Page 1

Revista

Carnaval Ano II n Edição nº 15 n Janeiro / 2013

Revelação

A nova fera da folia

Sonhos diferentes na mesma Avenida Carnaval de rua em toda a cidade Os nomes por trás das notas

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 1


EDITORIAL

AGENDA DO CARNAVAL

(Grupo Especial e Grupos de Acesso do Rio de Janeiro) Grupo Especial Passarela do Samba Domingo – 10/02 n Inocentes de Belford Roxo n Salgueiro n Unidos da Tijuca n União da Ilha do Governador n Mocidade Independente de Padre Miguel n Portela Passarela do Samba Segunda – 11/02 n São Clemente n Mangueira n Beija-Flor n Acadêmicos do Grande Rio n Imperatriz Leopoldinense n Unidos de Vila Isabel Série A Passarela do Samba Sexta-feira – 08/02 n Unidos do Jacarezinho n Unidos do Porto da Pedra n Acadêmicos de Santa Cruz n Unidos de Vila Santa Tereza n União do Parque Curicica n Estácio de Sá n Alegria da Zona Sul n Acadêmicos da Rocinha n Unidos do Viradouro Passarela do Samba Sábado – 09/02 n União de Jacarepaguá n Paraíso do Tuiuti n Tradição n Império Serrano n Acadêmicos do Cubango n Sereno de Campo Grande n Império da Tijuca n Caprichosos de Pilares n Unidos de Padre Miguel n Renascer de Jacarepaguá

* Sobe de grupo. ** Rebaixada de grupo.

Grupo B Estrada Intendente Magalhães Domingo – 10/02 n Unidos de Lucas n Império da Praça Seca n Rosa de Ouro n Arranco n Em Cima da Hora n Difícil é o Nome n Unidos de Villa Rica n Boi da Ilha do Governador n Favo de Acari n Moc. de Vic. de Carvalho n Unidos da Vila Kennedy n Unidos da Ponte n Acad. do Sossego Grupo C Estrada Intendente Magalhães Segunda-feira – 11/02 n Cor. Unidos do Amarelinho n Lins Imperial n Boca de Siri n Acad. da Abolição n Acadêmicos do Dendê n Indep. de São João de Meriti n Moc. Unida da Cidade de Deus n Arrastão de Cascadura n Acad. do Engenho da Rainha n Unidos do Cabuçu n Gato de Bonsucesso n Acad. de Vigário Geral Grupo D Estrada Intendente Magalhães Terça – 12/02 n Canários das Laranjeiras n Moc. Ind. de Inhaúma n Matriz de São Joao de Meriti n Unidos de Manguinhos n Flor da Mina do Andarai n Arame de Ricardo n Vizinha Faladeira n Chatuba de Mesquita n Leão de Nova Iguaçu n Tradição Barriense de Mesquita n Unidos de Cosmos n Moc. Unida do Santa Marta n Unidos do Anil

Bate coração

O

coração bate cada vez mais acelerado. A proximidade da grande festa aumenta a tensão, e a expectativa sobre o que acontecerá na Sapucaí aumenta a cada dia. Torcedores, componentes, dirigentes e profissionais do Carnaval não conseguem ficar imune à reta final da folia. REVISTA CARNAVAL está no mesmo embalo e continua mostrando os últimos instantes da preparação para as apresentações no Sambódromo. Nossa próxima edição será a grande festa. Tudo será revelado. Uma face até então oculta estará às claras. Junior Pernambucano veio de Goiana, deu expediente em Três Rios e agora mostrará seu talento na Império da Tijuca. Sua trajetória está nas próximas páginas. É mais uma fera do Carnaval surgindo. Craques, aliás, é o que não faltam na folia. Alguns merecem inclusive estar em uma espécie de Olimpo do samba, como Nelson Sargento, agora presidente de honra da Mangueira. Outros, mesmo que anônimos, são dignos de todos os aplausos, como os passistas, lembrados em uma data especialmente criada para aqueles que mantêm a tradição da dança. A eternidade da arte, aliás, é um fator que sentimos todas as vezes que as escolas mirins cruzam a Sapucaí. Este ano não será diferente, e a garotada que não garantiu vaga ainda pode desfilar. As crianças também serão lembradas muitas vezes nos grupos que desfilam na Estrada Intendente Magalhães. São muitos os temas infantis. Enquanto aguardamos a festa, vale curtir o que preparamos para esta edição. Boa leitura! Revista

Carnaval

EXPEDIENTE

A Revista Carnaval é uma Publicação Portifolyo Produções Rua Garcia Redondo, 30, Cachambi, Rio de Janeiro-RJ. Tel.: 9835-1828 Editor: David Júnior. Diretor Executivo: Otávio Sobrinho.

Direção Comercial: Ego Mídia & Marketing. Email: revistacarnaval@revistacarnaval.com.br. www.revistacarnaval.com.br. Foto de capa: Cris Gomes. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

Janeiroo / 2013

SUMÁRIO REVELAÇÃO Pernambucano carioca POVÃO Blocos, coretos e foliões CULTURA Dia do Passista ESPECIAL Nelson Sargento ESPECIAL Corpo de jurados ESPECIAL De Belém a Ramos ESPECIAL Público presente SÉRIE A Ricas e pobres SÉRIE A Tigre e CD SÉRIE A Novidades na Serrinha INESQUECÍVEL O Domingo da Ilha ACESSO Mundo infantil CRIANÇAS Vagas para a garotada HOMENAGEM Mestre Marcone SAMPA Apuração fechada

4 9

12 13 14 15 16 18 22 24 25 26 27 28 30

Revista Carnaval l 3


TALENTO

TALENTO

Junior Pernambucano

A novidade do Carnaval 2013

Foto: Cris Gomes.

O carnavalesco da Império da Tijuca saiu de Goiana, no interior de Pernambuco, para tentar fazer história na Sapucaí. Depois de uma carreira brilhante em Três Rios, Junior Pernambucano tem sua primeira chance no Rio de Janeiro.

