Issuu on Google+

Ano I

Número 9

2011

D I S T R I B U I Ç Ã O G R AT U I TA www.revistabairropeixoto.com.br

Arte na Boca do Lobo Sucesso

Saúde e Alimentação

Crônica

Motomania

Sou Pré-Adolescente!

A Origem do Universo

Página 10

Página 13

Página 16


Foto: Daniela Guedes

Editorial Expediente Número 09 Setembro de 2011

Temos uma galeria de arte no bairro aberta ao público permanentemente e pouca gente sabe disso. A Travessa Moacir Deriquém, a

Editorial: Carlos Barbosa Comercial: Cristina Simas Administrativo: Solange Trevisan zc Projeto Gráfico: Julio Lapenne Colaboração: Daniela Guedes Participação: Andréa Valle Produção: Editora Batel Foto de Capa: Daniela Guedes

famosa Boca do Lobo, é hoje um espaço democrático e aberto para

Nossos colaboradores não possuem responsabilidade de horário e não têm vínculo empregatício com a Revista Bairro Peixoto ou com a Editora Batel, nos termos da Lei de Imprensa 5250/67. Todas as opiniões emitidas nas colunas e matérias são de inteira responsabilidade de cada colaborador.

teremos um atendimento de qualidade em boas instalações. Vamos

A Revista Bairro Peixoto é uma publicação mensal.

grafites e afins. Dá gosto ver como as pichações do passado deram lugar a uma riqueza de cores e detalhes muito interessantes. Nossa matéria de capa trata do assunto. Finalmente, tivemos a inauguração da UPA na estação do metrô Figueiredo Magalhães. A se repetir a experiência da UPA Botafogo,

torcer e fiscalizar para que a experiência se torne realidade e dê certo permanentemente. Algumas novidades nessa edição da Revista. Um novo colaborador chargista, Xitão, e uma seção de Bem Estar são apenas alguns exemplos. Desejamos a todos uma boa leitura e um excelente mês.

Para anunciar e/ou colaborar conosco:

(21) 2547-9536 comercial@revistabairropeixoto.com.br

Um abraço.

(21) 3816-1842

O Editor

4 Cartas 6 Arte na Boca do Lobo 8 Dicas – Infiltrações: Tormento Entre Vizinhos. Como Resolver? - Parte 2 10 Sucesso – Motomania 11 Gastronomia – Filés de Pescadinha à Portuguesa 12 Seu Olhar na Revista 13 Saúde e Alimentação – Sou Pré-Adolescente! 14 Bem-Estar – Massagem Toque de Borboleta 16 Crônica – “A Origem do Universo – O Big Bang” 17 Classificados 18 Passatempos & Humor


I N F O R M A

Esta coluna pretende informar aos nossos leitores sobre as atividades da Associação de Moradores e Amigos do Bairro Peixoto – OÁSIS. Trata-se de um espaço que a Revista oferece à nossa Associação, como se fosse um mural.

Setembro é um mês de transição, em que o ano ainda não acabou, mas que os preparativos para o final do ano ficam mais intensos. A OÁSIS nesta época começa a organizar a nossa tradicional comemoração em homenagem às crianças! Neste ano o evento ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de outubro na Praça Edmundo Bittencourt, das 9:00hs às 19:00hs, com muitas atrações para a garotada, atividades de recreação e, é claro, uma animada feirinha de artesanato com gostosas comidinhas! No que se refere a nossa função comunitária, vale destacar que ainda estamos empenhados em cobrar vários pedidos feitos aos órgãos públicos: 1. Fiscalização e ordenamento da feira livre de quarta-feira, que tantos transtornos causa aos moradores do entorno da praça, com reflexos negativos no trânsito de todo o bairro. 2. Recolocação dos aparelhos de ginástica para a terceira idade que estão impedindo cadeirantes e pedestres de transitar com desenvoltura. 3. Reconstrução do gradil do rinque. 4. Reconstituição do piso original da praça com a colocação de saibro em todo o terreno da mesma, nivelando os caminhos e impedindo acidentes e quedas. Infelizmente ocorreram novas pichações nas estátuas que já haviam sido limpas pela Comlurb. O vandalismo e a falta de cidadania prejudicam muito os usuários da praça. Em contrapartida, algumas providências positivas foram tomadas: 1. Troca de lâmpadas na Praça Vereador Rocha Leão, resultando em iluminação mais eficiente e bonita. 2. Modificação do traçado original da ciclofaixa que subirá agora pela Rua Figueiredo Magalhães pelo lado esquerdo até a altura da Rua Toneleiro, e depois atravessará para o lado direito seguindo até o final, onde encontrará com a Rua Siqueira Campos no final da Praça Vereador Rocha Leão. Daí seguirá pelo lado direito da Rua Siqueira Campos, alcançando o Túnel Velho, e através dele seguindo para Botafogo. Na reunião ocorrida em agosto, congregando moradores e comerciantes do bairro, o Subsecretário de Meio Ambiente deixou bem claro que a decisão da municipalidade de utilizar a Rua Figueiredo Magalhães era irrefutável, sendo inútil a apresentação de outro projeto que contemplasse a passagem da ciclofaixa por outra via de Copacabana (Rua Siqueira Campos ou Rua Santa Clara, por exemplo). Por essa razão, dentro das limitações impostas pelo poder público, entendemos que a modificação do traçado foi a melhor solução. UMA BOA NOTÍCIA: A volta do “Futebol Master” do Bairro Peixoto, todas as segundas-feiras a partir das 19:30hs no rinque da praça Edmundo Bittencourt. REUNIÕES COM A PARTICIPAÇÃO DA OÁSIS NO MÊS DE AGOSTO: • Conselho de Segurança de Copacabana e Leme (tema: explosão de bueiros da CEG) • Reunião com o Comandante da UPP/Tabajaras Capitão Senna (tema: segurança/convivência comunidade e asfalto), com a participação da Sra. Beatriz Breves, síndica do Condomínio Mirante. • Reunião no C.I.B. sobre os “megaeventos” que ocorrem com frequência em Copacabana. • Inauguração (finalmente!) da UPA Copacabana – na estação do metrô da Figueiredo Magalhães. Obs.: Há atualmente uma determinação da Prefeitura para que não haja recolhimento de população de rua em Copacabana.Tal determinação está acarretando um aumento desta população em nosso bairro, uma vez que essas pessoas, ao se sentirem perseguidas em Ipanema e Leblon, dirigem-se à nossa vizinhança. O Administrador Rafael Gattás comprometeu-se a enfatizar junto à Prefeitura a necessidade que esse acolhimento seja intensificado também em nossa região. VAMOS COBRAR! www.oasisbairropeixoto.com.br | www.amabairropeixoto.com.br

