Issuu on Google+

O RODÃO

www.sintraturb.com.br

Ano 16. Florianópolis, novmebro de 2013 >> número 230

Licitação prevê demissão de 40% dos cobradores

>> Quase 400 trabalhadores e trabalhadoras poderão perder emprego se licitação for aprovada nos termos atuais [pág. 3]

Sintraturb estuda ação para rever correção de juros do FGTS >> Se necessário, sindicato entrará na justiça para reaver valores para trabalhadores [pág. 4]

Consciência negra em debate >> Empresa terá que pagar R$ R$ 33 mil para 126 trabalhadores de garagem [pg. 2]


2 Fazendo feio no edital do transporte e no plano diretor A Justiça Federal de Santa Catarina emitiu liminar que suspende a votação na Câmara do Plano Diretor de Florianópolis. A decisão, proferida pelo juiz Marcelo Kráz Borges foi publicado no dia 18. A decisão mostra que o Prefeito Cesar Souza Júnior não está apenas “fazendo feio” no edital da licitação do transporte coletivo, mas também, no Plano Diretor. A ação foi Ministério Público Federal (MPF), que alegou ausência de audiências públicas adequadas para a definição deste tipo de projeto. Apesar de terem sido feitas reuniões participativas com a população, o MPF entende que elas não respeitaram o que diz a legislação

O RODÃO Florianópolis, novembro de 2013

EDITAL DA PREFEITURA PODERÁ DEMITIR ATÉ 40% DOS COBRADORES

Transol terá eleição para Cipa dia >> Trabalhadores deverão escolher novos integrantes da comissão que fiscaliza condições de trabalho e higiene Florianópolis

O RODÃO Ano 16. Edição 230

Expediente O RODÃO é uma publicação do Sindicato dos Trabalhadores em transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar da região metropolitana de Florianópolis (Sintraturb). Jornalista Responsável Leonel Camasão (MtB 3414) ENDEREÇO: Avenida Mauro Ramos, 398, Centro. Florianópolis/SC Fone/Fax: (48) 3286-5300 sintraturb@terra.com.br www.sintraturb.com.br TIRAGEM: 3.000 exemplares IMPRESSÃO: Rio Sul Gráfica

Os trabalhadores da Transol irão ás urnas nas próximas semanas para eleger os novos integrantes da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidente). A eleição será no dia 5 de dezembro. Até o momento, não foram divulgados prazos para inscrição de candidatos. Mas o mais importante é a galera ficar ligada. Não vote em quem tem cargo de confiança O nome já diz:

cargo de confiança é alguém de confiança do patrão. Por isso, qualquer um “de confiança” das empresas não é um bom candidato para a Cipa. Nada contra os companheiros que estão em cargo de confiança. Tem muita gente boa aí. Mas na hora do aperto, de que lado esse cara vai ficar?

Vimos recentemente o poder que uma Cipa tem, como o de tirar carros em péssimas condições de circulação. Uma Cipa voltada para os interesses do patrão não vai seguir esse caminho! Por isso, também é importante dividir os votos. Eleger um companheiro de luta com 200 votos e todos

os outros ficarem de fora não resolve a nossa situação. É preciso eleger quatro companheiros da nossa confiança, e não da confiança do patrão! Por isso, participe, vote e ajude a transformar a Cipa da sua empresa em uma aliada dos trabalhadores!


O RODÃO

3

Florianópolis, novembro de 2013

Edital do transporte prevê demissão de 40% dos cobradores >> Caso a proposta da Prefeitura seja aprovada, cerca de 390 cobradores poderão perder seus empregos. E isso é só o começo

desempregando pais e mães de família, sempre foi o projeto dos patrões. E agora, ele se concretiza nesse edital apresentado pelo prefeito César Souza Jr. E esse é apenas um dos problemas. O edital já está sendo contestado Florianópolis por outros órgãos, como o TCE, pela falta Após uma longa de transparência análise do edital na realização do da licitação do processo. Sem falar transporte coletivo, o que o edital oficializa o departamento jurídico monopólio no serviço do Sintraturb constatou de transporte de que, se aprovado, o Florianópolis. “novo” modelo de Nossa luta pela transporte poderá manutenção de todos causar a demissão os postos de trabalho imediata de quase 400 é antiga e faz parte da cobradores. nossa história. Não Sabemos que isso é será agora que iremos só o começo. Acabar recuar! com os cobradores, Por isso, precisamos fazer o motorista ficar atentos aos acumular função e jornais do sindicato, mecanizar o processo, às redes sociais e a

todos os espaços que estejam discutindo a licitação do transporte. Esse edital pode mudar as nossas vidas para

sempre. Nós não somos contrários a licitação, mas queremos que ela seja realizada

de maneira limpa e sem prejuízo aos trabalhadores. Por isso, fiquem ligados e vamos à luta!