4 l Revista Carnaval

Janeiro / 2013

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 5


Foto: Cris Gomes.

TALENTO

A sinopse e os primeiros desenhos conquistaram a direção da Império da Tijuca. n

Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução / Facebook.

Ele conquistou a confiança da diretoria e dos componentes da verde e branco. n

V

em de Goiana, a 80km de Recife, a novidade do Carnaval carioca 2013. Junior Pernambucano é o carnavalesco da Império da Tijuca e, em meio a incertezas, conquistou a confiança da diretoria e dos

Integração com a comunidade. O carnavalesco é só alegria na Feijoada de São Jorge.

6 l Revista Carnaval

componentes da verde e branco da Formiga. O público, ele espera arrebatar no dia 9 de fevereiro, quando a agremiação passará na Sapucaí com o enredo Negra, Pérola Mulher. O mundo das escolas de samba, porém, não é nenhuma novidade para Junior Pernambucano. Ele nasceu dentro de um barracão. Seu pai, Aércio Alves Aires, é carnavalesco da Bambas do Ritmo, agremiação de Goiana, há 35 anos. Sua infância e juventude passou em meio a ferragens, madeira, tecidos, isopor e lantejoulas. O fascínio pelos desfiles da Cidade Maravilhosa foi uma questão de tempo, bem como o desejo de um dia assinar um enredo no templo do Carnaval: o Sambódromo do Rio de Janeiro. Na terra do samba, Junior Pernambucano chegou com Janeiro / 2013

a esperança de trabalhar na equipe de Joãosinho 30 em 2000, depois de um contato com a assessoria do então carnavalesco da Unidos do Viradouro. Mas não rolou, e o artista de Pernambuco permaneceu no Rio de Janeiro, onde constituiu família e conheceu o amigo que o levou para Três Rios. A cidade fluminense se rendeu ao talento de Junior Pernambucano. Na Bom das Bocas, escola de samba local, ele faturou os últimos seis carnavais e mereceu a indicação de Mestre Capoeira, que comanda os ritmistas da Império da Tijuca e da agremiação de Três Rios. O regente, além de ser ótimo de ouvido, mostrou ser bom também com a visão. Junior Pernambucano foi apresentado ao presidente da verde e branco tijucana, Antônio Marcos Teles, o Tê. Começou, então, o processo de conquista da Império da Tijuca. As primeiras ideias,

a elaboração da sinopse e os figurinos aumentaram a boa impressão do artista na direção da agremiação. O início dos trabalhos no barracão confirmou o aparecimento de um novo talento. Os componentes acompanharam os primeiros momentos e também se renderam ao filho de Goiana. O carnavalesco, porém, conta que não houve grande resistência da comunidade da Formiga ao seu nome. “Os componente da Império

TALENTO

A cidade de Très Rios se rendeu ao talento de Junior Pernambucano.

Foto: Cris Gomes.

Junior Pernambucano praticamente nasceu em um barracão de escola de samba. Seu pai é carnavalesco em Goiana. n

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 7


TALENTO

Em poucos dias, o Carnaval carioca poderá conhecer o trabalho da sua novidade de 2013.

da Tijuca confiam muito no Tê. A partir do momento que ele me contratou, me abraçaram junto. Depois foi só trabalhar para tudo evoluir naturalmente.” Segundo Junior Pernambucano, a expectativa para o Carnaval é excelente. “Vamos buscar o título.” O carnavalesco não vê muitas diferenças quanto aos desfiles de Três Rios, onde continua dando expediente também. “Diferem as proporções, o tamanho, o volume. Os materiais utilizados são os mesmos. Barracão é igual em qualquer lugar.” O acabamento e o requinte, segundo Junior Pernambucano, são fatores

que podem definir o seu trabalho. “Sou mesmo muito chato nisto.” Ele destaca dois craques do Carnaval como artistas que admira. “Gosto do trabalho impecável de Renato Lage e do tecido de Rosa Magalhães.” Em poucos dias, o Carnaval carioca poderá conhecer o talento da sua novidade de 2013. Depois de sair de Goiana para estar nas arquibancadas do Sambódromo em 1988, 1991 e 1997 e, já como morador da cidade, acompanhar de perto os desfiles a partir de 2000, Junior Pernambucano terá finalmente a oportunidade de apresentar seu trabalho ao Rio de Janeiro.

Foto: Cris Gomes.

n

8 l Revista Carnaval

Junior Pernambucano é exigente com o acabamento das alegorias e fantasias.

Janeiro / 2013

Fotos: Divulgação / Riotur / Fernando Maia.

POVÃO

Carnaval de rua com mais blocos

A

Riotur divulgou a relação dos blocos e bandas de Carnaval autorizados a desfilar em 2013. Dos 583 inscritos, 492 receberam a aprovação oficial. A cidade terá 67 grupos carnavalescos a mais que no ano passado, um aumento de 15,76%. O maior número 148 passará pelas ruas da Zona Sul, a região, porém, teve um crescimento de apenas 2,07%. O Carnaval de rua da Zona Norte ficará ainda mais intenso. A região apresentou o maior aumento no número de blocos e bandas autorizadas a desfilar, subindo de 63 para 91, 44,44%. A Zona Sul contará com a passagem de 148 grupos carnavalescos em 2013; a Barra da Tijuca, 47; a Zona Oeste, 37; a Ilha do Governador, 25; o Centro, 87; e a Grande Tijuca, 57. A análise das inscrições foi feita em conjunto pela Riotur, Guarda Municipal, Subprefei-

Janeiroo / 2013

turas, CET Rio e Comlurb. Os responsáveis pela avaliação consideraram, especialmente, o número estimado de componentes e a capacidade de cada bairro, como explicou o Secretário Especial de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello. “Tivemos que cortar e remanejar alguns blocos, devido a um grande número de obras na cidade, notadamente no Leblon. Foi um longo período de conversas com os organizadores de forma a acomodar os blocos em outros locais para este carnaval.” Antonio Pedro ressaltou que a campanha contra o xixi em locais públicos continuará. O secretário acredita que a folia de 2013 será ainda melhor que a dos anos anteriores. “Temos a certeza e o orgulho de dizer que o Carnaval de Rua carioca está cada vez melhor, a cada ano oferecendo mais infraestrutura e satisfazendo moradores e foliões.”

