Page 1

www.correiodovaledoriogrande.com.br Passos, Correio do Vale do Rio Grande, edição 13, de 23 de fevereiro a 01 de março de 2013

A FESP vai ser

toda UEMG Comitiva que apresentou documento contra mudança do estatuto da FESP a Nárcio Rodrigues

É o que garante o secretário de Ciência Tecnologia e Ensino Superior, deputado federal Nárcio Rodrigues, que recebeu comitiva de Passos, formada pelo presidente do legislativo Luis Carlos Souto Junior(Dentinho), vereadora Isabel Ribeiro (Belinha), exdeputado estadual constituinte Márcio Maia e o presidente do PP Hélvio Maia, demitido do cargo de professor da FESP. Ele foi voto contrário às mudanças no Estatuto propostas pelo Conselho Curador, presidido por

Fábio Kallas. O grupo levou documentação com mais de seis mil assinaturas contra as mudanças nos artigos 23 e 38 e apresentou a mesma também para Danilo de Castro, secretário de Governo do Estad. A reunião aconteceu no dia 20, quarta-feira, na cidade administrativa em BH. No mesmo dia a promotora Cristina Bechara dava seu parecer, concluindo pela proposta de que a FESP faça diligência junto ao governador no que se refere a essas mudanças. Páginas 5, 6 e 7

Aeroporto vai receber verbas do estado

Dep. Renato Andrade, Carlos Melles, Ataíde e Marco Antônio. Em Passos, Taquinho vistoria obras no aeroporto

Enquanto Renato Andrade assinava, ao lado de Ataíde, convênio para o aeroporto de Passos, o secretário de Indústria Comércio e Turismo José Eustáquio do Nascimento, Taquinho afirma: “Tenho tudo pronto para a homologação do aeroporto e tem sido importante o apoio que recebi do prefeito Ataíde Vilela e do deputado federal Renato Andrade”. Página 3

Praças serão linkadas grátis na internet A vereadora Cenira de Fátima Gomes Macedo, a Tia Cenira, tem reunião agendada nesta semana com o prefeito Ataíde Vilela. Ela vai apresentar o

resultado de sua articulação com a provedora de internet Master Cabo, que oferece a possibilidade da cidade ter pontos gratuitos de internet pela cidade.

A princípio cinco praças (Geraldo da Silva Maia, Monsenhor Messias Bragança, São Benedito, Vila Rica e Poços de Caldas) e algumas avenidas

seriam atendidas. “Estou satisfeita de poder estar cumprindo um compromisso de campanha”, disse a vereadora. Página 11


De 23 de fevereiro a 01 de março

Opnião A UEMG próxima de nós Carlos Alberto Alves O debate provocado por Amigos da FESP não um grupo denominados deixou prosperar a índole que, parece, de “Amigos da FESP”, autoritária que acompanhou de perto queria se perpetuar dentro toda a ação desenvolvida da instituição e que acabaria pelo Conselho Curador por leva-la a ter um dono, daquela entidade, à frente com todos tendo uma Fábio Kallas, para mudar certa desconfiança quem o estatuto da instituição e, poderia ser este dono. Mas isto não vem ao a título de adequa-lo ao novo Código Civil, mesmo caso agora. O encontro depois de dez anos da Comitiva passense, que para que tal providência teve à frente o presidente pudesse ser tomada, na da Câmara, Luis Carlos verdade deixou transparecer Souto Junior, que foi levar sem qualquer equívoco a até ao governo o abaixo vontade cristalina de retirar assinado com mais de o governador de decisões seis mil assinaturas contra cruciais que mantém o as mudanças no Estatuto, estado atrelado ao destino trouxe a notícia de que o processo de da Fundação estadualização de Ensino A mobilização dos é irreversível Superior de Passos. Amigos da FESP não e será feito Se pergun- deixou prosperar a com a total absorção de tarem ao índole autoritária os Fábio Kallas que, parece, queria todos cursos, todo se a retirada se perpetuar dentro patrimônio e dos artigos da instituição e que toda a dívida 23 e 38 – os dois garantem acabaria por leva-la a que a FESP ter um dono tiver. a presença Enfim, com do governador a sinalização na escolha do Conselho Curador e na clara, conforme matéria nesta edição assinatura do decreto para publicada aprovar ou não mudança no do Correio do Vale do estatuto – põe em risco o Rio Grande, de que a processo de estadualização, estadualização vai acontecer com certeza ele negará de de fato, a comunidade e os Amigos da FESP pés juntos. Mas a decisão da própria têm o que esperar com curadora das fundações, alegria e expectativa de ver promotora Cristina Bechara, concretizado o sonho da em pedir que a Fundação Universidade do Estado de faça diligência junto ao Minas Gerais, com ensino de qualidade, próprio governador deixa gratuito evidente quão importante é a participando efetivamente do participação do governador, desenvolvimento regional. como autoridade e poder moderador dentro da FESP, *Carlos Alberto Alves é como defende Márcio engenheiro civil por formação Maia. e jornalista por opção A mobilização dos

