Issuu on Google+

1


EXPEDIENTE Direito de publicação: Ministério da Criança da União Sudeste Brasileira da Igreja Adventista do Sétimo Dia Av. Sete de Setembro, 69 Icaraí - Niterói/RJ. Cep: 24230-250 Tel.: (21) 2199-1000 www.useb.org.br Conselho Administrativo: Pr. Maurício Lima Pr. Volnei Porto Pr. Leonidas Guedes Conselho Editorial: Sara Lima | USeB Andreia Luna Carmem Preuss Debora Rodrigues Jeanete Lima Marly Reis Ruth Lima Rozangela de Carvalho Vania Schumann Secretária: Ediana Teixeira Elaboração: Rozângela Carvalho Sara Lima

Revisão: Renata Cândido Vieira Professora de Língua Portuguesa

Capa e editoração: e!ditora mauriciocorrea.editora@ gmail.com

2013

Apresentação

Calendário Sugestivo

Amados, Estamos vivendo tempos difíceis em nossa história. O mundo tem investido pesado em influenciar nossas crianças. Milhões e milhões são gastos para promover meios de distraí-las e assim tirarem o olhar do querido Jesus. Como professor (a) você precisa estar focado no Mestre. As crianças perceberão se você é um verdadeiro amigo(a) de Jesus. Deus concedeu a você e aos pais, uma grande responsabilidade em ajudar a guiar ao céu estes pequeninos. Sei que os desafios são grandes, por isso queremos agradecer imensamente o seu trabalho dedicado. Saiba que você tem contribuído não só para o presente, mas para o futuro da Igreja. O Senhor Deus tem um recadinho muito especial e importante a ser dado, vejamos: “Os que se empenham na obra da Escola Sabatina devem ser pessoas que se tenham consagrado a Deus. Devem ser homens e mulheres fortes na fé, e de ardente compaixão, fervorosos de espírito e interessados em tudo que diz respeito à causa de Cristo. Devem entregar-se ao trabalho com abnegado esforço, qualquer que seja o sacrifício exigido, depondo-se sobre o altar e suplicando, com forte clamor e lágrimas, pela conversão dos que estão ao seu cuidado. A fim de fazermos a vontade de Deus, precisamos examinar Sua Palavra, pondo nessa tarefa toda capacidade a nós confiada, a fim de conhecermos Sua doutrina. Devemos ser diligentes na oração e fervorosos no serviço simples e sincero para Deus. Os que se empenham como professores da Escola Sabatina devem ter fome e sede da verdade divina, para transmitir esse Espírito aos que estão sob seu cuidado, levando-os a buscar a verdade como a tesouros escondidos... “Testimonies on Sabbath School Work, pág. 76”. Estamos diante de um ano cheio de expectativas e bênçãos para serem recebidas. Através desta agenda, você poderá desenvolver dons, projetos e atividades onde estarão

Tiragem 2.590

Impresso no Brasil

2

Diretora do Ministério da Criança União Sudeste Brasileira

Sara Lima

JANEIRO • INICIAR Ano Bíblico Ilustrado • INICIAR Adoração Infantil “Uma Jornada de Vitória” • ADQUIRIR Blocos de Atividades para Adoração Infantil: (Rol/Jardim e Primários/Juvenis) - procurar na Associação • REALIZAR o ECF “Aventuras da ADRA para Crianças” • ICENTIVAR “Reavivados por Sua Palavra” - leitura da Bíblia • UTILIZAR 1º DVD Trimestral • UTILIZAR DVD “Elo da Graça - Classe Modelo” (procurar na Associação) • PROMOVER Curso de Liderança • PROMOVER Projeto Maná - assinaturas lições ES durante o ano • PROMOVER o Sábado Solidário uma vez por trimestre • INCENTIVAR o Discipulado - “Comunhão, Relacionamento e Missão”

JULHO • UTILIZAR 3º DVD trimestral (preparado pela USeB) • ECF “Aventuras da ADRA para Crianças” (1 por distrito data/material disponível) • MOTIVAR Classes Bíblicas e Pós Batismais (resultado Semana Santa) • PROMOVER Projeto “Eu Conheço Minha História” 1 por distrito - União/Campo definir data)

FEVEREIRO • INCENTIVAR Carteiro Missionário (durante o ano) • PREPARAR Semana Santa - Organização e Divulgação • PLANEJAR Projeto “Eu Conheço Minha História”

AGOSTO • VÍDEO CONFERÊNCIA • FORTALECER Pequenos Grupos (crianças) • INCENTIVAR Ano Bíblico • PREPARO E DIVULGAÇÃO - Batismo da Primavera • INCENTIVAR “Reavivados por Sua Palavra” - leitura da Bíblia

MARÇO • PARTICIPA Dia de Oração Mundial - DOM (Sábado, dia 09) • REALIZAR PG’s liderados por crianças • REALIZAR Semana Santa - 24 a 31 de março • Dia do Amigo da Esperança Criança (dia 23)

SETEMBRO • PROMOVER Dia do Professor da ES • BATISMO DA PRIMAVERA - dias 21 e 28 • PROMOVER Semana de Mordomia • PROMOVER Sábado Mundial da Criança Adventista (2º Sábado de outubro) • FAZER Capacitação para a ECF (material/data opcional)

ABRIL • UTILIZAR 2º Dvd • INCENTIVAR Adoração Infantil e Blocos de Atividades • UTILIZAR DVD “Elo da Graça” Escola Sabatina • PARTICIPAR Impacto Esperança • Relatório Semana Santa/Lares de Esperança (enviar para a Associação dia 10/04 • PROMOVER Sábado Solidário (uma vez por trimestre)

OUTUBRO • REALIZAR Semana de mordomia (data opcional) • UTILIZAR O 4º DVD Trimestral • COMEMORAR Dia Mundial da Criança Adventista • LEMBRAR E ORAR Dia de Oração por Crianças em Risco no Mundo • COMEMORAR Dia do Professor da ES (programa especial para todos os professores das Divisões Infantis) • MOTIVAR os Pequenos Grupos (crianças) • ACOMPANHAR as Classes Bíblicas e Pós Batismais • PROMOVER o Sábado Solidário (uma vez por trimestre)

MAIO • REFORÇAR divulgação Adoração Infantil c/ Cadernos de Atividades • REALIZAR Classes Bíblicas (resultado da Semana Santa) • PROGRAMAR Encontros/Capacitação “Grande Como Davi” • INCENTIVAR “Reavivados por Sua Palavra” - leitura da Bíblia

NOVEMBRO • PROGRAMAR Encontros/Capacitação “Grande Como Davi” (sugestivo) • ENVIAR Relatório Anual MC MA DSA (modelo novo aguardar) • INCENTIVAR “Reavivados por Sua Palavra” - leitura da Bíblia

JUNHO • DIVULGAR DVD “1 em 168 Não ´Suficiente” (Associação) • PROMOVER o Sábado Solidário (uma vez por trimestre)

DEZEMBRO • ENTREGA de Certificados - Curso de Liderança • INCENTIVAR - Escola Cristã de Ferias • PROMOVER Projeto Maná - assinaturas lições ES durante o ano • PROGRAMAR a implementação do Projeto Pegadas • PLANEJAR o Projeto “Eu Conheço Minha História”

3


Calendário 2013 . : JANEIRO : . D

S

T 1 6 7 8 13 14 15 20 21 22 27 28 29

Q 2 9 16 23 30

Q S S 3 4 5 10 11 12 17 18 19 24 25 26 31

. : ABRIL : . S T Q Q 1 2 3 4 7 8 9 10 11 14 15 16 17 18 21 22 23 24 25 28 29 30 D

D

S 1 7 8 14 15 21 22 28 29 D 6 13 20 27

. : JULHO : . T Q Q 2 3 4 9 10 11 16 17 18 23 24 25 30 31

S S 5 6 12 13 19 20 26 27

S S 5 6 12 13 19 20 26 27

. : OUTUBRO : . T Q Q S S 1 2 3 4 5 7 8 9 10 11 12 14 15 16 17 18 19 21 22 23 24 25 26 28 29 30 31 S

Calendário 2014

. : FEVEREIRO : .

. : MARÇO : .

S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

D

S

D

S

5 6 12 13 19 20 26 27

T

Q

Q

. : MAIO : . T Q Q 1 2 7 8 9 14 15 16 21 22 23 28 29 30

S S 3 4 10 11 17 18 24 25 31

. : AGOSTO : . D S T Q Q S 1 2 4 5 6 7 8 9 11 12 13 14 15 16 18 19 20 21 22 23 25 26 27 28 29 30 D 3 10 17 24

S 3 10 17 24 31

. : NOVEMBRO : . S T Q Q S S 1 2 4 5 6 7 8 9 11 12 13 14 15 16 18 19 20 21 22 23 25 26 27 28 29 30

D

S

T

Q

. : JANEIRO : .

Q

. : JUNHO : . T Q Q S

S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 D

S

.: D S 1 2 8 9 15 16 22 23 29 30

SETEMBRO T Q Q 3 4 5 10 11 12 17 18 19 24 25 26

:. S S 6 7 13 14 20 21 27 28

. : DEZEMBRO D S T Q Q 1 2 3 4 5 8 9 10 11 12 15 16 17 18 19 22 23 24 25 26 29 30 31

:. S S 6 7 13 14 20 21 27 28

D

S

D

S

D

S

6 7 13 14 20 21 27 28

D 5 12 19 26

S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

S S 3 4 10 11 17 18 24 25 31

D

S

S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

. : ABRIL : . T Q Q 1 2 3 8 9 10 15 16 17 22 23 24 29 30

S S 4 5 11 12 18 19 25 26

D

S

. : JULHO : . T Q Q 1 2 3 8 9 10 15 16 17 22 23 24 29 30 31

S S 4 5 11 12 18 19 25 26

T

. : OUTUBRO T Q Q 1 2 6 7 8 9 13 14 15 16 20 21 22 23 27 28 29 30 S

. : MARÇO : .

Q 2 9 16 23 30

Q 1 5 6 7 8 12 13 14 15 19 20 21 22 26 27 28 29

6 7 13 14 20 21 27 28

. : FEVEREIRO : .