Cartas Viva a pracinha do bairro Peixoto! Fui criado praticamente nela, cresci correndo e pulando nos brinquedos, aprendi a andar de bicicleta na calçada em torno dela, caí, chorei e ri muito nesse espaço. Espero que ela ainda possa receber os meus filhos, para um crescimento saudável ao ar livre. Carlos Augusto Souza Gostaria de saber se vocês ou alguém da Associação tem notícia da volta do policiamento “Cosme e Damião” (dupla de policiais) no bairro. Se não, sugiro que esse assunto seja encaminhado ao Batalhão da PM. Precisamos preservar essa jóia que é o Peixoto. Silvia Barboza Depois de ler a revista, fui conferir e é verdade: o clima no salão da Iná é realmente acolhedor, familiar e alegre. Valeu pela dica, Revista BP! Selma dos Santos

Espero que a Associação de Moradores consiga de fato desenvolver todos os projetos apresentados no OASIS INFORMA. Achei bem legal a Revista ter essa espécie de “mural” com as atividades da Associação. Assim vamos sendo informados do andamento das mesmas. Sérgio Augusto Limeira Saúde no bairro? Sou freqüentador assíduo da nossa academia ao ar livre na pracinha. Espero que nenhum vândalo venha a destruir nossos equipamentos. Pedro Morais Estive uma vez na Tabajarart e gostei muito da matéria sobre a loja. Fiquei também surpresa e interessada no trabalho que o pessoal faz com a Ladeira dos Tabajaras. Valeu pela informação, Revista Bairro Peixoto. Andréia Miranda

As cartas devem ser enviadas para Rua Santa Clara, 50 Grupo 609, Copacabana, cep 22.041-012, ou por e-mail, para o endereço contato@revistabairropeixoto.com.br

ERRAMOS: Na matéria “Saúde de Graça no Bairro” – edição de agosto, as entrevistadas Raimunda Mesquita e Diná Rodrigues não foram fotografadas. A legenda correta da última foto da página 7 é: Julia Ruiz e Rosa Uryn se exercitando nos aparelhos da academia.

ONDE ENCONTRAR A REVISTA BAIRRO PEIXOTO: Edifício Comercial N.S.Copacabana – Rua Siqueira Campos, 30 • Drogaria Peixoto – Rua Siqueira Campos, 42 • Centro Comercial Copacabana – Rua Siqueira Campos, 43 • Estação Siqueira Galeteria – Rua Siqueira Campos, 117 – Loja C • Iná Cabeleireiros – Rua Siqueira Campos, 143 – Loja 33 • Aldrava Antiquário e Brechó – Rua Siqueira Campos, 143 / 2º piso – Loja 18 • Motomania – Rua Siqueira Campos, 210 – Loja B • Drogaria Peixoto – Rua Figueiredo Magalhães, 615 • Pet Peixoto – Rua Figueiredo Magalhães, 741 – Loja D • Clever Videolocadora – Rua Figueiredo Magalhães, 870 – Loja P • New Studio Coiffeur – Rua Figueiredo Magalhães, 741 – Loja E • Bar do Lula – Rua Ministro Alfredo Valadão, 77 • Restaurante Biscui – Rua Anita Garibaldi, 60 • Feira Orgânica – Praça Edmundo Bittencourt – todos os sábados • Dog Copa – Rua Tonelero, 153 – Lojas B e C • Edifício Golden Point – Rua Santa Clara, 50 • Banca de jornais do Vitor – Rua Figueiredo Magalhães, 726 • Além disso, a revista é distribuida diretamente nos condomínios do bairro, com a sua entrega na portaria dos prédios. Fale com seu síndico ou com seu porteiro.

