Page 1

PORTFÓLIO LAÍS LABATE I Arquitetura e Urbansimo


2


Eu recentemente me formei na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie e este portfólio contém trabalhos de minha experiência acadêmica e profissional durante o período de minha graduação. Tenho um grande interesse na área de criação e desenvolvimento de projetos de arquitetura e urbanismo e busco por questões que podem ser discutidas e debatidas para sempre alcançar soluções que proponham ir além da materialidade da arquitetura. Durante meu período de formação trabalhei em diferentes áreas, como manutenção de equipamentos públicos, acompanhamento de obras, desenvolvimento de projetos de pequena, média e grande escala em etapas iniciais e em projetos executivos. Participei de concursos e trabalhei como instrutora de cursos e workshops de softwares, experiências que me ensinaram muito em como trabalhar com outras formas de pensar e aprender. No fim deste semestre me concentrei na conclusão do meu Trabalho Final de Graduação com a professora Dra. Lizete Rubano, desenvolvendo um projeto muito bem avaliado que busca desenvolver questões sobre o contexto contemporâneo e novas formas de apropriação do espaço público e do vazio. Caso se interesse em meu trabalho, seria um privilégio conhecer seu escritório e discutir alguma possibilidade de trabalho pessoalmente. Caso queira ver mais detalhes sobre meu Trabalho Final de Graduação, é possível encontrá-lo em: http://issuu.com/laislabatesilva/docs Muito obrigada por seu tempo e atenção.

LAÍS LABATE D’ALMEIDA E SILVA nascimento

endereço cep

23.julho.1991 I 22

anos

I

brasil

Dr. José de Andrade Figueira 374 I São Paulo, 05709 010 r

sp

(11) 9 8182 3615 laislabate@yahoo.com portfólio e trabalhos

http :// issuu . com / laislabatesilva / docs

3


CURRICULUM

VITAE

[FORMAÇÃO ACADÊMICA]

[CURSOS COMPLEMENTARES]

[2009 – 2014] Universidade Presbiteriana Mackenzie Conclusão do curso de Graduação de Arquitetura e Urbanismo

[2013; Pós Produção Photoshop e InDesign Duração: 1 semana] Labi Laboratório de idéias

[2009] Curso Anglo vestibulares Semestre de curso extensivo [2006 – 2008] Colégio Magno Conclusão do Ensino Médio [1998 – 2006] Colégio Guilherme Dumont Villares Conclusão do Ensino Fundamental

[EXPERIÊNCIA ACADÊMICA]

Grupo de PesquisMackPesquisa [Março/2012 Professor Dr. Carlos Edígio Alonso F ev/2013] “GÉNESES E IDENTIDADE CULTURAL DO BAIRRO HIGIENÓPOLIS, SÃO PAULO” Através da análise e compreensão de três documentos arquitetônicos preservados que compõem uma esquina importante do bairro: Casarão Dona Veridiana; Mackenzie College e a Vila Penteado.”

[2013; Modelagem SketchUP Duração: 1 semana] Labi Laboratório de idéias [2013; Renderização V-Ray Duração: 1 semana] Labi Laboratório de idéias [2011; 2012 Oficinas de Desenho de Observação e Croqui Duração: 3 dias] Universidade Presbiteriana Mackenzie. [2010; História da Arte – ‘Do realismo ao surrealismo’ Duração: 3 meses] Escola do MASP [2010; História da Arte – ‘Renascimento’ Duração 3 meses] Escola do MASP [2009; Desenho Geométrico Duração: 6 meses] Anglo Vestibulares [2008; Desenho e Linguagem Arquitetônica Duração: 6 meses] Glauco & Miki [2002-2006 Língua Francesa - Curso Avançado Duração: 5 anos] Aliança Francesa


LAÍS LABATE SILVA [ARQUITETURA E URBANISMO]

[IDIOMAS]

[HABILIDADES]

[EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL]

PORTUGUÊS;

[Ago/2013 - Mar/2014]

fluente .

INGLÊS; avançado com capacitação para leitura, expressão oral e escrita . FRANCÊS;

avançado com maior maior para leitura e escrita .