Rolou na semana Perseguindo Na reunião da comitiva de Passos com o secretário e deputado federal Nárcio Rodrigues, uma revelação interessante, logo após Helvio Maia informar que fora demitido da faculdade de educação física porque votou contra as mudanças dos artigos 23 e 38, Nárcio disse: “O Fábio se aproximou de mim há tempos atrás alegando ser perseguido por um grupo político de Passos”, estranhando que, ao que parece, agora faz a mesma perseguição com quem se opõe às suas vontades. Manifestação de apoio I O professor Helvio recebeu manifestação de apoio. Uma delas do professor Cassiano Neiva, que dá aulas na FADEF e na UNESP, é pós-doutor em fisiologia. Ele hipotecou solidariedade e comparou a forma de agir da direção da FESP aos tempos da ditadura militar. Manifestação de apoio II Também vieram manifestações de apoio de alunos dele. Um deles foi Caio Campos que disse que “como mestre sempre procurou o bem do corpo docente, buscando cursos, ajudando alunos a entrarem no mercado trabalho, e como diretor buscando melhorar o curso de Educação Física”. Outra a se manifestar foi Edneia de Souza. Ela disse que tem o “Hélvio como um exemplo de vida e superação. É um excelente professor,

principalmente quando se fala em atletismo, no qual se dedicou descobrindo e formando atletas, sendo presidente da Federação Mineira de Atletismo por muitos anos, e como professor da disciplina Atletismo na FADEF é dedicado, criativo, tem uma ótima didática no qual consegue passar conhecimento de várias maneiras, sendo dinâmico nas aulas práticas e teóricas. Foi um ótimo diretor da FADEF, não mediu esforços para que o curso crescesse, tudo que esteve ao seu alcance ele fez acontecer como alguns exemplos: o laboratório de fisiologia, eventos como a mini maratona, apoio aos professores e alunos em viagens na busca de conhecimento e capacitação. Tenho muito orgulho de dizer que fui aluna da FADEF e principalmente do professor Hélvio Maia”. Manifestação de apoio III Na Câmara de Vereadores dois vereadores se manifestaram em solidariedade a Helvio Maia. A vereadora Isabel Ribeiro, a Belinha, parabenizou Helvio por ter se posicionado contra as mudanças do Estatuto que tiram o governo da participação na vida da FESP. Mesma posição do vereador Dentinho que, ressaltou ter dado o título de cidadão honorário a Fábio, mas que não concordava com sua atitude com relação ao professor Hélvio e muito menos com as mudanças do Estatuto.

Charge

Opnião do Leitor Leitores do site Correio do Vale do Rio Grande, deixaram seus comentários sobre o jornal e seguintes matérias:

Tenho acompanhado as edições do Correio do Vale do Rio Grande e percebo que o semanário, ao unir a edição impressa com a versão on line, está no caminho da modernidade e contribui de forma incisiva para o debate dos temas que dizem respeito à nossa comunidade e região. Paulo de Oliveira – Passos

Aqui de Pouso Alegre acompanho com vivo interesse as notícias de nossa região através da versão online do Correio do Vale do Rio Grande. É como se abrisse todos os dias um diário que contempla os fatos mais importantes desse sul/ sudoeste de Minas. Parabéns pela iniciativa. Paulo Henrique – Pouso Alegre

Gostaria de parabenizar a editoria do jornal Correio do Vale do Rio Grande, porém algumas observações: Gostaria que as edições impressas tivessem também a página policial. Também seria interessante um espaço para que nós, leitores e eleitores, pudéssemos expor nossas opiniões, boas ou ruins, sobre o cenário político local. Marisa Aparecida Passos Envie também suas dicas e sugestões para o email: correiodovaledoriogrande @gmail.com

Expediente Correio do Vale do Rio Grande (www.correiodovaledoriogrande.com.br) é uma publicação da Agência de Publicidade Silva & Mota.

CNPJ:15.170.527/0001-31 Endereço: Av. Júpiter, 845 – Jd Satélite - Telefone: 035 3522-4138 - Diretora: Lilian Shorreyla - Arte Final: Diego Costa - Diagramação: Larryane Mayla - Tiragem: 2.000 - Gráfica: Spaço Jornal e Editora - Ribeirão Preto (SP)


De 23 de fevereiro a 01 de março

Aeroporto está pronto para ser homologado, diz Taquinho O secretário de Indústria Comércio e Turismo de Passos, José Eustáquio do Nascimento, Taquinho, recebeu com satisfação a informação de que o aeroporto de Passos vai receber recursos do governo de Minas para ser investidos em sua infraestrutura. A informação é do deputado federal Renato Andrade que, junto com Ataíde Vilela, assinaram convênio na tarde de quintafeira (21/02), na secretaria de Obras do Estado de Minas Gerais, chefiada pelo deputado federal Carlos Melles. O convênio irá beneficiar o município na administração e em investimentos de

infraestrutura para o funcionamento dos aeroporto. O deputado estadual Antonio Carlos Arantes também participou do encontro, assim como os prefeitos de Guaxupé, Jarbas Correa Filho (PSDB) e de Piumhi Wilson Marega Craide (PRB), que também assinaram convênio com o mesmo objetivo. . A parceria entre o Estado e os municípios permitirá a adequação, a ampliação, a melhoria e revitalização da malha aeroportuária do Estado, e tem como objetivo criar uma rede de aeroportos de pequenos e médios portes pavimentados e com operação diurna e noturna Por

meio do programa Proaero. “O Governo de Minas saiu na frente e já começou regularizar os aeroportos do estado para receber os investimentos que serão realizados pelo governo federal. Guaxupé, Passos e Piumhi foram os três primeiros convênios assinado nesta parceria entre Governo Federal, o Governo do Estado, a Aeronáutica Brasileira e os municípios, que receberão investimentos em infraestrutura e na administração para iniciar o seu funcionamento”, disse o Diretor de infraestrutura Aeroviária de Minas Gerais, Marco Antônio Migliorini, responsável pelos projetos

Secretário faz vistoria no aeroporto Em Passos, desde o momento que assumiu a SICTUR, Taquinho vem desenvolvendo uma série de ações que têm como objetivo deixar o aeroporto José Figueiredo pronto para ser homologado. “Organizamos desde a documentação

necessária para fazer esta homologação, como o projeto de avaliação do custo do aeroporto, até a infraestrutura do local”, afirma. Para atingir este objetivo, o secretário ressalta o apoio do prefeito Ataíde Vilela – “que deu carta branca para

que eu pudesse fazer o meu trabalho” – e a confiança do empresariado local, que contribuiu de maneira decisiva para a realização das obras e reparos que estão sendo feitos na área. “Isto permitiu a realização das ações necessárias sem que fosse preciso ter que

