Page 1

MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

Tanque AV


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Conteúdo deste manual 1 - Senhor proprietário......................................................................................................................................... 5 2 - Informações de segurança............................................................................................................................. 6 2.1 - Símbolos de advertência utilizados neste manual............................................................................... 6 2.2 - Ecologia e meio ambiente.................................................................................................................... 6 2.3 - Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) recomendados.............................................................. 7 2.4 - Segurança na operação....................................................................................................................... 7 A) Recomendações gerais................................................................................................................... 7 2.5 - Segurança na manutenção.................................................................................................................. 9 3 - Apresentação do Tanque AV......................................................................................................................... 10 3.1 - Descrição do equipamento................................................................................................................ 10 3.2 - Convenção lado direito x lado esquerdo............................................................................................ 11 3.3 - Itens de série do Tanque AV.............................................................................................................. 12 3.4 - Especificações técnicas..................................................................................................................... 12 4 - Instruções de preparação e operação.......................................................................................................... 14 4.1 - Identificação dos comandos............................................................................................................... 14 A) Na cabine do caminhão (Painel de comando)............................................................................... 14 B) Registros........................................................................................................................................ 14 4.2 - Cuidados com a bomba vácuo/pressão............................................................................................. 16 4.3 - Abastecimento do tanque de detritos................................................................................................. 16 A) Verificações inicias e cuidados...................................................................................................... 16 B) Abastecimento............................................................................................................................... 16 4.4 - Limpeza do depurador....................................................................................................................... 18 A) Drenagem...................................................................................................................................... 18 B) Limpeza......................................................................................................................................... 18 4.5 - Inspeção interna do tanque de detritos.............................................................................................. 18 4.6 - Descarga do tanque de detritos: formas e procedimentos................................................................ 19 A) Verificações iniciais e cuidados..................................................................................................... 19 B) Descarga de detritos, completa (parte sólida + líquida) ou somente líquida................................. 20 C) Descarga de detritos sólidos......................................................................................................... 21 4.7 - Abertura da tampa do tanque de detritos........................................................................................... 22 4.8 - Abastecimento e esvaziamento do tanque de água.......................................................................... 23 A) Abastecimento ............................................................................................................................. 23 B) Esvaziamento................................................................................................................................ 23 4.9 - Recomendações gerais envolvendo o caminhão, no uso do Comboio............................................. 24 5 - Instruções de manutenção............................................................................................................................ 25 5.1 - Plano de manutenção periódica......................................................................................................... 25 5.2 - Tabela de lubrificantes recomendados pela LDA............................................................................... 26 5.3 - Pontos de lubrificação à graxa........................................................................................................... 27 5.4 - Manutenção da bomba vácuo/pressão.............................................................................................. 27 A) Verificação do nível de óleo........................................................................................................... 27 B) Troca de óleo................................................................................................................................. 28 5.5 - Manutenção do conjunto de correias da bomba vácuo/pressão........................................................ 28 A) Ajuste de tensão............................................................................................................................ 28

ldatanques.com.br

3


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO B) Inspeção e troca ........................................................................................................................... 29 5.6 - Calibragem de pneus......................................................................................................................... 30 5.7 - Conservação geral do equipamento.................................................................................................. 30 6 - Diagnóstico de anormalidades...................................................................................................................... 31 7 - Informações de Pós-Venda........................................................................................................................... 31 7.1 - Identificação do equipamento............................................................................................................ 31 7.2 - Como solicitar peças de reposição e assistência.............................................................................. 32 7.3 - Termo de Garantia da LDA Equipamentos Rodoviários e Agrícolas.................................................. 32 7.4 - Revisão de Entrega Técnica.............................................................................................................. 34 Comprovante de Entrega Técnica e Certificado de Garantia (Via do Cliente)................................... 34 Check-list de Entrega Técnica........................................................................................................... 35 Comprovante de Entrega Técnica e Certificado de Garantia (Via Técnica)....................................... 36 Check-list de Entrega Técnica........................................................................................................... 37

4

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 1 - Senhor proprietário Parabéns por adquirir o Tanque AV! Este equipamento irá atender suas necessidades, para a realização de serviços de sucção a vácuo de materiais líquidos, pastosos e oleosos. Todo equipamento desenvolvido pela LDA é testado exaustivamente em condições reais de trabalho, de modo a atender suas exigências. Assim sendo, o presente manual é mais um esforço de nossa parte no sentido de garantir sua satisfação com o produto, permitindo que você usufrua, de forma prática e eficiente, de todos os benefícios que este equipamento oferece. O presente Manual também fornece instruções para a correta manutenção preventiva e conservação do equipamento, além de orientações sobre como solicitar Assistência Técnica e peças de reposição. Antes de operar o equipamento pela primeira vez, leia atentamente todas as recomendações de segurança. Nosso esforço não termina por aí, pois temos um Departamento de Assistência Técnica sempre pronto para lhe atender. Veja pág. 32. Consulte-nos sempre que precisar! LDA Equipamentos Rodoviários e Agrícolas Notas: •

Devido à Política de Aprimoramento constante em seus produtos, a LDA Equipamentos Rodoviários e Agrícolas reserva-se o direito de promover alterações e aperfeiçoamentos, sem que isso implique em qualquer obrigação para com os produtos fabricados anteriormente. Por esta razão, o conteúdo do presente Manual encontra-se atualizado até a data da sua impressão, podendo sofrer alterações sem aviso prévio.

Os componentes descritos nos textos, especificações e mostrados nas fotos podem ser opcionais e podem ou não estar disponíveis nas versões apresentadas neste manual. Leia atentamente os termos de Garantia e Entrega Técnica, constantes no final deste Manual.

• •

Este Manual traz informações essenciais sobre a operação e manutenção do equipamento. Leia-o por completo antes de executar qualquer atividade com o Tanque AV, pois o conhecimento dessas informações evitará acidentes e perda de tempo produtivo, além de aumentar a vida útil da mesma.

Um bom resultado será obtido se este Manual estiver sempre ao alcance do operador do equipamento. As ilustrações, dados e informações aqui contidas são confidenciais e de propriedade da LDA, não podendo ser reproduzidas ou passadas a terceiros sem a devida autorização da mesma.

O objetivo deste Manual é fornecer instruções que abrangem o equipamento completo, com acessórios e variações. Portanto, não assume responsabilidade no que se refere à configuração do Tanque AV ora adquirida, ou seja: Alguns itens descritos neste Manual podem não estar presentes.

