Issuu on Google+

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 01


LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

02| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


EDITORIAL

CARÍSSIMO LEITOR,

40 RENASCIDOS EM PENTECOSTES junho

C

umpriu-se a promessa: “Recebereis o Espírito Santo e sereis as minhas testemunhas”. A Semana de Pentecostes 2013 reuniu mais de três milhões de pessoas, que testemunharam com suas vidas a promessa de Deus. No alto da escada, milhares de vidas, resgatadas da planície escura, encontraram-se com o Cristo Redentor de braços abertos. Um novo Pentecostes aconteceu e está acontecendo em nosso meio. Uma multidão renasceu pelo poder do Espírito e tomou posse das inúmeras curas, libertações, conversões, milagres, graças e prodígios de Deus. Recentemente, o mundo secular declarou que a Igreja Católica estava morta, em crise. Agora, após esta imensa Festa do Senhor, momento em que mais de três milhões de pessoas declararam aos quatro cantos da terra que Jesus Cristo vivo, real e ressuscitado é nosso Deus e Senhor, não resta dúvida: a Igreja de Cristo está viva e é movida pelo Espírito Santo. Pentecostes é o maior evento paroquial do mundo, inelutavelmente. E graças a Deus, está se espalhando pelo Brasil e pelo mundo.

Um evento tão grandioso custa muito caro e é pago através da sua doação e oferta. Precisamos da sua ajuda financeira para quitar nossas dívidas e continuar evangelizando através do nosso Sistema de Comunicação, produtos de evangelização e Revista. As suas orações também são fundamentais para o cumprimento desta obra, por isto continue intercedendo por nós e por toda a Igreja do Senhor. A Comunidade Renascidos em Pentecostes agradece a todos que nos ajudaram a realizar a vontade de Deus, tornando-se instrumentos do Senhor trabalhando nas pastorais. Agradece ao governo do Distrito Federal, Corpo de Bombeiros, Samu, Polícia Civil e Militar, agentes do Detran, que nos apoiaram e ajudaram durante os dias da Semana de Pentecostes. Agradece à imprensa católica e secular que cobriram o evento. Agradece também aos fiéis que participaram desta grande Festa do Senhor, enfrentando sol quente, cansaço e frio para louvar, adorar e bendizer Jesus Cristo – Nosso Mestre e Rei.

Que a ação do Espírito de Deus renove em nossos dias o vigor de Pentecostes, Luana G. F. Almeida

EXPEDIENTE

FALE CONOSCO

Fundação São Pedro Diretor Presidente: Padre Moacir Anastácio

Sub-editoras: Crícia Martins e Ana Carolina Ferraz

Jornalista responsável: Karina Dantas DRT 8006-DF

Editora-chefe: Gláucia Martins

Propaganda e Projeto Gráfico Cristilene Couto (Mídia&Design)

Revisão: Luana Almeida/ Danielle Alves

Designer gráfico Larissa Reis

Fotos: Ed Alves/ Central de Comunicação/ Guilherme Macêdo

revista@renascidosempentecostes.com.br www.renascidosempentecostes.com.br www.paroquiasaopedro.com.br Paróquia São Pedro QSD A/E nº 25 Setor D Sul Taguatinga Sul, Distrito Federal.

Fone: (61) 3027- 4433

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 03


LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

04| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


ESPECIAL PENTECOSTES

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 05


ESPECIAL PENTECOSTES SEMANA DE PENTECOSTES

EU FUI POR CRISTO, COM CRISTO E EM CRISTO

E

m novembro de 2012, em peregrinação à Terra Santa, Padre Moacir Anastácio, fundador da Comunidade Renascidos em Pentecostes, teve uma visão enquanto rezava. Jesus tocou seu ombro e chamou-o. Seguindo Jesus, o padre desceu uma escada. Quando chegaram ao fim, deram numa planície fria e escura. Havia uma grande multidão de pessoas nesta planície gelada. As pessoas estavam caladas, imóveis e escoradas umas nas outras. Não havia vida, apenas a morte – pelo pecado. O Espírito Santo esclareceu o significado desta visão. Era preciso retirar todas as pessoas da planície, fazendo-as subir a escada que as levaria diretamente aos braços abertos do Cristo Redentor. Esta é a missão, animar as pessoas até que elas saiam da situação de morte a qual estão inseridas e encontrem Jesus Cristo no alto da escada. Eis que o Senhor suscitou no coração do Padre Moacir esta missão maravilhosa que nos revela o que é ser Renascido em Pentecostes. É ressuscitar da situação de morte causada pelo pecado, subindo a escada rumo ao Cristo Redentor, movido através da efusão do Espírito Santo. Ou seja, é abandonar o pecado deixando a planície, viver na efusão do Espírito de Deus sendo curado e liberto, subindo a escada louvando, glorificando e adorando o Senhor - que significa trilhar o caminho da santidade até a vida eterna: Jesus Cristo. Este é o significado de Pentecostes 2013, Eu vou por Cristo, com Cristo e em Cristo. Ergueram-se gigantescas muralhas para o não cumprimento desta linda missão – tantos foram os impedimentos e dificuldades. Ausência de recursos financeiros,

poucos servos dispostos a trabalhar, licenças públicas necessárias não aprovadas, vigílias contra a Semana, trabalhos de magia negra. As insídias de satanás estava por toda a parte. Os inimigos de Pentecostes revelavam-se aos montes todos os dias. Satanás levantou-se furioso, tentou de tudo para destruir o plano de Deus. Usou os seus para atrapalhar, barrar, destruir, dividir, desobedecer e enganar.

Cerco de Jericó De fato, satanás fez algum barulho. Entretanto, Deus tem os seus e os envia sempre. A oração é a armadura do cristão, então um Cerco de Jericó foi realizado no Centro de Evangelização. A Comunidade Renascidos

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

06| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

em Pentecostes uniu-se durante oito dias de intensa oração, clamando por Pentecostes. O Senhor revelou graças, libertações, profecias e promessas. A presença forte de Nossa Senhora, intercedendo por nós e nos preparando para a missão foi indiscutível. Ela nos equipou e nos tornou um grande exército. À nossa frente, Maria Santíssima colocou-se em ordem de batalha. Conforme Jesus Cristo nos prometera, testemunhamos as muralhas sendo derrubadas uma a uma. Jesus Cristo nos deu força e coragem, enviou seus santos anjos para proteger as pessoas que iriam trabalhar, as que iriam participar do evento e toda a área do Taguaparque. Nossa Senhora, a Mãe de Pentecostes, nos formava e nos preparava para a missão.


Retiro para os servos E assim, mais de duas mil pessoas pagaram para trabalhar e participaram do Retiro Espiritual em Preparação para Pentecostes 2013, realizado no Centro de Evangelização. Moisés Rocha e Padre Marcelo Vitorino foram os convidados para pregar neste retiro preparatório. O pregador Moisés Rocha, de Sete Lagoas, Minas Gerais, abriu a pregação do dia. Ele apresentou-se, contou seu testemunho e emocionou muitas pessoas com a belíssima pregação sobre restauração de sonhos. Depois do intervalo para o lanche, Padre Marcelo Vitorino, da Paróquia Senhor do Bom Fim, que fica no Setor O, pregou para os servos. Falou com doçura e ensinou-nos como acolher bem as pessoas com sabedoria em Pentecostes. Ao retornar do intervalo para o almoço, um grande louvor com Crícia Martins, Glaucia Martins, Salvador Neto e bandas entusiasmou todos os presentes. Dando seguimento às pregações do dia, Moisés Rocha voltou ao palco, animou os servidores dizendo: “Até ontem você era nada, mas quando o Espírito Santo te chamou para trabalhara em Pentecostes, ele te fez de bastardo à Rei de Israel”. O encerramento do Retiro no Centro de Evangelização deu-se com Santa Missa presidida pelo Padre Moacir Anastácio. As pastorais presentes no local puderam sentir fortemente o poder de Deus agindo. Foram momentos intensos de unção, graças, prodígios e revelação das promessas de Deus para Pentecostes 2013. Cristo Redentor e a Jornada Mundial da Juventude – Rio 2013. O Cristo Redentor em Pentecostes 2013 representa a preparação para a Jornada Mundial da Juventude, realizada anualmen-

te nas dioceses de todo o mundo. A Jornada acontecerá de 23 a 28 de julho de 2013, na cidade do Rio de Janeiro. Ano passado, réplicas do monumento foram doadas para dioceses escolhidas nas cidades de Roma, Paris, Belo Horizonte, Aracaju, Curitiba e Brasília. A Comunidade Renascidos em Pentecostes foi eleita para receber a réplica do Cristo Redentor, na Paróquia São Pedro. O Cristo faz parte da arte de Pentecostes 2013. As pessoas deixam a planície do vale da morte, sobem a escada, caminho da santidade e encontram-se com Cristo Redentor, de braços abertos para receber seus queridos e amando filhos. Acolhida com imensa alegria, a imagem de 3,8 metros de altura, foi exposta no Taguaparque. Início da Semana de Pentecostes 2013 Quando o Padre Moacir recebeu a

primeira missão, no ano de 1999, a de fazer com que o povo de Deus ficasse reunido durante oito dias, do domingo da Ascensão do Senhor até o dia de Pentecostes, ele não sabia a dimensão do projeto do Pai reservado para este acontecimento. Como servo fiel, ele cumpriu a vontade de Deus, conforme ele mesmo relata em seu livro Palavras de Fogo: “Naquela missa, à noite, eu disse para aquelas pessoas: “Fiquemos unidos, fiquemos aqui, não vamos sair”. No mesmo instante, convoquei as pastorais e todos aqueles que aceitassem participar e dei início à primeira Semana de Pentecostes, durante a qual ficaríamos juntos, aguardando o batismo do Espírito. São oito dias (intervalo entre a Ascensão de Cristo e o Pentecostes) de caminhada com o Senhor, inundados pelo Espírito Santo. São oito dias de celebrações, vivendo a

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 07


ESPECIAL PENTECOSTES Lançamentos graça de Deus, que sabemos, não se restringe a esse período, mas se estende ao ano todo. Somos chamados, nessa festa, a beber da água que jorra para a vida eterna, a água que vem do Céu, que dá poder e força. Jesus Cristo abre-nos o Céu e unidos, O glorificamos.” Muitos não o sabem, mas todos os dias da Semana de Pentecostes iniciaram-se com intensa oração. A preparação para a Santa Missa começava com o Cenáculo e as Mil Ave-Marias no período da manhã e início da tarde na Paróquia São Pedro. A profunda oração, clamando a ação poderosa do Espírito Santo já se fazia sentir nos bastidores do evento. A partir das 15h, a Novena de Pentecostes foi rezada na paróquia e nos três dias no Taguaparque, e, transmitida pelo Sistema de Comunicação Renascidos em Pentecostes e outras emissoras de rádio. Após a novena, o programa Entoai Salmos, do Salvador Neto, entrava em ação para animar para a Santa Missa. Em seguida, às 18h, o santo terço era sempre rezado e precedido de louvor e adoração pelo Ministério de Música. No Taguaparque, a adoração ao Santíssimo Sacramento, clamando pelo derramamento do Espírito de Deus, por proteção e ardor dos servos e fiéis participantes da Festa, começou na sexta-feira e terminou apenas no domingo, após a Santa Missa.

