Issuu on Google+

ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

Caros leitores, saudações fraternas! Apresentamos a 3ª Edição do JVE – Jornal Vida Escolar. Nele mesclamos as atividades realizadas pela escola, produções dos alunos, classificados, parceiras com pessoas e empresas, eventos locais entre outros. Desejamos que vocês gostem e que quando possível, a leitura aconteça em família, pois desta maneira o estudante exercitará ainda mais a leitura e interpretação. Aguardamos sugestões para as próximas edições. Boa leitura!...

Nossa Direção Escolar lembra que todo dia é dia para dizer aos nossos alunos, funcionários e comunidade escolar: SEJAM BEM VINDOS! E que "Devemos lutar pela igualdade sempre que a diferença nos inferioriza, mas devemos lutar pela diferença sempre que a igualdade nos descaracteriza" (B S Santos).

diretora escolar Maria Helena de Oliveira Lima lembrou que esta escola abre espaço ao Ecumenismo, pois ao respeitarmos todas as crenças, colaboramos para uma sociedade que respeita o indivíduo, evitando o individualismo. PRECE DA SERENIDADE Uma reflexão sobre o trafico de pessoas que é uma prática, infelizmente, mais comum que se imagina foi tema do trabalho apresentado pelo 8º ano 1 matutino. Parabenizamos aos alunos pelo empenho e o melhoramento a cada trabalho. Agradecemos a presença do Reverendíssimo Padre Sebastião Paulino que participou com considerações que enriqueceram este momento. “No contexto deste trabalho, nós só vamos melhorar os dias de amanhã à medida que dialogarmos, refletirmos e tomarmos consciência que doenças sociais como o tráfico humano só podem ser superadas com amor e fraternidade”. “O professor nos ajuda a aguçar nossa inteligência, vamos associando, aprendendo e criamos condições para aumentar nossos gestos de amor e de misericórdia. Quando eu descubro que eu posso ajudar ao meu semelhante pela minha sabedoria e o ajudo, estou praticando também um gesto de misericórdia. E assim,.... construiremos uma escola, uma sociedade mais humana, mais fraterna e mais feliz”. (Padre Sebastião Paulino) “Mesmo que eu não queira ver o sol com sua luz, o amor, suavemente, ao sol conduz” (Perhaps Love – Jonh Denver) Durante os agradecimentos e considerações finais nossa

Concedei-nos Senhor, a Serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modicar. Coragem para modificar àquelas que podemos, e Sabedoria para distinguir uma das outras.

Confira nesta edição: ENTREVISTA.................. página 02 PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO página 03 PENSAR ANTES DE AGIR ............... página 04 ANIVERSARIANTES 1º SEMESTRE página 04 COPA DO MUNDO ....... página 05 CITIZEN OF THE WOLD……………….. página 06 TRABALHOS DOS ALUNOS ............ página 07 PASSATEMPO ................página 08 E muito mais!!!

1


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

Natália Araújo Silva: Psicóloga da APAE de Presidente Olegário na abordagem cognitiva comportamental. CRP – 04/38560 Especialização em Neuropedagogia.

1- O que é a Psicologia? E o que faz um psicólogo? A Psicologia é a parte da Ciência que estuda os processos mentais, o comportamento do ser humano e suas interações com o ambiente físico e social. Por meio de técnicas, procedimentos e testes psicológicos é que o psicólogo atua com o intuito de identificar e modificar os pensamentos e comportamentos desadaptativos de quem o procura. 2- A Psicoterapia é mais do que “conversar”? A psicoterapia não é uma mera conversa, mesmo sendo em sua maior parte verbal, existem técnicas e procedimentos adotados pelo profissional bastante objetivos e específicos que são bem diferentes de um bate papo informal. 3Como a educação sistematizada (escolar) pode ajudar na formação psicossocial do indivíduo? A educação escolar engloba aspectos que ultrapassam os muros escolares, além do que é exigido nos currículos escolares. Cabe às instituições de ensino o “ensinar” a pensar e, a partir disso, preparar seu educando para os desafios psicológicos e sociais. 4- Como a senhora percebe as mudanças na estrutura familiar?