José Eustáquio do Nascimento, Taquinho, secretário SICTUR

para o funcionamento dos aeroportos em todo o estado. Migliorini destaca que a região foi contemplada devido ao seu potencial de crescimento que irá incrementar o sistema de aviação no Estado. “Essas três cidades do Sul de Minas foram contempladas pelo grande

potencial de desenvolvimento na região, além do trabalho árduo realizado pelos seus representantes políticos, o Secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais, Carlos Melles e o Deputado Federal Renato Andrade”.

investir recursos públicos, já que a prefeitura atravessa um momento de crise”, diz. Reconhecido pela sua capacidade empreendedora Taquinho correu atrás de parcerias e viabilizou toda a capina e limpeza da área, pintura do saguão, recuperação dos toldos, colocação de rádio para a comunicação

com aeronaves já ultimando a instalação de ar condicionado, poltronas e internet na recepção, que fica no saguão. “Graças a Deus temos credibilidade para conseguir apoios junto a comunidade e conseguir a melhoria de ver nosso aeroporto em funcionamento e beneficiando toda nossa população” concluiu.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Novo partido de Marina Silva começa se articular na região No dia 16 de Fevereiro, a ex-senadora Marina Silva, terceira colocada nas eleições presidenciais de 2010, juntamente com a também ex-senadora e fundadora do PSOL, Heloisa Helena, estiveram em Brasília com o Movimento Nova Política (grupo de apoiadores de Marina Silva) para definição de um novo instrumento político, a Rede Sustentabilidade ou apenas, a Rede. Marina havia deixado o PV em 2011, não descartava a fundação de uma nova legenda. Havia também comentários que ela e seu grupo negociariam com outros partidos, boatos esses que chegaram ao fim no último sábado, quando Marina e seus apoiadores bateram o martelo, seria então criada uma nova legenda com ideologia semelhante aos pensamentos de Marina e daqueles que a cercavam. Um deles, o deputado Alfredo Sirkis (PV-RJ) disse que “precisamos virar o avesso em que vivemos”, não concordando com a forma de se fazer política atual. Heloisa Helena, por sua vez, convocou os socialistas a estarem com Marina para o fortalecimento da bandeira,

também presente na ideologia da Rede. Ficou definido também nesse encontro o Estatuto e alguns pontos interessantes como a não aceitação de doações de indústrias de armas, bebidas alcoólicas e de agrotóxicos. Definiuse também que haverá teto para doações físicas e jurídicas, limitando assim, a ação de grandes empreiteiras e empresários, famosos pelas interferências favoráveis, com ajuda de políticos e do funcionalismo, caracterizando lobby. Até o momento, a Rede já conta com apoio formal da ex-senadora Heloisa Helena (PSOL-AL), do senador Eduardo Suplicy (PT-SP), esses dois, ainda não declararam desfiliação de e seus partidos, mas prometeram cooperar para a criação da Rede. Além de Heloisa e Suplicy, os deputados Walter Feldman (PSDB-SP), Alfredo Sirkis (PVRJ), Domingos Dutra (PT-MA), Reguffe (PDT-DF) e Ricardo Tripoli (PSDB-SP) também estariam em conversas com Marina Silva e outros fundadores da Rede, alguns deles inclusive acertados.

A Rede na região Para

que

o

Tribunal

Superior Eleitoral (TSE) aceite a criação de um novo partido são necessárias 500 mil assinaturas de brasileiros favoráveis ao surgimento da nova agremiação. Para isso, pessoas em todo Brasil já iniciam os trabalho de coleta dessas assinaturas, tendo prazo até Outubro para viabilizarem o partido para concorrer às eleições de 2014. Em nossa região, o mobilizador Rafael Flávio inicia o processo de coleta e se diz otimista em relação ao número de assinaturas em nossa região. Ele comenta que apesar do descontentamento do povo, isso em todo país, em relação à velha política praticada, ainda sim existem pessoas que acreditam na possibilidade de reverter esse cenário desfavorável ao povo, “temos pessoas insatisfeitas ao ponto de desgostar totalmente de política, pessoas que não acreditam na figura do político atualmente. Julgome um insatisfeito com a forma de conduzir política que chegamos. Hoje em dia, o ego, a sede de poder é maior do que a vontade de realmente beneficiar o povo” diz Rafael Flávio. Rafael diz ter articulado a coleta de assinaturas

Marina Silva, lança o novo partido no Brasil

em cidades da região “conseguimos pessoas, inclusive filiadas e com mandato que se prontificaram a ajudar, que viram a importância da criação desse instrumento político, enxergaram que até o momento, a Rede conta com pessoas de bem, capazes de modificar nossas realidades para melhor, temos até deputado que abriu mão de parte do salário e criou inimigos dentro do Congresso”, comenta sobre o perfil das pessoas que a Rede está a atrair. Ele afirma que Passos, Muzambinho, Itaú de Minas, São João Batista do Glória e Alpinópolis, são algumas das cidade onde ele já conseguiu mobilizar pessoas para atuarem na coleta de

assinaturas. “Isso é parte do que conseguimos aqui na região, o povo está sendo muito receptivo, tem aceitado positivamente a criação de um novo partido, ainda que existam vários outros, mas a clareza e a transparência de Marina e de seu grupo político é nítida, o povo observou isso e o abraço dado pela população nas propostas de Marina é visível. A intenção é essa, mostrar ao povo que a Rede tem interesse em fazer diferente, isso em política é primordial. Só assim, com caráter na política, com pessoas de bem e com propósito de fazer diferente que vamos alcançar melhorias significativas na sociedade e para a sociedade”.

