Issuu on Google+

Jornal dos Alunos da E. M. Prof.ª Carmem Celina Nogueira de Castilho

Bem vindos a leitura do primeiro exemplar do nosso Jornal Vida Escolar. Ele foi criado por nós, alunos das Oficinas do Jornal Escolar, com o auxílio da Prof.ª Vanusa Viana. É um momento de muita alegria e satisfação, pois superamos mais um desafio. Conseguimos finalizar esta edição do jornal após muitas pesquisas, leituras, inspirações, questionamentos, trabalhos em equipe, escrita e reescrita, disciplina, senso crítico, criatividade e cidadania, com a intenção de partilhar com vocês leitores(as) toda a nossa produção e aprendizado. Nesta edição vocês vão encontrar temas polêmicos como bullying, a exploração do trabalho infantil, a desertificação, o alcoolismo, mas também poesia, histórias de vida, recadinhos, artigos de opinião, passatempos para distrair e muito mais! Esperamos que todos gostem, afinal, o jornal é de vocês! Então, boa leitura a todos!

Vencedores do Concurso do Nome do Jornal: Jornal Vida Escolar

Oficina J.V.E. Período Matutino

- Presidente Olegário - MG

Oficina J.V.E. Período Vespertino

Pág. 06 Pág. 02

Pág. 07

Programa

Pág. 02

Pág. 03

Pág. 07 Pág. 03

Pág. 07

Pág. 04 Pág. 08 Pág. 04

Renata Apª. Reis Teixeira – 5º A M. Vencedora do Concurso da Logomarca

Pág. 05 Kássia Rodrigues Caldas, Stéphany Apª de Paz e Samuel Ximenes Sousa e Silva, todos do 8º1 M, receberam pelo concurso o valor de R$ 30,00 cada um.


2

Jornal Vida Escolar – www.jornalcarmemcelina.blogspot.com

contribuindo assim para que a nossa escola melhore cada vez mais. 07 P. O que você está achando do Jornal Escolar? O Jornal Escolar é um material considerado rico, desde que utilizado com sabedoria e principalmente planejado.

01 P. Qual é o seu nome completo? R. Maria Helena de Oliveira Lima. 02 P. Quando essa escola foi inaugurada e por que ela recebeu esse nome? R.O prédio atual foi inaugurado em 1992. Recebeu esse nome em homenagem à Sra. Carmem Celina Nogueira de Castilho, Educadora e idealizadora da Escola. 03 P. Quantos funcionários trabalham nela e quantos alunos estão matriculados na escola? R. São 90 funcionários e na escola estão matriculados 1100 alunos. 04 P. O que você acha que podemos fazer para melhorar a escola? R. Que os alunos venham para a escola com o único intuito de estudar. Que procurem manter sempre o respeito, o comprometimento, o interesse e a vontade de melhorar sua aprendizagem, buscar novos conhecimentos e conquistar os seus sonhos. 05 P. O que mais te alegra relacionado à escola? R. O comprometimento e interesse da maioria dos alunos, o compromisso dos pais com a escola e a dedicação, competência e parceria da nossa equipe de trabalho.

08 P. A senhora acha que com o Jornal Vida Escolar os alunos vão se desempenhar melhor dentro e fora da sala de aula? R. Participar do Jornal Escolar cria uma predisposição favorável à aprendizagem. É uma estratégia muito proveitosa para o desenvolvimento da linguagem e da escrita do aluno. 09 P. Em relação aos alunos desmotivados, que não fazem um bom proveito do que é passado a nós aqui na escola, o que a senhora sugere? R. Que tenham mais interesse, compromisso e que se conscientizem que o estudo é necessário e que, sem estudo, fica bem mais difícil conquistar nossos objetivos e assim realizar nossos sonhos. 10 P. Deixe um conselho aos alunos com relação à educação e ao futuro. R. Que busquem ser melhores sempre. Procurem vencer os desafios, conquistar seus ideais e sonhos. Nunca desistam diante das dificuldades. Tenham objetivos e humildade para conquistá-los. Com essa entrevista conhecemos melhor a diretora e nos conscientizamos de que jamais devemos esperar melhorias ou mudanças na escola se somente a diretora trabalhar sozinha. Devemos trabalhar em grupo para que tudo possa ocorrer dentro das normalidades e que uns possam ajudar aos outros. Assim como é o nosso corpo, se um órgão está com problemas, todo o corpo trabalha para tentar resolvê-lo. “Entrevista feita por todos os alunos do J.V.E., texto de síntese: Brena Roberta Alves, 8º 1 M”.

