Issuu on Google+

Publicação destinada exclusivamente ao farmacêutico magistral

Ano 5 Edição nº 18 VEnDA PrOiBiDA

Para uma vida mais

completa Hormônios bioidênticos despontam como alternativa para quem quer manter a vitalidade e a energia da juventude.

GESTÃO O segredo é reter e desenvolver talentos.

FABULESS ™

Inovação no gerenciamento de peso.


CADA VEZ MAIS EM SINTONIA COM VOCÊ.

A Pharma Nostra criou mais um jeito de estreitar relacionamento com você. Basta acessar nosso site que você poderá trocar mensagens ou tirar dúvidas diretamente com seu gerente de contas e com os farmacêuticos do SATEC, com muito mais agilidade e segurança. Veja como é fácil. Nem precisa de login.

1

Acesse www.pharmanostra.com.br

2

Clique em uma das nossas áreas (magistral, indústria ou exportação)

3

Do lado esquerdo da tela, bem abaixo dos destaques, está o link “Conheça seu Gerente / Farmacêutico”. É só clicar, escolher e enviar sua mensagem.

pharmanostra.com.br

0800 707 0706

Sintonia com o futuro


Ex Expediente Canal Aberto é uma publicação bimestral gratuita da Pharma Nostra, distribuída exclusivamente ao farmacêutico magistral. O conteúdo desta publicação trata de assuntos relacionados ao mercado farmacêutico e ativos comercializados pela empresa. Toda correspondência deve ser encaminhada para: Rua Estácio de Sá, nº 530 Campinas-SP CEP 13080-010 A/C Departamento de Marketing Fone (19) 2101-4000 marketing@pharmanostra.com.br canalmedico@pharmanostra.com.br

Co Conteúdo

Editorial

4

Canal Expresso

5

Capa

Para uma vida mais

8

Ativo

Inovação

15

completa

no gerenciamento de peso

Assinaturas GRÁTIS www.pharmanostra.com.br MATRIZ R. Aquidabã, 1.144 - Méier Rio de Janeiro-RJ

As marcas e produtos citados na revista são de total propriedade e responsabilidade de seus fabricantes.

FILIAL GO Via Primária 5-D Qd. 10 Mod. 01 S/N DAIA Anápolis-GO FILIAL SP Rua Estácio de Sá, 530 Campinas-SP Ano 5 - Edição nº 18

Direção Paulo Leal Colaboração Ana Paula Fidélis

Beleza

17

bem-estar

Meio Ambiente

Editor Marcos Garcia de Oliveira MTb 17.751 Coordenação de Publicação Roberta Matos

Aposte sempre no

Saúde

As ações dos

20

líderes potência

Mais no cuidado com a pele

24

Gestão O segredo é desenvolver e reter

26

Aconteceu / Vai Acontecer

28

SATEC

30

talentos

Produção TAG Comunicação de Tendência Projeto Gráfico e Diagramação Larissa Beltrame Borges Revisão Janaína Ferreira Silva Impressão Personal Grafik Tiragem 10 mil exemplares


Ed Editorial

Informações que trazem resultados É com grande prazer que a revista Canal Aberto, editada pela Pharma Nostra, volta à presença de seus leitores para outro encontro bimestral. Há mais de três anos nossa revista vem sendo distribuída gratuitamente a clientes, fornecedores e amigos de todo o Brasil, com crescente sucesso. Já estamos na casa dos 10 mil exemplares por edição, tiragem que, por certo, faz inveja a muitas outras publicações, incluindo as que não se dirigem a públicos específicos. Mais do que os números, porém, orgulha-nos a boa receptividade do conteúdo da revista. Como sempre enfatizamos, ao editar a Canal Aberto, que nosso objetivo é oferecer uma contribuição ao desenvolvimento do mercado em que atuamos. Para a Pharma Nostra, a melhor medida do sucesso é a constatação de que os textos publicados são de fato úteis para os nossos parceiros, agregando

conhecimentos que geram valores e, ao mesmo tempo, trazem resultados. Contando com a colaboração de especialistas reconhecidos, como, por exemplo, o médico e conferencista Lair Ribeiro, esta edição, mais uma vez, traz um mix de assuntos cuja proposta é atender às necessidades dos leitores. Além de informações sobre ativos inovadores que estão chegando ao mercado, como é o caso do Fabuless™, temos matérias de interesse geral sobre gestão, ambiente e saúde, incluindo também novidades acerca do desenvolvimento tecnológico na área das ciências. Com esta edição, esperamos estar retribuindo a atenção de todos os nossos parceiros e reforçando nosso compromisso com o desenvolvimento do mercado farmacêutico. Muito obrigado a todos e boa leitura.

Informação que vale muito, e não custa nada. Acesse já o site www.pharmanostra.com.br e preencha nosso formulário. Seja um assinante Canal Aberto e receba gratuitamente em seu endereço todas as novidades do mercado magistral.


Ce Canal Expresso

Revelado o segredo do mel A proteína defensin-1, presente no organismo das abelhas e por elas acrescentada ao mel, é a responsável pela ação antibacteriana da substância, que pode neutralizar bactérias resistentes a antibióticos, como Staphylococcus aureus e E. coli. A descoberta, segundo a Folha de S. Paulo, é de cientistas da Universidade de Amsterdã, na Holanda. “É importante encontrarmos ativos naturais que desativam bactérias. Eles não têm a toxicidade dos medicamentos e podem ser usados em quantidades maiores”, diz o infectologista Marcos Boulos, da Faculdade de Medicina da USP, em entrevista ao jornal.

Boulos, porém, alerta que o mel in natura não oferece garantia de controle da infecção. “Além da questão da qualidade do mel, não sabemos se a substância ativa foi ingerida em concentração suficiente. A vantagem da pesquisa foi isolar a substância, o que pode levar ao desenvolvimento de produtos eficazes para cura e prevenção de infecções”, diz o médico. Segundo o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, o mel é um nutriente de alto valor energético, que pode ajudar o sistema imunológico, mas o uso contra infecções ainda tem que ser muito estudado.

Durval Ribas, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, diz que há alguns estudos mostrando a ação anti-inflamatória e bactericida do mel em infecções de pele. “Mas ainda não podemos confirmar o uso médico”, acrescenta.

ovário e pele, quando perceberam algo que não esperavam encontrar.

os casos, os tumores regrediram ou, ao menos, pararam de crescer. Já os efeitos colaterais do tratamento se mostraram os mesmos de pacientes que recebiam somente radioterapia. “A ausência de efeitos colaterais significativos neste estudo é extremamente reconfortante para futuros ensaios em doentes tratados com radioterapia”, disse Kevin Harrington, que liderou o estudo. A pesquisa foi publicada no jornal especializado Clinical Cancer Research.

Para os autores da pesquisa, publicada no jornal da Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental, o mecanismo de ação foi esclarecido. Eles afirmam que tanto o mel quanto a substância antibacteriana isolada (a defensin 1) têm alto valor na prevenção e no tratamento de infecções por bactérias resistentes a antibióticos.

Novo tratamento contra tumores resistentes à

quimioterapia

A ciência está perto de desenvolver uma nova e poderosa arma contra o câncer. Um medicamento feito a partir de um vírus presente no corpo humano se mostrou capaz de combater tumores contra os quais a quimioterapia não obteve sucesso. O tratamento foi descoberto por cientistas britânicos do Instituto de Pesquisa do Câncer, em Londres. Eles realizavam um teste com 23 pacientes que sofriam de tumores em estágio avançado em órgãos como pulmão,

O objetivo do teste era verificar se o tratamento com Reolysin (medicamento à base de reovírus, um vírus assintomático e inofensivo encontrado no aparelho respiratório ou gastrointestinal humano) é seguro. Mas os pesquisadores descobriram mais. Eles averiguaram a resposta de quatorze pacientes à medicação e verificaram que, em todos

5


Ce Canal Expresso

Brasil, vicecampeão em

estresse

Trinta por cento das pessoas que compõem a população economicamente ativa do Brasil vivem em um nível crítico de estresse, o chamado “burn-out”, que se caracteriza por um esgotamento mental intenso, geralmente associado ao trabalho. O dado é do Isma-Brasil, seção nacional de uma associação mundial que pesquisa informações sobre o estresse. De acordo com a instituição, o País só perde nesse quesito para o Japão, onde o índice chega a 70% da população. “As normas sociais são muito rígidas naquele país. Escândalos profissionais terminam em demissão e até mesmo em suicídio da pessoa envolvida”, diz a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente do Isma. No Brasil, a dificuldade de contrabalançar as tensões do dia a dia ocorre principalmente por causa da sobrecarga de tarefas e do medo de demissão, fatores de estresse apontados com mais frequência pelos entrevistados. O favoritismo nos ambientes profissionais, em que se leva em conta mais a relação pessoal do que o mérito do trabalho, gera um sentimento de injustiça que contribui para o aparecimento do “burn-out”, afirma a psicóloga.”No Brasil, em geral, não existe um equilíbrio entre esforço e recompensa. Você percebe isso quando o trabalhador vai para o exterior e é muito elogiado”, diz ela. A psicóloga Marilda Emmanuel Novaes Lipp, diretora do Centro Psicológico de Controle do Stress e professora da PUCCampinas, diz que, ironicamente, o problema atinge profissionais altamente motivados, idealistas e que se dedicam excessivamente ao trabalho. Sentimentos de decepção podem desencadear o estresse exagerado. Para ela, uma atitude sadia, nesse caso, é reconhecer o que é importante e não impor a si mesmo uma carga de trabalho acima do necessário.

6

Sal demais,

saúde de menos A Sociedade Brasileira de Cardiologia está realizando uma campanha para reduzir o consumo de sal. Consumido em excesso, ele agrava o estado de saúde dos hipertensos e pode causar complicações como derrames. De acordo com a entidade, a hipertensão atinge cerca de 30% da população. O diretor de Promoção Social da SBC, Dikran Armaganijan, diz que uma das medidas defendidas pela entidade é a mudança nos rótulos dos alimentos industrializados, que deveriam substituir o termo cloreto de sódio pelo nome popular: sal. Armaganijan destacou ainda que a quantidade de sódio precisa ser multiplicada por 2,5 para corresponder ao total de sal presente no alimento. Para o médico, essa alteração nos rótulos é importante devido à grande quantidade de sal presente nos alimentos industrializados. “A indústria

brasileira mantém uma quantidade excessiva de sal nos alimentos. E nós, brasileiros, não estamos acostumados a ler a composição dos produtos”. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu novas normas para as propagandas dos produtos com grande quantidade de açúcar, sódio e gordura saturada ou trans (gordura vegetal que passa por um processo de hidrogenação natural ou industrial). As empresas têm seis meses para apresentar alertas nas propagandas sobre os riscos do consumo excessivo. A Abia (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação), porém, reagiu à determinação. Segundo a entidade, o consumo excessivo de alimentos possivelmente prejudiciais “é muito mais reflexo dos hábitos alimentares da população do que da composição dos produtos industrializados”.