Passos sediará curso inédido de marketing político pós eleitoral O Curso de Marketing Político da Guga Fleury Associados presente em diversas cidades do país, sediará pela primeira vez na cidade de Passos um evento. Neste curso é abordado as ações de

marketing no exercício do mandato político, que tem como seu público alvo os políticos, assessores, comunicadores em geral e estudantes. O evento ocorrerá no Minas Palace Hotel no dia

28 de fevereiro das 8:00 até as 18:00 e terá como professores, o Gustavo Fleury, jornalista, consultor e autor de diversos livros na área. Também participa do evento o consultor Henrique Cézar, que atuou

em diversas campanhas vitoriosas na região e o advogado Dr. Junio Magela que no evento dá uma palestra sobre a contratação de serviços de comunicação. As inscrições são limitadas e poderão ser feitas no site

www.cursomarketingpolitico. com.br/passos Maiores informações poderão ser adquiridas pelo e-mail cursomarketingpolitico@gmail. com ou pelo telefone (35) 9203-9256.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Promotora quer que governador decida sobre mudança do Estatuto da FESP A promotora e curadora das fundações, Cristina Bechara Kallás, emitiu parecer considerando correta a condução da Assembleia Geral Extraordinária que a FESP realizou em 3 de dezembro do ano passado, no auditório Armando Righeto, anexo 8, para aprovação da mudança do Estatuto da Fundação. Antes de autorizar o registro da ata em cartório ela pediu que se encaminhasse diligência ao governador sobre o assunto. Cristina Bechara argumentou que “considerando que a Fundação de Ensino Superior de Passos foi inicialmente criada por Decreto do Governador do Estado de Minas Gerais”, e teve sua vida marcada “por uma sucessão de decretos e ingerência governamental”, e que no “atual artigo 38 do Estatuto, até o presente momento em vigor, prevê que “qualquer modificação neste Estatuto será de iniciativa do Conselho Curador e dependerá de aprovação em Decreto do Governador do Estado, com anotação no registro civil das pessoas jurídicas”, considerando que a FESP é associada à UEMG e “que há promessas explícitas de Estadualização, requeremos que a Fundação interessada providencie a diligência no sentido de encaminhar a documentação necessária ao Excelentíssimo Sr. Antonio Augusto Junho Anastasia, DD Governador do Estado de Minas Gerais”, para que ele se posicione e só depois disso a Fundação poderá registrar a ata e validar o

No recinto não havia 281 pessoas, afirma promotora

Promotora Cristina Bechara, curadora das fundações

novo Estatuto. A promotora anotou em seu parecer que houve contestação de um voto contrário, dado pelo professor Helvio Maia, ocorrido dentro da legalidade como determina o artigo 66 do Código Civil. Nesta peça “impugnatória foram alegados vícios na Assembleia Geral, que em resumo se referem a falhas na publicação dos editais e suspeita de fraudes na contagem dos votos”. Ela acrescenta que além desses vícios, alegouse também a ausência de manifestação da Assessoria das Relações Regionais da Universidade do Estado de Minas Gerais”, como determina a legislação referente às instituições associadas à

UEMG e também “ausência de interesse público nas alterações dos artigos 23 e 38” e inconstitucionalidade nas alterações desses dois artigos. No documento de impugnação Hélvio Maia havia pedido a anulação da Assembleia por considerar que a sua convocação não havia obedecido o rito determinado pelo estatuto, conforme os artigos 16 e seguintes, quando se tem que aqui a segunda convocação deve ser chamada com cinco dias de antecedência. A curadora constatou porém que a FESP convocou as duas assembleias para o mesmo dia, local e depois do encerramento da primeira caso não houvesse quórum, como de fato ocorreu.

Cristina Bechara dá razão a Helvio Maia quanto a suspeita de que não havia 281 pessoas no recinto onde aconteceu a Assembleia Geral. “Realmente assiste razão ao impugnante quando suspeita que no local não havia 281 pessoas na hora da votação”, ela afirma que também “não há segurança de que todos que assinaram a lista de presença votaram, pois alguns deles podem simplesmente tê-la assinado e se ausentado da votação”. A promotora, porém, afirma que observou, através de filmagens, fotos e visitas ao local pelo Ministério Público, que “existia quórum suficiente para a aprovação, e que houve apenas um voto contrário às alterações do estatuto”. Na avaliação da curadora das fundações “ainda que não tenha havido a aprovação da alteração por 280 pessoas, como constou da Ata, não há sentido em anular a Assembleia, à míngua de demonstração de conduta dolosa, já que o quórum de aprovação foi superior a 2/3 dos presentes”. Para Cristina Bechara a

manifestação da UEMG sobre as mudanças no Estatuto também não eram necessárias porque a FESP “é apenas associada a UEMG” e mantém a sua “autonomia administrativa” e as questões discutidas “no Estatuto não interferem nesta relação”, explica no parecer. O registro da ata, que validaria o novo Estatuto, não pode acontecer enquanto o governador não editar decreto aceitando as mudanças ou não. A disposição do governo, conforme entrevista do secretário de Ciências Tecnologia e Ensino Superior, deputado federal Nárcio Rodrigues, é não admitir as mudanças já que isto representaria um afastamento da FESP da UEMG e este momento, segundo ele já passou. “A FESP poderia, em 1990, ter optado em ser uma instituição particular, mas optou por ser UEMG”, disse. Ele ainda conclui que o processo de estadualização começa agora em março “e se encerra em 2014, com o governo assumindo todos os cursos, patrimônio e dívidas da FESP” (Leia a entrevista na página 7).