A N U N C I E N A R E V I S TA B A I R R O P E I X O T O

Tel.: (21) 2547-9536 comercial@revistabairropeixoto.com.br


Oração de Gandhi Senhor, ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos. Se me dás fortuna, não me tires a razão. Se me dás sucesso, não me tires a humildade. Se me dás humildade, não me tires a dignidade. Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda. Não me deixes acusar o outro por traição aos demais, apenas por não pensar igual a mim. Ensina-me a amar os outros como a mim mesmo. Não deixes que me torne orgulhoso, se triunfo; nem cair em desespero se fracasso. Mas recorda-me que o fracasso é a experiência que precede o triunfo. Se não me deres o êxito, dá-me forças para aprender com o fracasso. Se eu ofender as pessoas, dá-me coragem para desculpar-me. E se as pessoas me ofenderem, dá-me grandeza para perdoar-lhes. Senhor, se eu me esquecer de Ti, nunca Te esqueças de mim.


6

Arte na Boca do Lobo Reportagem e fotos: Daniela Guedes

alvez poucos moradores de Copacabana saibam dizer onde fica a Travessa Moacyr Deriquém, mas se você perguntar pela Boca do Lobo, o cenário muda. A passagem, com ares de “túnel do tempo”, está situada entre a Rua Santa Clara e a Maestro Francisco Braga, e é uma das vias de acesso à pracinha do Bairro Peixoto. Por lá passam centenas de pessoas por dia indo e voltando do trabalho, da academia, da escola, das compras, do lazer. Depois de algum tempo abandonada, hoje ela é reconhecida como logradouro público e a iluminação mantida pela Rio-Luz, com rampas para carrinhos e deficientes.

T

A verdade é que hoje a travessa é também uma espécie de galeria de arte urbana onde se vêem variados tipos coloridos de grafites com imagens de animais, cenários surreais, monstrinhos simpáticos, mensagens. Até a imagem de Che Guevara está registrada entre o acervo, fazendo parte da coleção atual. No início de setembro, a revista teve a sorte de encontrar artistas em ação. Os amigos Gab, 17, e a argentina Mickey, 19, davam os últimos retoques em uma arte conjunta. Explicaram que o grafite é parte da vida deles por diversão ou profissão. Mickey, recém-chegada da Argentina, disse que veio ao Rio deixar a sua marca e depois segue para São Paulo. “Em Buenos Aires o meu grupo é conhecido por fazer booming, um tipo de arte com

letras, onde cada qual tem um tag (uma espécie de identidade visual), e assim somos reconhecidos pelos muros da cidade”. Para pintar murais públicos ou privados, eles não ganham nada, não há patrocínio, mas o grafite é uma forma de expressão, um meio de mostrar o trabalho, funcionando também


7

mais colorido”. E completa, rindo, que “à noite é também mais divertida para pintar naqueles locais que são considerados ilegais. Se aparece alguém saímos correndo”.

Em nossa reportagem, fomos informados que a maior parte das imagens da travessa foi feita por uma dupla de irmãos grafiteiros, mas até o fechamento não haviam sido localizados para entrevista. Mas, afinal, por que a travessa é chamada de Boca do Lobo? A revista perguntou a Marcos Coutinho, 51 anos, presidente da associação de moradores e morador do bairro desde os 12. Ele diz que desde garoto já escutava esse nome. “Perguntei a amigos que estão aqui até há mais tempo que eu, mas ninguém soube dizer”. Uma das versões a que tivemos acesso nos foi apresentada por José Valle (o Zelito) e Jorge Lima (o Jesus), moradores antigos do bairro: é a de que há décadas atrás, nas brigas de rua entre jovens, as gangues rivais eram atraídas para a travessa e encurraladas na saída da Santa Clara, o que transformava o local numa verdadeira armadilha: uma boca do lobo. Você tem alguma outra versão? Fica aí a pergunta, quem souber responder, conta pra gente!