Antibióticos na mira da Anvisa

Entre as mudanças propostas está a exigência da prescrição médica em duas vias: uma fica retida no estabelecimento e a outra é devolvida ao paciente com o carimbo que comprova o atendimento. Até então, bastava apresentar a receita na farmácia ou drogaria para adquirir um antibiótico. As medidas valem para mais de noventa substâncias antimicrobianas, que abrangem todos os antibióticos com registro no País. Quatro delas (amoxicilina, azitromicina, cefalexina e sulfametoxazol) terão regras ainda mais rígidas. Além da retenção da receita, as vendas dessas substâncias serão escrituradas, ou seja, as movimentações terão que ser registradas

no Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC).

juventude ajuda maturidade saudável

de fraturas relacionadas à osteoporose. Elas foram questionadas se tinham se exercitado com regularidade durante sua adolescência e aos 30 anos, 50 anos e mais velhas. Sua função cognitiva também foi avaliada.

Após ajustar diferenças entre os grupos e fatores de risco como diabetes, os pesquisadores concluíram que a atividade física durante a adolescência estava associada a um risco 35% menor de debilitação cognitiva mais tarde na vida.

Mulheres que praticam exercícios físicos na adolescência podem ter uma velhice mais saudável, com menor risco de problemas mentais. Essa é uma das conclusões de um estudo feito por instituição canadense, publicado no Journal of the American Geriatrics Society. O estudo usou dados de cerca de 9.395 mulheres de 65 anos ou mais, em sua maioria brancas, para avaliar a incidência

As que tinham se exercitado com regularidade em qualquer idade tiveram risco menor de debilitação mental mais tarde na vida, mas o maior benefício foi para as mulheres que eram ativas quando adolescentes. Apenas 8,5% das que eram ativas nessa época ficaram mentalmente debilitadas mais tarde, em comparação a 16,7% daquelas que foram sedentárias na adolescência.

Preocupada com a crescente tendência de automedicação, a Anvisa já iniciou estudos para implantar restrições à prescrição e ao comércio de antibióticos. A proposta da consulta pública 58/2010, publicada em junho, é ampliar o controle sobre esses produtos e contribuir para a redução da resistência bacteriana na comunidade. “O uso indiscriminado de antibióticos é um problema de saúde pública em todo o mundo. A ideia é que o controle sobre esses medicamentos seja feito de forma mais efetiva, contribuindo para o consumo racional desses produtos”, afirma o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello.

Exercício na

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que mais de 50% das prescrições de antibióticos no mundo são inadequadas. Só no Brasil, o comércio de antibióticos movimentou, em 2009, cerca de R$ 1,6 bilhão, segundo relatório do instituto IMS Health. Uma pesquisa publicada em julho deste ano pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Idec) comprovou a facilidade de comprar antibióticos sem receita. Os pesquisadores visitaram 104 farmácias, em dez estados brasileiros, e conseguiram adquirir os medicamentos em todos os estabelecimentos, sem receita médica.

“As pessoas muitas vezes separam a mente do corpo e esquecem que a atividade física na verdade é controlada pelo cérebro”, disse Laura E. Middleton, líder do estudo e pós-doutoranda no Sunnybrook Health Sciences Center, em Toronto. “Uma grande parte do cérebro se dedica a coordenar e controlar o movimento”.

7


Ca Capa

Para uma vida mais

completa

Hormônios bioidênticos despontam como alternativa para quem quer manter a vitalidade e a energia da juventude.

Só nos Estados Unidos, cerca de 10 mil pessoas chegam aos 50 anos a cada dia. O cálculo é de Paul Ling Tai, médico especialista em cirurgia plástica e representante oficial na América Latina da WAAAM, sigla em inglês para Academia Mundial de Medicina Antienvelhecimento. Em recente palestra no Sebrae de Campo Grande (MS), ele destacou o fato de que, em todo o mundo, a proporção de idosos em relação à população está crescendo rapidamente e que esse mercado começa a buscar qualidade de vida cada vez melhor. “Eles querem tratamentos de prevenção, testes laboratoriais que identifiquem problemas de saúde muito mais cedo e também querem se sentir mais jovens, com vitalidade, com energia, além de ter um rosto mais jovem. Querem longevidade com qualidade”, afirma o médico. 8

A idade cronológica não precisa ser a nossa idade biológica.

Uma das formas de atender a essa demanda, segundo ele, é dando-se maior atenção à questão hormonal. “Os jovens têm mais hormônios do que os velhos. Depois dos 20 anos de idade, a cada dez anos nós perdemos 15% dos nossos hormônios. Aos 20 anos de idade nós temos os melhores níveis; quando chegamos aos 60 anos nós já perdemos mais de 60%. Enquanto se perde hormônio, se perde a vitalidade, a energia, a beleza da pele” diz Paul Ling Tai, que completa: “A idade cronológica não precisa ser a nossa idade biológica. Existem pessoas de 60, 70 anos com vitalidade, pele, postura e visão de pessoas jovens, porque os hormônios estão em um nível alto. E isso já é possível de ser medido com um simples teste de saliva”. (Veja quadro com as dicas do especialista para envelhecer com qualidade de vida).


Alternativa moderna Mais do que pele bonita e ânimo para encarar novos desafios, a reposição hormonal pode oferecer, segundo especialistas, solução para vários outros problemas que afligem homens e mulheres ao longo do processo de envelhecimento. As mulheres sofrem com o climatério (período que antecede a menopausa, a última menstruação) e seus efeitos desagradáveis, como quilos a mais, sensação de desconforto, calor intenso, perda do desejo sexual, depressão e outros. E alguns homens também apresentam desânimo, insônia, perda da libido e dificuldade para emagrecer, além de depressão, por conta da queda hormonal. De acordo com Daniela Hueb, dermatologista e nutróloga, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, da Associação Brasileira de Nutrologia e da Sociedade Brasileira de Antienvelhecimento, com a modulação hormonal é possível voltar a se dedicar a novos pro-

jetos de vida, ter mais ânimo e aumentar o desempenho cognitivo e sexual. Em artigo publicado no site www.artigonal.com, ela explica que em caso de necessidade de regulação da taxa hormonal, uma alternativa que vem ganhando aceitação entre os especialistas é a prescrição de hormônios bioidênticos. “São hormônios que têm exatamente a mesma estrutura química e molecular encontrada nos hormônios produzidos pelo nosso organismo, apesar de serem fabricados em laboratório. O termo bioidêntico é utilizado para preparações que contêm os hormônios estrona, estriol, progesterona, testosterona, melatonina, tiroxina, o hormônio do crescimento humano recombinante e outros tantos. Não se trata de cópias, eles são idênticos e, por isso, não produzem efeitos colaterais” diz a dermatologista. Essa manipulação idêntica foi tão importante para a comunidade científica que

rendeu ao cientista dos Estados Unidos, Louis Ignarro, o Prêmio Nobel de Medicina em 1998. A diferença entre os bioidênticos e os não-bioidênticos é que, da mesma forma como acontece com os hormônios que nosso organismo produz, os bioidênticos se renovam naturalmente a cada dia. Eles não ficam acumulados em nosso corpo, diferentemente dos sintéticos, que podem “estacionar” no corpo por até 180 dias. Daniela Hueb ressalva que nem todos necessitam desse tratamento, “porém é sempre interessante realizar esse exame, mesmo em pessoas jovens que apresentam tensão pré-menstrual ou que são esportistas. O nosso organismo foi programado para funcionar plenamente até os 30 anos, depois começam as quedas hormonais e o envelhecimento. Os bioidênticos corrigem essas pau-

As vantagens dos bioidênticos O médico Naif Thadeu destaca as características e benefícios do ativo:

Maturidade e beleza As sugestões do médico Paul Ling Tai para ter qualidade de vida na terceira idade: • Use cremes naturais, que podem ser aplicados na pele de manhã e à noite. Isso ajuda a recuperar o nível hormonal; • Mude a dieta. Coma menos carboidrato e menos açúcar; • Exercícios físicos leves, como caminhadas ou dar preferência a escadas ao elevador; • Comece a se cuidar cedo. Se o cuidado começar aos 20 anos, com 50 continuará bonitão. O complicado é perder algo e querer reaver.

• São idênticos aos hormônios que a natureza produz em nosso corpo. São substâncias que têm exatamente a mesma estrutura química e molecular encontrada nos hormônios naturalmente produzidos no corpo humano. O termo “bioidêntico” é utilizado para preparações que contêm hormônios, tais quais: estradiol, estriol, dehidroepiandrosterona, pregnenolona, progesterona, testosterona, melatonina, tiroxina, triiodotireonina e o hormônio do crescimento humano. Não são cópias, são idênticos, por isso não produzem efeitos colaterais. • Por serem idênticos aos produzidos pelo nosso organismo, os receptores do nosso corpo captam 100% dos hormônios bioidênticos. O que não acontece com os hormônios não-bioidênticos.

• Assim como acontece com os hormônios que nosso próprio organismo produz, os hormônios bioidênticos se renovam naturalmente a cada 24h no nosso organismo. Não ficam paralisados no nosso corpo. Os hormônios não-bioidênticos permanecem até 180 dias no nosso organismo. • Nosso corpo é programado para funcionar plenamente até os 30 anos, após isso começam as quedas (pausas) hormonais. Os hormônios bioidênticos vêm para corrigir essas pausas, amenizam os efeitos da velhice - a pessoa fica com mais energia, corrigindo sinais de envelhecimento e recuperando a beleza e o viço da pele, próprios de pessoas jovens - proporcionam equilíbrio emocional, pois os hormônios estão todos equilibrados, inclusive uns em relação aos outros.

