haylla Haramoto, Gabriela Barreto, Ludmila, Izabelly Ferreira, Caroline, Izabela de Paula, Mariana. Em pé: Nadia, Thaian Marcus, Ruan, Falco, Davyd, Renan Amaral, Cosme Laurindo, Matheus Lima, Pimenta, Kelmer, Pedro Henrique, Souza Leite e Nayara.

202 Sentados: Denise; Thaynara, Thaisis, Fernanda, Tatiane, Luiza Schettino, Mariana Sell, Mariana Pinheiro, Vanessa, Rayane Cipriano e Luiza Valle. Em pé: Camila Santos, Amanda Ayoroa, Luiz Almeida, Natan, Massacani, Zancanelo, Condé, Iote Rodrigues, Tavares, Tavares, Heber e Débora.


63

203 Sentados: Barbara, Jessica Blanc, Patricia Cardoso, Pamela, Lorrayne, Isabela Menezes, Raquel, Gabriela, Jessyca Barbosa, Leticia, Larissa Fernandes. Em pé: Gustavo Alves, Ronaldo Heverthon, Loures, Mendes, Jônatas Penasso, Resende, Eric, Henriques, Davison, Braga, Flavio Lucas, Claúdio.

204 Sentados: Caroline Reis, Maria Regina, Evelyn Andressa, Carolina Marques, Gabriela Oliveira, Carla, Mirla, Larissa Cazarin, Luma Zarantonelli, Priscila Souza, Priscila Magalhães. Em pé: Thiago Campos, Mariana Freesz, Mariana Matias, Neiremar, Ivair, Diego Matheus, Gustavo Macedo, Reginaldo, Sabrina Castro, Priscila Macedo.


64

Sentados: Helen Caroline, Nathália, Silvya Fonseca, Érica, Lilian Jabour, Roberta Arantes, Mariana Lima, Carolina Martins, Laís Monard, Verônica Silva, Jéssica Tatyelle, Fernanda Tavora. De pé: Larissa Souza, Kaio Henrique, Luis Felipe, Leandro Lopes, P. Araújo, Moraes, Kubrusly, Alcântara, Gerken, Leonardo, Luiz Guilherme, Vitor, Fernando Salgado, Diogo, Teddi, Andressa Luz.

301

Sentados: Fernanda Valle, Thayza Alencar, Nathalia Rosa, Paula, Carolina, Caroline Bitencourt, Anna Fontes, Priscila Lima, Isabella, Laís, Luiza, Isabelle. De pé: Mariana. Ana Paula, Yuri Miranda, Tostes, Mascarenhas, Arthur, Pessanha, Felipe Waked, Flávio, Yuri, Elissa.

302

Sentados: Ana Clara, Laura Martins, Camila Mariana Neves, Thais Candian, Isabella Noceli, Andressa Hagle, Hanna, Tamara Ribeiro, Bárbara, Jade, Mariana Cruz. De pé: Carina, Gabriel Vinícius, Vittor Hugo, Luiz Longo, Alexandro, Ribeiro. Victor, Carneiro, Cruz, Asafe, Jordana.

303


2ª Companhia de Alunos

Ao término de mais um ano letivo, gostaria de cumprimentar os integrantes da 2ª Cia Al pelo trabalho realizado, com certeza nosso sentimento é de missão cumprida! Destaco o trabalho de cada um dos monitores no acompanhamento e orientação dos discentes, que souberam a medida exata de exigir, orientar e elogiar, tudo com o objetivo maior de contribuir na formação de cidadãos, cientes da importância da disciplina e da camaradagem em qualquer atividade que nossos alunos venham a exercer no futuro. Tenham a certeza de que os valores transmitidos por cada de um de vocês ficarão marcados para sempre em nossos alunos. Aproveito a oportunidade para congratular-me com os demais integrantes do Corpo de Alunos, Cmt CA, Cmt da 3ª e 1ª Cia, equipe do ST Enéias, equipe do 1º Sgt Eloísio e servidores civis que trabalharam incansavelmente na formação do aluno, demonstrando sempre alto grau de camaradagem e comprometimento. Aos nossos prezados alunos posso dizer que aprendi muito mais com vocês do que pude transmitir ou ensinar. Neste ano de sadio convívio, pude observar o enorme potencial que cada um de vocês possui, transformando todas as atividades em momentos de aprendizagem e amadurecimento. Foram muitas atividades realizadas: formaturas, ordem unida, aulas, provas, olimpíadas escolares, viagens, festa junina, festival da canção, etc, e em todas estas atividades vocês souberam honrar o nosso Colégio e, em cada uma destas atividades que vocês puderam participar, vocês investiram em sua formação como alunos e cidadãos. As amizades aqui formadas serão guardadas pelo

65

resto de suas vidas, são amizades feitas nos momentos de dificuldades que tem valor, e isso, o Colégio proporcionou a vocês o tempo todo, seja nas competições, nos trabalhos em grupo, e, principalmente, nos estudos para as provas; quem não vai se lembrar daquele aluno que disponibilizou seu tempo e seu conhecimento para ajudar quem estava com dificuldade em alguma disciplina? Valorize sempre seus amigos! são pessoas especiais que estão são seu lado. Cada um de vocês, ao longo deste ano, transpôs vários obstáculos, para uns foi a matemática ou português, para outros, a timidez, ter que acordar cedo, a distância do Colégio, a dificuldade de adaptação, a disciplina, a formatura de sextafeira! o “FO” do monitor, a “hora do pato” com o Cmt Cia, as provas, a cobrança dos pais, etc. Orgulhem-se dos desafios vencidos, vibrem com as vitórias alcançadas, mesmo que para outros pareçam ser simples demais, para você foi dolorido, foi com seu esforço. Ao relembrar os momentos de dificuldade, voltem-se aos seus pais, eles estiveram sempre juntos de vocês nesses momentos, orientando e exigindo, às vezes, até em excesso, mas futuramente vocês serão muito gratos a eles por tudo, por sua presença e apoio. Lembrem-se também dos professores e monitores que estiveram contigo nesta jornada, todos com suas virtudes e defeitos; guarde as virtudes de cada um, leve as coisas boas para 2012 e despreze aquilo que você não gostou ou não concorda, isso faz parte do amadurecimento e sabemos que temos falhas também. Por fim, agradeço a amizade, o respeito e o trabalho de todos vocês da 2ª Cia, missão cumprida! Maj Pereira Lopes


66

801 Em pé: Thiago Gomes, Oliveira, Benfenatti, Abbud, Bruno Monteiro, Pedro Tavares, Victor Miranda, Matheus Mello, Marques, Romanazzi, Maurício, Irvin Maximiliano, Ozório, Filipe Sirimarco e Mattos. Sentados: Bárbara, Gabrielle Silva, Angélica Athayde, Vitória Futuro, Andressa, Mirjhenyfer, Alícia, Anna Caroliny, Giovana Gofredo, Lidiane, Lana e Bruna Maciel.

802 Em pé: Leonardo Barcellos, Igor Augusto, Nogueira, Leonardo Reis, Luís Gustavo, França, Guilarducci, Guilherme Fernandes, Oiticica, Carvalho, Luz, Pedro Vargas, Marco Antônio, Maísa e Caroline. Sentados: Sara, Isabela Melo, Nathália Barbosa, Sandrieli, Yasmim Silva, Isabella Tostes, Thauana Cabral, Marcela Leite, Gabrielly Carvalho, Júlia Junqueira e Nayara.


67

803 Em pé: Cinthia, Lucas Olímpio, Dácio, Vinícius Antoniol, Vinícius, Matheus Wallace, Scardanzan, Vitor Pereira, Borboni, Braz, Gabriel Gonçalves, Stambassi, Gabriela Talha, André Pires, Ronan Santos e Júlia Gabetto. Sentados:Juliana Félix, Mariana Lopes, Bruna Silva, Antônia, Victória Lamego, Isabella Motta, Nardy, Amanda Beatriz, Gabrielle Lopes, Gabriela Norberto e Vitória Braz.

804 Em pé: Gabriela Mendonça, Breno Senna, Braga, Renhe, Caniato, Maffili, Gabriel Carvalho, Juan, Galvão, Kaique, Gotelip, Clemente, Gomes e Natália Oliveira. Sentados: Camila Aleixo, Fernanda Rocha, Mariana Carracci, Suélem Cristina, Nathália Araújo, Hemile Azeredo, Larissa Beltrame, Letícia Moreira, Franciane, Laura e Ana Malvaccini.