A cidade terá 492 blocos e bandas. A Zona Norte apresentou o maior crescimento.

Revista Carnaval l 9


O

Fotos: Divulgação / Riotur / Marina Herriges.

O objetivo da Prefeitura é estimular a população da cidade a brincar o Carnaval próximo às suas residências.

Riotur abre concurso de coretos

tradicionalíssimo Concurso de Coretos da Riotur está com as suas inscrições abertas até o dia 25 de janeiro. A disputa, iniciada em 1972, premia a unidade mais bonita e criativa da cidade com R$ 8 mil, cabendo R$ 6 mil ao segundo lugar e R$ 4 mil ao terceiro. O vencedor será conhecido no dia 14 de fevereiro. Representados por uma comissão formada de, no mínimo, cinco componentes, os moradores devem entregar à Riotur ficha de inscrição devidamente preenchida; planta ou croqui do local onde será instalado o coreto; croqui ou desenho do projeto; documento de aprovação emitido pela Subprefeitura da área; cópias

da carteira de identidade, CPF, número do PIS, PASEP ou INSS do representante do grupo; e declaração de que os integrantes não são servidores públicos municipais, nem ocupantes de cargo na estrutura do município do Rio de Janeiro. O objetivo da Prefeitura é estimular a população da cidade a brincar o Carnaval próximo às suas residências, já que os coretos deverão estar em atividade entre 9 e 12 de fevereiro, de 20h às 2h. Uma comissão julgadora da Riotur visitará as unidades e concederá notas de cinco a 10 para os quesitos criatividade, funcionalidade, conjunto e organização. A inscrição é feita na sede da Riotur, na Praça Pio X, 119, 12º andar, de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 17h. Os encargos de montagem, desmontagem e demais tarefas relativas à funcionalidade dos coretos, além da obediência às normas de segurança, ficarão a cargo de cada comissão de moradores. Coreto Joãosinho Trinta - O Rei da Sapucaí, homenagem de Magalhães Bastos ao carnavalesco, em 2012. n

10 l Revista Carnaval

Janeiro / 2013

Fotos: Divulgação / Riotur / Marina Herriges.

POVÃO

POVÃO

A disputa criativa do Folião Original

U

ma das mais descontraídas disputas do Carnaval está confirmada pela Riotur em 2013. O concurso de Folião Original acontecerá nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, os três dias da festa de Momo, na Cinelândia. O evento terá inscrições gratuitas e será realizado entre 13h e 16h, em frente à Câmara dos Vereadores da Cidade do Rio de Janeiro. Crianças e adultos poderão participar da 37ª edição do concurso Folião Original, basta apresentar-se fantasiado à comissão julgadora, que será composta por quatro pessoas indicadas pela Riotur. Depois de preencher a inscrição, o concorrente terá um minuto para se exibir para os avaliadores, que darão notas entre cinco e 10 para os quesitos animação, criatividade e espírito carnavalesco. Cinco categorias serão disputadas: individual infanto-juvenil, individual adulto, grupo de fantasias, grupo de clóvis

Janeiroo / 2013

sombrinha e grupo de clóvis bexiga. O resultado das disputas sairá tão logo termine a apresentação do último concorrente. O melhor folião infanto-juvenil ganhará um Playstation II. Já o segundo lugar será premiado com uma câmera digital, e o terceiro com um MP4. Os prêmios para os três primeiros lugares da categoria individual adulto são, respectivamente, R$ 1,1 mil, R$ 800 e R$ 600. Os grupos de fantasias vencedores receberão R$ 2 mil, o primeiro lugar; R$ 1,5 mil, o segundo; e R$ 1,3 mil, o terceiro. Os grupos de Clóvis Sombrinha serão premiados com R$ 2,3 mil, R$ 1,8 mil e R$1,6 mil e os de Clóvis Bexiga com R$ 2,6 mil, R$ 1,8 mil e R$ 1,6 mil. O regulamento completo do concurso pode ser retirado na Diretoria de Operações da Riotur, situada na Praça Pio X, 119, 12º andar, de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 17h.

Crianças e adultos poderão participar da 37ª edição do concurso.

Revista Carnaval l 11


Fotos: A. Pinto.

Merecidamente, Nelson Sargento substitui Delegado

CULTURA

ESPECIAL

A

Mangueira marcou um golaço. Nelson Sargento, de 88 anos, foi proclamado o novo presidente de honra da verde e rosa. O nome do compositor foi sugerido pela direção da escola e prontamente aceito e referendado pelos baluartes da Estação Primeira. Ele será parte de uma sequência de nomes grandiosos da agremiação no posto, começando por Juvenal Lopes e continuando com Carlos Cachaça, Jamelão, Roberto Paulino e Delegado, falecido em novembro. O encontro do presidente da Mangueira, Ivo Meirelles, com o grupo também serviu para aprovar dois novos integrantes do Conselho de Baluartes: o presidente da ala de

Estes talentos mágicos merecem sempre o aplauso de todos, seja na Avenida, nas quadras, nos palcos ou onde houver um batuque.