9


Ca Capa sas e amenizam os efeitos da velhice. Quem se trata com esse hormônio tem mais energia, consegue corrigir as rugas de dentro para fora e também recupera a beleza e o frescor da pele, além da alegria de viver. A modulação hormonal realizada com hormônios bioidênticos é uma forma de prevenção e tratamento aplicável a todas as pessoas em algum momento da vida. Segundo Reginalda Russo, que integra a diretoria técnica da Anfarmag (Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais) e atua na área há nove anos, o êxito desse tipo de tratamento depende da avaliação criteriosa do quadro de saúde de cada paciente, envolvendo sintomas, histórico de vida pes-

soal e familiar, resultados de exames laboratoriais e hábitos e estilo de vida. Ela ressalta que “o tratamento com hormônios bioidênticos, acompanhado por médicos, é sempre individual e personalizado”. Assim, os produtos necessários podem ser aviados em farmácias magistrais, mediante prescrição médica. “Esse tema está em alta tanto para a classe médica quanto para o público leigo, e vai evoluir ainda mais nos próximos anos. Certamente se trata de uma excelente oportunidade para as farmácias magistrais, devido à elevada especificidade da terapia na adequação da via de administração e na dose poso-

Acompanhamento médico é essencial A utilização dos bioidênticos na modulação hormonal deve sempre ser feita com acompanhamento médico. Em seu site (www.naifthadeu.com.br), o cirurgião plástico Naif Thadeu recomenda que o paciente deve sempre prevenir e realizar exames para saber quais hormônios estão fora dos parâmetros ideais no organismo. O diagnóstico deve ser completo, devendo o paciente responder a um questionário sobre o nível de atividade intelectual, física e sexual, alimentação, se possui insônia, astenia, desânimo entre outras perguntas. Baseado nesse questionário, é traçado o perfil do paciente e realizado o exame de saliva, em que são colhidas três amostras do paciente em horários diferentes, para checar as oscilações hormonais e seu ritmo circadiano. Esse procedimento é confiável, já que os hormônios presentes na saliva estão livres, enquanto os dosados no sangue estão ligados às proteínas. “Depois

10

dessa análise é realizada uma modulação hormonal bioidêntica para promover um equilíbrio de todos os hormônios, tanto os que estão aumentados, como alguns hormônios ligados ao envelhecimento, quanto para os que estiverem diminuídos, como hormônios que estão ligados à jovialidade, atividade sexual, física e mental”, explica o médico. Para ele, preparações manipuladas de hormônios bioidênticos oferecem vantagens indiscutíveis quando se compara com preparações hormonais não-bioidênticas. “Larga margem de variação nas dosagens, uso de veículos excipientes especiais como o gel de alta penetração cutânea, concentração e composição individualizadas permitem que se atinja o objetivo terapêutico de uma forma mais rápida, fisiológica e específica, respeitando as necessidades individuais de cada pessoa, elementos que asseguram maior tolerabilidade, menor incidência de efeitos adversos e maior eficácia terapêutica”.

lógica. A eficácia do tratamento se deve à sua total individualização e, nesse caso, somente a manipulação magistral é preparada para atender a esse critério”, afirma Reginalda, que atua no segmento magistral desde 1990 e publicou em 2009 o livro “Terapia de modulação hormonal bioidêntica”. Os hormônios bioidênticos já foram testados e hoje em dia existe base científica de dados que atesta a segurança e superioridade clínica dos hormônios bioidênticos em relação aos sintéticos. Além disso, com o passar dos dias, um número crescente de médicos em todo o mundo vem adotando a prescrição dos bioidênticos em seus consultórios, com resultados clínicos comprovados.


Tecnologia e rigor garantem a qualidade Área de fracionamento de hormônios da Pharma Nostra alia estrutura completa à técnica rigorosa para oferecer o melhor produto ao mercado. Para quem entra na área de fracionamento de hormônios da Pharma Nostra, na Unidade de Anápolis (GO), a primeira impressão é de que se está no cenário de um filme de ficção científica. Salas meticulosamente limpas, iluminação cuidadosamente controlada para cada necessidade, paredes brancas, bancadas perfeitamente organizadas, operadores vestidos com trajes que impedem qualquer contato com as substâncias manipuladas e espaços totalmente isolados, que não permitem o trânsito de resíduos de um local para o outro, são os primeiros detalhes notados. Mas, com um pouco mais de atenção, é fácil perceber que os cuidados vão muito além. “É raro encontrar no mercado de distribuição de insumos farmacêuticos uma estrutura como a que montamos para fracionar e garantir a qualidade de itens como hormônios, antibióticos e ativos

controlados pela Portaria 344”, afirma o diretor da Unidade, o farmacêutico Amin Gebrim. Essa estrutura não se resume apenas a um prédio exclusivamente dedicado ao fracionamento desses três itens, mas inclui também uma série de detalhes que, às vezes, podem até parecer excesso de zelo. “Em processos como os nossos, cada detalhe é essencial. Todos os procedimentos são de altíssima importância para a qualidade. Não podemos correr o risco de pôr a perder um grande investimento ao deixar de limpar corretamente uma espátula, por exemplo, mesmo que ela seja usada apenas para retirar uma amostra para análise. Não podemos abrir mão do rigor técnico em nenhum momento”, diz Dr. Amin.

Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que concedeu à empresa o Certificado de Boas Práticas de Fracionamento, inclusive de produtos controlados.

Todos os procedimentos adotados, tanto no fracionamento de hormônios como em outros processos da Pharma Nostra em Anápolis, foram analisados e aprovados, no primeiro semestre de 2010, pela Agência

Com 150 funcionários, sendo oito farmacêuticos, a unidade goiana tem, no laboratório de controle de qualidade e no prédio dedicado à manipulação de hormônios, antibióticos e produtos controlados, o centro de suas atividades. “O foco de Anápolis é puramente técnico. Cerca de 700 itens passam pelo fracionamento na unidade e são distribuídos de acordo com os padrões de operação certificados pela Anvisa”, explica Amin Gebrim, segundo quem, o crescimento experimentado pela empresa “indica que nossos esforços para atender as necessidades do mercado estão surtindo efeito”. Considerando-se apenas os hormônios, o volume fracionado cresceu 100% no primeiro semestre de 2010, em relação ao mesmo período do ano anterior.

do processo, de material de limpeza específico, vestuário na entrada e na saída, onde é feita a descontaminação.

xes também tem iluminação controlada, para manuseio de itens fotossensíveis”, diz Solange.

Todas essas áreas têm fluxo contínuo, ou seja, desde que se deixe uma sala, voltar a ela exige que se cumpra todas as etapas necessárias à descontaminação e que se retorne ao início. “Além disso, a área tem controle permanente de temperatura, pressão e umidade, sempre mantidas dentro dos padrões recomendados”, diz a farmacêutica Solange Magre. O ambiente também tem sistemas independentes de ventilação e exaustão, evitando a contaminação aérea; e estação de tratamento de efluentes específica, que filtra, seca e encaminha os resíduos para incineração em empresa autorizada. “Um dos bo-

Toda essa estrutura exige pessoal treinado, motivado e capacitado para operar dentro de padrões rigorosos. “Nosso treinamento é permanente e a preocupação não é apenas a de garantir a qualidade dos ativos, mas também a de proteger a saúde de nossos colaboradores”, informa a farmacêutica, que conclui: “A evolução tecnológica e o crescente rigor da legislação exige o constante aprimoramento de nosso trabalho e a Pharma Nostra não economiza nesse aspecto. A empresa prioriza a qualidade e busca sempre estar atualizada, tanto nos procedimentos como na estrutura, o que inclui equipamentos de última geração”.

Cuidados especiais Gerente da Qualidade, a farmacêutica Solange Magre, explica que os hormônios são substâncias críticas, com grande capacidade de interferência no organismo humano e no ambiente. Por isso, exigem cuidados especiais no manuseio. “Hormônios femininos, por exemplo, devem ser manipulados apenas pelas mulheres, enquanto os masculinos são fracionados por homens”, conta. Para garantir que todo o processo de recebimento, análise, fracionamento e distribuição dos hormônios seja realizado com absoluto controle, a área de hormônios ocupa todo o piso térreo do prédio dedicado a substâncias especiais, tendo seus 360m2 divididos em quatro boxes de fracionamento e áreas de apoio como salas de recebimento, de controle

Saiba mais: marketing@pharmanostra.com.br 11


Ca Capa

A arte de veicular hormônios por via tópica com repercussão sistêmica

Por Nélson Maurício Júnior*

O conceito prevalente hoje em dia é o de que a utilização de hormônios bioidênticos pode ser mais segura e eficaz do que a utilização de hormônios nãobioidênticos, uma vez que aqueles se atrelam aos receptores químicos presentes na membrana das células de forma semelhante ao atrelamento estabelecido pelos hormônios endógenos humanos, principalmente quando são observadas as concentrações e vias de administração compatíveis com a fisiologia e necessidades metabólicas individuais. Existem inúmeras publicações científicas sobre a reposição hormonal bioidêntica, comprovando a sua seriedade e eficiência. Estrutura molecular dos Hormônios x Permeação cutânea – Os hormônios apresentam caráter ANFIFÍLICO, ou

seja, a sua molécula possui uma parte hidrofílica (solúvel em água) e outra parte lipofílica (solúvel em lipídios e não solúvel em água). Esta característica é fundamental para entendermos como a sua passagem é facilitada pela barreira cutânea (ceramidas, ácidos graxos livres, colesterol). Promotores de permeação para a liberação transdérmica – Para entendermos como os ativos penetram e permeiam a camada córnea (ceramidas, ácidos graxos livres, colesterol), que é a nossa grande barreira cutânea, é fundamental o formulador entender quais são os veículos que apresentam tal afinidade com a mesma. Isto, com a micronização dos hormônios bioidênticos, será decisivo para o resultado terapêutico do tratamento.

Veículos nanossomados ou lipossomados fazem a total diferença nos resultados, pois o grande desafio é romper a camada córnea queratinizada e espessa que alguns pacientes apresentam, por inúmeras razões. Resumidamente, poderíamos dizer que hormônio bioidêntico + veículo transdérmico = efeito fisiológico alcançado = RESPOSTA TERAPÊUTICA ALCANÇADA. Hoje, a modulação hormonal bioidêntica já é uma realidade entre pacientes, médicos e todos os profissionais que trabalham na área, no esforço de trazer as melhores matérias-primas para o consutmo de uma grande parte da população, que usufrui desta medicina revolucionária.

Vantagens de um veículo transdérmico • Permite o controle da absorção de determinadas quantidades de fármaco;

• Evita também possíveis interações do fármaco com alimentos e com a flora intestinal;

• Vantagens da modulação hormonal bioidêntica por via percutânea;

• Evita o efeito de primeira passagem hepática;

• A absorção é percutânea; o princípio ativo presente no veículo penetra na pele até as estruturas mais profundas, entrando na corrente sanguínea, com ação sistêmica; • Fácil aplicação - a pele é o maior órgão do corpo humano;

• Via alternativa ao trato gastrintestinal; • Menor irritação e toxicidade sistêmica, evitando a ação do Ph ácido do estômago sobre fármacos sensíveis nestas condições;

• Possibilidade de aplicação em diferentes locais do corpo; • Maior adesão ao tratamento pelo paciente, pela aplicação do gel ou creme.

Veículo ideal para permeação cutânea

Vantagens dos Lipossomas

• Farmacologicamente inerte;

• Encapsulamento de ativos lipossolúveis e hidrossolúveis e/ou vetorização;

• Não-tóxico; • Não-irritante; • Não-alérgico; • Quimica e fisicamente compatível com o fármaco e excipientes; • Aceitável cosmeticamente; • Acessível e com boas propriedades solventes.

• Benefícios fisiológicos; • Promove hidratação; • Aumento da penetração cutânea, com liberação controlada e específica; • Liberação imediata para substâncias hidrofílicas; • Efeito long-lasting e alta tolerância.

(Hadgraft, 1999; Sinha, Kaur, 2000)

Benefícios técnicos: *Farmacêutico bioquímico, pós-graduado em Cosmetologia pela Universidade Oswaldo Cruz, especializado em peelings químico, palestrante sobre modulação hormonal bioidêntica no curso do médico e nutrólogo Dr. Lair Ribeiro. 12

• Fácil e rápido preparo; • Delivery system natural; • Proteção dos ativos ao meio externo; • Aumento da atividade do ativo encapsulado.


