Page 58

Numa imaginação, a paisagem se espalha. A coragem de viver, Só para te ver sorrir. O Sol desaparece, e a sombra escurece. Junto dela. A sua imagem, de repente se apaga. O sereno chega na grama. E na água vejo o reflexo da Lua agitada. Junto dela. Do silêncio me levanto. Vou andando sem saber para onde. Vou vivendo nessa imaginação. Que não tem dó do coração. Até no sonho sua imagem aparece. Não sei fazer nenhuma prece a Deus. Nem sei como posso viver. Junto dela. Minha vida é um tormento. Já nem posso mais pensar, para não sofrer.

Saudades

Tenho saudade de ti, A falta de seus carinhos, Fizeram-me partir. E seu rostinho querido, Que fez os raios do Sol declinar. Tenho saudade do brilho dos seus olhos, Que se confunde com a luz das estrelas. Parece que foi ontem. Os seus lábios rubros como o Sol de tarde no horizonte.

58

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Advertisement