68

901 Em pé: Macedo, Freitas, Zimmermann, Eliel, Renan Lima, Leandro Simeão, Antunes e Iung. Sentados: Felipe Guedes, Loiane, Christiane, Mariana Carvalho, Yasmin, Mariana Coutinho, Fernanda Elisa e Stoque.

902 Em pé: Willian Lucas, Soares, Veiga, Mizrahy, Peron, Higor, Andrade, Kitamura, Gabriel Felipe, Vitor Bruno, Caio Netto, Igor Ferreira e Allan Filipe. Sentados: Carine Cedrola, Nathália Calzavara, Vanessa Souza, Kathleen, Júlia, Ana Paula, Gabriela, Elisa Alves, Larissa Andrade e Isabel Tereza.


69

903 Em pé: Renan, Lorençato, Pereira, Enrique, De Souza, Miranda, Arthur Navarro, Pedro Futuro e Guilherme Santos. Sentados: Larissa, Isabela, Bárbara Laurindo, Ana Gabriela, Nathália Fonseca, Williana, Thalita Paredes, Ana Banes e Marianna Esperidião.

904 Em pé: Débora Carolina, Felipe Moreira, Raul, Arthur Costa, Costa, Matheus Claveland, Caleb, Azalim, Cezar Rangel, Santos, Felipe Lopes, Laprovita, Jonathan Ivens e Laura Tellado. Sentados: Marcela Mageste, Larissa Tavares, Bethânia, Rafaela Silva, Patrícia Cristinna, Adaliza, Pagnossin, Miria Pinheiro, Letícia, Árina e Jandinaíra.


70

3ª Companhia de Alunos

A 3ª Cia de Alunos tem como atribuição realizar o acompanhamento da conduta do discente, desenvolver os valores cívico militares e de cidadania por meio da disciplina, correção de atitudes e desenvolvimento da responsabilidade. Incentivar , orientar e estimular o aluno para o seu melhor desempenho escolar é o objetivo perseguido pelos profissionais da Cia. Atualmente, a 3ª Cia de Alunos é composta por 227 alunos de diversas origens (amparados e concursados) e que compõem o 6º e 7º anos do ensino fundamental. Preparar e adaptar os novos alunos ao SCMB(Sistema Colégio Militar do Brasil) é uma árdua mas dignificante missão atribuída à 3ª Cia que conta com um Major Cmt, um Sargenteante e quatro Sargentos monitores. Diversas atividades marcaram a vida dos alunos no corrente ano: o estágio de adaptação dos novos alunos,a entrega da boina, as olimpíadas internas, as diversas formaturas em

homenagem aos patronos das Armas, Quadros e Serviços, a festa Junina, o aniversário do Colégio, os traballhos interdisciplinares, as Avaliações de Ensino (AEs), enfim, muito trabalho, dedicação, espírito de grupo e companheirismo marcaram a jornada dos nossos alunos. Ao findar 2011, desejo a todos os integrantes da 3ª Cia de Alunos muitas felicidades e aproveito a oportunidade para agradecer o convívio fraterno e sadio proporcionado por todos os seus integrantes. Que Deus abençõe a todos! ZUM ZARAVALHO! RICARDO MATHIASI FERNANDES


71

601 Sentados: Laura Vasco, Alice Campos, Julia Nunes, Sarah Ely, Caroline, Thayrine, Jade, Alice Carvalho, Chrisitine, Isabela, Giulia. Em pé: Eliezer, João Guilherme, Moisés Vilela, J. Flávio, Guilherme Henrique, Gabriel Souza, Arthur Drumond, Moraes, Matheus Lunardi, Faria, Pedro Augusto, Filipe.

602 Sentados: Luisa Perez, Luane, Laura, Letícia, Emily, Arianny Hellen, Natália Barel, Adrissa Ayoroa, Thamyres, Marianne, Daniela Rocha. Em pé: Souza, Pavão, Ribeiro, Nick, Pires Campos, Alencar, Bernardo Castro, Fábio, Guerra, Michel, Flávio Ramos, Rômulo, Leonardo Silva.


72

603 Sentados: Estela Santos, Lara Júlia, Lyandra Melo, Rafaela Cipriano, Amanda Almeida, Daniele Andrade, Amanda Souza, Giovanna, Gabriela Neves. Em pé: Lucas Brazil, Nicollas, Marco Aurélio, Vaz, Thales, Resende, Dousseau, Belli, L.Carvalho, Tarcísio Augusto, Amorim, Carlos, Matheus Leopoldo, Pedro Martins.

604 Sentados: Alessandra Almeida, Mariana Fonseca, Queila Gabriele, Ariane Abreu, Isadora Baesso, Cíntia Nobre, Maria Eduarda, Luiza Gabrielle, Sabrina, Arícia Helum. Em pé: Yago Jean, Tenório Seco, Vitor, Josué, Thiago Augusto, Ítalo Maximiliano, Matheus Cagnim, Olavo, Visoná, Marcus, Brito Luz, Lucas Lanza, Oliveira.


73

701 Sentados: Andressa Oliveira, Bragança, Camila Rezende, Clarice, Dara, Isabela Sutana, Jeniffer, Julia Nayra, Julia Pacheco, Letícia Jabour, Marina Sodré. Em pé: Gianluca, Coutinho, Gabriel Bitencourt, Francisco, Kauan, Lucas Loures, Gabriel, Arthur Vieira, Victor Mendonça, Ghedim, Matheus Moura, Fellipe, Vinicius Nardy, Stefany Cristina.

702 Sentados: Adrienny, Barbara Narciso, Ana Paula, Brunna Franck, Nathalia Machado, Eduarda Cobbucci Emanuelle Silva, Fernanda Ventura, Luiza Lopes, Maria Eduarda, Rafaella, Thaysiane. Em pé: Alexandre, Arthur Camelo, Bonaldi, Braida, Kneipp, Costa Pereira, Salomão, Daniel Jayme, Lorenzeto, Paulo, Jordan, Wesley, Victor Nardes, Danielly Silva.


74

703 Sentados: Amanda, Ana Carolina, Andressa, Carolina Magalhães, Edilayne, Elizandra, Emanuele, Isabel Nunes, Juliana Athayde, Juliana, Pietra, Milena. Em pé: Layla Alípio, Daniel, Arthur Mota, Samuel, Arthur Braga, Rodrigo Guarino, Gabriel Fernandes, Hainner, Gabriel Lopes, Weber, Miguel, Stevan, Batemarque, Saul Marcos, Thiago, Diogo Silveira, Álvaro, Sophia Braga, Raquel Araújo.

704 Sentados: Andressa Araújo, Camila Fernandes, Camila Monferrari, Gabriela Aperibense, Fernanda Zeloschi, Geovanna, Iara Ferreira, Júlia Oliveira, Lethícia Bárbara, Lia, Mariana Campos. Em pé: Amarante, Mateus Futuro, Arthur Sá, Ayupe, Vitor Marcos, Corrêa, Vanzelloti, Diegues, Teffé, Evandro, Guilherme Cinelli, Henrique Freitas, Rodgers, Luca Marciano, Ferreira, Marcos Vinicius, Maria Beatriz, João Lucas, Larissa freazza, Matheus.


75

Prezados alunos, A vida é feita de ciclos, de fases e de passagens, e, no di dia d de h hoje, j completa-se l um ciclo, i l uma ffase d da vida id d de vocês. ê Esse ciclo se iniciou há quatro anos, quando nesta casa vocês chegaram, crianças ainda, trajando a camiseta branca e o jeans de todo aluno novato, com olhos apreensivos e o coração batendo forte de ansiedade. Para muitos já era uma vitória, tornar-se aluno do Colégio Militar. O ciclo que encerra-se hoje é o do Ensino Fundamental. O nome já diz tudo_ é o ciclo escolar em que se aprende os fundamentos das ciências e das letras, justamente a base, tal qual os alicerces de uma obra, aquilo que garante que um edifício possa ser construído. Os cumprimentos pela conclusão desse ciclo é, hoje, de vocês. Esse dia pertence a vocês. Mas os méritos são de muitas pessoas. Em primeiro lugar, agradeçam aos seus pais. Eles foram seus primeiros professores e sua casa, sua primeira escola. A alegria deles é vislumbrar, hoje, essa vitória de vocês. Agradeçam ao comando, que administra essa casa de saber. Agradeçam ao Corpo de Alunos e à Divisão de Ensino, que construíram com vocês os conhecimentos, a disciplina e os valores que vocês levam, dia após dia. Agradeçam à Companhia de Comando e Serviços pelo apoio e manutenção desta casa. A todas essas pessoas é que cabem o mérito das realizações do dia de hoje. Quanto a mim, agradeço de coração a homenagem que me prestam. Procurei dar o melhor que eu podia lhes dar como professor. Mas sei que sou apenas o representante de muitos que merecem até mais homenagens. Hoje sou apenas o representante do mérito de seus pais, de todos os professores que vocês tiveram, de seus comandantes de companhia e monitores, de todos os que participaram da educação de vocês. Finalizo essas breves palavras de agradecimento concitando a todos vocês a prosseguirem. Hoje é dia para festejar, para descansar um pouco. Mas ainda não é o tempo da colheita. Muito ainda tem que ser semeado, muito estudo ainda virá pela frente. O Ensino Médio vem com maiores desafios e exigirá muito mais dedicação. Porém, com os fundamentos que vocês aprenderam no ciclo que se encerra hoje, vocês têm todas as ferramentas para triunfar também nesse novo ciclo que se inicia. Parabéns a todos. Desejo a vocês e seus familiares um feliz natal e um próspero Ano Novo. Que Deus nos abençõe a todos. Formandos! Bem-vindos ao Ensino Médio! Zum Zaravalho! Cap Maestri