Modulação Hormonal Bioidêntica, opção muito válida A MHB equilibra não apenas um hormônio específico, mas, como se fosse uma orquestra, afina os instrumentos que irão gerar a sinfonia da saúde. Dr. Lair Ribeiro* Quando se iniciou a reposição hormonal, alguns acreditavam que esse tratamento não faria nenhuma diferença, outros achavam que faria mal e um grande número de médicos se juntou aos que acreditavam que teria muitos efeitos benéficos, passando a usá-lo indiscriminadamente. Até 2002, o remédio mais vendido no mundo era composto de um conjunto de vários hormônios equinos, retirados de urina de éguas prenhes e administrados às mulheres como substituição pela deficiência hormonal estrogênica. Para evitar o câncer de útero causado por esses “hormônios não-humanos”, era associado a esse conjugado estrogênico equino um progestágeno (acetato de medroxiprogesterona, ou seja, uma modificação da molécula da progesterona com a formação de um “hormônio- similar”). Estudos publicados em 2002 e 2003 mostraram que esta combinação de estrogênios conjugados e do acetato de medroxiprogesterona (progestágeno) era mais prejudicial que benéfico,

causando um aumento na incidência de câncer hormônio dependente na mulher, além de aumentar a incidência de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais, principalmente na forma de embolias. A partir daí, passamos a ter três tipos de profissionais médicos: • Aqueles que nunca acreditaram e, agora mais que nunca, continuavam a achar que a reposição hormonal não deveria ser prescrita; • Aqueles que passaram a acreditar que a reposição hormonal, do jeito que vinha sendo realizada, tinha mais custos que benefícios e; • Aqueles que, infelizmente, não acreditavam nos resultados deletérios dos “hormônios-similares” e, apesar dos dados apresentados na literatura, continuavam prescrevendo como se nada houvesse de errado. É importante ressaltar que não se pode patentear nenhuma substância feita pela

natureza. Um exemplo é a progesterona humana produzida na segunda fase do ciclo ovariano (fase lútea) pelo corpo lúteo (resquício do folículo ovariano após o processo de ovulação). Como a progesterona não pode ser patenteada, sua molécula deve ser modificada para que justifique a patente. A melhor analogia é da chave-fechadura. A chave é feita para entrar na fechadura. Quando se faz uma chave que não é exatamente nos moldes da fechadura, mesmo que se consiga usá-la na fechadura, causará um estrago tanto à chave quanto à fechadura. Os “hormôniossimilares”, que na realidade nunca foram hormônios, encaixam na fechadura (receptor), mas não exercem a função que deveriam, além de ficarem presos a esses receptores por muito mais tempo que necessário e causarem danos os mais variados. Há muito tempo, o desenvolvimento tecnológico permite que se construa em laboratório, de uma forma tridimensional, moléculas exatamene idênticas às encontradas no corpo humano. Os

*Lair Ribeiro, cardiologista/nutrólogo, autor de 35 livros e mais de 100 trabalhos científicos publicados em revistas médicas americanas indexadas. Viveu 17 anos nos Estados Unidos, trabalhando em três universidades americanas – Harvard Medical School, Baylor College of Medicine e Thomas Jefferson University. O Dr. Lair Ribeiro ministra cursos de Modulação Hormonal e Nutrologia. Para mais informações – (11) – 38890038 – www.lairribeiro.com.br 13


Ca Capa hormônios esteroidais, provenientes da molécula do colesterol, são usados com grande sucesso desde 1980 e em 1989 foi feito o primeiro grande estudo mostrando que tem uma eficácia e uma segurança superiores aos “hormônios similares”. Esses hormônios, por serem isomoleculares, ou seja, exatamente iguais aos produzidos pelo corpo humano, são denominados bioidênticos. Além disso, antigamente se fazia simplesmente uma reposição hormonal. Hoje, faz-se uma Modulação Hormonal. Mudar é muito mais que simplesmente repor. Modular é modificar o parâmetro de uma onda de acordo com a intensidade da outra. Portanto, a Modulação Hormonal Biodêntica (MHB) equilibra não apenas um hormônio específico, mas sim, como se

fosse uma orquestra, afina os “instrumentos” que irão gerar a “sinfonia” da saúde. Esses instrumentos são constituídos das gônadas (hormônios gonadais – Estrógenos, Progesterona e Testosterona), tireoidianos (T4/T3) e adrenais (DHEA e cortisol). Quando um paciente está com diabetes e necessita insulina, fazemos a reposição insulínica. Quando está com deficiência de hormônio tireoidiano, fazemos a reposição com hormônio tireoidiano.

Progesterona e progestágeno, por exemplo, são moléculas totalmente diversas. Uma emagrece, a outra engorda. Uma protege contra o câncer, a outra é cancerígena. Uma é antidepressiva, a outra é causadora de depressão. Portanto, uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa.

Quando uma paciente está com deficiência de progesterona, por que não podemos fazer a reposição progesterônica?

A Modulação Hormonal Bioidêntica (MHB) é uma opção muito válida no cenário terapêutico magistral e deve ser feita predominantemente na forma transdérmica. O importante é que o médico domine a fisiopatologia hormonal e a farmácia magistral saiba como aviar adequadamente a receita médica.

Até uns tempos atrás, isso era impossível, pois tínhamos apenas progestágenos que eram mais prejudiciais que benéficos. Hoje, podemos fazer com uma progesterona bioidêntica.

Na Modulação Hormonal Bioidêntica, médico e farmacêutico magistral fazem parte de um time inseparável e quem vai se beneficiar com essa parceria é o paciente necessitado da terapia.

anúncio tepron


At Ativo

Características do Fabuless™ • Ajuda no controle da fome. • Ajuda a controlar a ingestão calórica. • Aciona o mecanismo de controle natural do apetite. • Impede que se coma demais entre as refeições ou mais tarde. • Reduz o apetite. • Efeitos duram mais de oito horas. • Eficaz para usuários normais e com sobrepeso.

Inovação

no gerenciamento de peso Novo ingrediente para shakes e outras apresentações, Fabuless™ torna mais simples o controle do peso e oferece resultados em longo prazo. O gerenciamento do peso vem se tornando uma questão cada vez mais importante para um número crescente de pessoas. O sobrepeso e a obesidade, resultados da oferta combinada de alimentos cada vez mais ricos e gordurosos e comodidades que reduzem constantemente as necessidades de qualquer tipo de esforço físico, já se transformaram em problema de saúde pública na maioria dos países. Tal situação estimulou o surgimento de uma gama de ativos concebidos para ajudar as pessoas a controlar seu peso. Contudo, eles exigem esforço contínuo e muita disciplina. Essa situação começa a mudar com o desenvolvimento de novos ativos, muito mais avançados tecnologicamente. É o caso do Fabuless™, lançado pelo labo-

ratório holandês DSM e distribuído no Brasil, com exclusividade, pela Pharma Nostra. Com eficácia comprovada por estudos independentes, oferece uma solução completamente nova que pode ajudar os consumidores a controlar seu peso em longo prazo, sem efeitos colaterais. O ativo aumenta a sensação de saciedade e torna mais fácil gerenciar calorias por controlar a sensação de fome. Como explica o farmacêutico bioquímico Alan Franco Navarro, da Tovani Benzaquen, empresa responsável pela chegada do produto ao mercado brasileiro, “Fabuless™ é um pó emulsionável derivado de lipídios, especial por sua tecnologia. Seu mecanismo de ação é demonstrado e comprovado em inúmeros estudos clínicos. Ele age no in-

testino delgado (íleo), onde o sistema de controle do apetite é acionado, enviando um sinal de saciedade para o cérebro. Estudos clínicos confirmam que Fabuless™ pode ajudar as pessoas a controlarem seu peso, reduzindo o apetite e a ingestão calórica. Ele reduz o consumo de calorias a partir de quatro horas até oito horas após o consumo, podendo se estender por um período maior”. Segundo Alan, o ativo reduz o consumo de alimentos tanto para as pessoas de peso normal como para quem tem problemas com a balança. “Dietas usando o ativo ao longo de quatro meses mostram que o usuário não recupera o peso perdido, mantém a circunferência abdominal e tem diminuição da gordura corporal”. 15


At Ativo saciedade

Benefícios Oferecido na forma de pó para uso em shakes ou em outras apresentações, Fabuless™ traz avanço importante no campo de controle de peso, pois estende o tempo que se leva para voltar a ter fome após uma refeição e também a quantidade de alimento ingerida nas refeições seguintes. Com componentes totalmente naturais, Fabuless™ consiste de uma quantidade mínima de óleo de palma e de aveia. A fração de aveia específica é digerida muito lentamente, permitindo ao Fabuless™ penetrar profundamente no sistema intestinal. O corpo irá identificar um nível relativamente elevado de gordura não digerida numa fase tardia do processo digestivo. Desta forma,

os sinais de fome, que normalmente começa a enviar, são suprimidos. A microestrutura Fabuless™ foi desenvolvida para retardar a digestão das gotículas de óleo de palma no estômago e no intestino delgado. As gotículas, dessa forma, passam sem grande transformação pela da primeira parte do trato digestivo, em direção à parte distal do intestino delgado (íleo). A gordura não digerida no íleo aciona gatilhos que provocam a sensação de conforto e satisfação. Esse mecanismo de sinalização, também conhecido como o “mecanismo de freio ileal”, provoca um efeito de saciedade. A gordura do Fabuless™é depois digerida normalmente.

Fabuless™ forma uma emulsão de óleo em água e pode ser incorporado em produtos como iogurtes, alimentos líquidos, suplementos alimentares e bebidas. Ao contrário de muitas outras soluções de gerenciamento de peso, Fabuless™cria um conceito fácil de entender – a mensagem mais importante é “ajuda você a comer menos” – pela utilização de um ingrediente natural. Ele foi projetado para apoiar as pessoas a simplesmente controlar sua ingestão de alimentos e manter uma dieta saudável. Fabuless™ é uma combinação de componentes alimentares tradicionais, criada por técnicas convencionais de processamento. É uma combinação de óleo de palma e de aveia, que não necessita da aprovação de órgãos reguladores para ser incorporada a alimentos. Várias autoridades europeias explicitamente apoiam produtos que contenham Fabuless™. Da mesma forma, nos EUA, ele é considerado uma combinação de ingredientes de alimentos seguros, diferente das exigências regulamentares para uma molécula bioativa nova ou um ingrediente que requer consumo substancialmente diferente da norma dietética, porque ele é totalmente digerido e aciona o mecanismo de controle do apetite de maneira normal, como qualquer alimento faria, sem efeitos colaterais observados.

Atitude garante sucesso em longo prazo Encarada como uma nova maneira de enfrentar os problemas de saúde, psicológicos e de estética de quem carrega alguns (ou muitos) quilos a mais, a gerência do peso envolve adotar um estilo de vida que inclua um plano saudável de alimentação e uma atividade física regular. Motivadores internos tais como a saúde, a energia aumentada, a auto-estima e o controle pessoal aumentam as possibilidades de sucesso na administração de peso durante toda a vida. Para se chegar a esse estado de espírito, recomendam-se procedimentos como:

zê-la pressupõe geralmente um prazo curto e raramente produz sucesso em períodos mais longos.