“O governo do estado deveria retomar o planejamento” O Sintraturb entrevistou o professor do Departamento de Automação da UFSC, Werner Kraus Júnior, que é membro suplente do Conselho Municipal de Transportes e estudou a fundo o edital da licitação. Ele comentou os termos do edital lançado pelo Prefeito César Souza e apontou caminhos para solucionar o transporte da região.

Werner Kraus Jr: a tendência que buscamos é termos um sistema de transporte público mais eficiente, com linhas mais racionais,mas com muito mais oferta. E isso conseguimos com aumento brutal da oferta do transporte público. Então, não vejo como reduzir o número de trabalhadores se precisamos de mais horários.

civil organizada, e o processo deveria estar sintonizado, junto com o governo do estado, para pensar o transporte em nível metropolitano, para acabar com a divisão entre transporte municipal e intermunicipal. O governo do estado deveria retomar o planejamento do transporte. Hoje o planejamento não está na mão do poder público.

OR: Como o sr. avalia O R : Q u a i s O Rodão: Nos termos o processo da licitação possibilidades para atuais, o edital pode até o momento? além do modelo atual? reduzir o atual quadro WKJ: O processo de trabalhadores do WKJ: O principal, transporte coletivo. O d e v e r i a t e r s i d o na verdade, é restituir que o senhor pensa a realizado com ampla a o p o d e r p ú b l i c o consulta a sociedade a c a p a c i d a d e d e respeito?

planejamento do sistema e gerenciamento da operação. O edital, ao manter o desenho atual, e eleger uma empresa única para o transporte, diz que as empresas devem desenhar o transporte, e não o poder público. Se temos que continuar com o modelo de concessão, devemos não conceder territórios, mas conceder linhas, ter vários operadores, e fazer a crítica de cada um dos operadores. Precisamos de linhas longas e transversais, preferencialmente intermunicipais. Ou seja, pulverizamos as linhas, e licitamos as linhas conforme a

demanda. Precisamos de uma política de subsídios muito forte, para baratear as tarifas O ideal seria o governo do estado assumir o serviço, ou formarmos um consórcio dos municípios da região que administrariam o sistema, constituindo uma empresa de transportes intermunicipal. Eu, no fundo, defendo a estatização. Os sistemas estatais são muito comuns na Europa, nos Estados Unidos. Porque não pensamos nisso no Brasil?.


O RODÃO

4

Florianópolis, novembro de 2013

Sintraturb estuda ação para reaver diferença no FGTS

>> Perdas podem chegar a mais de 88% desde ano de 1999; correção abaixo da inflação seria o motivo da diferença Florianópolis

Diversos sindicatos pelo Brasil estão entrando na Justiça contra o governo federal por corrigirem os valores do FGTS abaixo da inflação, desde 1999 (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Segundo cálculos dessas entidades, as perdas podem chegar a até 88,3%, um

verdadeiro crime econômico contra a classe trabalhadora. O raciocínio baseia-se em recente decisão do Supremo Tribunal Federal. Ao julgar a correção dos precatórios em um processo, o STF entendeu que usar a Taxa Referencial (TR) para fazer a correção monetária não repõe o poder de compra do dinheiro, como deveria ser feito pela inflação. Para alguns sindicatos e centrais, esta decisão do STF, mesmo não tendo relação direta com o FGTS, é um raciocínio válido para a ques-

tão das perdas do FGTS Exemplo: Um trabalhador que tinha R$ 1.000 na conta do FGTS em janeiro de 1999, com a correção pela TR tem hoje apenas R$ 1.340,47. Se a correção dos valores fos-

se realizada pelo INPC, os cálculos corretos indicam que a mesma conta deveria ter R$ 2.586,44. Em outras palavras, uma perda de 1.245,97. E agora? Por isso, o departamento jurídico do Sintraturb

está estudando a questão. Caso confirme-se essa tese, o Sintraturb oferecerá de graça assistência jurídica para todos os sócios que desejarem entrar com um processo. Mas, tome cuidado! Alguns advogados pilantras e até mesmo membros da categoria já estão querendo transformar isso em um “negócio”, cobrando percentuais sobre a diferença do FGTS dos companheiros. Não caia nessa! O Sindicato vai oferecer toda a estrutura e entrará com ações para reaver todo e qualquer valor que seja devido à nossa categoria, sem cobrar nada. É só ter um pouquinho de paciência que as coisas começam a andar.