12 l Revista Carnaval

Q

uando eles passam, todos os olhares se voltam para uma única direção. Os pés habilidosos e o gingado sem igual fazem dos mantenedores da arte de sambar uma grande atração para o público, mas pouco valorizada no formato dos desfiles atuais. A cultura brasileira, porém, não pode deixar de exaltar estes defensores da arte. Por isso, é mais do que justa a comemoração do Dia do Passista, em 19 de janeiro. Embora os primeiro grupos de samba tenham surgido na década de 1920 e, consequentemente, aparecido os primeiros dançarinos do ritmo,

a data só foi institucionalizada na cidade do Rio de Janeiro no dia 10 de janeiro de 2007, pelo artigo 1º, da Lei 4.462. O documento incluiu o Dia do Passista no calendário Oficial do Município. Estes talentos mágicos merecem sempre o aplauso de todos, seja na Avenida, nas quadras, nos palcos ou onde houver um batuque. Muitos foram os grandes nomes da arte, sejam masculinos ou femininos. Craques que marcaram tempos onde seus espaços não eram podados nos desfiles. Eles, porém, se mantêm de pé, resistindo, como o próprio samba. Janeiro / 2013

A direção da Mangueira indicou e os baluartes referendaram Nelson Sargento como o novo presidente de honra da verde e rosa.

Fotos: Divulgação.

Palmas para o passista

compositores da verde e rosa, Rodemir Pereira, o Rody do Jacarezinho, e do coordenador da ala das baianas, José Alves de Oliveira, Seu Nego. Nelson Sargento chegou ao Morro da Mangueira em 1936, aos 12 anos, vindo do Morro do Salgueiro. Compositor, escritor e artista plástico, possui aproximadamente 400 músicas em seu repertório, entre elas o clássico Agoniza Mais Não Morre. Com Paulinho da Viola, Zé Keti, Élton Medeiros, Anescarzinho, José da Cruz e Jair do Cavaquinho, participou do conjunto A Voz do Morro. O novo presidente de honra da Estação Primeira compôs com expoentes do samba, como Cartola, Carlos Cachaça e Darcy da Mangueira.

Nelson Sargento (ao centro) é mais um grande nome da Mangueira a ocupar o posto. n

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 13


Fotos: Divulgação / Riotur / Thiago Maia.

ESPECIAL

Apenas duas pessoas e a responsabilidade de defender 30 pontos. n

Corpo de jurados tem apenas duas mudanças

A

Ricardo Rizzo voltou ao júri depois de 10 anos.

14 l Revista Carnaval

Liesa divulgou no dia 9 de janeiro a relação dos 40 jurados do Grupo Especial para o Carnaval 2013. A entidade investiu na experiência dos avaliadores. Há apenas duas mudanças em relação ao ano passado: Ricardo Rizzo, de Conjunto, que esteve no júri entre 1994 e 2002, e Patrícia Nunes, de Fantasias. Outros dois trocaram de quesito: Marcelo Guimarães, que

passa a analisar Alegorias e Adereços, ou invés de Fantasias, e Emil Ferreira, que fez o sentido inverso. No mesmo dia da divulgação dos nomes, começou o curso de capacitação dos jurados. Os quesitos terão quatro julgadores cada um. Eles receberão individualmente R$ 3 mil pelos dois dias de desfiles. Confira a relação dos dos analistas. Janeiro / 2013

n

Enredo Flávio Freire Xavier Johnny Soares Mariza Maline Pérsio Gomyde Brasil

Harmonia Célia Souto Nilton Rodrigues Sidnei Martins Dantas Simone Leitão

n

Conjunto Edileuza Batista de Aleluia João Vlamir Ricardo Rizzo Sulamita Trzcina

Evolução Carlos Pousa Luiz Eduardo Resende Salete Lisboa Sonia Gallo

n

Alegorias e Adereços Bruno Chateaubriand Helenise Guimarães Marcelo Marques Walber Ângelo de Freiras

Bateria Cláudio Luiz Matheus Leandro Osiris Sérgio Naidim Xande Figueiredo

n

Comissão de Frente Fabiana Valor Marcus Nery Magalhães Paulo César Morato Rafael David

Fantasias Clivia Cohen Emil Ferreira Paulo Paradela Patrícia Nunes

Samba-Enredo Alice Serrano Bruno Rodrigues Maria Amélia Martins Marta Macedo

n

n

n

ESPECIAL

n

n

Cada jurado receberá R$ 3 mil pelos dois dias de avaliação.

n

Mestre-Sala e Porta-Bandeira Áurea Hämmerli Beatriz Badejo Ilclemar Nunes Tito Canha

Fotos: Divulgação / Riotur / Raphael David.

Pequenos detalhes podem representar o 10 em Fantasias.

n

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 15


ESPECIAL

Fafá de Belém e de Ramos

A

Fotos: Divulgação.

Uma constelação paraense deverá estar no desfile da Imperatriz Leopoldinense.

Imperatriz Leopoldinense deverá contar com uma autêntica constelação paraense. Depois da rainha do tecnobrega Gaby Amarantos, que virá na sexta alegoria da escola e cantou o samba da verde, ouro e branco, ao lado de Dominguinhos do Estácio e

Fafá de Belém é uma das maiores representantes da cultura paraense. n

Ursos como bonecas

Ensaios com grande público

A

ensaiado, sempre com bom público, mas longe do alcançado por Mocidade e Ilha e, no final de semana posterior, por Inocentes de Belford Roxo, São Clemente e Imperatriz Leopoldinense, no dia 12, e Mangueira e Acadêmicos do Grande Rio, no dia 13, que levaram, aproximadamente, 55 mil pessoas ao Sambódromo. Os treinamentos prosseguirão até o dia 3 de fevereiro, com o teste de luz e som que será realizado pela Unidos da Tijuca.

Os treinamentos das escolas do Grupo Especial tem reunido um público superior a 40 mil pessoas por dia.

Uma estrela internacional na Sapucaí

De dois em dois A chegada do canário “importado” Agnaldo Amaral, que veio de São Paulo para robustecer o canto da verde e rosa, permitirá a Mangueira levar para a Avenida n Agnaldo Amaral. dois carros de som. A escola terá, então, em 2013 dois grupos de cantores, um para cada bateria, já que a Surdo Um estará na Sapucaí em dose dupla. Ele cantará com Luizito, e Zé Paulo Sierra com Ciganerey.