Nos dias atuais acompanhamos a evolução de nossa sociedade dia após dia e com a estrutura familiar não seria diferente. A família vem se transformando através dos tempos e acompanhando as mudanças no contexto ao qual se insere sejam elas sociais, culturais, econômicas ou religiosas. 5- Estas mudanças podem refletir no comportamento das crianças e adolescentes? E o que deve ser feito? Devido ao fato de as crianças e adolescentes estarem vivenciando a constante evolução social, onde não há uma regra pronta que determine o que deve ser feito. Em se tratando principalmente no que tange ao comportamento, cabe à família, independente das mudanças, oferecer aos filhos uma base sólida e saudável para que essas mudanças não sejam determinantes na maneira de ser e agir e sim fatores superficiais que modificam, mas não deliberam. 6- Qual deve ser a postura da família diante da facilidade de acesso às mídias, por parte das crianças e adolescentes? A facilidade dos meios de comunicação que temos hoje exerce uma enorme influência sobre o tempo e a mente de crianças e adolescente. Cabe à família tentar o controle e a manipulação saudável a estes meios pelos filhos na iniciativa de orientar o uso consciente e o tempo que é desprendido para determinados fins, visto que as crianças e adolescentes são incentivados pelo progresso e facilitados pela economia do mercado. 7Temos consciência da necessidade de a família e a escola estreitarem a parceria. Neste contexto estabeleça um paralelo apontando qual a função da família e qual a função da

escola na formação dos educandos. O papel da família está além de prover os meios necessários à sobrevivência. Ela é tida como uma entidade protetora e deve oferecer a base necessária ao desenvolvimento da criança ou do adolescente. A família e a escola compartilham a mesma função educacional. Sabemos que o rendimento escolar depende do apoio que a criança encontra em casa; assim deve haver um relacionamento escrito entre ambas para que o aluno reflita na escola e se desenvolva a partir dos modelos que ele possui em casa. 8- Como dizer um não construtivo às nossas crianças e assim colaborarmos para a vivência dos limites? A tarefa de “educar” consiste em saber dizer NÃO, pois a criança precisa saber quais são as suas regras e limites de modo a distinguir o que é certo e o que é errado. No entanto ao dizer NÃO os adultos devem passar à criança diretrizes nítidas e estruturadas do ponto de vista psicológico para que ela se sinta segura e protegida. Assim, na vivência dos limites, manter o NÃO assegura que as regras passem a ser interiorizadas pelas crianças. 9- Nós, profissionais de educação, também somos formadores de opinião. Como agirmos para ter autoridade e não sermos autoritários? No contexto educacional a autoridade está intrinsicamente relacionada à disciplina, pelo fato de na instituição escolar haver uma relação hierárquica entre aquele que ensina sobre aquele que aprende. Essa autoridade advém do papel social do professor e também do domínio que este possui do conteúdo que está sendo trabalhado. No entanto, para se ter autoridade não é necessário ser autoritário pelo fato de que o aluno irá respeitar

2


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

não por crer na autoridade do professor e sim por temer punições e ameaças sejam elas implícitas ou explicitas do docente autoritário. E isso só tende a enfraquecer cada vez mais a relação entre aluno e professor. 10- Em sua opinião, os adultos apresentam dificuldades para lidar com os adolescentes? Quais suas sugestões para um convívio harmônico? Sim, pelo fato de que os adultos não compreenderam o quanto pode ser complicado o caminho que separa a infância da idade adulta, para uma melhor convivência deve se deixar claro que os adolescentes necessitam de liberdade, mas também precisam de regras; entre pais e filhos deve existir um relacionamento estreito e saudável onde confrontos e brigas devem ser evitados ao extremo. No entanto o fator mais importante é a comunicação entre adultos e adolescentes. A comunicação eficaz se dá em escutar e falar, levar em consideração opiniões e sugestões e ter liberdade para abordar assuntos mais complexos. 11- Em suas considerações finais, destaque algo que considere relevante para o bom convívio familiar, escolar, profissional entre outros. Quer seja em família, no ambiente escolar ou de trabalho a convivência, na medida em que se passa o tempo, não é fácil. Somos diferentes uns dos outros, autônomos e livres. No entanto somos também seres sociais que precisamos estar em contato com outro. E para que isso se dê de forma saudável devese levar em conta alguns aspectos importantes que irão favorecer nossas relações interpessoais, nos ambientes relacionados acima, como um bom diálogo, saber ouvir e falar na hora certa, a ética, o companheirismo, união do grupo, autocontrole e principalmente a

empatia, pois quando nos colocamos no lugar do outro temos plena consciência do que será positivo ou não dentro da difícil tarefa da arte da convivência.