76

Queridos amigos,

hoje é um dia que será lembrado com orgulho e alegria por todos nós, afinal estamos concluindo uma longa e única etapa em nossas vidas, o ensino fundamental. A maioria de nós se conheceu ainda criança ao ingressarmos no Colégio Militar no 6° ano; os quatros anos que convivemos passaram muito rápido, mas foi o suficiente para formarmos sólidas amizades. Sabemos que sozinhos não conseguiríamos estar aqui hoje, por isso, agradecemos aos nossos professores que sempre nos acompanharam, se doando completamente durante essa jornada, preocupados com o nosso sucesso escolar e pessoal. Aos nossos pais que estavam sempre por trás de nossas conquistas, assim como estiveram em cada momento de nossas vidas, os amamos e queremos gratificá-los por confiar e estar sempre ao nosso lado. Também nos lembramos dos nossos monitores que com seus conselhos e paciência nos ajudaram a vencer as dificuldades. A nossa caminhada passou por diferentes etapas: no 6° ano inexperientes e inseguros, adaptávamos ao cotidiano do novo colégio; no 7º e 8° ano mais confiantes, a nossa união já era demonstrada pelos fortes laços de amizades. Até que finalmente chegou o 9º° ano. No início do ano letivo, tinha uns animados outros desanimados, tinha também os preocupados (com os concursos que deveriam prestar), mas estávamos todos prontos para mais um desafio.O ano passou num instante, porém nem tudo foi rosas, passamos por muitos apertos, vimos as matérias se complicarem em equações de física e matemática que deixavam todos desesperados na hora das VIs, trabalhos que não acabavam mais e vimos também alguns de nós desistir antes do fim e outros que infelizmente não nos acompanharam no próximo ano por diversos motivos, mas estarão sempre guardados em nossos corações, assim como aqueles que trilharão seus caminhos de sucesso em outras instituições de ensino( que merecem os nossos parabéns). É, momentos de tensão e preocupação ocorreram, entretanto devemos lembrar-nos das horas de felicidade que ficarão marcadas em nossas mentes como as olimpíadas, a nossa viagem pro Parque Aquático, o nosso T.I. e as simulações de guerra do Capitão Maestri( quase colocávamos a sala de “cabeça pra baixo” fingindo que estávamos na Primeira Guerra Mundial).Também serão inesquecíveis as aulas de química da Capitão Fátima quando saíamos até tontos de tanta coisa que aprendíamos. E os filmes de história, não nos importávamos de sair bem depois do horário para assisti-los. Enfim, nossos momentos ficarão eternizados, pois a emoção trazida por eles é o que realmente importa. Fechamos uma etapa de nossa caminhada e junto com ela também a infância, pois temos a consciência de que a partir do próximo ano nossas responsabilidades serão muito mais cobradas. Que Deus abençoe essa nova etapa de nossas vidas e que sejamos fortes, pois somos jovens e podemos contar uns com os outros. Que venha o Ensino Médio e Parabéns pra gente! (9º ano-2011) Vanessa Souza e De Souza


77


78

Ainda que a cada cada turma tur urma ma que que se se formava form fo rmav ava eu pudesse ver as lá lágrimas ágr grim imas as eescapando scap sc apan ando do p pelos eloss olhos, a saudade impondo-se a cada abraço de despedida e uma etapa de vida recebendo seu desfecho, quando chega a nossa vez é sempre diferente. Bem, a hora chegou. É tempo de rever histórias que se passaram em meio aos corredores do colégio, sob certa proteção representada pela farda, fixar os, agora, ex-colegas de classe na memória e deixar os pontos finais moverem-se silenciosos e inexoráveis para os seus lugares, dando fim aos 7 longos e bons anos. Não se pode fingir que foi tudo sempre perfeito, pois a vida coletiva faz com que surjam pequenos transtornos, mas no Colégio Militar de Juiz de Fora, encontrei um espírito de união e harmonia, ladeado pela força e solidariedade do Exército Brasileiro e por um ensino de indiscutível qualidade. Aos meus amigos, obrigada por terem tornado essa jornada mais feliz e completa. Aos meus pais, só tenho a agradecer pelo apoio incondicional e por todos os valores que me ensinaram, vocês são meus exemplos e eu amo muito vocês. Aos monitores e professores, obrigada pelo carinho e preocupação, pelos FOs e broncas que nos ensinaram a ter disciplina e, ao mesmo tempo, pela mão amiga quando precisamos. Sem o apoio de todas essas pessoas meu caminho não teria sido percorrido. Deixo aqui registrados o meu agradecimento por aqui ter chegado uma criança e, hoje, sair uma pessoa capaz de ingressar em carreiras profissionais e madura para tomar decisões, o meu voto de sucesso e felicidade para os demais formandos, e o desejo de que tenhamos sido bons exemplos para os que ainda jogarão as boinas. E, com certeza, o tempo há de mostrar que jamais esqueceremos o Colégio Militar! Al Érika


Alcântara Falar desse fera é fácil. Boleiro e artilheiro do CMJF é um grande amigo. Mesmo morando em Nova Era se atrasa todos os dias por tentar levantar seu moicano. Parceiro, a EsPCEx te espera.

Ana Clara Raras são as vezes que a nossa Pokemon reprimida faz formatura ou leva os FOs assinados. Íntima na enfermaria usa abrigo continuamente desde a sexta série e só usa farda quando dá vontade. A tequileira chefe cativa até mesmo os professores com o jeito mandão e meiguinho de flores e ursinhos quando quer.

Ana Paula Direto da grande Valinhos , a simpática e futura médica alegra as nossas aulas. É bem generosa na partilha dos biscoitos, adora ser incomodada e tem a melhor risada. É o nosso pastelzinho de Belém.

Andressa Luz A aluna mais sorridente do CMJF encanta a todos diariamente com seu alto astral. Com todo o seu swing e requebrado faz a dança do corvo como ninguém, apesar de tentar nos enganar vez ou outra se passando por tímida. Temos certeza que se saíra muito bem no curso de relações internacionais e assim ,quem sabe, fazer Marabá ficar no top 10 das cidades.

Alexandro O bendito fruto entre as mulheres, seduz com vigor na hora da dança e da conquista. É o maior festeiro do CM, deixando as novinhas loucas com sua voz de locutor. O rei Alexandro II, como prefere ser chamado, é pró na arte de ser paia e contagia todo mundo ao seu redor.

Ana Fontes Faz aniversário no melhor dia do ano. É uma alma de elfo no corpo de hobbit que é o mais fofo do mundo. A melhor amiga pra falar de MCR, dar conselhos, rir e chorar junto.

Andressa Hagle Com um sobrenome que ninguém consegue pronunciar corretamente, adora ser do contra e usar o seu famoso “não”. Sempre carismática e muito educada, consegue encantar a todos.

Arthur Nosso robô favorito. Vive programando o cérebro das pessoas, apesar de ser submisso ao “sistema” inconscientemente. Rabisca no caderno durante as aulas, é inteligente e sempre tenta ajudar seus amigos.

79


80 Asafe Falar do Asafe é fácil. Chegou em 2010 de mansinho e logo demonstrou potencial e camaradagem. Com enorme inteligência em humanas, demonstrou-se focado no objetivo de passar no concurso a Espcex e certamente conseguirá alcançar o objetivo almejado. Será ótimo oficial. Infantaria, treme terra Brasil!