Algumas ilustrações podem mostrar detalhes ligeiramente diferentes ao encontrado em seu equipamento, por terem sido obtidas de máquinas-protótipo, sem que isso implique em prejuízo na compreensão das instruções.

ldatanques.com.br

5


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 2 - Informações de segurança 2.1 - Símbolos de advertência utilizados neste manual Quando os símbolos abaixo aparecerem no texto, dê especial atenção às instruções dadas. ATENÇÃO! Este símbolo e a palavra ATENÇÃO identificam instruções que, se não observadas, causam risco de acidentes com sérios danos pessoais ou danos ao equipamento. ADVERTÊNCIA: Este símbolo e a palavra ADVERTÊNCIA são usados para salientar instruções e/ou procedimentos especiais que, se não observados, podem resultar em danos e/ou desgaste prematuro do equipamento, ou oferecer riscos indiretos à segurança pessoal. Nota: Este símbolo e a palavra Nota indicam pontos de interesse especial para uma manutenção ou operação mais eficientes. A não observância destas recomendações pode acarretar perda de rendimento e diminuição da vida útil do equipamento.

2.2 - Ecologia e meio ambiente O Tanque AV, a exemplo de qualquer máquina pode causar impactos ao meio ambiente, tais como: alterações na estrutura do solo, na qualidade das águas superficiais e subterrâneas (lençóis freáticos), na qualidade do ar, etc. Assim sendo, recomenda-se ao usuário/operador do produto, que tenha ética e coerência quando tratando-se de respeito ao meio ambiente, não utilizando o equipamento Tanque AV para fins divergentes aos fins que o mesmo foi projetado. Ainda no sentido de reduzir ao máximo os impactos ambientais, que podem ser causados pelo Tanque AV, adote com rigor os seguintes cuidados e práticas: • Tome todas as precauções no sentido de evitar vazamentos e/ou derramamento de aditivos e de fluído carregado (no caso de sucção). Inspecione regularmente o estado dos tanques, tubulações e recipientes, verificando se há pontos com vazamento. • Da mesma forma, adote todos os cuidados para evitar vazamentos e/ou derramamento de óleos combustíveis e lubrificantes. • Descarte os resíduos líquidos e sólidos em locais e recipientes adequados. Sempre que possível, encaminhe resíduos e materiais para reciclagem. • Evite o contato da pele com combustíveis, óleos, ácidos, solvente e demais produtos aspirados em operação, utilizando sempre os EPIs (veja a pág. 7) necessários para correta execução do serviço. Esses fluídos contém substâncias que podem ser prejudiciais à saúde. • Ao efetuar a drenagem de qualquer tipo de fluido (diesel, óleo lubrificante, etc.), tome cuidado para evitar derramamentos e a contaminação do solo. Não misture fluidos usados! Armazene-os com segurança até que possam ser descartados de forma adequada, conforme a legislação local. • Não queime combustíveis contaminados e/ou resíduos de óleo em sistemas de aquecimento comuns. • Repare imediatamente quaisquer vazamentos de fluidos.

6

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 2.3 - Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) recomendados

1

É de responsabilidade do proprietário e do chefe de operação, providenciar e exigir o uso dos “EPIs”. O uso destes equipamentos, aliado à adoção de procedimentos corretos e cuidados em relação às diversas partes do equipamento, preservam a integridade física dos operadores e técnicos de manutenção.

3 2

4

1. Capacete. Se necessário, utilize também escudo facial. 2. Protetor auricular. 3. Óculos. Se necessário, utilize viseira e óculos panorâmico ou capuz integrado com viseira. 4. Proteção respiratória. 5. Macacão: deve cobrir todo o corpo e ser a prova d’água. Se for necessário, utilize roupas resistentes à produtos químicos.

5

6. Luvas de borracha.

6

7

7. Botas: devem ser à prova d’água e dotados de biqueiras de aço. Atenção! Estar ciente que os EPIs podem não ser suficientes na proteção em caso de jatos de diretos de detritos.

2.4 - Segurança na operação A) Recomendações gerais O presente Manual deve ser lido, estudado e entendido na íntegra pelas pessoas que irão operar e manter o equipamento. Portanto, cabe ao proprietário providenciar, exigir e fiscalizar a capacitação dos operadores e mecânicos. • Não opere o equipamento sob efeito de álcool ou drogas. •

Jamais permita que pessoas não habilitadas operem o equipamento.

Não fume ao operar o equipamento, especialmente próximo de tubulações e pontos de armazenamento de produtos inflamáveis.

Nunca se afaste do equipamento quando em funcionamento ou sem terem sido tomadas as precauções para desativá-lo.

Mantenha extintores de incêndio de categoria correta, que estejam em boas condições de uso, carregados e dentro do prazo de validade próximo aos locais de armazenamento de produtos inflamáveis.

Antes de acionar qualquer parte ou sistema do equipamento, sem antes certificar-se de que não há pessoas próximas ao mesmo.

ldatanques.com.br

7


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

8

Não opere, nem fique próximo do equipamento em operação sem os EPIs recomendados.

Não use joias ou roupas folgadas que podem enroscar-se em peças em movimento.

Antes de iniciar a operação do equipamento, delimite o local de operação (sinalizando-o devidamente) e certifique-se de que não haja objetos, pessoas ou animais em locais impróprios (sobre, dentro ou muito próximos) do local de operação e do maquinário de acionamento do equipamento. Além disso, inspecione as condições de funcionamento.

Não permita que pessoas não envolvidas com atividade se aproximem do equipamento.

Na área de operação e proximidades, fique atento a equipamentos elétricos. Certificando-se que estão desenergizados, protegidos e seguros.

Havendo peças com desgaste, folga ou avaria, tome as devidas providências. A operação de uma máquina que não se encontra em boas condições de manutenção, oferece graves risco à segurança de todos os operadores.

Mantenha a área de operação e o próprio equipamento em perfeitas condições de limpeza e organização. A limpeza e a organização são grandes aliadas da segurança, manutenção e operação.

Esclareça a todos os envolvidos o procedimento correto para casos de emergência.

Importante: Para qualquer tipo de operação em pontos altos do equipamento (operações na parte superior do tanque), siga as diretrizes estipuladas pela Norma Regulamentadora Nº 35 - Trabalho em Altura.

Opere o equipamento dentro dos parâmetros de fluxo e produtividade de projeto, utilizando apenas acessórios disponibilizados e/ou aprovados pela LDA Equipamentos.

Recomenda-se que o equipamento seja operado por mais de um operador e que a atividade seja supervisionada por um encarregado / chefe de obra.

A cada inicio de operação estar atento ao posicionamento dos membros da equipe de trabalho.

Informe a todos sobre os locais em torno da operação e junto à máquina que devem ser evitados durante a operação, por representarem maior risco de acidentes.

Evite trabalhar em dias de chuva com incidência de raios e trovões, é aconselhável desligar o equipamento nessas situações. Aconselha-se afastar as pessoas do equipamento.

Nunca use as mãos para detectar vazamentos de fluidos sob pressão. Use um pedaço de papelão ou madeira para esse fim.

Nunca aproxime as mãos da extremidade da mangueira de sucção, tampouco tente desobstruir o bocal com a bomba de vácuo em funcionamento.