4 5 11 12 18 19 25 26

Q

Q

. : MAIO : . T Q Q 1 6 7 8 13 14 15 20 21 22 27 28 29

S

S 2 9 16 23 30

S 3 10 17 24 31

. : AGOSTO : . T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 D

S

D

. : NOVEMBRO : . S T Q Q S

:. S S 3 4 10 11 17 18 24 25 31

T

2 3 4 5 6 7 9 10 11 12 13 14 16 17 18 19 20 21 23 24 25 26 27 28 30

S 1 8 15 22 29

D

S

T

Q

Q

. : JUNHO : . D S T Q Q 1 2 3 4 5 8 9 10 11 12 15 16 17 18 19 22 23 24 25 26 29 30

S

S S 6 7 13 14 20 21 27 28

.: S 1 7 8 14 15 21 22 28 29

SETEMBRO T Q Q 2 3 4 9 10 11 16 17 18 23 24 25 30

:. S S 5 6 12 13 19 20 26 27

.: S 1 8 15 22 29

DEZEMBRO T Q Q 2 3 4 9 10 11 16 17 18 23 24 25 30 31

:. S S 5 6 12 13 19 20 26 27

D

D 7 14 21 28

Anotações: ...........................................................................................................................

Anotações: ...........................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

................................................................................................................................................

4

5


Planejamento 2013

Planejamento 2013

JANEIRO

FEVEREIRO

JULHO

AGOSTO

MARÇO

ABRIL

SETEMBRO

OUTUBRO

MAIO

JUNHO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

6

7


Índice FILOSOFIA E MISSÃO DOS MINISTÉRIOS DA CRIANÇA ............................................... Visão do Ministério da Criança no Discipulado .................................................................... Ministério da Adoração “Eu Amo Jesus” ........................................................................ Ministério do Fortalecimento da Comunidade Cristã “Amemo-nos uns aos outros” ...... Ministério do Serviço “Jesus ama a você também” ........................................................ Ministério da Segurança ................................................................................................. Descrição dos Projetos de Acordo com os Ministérios ........................................................ Ministérios da Adoração “Eu amo Jesus”........................................................................ Ministério do Fortalecimento da Comunidade Cristã “Amemo-nos uns aos outros” ...... Ministério do Serviço “Jesus ama a você também” ........................................................

9 10 10 10 11 11 11 11 14 19

TRABALHANDO BASEADO NO PERFIL DE CADA IDADE .............................................. Rol de Berço (0-3 anos) ........................................................................................................ Jardim da Infância (4-6 anos) ............................................................................................... Crianças dos Primários (7-9 anos) ........................................................................................ Juvenis (10-13 anos) .............................................................................................................

24 25 27 30 33

Sessão 1 COMPLEMENTO ....................................................................................................... 37 Estudos Bíblicos ................................................................................................................... 38 Textos Bíblicos para Situações Especiais .............................................................................................. 39

Filosofia e Missão dos Ministérios da Criança

8

9


Missão O Ministério da Criança busca desenvolver a fé das crianças até os quatorze anos, conduzindo-as ao relacionamento de serviço e de amor por Jesus e a um compromisso com a igreja Adventistas do Sétimo Dia. Para esse propósito o Ministério da Criança conta, por sua vez, com vários ministérios como: a) Ministério da Graça “Jesus me Ama”, no qual todas as crianças experimentam o amor incondicional de Jesus e encontram aceitação e perdão; b) Ministério da Adoração “Eu amo Jesus”, no qual todas as crianças serão motivadas a ter a sua devoção pessoal, através da oração, leitura da Bíblia e obediência aos seus mandamentos; c) Ministério do fortalecimento na Comunidade Cristã “Amemo-nos uns aos outros”, Deus nos incita a amar e a honrar nossa família biológica, como também a família da igreja respeitando a inclusão de todas as pessoas e seus papéis; d) Ministério do Serviço “Jesus Ama a Você também” – Levá-los a sentirem a verdadeira alegria de servir aos semelhantes no levar as boas novas de Esperança. c) Ministério da segurança – A fim de prevenir, orientar e proteger nossas crianças de abuso físico, emocional, sexual, social, bem como proteger a igreja em ações de responsabilidade, pois infelizmente, estas coisas também batem à porta das igrejas e, enquanto professores e líderes precisamos estar alerta para orientar, identificar e auxiliar nosso pequeninos.

d. Promover a adoração Infantil em todos os sábados. e. Incentivar a pontualidade a cada Sábado “Projeto Conquistando Talentos”. 3. MINISTÉRIO DO FORTALECIMENTO DA COMUNIDADE CRISTÃ “AMEMO-NOS UNS AOS OUTROS” a. Promover comemorações das datas especiais como: Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Avós, Dia da Criança, Dia do Amigo, Dia da Mulher, etc. b. Promover acampamentos, retiros, congressos, almoços, piqueniques, caminhadas, olimpíadas. c. Estabelecer Escola de Pais d. Promover o treinamento de Pregadores e Intercessores “Grande como Davi”. e. Promover a leitura da “Jornadinha Espiritual”. f. Promover o projeto “Eu conheço Minha História” para os Juvenis. g. Estabelecer Classe bíblica batismal “Batismo da Primavera”. h. Promover Semana de Oração Mordomia i. Promover o “Sábado Mundial da Criança Adventista” 4. MINISTÉRIO DO SERVIÇO “JESUS AMA A VOCÊ TAMBÉM” a. Conscientizar cada criança a ser uma testemunha viva da experiência vivida com Jesus b. Promover o plano “Sábado Solidário” uma vez por trimestre

VISÃO DO MINISTÉRIO DA CRIANÇA NO DISCIPULADO 1. MINISTÉRIO DA GRAÇA – “JESUS ME AMA” a. Ouvir a voz de Deus 2. MINISTÉRIO DA ADORAÇÃO “EU AMO JESUS” a. Incentivar a cada criança a ter a sua comunhão pessoal a cada manhã através da leitura da Bíblia participando do Projeto “Reavivados por Sua Palavra” (1 capítulo por dia). b. Promover a assinatura e o estudo diário da Lição da Escola sabatina através do “Projeto Maná”. c. Motivar a Oração Intercessora através dos projetos “Amigo Secreto de Oração”, régua de oração, Oi celular.

10

c. Motivar a participação e direção das crianças nos pequenos grupos d. Incentivar as crianças a evangelização, tornando-as participantes do projeto “Carteiro Missionário”. e. Integrar as crianças no Impacto Esperança para as grandes cidades. f. Promover e executar o projeto ”Escola Cristã de Férias” em parceria com a ADRA e os Desbravadores. g. Promover a Semana Santa 5. MINISTÉRIO DA SEGURANÇA a. Promover a campanha “Quebrando o Silêncio”. b. Organizar seminários, encontros, debates alusivos ao tema.

11


DESCRIÇÃO DOS PROJETOS DE ACORDO COM OS MINISTÉRIOS 1 - MINISTÉRIO DA ADORAÇÃO “EU AMO JESUS” 1. 1 – Projeto “Reavidos por Sua Palavra” Objetivo: Levar todas as crianças a se aproximar de Deus e preparar para sua breve volta a esta terra, através da leitura diária da Bíblia. Como Fazer: Em parceria com o ministério jovem, realizar um concurso bíblico todos os sábados, nos cultos JÁ. Providenciar prêmio para os participantes de acordo com a realidade da igreja. A Associação Geral convida a todos, a nível mundial a ler ou ouvir um capítulo da Bíblia diariamente, terminando na reunião de abertura do Congresso da Associação Geral, em julho de 2015.

1. 2 – Projeto Maná Objetivo: Fazer com que todas as crianças tenham a lição da Escola sabatina. Como Fazer: O departamento Infantil em parceria com o departamento da Esco- la sabatina deverá promover um dia especial para o Mutirão das assinaturas das li- ções da Escola Sabatina. Neste dia poderá se pensar em organizar um almoço ou um lanche comunitário, enviar convites com antecedência para que nenhum pai falte. Providenciar formulários para que todos façam a suas assinaturas conforme as suas necessidades.

1. 3 – Amigo Secreto de oração / OI Objetivo: O projeto Amigo Secreto de Oração foi elaborado para que as crianças e juvenis tenham a oportunidade de orar pelos amigos afastados da igreja e por aqueles que ainda não aceitaram a Jesus, expressando carinho e amizade e que eles sintam o poder da oração e tenham contato com a Igreja Adventista. Como fazer: O projeto tem duração de trinta dias, e a cada semana deverão ser enviadas mensagens para o amigo de oração em cartas ou cartões próprios para o projeto. Deverá ser guardado segredo até a confraternização organizada especialmente para recebê-los (procurar os cartões com a líder da Associação).

1. 4 – OI - Oração Intercessora Objetivo: Motivar as crianças a se comprometerem com a prática da oração intercessora em favor da salvação de outros. Aprender a confiar em Deus desenvolvendo sua fé é imprescindível para a comunhão.

12

Como Fazer: Promover a aquisição da Régua “Hoje vou orar por: pais, irmão, amigos, avós, tios” e estabelecer dentro do programa da escola sabatina um momento da oração intercessora em um cantinho da sala preparado para este momento (comprar na Associação).

1. 5 – Adoração Infantil Objetivo: Dar à criança um sentido de inclusão dentro da programação da igreja; reconhecer e valorizar a criança como parte da adoração; e contribuir para o ensino, crescimento espiritual e o desenvolvimento de um correto sentido de adoração. Como fazer: Este pequeno culto não deve ultrapassar 5 minutos, pois a atenção da criança e reduzida, e este é o tempo em que a criança consegue manter-se atenta e reter o ensinamento transmitido. Lembre-se sempre que este momento é direcionado às crianças de 2 – 7 anos; não aos adultos da congregação. Use frases curtas e palavras de fácil entendimento para as crianças. Conte a história da forma mais simples possível, embora deva utilizar toda a sua criatividade para despertar e cativar a atenção, conseguindo, assim alcançar o objetivo final que é a transmissão da mensagem espiritual aos pequeninos. • Histórias bíblicas • Fatos reais • Testemunhos infantis (gratidão, oração respondidas, resultado de esforço missionário, resultado de PG infantil, etc. • Dedicação de Criança • Musicais apresentados pelas crianças. Dicas importantes: • A parte mais importante é a leitura da bíblia. Inicie ou finalize este pequeno culto lendo o verso bíblico que fundamenta a apresentação. • Fale normalmente. Não é preciso falar como uma criancinha, elas podem compreendê-lo se apenas usar palavras simples. • Nunca use piadas ou linguagem secular, chula, gírias, etc. • Não usar saudações exageradas que comprometam a reverência e o tempo. • Terminar sempre com um apelo e com uma oração. O que não se deve fazer na Adoração Infantil. • Usar contos, lendas ou histórias irreais; • Ilustrações contrárias às crenças da igreja • Coisas que desencadeiem a irreverência ou que se perca o senso de adoração a Deus.

