Page 54

Sem paradoxos, Externo minhas súplicas. Por uma perspectiva de benevolência, Que neste momento tanto necessito.

Não antagonize meus zelos, Pois estes são imaculados, Porém profanos. Ressaltados pela mitificação que tenho por ti.

Feitiço

Fala a lenda: Que a sereia quando cantava, Levava muitos marinheiros, A morrerem afogados.

Já Iara, a sereia dos rios, Era uma jovem índia, muito bela, Porém sua beleza, Cegava todos os homens que a vissem.

Já você não é uma sereia, Nem é Iara, Mas é mulher, Muito mais linda que elas.

Mas você também enfeitiça, Com seu jeito de andar. Você também cega, Assim como me cegou de amor.

54

Profile for Antonio Ilson kotoviski Filho

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Profile for kotovski
Advertisement