Aditivos utilizados para as operações devem ser usadas de acordo com as recomendações do fabricante.

Em caso de lesões provocadas por vazamentos de fluidos, consulte o médico imediatamente.

Ao operar o equipamento esteja ciente da força de rebote geradas tanto pelo vácuo quanto pela pressão de detritos ou líquidos fluindo por mangotes e mangueiras.

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 2.5 - Segurança na manutenção •

Não efetue a manutenção do equipamento sem os EPIs recomendados.

Não use joias ou roupas folgadas que podem enroscar-se em peças em movimento.

Nunca efetue qualquer tipo de manutenção, ajustes ou simples inspeções, sem antes desligar a chave de partida do veículo, retirá-la do contato e acionar o freio de estacionamento.

Identifique com placas e avisos que o equipamento está em manutenção, delimite o local de operação (sinalizando-o devidamente) e certifique-se de que não haja objetos, pessoas ou animais em locais impróprios (sobre, dentro ou muito próximos) do equipamento.

Conserve sempre os adesivos de segurança e de informações limpos e visíveis. Substitua os adesivos danificados, perdidos, removidos em repinturas ou ilegíveis por qualquer razão.

Nunca improvise ligações elétricas. Reparos em sistemas elétricos só podem ser efetuados por profissionais especializados!

Caso seja necessário fazer algum serviço de solda no equipamento, verifique no manual do caminhão sobre as precauções necessárias, tais como, desconectar os cabos da bateria e outros.

Não tente realizar consertos ou ajustes no equipamento sem estar devidamente habilitado e familiarizado com o mesmo.

Importante: ao fazer manutenção em partes altas do equipamento, como a parte superior dos tanques, nunca improvise! Utilize escadas adequadas, mantendo-as devidamente apoiadas às partes fixas do equipamento, evitando quedas. Adote linha de vida para deslocamentos. Não carregue ferramentas e peças de forma improvisada e/ou com peso excessivo.

Trabalho em altura devem seguir as diretrizes da Norma Regulamentadora Nº 35 - Trabalho em Altura.

Não improvise com ferramentas! Utilize sempre ferramentas adequadas para cada situação e mantenha-as organizadas e em boas condições de uso.

Utilize calçados aderentes. Elimine qualquer vestígio de óleo ou graxa sobre as superfícies e degraus em que irá transitar.

Se remover ou abrir proteções para executar manutenção, sempre recoloque-as antes de operar o equipamento. Nunca opere com as proteções abertas ou removidas.

Caso seja necessário içar algum componente ou conjunto, sempre utilize equipamentos (talhas, correntes, cintas, ganchos, etc.) com a capacidade adequada.

Despressurize toda pressão residual do sistema, seja de sucção, água sob pressão ou pneumático, para evitar quaisquer tipo de acidentes.

ldatanques.com.br

9


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 3 - Apresentação do Tanque AV 3.1 - Descrição do equipamento Nota: A descrição dos componentes apresentados neste manual, bem como a sua disponibilização, tamanhos e capacidades, varia conforme o pedido no ato da compra.

2

3

5

4

6

1 7

9

8

O Tanque AV pode ser equipado com os principais itens, listados a seguir: 1. Tanque de detritos. 2. Válvula de segurança. 3. Tampa de inspeção do tanque. 4. Depurador. 5. Escada tipo marinheiro. 6. Registro de operação: Pressão, vácuo e neutro. 7. Tanque de água limpa: específica para o sistema de anel líquido da bomba de vácuo. 8. Bomba: Vácuo e pressão. 9. Armários com fechadura: 2 conjuntos (Lateral direita e esquerda)

10

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 10

13

11

14

15 12

10. Manqueira de nível d’água. 11. Bocal de abastecimento do tanque de água. 12. Bocal de dreno do tanque de água.

19

13. 14. 15. 16. 17. 18. 19.

18

17

16

Visores de nível de detritos. Travas fuso borboletas: 4 unidades. Tampa do tanque de detritos Bocal direito: descarga da porção líquida de detritos. Bocal central: descarga de detritos. Bocal esquerdo: sucção de detritos. Suporte para cones de sinalização.

3.2 - Convenção lado direito x lado esquerdo Considera-se como Lado Direito (LD) e Lado Esquerdo (LE) o ponto de vista de quem se encontra sentado no assento do motorista (caminhão visto por trás).

ldatanques.com.br

LE

LD

11


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 3.3 - Itens de série do Tanque AV • • • • • • • • • • • •

Escada Lateral tipo marinheiro para acesso à parte superior do tanque com degraus em chapa xadrez antiderrapantes. Suportes para apoio dos mangotes de sucção e descarga. Passadiço superior com piso antiderrapante no tanque com corrimão. Conjunto de para-barros sintéticos no padrão LDA. Biqueira traseira de aço INOX 304L para evitar que caia resíduos no caminhão. Faixas refletivas homologadas nas laterais e traseira do tanque. Suporte para cones de sinalização e extintor de incêndio. Lanternas laterais em LED da cor “laranja” completas. Faróis escamoteáveis em LED para trabalhos noturnos. Suporte para placas de simbologia, conforme normas do CONTRAN. Para-choque LDA traseiro articulável homologado com faixa refletiva do tipo “zebrada”, construído com vigas de aços reforçadas, conforme normas do CONTRAN. Protetores laterais LDA anti-ciclista, homologados conforme resolução do CONTRAN.

3.4 - Especificações técnicas Nota: Os campos em branco da tabela abaixo referem-se à especificações que devem ser preenchidas pelo entregador, no momento da Entrega Técnica do equipamento. Sistema Tanques

Item Tanque de água - capacidade média

1000 (litros)

Tanque de detritos - capacidade

1 a 22 mil (litros)

Tipo

Centrífuga

Vazão

70 a 100 m3/h

Acionamento - opções

• • • •

Fonte de ar comprimido

Sistema de freio do caminhão

Pressão de operação do sistema

7 a 8 bar

Bomba vácuo/pressão

Sistema pneumático

AV

Standard: por TF do caminhão Opcional 1: com motor hidráulico Opcional 2: com motor à combustão Opcional 3: com caixa de transferência

Série do tanque e ano Números de identificação Chassi do caminhão e ano N° do INMETRO Peso do Tanque AV - kg

12

Peso cheio Peso vazio

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Sistema Dimensões gerais do equipamento - mm

Item

AV

Altura total (A) Comprimento total, incluindo o caminhão (B)

Largura total (C)

A

B C

ldatanques.com.br

13


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4 - Instruções de preparação e operação ATENÇÃO! • Somente inicie a operação do equipamento após ler, entender e estar preparado para operar o dado equipamento. Seguindo todos os procedimentos de manutenção e segurança contidos no manual! •

O mau uso dos comandos descritos neste capítulo podem diminuir consideravelmente a vida útil de seu produto, além de possíveis acidentes com o sistema de vácuo/pressão e manuseio das mangueiras, tubos e bocais!