O RODÃO

5

Florianópolis, novembro de 2013

Prestações de contas do Sindicato >> Prestação de Contas: Junho de 2013

>> Prestação de Contas: Julho de 2013

SALDO ANTERIOR.............................................................................. R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF CTA APLICAÇÃO 001.651-5............................... R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Outras Ações.................................................... R$ Riquena Neta e& Cia Ltda.................................... R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ RECEITAS............................................................................................ R$ Mensalidade Associados................................................................... R$ Receitas Não Identificada.....................................R$ Convenio Médico.................................................................. R$ Outras Receitas................................................. R$ Desconto obtidos...................................................R$ Contribuição Sindical................................................... R$ Juros e rendimentos ................................................... R$ Reversao Salarial ................................................ R$ TOTAL.................................................................................................... R$

309.463,96 95.297,06 -8.989,18 234.028,38 248,14 500,00 -1.070,30 -10.550,14 107.502,05 80.960,13 35,00 2.007,00 120,00 0,20 611,90 1.570,91 22.196,91 416.966,01

DESPESAS.......................................................................................... R$ Ações Empresas............................................... R$ Agua e esgoto – Casan ....................................................... R$ Ajuda de Custo ........................................................... R$ Ajuda de Custo Diretores Liberados ............................................................. R$ Assessoria Contábil......................................................................................... R$ Assessoria Imprensa..................................................................................... R$ Assessoria Jurídica......................................................................................... R$ Assessoria Politica e Administrativo.............................................. R$ Alimentação.......................................................... R$ Celesc............................................................................. R$ Combustível.......................................................................................... R$ Conservaçoes e Reparos ........................................................................... R$ Comunicação...................................................................... R$ Despesa Bancária.................................................................................. R$ Despesas Diversas............................................... R$ Despesas Com Convenio Médico.................................. R$ Emprestimo. Queixinho........................................................................... R$ F.G.T.S..................................................................R$ Informatica.............................................................................................. R$ Inss............................................................................... R$ IRRF Serv. Terceiro........................................... R$ Irrf Assalariado.......................................................................... R$ Mat.exp/lib.dir.................................................... R$ Juros..................................................................... R$ Pis............................................................................................... R$ Salario................................................................................... R$ Segurança........................................................... R$ Seguro................................................................................. R$ Telefone .................................................................................................. R$ Terceiros.............................................................................. R$ Veiculo.................................................................. R$ Vale Transporte............................................................. R$ SALDO ATUAL..................................................... R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF CTA APLICAÇÃO...................................... R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Bloqueio Judiciais..................................................R$ Outras Ações.................................................... R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

97.356,21 560,00 346,69 4.398,00 17.929,68 1.251,20 2.200,80 7.076,64 4.039,88 5.912,67 1.378,35 2.402,76 843,21 14.681,57 116,13 1.151,20 2.380,50 1.708,00 766,43 1.233,18 6.115,90 61,52 987,64 7.302,84 21,90 83,20 4.641,63 444,00 4.576,66 2.121,83 360,00 10,20 252,00 319.609,80 257.509,57 -1.947,68 0,00 248,14 73.849,91 500,00 -10.550,14 416.966,01

SALDO ANTERIOR.............................................................................. R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Outras Ações.................................................... R$ Boqueio Judicial................................................. R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ RECEITAS............................................................................................ R$ Mensalidade Associados................................................................... R$ Receitas Não Identificada.....................................R$ Convenio Médico.................................................................. R$ Contribuição Sindical................................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

319.609,80 257.509,57 -1.947,68 248,14 500,00 73.849,91 -10.550,14 76.163,34 72.303,25 20,00 2.128,00 1.712,09 395.773,14