MOACYR DERIQUÉM nasceu em 1927. Começou sua carreira artística em 1949, com 23 anos, no teatro do Estudante, de Paschoal Carlos Magno e foi o galã de Neide Aparecida no programa “Neide no País das Maravilhas”, além de um dos príncipes do “Teatrinho Trol”, dois programas de sucesso na extinta TV Tupi, na década de 60. Atuou em mais de 20 filmes, entre eles, “Vamos com Calma” e “Colégio de Brotos”, com Oscarito, um recorde de bilheteria. A partir da década de 1970, Deriquém participou de várias novelas, já na TV Globo, onde passou depois a diretor de elenco. Entre as principais telenovelas que participou estão “O Casarão” e “Cambalacho”. Morador do bairro Peixoto e “fiscal” constante do andamento do dia a dia do bairro, Deriquém morreu em 13 de abril de 2001, em seu apartamento.

| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

como um portfolio a céu aberto e assim abrindo portas para novos trabalhos. Gab (nome artístico), que pinta arte abstrata, conta que faz trabalhos de comunicação visual por encomenda, “como pintar um muro ou uma parede de um quarto, por exemplo”. Atualmente, faz curso de artes plásticas na escola de artes visuais do Parque Laje. Ambos comentam que a seleção do espaço a ser grafitado leva em conta o fato da parede ser branca ou danificada e estar num local de boa visibilidade, onde passa muita gente. “Mas temos o cuidado de não pintar sobre o trabalho dos outros”, explica Mickey. Gab complementa que “no caso desse muro (da travessa), pintamos numa parte onde a pintura anterior havia sido danificada, e assim fizemos outra sobre ela. Às vezes tiramos até foto para mostrar como era antes. Em muros privados, costumamos perguntar”. Segundo a grafiteira, o horário melhor para pintar é à noite. “Causa surpresa para quem passa sempre pelo mesmo lugar de dia e de repente repara que algo mudou, que ficou


| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

8

Dicas Infiltrações: tormento entre vizinhos. Como resolver? - Parte 2 E

m nosso artigo anterior, tratamos da questão relativa à água, sua importância e os problemas que podem surgir entre condôminos por conta de infiltrações, que acabam acarretando danos patrimoniais relevantes e inúmeras medidas judiciais, no caso de continuidade e relutância para saná-las. Hoje trataremos de: INFILTRAÇÕES DE INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS

As instalações hidráulicas e sanitárias em edificações de duas ou mais unidades autônomas podem ser consideradas como de uso comum ou privativo, senão vejamos: A definição de onde começa ou termina a responsabilidade do Condomínio ou da unidade autônoma causadora da infiltração é polêmica. Sob o condão da ética técnica, praxe na Engenharia Legal, no tocante à atribuição de responsabilidades pelas origens das infiltrações, temos que:

• Nas instalações hidráulicas, consideramos como sendo de responsabilidade condominial as instalações de sucção e recalques e respectivos equipamentos (bombas, bóias etc.), bem como os trajetos das tubulações de abastecimento entre os reservatórios superiores e a intercessão com os registros de gaveta já nas dependências das unidades, visto serem trechos de tubulações onde o fluxo d’água é totalmente controlado com exclusividade pelos registros localizados


9 tais tubulações neste caso são de responsabilidade das unidades autônomas, visto que é corriqueiro, nas obras de modificações internas, os usuários trocarem posições de louças sanitárias, e, consequentemente, mudarem o posicionamento da tubulação até a interseção com os juncos das prumadas, sem interrupção do fluxo de esgotamento das demais unidades. Já as tubulações secundárias são todas de responsabilidade da unidade autônoma. De um modo geral, os vazamentos nas instalações hidrossanitárias ocorrem por corrosão, fraturas e falhas na suas conexões, e assim de manifestam: 1) Nas instalações hidráulicas as infiltrações são contínuas e as causas podem ser detectadas com simples operação em registros; 2) Nas instalações de esgotamento as infiltrações são intermitentes e as causas podem ser detectadas testando-se trechos entre louças sanitárias e ralos

(tubulações secundárias) ou abrindo-se visitas em trechos pré-estabelecidos, após analisar as probabilidades de existência de danos ou deficiências (caso das tubulações primárias).

Pelo que se observa, não é difícil se colocar em teste as tubulações secundárias-trechos entre as louças sanitárias e o ralo sifonado (fecho hídrico). ÉRIEL DE VELASCO – Perita Judicial Engenheira Civil e Ambiental, Membro do Instituto de Engenharia Legal, Conselheira do CREA-RJ, Presidente da Cooperativa de Peritos Engenheiros e Arquitetos – COOPEA-RJ

| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

nos barriletes ou sob o domínio do Condomínio. Consequentemente, são de responsabilidade exclusiva das unidades autônomas todos os ramais de distribuição localizados APÓS os registros de gaveta, incluindo os mesmos, e que abastecem os banheiros, cozinhas, áreas de serviço etc. Isto porque o fluxo d`água a partir deste ponto é controlado exclusivamente pelo usuário da unidade privativa. Incluem-se neste caso as tubulações e válvulas de descarga, que mantém registro próprio para controle do fluxo, até a ligação com a bacia sanitária. • Nas instalações de esgotamento (sanitário, de gordura e águas servidas), a responsabilidade é do condomínio quanto às tubulações verticais (prumadas) até o junco ao nível da unidade autônoma. Apesar dos trechos horizontais entre os juncos das prumadas e as bacias sanitárias ou ralos (fecho hídrico) serem também considerados como esgoto primário,