Lançamentos Pentecostes 2013 Padre Moacir Anastácio lançou o livro “O poder de Pentecostes”. Seu décimo primeiro escrito abrange suas pregações durante as Semanas de Pentecostes dos últimos trezes anos. O anúncio de Jesus Cristo e da transformação que o Senhor realiza na vida dos que verdadeiramente creem são o foco deste livro. Muita unção e espiritualidade estão presentes nesta obra. A ação do Espírito Santo de Deus realizando na Igreja do Senhor um novo Pentecostes é a essência desta linda obra de evangelização do Padre Moacir. Após o grande sucesso do CD Entoai Salmos, um dos mais novos lançamentos da Comunidade Renascidos em Pentecostes é o CD Jesus Meu Mestre, de Salvador Neto. Um álbum completamente exclusivo e repleto de composições lindíssimas de muito louvor e adoração a Jesus Cristo. Com muito carinho, amor e dedicação este CD foi preparado especialmente para você, meu irmão e minha irmã, que quer louvar e bendizer Nosso Senhor cantando em espírito e em verdade. Outro sucesso de lançamento é o CD Especial Crícia e Gláucia Martins. Todas aquelas lindas canções de louvor ao Nosso Deus, mais pedidas e aclamadas pelos fiéis, estão reunidas nesta coletânea. Encontram-se as canções mais requisitadas de todos os CDs de Crícia e Gláucia Martins.

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

08| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

Todos os produtos de evangelização da Comunidade Renascidos em Pentecostes podem ser adquiridos nas lojas Renascidos em Pentecostes e através do site oficial www.renascidosempentecostes.com.br


ESPECIAL PENTECOSTES Primeiro dia

A

proximadamente 15 mil pessoas compareceram no primeiro dia de Pentecostes. Pessoas vindas de várias cidades do Distrito Federal: jovens, idosos e famílias inteiras reuniram-se para esta grande Celebração Eucarística. O clima era de intenso clamor e louvor. A glória de Deus foi sentida por todos os fiéis que glorificaram Jesus Cristo, declarando-O como única solução e salvação de suas vidas. Padre Moacir Anastácio esboçava entusiasmo e alegria incessantes por celebrar mais um Pentecostes. A multidão que participou do início da Semana sentiu a chuva torrencial da graça de Deus que jorrava do Céu incessantemente. A União da Igreja Peregrina com a Igreja Triunfante selou a vitória dos que perseveraram e esperaram no Senhor. Durante homilia, o padre relembrou aos fiéis de quando pregou para duzentas pessoas durante a Santa Missa da Ascensão do Senhor. Era exatamente a respeito da mesma leitura da Palavra que o padre exortava a assembleia, na mesma Paróquia de São Pedro treze anos atrás. Naquela ocasião, após a benção final “Ide em paz e que Deus os abençoe”, o padre ouviu a voz do Senhor que lhe disse: “Não foi isso que eu te ensinei. Não é isto que eu quero. Vá e faça o que te ordenei”. Por uma segunda vez, durante outra

celebração no mesmo dia, aquela voz repetira tudo novamente, acrescentando que era preciso reunir o povo e permanecer oito dias esperando a vinda do Espírito Santo. Naquela noite no Taguaparque, mais uma vez, a vontade de Deus estava se cumprindo, todos reunidos estavam, esperando o derramamento do Espírito de Deus, conforme o Senhor desejara. Assim como Jesus disse aos discípulos, para não se afastarem de Jerusalém, os fiéis não se afastaram das Celebrações de Pentecostes até o cumprimento da promessa. E a Cele-

bração Eucarística iniciou-se com a entrada triunfante de Nossa Senhora das Graças - a Mãe de Pentecostes. Como no Cenáculo, Maria Santíssima, nos preparava em oração o grande dia do cumprimento da promessa. O padre encerrou a homilia dizendo: “O Senhor te traz a Pentecostes para que você também possa experimentar o poder que só Ele tem. Você veio trabalhar e servir, de coração, esse Deus que te ama, que quer te fazer filho e preparar a sua morada. A Semana de Pentecostes começou. Venha sentir de perto o poder do Espírito Santo de Deus agindo e ficando para sempre em sua vida”. Esteve presente no evento o governador de Brasília, Agnelo Queiroz, acompanhado de sua primeira-dama, Ilza Queiroz, e, o Senador Gim Argello e sua esposa Cristina Argello.

Segundo Dia Pentecostes 2013 A festividade de Pentecostes teve por celebrante da Santa Missa de Cura o Padre Roberto Carlos Rambo, a convite de Padre Moacir Anastácio. Milhares de pessoas compareceram a paróquia São Pedro. Com alegria e muita unção, a homilia do

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 09


ESPECIAL PENTECOSTES tal, que é o amor. O amor faz a vida tornar-se uma missão de doação ao próximo, ou seja, quando nós temos a capacidade de renunciar a si próprio, possuímos a paz, uma vez que amamos, verdadeiramente. Amar incondicionalmente as pessoas significa perdoar e aceitar o outro do jeito que ele é. Padre Rambo relembrou que nossa tendência humana é a de excluir as pessoas quando não as suportamos ou quando elas são diferente daquilo que desejamos. Entretanto, alertou-nos que quem ama inclui, ou seja, não exclui. Dessa forma, os fiéis foram desafiados a amar incondicionalmente, perdoando o outro, tornando assim, o coração misericordioso.

Terceiro Dia Pentecostes 2013 Fiéis de todas as partes do Distrito Federal e de outros estados continuaram a unir-se para as celebrações de Pentecostes 2013. A Santa Missa do terceiro dia foi celebrada pelo Padre Edson Wander. Na homilia, o celebrante frisou a perseverança no amor, pois o Evangelho deste dia ensinou-nos: “Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do

Amai-vos uns aos outros,assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.

padre centralizou o amor mútuo: “Meu irmão e irmã, Pentecostes é tempo de amar alguém. Se não aprendo a amar com Jesus, não vou ter os frutos do Espírito. O ponto de partida é o amor. Ame incondicionalmente, não coloque condição para amar ninguém”. Segundo padre Rambo, participar de Pentecostes “é reconhecer que todo o sacrifício de Cristo na Cruz, todo o seu sangue derramado, valeu a pena porque ele cumpriu a promessa do Pai; e a promessa do Pai é que todos possam ter um coração de carne cheio do Espírito de Deus”. Ainda concluiu dizendo, “participar da Semana de Pentecostes é um olhar para dentro de si, para sentir o amor incondicional do Pai e perceber que o Espírito Santo capacita-nos, cada dia, a amar como Deus ama”. Padre Rambo nos ensinou o caminho para a paz: “Quer ter a paz? Então seja amigo de Jesus. Porque Jesus dá a paz não como o mundo a dá. A paz que o Senhor dá começa por dentro. E Essa paz faz com que você perceba e sinta que é filho de Deus, amado do Pai. Deus é amor. Quem ama tem paz, porque está em Deus. Quem não ama não tem paz. Por isto, paz é a renuncia de si para fazer o irmão feliz”. A belíssima pregação de cura interior do padre, nos fez compreender que, muitas vezes, o mundo nos seduz e rouba de nós a paz que vem de Cristo – a verdadeira paz. Surgem então, conflitos de relacionamento, por nos faltar o básico, o fundamen-

Pe Edson Wander

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

10| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

que aquele que dá sua vida pelos amigos”. Padre Edson ainda contou-nos que era a primeira vez que celebrara a Santa Missa na Semana de Pentecostes, da Comunidade Renascidos em Pentecostes, na Paróquia São Pedro. Expressou sua alegria e emoção de poder participar desta grande Festa do Senhor. Disse-nos que experimentou a efusão do Espírito Santo em um encontro nacional da Renovação Carismática Católica que ocorrera no Rio de Janeiro, alguns anos atrás. Relatou sua certeza de que sem os carismas, a nossa Igreja já teria perdido muitos fiéis. Isto porque, muitas vezes, nos contentamos com a catequese que recebemos. Quem quer ser de Jesus, deve preparar-se para sofrer. Tantos irmãos estão perdidos em lugares desagradáveis a Deus, sem saber que estão mergulhados em seitas satânicas, que endeusam os seus fundadores. A única Igreja Verdadeira é a Igreja Católica Apostólica Romana. O padre afirmou ser carismático, ao contrário de muitos amigos sacerdotes que não aceitam a Renovação Carismática Católica. Disse que completará seis de sacerdócio através dos dons carismáticos, proclamando curas e libertações. Como São Matias, que morreu decapitado por Jesus, o padre declarou que um novo apóstolo, um grande São Paulo,


ESPECIAL PENTECOSTES DOM SERGIO é o Padre Moacir Anastácio: “Acha que foi fácil arrebanhar todos vocês? Quantos vieram e saíram? E saíram por esquecer-se de permanecer no amor de Deus. Qual o caminho a fazer para encontrar Jesus? Os apóstolos estavam reunidos e Judas entregou Jesus na mão dos homens deixando a comunidade. O maior milagre que devemos pedir a Jesus é o de quando entrarmos na Igreja, continuarmos inseridos na comunidade. E ainda, dizer, eu não quero deixar a Tua Igreja Senhor”. O padre concluiu a homilia dizendo: “Preste atenção, no casamento, na vida adulta, você não está sozinho, você tem a Igreja do seu lado”. Padre Edson promoveu um inesquecível momento de adoração aos fiéis participantes, passeou com Jesus Eucarístico por toda a multidão presente dentro da paróquia São Pedro e nas ruas em frente à paróquia. Incontáveis curas, libertações, milagres, graças e prodígios foram relevados: “muitas pessoas que estavam afastadas da Igreja vieram aqui hoje e temos de falar desta Festa, pois a fé reina neste lugar”.