4.1 - Identificação dos comandos A) Na cabine do caminhão (Painel de comando)

1

1. Interruptor de acionamento da tomada de força: a bomba de vácuo/pressão é acionada pela ativação da tomada de força.

B) Registros Nota: As identificações abaixo incluem itens opcionais.

1

1. Registro de operação: seleciona o tipo de trabalho, seja operação de vácuo, pressão ou modo neutro.

2. Registro do bocal esquerdo: libera a sucção de detritos para o tanque.

2

3

4

3. Registro do bocal central: libera a descarga de detritos (sólidos e líquidos) armazenados no tanque. 4. Registro do bocal direito: libera a descarga da porção liquida dos detritos armazenada no tanque.

14

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 5. Registro de água para bomba: libera água do tanque para a bomba de vácuo/pressão. 6. Registro de dreno do tanque de água: libera o bocal de dreno do tanque para o esvaziamento de água do mesmo.

5

7. Registro de abastecimento do tanque de água: libera o bocal de abastecimento do tanque de água limpa.

7 6

8. Registro de dreno do depurador: utilizado para drenar os líquidos retidos no depurador.

8

ldatanques.com.br

15


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4.2 - Cuidados com a bomba vácuo/ pressão •

Verifique se o nível de óleo da bomba vácuo/pressão (1) está correto: veja a pág. 27.

Verifique se conjunto de correias de acionamento está alinhado e tensionado corretamente: veja as págs. 28 e 29.

Certifique-se que o registro (2) está aberto para liberar água do tanque para a bomba.

2 1

ADVERTÊNCIA! A bomba utiliza o sistema de “anel líquido” e desta forma, nunca deverá funcionar à seco, sob pena de danificar a mesma. •

3

Fique sempre atento ao nível de água do tanque através da manqueira (3). Se o nível de água estiver abaixo do indicado no adesivo (4), desligue a bomba e abasteça o tanque. Veja pág. 23. 4

4.3 - Abastecimento do tanque de detritos A) Verificações inicias e cuidados - -

A

Siga as orientações descritas acima no item 4.2. Certifique-se que a vedação da tampa (A) do tanque de detritos esta adequada: veja a pág. 22.

B) Abastecimento a. Estacione o veículo em local adequado, em solo nivelado, plano e firme (boa sustentação). b. Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local. c. Libere as travas (1a) e retire a tampa (1b) do bocal de sucção (1). d. Engate o mangote no bocal de sucção (1) e feche as travas (1a). e. Mergulhe a outra extremidade da mangueira no material a ser carregado. f. Abra o registro (2) do bocal (1).

16

1

2 1b

1a

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO g. Mova o registro (4) para a posição “VÁCUO”. 4

h. Na cabine: • Acione o motor do caminhão. • Acione a bomba, ligando a tomada de força pelo interruptor (5). Acelere o motor do caminhão até a rpm recomendada. Conforme descrito na placa indicativa, localizada no para-brisa do caminhão. ADVERTÊNCIA! Mantenha a transmissão do caminhão em Neutro (ponto morto) e o freio de estacionamento ativado. i.

5

Monitore o nível de detritos dentro do tanque através dos visores (6). Quando o nível chegar ao visor superior, pare a sucção de detritos. ATENÇÃO! Durante a operação, monitore o manovacuômetro (8). O limite da intensidade do vácuo é de 650 mmHg e o limite da pressão é de 0,5 bar. A válvula de segurança (7) tem por objetivo proteger o sistema para estes limites. Contudo, não opere sob condições de vácuo ou pressão anormais.

6

Ao final da operação: j.

Feche o registro (2) do bocal. Veja a página anterior.

k. Mova o registro (4) para a posição “NEUTRO”. l.

Na cabine, desligue a tomada de força pelo interruptor (5) e o motor do caminhão.

m. Retire o mangote do bocal (1). n. Instale a tampa (1b) no bocal (1), fechando as travas (1a) para prender a mesma. Veja as imagens da página anterior.

ldatanques.com.br

7 8

17


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4.4 - Limpeza do depurador ADVERTÊNCIA: • Estacione o veículo em local adequado, em solo nivelado, plano e firme (boa sustentação). • Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local.

A) Drenagem

1

Ao final de cada operação de abastecimento do tanque de detritos, faça a drenagem do sifão depurador através da abertura do registro (1). Advertência! Faça a descarga dos detritos drenados em local adequado, conforme as normas ambientais vigentes.

2

B) Limpeza a. Faça a drenagem do depurador através do registro (1), conforme descrito acima. b. Solte a porca (3) e mova a trava para liberar o braço (4) que fixa a tampa (2). c. Abra o braço (4) e retire a tampa (2). d. Efetue a limpeza interna do depurador. e. Ao final da limpeza: • Instale a tampa (2). • Feche o braço (4). • Instale a trava e aperte a porca (3).

4

3

4.5 - Inspeção interna do tanque de detritos Faça a inspeção interna do tanque de detritos através da abertura da tampa de inspeção (1) na parte superior do tanque. Para o procedimento de abertura da tampa (1), veja a próxima página. ATENÇÃO! Adote as devidas precauções de segurança ao subir no tanque, seguindo as orientações de trabalhos em altura da NR 35! Utilize sapatos aderentes, segure-se firmemente nos pega-mãos e somente suba no Tanque AV utilizando a escada (2).

18

1

2

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO a. Estacione o veículo em local adequado, em solo nivelado, plano e firme (boa sustentação). b. Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local. c. Acesse a tampa (1) através da escada (2), veja a imagem da página anterior. d. Solte a porca (4) e mova a trava para liberar o braço (3) que fixa a tampa (1). e. Abra o braço (3) e retire a tampa (1).

4 1

3

4.6 - Descarga do tanque de detritos: formas e procedimentos ADVERTÊNCIA: Antes de iniciar a descarga, adote as seguintes precauções: • Estacione o caminhão em local adequado, solo firme (boa sustentação) e nivelado ou levemente inclinado para trás para facilitar o escoamento dos resíduos. • Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local. • O suporte (A) tem a finalidade de acondicionar os cones de sinalização. A descarga do tanque de detritos pode ser feita nas seguintes formas: - -

Descarga completa (parte sólida e líquida dos detritos): é feita através do bocal central (1). Descarga da parte líquida do detrito: é feita através do bocal direito (2). Neste caso, a parte sólida dos detritos é retida no tanque por um filtro-tela (ranhurado) interno. Esta forma deve ser utilizada quando o objetivo é retirar e transportar apenas a parte sólida, sendo a parte líquida retornada para a fonte pelo bocal (2).