Sucesso Foto: Editora Batel

| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

10

Mais do que uma mania:

uma MOTOMANIA uiz Carlos, também conhecido pelos amigos como Neném, nos recebe com um aperto de mão e um sorriso de empresário satisfeito com seu negócio. De fato, a loja nos remete a um ambiente clean e claro, com uma boa disposição de peças de todos os tipos para motocicletas. Começamos a conversa e, de cara, temos a informação de que Luiz é engenheiro civil e que acabou entrando no ramo de motocicletas por influência de seu irmão, em 1983. Hoje, por força da experiência

L

adquirida e pelo tino comercial, é um grande especialista em peças e acessórios para motos. Dono de uma construtora no início da década de 1980, entrou no ramo de peças para motos “apenas para trabalhar com estoque”, já que a inflação galopante daquele período alterava os preços dos produtos a cada hora. Seu irmão, “que vivia montando e desmontando motores” convenceu-o a abrir uma oficina de peças e de conserto de motos, no Bairro Peixoto, onde Luiz

Nas palavras de Luiz, uma pequena e interessante história: “Em 86 contratei um garoto de 18 anos, frequentador e amigo da rapaziada do bairro. Era motoqueiro e conhecia todo mundo que tinha moto no bairro. Algum tempo depois, esse moleque insistiu para que participássemos do campeonato estadual de moto-velocidade tendo ele como piloto, pois no ano anterior havia tirado segundo lugar no campeonato de estreantes e recebido a licença de piloto. Muito relutante, topei, achando que a mecânica alavancaria com isso. Aconteceram então duas coisas imprevistas: ganhamos o campeonato com uma prova de antecedência mas, numa prova do brasileiro em Goiânia, o piloto sofreu um acidente e ficou em coma por doze dias. Terminou então nossa experiência em moto-velocidade. O piloto era o Álvaro Borges o Marombinha, que faleceu alguns anos atrás no Texas em cima de uma moto. No campeonato não ganhou uma prova sequer, tirou segundo lugar em todas. A mecânica não alavancou nada por isso. Só apareceram muitos pilotos duros pedindo peças de graça. Mas a experiência foi ótima.”

nasceu. A sociedade durou pouco, o irmão saiu um ano depois, em 1984, e ele continuou tocando o barco. Em 1988 vendeu todo o estoque e ficou só com a oficina, até que em 1999 comprou sua loja atual, na Rua Siqueira Campos, e iniciou uma verdadeira revolução, invertendo os papéis do faturamento. Acabou com a oficina e partiu para a venda de peças, além de se tornar representante das baterias Yuasa – específicas para motos – e dos pneus Michelin –, ambos em caráter exclusivo. O tempo provou que ele estava com a razão. Hoje, a Motomania é reconhecida no mercado motomotivo como uma excelente opção de variedades e de preços. Seu carro chefe está na venda de capacetes, baterias e pneus, seguido de acessórios, como espelhos, capas de bancos, conjuntos para chuva, luvas, jaquetas, baús e, é claro, peças mecânicas em si. Tudo isso numa área do bairro que é reconhecida como um verdadeiro pólo de lojas de motos e de automóveis, situado no último quarteirão da Rua Siqueira Campos, com vários estabelecimentos do ramo. O público da Motomania hoje é constituído não só por moradores do bairro, mas também por pessoas de fora da Zona Sul do Rio, que procuram opções de produtos e preços compensadores. Mas, para Luiz, a razão principal do sucesso da loja está no atendimento. Por ser uma empresa familiar – sua mulher e um de seus filhos também cuidam da loja – ele e seus funcionários se esmeram em se apresentar aos fregueses de forma prestativa e cordial, o que torna a compra agradável e ajuda a manter uma clientela cativa. Tanto que ele tem planos para abrir filiais. É só aguardar. Sucesso indiscutível, a Motomania funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados das 9 às 13 horas. A Revista Bairro Peixoto recomenda!

MOTOMANIA Rua Siqueira Campos, 210B Copacabana – RJ – Tel. 2549-7789


11

• 1/2 quilo de filés de pescadinha • 2 colheres (de sopa) de queijo parmesão ralado • 1/2 quilo de cenoura • 1/2 colher (de sopa) de manteiga ou margarina • Sal, pimenta do reino, suco de limão MODO DE PREPARAR 1 Tempere os filés com sal, pimenta do reino e suco de limão. 2 Deixe descansar por meia hora. 3 Frite-os em óleo.