Camila Tudo é “bapho” nessa vida, não é mesmo? Sempre “capitósa” e cheia de comentários venenosos sobre os look do pessoal essa futura fashionista encanta a todos com sua simpatia e contagiante alegria. É ela a dona da boina mais linda e conservada que o colégio já viu. Amigaaa, nós te amamos!

Carneiro Mineiro de coração e fluminense de registro, o futuro aluno do ITA é um menino prendado ( pois além de um grande instrumentista, é mestre em artes marciais e doutor em exatas). Eterno inimigo dos livros, sua amizade sincera, unida ao marcante bom humor, nos fará sentir falta desse grande lutador.

Carolina Bitencourt Super divertida, ama animais e faz com que as aulas sejam mais divertidas. Sua animação contagia e até a Tequila adora. Tia do Magic e nossa húngara preferida.

Bárbara A dona de um sorriso que vai de orelha a orelha e que alegra toda a sala com seu bom humor. Com seus encantos conquista a todos que estão por perto. Uma menina especial, engraçada e principalmente uma grande amiga. Companheira de estudos rápidos e desesperados antes das provas e motivo de disputa para os mais longos trabalhos de matemática.

Carina Cadê Carina? Carina, leia! Dona da retórica mais poderosa, conquistou a todos com seu jeito de falar pelos cotovelos tudo o que pensa, sua simpatia e seus sábios conselhos. Causando êxtases culturais com sua estratosférica cultura cinéfila, essa futura sexóloga, jornalista, historiadora e psicóloga tem um futuro brilhante! O xodó de todos.

Carolina Super animada, gente boa e amiga presente. Fashion, tem as botas mais style da cavalaria . Quem disse que a Gisele Bundchem é a mais bonita?

Carolina Martins A baixinha quietinha no fundo da sala é o tipo de pessoa surpreendente. Quando larga a apostila da EFOMM e sobe no salto se torna a maior bandida do terceirão. Não perde um sertanejo, um funk ou um pagode. Curte um famoso ou pseudo famoso e se diveeerte quando tem uma câmera por perto. Afinal, os piores venenos estão nos menores frascos.


Cézar Como disse a professora de Literatura, esse menino é uma ilha! Isolado e quieto na sala, Cézar aparenta para todos muito misterioso, mas seus amigos confirmam que ele é muito gente boa. Sempre com seu celular, provavelmente gasta muito dinheiro em créditos para fazer suas constantes ligações. Quem sabe um dia ele saia de Lost?

Diogo Zzzz... O.O’ zzzZ Um cara gente boa, amigo para qualquer hora. Zzzz... O.O’ zzzZ

Érika A coronel-aluna mais atípica que o colégio já teve transborda inteligência, simpatia e dedicação. Com um “reduzido” número de medalhas de primeiro lugar, - de todo mundo. Será sempre lembrada por confundir os significados das palavras “diva” e “divã”.

Fernanda Távora Fernanda não devaneia, desenha. Basta ter um lápis e um papel (que nem precisa ser dela) que são produzidas as melhores charges que melhor retratam o cotidiano de um aluno do CMJF. Nandinha tem um bom humor interminável, afinal é uma das poucas que já tem garantida a vaga na universidade.

Cruz O novinho do grupo, que tem sua altura aumentada por uma progressão geométrica, é o nosso futuro profissional da área de ciências militares . Nunca vi pessoa tão centrada nos estudos e em seus objetivos ! Colocamos fé em você e que tudo dê certo !

Elissa Adora festas e gatinhos. É uma amazona radical. Apesar de ser meio mandona, tem um enorme coração. Defensora dos amigos e mãezona!

Felipe Waked Mó vacilo ! Muito legal, nos anima com danças inusitadas. Inteligente, narrador de RPG e é o melhor amigo que alguém poderia querer.

Fernanda Valle A garota dos conselhos e das melhores críticas. É extrovertida, espontânea, baladeira de plantão e confiante vai vivendo a cada dia uma nova paixão. Nos alegra todos os dias com sua voz de taquara rachada e adora correr atrás de suas notas.

81


82 Fernando Salgado O cara mais bombado do CMJF, é o recordista de barras PQD do colégio, além de garanhão das novinhas. Você, novinha do ensino fundamental, que ainda não conseguiu ficar com ele, é só ligar 88579*** e ser feliz.

Gabriel Vinícius Futuro oficial infante do exército, esse garoto tem no sangue o espírito de guerreiro e é também camarada e fanático por futebol. Prefere sempre o certo ao mais fácil e estuda com afinco para seguir seu sonho de ser militar.

Hanna Amante da filosofia, Hanna adora discutir política e tem o sotaque britânico mais legal do mundo. Soube aproveitar todos os anos de CMJF e por isso conquistou a todos. Amiga insubstituível, confiável e que sempre nos apoia.

Isabella A criança mais fofa do planeta que cresceu e se transformou nessa menina doce, gentil e de personalidade forte. Quem nunca se surpreendeu com suas sacadas matemáticas que atire a primeira pedra! Além de tudo, é aquela amiga que está sempre ali para ajudar no que for preciso.

Flávio O único corintiano da série. É bem quieto, atencioso e fácil de lidar, menos nos assuntos futebolísticos. Irá ingressar na EsPCEx, seguindo seus objetivos.

Gerken Fã número 1 de Lady Gaga, tem o cabelo mais estiloso do colégio, sempre com o seu bom humor e um sorriso lindo, pronto para ajudar quem precisa.

Helen Caroline Sinônimo de calma, usa desta virtude para aconselhar a todos em suas sessões como psicóloga. Muito amiga, companheira e engraçada, é a mais atenada quando o assunto é vestibular. Mas apesar de suas indecisões, temos a certeza que o que ela escolher, será muito bem sucedida.

Isabella Noceli É a presidente do grêmio campeão de 2011 -LOG!- Nerd, curte um rock nas horas vagas e nunca empresta os trabalhos de matemática pros coleguinhas (haha). Pode ser um amor ou uma tempestade, dependendo do dia. Pretende cursar medicina, ou AFA, ou...


Isabelle Sempre dando alteração, trouxe o F.O.? 1ª dança do grêmio de Cavalaria é cheia de atitude. Amante dos animais será uma excelente veterinária.

Jéssica Tatyelle A Taty é a nossa diva musical. Conquista a todos com sua simpatia e alegria. Possui o sotaque de juazeiro, porém fez as melhores locuções das formaturas. Futura jornalista, ela com certeza vai longe, fazendo outras pessoas sorrirem, assim como nos fez sorrir!

Kaio Henrique Outrora chamado Schevchenko, é loiro, de olhos verdes e poeta – um potencial conquistador (apenas em potencial). Fará direito e caso você não faça algo direito na sua vida, conte não só com um advogado, mas com um grande amigo como foi ao longo destes sete anos de CMJF.

Laís Como bailarina e modelo em potencial, Laís nunca deixou a desejar e como amiga sempre será a mais divertida e companheira. Sincera e espontânea, Laís nunca vai passar despercebida depois de uma risada. A melhor conselheira quando precisar e a mais atenciosa; nunca decepciona nos momentos difíceis.

Jade Diretamente de Barbacena, essa indiana cheia dos sotaques mineiros ,chegou pra alegrar a todos no CM. Sua timidez escondida por um belo sorriso cativou grandes amizades que ela, com certeza, levará por toda sua vida. Uma menina misteriosa, simpática, carinhosa, grande amiga e que leva jeito no violão. Quer aprender as piadinhas “mais engraçadas”?

Jordana Ela tem a senha do computador da 303 e é a mais animada para dar “Bom dia, meu povo “ às 7 horas da manhã. Demora 10568 anos para entender as piadinhas, mas isso se explica pela cor do cabelo. É paraguaia holandesa, nasceu na divisa e é loira do olho azul, sem esquecer do perfume marcante que ela tem.

Kubrusly Mestre do Tribalwars, o Kuku não perde uma oportunidade de fazer salsicha na lareirachurrasqueira ou de por uma panela na mesma. Sarcástico e meio sonso, finge que não é com ele quando a coisa aperta e é o primeiro a correr quando resolvem dar tiro pra cima. Tem argumento pra tudo, sociável ate demais, educado e simpático.

Laís Monard Com sérios problemas de equilíbrio, coordenação motora e concentração, esse mini desastre humano em dois anos foi autora de muitas confusões e amizades. Com seu jeito meigo, educado, simpático e bem humorado, essa pequena grande mulher cativa o coração da série e é ícone da delicadeza para todos.