DESPESAS.......................................................................................... R$ Agua e esgoto – Casan ....................................................... R$ Ajuda de Custo........................................................... R$ Ajuda de Custo Diretores Liberados ............................................................. R$ Assessoria Contábil......................................................................................... R$ Assessoria Imprensa..................................................................................... R$ Assessoria Jurídica......................................................................................... R$ Assessoria Politica e Administrativo.............................................. R$ Auditorio............................................................................ R$ Cartorio............................................................................ R$ Celesc............................................................................. R$ Combustível.......................................................................................... R$ Conservaçoes e Reparos ........................................................................... R$ Comunicação...................................................................... R$ Despesa Bancária.................................................................................. R$ Devolucao de mensalidade ............................. R$ Despesas c/ reunioes............................................... R$ Despesas Com Convenio Médico.................................. R$ Emprestimo. Queixinho........................................................................... R$ F.G.T.S..................................................................R$ Informatica.............................................................................................. R$ Inss............................................................................... R$ IRRF Serv. Terceiro........................................... R$ Irrf Assalariado.......................................................................... R$ Jornais/Revist/impres.ect................................................ R$ Lanches e Refeições........................................................ R$ Manutenção......................................................................... R$ Mat.exp/lib.dir.................................................... R$ Pis............................................................................................... R$ Prestação de contas (viagens e congressos )...... R$ Salario................................................................................... R$ Segurança........................................................... R$ Seguro................................................................................. R$ Transporte............................................................ r$ Telefone .................................................................................................. R$ SALDO ATUAL..................................................... R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Adiantamento de Férias................................ R$ Bloqueio Judiciais..................................................R$ Outras Ações.................................................... R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

118.125,31 222,19 6.306,00 16.416,55 1.251,20 2.200,80 7.076,64 4.039,88 8.100,00 83,20 1.890,85 1.447,83 1.230,15 16.147,11 63,64 62,07 2.117,30 2.223,00 1.708,00 664,27 750,18 2.964,39 61,52 131,89 187,00 16.026,21 1.970,13 6.559,01 66,23 1.511,74 7.324,58 444,00 4.847,87 392,00 1.637,88 277.647,83 203.273,42 8.359,83 248,14 1.819,67 73.849,91 500,00 -10.403,14 395.773,14


O RODÃO

6

Florianópolis, novembro de 2013

Prestações de contas do Sindicato >> Prestação de Contas: Agosto de 2013

>> Prestação de Contas: Julho de 2013

SALDO ANTERIOR.............................................................................. R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Adiantamento de Férias R$ Outras Ações.................................................... R$ Boqueio Judicial................................................. R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ RECEITAS............................................................................................ R$ Mensalidade Associados................................................................... R$ Reembolso Seguro........................................................ R$ Convenio Médico.................................................................. R$ Desconto obtidos...................................................R$ Contribuição Sindical................................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

277.647,83 203.273,42 8.359,83 248,14 1.819,67 500,00 73.849,91 -10.403,14 100.143,19 94.929,31 1.757,20 2.133,50 0,59 1.322,59 377.791,02

SALDO ANTERIOR.............................................................................. R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Bloqueio Judiciais..................................................R$ Outras Ações.................................................... R$ Processo Ação Transol Trabalhador................ R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ RECEITAS............................................................................................ R$ Mensalidade Associados................................................................... R$ Reembolso Ações Empresas........................................................ R$ Convenio Médico.................................................................. R$ Desconto obtidos...................................................R$ Contribuição Sindical................................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

298.563,28 243.867,96 5.367,64 248,14 73.849,91 500,00 -15.014,23 -10.256,14 104.576,59 95.829,09 6.300,55 2.068,00 0,29 378,66 403.139,87

DESPESAS.......................................................................................... R$ Agua e esgoto – Casan ....................................................... R$ Ajuda de Custo .......................................................... R$ Ajuda de Custo Diretores Liberados ............................................................. R$ Assessoria Contábil......................................................................................... R$ Assessoria Imprensa..................................................................................... R$ Assessoria Jurídica......................................................................................... R$ Assessoria Politica e Administrativo.............................................. R$ Auditorio............................................................................ R$ Cartorio............................................................................ R$ Celesc............................................................................. R$ Combustível.......................................................................................... R$ Conservaçoes e Reparos ........................................................................... R$ Comunicação...................................................................... R$ Despesa Bancária.................................................................................. R$ Despesas c/ reunioes............................................... R$ Despesas Com Convenio Médico.................................. R$ Emprestimo. Queixinho........................................................................... R$ Férias............................................................................. R$ F.G.T.S..................................................................R$ Foto/Filmagem/Faixas/Etc................................... R$ Informatica.............................................................................................. R$ Inss............................................................................... R$ IRRF Serv. Terceiro........................................... R$ Irrf Assalariado.......................................................................... R$ Jornais/Revist/impres.ect................................................ R$ Manutenção......................................................................... R$ Manutenção/Reformas e Obras........................................... R$ Pis............................................................................................... R$ Prestação de contas (viagens e congressos )...... R$ Rateio outras Entidades ................................................... R$ Salario................................................................................... R$ Segurança........................................................... R$ Seguro................................................................................. R$ Transporte............................................................ r$ Telefone .................................................................................................. R$ SALDO ATUAL..................................................... R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Bloqueio Judiciais..................................................R$ Outras Ações.................................................... R$ Processo Ação Transol Trabalhador................ R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

