Page 1

LEANDRO PEREIRA DA COSTA Alguns projetos 2012 - 2018


A utopia é mais obsoleta em sentido inverso Maio 2018 – Junho 2018 Bolsa: Energisa (Usina Cultural Energisa Paraíba) Apoio: Iris fine art 04 matrizes de fotoaço - 52x60cm cada 01 instalação em papel fotográfico Canson edition 240g, 1,88 x 2,20 m, com alterações manuais. 01 instalação com plotter de recorte auto-adesivo. 18 ampliações fotográficas em papel algodão Canson edition 320g, dimensões variadas Entropia moderna – Videoinstalação HD, cor, áudio em 4 canais (Câmera e montagem de vídeo – Wilson Domingues • Desenho de som – Pedro Rodrigues) Exposição individual na Sala Vladimir Carvalho, Usina Cultural Energisa, João Pessoa Fotos de registro: O artista Publicações: Dissertação de Mestrado: Criação e fotografia: atlas de pensamentos, espaços, paisagens, notas etc. João Pessoa : PPGAV UFPE/UFPB, 2018.


Sala Vladimir Carvalho, Usina Cultural Energisa, João Pessoa ǀ Vista invertida da exposição


Sala Vladimir Carvalho, Usina Cultural Energisa, João Pessoa ǀ Vista da videoinstalação Entropia moderna


Confluências • Sesc Nacional Dezembro 2017 – Março 2018 Livro ISBN 978-85-8254-063-3 GERÊNCIA DE CULTURA Marcia Costa Rodrigues CONCEPÇÂO E COORDENAÇÂO GERAL Caroline Souza CURADORIA Alexandre Sequeira, Fernando Lindote e Renata Voss PRODUCÃO EDITORIAL Denise Bendiner e Parâmetros Empreendimentos Culturais DESIGN Ctrl.J REVISÃO Denise Gonzaga Santos TEXTOS Alexandre Sequeira • Fernando Lindote • Renata Voss IMPRESSÃO Sesc. Departamento Nacional AGRADECIMENTOS: Antonio Oliveir Santos, Carlos Artexes Simões, Marcos Henrique Rego, Marcia Costa Rodriues, Carolina Souza, Jocelino Pessoa, Nathan Yuri Gomes, Juliana Alberico Gutierre.

Entremeio #01, 2010. Fotografia 60x90 cm ǀ Página seguinte: Entremeio #02, 2010. Fotografia 60x90 cm


Investiga e desenvolve sua linguagem por meio da fotografia e do vídeo, em trabalhos que estabelecem relações entre espaço, paisagem e alteridade, problematizados com objetos-escultórico, instalações de caráter participativo e videoinstalações. Sua trajetória inclui a reflexão, produção e o ensino em artes visuais, tendo participado de exposições individuais e coletivas nacionais e internacionais. É artista residente no fluxo, nas passagens e no trânsito das zonas desterritorializadas.


Quais são as diferentes maneiras de uma paisagem ser uma paisagem ǀ Ed. Casa Alta Balaio • IAB.pb Agosto 2018 – Dezembro 2018

PRESIDENTE DO IAB Departamento da Paraíba Pedro Rossi CONCEPÇÃO E COORDENAÇÂO GERAL IAB.pb CURADORIA Alessandra Soares, Artur Maia e Paulo Rossi


Quais são as diferentes maneiras de uma paisagem ser uma paisagem ǀ Ed. Casa Alta. 2007 / 2018. Fotografia de objeto ready-made com intervenções manuais, digital c-print, dimensões variadas.


O espaço entre é infinito, 105 x 235 cm, desenho sobre polietileno, 2010.

Instalação Outros mundos em soft city, pintura sobre parede e esculturas em aço, 2012.


Entropia do projeto moderno, Still de vídeo, 1920X1080 dpi (full hd vídeo), 2010. Entremeio e mundos_ soft city, índice fotográfico desenhado no aço com corte a laser; 52 x 60 cm, 2011


Nรณs, o outro e a modernidade vazia.

Nรณs, o outro e a modernidade vazia.

Projeto, 2016.

Projeto, 2016.


Leandro Pereira da Costa > Recife - PE, 1979. Vive e trabalha entre Recife-PE e João Pessoa-PB.

contatos:

81 997.145.285 e-mail: leandro.br@zoho.com

Exposições coletivas 2018

Balaio, IAB.PB, Paraíba, Brasil.

2016

Salão de Artes Visuais Sesc Paraíba, João Pessoa, Brasil. (Prêmio aquisição)

2015

Atelier Livre, Fundação Espaço Cultural da Paraíba, Funesc, João Pessoa, Brasil.

2015

Confluentes, Galeria Lavandeira, CCTA UFPB, João Pessoa, Brasil.

Possui graduação em Desenho Industrial, com ênfase em Programação Visual, e especialização em História da Arte e Processos Criativos.

2014

Rio, Salt Fine Art, Laguna Beach, California, EUA.

Frequentou os cursos livres na EAV Parque Lage, RJ, entre 2005 e 2009. Em 2006 residiu uma temporada nos EUA. Em 2008 ingressou no Ateliê Mundo Novo de Charles Watson e participou dos International Dynamic Encounters - Rio de Janeiro e São Paulo. Participou do primeiro programa RioFilme ̸ SENAI para a Industria Audiovisual em 2013. Programa Arte SESC Confluências 2015, João Pessoa, Paraíba. Seus trabalhos foram representados pelas Galerias:

2013

Narrativas, Martha Pagy Escritório de Arte, Rio de Janeiro, Brasil.

2012

Tech Art Lab, TAL012, Fábrica Bhering, Rio de Janeiro, Brasil.

2012

Afetos & Saberes, Martha Pagy Escritório de Arte, Rio de Janeiro, Brasil.