B A

Nota: A descarga de detrito na forma sólida + líquida ou somente líquida, podem ser feitas sem ou com auxílio da bomba de vácuo/pressão. -

1a

2a

Descarga da parte sólida retida no tanque. A descarga do detrito sólido é feita pela abertura da tampa traseira (B).

A) Verificações iniciais e cuidados - -

Siga as orientações descritas na pág. 16. Certifique-se que a vedação da tampa traseira esta adequada: veja a pág. 22.

ldatanques.com.br

1

2

19


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO B) Descarga de detritos, completa (parte sólida + líquida) ou somente líquida

1a

2a

a. Estacione e sinalize o caminhão de forma apropriada: veja o alerta no início desta instrução. b. Selecione o bocal de engate rápido que será utilizado (1 ou 2), para descarga completa ou apenas da porção líquida, respectivamente. c. Libere a trava (4) e retire a tampa (3) do bocal a ser utilizado.

1

2

d. Engate o mangote no bocal de engate rápido (1 ou 2), e feche a trava (4). e. Coloque a outra extremidade da mangueira no local de descarga prevista. f.

3

4

Abra o registro (1a ou 2a), conforme o bocal utilizado, (1 ou 2). Aguarde o escoamento de todo o volume de detritos existente no tanque. Se necessário (ou preferir), acione a bomba de vácuo/ pressão, efetuando os passos a seguir:

g. Mova o registro (5) para a posição “PRESSÃO”.

5

h. Na cabine: • Acione o motor do caminhão. • Acione a bomba, ligando a tomada de força pelo interruptor (6). Acelere o motor do caminhão até a rpm recomendada. Conforme descrito na placa indicativa, localizada no para-brisa do caminhão. ADVERTÊNCIA! Mantenha a transmissão do caminhão em Neutro (ponto morto) e o freio de estacionamento ativado.

20

6

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Ao concluir a descarga - sem utilização da bomba no modo pressão: i. Feche o registro (1a ou 2a), conforme o bocal utilizado, (1 ou 2). j. Desconecte o mangote do bocal (1 ou 2).

1a

2a

Ao concluir a descarga - com utilização da bomba no modo pressão: k. Feche o registro (1a ou 2a) conforme o bocal utilizado, (1 ou 2). l.

Mova o registro (5) para a posição “NEUTRO”.

1

2

m. Na cabine, desligue a tomada de força pelo interruptor (6) e o motor do caminhão. n. Desconecte o mangote do bocal (1 ou 2).

3

o. Instale a tampa (3) no bocal que foi utilizado, fechando as travas (4) para prender a mesma. 4

6

5

C) Descarga de detritos sólidos Para a descarga dos detritos puramente sólidos acumulados no tanque, após a eliminação da porção líquida pelo bocal traseiro direito, abra a tampa (5) do tanque de detritos para efetuar a limpeza. Proceda conforme descrito a seguir:

ldatanques.com.br

5

21


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4.7 - Abertura da tampa do tanque de detritos

a. Estacione o veículo adequadamente buscando o melhor posicionamento para a operação. O caminhão pode estar levemente inclinado para trás, para facilitar o escoamento dos resíduos.

1

2

b. Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local.

c. A tampa (1) é fixada por quatro travas fuso borboletas (2). Para soltá-las, solte os manípulos (2a) e retire a travas (2) das pinças (2b).

2a

2b

2

d. Abra a tampa (1) manualmente, e efetue a limpeza interna do tanque (4).

e. Após a descarga e/ou limpeza do tanque: •

Feche a tampa (1).

Instale as travas (2) nas pinças (2b).

Aperte os manípulos (2a).

A operação estará concluída quando a tampa estiver devidamente pressionada contra a vedação de borracha do tanque.

4

1

ADVERTÊNCIA! Certifique-se de que a tampa (1) está bem pressionada sobre a borracha de vedação e que as travas (2) estão bem fixadas nas pinças (2b).

22

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4.8 - Abastecimento e esvaziamento do tanque de água ADVERTÊNCIA! • Estacione o veículo em local adequado, em solo nivelado, plano e firme (boa sustentação). • Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local.

A) Abastecimento

2

a. Feche os registros (4 e 6). b. Conecte o mangote de abastecimento no bocal Storz (3). 3

c. Abra o registro (2) e inicie o abastecimento.

1

d. Monitore o nível de água do tanque (1) através da mangueira transparente (7). Nota: Junto a mangueira (7), o adesivo (A) indica o nível máximo e o adesivo (B) indica o nível mínimo. O nível da água deve estar sempre entre os limites indicados pelos adesivos (A e B).

7

e. Após o abastecimento, feche o registro (2) f.

4

Retire o magote de abastecimento do bocal (3).

B) Esvaziamento

6

5

a. Conecte o mangote de desabastecimento no bocal (5). b. A outra extremidade do mangote deve ser colocada em um local adequado para o derramamento da água. c. Abra o registro (4). d. Após esvaziar o tanque, feche o registro (4).

A

e. Retire o mangote de esvaziamento do bocal (5).

B

ldatanques.com.br

23


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 4.9 - Recomendações gerais envolvendo o caminhão, no uso do Comboio ATENÇÃO! Antes de iniciar qualquer trabalho, sinalize adequadamente o local, a fim de alertar e evitar a aproximação de pessoas, veículos ou animais! -

Todas as instruções fornecidas pelo fabricante do caminhão devem ser seguidas conforme manual do respectivo fabricante.

-

Todas as informações relacionadas a manutenção, do caminhão devem ser efetuadas conforme instruções no respectivo manual, tais como: Pressão de calibragem dos pneus. Frequência das manutenções. Lubrificantes recomendados. Procedimentos em geral.

• • • • -

Observe recomendações no manual sobre operação do motor, rotação de trabalho, tempo de uso em marcha lenta e outros.

-

Qualquer deslocamento do conjunto caminhão + Tanque AV somente deve ser efetuado por profissional (motorista) devidamente habilitado!

-

Independente da forma e local de trabalho, o motorista é responsável por conhecer e obedecer a legislação de trânsito vigente.

Controle de estabilidade do conjunto caminhão + Tanque AV - A estabilidade do conjunto é afetada pela carga de detritos e água no Tanque, bem como sua distribuição ao longo do chassi.

24

-

Selecione criteriosamente o local da operação, quanto aos ângulos, longitudinais (aclive/declive) e transversais!

-

Somente opere em local plano, nivelado e com solo firme (boa sustentação)!

-

Não se aproxime de valas, barrancos, rios e quaisquer outros obstáculos que possam colocar em risco a segurança e a estabilidade do caminhão.

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 5 - Instruções de manutenção 5.1 - Plano de manutenção periódica Frequência

Operação

10 h ou diária

50 h ou 15 dias

250 h ou 60 dias

500 h ou 180 dias

1.000 h ou anual

Itens gerais e conservação do equipamento Lubrificar pinos graxeiros.