13


Quem deve dirigir este momento? • Pastor • Ancião • Líderes • Professores Pessoas definidas pela (o) diretora (o) do MC (obs.: membros regulares da igreja, que deem um bom testemunho).

1. 6 – Pontualidade Objetivo: incentivar a pontualidade para que a adoração e aprendizagem das crianças não sejam comprometidas. Como fazer: Elaborar uma forma de gratificar aos pais e as crianças que são pontuais no final do trimestre, organizando um passeio, um almoço temático, um brinde especial, diferenciado para aqueles que são pontuais. Obs.: O(a) professor(a) precisa dar o exemplo, chegando cedo para recepcionar as crianças. 2 - MINISTÉRIO DO FORTALECIMENTO DA COMUNIDADE CRISTÃ “AMEMO-NOS UNS AOS OUTROS”. 2. 1 – Datas especiais: dia das mães, pais, avós, criança adventista, do amigo, da mulher. Objetivo: Promover o senso de valorização e respeito para com o ser humano. Como fazer: Pode se planejar para estas ocasiões uma serenata, um programa especial com entrega de lembranças personalizadas e apresentação do coralzinho infantil, tele mensagens, visitar a um asilo, passeios, piquenique, etc.

2. 2 – Promover acampamentos, retiros, congressos, almoços, piqueniques, caminhadas, olimpíadas. Objetivo: Promover a socialização, aprendizagem, senso de pertencer ao grupo, fortalecimento espiritual e missionário da criança em um ambiente de acampamento. Como fazer: As Crianças se reúnem por um, dois ou três dias (começando na sexta à noite e terminado domingo ao meio-dia) o acampamento ou retiro espiritual, deverá ter atividades que incentivam o crescimento espiritual, físico, social, mental e missionário. É escolhido um tema específico e então o programa é planejado com base nesse tema.

14

No início do ano deve-se apresentar um planejamento anual, contendo todas as atividades escolhidas para serem realizadas. Este planejamento deverá ser votado pela comissão da igreja. A igreja orienta que seja providenciado ao sair com as crianças para alguma atividade, todas elas devem ter por escrito uma autorização dos pais, seguro de vida. Deve-se escolher uma empresa de traslado que esteja dentro dos padrões de legalidade da legislação do país. Visitar o local com antecedência, fazer um reconhecimento de toda área, para evitar possíveis acidentes, ter kit de primeiro socorro completo, etc. Todas as medidas de segurança devem ser tomadas para evitar todo e qualquer prejuízo.

2. 3 – Estabelecer Escola de Pais. Objetivo: Assumir compromisso de denunciar a necessidade que muitos pais têm de aprender continuamente a lidar com seus filhos, a reconhecer a dinâmica desta tarefa que envolve seres em constante processo de desenvolvimento envoltos em um ambiente sistêmico em franca mutação. Como fazer: Planejar encontros com os pais mensalmente ou trimestralmente oferecendo um currículo contendo temas para discussão envolvendo a educação dos filhos, convencendo-os de que podem aprender, mudar e crescer na mais impressionante de todas as suas tarefas: educar filhos para a eternidade. Livros Sugestivos: • Filhos; Escola de Pais – Wélida Dancini Silva e Edinaldo Juarez Silva • Orientação da Criança – Ellen G. White • Lar Adventista – Ellen G. White • Educação de filhos à maneira de Deus – Gary e Anne Ezzo

2. 4 – Projeto Pregador e Intercessor Mirim “Grande como Davi” Objetivo: Preparar as crianças e juvenis para se envolverem no programa evangelístico da igreja, nas ações de esperança como: Pequenos Grupos, Duplas Missionárias, Evangelismo Público. Pois serão elas que terão total liberdade para pregar o evangelho nos últimos dias, antes da volta de Jesus. Como Fazer: Organizar um curso básico nas igrejas ou distritos de um dia ou final de semana, com materiais oferecidos gratuitamente pela Associação/missão. O Currículo é composto de dois módulos, com seis assuntos cada um. No Final o aluno receberá uma credencial, que lhe dará o privilégio de pregar, dirigir um pequeno grupo e dar estudos bíblicos. 1. Módulo • Quem foi Davi

15


• Dicas para estudar a Bíblia • Como preparar um Sermão • Dicas para estudar o sermão • Discipulado e Pequeno Grupo • Grande Como Davi 2. Módulo • O Chamado de Deus para você • Qualidades e Características do Pregador e Intercessor do Século XXI • A Arte de Falar em Público • Como Pregar um Sermão • O Uso de Ilustrações • Cuidados com a Voz e Aparência Materiais: Pasta com as lições, caneta, boton, credencial.

2. 5 – Projeto de leitura da jornadinha Espiritual Objetivo: Fortalecer o relacionamento espiritual com Deus através de uma leitura apropriada e diária. Como Fazer: Estabelecer uma data para começar e encerrar o projeto (poderá iniciar juntamente com os adultos). Todos deverão adquirir sua jornadinha. Poderá estabelecer um encontro de todos os participantes para testemunhos e fortalecimento do projeto. Mandar torpedos uns para os outros lembrando e incentivando a leitura da jornadinha. Encerrar o projeto com um lindo programa, com muitas músicas e testemunhos e no final uma confraternização. OBS: Este projeto terá parceria com o Departamento de Mordomia.

2. 6 – Projeto “Eu conheço Minha História” para os Juvenis. Objetivo: Tornar a história da igreja conhecida para juvenis e adolescentes solidificando a sua fé para que tenham segurança de que esta é a igreja verdadeira. Como fazer: 1. Treinamento - Caso queira realizar este programa em sua igreja, é necessário que em primeiro lugar haja um treinamento para os professores e a equipe que vai dirigir o projeto a fim de que conheçam a história, o material, o conteúdo e a didática necessária. Fique atento ás orientações da líder do campo (todo material para o treinamento você encontra com a líder do seu campo).

16

2. Programa - Faça a inscrição dos participantes proporcionando material necessário para cada um. As reuniões poderão ser no sábado à tarde num total de nove encontros. No final da série deverá ser organizada uma formatura para que a igreja e a comunidade possam apreciar ou mesmo aprender um pouco de nossa história. OBS: Este projeto pode também ser realizado para a igreja, apresentado pelos adolescentes. 3. Material - Livro do Professor, livro do aluno, pasta com adesivos, bloco de anotações, boton e caneta.

2. 7 – Classe bíblica batismal “Batismo da Primavera”. Objetivo: Levar juvenis de 8 a 14 anos que não são batizados o conhecerem melhor a Jesus, seus ensinamentos e a tomarem uma decisão de vida ao Seu lado. Como Fazer: 1. Classe Semanal – Faça um levantamento das crianças não batizadas de 7 a 14 anos ou mais para que participem do programa que deverá ocorrer uma vez por semana. Convide também as crianças que participaram da Semana Santa é que fazem parte de um Pequeno Grupo. As crianças que não são da igreja devem estar acompanhadas de um amigo adventista. Dessa forma, elas não se sentirão sozinhas e a criança adventista estará sendo treinada em como ensinar ou dar um estudo bíblico. As reuniões poderão acontecer no sábado à tarde ou no domingo antes do culto. Encontre alguém capaz para este trabalho, um bom professor, a fim de que consiga explicar as verdades de forma compreensível para elas, levando-as à decisão do Batismo da Primavera. O ideal é iniciar em maio para concluir em setembro. 2. Material – Com a líder do campo ou pastor de sua igreja.

2. 8 – Semana de Oração de Mordomia Objetivo: Ensinar as crianças os princípios de Mordomia Cristã quanto ao uso dos recursos financeiros, tempo, talentos, corpo como o templo do Espírito Santo, e a compreenderem que tudo são dádivas do Senhor. Como fazer: Vamos ajudá-los através da: 1. Semana Especial – Você pode realizá-la paralela a semana de mordomia dos adultos em uma sala separada ou ainda aos sábados a tarde. É preciso conhecer o material, preparar o que for sugerido e necessário para que os objetivos sejam alcançados. 2. Materiais – DSA - Procurar na Associação.

17


2. 9 – Sábado Mundial da Criança Adventista Objetivo: Valorizar as crianças da igreja com a programação voltada para elas e com a participação delas. É uma forma de a igreja mostrar que Jesus as considera importante, especialmente nesta época do ano que o comércio e demais instituições estão fazendo o mesmo. Como fazer: Vamos valorizá-los através: 1. Culto Divino Especial – Trabalhe junto com os anciãos, líderes de desbravadores e aventureiros. Planejem com antecedência este dia. As responsabilidades podem ser distribuídas entre todos, inclusive os pais. Convide as crianças da comunidade para este evento. O programa acontece no 2º sábado de outubro e deve ser voltado para as crianças, inclusive pode-se colocar uma delas para pregar ou realizar partes especiais dentro da programação. 2. Momento da oração mundial pelas Crianças em Risco No Dia Mundial da Criança Adventista, acrescentemos a oração pelas crianças, no mundo inteiro, que estão em risco. Deveríamos incluir isso em algum momento. Podemos fazê-lo tanto durante a Escola Sabatina quanto no culto divino ou em qualquer outro programa organizado para esse dia. Há muitas crianças, no mundo, que sofrem. Todos têm conhecimento dessa realidade. Milhares de pessoas estão trabalhando arduamente para ajudá-las, mas os esforços são inatingíveis. O Salmo 68:5, 6 diz: “Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada. Deus faz com que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril”. O Senhor cuidará desse grupo de crianças por nosso intermédio e o de nossas orações. Como Ministério da Criança, iremos nos unir para incentivar a oração pelas crianças em situação de risco, no mundo inteiro. Motivos específicos de oração: • Crianças em orfanatos; • Instituições e igrejas que estão ajudando a encontrar famílias para adotar as crianças órfãs; • Pelas crianças que sofrem abuso verbal e físico por parte dos pais ou outros adultos; • Para preparar e ensinar aos pais a fazer discípulos de seus filhos, sem o uso da violência; • Pelas crianças que não têm o que comer;

18

• Pelas crianças que precisam trabalhar para comer e que não podem frequentar a escola; • Para que haja recursos para ajudar essas crianças necessitadas; 3. Culto Jovem – Devem ser feito pelas crianças supervisionadas pelos professores. 4. Programa Social – Elabore algo divertido para elas a noite com jogos, brincadeiras, sorriso e algo gostoso para alimentá-las. 5. Materiais – Preparado pela DSA – procurar na Associação. Use sua criatividade.