06 P. Dar boas noticias é muito bom, mas como é lidar com essa situação: um pai ser chamado à escola porque seu filho não está executando bem suas funções de estudante. ...................................................... R. É complicado, mas necessário. Não gostaríamos de ter que chamar pais ou P. MAIS EDUCAÇÃO responsáveis à escola para ouvirem reclamações, porém precisamos do É preciso toda uma aldeia (comuapoio e da parceria da família para, nidade) para educar uma criança. (Provérbio Africano) juntos, solucionarmos os problemas

O

Programa Mais Educação foi instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007, com o intuito de ampliar a jornada escolar, visando a Educação Integral. Este Programa oferece diferentes macrocampos que são o conjunto de várias atividades. Iniciamos alguns deles e gradativamente, ampliaremos este oferecimento:- Os alunos dos 2os aos 5os anos vespertinos, (seus nomes sugeridos pelos professores regentes), vêm à escola pela manhã para participar do Acompanhamento Pedagógico e consolidar os requisitos necessários ao ano escolar que cursam. Os alunos do matutino participam de atividades específicas, conforme a necessidade observada por seus professores. E ainda, os alunos dos 6os anos vespertino, através do 6º horário, com a presença voluntária de professores destas turmas, retomam aspectos mais significativos. Este acompanhamento pedagógico acontece com atividades de Letramento/Alfabetização e Matemática com os seguintes objetivos: Letramento/Alfabetização – visa o desenvolvimentoda função social da Língua Portuguesa, comunicação verbal, leitura e escrita. Matemática – visa a potencialização de aprendizagens matemáticas significativas por meio de resoluções de problemas, com ações inclusivas e lúdicas, incorporando-as ao modo de vida cotidiano. Temos também a Recreação - Apoio às práticas esportivas para o desenvolvimento integral dos estudantes pela cooperação, socialização e superação de limites pessoais e coletivos, proporcionando, assim, a promoção da saúde.- Jornal Escolar - Utilização de recursos de mídia impressa e eletrônica. Visa a construção de propostas de cidadania, engajando os alunos em experiências de aprendizagens significativas para o exercício da inteligênciacomunicativa, compartilhada na escola e com outras escolas e comunidades. (Os alunos que fazem o jornal são dos 5os aos 9os anos e são convidados a fazer as oficinas, participando em extra-turno). Com o apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Educação, ao disponibilizar membros do quadro de funcionários, trabalhamos em conjunto sempre, com o intuito de fazer o melhor para todos os alunos.


Jornal Vida Escolar – 30 de setembro de 2013

Compreendemos o direito de aprender como inerente ao direito à vida. E nesta perspectiva, a Escola Municipal Prof.ª Carmem Celina Nogueira de Castilho reconhece as múltiplas dimensões do ser humano e a peculiaridade do desenvolvimento das crianças e adolescentes formadores de sua clientela. Agradecemos a todos pela oportunidade e as famílias pelo apoio. Até a próxima! Professor Rogério Honório.

.....................................................

Mural de Recados Que Deus nos ilumine e nos ajude a fazermos um jornal excelente, que nosso jornal fale sobre esporte, saúde, educação, agricultura e vários outros assuntos que sejam interessantes e que todo mundo fique curioso para ler. Que Deus nos abençoe a cada passo e descoberta de novas coisas. Thaís Cristina Félixda Silva - 6º 3 V. Espero que nós escrevamos um ótimo jornal, com diversos assuntos, diversão e alegria e que todo mundo possa ler e gostar. E que nós façamos muitos amigos no Jornal. Natália Apª Silva Pereira - 7º 2 M.

.....................................................