Filés de pescadinha à portuguesa

4 Arrume-os num prato refratário e polvilhe com queijo ralado. 5 Leve ao forno por 5 minutos. 6 Sirva com tiras de cenoura refogadas na manteiga.

| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

Gastronomia

INGREDIENTES (5 porções)


| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

12

Seu Olhar na Revista

Este é um espaço destinado ao leitor, para apresentação de foto que ache relevante ou interessante sobre o bairro. Nessa foto, o leitor Pedro Campelo nos apresenta uma visão diferente da pracinha, à noite. Trata-se de flagrante da aula de capoeira que ali acontece todas as semanas.


13

agora... O que é isso? Esta faixa Ecupações etária é motivo de grandes preopara os pais, pois as crianças começam a passar por grandes transformações, não só físicas (crescimento acelerado e amadurecimento dos órgãos sexuais), mas também de comportamento. Passam a ter mais responsabilidades (mais matérias de estudo) e a exigir mais respeito, principalmente dos adultos. Começam a dar muita importância aos amigos, assim como à necessidade de serem aceitos no grupo. A imagem nesta hora é de extrema importância (se está muito magro ou se está muito gordo) e vira fonte

de grandes sofrimentos. Agora, associe a isto o fato da alimentação de escolha desta faixa etária ser normalmente vazia de nutrientes e rica em gordura. Levar merenda é mico, fruta então... é crime! A atividade física se reduz muito devido ao tempo passado em frente ao computador ou televisão. Justo quando as necessidades de energia e nutrientes são maiores para proporcionar um crescimento adequado. Muita calma nesta hora! Mostre como é importante ter hábitos de saúde e praticar exercícios para uma boa imagem corporal (não

só peso, mas pele, cabelos, unhas) e para manutenção da saúde. Tente oferecer refeições mais coloridas e atraentes para que aceitem melhor legumes e frutas. Ofereça um arroz colorido com milho, ervilha e cenoura miúda, sucos de frutas com cores diferentes, como laranja com cenoura, beterraba ou couve. Faça bolinhos de legumes ou panquequinhas de massa colorida com salsinha ou cenoura. Enfim, use sua imaginação nesta tarefa fundamental de boa nutrição. SOLANGE ATHAYDE Nutricionista

| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

– Mãe... Não sou mais criança, Saúde e Alimentação SOU PRÉ-ADOLESCENTE!


Bem Estar Massagem

Toque da Borboleta massagem infantil Toque da Borboleta foi introduzida no Brasil por Eva Reich em 1980. É uma massagem que aumenta a percepção corporal, relaxa a musculatura, favorece o desenvolvimento físico, motor, neurológico e intelectual da criança. É indicada também para crianças com problemas de saúde e de comportamento. Foram verificados resultados positivos nesse sentido e um alto grau de recuperação entre crianças prematuras e desnutridas. Trata-se da principal técnica da bioenergética suave e caracteriza-se pelo toque delicado e carinhoso. Em pesquisa realizada, constatou-se que os bebês que receberam essa massagem apresentaram um desenvolvimento neurológico sensivelmente maior e maior ganho de peso, além de melhor desenvolvimento mental do que os bebês que receberam atendimento de rotina. Essa massagem pode e deve ser usada sempre no sentido preventivo e eventualmente usada no sentido curativo se a criança tiver algum problema de saúde ou de comportamento. Percebe-se grande eficácia dessa massagem em crianças desnutridas, agitadas e agressivas.

A

É através de um toque suave que vamos derreter a couraça construída pelos traumas que podem ocorrer desde a concepção, no útero ou no nascimento, quando uma criança não é desejada, por experiências emocionais dos pais durante a gravidez, abuso de drogas pelos pais, nascimento difícil, cesariana, cordão umbilical enrolado, separação da mãe após o parto, morte e outras situações de mágoa. A massagem Toque da Borboleta foi criada para bebês, mas também pode ser usada com eficácia em crianças maiores, adolescentes, adultos, gestantes e idosos. As gestantes se sentem bastante confortáveis e relaxadas ao receber esse toque. Nós vivenciamos o fluxo de vida através de nossas emoções e sensações. Quando essa energia flui alterada, como resultado de experiências traumáticas, podemos construir armaduras para nos proteger dos traumas. Essa armadura nos protege, mas também altera o fluxo da nossa energia vital, causando bloqueios e impedindo que nos sintamos plenamente vivos. A situação de estresse constante, medo e insegurança faz com que a energia flua para dentro, contraindo-se, e o toque suave pode reverter essa contração energética e estimular a expansão. A massagem Toque da Borboleta pode ser usada para restaurar o fluxo de nossa energia vital, dissolvendo os bloqueios formados e restabelecendo o equilíbrio corporal e emocional. ANA GIOVANELLA Terapeuta (Adaptação do livro: O Toque da Borboleta)


| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

Foto: Acervo do autor

16

Crônica A origem do universo – O Big Bang Fernando Milfont ientistas afirmam que o Big Bang – A Grande Explosão - é a teoria cosmológica dominante do desenvolvimento inicial do Universo. De acordo com as evidências científicas iniciais disponíveis, as condições para essa explosão, decorrente de intenso e denso calor, se deu