3 - MINISTÉRIO DO SERVIÇO “JESUS AMA A VOCÊ TAMBÉM”. 3. 1 – Crianças testemunhando de Jesus através do livro sem palavras. Objetivo: Oportunizar as crianças a darem seu testemunho pessoal onde estiverem: na igreja, no lar e na comunidade contando a mais bela história de Amor. Como fazer: Ajudá-los na confecção do seu próprio livro. Livro este contendo seis páginas cada uma de uma cor.

PÁGINA DOURADA. Essa cor lembra um lugar especial, onde Deus vive: o Céu. Lá as ruas são de ouro e todos são felizes, na companhia de Deus Pai e seu filho Jesus. Você sabe que Deus é o criador do Céu, da Terra e do universo. Ele fez você e a mim e tem um coração cheio de amor por nós. Ele criou este mundo perfeito para que nós vivêssemos felizes para sempre. Mas um dia ... um inimigo trouxe o pecado para cá e o pecado estragou esta Terra e tirou dela a paz e a harmonia.

PÁGINA PRETA. Sabe o que é pecado? São coisas ruins que fazemos, pensamos ou dizemos, que quebram a lei de Deus, como: desobediência, mentira, maldade, nas palavras ou nas ações... O resultado do pecado é a morte, ou seja, a separação de Deus, para sempre. Desde que o pecado entrou no mundo, todos estariam condenados a morte, se Deus não fizesse nada. Mas Deus, que tem um coração cheio de amor, fez um plano para nos salvar. E é isso que a próxima página nos ensina.

19


PÁGINA VERMELHA. Deus tanto amou o mundo, que deu o Seu Filho Jesus para morrer em nosso lugar. (S. João 3:16) Jesus nasceu um bebezinho, cresceu e se tornou um homem,mas nunca pecou. Um dia,homens maus o pregaram numa cruz e ali derramou seu sangue e morreu em nosso lugar, recebendo o castigo pelos nossos pecados. Jesus foi sepultado, mas ressuscitou e foi ao céu preparar moradas para aqueles que o aceitarem como Salvador e quer morar com ele, um dia. Você acredita que Ele morreu por você também e deseja ser seu Salvador? Acredita que Ele pode apagar os seus pecados e deixar seu coração limpinho como a próxima página? Vou lhe dizer como isso é possível. PÁGINA BRANCA. Converse com Deus em oração, diga-lhe que você aceita Jesus como o seu Salvador, quer o perdão de seus pecados, e quer fazer a vontade de Deus. Deus vai perdoar os seus pecados e ajudá-lo a não pecar mais e a obedecer às orientações da Sua Palavra, a Bíblia Sagrada. (João 1:12) Você pode conversar com Ele sempre que quiser, em qualquer lugar; Jesus estará sempre com você. (Heb. 13:5,6) PÁGINA VERDE. Esta página verde nos lembra de coisas como folhas, grama, flores, árvores .... coisas que têm vida, por isso crescem. Quando você receber Jesus como Salvador, é recebido na família de Deus como um bebê recém-nascido. Deus quer que você cresça, como as plantas crescem. Mas não estou falando em crescer de tamanho, mas crescer em bondade, amor e conhecimento. A cada dia você leia a Palavra de Deus e Ore, ou seja, fale com Deus, todos os dias, ele lhe dará poder para fazer o que é certo. Mas se você fizer alguma coisa errada, ou cometer um pecado, sabe o que fazer? (João 1:9). Conte ao Senhor que você errou e peça-lhe perdão. Peça ajuda para não pecar mais. Ele vai atendê-lo; acredite, tenha confiança e esperança! Vá à igreja e à Escola Sabatina, onde aprenderá mais sobre Jesus. PÁGINA DOURADA. Jesus vai estar com você todos os dias, e enviará um anjo poderoso para lhe acompanhar. E um dia virá buscá-lo para ir morar com Ele naquela cidade de ruas de ouro, onde não existe mal, tristeza e morte. Ele prometeu, Ele vai cumprir! Você quer morar lá no Céu, com Jesus.

20

3. 2 – Plano “Sábado Solidário” uma vez por trimestre Objetivo: Conscientizar as crianças da importância de servir aos semelhantes e de cuidar do meio ambiente onde vivem como demonstração de amor por tudo o que Deus criou. Como fazer: Organizar as seguintes atividades uma vez por trimestre Como: visitar uma família, que perdeu seu ente querido. Ajudar a limpar alguma área da igreja. Ajudar a ASA em algum projeto de arrecadação de alimentos. Limpeza de alguma área de uma praça pública. Entregar sementes de plantas, etc. Algumas recomendações: • Tomar todas as precauções quanto às saídas com as crianças, a fim de resguardá-las com toda a segurança. Os pequeninos devem ser acompanhados por seus pais ou responsáveis, além dos professores. E os maiores devem apresentar uma autorização assinada pelos pais. • Para as saídas é necessário se informar sobre o sistema de seguros disponível • Tomar cuidados especiais, como prevenção, enquanto atuam nessas atividades, para que as crianças não fiquem expostas a algo que traga riscos para sua saúde e segurança geral.

3. 3 – Pequenos Grupos Objetivo: Promover o crescimento espiritual, a socialização, companheirismos, evangelização e o desenvolvimento dos dons, contribuindo na formação de novos líderes. Como Fazer: Orientar as crianças que dispuseram realizar o pequeno grupo, bem como seus pais. • Escolher o local onde funcionará o pequeno grupo (casa, igreja, etc.) • Estipular quais os dias das reuniões, que deverão ser regulares. • A duração das reuniões devem ter uma hora e quinze minutos • Pequeno Grupo deve ser formado com 3 a 12 pessoas, não mais que isso, caso aumente deve ser divido. • A reunião deve se dividir em partes: Confraternização e Louvor, testemunho e evangelização, Comunhão e Oração, estudo da Bíblia. Materiais: Caderno do professor e caderno do aluno. Distribuídos gratuitamente, assim que o pequeno grupo se cadastra na Associação.

21


3. 4 – Projeto “Carteiro Missionário Objetivo: Motivar as crianças a dar estudos bíblicos para amigos, vizinhos e familiares. Como fazer: Organizar o lançamento do projeto em um sábado pela manhã, estipular data para começar e terminar, e a data da formatura com entrega do certificado para os que concluíram o estudo bíblico. Os pais devem ser convidados; no final organizar uma confraternização com comes e bebes. Elaborar uma ficha de cadastro com todos os dados dos carteiros Missionários, e de quem estará recebendo o estudo. Obs.: Orientações com a líder do Campo.

3. 5 – Projeto Impacto Esperança para as Grandes Cidades. Objetivo: Integrar as crianças no projeto missionário da igreja, para que compreendam a importância do trabalho unificado para a conclusão da pregação do evangelho. Como fazer: Motivar através de cartazes, anúncios o dia do impacto Esperança. A divisão tem produzido a cada ano um livro para as crianças que considera os mesmos temas para os adultos, porém adaptado à idade delas. Providenciar balão de gás, lanche, água, etc, para o grande dia. Material: Livro “Deus e o Anjo Rebelde” (Versão infantil do Livro Grande Conflito).

OBS: Sugerimos que seja feita uma parceria com o departamento Ministério Jovem, no projeto: Missão Calebe, onde os adolescentes poderão atuar como staff em sua cidade. (Ver mais detalhes com a líder de seu campo).

3. 7 – Semana Santa Objetivo: Promover o funcionamento de centros de pregação em cada igreja local e nos lares, dirigidos por crianças e para crianças. O programa ocorre paralelo aos dos adultos (ter adultos como apoio). Como fazer: Vamos ajudá-los através de: 1. Propaganda – Será entregue um convite para distribuição a amigos, vizinhos e parentes. Você poderá também junto com eles convidar alunos das escolas no entorno da igreja. 2. Planejamento – Organize uma equipe que lhe ajudará durante a semana. Distribua as responsabilidades. Convidar os adolescentes para ajudar na programação. 3. Material – DSA – Manual do professor e caderno de atividade do aluno. Distribuído pela Associação.

4 - MINISTÉRIO DA PROTEÇÃO 3. 6 – Escola Cristã de Férias. Objetivo: Levar o evangelho às crianças e juvenis não adventistas e solidificar os ensinos bíblicos ocorridos nos tempos de Jesus através de histórias, músicas, atividades lúdicas criativas e culturais. Como Fazer: Siga as orientações para efetivar a ECF em sua igreja. 1. Treinamento - É necessário que os líderes e professores participem do treinamento da ECF e conheçam o material de divulgação e explicativo em DVD. Estaremos trabalhando com o tema “Aventuras da ADRA” (poderá ser feito com temas já trabalhados). 2. Programa - O planejamento para este evento é importante e deve acontecer com antecedência. O programa é realizado no período das férias escolares tanto no meio como no fim ou começo do ano. Tem a duração de 7 dias com 3 horas de atividades podendo ser no período da manhã ou da tarde. Você deve fazer a propagando antecipadamente para que cada criança da igreja possa trazer um amiguinho. 3. Material - Jogo com manuais para os professores (5 livros) e caderno de atividades para todos os alunos.

22

4. 1 – Campanha “Quebrando o Silêncio” Objetivo: Proteger e orientar as crianças contra todo e qualquer tipo de abuso físico, psicológico, social e sexual. Como fazer: Não só no dia escolhido para abordar o tema, mas durante todo o ano devem-se trabalhar maneiras de proteger nossas crianças como: 1. Escolher voluntários com elevados princípios morais e espirituais, que adotem medidas de segurança para proteger as crianças, orientando através de palestras, seminários, dos possíveis agressores e como se defenderem. Encorajá-las a quebrar o silêncio quando sofrerem algum tipo de agressão. 2. Envolvê-las na campanha “Quebrando o Silêncio” na distribuição de folhetos e revistas. 3. Promover seminários e encontros onde seja abordado o tema da sexualidade, homossexualismo, pornografia, perigos da internet e outros.