Janeiro / 2013

A festa do povo está sempre de braços abertos para receber as celebridades que desembarcam no Sambódromo durante os desfiles do Grupo Especial. Uma das presenças confirmadas na Sapucaí é a da atriz de Hollywood Megan Fox, eleita a mulher mais sexy do mundo pela revista FHM (For Him Magazine). A beldade virá ao Brasil pela primeira vez e verá as escolas de samba do camarote da Brahma. Megan Fox protagonizou Transformers e Garota Infernal e voltará às telas brasileiras em março, com a comédia Bem vindo aos 40. A atriz, de 26 anos, é casada com o ator Brian Austin Green, com quem tem um filho, o pequeno Noah, de apenas três meses. O Janeiroo / 2013

maridão ainda é uma incógnita na Sapucaí. A beldade, aliás, foi a primeira personalidade “morta” no Twitter em 2013. O boato se espalhou na rede no dia 3 de janeiro. Fotos: Divulgação / John Russo.

16 l Revista Carnaval

ESPECIAL

s escolas de samba do Grupo Especial começaram a realizar seus ensaios técnicos no dia 6 de janeiro. Na oportunidade, Mocidade Independente de Padre Miguel e União da Ilha do Governador passaram pela Sapucaí para delírio do público que lotou as arquibancadas. A estimativa é de que pelo menos 40 mil pessoas acompanharam os treinamentos da verde e branco e da tricolor. Até aquela data, apenas as escolas da Série A haviam

Fotos: Divulgação.

A famosérrima Ala dos Ursos deverá novamente ser um dos pontos altos do desfile da Unidos da Tijuca. Seus integrantes estarão fantasiados de boneca de corda, com direito a peruca loira. Eles passarão no setor infantil, que mostrará também outros brinquedos criados por alemães e obras da literatura daquele país voltadas para as crianças, como O Ladrão de Hotzenplotz, de Otfried Preussler, clássico que completou 50 anos em 2012 e já foi traduzido para mais de 30 idiomas.

Wander Pires, no lançamento do CD de 2013, agora outro grande nome do Pará confirmou presença no desfile de Ramos. Fafá de Belém exibirá seu largo sorriso durante a passagem da agremiação. Outros representantes do estado poderão pintar na Imperatriz Leopoldinense em 2013. A escola convidou, entre outros, os integrantes da Banda Calypso, o cantor Beto Barbosa e a atriz Dira Paes, a Lucimar da novela global Salve Jorge. O enredo da verde, ouro e branco de Ramos é Pará, o Muiraquitã do Brasil – Sob a Nudez Forte da Verdade, o Manto Diáfano da Fantasia, dos carnavalescos Cahê Rodrigues, Mário Monteiro e Kaká Monteiro.

Fotos: Divulgação / Riotur / Alexandre Macieira.

Revista Carnaval l 17


SÉRIE A

SÉRIE A A Acadêmicos do Cubango sonha com a primeira vez no Especial. n

Sonhos distintos de ricas e pobres

Fotos: Divulgação / Riotur / Alexandre Macieira.

18 l Revista Carnaval

Janeiro / 2013

A

s expressões prima rica e prima pobre sempre estiveram na moda da crônica carnavalesca. Este ano, cabe muito bem como um divisor entre as postulantes ao título da Série A. A junção dos Grupos de Acesso A e B colocou 19 escolas em um mesmo patamar, mas a realidade define muito bem os objetivos de cada uma no Carnaval 2013. Enquanto algumas gigantes da Sapucaí, querem retomar suas

Janeiroo / 2013

trajetórias de glórias, outras sonham não ser uma das três rebaixadas. Das 19 concorrentes da Série A, apenas cinco jamais figuraram na divisão principal. Juntas, as agremiações somam 11 títulos de campeã na elite, sendo que nove destas conquistas reluzem com o verde e branco do Império Serrano. A escola da Serrinha é um ícone do Carnaval carioca e quer voltar ao Grupo Especial depois de quatro anos.

Das dezenove concorrentes da Série A, apenas três jamais figuraram na divisão principal dos desfiles.

Revista Carnaval l 19


Fotos: Divulgação / Riotur / Raphael David.

Fotos: Divulgação / Riotur / Alexandre Macieira.

SÉRIE A

A Acadêmicos da Rocinha quer surpreender no Carnaval 2013. n

As outras vitoriosas na elite que disputarão a Série A em 2013 são Unidos do Viradouro e Estácio de Sá. A agremiação de Niterói vai para seu terceiro desfile longe do Grupo Especial e está sedenta pelo título. Já vermelho e branco do São Carlos tenta retomar seu caminho de glórias, voltando a divisão principal, de que

não participa desde 2007. Império Serrano, Viradouro e Estácio devem ser sempre respeitadas. Porém, as três têm fortíssimas adversárias na disputa do título da Série A. Unidos do Porto da Pedra, apesar dos problemas internos, e a Renascer de Jacarepaguá retornam ao grupo inferior com a experiência do Especial em

A Estácio de Sá está fora do Grupo Especial desde 2007. n

A Caprichosos de Pilares chega ao grupo com o status de campeã do antigo Acesso B. n

2012 e podem brigar entre as “primas ricas”, junto com Acadêmicos do Cubango e Império da Tijuca, que fizeram ótimos desfiles nos últimos anos. A tradicional Acadêmicos de Santa Cruz, a Acadêmicos da Rocinha e a Paraíso do Tuiuti são as remanescentes do Grupo de Acesso A e, junto com a Caprichosos de Pilares, campeã do B em 2012 e que dá mostras de recuperação, figuram entre as possíveis surpresas da disputa. Já Alegria da Zona Sul, União do Parque Curicica e Unidos do Padre Miguel desfilarão com a expectativa de roubar posições das mais experientes na segunda divisão do Carnaval do Rio de Janeiro.

O grupo das “primas mais pobres”, onde estar na Série A em 2014 é o objetivo, tem União de Jacarepaguá, Tradição, Unidos do Jacarezinho, Sereno de Campo Grande e Unidos da Vila Santa Tereza. As duas últimas, junto com a Acadêmicos do Cubango, são as três que jamais desfilaram no Grupo Especial.