Seção Saúde e Bem Estar Álcool - A droga mais velha da humanidade

Desenho de Samuel Ximenes S. Silva- 8º 1 M

E

m geral, os homens são mais resistentes à bebida que as mulheres, porque tem mais água no corpo, o que dilui o álcool. Além disso, produzem em maior quantidade uma enzima que quebra suas moléculas. Com 1 ou 2 doses, a inibição vai desaparecendo. Acontece uma mudança de estado de espírito: aquele problema aparentemente insolúvel já não parece tão terrível assim. Fica-se auto confiante. Depois de 3 doses, diminui a coordenação motora do indivíduo que chega a derrubar o

3

copo. A essa altura, ele perde um pouco da capacidade de julgamento – isto é, de distinguir o certo do errado. Pela lei brasileira, quem tomou 3 doses, não pode mais dirigir. O máximo permitido é 0,6 gramas de álcool por litro de sangue. Isso equivale a 2 copos de uísque. O papo que estava bom já fica difícil após 4 doses. Isso acontece porque o cérebro tem dificuldades para funcionar. Essa quantia afronta não só o raciocínio como também causa restrições sociais. A hora de parar já passou. Com 5 a 6 doses, o álcool causa danos à capacidade motora. Andar torna-se uma tarefa difícil e penosa. As emoções ficam exageradas chora-se por uma bobagem ou morre-se de rir por uma piada sem graça. Com 7 a 8 doses, o indivíduo começa a fazer força para conversar, mas a fala sai arrastada. Para piorar, a vista fica embaçada. A coordenação motora e a capacidade de raciocínio são prejudicadas. Quem chegar a 9 ou 10 doses passa a ver tudo dobrado. De pé, lembra um bebê que está aprendendo a andar. Tarefas simples como amarrar os sapatos ou assinar o cheque da conta é praticamente impossível. Perigo de explosões emocionais, como chamar um bruta-montes para uma briga. A partir de 11 doses, ocorre a perda total das inibições. É quando o bêbado fica "folgado". Em alguns casos, ele não entende o que se passa à sua volta. Se passar de 15 doses, pode entrar em estado de choque. Com mais de 25, a parte do cérebro responsável pela respiração ameaça falhar. Perigo de morte. Izabel de Fátima R. Pereira - 6º 1 M. Pedro Henrique S. Braga - 8º 2 M.

Alcoolismo

Á

lcool, vício que te domina, toma conta do seu corpo, de você. Você quer álcool toda hora e acha que não faz mal beber. “Mete a cara”, usa todo seu dinheiro, vende tudo o que tem para poder comprar mais álcool. Até que venham os resultados no seu corpo. E na cama do hospital, no fim da sua vida, você pensa: O que fiz da minha vida! E vê que gastou-a toda com o álcool.

Agora, morrendo, você se arrepende. Agora é tarde. Então, você que ingere o álcool, se arrependa enquanto ainda há tempo. Rafael Jacinto dos Santos - 7° 1 M.

.....................................................

Bullying

Desenho de Vinícius Nunes Bertoldo - 6º 1 V.

Bullying é um termo da língua inglesa que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais, virtuais (cyberbullying) ou físicas, intencionais e repetitivas que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa. Causando dor e angústia, pois ela não têm a possibilidade ou capacidade de se defender. É realizado dentro de uma relação de força ou poder. A maioria das pessoas confundem o bullying, simplesmente como atribuição de apelidos pejorativos às pessoas, associando a prática exclusivamente com o contexto escolar. Mas o bullying, ou cyberbullying (virtual) é toda a intimidação e humilhação feitas às pessoas. Chega de Bulliyng, Não Fique Calado! Victor Daniel Silva - 6º 1 V. Vinícius Nunes Bertoldo - 6º 1 V.

.............................................. Obesidade na Adolescência

A

obesidade é quando uma pessoa está acima do peso. Para evitarmos a obesidade temos que comer saladas, frutas, verduras e também praticar exercícios físicos para manter o corpo e a vida saudáveis. Segue um conselho: não ficar muito(a) nervoso(a) pois contribui para a má alimentação. Temos que comer bem para que o nosso corpo seja amigo da balança. Um dos moti-


Jornal Vida Escolar – www.jornalcarmemcelina.blogspot.com

4 vos que influencia na obesidade: as saídas com os amigos para comer hamburguer, tomar milk shake, comer batata frita e tomar refrigerante, estes são os vilões, pois são muito gostosos e são também os piores inimigos porque fazem engordar cada vez mais. Se adquirirmos e mantermos estes hábitos, na fase adulta ficará mais difícil de emagrecer. Além de causar doenças cardiovasculares e a má formação dos ossos entre outras. Vamos manter nosso corpo em forma! Natyely dos Santos Lima - 8°1 M. ..........................................................