Compreendemos o direito de aprender como inerente ao direito à vida. É nesta perspectiva que a Escola Municipal Profª Carmem Celina Nogueira de Castilho reconhece as múltiplas dimensões do ser humano e a peculiaridade do desenvolvimento de crianças e adolescentes formadores de sua clientela.

É preciso toda uma aldeia (comunidade) para educar uma criança – provérbio africano.

Nossa escola deu o primeiro passo para o atendimento da Educação Integral através do programa Mais Educação. Adaptou espaços, remanejou recursos humanos e, assim, 20% dos alunos participantes deste programa são atendidos integralmente. A ampliação desta jornada se dará de forma gradativa.

O Programa Mais Educação oferece diferentes macro-campos que são conjunto de atividades. Nossa escola iniciou alguns destes macro-campos e, gradativamente, ampliará este oferecimento. Priorizamos o trabalho de base no qual os alunos do 2º ao 5º ano vespertino vêm à escola no período da manhã para participarem de atividades do Acompanhamento Pedagógico em Letramento/Alfabetização e Matemática. As demais atividades como Natação Recreativa, Karatê e o uso das Mídias na Educação (Jornal Escolar) são oferecias aos alunos de todos os anos escolares. Nossos alunos se prepararam e estão participando dos Jogos Estudantis de Minas Gerais (JEMG). Com o apoio da Prefeitura Municipal e Secretaria de Educação, aos disponibilizarem membros do quadro de

3


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

funcionários, trabalhamos para o melhoramento deste programa. Agradecemos às famílias pelo apoio aos projetos da escola. Até a próxima! Professor Rogério Honorio.

cada ano, envolvendo mais voluntários e salvando mais vidas.

FELICIDADES AOS ANIVERSARIANTES 1º semestre

JANEIRO

Samuel Silvestre Tiago – 06 Rogério Honorio Silva – 07 Lázara Maria de Amorim – 13 Silene de Deus Godinho – 16 Carla Andressa de V. Pereira– 19 Elida da Consolação Marra – 25 FEVEREIRO

Aconteceu nos dias 14,15 e 16 de março mais uma promoção da ASSOAPAC (Associação Olegariense de Apoio ao Paciente com Câncer) a 5ª Edição do Rodeio da Solidariedade. A vasta... programação com rodeio, shows, arrecadação de alimentos e outros donativos, leilões e cavalgada mobilizou muitos voluntários, colaboradores e a Comissão Organizadora do principal evento solidário de Presidente Olegário e região. O público se divertiu e contribuiu com o Hospital do Câncer de Barretos – Fundação Pio XII. Desde sua 1ª edição em 2010, este evento tem sido também um momento de conscientização quanto à prevenção desta doença. (Adaptação: PONOTÍCIAS)

Nossa escola abraça fraternamente a ASSOAPAC por esta importante iniciativa que cresce a

Pela parceira entre a Prefeitura Municipal e a Empresa Previna, está acontecendo o Projeto Pensar Antes de Agir em nossa escola. A primeira parte desse projeto foi a apresentação de um espetáculo teatral destinado aos alunos do 2º ao 5º ano.