Acadêmicos do Cubango e Império da Tijuca fizeram ótimos desfiles nos últimos anos.

Fotos: Divulgação / Riotur / AF Rodrigues.

Fotos: Divulgação / Riotur / Raphael David.

Unidos do Porto da Pedra e Renascer de Jacarepaguá retornam ao grupo inferior com a experiência do Especial.

SÉRIE A

O Império Serrano desfilará com a autoridade de quem já venceu nove vezes a elite do Carnaval. n

20 l Revista Carnaval

Janeiro / 2013

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 21


SÉRIE A

SÉRIE A

CD da Lierj nas bancas de jornal

Mestre Thiago Diogo e Alessandra Mattos. n

22 l Revista Carnaval

Leandro Valente, de assessor de imprensa a carnavalesco. n

Carnaval, o novo carnavalesco passou a ocupar o cargo na passagem de ano e redesenhou as quatro alegorias para o desfile do Tigre em 2013. Ele também fez alterações nos figurinos, tornando-os mais leves. O enredo da Unidos do Porto da Pedra será Me Digas o Que Tu Calças e Eu Te Direi Quem És, uma ampla abordagem sobre o ato de calçar. Leandro Valente está contando com o precioso apoio de João Calheiros, que já trabalhou na Beija-Flor e tem vasta experiência no Carnaval. Estudantes de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro também dão apoio ao trabalho do novo carnavalesco do Tigre. Além de trocar o comando do visual da escola, a Porto da Pedra também tem uma nova beldade à frente da Ritmo Feroz. A Rainha de Bateria Alessandra Mattos assumiu o posto à frente dos ritmistas de Mestre Thiago Diogo. Ela brilhou durante cinco anos na Estácio de Sá. Janeiro / 2013

D

O CD está sendo vendido em 46 bancas de jornal do Rio e Grande Rio e em outras 24 espalhadas pelo interior do estado. O álbum também está sendo comercializado na Lierj, que organiza os desfiles da Série A. A sede da entidade fica localizada na Rua Beneditinos, nº 10, sétimo andar, Centro, Rio de Janeiro.

Marlon Flores na vaga de Ronaldinho Marlon Flores será o substituto de Ronaldinho como mestre-sala da Unidos do Viradouro. O antigo ocupante do cargo precisou se afastar do Carnaval por motivos de saúde e não brindará o público, em 2013, com a arte que lhe deu muitos prêmios. O novo ocupante do posto era o segundo da escola e dividirá com a porta-bandeira Alessandra Chagas a missão de dar a nota 10 para a agremiação. Fotos: Divulgação.

Fotos: Divulgação.

A Porto da Pedra tem uma nova beldade à frente da Ritmo Feroz.

A

Unidos do Porto da Pedra mudou novamente. Depois de trocar de presidente três vezes este ano, agora a escola de São Gonçalo demitiu o carnavalesco Fábio Ricardo sob a alegação de que o projeto estava incompatível com a condição financeira da vermelho e branco. Quem assumiu a função foi o assessor de imprensa da agremiação, Leandro Valente. A pouco mais de um mês do

Fotos: Divulgação.

Mais mudanças em São Gonçalo

esde o dia 7 de janeiro, os amantes do Carnaval podem adquirir o CD das escolas de samba da Série A nos jornaleiros, em uma parceria com o jornal Meia Hora. O álbum duplo custa R$ 14,90 e conta com os hinos das 19 agremiações que desfilarão na Sapucaí, na sexta-feira e no sábado da folia.

Janeiroo / 2013

Marlon Flores fará par com Alessandra Chagas. n

O CD está sendo vendido em 46 bancas de jornal do Rio e Grande Rio e em outras 24 espalhadas pelo interior do estado.

David Corrêa O público da Sapucaí, no sábado de Carnaval, 9 de fevereiro, poderá ver o retorno de um grande nome da folia ao microfone. David Corrêa estará no carro de som da Tradição interpretando o samba de sua autoria, em parceria com Jorge Macedo, originalmente criado para a Portela. O Condor reeditará enredo Das Maravilhas do Mar Fez-se o Esplendor de uma Noite, com que a Águia desfilou em 1981. Naquela oportunidade, o enredo foi assinado por Viriato Ferreira. Agora, a releitura será feita por Orlando Júnior. Revista Carnaval l 23


Domingo eterno

Mexidas de última hora no Império Serrano

Fotos: Divulgação.

SÉRIE A

n

O

24 l Revista Carnaval

Império Serrano passou por algumas mudanças na reta final do Carnaval 2013. Depois de acertar a contratação do experiente intérprete Alexandre D`Mendes, de 52 anos, a verde e branco perdeu sua primeira voz. Nego deixou a escola e foi substituído por Freddy Vianna. O outro integrante do carro de som será Alex Ribeiro, filho do lendário Roberto Ribeiro. Freddy Vianna reforça o Império Serrano faltando pouco tempo para o desfile, da mesma forma como aconteceu no ano passado. Já Alexandre D`Mendes é

cara nova na escola, mas começou sua carreira em 1984, estreando na Avenida pela Imperatriz Leopoldinense no enredo Alô Mamãe”. A verde e branco, porém, tem motivos para lamentar outra saída. O coreógrafo Carlinhos de Jesus, responsável pela comissão de frente da escola, pediu demissão alegando dificuldades com sua agenda de trabalho. Ele continuará na Em Cima da Hora, sua escola de coração e na Unidos de Vila Isabel, onde é diretor artístico. O substituto é Caio Nunes, que foi indicado pelo carnavalesdo da agremiação Mauro Quintaes.

Fotos: Divulgação / Riotur / Alexandre Macieira.

Escola da Serrinha ganhou o reforço de Alexandre D`Mendes, mas perdeu Carlinhos de Jesus.

Alexandre D`Mendes chega.

