Page 1

PRIMAZIA COMUNICAÇÃO Primazia remete a uma posição importante, a competência, a prioridade, e a vantagem. Este foi o nome escolhido para dar vida a uma empresa que assume o compromisso de colocar o seu cliente em primeiro lugar, em uma categoria superior, agindo com excelência para atingir seus objetivos de maneira estratégica e planejada. E é exatamente assim que queremos ser vistos no mercado: uma empresa de comunicação de qualidade que chega primeiro, levando consigo os seus clientes!

NOSSO DIFERENCIAL EXCELÊNCIA - A associação da sua empresa a excelência, aproximando o seu negócio do público em geral. PRIORIDADE - Planejamento de soluções que priorizem o relacionamento, assim chegando ao topo. SUPERIORIDADE - Estratégia de posicionamento superior, tornando a empresa mais vista e sólida perante os clientes e parceiros. VANTAGEM - Oferecer vantagem competitiva, na busca pelo melhor atendimento e segurança possível ao cliente Primazia.


QUEM SOMOS A Primazia é uma empresa que oferece aos seus clientes uma comunicação baseada no planejamento estratégico. Com uma equipe de relações públicas, nosso objetivo é construir, preservar ou reformular a imagem de uma instituição, seja ela uma marca, um produto ou um serviço. Sendo assim, oferecemos um planejamento voltado para a comunicação dos nossos clientes com seus diferentes públicos, utilizando várias ferramentas para auxiliá-los na busca pelo relacionamento positivo com os mesmos.

NOSSA MISSÃO Construir uma relação de confiança e comunicação dos nossos clientes com os seus stakeholders.

NOSSA VISÃO Reconhecimento no mercado pela comunicação integrada e estratégica, desenvolvida para otimizar o relacionamento das empresas com seus públicos de interesse.

NOSSOS VALORES Honestidade - confiança - transparência - inovação - respeito.


NOSSOS SERVIÇOS ASSESSORIA DE IMPRENSA • Agendamento de entrevistas; • Preparação do porta-voz da empresa; • Criação e sugestão de pautas; • Envio diário de clipping; • Envio semanal das atividades desenvolvidas pela assessoria; • Organização e realização de coletivas de imprensa; • Produção de releases; • Relacionamento com os jornalistas e a imprensa no geral; • Relatórios de desempenho mensal e balanço anual; • Visitas organizadas a sede da corporação;

DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO • Textos para: jornais, revistas, websites, intranet, e-mail marketing, murais, boletim de notícias, informativos, newsletters etc.

EVENTOS • Lançamentos de novas instalações, aquisições e fusões;

• Lançamentos de produtos, serviços e projetos; • Planejamento estratégico para eventos culturais;

PLANEJAMENTO E GESTÃO DE MÍDIA ON-LINE • Análise das possibilidades de anúncio;

• Negociação com o veículo; • Planejamento de campanhas; • Gestão e avaliação de resultados com foco em branding;


PREVENÇÃO E GESTÃO DE CRISE • Análise de cenários, pontos vulneráveis e mapeamento de riscos;

• Apoio a estratégias jurídicas; • Elaboração de Manual de Crise com posicionamento oficial e mensagens-chave; • Elaboração de respostas para a imprensa, funcionários, clientes e comunidade local; • Equipe 24 horas disponíveis para acompanhamento de entrevistas; • Implantação de Comitê de Crise e elaboração de uma estratégia de prevenção; • Mapeamento de públicos aliados e adversários; • Media Training para porta-vozes; • Monitoramento de matérias na mídia impressa, online e televisiva;


NOSSA EQUIPE A Primazia Comunicação possui uma equipe de relações públicas pronta para atender os seus clientes de uma maneira personalizada e especial. Nossa equipe é formada pelos seguintes sócios: Clayton Antônio Cargo: Sócio-fundador e responsável pelo departamento de prevenção e gestão de crise E-mail: clayton@primaziacomunicacao.com.br Telefone: (34) 9146-5892 Larissa Morais Cargo: Sócia-fundadora e responsável pelo departamento de assessoria de imprensa E-mail: larissa@primaziacomunicacao.com.br Telefone: (34) 9248-2494 Laura Domingos Cargo: Sócia-fundadora e responsável pelo departamento de desenvolvimento de conteúdo E-mail: laura@primaziacomunicacao.com.br Telefone: (34) 9983-0712 Matheus Rocha Cargo: Sócio-fundador e responsável pelo departamento de gestão de mídias digitais E-mail: matheus@primaziacomunicacao.com.br Telefone: (34) 9311-1434 Pâmela Afonso Cargo: Sócia-fundadora e responsável pelo departamento de desenvolvimento de eventos E-mail: pamela@primaziacomunicacao.com.br Telefone: (34) 9172-6205