C

entre 13 e 14 bilhões de anos. A teoria do Big Bang, entretanto, não pode e não fornece qualquer explicação para o começo do Universo, mas descreve e explica a sua evolução desde aquele instante. Baseia-se em dois pressupostos: o primeiro é a Teoria da Relatividade, de Albert Einstein, que explica a interação gravitacional da matéria; o segundo pressupõe o princípio cosmológico, que diz respeito ao aspecto do Universo. Seja lá o que tenha ocorrido, afirmam os cientistas que o Universo, depois da explosão, está esfriando e a matéria passou a dominar a antimatéria – mas isso é assunto para cientistas. Há quem levante dúvidas sobre as várias teorias relacionadas com o surgimento do Universo, não se sabendo se realmente houve algo que explodiu ou se foi uma explosão a causa. Há outra teoria, segundo a qual, antes da Grande Explosão inicial, havia outro universo idêntico, onde as galáxias, ao invés de se afastarem, aproximaram-se. Os cientistas preferem ficar com a do Big Bang, baseando-se em estudos da matemática e da física. Como o assunto é de muito difícil compreensão, para os leigos, permito-me dizer que as difi-

culdades vão aumentando para explicar o que só pode ser entendido e explicado por especialistas no assunto. Os leigos que fiquem na imaginação, devendo saber que antes do Big Bang o tempo não existia, tendo surgido depois, com o espaço e a energia. Surgiram também bilhões de estrelas, galáxias, planetas e sistemas planetários, que giram em grande parte ainda na escuridão. Quanto à Terra, parte do Sistema Solar, dizem os cientistas que surgiu há 3 bilhões e 500 milhões de anos. É o único planeta onde há vida desenvolvida, com a existência da humanidade. Em outro planeta, afirmam, pode haver vida, mas não passaria de simples bactérias, que levariam muitos bilhões de anos até atingir algo como os seres humanos. O que foi dito, até aqui, foi somente um sem nenhum esforço de exercício de pesquisas. Apenas pretende-se mostrar que o Planeta Terra é muito precioso. Ninguém pode viver sem a Terra, mas a Terra pode viver sem o homem que, moralmente, ainda vive nas cavernas. Por sua concupiscência, seu desamor, sua falta de escrúpulos, sua falta de moral, é capaz de ter perdido a esperança na vida que, para a ciência, é – como a Terra – extremamente rara. Para filósofos e cientistas, o homem precisa mudar para definir o nosso futuro. E o principal cuidado é a preservação da natureza. Concluindo, uma citação (arrogante) do filósofo Nietzsche: “O homem, em seu orgulho, criou Deus à sua imagem e semelhança.”


Classificados A DOMÉSTICA – Procuro alguém que seja educada e caprichosa; que tenha iniciativa e saiba fazer comidinhas saborosas; que more próximo a Copacabana e que ame o seu trabalho. Solange - 8877-5926.

ALUGO APARTAMENTO conjugado no Bairro Peixoto. Pronto para morar. Tratar com Sônia – 8899-8530. AQUECEDORES – Troca de diafragma comum – R$ 80,00 c/ garantia. Consertamos fogão, válvula, torneira etc. Orçamento sem compromisso. José Soares – 2236-1604 / 8577-1343 / 92630042.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – Empresas, pessoas físicas, restaurantes, bares e lojas para divulgar as atividades dos clientes em veículos de comunicação – 2256-6467 / 99688114.

AULAS DE CAVAQUINHO – Bandolim, Teoria musical, Apresentação e Eventos – Dom Oliveira – OMB:11.045 (domcavaco@hotmail.com) – 21-9553-2120 / 21-2548-3231.

AULAS DE INGLÊS – Aulas de português para estrangeiros e traduções. Aulas particulares ou em grupos. Professor com mais de 15 anos de experiência. Thomas Cahill – 8770-3620. AULAS DE INGLÊS E CULTURA AMERICANA – Preços excelentes com material incluído! Trabalho também com pacotes de aulas – John – 2256-3945.

CASA NOVA – Pinturas residenciais e comerciais, orçamento grátis. Tratar com Jurandir – 3021-4896 / TIM – 8349-6257 – Damos referência. CONSERTO DE MÁQUINA DE LAVAR – Consertamos e garantimos o serviço. Todos os modelos e marcas. Orçamento a domicílio. Tião – (21) 9132-0569 / (21) 3975-0793.

CONSULT. BENEFÍCIOS – Hosp. Silvestre, Bradesco, Amil, Assim, Dix, Unimed, SulAmérica e Golden Cross. C o n ç e i ç ã o (consultoria.conceição@gmail.com) 35539101 / 2226-6699 / 9687-6768.