• Faça a saúde e não a aparência. Um objetivo realista é atingir um peso saudável, e não necessariamente o peso mais baixo que você pode alcançar ou o peso “ideal” de uma tabela.

• Comer para se ter boa saúde e comer para controlar o peso é virtualmente a mesma coisa. A escolha de um plano adequado de alimentação, que inclua uma ampla variedade de alimentos saudáveis, pode realizar ambos os objetivos. Alimentos com carboidratos complexos e fibras, como grãos integrais, frutas, vegetais, e pouca gordura podem estar presentes em um plano alimentar de calorias reduzidas. A quantidade necessária de alimentos depende de idade, sexo, nível de atividade e objetivos da perda do peso, mas sempre deve-se ingerir quantidades pequenas de cada grupo de alimentos.

• Busque um estilo saudável de comer, não se preocupe em “fazer dieta”. Fa-

• Pratique atividades físicas, pois isso aumenta as chances de se livrar de

16

quilos extras. Um estilo de vida fisicamente ativo proporciona recompensas além do controle de peso, como saúde do coração, ossos fortes e diminuição do estresse. Para o controle de peso, os especialistas recomendam um total combinado de 30 minutos de atividade moderada na maioria dos dias. Se você não for fisicamente ativo, torne-se gradualmente. Escolha uma atividade que lhe agrade, da qual você não se sinta tentado a desistir em pouco tempo. Antes de começar um programa de exercício, consulte seu médico. • O uso de medicamentos ou suplementos que auxiliem o processo de gerenciamento do peso pode ser positivo. Mas é importante que seja acompanhado por profissionais especializados, médicos, farmacêuticos e nutricionistas.

Saiba mais: marketing@pharmanostra.com.br


Sa Saúde

Aposte sempre no

bem-estar Perder peso é bom, mas o resultado do esforço nesse sentido só é permanente se houver atenção a todos os aspectos da saúde. Seja por questões de saúde ou estéticas, crescem a cada dia os estímulos para que as pessoas se esforcem para perder ou manter baixo o peso corporal. A pressão é tanta que, muitas vezes, se esquece de outros aspectos envolvidos nesse processo. Daí o número cada vez maior de vítimas do “efeito sanfona”, aquele que faz as pessoas recuperarem rapidamente os quilos que perderam à custa de muito esforço e tempo, com prejuízos incalculáveis, que apenas co-

meçam com a constante necessidade de trocar constantemente todo o conteúdo do guarda-roupa. De fato, alguns estudos indicaram que apenas 8% das pessoas que perderam peso conseguiram manter os resultados. Ou seja, a cada 100 pessoas que conseguem reduzir suas medidas, mais de 90 voltam a engordar. A razão desse fracasso está no fato de que muito pouca gente encara a perda de peso como parte

de um processo cujo objetivo principal é o bem-estar geral e a saúde integral. Para o médico Fábio César dos Santos, afiliado ao grupo de Medicina, Mente e Corpo da Harvard Medical School e diretor da clínica Saúde Plena - Medicina Integrativa, sinergia é a palavra-chave nesta questão. “O aspecto estético é apenas parte do todo. Se pensarmos no todo é mais fácil atingir e manter o objetivo”, diz ele.

saúde integral

É preciso entender o que é prazeroso para o paciente e o que ele teria interesse em levar adiante.

Em sua opinião, mesmo quem se preocupa apenas com a estética precisa entender que os resultados do esforço para emagrecer só serão consistentes quando todos os aspectos envolvidos na questão forem considerados. “É essencial entender, por exemplo, as próprias causas do sobrepeso ou obesidade. Sem saber se a origem do problema é psicológica ou física, é inútil tentar combatê-la. São múltiplos os mecanismos que precisam ser entendidos e corrigidos”, afirma o especialista, ressaltando que a relação entre mente e corpo, em geral, está na raiz dos problemas de peso. “A ansiedade, por exemplo, é compensada por grande parte das pessoas na alimentação. Assim, manobras respiratórias,

que permitam aos pacientes respirarem de forma mais adequada, podem ser tão importantes quanto a terapia”. Assim, explica o médico, tudo começa com a definição de um programa que vai levar em consideração todos os aspectos envolvidos. “O indivíduo deve ser observado como corpo, mente, espírito, profissão, comunidade e cultura”, avisa, lembrando que a reeducação alimentar é essencial, mas precisa ser adaptada às características de cada pessoa. “O importante é reduzir as calorias ingeridas”. Da mesma forma, a atividade física é necessária, mas tem gente que odeia. “Nesse caso, é preciso entender o que é prazeroso para o paciente e o 17


Sa Saúde

que ele teria interesse em levar adiante. Pilates, jardinagem e muitas outras atividades podem levar à perda de calorias, sem que essa exigência se torne um pesadelo e que, mais cedo ou mais tarde, ele abandone a prática”, diz o Dr. Fábio Santos. A suplementação é outro aspecto a ser observado de forma abrangente. “É preciso compreender as carências do paciente. Ou melhor, suas atividades e déficits precisam ser entendidos e corrigidos”, diz. De uma forma ou de outra, adverte o médico, se torna cada vez mais urgen-

te que o conceito de saúde integral seja compreendido pela população, deixando-se de lado os modismos e a ansiedade de se atender os padrões ditados pela moda. Quando se foca todos os esforços no emagrecimento a qualquer custo, o risco é cair nos exageros praticados por muitas mulheres hoje em dia, especialmente as modelos profissionais. “A obesidade, no entanto, é realmente um problema que exige solução. Nos EUA, mais de 60% da população já apresenta sobrepeso ou obesidade. No Brasil, a tendência é a mesma. É um problema enorme de saúde pública, pois cada célula gordurosa é uma fonte de inflamação”, conclui.

Dr. Fábio dos Santos Fellow em cardiologia pela Duke University, afiliado ao grupo de medicina, mente e corpo da Harvard Medical School e consultor científico da AMBO e da FAPES.

Entrevista Escute sempre o seu corpo A personal trainer Tatiana Leme de Carvalho responde às dúvidas de quem pretende perder peso sem deixar o bem-estar de lado. Por que é importante pensar no bemestar geral e não apenas no emagrecimento ou no ganho de massa muscular? Muitas pessoas optam por dietas milagrosas e exercícios exagerados, achando que assim irão alcançar um resultado mais rápido, e acabam esquecendo-se do principal objetivo: melhorar a saúde. Sem saúde, é impossível praticar qualquer tipo de atividade, portanto precisamos preservá-la ao máximo. Para quem está acima do peso e quer começar algo, o ideal é a caminhada, pois correr pode prejudicar as articulações devido ao sobrepeso e causar lesões que tornam necessário interromper a atividade. Ou seja, o certo é começar devagar e aumentar gradativamente, conforme o corpo responde aos estímulos. A dica para praticar atividade física com saúde é sempre escutar seu corpo. 18

É possível manter os resultados (perda de peso) sem alcançar um equilíbrio geral no organismo? Há pessoas que optam por dietas erradas (“milagrosas”) ou remédios de emagrecimento sem indicação médica e perdem peso, mas não sabem que estão perdendo líquidos e até mesmo massa magra (músculo). Algumas modelos são exemplos disso, são as que chamamos de “falsas magras”, porque possuem um corpo de aparência magra, mas quando analisadas por uma avaliação física, nota-se uma grande massa de gordura e uma pequena massa magra (musculatura), podendo até apresentar um quadro de anemia. Enfim, ser magro, algumas vezes, não é sinônimo de ser saudável. Portanto, fique atento com o curto, o médio e o longo prazo.

Como se percebe os benefícios da atividade física ao longo do tempo? Para aqueles que estão começando a praticar uma atividade física e reeducando a alimentação, irão notar, já no primeiro mês, maior disposição no dia-a-dia; melhora no humor; melhora na qualidade do sono (principalmente para quem sofre de insônia); maior concentração no trabalho; diminuição de dores no corpo (por exemplo, lombalgia, tensão no pescoço e cansaço nas pernas); e já acontece uma perda de peso. Após alguns meses, os praticantes percebem ainda uma melhora em todos os benefícios da fase inicial, perda significativa de peso, melhora no condicionamento físico por um aumento no percurso ou na duração da atividade e também aumento no ritmo da caminhada. O alongamento nesta fase estará


Cuidados com a alimentação Veja as sugestões da personal trainer Tatiana Leme de Carvalho

nitidamente maior e o funcionamento do sistema digestório muito melhor. Depois de seis meses, os praticantes já se sentem muito bem, porque o corpo está mais leve. A perda de peso não é tão grande, mesmo porque nesta fase o indivíduo já se conscientizou de que a perda de peso acontece pelos bons hábitos; controle da pressão arterial (principalmente para hipertensos); controle do colesterol e taxa de glicose mais baixa (diabéticos, desde que não exagerem nos doces e carboidratos). Aqui podemos dizer que a atividade física se tornou hábito do indivíduo. Quem, no início, estava bem acima do peso e perdeu gradativamente o sobrepeso, pode nesta fase incluir a corrida em seu trabalho cardiovascular. Para notar estas melhoras, o indicado é fazer uma avaliação física antes de praticar qualquer atividade e depois refazê-la para comparar e ver os resultados obtidos. Para aqueles que treinam em academias, a avaliação física é uma maneira de cobrar atenção e qualidade no trabalho de seu professor. Enfim, é uma garantia para se ter um bom treinamento. O que deve ser entendido como boa gestão de saúde? Não adianta querer só emagrecer, o ideal é fazer uma análise do que realmente seu corpo precisa. Isso pode ser visto por meio da avaliação física, que mostrará dados como suas medidas, condicionamento físico, flexibilidade e desvio postural. Ou seja, para alcançar com qualidade o seu objetivo, é muito importante fazer um trabalho bem orientado. A pressa só leva à lesão ou à desistência rápida da possibilidade de criar um hábito mais saudável. Como se consegue essa boa gestão da saúde? Quais são as medidas a serem adotadas? O primeiro passo para alcançar uma boa gestão de saúde é descobrir suas verdadeiras necessidades físicas e psicológicas e entender como será cada fase deste processo, sem querer pular as etapas. Afinal, a afobação é o primeiro passo para o fracasso. A alimentação também é um trabalho bem importante, pois ela

é o nosso combustível. Sempre é bom fazer uma comparação: se eu comprar dois carros idênticos e abastecer um com gasolina adulterada e outro com gasolina aditivada, no começo não perceberemos tanto a diferença, mas em longo prazo perceberemos nitidamente. Assim é o nosso corpo, se pegarmos duas pessoas da mesma idade, sendo que uma se alimenta bem e a outra mal, com o tempo a diferença aparecerá bruscamente. Portanto, não é só iniciar a atividade, o cardápio deve acompanhar as mudanças. É possível detalhar estas medidas? Por exemplo, que tipo de atividade física é mais indicada para quem busca esse resultado? A recomendação dos exercícios deve ser feita sempre por um profissional da área de Educação Física, pois este pode analisar o aluno e suas necessidades e, assim, indicar a quantidade correta, o tipo de exercício e a frequência mais adequada. Aqueles que querem emagrecer devem evitar exercícios de muito impacto para preservar suas articulações de membros inferiores (quadril, joelhos e tornozelos), ou seja, a corrida deve ser evitada. O ideal é iniciar a caminhada três vezes por semana (dias intercalados) com duração de 30 minutos cada dia, sempre respeitando seu limite de condicionamento e, com o tempo de prática, ir aumentando gradativamente, passando para 40 minutos na primeira e segunda semanas do mês seguinte e 50 minutos na terceira e quarta semanas. Não se esqueça de escolher trajetos mais planos, ou seja, com pouca subida e descida. Que tipo de acompanhamento médico é necessário neste processo? O ideal é procurar um cardiologista para fazer um exame preventivo (frequência cardíaca, hipertensão, colesterol, glicemia e outros), uma nutricionista para fazer uma dieta ou uma reeducação alimentar e um profissional da Educação Física para fazer a avaliação física (medidas, avaliação postural, condicionamento físico, etc.) e prescrever seu treino. Caso tenha algum desvio postural muito significativo, será necessário também um fisioterapeuta.