[Informática]

Estágio; Desenvolvimento de Projeto Executivo e participação em Concursos.

capacitação

[Fev/2013 – Ago/2013] Labi Laboratório

Adobe Photoshop [Avançado] Adobe InDesign [Intermediário]

[Jun/2012 – Nov/2012]

SKP [Intermediário]

Autodesk Revit Archictecture [Avançado] PACOTE OFFICE Microsoft Office Word Microsoft Office Excel Microsoft Office Power Point

JAA Arquitetura

e

Consultoria

Estágio; Desenvolvimento de Projeto Residencial e participação em Concurso utilizando R evit A rchitecture .

SketchUP PRO [Avançado] for

de I déias

Instrutora; Cursos de Modelagem (SketchUp), Renderização (V-ray) e Pós-produção (Photoshop e InDesign).

Autodesk AutoCAD 2D [Avançado]

V-Ray

Corsi Hirano Arquitetos

[Ago/2011 – Maio/2012]

São Paulo Turismo – Empresa de Turismo e E ventos da cidade de S ão P aulo . Estágio; Área

de

projetos do parque

desenvolvimento

Anhembi.

de


TRABALHOS ACADÊMICOS

B iblioteca . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0 8 PERCURSO................................................12 EDIFÍCIO HÍBRIDO......................................14 EDIFÍCIO HÍBRIDO......................................17 construção simbólica do lu g ar . . . . . . . . . . . . . . . 1 9

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

residência r + c . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2 7 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO.................30 centro de exposiç õ es [NOVA FRIBURGO]......................................32 centro de exposiç õ es [ parat y ] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 5 centro de exposiç õ es [ cabo frio ] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 6


Í N D I C E


biblioteca [2011]

B iblioteca RUA CAIO PRADO; SÃO PAULO - SP

A biblioteca é fragmentada em três programas: Acervo, Convivência, Auditório. Três Blocos autônomos; três equipamentos interligados. Escala urbana: proximidade com a praça Roosevelt. Ligação com a Rua Gravataí através da proposição de uzm passeio fechado. Pedestres e ciclistas. Arborização.

8


pro j eto [sketchup

BLOCO ACERVO “Biblioteca de Babel” por Jorge Luis Borges. Busca pelo conhecimento infinito. As plantas se baseiam em circunferência, espaços em que não há começo nem fim. Simetria Radial. A circulação vertical é composta apenas por escadas helicoidais: circulação que se estabelece por voltas em busca por ascensão. O revestimento é feito por placas

acad ê mico pro + photoshop]

perfuradas, para trazer diferentes composições e aberturas para fachada, além de uma variedade de iluminação para a Bibliteca. Busca pela permeabilidade do espaço - permeabilidade do conhecimento. Múltiplos acessos demarcados pela inclinação das placas Uma malha hexagonal estrutura todos os pavimentos, inclusive a cobertura. Composta por sheds, valoriza a iluminação natural.

9


biblioteca

10


pro j eto acad ĂŞ mico [sketchup pro + photoshop]

11


percurso [2011]

P E R C U R S O SEM LOCALIZAÇÃO ESPECÍFICA

PERCURSO: 1. Acto ou efeito de percorrer. 2. Caminho, giro. Através da distorção de um Plano, surge um módulo primário. Sua Repetição, Rotação e Encaixe gera um novo módulo. O mesmo ‘percurso’ é feito: Repetição. Rotação. Encaixe. Devido à utilização de um único módulo, as peças sempre poderão se encaixar, gerando novas escalas.

12


pro j eto acad ê mico [sketchup pro + photoshop]

3> A REPETIÇÃO, ROTAÇÃO e ENCAIXE do módulo secundário gera um novo módulo: um percurso circular que abraça um espaço central, onde podem ocorrer eventos ou apenas um espaço vazio para o ‘olhar’. 4> A REPETIÇÃO, ROTAÇÃO e ENCAIXE do terceiro módulo gera ainda uma nova espacialidade, um aglomerado de percursos, onde diversos acontecimentos podem surgir ao mesmo tempo e os caminhos interagirem.

2> A REPETIÇÃO, ROTAÇÃO e ENCAIXE do módulo primário gera um novo módulo composto por uma cobertura, um espaço para ser percorrido e um espaço de permanência: um banco.