Fé no Divino Pai Eterno

Vale a pena começar namorar muito cedo?

O

namoro muito cedo tem suas consequências positivas e negativas. Mas na maioria das vezes os jovens são inconsequentes. Uma das consequências negativas é a doença do beijo, seu nome científico é Mononucleose. Não é de se estranhar, portanto, que apesar da baixa infectividade, em alguns países mais de 90% da população adulta já tenha sido contaminada com a Mononucleose. A consequência positiva do namoro é desde já saber que namoros são difíceis, mas o namoro pode elevar a autoestima do jovem. ''Amei para entendê-las pois só quem ama pode ter ouvidos capazes de ouvir e entender as estrelas.'' “Para tudo há uma ocasião e um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar...”.(Eclesiastes 3.1-2) Percebemos que os jovens podem namorar, mas devem ter responsabilidade, discernimento e saber a hora de tudo.

Minha mãe tem muita fé no Divino Pai Eterno. Ela trabalhava de contrato e no último concurso que ela fez, ela disse que colocou nas mãos do Divino Pai Eterno e pediu que se conseguisse passar, ela iria lá em Trindade - GO agradecer ao Divino Pai Eterno de perto. E graças a Ele ela conseguiu Diovany Davi Rosa - 7º 2 V. efetivar. Juliana Pereira Silva - 7º 1 V. Natália dos Reis S. Araújo - 6º 1 V. Luana Abadia Batista - 7º 1 V.

.....................................................

HISTÓRIA DE VIDA

crescerem seu rendimento escolar pode ser bem menor que de uma criança que teve o tempo de brincar e de ser livre. Mas infelizmente essa é a dura realidade de algumas famílias que vivem em condições sub-humanas, suas crianças começam a trabalhar logo pequenas e não tem a sua liberdade, não por seus pais serem severos, mas sim, por eles necessitarem de uma pequena renda a mais para sua própria sobrevivência. No Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), diz que toda criança tem direito ao lazer. Mas não vejo isto acontecendo, pois apesar de minha cidade ser pequena não há área de lazer para as crianças, como escorregadores, balanços, etc. Já tivemos, porém algumas pessoas destruíram, eu acho que deveria haver conscientização de ambas as partes, pois não adianta conscientizar apenas o governo da necessidade de construir novos parques, mas também tem que haver a conscientização destes vândalos para não destruir o patrimônio publico. Brena Roberta Alves - 8º 1 M.

A influência da mídia na vida dos jovens

Trabalho Infantil

M

inha mãe estava com dor na coluna e que passou u sou contra o trabalho para o joelho. Uma infantil, acho que as semana antes de seu casamento ela crianças têm que brincar, pediu que Nossa Senhora da Abadia pois ao brincar a criança aprende lhe ajudasse, ela melhorou e em julho muito mais. Se elas trabalharem em ela foi para Andrequicé a pé. vez de estudar quando elas Flávia Nunes Fonseca - 6º 1 V.

E

A

televisão não é um veículo de comunicação nocivo, mas dependendo dos programas, podem interferir na formação da criança e do adolescente. Os jovens estão deixando de lado a chance de poder brincar com outras crianças para assistir TV e com isso, às vezes podem se tornar obesos, menos inteligentes e


Jornal Vida Escolar – 30 de setembro de 2013

até mesmo violentos. Alguns adultos também não se preocupam com o que as crianças assistem e se comunicam pela internet (redes sociais). A realidade mostra casos em que crianças marcam encontros com pessoas desconhecidas. A mídia também pode modificar o estilo físico, fazendo com se torne uma pessoa de acordo com as leis da sociedade: magras, com padrões fora do normal e desenvolver um consumismo exagerado, com prioridade de marcas mais conhecidas. Em geral a mídia proporciona músicas com letras fáceis, para que sejam rapidamente “decoradas” pelas pessoas e rapidamente esquecidas também, para que o mercado midiático continue constantemente lucrando com a venda de seus produtos. Com isso a população fica acostumada com o simples, com o que não é necessário refletir. Existem também aspectos bons em relação a mídia, por exemplo as notícias que se passam no mundo todo, assim podemos ficar informados, podemos nos comunicar com parentes, ou amigos que estão longe, facilitando até as compras, sem precisar sair de casa. As mídias podem viciar, portanto procure esquecer um pouco das tecnologias e procure meios em que se possa estar junto à natureza e se sentir melhor. Patrícia de Cássia Silvério - 8º 1 V. Vanessa Machado Araújo -7º 1 V. Recado de alerta referente aos gráficos do PROEB e PROALFA Eu penso que os alunos deveriam se responsabilizar e se dedicar mais aos estudos, pois conforme os gráficos, o nível de acertos dos alunos está diminuindo muito com o passar dos anos, principalmente em Matemática e Português. Samuel Ximenes Sousa e Silva – 8° 1 M. (Veja os gráficos na página: jornalcarmemcelina.blogspot.com link: Atividades para os Alunos)