Quarto Dia Pentecostes 2013 A Missa do quarto dia foi presidida pelo Arcebispo de Brasília Dom Sergio da Rocha. Durante a homilia, Dom Sergio instruía-nos acerca dos lobos ferozes que não poupam o rebanho: “que os Povos da terra louvem ao Senhor, mesmo na dor, pois nem tudo é só alegria. Amados, celebrai

sempre o nome de Deus”. Também nos exortou: “não se deixe levar por falsas doutrinas que não são da vontade de Deus. Possamos louvar não só com os lábios, mas com o coração e a vida, não ser do mundo embora vivendo neste mundo, tenhamos cuidado, vigiai e orai para não cair em tentação”. Dom Sergio ensinou-nos que somos convidados a louvar e exaltar o nosso Deus. Apesar de tantos desafios que vivemos, não apenas dificuldades nós enfrentamos – temos tantas coisas bonitas em nossas vidas. Se você passa por algum problema, nem por isso você pode deixar de louvar a Deus. Nem pode desanimar, deve ser firme na fé e louvar. Devido

ao amor imenso de Deus por todos nós, e nesta semana de Pentecostes, mas não somente durante a Semana de Pentecostes, Ele derrama o seu Espírito sobre nós. E devemos, juntos, sermos um. A unidade é um dom de Deus, é uma graça de Deus. O Bispo também nos alertou para a vigilância e oração, para que não caiamos em tentação. A Santa Missa terminou com a benção de Dom Sérgio, enviando-nos para a missão.

Quinto Dia Pentecostes 2013 Na última celebração da Semana de Pentecostes, na Paróquia São Pedro, Padre Moacir Anastácio presidiu a Santa Missa de Cura. Na homilia, o padre pediu aos fiéis que não promovam a divisão e permaneçam obedientes. Enfatizou que o pecado da desobediência afasta muitos da missão. Muitas pessoas se dispõem a trabalhar, mas nem todas permanecem até o final, disse-nos padre Moacir: “São muitos que estão trabalhando conosco, especialmente nesta semana. Alguns saíram e não perseveraram, não quiseram obedecer e se separaram. É preciso obedecer à palavra do Senhor”, enfatizou. Disse-nos para sermos somente um, mas infelizmente não é assim. Questionou a origem da divisão, de tanta separação em nosso meio nós, comentando a divisão na Igreja desde Lutero. Hoje, só no Brasil, são mais de 600 igrejas e dizem se dividir pelo nome de Jesus. Por egoísmo, todos eles acham que estão com a razão. Interessante, pois quem fundou a Igreja Católica foi o próprio Jesus.

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 11


ESPECIAL PENTECOSTES

adoraremos verdadeiramente Jesus Cristo”. Ele não a deu para ninguém e derramou sobre nós o Espírito Santo, a fim de que chegássemos à perfeita unidade. Outro ponto forte da homilia foi a respeito do pecado da desobediência. O padre sobressaltou que não há razão alguma em servir a Deus, senão para realizar a vontade do Senhor apenas. Em face disto, tudo que o inimigo faz é dividir e enfraquecer a paróquia, as pessoas. Insere a divisão, falsidade e inúmeros de pecados, como separação de casais, separando os pais dos filhos – afastando uns dos outros. O padre salientou que a Festa de Pentecostes está espalhando-se pelo mundo, tornando-se cada vez mais forte. É a prova de que a Igreja está viva, porque o Espírito Santo a conduz. Finalizou dizendo: “diante do Santíssimo peço um novo Pentecostes. Peço graças para todos os que vão passar por aqui, no Brasil e no mundo, através do Sistema de Comunicação Renascidos em Pentecostes. Juntos

Ao término da Santa Missa, as pastorais se organizaram em um grande mutirão com alegria e animação para levar equipamentos, produtos e estruturas para o Taguaparque. Carros particulares de voluntários, caminhões e deixaram a Paróquia, abarrotados de equipamentos, produtos e materiais. Estrutura de Pentecostes 2013 - Taguaparque A estrutura de Pentecostes 2013, 30% maior do que a do ano anterior, contou com o palco de 21 metros de largura, 350 banheiros químicos, 1.500 profissionais do Corpo de Bombeiros, das polícias Militar e Civil e do Detran, 7 praças de alimentação, tendas de vendas de produtos, vendedores itinerantes de produtos e água, tendas para portadores de necessidades especiais, 3 pontos de atendimento médico, 2.000

voluntários nas pastorais, 300 Ministros da Eucaristia, 9 telões de Led, som de última geração para comportar os 300.000 metros utilizado para as celebrações e, uma área de 7.500 metros para estacionamento. A Festa recebeu o prestimoso apoio do Governo de Distrito Federal em todas as áreas, principalmente na Segurança e controle do trafego viário. Não houve registro de incidente grave e nem transtornos envolvendo as famílias que participaram do evento. “Ha 13 anos trabalho como voluntária em Pentecostes. A cada ano é diferente. Este ano foi um Pentecostes de melhor evangelização”, declarou Beatriz Fortuna, médica que coordenou 10 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem durante os três dias do Taguaparque. Disposição e alegria não faltou nas diversas tendas espalhadas por toda a área do Taguaparque. Maria José Silva Ferreira participou pela primeira vez como coordenadora da praça de alimentação, “trabalhar em Pentecostes, mesmo estando bem longe do palco, causa a mesma emoção, porque estou servindo a Deus”. Lá no palco, local do Santo Altar durante as Celebrações da Santa Missa, Elton Estefanio da Silva, coordenador da Liturgia também pela primeira vez, trabalhou com 254 voluntários. “A equipe trabalhou bastante engajada. Espero que para o próximo ano, aumente ainda mais o número de voluntários, ou que, pelo menos, mantenha esse quantitativo de pessoas”, relatou. Ao contrário da equipe litúrgica, Maria de Fátima de Menezes Mafra e Maria

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

12| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


ESPECIAL PENTECOSTES Alina Gomes, coordenadoras do Cenáculo e das Mil Ave-Marias respectivamente, trabalharam em conjunto em uma das tendas com sete servas. Maria Alina agradece a oportunidade de, pela primeira vez, trabalhar em Pentecostes. “É muito lindo, muita gente. Agradeço às pessoas que trabalham felizes”, declarou Maria Alina, emociona. Pentecostes também é sinônimo de adoração. Maria Gorete Vieira Medeiros coordenou a equipe de Adoração, composta por quarenta voluntários que se dispuseram à contemplação do Santíssimo Sacramento com muito louvor, adoração e dedicação. A adoração iniciou-se na sexta-feira e finalizou no domingo após a Santa Missa. Não houve parada, Jesus Cristo foi adorado e glorificado no Taguaparque durante os três dias incessantemente. Outra equipe de trabalho em Pentecostes é a Intercessão. Trinta e cinco voluntários atenderam aos fiéis do Taguaparque e na Paróquia São Pedro. A coordenadora Silvana Bezerra da Silva disse-nos: “É a primeira vez que trabalho como coordenadora da Intercessão em Pentecostes, porém sou da Pastoral desde o inicio e, este ano, recebi o convite para coordenar e aceitei. Servir a Deus é muito importante. A responsabilidade é muito grande, mas servir é ainda mais gratificante”, agradece emocionada. Equipe da Pastoral da Sopa e Camarim cuidaram da limpeza da Paróquia durante os cinco primeiros dias, das refeições e camarim no Taguaparque. Espalhados pelo Taguaparque, a equipe de Vendas, Apoio e Revista recepcionaram os fiéis que chegavam ao Taguaparque calorosamente, com o amor fraternal de Cristo. A organização e distribuição das equipes agradaram aos participantes. Estes se sentiram confortáveis e acolhidos. Não houve reclamações, brigas, confusões, tumultos. Os fiéis, bem acomodados, acompanharam os louvores e orações conduzidos por Crícia Martins, Gláucia Martins, Salvador Neto, Banda São Rafael, Marcela Feliciano, Banda Ágape, Tadeu Roxsander e Carol Ferraz durante o período da tarde. “A estrutura montada este ano foi muito grande. Nós nos prepa-

ramos muito em orações para este evento. Este ano foi o melhor em termos de estrutura, oração e público”, elogia Crícia Martins. Em 2013, a Central de Comunicação da Comunidade Renascidos em Pentecostes alcançou a conquista de assumir as transmissões de todo o evento, incluindo no Taguaparque. Um dos coordenadores de Pentecostes, Flávio, mais conhecido como Coronel, elogiou o trabalho da equipe da Central. “A grande dificuldade que o padre Moacir sempre teve foi a de contratar esses profissionais. Além de ser muito caro, a Paróquia não tinha a garantia de um bom serviço. Então, o padre juntamente com os Renascidos, entendeu por bem usar o nosso pessoal, porque são todos capacitados. E isto representa economia para a Paróquia. É lógico que dificuldades foram encontradas, devido ao fato de ser a primeira vez que a equipe assumiu a transmissão. Eu fiquei admirado ao ver jovens dedicados, empenhados para que tudo ocorresse bem. Jesus quer que sejamos obreiros. Espero que no próximo Pentecostes, o evento continue crescendo, bem como o número de pessoas para coordenar, trabalhar e trazer ideias novas”, concluiu. Valdenir Luiz, Jeferson Feijó e Georgia Muniz coordenaram a equipe de 47 profissionais, dentre eles fotógrafos, jornalistas, tradutores, câmeras, técnicos especializados em