13


edifício híbrido [2012]

E D I F Í C I O H Í B R I D O RUA MATO GROSSO / AV ANGÉLICA; SÃO PAULO - SP

Edifício Híbrido: Três usos. Residencial, Comercial, Corporativo. Usos sobrepostos. As residências se abrem para a calma rua Mato Grosso, enquanto o uso corporativo abarca a agitada avenida Angélica. O uso comercial se estende ao longo de todo o térreo, buscando um novo uso: convivência. A sobreposição dos usos gera vazios na construção. Espaços diferenciados que permitem ver ‘através’. “(...) Não projetem apenas construções, criem também espaços livres que preservem o vazio, para que o cheio não nos obstrua a vista, que ele deixe o vazio para o nosso descanso”. (WENDERS, Wim. A Paisagem Urbana)

14

Contexto urbano: existem dinâmicas divergentes nas bordas do terreno onde o edifício se implanta. Avenida Angélica: avenida Arterial com movimento intenso. Rua Mato Grosso: via local onde situa-se o Cemitério da Consolação. Local de serenidade; tranquilidade.

O edifício traduz estas dinâmicas divergentes se dissipando ao longo de seu eixo principal. A sobreposição dos usos gera brechas na construção. Estes espaços permitem ver ‘através’ da construção, vazios que estabelecem uma integração maior com o contexto urbano.


pro j eto acad ê mico [REVIT ARCHITECTURE]

15


edifício híbrido [2012]

16


pro j eto acad ê mico [REVIT ARCHITECTURE + PHOTOSHOP]

E D I F Í C I O H Í B R I D O R DA CONSOLAÇÃO/R ANTÔNIO CARLOS; SÃO PAULO - SP

Contexto Urbano: área central da cidade. Objetivos: adensamento; conectividade; abarcar grandes fluxos. Avenida Paulista. Referência da cidade. Movimento. Cultura. Arte. Projeto urbano: criar uma continuidade para rua Luís Coelho. Uma travessia de pedestres junto a uma ciclovia. Projeto Edifício. Térreo e mezanino são pavimentos voltados à cultura. Música; cinema; comércio; restaurantes. Projeto edifício: nos pavimentos superiores instalam-se outros dois usos: Corporativo e Residencial. Garante-se assim a multiplicidade de usos e de usuários do projeto. O projeto busca um grande preenchimento da área, com diferentes alas do prédio, criando espaços ‘internosexternos’, devido à inflexões que são trabalhadas para gerarem percursos e praças. Passagem.

17


CONSTRUÇÃO SIMBÓLICA [2013-2 0 1 4 ]

PROPOSTA PROJETUAL Potencialidades Vazios Existentes Linhas Conectivas Pontos Centralizadores Recorte Proposto

18

DO

LUGAR

PROPOSTA PROJETUAL 01. Igreja do Calvario 02. Hospital Sancta Maggiore 03. Biblioteca Pulbica Alceu Amoroso Lima 04. praça John Graz 05. praça Benedito Calixto 06. Colégio Objetivo 07. Fundacentro 08. Conselho Regional de Química

Edificações de Destaque Construções Proposta: Novas Articulações Recorte Proposto


TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO [autocad + sketchup pro + photoshop]

ESTRUTURA DO LUGAR.

rua cardeal arcoverde

Estruturas de Uso Livre Percursos e Vazios Mudança de Uso Programas Estabelecidos Áreas Verdes

rua cristiano viana

rua alves guimarães

Pontos: Estruturas

rua Teodoro Sampaio

de

construção simbólica do lu g ar

R TEODORO SAMPAIO/R CARDEAL ARCOVERDE; SÃO PAULO - SP ORIENTADORES MONOGRAFIA: PROF DRA. LIZETE RUBANO PROJETO: PROF DR. LUCAS FEHR

Uso Livre

Superfícies: Programas Estabelecidos Linhas: Percursos + Vazios

Em meio à sua complexidade, a cidade ainda guarda o pequeno, lugares muitas vezes desconhecidos ou esquecidos, que devido à constante mercantilização da cidade, tornam-se cada vez mais raros. Estes lugares são ‘vazios’ que ainda guardam a temporalidade do homem, ao invés da temporalidade da máquina. Dentro da realidade desordenada e fugaz, firmemente estabelecida no espaço urbano, os vazios são pausas, silêncios, que podem proporcionar um aprofundamento na relação das pessoas com o território que habitam.