Amigos da FESP agradecem Ao governador Antônio Anastasia nosso muito obrigado pela histórica transformação e absorção da FESP em definitiva unidade da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) conforme recente declaração de seu secretário de Ciência Tecnologia e Ensino Superior Nárcio Rodrigues. Ainda há tempo do presidente da FESP declarar um mea culpa, reabilitando-se aos novos tempos que estão prestes. Para tal que

sejam readmitidos aqueles professores que o contrariaram; que as assembléias sejam livres e abertas à presença da imprensa e que seu quórum não sejam falseado; que não mais cometerá a incoerência de afirmar de ser a favor da estadualização e ao mesmo tempo excluir o governo do seu estatuto; que não mais praticará nepotismo; e que promete como presidente de uma importante fundação de ensino superior conviver com os princípios da

democracia, sem a prática de gestão truculenta. Os amigos da FESP somos nós, as mais de 6 mil assinaturas entregues ao governador Anastasia, aqueles que não tiveram a oportunidade de assinar tal manifesto, aqueles que participaram do debate promovido pela Câmara Municipal e todos professores e funcionários da FESP que não quiseram se manifestar. Amigos da FESP


De 23 de fevereiro a 01 de março

Governo absorve a FESP completamente, garante dep. Nárcio Rodrigues

Comissão contra mudanças no estatuto da FESP vai até Danilo de Castro

Uma comitiva de Passos, formado pelos “Amigos da FESP”, esteve quartafeira (20/02) em Belo Horizonte para participarem de reunião agendada com o Secretário de Governo Danilo de Castro pelo deputado federal Renato Andrade. O objetivo era encaminhar o abaixo assinado com mais de seis mil assinaturas, pedindo para o governador Antonio Anastasia não aprovar mudanças no Estatuto da FESP, em seus artigos 23 e 38, que garantem a presença do Estado nos destinos da instituição. Depois do encontro a mesma comitiva (Luis Carlos Souto Junior, Dentinho, presidente da Câmara de Passos; Isabel Ribeiro, a Belinha, vereadora; Márcio Maia, ex-deputado constituinte; Helvio Maia, presidente do PP e professor demitido da FESP, (onde dava aulas) no último dia

30 de janeiro), foi ao encontro do Secretário de Ciências e Tecnologia e Ensino Superior, deputado federal Nárcio Rodrigues. Nesse encontro, Nárcio, afirmou que a FESP terá seus cursos, patrimônio e todas as dívidas encampadas pelo Estado através da UEMG- Universidade do Estado de Minas Gerais. O deputado federal Renato Andrade, embora tenha agendado o encontro com o secretário de governo, não pode participar por ter compromissos inadiáveis em Brasília. Ele falou com Danilo de Castro pouco antes da reunião, informando sobre a situação e se posicionando contra a mudança do Estatuto. “Não é hora de mudar nada no estatuto mesmo porque a FESP será estadualizada, como é o compromisso do governo”, enfatizou Renato Andrade.

Danilo: vou defender a ideia de não mudar o estatuto

O Secretário de Governo Danilo de Castro, disse ao grupo que tinha informações sobre o que estava ocorrendo através de Renato Andrade e que iria defender junto ao governador que não haja mudança no estatuto. “Vou defender essa ideia”, afirmou enquanto recebia a documentação com mais de seis mil assinaturas pedindo que o governador não assinasse decreto mudando o estatuto da FESP. O vereador Dentinho, que assinou documento encaminhando todo o material a Danilo de Castro (o mesmo foi feito para o secretário Narcio Rodrigues) disse que a Comitiva estava encaminhando todo o trabalho feito para defender a FESP como patrimônio público e instituição de ensino pública. Uma linha de raciocínio também seguida por Helvio Maia, que mostrou ao secretário que seu posicionamento contra as alterações dos artigos 23 e 38 lhe custou o

cargo de professor da Faculdade de Educação Física. “Fui demitido com avaliação de desempenho acima de 90% porque me posicionei contra a mudança do Estatuto”, disse. O ex-deputado Márcio Maia também usou da palavra e ressaltou o perigo que representa a eliminação dos artigos 23 e 38, que, se levado a efeito, excluiria o governador do estatuto da FESP. “Eu estou aqui ouvindo o eco da história de uma instituição com 50 anos e, se de repente toma esse caminho que nós tememos (eliminação dos artigos 23 e 38), ela será totalmente manipulada, na verdade privatizada e tendo um proprietário”, disse. “Por isso estamos aqui para pedir que alerte o governador para que não aceite isso, porque a presença do governo no estatuto é o verdadeiro poder moderador dentro da FESP” e isto, na opinião de Márcio Maia, não pode ser eliminado.

A vereadora Isabel Ribeiro, a Belinha, abordou o secretário Danilo de Castro sobre o processo de estadualização. “Isto está em andamento. Segunda-feira tivemos uma reunião com o governador, o vice e alguns secretários quando ele cobrou agilidade no processo”, afirmou Danilo de Castro. O prefeito Ataíde Vilela, que também não pode participar do encontro, embora estivesse em Belo Horizonte, porque houve coincidência de horário dos encontros, ligou para o deputado federal Nárcio Rodrigues e reafirmou seu compromisso com a estadualização da FESP. “Luto por isso desde quando fui estudante de engenharia na FEP e participei de todo o movimento do Fórum Pró UEMG, enquanto presidente do SINDFURNAS e tenho certeza que o secretário Nárcio vai conduzir o processo e transformar a FESP num campi avançado do UEMG, como é, aliás, compromisso do governador