79.227,74

DESPESAS.......................................................................................... R$ Agua e esgoto – Casan ....................................................... R$ Ações Empresa................................................. R$ Ajuda de Custo ............................................................ R$ Ajuda de Custo Diretores Liberados ............................................................. R$ Assessoria Contábil......................................................................................... R$ Assessoria Imprensa..................................................................................... R$ Assessoria Jurídica......................................................................................... R$ Assessoria Politica e Administrativo.............................................. R$ Cartorio............................................................................ R$ Celesc............................................................................. R$ Combustível.......................................................................................... R$ Conservaçoes e Reparos ........................................................................... R$ Comunicação...................................................................... R$ Despesa Bancária.................................................................................. R$ Despesas Diversas............................................... R$ Despesas Com Convenio Médico.................................. R$ Emprestimo. Queixinho........................................................................... R$ F.G.T.S..................................................................R$ Foto/Filmagem/Faixas/Etc................................... R$ Informatica.............................................................................................. R$ Inss............................................................................... R$ IRRF Serv. Terceiro........................................... R$ Irrf Assalariado.......................................................................... R$ Lanches e Refeições........................................................ R$ Manutenção......................................................................... R$ Material de expediente ........................................................... R$ Pis............................................................................................... R$ Prestação de contas (viagens e congressos )...... R$ Rateio outras Entidades ................................................... R$ Salario................................................................................... R$ Segurança........................................................... R$ Seguro................................................................................. R$ Som................................................................................ R$ Transporte............................................................ r$ Telefone .................................................................................................. R$ Xerox................................................................................. R$ SALDO ATUAL..................................................... R$ Caixa..................................................................................................... R$ CEF CTA 001.651-5.............................................................................. R$ CEF Poupança 820788.................................................................................. R$ Bloqueio Judiciais..................................................R$ Outras Ações.................................................... R$ Processo Ação Transol Trabalhador................ R$ Processo Empresa Transol............................................... R$ TOTAL.................................................................................................... R$

68.750,89 91,02 1.356,00 5.600,00 14.918,70 1.251,20 2.354,20 7.076,64 4.575,56 153,15 282,78 1.431,33 2.992,41 1.190,00 253,91 98,00 2.241,00 1.708,00 702,92 430,32 821,32 3.131,53 61,52 135,03 1.973,13 298,25 624,30 71,07 840,77 200,00 5.940,92 468,00 1.659,65 40,00 270,00 2.228,26 1.280,00 334.388,98 226.029,47 53.726,05 248,14 73.849,91 500,00 -9.708,45 -10.256,14 403.139,87

5.200,00 16.228,73 1.251,20 2.354,20 7.076,64 4.039,88 1.000,00 68,40 1.523,86 1.929,97 1.622,57 2.640,66 107,26 701,74 2.263,50 1.708,00 1.819,67 672,35 600,00 684,18 2.999,69 61,52 135,03 187,00 6.411,26 476,84 67,24 1.075,68 720,00 7.412,83 444,00 3.496,12 252,00 1.995,72

298.563,28 243.867,96 5.367,64 248,14 73.849,91 500,00 -15.014,23 -10.256,14 377.791,02