23


ROL DE BERÇO (0-3 ANOS) Muitos acreditam que nesta fase o bebê e a criança ainda não conseguem compreender nada sobre as questões espirituais e que, portanto, seja desnecessária qualquer ação neste sentido. Engano, pois “as primeiras lições impressas na mente da criança, raras vezes são esquecidas” Orientação da Criança, pág. 487. Estágio do Desenvolvimento: Aspecto Físico-motor – Refere-se ao desenvolvimento do organismo e ao grau de maturação motora da criança. • Crescimento rápido; • Cansam-se facilmente; • Não conseguem ficar sentadas por muito tempo; • Dificuldade de ficarem paradas, quietas; • Necessidade de manipular objetos; • Está descobrindo o seu corpo, sua voz e aprendendo a usá-los. Aspecto Intelectual – Refere-se à capacidade de pensamento e raciocínio. • Dificuldade em manter a atenção por muito tempo (em torno de 2 a 3 minutos);

Sessão 2

• Distraem-se com facilidade; • Aprendizagem se dá por meio da imitação, repetição e envolvimento participativo em atividades e ao cumprimento do propósito de Deus. • Baixa retenção e aprendizado por meio de instruções;

Trabalhando Baseado no Perfil de Cada Idade

• Aprendizado totalmente baseado no concreto; não consegue pensar nem aprender por meio de coisas abstratas ou imaginativas; • Aprendem e se desenvolvem por meio da rotina; • Necessitam de ordens específicas; sim – não; faça – não faça; pode – não pode etc. Aspecto Afetivo-emocional – Refere-se ao modo como a criança interage com suas emoções. • Extremamente egocêntricas; • Temem o distanciamento dos pais ou responsáveis; • Choram com muita facilidade, inclusive ao verem outra criança chorar; • Muitas das suas necessidades são externadas por meio do choro (sua principal forma de comunicação);

24

25


• Quando se sentem amadas e aceitas, apegam-se intensamente ao adulto que lhe proporcionou tais sentimentos. Aspecto Social – Refere-se ao modo como a criança reage em situações que envolvem outras crianças ou pessoas em geral. • Insegurança com pessoas estranhas; • Geralmente são tímidas perto de pessoas estranhas; • Egocêntricas em sua relação com outras crianças; • Extremamente dependente da atenção de outros adultos; • Muita necessidade da presença dos pais ou responsáveis; • Frequentemente demonstram ciúmes por seus pais ou responsáveis, principalmente em relação a outras crianças. Aspecto Espiritual – Refere-se à maneira como a criança adquire e desenvolve sua espiritualidade. • Conseguem identificar figuras de personagens bíblicos (Jesus, anjo, Moisés no cesto, Jonas e o peixe, Naamã); • Começam a portar-se com reverência em momentos de oração (ajoelham, colocam as mãozinhas, fecham os olhos – isso por um curto trecho de tempo);

Como as Crianças Desta Fase Aprendem Durante esta fase todo o conhecimento do mundo da criança está baseado na exploração de seus sentidos (audição, tato, visão, paladar, olfato). A professora deve explorar estas características oferecendo objetos com cores fortes, tamanhos grandes, que emitam sons e texturas variadas, que podem ser manuseados e que a criança possa sentir e compreender a mensagem que está sendo transmitida. “A criança aprende sobre os objetos levando-os até a boca, balançando-os e jogando no chão. Sentar, engatinhar, andar, subir nas coisas e correr é também meios de fazer descobertas.” Assim o professor deverá explorar estas coisas parar proporcionar à criança o aprendizado que deseja transmitir, pois, nesta fase, a criança interioriza somente aquilo que é por ela explorado por meio dos sentidos. Como o tempo de atenção e interesse é extremamente curto (2 a 3 minutos), a professora precisa munir-se de uma série de “novidades” para apresentar aos pequeninos e, assim, mantê-los atentos à história bíblica. Vale lembrar que a criança retém de 5 a 10% daquilo que o professor fala, 25% do que ela vê e ouve e 65% a 70% quando ouve, vê e participa ativamente. Estas informações são extremamente relevantes para conscientizar ao professor da importância de trabalhar com suas crianças de forma que ela possa ter seu aprendizado potencializado.

• Aprendem pequenos trechos musicais; • Aprendem pequenas orações; • Apreciam histórias bíblicas; • Gostam de poesias curtas e com rimas. Dicas para trabalhar com elas • Quando elas estiverem sentadas, devem estar acomodadas de forma que seus pés alcancem e se fixem no chão. Será muito incômodo a elas ficarem com as perninhas penduradas por muito tempo; • Quando ainda forem pequenos bebês (até 18 meses) eles podem ficar em: cestos de bebês, bebê conforto, moisesinho, andadores sem rodinhas, no colo dos pais; • Mantenha a sala limpa e arejada; • O cenário deve ser variado a cada mês, conforme muda a história bíblica; • Utilize cores vivas, brilho, objetos chamativos; • Monte o cenário de tal forma que fique à altura dos olhos de seus alunos sentados. Eles devem vê-los sem ter que ficar olhando para cima.

26

JARDIM DA INFÂNCIA (3-6 ANOS) Nesta fase do desenvolvimento infantil a criança já superou sua necessidade de conhecer o mundo por meio das sensações corporais. Agora é sua imaginação que ganha “asas” e viaja pelas diversas possibilidades que conseguir criar. Outra importante característica é a “ingenuidade”. Acreditam em tudo que lhes é apresentado (animais que falam, plantas conversam com elas e entre si, carros possuem vida etc.). Creem piamente que Deus pode resolver todos os problemas, dos mais complexos aos mais simples. Oram fervorosamente e esperam resposta ás suas necessidades. Elas possuem um forte desejo de agradar a Jesus, aceitam e retribuem o Seu amor. Este é o momento de explorarmos estas características naturais para fixar estes pontos tão maravilhosos no caráter infantil a ponto de produzirem efeitos durante toda sua vida. Estágio do Desenvolvimento: Aspecto Físico-motor – Refere-se ao desenvolvimento do organismo e ao grau de maturação motora da criança.

27


• Possuem muita energia; • Aprendem explorar o ambiente em que se encontram; • Facilmente se acidentam ou adquirem doenças próprias da infância; • Sua coordenação muscular começa a se desenvolver; • Sua capacidade de equilíbrio ainda está em desenvolvimento; • Facilmente, sentem-se cansados; • Intensamente ativos, não gostam de monotonia; • Ávidos exploradores e extremamente curiosos (aprendem por meio das descobertas conquistadas em função da exploração). Aspecto Intelectual – Refere-se à capacidade de pensamento e raciocínio. • Memorizam coisas mesmo sem compreender o significado; • Sua atenção já começa a fixar-se por um tempo maior, mas ainda é curta (5 a 9 minutos); • Sua aprendizagem é pautada em situações concretas, ou seja, sente dificuldade de concentrar-se e compreender sem que lhe sejam apresentados auxílios visuais, sonoros etc.; • Já desenvolveram um amplo vocabulário e tendem a ser bem comunicativas; • Extremamente curiosas e alegres. Aspecto Afetivo-emocional – Refere-se ao modo como a criança interage com suas emoções. • Desenvolvem a empatia e, nesta fase, inicia-se o processo de “pensar no outro”; • Choram com facilidade; • Sentem medo facilmente; • Começam a conseguir verbalizar seus sentimentos e emoções; • Iniciam a aprendizagem e a capacidade de demonstrar emoções e sentimentos negativos; • Por vezes são tímidas e sentem grande necessidade de reafirmação, amor e segurança por parte de outros significativos; • Impulsivas, explosivas e facilmente são motivadas e entusiasmadas; • Aprendem a esperar até que seus desejos ou necessidades sejam satisfeitos sem, por isso, perder o equilíbrio emocional.

28

Aspecto Social – refere-se ao modo como as crianças reagem em situações que evolvem outras crianças ou pessoas em geral. • Ainda vivem um intenso egocentrismo refletido em suas relações; • Para elas, o mundo gira em torno de si mesmas (centradas no eu) • Muitas vezes, preferem brincar sozinhas a brincar com os amigos; • Gostam de conhecer novas crianças e estar junto delas. Aspecto Espiritual – Refere-se à maneira como as crianças adquirem e desenvolvem sua espiritualidade. Precisam: • Compreender que são amadas por Deus e que Ele Se preocupa com elas; • Aprender a respeitar a Deus e à igreja; • Fazer distinção entre o certo e o errado e fazer escolhas corretas; • Aprender a depender de Deus para escolher fazer o que é o certo. Dicas para trabalhar com elas • As cadeiras ou poltroninhas devem ter altura que possibilite às crianças fixar seus pés no chão • Certifique-se que não haja nada na sala que possa machucá-las. Elas gostam muito de explorar o ambiente. • Tenha sempre uma novidade para chamar-lhe a atenção. A cada 10 ou 15 minutos uma novidade precisa ser introduzida para retomar a atenção e dar continuidade ao interesse pelo ensino transmitido. • Estabeleça um sinal de silêncio. Nesta fase. Isto funciona muito bem. Pode ser um sininho, palmas com ritmo, uma determinada música que fale sobre silêncio ou um gesto que vocês tenham combinado anteriormente. Assim que elas começarem a ficar agitadas, apresente o sinal de silêncio e evite desgastes. Elas precisam de: • Oportunidade para fazer pequenas escolhas; • Liberdade para realizar pequenas explorações dentro de limites preestabelecidos; • Alguma autonomia em contexto e atividade de aprendizagem; • Limites preestabelecidos que lhes transmitam segurança, cuidado e amor; • Processo de ensino-aprendizagem de forma lúdica; • Orientação e disciplina para estruturar as bases da vida do aluno.

29


Como a criança do Jardim aprende • Aprendizagem ainda é muito pautada pela exploração dos sentidos, pela repetição e pela utilização de elementos que lhes sejam familiares; • Atividade manuais. Nesta fase elas já possuem uma coordenação motora mais desenvolvida e estão desejosas por atividades que ocupem suas mãos. Ofereça atividades com este propósito, os artesanatos simples são muito bem-vindos. • Através de atividades que variem ação, intensidade e momentos tranquilos para que possam calmamente refletir sobre o aprendizado que tiveram; • Encenações. Elas apreciam muito assistirem e, principalmente, participarem de dramatizações a fim de aprenderem por meio de sua atuação concreta; • Enfatize a necessidade de agradar a Deus por meio de ajuda a outras pessoas. Incentive-as a compartilhar coisas, a se envolverem em projetos filantrópicos e a falarem de Jesus a outros. Isto agradará a Deus; • Utilize a música para ajudá-las a expressarem seu amor a Deus por meio do louvor. Elas apreciarão muito os cânticos em grupo; • Ajude-as se verem nas histórias trabalhadas tirando lições para suas vidas.

CRIANÇAS DOS PRIMÁRIOS (6-10 ANOS) Durante esta fase, a criança ainda possui seu pensamento firmado no que é concreto, real e pode ser vivenciado. Possui muita habilidade de memorização. Neste momento o professor e os pais devem explorar esta característica para ajudá-la a fazer da Bíblia e dos valores espirituais sua busca mais prazerosa. É agora que a criança vai aprender a “esconder a palavra no coração para não pecar...” (Sl 119:11). A criança dos primários aprecia muito participar de atividades como: concurso, testes bíblicos, gincanas etc.