Antonio Anastasia”; disse. O deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social, Cássio Soares, encaminhou para o Correio do Vale do Rio Grande seu posicionamento sobre o assunto. “O Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, deputado estadual Cássio Soares continua a favor da estadualização da Fesp e defensor dos interesses dos passenses e cidadãos da região. Tanto que muito tem feito para que o processo seja efetivado o quanto antes para que jovens com menor poder aquisitivo possam dar continuidade aos estudos e conquiste o tão sonhado diploma de ensino superior. Por isso, não irá colaborar ou aceitar qualquer alteração que traga prejuízo ao processo de estadualização. Quanto à mudança no estatuto da Fesp, tem a certeza de que o governador Antonio Anastasia irá cumprir com o compromisso afirmado e dar início à tão sonhada estadualização”.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Entrevista: Deputado Federal Nárcio Rodrigues, secretário de Ciências e Tecnologia: “O governo vai absorver todos os cursos, patrimônio e dívidas da FESP que passará a ser UEMG Regional” COMPROMISSO COM A ESTADUALIZAÇÃO “Quero tranquilizar não apenas as seis mil pessoas que assinaram esse abaixo assinado, mas toda comunidade de Passos. Dizer que o processo de estadualização da FESP é um compromisso do governador Antonio Anastasia e será realizado até 2014 como nós já afirmamos”. INICIO EM 2013 “Ainda este ano nós vamos disciplinar metodologia que vai levar a encampação fundações associadas (além da FESP existem cinco associadas). Portanto não me preocupo alterações estatutárias que não podem e comprometerão o sistema de encampação”

toda das mais com não

ENSINO GRATUITO E DE QUALIDADE O Campus da UEMG de Passos será criado e nós vamos atender as demandas atualmente através do ensino público, gratuito e de qualidade, que a FESP já oferece e que a UEMG vai oferecer de graça assim que concluirmos o processo de estadualização”. COMPROMISSO REITERADO “(A estadualização) é um compromisso que o

governador Antonio Anastasia reiterou a mim a semana passada, quando discutíamos as demandas da estadualização, que vão ter um impacto pesado, mas ele me disse com todas as letras que ‘este é um compromisso que eu fiz e não deixarei de cumprir’. Importante lembrar que este compromisso foi feito em Passos em 17 de junho de 2010, ano da reeleição do governador”. COMPROMISSO PARTIDÁRIO “Isto (projeto de estadualização) está muito aceso em nossa memória, porque nós apresentamos, em nome do PSDB de Minas, o projeto de estadualização, ele (o governador) assumiu aquela proposta e a tornou um compromisso de governo. Depois da eleição nos convidou para assumir a secretaria de Ciências Tecnologia e Ensino Superior e ressaltou que uma das prioridades era efetivar a estadualização de todas as fundações associadas” ENCAMPAÇÃO TOTAL “No parecer jurídico que nós temos o momento que a FESP teve para desfiliar da UEMG foi aquele em que podia fazer a opção de ser ou não Universidade do Estado de Minas Gerais (Em 1990). De lá para cá todas essas associadas estão integradas ao sistema UEMG. Naquela

Deputado Federal Nárcio Rodrigues

oportunidade algumas fundações deixaram de ser associadas, mas naquele momento a FESP reafirmou a sua integração à UEMG e nosso compromisso com a FESP é de encampar todos os cursos que hoje são ministrados na FESP. A única mudança é vantajosa para a região. Nós vamos fazer com que a estadualização tenha um impacto regional, com a UEMG tendo um campus regional com presença em Passos, São Sebastião do Paraíso, onde criaremos uma unidade voltada para o esporte olímpico, e também a extensão da formação acadêmica da FESP atualmente sendo feitas em outras cidades, com a educação a distância. Nós devemos estender a Guaxupé, Carmo do Rio Claro e outras cidades, os cursos da UEMG do Sudoeste de Minas. Toda a estrutura da FESP será transformada em UEMG, cursos, patrimônio, assumindo inclusive as dívidas.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Registro Social

1º Carnaval do Grupo Conviver com concurso de fantasia Os funcionários da secretaria de Asstência Social e dos CRAS também estavam presentes e ajudaram na realização do evento. Contamos também com a presença voluntaria da escola de samba Passense e ajuda da Viação Santo Antonio que cedeu um ônibus para buscar e retornar com os idosos aos CRAS. Foi servido salgadinhos, cachorro quente, pão de queijo, broa salgada e refrigerante. O evento foi realizado realizado pela secretaria de Assistência Social para os idosos que participam dos grupos dos CRAS, no Ginasio da Barrinha dia 08/02/2013 (sexta-feira), das 19:00 as 22:00 horas.

Foi feito o sorteio de vários brindes entre os idosos presentes e também um concurso de fantasia onde foram escolhidos o rei, a rainha, o principe, a princesa e o mais animado da festa.

Estiveram presentes os vereadores Iran Parreira, Belinha, Tia Cenira, o deputado federal Renato Andrade e a secretária de assistência social Aline.

Foram jurados Renato Andrade, Tia Cenira, Belinha, Iran Parreira, Wesley e Carlos Eduardo (ambos do SEMAS) e Reginaldo Santana.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Variedades Receita

Horóscopo ÁRIES

LIBRA

A conjuntura exige, para que se possa beneficiar da sua equidade, serenidade e fé. Aconselha também concentração e reflexão nos atos cotidianos.

A semana promete ser muito importante, pois tem condições para atuar com perfeito conhecimento das circunstâncias de cada situação. Conseguirá profundas e sólidas evoluções.

TOURO

ESCORPIÃO

Não faça sacrifícios e não cometa excessos esta semana. Seja moderado e justo e evite reagir impulsivamente ou debaixo de emoção. Revelações inesperadas poderão chocá-lo bastante.

Conjuntura muito positiva, aproveite as circunstâncias e dê o seu melhor, ajudas e apoios não vão faltar abrindo novos horizontes na sua vida.

GÊMEOS

SAGITÁRIO

A conjuntura transporta uma influência leve, dinâmica e alegre durante toda a semana. Os contatos vão aumentar, a capacidade de trabalho e de êxito compatível estão asseguradas.

Conjuntura intensa semana conseguirá comportamentos e os objetivos. Novas no horizonte.