O RODÃO

novembro de 2013

7

Publicação de Editais SINTRATURB - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTE URBANO, RODOVIÁRIO, TURISMO, FRETAMENTO E ESCOLAR DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS, estado de Santa Catarina, convoca todos os trabalhadores sindicalizados da categoria profissional com base sindical para participar das assembleias gerais ordinárias para o plano de ação anual conforme art. 129 do Estatuto da entidade, que será realizada no dia 02.12.2013, com sessão às 10 horas e 16 horas, que será realizada na Praça das Nações Unidas, Rua Deputado João Bertoli, s/nº, centro de Florianópolis - SC. ORDEM DO DIA. 1 – Discussão e deliberação sobre o Plano Anual de Ação Sindical para o ano 2014. 1.1 – Aquisição de imóvel. Florianópolis/SC, 25 de novembro de 2013. Antônio Carlos Martins Secretário de Organização - SINTRATURB SINTRATURB - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTE URBANO, RODOVIÁRIO, TURISMO, FRETAMENTO E ESCOLAR DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS, estado de Santa Catarina, convoca todos os trabalhadores sindicalizados da categoria profissional com base sindical para participar das assembleias ordinárias para abertura do Processo para Eleição do Conselho Fiscal, Gestão 2013/2014, conforme Art.26 do Estatuto da entidade, que será realizada no dia 02.12.2013, com sessão às 09h30min horas e 15h30min horas, que será realizada na Praça das Nações Unidas, Rua Deputado João Bertoli, s/nº, centro de Florianópolis - SC. ORDEM DO DIA. 1 – Discussão e Deliberação sobre o Processo de Eleição do Conselho Fiscal para o ano 2014. 1.1 – Eleição da Comissão Eleitoral; 1.2 – Data do Registro das Chapas; 1.3 – Data da eleição, urnas e locais de coleta de votos. Florianópolis/SC, 25 de novembro de 2013. Antônio Carlos Martins Secretário de Organização - SINTRATURB


O RODÃO

8

Florianópolis, novembro de 2013

A importância do dia da consciência negra brancas e brancos. O índice de analfabetismo na população negra é mais do que o dobro da população branca. A Importância do Dia da Consciência Negra

>> Números desmentem o mito de que o racismo “acabou no Brasil”; negros ganham até 40% menos que brancos Florianópolis

Muitos governos, e junto a grande mídia e as empresas, divulgam que o racismo é coisa do passado ou que no país ele hoje é algo em vias de superação. No entanto, os dados da realidade mostram justamente o contrário. O dia da consciência negra, em 20 de novembro, é uma data necessária para a reflexão, de debates e de luta contra o racismo. Hoje menos de 20% dos municípios brasileiros reconhecem o dia da consciên-

cia negra, segundo a Fundação Cultural Palmares. Em Santa Catarina, apenas Florianópolis reconhece o dia da consciência negra oficialmente, mas sem considerar a data como feriado. Em Joinville, a pressão dos empresários contra o reconhecimento do feriado municipal, fez o prefeito recuar até no reconhecimento da data. Os Números do Racismo no Brasil Passados 125 anos da abolição da escravatura a realidade do povo negro é ainda marcado fortemente pela opressão, exclusão e exploração. O mercado de trabalho é ocupado 48,2% por negras e negros. Contudo, independente de sua escolaridade, do setor econômico em que atuam, da região do país, o

que existe é um desigualdade entre o salário recebido por negras e negros e o recebido por não negros, segundo estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgado este mês. Em média, negras e negros ganham 36,11% menos do que não negros. Ao mesmo tempo em que negras e negros se concentram na ocupação de cargos com menor prestígio social e remuneração, as diferenças salariais entre a população negra e a não negra não deixa de ser grande quando se trata da remuneração recebida em cargos que exigem maior escolaridade. Em média, negras e negros com ensino superior completo ganham 40,1% a menos do que não negros com igual escolari-

dade. A violência não deixa de ser alarmante alarmante. Segundo o Mapa da Violência 2012, a quantidade de pessoas negras vítimas de homicídios foi de 71,1% do total, enquanto que o de brancas foi de 28,5%. Mas o que mais impressiona é o seu crescimento. De 2002 a 2010, os homicídios na população branca caíram 25,5%, enquanto que na população negra houve um crescimento de 35,3%. O último levantamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de 2012, aponta que 35% dos matriculados em cursos de graduação no País são negras e negros, enquanto 62% são brancos - mesmo índice de 2011. Na região Sul, apenas 10% é negra e negro, contra 89% de

No fim da década de 1970, o movimento negro conseguiu com muita luta conquistar o dia 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem a Zumbi dos Palmares, que foi assassinado nessa data, em 1695. O líder dos Palmares deixou várias lições, entre elas, do caráter da luta anti-racista: a luta contra o racismo e a opressão deve ser uma luta contra todo o sistema que os mantém e deles se beneficia. No quilombo liderado por Zumbi não se encontravam apenas negras e negros que vieram resistir contra a opressão e a exploração, mas também artistas, indígenas, p o b r e s , t r a b a l h a d ores, perseguidos políticos pelo regime e etc. Era um lugar de resistência de todo o povo contra a opressão e a exploração. Assim deve ser a luta contra o racismo: uma luta de negras e negros e de toda a classe trabalhadora. Do site do Sindpd


Rodão 230