19


O projeto foi elaborado buscando uma reinterpretação destes espaços através da inserção de uma nova estrutura organizadora do ‘lugar’, que proporciona sua construção simbólica. Estes ‘espaços singulares’ são conectados entre si e às potencialidades próximas fazendo com que espaços fragmentados tornem-se um sistema que se sobrepõe ao tecido urbano existente e estabeleça com seu entorno.

CONSTRUÇÃO

SIMBÓLICA rua cardeal arcoverde

DO

LUGAR

rua

A construção simbólica é dada através do ato de caminhar, que permite a compreensão e apropriação do território através de sua travessia. É o lugar ‘vazio’, permeável, percorrido apenas por pedestres, que redescobrem a velocidade da percepção corpórea.

20

rua Teodoro Sampaio

rua


TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO

rua cardeal arcoverde

rua cardeal arcoverde

rua cardeal arcoverde

rua cardeal arcoverde

rua Teodoro Sampaio

rua Teodoro Sampaio

rua Teodoro Sampaio

rua Teodoro Sampaio

21


“Diz-se frequentemente que a sociedade atual é caótica e que este fato há de conduzir à desordem arquitetônica: este argumento é superficial. Toda sociedade tem necessariamente uma <estrutura> determinada, que deveria encontrar seu correspondente marco físico. Seus aspectos caóticos se devem, a maioria das vezes, à falta desta correspondência.” (NORBERG-SCHULZ, Christian. arquitectura)

Inteciones

DO

en

Era necessária uma ‘estrutura’ que permitisse uma construção simbólica do ‘Lugar’. Cria-se uma analogia ao sistema de referências que originalmente atribuía sentido ao espaço vazio: Superfícies, Linhas e Pontos. Para que este sistema de referência abarcasse as diferentes atividades que o homem pratica foi relacionado com as três formas de vida activa segundo Hannah Arendt: Trabalho, Ação e Obra. Destaca-se assim, a importância de cada uma dessas três atividades: a necessidade do trabalho, a pluralidade da criação e a permanência da obra.

22

CONSTRUÇÃO SIMBÓLICA [ P O N T O S ] ESTRUTURAS DE USO LIVRE

ESPAÇO DE PERMANÊNCIA/ATIVIDADES ESPORTIVAS

FEIRAS LIVRES/FEIRAS DE ANTIGUIDADES

SHOWS/CONCERTOS /APRESENTAÇÕES

EXPOSIÇÕES/INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS

LUGAR


TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO [autocad + sketchup pro + photoshop]

23


CONSTRUÇÃO

24

SIMBÓLICA

DO

LUGAR


TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO [autocad + sketchup pro + photoshop]

25


26

ZIDO POR UM PRODUTO DE ESTUDANTE DA AUTODESK

residência [2012] r+c


estágio/ jaa arquitetura e consultoria [revit architecture]

ALAMEDA JABURU 4.26

residência r + c ETAPAS DE PARTICIPAÇÃO: PROJETO LEGAL E EXECUTIVO

2.74

ARQUITETO: JOSÉ AUGUSTO ALY [JUNHO/2012 - NOVEMBRo/2012]

Localização: Vinhedo, SP, Brasil. Residência unifamiliar. A residência se fundamenta em 2 blocos distintos que se cruzam e se sobrepõe gerando espaços com pés-direito duplos onde as travessias são feitas por passarelas.

PRODUZIDO POR UM PRODUTO DE ESTUDANTE DA AUTODESK

Implantação Escala: 1:200

RI U C JU A D E M ALA

ZIDO POR UM PRODUTO DE ESTUDANTE DA AUTODESK

RAMAL DE ESGOTO CONDOMINIAL

27


residĂŞncia

28

r+c


estรกgio/ jaa arquitetura e consultoria [revit architecture]

29


TRT

-

GOIÂNIA

[2013/2014]

T R I B U N A L

REGIONAL DO TRABALHO - GOIÂNIA etapa de participação: projeto executivo ARQUITETOs: Corsi Hirano Arquitetos + R. Nishimura [AGOSTO/2013 - FEVEREIRO/2014]

Localização: Goiânia, GO, Brasil Ano do Projeto: 2007 Área do Terreno (Complexo): 13.000m² Área Construída (Complexo): 59.298m² Participação da 2ª ETAPA do projeto.