áudio, vídeo e imagem. “Unidos como uma família, a equipe viveu o espírito de Pentecostes - o carisma -, com objetivo de levar informação para quem não pôde ir, ou seja, quem acompanhava através da internet, pelas redes sociais, rádioweb. Conseguimos, mesmo com as dificuldades, cumprir o que nos foi proposto”, explica Jeferson. Sem dúvida, a vontade de Deus, que capacita seus escolhidos para a missão, concretizou-se. “Participo há quatro anos da Comunidade Renascidos em Pentecostes e pela primeira vez coordeno uma equipe na Festa de Pentecostes. Esta equipe foi enviada por Deus. Apesar das dificuldades, contamos com um grupo de profissionais bem formado”, Georgia, membro do Segundo Elo da Comunidade, agradece com energia e gratidão o desempenho surpreendente de toda a equipe. Durante os três dias do Taguaparque, aproximadamente 32.236 acessos ao site ocorreram provenientes do Brasil, Estados Unidos, Portugal, Alemanha, Canadá, Reino Unido, Angola, Argentina, México, Paraguai, Suíça, Uruguai, França, Italia, Japão, Moçambique, Chile, Espanha, Holanda, Irlanda, polônia, Bélgica, Bolívia, Israel, Panamá, Ucrânia, Venezuela, Noruega. Em tempo real, as redes sociais e o site oficial da Comunidade eram atualizados com informações, notícias, fotos, vídeos, entrevistas, pregações e testemunhos de toda a Semana de Pentecostes. Uma grande novida-

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 13


ESPECIAL PENTECOSTES

de da Festa deste ano foi a tradução simultânea em inglês e espanhol das celebrações. “A missão de traduzir as Missas é um grande desafio. No entanto, quando nos sentamos e pegamos o microfone, abrimos mão de nós mesmos e o Espírito Santo de Deus age. Ele nos conduz. O idioma torna-se um detalhe, porque a ação de Deus é que leva a compreensão para quem nos acompanha. Jesus é que toca, Jesus é que se manifesta, Jesus é que se faz sentir no coração dos expectadores.” explica Luana G. F. Almeida, responsável pela tradução em inglês. “Precisei sair da Espanha e vir para o Brasil para experimentar de forma tão profunda e especial o Espírito Santo de Deus. Não há palavras para descrever como é tudo isto. É muita gente, é tudo muito grande. Nunca tinha vivido tudo isto”, declara emocionado Javier Abalos, natural da Espanha, responsável pela

tradução em espanhol. A rede Canção Nova, Rádio Nova Aliança Brasília e Rádio Maria retransmitiram as três ultimas celebrações de Pentecostes.

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

14| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


ESPECIAL PENTECOSTES CARAVANAS Caravanas Pentecostes 2013 Caravanas não são novidades na Semana de Pentecostes. As pessoas organizam-se em grupos alugando ônibus, vans e reunindo carros particulares. Os peregrinos são provenientes de cidades do Distrito Federal e entorno, de outros estados do Brasil e até de outros países. José Rosa, 61 anos, morador de Planaltina é organizador de uma caravana e participou das celebrações começando por sexta-feira. “Somos em 35 pessoas que vieram não só para pedir, mas também para agradecer. É muita emoção para nós que moramos tão longe e estarmos aqui agora. Não viemos só perdi, tanto que fizemos até camisetas. Viemos participar desta grande Festa, com alegria e confiança”, diz. Elizabete Soares, 74 anos, moradora do Morumbi, São Paulo, diz “é minha terceira vez em Pentecostes, resolvi montar uma caravana quando recebi duas graças, de ter as minhas duas filhas curadas do câncer. A Kathy do câncer da Tireóide, e a Lyz, de um linfoma no sangue. E desde sexta-feira estou aqui com um grupo de 10 pessoas, pois neste ano vim fazer um novo pedido a Jesus. Não posso revelar o que é, mas Jesus sabe do que preciso. Somos pessoas idosas, contudo a contemplação e felicidade em louvar e engrandecer o nome do Senhor é a mesma”, relata.

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 15


ESPECIAL PENTECOSTES A Mãe de Pentecostes No primeiro Pentecostes, Maria estava reunida com os apóstolos no Cenáculo, preparava-os em retiro espiritual para o recebimento da promessa. Ela já era cheia do mesmo Espírito. Também a mais capacitada para esta missão de conduzir espiritualmente os apóstolos. Em Pentecostes, não é diferente, em todas as celebrações, Nossa Senhora é recebida com imensa alegria e aclamada pelos fiéis. Em alto brado, a multidão que tornou o Taguaparque pequeno, clama à Rainha Soberana “Maria, passa na frente em ordem de batalha”. E quando, Nossa Senhora das Graças passava pela multidão de fiéis, a glória de Deus fez-se sentir. A presença de Maria, reconhecida como Mãe por toda a multidão, inspira coragem e esperança. Quando Ela passa, anuncia Jesus Cristo e acolhe com amor os filhos que ali estão sedentos da misericórdia e bondade de Deus. Ela toca os corações, forma e prepara a alma dos seus filhos para receber a promessa do Senhor. E vem triunfando contra o mal, afastando a escuridão e trazendo a paz de Deus aos fiéis.

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

16| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


ESPECIAL PENTECOSTES Velas de Pentecostes palco, saíram de madrugada de suas casas para garantir um bom lugar. Muitos armaram barracas improvisadas, levaram barracas de acampamento, bancos, guarda-chuvas, acomodaram-se embaixo de árvores e sombras. Famílias inteiras - crianças de colo, idosos, jovens e adultos - enfrentaram muito calor, sol forte e frio a noite. Todas com um único objetivo: Jesus Cristo Vivo, Real e Ressuscitado.

U

m ano após a revelação da Semana de Pentecostes, durante a homilia proferida por Pe. Rambo, em 2000, Pe. Moacir ouviu a voz do Senhor dizendo-lhe: “Manda este povo traga uma vela na sexta e consagra ao Pai, uma segunda vela no sábado e consagra ao Filho, e, uma terceira vela no domingo e consagra ao Espírito Santo. No momento mais difícil, a pessoa deverá acender as velas e o milagre acontecerá.” Desde então, a Comunidade Renascidos em Pentecostes e o mundo testemunham milagres, curas, libertações e prodígios de Deus. A consagração da vela antecede o fim das Celebrações Eucarísticas. No ato da consagração, a multidão inteira de fiéis e equipes de trabalho, levantam suas velas com fé, confiança e esperança na promessa de Deus.

Sexto Dia Pentecostes 2013 Os cinco primeiros dias da Semana de Pentecostes foram mais do que suficientes para que todos nós, diante de tantas dificuldades e barreiras, a primeira vista intransponíveis, nos regozijasse imersos na vitó-

ria de Jesus Cristo. Na quinta-feira, à noite, enquanto as equipes de trabalho mudavam-se para o Taguaparque, o clima de ansiedade e expectativa, envolvido por uma estranha alegria ardente no coração de todos os servos, era visível. Muitos não conseguiram sequer dormir. Foi tanto esforço e dedicação. Agora o momento havia chegado, estávamos indo para o Taguaparque receber milhões de pessoas em nome de Jesus Cristo. Os fiéis começavam a chegar desde muito cedo. Alguns, em busca de lugares perto do

Na primeira leitura, Paulo está sendo julgado, condenado, martirizado por uma razão única: Jesus Cristo. Paulo anunciava que o Senhor passou pela paixão e calvário. E declarava que, além de crucificar o Senhor, os judeus colocaram uma pedra imensa no sepulcro. Entretanto, Jesus Cristo venceu a morte. “Esta é a nossa fé. Ele morreu e ressuscitou. E está vivo no nosso meio para sempre. Para a glória de Deus Pai. Jesus morreu por nós. É o nosso Salvador e Redentor”, exorta Pe. Moacir durante homilia. Além disso, o padre esclareceu aos fiéis que estamos reunidos para testemunhar esse amor. Jesus Cristo nos amou. “O amor d’Ele chegou até a minha e a sua vida. O amor do Senhor transbordou, passou de geração em geração desde Adão e caminhou ate aqui, na minha e na tua direção. Ele mesmo disse, no Evangelho de hoje que te ama mais do que podes imaginar. Deus te ama com amor infinito. Ele perguntou a Pedro: “Tu me amas mais do que esses?” E hoje, te pergunto o contrário: “Tu conhece alguém que te ama mais do que Jesus Cristo?” Ninguém vai te amar mais do Ele”, explica o padre. Concluiu dizendo: “No tempo que eu namorava, há trinta anos, eu disse para muitas mulheres que as amava. De fato, quem ama não larga, como eu fiz com elas. Jesus é diferente, Ele

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 17


ESPECIAL PENTECOSTES não te deixa. Diz-te: “estarei contigo até o fim”. Deus não mente e não faz promessa que não vai cumprir. Ele cumpre todas as promessas, até aqui o Senhor me ajudou. Você pode dizer como Davi: “Caiam mil homens a minha esquerda e dez mil a minha direita, mas eu não serei atingido”. Tome posse desta verdade”.