2012

Panorama-Terra, Consulado Geral da Argentina, Rio de Janeiro, Brasil.

2012

Programa de Exposições 2012 MARP, Museu de Arte de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil.

2011

Arte.Hoje, SEC Verão da Cultura, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

2011

ArtRio, Feira Internacional de Arte Contemporânea, Galeria Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

2011

Recorte de Arte Contemporânea Brasileira, Museu de Arte de Goiânia, Goiás, Brasil.

2011

3X Desenho, Galeria Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

2010

Entre Tempos, Galeria Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

Artista visual e fotógrafo. Mestre em História, Teoria e Processos de Criação pelo PPGAV UFPE/UFPB. Investiga as possibilidades e fronteiras da fotografia no cenário contemporâneo.

- Largo das Artes (RJ, 2010 a 2012); - Martha Pagy Escritório de Arte (RJ, 2012 a 2015). Em 2017 teve seu projeto selecionado entre os 378 projetos pré-selecionados, para a primeira edição da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de América do Sul, BIENAL SUR, dentre 2543 projetos inscritos de 78 países. Disponível no site: http://bienalsur.org/es

Exposições individuais 2018

A utopia é mais obsoleta em sentido inverso, usina Cultural Energisa, paraíba, Brasil.

2010

deVERcidade, Oi futuro, Fortaleza, Brasil.

2010

Transfiguração da Paisagem, Museu de Arte Contemporânea de Goiás, Goiás, Brasil.

2010

Só você e os outros passam, Galeria Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil.

2010

Verso Anverso, Pequena Galeria, Centro Cultural Cândido Mendes, Rio de Janeiro, Brasil.

2009

15º Salão UNAMA de Pequenos Formatos, Universidade da Amazonas, Amazonas, Brasil.

2009

Programa Exposições 2009 MARP, Museu de Arte de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil.


2009

37º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, Santo André, São Paulo, Brasil.

Jack Jakosky (EUA)

2009

8º Salão Nacional de Arte de Jataí, Museu de Arte Contemporânea de Jataí, Goiás, Brasil.

Jacqueline Plass (BR)

2008

Bebel Tiquira, Escola de Artes Visuais Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

Carlos Peres (BR)

2007

Imaginário Periférico, Galeria de Arte do SESC, Rio de Janeiro, Brasil.

Gustavo Serra (BR)

2006

Novíssimos 2006, Galeria IBEU, Instituto Brasil / Estados Unidos, Rio de Janeiro, Brasil.

Julio Rabello (BR)

2006

Festival do Filme Livre, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

Candido Mendes (BR) Rosangela de Oliveira Dias (BR) Martha Pagy (BR)

Educação

Maria Christina Monteiro de Castro (BR) 2016 - 2018

Mestrado PPGAV UFPE/UFPB, UFPE, Pernambuco, Brasil.

2015 - 2016

Programa ArteSesc Confluências, Mapeamento de artístas realizado pelo Sesc Nacional. Artista pelo Estado da Paraíba.

2014 - 2015

Aluno especial PPGAV UFPB/UFPE, UFPB, Paraíba, Brasil.

2011 - 2012

Especialização, Filosofia Contemporânea, PPGFIL/UERJ, Rio de Janeiro, Brasil.

2009 - 2010

Atelier Mundo Novo/ O processo criativo / International Dynamic Encounters Charles Watson Projects, Rio de Janeiro, Brasil.

2004 - 2009

Cursos Livres, EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

1998 - 2004

Desenho Industrial, UNESA, Rio de Janeiro, Brasil.

Coleções e Acervos Sesc Paraíba (BR) Petra Vorenkamp (EUA)

Miguel Sayad (BR)


Textos Em seus trabalhos, Leandro Pereira espacializa a imagem através de recortes feitos na superfície da fotografia e da projeção de sombra devido ao seu afastamento da parede. Ao capturar imagens de espaços urbanos, com foco sobre a arquitetura, executa cortes nas áreas das janelas dos edifícios, possibilitando a passagem real da luz através do papel, ao mesmo tempo em que cria um espaço ambíguo entre a perspectiva visual da imagem registrada e a planaridade da malha criada por sua intervenção gráfica. Ivair Reinaldim __*__

Na série Objetos Matemáticos, trabalha com interferências em imagens fotográficas motivadas pelas cidades e seus padrões gráficos. Ao retirar informações das fotografias, Leandro abre espaço para a visualização de intervalos ativos. Suzana Queiroga __*__ Entremeio Na passagem entre o eu e a paisagem, dou-me conta do espaço contínuo que nos invade e atravessa – espaço relacional, infindável, espaço entre. Dessa janela ou perspectiva, vejo a paisagem. Ela está do lado de fora, ela é recortada, enquadrada e achatada em um único tempo, planificado em uma superfície por nossas visões e linguagens. Assim percebo, por sua ausência, a necessidade de múltiplos enquadramentos, paradas obrigatórias diante dos pontos de vista, inexistindo o a priore, um enquadramento determinante, apenas enquadramentos diferentes, mundos distintos, próximos e distantes, nestes entremeios em que vivemos. E é entre esses lados que habitam nossos corpos, esquerdo/direito, encima/embaixo, lado de dentro e lado de fora, a natureza das coisas mostradas em sua única vinculação, que me dou conta daquilo que me faz parte do todo, assim como do todo que faz parte de mim. Leandro Pereira, MAC-GO, 2010.

Profile for Leandro Pereira da Costa

portfolio online issuu leandro pereira  

Seleção de alguns projetos do artista visual e fotógrafo Leandro Pereira.

portfolio online issuu leandro pereira  

Seleção de alguns projetos do artista visual e fotógrafo Leandro Pereira.

Advertisement