83


84 Larissa Souza ... inteligente, meiga, amiga... Tudo de bom!

Laura Martins De Caratinga para o mundo, a futura Panicat e geneticista abalou as estruturas do CMJF com seus bons drinks , ousadias e seu sex appeal. Seu jeito tímido e calado, quase angelical engana a todos que não a conhecem bem. Sempre divertida, se tornou a celebrity entre nós.

Leonardo Fuirto, inteligente e sempre pronto a ajudar.

Luis Felipe Excepcional cavaleiro que sempre pode fazer suas VI’s depois... Nosso técnico em informática, queridinho da SEF e pato Donald da galera, é um amigo para todos os momentos. HIPO Brasil!

Laura Amiga, companheira , corajosa e a eterna namorada do Bira. Chegou na 7ª série abalando corações... .Com seu jeitinho meigo e único cativou e cativa a todos. Conhecida como a queridinha de alguns professores, nos diverte com suas pérolas e histórias e desavenças com relógio.

Leandro Lopes Nosso geniozinho, futuro aluno do ITA. É ele quem faz as perguntas mais filosóficas e questionadoras, que nos faz duvidar de tudo. Dono de uma personalidade única, opiniões totalmente mutáveis e um lindo coração, Leandro está sempre disposto a ajudar.

Lilian Jabour Com seus casos superengraçados, trapalhadas e fofura extrema, a Lil consegue fazer o dia de qualquer um mais alegre. Sempre contestando os professores, argumenta como ninguém. Presidenta mais ativa da história do clube de Ciências Humanas, adora uma viagem.

Luiz Guilherme Mesmo entrando no colégio somente no 1º ano, o Luiz Guilherme conseguiu conquistar várias amizades e se tornar querido por muitas pessoas. Inteligente e divertido é um ótimo amigo e mesmo em sua curta passagem pelo colégio, tornou-se especial, fazendo a diversão da sala ao lado do Kubrusly.


Luiz Longo Ao olhar dos não íntimos, passa como o “caladão”, mas com os amigos mostra-se um extrovertido rapaz e que na verdade gosta de um bom papo. Só quem o conhece sabe definir seu humor do dia, já que sempre consegue esconder suas emoções com suas piadas cotidianas.

Mariana Cruz Nossa sick girl é muito amada por todos. Por ser tão fofa temos certeza de que se sairá bem no que escolher para o futuro, principalmente se for uma futura médica. A representante feminina dos Cruzes seria única se não tivesse uma quase irmã gêmea perdida na outra sala. Dançar como só ela sabe, usa de todo o seu gingado e não se controla nem mesmo com as canções durante as formaturas.

Mariana Neves A diva do futsal feminino do CMJF, sempre muito prática, é a promoter da ‘Bapho Party’ . Ótima conselheira e cupido nas horas vagas. A nossa menina do rock nos alegra em todas as manhãs. ‘Mariii, bring me to life!’ P.S.: Seu único defeito: ser da logística!

Moraes Nosso presidente da Legião de honra sempre se mostrou aluno padrão do CMJF. Futuro oficial da aeronáutica, sempre disposto a ajudar e com certeza, um dos rapazes mais românticos da história do CMJF ( a namorada dele que o diga). Quase “filho” do capitão Henrique, sempre se destacou com seus robôs e parafernálias, demonstrando seu grande potencial como um aluno do ITA.

Luiza Dona dos pés mais tortos do CMJF, a nossa digimon oprimida conquista a todos com seu jeito destrambelhado, impulsivo e multifacetado. Tem uma afinação inigualável e espanta qualquer um quando resolve cantar as musicas dos seus amados do NXZero.

Mariana Lima Membro principal da “família Lima”, Mari é mãe de todas e nos educa com rédea curta. Muito simpática, sentimental e autora de uma gargalhada única, faz amigos em qualquer lugar. Com seu espírito maternal sabemos que ao seu lado teremos sempre um ombro amigo nos momentos difíceis. A Mari sempre será nossa bravinha preferida.

Mascarenhas E agora José !? O ano acabou, a festa acabou... Louco como o Máscara mas não o suficiente para Masca Ranhas... Agora é doutor, usa terno, trabalha com a lei, mas não perde o humor, pois é um “pescador de ilusões” que prende a atenção de todos com a sua oratória brilhante, típica de um promotor. Que você tenha um futuro brilhante.

Nathália A ‘cavaleira’, ou melhor, a presidente da cavalaria mais legal do CM. Fala pelos cotovelos e na primeira oportunidade que aparece tá na cidade maravilhosa. Excelente historiadora e com uma vaga garantida na seleção feminina do NBA. Uma grande amiga que sempre alegra a todos com sua sinceridade e constante felicidade.

85


86 Nathalia Rosa Menina que conquista a todos com seu jeitinho doce de ser. Baladeira, consegue conciliar tudo e ainda nos diverte com suas histórias de seus finais de semana em Maresp, sempre deixando um gostinho de ‘quero mais’. Amiga para todas as horas, ganha o carinho onde chega.

Paula Foi em 2009 que ela caiu do céu direto pro CMJF para alegrar a todos. Com seu jeito meigo, educado e angelical conquistou grandes amizades e passou a fazer parte de nossos corações.Por trás de seu lindo sorriso tem escondido uma menina sapeca, brincalhona e faladeira que adora passar bilhetinhos alheios durante as aulas.

Priscila Lima Dona de um olhar marcante, Pri (para os íntimos) sempre se fez discreta e reservada ao olhar dos outros. Antenada com todos os lançamentos do mundo musical, não deixa de manter sua pose “classuda” em qualquer ocasião que esteja. Como ninguém, cultiva uma mania de limpeza e organização indiscutível. Destacada por sua personalidade forte, Priscila sempre será nossa morena preferida.

Roberta Arantes Nossa infante possui uma personalidade forte e não vê necessidade em medir suas palavras. Mesmo sendo atleta poliesportiva, tem o vôlei como sua grande paixão. Uma mulher vibrante, mas que nos momentos difíceis sempre quer seu namorado. Apta a aconselhar as amigas e fazer alguma piadinha para animá-las, será sempre nossa alegre presidenta preferida.

P. Araujo Tentou entrar no mundo das celebridades interpretado o personagem “Shreck”, mas foi como goleiro da seleção de futebol do CMJF que ele entrou para a socialite. P.S.: De light ele não tem nada.

Pessanha Grande³ amigo. Apaixonado pela física, inteligente, engraçado e que tem um futuro brilhante. Aguarda ansioso pelo fornecimento diário de biscoitos. Amigo leal e confiável que adora o cubo mágico.

Ribeiro O que falar do parceiro Ribeiro? Simples, é um cara sarado, centrado no seu objetivo de ingressar na Escola Preparatório de Cadetes do Exército. Piru de Artilharia. Será ótimo oficial. Mollet, Brasil!

Santiago Santi é um amigo fiel e pra todas as horas, apesar de ser um fominha no totó e no pingpong, não aceitando perder nunca. Menino de quase todos os grêmios é um multiatleta na teoria... pelo menos no futebol temos certeza que manda bem, já que só na educação física ele não dorme! Torcemos para que esse galã nato tenha um futuro brilhante!


87 Silvya Fonseca Sempre levando alegria aos lugares por onde passa, a Silvynha, como é mais conhecida, se destaca por sua dedicação, organização e pelo jeitinho meigo que conquista a todos. É impossível dizer não quando ela pede algo com uma carinha de neném que só ela sabe fazer.

Tamara Ribeiro Pensou em festa, pensou na Tamara! A nossa baixinha invocada é sempre animada e pronta para um agito, adora estar com seus amigos e dando aquela gargalhada, que é escutada a distância. Mulher de fibra é muito esforçada e está sempre atentas as matérias e a presença nas aulas. Ironia ou não, sempre gabarita aquela prova difícil, só não ouse tirar um escore dela.

Thaís Candian Candy! A menina dos inconfundíveis olhos azuis (ou verdes?) que “é muito amor”, mas quando acorda com o pé esquerdo é melhor nem chegar perto. Quietinha, se revela fora do CM com a sua vida boêmia. Pretende cursar arquitetura, mas se nada der certo, promete que vai virar uma pessoa politicamente correta (mentira haha).