X

Fazer lavagem completa Revisar parafusos de fixação do chassi

X X

Manutenção do tanque de detritos e sistema de vácuo/pressão Limpar o tanque

X

Verificar o nível de óleo da bomba de vácuo/ pressão e mancais

X

Verificar a vedação dos visores

X

Verificar a borracha de vedação da tampa traseira

X

Verificar a pintura interna do tanque Drenagem do depurador

X X

Limpeza interna do depurador

X

Ajustar a tensão do conjunto de correias de acionamento

X

Troca do conjunto de correias Verificar os parafusos de fixação da bomba de vácuo/pressão Primeira troca de óleo da bomba de vácuo/ pressão Trocas subsequentes do óleo da bomba de vácuo/pressão Inspeção do estado de conservação das mangueiras, mangotes e tubos Aperto de braçadeiras e parafusos de fixação de mangueiras, mangotes e tubos

ldatanques.com.br

Ou sempre que necessário.

Ou sempre que necessário.

Quando necessário, faça a troca. X X X X X

25


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Frequência

Operação

10 h ou diária

50 h ou 15 dias

250 h ou 60 dias

500 h ou 180 dias

1.000 h ou anual

Manutenção do tanque de água Lavar o interior do tanque se necessário

X

Refazer a pintura interna do tanque de água

A cada 2 anos.

Manutenção do sistema pneumático Drenar água de água do depurador

X

Completar o nível de óleo do lubrificador Verificar o ajuste da pressão

X X

Manutenção do sistema elétrico Troque lâmpadas

Quando ocorrer a queima.

5.2 - Tabela de lubrificantes recomendados pela LDA Componente a ser lubrificado Bomba vácuo/pressão

26

Lubrificante 20W50

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 5.3 - Pontos de lubrificação à graxa Todos os pontos mostrados ao lado devem ser lubrificados periodicamente: 1. Pinos graxeiros dos cilindros de movimentação da tampa traseira. 2. Pinos graxeiros dos mancais de acionamento da bomba. 3. Eixo Cardan: 1 pino graxeiro em cada cruzeta. 2 3 1

5.4 - Manutenção da bomba vácuo/ pressão ADVERTÊNCIA! • Estacione o veículo em local adequado, em solo nivelado, plano e firme (boa sustentação). • Sinalize o local da operação de forma adequada, seguindo as regras vigentes no local.

1

2

A) Verificação do nível de óleo a. O nível de óleo deve atingir a parte central do visor (2). b. Se necessário, remova o bujão (1) e complete com óleo recomendado. c. Reinstale e aperte o bujão (1). Notas: • Mantenha o respiro do bujão (1) sempre limpo e desobstruído. • O óleo tem por objetivo lubrificar o mancal da bomba. • As palhetas da bomba trabalham no sistema de anel líquido, para o qual se utiliza água.

ldatanques.com.br

27


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO B) Troca de óleo ATENÇÃO! Adote as devidas precauções contra queimaduras. É conveniente fazer a troca de óleo após a caixa ter funcionado por um período, para escoamento completo. Porém, se a caixa e componentes do caminhão estiverem quentes, aguarde o tempo que for necessário para evitar queimaduras!

1

2

3

a. Remova o bujão (1).

Bujão de dreno

b. Coloque um recipiente coletor adequado sob o bujão de dreno (3). Após, remova o bujão de dreno (3). c. Após o completo escoamento do óleo, reinstale o bujão de dreno (3) e aperte-o corretamente.

ADVERTÊNCIA! Descartar óleos velhos em local adequado de acordo com as normas vigentes, estando atento aos riscos ambientais.

d. Abasteça com óleo recomendado pelo orifício do bujão (1) até que o nível atinja o centro do visor (2). e. Reinstale e aperte o bujão (1).

5.5 - Manutenção do conjunto de correias da bomba vácuo/pressão. ATENÇÃO! Para qualquer verificação, ajuste ou manutenção, sempre desligue o motor, acione o freio de estacionamento e retire a chave do contato!

1

1 2

A) Ajuste de tensão a. Retire os parafusos (1) e a proteção (2). b. Pressione o conjunto de correias no ponto intermediário: a deflexão “X” deve estar entre 10 e 20 mm.

28

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Para ajusta a tensão: c. Solte os parafusos (3) de fixação dos dois mancais. d. Gire a porca de ajuste (4) existente atrás de ambos os mancais, até obter a tensão recomendada.

3

Notas: • O acesso aos parafusos de fixação dos mancais e ao tensor, é por baixo do chassi do caminhão. • Certifique-se de fazer o mesmo ajuste em ambas as porcas (4), para manter o alinhamento entre as polias. e. Aperte os parafusos (3) dos mancais e reinstale a proteção (1).

B) Inspeção e troca a. Retire os parafusos (1) e a proteção (2), veja a pagina anterior. b. Inspecione o conjunto de correias (5) quanto à desgaste excessivo, rachaduras, perda de lascas ou desfiamento.

5

4

c. Se necessário: solte os parafusos (3) de fixação de ambos os mancais. d. Gire as porcas de ajuste (4) no sentido anti-horário, para soltar a tensão das correias de forma completa. e. Remova o conjunto de correias (5) e instale um novo. Nota: Sempre troque o conjunto completo de correias. f.

Ajuste a tensão das correias conforme descrito acima.

g. Aperte os parafusos (3) dos mancais e reinstale a proteção (1).

ldatanques.com.br

29


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 5.6 - Calibragem de pneus A correta calibragem dos pneus influencia na vida útil dos mesmos e na segurança. Verifique a pressão com os pneus frios e, se necessário, calibre-os. Nota: Consulte o manual do seu caminhão sobre a pressão recomendada! Falta de pressão

Excesso de pressão

Pressão correta

5.7 - Conservação geral do equipamento Para conservar o Tanque AV em condições ideais de operação, trabalhando por muito mais tempo e com mais qualidade, siga rigorosamente as recomendações abaixo:

30

-

Efetue a manutenção dos diversos componentes do equipamento de acordo com o especificado no plano de manutenção - Pág. PP.

-

Mantenha os pontos de transmissão de movimento (mancais, cardans, polias e correias.) sempre lubrificados e ajustados.

-

Limpeza geral: o Tanque AV deve ser mantido limpo para melhor conservação, evitando o acúmulo de sujeira e a consequente oxidação dos componentes.

-

Quando não em uso, mantenha o equipamento em local seco, arejado e abrigado das intempéries

-

Pontos de oxidação, em especial no tanque, devem ser tratados com repintura assim que se formam.

-

Ao se manifestar algum sintoma de problema, adote uma solução imediata para o mesmo, evitando o agravamento e danos à outros componentes.

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 6 - Diagnóstico de anormalidades Anormalidade

Causa(s)

Solução(ões)

Pressão de sucção está baixa.

Depurador pode conter detritos.

Abra o depurador e limpe-o.