Vanusa Viana Godinho – 04 Valéria Rodrigues S. Pinheiro – 10 Keila Abadia de Oliveira Alves – 13 Eliane Lopes da Silva – 16 Maria Rita da Fonseca – 24 Lucia Aparecida Silva – 25 MARÇO

Margaret Rodrigues – 01 Ânjela Maria de Oliveira Silva – 05 Vanilda Helena G. Pereira – 05 Valéria Rodrigues – 06 Márcia da Consolação Araújo – 09 Maria Helena de O. Lima – 17 Marco Aurélio Mendes – 21 Marlene Luzia de L. Amorim – 23 Sueli de Fátima dos Reis – 23 Maria Helena Felisberto – 25 Maria Isabel Braga – 29 ABRIL

Leticia Expedita da Silva – 03 Vera Lúcia Teles – 22 Anair Aparecida de Melo – 26 Vanda Aparecida Evangelista – 28 Luzia Aparecida dos Santos – 29

O espetáculo mostrou o dia a dia de um menino que, em casa, na escola ou enquanto brinca com os amigos, precisa decidir entre fazer o que é certo ou errado em suas ações. Foi um momento lúdico marcado pela interação entre os atores e as crianças. Este projeto, que atende também aos adolescentes do 6º ao 9º anos, terá continuidade com atividades realizadas pela escola e o encerramento está previsto para o mês de maio. Aguardem...

MAIO

José Jacinto Sobrinho – 06 Cilese Dias P. Mendes – 13 Taise Queiroz dos Reis – 13 Maria do Carmo Silva – 20 Nadir Rosalina Braga Landim– 20 Silvia de Cássia Braga – 22 Sônia Pereira de Oliveira – 22 Maria de Fátima Pereira – 23 Maria Aparecida Moreira – 30 JUNHO

Marta da Cunha e Silva – 04 Sandra Gonçalves Amorim – 22 Eliene Marçal Braga – 25 JULHO

Luciana Maria Luiz – 13 Sueli de Deus Gonçalves – 15 Andrea Cristina Landim – 19 Elza Luzia Pereira – 19 Luzia Santana L. Monteiro – 19 Ieda Inês Pacheco Pinheiro – 27 Madalena de Lima – 30 Vânia Marques – 30

4


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

futebol de todos os tempos: Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

Esta competição, que acontece de quatro em quatro anos, foi criada pelo francês Jules Rimet, em 1928, após ter assumido o comando da instituição mais importante do futebol mundial: a FIFA (Federation International Football Association). A primeira edição da Copa do Mundo foi realizada no Uruguai em 1930. Contou com a participação de apenas 13 seleções, que foram convidadas pela FIFA, sem disputa de eliminatórias, como acontece atualmente. A seleção uruguaia sagrou-se campeã na primeira edição deste campeonato. Nas duas copas seguintes (1934 e 1938) a Itália ficou com o título. Porém, entre os anos de 1942 e 1946, a competição foi suspensa em função da eclosão da Segunda Guerra Mundial. Em 1950, o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo. Os brasileiros ficaram entusiasmados e confiantes no título. Com uma ótima equipe, o Brasil chegou à final contra o Uruguai. A final, realizada no recém-construído Maracanã (Rio de Janeiro - RJ), teve a presença de aproximadamente 200 mil espectadores. Um simples empate daria o título ao Brasil, porém a Celeste Olímpica Uruguaia conseguiu o que parecia impossível: venceu o Brasil por 2 a 1 e tornou-se campeã. O Maracanã se calou e o choro tomou conta do país do futebol. O Brasil sentiria o gosto de erguer a taça pela primeira vez em 1958, na copa disputada na Suécia. Neste ano, apareceu para o mundo, jogando pela seleção brasileira, aquele que seria considerado o melhor jogador de

Leia mais sobre esta competição... CARVALHO, Gustavo Longhi de; Santiago Jr., José Renato Sátiro Copas do Mundo - Das Eliminatórias ao Título. Ed Novera PARREIRA, Glaucia. Moderno Almanaque das Copas do Mundo. Ed Yendis SELEÇÃO CANARINHO! O Futebol no Brasil...

O Futebol, que nasceu na Inglaterra, chegou ao Brasil por meio de Charles Miller. No início o futebol só era praticado pela aristocracia brasileira e os times eram formados somente por brancos. A maioria dos clubes eram fundados por estrangeiros que vieram para o Brasil e foi a partir da década de 20 que os negros começaram a serem aceitos nos times de futebol brasileiros. O Vasco, clube do Rio de janeiro, foi o primeiro time de grande porte a vencer um campeonato tendo seu elenco formado, em sua maioria, por jogadores negros. A Seleção Brasileira de Futebol é um dos principais times de futebol do mundo. Maior vencedor da Copa do Mundo FIFA, com cinco títulos, o Brasil é conhecido por sua camisa nas cores amarela e verde, com shorts azuis e meias brancas, as quatro cores da bandeira nacional. Pelo fato de a cor da camisa ser predominantemente amarela, a Seleção Brasileira também é conhecida como seleção canarinho.