Arroz com Bacalhau de Microondas

e radiosa, esta ter os melhores atingir em pleno situações surgem

CÂNCER

CAPRICÓRNIO

Há movimentações positivas na sua vida, com dissipação de dúvidas e o aparecimento de opções harmoniosas. Podem surgir novas oportunidades que não deve desdenhar.

Tente levar as coisas mais a sério, a tendência é para cometer erros e fantasiar, se não for objetivo e pragmático. Na saúde alguma instabilidade nervosa e cansaço excessivo.

LEÃO

AQUÁRIO

Os nativos de Leão estarão sob a influência de uma conjuntura lenta em que qualquer definição ou resposta poderá revelar-se mais demorada do que era de se esperar.

A conjuntura agrava alguma instabilidade a Aquário que está muito ansioso e impaciente, combata sentimentos negativos e coloque na sua vida metas mais acessíveis.

VIRGEM

PEIXES

Conjuntura muito forte e uma semana muito positiva e marcante. Aproveite para desenvolver projetos pessoais que não conseguiu anteriormente.

Sentirá uma grande energia, contudo é conveniente que não a aplique apenas a um plano da sua vida. Estará muito perspicaz e capaz de agir no momento certo.

INGREDIENTES • • • • • • • • • •

500 gr de bacalhau porto em filés 1/2 unidade(s) de pimentão amarelo picado(s) 2 unidade(s) de tomate picado(s), sem pele(s), sem sementes 2 colher(es) (sopa) de cheiro-verde picado(s) 1/2 unidade(s) de cebola picada(s) 1 dente(s) de alho picado(s) 2 colher(es) (sopa) de azeite de oliva 2 xícara(s) (chá) de arroz 4 xícara(s) (chá) de água Sal a gosto

MODO DE PREPARO Deixe o bacalhau de molho por 12 horas. Aqueça 1 litro de água por 10 minutos na potência alta, coloque o bacalhau na água quente e retorne ao microondas por 5 minutos na potência alta. Escorra, aguarde esfriar e desfie o bacalhau. Coloque-o em um refratário grande com o pimentão, os tomates, o cheiro-verde, a cebola, o alho e o azeite. Leve ao microondas por 5 minutos na potência alta. Acrescente o arroz já lavado e escorrido, a água e o sal e leve ao microondas por 20 minutos na potência alta. Retire mexa bem prove o sal e tampe. Aguarde 20 minutos em tempo de espera e sirva.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Saúde

O que é Depressão? Depressão é a tristeza quando não acaba mais. É uma doença que ataca tão subrepticiamente, que a maioria dos que sofrem dela nem percebem que estão doentes. De cada dez pessoas que procuram o médico, pelo menos uma preenche os requisitos para o diagnóstico de depressão. Do início insidioso, a depressão evolui continuamente para quadros que variam de intensidade e duração. Nos casos mais simples, a pessoa pode curar-se por conta própria em duas a quatro semanas. Passado esse período sem haver melhora, os especialistas recomendam atenção e tratamento, porque a depressão prolongada pode levar a suicídio e mortes por causas naturais. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado. Causas A depressão é uma doença. Há uma série de evidências que mostram alterações químicas no cérebro do indivíduo deprimido, principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina e, em menor proporção, dopamina), substâncias que transmitem impulsos nervosos entre as células. Outros processos que ocorrem dentro das células nervosas também estão envolvidos. Ao contrário do que normalmente se pensa, os fatores psicológicos e sociais, muitas vezes, são consequência e não causa da depressão. Vale

ressaltar que o estresse pode precipitar a depressão em pessoas com predisposição, que provavelmente é genética. A prevalência (número de casos numa população) da depressão é estimada em 19%, o que significa que aproximadamente uma em cada cinco pessoas no mundo apresenta o problema em algum momento da vida. Sintomas • Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia • Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas • Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis • Desinteresse, falta de motivação e apatia • Falta de vontade e indecisão • Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio • Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte. • A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio • Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom “cinzento” para si, os outros e o seu mundo • Dificuldade de concentração,

raciocínio mais lento e esquecimento • Diminuição do desempenho sexual (pode até manter atividade sexual, mas sem a conotação prazerosa habitual) e da libido • Perda ou aumento do apetite e do peso • Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo) • Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

Tratamento O tratamento da depressão é essencialmente medicamentoso. Existem mais de 30 antidepressivos disponíveis. Ao contrário do que alguns temem, essas medicações não são como drogas, que deixam a pessoa eufórica e provocam vício. A terapia é simples e, de modo geral, não incapacita ou entorpece o paciente. Alguns pacientes precisam de tratamento de manutenção ou preventivo, que pode levar anos ou a vida inteira, para evitar o aparecimento de novos episódios de depressão. A psicoterapia ajuda o paciente, mas não previne novos episódios, nem cura a depressão. A técnica auxilia na reestruturação psicológica do indivíduo, além de aumentar a sua compreensão sobre o processo de depressão e na resolução de conflitos, o que diminui o impacto provocado pelo estresse.