• Normalmente apresentam um pouco de hipermetropia- dificuldade para focalizar objetos próximos dos olhos (comum até por volta dos 08 anos de idade). Aspecto Intelectual – Refere-se à capacidade de pensamento e raciocínio. • Sua capacidade de manter a atenção já ocorre por um período maior (9 a 15 minutos) quando é envolvida em algo que a agrada; • Possuem grande capacidade de memorização; • Seu interesse maior deixa de ser o “era uma vez...” ou “Há muito tempo atrás...” e instala-se em coisas que ainda irão acontecer e principalmente nas que estão acontecendo na atualidade, embora ainda se interessem muito por histórias; • Fazem muitas perguntas, são curiosas e muito observadoras; • Gostam de discutir experiências, novas descobertas e ideias; • Gostam de debater sobre novas ideias e experiências; • Por estarem adquirindo a leitura, apreciam muito demonstrar esta nova habilidade; • Têm dificuldades de encontrar e ler textos da Bíblia. Embora precisem de ajuda, também necessitam praticar para conquistar mais esta capacidade; • Apreciam muito a descoberta de novas palavras e gostam de usar seu novo vocabulário; • Permanecem com seu pensamento baseado em situações concretas necessitando ainda de gravuras, objetos, experiências e vivências reais que a auxiliem na compreensão dos ensinos transmitidos; • Inicia-se sua capacidade de distinguir as coisas reais e as imaginárias; • Sua capacidade de noção de tempo e desenrolar de sequência histórica ainda são restritas e limitadas; • Fazem muitas perguntas (são extramente curiosas); • Mostram-se muito observadoras;

Estágios do Desenvolvimento: Aspecto Físico-motor – Refere-se ao desenvolvimento do organismo e ao grau de maturação motora da criança. • Coordenação muscular e equilíbrio em desenvolvimento satisfatório; • Sentem grande necessidade de chamar a atenção para si mesmas; • Comportamento, na maioria das vezes, agitado; • Ávidas por novas descobertas e novas habilidades adquiridas; • Apreciam a musicalidade, portanto gostam de cantar;

30

• Senso de justiça aguçado. Extremamente comprometidas com o que é o certo e desejam a punição para os que quebram regras. Aspecto Afetivo-emocional – Refere-se ao modo como a criança interage com suas emoções. • Embora ainda necessitem da segurança que a rotina lhes proporciona, gostam de pequenas “novidades” E variações; • Extremamente inseguras e temerárias quanto a temas como morte, separação e divórcio;

31


• São motivadas a buscar o reconhecimento pessoal; • Começam a controlar suas emoções negativas e a desenvolver a habilidade de expressar-se de forma mais aceita pelo grupo. • Necessitam de bons exemplos dos adultos, inclusive sobre religiosidade e domínio próprio.

• Necessitam de autoafirmação e firmar sua autoestima, portanto o professor deverá proporcionar vivências que lhes ofereçam tais oportunidades.

Aspecto Social – Refere-se ao modo como a criança reage em situações que envolvem outras crianças ou pessoas em geral. • Possuem grande necessidade de serem aceitas e se sentir parte de grupos; • Necessitam sentir-se integradas à igreja e desenvolverem sólidas amizades; • Gostam de atividades grupais: jogos, concursos, projetos, atividades em geral; • Gostam de aplicar as regras ao comportamento das ouras pessoas; • Apreciam o relacionamento com os adultos e sentirem que eles gostam de estar com elas e ajudá-las; • São extremamente ativas, enérgicas; • Gostam da ideia de possuírem um “melhor amigo” dentre o grupo de colegas que possuem.

• Lançar mão da oração como um poderoso instrumento de relacionamento com Deus;

Aspecto Espiritual – Refere-se à maneira como a criança adquire e desenvolve sua espiritualidade. • Possuem grande interesse em Deus e nas coisas espirituais; • Começam a compreender os simbolismos espirituais mais simples e de pouca complexidade; • Acreditam piamente no que a igreja e líderes religiosos lhes ensinam; • Imitam exemplos percebidos na vida de adultos sobre o estilo de vida cristã; • Se forem ensinadas e incentivadas, fazem da oração uma parte fundamental de sua vida; • Possuem um forte desejo de agradar a Deus; • Começam a compreender ensinos sobre o pecado e sobre a salvação em Jesus; • Apreciam e aceitam o convite para serem pequenos mordomos fiéis; • Quando lhes fazem apelo, desejam aceitar a Jesus como seu melhor amigo e como Salvador de suas vidas. Dicas para trabalhar com elas • Por estarem na fase de desenvolver o senso de responsabilidade, necessitam que lhes deem atribuições, tarefas a serem executadas e o respectivo reconhecimento de sua atuação;

32

Eles precisam de: • Compreender que são amadas por Deus e que Ele se preocupa e cuida delas; desenvolver íntima amizade com Jesus;

• Compreender os ensinos sobre perdão e misericórdia, bem como experimentar o perdão de Deus e oferecer àqueles que lhes fizeram algum mal; • Conhecimento real quanto à lei de Deus e sua influência na vida do cristão. Como a Criança dos Primários Aprende • Através de oportunidades concretas de trabalharem para Deus • Envolvendo-se em projetos, sociais, filantrópicos, missionários; • Por meio de atividades manuais através das quais consegue descobrir uma aplicação real e concreta para sua vida; • Através de novidades. Surpreenda-as ao variar ocasionalmente a disposição da sala e rotina da Escola Sabatina; • Por meio de histórias que lhes ofereçam uma situação que as envolva • Incentive-as à leitura da Bíblia; • Estudem a biografia de “heróis da fé” e encontre características destes personagens que deveriam ser imitadas; • Explique as regras: objetivos, finalidade, motivos.

JUVENIS (10-13 ANOS) Os juvenis entram em uma fase em que começam a se ver como deixando de ser criança. Alguns já começam a questionar certos conceitos, mas ainda estão muito receptivos à voz do professor e a fala tem grande influência sobre eles. Esta fase é um momento muito especial para firmá-los na igreja. Os que porventura ainda não tenham sido batizados devem ser incentivados a isto. Os demais precisam arraigar em seu coração o amor a Deus, pela igreja e pela salvação de pessoas que não conhecem a Deus.

33


Um dos papéis mais importantes a ser realizados nesta fase é o treinamento deles para assumirem as atividades, tarefas e cargos na igreja, se preparando para, no futuro próximo, serem parte da liderança. Como professor exerce muita influência sobre eles, deve usar isto para promover e desenvolver o interesse e a desenvoltura para as tarefas da igreja. Um grande auxilio seria a apresentação de temas relacionados com os dons espirituais. Cada criança, nesta fase, poderia ser incentivada a conhecer o tema dos dons espirituais e dar início a um processo em que pudessem descobrir os seus próprios dons para atuarem na áreas relacionados a eles. Seguem algumas sugestões: • Pregadores e evangelizadores teen • Curso de oratória • Projetos sociais • Recepção • Diácono mirim • Cantores mirins • Equipe de louvor • Sonoplastia Estágios do Desenvolvimento: Aspecto Físico-motor – Refere-se ao desenvolvimento do organismo e ao grau de maturação motora da criança. • Crescimento e desenvolvimento físico ocorrem em ritmos diferentes: crianças e pré-adolescentes; • Gostam muito de se relacionar com pessoas de sua idade, por isso gostam de conversar e, geralmente, são participativos quando a temática trabalhada lhes cativa à atenção. • Possuem muita energia e gostam de fazer barulho; • Sua capacidade de comunicação e fluência verbal já alcançou um nível satisfatório de desenvolvimento. Aspecto Intelectual – Refere-se à capacidade de pensamento e raciocínio. • Quando lhes apresentam temáticas interessantes, possuem uma grande capacidade de atenção e envolvimento com a atividade; • Começam a buscar, por si próprios, respostas para seus questionamentos;

34

• A capacidade de raciocinar a partir de coisas abstratas começa a se desenvolver mais intensamente, embora ainda precisem de explicações para palavras e conceitos abstratos para a plena compreensão; • Começam a questionar e desafiar a autoridade dos mais velhos; • Aprendem a raciocinar da causa para o efeito, quando devidamente orientados; • Conciliam as características de serem, ao mesmo tempo, realistas e imaginativos; • Necessitam de atividades o tempo todo, caso contrário sentem-se enfadados. Aspecto Afetivo-emocional – Refere-se ao modo como a criança interage com suas emoções. • Mudam facilmente de humor • Quando não conseguem visualizar um propósito pertinente para uma atividade que lhe é apresentada, ficam entediados e não demonstram interesse, negando-se, até mesmo, a participar; • Normalmente possuem baixa autoestima, principalmente em função das primeiras mudanças em seu corpo; • Estão construindo seu alicerce sobre: moral, valores, respeito, certo e errado. O que torna esse momento muito apropriado para a incursão em torno de valores morais e espirituais; • Possuem muita necessidade de aprovação, afirmação. Aspecto Social – Refere-se ao modo como a criança reage em situações que envolvem outras crianças ou pessoas em geral. • Estão constantemente buscando referenciais, paradigmas, exemplos, “heróis”. Pais, professores e líderes da igreja deveriam atender a esta necessidade da criança; • Inicia-se a fase do desenvolvimento de sua identidade sexual (papel de menino e papel de menina); • São extremamente influenciados pelo grupo); • Têm necessidade intensa de aceitação por parte de colegas; • Têm grande desejo de agradar ao grupo em que estão inseridos; • Apreciam muito atividades dinâmicas e que lhes demandem muita “ação, energia, adrenalina”. Aspecto Espiritual – Refere-se à maneira como a criança adquire e desenvolve sua espiritualidade. • Buscam exemplos, paradigmas, modelos espirituais nos adultos à sua volta; • Sentem que a responsabilidade de seus pecados é sua;

35


• Valorizam o conhecimento prático da Bíblia, isto é, a aplicação à sua própria vida; • Possuem plena condição de tomar decisões ao lado de Jesus, no que se refere à salvação pessoal; • Necessitam de regras, limites para guiar suas vidas, o que os fará sentirem-se seguros. Dicas para trabalhar com eles • Evite chamar os juvenis de crianças. Elas preferem que você utilize palavras como: garotos, meninos, pessoal etc. isto favorecerá a sua saudável autoestima. • Eles precisam de apoio especial no sentido de: • Receberem um pouco mais de autonomia; • Serem ouvidos quando estiverem falando; • Aperfeiçoar suas habilidades físicas, relacionais ou sociais; • Desenvolver e adquirir novas competências; • Desenvolver maior senso de responsabilidade; • Melhorar sua autoimagem. Como os juvenis aprendem Uma das principais características dos juvenis é a prestatividade, principalmente para com o professor. Este é o momento do professor incentivar ações que os envolvam pouco na dinâmica de atividade da igreja. Os alunos juvenis têm necessidades de conhecer como Deus influencia sua vida, compreender o amor e a aceitação de Deus; experimentar o perdão e a libertação do pecado; Compreender e confiar que Deus responde as suas orações; Confiar que possuem um Salvador que lhes dá a vitória sobre o pecado; confiar em Deus; aprender a trabalhar para Deus.