CLIENTE: AACD Uberlândia HISTÓRIA Com mais de 60 anos de atuação, a Associação de Assistência à Criança Deficiente trabalha pelo bem-estar de pessoas com deficiência física. A ONG é a concretização de um médico, o Dr. Renato da Costa Bomfim, que queria implementar no Brasil um centro de reabilitação tão qualificado quanto os centros que ele conhecia fora do país. No início, a instituição funcionava em um espaço alugado na cidade de São Paulo, mas, aos poucos, os doadores começaram a surgir e hoje a entidade atua em 15 cidades. Para que seu crescimento seja contínuo, há mais de uma década, a AACD realiza o Teletom, um evento que reúne vários artistas, apresentadores e personalidades em uma maratona apoiada pelo SBT, em busca de novos doadores. CAUSA1 Vida é movimento CRENÇA 2 Acreditam em uma sociedade que convive com as diferenças porque reconhece em cada indivíduo a sua capacidade de evoluir e contribuir para um mundo mais humano. PROPÓSITO3 Trabalhar em frentes necessárias para que as pessoas com deficiências possam atingir seu máximo potencial, evoluindo além de suas limitações e contribuindo para uma sociedade que acolhe melhor a diversidade. PRINCÍPIOS4 Ética, excelência, superação, autonomia, dedicação e alegria.

1

Retirado do site da AACD – www.aacd.org.br Retirado do site da AACD – www.aacd.org.br 3 Retirado do site da AACD – www.aacd.org.br 4 Retirado do site da AACD – www.aacd.org.br 2


SERVIÇOS A AACD Uberlândia já realizou mais de 1 milhão de atendimentos, conseguindo atingir o número de 500 atendimentos diários. Cada paciente passa por uma triagem e é direcionado a uma clínica especializada em sua deficiência. Entre os serviços e clínicas da AACD, temos: 

Clínica de Paralisia Cerebral

Clínica de Lesão Medular

Clínicas de Lesão Encefálica Adquirida (Infantil e Adulto)

Clínica de Mielomeningocele

Clínica de Má-Formação Congênita

Clínica de Amputados

Clínica de Doenças Neuromusculares

Clínica de Outros Diagnósticos

MERCADO EM QUE ATUA A primeira vez que a expressão “Organização não Governamental” foi usada, foi no ano de 1950, na ONU (Organização das Nações Unidas), para referirse às organizações que não possuíam nenhum vínculo com o governo. Organização Não Governamental, ou simplesmente ONG, são todas as instituições que não possuem finalidade lucrativa. Elas são criadas por pessoas que trabalham voluntariamente em defesa ou auxílio de alguma causa, seja ela ligada à proteção ambiental, dos direitos humanos, animais, etc. ONGs fazem parte do terceiro setor da sociedade, trabalham com a finalidade de complementar serviços de ordem pública e resolver problemas da sociedade. Assim como as instituições que tem fins lucrativos, elas precisam tem CNPJ e inscrição estadual. A diferença é que as organizações são mantidas por pessoas, empresas privadas, fundações e, em alguns casos, podem até mesmo receber algum auxílio do Estado. Os trabalhos são realizados por funcionários contratados e, principalmente, por voluntários. No Brasil, as principais ONGs, segundo o site Administradores, são: 1) Fundação SOS Mata Atlântica 2) Fundação Abrinq 3) Associação Pré UFMG 4) Instituto Ethos 5) Instituto Akatu


Quanto às ONGs de auxílio ao deficiente físico, em Uberlândia temos, por exemplo: 1) APARU – Associação dos Paraplégicos de Uberlândia 2) CERTO - Centro Evangélico de Reabilitação e Trabalho Orientado 3) APAE de Uberlândia – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Uberlândia 4) AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente SUA REPUTAÇÃO 