De 23 de fevereiro a 01 de março

EDITAL CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL PESSOA FÍSICA - EXERCÍCIO DE 2013 A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril de 1.971, que dispõe sobre a Contribuição Sindical Rural - CSR, em atendimento ao princípio da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605 da CLT, vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas físicas, que possuem imóvel rural ou empreendem, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrados como “Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos termos do artigo 1º, inciso II, alíneas a, b e c do citado Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de Recolhimento da Contribuição Sindical Rural do exercício de 2013, devida por força do que estabelecem o Decreto-lei 1.166/71 e os artigos 578 e seguintes da CLT, aplicáveis à espécie. O seu recolhimento deverá ser efetuado impreterivelmente até o dia 22 de maio de 2013, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta de recolhimento da Contribuição Sindical Rural até a data de vencimento acima indicada, constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento de juros, multa e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto Sobre a Propriedade Territorial Rural – ITR, repassadas à CNA pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, com amparo no que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas respectivas Declarações. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via, diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde têm domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes da data do vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.canaldoprodutor.com.br. Eventuais impugnações administrativas contra o lançamento e cobrança da contribuição deverão ser feitas, no prazo de 30 (trinta) dias, contados do recebimento da guia, por escrito, perante a CNA, situada no SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, Cep: 70.830-903. O protocolo das impugnações poderá ser realizado pelo contribuinte na sede da CNA ou da Federação da Agricultura do Estado, podendo ainda, a impugnação ser enviada diretamente à CNA, por correio, no endereço acima mencionado. O sistema sindical rural é composto pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil–CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais. Brasília, 23 de fevereiro de 2013. Kátia Regina de Abreu Presidente

Praças de Passos vão ter internet gratuita Um compromisso de campanha da vereadora Tia Cenira está prestes a se tornar realidade em Passos. Graças a articulação dela junto a provedora Master Cabo a cidade vai poder contar, em cinco praças e algumas avenidas importantes, com a distribuição de sinal grátis de internet. “Trabalhei bastante para ver este compromisso resgatado e o sinal verde da Master Cabo vai transformar este sonho em realidade”, disse ao Correio do Vale do Rio Grande, questionando como o jornal soube da informação que vem sendo tratada com sigilo. “Temos uma reunião agendada com o prefeito Ataíde Vilela para mostrar para ele o projeto de popularização da internet que a Master Cabo está fazendo e a parceria que pode se concretizar com o município”, afirrma. A vereadora não queria antecipar nada sem antes ter essa reunião com o prefeito, mas diante da constatação de que o periódico tem as informações acabou confirmando a iniciativa. A vereadora articulou com a empresa

Tia Cenira

a distribuição do sinal em cinco praças da cidade, Praça Geraldo da Silva Maia (Pça do Rosário); Praça Monsenhor Messias Bragança (Pça da Matriz); São Benedito, Poços de Caldas, Vila Rica, além da avenida Juca Stockler. Não haverá gasto para a prefeitura. Na reunião com Ataíde Vilela vão ser tratados detalhes do funcionamento, como a data em que o sistema de disponibilização grátis do sinal de internet entrará em operação. “Importante para nós é que isto vai acontecer em breve, porque depende da capacidade empreendedora do prefeito e do secretário de Indústria Comércio e Turismo, o Taquinho, de quem todos já sabem de sua capacidade de gerenciamento”, finalizou Tia Cenira.


De 23 de fevereiro a 01 de março

Esporte Abdala Júnior, especial para o Correio do Vale do Rio Grande

Taça Passos começa neste domingo A 7ª Taça Passos de Futebol Amador promovida pela Liga Passense de Desportos tem seu início a partir do próximo domingo, 24 de fevereiro. Este ano o torneio tem o maior número de participantes da história da competição, serão trinta times no certame. Conferira a primeira rodada da competição:

DATA HORA

JOGOS

LOCAL

24/02 09h00 CPN X SANTO ANTONIO HORTO 24/02 08h30 REAL PRIMAVERA X FLAMENGO AA.BB 24/02 10h30 AA.BB X BOTAFOGO AA.BB 24/02 09h00 JG.GARÇONS X UNIÃO/BH COLCHOES ABRÃO CARAM 24/02 11h00 CARAM X VITORIA ABRÃO CARAM 24/02 08h30 SANTA CRUZ X MB.LAJES/CASA DA CONSTRUIÇÃO VIRGILIO 24/02 10h30 ROMA X FAZENDA BOCAINA VIRGILIO 24/02 08h30 VILA NOVA X JUVENTUS STARLING 24/02 10.30 PALMEIRINHA X AJAX STARLING 24/02 13h30 PALESTRA X PENHA II ABRÃO CARAM 24/02 15h30 FORTALEZA X IPIRANGA ABRÃO CARAM 24/02 15h30 ODEBRECHT X NOVO HORIZONTINO VIRGILIO VASCONCELOS

Decisão do Torneio de Areia do Novo Horizonte será neste sábado

As equipes denominadas Atlético Paranaense e Grêmio vão decidir o titulo de mais uma edição do Torneio de Areia do Bairro Novo Horizonte. A decisão acontece as 17h deste sábado, 23, na Quadra de Areia do Ambulatório do mesmo Bairro. Para chegar a final o Grêmio não teve dificuldades para vencer a equipe do Figueira pelo placar de 5x2. Já o Atlético sofreu muito para virar o jogo em cima do Ferro Velho Luz Divina por 6x3, pois perdia até os minutos finais por 3x1. Conforme informações do organizador, Adenilson Santos (Dema) a equipe campeã levará o troféu em nome do empresário Marcinho do Arlindo e mais duzentos reais em dinheiro, o 2º colocado levará o troféu intitulado João Ferramenteiro e mais cem reais em dinheiro e o 3º colocado que

sairá do jogo marcado para 16h entre Figueira e Ferro Velho Luz Divina levar à o troféu em nome de Alexandre de Almeida e trinta reais em dinheiro. A partida final também vai definir quem será o artilheiro da competição, já que Wesley tem 25 gols e Fabinho com 23 gols, ambos do Atlético Paranaense. Já o goleiro Euller da equipe do Figueira tem tudo para ficar com o menos vazado, já que até agora sofreu 16 gols em toda a competição. O árbitro que apitou as semifinais e vai apitar a final é Celio Assis Pessoa (Celinho), membro da Liga Passense de Desportos. O organizador Adenilson Santos informou que se não fosse o apoio da imprensa falada e escrita de Passos e principalmente dos patrocinadores não seria possível a realização do torneio.

CORREIO DO VALE DO RIO GRANDE  

13[ EDIçÞAO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you