.........................................................

CARTAS DE REIVINDICAÇÕES: REFERENTES À DESERTIFICAÇÃO

Presidente Olegário, 17/09/2013. Aos senhores governantes da nação: Mediante esta devo-lhes relatar que

muitas regiões do país estão sofrendo com a desertificação. Ela está causando danos materiais e financeiros às cidades e povoados deste país “democrático”. Não sendo só uma região, está afetando todo o território. Para os senhores, que são intelectuais, sabem que a desertificação causa fome, extinção de alguns animais, não permite a vida da flora, causa falta de moradia, prejudica a infraestrutura nas cidades pelo êxodo rural. Causando danos à vida e ao patrimônio dos lugares. Então eu recomendaria, se eu estivesse em seus lugares, procedendo V. Excelência, a criação de planos e projetos que, mediante causa aqui solicitada, sendo aprovada no Senado, iria agradar a todos. Planos que manifestam todo o meu cuidado e carinho aos eleitores de regiões como: noroeste mineiro, norte do nordeste (sertão nordestino) e alguns focos no centro-oeste e sul. Estes problemas causam impotência, desestímulo e más condições de vida às pessoas que ali residem. “A turma da Oficina do Jornal Vida Escolar Matutino, com o texto de: Luana Abadia Batista - 7° 1 M. ”. ........................................................... Presidente Olegário, 18/09/2013.

5

tamos pedindo mudanças em nosso país. Por causa da sua despreocupação com o meio ambiente, estão desmatando as florestas, estão jogando poluentes nas águas, estão acabando com a fauna, a flora e algumas espécies já estão entrando em extinção. Por isso, comunico que nosso país merece ter melhorias pois poderá ficar desertificado, sem árvores e sem animais, no solo só haverá rachaduras. Aguardo mudanças. Obrigado! A turma do J.V.E Vespertino, com o texto de: Bianca C. Fernandes 7º 3 M.e Leidiana Tomaz Pereira 5º B M

A vida na seca

“No Noroeste de Minas Gerais, a seca vive assombrando o povo. Os repórteres Mateus Parreiras e Beto Novaes andaram percorrendo cerca de 3.000 km nesta região, eles contam que o desmatamento e a agropecuária desordenada influenciaram no clima, diminuiram as chuvas e secaram a terra. Eles contam que 180 mil hectares estão virando deserto.” Enquanto na maioria das cidades o povo desperdiça água que tanto faz falta em alguns lugares, água, essencial para a vida. Fonte: Jornal Estado de Minas, 15 de setembro de 2013. Nós alunos da Escola Municipal Carolaine Fernandes Santana -8º1 V. Professora Carmem Celina Nogueira Emanuele Silva Ribeiro -7º 1 V. de Castilho, integrantes do Jornal Vida Escolar, pedimos aos senhores goverA Desertificação nantes que façam o melhor para o A desertificação é um problema meio ambiente, porque ele está cada ambiental que causa danos às matas, dia mais ruim, com muita destruição, aos animais e a perda gradual da desmatamento. Pedimos mais fiscalização, mais proteções aos rios, capacidade produtiva da terra. Uma lagos, nascentes, e que as autoridades das causas é o desmatamento, o que se importem mais com o assunto, pois desencadeia a erosão, que destrói os depois de acabado ou destruído não solos e provoca o assoreamento de tem mais recurso, pode até ter, mas cursos d´água e reservatórios. Por isso demora muito tempo para refazer uma eu peço, vamos nos conscientizar e floresta ou uma mata. Então senhores conservar o nosso planeta. governantes, vamos dar valor enquan- Pedro Henrique S. Braga - 8º 2 M. to temos tempo e chance, pois seus Walyfer Júnior dos Santos -7º 3 M. netos também serão parte das futuras gerações. “A turma da Oficina do Jornal Vida Escolar Vespertino, com o texto de: Kássia Rodrigues Caldas - 8º 1 M”. .......................................................... Presidente Olegário, 18/09/2013. Sra. Dilma, Nós alunos da Escola Carmem Celina, integrantes do Jornal Vida Escolar, es-