9º Prêmio Marketing de Sustentabilidade A Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) foi eleita uma das

organizações vencedoras do 9º Prêmio Marketing de Sustentabilidade, com o case “Teleton 2009 – Sua ajuda é o que nos move”. A ação consistia em estimular, reconhecer, premiar e difundir os exemplos de ações empresariais sustentáveis. A campanha produzida pela agência Z+ consistiu na inserção gratuita de anúncios em 120 veículos nacionais, sendo 84 jornais, 36 revistas, 59 rádios, 45 emissoras de TV (aberta e fechada), 30 salas de cinema, 20 sites, além de mídias alternativas. Foram ainda disparados cinco milhões de e-mails marketing, obtendo com todo o trabalho realizado, mais de R$ 6,7 milhões de investimento publicitário auditados pelo IBOPE Nielsen. Fonte: https://zmaiszumzumzum.wordpress.com/2010/07/04/aacd-vence-9%C2%BA-premiomarketing-de-sustentabilidade/

Verba ministério público O Ministério da Saúde anunciou que mais de R$ 200 milhões serão

aplicados na ampliação do atendimento à pessoa com deficiência. Em Uberlândia, a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) conseguiu alguns recursos provenientes do programa “Viver Sem Limite”, do Governo Federal, para oficinas. Contudo, a instituição ainda busca outros para a construção de centros especializados de reabilitação, caso a AACD consiga a verba, os centros irão atender Uberlândia e outros 27 municípios. Fonte: http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/2013/05/ aacd-de-uberlandia-recebe-recursos-do-ministerio-da-saude.html


IDENTIDADE, IMAGEM E REPUTAÇÃO A reputação é a junção entre a identidade e a imagem, formadas ao longo do tempo. Atualmente, para uma organização sobreviver no mercado, é preciso que haja uma concordância entre o seu discurso e a percepção de seus stakeholders. Afinal, para se ter credibilidade é preciso uma boa reputação. A identidade corporativa é definida como o que a empresa é, ou seja, o discurso empregado para o público. Ela pode ser analisada pela ótica de três aspectos: identidade visual, comunicação corporativa e comportamento organizacional. Portanto, encontramos identidade corporativa em: marca, estrutura física, conteúdo institucional, propagandas, relatórios internos, etc. A imagem já não pode ser controlada como a identidade, mas sim influenciada. Uma organização não possui apenas uma imagem, mas sim um conjunto delas, formadas a partir da percepção de cada público. A AACD construiu sua identidade baseada em seus princípios e valores, expressos em todas as suas ações. Sua identidade transparece o que ela é, com o que trabalham e qual o seu objetivo. Podemos observar o cuidado da instituição em manter o seu discurso e identidade visual em todas as unidades espalhadas pelo país. Analisando o site da ONG, notamos a importância dada a transparência e a prestações de conta. Como a AACD depende de doações, é essencial mostrar o destino e o resultado de tais recursos. A unidade localizada na cidade de Uberlândia alinha a sua identidade com a sede, espelhando suas atividades. Assim, podemos encontrá-la na identidade visual, em suas instalações, em seus eventos, no modo como trata seus voluntários, colaboradores e mantenedores, e na comunicação com seus diversos públicos. É a leitura que cada um irá fazer sobre as ações da ONG que formará a imagem e a opinião sobre a mesma. Por meio da comunicação da identidade, podemos observar a imagem que a AACD Uberlândia possui. Desta maneira, é possível concluir que ela possui uma percepção positiva formada pelos voluntários, funcionários, pacientes, imprensa, órgãos públicos e a sociedade em geral. Empresas e pessoas de renome apoiam e participam da causa por acreditarem que a instituição tem uma missão a cumprir. A credibilidade construída é a responsável por dar voz as ações da AACD, que possui grandes aliados.


Concluímos que a AACD é uma ONG consolidada em Uberlândia. Sua boa reputação, ao longo de 14 anos de atuação, se deve a clareza e a concordância entre o que é comunicado e o que é percebido.

Marca:


Instalações físicas:


Página inicial – Site AACD:


Artes de divulgação – eventos:

Artes de homenagem e agradecimento – Voluntários:


MAPEAMENTO DE PÚBLICOS Voluntários: auxiliam na manutenção da Associação e no cuidado com os pacientes. Mantenedores: doações mensais que mantêm a Associação. Empresas Parceiras: empresas que prestam serviços voluntários. (Ex.: Ares Comunicação, Agência Creative, etc.) Doadores: pessoas que realizam doações esporádicas. Imprensa: imprensa local. Endossantes: figuras públicas que incentivam as doações na mídia. Congêneres: concorrentes. Políticos sem mandato: políticos que frequentam os eventos da AACD. Pacientes: recebem tratamento da associação. Pais de pacientes: acompanham seus filhos no tratamento que recebem na AACD. Funcionários: servidores assalariados que prestam serviços para a instituição. Fornecedores: abastecem a AACD com materiais, serviços e mantimentos diversos. Governo Municipal: Prefeitura de Uberlândia. Apoiadores Eventuais: pessoas que frequentam os eventos da instituição e adquirem itens de valor para benefício da mesma.


ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS PÚBLICOS E DO RELACIONAMENTO COM A AACD Imprensa: A imprensa é um dos principais apoios que a ONG possui. É por meio da divulgação das notícias, que a AACD consegue construir a sua reputação e incentivar a participação da sociedade nas atividades desenvolvidas por ela. Esse relacionamento é construído por uma assessoria de imprensa local, que divulga e promove a instituição nos veículos de comunicação, além de monitorar os resultados dos seus esforços, sendo eles espontâneos ou provocados. A comunicação com a imprensa ocorre sazonalmente, em épocas de eventos, doações, etc. A percepção que a imprensa possui da AACD é positiva. Os assuntos abordados por ela são relevantes e emplacam matérias nos veículos, como podemos observar por meio dos principais clippings de 2014 e 2015. Porém, o que falta é explorar melhor essa ferramenta afim de posicionar melhor a entidade na região de Uberlândia, ganhando um maior destaque e, consequentemente, maior apoio e subsídios. Empresas (mantenedores, empresas parceiras): A comunicação com esses públicos é feita por envio de e-mail marketing, contato por e-mail, e envio de mala direta, além do contato direto por meio de visitação. A partir das notícias divulgadas pela imprensa, constatamos o apoio que a ONG recebe de várias empresas importantes como Martins e Monsanto, além de entidades como a CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas). Possuir aliados como estes só reforça a reputação da instituição, afinal eles estão se vinculando a uma ONG que possui credibilidade, engrandecendo suas marcas. A partir deste ponto, podemos concluir que a percepção deste público é positiva, expressa nos apoios a eventos e subsídios às atividades internas da AACD.


Jornal Correio

Jornal Gazeta de Uberlândia

Jornal Gazeta do Triângulo


Voluntários e funcionários: A comunicação da instituição com os seus voluntários e funcionários consiste na utilização de um mural de recados, contato por e-mail e reuniões, sendo constante e eficaz. O que sugerimos que ela implante para esses públicos é um jornal interno (house organ), com informações e entretenimento, afim de engajá-los ainda mais nas atividades da entidade. O sentimento dos voluntários é de pertencimento. O voluntariado AACD sente satisfação em fazer parte dos projetos desenvolvidos. E a importância deles para a instituição é essencial. As matérias veiculadas em emissoras e em sites de notícias, nos mostram como eles sentem prazer em fazer parte da AACD e orgulhosos em ajudar essas crianças. Em setembro de 2014, o programa Manhã Total (TV Paranaíba) produziu uma matéria sobre voluntariado, entrevistando voluntários de várias instituições de Uberlândia, incluindo da AACD. Veja um dos depoimentos que retratam a percepção do voluntário sobre o trabalho realizado: “Fazendo com maior carinho, o maior amor, isso aqui é feito assim, pontinho por pontinho, desfiando fio por fio. É muito gratificante, é muito bom. ” – Voluntária no Setor de Artesanatos.

Abaixo, podemos observar o comentário de voluntários da AACD Uberlândia:


Homenagem aos voluntários da AACD Uberlândia:

Pacientes e pais: A comunicação entre esses públicos e a AACD Uberlândia é feita por meio de envio de mala direta e por contato telefone. Os pais desses pacientes enxergam a entidade com carinho e gratidão, afinal eles trabalham para que os seus filhos possam ter mais possibilidades na inclusão e na luta contra suas limitações. Na matéria abaixo é possível observar a percepção de uma mãe:


Jornal Correio (versĂŁo online)


MatĂŠria do Jornal Correio (versĂŁo online) - 23 de junho de 2013


Porém, observando comentários nas postagens do Facebook, o que podemos observar é que as reclamações dos pais são por conta da falta de comunicação da AACD na divulgação de datas e eventos que ocorrem na Instituição. Sugerimos que eles sejam incluídos no projeto do jornal interno, inserindo assuntos relevantes para eles, sanando a necessidade de informação.