• O indicado é procurar uma nutricionista, pois ela montará um cardápio de acordo com o seu gosto e necessidades. Mas vale lembrar que é importante não se deixar levar por dietas da moda, que só prejudicam a sua saúde. • Beba aproximadamente oito copos de água ao longo do dia. • Faça cinco refeições por dia: café, lanche, almoço, lanche e jantar. Assim, você acelera seu metabolismo. Procure se alimentar todos os dias nos mesmos horários. • Coma devagar e mastigue bem, evite comer assistindo televisão. • Cuidado com o exagero no sal. Além de reter líquido, ele ajuda a aumentar a sua pressão arterial. • Inicie suas refeições pela salada. • Coma pelo menos duas frutas por dia, uma dica é ingeri-las no lanche (entre o café e o almoço e/ou almoço e jantar). • Nas refeições principais (café, almoço e jantar), inclua três grupos de alimentos: 1. Energéticos fornecem energia para as atividades diárias. São os carboidratos, como pão, arroz, batata, mandioca e macarrão. 2. Construtores ajudam a reconstruir as células do seu corpo. São as proteínas, a exemplo do leite, carne bovina, carne suína, carne de aves, peixes e ovos. 3. Reguladores fornecem nutrientes necessários às reações químicas do seu corpo. São as fibras: frutas, legumes e verduras.

Dicas para uma boa caminhada • Escolha um calçado confortável e flexível com base larga e bem ajustada no calcanhar. • Prefira roupas leves e largas no calor. No inverno, dê preferência a peças em lã ou polipropileno. • Verifique se o local onde será realizada a atividade é seguro, sem depressões ou buracos, que possam provocar torções. • Lembre-se que exercícios feitos apenas aos finais de semana são considerados lazer e não como atividade física. • Inicie a atividade física com nível moderado, ou seja, que você sinta-se confortável. Aumente gradativamente o percurso ou ritmo, exceto se surgirem dores. • Caso sinta muita dor (não confunda com a dor muscular do dia seguinte), que persista 48 horas após o treino, procure um especialista imediatamente. • Seja disciplinado. 19


Ma Meio Ambiente

As ações dos

líderes

Executar ações em favor do meio ambiente e obter a simpatia de seus clientes pode ser mais simples do que se imagina. Veja alguns exemplos a seguir. A cada dia, uma atitude proativa em relação à proteção ambiental se torna mais vital para o fortalecimento da imagem de uma empresa no mercado. Clientes, instituições públicas e privadas e até mesmo outros parceiros e fornecedores valorizam bastante iniciativas neste sentido e, em alguns casos, o fato de a empresa ser reconhecida como amiga do meio ambiente pode ser decisivo na tomada de uma determinada decisão. E, hoje em dia, a internet vem se revelando uma excelente ferramenta para demonstrar aos seus clientes, fornecedores e parceiros que sua política de proteção ao meio ambiente é eficiente, diferenciada, competente e moderna. Esse é o tipo da ação que não requer grandes investimentos, repercute de maneira francamente favorável em todo o País e depende apenas de criatividade. Além disso, pode ser feita por uma pequena empresa, como grande parte das farmácias magistrais. E exemplos existem de sobra na própria internet. Uma busca corriqueira nas ferramentas de pesquisa e paciência para separar o joio do trigo podem render boas ideias. O exemplo mais fácil e prático de aplicar um conceito simples de preservação e de 20

O que vale é a ideia, o conceito, o princípio.

plena compreensão das pessoas está na home page da gigante de bebidas Ambev. Um mecanismo simples, mas de grande impacto, está hospedado na área de sustentabilidade do site. Ao entrar na área denominada “Contador Ecológico”, o visitante é informado, em tempo real, que durante o período em que esteve navegando pelo site da empresa ela conseguiu tratar um volume determinado de água, que reaproveitou X toneladas ou quilos de resíduos, entre outras informações sobre suas ações na área ambiental. O site permite também saber, por exemplo, o volume de água tratada pela Ambev num período, por exemplo, de um dia. No caso, a resposta é 113 milhões de litros É claro que nenhuma empresa conseguirá exibir no seu site os níveis de reciclagem e de reaproveitamento de água que uma gigante como a Ambev alcança, mas o que vale é a ideia, o conceito, o princípio. Uma pequena farmácia de manipulação pode criar em cima dessa proposta e, com isso, ganhar a simpatia dos seus clientes e parceiros, demonstrando as ações e iniciativas que está praticando na sua operação diária. Outra iniciativa louvável e que pode e merece ser copiada, desde claro que


Também é possível ao pequeno empresário se inspirar.r

tenha algumas adaptações, é o projeto colocado em prática pela Tetra Pak, a gigante mundial da área de embalagens. A empresa criou um portal dentro de seu site, chamado “Rota da Reciclagem”, especialmente dedicado a orientar, de forma didática e prática, os internautas a localizar espaços onde funcionam cooperativas de catadores, empresas que trabalham com compra de materiais reutilizáveis, além de pontos de entrega voluntárias que recebem embalagens usadas da Tetra Pak. No site, basta digitar o CEP de onde mora ou trabalha para que, em segundos, abra um mapa apontando a localização mais próxima dos diversos pontos de coleta. Bastante amigável com o internauta, o site da Tetra Pak aponta, claramente, os locais próximos à sua casa ou seu local de trabalho onde é possível encontrar pontos para entrega de material reciclável, cooperativas que compram material em quantidade elevada e ainda cooperativas e iniciativas sociais que trabalham com coleta e triagem de material reciclável para beneficiamento e envio ao recicladores. Nesse caso, também é possível ao pequeno empresário se inspirar para desenvolver algum projeto semelhante na sua empresa, de forma a passar aos seus clientes a noção de que sua empresa também está empenhada em sustentar uma atuação preservacionista. Há ainda exemplos na internet de ações com as quais a empresa pode mostrar resultados de pesquisas ou trabalhos realizados por ela. É o caso do “Projeto Bio-

mapas”, elaborado pela Petrobras. Tratase de uma ampla pesquisa realizada com 100 espécies nativas da Amazônia, mais especificamente do ecossistema localizado nos arredores da Província Petrolífera de Urucu, a base de produção da Petrobras localizada na Amazônia. Já editado num livro “Biodiversidade na Província Petrolífera de Urucu”, o material foi ampliado pelo Projeto Biomapas e transformado agora em fonte de consulta na Internet. São encontradas curiosidades sobre espécies nativas vegetais como goiaba de anta, caroba, breu, pará-pará, e animais, como piaba e estalador-donorte. A visualização e pesquisa de forma georreferenciada, por meio do Google Maps (e também do Google Earth), é o principal destaque do site. Vídeos e fotos sobre expedições realizadas nos últimos anos por biólogos, engenheiros florestais e coletores locais, entre outros especialistas ambientais, estão disponíveis no YouTube, Flickr e Picasa. Dependendo do tipo de atividade que a empresa executa, é possível pensar em alguma coisa parecida, desde que adaptada e adequada ao seu porte e condições. Claro que também adaptada às expectativas do seu cliente ou parceiro. Todas as iniciativas aqui relatadas são apenas exemplos das inúmeras ações adotadas por empresas que atuam no Brasil e cujos bons resultados podem ser copiados e melhorados por empresas de todo porte ou segmento para uma convivência mais harmoniosa com o meio ambiente. 21


NOV OVO OV VOS ATI A VO V S DA LINHA COSMÉTICA PHARMA NOSTRA.

Flavonoid Complex SC PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Proteção contra raios UV; efeito anti-radicais livres; estimula a renovação celular

Extrato de Ginkgo biloba

Antioxidante/ Reparador

0,1% a 0,5%

PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Associação de ácidos de frutas com ação esfoliante leve

Composto pelos ácidos cítrico, málico, glicólico, lático, pirúvico e tartárico

Esfoliante

1,5% a 10%

AHA's

Herbasol® Pomegranate PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Adstringentes e firmadoras; efeito calmante sobre a pele

Extrato glicólico de romã rico em vitaminas, açúcares e taninos

Drenante/ Firmador

2% a 10%

Herbasol® Green Tea PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Ação antioxidante e proteção contra raios UV

Extrato glicólico de chá verde rico em xantinas, polifenóis, vitaminas e minerais

Protetor contra raios UV e agressões ambientais

2% a 10%

Slimming Factor Karkade PROPRIEDADES Ativa lipogênese com ação anticelulite e redutora de medidas

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Extrato de Hibiscus lipossomado

Anticelulítico/ Ativador da circulação

2% a 10%

pharmanostra.com.br Sintonia com o futuro

0800 707 0706

Material técnico destinado exclusivamente ao farmacêutico magistral.


TAG

CONHEÇA OS LANÇAMENTOS DA PHARMA NOSTRA. SÃO 10 NOVOS ATIVOS COSMÉTICOS PARA UM MIX COMPLETO.