Vazamento de ar

Tampa mal fechada ou proble- Regular a tampa ou ajustar possíveis mas nas mangueiras danos nas mangueiras

7 - Informações de Pós-Venda 7.1 - Identificação do equipamento Número de Série do Equipamento O Tanque AV está identificado pelas plaquetas (1) fixadas na lateral esquerda do equipamento, com seu N° de série (2):

Código do Chassi O chassi também possui um código de identificação (3), o qual é cadastrado no RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores). Neste Órgão, através da resolução do CONTRAN 680, a circulação do reboque com o equipamento nas rodovias brasileiras é devidamente regulamentada, não sendo necessário carro-batedor. Este código está gravado em ambas as longarinas principais do chassi (na parte externa), sendo composto por 17 caracteres, mais o ano de fabricação.

ldatanques.com.br

1

3

2

31


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 7.2 - Como solicitar peças de reposição e assistência Ao solicitar peças de reposição ou Assistência Técnica, informe o modelo e o número de série do equipamento, constantes na plaqueta de identificação (veja item anterior). Para isso, entre em contato com o representante/revenda onde você adquiriu este equipamento, ou diretamente com a LDA, pelos seguintes meios: Telefone: +55 (19) 3838-9595 / 3922-5030 E-mail: contato@ldatanques.com.br Nota: Ao necessitar repor peças neste equipamento, use somente peças originais LDA, que são devidamente projetadas para o produto, dentro das condições de resistência e ajuste, a fim de não prejudicar a funcionalidade. Além disso, a reposição de peças originais preserva o direito do cliente à Garantia.

7.3 - Termo de Garantia da LDA Equipamentos Rodoviários e Agrícolas CLÁUSULA 1ª: Do objeto O presente termo tem como objeto assegurar total garantia dos produtos da Estipulante que, em serviço e uso normal, assim considerados aqueles de acordo com os manuais fornecidos pelo fabricante, vierem a apresentar defeitos de material, fabricação ou montagem, dentro do período especificado neste termo de garantia. CLÁUSULA 2ª: Prazo de validade A garantia é válida por 6 (seis) meses a contar da emissão da “autorização de funcionamento do equipamento, ou Termo de Entrega Técnica” (emitido pelo técnico credenciado pela LDA), ou 9 (nove) meses da emissão da nota fiscal de venda, considerando o que ocorrer primeiro. CLÁUSULA 3ª: Condições para validade da garantia Para a validação da garantia é imprescindível o correto preenchimento deste termo, que deverá estar conforme dados descritos no final do mesmo. Além disso, os seguintes pontos devem ser obedecidos: • Ao se constatar o vício ou defeito de fabricação ou montagem em qualquer um de nossos produtos, a Adquirente deverá procurar o local de aquisição do mesmo, ou o representante responsável pela venda, munido deste termo de garantia e a nota fiscal de compra. • Os produtos não poderão apresentar sinais de violação. • A garantia aplica-se também às peças e componentes montados no produto LDA que apresentarem defeitos de fabricação, montagem ou funcionamento. • No que se refere às condições de garantia de componentes (prazos, forma de envio, laudos e demais condições), a LDA obedecerá rigorosamente o que determinarem os fabricantes. • A garantia cobre defeitos de fabricação e montagem da estrutura do equipamento. • Não estão cobertos pela garantia os componentes que se desgastam naturalmente com seu uso regular e que são influenciados pela instalação e forma de utilização (filtros de ar, juntas, correias, roletes, pressostatos, termostatos, válvulas, polias, mangas, etc.). • São de responsabilidade da LDA os gastos que envolverem os componentes citados somente nos casos em que se constatar defeito de fabricação. • É de responsabilidade da Adquirente a despesa com transporte de equipamentos ou peças destinados à manutenção em garantia. • Peças adquiridas de terceiros, como motores, inversores, equipamentos elétricos, etc., terão a garantia dos fabricantes dos mesmos, através de laudos emitidos por estes fornecedores.

32

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO CLÁUSULA 4ª: Da perda da garantia A garantia perderá sua validade em decorrência de: • Danos por mau uso ou aqueles decorrentes de acidentes, quedas, variações de tensão elétrica e sobrecarga acima do especificado, ou qualquer ocorrência imprevisível, decorrentes de má utilização dos equipamentos por parte do usuário. Ação dos agentes da natureza. • Uso em desacordo com o manual de instalação, operação, lubrificação, manutenção e do catálogo geral de peças e produtos, que contém as instruções técnicas necessárias. Instalações elétricas deficitárias, impróprias ou sujeitas à oscilações excessivas. • Violações, alterações ou consertos executados por pessoas não autorizadas pela LDA. • Transporte inadequado que cause danos ao equipamento e seus componentes. • Utilização de peças durante o período de garantia, que não sejam genuínas LDA. CLÁUSULA 5ª: Exclusões e limitações gerais A garantia não cobre os seguintes itens: a) Despesas de deslocamento e/ou envio do produto para reparo (transporte, frete, locomoção, seguro, etc.). b) Produtos ou peças danificadas devido a acidentes no transporte e/ou manuseio, riscos, amassamentos, danos físicos ou atos e efeitos da natureza. c) Mau funcionamento ou falhas decorrentes de problemas de fornecimento de energia elétrica. d) Utilização incorreta do produto, ocasionando danos físicos como trincas, corrosão, riscos ou deformação do produto, danos em partes ou peças. e) Produtos danificados pelo mau uso. f) A empresa também não se responsabiliza pelas perdas e danos, inconveniência, lucro cessante, decorrentes de algum defeito ou problema ocorrido no produto, ou ainda, pelo prazo de substituição do produto quando em garantia vigente. g) Danos decorrentes de transporte inadequado. CLÁUSULA 6ª: Condições gerais A Adquirente deverá preservar a nota fiscal de aquisição do produto e este termo de garantia pelo tempo de vigência desta. É recomendável que a Adquirente leia atentamente o manual do usuário que acompanha os produtos antes de iniciar seu uso. Não há relação de consumo entre as partes. A LDA reserva-se o direito de alteração deste termo sem aviso prévio. Estipulante: LDA - Indústria e Comércio Ltda. Adquirente: Endereço: Produto: Tanque AV.

ldatanques.com.br

33


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 7.4 - Revisão de Entrega Técnica Comprovante de Entrega Técnica e Certificado de Garantia (Via do Cliente) 1. O formulário de Entrega Técnica deverá ser devidamente preenchido e assinado na Entrega Técnica do equipamento. 2. Assinar o Certificado de Garantia no ato da Entrega Técnica é de responsabilidade do cliente. 3. A entrega do Manual de Operação e Manutenção é de responsabilidade do técnico. 4. Preencher corretamente e de forma legível todos os campos abaixo. Dados do equipamento Modelo do equipamento:________________________________________ Data da Entrega Técnica: ____/____/______ Nº de Série (plaquetas fixadas na lateral esquerda do tanque):_______________________________________________

Dados do cliente: Proprietário:_______________________________________________________________________________________ Endereço:___________________________________________________________ Telefone: (___)_________________ Município:___________________________________________________________ Estado:_______________________ Nota: O equipamento em questão está garantido por 6 (seis) meses a contar da emissão da “autorização de funcionamento do equipamento, ou Termo de Entrega Técnica” (emitido pelo técnico credenciado pela LDA), ou 9 (nove) meses da emissão da nota fiscal de venda - considerando o que ocorrer primeiro - contra defeito de fabricação, desde que não seja constatado mau uso ou imperícia do operador.