Tostes O mais chato dos vascaínos, sempre está pronto para um jogo. Sendo o “Camisa 10” e grande “jogador” do CM, é mais um da turma da “boleragem” fera. Natural de Mar de Espanha, é um cara típico do interior, sempre calmo e alegre, que assim irá ingressar na EsPCEx.

Soares Pode parecer um nerd com essa cara, mas quando você o conhece percebe que é meio sem juízo, caladão, mas sangue bom e muito leal aos amigos. Gosta muito de de Rock ‘n Roll e planeja ser oficial do exército.

Teddi Não é apenas pelo nome incomum que ele é lembrado pelos amigos, mas também por seus olhos azuis, sua sinceridade excessiva (que às vezes machuca) e seu jeito companheiro, desde que respeitem seu complexo de superioridade. É um grande cantor de chuveiro, aparecendo todos os dias com uma música diferente e arrancando risadas de seus colegas.

Thayza Alencar Quem escuta esse nome já pensa em uma menina que diz o que vem a cabeça, está por dentro de tudo e tem o telefone mais badalado da série. Quando não pode falar, escreve um monte de bilhetinhos. É super companheira, inteligente e tem um coração do tamanho do mundo.

Verônica Silva Vêvê, conquista a todos com sua alegria. É super meiga, está sempre disposta a ajudar, uma verdadeira amiga. Com sua simpatia e dedicação em tudo que faz, temos certeza de que a nossa futura pediatra vai longe!


88 Victor Um super amigo que está sempre disposto a ajudar, um garoto muito legal, inteligente, dedicado e que alegra todos que estão ao seu redor com seu bom humor e suas bobeiras, além de ser avassalador. Víctor é ‘extrovertímido’... além disso, gosta de funk e “tá tarado, tá tarado” (as amigas dele sabem como é ). Em breve, será um excelente engenheiro com um futuro brilhante, resultado de seu esforço, perseverança e determinação.

Vittor Hugo Vittor Hugo, mais conhecido pelos íntimos, familiares, colegas, não íntimos, amigos distantes, professores e inimigos por “Vittão”. O cara mais CDF da sala (quando não é 10 é 11 e quando não é 11 é 10). Fica “na dele” mas quando “dá na telha” vira o maior” beatboxer” (virou fundo musical do Luiz Longo por tempo indeterminado) e funkeiro de “NEW RIVER” e região.

Yuri Miranda Flamenguista fanático, é um cara estudioso, atencioso e alegre. O “Camisa 9” e artilheiro do CM é mais um da turma da “boleragem” fera. Irá ingressar na EsPCEx, seguindo seus sonhos.

Vítor O Vitu é um cara impressionante. Eu nunca vi ninguém com tantos amigos, de todos os tipos e de todos os grupos na sala. E ele está sempre disposto a chamar esses amigos para o Cristo Folia. É o futuro sucessor do Tenente Terror em matéria de piadas sem graça, sempre dominando o fundão. Afinal, o cara comanda o morrão de nova era né ?

Yuri O querido “iMsuportavel” sempre tem piadas sobre tudo e sabe os melhores jogos de celular. Quando conversar com ele, lembre-se de manter distância ou pode ser acertado por sua ‘incompulsível’ mania de gesticular. Quase sempre bem humorado, impossível olhar pra ele e esquecer de falar “colé, né”, “me ajuda aí!” ou se controlar e não perguntar como vai a Jurema.


Senhoras e senhores presentes a esse auditório, estamos realizando o evento maior de nosso Colégio Militar que é a diplomação de nossos alunos, concludentes do ensino médio. Fruto de um longo trabalho, do qual asseguramos o seu grande valor, por ter sido realizado numa instituição de ensino reconhecida por sua excelência, tanto pelos profissionais que aqui labutam quanto pela qualidade de nosso corpo discente. Trata-se de uma celebração para todos os professores e demais membros do Colégio e uma festa para os pais, amigos e familiares, dos quais temos a certeza de que os formandos são gratos por todos os esforços realizados no passado e pela confiança depositada no futuro, sem os quais não estariam aqui nesta noite. Gostaríamos de pedir licença para nos dirigirmos em especial aos nossos alunos. Inicialmente para agradecer pelo carinho demonstrado na escolha de nossos nomes para representar o corpo docente do Colégio Militar de Juiz de Fora nessa solenidade. Em seguida, para registrar nossa alegria e satisfação pelo convite. Sentimo-nos honrados por estar aqui e poder falar a vocês mais uma vez. Queridos alunos, este é um daqueles momentos ansiosamente aguardado em nossas vidas e, como todos os demais, passa muito rápido, mas tem o poder de se eternizar em nossas memórias. É aquele momento no qual se misturam a alegria pela certeza da missão cumprida e uma dose de tristeza pela despedida. Nos primeiros meses, vocês sentirão falta - é certo – do Colégio, das aulas, das viagens, dos jogos, das artes, do convívio com os amigos, das festas! Depois, sentirão a inexplicável e intraduzível saudade, “que é feito parafuso, quanto mais aperta, mais difícil arrancar”! Por fim, a vida lhes reservará tantas experiências ainda mais impactantes, que o providencial esquecimento virá permitir que as vivam com toda a sua intensidade. Ora, esquecer não é apagar, ou como dizemos hoje deletar. É mais que isto, é guardar todos esses momentos num cantinho especial e definidor de nós mesmos. Tive a oportunidade e o privilégio de ser professor, orientador e amigo de vocês durante todos os anos em que estiveram no Colégio, seja viajando no tempo mais remoto da nossa história, seja discutindo aquilo que nos torna homens e mulheres de valor, seja mostrando que ser legionário de honra não é honraria, mas serviço, seja avaliando as condições políticas, socioeconômicas e culturais do país e do mundo, seja curtindo a arte universal ou até mesmo a cultura “otako” japonesa! E, principalmente, filosofando muito, sobre tudo e sobre o nada! “Quem é você?”, perguntava logo na primeira aula, e nenhuma resposta bastava... Hoje, posso responder. Somos tudo que fomos e que foram por nós, para nós e em nós. Somos a infinitude do que podemos vir a ser. Somos os encontros e os desencontros, as escolhas e os acasos, se é que existem. Por isso, não guardo de vocês apenas o convite para paraninfo que já lhes tornam inesquecíveis, mas o cartaz que dizia “professor, amamos você” que duas sorridentes alunas de quinta série levantaram no fundo da sala há sete anos, os “scraps” e as cartas, a festinha de aniversário surpresa e a imensa cesta de café-da-manhã que ainda não terminei, os desenhos, as viagens, os debates acalorados, até os cochilos e as vezes que escolheram meu ombro para desabafar, pedir conselho ou chorar alguma perda... Fomos e somos tudo isso! Para quem fica, é o instante de presenciar o voo dos jovens pássaros que abandonam o ninho para conhecer outras paisagens e vencer desafios cada vez maiores, que, certamente, exigirão muito esforço, dedicação e perseverança, mas trarão também vitórias incontáveis. A partir de agora suas asas irão levá-los a explorar um mundo novo. Esperamos que essas asas tenham sido bem formadas, que os valores aqui transmitidos, sejam sempre lembrados e, principalmente, postos em prática. Busquem ser reconhecidos pela qualidade de seu trabalho. Não se trata de vencerem a competitividade de nosso tempo, mas serem pessoas com as quais se pode contar e em quem se possa confiar, cujos atos e projetos tragam esperança. Tenham sempre a certeza de que não estão sozinhos. Pois estamos vivendo a sociedade em rede, mas é importante que nessa rede vocês sejam os nós fortes em tenacidade e ânimo, alimentando a solidariedade cada vez mais indispensável para um mundo melhor. Reconheçam a defesa da ética como algo indispensável para a realização plena da humanidade. De tão carentes, esperamos que os bens materiais nos devolvam o apreço que dedicamos a eles, mas isto nunca ocorre. São os valores que não têm preço que lhes permitirão dar um objetivo e um sentido à vida. A lealdade, a sinceridade, a honestidade, a firmeza de caráter, devem ser os instrumentos usados para nortear seus novos e (esperamos) radiantes caminhos. Cultivem e preservem as amizades construídas durante esses anos em que foram companheiros, pois se no futuro, algum obstáculo trouxer dúvidas ou incertezas, ter um amigo em quem se possa confiar e buscar conforto fará toda a diferença. Para vocês que se despedem hoje de nossas salas de aula, uma mensagem final: agora é com vocês, há uma gama enorme de oportunidades à sua espera. “O mundo começa agora, apenas começamos”, dizia numa canção Renato Russo. Acerca do começar, o escritor francês Jean Giono dizia que “o sol nunca é tão belo quanto no dia em que nos colocamos a caminho”, e é dele também o conselho: “todos queremos um lugar ao sol, realiza o sol em vez de tentar ganhar o lugar!” Um grande beijo, muito sucesso e realizações sempre. Prof.ª Ana Caixeiro e Prof. Crochet