Acacia Collagen 97 PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

Considerado um colágeno vegetal, que substitui o colágeno animal com todas as propriedades e testes de eficácia

Extrato glicólico de Acácia seyal gum

Firmador

1% a 20%

CONCENTRAÇÃO

Phosal® 50SA PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Formador de lipossomas, onde o ativo incorporado é encapsulado imediatamente sendo protegido. Com a encapsulação em nanoemulsão a penetração na pele é aumentada

Nanoemulsão com óleo de cártamo

Solubilizante/ Carreador/ Formador de lipossomas

1% a 3%

Phosal® 50PG PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Formador de lipossomas, onde o ativo incorporado é encapsulado imediatamente sendo protegido. Com a encapsulação em nanoemulsão a penetração na pele é aumentada

Nanoemulsão com propilenoglicol

Solubilizante/ Carreador/ Formador de lipossomas

1% a 3%

Phospholipon® 80H PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Emulsionante, solubilizante, emoliente. É biocompatível, muito estável e forma filme sobre a pele, sendo ideal para filtro solares

Derivado de lecitina de soja, é composto por fosfatidil colina hidrogenada

Emulsionante/ Solubilizante/ Emoliente

1% a 20%

Phospholipon® 85G PROPRIEDADES

CARACTERÍSTICAS

APLICAÇÃO

CONCENTRAÇÃO

Emulsionante, solubilizante, emoliente. É biocompatível e promove alta penetração cutânea

Derivado de fosfatidil colina (não menos que 85%)

Emulsionante/ Solubilizante/ Emoliente

1% a 20%


Be Beleza

potência

Mais no cuidado com a pele Apresentado este ano no mercado internacional, o Flavonoid Complex SC traz resultados ainda mais efetivos no tratamento antienvelhecimento. Conhecidos por suas propriedades antirradicais livres e estimulantes da regeneração celular, os flavonoides vêm sendo utilizados amplamente em todo o mundo, em produtos direcionados aos cuidados com a pele e nos tratamentos antienvelhecimento. Ao potencializar os efeitos anti-inflamatórios da ingestão de frutas e outros vegetais, esse ativo vem despertando interesse da parcela do mercado que desperta para a necessidade de cuidados extras na manutenção da aparência jovem e saudável da pele, à medida que se envelhece. Esse público conta agora com ativos ainda mais sofisticados, que trazem efeitos marcantes. Apresentado este ano em algumas das principais feiras internacionais do setor, a exemplo da In-Cosmetics Europa e Ásia, o Flavonoid Complex SC é um extrato botânico concentrado, derivado das folhas de Ginkgo biloba, indicado para uso em produtos de 24

cuidados da pele. Distribuído no Brasil com exclusividade pela Pharma Nostra, o Flavonoid Complex SC é o que apresenta maior potência entre diversos ativos contendo flavonoides. O Ginkgo biloba é a única espécie viva da família Ginkgoaceae, gimnospermas presentes na natureza há cerca de 200 milhões de anos. O nome é derivado do chinês “Hsing Yin”, que significa “damasco prateado”, referindo-se aos frutos da árvore. O Flavonoid Complex SC apresenta como principais componentes: flavonas (quercetina, isoquercetina, luteolina, etc.); bioflavonas (bilobetina, ginkgetina, isoginkgetina, etc.); catequinas (catequin, epicatequin, epigalocatequin, etc.); leucoantocianidinas; diterpenos: ginkgolide A, B e C; sesquiterpeno (bilobalide); fitosteróis (beta-sitosterol); e substâncias aromáticas (ginkgol, ácido ginkgólico).


Análises sobre suas ações principais mostram que o Flavonoid Complex SC é efetivo em proteger as células contra raios ultravioletas; agir como anti-inflamatório; combater radicais livres; agir como ativo antienvelhecimento; e estimular a regeneração celular. As fortes propriedades antirradicais livres e de estímulo à regeneração celular do Flavonoid Complex SC foram comprovadas em estudos clínicos como: Avaliação do efeito de Flavonoid Complex SC sobre a citotoxicidade de radicais livres oxigenados induzido por UVB (in vitro); Determinação da atividade antirradicais livres pela formação de Malondialdeído (MDA) na degradação de deoxiribose por radicais livres oxigenados, induzi-

do pela ação da xantina oxidase sobre a hipoxantina; e Determinação da formação de malondialdeído (MDA) por desoxirribose na presença ou ausência de Flavonoid Complex SC e padrão (Vit. E + Vit. C). Os resultados indicam que Flavonoid Complex SC exerce um notável efeito protetor sobre a pele humana. Seu uso é recomendado em todos os tipos de produtos para cuidados da pele, especialmente em produtos de proteção solar e nos de prevenção ao envelhecimento da pele. Da mesma forma, testes de segurança e toxicidade permitem concluir que Flavonoid Complex SC não é irritante para a pele, não irrita os olhos e não induz toxicidade anormal.

Manipulação Flavonoid Complex SC é um líquido, portanto, fácil de formular. Devido ao fato de que o extrato é altamente concentrado na natureza, é de cor marrom, mas a baixa concentração recomendada não permite a interferência na coloração de cremes e loções. O pH de estabilidade deve ficar entre 3,5 e 6,5.

Dicas para manter sua pele saudável Veja algumas sugestões que ajudam a manter a aparência sempre jovem: • Não tome banhos muito quentes, eles retiram a oleosidade natural da pele. • Evite se ensaboar demais e não use bucha, isso retira a hidratação natural da pele. Prefira sabonetes suaves, “hidratantes”. • Se tomar dois banhos por dia, ensaboe o corpo todo em apenas um deles. No outro, só ensaboe as áreas de dobra de pele (axilas, regiões inguinais e nádegas).

• Logo após o banho, com a pele ainda úmida, use um hidratante nas áreas ressecadas. Procure um dermatologista para saber qual o hidratante mais indicado para sua pele.

• Evite lavar a face com água quente, pois isso estimula a produção de mais oleosidade.

• Beba bastante água e coma frutas, legumes e verduras.

• Beba bastante água e coma frutas, legumes e verduras.

Cuidados com a pele oleosa:

• Só use filtros solares ou cosméticos oil free (sem óleo).

• Não use hidratantes nas áreas de pele oleosa, eles raramente são necessários. Mesmo se logo após o banho, a pele parece ressecada, em pouco tempo a oleosidade natural vai retornar.

Aplicações cosméticas Propriedades e sugestões de aplicação do Flavonoid Complex SC: • Antirradicais livres • Antioxidante • Inibidor da elastase e hialuronidase associadas ao envelhecimento • Ótimo para tratamento de peles secas • Inibe peroxidação lipídica de membranas e ajuda a manter a integridade e permeabilidade celular • Estimula a circulação

• Fuja dos alimentos gordurosos.

• Se, além de oleosa, a pele descama ou fica avermelhada ou com coceira, procure um dermatologista, você pode estar com dermatite seborreica.

Concentração de uso • Em geral, para produtos para pele do rosto e corpo, de 0,1 a 0,5% em emulsões ou géis. A concentração de uso pode chegar a 10%, quando necessário. • 0,1 a 0,2% em cremes e loções protetoras e antienvelhecimento. • 0,2 a 0,5% em produtos pré e pós-sol. • 0,1 a 0,5% em cremes e loções reparadores.

• Tônico e estimulante • Anti-inflamatório • Antibacteriano • Produtos antienvelhecimento • Produtos para pele madura • Produtos pré e pós-solares

Fonte: www.dermatologia.net, site criado pelo médico dermatologista Dr. Roberto Barbosa Lima


Ge Gestão

O segredo é desenvolver e reter

talentos

Em todo o mundo, cresce nas empresas a importância das ações para estimular o desenvolvimento de competências entre os colaboradores. Atuando em mercados cada vez mais dinâmicos e concorridos, onde a cada dia surgem novas exigências e necessidades, e cada ponto percentual dos resultados precisa ser conquistado com muito esforço, não é fácil para as pequenas empresas pensar e implantar soluções que parecem tão comuns nas grandes corporações. É preciso sobreviver, é necessário obter um mínimo de lucro, e parece algo fora da realidade pensar e investir em algo como gestão de pessoas. Afinal, para isso já existe o velho e bom RH, que cuida de contratar, registrar, calcular benefícios, pagar e demitir, quando necessário. O fato, porém, é que essa é uma percepção errada da questão. Quanto mais cedo uma empresa implantar processos eficientes de gestão de pessoas, mais rápido ela crescerá. Afinal, como diz o diretor-superintendente do Sebrae RJ, Sergio Malta, “há evidências de que as organizações obtêm resultados superiores quando se preocupam com a maneira de envolver e reter pessoas e quando tentam encontrar uma forma adequada de unir o desempenho às compensações individuais. É desta forma que as pequenas 26

empresas vêm aumentando sua competitividade, participando do fornecimento de produtos e serviços para as grandes cadeias produtivas e até mesmo já conquistando o mercado externo”. Para ele, o empresário de pequeno porte precisa entender que o tempo de resposta na solução de problemas do dia-a-dia e do aproveitamento das oportunidades deve diminuir para que ele sobreviva. “Nesse sentido, entre os principais ganhos obtidos pelas microempresas nos últimos anos está a construção de uma infraestrutura adequada à estratégia organizacional, que permita o diferenciamento de práticas de gestão e que envolvam pessoas e processos internos para melhoria e qualidade de seus produtos e serviços”, afirma. A tese do dirigente do Sebrae é referendada por Bill Fischer, professor de gestão de tecnologia no IMD, uma das mais conhecidas escolas de negócios do mundo, localizada na Suíça. Em entrevista à revista Melhor, ele afirmou acreditar que o Brasil já dispõe dos talentos de que necessita, pelo menos no curto e no médio prazo, para empreender um verdadeiro avanço em sua economia e em seu de-

sempenho social. Mas, ressalva, “as instituições brasileiras não estão recebendo completamente o valor do talento que elas empregam. Essa é uma observação fácil de ser feita, e é verdadeira em qualquer sociedade deste planeta. Nós construímos, em qualquer lugar, organizações e modelos de liderança que tolhem talentos em vez de expandi-los e, como resultado, temos um abundante manancial de talentos inexplorado cujos benefícios não aproveitamos. Com as abordagens gerenciais corretas, a maioria das sociedades poderia gerar grandes mudanças


Hoje, o papel do colaborador é mais participativo.