Sétimo Dia Pentecostes 2013 O Taguaparque recebeu milhares de fiéis na celebração de sábado. Exatamente nesta noite, mais de um milhão de pessoas louvaram, glorificaram, agradeceram, engrandeceram e bendisseram Nosso Senhor Jesus Cristo. Jesus disse no Evangelho: “Se alguém tem sede, vinde a Mim”. Padre Moacir completou: “e creias, perde este medo. Receba o Espírito Santo que dá vida em abundância, entusiasmo. Eu garanto que tu serás mais do que abençoado, se creres em Jesus Cristo verdadeiramente. Vamos anunciar e vivenciar o poder de Deus em nosso cotidiano, em nossas famílias. Amigos, só há uma saída - que nos levará a Salvação Eterna -, e esta, é Jesus Cristo”, enfatizou. Durante a homilia, Pe. Moacir Anastácio relembrou a revelação que Deus lhe concedeu acerca da arte de Pentecostes 2013. Disse-nos que as pessoas tinham uma chance nova para subir a escada e deixar a planície escura. “Amado, você talvez tenha descido para a escuridão, quem sabe através das drogas, achando que encontraria a alegria, mas encontrou tristeza. Ficou perdido. Não sabe como voltar para luz. Talvez sejam os seus amigos, vizinhos que precisem de ajuda por não saberem voltar. Existe somente um caminho: Jesus Cristo. Ele é a luz do mundo. Nosso papel é este: mostrar para quem está no fundo do abismo que ainda há uma saída. O Cristo Redentor está de braços abertos: “vinde a mim vós todos” diz o Senhor”, salientou o padre. Alertou ainda para outro fato, as ciladas do inimigo. Quando o inimigo falar ao nosso ouvido, não devemos acreditar nele. “Nós somos o povo da graça, renovados pelo Senhor. Estamos numa cidade planejada por Deus, querida por Deus. Dom Bosco sonhou faz anos. Sonhou com Brasília cheia de graça. Temos de defender nossa terra prometida. Nesta noite, amados, em nenhum lugar existe mais de 1.000.000 de pessoas louvando, glorificando e adorando o Senhor. Novas

vidas, novos projetos estão vindo para esta cidade”, concluiu Pe. Moacir, com grande entusiasmo e alegria a homilia do penúltimo dia da Semana de Pentecostes 2013.

Oitavo Dia Pentecostes 2013 Até a sexta-feira que antecedeu o início da Semana de Pentecostes 2013, não havia nenhuma licença pública para o evento. Os recursos financeiros estavam escassos. A única coisa concreta para realizar Pentecostes 2013 era a confiança na Palavra do Senhor. Domingo, o último dia da Festa, confirmou o que acontece àqueles que confiam em Jesus: mais de dois milhões de pessoas declararam aos quatro cantos da terra “Jesus Cristo vivo, real e ressuscitado é nosso único Deus e Senhor”. Durante toda a Semana, milhares de pessoas louvaram, adoraram e glorificaram Jesus Cristo. A Igreja Peregrina uniu-se à Igreja Triunfante, vivemos aqui na terra a efusão do Espírito de Deus, um novo Pentecostes ressuscitou nossos ossos ressequidos, mortos pela escuridão da morte do pecado. A vitória de Jesus Cristo, a promessa de Deus, a certeza da fé que professamos cumpria-se diante de nossos olhos e dos olhos do mundo inteiro. Nossa Senhora havia nos preparado para receber o Espírito. Assim como Ela preparou, em intensa oração, os apóstolos no Cenáculo, a multidão que lotou o Taguaparque foi ternamente conduzida por Maria Santíssima. De repente, os milhares de fiéis ali presentes, ouviram um grande barulho como se fosse uma grande ventania. Apare-

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

18| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

ceram línguas de fogo e todos ficaram cheios do Espírito abrasador. O povo falou em novas línguas. Havia pessoas de todos os lugares. Eles estavam embriagados pelo poder do Espírito Santo de Deus. Muitos nem sabiam o que estava acontecendo, mas sentiam o incêndio do poder de Deus inflamando todo o Taguaparque. Infinitas curas, libertações, conversões, milagres foram revelados em nosso meio. Jesus Cristo reinava glorioso no Taguaparque. As almas acesas pela luz de Cristo irradiaram o Taguaparque. E Jesus nos revelou através do Padre Moacir que ali havia um imenso rio de água viva. A multidão bebeu a água viva daquele rio e muitos ainda irão beber desta mesma água, ali, no Taguaparque Renascido em Pentecostes. A Igreja de Jesus Cristo está viva no Pai. “Somos Renascidos em Pentecostes para servir a Igreja do Senhor. Estamos na estrada de Cristo. Como a Samaritana bebeu da água prometida pelo Senhor, matou a sua sede, correu para contar a todos que havia encontrado o Messias e que Ele a libertara de suas misérias, nós também bebemos desta água viva. Pentecostes é um forte encontro pessoal com Jesus”, declarou Padre Moacir concluindo a homilia. Em 2013, na Semana de Pentecostes, mais uma vez está confirmado para o Brasil e para o mundo, que Brasília é a capital do Espírito Santo. Esta cidade é a escolhida por Deus para ser a sede do novo Pentecostes. Ao contrário do que dizem por ai, a Igreja não está morta. A Igreja de Jesus Cristo está viva e é movida pelo poder do Espírito Santo.


ESPECIAL PENTECOSTES

Testemunho

TESTEMUNHOS VELAS DE PENTECOSTES com Deus expressando toda a minha fé. Não demorou muito para a graça de Deus se manifestar. As 08h00minh da manhã fui trabalhar e meu pequeno sobrinho já estava amparado pelos aparelhos da UTI neonatal. Estava sendo supervisionado por toda a equipe e aparelhos de emergência. Fui almoçar as 12h00min, quando cheguei em casa percebi que minhas Velas ainda estavam queimando. Pedi ao Senhor novamente um milagre. Por volta da 17h00min, minha irmã me ligou para eu ir buscar meu sobrinho, pois ele havia recebido alta. Ele esteve praticamente morto nos meus braços e, graças a DEUS e as Velas de Pentecostes, agora ele estava voltando para casa, bom e curado para honra e glória do Senhor. Marta Maria da Costa

D

urante a Semana de Pentecostes, muitas pessoas testemunharam o poder de Deus através das Velas de Pentecostes. Angela Regina Moreschi, Brasília, Distrito Federal. Venho Testemunhar a graça que Deus me concedeu diante de uma situação muito difícil que estava passando, pois trabalhava há doze anos em uma empresa que começou a ter problemas financeiros ao ponto de colocar em risco o nosso emprego. Na Semana de Pentecostes de 2012, não havia recebido o meu pagamento mensal de salário. Lembrei-me das Velas consagradas de Pentecostes do ano de 2011. Resolvi acender pedindo a Deus uma graça nesta área. Mesmo sabendo que não era o momento mais difícil da minha vida, porém precisava resolver tal situação de ordem financeira. Trabalhei na equipe do Apoio na Festa de Pentecostes 2012. Depois de um tempo, a graça de Deus aconteceu, pois logo consegui um emprego mesmo considerando a minha idade avançada. Com o novo emprego, me veio outra graça de conseguir financiar um carro zero. Agradeço a Deus por atender minhas orações e súplicas através das Velas milagrosas de Pentecostes consagradas pelo Padre Moacir Anastácio.

Isabel Ferreira Cardoso – águas Claras – Distrito Federal Minha vizinha estava na UTI com problema nos pulmões. Desenganada pelos médicos, não reagia mais a nenhuma medicação. Passou um agente da saúde em minha casa e contei a situação da minha vizinha. Ele me ofereceu as suas Velas de Pentecostes. Acendi as velas em intenção da cura da minha vizinha. Rezei o terço. A partir daí, ela começou a reagir, foi desentubada e hoje, para a honra e glória de Deus, está em casa completamente curada. Louvado seja Deus por ter enviado uma pessoa caridosa, para que o milagre verdadeiramente acontecesse na vida de minha vizinha e, para a alegria nossa. Ivaneide Moreira Soares – Samambaia Norte – Distrito Federal Hoje venho testemunhar um dos milagres que o Senhor me concedeu. Meu sobrinho de apenas 12 dias, esteve no vale da morte. Ele teve várias paradas respiratórias e o médico achou melhor encaminhá-lo para a UTI, mas não havia uma ambulância para fazer a remoção. Quando liguei para minha filha e pedi que ela acendesse as Velas de Pentecostes, já era 01h45minh da madrugada. Neste momento, falei

Meu irmão Renan sofreu um acidente de moto em fevereiro de 2011. Ele fraturou o osso detrás do ombro direito e teve uma compressão na medula óssea. Após a cirurgia, o médico mandou chamar a esposa dele. Disse-lhe que toda a região inferior do corpo do meu irmão havia ficado comprometida e seria bem provável que, a partir daquele momento, ele dependeria de bolsas coletoras das secreções. Também ficaria impotente sexualmente. Ainda informaram que meu irmão provavelmente não andaria mais. No entanto, no momento da cirurgia, eu acendi as Velas de Pentecostes. Rezei juntamente com meu pai e minha mãe. Confiei em Deus. Então, aguardei a obra do Senhor, esperei o meu milagre acontecer. Depois da cirurgia, meu irmão ficou 2 meses em cima de uma cama, exatamente como os médicos haviam falado. Mas Deus agiu com poder. Hoje ele tem uma vida normal, voltou a andar, deixou de beber, começou a frequentar a Igreja, a confessar e a comungar. Já fez a Crisma e participa como servo de pastoral. Hoje é um homem renovado pelo milagre e interseção das Velas de Pentecostes. Glória a Deus! Núbia Vanessa T. Barros – Taguatinga – Distrito Federal Em 2005, dei a luz à minha filha caçula. Tive um AVC. A neurologista que me atendeu não achava explicação para o meu quadro clínico. Precisei ficar internada sem me levantar, devido ao risco de aumentar

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 19


ESPECIAL PENTECOSTES Testemunho Neide Martins Dias – Taguatinga Norte – Distrito Federal

a hemorragia. Durante os 10 dias que fiquei internada, fiz vários exames na cabeça. Contudo, não se detectava nada e minha pressão estava alta, 20 por 18, ainda mais que para uma pessoa nas minhas condições, o ideal para a pressão arterial seria 12 por 8. No hospital, meu marido, minha mãe e minhas irmãs se revezavam para cuidar de mim, da minha bebê e do meu filho mais velho, de somente 3 aninhos na época. Então, meu marido procurou um neurologista muito conceituado. Ele me pediu que fizesse novamente o exame do líquor (líquido da coluna). Quando o resultado saiu, este médico fez a seguinte pergunta ao meu esposo: “Você acredita em Deus? Pois sua esposa vai sair do hospital sem diagnóstico, pois o sangramento vai sumir e não haverá explicação na medicina.”. Minha irmã mais velha que frequentava a paróquia São Pedro, e, sempre participava da Semana de Pentecostes, disse-me que havia acendido as Velas de Pentecostes e pedido a minha cura. Repeti uma ressonância e a outra médica neurologista que solicitou o exame ficou espantada. O sangramento na cabeça havia desaparecido sem explicação médica. Recebi alta fiquei um ano tomando remédio para pressão alta e contra convulsão. Esta médica, disse-me para agradecer muito a Deus porque a hemorragia poderia ter deixado sequelas em mi-

nha visão ou movimentos. Graças a Deus estou curada para honra e glória do Senhor!