Doadores e endossantes: Na comunicação feita com esses públicos, a AACD deve ser cautelosa, pois neles busca-se, antes de mais nada, capitação de recursos financeiros e formação de credibilidade da marca e do projeto em si. Segundo pesquisas, os principais fatores que influenciam a doação são: 1. Credibilidade da instituição e dos propósitos que ela tem; 2. Crença de que a causa é realmente importante; 3. Responsabilidade social; 4. Reconhecimento público; 5. Isenções fiscais. Para que a AACD consiga receber um volume suficiente de doações, ela deixa clara quais são suas intenções e em que o dinheiro arrecadado será usado. Tudo isso é feito através de mídias off-line, como o Teleton, o famoso evento televisivo que incentiva as doações e através, também de mídias online e impressas, como podemos acompanhar no site e em propagandas esporádicas em revistas. Já referente aos endossantes, a marca da instituição busca relacionar para si própria a credibilidade de quem comunica por ela (atores, apresentadores, cantores, etc.), mas para isso a ONG deve sempre manter sua imagem adequada à identidade, para não contradizer nada do que é exposto na mídia e nem o trabalho realizado internamente e, só assim, a AACD consegue o apoio das personalidades para esse trabalho.


A percepção de ambos sobre a organização é a mesma: a AACD é um excelente órgão para se “apostar”, afinal nenhum deles arriscaria seu dinheiro ou credibilidade de imagem em uma causa que não transmite segurança, confiabilidade e, principalmente, resultados. A ONG transmite a eles os fatores que mais influenciam na doação, o que, consequentemente, liga-se a resultados e confiança. Mônica Cunha foi a cerimonial no evento de comemoração aos 13 anos da AACD Uberlândia:

Políticos sem mandatos: A AACD se comunica com esse público através de e-mail marketing,

quando

é

realizado

algum

bazar

beneficente

ou

evento

comemorativo. A percepção dos políticos sobre a entidade é vinculada a reputação que ela possui na comunidade. Para eles, se relacionarem com a AACD é vantajoso na formação de sua imagem perante a sociedade. É um público que não possui influência significativa para a instituição no momento, mas que pode vir a trazer algum retorno futuro, se forem eleitos.


Governo Municipal: A relação com a prefeitura, segue de maneira formal e documentada. No portal da AACD são divulgados relatórios periódicos de atividades e demonstrativos financeiros para que todos possam acompanhar o destino dado as arrecadações. (http://aacd.org.br/wpadmin/images/Demonstrativo%20Financeiro_AACD_Financas.pdf) (http://aacd.org.br/wp-admin/images/Relatorio_de_atividades_AACD_Interativo.pdf)

O trabalho foi elogiado pela secretária de Governo, Rosângela Paniago, como exposto no portal da Prefeitura de Uberlândia: “É um trabalho muito bonito e importante. Vamos verificar questões, como das subvenções repassadas”. Tal declaração evidencia admiração e importância dadas ao trabalho da AACD, por parte do governo municipal, bem como a preocupação em acompanhar o destino do apoio financeiro prestado pela Prefeitura. Mostra ainda o interesse da prefeitura em se mostrar solidária à instituição, partilhando dos valores e da credibilidade da instituição de auxílio à portadores de necessidades especiais. (http://www.uberlandia.mg.gov.br/2014/noticia/3460/prefeitura_e_aacd_estreitam_lacos_para_m elhorar_atendimento.html)

Apoiadores eventuais: Aos apoiadores eventuais a AACD anuncia publicamente seus eventos de arrecadação de fundos para a instituição, em datas próximas à realização. Esses eventos são divulgados com uso de redes sociais e vários meios, que propagam a informação, como por exemplo o Correio Online, que divulgou no dia 31/10/2014 o evento Feira de Artesanato Beneficente. A matéria conta a origem dos produtos artesanais, confeccionados por voluntários da instituição e do grupo Divas do Fuxico. Esclarece ainda que a arrecadação contribui para 416 atendimentos diários de pacientes da instituição. Tais informações reforçam a credibilidade da instituição junto aos apoiadores, que veem no evento uma forma de adquirir produtos/experiências que lhe interessam, ao mesmo tempo em que contribuírem para a AACD.


MATRIZ DE PÚBLICO


MATRIZ PODER – INTERESSE


DIAGNÓSTICO Com base no mapeamento de público e nas análises realizadas, podemos concluir a necessidade de comunicação com dois públicos da AACD, a imprensa e os pais de pacientes. Como podemos observar, a percepção da imprensa sobre a AACD é ótima e as duas mantém um relacionamento saudável. Porém, podemos enxergar a necessidade de uma maior exposição da instituição nos veículos de comunicação, o que atribuíra mais credibilidade e visibilidade em relação aos seus congêneres. Os pais de pacientes são um público que possui um alto nível de poder e importância para a instituição. Portanto, é fundamental que a AACD monitore este público e o mantenha informado. A relação entre eles é boa, mas observamos, em nossas análises, que este público se mostra insatisfeito com a comunicação e divulgação do que ocorre internamente. A solução será desenvolver um planejamento que vise sanar este problema.


PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Público: Imprensa Objetivo: Aumentar a visibilidade da AACD na imprensa de Uberlândia e região (Araguari, Araxá, Ituiutaba) em 30 clippings mensais, no prazo de 3 meses. Estratégia: Montar um plano de comunicação juntamente com a Assessoria de Imprensa da Instituição. Ações: 

Reuniões mensais com a assessoria

Justificativa: É importante que a AACD e a Ares Comunicação, alinhem os objetivos e atividades do mês em reuniões para apresentação do que foi realizado e o que será feito para o próximo mês. Essas reuniões seriam realizadas na própria Instituição, com o departamento de marketing, o departamento administrativo e o assessor responsável pela AACD. 

Contato semanal com a assessoria, por meio de telefone e e-mail

Justificativa: A comunicação entre cliente e assessoria é fundamental para que o assessor possa trabalhar as atividades desenvolvidas pela Instituição, na imprensa. Portanto, esse contato será essencial para aumentar a visibilidade da mesma. 

Media training para os porta-vozes da AACD

Justificativa: este processo de treinamento dos porta-vozes da instituição, visa desenvolver ou aperfeiçoar a capacidade deles em se relacionar com jornalistas em reuniões, entrevistas e eventos. Portanto, o media training é essencial em uma estratégia de assessoria de imprensa.


Cronograma:

Orรงamento:


Público: Pais de pacientes Objetivo: Melhorar a divulgação dos acontecimentos internos da AACD Uberlândia com os pais de pacientes, no prazo de 7 meses. Estratégia: Utilizar uma ferramenta da comunicação interna, o house organ (jornal interno), para informar os pais sobre os eventos e os acontecimentos da AACD. Ação: 

Fazer um projeto editorial

Justificativa: Um projeto editorial irá definir quais assuntos serão abordados pelo jornal, selecionando assuntos relevantes ao público em questão. 

Contratação de um redator

Justificativa: Um redator será o responsável pela produção de conteúdo do jornal. 

Contratação de uma gráfica

Justificativa: Uma gráfica será a responsável pela diagramação, edição e impressão do jornal interno. 

Produção do jornal

Justificativa: Depois de todo o planejamento e desenvolvimento, o jornal poderá ser produzido pela gráfica escolhida. Especificações do jornal: Periodicidade: mensal. Distribuição: 5º dia útil do mês. Tiragem: 1000 unidades. Formato: 8 páginas coloridas (4 folhas), tamanho de 21x29.7cm, papel branco.


Cronograma:

Orรงamento:


MENSURAÇÃO Planejamento – Assessoria de Imprensa A mensuração será realizada por Indicadores Operacionais e Indicadores de Qualidade. Além disso, a Assessoria entregará um relatório final com a quantidade de clippings gerados e o investimento economizado em mídia (ROI).

Planejamento – Jornal Interno A mensuração também será realizada por Indicadores Operacionais e Indicadores de Qualidade. Além disso, poderemos mensurar a satisfação do público por meio de pesquisa interna.


CONCLUSÃO Em Relações Públicas, o público é definido como um grupo de pessoas com interesses em comum que possuem influência, ou são influenciados, por uma organização, seja ela de maneira direta ou indireta. Partindo deste conceito, observamos a necessidade de uma empresa conhecer e se relacionar com os seus públicos. Ao mapear o grau de poder e importância que um público tem sobre a organização, é possível analisar como é a comunicação entre eles e a percepção formada a partir da identidade transmitida por ela. Portanto, ao mapearmos os públicos da AACD Uberlândia e analisarmos a comunicação que ocorre entre eles, identificamos a necessidade de desenvolver um planejamento estratégico com dois públicos, imprensa e pais de pacientes, a fim de evitar crises e conflitos, que senão trabalhados, são capazes de “manchar” a sua imagem e sua reputação.

Trabalho de Comunicação Externa - 2015  

Mapeamento de público e planejamento estratégico feito para AACD Uberlândia. Disciplina de Comunicação Externa, ministrada pela professora A...

Trabalho de Comunicação Externa - 2015  

Mapeamento de público e planejamento estratégico feito para AACD Uberlândia. Disciplina de Comunicação Externa, ministrada pela professora A...

Advertisement