O

n

Carlinhos de Jesus sai. Janeiro / 2013

ano de 1977 está marcado na história da União da Ilha do Governador e da folia carioca. Aquele Carnaval não representou somente uma forma de desfile particular, mas também de um estilo próprio. Desde então, o povo exige da tricolor insulana a alegria e a descontração que caracterizaram as apresentações da escola no final da década de 1970 e início dos anos 1980, poucas vezes repetida depois deste período. Com apenas três anos no grupo principal, a União da Ilha do Governador fez da simplicidade e da felicidade de seus componentes, aliada a ousadia de sua bateria, os ingredientes para surpreender o público, os jurados e todo o mundo do samba na Avenida Presidente Vargas, onde o desfile foi realizado em 1977. O enredo Domingo, da carnavalesca Maria Augusta, transcrevia o dia de folga e lazer dos cariocas. O Rio de Janeiro se viu na apresentação da União da Ilha e o corpo de jurados consagrou a apresentação com o terceiro lugar, com a mesma pontuação da vicecampeã, a Portela, e com um ponto a menos que a vencedora, a Beija-Flor. A tricolor repetiu a

Janeiroo / 2013

simplicidade nos anos posteriores e continuou brilhando. Em 1978, com O Amanhã ficou em quarto lugar; em 1979, com O Que Será?, já pelas mãos do carnavalesco Adalberto Sampaio, terminou em quinto; e, em 1980, o enredo Bom, Bonito, e Barato, deu à agremiação o segundo lugar, após o empate triplo na primeira posição. 1982 fechou a fase de ouro da escola com É Hoje, de Max Lopes. A União da Ilha ainda voltaria a fazer carnavais ao seu estilo, como em A Festa Profana, de Ney Ayan, em 1989, que terminou em terceiro lugar. No entanto, a euforia e a comunicação com o público mostrada naqueles anos jamais foi a mesma. Mesmo fazendo boas apresentações, os amantes do samba sonham ver novamente o estilo que consagrou a tricolor insulana.

INESQUECÍVEL

Aquele Carnaval não representou somente uma forma de desfile particular, mas também de um estilo próprio.

Revista Carnaval l 25


Ainda há tempo para desfilar

ACESSO

Mundo infantil dominará os desfiles da Intendente Magalhães

Agremiações das Séries B, C e D levarão para a Avenida diferentes vertentes do cotidiano da garotada.

26 l Revista Carnaval

apreciar o enredo Nas Lembranças da Infância, um Carnaval de Esperança, de autoria dos carnavalescos Ricardo Paulino e Luciano Santos para a Unidos de Bangu. Na mesma Série C, a Acadêmicos do Vigário Geral mostrará Vigário Te Convida a Ser Criança Novamente. Vem Brincar com a Gente na Intendente!, de Afonso Delano. Já na terça-feira de Carnaval, pela Série D, a Mocidade Independente de Inhaúma apresentará o tema Lembranças da Cinematografia Infantil. Inhaúma, o Filme!, de Luiz Fernando Oliveira. Outras escolas destes grupos também terão enredos que, de alguma forma, despertam a curiosidade das crianças, entre elas a Difícil É o Nome, da Série B, com a obra de animação Rio de Janeiro, o Filme, de Wagner Almeida, e a Arrastão de Cascadura, da Série C, com E com Vocês: O Palhaço a Desfilar, de Felipe Rocha. Janeiro / 2013

a garotada entre cinco e 17 anos. Para se cadastrar, basta comparecer aos domingos, entre 14h e 18h, no local de ensaios da agremiação, na Rua Dias da Cruz, na altura da Loja C&A, no Méier. A escola exige cópia da certidão de nascimento, duas fotos 3x4 e comprovantes de residência e escolaridade. E, se o sambista do futuro

quiser ser um ritmista, pode participar da escola de percussão da Infantes do Lins, necessitando, para isto, chegar ao ensaio um pouquinho mais cedo: às 13h. A garotada poderá aprender a tocar os instrumentos que compõem uma bateria e ainda ser um dos comandados por Mestre Laion, que dirige os ritmistas da agremiação. Fotos: Divulgação / Riotur / Raphael David.

O

desfile das escolas de samba mirins será na terça-feira de Carnaval, no Sambódromo, mas o universo infantil será tema em todos os dias de apresentações na Estrada Intendente Magalhães. Agremiações das Séries B, C e D levarão para a Avenida diferentes vertentes do cotidiano da garotada, como a literatura e o cinema. Primeira a desfilar no domingo de Carnaval pela Série B, a tradicional Unidos de Lucas tentará retornar à Sapucaí com o enredo Livros de História Infantil – Páginas Recheadas de Fantasias, Sonhos e Imaginações. Uma Viagem na Intendente Magalhães, do carnavalesco Luiz Cavalcanthé. A escola, porém, não será a única a lembrar a garotada no grupo. A Unidos da Vila Kennedy cantará o tema Brincadeiras de Criança, de Wenderson Silva. Um dia depois, o público da Intendente Magalhães poderá

A

garotada ainda pode participar do Carnaval 2013. A Mangueira do Amanhã e a Infantes do Lins estão recebendo inscrições de crianças que desejem desfilar na Sapucaí na terça-feira da folia. A Estação Primeira mirim cadastra os interessados toda segunda-feira, das 18h às 20h, na quadra da escola-mãe. É preciso ter entre cinco e 17 anos e apresentar cópia da certidão de nascimento, comprovantes de escolaridade e residência e autorização dos responsáveis. A agremiação reeditará o samba enredo da verde e rosa em 2010, Mangueira É Música do Brasil, então desenvolvido por Jorge Caribé e Jaime Cesário. Já a Infantes do Lins, que desfilará com o tema 1963 - 2013: Um Jubileu no Carnaval... Há 50 anos, Nascia a Lins Imperial, em homenagem a sua escola-mãe, está com inscrições abertas para

CRIANÇAS

A Mangueira do Amanhã está com inscrições abertas. n

CD à venda O CD dos sambas enredos do Carnaval mirim 2013 continua à venda. A obra, com os hinos das 16 agremiações e mais o da Associação das Escolas de Samba Mirins (Aesm-Rio), pode ser adquirida, por R$ 10,00, pelo telefone 3971-1922, na sede da entidade, Rua São Carlos, 21, Estácio, ou na quadra das escolas. O disco foi produzido por Maurício Fonseca e Alexandre Moraes e gravado no M&C Studio. Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 27


Curta-nos,

HOMENAGEM

Foto: Divulgação / Riotur / AF Rodrigues.

