Issuu on Google+

-

Determinação do sexo;

-

Contributo do conhecimento científico para o desenvolvimento da genética.


Todas as células do homem possuem 46 cromossomas, excepto as células sexuais X

Y

Possibilidades cromossómicas dos espermatozóides

OU

Espermatozóide: 22 autossomas + 1 cromossoma sexual X (23 cromossomas)

Espermatozóide: 22 autossomas + 1 cromossoma sexual Y (23 cromossomas)


X Possibilidades cromoss贸micas dos o贸citos

22 autossomas + 1 cromossomas sexual X (23 cromossomas)

Todas as c茅lulas da mulher possuem 46 cromossomas, excepto as c茅lulas sexuais


Mulher

Homem

Produz oócitos com metade do nº de cromossomas do cariótipo humano

*

Produz espermatozóides com metade do nº de cromossomas do cariótipo humano

Possibilidades genéticas para o sexo, nos espermatozóides

*

Possibilidad es genéticas possíveis para o sexo, nos oócitos

Zigotos femininos

* Meiose – processo de formação das células sexuais nas gónadas, que conduz à redução para metade do nº de cromossomas (46 cromossomas 23 cromossomas)

Zigotos masculinos


CONTRIBUTO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO PARA O DESENVOLVIMENTO DA GENÉTICA


Reprodução humana assistida

Fertilização in vitro Em 1992 surgiram os primeiros nascimentos obtidos com microinjeção de um espermatozóide num ovócito. Esta técnica revolucionou o tratamento da infertilidade masculina.


Clonagem Dolly, a primeira ovelha concebida sem espermatozóide de carneiro, nasceu em julho de 1996 em Edimburgo. Representa o primeiro sucesso de clonagem de um mamífero a partir de uma célula adulta. O que é a clonagem? Modo natural ou artificial de aumentar uma população células ou de organismos a partir de um único indivíduo e sem intervenção da reprodução sexuada. Clone Indivíduo geneticamente idêntico ao indivíduo que lhe deu origem.

A taxa de sucesso em animais é muito baixa, podendo ocorrer muitas vezes, indivíduos com deformações, ou mesmo abortos.


Quais as vantagens, riscos e implicações éticas envolvidas na possibilidade de clonagem em: - Seres humanos (casais sem filhos); - Animais extintos; - Seres ameaçados de extinção. Estamos no limiar da ciência que põe em causa não só valores e princípios, como também a ordem natural dos fenómenos biológicos, com a manipulação dos elementos da vida.


Implanta-se num oócito sem núcleo, um núcleo de uma célula adulta. O embrião formado não será implantado num útero, mas retiram-se-lhe células estaminais que cultivadas in vitro originam tecidos específicos, que serão transplantados no seu dador, evitando a rejeição.


Clonagem de plantas por micropropagação A partir de uma mesma planta, obtêm-se vários exemplares idênticos.


Organismos geneticamente modificados (OGM) - Transgénicos

Ex: bactérias produtoras de vacinas, plantas resistentes aos pesticidas, animais dadores de órgãos, alimentos resistentes à putrefação, alimentos ricos em determinados nutrientes, aves que põem ovos com menos colesterol, aves sem penas, etc.

A Ciência e a Tecnologia têm conseguido manipular os genes de um ser vivo, mas as possíveis consequências dessa manipulação para o ser humano e para o ambiente não são ainda conhecidas. Compete à sociedade manter-se informada e criar mecanismos de vigilância aos transgénicos, para sua própria proteção.


Vantagens dos OGM -

Combate à fome (maior produção de alimentos, e mais nutritivos);

-

Produção de alimentos com características mais apelativas para venda;

-

Seres vivos resistentes a pragas;

-

Redução do uso de pesticidas;

-

Supressão de genes causadores de doenças e sua substituição por outros que determinam características melhores.

Desvantagens dos OGM -

Diminuição da variabilidade genética e, logo, da biodiversidade;

-

Alergias provocadas pelas proteínas produzidas pelos organismos transgénicos, principalmente em crianças, e resistência a antibióticos;

-

Insectos resistentes aos herbicidas (superpragas).


Determinaçã do sexo e engenharia genética