36

Complemento

37


Estudos Biblicos BÍBLIA 1. II Ped. 1:21 2. Heb. 1:1-3 3. II Tim. 3:15-17 4. João 5:39 5. Sal. 119:105 6. I Ped. 1:23-25 7. Rom. 15:4 8. Sal. 119:11 9. I Cor. 2:13-14 10. Prov. 2:3-5

ORAÇÃO 1. Luc. 18:1 2. Mat. 7:7 3. Rom. 8:32 4. Heb. 11:6 5. Mar. 11:24 6. Rom. 12:12 7. Fil. 4:6 8. Mat. 6:9-13 9. Tiago 5:16 10. Tiago 1:5-6

SÁBADO 1. Gên. 2:1-3 2. Êx. 20:8-11 3. Mar. 2:27-28 4. Êx. 16:4-5, 15:29 5. Neem. 9:13-14 6. Luc. 4:16 7. Luc. 23:54-56 8. Atos 13:14 9. Atos 17:2, 18:4 10. Isa. 66:22-23

SAÚDE 1. III João 2 2. I Cor. 6:19-20 3. I Cor. 3:16-17 4. I Cor. 10:31 5. Lev. 11:1-20 6. Isa. 66:15-17 7. Prov. 23:29-35 8. Prov. 20:1 9. I Cor. 9:25 10. Sal. 103:3

ORIGEM DO MAL 1. João 8:44 2. I João 3:8 3. Apoc. 12:7-9 4. Ezeq. 28:11-19 5. Isa. 14:12-20 6. Zac. 3:1-2 7. Apoc. 12:12 8. II Cor. 11:14 9. I Tim. 4:1 10. Efés. 6:8-10

SANTIFICAÇÃO 1. Mat. 5:48 2. I Ped. 1:15-16 3. I Tess. 4:3-4 4. I Tess. 5:23 5. Atos 20:32 6. I Cor. 1:30 7. Heb. 10:10 8. João 17:17 9. Fil. 1:6 10. Fil. 2:12-13

SEGUNDA VINDA 1. João 14:1-3 2. Atos 1:9-11 3. Apoc. 1:7 4. I Tess. 4:16-17 5. Mat. 24:3-7 6. Luc. 21:25-27 7. Dan. 12:4 8. II Tim. 3:1-5 9. Apoc. 6:12-17 10. Mat. 24:27,14

DÍZIMO 1. Sal. 50:9-12 2. Ageu 2:8 3. Deut. 8:18 4. Heb. 7:1-2 5. Gên. 28:20-22 6. Núm. 18:20-21 7. Lev. 27:30 8. Mal. 3:7-11 9. Mat. 23:23 10. I Cor. 9:13-14

SALVAÇÃO 1. Tito 2:11 2. João 1:29 3. João 3:16 4. João 6:37 5. Atos 4:12 6. João 14:6 7. João 3:3 8. Jer. 29:13 9. II Cor. 6:12 10. I João 5:11-12

OBEDIÊNCIA 1. Heb. 5:9 2. Atos 5:29 3. João 12:35 4. João 14:15-21 5. I Sam. 15:22 6. Mat. 19:17 7. Ecles. 12:13,14 8. João 15:10 9. Tiago 4:17 10. Apoc. 22:14

MILÊNIO 1. Apoc. 20:6 2. Apoc. 20:4 3. I Cor. 6:2 4. Jer. 4:23-26 5. Jer. 25:33 6. Apoc. 20:1-3 7. 8Apoc. 20:5-7 8. Apoc. 21:2,10 9. Apoc. 20:8-9 10. Mat. 25:41

NORMAS CRISTÃS 1. Isa. 62:10 2. I Tess. 3:13 3. I Cor. 10:31 4. Fil. 4:8 5. I Ped. 3:3-5 6. I Tim. 2:9 7. Isa. 3:16-24 8. II Cor. 6:15-18 9. I João 2:15-17 10. Col. 3:5-10

PERDÃO 1. I João 1:9 2. Isa. 1:18 3. Isa. 55:7 4. Isa. 44:22 5. Efés 1:7 6. Mat. 6:14-15 7. Sal. 86:5 8. Sal. 103:2-3,12 9. Jer. 31:34 10. Sal. 32:1-2

JUÍZO 1. Atos 17:31 2. II Cor. 5:10 3. Apoc. 20:12-13 4. Tiago 2:10-12 5. Heb. 7:25-26, 9:14 6. Daniel 7:9-10 7. Ecles. 12:13-14 8. Rom. 8:1 9. I João 2:1 10. João 5:22

MORTE 1. Jó 14:10,12,21 2. Gên. 2:7 3. Jó 27:3 4. Ecles. 12:7 5. Ecles. 3:19-21 6. Sal. 146:3-4 7. Sal. 6:5 8. Ecles. 9:5-6,10 9. João 5:28-29 10. Jó 19:25-27

DOM DE PROFECIA 1. Osé. 12:10,13 2. Efés. 4:8,11-13 3. Apoc. 12:17,19:10 4. Lam. 2:9 5. Prov. 29:18 6. Isa. 8:20 7. Mat. 7:15-20 8. Êx. 15:20 9. II Crôn. 20:20 10. I Tess. 5:20

CONVERSÃO 1. João 3:3-6 2. Atos 3:19 3. Mat. 18:3 4. I Ped. 1:23 5. João 1:12 6. Rom. 8:1,14 7. I Sam. 10:6 8. I Ped. 1:18-19 9. I João 5:4 10. II Cor. 5:17

OS 10 MANDAMENTOS 1. Êx. 20:3-17 2. Deut. 4:12-13 3. I João 3:4 4, Rom. 7:7,12,14 5. Rom. 3:20 6. Rom. 3:31 7. Sal. 19:7 8. Tiago 2:8-12 9. João 14:15 10. Apoc. 22:14

CÉU 1. João 14:1-3 2. Fil. 3:20-21 3. Apoc. 21:1-27 4. Apoc. 22:1-5,14 5. Isa. 65:17-25 6. Isa. 35:1-10 7. Isa. 33:24 8. Isa. 66:22-23 9. Apoc. 2:7 10. II Ped. 3:13

A IGREJA VERDADEIRA 1. Apoc. 12:17 2. Apoc. 12:10 3. Zac. 8:13 4. Miq. 4:7-8 5. Apoc. 18:1-4 6. Apoc. 14:6-12 7. Isa. 11:11 8. Isa. 26:2 9. Atos 2:38,41,47 10. Apoc. 22:14

38

Textos Biblicos para Situações Especiais ENFRENTANDO PRESSÕES • Provérbios 1:7-19 • Romanos 12:1,2 • Gálatas 6:1-5 • Efésios 5:1-20 CRÍTICAS E FOFOCA • Salmos 12; 19:14 • Provérbios 11:13;26:20 • 2Tessalonicenses 2:16-17 • Tiago 3:1-12 • Gálatas 6:1-10 • Colossenses 3:12-17 • 1 João 4:7-12 USO DO TEMPO • Provérbios 12:11; 28:19 • Marcos 13:32-37 • Lucas 21:34-36 • Timóteo 4:11-16 • Tito 3:8-14 PREOCUPAÇÕES COM O DINHEIRO • Provérbios 11:7 • Eclesiastes 5:10-20 • Mateus 6:24-34 • Lucas 12:13-21 • 1Timóteo 6:6-10 DESEMPREGO • Jeremias 29:10-14 • Lucas 16:1-13 • Filipenses 4:10-13 COMBATE À DOENÇA • Salmo 23 • Marcos 1:29-34;6:53-56 • Tiago 5:14-16 VÍCIOS • Salmos 40:1-5,11-17; 116:1-7 • Provérbios 23:29-35 • 2Coríntios 5:16-21 • Efésios 4:22-24 SOLIDÃO • 1Coríntios 7:25-38; 12:1-31 • Salmos 22; 42, 139 • João 14:15-31

RAIVA • Provérbios 15:1 • Romanos 12:17-21 • Mateus 5:21-24 • Efésios 4:26-32 • Tiago 1:19-21 TEMOR • Salmos 27; 91 • Isaías 41: 5-13 • Marcos 4:35-41 • Hebreus 13:5,6 • 1João 4:13-18 DESÂNIMO • Salmo 34 • Isaías 12:1-6 • Romanos 15:13 • 2Coríntios 4:16-18 • Filipenses 4:10-13 • Colossenses 1:9-14 • Hebreus 6:9-12 MEDO DA MORTE • Salmo 23; 63:1-8 • João 6:35-40 • Romanos 8:18-39 • 1Coríntios 15:35-57 • 2Coríntios 5:1-10 • 2Timóteo 1:8-10 DEPRESSÃO • Salmos 16; 43; 130 • Isaías 61:1-4 • Jeremias 15:10-21 • Lamentações 3:55-57 • João 3:14-17 • Efésios 3:14-21 ANSIEDADE • Salmos 25 • Mateus 6:24-34; 10:26-31 • 1Pedro 1:3-5: 5:7 INSEGURANÇA E BAIXA AUTOESTIMA • Deuteronômio 31:1-8 • Salmos 73:21-26; 108 • Filipenses 4:10-20 • 1João 3:19-24

CIÚMES • Salmo 49 • Provérbios 23:17 • Tiago 3:13-18 • 1Coríntios 13:1-13 MORTE DE UM ENTE QUERIDO • Jó 19:25-27 • João 11:25-27; 14:1-7 • Romanos 8:31-39; 14:7-9 • Tessalonicenses 4:13-18 • Eclesiastes 9:5-6, 10 ABANDONO • Salmo 90:1,2 • Isaías 65:17-25 • Lamentações 3:19-24 • Lucas 9:57-62 • Apocalipse 21:1-4 PRISÃO • Lamentações 3:34-36 • Mateus 25:31-46 • Lucas 4:16-21 CATÁSTROFE NATURAL • Gênesis 8-9:17 • Jó 36:22-37:13 • Salmos 29;36:5-9; 124 • Jeremias 31:35-37 • Romanos 8:31-39 • 1Pedro 1:3-12 AO TOMAR UMA DECISÃO DIFÍCIL • 1Reis 3 • Ester 4-7 • Salmos 25,37, 139 • Daniel 2:14-23 • Colossenses 3:12-17 • Atos 5:29 DESCOBRINDO A VONTADE DE DEUS • Salmo 15 • Miqueias 6:6-8 • Mateus 5:14-16 • Lucas 9:21-27 • Romanos 13:8-14 • 2Pedro 1:3-9 • 1João 4:7-21