Em 2014, o país do futebol será novamente a casa do então esporte mais popular da terra, modernizando dessa forma os estádios e o modelo brasileiro de fazer o espetáculo do futebol, mas jamais mudando a forma de jogar do futebol arte. O Futebol, esporte que se popularizou na terra, e só foi possível ser popular graças a sua forma simples de jogar, tendo apenas uma bola, alguns amigos e um espaço aberto, pode ser uma forma de brincar sem violência, mas com a inteligência e o carisma que o esporte oferece aos que sabem jogá-lo. Prova disso são os muitos craques brasileiros que vendem sua forma de jogar bola aos melhores times do mundo.

RUMO AO HEXA... Curiosidades - O recorde de gols numa mesma Copa é do francês Fontaine com 13 gols (marcados na Copa de 1958). Já o recorde geral da História de todas as Copas é do brasileiro Ronaldo com 15 gols. - O Brasil é o único país que participou de todas as Copas do Mundo. - O Brasil é o país com mais títulos conquistados: cinco no total. - A Itália foi quatro vezes campeã mundial. A Alemanha três vezes, seguida das bicampeãs Argentina e Uruguai. Inglaterra e França possuem apenas um título cada. - A Copa do Mundo é o segundo maior evento esportivo do Planeta. Os campeões de todos os tempos Uruguai (1930) / Itália (1934) / Itália (1938) / Uruguai (1950) / Alemanha (1954) / Brasil (1958) / Brasil (1962) / Inglaterra (1966) / Brasil (1970) / Alemanha (1974) / Argentina (1978) / Itália (1982) / Argentina (1986) / Alemanha (1990) / Brasil (1994) / França (1998) / Brasil (2002) / Itália (2006) e Espanha (2010).

5


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

(Cidadão do mundo) Vende-se um Palio preto – 4 portas. Ano 2008/2008. Leonardo 9695 2488 Vende-se um Gol prata, 4 portas, 2008, completo. Márcia Rodrigues 9961-9998 Do you know this boy? He is from the small city: Presidente Olegário, in Minas Gerais. He is Brazilian. He was born in September 3rd 1989, in a modest family. He is 24 years old. He has black eyes and black hair too. He is a country singer. Do you know this boy? He is Gusttavo Lima. He lives in Goiânia, Goiás. He began to sing in shows when he was 9 years old. He plays various instruments and he is composer. He is a talented boy. He has various fans. We're talking about one of the main attractions of the our Party Production, in October in our city. Curiosities about Gusttavo Lima: Artistic Name: Gusttavo Lima Real Full Name: Nivaldo Batista Lima

Occupation: Country Singer Mother: Sebastiana Maria de Lima Father: Alcino Landim de Lima Favorite Food: Macarroni Sing: Virgo Height: 1,83/ Weight: 73Kg Favorite Filme: Os Condenados Favorite Fruit: Mango Favorite Colors: Black and White Favorite Singers: Ivete Sangalo, Zezé de Camargo e Luciano, Gino e Geno, Chitãozinho e Xororó, Teodoro e Sampaio, Milionário e José Rico, Almir Sater, Tião Carreiro e Pardinha, Carlito e Badui. Favorite Team: Flamengo

Vendem-se flores decorativas para unhas. Tatiana - 3811 2931. Aulas de violão: inscrições abertas mensalidades acessíveis. Marcino ou Guilherme – 99993565.

ano. Foi um momento de descontração e muita alegria. Os alunos puderam se divertir e lhes foi sugerido o despertar para uma consciência crítica frente aos contra valores presentes nas atuais festas de momo. Durante a avaliação desse momento as discussões giraram em torno do respeito aos espaços comuns e às diferentes opiniões que as pessoas têm quanto ao que é considerado profano.

SALADA DE FRUTAS

Quantos somos?

Fácil, rápida e saborosa! (Sugestão da Professora Luciana Luiz, preparada com os alunos do 8º ano vespertino).