CONVERSAÇÃO ESPANHOL / INGLÊS – Preparatório p/ viagem, entrevista de emprego, receptivo p/ Copa do Mundo e Olimpíadas. Aula particular. Paulo Oliveira – 7819-9313 / 32562380. DESIGN GRÁFICO – Propaganda, logomarca e programação visual – Tuninho de Paula – 86616621 / 2547-9496.

DJ DE FESTAS ROCK – Thiê Rock – email: thierock@gmail.com – 9148-6308. DOCES – pão de mel, palha italiana, quindim, cup cakes, mini-tortas e outros. Aceito encomendas. Andrea – 9918-0826.

ENFERMAGEM, FISIOTERAPIA E MASSOTERAPIA – Atendimento domiciliar. Laudismar A. Santos – COREN/RJ 173.203 – 9923-8947.

ENFERMEIRO – Aplicação de injeções, pressão acompanhamento, etc. Atendo em domicílio. Carlos Espírito Santo – 9511-8920.

SUAS LEMBRANÇAS ETERNIZE – Transformo seus filmes VHS para DVD / LP'S para CD / suas fotos para CD/DVD / fundo musical opcional. Roberto – 2255-5654.

FOTOGRAFIA – Festas de 15 anos, infantil e casamentos. Equipamentos digitais, diagramação e álbuns de luxo. Jaime – 2236-1336 / 8599-7068. INFORMÁTICA PARA 3ª IDADE – Danielle Vicente – 8218-5191.

MINI SALGADOS – Doces finos, salgados árabes e buffet completo. Trabalhamos com todos os tipos de eventos. Fabiana ou Helio – 3208-0732 / 9962-0020 / 9761-2406.

MOTORISTA PARTICULAR – Procuro emprego de motorista particular. Carteira de habilitação profissional. José Rodrigo Veiga. Telefones: 2235-8247 ou 9859-0424. NUMEROLOGIA – Receba via e-mail sua numerologia pessoal, envie nome completo e data de nascimento para: ana-giovanella @bol.com.br - R$ 37,00.

OFERECEMOS SERVIÇOS: Cuidadora de Idosos e Técnico de Enfermagem. Trabalhamos com amor e carinho com mais de15 anos de experiência. Contrato diário/semanal/mensal. Isabel – 8404-2413.

PERSONAL TRAINER – Direcionado para: mulheres e emagrecimento – CREF: 0854 – email: contato@terresekopp.com – Teresa – 9602-0631.

PERSONAL TRAINING – Direcionado para 3ª idade – CREF Nº 1542 – Prof. Adriano – 9534-2744 / 9378-9499.

RONIE MOIS – Restaurações de fotos antigas, fotomontagens, logomarcas para sua empresa, informática para terceira idade – 2549-1906 / 9529-4963. SERVIÇOS GERAIS – RESIDENCIAL E COMERCIAL – Tratar com Sr. Jorge ou Sr. Jurandir. Damos referência comercial – 83496257 / 9321-1161.

TÉCNICO EM INFORMÁTICA – Computador; Sistema Operacional; Remoção Virus; Programas; Aulas Part.; Design Gráfico; Gravação CD/DVD – O melhor preço e serviço – Júnior – 7279-6422. TERAPIA HOLÍSTICA – Atendimentos e Cursos de Reiki e Cristais com Aurora. www.centroathena. com.br – 2257-3947 / 9823-9018.

TERAPIA PARA ADULTOS e CASAIS – Psicóloga Denise Bittencourt – email: denbitt @gmail.com – 2235-7794 / 8447-8546.

TRADUÇÃO / REVISÃO DE TEXTOS – Português, Inglês e Espanhol. Textos comerciais, técnicos e acadêmicos. Rapidez, qualidade, orçamento flexível. Formatação. Léo Vieira – 9847-9754.

VENDO JAZIGO na parte nobre do Cemitério Os anúncios grátis estão limitados a 4 linhas 180 São João Batista. Documentação ok.ouSem

caracteres com espaços. Acima disso, por favor, consulte nossa Tabela de Preços através de telefone ou e-mail.


| Revista Bairro Peixoto | Setembro 2011 |

18

Passatempos & Humor Para Rir... OCUPADO Jonas tinha um amigo que se chamava Túlio, e o irmão de Túlio era gago. Um dia Jonas ligou na casa de Túlio e o irmão de Túlio atendeu: – Alô? Posso falar com Túlio? – Tu Tu Tu. . . – Droga! Ocupado de novo?! DOIS GAROTOS Dois garotinhos que não se conheciam começam a conversar: – Meu nome é Pedro. Como você se chama? - Pergunta um deles. – Sérgio - Responde o outro. – Meu pai é contador. - Diz Pedro – O que é que seu pai faz? – Meu pai é advogado. - Responde Roberto. – Sério? – Não. Do tipo comum, mesmo! NUDEZ Dois caipiras se encontram no sítio: –Cumpadre, o que você acha sobre nudez? – Ah, é bom pra daná, sô! – Pur que? – Melhor nudez do que no nosso!



Revista Bairro Peixoto