Como atuar na gestão de pessoas? Não é tarefa fácil, mas algumas ações são essenciais para desenvolver e reter talentos na empresa: • Maior preocupação com o futuro da empresa e dos funcionários; • Investimento em inovações tecnológicas (máquinas, equipamentos, etc.) ou simples melhorias na empresa (processos racionalizados, etc.) e em qualificação e treinamento do trabalhador;

• Assumir uma cultura mais participativa e democrática; • Estímulo à maior integração entre os trabalhadores e entre eles e seus superiores, fortalecendo o trabalho de equipe; • Adequar as práticas e políticas de administração de pessoal às diferenças individuais; • Intensificar o uso de mecanismos de motivação e de realização pessoal. Des-

de um simples “muito obrigado”, como prova de reconhecimento pelo bom trabalho realizado, passando pelos incentivos individuais ou coletivos e realização de reuniões em busca de solução de problemas e melhorias, em que o trabalhador possa participar mais efetivamente e sentir-se importante e, até mesmo, a realização de reuniões de confraternização, que podem ser apenas internas ou incluindo também familiares. Fonte: Carlos Veríssimo, da Veríssimo Associados.

em sua performance econômica de forma rápida, se confiasse suficientemente em seus empregados a ponto de fazê-los parceiros plenos no processo de mudança”. Bill Fischer, que em agosto participa, em São Paulo, do Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas (Conarh 2010), adverte que, em países como o Brasil, as multinacionais estão aproveitando muito melhor os talentos nacionais, em relação às organizações desses próprios países. “O que quero dizer com isso? Minha percepção é que existe ainda muito ‘comando e controle’ nas organizações nacionais, muita hierarquia e pouca confiança. É algo incrível até certo ponto, mas nas multinacionais, provavelmente por conta de seus investimentos no profissionalismo de RH, existe mais confiança e empowering em relação a seus funcionários - inclusive aqueles vindos de outras culturas - do que seus concorrentes locais. Então, ironicamente, são os ‘intrusos’ nesses mercados que extraem mais dos talentos locais”, explica ele. Em termos mundiais, na visão de especialistas, o modelo autoritário de liderança dá sinais reais de esgotamento e algo novo começa, finalmente, a ser erguido em seu lugar. Gary Hamel, um dos mais influentes pensadores dos negócios da atualidade, lembra que “mudanças abruptas, vantagens fugazes, inovações tecnológicas, concorrentes indisciplinados, mercados fragmentados, clientes poderosos – esses desafios do século 21, estão pondo à prova os limites da estru-

tura das organizações em todo o mundo, e expondo as limitações do modelo de gestão que não conseguiu acompanhar os tempos”. Para ele, muitas das principais demandas reprimidas das companhias em relação a seus líderes, como motivar gestores e desenvolver funcionários, têm a ver com gestão de pessoas. Essa competência, antes negligenciada, está no centro de uma revolução que marcará o fim da era da liderança autoritária e o início de um ciclo competitivo centrado no capital humano.

como: produtividade, competitividade e lucros”, alerta.

Hoje, o papel do colaborador é mais participativo, ele tem maior autonomia em suas atividades, cooperação nas decisões com seus gestores, facilidade na interação, aprendizagem, conhece mais a empresa e participa dos negócios. Dessa forma, a gestão de pessoas tem que efetivamente acontecer na prática, tendo como premissas a valorização do capital intelectual e a modernização do processo produtivo.

Para ele, a satisfação das necessidades humanas está diretamente ligada ao moral das pessoas e ao seu desempenho profissional, o que, consequentemente, afeta o desempenho da empresa. “Por isto, é importante que o trabalhador esteja não só satisfeito no cargo que ocupa, mas, também, satisfeito com o que a empresa lhe oferece para o exercício de suas funções, o que inclui condições do ambiente de trabalho, salário, benefícios e relação com superiores e colegas”. Assim, quando o trabalhador é motivado e capacitado, tende a ter maiores índices de desempenho, o que resulta em aumento de produtividade para a empresa como um todo. “É fundamental que as empresas tenham cuidados voltados para a criação de novos estímulos de aperfeiçoamento e o crescimento de seus trabalhadores como forma de garantir um constante desenvolvimento”, conclui.

Na opinião de especialistas como o consultor Carlos Veríssimo, diretor da Veríssimo Associados, ao adotar essas premissas, a empresa ganha fôlego para enfrentar os novos desafios propostos pelo mercado, tendo efetivamente ao seu lado os talentos que integram seu capital humano. “Administrar uma empresa é um trabalho que deve considerar a criatividade, a iniciativa própria e a responsabilidade de todos os seus membros, como valores necessários para o efetivo alcance de seus objetivos essenciais

Portanto, o caminho é esse. Atingir o objetivo exige planejamento e muita comunicação. É preciso conhecer as reais condições da empresa, tanto interna como externamente, e definir com detalhes as metas e os passos a serem dados. Isto feito, é hora de comunicar a todos os níveis da empresa o que se pretende e como será possível atingir o objetivo. Dessa forma, com a participação de todos, a empresa estará dando um passo decisivo para crescer de forma rápida e consistente. 27


Ac Aconteceu Novidades na Racine 2010 O antioxidante e hidratante Bioselênio foi uma das novidades apresentadas pela Pharma Nostra na Racine 2010, realizada entre os dias 1 e 3 de julho, em São Paulo. A empresa, que recentemente recebeu da Anvisa seu Certificado de Boas Práticas de Fracionamento de Insumos Farmacêuticos, apresentou na feira uma completa linha cosmética, que inclui ativos de última geração, como o Actiglucan e o Wasabi. O Bioselênio é um ativo biodisponível que age profundamente na pele, neutralizando os radicais livres formados por raios UVA e UVB. Como se sabe, o selênio é um mineral essencial ao corpo humano, importante antioxidante da enzima que protege células contra os efeitos dos radicais livres e tem papel fundamental no funcionamento normal do sistema imunológico e das glândulas da tireoide.

Outro item que despertou o interesse dos visitantes do estande da Pharma Nostra na feira foi Biosilício, oligomineral orgânico obtido por processos biotecnológicos com função essencial para uma pele firme e bem cuidada. O silício é o cimento natural que participa da arquitetura da derme e a carência do mineral deixa a pele fina, frágil e suscetível a rugas. Entre os 25 e os 60 anos, uma pessoa pode perder até 80% do silício existente na pele. A reposição do oligomineral devolve até 40% da firmeza e tonicidade, reduzindo a flacidez e fortalecendo cabelos e unhas.

Novos ativos despertam interesse na Consulfarma 2010 Para atender ao público bastante técnico que participou este ano da Consulfarma, evento realizado em São Paulo entre os dias 8 e 10 de julho, a Pharma Nostra levou para seu estande itens de última tecnologia, a exemplo dos que integram sua linha vegetal, como o silicone e o colágeno vegetal. O silicone vegetal (Beantree), fabricado a partir dos ácidos graxos dos óleos de mamona e de colza, pode ser incorporado a uma variedade de aplicações cosméticas hair e skin care. Já o colágeno (Acacia Collagen) é próprio para aplicações firmadoras e anti-aging. Os visitantes do estande, em sua maioria com alto grau de conhecimento técnico, mostraram grande interesse pelos ativos e puderam conhecer também outros itens da linha cosmética da Pharma Nostra.

Acompanhe a Pharma nostra nas redes sociais 28

Vai acontecer 65º Congresso Brasileiro da sociedade Brasileira de Dermatologia 04 a 07 de setembro de 2010 Riocentro - Rio de Janeiro www.dermato2010.com.br 29º Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabolia 04 a 07 de setembro de 2010 Expo Gramado – Gramado www.cbem2010.com.br 16ª Expofar – 2010 Congresso Paulista de Farmacêuticos 18 a 21 de setembro de 2010 Palácio das Convenções do Anhembi São Paulo www.congressocrf.org.br 20º Congresso Latino americano de Microbiologia 27 a 30 de setembro de 2010 Hotel Radisson Montevideo – Uruguai www.alam2010.org.uy ii Fórum internacional sobre segurança do Paciente: Erros de Medicação 24 e 25 de setembro de 2010 Ouro Preto www.ismp-brasil.org


Presença no Exterior Entre os dias 17 e 19 de agosto, a Pharma Nostra esteve presente na CPhI South America 2010, realizada este ano em Buenos Aires. Edição regional da maior feira de produtos farmacêuticos do mundo, a CPhI realizada na Argentina teve cerca de 250 expositores nacionais e internacionais e recebeu mais de 5.000 visitantes, em uma área de exposição de 6.000 m2. Na área de exposição, empresas de diversos países como Argentina, China, Dinamarca, Espanha, EUA, Índia, México, Reino Unido, Rússia, Suíça, Uruguai e Brasil apresentaram suas últimas soluções para o mercado farmacêutico. Para a Pharma Nostra, a participação na feira foi mais uma oportunidade de abrir espaço no Exterior para produtos fitoterápicos brasileiros. Além da exposição, também aconteceu o Programa de Conferências Internacionais sob o tema “Análise e Oportunidades do Mercado Internacional” e o Programa Match & Meet, que aproximou fornecedores e compradores em reuniões préagendadas sobre negócios.

Versátil embalagem para diversas aplicações : Versátil embalagem para diversas aplicações :


Sa Satec

Legislação Atente-se ao seu mês de renovação de Autorizações da ANVISA. Atente-se ao seu mês de renovação de Autorizações da ANVISA. Conforme RDC nº 222/06

e RDC nº 1/10

Art. 26. O peticionamento referente às renovações e revalidações e o consequente recolhimento das respectivas taxas deve ser feito no prazo estipulado pela legislação específica, somente a partir da publicação, no Diário Oficial da União, da resolução que concede as autorizações ou os registros.

Art. 6º A Renovação da Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) deve ser realizada anualmente para cada estabelecimento de comércio varejista de medicamentos (farmácias e drogarias). § 1º Para fins de renovação, o vencimento da Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) será a data da

publicação da sua concessão inicial no Diário Oficial da União (DOU). § 2º A petição de Renovação da Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) deverá ser protocolada no período compreendido entre 90 (noventa) e 60 (sessenta) dias anteriores à data de vencimento da respectiva AFE.

Novidade Algumas embalagens da Pharma Nostra agora estão seguindo embaladas a vácuo. Esse cuidado é uma precaução com alguns produtos visando à melhora da estabilidade, manutenção da qualidade do insumo até nosso cliente, atendimento aos compêndios oficiais, entre outros. A embalagem parecerá estar empedrada, porém assim que for aberta, a matériaprima voltará a ficar como pó soltinho e pronto para manipulação. As embalagens estarão etiquetadas para identificação: “EMBALADO A VÁCUO”.

30


AnĂşncio Apotek

31

31


Fabuless

TM

A forma natural de comer menos. FabulessTM é um pó emulsionável patenteado, fabricado a partir do óleo de palma e aveia, que aumenta a sensação de saciedade e ajuda no gerenciamento de peso. É um ingrediente natural que age no intestino delgado, onde o sistema de controle do apetite é acionado, enviando um sinal de saciedade para o cérebro. MECANISMO DE AÇÃO A microestrutura FabulessTM foi desenvolvida para retardar a digestão de suas gotículas de óleo de palma no estômago e no intestino delgado. As gotículas são digeridas lentamente, permitindo que FabulessTM tenha efeito prolongado. A gordura não digerida no intestino delgado aciona gatilhos que levam ao cérebro um sinal de conforto e saciedade.

PROPRIEDADES • Pó emulsionável derivado de óleo de palma e aveia • Ingrediente natural, com óleos vegetais purificados

RECOMENDAÇÃO DE USO Recomenda-se a ingestão de seis gramas, uma vez ao dia. Nas duas primeiras semanas, aconselha-se seis gramas, duas vezes ao dia.

CARACTERÍSTICAS • produto natural • aumenta a saciedade • reduz o apetite e o consumo calórico • reduz a circunferência abdominal e a gordura corporal • efeitos podem durar mais de 8 horas • eficaz na redução e manutenção do peso

APLICAÇÃO PARA O MERCADO MAGISTRAL FabulessTM pode ser adicionado em shakes, sachês, gomas, chocolates ou qualquer base alimentícia. Referência: Material do fabricante – DSM

pharmanostra.com.br Sintonia com o futuro

0800 707 0706


Canal Aberto 18