Gilmar Pereira Lima – Guará II – Distrito Federal Eu testemunhei que após várias cirurgias no coração, meu pai chegou ao ponto de os médicos não quererem mais fazer o procedimento de desentupimento das veias do coração. Resolvi acender as Velas de Pentecostes no início de 2012. De lá pra cá, esta quase completando um ano e meu pai nunca mais precisou passar por esse procedimento, pois ele não teve mais problema no coração. Quando pedi pelo meu pai, eu tinha uma prima na UTI com infecções generalizadas e pedi pela a vida dela também. Ela também se recuperou. Nelva Maria da Silva Alencar – águas Claras – Distrito Federal Meu testemunho é sobre as Velas de Pentecostes. Meu filho Tiago, teve um desmaio. Foi constatado que ele tinha um nódulo no cérebro e precisava ser operado - seria uma cirurgia de riscos. Acendi as Velas de Pentecostes com muita fé, confiando na promessa de Deus. Algum tempo depois, foram realizados novos exames e graças a Deus não foi preciso fazer a cirurgia. Não tenho dúvidas que foi a mão de Deus. Louvo e agradeço a Deus pela graça alcançada.

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

20| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

Em maio de 2011, minha filha estava grávida e com problemas renais - uma pedra enorme nos rins. Ela morava em outra cidade e fazia acompanhamento médico lá. Quando completou 6 meses de gestação, os médicos disseram que ela teria de usar uma bolsa coletora. Um dos rins parado e era preciso retirar o bebê. Eu fui à Missa de cura celebrada pelo Padre Moacir na Paróquia São Pedro. Acendi as Velas de Pentecostes. Com muita fé entrei em oração, mas todos os exames que ela fazia acusavam as pedras nos rins e diagnosticavam que os rins continuavam parados. Minha filha passou a desenvolver problemas de pressão alta também. E, no dia 28 de agosto, num domingo, ela acordou com o rosto muito inchado e a boca dormente. Ao medir a pressão na farmácia, percebeu que estava muito alta e


ESPECIAL PENTECOSTES Testemunhos me pediu para levá-la ao hospital. Minha filha ficou internada e os médicos fizeram um parto cesariano. Porém, a pressão continuou alta por uma semana. A pedra nos rins desapareceu e graças a Deus, ela e o bebê, estão muito bem. Para honra e glória de Deus o milagre aconteceu na vida da minha filha. Maria Helena de França Silva – Taguatinga Norte – Distrito Federal

Ana Lúcia – Distrito Federal Ana Lúcia, uma criança de 2 meses de idade, foi levada para atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Com febre de 38 graus, foi medicada, mas a febre não abaixou em nenhum momento. Os seus batimentos cardíacos estavam 240 por minuto, sendo que a média normal é de 80 a 160 batimentos por minuto. O médico achou melhor transferi-la para uma UTI neonatal. Assim, ela foi transferida para a UTI do HMIB. Chegando lá, foi feito uma bateria de exames. Constatou-se que uma meningite muito forte afetou seu coração. Os médicos informaram que só um milagre poderia salvá-la. A avó, antes de ir para o hospital, passou em casa e pegou as Velas de Pentecostes e as levou. Chegando ao hospital, a filha percebeu que na correria havia pegado somente duas velas. Por isto, ela entrou

em desespero, pois dizia que o Padre Moacir orientou que na hora do pedido, era preciso acender as três velas juntas até o fim. Chorando e orando, acendeu as duas velas pedindo a Deus um milagre. Um dos seguranças do hospital, vendo seu desespero, acalentou-a dizendo que só bastava ter muita fé, pois ele próprio já havia recebido um milagre pelas Velas de Pentecoste. O milagre aconteceu, Ana Lúcia ficou quatro dias na UTI e saiu sem nenhuma sequela. A avó da criança, com o coração contrito, comentou o ocorrido com uma de suas noras. Contou-lhe que tinha acendido apenas duas velas e por distração e pressa, havia esquecido a terceira vela. A nora acalentou-a, dizendo que havia acendido a terceira vela em casa. Para honra e glória do Senhor, Ana Lúcia foi curada por intercessão das Velas de Pentecostes, no momento mais difícil de sua vida.

Para a honra e glória de Deus o milagre aconteceu na vida de todos.

Minha filha trabalhava como técnica de enfermagem e ganhava um salário de R$ 700,00 reais. Só o aluguel dela custava R$ 640,00 reais. Eu ajudava-a cuidando dos seus filhos a noite, enquanto ela trabalhava. Em 2012, ela conseguiu, com muita dificuldade, trocar os seus plantões para participar da Semana de Pentecostes. Teve as Velas de Pentecostes consagradas, nos últimos 3 dias. Na semana seguinte, ela acendeu as Velas pedindo a graça de passar em um concurso. Se inscreveu para o concurso do Hospital Sarah Kubitschek. Eram apenas 10 vagas. Pela graça da Santíssima Trindade ela passou em 2º lugar. Vai receber um salário justo, podendo assim, dar uma vida melhor para os filhos. A graça veio completa. Obrigada Santíssima Trindade pela graça recebida!

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 21


ESPECIAL PENTECOSTES Entrevistas

Entrevista Coronel Flávio Camargo Central de Comunicação RP: Como coordenador geral de Pentecostes 2013, em relação às equipes compostas por duas mil pessoas, este número é satisfatório? Coronel Flávio Camargo: Ontem conversei com o padre e com os outros coordenadores sobre isto. De certa maneira, quanto maior o número de colaboradores melhor. O evento é muito grande, recebemos milhares de pessoas. Nosso compromisso é acolher bem estas pessoas, organizar da melhor forma a permanência delas no evento e orientá-las. Eu acredito que precisamos aumentar o número de pessoas que trabalham conosco, de forma que, nas próximas edições, nós tenhamos um número ainda maior de voluntários servindo Jesus Cristo.

Central de Comunicação RP: Sobre a infraestrutura do Taguaparque, este ano está melhor? Coronel Flávio Camargo: O espaço do Taguaparque é muito grande. Tem mais de duzentos e vinte mil metros quadrados. Espaço suficiente para abrigar praticamente um milhão de pessoas. Melhoramos alguns pontos em relação ao ano passado, como por exemplo, algumas tendas que eram obstáculos

impeditivos para visão do telão. Neste ano, conseguimos limpar a parte frontal do altar, de forma que as estruturas de sustentação ficaram na lateral. Outro ponto é a praça de alimentação. Ano passado, tínhamos seis praças de alimentação. Este ano, tivemos nove praças. Além disso, temos em torno de trezentos e cinquenta banheiros químicos para melhor atender os fiéis participantes. Bem como, equipe médica incrementada com a participação do Samu, Hospital Santa Marta, HRT e órgãos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. A equipe do Santa Marta montou um ponto de atendimento que possibilita aferir a pressão arterial, pressão ocular, glicemia. A iniciativa pública e privada, uniram-se para proporcionar melhores condições de permanência no evento.

Central de Comunicação RP: E as equipes de segurança? Coronel Flávio Camargo: O Corpo de Bombeiros também está realizando atendimento médico, estão equipados com ambulância, caminhão de combate a incêndio. A Polícia Militar está cobrindo toda a área do Taguaparque. Policiais patrulham o interior do Taguaparque também para inibir qualquer ação criminosa, como tentativa de furto ou assalto. O transito também está sendo cuidado pela Polícia e Departamento de Trânsito. As pessoas, ao final do evento, conseguem sair com tranquilidade. As saídas são amplas e permitem que centenas de pessoas saiam por minuto.

Central de Comunicação RP: E o que você espera de Pentecostes 2014? Coronel Flávio Camargo: O ano que vem a Deus pertence. Eu acredito que devemos sempre ter a humildade de estar a frente de um evento como este. No próximo estaremos a serviço com muita humildade e simplicidade. Entendo que Deus espera que sejamos obreiros, cada um tem sua forma de servir. Cada um é chamado para uma missão. A coordenação sempre muda e os que chegam sempre trazem ideias novas e este processo de aperfeiçoamento é

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

22| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

fundamental para o progresso. Então, ano que vem, eu só quero estar trabalhando, seja nas vendendo pastel, água, ou se precisar que eu cuide de uma portaria. O que Deus desejar farei com muito prazer e de bom grado. A Deus pertence o nosso futuro.

Entrevista Washington Mesquita Central de Comunicação RP: O que você achou de Pentecostes 2013, com uma estrutura como esta? Washington Mesquita: Pentecostes 2013 superou todas as expectativas. Em número de fiéis eu tenho certeza que tinha muito mais gente do que no ano passado. A organização também foi melhor. Nós melhoramos a qualidade do Taguaparque quer seja na limpeza, quer seja na iluminação. Criamos vários acessos pra facilitar a chegada e dar vazão à saída dos fiéis. Houve muito mais banheiros químicos, a praça de alimentação também foi mais abrangente pra atender a comunidade. O som também estava melhor, tinha ainda mais telões e a presença do Cristo Redentor. Então, para mim foi tudo 100% perfeito porque foi Jesus Cristo que coordenou. Foi Jesus Cristo que colocou em nossos corações e nos ensinou como este evento deveria acontecer, como a gente deveria fazer.

Central de Comunicação RP: E em relação à Central de Comunicação, que neste ano assumiu as transmissões? Washington Mesquita: Achei muito importante, visto que o Sistema de Comunicação Renascidos em Pentecostes é o meio de comunicação que faz parte desta missão do padre Moacir. E a responsabilidade deles é a de levar o evento aos quatro cantos de Brasília, do Brasil e a vários países que puderam acompanhar Pentecostes. Claro que é preciso adquirir novos aparelhos para melhorar a qualidade do sinal e para ter uma abrangência maior em termos de captação.