Slogans sobre a Desertificação:


6

J. Vida Escolar – www.jornalcarmemcelina.blogspot.com

“Desertificação! Problema para tudo e para todos.” “Todos trabalhando juntos contra a seca!” “Para mudar temos que fazer a diferença! Faça sua parte!” “Desertificação: Vamos mudar a forma de viver?” Carolaine Fernandes Santana- 8º1 V. Emanuele Silva Ribeiro -7º 1 V.

Você sabia que: O ciclo da água passa pelos seguintes processos: evaporação, ebulição, solidificação, liquefação ou condensação, fusão e sublimação. Se você não sabe, os seres humanos também fazem parte do ciclo da água pelas seguintes ações do nosso corpo: pelo suor, respiração, urina, etc...A água boa para se beber é a água potável, e tem a água que é usada para fabricação de remédios, etc... Ela é contida por meio de um aparelho chamado destilador. A maior parte da água do planeta, é salgada e está em mares e oceanos. A maior parte da água doce do planeta está concentrado em geleiras, e não dá para bebê-la. Por isso devemos nos conscientizar de que a água doce e potável tem limite e algum dia ela vai acabar. Temos que fazer de tudo para mudar esse destino ruim e fatal para todos.

Viajar para a Prata Beber leite com nata Comer batata Brincar com os animais Falar demais Brincar cada vez mais. Ir pra escola Reciclar sacola E tocar viola Olhar para o céu Ter uma amizade com gosto de mel Conhecer a Torre Eifell.

Ver João de Barro fazendo seu ninho Ser livre como um “passarin” Terminar os versinhos assim. Poesia em conjunto: J.V.E. Vespertino

Mensagens aos Professores

Obrigado(a) professor! Por ter em mente que um dia serei gente. Pelas broncas que me deu, pois sem elas não poderia chegar até aqui. Por até hoje me aturar, apesar das minhas travessuras, jamais deixou de me ensinar. Por entrar em meu caminho, sempre me tratou com amor e muito carinho. Obrigado(a) por sempre me ensinar, por isso e outras coisas sempre irei te amar. Suelen Cristina Alves - 7º 2 V. Flávia Nunes Fonseca - 6º 1 V. Natália dos Reis S. Araújo - 6º 1 V.

Aniversariantes do 1º Semestre A alegria brilha nos olhos de quem sabe curtir a emoção de simplesmente viver. Viva com disposição e entusiasMaria Raquel Silva Liberato 6º 1 M. mo, fazendo o que gosta e realizando seus sonhos. Felicidades a todos! Natalia Apª Silva Pereira 8º4 M. Diovany Davi Rosa – 7º 2 V. Juliana Pereira da Silva – 7º 1 V.

Duas dúzias de versos que deixam a Turma do Jornal Vida Escolar feliz Cuidar de flor Abraço com amor Sentir o calor do seu amor Brisa do amanhecer Que me faz te conhecer Com alegria de viver Ter uma amiga de verdade Uma amizade com sinceridade E tratá-la com dignidade

JANEIRO DIA Rogério Honório 07 Lázara Maria de Amorim 13 Carla Andressa V. Pereira 19 Silene de Deus Godinho 16 Elida da Consolação Marra 25 FEVEREIRO DIA Lusadir Honorio Rezende 02 Vanusa Viana N. Godinho 04 Keila Abadia de O. Alves 13 Eliane Lopes da Silva 16 Maria Rita da Fonseca 24 MARÇO DIA Margaret R. Santos Silva 01