89


Caros amigos, Hoje, o dia que parecia tão distante dá o ar de sua existência. Inevitável, aqui está ele. Certamente, será um baque deixar esse lugar que nos acolheu com imenso carinho, impondo regras, que, às vezes, questionadas, serviram para transformar adolescentes, tornando-os mais adultos e responsáveis do que a maior parte dos outros jovens. É natural que deixe cicatrizes, recordações, saudades, que nos acompanharão por toda a vida. A vivência no Colégio Militar mudou todos os que por aqui passaram. Como esquecer o Colégio? Impossível! Será estranho, a partir de agora, não ser mais olhado por todos na rua e rir consigo mesmo das expressões assustadas e, de alguns que realmente sabiam o que significamos, de respeito e admiração. Igualmente estranho será não poder dizer com orgulho e com o olhar altivo “eu estudo no Colégio Militar”. No dia-a-dia, tudo diferente. Nada de pessoas fardadas ao nosso redor. Não será fácil nos acostumarmos com a nova rotina sem um padrão ou sem uma regra específica. Ao passarmos por aqueles portões, onde há alguns anos fomos introduzidos ao novo universo do Colégio, iremos nos despedir de vez desse ambiente repleto de novidades e de momentos no mínimo “diferentes”. Mais fortes e mais experientes, enfrentaremos o mundo que nos espera lá fora. No exterior daqueles portões, nada para nos proteger. Apenas nós e a bagagem que conseguimos carregar. Dessa bagagem, lhes asseguro que grande parte adquirimos aqui. Neste dia que sela o fim da nossa passagem pela Família Garança e, para muitos, pelo Exército, entendemos o peso que carregamos todos esses anos em nossas cabeças. A boina, companheira fiel em todos os instantes, carrega consigo a glória e a história construída neste estabelecimento de ensino e de todos os alunos que dele fizeram parte. Com a certeza de que a honramos, ao jogá-la para cima, nos desvincularemos dela, fazendo com que, impulsionada por nossas mãos, suba e, do alto, ela brilhe intensamente, assim como nosso futuro daqui por diante. Sendo assim, nos despedimos. Seja do Colégio ou uns aos outros, mas levamos todos a certeza de que realmente foram anos mágicos e intensos, vividos sempre com vigor e alegria. Chegamos à fase de agradecimentos. Aos professores, a gratidão não só pelo conhecimento transmitido, mas pelas inúmeras demonstrações de amor ao ofício, competência, responsabilidade e pelos conselhos, sejam eles bons de ouvir ou não, mas todos com o único objetivo de nos fazer melhores como cidadãos. As frases típicas de cada mestre, os cacoetes, as expressões e os ensinamentos ficarão para sempre guardados em um lugar especial de nossos corações. Aos monitores, o agradecimento vai para a convivência diária e à atenção que sempre nos foi fornecida. Tenham a sensação de dever cumprido. Sabemos que o melhor foi feito pelos senhores e que empenho e dedicação não faltaram na missão. Aos comandantes, o respeito e a admiração. Os senhores serão, certamente, exemplos de líderes que levaremos para nossas carreiras e para nossas vidas. Finalmente, aos amigos. Não somente colegas de turma, nós nos tornamos companheiros. Passamos por momentos tensos e amenos, de certeza e de medo. Porém, em todos, vivemos juntos, realmente como uma família. A vocês, parceiros de todas as horas, ficam a certeza das saudades que virão e o consolo das recordações, que já habitam nossas mentes. Enfim, chegamos ao final dessa caminhada, na última parada da estrada que tomamos há algum tempo atrás. Com certeza, as paisagens dos lugares por que passamos não serão esquecidas, mas impossível será não nos lembrarmos das pessoas que estiveram nos acompanhando. Porém, a viagem não acaba aqui. Seguiremos caminhando rumo ao auge. Sendo assim, aos que irão tomar estradas mais próximas, fica o “até logo”. Para os que irão alçar outros voos e que não iremos encontrar tão facilmente, sucesso na vida. Que sejam felizes e que escolham sempre a maneira correta para alcançar seus objetivos. Portanto, com a certeza do dever cumprido, chega ao fim o que, em alguns instantes, era tão intenso que parecia ser eterno. Sigam com suas vidas tendo em mente os valores aqui ensinados. No mais, não poderia dizer apenas “boa noite”, “boa semana” ou “bom ano”. O sentimento que fica vai além disso. A todos, uma “boa vida” e até quando o destino nos permitir.

90

Jéssica Tatyelle e Mascarenhas


91


92


93


94


95


96


97


98 Três anos se passaram e é hora de despedida. O meu sentimento neste momento é de realização profissional, felicidade e gratidão. Após ter tido a oportunidade de comandar, em 2004, uma unidade operacional de minha arma, o 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado, tive, agora, a honra e o privilégio do exercício do comando, na vertente da educação e do ensino, em um educandário pertencente ao tradicional Sistema Colégio Militar do Brasil, que é, sem dúvida, modelo de excelência no País. Foi uma missão diferente, complexa, desafiadora, estimulante e muito gratificante, porque como mencionou o filósofo Immanuel Kant, “a educação é o desenvolvimento no homem de toda perfeição que sua natureza é capaz”. Por isso, me orgulho de ter pertencido a uma instituição que busca de maneira determinada uma educação de qualidade e que integra todas as dimensões de um ser humano: o sensorial, o intelectual, o emocional, o ético e o tecnológico e na qual o ensino se descortina em amplo horizonte, ultrapassa a formalidade dos livros, alcança a reflexão, a ação, a visão crítica, o aprender a aprender, a solidariedade, a camaradagem, a lealdade, enfim, a preparação para a vida. E foi nesse ambiente, onde educar também é aprender, que tive a felicidade de me aperfeiçoar como pessoa, adquirir novas experiências e conhecimentos e rejuvenescer o espírito pelo contato com a jovialidade de nossos alunos, razão de ser do colégio. A esses eu dedico o meu reconhecimento pelos belos exemplos de alegria e superação demonstrados a cada dia e pelas manifestações de carinho, respeito e entusiasmo em razão de minha presença nas atividades ou apresentações em que eu pude me fazer presente e, ainda, pelas diversas homenagens que recebi, tendo firmado em minha memória, a nossa gloriosa banda de música tocando o hino do meu clube. Queridos alunos acreditem nos valores, nas virtudes e nos princípios vivenciados nesta escola. A esperança de um Brasil cada vez melhor e mais justo está depositada na alma de cada um de vocês. Aos integrantes do Corpo Permanente do Colégio, a minha profunda gratidão pelo apoio incondicional que recebi, pelo alto profissionalismo demonstrado, pelo assessoramento correto, eficiente e fiel, pelos problemas que compartilhamos e que me ajudaram a solucionar, pela amizade, consideração e respeito, pelas inúmeras palavras de incentivo e pelas boas horas de conversa e descontração que tornaram ainda mais feliz e recompensadora a minha permanência no comando. Sinto-me muito envaidecido de ter trabalhado com uma equipe como essa que sabe, tem amor e comprometimento com o que faz e que é a verdadeira responsável pelo sucesso do CMJF. Ao meu Sub Comandante e notável Estado-Maior, aos fraternos e valorosos oficiais, subtenentes, sargentos da administração, cabos e soldados da Companhia de Comando e Serviços e prestimosos servidores civis que ombrearam comigo nessa caminhada e de modo competente, disciplinado e desprendido deram o suporte imprescindível para que as atividades de ensino se desenvolvessem de maneira exitosa, a todos o meu muito obrigado. Aos diletos professores, agraciados com a missão mais nobre e digna, o meu eterno aplauso pela grande obra que realizam. Agradeço a oportunidade da convivência harmoniosa e frutífera com os Comandantes das Organizações Militares do Exército da Guarnição de Juiz de Fora, Comandantes das Organizações da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar desta cidade, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, autoridades policiais civis, autoridades eclesiásticas, autoridades civis dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo e com todas as Instituições parceiras que nos ofereceram prestígio e apoio. Aos senhores pais e responsáveis, meus agradecimentos pelo estímulo e suporte que deram ao nosso trabalho e por nos terem confiado seus preciosos filhos, sabendo prepará-los com amor, de forma que pudessem receber os ensinamentos adquiridos aqui. O meu reconhecimento aos Generais Schneider e Rêgo Barros por terem, na função de Comandante da 4ª Brigada de Infantaria Motorizada e da Guarnição de Juiz de Fora, compreendido a magnitude do nosso dever, e terem dispensado um carinho e uma atenção especial ao nosso colégio. Ao General José Carlos e General Santos, respectivamente, antigo e atual Diretor de Ensino Preparatório e Assistencial, meus chefes imediatos, minha gratidão por todo exemplo, respaldo, confiança, diretrizes e orientações seguras as quais guiaram meu trabalho. Por fim, uma gratidão especial a minha querida esposa Sandra, meus filhos Diego, Italo e Flavinha, a minha mãe Celia e toda família por terem estado ao meu lado me confortando e dando forças para que eu tivesse sempre a tranquilidade e a clareza de pensamento para cumprir com honradez a missão a mim confiada. Encerro as minhas palavras renovando a manifestação de enorme alegria por ter comandado este colégio e desejo ao Cel Chamom Malizia De Lamare muita sorte e muitas realizações no seu comando. A missão do CMJF prossegue em suas mãos. Assim, despeço-me de todos fazendo coro à canção do CMJF: “sempre unidos caminhemos, pois o tempo há de mostrar que jamais esqueceremos o Colégio Militar”. Sejam muito felizes! Zum Zaravalho!