Central de Comunicação RP: E Pentecostes 2014? Washington Mesquita: Estamos plenamente animados para o ano que vem. Com certeza Deus nos usará pra fazer Pentecostes muito melhor do que foi este ano. O dia de amanhã pertence a Jesus Cristo. Mas o importante


ESPECIAL PENTECOSTES Entrevistas

é que eu tenho a plena certeza e convicção que Jesus Cristo está muito satisfeito com o padre Moacir, com toda a Coordenação, com as duas mil pessoas que trabalharam, com os empresários que nos ajudaram, e, principalmente, com a grande multidão que veio louvar, adorar e bendizer o seu nome.

Entrevista Governador Agnelo Queiroz Central de Comunicação RP: Qual a importância de Pentecostes para a urbanização de Brasília, sendo que é o maior evento paroquial do mundo? Governador Agnelo: É uma bênção de Deus, porque já começamos a Semana de Pentecostes com mais gente do que o ano passado. Brasília é a capital de Pentecostes e sediar um evento como esse é um orgulho pra nossa cidade, pois além de trazer crescimento espiritual, traz um grande progresso para a mesma.

governador, a gente pede menos pela gente e mais pra nossa cidade. A família termina sendo muito mais ampliada e a gente tem que pedir pelas crianças, tem que pedir paz na cidade, tem que pedir pelas famílias, pelos idosos, pelos mais necessitados. Então, esse é o momento alto da nossa cidade, é momento de paz, de espiritualidade muito grande, de vitória, de renovação, é um momento de cura muito maravilhoso. Por ser o maior evento paroquial do mundo, a gente sente um orgulho indescritível em poder fazer a Festa de Pentecostes, tendo em vista a nossa satisfação, a nossa alegria, a nossa paz e como isso engrandece a nossa cidade, que recebe pessoas de outras cidades e outros países do mundo. É uma coisa maravilhosa em todos os sentidos e só quem ganha é a nossa população que se sente completamente renovada e, sobretudo, com muita paz, com muita fraternidade, com muita solidariedade, que é o espírito que a gente sai de Pentecostes.

Central de Comunicação RP: Como o senhor vê toda essa multidão louvando e engradecendo o nome do Senhor, sabendo que realizamos, aqui

nesse Pentecostes, uma preparação para JMJ? Governador Agnelo: Pentecostes 2013 foi um sucesso. Brasília já é terra de Pentecostes, uma cidade abençoada. E nós somos muito gratos ao Pe. Moacir Anastácio porque ele nos propicia um momento de grande espiritualidade, de encontro com Deus, preparando a nossa juventude para dar a nossa contribuição à Jornada Mundial da Juventude, no Rio. Nós teremos um encontro antes aqui. Brasília vai recepcionar um grande número de jovens vindos de fora, que se encontrarão com os nossos, antes de irem para o Rio e estamos ajudando a mobilizar toda uma infraestrutura para que a nossa contribuição para essa jornada seja muito grande no Rio.

Entrevista Senador Gim Argelo Central de Comunicação RP: Senador, como é para o senhor, como representante da sociedade, presenciar um evento como Pentecostes, onde uma multidão reúne-se para clamar o Espírito Santo de Deus num único lugar? Senador Gim Argelo: Eu vejo como uma coisa de Deus. Se a gente for procurar explicação técnica, material, não existe. É Deus que tá fazendo a sua obra através do Pe. Moacir e de toda a Paróquia São Pedro, porque, qual a explicação que você pode dar para o fato de que milhares e milhares de pessoas vem pra cá ouvir o que um homem simples profetizar e proclamar a Palavra de Deus? E milhões de pessoas dizem: “Obrigado Pe. Moacir, por nos deixar aquecidos na força da fé.” Cada um tem um dom e do Pe. Moacir é o de evangelizar.

Central de Comunicação RP: Governador, como é para o senhor, pessoalmente, participar de um evento como este? Pentecostes te ajuda a reavivar a sua esperança, a sua fé e na sua missão como governante? Governador Agnelo:É um momento muito especial, Pentecostes é um momento ímpar de louvor com Deus, um momento de paz interior muito forte. É um momento da gente se renovar e rever as prioridades. Como

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 23


ESPECIAL PENTECOSTES Entrevistas Central de Comunicação RP: Senador, qual a sua experiência pessoal com a Semana de Pentecostes? Senador Gim Argelo: A minha experiência com Pentecostes é muito forte. A Cristina, minha esposa, enfrentou um problema muito sério na coluna e teve que fazer um tratamento muito sério, submetendo-se ao mesmo já há dois anos. E ela não aguentava mais aquilo, todos os dias. Foi quando ela resolver ir até as missas do Pe. Moacir, na Paróquia São Pedro, e ficou totalmente curada. Então, Pentecostes é um marco na minha vida.

Presença de autoridades Autoridades como o Senador Gim Argello (PTB), o governador de Brasília, Agnelo Queiroz, o vice-governador Tadeu Filippeli, o Deputado Federal Izalci Lucas estiveram presentes no evento.

LUANA G. F. ALMEIDA

COMUNIDADE RENASCIDOS EM PENTECOSTES

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

24| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


ESPECIAL PENTECOSTES História paralela do sonho de Dom Bosco com a Semana de Pentecostes JK, Pe. Jonas Abib, Pe. Moacir Anastácio e brasília - Capital do Espírito Santo

1763 – O Marquês de Pombal decidiu transferir a capital de Salvador para o Rio de Janeiro para maior controle do tesouro nacional, bem como para preservar a sé governante de um ataque de invasores estrangeiros que poderiam invadir nosso litoral. No entanto, o Rio era também litorâneo.

1823 - 60 anos depois José Bonifácio Andrada e Silva oficializa o nome da futura capital, Brasília, encaminhando providências para transferência. 1883 – Mais sessenta anos se pas sam e, na Itália, o padre italiano Geovane Melchior Bosco, que é conhecido carinhosamente por nós como Dom Bosco, recebeu do papa um pedido para enviar missionários à América do Sul, a fim de evangelizar o mais novo continente. Dom Bosco sempre rezava antes de dar uma resposta, pedindo a Deus que se manifestasse sobre seus novos desafios. E assim, Deus o fez e respondeu num sonho profético dando as coordenadas geográficas de onde está hoje o Distrito Federal, quando um anjo lhe permitiu conhecer espiritualmente este lugar e lhe revelou que nessas terras correriam leite e mel, fazendo com que aqui surgisse uma “Nova Jerusalém”, na concepção de uma terra prometida, fértil, rica, encantadora e produtiva. A profecia dizia também que a promessa de tão abundante graça ocorreria somente após iniciar a terceira geração, de 60 anos cada, contados a partir da criação da Congregação Salesiana, que surgiu em 1859. Daí, se deduz que o auge do cumprimento da mesma dar-se-á entre os anos de 1979 a 2039. Exatamente em 1979, o saudoso Papa João Paulo II fazia sua primeira viagem apostólica na América, especialmente no México e de lá repetia ao mundo um discurso que fez sacudir sua Polônia natal para enfrentar a perseguição soviética feita pela Rússia aos católicos, dizendo que não deveríamos ter medo porque Nossa Senhora e o Espírito Santo estariam conosco. Na Polônia, nessa ocasião, surgiu a Semana da Misericórdia, como resistência pacífico-religiosa contra os ateus. Inclusive lá, como aqui, um simples operário cristão chegou ao cargo máximo de presidente do maior país católico de seu continente, no que ambos entraram para as fileiras daqueles homens de condição muito simples que

foram abençoados por Deus para desempenharem um papel importante na história de seus países e essa marca de elevação dos mais pobres, humildes, fracos e necessitados vai estar presente ao longo deste relato histórico, onde perceberemos o quanto Deus exaltou os humildes servos da sua vinha, como os padres Jonas Abib, Moacir Anastácio, João Maria Vianey, João Paulo II, Lech Walessa, JK e o nosso profeta Dom Bosco.

1893 – 10 anos após o sonho de Dom Bosco, compuseram e enviaram ao Planalto Central uma missão de exploradores para fazer a demarcação do quadrilátero onde a nova capital seria construída, a chamada Missão Cruls. Esse local teve uma grande motivação do sonho “bosquiniano” por ser visto como a terra prometida. A coragem dos homens desta missão foi alimentada no sonho do profeta salesiano e tudo isso lhes fortalecia. 1903 – 10 anos após a instalação da Missão Cruls, é batizado em Diamantina - MG, Juscelino Kubitschek de Oliveira, de família pobre e que logo ficava órfão de pai, tendo sido criado pela sua mãe, dona Júlia, com muito sofrimento, pois não possuía recursos pra formar seu filho, mais este nunca desistiu da missão enorme que Deus um dia iria lhe confiar. Para crianças como ele, no interior do Brasil de 110 anos atrás, só restava duas opções para estudar, o seminário ou a carreira militar. Juscelino foi primeiro seminarista, por ter nascido num berço católico e, depois militar, onde teve o posto de capitãomédico da Polícia Militar de Minas Gerais. 1953 – 190 anos após o desejo do Marquês de Pombal se manifestar em prol da defesa do Brasil, com o intento de transferir a capital para o centro da nação, Juscelino, que já havia ocupado vários cargos públicos e inclusive era governador de Minas Gerais, transitava no meio político como o mais natural candidato a se lançar para o desafio de presidir o Brasil, em função de que a Era Vargas já enfrentava a forte crise política. 1956 – JK ganha as eleições com a promessa feita em Jataí-GO de cumprir na íntegra a carta magna, no que tange tirar a capital do Rio de Janeiro e criar Brasília, nossa querida capital den-

tro do interior do rico estado de Goiás.

1960 – Juscelino inaugura Brasília

sob o signo da cruz que foi usada na primeira missa do Brasil, em 1500. Na primeira missa de Brasília, em 1957, sela definitivamente o destino do DF com a cruz vitoriosa de Jesus Cristo.