Nome e assinatura do técnico

Assinatura do proprietário

Espaço reservado para o cliente

34

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Check-list de Entrega Técnica Proprietário:_______________________________________ Operador:________________________________________ Marque com um “X” os itens que foram apresentados ao proprietário e/ou operador. Instruções a nível geral: [ [ [ [ [ [

] Instruções de segurança. ] Procedimento para iniciar uma jornada de trabalho. ] Apresentação da literatura referente a componentes não fabricados pela LDA, tais como: bomba vácuo/pressão, tomada de força, caminhão, etc. ] Funcionamento do Tanque AV. ] Esclarecimento do Termo de Garantia. ] Como solicitar Assistência Técnica LDA.

Instruções relativas à Operação: [ [ [ [ [ [ [

] Identificação do acionamento da tomada de força e bomba, do registro de operação (vácuo/pressão) e demais registros. ] Funcionamento do equipamento e identificação de componentes. ] Sucção de detritos. ] Limpeza do depurador. ] Descarga de detritos (com ou sem auxilio da bomba de vácuo). ] Abertura da tampa do tanque de detritos. ] Abastecimento e desabastecimento do tanque de água limpa.

Instruções relativas à Manutenção: [ [ [ [ [ [ [

] ] ] ] ] ] ]

Plano de manutenção periódica do equipamento. Lubrificantes recomendados pela LDA. Manutenção da bomba vácuo/pressão Tanques de detrito e água. Sistema pneumático. Sistema elétrico. Conservação e limpeza do equipamento. A aquisição de qualquer equipamento confere ao primeiro comprador os seguintes direitos: • Entrega Técnica. • Certificado de Garantia. • Manual de Operação e Manutenção. • Cabe ao proprietário, no entanto, verificar as condições do produto no ato do recebimento e ter conhecimento dos termos de garantia. • Atenção especial deve ser dada às recomendações de segurança e aos cuidados de operação e manutenção do equipamento. • As instruções indicam o melhor uso e permitem obter o máximo rendimento, aumentando a vida útil deste equipamento. OBS:________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________

Assinatura:___________________________ Data: ___/___/_______ Técnico:__________________

ldatanques.com.br

35


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Comprovante de Entrega Técnica e Certificado de Garantia (Via Técnica) 1. O formulário de Entrega Técnica deverá ser devidamente preenchido e assinado na Entrega Técnica do equipamento. 2. Assinar o Certificado de Garantia no ato da Entrega Técnica é de responsabilidade do cliente. 3. A entrega do Manual de Operação e Manutenção é de responsabilidade do técnico. 4. Preencher corretamente e de forma legível todos os campos abaixo. Dados do equipamento Modelo do equipamento:________________________________________ Data da Entrega Técnica: ____/____/______ Nº de Série (plaquetas fixadas na lateral esquerda do tanque):_______________________________________________

Dados do cliente: Proprietário:_______________________________________________________________________________________ Endereço:___________________________________________________________ Telefone: (___)_________________

Município:___________________________________________________________ Estado:_______________________ Nota: O equipamento em questão está garantido por 6 (seis) meses a contar da emissão da “autorização de funcionamento do equipamento, ou Termo de Entrega Técnica” (emitido pelo técnico credenciado pela LDA), ou 9 (nove) meses da emissão da nota fiscal de venda - considerando o que ocorrer primeiro - contra defeito de fabricação, desde que não seja constatado mau uso ou imperícia do operador.

Nome e assinatura do técnico

Assinatura do proprietário

Espaço reservado para o cliente

36

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Check-list de Entrega Técnica Proprietário:_______________________________________ Operador:________________________________________ Marque com um “X” os itens que foram apresentados ao proprietário e/ou operador. Instruções a nível geral: [ [ [ [ [ [

] Instruções de segurança. ] Procedimento para iniciar uma jornada de trabalho. ] Apresentação da literatura referente a componentes não fabricados pela LDA, tais como: bomba vácuo/pressão, tomada de força, caminhão, etc. ] Funcionamento do Tanque AV. ] Esclarecimento do Termo de Garantia. ] Como solicitar Assistência Técnica LDA.

Instruções relativas à Operação: [ [ [ [ [ [ [

] Identificação do acionamento da tomada de força e bomba, do registro de operação (vácuo/pressão) e demais registros. ] Funcionamento do equipamento e identificação de componentes. ] Sucção de detritos. ] Limpeza do depurador. ] Descarga de detritos (com ou sem auxilio da bomba de vácuo). ] Abertura da tampa do tanque de detritos. ] Abastecimento e desabastecimento do tanque de água limpa.

Instruções relativas à Manutenção: [ [ [ [ [ [ [

] ] ] ] ] ] ]

Plano de manutenção periódica do equipamento. Lubrificantes recomendados pela LDA. Manutenção da bomba vácuo/pressão Tanques de detrito e água. Sistema pneumático. Sistema elétrico. Conservação e limpeza do equipamento. A aquisição de qualquer equipamento confere ao primeiro comprador os seguintes direitos: • Entrega Técnica. • Certificado de Garantia. • Manual de Operação e Manutenção. • Cabe ao proprietário, no entanto, verificar as condições do produto no ato do recebimento e ter conhecimento dos termos de garantia. • Atenção especial deve ser dada às recomendações de segurança e aos cuidados de operação e manutenção do equipamento. • As instruções indicam o melhor uso e permitem obter o máximo rendimento, aumentando a vida útil deste equipamento. OBS:________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________

Assinatura:___________________________ Data: ___/___/_______ Técnico:__________________

ldatanques.com.br

37


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Anotações

38

ldatanques.com.br


MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

ldatanques.com.br


LDA Equipamentos Rodoviários e Agrícolas Rua Alcindo Nardini, 03, Jardim Dulce | CEP: 13178-512 | Sumaré - SP Telefone: +55 19 3838-9595 / 3922-5030 | NEXTEL: 7812-8166 - 55*105*13138 vendas@ldatanques.com.br | contato@ldatanques.com.br | assistencia@ldatanques.com.br

Edição: 01 Junho de 2018

Manual LDA Tanque Vácuo  
Manual LDA Tanque Vácuo  
Advertisement