Vanilda Helena G. Pereira 05 Valeria R.Braga Fernandes 06 Márcia C. Araújo 09 Maria Helena de O. Lima 17 Marco Aurélio Mendes 21 Maria Helena Felisberto 25 Maria Isabel Braga 29 ABRIL DIA Leticia Expedita da Silva 03 Vera Lucia Teles 22 Elisangela Soraya Pinheiro24 Anair Aparecida de Melo 26 Vanda Apª Evangelista 28 MAIO DIA José Jacinto Sobrinho 06 Cilese Dias P. Mendes 13 Maria do Carmo Silva 20 Nadir Rosalina B.L. Alves 20 Flavio Henrique Barbosa 22 Jane Aparecida R.Ribeiro 22 Silvia de Cássia Braga 22 JUNHO DIA Marta da Cunha e Silva 04 JULHO DIA Giselda da Silva R. Costa 12 Luciana Maria Luiz 13 Sueli de Deus Gonçalves 15 Elza Luzia Pereira 19 Ana Amália dos Santos 21 Iêda Inês P. Pinheiro 27 Madalena de Lima 30

Vende-se: 01 bicicleta feminina cor de rosa c/ garupa traseira infantil R$130,00 - 01 colchão de solteiro de taba, usado – R$50,00 - 01 roupa de Coroinha completa seminova - R$ 80,00. Andréia – Cel: 9662-2623 Vende-se pizzas e sanduíches - Cel: 9979-7872 – Eleusa Eryka Aulas de violão para iniciantes. Interessados tratar à Rua Guilhermina Moreira, 1586 – Cel: 9999-3565 – Marcino e Guilherme. Vende-se 01 casa em Andrequicé, Tratar c/Evanir – Cel. 9969-9752. EXPEDIENTE Publicação bimestral - Tiragem: 1000 cópias Direção: Maria Helena de Oliveira Lima Diagramação/Produção: Vanusa Viana N. Godinho Coord. P. Mais Edução/Revisão: Rogério Honório Endereço da Escola: R. Guilhermina Moreira, 1533 B. Planalto - Presidente Olegário/MG CEP 38750-000 - Fone: (34) 3811 1653 E-mail da Escola: carmemcelina@gmail.com blog do jornal www.jornalcarmemcelina.blogspot.com Todo o conteúdo deste jornal é de responsabilidade das pessoas que aqui constam e dos alunos que assinam os textos publicados.


Jornal Vida Escolar – 30 de setembro de 2013

7

Desenho de Laura Nunes Gonçalves 5º A V. Prof.ª Vanilda Helena

Formatura do PROERD.Alunos dos 5ºs anos, apoiados pela Cabo Eni. Foram premiadas redações dos alunos expressando a compreensão da resistência ao uso de drogas.

Em 13/09/13 os alunos visitaram o quartel do Corpo de Bombeiros. Conheceram o trabalho destes profissionais, veículos e técnicas de salvamento, a partir dos primeiros socorros. Agradecemos a parceria da Fazenda Catuaí que proporcionou essa visita.

Desenho da Logomarca Vencedora: Prêmio de R$ 30,00 para Renata Apª. Reis Teixeira - 5º A M. Parabéns pela criatividade! Parabenizo e agradeço a Direção da Escola e principalmente a todos os alunos que participaram das Oficinas pela criatividade, empenho, dedicação e por fazer a diferença, aceitando mais este grande desafio. Desenvolveram diversos gêneros textuais: texto de informação, artigo de opinião, mensagem, narrativa, história de vida, além de desenhos e muito mais, conforme visto nesta edição. Os alunos que não tiveram seus textos publicados aqui, não fiquem tristes, porque todos os demais textos serão publicados no blog do Jornal: www.jornalcarmemcelina.blogspot.com. Acessem e vejam o belo trabalho dos alunos da Oficina do Jornal Vida Escolar. Até a próxima edição! Prof.ª Vanusa Viana

Agradecemos a presença e o compromisso das famílias, no DIA D, 27/08/13, onde contamos com a presença de 96% dos pais e ou responsáveis pelos alunos. A Direção.

Dias 06 e 07/07/13 recebemos a comunidade para prestigiar a 28ª Edição da Festa Cultural. Sábado: Animado baile com 2 ambientes. Domingo: Tarde Julina, diversão com apresentações musicais e dança típica. Renda: R$ 17.624,61 (serão investidos em melhorias na escola). A Direção da escola agradece a todos.


8

J. Vida Escolar – www.jornalcarmemcelina.blogspot.com


Jornal Vida Escolar 1ª edição