30


ESTรGIO/CORSIHIRANOARQUITETOS [autocad + SKETCHUP PRO]

CORTE TRASNVERSAL complexo

ETAPA 02

ETAPA 01

estรกgio/ jaa arquitetura e consultoria

31


concurso centro de exposições e eventos-NOVA FRIBURGO

3º LUGAR NO CONCURSO ARQUITETOs: corsi hirano arquitetos + andré biselli [fevereiro/2014 - março/2014]

PROGRAMA | Os espaços para a cultura, eventos e exposições são dotados de total flexibilidade, adaptabilidade e controle, possibilitando a sua autonomia segundo a demanda de cada tipo de situação abrigada. Através do controle de iluminação, ventilação, ar-condicionado e divisórias móveis, o CCEE pode fazer com que todos os seus espaços assumam diferentes tamanhos e configurações, separados ou unidos. A versatilidade dos espaços também é possível pelo próprio conceito estrutural do edifício que apresenta um vão livre de grandes proporções. Quando necessário, a grelha estrutural poderá servir de ponto de apoio e suporte para peças de pequeno ou grande porte.

32

cCeE - NOVA FRIBURGO [2014]


ESTÁGIO/CORSIHIRANOARQUITETOS [autocad+SKETCHUP PRO+PHOTOSHOP]

33


concurso

centro de exposições e eventos - PARATY [2014]

34


ESTÁGIO/CORSIHIRANOARQUITETOS [autocad+SKETCHUP PRO+PHOTOSHOP]

centro de exposiç õ es e eventos - parat y

ARQUITETOs: corsi hirano arquitetos + andré biselli [fevereiro/2014 - março/2014]

IMPLANTAÇÃO | A estratégia de implantação busca a predominância da riqueza do entorno ao qual o CCEE se soma, estimulando a exploração turística local e contemplando suas diferentes escalas. Um edifício que se volta para quatro lados: cidade, praia, rodovia e natureza. O projeto se insere no terreno através de um volume horizontal que se suspende sobre os volumes de serviço criando uma grande praça unificadora entre interior e exterior, público e privado, além de potencializar a apreensão do visual panorâmico desde seus níveis superiores, tanto para a cidade histórica como para o mar. O CCEE está contido em faixas duas perimetrais e uma central onde o programa se distribui em condições e espaços distintos.

35


concurso cCeE - CABO [2014]

centro de exposiç õ es e eventos - cabo frio

MENÇÃO HONROSA ARQUITETOs: corsi hirano arquitetos + andré biselli [fevereiro/2014 - março/2014]

36

ESTRUTURA | O sistema estrutural proposto contempla, primeiramente, todas as necessidades específicas do funcionamento do CCEE. A estrutura metálica mostra-se ideal ao partir do máximo de industrialização e do mínimo dimensionamento para o ideal uso dos espaços e economia de recursos. Para isso, a estrutura principal se define por duas linhas de apoios que se desenvolvem no sentido longitudinal com um vão livre de 37,5m e balanços laterais de acesso e apoios às fachadas. Sobre estes eixos se apoiam vigas principais transversais e a grelha que desempenha uma diversidade de funções, além da estrutural. Sua configuração permite uma grande flexibilidade para os espaços além de se revelar como infraestrutura, abrigando instalações elétricas, de iluminação, hidráulica, e climatização.

FRIO


ESTÁGIO/CORSIHIRANOARQUITETOS [autocad+SKETCHUP PRO+PHOTOSHOP]

37


LAÍS LABATE D’ALMEIDA E SILVA

arquitetura e urbanismo

(11) 9 8182 3615

laislabate@yahoo.com http :// issuu . com / laislabatesilva / docs

Portfólio Laís Labate 2014  

Portfólio de trabalhos acadêmicos e profissionais na área de Arquitetura e Urbanismo.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you