Ingredientes Maça, mamão, laranja, banana, uva, morango, kiwi, leite condensado e creme de leite. Preparo Pique as frutas e misture-as ao creme de leite e ao leite condensado. Sirva e bom apetite! “Quanto riso! Oh... quanta alegria...” É CARNAVAL!

Os professores de Educação Física, com a cooperação dos professores regentes, realizaram um momento festivo para os alunos do 2º ao 5º

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) divulgou os dados oficiais do Censo 2010. De acordo com a contagem demográfica, que acontece a cada dez anos, o Brasil tem 190.732.694 habitantes. O nosso estado, Minas Gerais, tem 19.159.260 habitantes. Em dez anos, o aumento da população foi de 12,3%, em números absolutos, 20.933.540 pessoas em todo o país. O IBGE também divulgou a população de todas as 5.565 cidades do estado de Minas Gerais. A nossa cidade, Presidente Olegário, tem 18.546 habitantes. Nestes dez anos, o aumento da população de Presidente Olegário foi de 4,3%, em números, 765 pessoas. No ano de 2000 nossa cidade tinha 17.781 habitantes. A população urbana do município concentra 70,8% dos habitantes (13.126 pessoas) enquanto a população rural é de 29,2%, (5 420 pessoas). A população Olegariense está mais masculina. São 9.524 (51,4%) homens e 9.022 (48,6%) mulheres. De acordo com esses dados são 765 homens a mais que as mulheres.

6


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

2º ao 5º ano

Todo dia é dia de cuidar da água!

Ilustrações a partir da leitura literária.

Trabalho de ex-alunos. “Aqueles que vão... não vão a sós e nem nos deixam sós, levam um pouco de nós e deixam um pouco de si”. Durante o encerramento do ano escolar 2013, aconteceu o lançamento do trabalho da aluna Lara Monteiro – 9º ano 1 matutino Este livro inicia-se com a história do Senhor Geraldo, cuja família foi vítima de injustiças consequentes da desigualdade social. O êxodo rural forçado foi um paliativo, pois a cidade trouxe consigo inúmeras surpresas, a ambição, a sede de prestígio, a traição, a morte, mas sobretudo, a verdadeira amizade e a busca pela espiritualidade; tantas questões que poderiam abalar o amor se ele não fosse indestrutível. Considerando que ler é atribuir significado àquilo que leitor decodifica, esta obra é indicada a todos por apresentar um enredo envolvente. Atrevo-me a dizer que embora esta seja uma obra de ficção e as semelhanças com a realidade, aqui contidas, sejam meras coincidências, muitas são as probabilidades de você, caro leitor, se identificar com as histórias de vida narradas nestas páginas. (Professor Rogério Honorio)

LARA LÚCIA MONTEIRO Somente o amor constrói pontes indestrutíveis (Chorão)

INFORME-SE: DENGUE MATA E PREVENIR É O MELHOR REMÉDIO.

Monike Costa 2º Ano C vesp. Professora Eliene Marçal

UM AMOR INDESTRUTÍVEL

1ª edição – dezembro/2013

Este livro inicia-se com a história do Senhor Geraldo, cuja família foi vítima de injustiças consequentes da desigualdade social. O êxodo rural forçado foi um paliativo, pois a cidade trouxe consigo inúmeras surpresas, a ambição, a sede de prestígio, a traição, a morte, mas, sobretudo, a verdadeira amizade e a busca pela espiritualidade; tantas questões que poderiam destruir o amor se ele não fosse indestrutível.

Ao fazermos referência aos nossos ex-alunos, reafirmamos nossos votos de sucesso profissional e pessoal a todos eles. “Valeu, a gente cresceu!”

Produções 2º ao 5º anos

Emilly da Silva Santana 4º ano A vesp. Professora Luciana de Deus

7


ESCOLA MUNICIPAL “PROFESSORA CARMEM CELINA NOGUEIRA DE CASTILHO” 3ª edição fev/mar/abril 2014

8

Registro meus agradecimentos aos alunos, professores, monitores e estagiários que contribuíram com seus trabalhos e/ou com a correção/formação deste jornal. Professor Rogério Honorio.


Jve 3a ed 2014