39


Meus Contatos Nome

40

Telefone

E-mail

Meus Contatos Nome

Telefone

E-mail

41


rel este envie e

Telefone

este envie e Destaque relatório este envie e Destaque relatório este envie e Destaque relatório este envie e ue

42

Relatório - 1o trimestre ATIVIDADES

E-mail relatório

Nome

Destaque

Meus Contatos

OBS.:

1. Sua Igreja/Grupo possui diretor(a) / coordenador(a) ( ) Sim ( ) Não do Ministério da Criança? 2. Nº de alunos nas seguintes classes: a) Nº alunos do Rol de Berço Qtd: ______ b) Nº alunos do Jardim da Infância Qtd: ______ c) Nº alunos dos Primários Qtd: ______ d) Nº alunos dos Juvenis Qtd: ______ 3. Quantos professores sua Igreja/Grupo possui nas seguintes classes: a) Professor (a) do Rol de Berço? Qtd: ______ b) Professor (a) do Jardim da Infância? Qtd: ______ c) Professor (a) dos Primários? Qtd: ______ d) Professor (a) dos Juvenis ? Qtd: ______ 4. Quantas ECF sua Igreja/Grupo realizou: Qtd: ______ a) Nº crianças Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ b) Nº crianças NÃO Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ 5. Sua Igreja/Grupo realizou os seguintes programas evangelísticos para as crianças? a) Semana Santa ( ) Sim ( ) Não b) Programas do Dia M. da Criança Adventista ( ) Sim ( ) Não c) Semana de Mordomia ( ) Sim ( ) Não d) Semana de Oração ( ) Sim ( ) Não e) Adoração Infantil ( ) Sim ( ) Não f) Projetos ECMH Qtd: ______ g) Quantos alunos concluíram o Projeto ECMH Qtd: ______ h) PGs com crianças Qtd: ______ j) Outros eventos/projetos Qtd: ______ 6. Sua Igreja/Grupo tem classes batismais p/menores até 16 anos. Qtd: ______ 7. Foi batizada alguma criança até juvenil neste trimestre em sua Qtd: ______ Igreja/Grupo? 8. Sua Igreja/Grupo realizou Programas/Projetos Comunitários com a participação de crianças como: a) Carteiros Missionários Qtd: ______ b) Sábado Solidário Qtd: ______ c) Entrega de literaturas Qtd: ______ d) outros eventos Qtd: ______ 9. Sua Igreja/Grupo realizou capacitações para os professores Qtd: ______ das crianças? 10. Quantos Pregadores até Juvenis possui em sua Igreja/Grupo? Qtd: ______ 11. Quantas crianças receberam a CREDENCIAL de PREGADOR MIRIM? Qtd: ______

43


rel este envie e Destaque

Anotações

ATIVIDADES

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

este Destaque

e

___________________________________________________________________

envie

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e ue

44

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

Relatório - 2o trimestre OBS.:

1. Sua Igreja/Grupo possui diretor(a) / coordenador(a) ( ) Sim ( ) Não do Ministério da Criança? 2. Nº de alunos nas seguintes classes: a) Nº alunos do Rol de Berço Qtd: ______ b) Nº alunos do Jardim da Infância Qtd: ______ c) Nº alunos dos Primários Qtd: ______ d) Nº alunos dos Juvenis Qtd: ______ 3. Quantos professores sua Igreja/Grupo possui nas seguintes classes: a) Professor (a) do Rol de Berço? Qtd: ______ b) Professor (a) do Jardim da Infância? Qtd: ______ c) Professor (a) dos Primários? Qtd: ______ d) Professor (a) dos Juvenis ? Qtd: ______ 4. Quantas ECF sua Igreja/Grupo realizou: Qtd: ______ a) Nº crianças Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ b) Nº crianças NÃO Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ 5. Sua Igreja/Grupo realizou os seguintes programas evangelísticos para as crianças? a) Semana Santa ( ) Sim ( ) Não b) Programas do Dia M. da Criança Adventista ( ) Sim ( ) Não c) Semana de Mordomia ( ) Sim ( ) Não d) Semana de Oração ( ) Sim ( ) Não e) Adoração Infantil ( ) Sim ( ) Não f) Projetos ECMH Qtd: ______ g) Quantos alunos concluíram o Projeto ECMH Qtd: ______ h) PGs com crianças Qtd: ______ j) Outros eventos/projetos Qtd: ______ 6. Sua Igreja/Grupo tem classes batismais p/menores até 16 anos. Qtd: ______ 7. Foi batizada alguma criança até juvenil neste trimestre em sua Qtd: ______ Igreja/Grupo? 8. Sua Igreja/Grupo realizou Programas/Projetos Comunitários com a participação de crianças como: a) Carteiros Missionários Qtd: ______ b) Sábado Solidário Qtd: ______ c) Entrega de literaturas Qtd: ______ d) outros eventos Qtd: ______ 9. Sua Igreja/Grupo realizou capacitações para os professores Qtd: ______ das crianças? 10. Quantos Pregadores até Juvenis possui em sua Igreja/Grupo? Qtd: ______ 11. Quantas crianças receberam a CREDENCIAL de PREGADOR MIRIM? Qtd: ______

45


rel este envie e Destaque

Anotações

ATIVIDADES

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

este Destaque

e

___________________________________________________________________

envie

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e ue

46

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

Relatório - 3o trimestre OBS.:

1. Sua Igreja/Grupo possui diretor(a) / coordenador(a) ( ) Sim ( ) Não do Ministério da Criança? 2. Nº de alunos nas seguintes classes: a) Nº alunos do Rol de Berço Qtd: ______ b) Nº alunos do Jardim da Infância Qtd: ______ c) Nº alunos dos Primários Qtd: ______ d) Nº alunos dos Juvenis Qtd: ______ 3. Quantos professores sua Igreja/Grupo possui nas seguintes classes: a) Professor (a) do Rol de Berço? Qtd: ______ b) Professor (a) do Jardim da Infância? Qtd: ______ c) Professor (a) dos Primários? Qtd: ______ d) Professor (a) dos Juvenis ? Qtd: ______ 4. Quantas ECF sua Igreja/Grupo realizou: Qtd: ______ a) Nº crianças Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ b) Nº crianças NÃO Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ 5. Sua Igreja/Grupo realizou os seguintes programas evangelísticos para as crianças? a) Semana Santa ( ) Sim ( ) Não b) Programas do Dia M. da Criança Adventista ( ) Sim ( ) Não c) Semana de Mordomia ( ) Sim ( ) Não d) Semana de Oração ( ) Sim ( ) Não e) Adoração Infantil ( ) Sim ( ) Não f) Projetos ECMH Qtd: ______ g) Quantos alunos concluíram o Projeto ECMH Qtd: ______ h) PGs com crianças Qtd: ______ j) Outros eventos/projetos Qtd: ______ 6. Sua Igreja/Grupo tem classes batismais p/menores até 16 anos. Qtd: ______ 7. Foi batizada alguma criança até juvenil neste trimestre em sua Qtd: ______ Igreja/Grupo? 8. Sua Igreja/Grupo realizou Programas/Projetos Comunitários com a participação de crianças como: a) Carteiros Missionários Qtd: ______ b) Sábado Solidário Qtd: ______ c) Entrega de literaturas Qtd: ______ d) outros eventos Qtd: ______ 9. Sua Igreja/Grupo realizou capacitações para os professores Qtd: ______ das crianças? 10. Quantos Pregadores até Juvenis possui em sua Igreja/Grupo? Qtd: ______ 11. Quantas crianças receberam a CREDENCIAL de PREGADOR MIRIM? Qtd: ______

47


rel este envie e Destaque

Anotações

ATIVIDADES

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

este Destaque

e

___________________________________________________________________

envie

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e

___________________________________________________________________

Destaque

___________________________________________________________________

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

este envie e ue

48

relatório

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

Relatório - 4o trimestre OBS.:

1. Sua Igreja/Grupo possui diretor(a) / coordenador(a) ( ) Sim ( ) Não do Ministério da Criança? 2. Nº de alunos nas seguintes classes: a) Nº alunos do Rol de Berço Qtd: ______ b) Nº alunos do Jardim da Infância Qtd: ______ c) Nº alunos dos Primários Qtd: ______ d) Nº alunos dos Juvenis Qtd: ______ 3. Quantos professores sua Igreja/Grupo possui nas seguintes classes: a) Professor (a) do Rol de Berço? Qtd: ______ b) Professor (a) do Jardim da Infância? Qtd: ______ c) Professor (a) dos Primários? Qtd: ______ d) Professor (a) dos Juvenis ? Qtd: ______ 4. Quantas ECF sua Igreja/Grupo realizou: Qtd: ______ a) Nº crianças Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ b) Nº crianças NÃO Adventistas (ECF) que assistiram Qtd: ______ 5. Sua Igreja/Grupo realizou os seguintes programas evangelísticos para as crianças? a) Semana Santa ( ) Sim ( ) Não b) Programas do Dia M. da Criança Adventista ( ) Sim ( ) Não c) Semana de Mordomia ( ) Sim ( ) Não d) Semana de Oração ( ) Sim ( ) Não e) Adoração Infantil ( ) Sim ( ) Não f) Projetos ECMH Qtd: ______ g) Quantos alunos concluíram o Projeto ECMH Qtd: ______ h) PGs com crianças Qtd: ______ j) Outros eventos/projetos Qtd: ______ 6. Sua Igreja/Grupo tem classes batismais p/menores até 16 anos. Qtd: ______ 7. Foi batizada alguma criança até juvenil neste trimestre em sua Qtd: ______ Igreja/Grupo? 8. Sua Igreja/Grupo realizou Programas/Projetos Comunitários com a participação de crianças como: a) Carteiros Missionários Qtd: ______ b) Sábado Solidário Qtd: ______ c) Entrega de literaturas Qtd: ______ d) outros eventos Qtd: ______ 9. Sua Igreja/Grupo realizou capacitações para os professores Qtd: ______ das crianças? 10. Quantos Pregadores até Juvenis possui em sua Igreja/Grupo? Qtd: ______ 11. Quantas crianças receberam a CREDENCIAL de PREGADOR MIRIM? Qtd: ______

49


Anotações

conheça estes materiais

___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________

50

51


52


Agenda Minis. Criança