1963 – 60 anos após o batismo de Juscelino, já sob o manto do Concílio Vaticano II, cujos documentos entravam em vigor e que reabriram as portas da Igreja para o Espírito Santo, buscando resgatar um novo Pentecostes para a mesma, aconteceu outro batizado, agora no interior do Ceará, nas cercanias de Nova Russa. Mais um menino pobre, de grande experiência no sofrimento das secas e da fome, cujo nome era Moacir Anastácio e que o destino o juntaria ao de Juscelino, trazendo-os para esta cidade sonhada pelo amado Dom Bosco. 1973 – Chega à Brasília a Reno vação Carismática Católica, que espalha seus grupos de oração e as sementes das futuras novas comunidades pelo DF. 1976 – 20 anos após assumir o melhor governo do Brasil pelos braços do povo, morre Juscelino Kubitschek de Oliveira, o grande criador de Brasília. 1979 – Quando, pelo sonho de Dom Bosco inicia-se a bonança profética dessa cidade, chega aqui, fugindo da fome e das secas, o jovem cearense Moacir Anastácio de Carvalho e nesse mesmo ano o Papa João Paulo II foi ao México, tendo sido saudado com a canção brasileira “Você meu amigo de fé meu irmão camarada”, cantada por dezenas de milhares de crianças no estádio Azteca, palco da nossa conquista do tricampeonato mundial de futebol. Sua santidade manifestou à mídia um desejo de vir ansiosamente nos abençoar com uma visita pontifícia ao maior país católico do mundo. 1980 – Brasília faz 20 anos e recebe de presente a visita do papa João Paulo II no dia 30 de junho de 1980, um dia após a festa de São Pedro e São Paulo, onde reuniu 800 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios e fez dessa, até então, a maior concentração de católicos numa missa nesta cidade. O papa pede vocações santas e

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 25


ESPECIAL PENTECOSTES jovens santos para transformarem o Brasil.

1983 – 100 anos após o sonho profético de Dom Bosco, pregava aqui na paróquia São Judas Tadeu, na 908 sul, um dos seus discípulos, Padre Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova de SP, cujo pai Sérgio Abib foi operário da construção de Brasília e que aqui derramou seu suor para custear os estudos do filho seminarista e cuidar da saúde do mesmo, muito frágil, e que poderia, inclusive, comprometer a sua ordenação sacerdotal na comunidade salesiana, onde o mesmo estudava no interior paulista. Padre Jonas conduzia retiro carismático de jovens namorados e na tarde daquele domingo, dia 12 de junho de 1983, na última pregação antes de celebrar a missa, num forte momento de oração ele, filho de Dom Bosco, profetizou: “Deus está tirando do vale da sombra da morte muitos jovens que farão de Brasília a capital do Espírito Santo”. Naquele exato momento, sem poder imaginar o que estava ocorrendo no salão da Paróquia São Judas Tadeu, na 908 sul, lá em Taguatinga, estava um jovem amargurado, triste, bêbado, embrutecido pelo sofrimento e a dor que sangrava em seu peito e que só pensava em morrer mais que se viu conduzido por um anjo para as portas da Igreja Perpétuo Socorro, onde a mesma se abriu e ele adentrou, achegando a uma sala onde umas senhoras rezavam com a linguagem do Espírito Santo de Deus. Era um grupo de oração carismático e ali ele, o jovem Moacir Anastácio de Carvalho, recebeu, como Eliseu, o manto de Elias ou como Davi recebeu a unção de Samuel, tendo herdado por um servo de Dom Bosco a mesma profecia, agora feita pelo Pe. Jonas Abib e que se transformou num eco do sonho “bosquiniano”: “Faça de Brasília, a capital do Espírito Santo”. 1991 – O Papa João Paulo II re torna a Brasília e celebra, no mês de outubro, na mesma Esplanada quando, dessa vez, reúne só 300 mil pessoas na missa. 1996 – 40 anos após o início do governo de Juscelino e 20 anos depois de sua morte, Dom José Freire Falcão ordenou o Padre Moacir Anastácio e há um paralelo muito interessante entre esta ordenação com de cura D’ars, o chamado São João Maria Vianey. Tanto ele como o padre Moacir eram analfabetos e mesmo assim desejavam ardentemente serem padres mais seus bispos sabiam da dificuldade que enfrentariam se lhes ordenassem. Vianey chegou a citar Sansão que com a queixada de um burro matou mil filisteus e dizia que seu bispo com um “burro inteiro” faria muito mais. Este foi ordenado e enviado para a menor e mais in-

significante paróquia da França e o mundo inteiro, inclusive o papa, foram no Cura D’ars pra se confessar. Já com Padre Moacir não foi diferente, porque ele também teve muitas dificuldades de aprender a ler e escrever no seminário, o hebraico, o latim, a filosofia, a teologia, a história, o grego e, porque não dizer, até o português. No entanto, após ordenação, foi enviado e está até hoje, na menor paróquia, geograficamente falando, do Distrito Federal, que é a São Pedro e só ela reúne tanta gente quanto Pedro (o papa), nesta capital.

1999 – 20 anos após o papa João Paulo II dizer para o mundo, lá no México, o quanto gostaria de conhecer o Brasil, o maior país católico do planeta e de dizer para o povo da Polônia que não deveriam temer nada diante do chamado para uma nova evangelização, incentivando os poloneses a lutar por sua fé e sua nação católica, como narra o livro dos Macabeus, mesmo enfrentando a arrogância comunista que lhes indagava: “quantas divisões de exército tem o papa”? No que Jesus Cristo respondia: Maria e o Espírito Santo. Deus então plantou no coração do Pe. Moacir Anastácio, neste ano em que a Igreja estabelecia a porta santa para que o povo de Deus buscasse o céu na Terra, o desejo de iniciar a Semana de Pentecostes com a benção das velas consagradas ao Pai, na sexta feira, ao Filho no sábado e ao Espírito Santo no domingo, com uma jornada inteira de orações e missas de cura ou de libertação, desde o dia da ascensão do Senhor até o domingo de Pentecostes pra incendiar a alma dos católicos. 2001 – O padre exorcista inter nacional Rufus Pereira chega a Brasília e seu avião fica dando voos panorâmicos até ser permitido o pouso e, enquanto isso, ele reza o terço sobre os céus de Brasília e ao descer afirma: “De fato, o ouro de Deus está neste lugar porque vi nos céus de Brasília a maior tropa diabólica de assalto que jamais senti em nenhum lugar do mundo. Assim ,confirmo o sonho ‘bosquiniano’ de que há uma imensa riqueza aqui”. 2003 – 120 anos após a visão de Dom Bosco, que lhe fora dada num sonho profético, onde lhe dizia o anjo que depois de 1979, ano da anistia política brasileira, o lugar onde está Brasília seria, de fato, uma nova Jerusalém, a Semana de Pentecostes já era uma realidade consolidada na Igreja da capital, que só crescia em graça e santidade, espalhando milhões de testemunhos esplendorosos de libertações, curas, milagres, prodígios e sinais extraordinários que Deus tem feito através de seu filho Jesus Cristo, com o auxílio do Espírito Santo e na

LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

26| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013

intercessão de Nossa Senhora Aparecida, na vida de pessoas do mundo inteiro com a devoção das Velas de Pentecostes. Nos momentos de sofrimento, angústia, dor, perdas, doenças e desafios, onde médicos, advogados, autoridades, amigos e familiares não tem mais o que fazer ou não sabem como fazer, Deus Pai tem agido com essas velas maravilhosas. Neste mesmo ano, o querido padre Jonas Abib pregou no ginásio Nilson Nelson e recordou o sonho anunciando de que Brasília seria a capital do Espírito Santo.

2009 – 30 anos após chegar a Brasília sem lenço, sem documento, com uma mão na frente e outra atrás, sem esperança nem alegria, agora, liberto e curado por nosso senhor Jesus Cristo, na plenitude da terceira década de graças, bênçãos e vitórias, considerando a bonança temporal da profecia de Dom Bosco, padre Moacir Anastácio fundou a Comunidade Renascidos em Pentecostes atendendo o chamado de Deus no poder do Santo Espírito. 2013 – 250 anos após o desejo do Marquês de Pombal de trazer a capital para o interior do Brasil, 130 anos após o sonho de Dom Bosco, 110 anos após o batismo de Juscelino Kubitschek, 50 anos após o nascimento e também batismo do nosso querido padre Moacir Anastácio, 60 anos após Juscelino vislumbrar sua candidatura ao cargo de presidente do Brasil, 30 anos após a profecia ecoada por padre Jonas Abib, fundador da Canção Nova que, por conseguinte, atingiu em cheio e de imediato o coração daquele jovem e hoje, tão amado padre Moacir Anastácio, a comunidade Renascidos em Pentecostes, a Paróquia São Pedro, diga-se de passagem, a menor paróquia em termos geográficos de todo Distrito Federal, a Igreja Católica Apostólica Romana, aqui sediada no Planalto Central e chefiada por seu arcebispo Dom Sérgio da rocha, todo o povo de Deus reunido neste lugar escolhido para nós como terra prometida, realizou, com todo apoio do GDF, da Administração Regional de Taguatinga e de incontáveis colaboradores, a 15ª Semana de Pentecostes, reunindo mais de 2 milhões de pessoas na Paróquia São Pedro e no Taguaparque para adorar a Deus, servir a Jesus Cristo e pedir a unção do Espírito Santo com Nossa Senhora Aparecida. Nenhuma ocorrência policial foi ali registrada e lá não teve nenhuma lágrima a não ser de alegria por pertencer a uma Igreja, uma comunidade e ao povo que faz a maior festa de Pentecostes do mundo, que vem transformando Brasília em Capital do Espírito Santo. TADEU ROXSANDER

COMUNIDADE RENASCIDOS EM PENTECOSTES


ESPECIAL PENTECOSTES

Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013 | 27


LEMBRE-SE! A SUA DOAÇÃO É IMPORTANTE PARA ESTA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO. DOE R$ 10,00 PARA AJUDAR A COBRIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DESTA REVISTA.

28| Revista Renascidos em Pentecostes - Junho 2013


Revista junho