Mestre Marcone comandou a bateria da Imperatriz pela última vez em 2011. n

28 l Revista Carnaval

adicione-nos ...

Breve, porém marcante

C

Marcone fez os ritmistas de Ramos brincarem com o ritmo desde seu primeiro ano no comando da bateria leopoldinense.

siga-nos,

ria da Imperatriz Leopoldinense e morador das proximidades da quadra da verde-e-branco, Mestre Marcone teve uma breve passagem entre os destaques da folia. Assumiu o comando dos ritmistas de sua escola de coração em 2008 e transformou a Swing da Leopoldina. A antes apenas correta bateria da agremiação passou a ser aguardada com entusiasmo pelos amantes do Carnaval. Marcone fez os ritmistas de Ramos brincarem com o ritmo desde seu primeiro ano no comando da bateria leopoldinense. Os prêmios

foram muitos e reconheceram o talento criativo para o “menino” que parecia trazer as bossas no sangue. E assim tocava a sua orquestra. As notas 10 se acumularam entre 2008 e 2011, mas um desentendimento com a direção da escola o afastaram do Carnaval 2012. Na madrugada de 14 de maio do ano passado, aos 32 anos, Marcone Sacramento foi vítima da violência. Assassinado com 20 tiros dentro de seu próprio carro, próximo à quadra do Cacique de Ramos. Os algozes, porém, jamais matarão o legado deixado pelo mestre no Carnaval. Janeiro / 2013

Acompanhe REVISTA CARNAVAL nas redes sociais.

Janeiroo / 2013

Revista Carnaval l 29


SAMPA

Povão de fora da apuração

O

povo mais uma vez pagará a conta. Os torcedores das agremiações paulistanas não poderão acompanhar de perto a apuração do Carnaval. A Liga das Escolas de Samba de São Paulo fará a leitura das notas de 2013 em um local fechado, no Hall 2, no Palácio de Convenções do Anhembi. Apenas seis representantes de cada escola, inscritos previamente, poderão acompanhar o processo.

O objetivo é evitar que se repita os tumultos da última folia. Na apuração do Carnaval 2012, uma grande confusão aconteceu durante a leitura das notas, quando um suposto membro da Império da Casa Verde invadiu a área destinada à mesa de apuração e rasgou os envelopes e mapas com as notas. Outras pessoas engrossaram o tumulto e a polícia precisou intervir. O caso acabou em prisão.

Bancas de jornais vendem o CD de 2013

A morenaça Kelly Medeiros estará fantasiada de Pecado Original no desfile da Tom Maior. A ex-BBB e ex-dançarina do grupo Aviões do Forró será uma das muitas beldades prometidas pela vermelho e amarelo no desfile do Grupo Especial de São Paulo. A escola contará a história do preservativo sexual no enredo Parque dos Desejos – O seu passaporte para o prazer!, desenvolvido pelo carnavalesco Marco Aurélio Ruffinn, e será a quarta agremiação no Anhembi, no sábado de Carnaval.

Fotos: Divulgação.

Fotos: Divulgação.

Os amantes do Carnaval de São Paulo estão podendo, desde o dia 4 de janeiro, curtir o som que embalará os desfiles do Anhembi. O kit, com diário, revista e o CD dos sambas enredos do Grupo Especial, pode ser encontrados em bancas de jornais da cidade por R$ 19,90. Os compradores têm a oportunidade de curtir os hinos das 14 escolas da principal divisão da folia paulistana e ainda ficar bem informado sobre a festa.

O Pecado Original da Tom Maior

O kit com diário, revista e Cd custa R$ 19,90. n

30 l Revista Carnaval

n

Kelly Medeiros. Janeiro / 2013

AGENDA DO CARNAVAL (Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro) Escolas Mirins Passarela do Samba Terça-feira – 12/02 n Mel do Futuro n Filhos da Águia n Pimpolhos da Grande Rio n Estrelinha da Mocidade n Corações Unidos do Ciep n Tijuquinha do Borel n Mangueira do Amanhã n Império do Futuro n Ainda Existem Crianças da Vila Kennedy n Miúda da Cabuçu n Petizes da Penha n Infantes do Lins n Aprendizes do Salgueiro n Planeta Golfinho da Guanabara n Inocentes da Caprichosos n Nova Geração do Estácio n Herdeiros da Vila

AGENDA DO CARNAVAL

(Grupo Especial e Grupo de Acesso de São Paulo) Grupo Especial Passarela do Samba do Anhembi Sexta-feira – 08/02 n Acadêmicos do Tatuapé n Rosas de Ouro n Mancha Verde n Vai-Vai n X-9 Paulistana n Dragões da Real n Águia de Ouro Passarela do Samba do Anhembi Sábado – 09/02 n Nenê de Vila Matilde n Gaviões da Fiel n Mocidade Alegre n Tom Maior n Unidos de Vila Maria n Acadêmicos do Tucuruvi n Império de Casa Verde

Grupo de Acesso Passarela do Samba do Anhembi Domingo – 10/02 n Unidos de Santa Bárbara n Unidos do Peruche n Camisa Verde e Branco n Imperador do Ipiranga n Leandro de Itaquera n Pérola Negra n Estrela do Terceiro Milênio n Morro da Casa Verde


Jornalismo Moda Fotografia Audio Video Internet Marketing Publicidade

Rua Garcia Redondo, 30, Cachambi, Rio de Janeiro-RJ. Tels.: 2229-7931 e 3079-0371. 32 l Revista Carnaval

Janeiro / 2013

Revistacarnavaljaneiro2013