99


100

Ao ser designado para o cargo de Comandante do Colégio Militar de Juiz de Fora Fora, o Coronel CHAMON MALIZIA DE LAMARE era o SubChefe de Gabinete do Estado Maior do Exército, sediado em Brasília, Distrito Federal. Ascendeu ao último posto em 31 de agosto de 2008. Nascido em 11 de maio de 1963, na cidade do Rio de Janeiro, é filho de JORGE DE LAMARE e de LISLE MALIZIA DE LAMARE. Incorporou às fileiras do Exército em 18 de fevereiro de 1978, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas, São Paulo. Ao concluir a Academia Militar das Agulhas Negras, sediada em Resende-RJ, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Artilharia em 15 de dezembro de 1984. Além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento, de Altos Estudos Militares do Exército da Escola de Comando e EstadoMaior do Exército, é possuidor do Estágio de Adaptação à Selva, o Curso Básico de Inteligência no Exército dos Estados Unidos da América, o Curso Avançado de Inteligência das Forças Armadas da África do Sul e o Curso de Procedimentos de Inteligência da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Na vida civil, concluiu o MBA Executivo da Fundação Getúlio Vargas e o Curso Ações de Proteção Radiológica da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Durante sua vida militar, Comandou o 26º Grupo de Artilharia de Campanha – Light Gun, sediado em GuarapuavaPR em 2005 e 2006. Desempenhou as funções de Instrutor Chefe do Curso de Defesa Química, Biológica e Nuclear da Escola de Instrução Especializada. Como Oficial de Estado-Maior, desempenhou, dentre outras, as funções de Oficial de Inteligência do Centro de Operações do Comando Militar da Amazônia e de Assessor do Departamento de Assuntos Internacionais do Ministro da Defesa. Das condecorações com que foi agraciado, destacam-se: a Medalha Militar de Ouro, a Medalha do Serviço Amazônico, Medalha da Ordem do Mérito da Defesa e o Distintivo de Comando. O Coronel DE LAMARE é casado com a Senhora LUCIANA ALMEIDA DE LAMARE e o casal possui um filho, JOÃO PEDRO.


101

Nesses dezoito anos de CMJF, vimos nossos ex-alunos alçarem novos voos nas diferentes carreiras civis e militares. A todos eles, integrantes da Família Garança, nosso eterno carinho e admiração! Zum Zaravalho!


102

Lembra Lemb mbra ra d da a épo ép época poca oca em mq que uee a acr acreditávamos cred cr edit ed itá ávam mos q quee ttudo ud do era pra sempre ? Hoje percebemos o quanto o tempo passou, o quanto aprendemos, o quanto aproveitamos, as grandes amizades que fizemos e que tudo tem um fim. Iniciamos essa história unidos, vimos uns aos outros crescerem e agora, saímos como adultos. Tudo começou com a blusa branca e a calça jeans, marcando o início da convivência na nossa segunda casa. Casa esta que nos acolheu ao longo desses sete anos, preparando-nos e educando-nos para seguirmos nossos caminhos com nossos próprios pés. Momentos bons foram vividos e os difíceis superados juntos. Sempre vamos ter algo para guardar, afinal, quantas histórias temos para contar, não? Inúmeras formaturas, alterações seguidas de FOS e AOES, a interação das olimpíadas e Jogos da União, os estudos desesperados poucos segundos daquela VI, as AES, os desfiles de “Sete de Setembro”, as viagens... Quem disse que não valeu a pena? Chegou um ponto em que passávamos mais tempo no colégio que em nossas casas e assim nossas vidas foram se construindo. Formamos uma segunda família com pessoas inesquecíveis como os funcionários, monitores, o comandante , os professores e suas manias mais marcantes e, principalmente, os amigos que estarão eternizados em nossos corações. Agora, chegamos em um momento de nossas vidas em que nos perguntamos por que é que as coisas são assim. É aí que paramos para refletir sobre o real sentido das coisas, descobrindo assim as certezas e as incertezas da vida carregamos desde sempre.Nossos sonhos estão a um passo de se tornarem realidade, afinal não acabou, é hora de voar, correr atrás de nossos objetivos, construindo um futuro que carregará para sempre as melhores lembranças aqui vividas. Estamos apenas começando, uma nova fase de nossas vidas se aproximando e esta é uma estrada de realizações que todos temos que pegar. “Vejo você depois” não significa um adeus.Nosso mundo está mudando e isso não é nenhuma surpresa. Que saibamos aproveitar nossa vida futura assim como aproveitamos nossa infância e adolescência e independentemente do rumo que a vida nos leve, possamos guardar em nossos corações não só esse ano mas toda nossa vida escolar. Daqui para frente, obstáculos serão enfrentados, mas nunca poderão tirar de nós o anseio de nos realizarmos, de construirmos uma vida feliz, afinal é isso que todos nós queremos e é isso que todos nós somos: FELIZES. Sem dúvidas, a despedida é a pior parte do 3º ano, afinal é com seus companheiros de turma que você passa grande parte do seu dia, compartilha experiências, é com eles que todas as piadas (inclusive as sem graça) são engraçadas, com eles aprendemos a ser fortes, a vencer as barreiras, e a viver melhor. Que ao sairmos pela última vez por aquele portão como alunos do CMJF, possamos viver da forma mais intensa e verdadeira sem permitir que a vida passe de maneira insignificante. Devemos “ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia”, porque o mundo não pertence aqueles que somente sonham, mas sim os que realizam seus sonhos. Agora é a vez de escrevermos nossa própria história, guiados por Deus e com a lembrança eterna de que um dia tivemos o privilégio de carregarmos a boina e dizermos que fomos alunos do Colégio Militar. Víctor de Carvalho Silva e Bárbara Fernandes Maciel – Turma 303


AV JUSCELINO KUBITSCHEK, 5200 - NOVA ERA JUIZ DE FORA - MG - CEP 36.087-000 - TEL.: (32) 3692-5050 - www.cmjf.com.br


Alcântara Alexandro Ana Clara Ana Fontes Ana Paula Andressa Hagle Andressa Luz Arthur Asafe Bárbara Camila Carina Carneiro Carolina Carolina Bitencourt Carolina Martins Cezar Cruz Diogo Elissa

Érika Felipe Waked Fernanda Távora Fernanda Valle Fernando Salgado Flávio Gabriel Vinícius Gerken Hanna Helen Caroline Isabella Isabella Noceli Isabelle Jade Jéssica Tatyelle Jordana Kaio Henrique Kubrusly Laís Laís Monard

Larissa Souza Laura Laura Martins Leandro Lopes Leonardo Lilian Jabour Luis Felipe Luiz Guilherme Luiz Longo Luiza Mariana Cruz Mariana Lima Mariana Neves Mascarenhas Moraes Nathália Nathalia Rosa P. Araujo Paula Pessanha

Priscila Lima Ribeiro Roberta Arantes Santiago Silvya Fonseca Soares Tamara Ribeiro Teddi Thaís Candian Thayza Alencar Tostes Verônica Silva Victor Vítor Vittor Hugo Yuri Yuri Miranda


REVISTA CMJF